Page 16

Luiz Guilherme G. Machado

metrópole de uma certa quantidade de especiarias, compradas com o seu próprio dinheiro, mas livre de frete. Estas mercadorias eram arrumadas em câmaras reservadas à tripulação do navio e que variavam de tamanho conforme a categoria do tripulante. No caso de Luís Homem, como Condestável de Bombardeiro, teve ele direito de trazer cinco quintais e duas arrobas de pimenta. Porém, tendo comprado também os lugares das quintaladas de outros onze tripulantes do navio em que viajava, totalizou o direito a trinta e quatro quintais, que após abater a quebra de 10% e o “quarto e vintena” (correspondente aos direitos de alfândega), se traduziram num valor líquido de vinte quintais, duas arrobas e vinte arráteis de pimenta (cerca de 1 tonelada), que ele próprio levará para a Flandres. (GODINHO, 1982) Note-se, que a concessão dada a Luís Homem de poder levantar a sua parte em pimenta era uma excepção. A partir de 1504, com o monopólio real, entrou em vigor um novo regime comercial e todas as especiarias descarregadas em Lisboa passaram obrigatoriamente a dar entrada na Casa da Índia, que por sua vez as negociava a preço único. Somente depois de vendidas, é que era entregue a cada mercador o valor em dinheiro correspondente ao que lá tinha depositado (GODINHO, 1982). Dessa forma, Luís Homem obteve o raro privilégio de poder negociar diretamente na Flandres o preço da sua mercadoria, conseguindo assim uma melhor remuneração do seu investimento.

Imperador Maximiliano I

14

Nessa época, a Cidade de Antuérpia era já o principal centro distribuidor das especiarias e dos produtos coloniais portugueses no norte da Europa, onde Portugal tinha uma importante comunidade de mercadores reunidos em torno da Feitoria Portuguesa, que servia como uma representação comercial e diplomática da coroa naquela região. Os portugueses formavam uma das principais “nações” estrangeiras naquela cidade, possuindo vários privilégios e isenções outorgados pela casa reinante dos Habsburgos. Será neste ambiente de intenso tráfego comercial que se estabelecerão as mais estreitas relações diplomáticas entre a Corte Portuguesa e a Casa da Áustria. Tais relações terão ainda como consequência um constante intercâmbio de correspondência epistolar entre Portugal e a

Profile for Correios Cultura

Revista Postais 05 - 2015  

Revista Postal N. 5 - 2015 Dossiê Documentos Fundadores Artigos de Bernardo Arribada, Candida Malta Campos, Diego Salcedo, Luiz Guilherme...

Revista Postais 05 - 2015  

Revista Postal N. 5 - 2015 Dossiê Documentos Fundadores Artigos de Bernardo Arribada, Candida Malta Campos, Diego Salcedo, Luiz Guilherme...

Advertisement