Page 91

Pindorama modernista - influência indígena no Art Déco brasileiro

Vicente do Rego Monteiro, num humor bem brasileiro, apresenta o trabalho como sendo desenhos que ele encontrou em plena selva amazônica, nas mãos de um chefe indígena que, incógnito, visitara Paris há pouco. Fernando Correia Dias aporta no Rio em 1914, e se torna um precursor, um verdadeiro mentor do estilo Marajoara-Déco. Exorta os brasileiros a olharem suas raízes e a abandonarem o artificialismo dos parâmetros europeus na prática das Artes Decorativas através do manifesto “O Nacionalismo na Arte”, publicado em 1919, na Revista Nacional. Começa importante produção cerâmica de vasos, pratos e coupes com a Companhia Cerâmica Brasileira, ao mesmo tempo em que trabalha diversas áreas do design como capas de livros, partituras musicais e ilustrações diversas.

Selo Postal comemorativo ao 1º Congresso de Numismática Brasileiro. Desenhista: Bernardino S. Lancetta e Gravador: Mário Doglio. Coleção Museu Correios.

Casa-se em 1922 com a poetisa Cecília Meireles, e a estimula a desenhar. Cecília deixou interessante obra nacionalista – não Marajoara, mas embebida de brasilidade. Defensora do folclore brasileiro, Cecília dirigiu o Serviço Nacional de Folclore. Herman Lima, na História da Caricatura no Brasil, assim descreve a importância de Correia Dias: Seu prestígio nas rodas intelectuais da cidade era grande, pelo seu feitio profundamente cordial e por sua fina sensibilidade, donde sua rápida e definitiva adaptação à vida brasileira, que lhe forneceria, com o tempo, o mais rico filão à inspiração e à arte, com o aproveitamento de motivos maravilhosamente decorativos da nossa fauna e da nossa flora. (LIMA, 1963) Assim como Herman Lima, o antropólogo Paul Rivet, fundador e diretor do Museu do Homem, em Paris, numa visita ao Brasil, em 1928, visitando o ateliê de Correia Dias, e registrado numa edição de 1930 da revista O Cruzeiro, afirmou:

Grade em ferro e bronze “Índio caçando”, por Pagani e Castier, nas portas da varanda da Casa Basbaum, projeto de Penna e Franca, 1939, Rua Urbano Santos, Urca, Rio de Janeiro. Foto Instituto Art Déco Brasil

89

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 05 - 2015  

Revista Postal N. 5 - 2015 Dossiê Documentos Fundadores Artigos de Bernardo Arribada, Candida Malta Campos, Diego Salcedo, Luiz Guilherme...

Revista Postais 05 - 2015  

Revista Postal N. 5 - 2015 Dossiê Documentos Fundadores Artigos de Bernardo Arribada, Candida Malta Campos, Diego Salcedo, Luiz Guilherme...

Advertisement