Page 1

DESTAQUES DE CULTURA E EXTENSテグ VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014


missão Incentivar atividades de cultura e extensão que integram saberes científicos e tecnológicos universalizados por meio de ações de ensino-aprendizagem que buscam emancipar e agregar valor a instituição e as suas principais partes interessadas.

O QUE É CULTURA E EXTENSÃO? COMO PARTICIPAR? QUEM FAZ CULTURA E EXTENSÃO? ONDE E POR QUE REGISTRAR?

Nesta edição: Quem somos e o que queremos?____3 Acontece na USP__________________4 CultEx na FEA_____________________6 Eventos EAD USP__________________9 FEA em números___________________9 Destaques CultEx_________________12 Como registrar___________________14 Quem é quem____________________15 2


DESTAQUES DE CULTURA E EXTENSÃO

Quem somos e o que queremos “As atividades de Cultura e Extensão universitária são concebidas como processo educativo, cultural e científico que integra o ensino e a pesquisa da forma indissociável e viabiliza a relação transformadora entre a Universidade e a sociedade”

O documento destaca quatro elementos: 1. Articulação entre teorias, práticas e realidades sociais, buscando sempre reduzir a distância (temporal e espacial) que separa a produção e reprodução dos saberes e sua apropriação pelos sujeitos externos à comunidade acadêmica (...); 2. Papel estratégico na formação de cidadãos, entendidos como produtores, agentes e críticos da cultura, incluídas as ciências e as técnicas, potencializando a fundamentação reflexiva das práticas e nstituições sociais; 3. Caráter multi, inter e transdisciplinar da produção e aplicação do conhecimento, buscando superar a fragmentação e autonomização dos conhecimentos e racionalidades, dentro e fora da universidade; 4. Acolhimento da diversidade cultural e respeito às diferenças, favorecendo espaços de irrupção do novo e de construção de solidariedades sociais. A Comissão de Cultura e Extensão do EAD da FEA concebe a Universidade como sendo formada pelo equilíbrio dinâmico de suas atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão e sua área de “cultura e extensão” como sendo toda e qualquer atividade científico-cultural de interação social que propicia progressos comunitários e benefícios recíprocos. Pensando desta maneira, a comissão acredita que as atividades de cultura e extensão do EAD devem observar a seguinte missão e princípios:

Para a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão (PRCEU) as atividades de cultura e extensão constituem formas de intensificação de trocas entre a universidade e a sociedade por meio de atividades de aplicação, produção e transmissão de experiências e saberes construídos no espaço acadêmico. Portanto, as atividades de cultura e extensão universitária são concebidas como processo educativo, cultural e científico que integra o ensino e a pesquisa da forma indissociável e Missão da Cultura e Extensão do viabiliza a relação transformadora EAD: entre a Universidade e a sociedaDesenvolver atividades de cultura de. WWW.CULTEX.USP.BR

VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

e extensão que integram saberes científicos e tecnológicos universalizados por meio de ações de ensino-aprendizagem que buscam emancipar e agregar valor a instituição e as suas principais partes interessadas. Princípios coordenadores: Honestidade, respeito e transparência de ações entre todas as partes interessadas; Proatividade, originalidade e oportunismo em todas as atividades desenvolvidas; Cooperação, integração e motivação das partes na realização de atividades de cultura e extensão. Observando a missão e os princípios acima a Comissão formada pelos nomes abaixo relacionados apresenta este primeiro volume do “CultEx: Destaques em Cultura e Extensão”. O objetivo maior do mesmo é divulgar e valorizar as atividades de cultura e extensão do departamento, da unidade e da USP como um todo. Para conversar mais amplamente sobre todos os assuntos destacados ou outros relacionados, que porventura não foram contemplados neste primeiro número, por favor, entre em contato com qualquer um dos integrantes da Comissão. Gilmar Masiero (Coordenador da Comissão) gilmarmasiero@gmail.com

Kavita Hamza (Suplemente da Comissão) kavita@usp.br

Ana Carolina Rodrigues (Representante da Comissão) anacarolina.ar@usp.br

Mariana Coelho Naldi (Assistente de Cultura e Extensão) mariana.naldi@usp.br

3


DESTAQUES DE CULTURA E EXTENSÃO

Acontece na USP Saiba mais sobre a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão acessando www.prceu.usp.br

A finalidade do Programa Aprender com Cultura e Extensão é fomentar as ações d cultura e extensão por meio da interação das atividades de pesquisa do corpo discente da graduação, em projetos, de forma a contribuir para a sua for- mação. Propõe-se, assim, a apoiar projetos desta natu- reza, em temáticas voltadas para os desafios da realida- de intra e extra universidade.

Tomando por norte os Direitos Humanos, o Programa Aproxima-Ação tem como missão promover a cidadania e a garantia dos direitos de crianças e jovens socialmente vulneráveis das comunidades próximas ao Campus Butantã da USP.

Caminhos da Cultura incentiva e facilita o acesso da sociedade às diversas atividades culturais e de extensão promovidas pelas unidades e órgãos de integração da USP. Suas iniciativas incluem eventos artísticos tais como concertos, espetáculos, peças de teatro, exposições de artes plásticas, atividades de divulgação científica e mostras de cinema, bem como cursos de extensão e atividades voltadas às comunidades interna e externa.

4

O Circuito Esportivo USP é um evento da Universidade de São Paulo realizado nos Centros Esportivos dos campi de Ribeirão Preto, Piracicaba, Bauru, São Carlos e São Paulo. Os alunos da USP, organizados em Associações Atléticas Estudantis de todos os campi, participam de competições nas modalidades de voleibol e futsal. Além disso, toda a sociedade é convidada a integrar a corrida de rua Volta da USP, modalidade que também compõe o Circuito.

A Comissão de Estudos de Problemas Ambientais (CEPA) tem como atribuições examinar, discutir e promover o desenvolvimento de projetos técnicos e científicos de interesse dos poderes constituídos níveis municipal, estadual e federal e da iniciativa privada na área ambiental em que haja participação da USP e promover atividades no âmbito da USP e eventos de divulgação científica relacionados às questões ambientais, entre outros

O Giro Cultural tem o objetivo de estimular a divulgação, através de visitas guiadas gratuitas, da grande riqueza do patrimônio arquitetônico, artístico e cultural – material e imaterial – da USP muitas vezes, desconhecida pela própria comunidade uspiana e pelo público que frequenta a Universidade.

A Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares incentiva e apoia a constituição de empreendimentos em comunidades da periferia de São Paulo, visando a sua autogestão e inserção no mercado em diversas atividades econômicas, como alimentação, confecção e costura, agricultura urbana, informática, entre outros.

VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

WWW.CULTEX.USP.BR


ACONTECE NA USP

O Núcleo de Excelência na Primeira Infância pretende se constituir em núcleo nacional de referência na temática da Primeira Infância, reunindo representantes das faculdades, institutos, centros e núcleos da Universidade de São Paulo e colaboradores de vários outros setores da sociedade, além de buscar parcerias com pesquisadores de outras universidades brasileiras e estrangeiras.

USP Diversidade desenvolve ações que estimulem a solidariedade e a promoção e o respeito aos Direitos Humanos, articulando-se com projetos, programas, atividades e grupos já existentes. Suas ações partem de uma contínua avaliação do contexto local de condições que dificultam ou excluem o exercício dos direitos e uma consulta à comunidade universitária para a criação de políticas de diversidade.

Programa Nascente tem o intuito de mapear e estimular a produção cultural dos alunos da USP, premiando o fazer artístico no âmbito da graduação e da pós-graduação. Desta forma, procura reconhecer atores, poetas, músicos, pintores, diretores, escritores, compositores, designers, escultores ou cineastas de grande qualidade no universo de jovens que diariamente circulam pelos vários institutos e faculdades da Universidade.

A TIC Educa é uma empresa cuja principal missão é pesquisar e desenvolver soluções para aulas interativas inovadoras, e para tanto conta com equipe formada por profissionais com larga experiência na área educacional.

O Programa USP e as Profissões tem como objetivo fornecer subsídios aos estudantes para que, com a ajuda de seus familiares e professores, orientemse na importante tarefa de optar por uma carreira profissional, através de ações como: catálogo USP e as Profissões, Feira de Profissões e visitas monitoradas às Escolas, Faculdades, Institutos, Museus e Órgãos da USP.

O objetivo do programa Universidade Aberta à Terceira Idade é possibilitar ao idoso aprofundar “conhecimentos em alguma área de seu interesse e ao mesmo tempo trocar informações e experiências com os jovens”.

WWW.CULTEX.USP.BR

VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

Disque Tecnololgia da Agência USP de Inovação surgiu como um “pronto-socorro tecnológico“, pois busca ajudar os empreendedores e empresários de micro e pequeno porte a encontrar ou desenvolver soluções para os problemas tecnológicos do dia a dia de suas empresas.

Para saber mais sobre esses e outros programas acesse www.prceu.usp.br e conheça mais sobre a agência de inovação da USP em www.inovacao. usp.br. Não perca a oportunidade de transpor as fronteiras da Universidade!

5


DESTAQUES DE CULTURA E EXTENSÃO

CultEx na FEA A AIESEC é a maior organização estudantil do mundo. Presente em mais de cem países, ela é uma plataforma internacional na qual os jovens podem descobrir seus talentos e aprimorá-los, criando um impacto positivo na sociedade. Ela coloca em contato estudantes do mundo todo, em experiências de intercâmbio e oportunidades de trabalho com liderança. Os programas de intercâmbio possibilitam a oportunidade de trabalhar em outro país em diversas áreas, além da possibilidade de projetos em ONGs e fundações, com trabalhos sociais, que podem ser em projetos de conscientização, educação, direitos humanos e outros. Saiba mais em: www.fea.usp.br/conteudo.php?i=38 e www.aiesec.org.br/usp.

O ALFA-USP foi um programa de extensão universitária criado em 2001 pelos alunos da FEA. O programa visava contribuir na luta contra causas e consequências da pobreza e, para tanto, oferece salas de educação abertas e gratuitas para jovens e adultos, que vão desde a alfabetização até o conteúdo da quarta série do ensino fundamental. O programa encontra-se desativado. Saiba mais em: www.fea.usp.br/conteudo.php?i=41 e coordenacao@alfausp.org.br.

Já ouvir falar no AME FEA? O programa tem como objetivo e missão auxiliar na formação dos graduandos da FEA USP por meio de concessão de bolsas de estudo para estes. Para isso são arrecadados fundos por meio de doações de parceiros , pais e alunos. Saiba mais em www.amefea.org.

6

A Associação Acadêmica Atlética Visconde de Cairu (AAAVC) é a entidade que coordena as atividades esportivas da FEA, organizando os treinamentos das equipes e participação em campeonatos. Com as cores azul, cinza e branco, e tendo o canguru como mascote, a AAAVC é uma das atléticas mais tradicionais da USP, possuindo uma estrutura desenvolvida e organizada no cenário universitário, além de equipes que se destacam em nível esportivo. Saiba mais em: www.fea.usp.br/conteudo.php?i=36 e www.aaavc.com.br. A Bateria S/A é uma entidade independente com apoio do Centro Acadêmico e da Atlética. Ensaia duas vezes por semana e comparece aos jogos da universidade e às competições das quais a FEA participam. Cada vez mais a Bateria S/A tenta agregar valor à sua música, ensaiando os gritos de guerra da faculdade, como também sambas, sempre com a assistência de grandes mestres de bateria, das grandes escolas de samba e convites para tocar fora da faculdade. Saiba mais em: www.fea.usp.br/conteudo.php?i=44 e www.bateriasa.com.br. O Centro Acadêmico Visconde de Cairu é uma entidade que representa os alunos, tanto da graduação, quanto da pós-graduação, da FEA, buscando defender seus interesses, dentro e fora da universidade. Além de debates e seminários políticos, acadêmicos e conjunturais, o CAVC também estimula a formação de grupos de estudos e a publicação de artigos dos alunos, apoia a iniciação científica através do Controversa e organiza eventos para estimular a integração, como as festas, ou para incentivar as manifestações culturais e descobrir novos talentos, além de publicações em jornais, como o “Visconde” e revistas. Saiba mais em: www.fea.usp.br/conteudo.php?i=35 e cavc.com.br.

VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

WWW.CULTEX.USP.BR


CULTEX NA FEA

A Comissão FEA Recicla & Sustentabilidade atua no planejamento e desenvolvimento de atividades de conscientização, educação e aplicação de técnicas ambientais visando à conservação dos recursos naturais e diminuição do desperdício, promovendo os conceitos dos 4 R’s. Algumas de suas iniciativas são: coleta diferenciada do papel; permissão para impressões de dissertações e teses em frente e verso e treinamento da equipe de limpeza. Saiba mais em: www.fea.usp.br/conteudo.php? i=564. O cursinho da FEA é um curso prévestibular voltado para pessoas de baixa renda. Visa não somente a preparação para ingresso nas universidades, mas também a formação de pensamento crítico. As aulas são ministradas por ex-alunos da USP e alunos que estão prestes a se formar. Já a organização do projeto é toda feita por alunos da graduação que trabalham nas áreas de financeiro, marketing, pedagógico, recursos humanos e processo seletivo. Saiba mais em www.fea.usp.br/conteudo.php?i=240. O Projeto ECONOTEEN é um concurso direcionado aos concluintes do Ensino Médio em escolas públicas do Estado de São Paulo. Seu objetivo é apresentar o pensamento econômico aos alunos do Ensino Médio, estimular o estudante a pensar sobre os problemas de natureza econômica, colocá-lo em contato com os assuntos abordados pelos economistas, dar-lhe informações sobre a graduação em Economia e mostrar a esse estudante os caminhos que o profissional da área pode seguir. Saiba mais em: www.fea.usp.br/feaecon//econoteen. O FEA Consulting Club (FCC) é uma organização estudantil voltada para preparação dos feanos para os processos seletivos de consultorias e divulgação da carreira de consultor. O FCC possui parceria com as principais consultorias estratégicas, desenvolvendo junto a elas diversos eventos de

WWW.CULTEX.USP.BR

VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

geração de interesse, capacitação e processos seletivos. Saiba mais em: www.fea.usp.br/conteudo.php?i=520 e www.feaconsultingclub.com.br/.

A FEA júnior USP é uma entidade existente para complementar a formação dos alunos e prepará-los para o futuro no mercado, dando a possibilidade de ter experiência de uma forma leve e sem sair da faculdade. Formada e gerida completamente por estudantes, ela presta serviços de consultoria para pequenas empresas, empreendedores e organizações do terceiro setor; além de palestras, competições de resolução de casos e recrutamentos. Anualmente, realizam a Feira Recrutamento e Carreira de impacto para os estudantes da FEA em busca de estágio. Sabia mais em: www.fea.usp.br/conteudo.php?i=37 e www.feajr.com. FEA Marketing Club está desativada. A entidade promovia eventos, grupos de estudos, captação de recursos e treinamentos a fim de capacitar alunos a tornarem profissionais de marketing com habilidades administrativas e relacionais. Saiba mais em: www.fea.usp.br/conteudo.php?i=519.

A FEA Social presta serviços de assessoria a organizações não governamentais, fundações, as- sociações, empresas e pessoas físicas interessadas realizadas por grupos de alunos da Universidade de São Paulo. A assessoria acon- tece sempre que solicitada por uma empresa e pessoas físicas inte- ressadas na atuação social e gratuitamente para organizações não governamentais e pessoas físicas que atuam em projetos sociais. Promove também eventos de divulgação sobre negócios sociais. Saiba mais em www.feasocial.org.

7


CULTEX NA FEA

A FEA Society é uma comunidade de alunos LGBT da FEA-USP que apresenta notícias nacionais e internacionais e promove discussões sobre o LGBT e a sociedade. Saiba mais em: www.facebook.com/TheFeaSociety

A FEA Sports Business foi fundada em maio de 2014 por alunos da FEA-USP, a FEA Sports Business surge como uma entidade universitária cuja intenção principal é mudar as diretrizes da gestão esportiva no Brasil. Para isso, estabeleceu seus quatro pilares de ação, que direcionam suas atividades. Esses pilares são: pesquisa, eventos, social e consultoria. Cada um deles tem igual importância e autonomia, e objetivam desenvolver habilidades específicas relevantes para a formação de profissionais altamente capacitados para gerir negócios ligados ao esporte. Saiba mais em www.facebook.com/feasb.

FEA USP Educação e Futuro é um projeto que possui a intenção de viabilizar o debate a respeito da formação acadêmica do aluno da FEA USP, possibilitando assim, a constante atualização dos currículos da faculdade. Busca-se desenvolver uma frente de pesquisa que sirva como fonte de informações e base de dados, por meio do levantamento de estruturas curriculares de diversas universidades, das diferentes legislações educacionais, além de outras informações relevantes a respeito da formação acadêmica/profissional proporcionada pelas faculdades nacionais e internacionais. Saiba mais em www.fea.usp.br/conteudo.php?i=361. A Liga de mercado financeiro FEAUSP é uma entidade formada e gerida por alunos da casa, que conta com o apoio institucional da diretoria e de vários professores. Tem como objetivo formar alunos ainda mais capaci- tados para trabalhar no mercado financeiro, proporcionando conhecimento prático e teórico em áreas pouco exploradas no currículo formal. Promove cursos, palestras e workshops, networking e visita às empresas do mercado financeiro. Saiba mais em www.fea.usp.br/conteudo.php?i=390.

8

Desde 1994 o Programa de Educação Tutorial busca complementar a formação do FEA no através de atividades de ensino, pesquisa e extensão. É um espaço no qual novos projetos podem ser desenvolvidos com o apoio tanto de alunos mais experientes, como membros egressos, pós- graduandos e professores. Há um tutor que acompanha as reuniões gerais e os projetos do grupo, além de incentivar a Pesquisa. Todos as atividades, pesquisas e projetos, são registradas através de um relatório anual enviado ao CLA (conselho) do portal SIG PET do MEC. Saiba mais em: www.fea.usp.br/conteudo.php?i=40.

e petadmusp.com

O PESC pretende promover a troca de conhecimento entre o aluno FEA no e a sociedade. Para que isso aconteça, os grupos do programa entram em contato com ONGs e Associações, entendem como funcionam suas áreas administrativas e usam o conhecimento da Universidade para ajudálas a se tornarem sustentáveis economicamente e poderem realizar sua proposta de trabalho da melhor maneira possível. Saiba mais em: www.fea.usp.br/conteudo.php?i=448 e www.pesc.fea.usp.br.

A FEA participa também de programas da PróReitoria de Cultura e Extensão através do projeto Universidade Aberta a Terceira Idade. Em agosto deste ano ocorreram palestras com os temas Crédito para pessoas físicas e Alternativas de negócios com sinergias sócio-educacionais para seniores. Saiba mais em: www.fea.usp.br/conteudo.php?i=387. Também participa da Semana de Arte e Cultura, evento no qual a comunidade FEA na divulga as manifestações artísticas dos alunos, professores e funcionários na faculdade, algumas atrações são: coral, teatro, dança, música popular, bateria e caricaturas. Saiba mais em www.fea.usp.br/conteudo.php?i=388.

VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

WWW.CULTEX.USP.BR


DESTAQUES DE CULTURA E EXTENSÃO

Eventos EAD FEA Abaixo encontram-se alguns dos eventos do Departamento de Administração da FEA USP que ocorreram no segundo semestre de 2014. São somente exemplos da variedade de eventos realizados pelo EAD, sendo que estes e os demais serão divulgados no próximo CultEx.

O SemeAd, Seminários em Administração, é um evento científico brasileiro que tem como objetivo contribuir para o fortalecimento e o aprimoramento da produção e difusão do conhecimento voltado à comunidade acadêmica e profissional da área de Administração. Saiba mais em www.semead.com.br .

O Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente (ENGEMA) é um evento anual que tem como objetivo reunir pesquisadores, profissionais, empresários e gestores públicos e privados envolvidos em novas abordagens em gestão ambiental nas empresas. Saiba mais em www.engema.org.br.

Pioneiro no tema, o EMPRAD é um encontro organizado pelo Programa de Mestrado Profissional em Empreendedorismo que tem como objetivo discutir experiências de administração na perspectiva teórico– empírica no contexto dos mestrados profissionais. Saiba mais em www.emprad.org.br.

O VI ENED—Encontro da Universidade com Empresas em Desenvolvimento tem por objetivos aproximar professores e pesquisadores da universidade a empreendedores e gestores de empresas de Pequeno e Médio Porte.

FEA em números Você sabia que...

alunos de graduação e professores podem colocar em prática Basta escrever um projeto à PRCEU e candidatar-se a bolsas do e Extensão. Também podem participar servidores não docentes, superior, atuando como corresponsáveis de projetos. Os editais www.prceu.usp.br/programas/ aprender . Fique atento!!!

WWW.CULTEX.USP.BR

VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

projetos de Cultura e Extensão? Programa Aprender com Cultura ocupantes de funções de nível ocorrem anualmente na página

9


FEA EM NÚMEROS

Ao colocar em números um pouco da produção em Cultura e Extensão da FEA USP, a tabela abaixo mostra a quantidade de submissão de bolsas pelos departamentos ao Programa Aprender com Cultura e Extensão e o total de bolsas concedidas anualmente.

Submissões de Bolsas Ano

EAD

EAC

EAE

PESC

Total Submissões Bolsas Concedidas

2009

1

2

1

11

15

13

2010

0

0

2

11

13

13

2011

1

2

2

11

16

13

2012

3

4

1

15

23

22

2013

4

8

2

12

26

25

Projetos também podem ser submetidos à PRCEU para requisição de fomento. Seguem alguns gráficos que mostram a proporção de projetos encaminhados à PRCEU pelos departamentos da FEA USP.

A taxa de aprovação dos projetos no total foi de 100% no ano de 2012, 75% em 2013 e 57% neste ano. A tabela abaixo contém os números dos projetos submetidos por departamento.

Departameto EAD EAE EAC Total Aprovados Taxa Aprovação

nº Projetos Submetidos Ano 2012 Ano 2013 Ano 2014 3 8 4 3 3 1 1 5 2 16 7 7 7 12 4 100% 75% 57%

Os projetos devem ser submetidos através do Sistema Apolo pelo professor responsável.

Não perca tempo!!!

10

VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

WWW.CULTEX.USP.BR


FEA EM NÚMEROS A equipe da Comissão de Cultura e Extensão da FEA vem realizando um acompanhamento sistemático das atividades desenvolvidas no âmbito da Unidade. Entre os principais números prospectados entre 2009 e 2013 encontram-se em as quantidades de a) eventos realizados por ano; b) eventos abertos realizados pelas entidades, programas e pela Comissão de Cultura e Extensão CCEx; c) eventos por departamento e d) divulgação por departamento. A) Em relação a eventos abertos ao público, nota-se que houve um pico em 2011, com declínio em 2012 e 2013, porém com resultados maiores que nos anos de 2008 a 2010. Isso deve-se entre outras razões ao método de coleta dos dados, que antes era por reserva de sala e depois passou a ser pelo calendário de eventos da FEA.

TOTAL DE EVENTOS REALIZADOS 160 140 120 100 80 60 40 20 0 2008

2009

2010

20112

12012

2013

B) Neste objeto seguinte encontram-se a quantidade de eventos abertos ao público por algumas entidades ou projetos da Unidade. Não foi possível a inclusão de todas as entidades ou programas da Unidade. Observa-se que o Centro Acadêmico Visconde de Cairu e a empresa júnior FEA júnior possuem maior destaque.

EVENTOS POR ENTIDADE/PROJETO 100 80 60 40 20 0

C) Ao categorizar e relacionar os eventos realizados na FEA por departamento, obtemos os resultados expressos na tabela abaixo. Evidencia-se o número de congressos, encontros e seminários ocorridos durante os últimos 4 anos. Eventos realizados Congresso Encontro Seminário Simpósio Outros Não informado Total WWW.CULTEX.USP.BR

VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

EAD 263 126 136 68 11 211 129 944

EAC 212 153 90 29 13 230 123 850

EAE 91 38 76 30 10 31 42 318

Total 566 317 302 127 34 472 294 2112

11


DESTAQUES DE CULTURA E EXTENSÃO D) As atividades de extensão na forma de divulgação encontram-se tabela abaixo. Considera-se também a participação de docentes em banca de apresentação de trabalhos. Destacam-se em números as publicação de artigos em eventos, textos e artigos em revistas. Divulgação Textos

Capítulos de livros Livros publicados Total

EAD 1211 1564 329 851 292 115 4362

EAC 604 386 455 472 99 48 2064

EAE 315 106 1018 410 150 78 2077

Total 2130 2056 1802 1733 541 241 8503

Essas tabelas, gráficos e números traduzem um pouco da intensa atividade de cultura e extensão de nossa unidade. O esforço da Comissão de Cultura e Extensão do EAD é registrar esses números e divulgá-los a comunidade interna e externa da Universidade de São Paulo. A Comissão acredita que as atividades de cultura e extensão são as que melhor traduzem a vocação profissional e acadêmica comprometida com as mudanças sociais e econômicas. São elas que produzem benefícios recíprocos a todos os direta e indiretamente envolvidos com sua realização.

Destaques CultEx “A Feira de Profissões é uma atividade extremamente relevante de aproximação do aluno do ensino médio com a Universidade. Em um momento decisivo de escolha, os alunos costumam ter diversas dúvidas e questionamento, portanto nada melhor que visitar a faculdade, visualizar o espaço físico, conhecer docentes e alunos. É uma forma do jovem materializar conceitos abstratos e obter informações sobre possibilidade de inserção no mercado de trabalho. Desta forma, o jovem poderá tomar uma decisão no mínimo mais consciente.”

Profa. Dra. Graziella Comini

“A USP como universidade pública, tem a obrigação de mostrar o que faz e oferece à população, principalmente aos jovens interessados em cursar uma faculdade. Eu tinha curiosidade em saber como a feira acontecia e realmente me surpreendi com a dimensão do evento. Os alunos vinham de escolas públicas de diversas regiões da cidade de São Paulo. Notei que os estudantes chegam com muitas perguntas aos professores e alunos da FEA sobre o programa dos cursos, as perspectivas de emprego e salário, etc. Acredito que nós, professores e alunos da FEA, além de informar os estudantes, deveríamos enfatizar que apesar da grande disputa do vestibular, entrar na USP é algo possível. A feira, neste sentido, deveria estimular os estudantes a se prepararem para isto.”

12

Prof. Dr. Wilson Amorim VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

WWW.CULTEX.USP.BR


DESTAQUES CULTEX

O Programa de Extensão de Serviços à Comunidade foi criado em setembro de 2001 com o intuito de promover a troca de conhecimento entre o aluno FEA no e a sociedade. Para que isso aconteça, os grupos do programa entram em contato com ONGs e Associações, entendem como funcionam suas áreas administrativas e usam o conhecimento da Universidade para ajudá-las a se tornarem sustentáveis economicamente e poderem realizar sua proposta de trabalho da melhor maneira possível, entendendo mais sobre o terceiro setor. Por isso, o aluno do PESC deve ter iniciativa, comprometimento, responsabilidade social, espírito de equipe e ética.

Quantas horas por semana?! Depende de cada grupo, da fase do projeto e das tarefas de cada membro. O tempo de duração do programa é de 12 meses quando será entregue o relatório final. Eu tenho que ter um grupo? Os alunos podem ou não ter grupos formados. Se tiverem, o grupo será mantido. Caso contrário, a coordenação irá aproximar alunos com os mesmos interesses. E se eu não tiver um projeto?

Perguntas e respostas FAQ PESC

Os alunos podem ou não ter um projeto. Se tiverem, o projeto será analisado. Caso contrário, a coordenação irá alinhar os projetos pré-aprovados aos alunos interessados.

Como funciona?

O que eu ganho além de experiência?

No PESC, os alunos levam à comunidade serviços relacionados com as áreas de Economia, Administração e Contabilidade, sob a orientação dos coordenadores Prof. Dr. Carlos Alberto Pereira, Prof. Dr. Guilherme de Farias Shiraishi e Prof. Dr. David Turchick.

São concedidos 4 créditos-aula na disciplina ACE (optativa livre) ao final do projeto. Além disso, os melhores projetos concorrem a uma premiação. Onde encontro mais informações? No site www.pesc.fea.usp.br

O Prof. Dr. Guilherme de Farias Shiraishi tem ampla experiência no PESC, participou como aluno e atualmente é coordenador do programa. Em entrevista ao Cultex expõs os seguintes pontos de vista Como aluno, tive uma experiência enriquecedora sendo agente ativo de mudança social, descobri a aplicação do curso de Administração dentro da realidade social brasileira, a partir de uma visão estratégica e empreeendedora para a atuação social. Isso me proporcionou autorrealização, motivação e, ainda, norteou a minha formação como cidadão consciente. Como coordenador, enfrento o desafio de alinhar interesses da juventude com interesses sócio-ambientais e culturais demandados pela sociedade.

Prof. Dr. Guilherme Shiraishi

WWW.CULTEX.USP.BR

VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

Por que fazer parte do PESC? Possibilidade de integração com a realidade brasileira e de externalizar investimentos que a sociedade propicia à universidade pública de qualidade.

13


DESTAQUES DE CULTURA E EXTENSÃO

Como registrar? A USP possui uma constelação de sistemas especializados em diferentes áreas de atuação da Universidade. O JupiterWeb e o Janus são utilizados para gerenciar as atividades de ensino de graduação e pós-graduação, respectivamente. O Atena, o Proteos, o MercurioWeb e o MarteWeb são respectivamente ligados a gestão da pesquisa, da administração, das finanças e dos recursos humanos. A cultura e extensão, por sua vez, possui o sistema Apolo para gerenciar suas atividades. Visite o site abaixo para se familiarizar com o sistema.

O Apolo é um sistema que registra projetos de cultura e extensão que solicitam alguma forma fomento junto a Pro Reitoria de Cultura e Extensão da USP. Uma breve descrição da atividade com público envolvido e um orçamento já é mais que suficiente para ser registrado e competir com outros projetos pelos recursos disponíveis, que serão concedidos na totalidade, parcialmente ou não concedidos, após apreciação das comissões da FEA e da PROCEU. A Comissão de Cultura e Extensão do EAD considera o sistema Apolo bastante limitado, pois não registra projetos fomentados por outros agências e agentes externos à USP. O sistema também não está habilitado a fornecer um certificado/atestado/recibo de registro e conclusão dos projetos. Estudar, sugerir e articular

14

melhoria neste sistema é uma das prioridades da Comissão. A Comissão vislumbra a possibilidade d registro e certificação de toda e qualquer atividade de cultura e extensão neste sistema. Além do sistema Apolo as atividades de cultura e extensão podem ser registradas nos relatórios para a CERT-Comissão Especial de Regimes de Trabalho respeitando seus “Indicadores para avaliação docente” e, no caso dos membros do EAD, em seu SPD – Sistema de Pontuação Docente. Além desses sistemas, no âmbito da unidade ou da USP, a Comissão recomenda registrar as atividades desenvolvidas no Curriculum Lattes, em local exemplificado na figura abaixo.

VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

WWW.CULTEX.USP.BR


DESTAQUES DE CULTURA E EXTENSÃO

Quem é quem Marina Mitiyo Yamamoto Presidente da Comissão na FEA Contato: marinamy@usp.br ADMINISTRAÇÃO Gilmar Masiero Coordenador e Representante Contato: gilmarmasiero@gmail.com Roberto Sbragia Chefe de Departamento Contato: rsbragia@usp.br

Maria Arminda do Nascimento Arruda Pró-Reitora de Cultura e Extensão Universitária - USP Contato: prceu@usp.br / arr@usp.br

Denise Cavalini Cyrillo Vice-Presidente da Comissão na FEA Contato: dccyrill@usp.br

Kavita Miadaira Hamza Suplente Coordenador Contato:kavita@usp.br Ana Carolina de Aguiar Rodrigues Suplente Representante Contato: anacarolina.ar@usp.br Moacir de Miranda Oliveira Junior Suplente Chefe do Departamento Contato: mirandaoliveira@usp.br

CONTABILIDADE Marina Mitiyo Yamamoto Coordenadora Contato: marinamy@usp.br

Valmor Slomski Suplente Coordenador Contato: valmor@usp.br

Tatiana Albanez Representante Contato: tatiana.albanez@usp.br

Flávia Zóboli Dalmácio Suplente Representante Contato: flaviazd@usp.br

Gerlando Augusto Sampaio Franco de Lima Chefe de departamento Contato: gerlando@usp.br

Fábio Frezatti Suplente Chefe do Departamento Contato: frezatti@usp.br

Denise Cavallini Cyrillo Coordenadora Contato: dccyrill@usp.br

Luciana Suarez Lopes Suplente Coordenadora Contato: lslopes@usp.br

Fernando Daniel Chague Representante Contato: fchague@usp.br

Adriano Henrique Rebelo Biava Suplente Representante Contato:biafeusp@usp.br

Hélio Nogueira da Cruz Chefe do Departamento Contato: hncruz@usp.br

Heron Carlos Esvael do Carmo Suplente Chefe do Departamento Contato: hcecarmo@usp.br

ECONOMIA

SERVIÇO DE PESQUISA, CULTURA E EXTENSÃO Rosemeire Maria Batista Chefe Administrativa Contato: cpqcexfea@usp.br

WWW.CULTEX.USP.BR

VOL. 1, NOVEMBRO DE 2014

Cíntia Oliveira Técnica Administrativa Contato: cpqcexfea@usp.br

15


www.cultex.usp.br

CultEx - Destaques de Cultura e Extensão Uma publicação semestral da Comissão de Cultura e Extensão do EAD FEA USP Novembro de 2014 Av. Prof. Luciano Gualberto, 908 Cidade Universitária - CEP 05508 - 010 Diretor da FEA: Prof. Dr. Adalberto Américo Fischmann Chefe do Departamento de Administração: Prof. Dr. Roberto Sbragia Editor Responsável: Prof. Dr. Gilmar Masiero Editor Administrativo: Mariana Coelho Naldi Editores Adjuntos: Profa. Dra. Kavita Hamza, Profa. Dra. Ana Carolina Rodrigues Editor Gráfico: Brasilnet www.brasilnetconsulting.com.br

Cultex  
Cultex  
Advertisement