Page 235

O eixo da Avenida São João e a sede dos Correios em São Paulo

que sustentam vigas ocultas sob falsos arcos muito abatidos, destinado ao acesso ao serviço de correios pelo público em geral, atendido em longos balcões de madeira de lei. Esse espaço era prolongado ao fundo por uma galeria de colunas sob grande cobertura semicilíndrica de vidro. O corpo central conta com grandes janelas, retangulares no primeiro pavimento, quadradas no segundo e em arco pleno no pavimento superior. Nos corpos laterais as janelas são mais estreitas e ocupam três vãos em cada pavimento: quadradas e fechadas com grades artísticas no térreo rebaixado ou porão; retangulares simples na sobreloja; retangulares, encimadas por frontões sobre mísulas alternados, ora triangulares, ora em arco abatido, no piano nobile; retangulares coroadas por mísulas e frontões mais amaneirados no segundo pavimento (com sutil sugestão de uma linguagem abarrocada, condizente com o estilo neocolonial caro ao projetista Felisberto Ranzini); e em arco pleno, ladeado por pilastras, no pavimento superior. O coroamento do conjunto é realizado por larga cornija sustentada por mísulas e encimada por balaustrada, esta pontuada por acrotérios simples, culminando no volume quadrangular do relógio sobre o corpo central, encimado por pequeno frontão e ladeado por figuras esculpidas decorativas, e em outros pequenos frontões sobre os corpos laterais.

Figura 15: Planta do pavimento térreo elaborada pelo Escritório Técnico Ramos de Azevedo. Fonte: Acervo do Escritório Técnico Ramos de Azevedo, biblioteca da FAU / USP.

233

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 05 - 2015  

Revista Postal N. 5 - 2015 Dossiê Documentos Fundadores Artigos de Bernardo Arribada, Candida Malta Campos, Diego Salcedo, Luiz Guilherme...

Revista Postais 05 - 2015  

Revista Postal N. 5 - 2015 Dossiê Documentos Fundadores Artigos de Bernardo Arribada, Candida Malta Campos, Diego Salcedo, Luiz Guilherme...

Advertisement