Page 46

Romulo Valle Salvino

Venal, venalidade Contudo, sabe-se que a regra de os ofícios serem concedidos estritamente de acordo com a lógica da economia das mercês foi muitas vezes rompida por operações de compra e venda, explícitas ou não, o que coloca em cena aquilo que uma historiografia mais recente vem chamando de venalidade dos cargos e ofícios, bem como levanta questões relativas à legalidade e à moralidade dessas operações. O mesmo Dicionário Bluteau, anteriormente citado, traz os verbetes “venal” e “venalidade”. O primeiro deles, na visão do dicionarista, além de ter um primeiro significado, bastante neutro, “cousa que se vende” (BLUTEAU, 1746, p. 412), também possui outro, negativo: “[...] he muito usado no sentido metafórico & moral, falando em quem se deixa peitar, & em cousas de honra, ou sciencia, que se fazem só por dinheiro.” (BLUTEAU, 1746 p.412). Assim, “homem venal” é o que “[...] está prompto para fazer qualquer cousa por dinheiro [...]” (BLUTEAU, 1746, p. 412) aquele, portanto, que se vende, que nesse sentido se iguala à coisa. Esse tom negativo, como veremos, de algum modo contaminava a percepção da venda de cargos naquela época. Dicionários de nossos dias continuam registrando as duas acepções e também apontam a segunda como figurativa (ver, por exemplo, o dicionário Houaiss). Bluteau (1746, p. 412), por outro lado, apresenta “venalidade” como sinônimo de “venda”. O dicionarista, depois de trazer à cena esse significado, completa-o com dois exemplos obviamente críticos: o primeiro deles é justamente “a venalidade dos cargos, officios, etc.”, ao passo que o segundo é “a venalidade da justiça” (BLUTEAU, 1746, p.412). Mais à frente, o estudioso traz mais uma citação: “[...] he peste da Monarquia a venalidade dos méritos [...]” (BLUTEAU, 1746, p.412). Que esses exemplos tenham sido escolhidos por Bluteau, a par de alguma intenção crítica de caráter mais pessoal, 44

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 05 - 2015  

Revista Postal N. 5 - 2015 Dossiê Documentos Fundadores Artigos de Bernardo Arribada, Candida Malta Campos, Diego Salcedo, Luiz Guilherme...

Revista Postais 05 - 2015  

Revista Postal N. 5 - 2015 Dossiê Documentos Fundadores Artigos de Bernardo Arribada, Candida Malta Campos, Diego Salcedo, Luiz Guilherme...

Advertisement