Page 149

Zé Carioca contra os Tedescos

Zé Carioca contra os Tedescos Ze Carioca fighting the Tedescos Julio Cezar Fidalgo Zary Resumo A declaração de guerra do Brasil contra os países do Eixo, em 1942, não deu início à preparação de uma tropa do Exército para ser empregada além-mar. Diversos problemas tiveram que ser superados para que se tivesse uma tropa divisionária, teoricamente apta a combater. Entre os problemas encontravam-se a mobilização de pessoal, a aquisição de armamentos, a adaptação de uniformes e a modernização da instrução, uma vez que a Missão Militar Francesa não tinha conseguido arraigar importantes aspectos doutrinários no Exército Brasileiro, mesmo após vinte anos de missão. De maneira diversa, a declaração de guerra dos Estados Unidos da América, após o ataque a Pearl Harbor, em 1941, foi o ponto-chave para a gigantesca mobilização nacional, incluindo a modernização doutrinária e organizacional do Exército norte-americano. Entre as modificações e inovações, uma das principais foi o desenvolvimento de tropas especialmente equipadas e adestradas para operar em ambiente montanhoso, mais especificamente na Itália. Tanto a Força Expedicionária Brasileira (FEB) quanto tropas americanas foram empregadas exitosamente para a conquista de uma cadeia de montanhas nos Apeninos, no contexto da Operação Encore. O tempo de preparação para a guerra foi bastante reduzido para a FEB, o que foi resolvido apenas após alguns meses em combate. O combate nas montanhas tem características bastante específicas, requerendo um preparo cuidadoso, especialmente quanto ao preparo físico e orgânico dos combatentes. A FEB provou, mesmo sem esse treino específico, que conseguiu se adaptar àquele tipo de combate, tendo sido exitosa tanto nos combates de Monte Castello, quanto nas operações posteriores, sendo as mais conhecidas a de Montese e a de Collecchio— Fornovo, enaltecendo o valor do soldado do Exército do Brasil. Palavras-chave: FEB, Segunda Guerra Mundial, Exército Brasileiro.

147

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 07 - 2016  

Revista Postal N. 6 - 2016 - Restauração da Agência Central dos Correios de Petrópolis. Artigo de Andréa Fernandes Considera, Erika Pereira...

Revista Postais 07 - 2016  

Revista Postal N. 6 - 2016 - Restauração da Agência Central dos Correios de Petrópolis. Artigo de Andréa Fernandes Considera, Erika Pereira...

Advertisement