Page 65

História Postal Oral: um bem intangível precioso dos Correios

programas de entretenimento, etc., presentes na programação das emissoras de televisão do mundo, cuja tendência subsiste até hoje. Apenas, a título de ilustração, vale mencionar os talk shows internacionais da televisão The Late Show, de David Letterman, transmitido por muitos anos pela CBS, até maio de 2015, e o The Ellen Degeneres Show, na NBC, ambos nos Estados Unidos e, no Brasil (Figura 6) o Programa do Jô, de Jô Soares, na Rede Globo; o De Frente com Gabi, de Marilia Gabriela no GNT e o Conexão Roberto D’Ávila, de Roberto D’Ávila, na Globo News. São programas essencialmente de cunho jornalístico, desviando-se, portanto, do estrito entendimento do que sejam entrevistas de História Oral, mas que, ao final, resultam em material que pode, também, ser fonte de pesquisa para historiadores. Experiências de História Oral no Brasil Para ilustrar as experiências de História Oral no Brasil, não faremos uma análise conceitual como acabamos de apresentar em relação às manifestações pelo mundo, mas sim, iremos, simplesmente, conhecer exemplos de instituições que vêm trabalhando com esse método de pesquisa histórica em nosso País. 1 – Museu de Imagem e do Som do Rio de Janeiro O MIS/RJ foi inaugurado no Rio de Janeiro em 1965, durante o governo de Carlos Lacerda, na época das comemorações do IV Centenário da Cidade do Rio de Janeiro. O prédio-sede, localizado na Praça XV, foi tombado em 1989, por ser um prédio histórico que abrigou um dos pavilhões para abrigar a Exposição do Centenário da Independência do Brasil, realizada em 1922.

63

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 07 - 2016  

Revista Postal N. 6 - 2016 - Restauração da Agência Central dos Correios de Petrópolis. Artigo de Andréa Fernandes Considera, Erika Pereira...

Revista Postais 07 - 2016  

Revista Postal N. 6 - 2016 - Restauração da Agência Central dos Correios de Petrópolis. Artigo de Andréa Fernandes Considera, Erika Pereira...

Advertisement