Page 214

Candido Malta Campos

Entre eles, no espaço ocidental até então praticamente vago da colina, traçaram-se, no século XVII, as ruas de São Bento e Direita, únicas vias retilíneas e ortogonais da aglomeração, cruzando-se a 90 graus nos chamados “quatro cantos”, que se tornaram trajetos das principais procissões religiosas – e, portanto, pontos preferenciais para as residências urbanas dos mais ricos (CAMPOS, 2012). Mas o bandeirismo contribuía para priorizar outras entradas da cidade: a Sul (caminho do mar, Santos e São Vicente) e a Leste (caminho de Mogi, Taubaté e das minas). No século XVIII, com o aumento do número de escravos negros na população paulistana, estes formaram a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos (1711), que obteve autorização para erguer sua igreja (1720-1730) no quadrante Noroeste do núcleo urbano, então menos valorizado. No início do século XX, com a valorização dessa área, a igreja foi demolida e outra construída no Largo do Paissandu, junto à São João; seu sítio original correspondia a parte da atual Praça Antonio Prado, ponto inicial da Avenida São João. Ao longo do tempo, crescia o número de alforriados, que também requeriam sua irmandade; assim, do outro lado do Anhangabaú, a capela de Nossa Senhora da Conceição tornou-se Igreja de Santa Ifigênia, em 1794 (BRUNO, 1984). Entre 1720 e 1900 o quadrante Oeste em torno da Rua de São João tornou-se, então, região que centralizava a comunidade negra local, setor mais pobre da população, cujo crescimento, paradoxalmente, exprimia o enriquecimento de São Paulo (CAMPOS, 2008).

212

Com efeito, como assinalou Nestor Goulart Reis, (2004), a partir do final do Setecentos, em seguida à restauração da capitania de São Paulo pelo governo pombalino em 1765, o cultivo de cana-de-açúcar na região entre Itu e Campinas e o comércio de tropas de mulas trouxeram nova era de prosperidade aos paulistas, incentivando o crescimento urbano. Consequentemente, os caminhos para Jundiaí e Campinas (pela Água Branca) e Sorocaba/Itu (hoje Rua da Consolação) ganharam importância. Ao longo, surgiam casas, ranchos e comércio rudimentar. Era a Cidade Nova, onde passou a ser interessante,

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 05 - 2015  

Revista Postal N. 5 - 2015 Dossiê Documentos Fundadores Artigos de Bernardo Arribada, Candida Malta Campos, Diego Salcedo, Luiz Guilherme...

Revista Postais 05 - 2015  

Revista Postal N. 5 - 2015 Dossiê Documentos Fundadores Artigos de Bernardo Arribada, Candida Malta Campos, Diego Salcedo, Luiz Guilherme...

Advertisement