Informando Primeiro - Abril 2018

Page 1

TOMA POSSE NOVA DIRETORIA EXECUTIVA DO PMFC

Primeiro de Maio Futebol Clube - Abril/2018

SUSTENTABILIDADE

URBANA A sustentabilidade urbana desempenha importante papel na geração de consciência necessária para a evolução equilibrada da espécie humana.

Turismo Conheça destinos para casar em grande estilo. Geração de Energia Para onde caminha a geração de energia no Brasil? Sustentabilidade Saiba quanta água é utilizada nos produtos. Nutrição Conheça quatro alimentos para incluir na dieta.

Acontece no Clube Espaço Maria: requinte e sofisticação no PMFC.

Acontece no Clube PMFC realiza entregas da Páscoa Solidária.

Acontece no Clube Clube recebe duelo de gigantes no society.


02 I Informando Primeiro - Abril de 2018


Informando Primeiro - Abril de 2018 I03

Nesta Edição Capa

Sustentabilidade Urbana- P. 14

Um planeta sustentável começa por atitudes sustentáveis.

Acontece no Clube

Acontece no Clube

Toma posse nova Diretoria Executiva do PMFC.

Espaço Maria se destaca com atendimento diferenciado no PMFC.

Solenidade foi realizada no Salão Social do Clube com a presença de autoridades. P. 06

Espaço voltado à saúde e beleza realiza atendimento de primeiro mundo no clube. P. 07

Leia também Acontece no Clube - P.08 • Duelo de Gigantes. • Arquibancada do campo de Society ganha reforma e nova decoração. • PMFC entrega chocolates a entidades assistenciais. • Bocha do PMFC é campeã em torneio de aniversário da FPBB. • Aluna do Curso de Arrailo cria tapete com 5 metros. Turismo - P.12 Viagem de casamento: planejamento é essencial para garantir uma boa cerimônia. Geração de Energia - P.17 Para onde caminha a geração de energia do Brasil? Sustentabilidade - P.18 A água nossa de cada dia: consumo vai além do abrir e fechar da torneira. Nutrição - P.20 Quatro alimentos para incluir na dieta. Acontece em Santo André - P.21 Parceria com Comitê Paralímpico Brasileiro promove inclusão de deficientes. Social - P.22 Posse da nova Diretoria Executiva do PMFC.


04 I Informando Primeiro - Abril de 2018

Expediente Primeiro de Maio Futebol Clube Av. Portugal, 79 - Centro - Santo André CEP: 09040-020 - Tel.: 4993-7100 www.primeirodemaio.com.br DIRETORIA EXECUTIVA Presidente Ricardo Lisboa Villela de Andrade Vice-Presidente Administrativo e Patrimonial Sidnei Chicchi Vice-Presidente Econômico-Financeiro Marcos Antonio Assumpção Cabello Vice-Presidente Social Luiz Renato Martins Fontes Vice-Presidente de Esportes Waldir Ronaldo Novelli Diretor Social Maurício Pereira de Menezes Diretor Administrativo Paolo Boscarol Diretor de Patrimônio Armando das Neves Feltrin Diretor de Sede Karl Emil Steinhauser Diretor de Informática Antônio Cláudio Gimenes Diretor Financeiro Gelson Luiz Gisolfi Diretor de Esportes Atividades Internas Cláudio Teixeira Pinto Diretor de Esportes Atividades Externas Eduardo Antônio Benatti Assessores da Presidência João Carlos Feliciano dos Santos Carlos Alberto Pessotti CONSELHO DELIBERATIVO Presidente Wagner Tadeu Gama 1° Vice-Presidente Nilo Sérgio Ortiz 2° Vice-Presidente José Luiz Targher 1° Secretário José Luiz Mazzucatto 2° Secretário José Carlos Basani CONSELHO FISCAL Presidente Dionísio Chiaranda Vice-Presidente Mauro Antonio Molina Secretário Mauro César Fabri 4° Membro Efetivo Marcos Pazinato 5° Membro Interino Waldir Vilcinski SINDICÂNCIA E DISCIPLINA Presidente José Roberto Piva Revista Informando Primeiro Publicação mensal do Primeiro de Maio Futebol Clube Exclusividade Comercial Euphrausino Gestão de Negócios em Mídias e Ações de Live Marketing comercial@euphrausino.com.br

Palavra do presidente Em nossa edição de abril da revista Informando Primeiro voltamos a abordar o tema sustentabilidade, desta vez, com enfoque no meio urbano. O levantamento e a pesquisa para a composição dos textos deixou a equipe alarmada: por exemplo, em apenas uma taça de vinho, há uma pegada hídrica de 109 litros de água. Ou seja, para que sejam produzidos apenas 125 ml da bebida, mais de 100 litros d’água são consumidos no processo. A conscientização e a economia são para ontem e trazemos dicas e métodos para diminuir o impacto social de nosso consumo. Abordamos também a posse de nossa reeleita Diretoria Executiva. A ocasião, repleta de alegria e paz, contou com a presença de associados, diretores e funcionários, além de autoridades; caso do prefeito andreense Paulo Serra, que em mais esta oportunidade se comprometeu a voltar a jogar futebol no clube, e garantiu não ser “promessa de político” – brincadeiras à parte, Paulinho, estamos de portas abertas. Também compareceu o vice-prefeito de Santo André, Luiz Zacarias; o presidente da Câmara dos Vereadores, Almir Cicote; o vereador Pedrinho Botaro; o presidente da OAB Santo André, Doutor Roberto Pereira Gonçalves; e o Major da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Vlamir Luz Machado. Aproveito o espaço para parabenizar os integrantes de minha diretoria atual, Sidnei Chicchi (Vice-Presidente Administrativo), Marcos Cabello (Vice-Presidente Econômico), Waldir Novelli (Vice-Presidente de Esportes) e Luiz Renato Fontes (Vice-Presidente Social), que seguirão nesta empreitada, ao meu lado, pelo biênio 2018/2020. É além de uma honra, um prazer compartilhar da administração de nosso amado Primeiro de Maio com indivíduos de caráter e competência tão evidentes quanto o comprometimento que possuem junto ao clube. Por fim, minha gratidão aos que apoiam esta administração, cujo objetivo é sempre o melhor para o clube e seus associados. Trabalhamos e trabalharemos por esta família. Boa leitura!

Jornalista Responsável: Eduardo Kaze (MTB: 62857-SP) Textos, fotos e diagramação: Redatoria Gonzo redatoriagonzo@gmail.com Impressão: Image Color Editora Os artigos e os anúncios publicados são de inteira responsabilidade de seus autores, não refletindo necessariamente a opinião da diretoria do Primeiro de Maio Futebol Clube ou de seus associados.

Ricardo Lisboa Villela Presidente da Diretoria Executiva


Informando Primeiro - Abril de 2018 I05

9

qualquer sabor

R$

,90


06 I Informando Primeiro - Abril de 2018

Acontece no Clube

Nova Diretoria Executiva do Primeiro de Maio FC toma posse Equipe ocupará o cargo durante o biênio 2018/2020.

A partir da esq.: Luiz Renato Fontes, Marcos Cabello, Ricardo Villela, Sidnei Chicchi e Waldir Noveli, durante a cerimônia de posse.

Em 2 de fevereiro último foi realizada, no Salão Social do Primeiro de Maio FC, a posse da nova Diretoria Executiva do clube. A equipe, liderada pelo presidente Ricardo Lisboa Villela, conta com Sidnei Chicchi (Vice-Presidente Administrativo), Marcos Cabello (Vice-Presidente Econômico), Waldir Novelli (Vice-Presidente de Esportes) e Luiz Renato Fontes (Vice-Presidente Social). A gestão abrange o biênio 2018-2020. Wagner Tadeu Gama, presidente do Conselho Deliberativo do PMFC, realizou a abertura da solenidade agradecendo a presença de todos e congratulou, em nome do conselho, “aqueles que, de maneira direta ou indireta, contribuíram para a administração do clube. Tenho a certeza de que o trabalho e empenho desta gestão que agora se conclui visou sempre o engrandecimento de nosso clube”,

disse. Rosi Hernandez, esposa do ex-vice-presidente Social do clube, Maurício Pereira de Menezes, e Patrícia Pocobi Villela, esposa do presidente Ricardo, foram ainda agraciadas com vasos de orquídeas em homenagem ao auxílio prestado ao PMFC. Reeleito, Ricardo segue confiante para seu segundo mandato à frente da Diretoria Executiva. Em seu discurso de posse, agradeceu aos presentes pela confiança. “É um privilégio poder estar por mais dois anos na administração da Diretoria Executiva de nosso querido Primeiro de Maio.” O presidente exaltou, ainda, o trabalho executado pelo departamento Social do clube, que segundo ele foi “exemplar”. “Os eventos foram maravilhosos nos últimos dois anos e, agora, serão ainda melhores”, afirmou. Presente na ocasião, o prefeito de San-

to André, Paulo Serra, lembrou a importância do clube em sua vida. “Fui criado no Primeiro de Maio Futebol Clube. Meu pai nos ensinou que o clube é uma extensão do quintal de nossa casa. Portanto, cresci e constituí família aqui dentro. Hoje, estou um pouco afastado em virtude das atribuições da prefeitura, mas prometo, ainda este ano, corrigir isso”, comprometeu-se o chefe do Administrativo andreense. “Isso não é promessa de político. Devo muito a esta ‘tradição familiar’, como bem diz o nosso hino”, complementou, desejando sorte para a nova gestão. Compareceram também: o vice-prefeito andreense, Luiz Zacarias; o presidente da Câmara dos Vereadores, Almir Cicote; e o vereador Pedrinho Botaro. Veja fotos do evento em facebook. com/PrimeirodeMaioFutebolClube e na página 22 desta edição.


Informando Primeiro - Abril de 2018 I07

Acontece no Clube

Espaço Maria, do PMFC, se destaca com atendimento diferenciado Local busca unir beleza e saúde, proporcionando experiência única aos clientes.

Recepção do Centro de Podologia une requinte e sofisticação em ambiente intimista.

Maria do Socorro, do Espaço Maria do PMFC, passou três anos atendendo no Japão.

Acordar cedo e dormir tarde, poluição, estresse, trabalho... Esses e outros fatores são responsáveis por gerar mal estar e, muitas vezes dores físicas àqueles cuja rotina se desenvolve excedendo a capacidade de relaxamento. Vítimas da correria do dia a dia, indivíduos cada vez mais recorrem a medidas medicamentosas em busca de alívio sem, no entanto, reparar nas alternativas tanto mais práticas quanto inofensivas ao corpo. Caso da massagem e suas inúmeras aplicações. Maria do Socorro Alves de Souza passou três anos comandando um centro terapêutico no Japão e, hoje atendendo no Primeiro de Maio FC através do Espaço Maria, conhece bem os benefícios da prática. “A massagem terapêutica é vista como um bem que engloba o todo. Não é apenas para relaxar, mas também voltada às dores, as tensões etc. O Shiatsu que praticamos, por exemplo, é realizado com pedras quentes, técnica

oriental muito eficaz para esses fins”, explica. Aliando o bem estar físico ao psíquico, passando pelo incremento da alto-estima por meio de procedimentos estéticos, o Espaço Maria faz parte da vida dos associados do PMFC há nove anos. De lá para cá, evoluiu tremendamente. “Temos aparelhos modernos voltados às estéticas faciais e corporais, com profissionais capacitados para realizar procedimentos de drenagem linfática, massagem modeladora, quick massage, além de podologia, depilação, entre outros. Nosso centro, atualmente, é completo para providenciar o equilíbrio físico, estético e mental dos clientes”, revela Maria. Os atendimentos no Espaço Maria são realizados com agendamento por meio dos telefones 4993-7106 e 963071732 (WhatsApp). Vale lembrar que não sócios do PMFC também podem agendar consultas.

Centro de Podologia.

Equipamentos e profissinais especializados compõem o Espaço Maria.


08 I Informando Primeiro - Abril de 2018

Acontece no Clube

PMFC recebe Duelo de Gigantes. Jogadores mostraram que tamanho não é documento Jogo foi disputado entre equipes do Rio de Janeiro e São Paulo. Foi realizada, em 31 de março último, a partida “Duelo de Gigantes” entre os mini craques de São Paulo e Rio de Janeiro. Orga-

nizado por Luiz Piká, do Primeiro de Maio FC, o jogo terminou em 6 a1 para a equipe carioca. O evento contou ainda com uma

Time do Rio de Janeiro, vencedor da partida por 6 a 1.

confraternização para os jogadores com direito a churrasco. Veja mais fotos em facebook.com/PrimeirodeMaioFutebolClube.

Apesar do esforço, equipe paulista perdeu por 5 gols de diferença.

Arquibancada do campo de Society ganha reforma e nova decoração, com grafites A arquibancada do campo de Society do Primeiro de Maio FC está de cara nova. Além da nova pintura, o espaço

recebeu grafites temáticos assinados pelo artista Carlos Aparecido da Silva, que também trabalha no Café Society.

Antes, o local era vítima de infiltrações. Veja mais fotos em facebook.com/PrimeirodeMaioFutebolClube.


Informando Primeiro - Abril de 2018 I09


10 I Informando Primeiro - Abril de 2018

Acontece no Clube

PMFC entrega chocolates a entidades assistenciais

Bocha do PMFC é campeã em torneio de aniversário da FPBB

Arrecadação atingiu a marca de 490 caixas de bombons.

Foi realizada em 27 de março último a entrega dos chocolates arrecadados na campanha Páscoa Solidária, realizada em parceria entre Primeiro de Maio FC (PMFC) e OAB Santo André. Aproximadamente 490 caixas de bombons Lacta Favoritos foram coletadas e destinadas às entidades assistenciais Recanto Somasquinho e Lar Benvindo, ambas de Santo André. Os doces excedentes formaram kits destinados a crianças carentes em escolas da cidade. Apesar de não superar a arrecadação do ano passado (cerca de 500 caixas), a campanha foi bem sucedida e Patrícia Pocobi Villela, diretora executiva da OAB Santo André e esposa do presidente do PMFC,

Ricardo Lisboa Villela, comemora a ação. “Nosso clube tem espírito solidário e parcerias como a da OAB Santo André são essenciais para potencializar nosso apoio aos que mais precisam. Esta foi mais uma empreitada de sucesso e outras virão”, destaca. A próxima campanha, ainda sem data estabelecida, será de arrecadação de agasalhos. Participaram também da entrega dos chocolates Andréa Tartuce, diretora adjunta de Ação Social, secretária geral da OAB Santo André e coordenadora da ESA, representando a diretora de Ação Social Ana Maria Stoppa, idealizadora da campanha; e Patrícia Stacciarini, associada do PMFC.

Aluna de arraiolo cria tapete de 5 metros

Maria Dalva Nunes Moreira, aluna do Curso de Arraiolo do PMFC, bateu o recorde na manufatura de um tapete dentro do clube. Trata-se de uma peça com dois metros de largura por três de comprimento, trabalhada inteiramente em arraiolo, com

detalhes precisos e meticulosos. A composição da peça levou aproximadamente um ano e foi destinada, como presente, à filha mais velha de Dalva. “Quis produzir algo para ela que a acompanhasse como uma lembrança de mim”, declarou a artesã.

A equipe feminina do Primeiro de maio FC sagrou-se campeã do Torneio de Aniversário de 77 anos da Federação Paulista de Bocha e Bolão (FPBB) – Bocha Mundial, onde passou pela equipe do Círculo Militar na grande final. A equipe do Meninos ficou na 3ª colocação. Já a equipe masculina do PMFC, pela série Prata, conquistou a 2ª colocação. Parabéns aos vencedores e aos participantes. Confira outras fotos do torneio em facebook.com/PrimeirodeMaioFutebolClube.


Informando Primeiro - Abril de 2018 I11

Acontece no Clube

La Notte Della Mamma 19/05/2018 - das 21h às 2h - Salão Social banda San marco Convites e Informações no departamento social

Primeiro de Maio Futebol Clube Av. Portugal 79 - Centro - Santo André (11) 4993-7100 - Ingresso no local


12 I Informando Primeiro - Abril de 2018

Turismo

Viagem de casamento: planejamento é essencial para garantir uma boa cerimônia Informando Primeiro apresenta cinco diferentes cenários para casais sofisticados que sonham em dizer “sim” no exterior, em grande estilo. Confira! Tendência fortíssima de viagens e casamentos é o Destination Wedding. Muitos casais procuram fugir dos moldes tradicionais e celebrar sua cerimônia de um jeito original, único, que os represente e que possa agradar, ainda, família e amigos. Atendendo a esses requisitos, muitas vezes surge a ideia de casar fora de casa, um jeito de dizer o tão esperado sim num cenário que simbolize o paraíso do casal, para a troca de votos diante dos desejos mais sinceros de uma plateia emocionada. Há várias opções de destino e orçamento. É praxe que os convidados custeiem passagem e hospedagem mediante algum acordo com uma agência de viagens, mas todos os arranjos ficam a critério do casal. Antes de tudo, sugerimos que sejam escolhidos hotéis que ofereçam suporte e algumas regalias nada básicas. Selecionamos cinco destinos bem conhecidos e até queridinhos dos brasileiros, que prometem fazer da união do casal algo bem intenso e marcante para todos os envolvidos.

Casa de Uco - Mendoza Um cenário bucólico espera pelos noivos que sempre sonharam com um casamento no campo. E nem precisa ir até outro continente. Aqui pertinho, em Mendoza, na Argentina, esse sonho se torna realidade na propriedade do hotel Casa de Uco. Aos pés da Cordilheira dos Andes e com os vinhedos ao fundo é possível reunir um grupo bem intimista para celebrar essa nova etapa dos pombinhos.

Lotte New York Palace – Nova Iorque O próprio nome já indica o que espera pelos casais que escolhem o Lotte New York Palace para celebrar sua união: um cenário palaciano digno de fotos exuberantes. A dica é reservar a igreja exatamente em frente ao hotel, a St Patrick’s Cathedral, que além de linda é supertradicional. Já na festa, prepare-se para se deliciar com um menu desenvolvido para os noivos pelo chef Jacques Sorci, membro da Maitre Cuisiner de France.

Le Toiny – St Barth Se você sonha em casar num destino paradisíaco, St Barth é a melhor opção. A ilha está passando por um processo intenso de reconstrução para ser o cenário de muitas cerimônias a beira mar. O hotel conta com equipe de primeira para correr atrás dos detalhes necessários: DJ, cabeleireiro, fotógrafo e principalmente, um menu a la carte especial para o casal.

EAST Miami - Miami Localizado em Brickell, a capital financeira de Miami, o hotel EAST Miami oferece uma opção menos convencional de destination wedding. O objetivo é agradar as noivas que querem se casar na cidade, mas longe dos típicos cenários de Miami Beach. Assim, um sofisticado espaço de eventos é caprichosamente preparado ao gosto dos noivos, com piscina e tudo.

Veneza - Itália Trocar alianças em um palácio histórico, seguido de um passeio de gôndola pelos canais de Veneza, não é só para astros de Hollywood, como George Clooney. O site Wedding in Venice ajuda os pombinhos de todas as partes do mundo a transformarem esse desejo em realidade e celebrar a união numa cerimônia com vista para o famoso Grand Canale e a ponte Rialto.


Informando Primeiro - Abril de 2018 I13


14 I Informando Primeiro - Abril de 2018

Capa

SUSTENTABILIDADE

URBANA Por: Eduardo Kaze

Caso o planeta fosse um corpo humano, seria, hoje, um sujeito de trinta e poucos anos morrendo de tuberculose no século 18, a poucas semanas do fim. Para a Terra, a doença somos nós, intoxicando, mutilando sua crosta a cada marcha engatada pelo progresso. Enchendo-lhe os pulmões com fumaça. Consumindo como macacos numa fábrica de bananas. E a patologia se espalha! De acordo com o relatório “Perspectivas da População Mundial: Revisão de 2017”, da Organização das Nações Unidas (ONU), até 2030, a massa populacional chegará a 8,6 bilhões - um bilhão de habitantes em 13 anos. Até 2050 teremos cerca de 9,8 bilhões de pessoas no mundo, em 2100, quase 11,2 bilhões. Frente ao crescimento alarmante de nossa prole, repensar o consumo é providencial. Segundo a Organização das

A questão da sustentabilidade urbana apresenta o mesmo paradoxo que permeia as discussões sobre o clima e o meio ambiente: quanto mais as cidades crescem e se “desenvolvem”, nos padrões de urbanização que o mundo adotou desde a Revolução Industrial, maiores são os impactos ambientais daí decorrentes. Os países do Sul, e o Brasil entre eles, enfrentam as mesmas questões, porém com um agravante de peso: o enorme passivo ambiental urbano causado por um modelo de crescimento econômico baseado em múltiplas desigualdades, que ao longo de décadas privilegiou a concentração da renda e soluções urbanas individualistas.

Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), o uso global da água, para usar apenas um exemplo, aumentou seis vezes no último século - o dobro do índice de crescimento populacional – e atualmente dois-terços da população global já enfrentam escassez severa durante pelo menos um período do ano. A carência gera a migração e, a migração, gera tensão política. Não é necessária uma imaginação privilegiada para antever os resultados literalmente bombásticos desta possibilidade. Meio Urbano Tema já abordado pela Informando Primeiro, a sustentabilidade domiciliar – ou urbana - desempenha importante papel na geração de consciência necessária para a evolução equilibrada da espécie humana. Pequenos hábitos, ainda que singelos, são em essência alicerces

para a fundação de políticas sociais harmoniosas com o meio ambiente. Opção para tal, são as chamadas “lajes verdes”. “A laje verde, também popularmente conhecida como telhado verde, faz uso de áreas onde muitas vezes se armazena apenas tubulações, conduítes, fiações e caixas d’água de forma desorganizada para a instalação de jardins e hortas”, explica Amir Hernandez Musleh, 29 anos, sócio fundador da ECRA Sustentabilidade Urbana. Concebida em 2014 “com a missão de agregar pessoas e construções à natureza”, a empresa hoje conta com uma gama de soluções voltadas ao tema, com assessoria especializada para a implantação de lares sustentáveis, incluindo geração de alimentos, captação de água e geração de energia elétrica. De acordo com Amir, é possível produzir até 3,5 kg de verduras por metro quadrado de laje preparada, o que


Informando Primeiro - Abril de 2018 I15

De acordo com o relatório “Perspectivas da População Mundial: Revisão de 2017”, da Organização das Nações Unidas (ONU), até 2030, a massa populacional chegará a 8,6 bilhões - um bilhão de habitantes em 13 anos. Até 2050 teremos cerca de 9,8 bilhões de pessoas no mundo, em 2100, quase 11,2 bilhões.


16 I Informando Primeiro - Abril de 2018

Capa

Dicas para sua primeira horta caseira Cultivar uma horta em casa é sinônimo de saúde; afinal, além de ser um incentivo a mais para incluir vegetais na alimentação cotidiana, com o cultivo caseiro você garante hortaliças completamente livres de agrotóxicos. A horta em casa além de servir como um benefício da alimentação saudável, pode ser ainda um apelo para incentivar as crianças desde cedo. Além disso, cuidar da horta pode ser uma boa atividade para ser desenvolvida com a família, proporcionando mais tempo com os filhos, ajudando a ensinar lições de responsabilidade e proporcionando contato com a natureza. Confira os primeiros passos:

É possível produzir até 3,5 kg de verduras por metro quadrado de laje preparada

equivale a, por exemplo, dois pés de repolho, cinco pés de alface, dois pés de escarola, sete pés de rúcula e sete de rabanete. “Recomendamos que a cada duas pessoas, se tenha um canteiro de um metro quadrado, caso queira uma produção constante de alimentos locais”, exemplifica. O metro quadrado da laje verde da ECRA pesa 50 kilos, com plantios realizados em substrato especial com apenas 10 centímetros de espessura. “Tudo o que verificamos é fundamental para pessoas que trabalham muito e têm pouco tempo”, conta o especialista. Economia é a alma do negócio Vilã das contas do fim do mês, a energia elétrica é outro ponto importante na sustentabilidade de um local. Com pouco mais de 40% da energia gerada por fontes renovadas, o Brasil se coloca na “lanterna” do movimento sustentável (veja matéria ao lado). Em ambiente urbano, o problema pode ser amenizado a partir de planejamento e relativo baixo investimento. “Com a utilização combinada de placas solares de aquecimento de água para banho e fotovoltaica para geração de energia elétrica, pode-se tranquilamente reduzir a conta de energia em torno de 50%, sem grandes investimentos e com um retorno de capital inicial entre 4 e 5 anos para um sistema com durabilidade superior a 21 anos”, afirma Amir.

Mas se o impacto da geração de energia é alarmante, as reverberações de nosso consumo desmedido de água é uma tragédia particularmente preocupante. Para cada taça de vinho tomada, 109 litros d’água se vão para sempre (veja matéria na página 18). Captar a água da chuva, desta maneira, é não apenas um ato de ponderação econômica, mas de amor ao planeta. E isso pode ser feito por meio de cisternas: “no melhor cenário de utilização de cisternas, poderíamos economizar um grande volume de água tratada, reduzindo-se em até 60% o consumo de água proveniente de concessionárias públicas”, contabiliza Amir, para quem a sustentabilidade deve ser vista de maneira sistêmica, com foco na aptidão de pessoas e lugares no processo sustentável. “O ideal seria que as edificações tivessem as suas fases de projeto, execução e utilização (operação e manutenção) passadas por um processo que chamamos de ‘compatibilização da sustentabilidade’, estudo que indica materiais e soluções com menores impactos ambientais, juntamente com análises de otimização dos espaços da edificação, para uso de lajes verdes, cisternas e placas solares. É urgente que sejamos capazes de economizar recursos e gerá-los, para que as cidades sejam produtoras de alimentos, energia, água e adubos, otimizando o uso do espaço urbano, e evitando assim a ampliação das fronteiras das cidades em direção a áreas de preservação”, finaliza Amir.

Utensílios básicos Pá: Para abrir as covas na terra. Tesoura: Para podar as plantas. Luvas: Para evitar pegar doenças como toxoplasmose, encostar em fungos ou pragas, ou se machucar em espinhos. Palitos de churrasco: Para apoiar as mudas que estão crescendo. Prepare o solo Misture metade de terra e metade de composto orgânico ou húmus de minhoca. Se a horta estiver em vasos, use pedras ou cacos de cerâmica no fundo, para a água escoar mais facilmente. Plante sua hortaliça favorita Para ter sucesso na empreitada, respeite o calendário de plantio (vale procurar na internet). E não deixe as plantas no breu. Quanto mais escuro for o lugar, mais perto da janela as mudas devem ser colocadas. Lembre-se de regar Para saber a frequência, nada melhor do que usar o “dedômetro” e só regar a terra seca. Planta encharcada fica fraca e propensa a ter doenças, como fungos – pratinhos embaixo de vasos, portanto, devem ser abolidos. Tenha preferência por repelentes naturais Inseticidas também matam os bichinhos do bem – por exemplo, exterminar as lagartas vai acabar com as borboletas. Além das opções orgânicas, você pode plantar cravo-de-defunto. Outro modo de afastar pragas é atrair passarinhos.


Informando Primeiro - Abril de 2018 I17

Geração de Energia

Para onde caminha a geração de energia do Brasil?

O país ainda segue lentamente para disseminação de fontes alternativas de energia, ao contrário de países da Europa como a Alemanha. Em meio a danos ambientais cada vez mais aparentes no mundo, especialistas defendem o uso de energias renováveis para diminuir impactos como a emissão de gases de efeito estufa e o aquecimento global. Um dos meios para isso é a substituição do petróleo como elemento principal da matriz energética global por formas de maior eficiência, como solar e eólica. Segundo o diretor do Departamento de Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Carlos Alexandre Pires, essa é uma das principais linhas de investimento do governo federal em geração de energia. O Brasil tem pouco mais de 40% de sua energia gerada por fontes renováveis. Em relação à geração de eletricidade, as hidrelétricas são as principais forças, responsáveis por 64% da produção. No entanto, a matriz ainda pouco diversificada não garante segurança energética, resultando muitas vezes em problemas de abastecimento, como a crise enfrentada pelo Brasil em 2015. O país ainda caminha lentamente para disseminação de fontes alternativas de energia, ao contrário de países da Europa como a Alemanha, onde a necessidade de reduzir as emissões de gases de efeito estufa e o pouco potencial para gerar algumas energias renováveis levaram ao desenvolvimento de uma matriz renovável, como a fotovoltaica (solar) ou a eólica. Segundo Carlos Alexandre, esse é o futuro da geração de energia no mundo, e o Brasil também caminha para expandi-las. “É aquela velha história de não colocar todos os ovos em uma mesma cesta. Em termos de administração e de operação de uma rede tão complexa como é a de energia, você precisa ter várias fontes ofertando em diversos momentos do dia e se complementando, quando necessário”, afirma ele. A lógica da complementariedade seria parecida com a que já funciona hoje no sistema integrado: nos períodos de seca, em que as hidrelétricas operam

Brasil tem pouco mais de 40% de sua energia gerada por fontes renováveis.

com menos capacidade, a geração de eletricidade acaba sendo suplementada pelas termelétricas. A intenção é que as formas de energia renovável ganhem espaço cada vez mais. No entanto, dados do Boletim de Capacidade Instalada de Geração Elétrica Brasil e Mundo 2016, do Ministério de Minas e Energia, ainda não demonstram esse movimento. Embora 90% do total dos 9,5 GW de potência instalada tenham sido de fontes renováveis, as fontes hidráulica e de biomassa permanecem liderando essa expansão. Segundo o presidente da Associação Brasileira dos Investidores em Autoprodução de Energia (Abiap), Mário Menel, embora o setor tenha um planejamento indicativo, é difícil controlar essa expansão, já que em um leilão prevalece a fonte que oferece o menor custo. Ele explica que a matriz elétrica brasileira comporta todas as fontes e tem bastante variedade, mas fatores como o baixo custo e facilidade de estocagem ainda favorecem as hidrelétricas.

“A melhor forma que nós temos de armazenar energia é nos reservatórios das hidrelétricas. Se eu tenho um vento favorável e estou gerando muita energia eólica, eu economizo água, então aumento o volume do reservatório e estoco energia, praticamente dentro do meu reservatório. Enquanto parou o vento, eu libero essa água para produzir energia elétrica”, diz Menel. Esse cenário, no entanto, também vem sofrendo mudanças devido a outros fatores como a questão ambiental, que limita cada vez mais a construção das hidrelétricas e também a seca severa que algumas regiões vêm sofrendo. Para o Ministério de Minas e Energia, os principais desafios com a entrada dessas fontes são econômicos e operacionais. Carlos Alexandre explica que a questão das intermitências de fortes como a eólica, que não é gerada quando falta vento, e da solar, que também fica parada durante a noite, impactam diretamente no preço da energia elétrica ofertada. “Nosso Operador Nacional de Sistema precisa, a cada instante, balancear o quanto é demandado de energia e o quanto é despachado”, finaliza. (Com: EBC)


18 I Informando Primeiro - Abril de 2018

Sustentabilidade

A água nossa de cada dia: consumo vai além do abrir e fechar da torneira

Cada brasileiro consome um significativo volume de água que não sai das torneiras de casa nem do trabalho. Isso porque a água está presente no processo de produção. O brasileiro consome de forma direta, em média, 154 litros de água por dia. Os dados são do Sistema Nacional de Informações Sobre Saneamento, do Ministério das Cidades. O número é 44 litros maior do que a quantidade que a ONU considera necessária para uma pessoa, um total de 110 litros ao dia. Por ano, o consumo médio dos brasileiros está na casa dos 56.210 litros. Para avaliar o real consumo individual de água de um brasileiro, esses números não são o bastante, pois parte do gasto humano diário com água “invisível”. Cada brasileiro consome um significativo volume de água que não sai das torneiras de casa nem do trabalho. Isso porque a água está presente no processo de produção de vários itens de nossa rotina, como o açúcar, o chocolate, o tecido e a carne. Na tentativa de quantificar a água doce “invisível” consumida no mundo, o pesquisador da Universidade de Twente, Arjen Hoekstra, da Holanda, introduziu em 2002 o conceito de Pegada Hídrica, uma ideia para promover a consciência diante da escassez. Trata-se de um indicador, ligado à responsabilidade ambiental, que leva em consideração o uso da água de forma direta e indireta, tanto do consumidor quanto do produtor, e define o volume total de água doce utilizado para produzir os bens e serviços. O avanço da agroindústria e da pecuária coloca o gado no foco das atenções do século 21. A produção de um quilo de carne bovina exige, em média, 15 mil litros de água (a pegada para um corte de carne depende de fatores, tais como o tipo de sistema de produção e da composição e origem da alimentação do gado), segundo a organização internacional Water Footprint. De acordo com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), o setor agropecuário é o que, em média, mais utiliza recursos hídricos. No ano de 2006, cerca de 70% da água foi destinada para o setor agrícola, 20% para o setor industrial e 10% para residências. Confira na página ao lado a relação entre a produção de alguns produtos e seu consumo de água. É de fato alarmante.

Brasil é a maior reserva de água doce do planeta, segundo o Banco Mundial.

Pesquisador holandes introduziu em 2002 o conceito de Pegada Hídrica.


Informando Primeiro - Abril de 2018 I19


20 I Informando Primeiro - Fevereiro de 2018

Nutrição

Quatro alimentos para incluir na dieta Existe uma variedade muito grande de alimentos e cada um é claro com sua importância, sua composição nutricional e seus benefícios. Nada e nenhum alimento é mágico, mas muitos alimentos são riquíssimos, merecem destaque e devem ser incluídos no nosso cardápio. Lembrando que algumas pessoas podem ter algumas restrições, então esses alimentos devem ser inclusos se você estiver com a saúde em dia. Gengibre: possui vitaminas e minerais e em sua composição possui o gingerol, substância que tem ação anti-inflamatória e antioxidante. O gengibre ainda tem efeito termogênico e assim é uma boa opção para quem busca redução de peso; pode auxiliar na questão de náuseas. Pode ser incluído na alimentação para preparar pratos, na água para fazer água saborizada ou na forma de chá. Frutas vermelhas: ricas em antioxidantes e antocianinas (tipo de flavonóide), que conferem a cor maravilhosa às frutinhas, as frutas vermelhas são saborosas e auxiliam no combate aos radicais livres (esses, devem ser combatidos para evitar o envelhecimento da pele e do organismo). As antocianinas possuem ação anti-inflamatória e quanto mais escura for a fruta, geralmente mais antocianina possui e portanto maior seu efeito antioxidante. Pode ser inclusa na dieta na forma in natura ou na forma de sucos, vitaminas. O ideal é consumir diariamente 1 porção (amora, framboesa, cereja, mirtillo, açaí...).

Açafrão da terra: para quem ainda não viu, o açafrão também é uma raiz e por sinal bem parecida com o gengibre, por isso é também conhecido como gengibre amarelo. Uma de suas propriedades mais interessantes é ter ação anti-inflamatória. O açafrão é riquíssimo em curcumina, um fiotoquímico conhecido justamente por essa ação. A raíz ainda é um potente antioxidante e pesquisas mostram benefícios em doenças de pele, artrite, como forma bactericida. Esse condimento pode ser usado no preparo de prato e seu uso é bem disseminado entre os culinaristas e chefes de cozinha. Castanhas: castanha do Pará (ou do Brasil, como é atualmente chamada), avelãs, castanha de caju, amêndoas, noz, castanha do baru, noz pecã, pistache, macadâmia, são consideradas oleaginosas e são muito nutritivas. Fontes de gorduras do tipo monoinsaturadas devem ser inclusas na alimentação diariamente. Pesquisas apontam que o seu consumo está associado à melhora da saúde cardiovascular e assim auxiliam então nos níveis de colesterol sanguíneo. É importante lembrar que são muito calóricas e por isso, o exagero pode ter o efeito contrário e fazer mal.

Dani Caparros é nutricionista no Primeiro de Maio FC, pós-graduada em Nutrição esportiva pela UGF, especialista em atividade física, exercício físico e aspectos psicobiológicos pela UNIFESP e especialista em fitoterapia pelo instituto VP. Contato: 2598-1888 ou 98062-3859; contato@danicaparros.com.br. / www.danicaparros.com.br


Informando Primeiro - Abril de 2018 I21

Acontece em Santo André

Parceria com Comitê Paralímpico Brasileiro promove inclusão de deficientes

Parceria entre Prefeitura e Comitê Paralímpico Brasileiro promove pode revelar novos talentos.

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e a Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Educação, firmaram uma inédita parceria que vai proporcionar a 70 alunos deficientes da rede municipal a possibilidade de participar do “Projeto de Formação de Esporte Paralímpico”. A iniciativa tem como objetivo identificar e formar os atletas paralímpicos do futuro. O termo de parceria foi assinado em nove de abril último, em cerimônia que contou com a presença do prefeito Paulo Serra e do presidente do CPB, Mizael Conrado de Oliveira (foto), no Centro de Formação de Professores Clarice Lispector, na Vila Matarazzo. O CPB disponibilizou 70 vagas para alunos com deficiência treinarem no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Até o momento, 56 estudantes já aceitaram o convite e estão começando a participar dos treinos.


22 I Informando Primeiro - Abril de 2018

Social

Posse Diretoria Executiva PMFC Realizada em 2 de fevereiro último, a posse da nova Diretoria Executiva do Primeiro de Maio FC foi realizada com glamour e sofisticação no Salão Social do Clube. Entre os convidados, esteve o prefeito andreense Paulo Serra, elém de outras autoridades. Confira algumas fotos:


Informando Primeiro - Abril de 2018 I23

MONTE OU RENOVE O

DO SEU CONDOMÍNIO • Valorização do Imóvel • Mais Saúde e Qualidade de Vida aos Moradores • Mais Conforto para os Condôminos • Tranquilidade com Assistência Especializada • Pagamento em até 24X

••• SOLICITE UM

PROJETO 2D

SEM COMPROMISSO

• Tudo isso em Espaços à partir de 12m2

SANTO ANDRÉ 11 4509-1719

Rua Doná Carlota, 150 - Centro

santoandre@casadofitness.com.br



Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.