Issuu on Google+


AGRADECIMENTO

IDEALIZADORES DO PROJETO

Manoel Soares

Ivanete Pereira

Paulo Daniel Santos

Paulo César Tinga


CUFA RS Manoel Soares/Coordenador Geral Ivanete Pereira/Coordenadora Institucional Lisandra Félix/Coordenadora de Projetos Dinorá Rodrigues/Coordenadora Administrativa Danilo Santos/Coordenador de Audiovisual Paulo Daniel Santos/Pres. Conselho Estadual CUFA-RS Eduardo Bertuol Rosin/Assessoria de Imprensa Carolina Reck/Assessoria de Imprensa Alexandre Bertolazi/Fotográfo Livro Chutando Preconceito Coordenação Editorial e Conteúdo/Manoel Soares Coordenação de Arte/Paulo Daniel Santos Organização/Carolina Reck, Eduardo Bertuol Rosin e Paulo Daniel Santos Projeto gráfico e organização/ Eduardo Bertuol Rosin, Carolina Reck e Paulo Daniel Santos Elaboração/Carolina Reck, Eduardo Bertuol Rosin e Paulo Daniel Santos Fotos/Alexandre Bertolazi e Carolina Reck Revisão/ Eduardo Bertuol Rosin, Dinorá Rodrigues e Carolina Reck Acesse: cufars.org.br cufa.org.br liibra.com premioanu.com.br cinecufa.com.br mvbill.com.br bolacomunitaria.com.br


CENTRAL ÚNICA DE FAVELAS

A

Central Única das Favelas - CUFA é uma organização que atua em âmbito nacional, fundada por jovens de favelas que se viam em condições de promover mudanças no ambiente em que viviam. A CUFA, a partir de suas ações de empoderamento da periferia, tornou-se um referencial para as comunidades e hoje possui bases de trabalho em vários

estados brasileiros. Desde sua fundação, a CUFA busca fortalecer a cidadania dentro das comunidades, desenvolvendo importantes projetos nas áreas de educação, esporte, profissionalização, cultura e inclusão social. Se você está com esse livro nas mãos, considere-se convidado, sendo ou não favelado, a viver essas transformações que muito nos emociona! Seja bem vindo, esse é o nosso bonde.


P

elos gramados de todos os estádios de futebol a sede por vitória corre nos pés, na bola e no grito da torcida. Cada segundo de cada minuto é decisivo. A chance da ação repercutir no gol é única. Ela envolve os dedos cruzados, os cantos e a vibração de um e da unidade de todos. O momento é emoção pura. A oportunidade do acerto vive no balançar de bandeiras, nas caras pintadas, nos sorrisos, na família com os filhos no estádio e ultrapassa tudo isso. O lugar da vitória não está apenas no gol físico, mas no gol que torna a todos o mesmo vitorioso dentro do campo. Chutando o Preconceito é a ação social que expande a pontuação do jogo para fora dele, que torna a vitória ao preconceito uma extensão do futebol. A influência do esporte na vida dos brasileiros é imprescindível, buscar nele a conscientização é a ferramenta do projeto. Aqui, o gol deve ocorrer fora do campo, deve se mesclar ao cotidiano e ser real em gestos e palavras, lutar pela permanência. Aqui, o gol dribla as dificuldades, se aprofunda no desconhecido, leva na sua corrida em direção a goleira a meta de desacostumar os olhos a verem nos outros o outro. Todos somos um e esse gol vai ser nosso.


Logo do Chutando ok

O CHUTE para vencer o preconceito

Para promover o evento esportivo, a CUFA RS montará nas cidades arenas esportivas, onde jogadores, personalidades e ativistas engajados no combate ao preconceito poderão cobrar um pênalti e fazer um gol no preconceito. De forma lúdica, o ato chutar a bola carrega significados. O chute consiste na metáfora do ato: é necessário se mover para mudar a realidade. O gol representa a vitória contra o preconceito.


Além dos 90 minutos Oriundo do bairro da Restinga, de Porto Alegre, Paulo César Fonseca do Nascimento iniciou a carreira no Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, conquistando duas vezes a Copa do Brasil. Teve passagens por times internacionais e ganhou duas vezes

PAULO CÉSAR

TINGA

A INSPIRAÇÃO

a Copa Libertadores da América e uma Recopa Sul-Americana pelo Sport Club Internacional. No Borussia Dortmund, levantou a taça da Supercopa da Alemanha. Pelo Cruzeiro Esporte Clube, atual clube, venceu o Campeonato Brasileiro. Seu envolvimento com ações comunitárias por meio do esporte está em projetos como o Aspirantes de Cristo, desenvolvido na comunidade Morro Santana, da capital gaúcha e no Esporte Clube Cidadão, fundado em parceria com o ex-jogador Dunga. Sua parceria com a CUFA RS surgiu no projeto Bola Comunitária, em que foi escolhido como Padrinho do 1º Torneio. Tinga e Manoel Soares idealizaram o Chutando o Preconceito com a CUFA, no intuito de expandir e abrir portas para outras iniciativas. O atleta esteve sujeito ao preconceito nos estádios de futebol e afirmou: "Trocaria meus títulos por um mundo com igualdade entre todas as raças, classes e lugares".


O oponente dentro e fora de campo

ODOMONSTRO PRECONCEITO

O projeto tem como símbolo do preconceito um monstro que tentará defender a bola que corre de encontro ao gol. A fantasia é uma maneira lúdica e criativa de exemplificar o problema social inserido na sociedade, seja este racial, de gênero, sexo e outros que, de forma velada ou explícita, vivem nas atitudes, discursos e gestos diários. Com a justificativa de divertir, e não de assustar, o monstro é uma forma dinâmica de representar a discriminação e provocar a reflexão de forma divertida e solidária. Todos se juntam na brincadeira para vencer o monstro. Na brincadeira do Chutando o Preconceito, a meta é percebê-lo e fazer um gol nele. A ideia é que este ato seja levado para fora do evento, fazendo com que as pessoas identifiquem atos preconceituosos em suas rotinas e os revertam, vencendo diariamente a discriminação.


PROJETO SOCIAL

Ação esportiva vencendo o preconceito O apito inicial dos jogos contra a discriminação foi dado e um deles ocorreu em Porto Alegre. O Projeto Chutando o Preconceito está previsto para ser realizado em 15 capitais brasileiras, entre elas as 12 capitais que realizarão os jogos da Copa do Mundo em 2014. A iniciativa, além de mobilizar a população em geral, tem como objetivo envolver instituições sociais, empresas, personalidades e autoridades locais para disseminar a prática positiva para erradicação desse sentimento que afeta diretamente milhares de pessoas em todo o país. O estacionamento do Shopping Total, em Porto Alegre, presenciou o evento. Na ocasião, o Projeto Chutando o Preconceito teve a transmissão ao vivo pela TVCom/RBS TV (Afiliada Rede Globo). Sua divulgação na imprensa alcançou aproximadamente cinco milhões de pessoas.


INTERVENÇÃO

CULTURAL Vencer o preconceito passa por se conectar com sentimentos bons que existem em nossos corações. Em suas milhares de ações pelo Brasil, a CUFA entendeu que a arte é o despertador da bondade.

Latitude

A banda Latitude é um bloco de intervenção cultural que envolve música, dança e conscientização. O grupo busca chamar a atenção da cidade e da sociedade para situações de melhorias no ambiente. A sua ferramenta é a música, que além de tocar é capaz de quebrar muros e fazer provocações. Sua finalidade no evento foi animar o público rufando tambores durante o esperado gol. É essencial a presença de jovens das comunidades com projetos musicais e culturais no Chutando o Preconceito. Eles são um elo fundamental que desestrutura a discriminação e ajuda a marcar este gol.


Acapoeira A Acapoeira (Associação Cultural Artística Popular Orientada ao Esporte e de Incentivo a Raízes Afrobrasileiras) nasceu com um objetivo claro: empenhar-se no resgate e na preservação da cultura negra – danças, orgulho, ideais, manifestações culturais e, evidentemente, a capoeira. Esse reconhecimento é importante como conquista de toda uma dura e longa campanha em defesa de uma prática esportiva, cultural e artística saudável e genuinamente brasileira. Aliada ao esporte, a cultura é uma ferramenta imprescindível para a transformação social.

Zueira O grupo Zueira surgiu das rodas de samba e pagode em família, animando aniversários e festas de amigos. Possui doze anos de trabalho e já se apresentou em quase todas as casas noturnas de Porto Alegre e nos principais eventos que envolvessem samba e pagode no estado do Rio Grande do Sul, se tornado uma das bandas que mais se apresentam no estado, no segmento em que atua. Em Porto Alegre, foram os responsáveis por lançar o famoso "Pagode Universitário", trazendo um conceito novo do pagode ao estado.


APRESENTADORES E CONVIDADOS


Cristina Ranzolin É a principal apresentadora da RBS TV (afiliada Globo). A jornalista teve a função de apresentar, junto de Paulo Brito, ao vivo o programa Chutando o Preconceito na TVCom. Ranzolin tem uma forte penetração nas classes A e B e acreditamos que o preconceito tem que ter uma interface de classes. No encerramento do programa Cristina também se uniu na vitória contra o preconceito, fazendo um gol neste.

Paulo Brito É o principal narrador da RBS TV e apresenta dois programas diários na rádio Cidade FM, também do Grupo RBS, veículo que atinge as classes B, C e D. Além disso, o jornalista narra partidas pela TVCOM, Rede Globo e SporTV. Com seus bordões muito reconhecidos, como "feito" e "é bom esse jogador", Brito se torna popular em realizar a ligação entre os telespectadores e ouvintes e o esporte. Este aspecto foi o responsável por torná-lo parte da primeira edição do Papo Reto. A identidade do jornalista esportivo em diálogos, comentários e narrativa, ambienta os participantes na temática e compreensão do futebol.


Cezar Freitas Atualmente, Cezar é diretor de Jornalismo da RBS TV e há mais de três décadas se dedica ao jornalismo. Ele possui uma carreira de respeito frente ao Grupo RBS, maior Rede de Comunicação do Rio Grande do Sul, onde já coordenou os principais veículos de informação. O jornalista ministrou o bate-papo entre o jogador do Cruzeiro Paulo César Tinga e dezenas de alunos de escolas públicas e privadas da capital. A conversa ocorreu após a transmissão do programa Chutando o Preconceito.


Paulão Assim como Tinga, Paulão passou pelos dois principais clubes do Rio Grande do Sul. Atualmente na zaga do Sport Club Internacional, Paulão sofreu com o preconceito durante uma partida de futebol pelo Campeonato Gaúcho. Na ocasião, o jogador reagiu com sabedoria e respondeu ao torcedor: "Que bonito. Esta é a tua contribuição para melhorar a sociedade". Mesmo antes de ser atingido com os atos racistas, o atleta havia apoiado Tinga nas redes sociais compartilhado imagens do projeto Chutando o Preconceito e postando mensagens de apoio ao jogador.

Convidados:

Márcio Chagas

Marcio Chagas – FOTO DELE CARTÃO VERMELHO PRECONCEIT– pq foi importante no que participou?

O árbitro sofreu com atos racistas enquanto apitava uma partida pelo Campeonato Gaúcho. Além de ter sido hostilizado verbalmente, teve o próprio carro depredado e sujo com bananas enquanto estava no estacionamento do estádio do clube. O caso chegou a ser julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul e o clube foi punido com o rebaixamento e multa. Na primeira ação do Chutando o Preconceito, Chagas apitou o gol inicial, marcado pelo jogador Tinga. O árbitro também aproveitou o momento para dar cartão vermelho ao preconceito.


Guri de Uruguaiana

Interpretado por Jair Kobe, ele já recebeu o título de Cidadão Emérito de Porto Alegre em função de seus destaques na participação de projetos beneficentes, em campanhas que tratam da saúde pública, visitas e apresentações freqüentes em hospitais e associações, além do apoio especial à causa da proteção e promoção do bem-estar animal. Tudo isto por meio de ações divertidas através de seus personagens, principalmente o Guri de Uruguaiana, que leva alegria e muito bom humor às pessoas.

Convidados que deram o chute - Neto Fagundes - Sara Bodowsky - Integrantes do Asilo Padre Cacique - Eugênio Terra - Presidente da AJURIS - Márcio Cardoni - Presidente da Federação Israelita - Ricardo Petersen - Secretário do Esporte e do Lazer - Esportistas: Tarciso Flecha Negra, Dinho, Mazaropi, Edinho, Pará e Claiton


Página 25 e 26

Página 25 e 26

Mosaico de fotos dos convidados no evento Cuidar pra não ajudar politicos etc

Mosaico de fotos dos convidados no evento Cuidar pra não ajudar politicos etc


Convidados entrevistados - Fernanda Bassani - Psicóloga - Eugênio Couto Terra - Presidente da AJURIS - Cristina Pozzer- Diretora do Asilo Padre Cacique - Integrante da ACERGS - Tâmara Soares - Diretora da Secretaria de Direitos Humanos do RS - Tina Tigre - Representante do Deputado Jean Wyllys - Neto Fagundes - Cantor nativista e apresentador do Galpão Crioulo - Mario Cardoni - Presidente da Federação Israelita do RS - Afonso Tochetto - Diretor Financeiro da APAE-RS


Palestra (foto)

A PALESTRA

Desenvolvendo o tema O intuito do projeto consiste em elucidar aspectos do preconceito no cotidiano e sua apresentação das mais diversas formas. Além do entretenimento e pluralidade no momento do chute, a CUFA RS proporciona a reflexão por meio de palestra, focada nos mais diversos públicos e em especial na juventude. Na ocasião, a ideia é instigar a reflexão dos participantes, fazendo com que individualmente participem questionando e somando informações e situações ao conteúdo proposto. Na conversa, Tinga aborda a temática no ponto de vista do futebol, falando de sua trajetória, da importância de ações sociais nos clubes e de combaterem o preconceito com estas iniciativas.


Eu queria saber como tu se sente com tanta gente nesse movimento, o Chutando o Preconceito, e se as cartas que tu recebe são uma motivação extra?

A educação tem que vir da família. Mas quando a família já é preconceituosa, tu não acha correto a escola saber se posicionar e colocar uma reflexão durante as aulas? Que faça os alunos refletirem sobre os seus atos, chegarem em casa e debater o assunto com os seus pais?

Preconceito é algo só entre brancos e negros?


O FUTEBOL

DA CUFA

NO PAÍS

Laços com o esporte A Taça Recife de Comunidades (TARECO), a Taça das Favelas, o Suburbão Futebol Clube e o Torneio Bola Comunitária são competições entre times de futebol de comunidades dos estados de Recife, do Rio de Janeiro, de Fortaleza e do Rio Grande do Sul, respectivamente. Os eventos têm a participação de jovens oriundos de comunidades, com idade entre 12 à 17 anos. O objetivo é promover a integração entre as equipes, as comunidades e os colaboradores; a cultura de paz e valorização do indivíduo; a educação através da qualificação para o esporte; o espírito de equipe e a promoção de políticas públicas nas comunidades, tornando os jovens mais conscientes de seus papéis na sua realidade e entorno. Além disso pretende realizar a integração das comunidades através do esporte e descobrir talentos para o futebol, já que grandes jogadores foram descobertos nas comunidades do país.


NA MÍDIA

Fonte informativa e lazer Fonte informativa e de lazer, os veículos de comunicação cumprem o papel de apresentar, a cada segundo, novas perspectivas aos seus leitores, ouvintes e telespectadores. Na 1ª edição do Chutando o Preconceito, os veículos foram de extrema importância, pois multiplicaram o alcance do tema possibilitando que milhares de pessoas pudessem ter conhecimento e refletir sobre o conteúdo recebido em forma de textos, vídeos ou áudios. Os principais veiculos de Porto Alegre e região divulgaram o evento antes e após o seu acontecimento. A cobertura do evento na mídia foi efetiva. A ação foi notícia em mais de 11 programas televisivos, nos seis periodícos de Porto Alegre, sites dos clubes esportivos da cidade, mídia online e sites de São Paulo, Minas Gerais e outros Estados.


Saiu da Midia (Impresso + digital)

Desde o nascimento

AO VIVO

até sua realização, o Chutando o

A 1a. Edição do

Preconceito conseguiu

Chutando o Preconceito

conectar-se a mais de

se tornou um programa

5 milhões de pessoas

de televisão exibido

através de rádio,

ao vivo e alcançando

imprensa escrita, TV e

mais de 200 mil

internet.

telespectadores.

Aos nossos parceiros, Vinheta do programa Chutando o Preconceito, transmitido ao vivo pela TVCOM.

Antes do evento Paulo Daniel Santos e Manoel Soares participam de entrevista com Sara Bodowsky no programa TVCOM Tudo +, da TVCOM.

MUITO OBRIGADA!


Horas antes do evento Paulo Daniel Santos e Tinga falam a respeito da iniciativa Chutando o Preconceito no Jornal do Almoço, da RBS TV.

Paulo César Tinga participa no dia do evento do programa Globo Esporte, da RBS TV.

O Chutando o Preconceito foi transmitido pelo canal TVCOM/RBS TV (afiliada da rede Globo) em programa que levava seu próprio nome.


REPERCUSSÃO MIDIÁTICA

O canal SBT transmitiu a ação no programa Rio Grande Manhã

Matéria sobre a ação no Bom Dia Rio Grande, da RBS TV, resgatando imagens da transmissão ao vivo.

Chutando o Preconceito é notícia no programa RBS Notícias.

O canal web TV Restinga fez a cobertura dos principais momentos da iniciativa


Saiu da Midia (Impresso + digital) Saiu dadeMidia (Impresso + digital) Cotas Patrocinio

Cotas de Patrocinio Colocamos valor?

MÍDIA IMPRESSA

CAPA DO JORNAL CORREIO DO POVO 25 DE MARÇO DE 2014

Globo Esporte da RBS TV faz matéria do programa após acontecimento.

A TVE também transmitiu matéria sobre os acontecimentos do Chutando o Preconceito


MATÉRIA METRO

24 DE MARÇO DE 2014

Caderno de Esportes, p. 12

MATÉRIA CORREIO DO POVO 25 DE MARÇO DE 2014

Caderno de Esportes, p. 23

MATÉRIA DIÁRIO GAÚCHO

21 DE MARÇO DE 2014 Caderno Pah!, p. 24


Saiu da Midia (Impresso + digital)

Saiu da Midia (Impresso + digital)

MATÉRIA ZERO HORA

MATÉRIA JORNAL DO COMÉRCIO

25 DE MARÇO DE 2014

Caderno de Esportes, p. 42

25 DE MARÇO DE 2014 Caderno Esportes, p. 25

Coluna Placar ZH

MATÉRIA JORNAL DO COMÉRCIO 24 DE MARÇO DE 2014

Caderno Panorama, p. 03

Coluna Vida Social

MATÉRIA ZERO HORA MATÉRIA O SUL

23 DE MARÇO DE 2014 Caderno Magazine, p. 08

Espaço Roteiro Social Coluna Dicas de O Sul

19 DE MARÇO DE 2014

Caderno de Esportes, p. 37

Colunista Luiz Zini Pires


MATÉRIA SITE BHAZ ESPORTES 24 DE MARÇO DE 2014

MATÉRIA SITE ASILO PADRE CACIQUE 25 DE MARÇO DE 2014

MATÉRIA SITE BEM PARANÁ 25 DE MARÇO DE 2014

WEB MÍDIA

MATÉRIA SITE DA AJURIS

24 DE MARÇO DE 2014


BLOG DO CERQUEIRA

10 DE MARÇO DE 2014

SITE CORREIO DO POVO SITE CAMPEONATO BRASILEIRO 18 DE MARÇO DE 2014

CAMAÇARI NOTICIAS

25 DE MARÇO DE 2014

24 DE MARÇO DE 2014


ITE CONEXÃO GRENAL

8 DE MARÇO DE 2014

SITE CUFA LAGUNA SC

19 DE MARÇO DE 2014

SITE CUFA NACIONAL 19 DE MARÇO DE 2014

SITE CORREIO DO POVO

18 DE MARÇO DE 2014

SITE CUFA MT

19 DE MARÇO DE 2014


SITE DEPOIS DO APITO 24 MARÇO DE 2014

DIÁRIO DO GRANDE ABC MARÇO DE 2014

SITE CUFA SE

19 MARÇO DE 2014

SITE TERRA

MARÇO DE 2014


DIÁRIO DO LITORAL 28 DE MARÇO DE 2014

SITE DA FEDERAÇÃO ISRAELITA 25 DE MARÇO DE 2014

SITE ESPORTES NOVO HAMBURGO MARÇO DE 2014

SITE ESTADÃO ESPORTES MARÇO DE 2014


SITE FUNDERGS

25 DE MARÇO DE 2014

SITE FUTEBOL INTERIOR 25 DE MARÇO DE 2014

SITE GLOBO ESPORTE 18 DE MARÇO DE 2014

SITE FUTEBOL GAÚCHO

28 DE MARÇO DE 2014

SITE GLOBO ESPORTE 24 DE MARÇO DE 2014


SITE JORNAL DO COMÉRCIO

SITE INSTITUTO LUIZ GAMA

SITE GRÊMIO FOOT-BALL PORTO ALEGRENSE

20 DE MARÇO DE 2014

24 DE MARÇO DE 2014

24 DE MARÇO DE 2014

SITE JORNAL DO COMÉRCIO 25 DE MARÇO DE 2014

PORTAL IJUHY

25 DE MARÇO DE 2014


SITE LUSO GOLO

26 DE MARÇO DE 2014

SITE LANCE NET

27 DE MARÇO DE 2014

SITE LANCE NET

18 DE MARÇO DE 2014

SITE LIBRE IMPRENSA 25 DE MARÇO DE 2014


SITE O GLOBO - BLOG GENTE BOA 8 DE MARÇO DE 2014

SITE PARANÁ ONLINE

SITE RÁDIO EVANGELHO

MARÇO DE 2014

28 DE MARÇO DE 2014

SITE GAUCHA ONLINE

28 MARÇO DE 2014

SITE AFRICAS

22 DE MARÇO DE 2014


SITE SPORT CLUB INTERNACIONAL

ITE RÁDIO GAÍBA

4 MARÇO DE 2014

24 MARÇO DE 2014

SITE SHOPPING TOTAL 19 MARÇO DE 2014

SITE SPORT CLUB INTERNACIONAL 25 MARÇO DE 2014

SITE TERRA REDE BOM DIA 25 MARÇO DE 2014

SITE SU 21

24 MARÇO DE 2014


ITE SISTEMA 100.5

8 MARÇO DE 2014

SITE UNISINOS SITE TERRA

18 MARÇO DE 2014

24 MARÇO DE 2014

SITE TERRA

25 MARÇO DE 2014

SITE TVCOM

21 MARÇO DE 2014


SITE ZERO HORA BOLA DIVIDIDA 18 MARÇO DE 2014

ITE ESCOLA TÉCNICA NIVERSITÁRIO

1 MARÇO DE 2014

SITE UOL ESPORTES

25 MARÇO DE 2014

INVESTIMENTO SITE WSCOM ONLINE 18 MARÇO DE 2014

"Ao final do Chutando

o Preconceito, a iniciativa capitalizou um investimento de R$ 2.500.000,00, caso houvesse investimento comercial"


AOS AMIGOS

Agradecimento Aos amigos

Carol Toledo Juliano Tortelli Cézar Freitas Paulo Brito Gerson Cruz Cristina Ranzolin Duda Streb Julio Ferreira

Equipe CUFA

Manoel Soares, Ivanete Pereira, Paulo Daniel dos Santos, Dinorá Rodrigues, Danilo dos Santos, Ivanilton Pereira, Fernando Silva, Maicon Maria, Raquel Baron, Carolina Reck, Eduardo Bertuol, Lisandra Felix, Rodrigo Reis, Paulo Menotti, Evertom Soares, Kemillin Melo, Thauan Fagundes, Cristiano Oliveira, Josiane Valiente, Marcelo Rodriguez, Gabriel da Silva, Kevin Pereira, Vitor Melo, Alexandro Rodrigues Filho, Vitoria Rodrigues, Leonardo Vaz Soares, Gregory Soares Inacio, Jordi da Silva, John Silva, Ari Rodrigues.

Agradecimento Especias

Shopping Total, Cineflix, RBS TV/TVCOM, Rádio Gaúcha, Zero Hora, SBT, TV Bandeirantes, Rede Record, Correio do Povo.


www.cufars.org.br @CufaRS_

Cufa-RS CufaRS



Livro Chutando Preconceito