Issuu on Google+

Meu caro Papai Noel, cartinhas de Natal tem muito significado para mim. Quando eu era pequena, escrevia-lhe todos os anos. Mas nem sempre ganhava o que pedia. Ás vezes nem parecido... Então cresci, casei e tive filhos. E incentivei-os a escrever-lhe também. Isso nos gerou muita correria e ansiedade, pois nos primeiros anos não chegava o que eles pediam, e nos anos seguintes eu corria para comprar... Até que há três anos eu descobri o porquê disso tudo: como o senhor não tem endereço fixo, as cartas ficam perdidas nos correios! E descobri também que as pessoas podem "adotá-las" e mandar presentes para as crianças que as escreveram. Adorei a idéia, e desde então faço seu papel para alguma criança deste Brasil afora. A alegria que sinto é tão grande, que imagino como o Natal é feliz para o senhor! Mas agora, estou sentindo um misto de alegria e excitação, pois descobri seu endereço de verdade! Que Pólo Norte que nada! É no Nordeste brasileiro mesmo!!! Ah, meu bom velhinho, agora sou novamente aquela garotinha cheia de esperança, com brilho nos olhos e que escolhe a canetinha perfumada para escrever-lhe: Querido Papai Noel, este ano fui muito boazinha! Eu desejo que a CStore alcance os 2500 followers, para ganhar o presentinho dos meus sonhos: um notebook HP Compac Presário CQ40-612. Com ele escreverei muitas cartinhas coloridas! Se não for possível, ficarei muito feliz com o Disco Rígido Externo 2 TB Seagate Expansion Desk USB. Lá poderei guardar as fotinhos dos nossos Natais! E mais: prometo adotar duas cartinhas nos correios este ano, das crianças que ainda não descobriram seu endereço de verdade! Feliz Natal, um beijo, Andréa. @dea_magri


Cartinha da Dea_Magri