Livro Digital: Economia Circular - Tela de Fernando Pessoa ... Negócio “UPCYCLING ART”

Page 1

ECONOMIA CIRCULAR A cultura como pilar do desenvolvimento sustentável

PoweredTemplate.com

CARICATURA DE FERNANDO PESSOA

Negócio “UPCYCLING ART”


Economia Circular - Negócios sustentáveis Os alunos do 12.º H – Curso Profissional de Gestão, no âmbito da disciplina de Cálculo Financeiro e Estatística Aplicada (CFEA) e na esfera dos “Domínios de Educação para a Cidadania” e do Programa “Eco-Escolas”, deram consistência e sequencialidade a um projeto iniciado no ano letivo de 2020 / 2021 por alunos de uma turma da mesma área e com a mesma designação (12.º H – Trabalho: https://anyflip.com/gqku/yikj ), concluindo, em tela, a caricatura de Fernando Pessoa utilizando o resíduo “Borracha” (pneus de bicicletas) e recortes de jornais e revistas nas suas diversas formas e texturas, aplicando o conceito de Economia Circular. No seu pensamento esteve presente a abertura de um negócio, quando os resíduos se convertem em arte, num processo de suprarreciclagem, movimento artístico denominado de upcycling art: o conceito vai mais além da reciclagem convencional de materiais, pois cria objetos que superam o valor económico, cultural e social do produto original. Enquanto a reciclagem é um processo que transforma coisas velhas em novas, upcycling consiste na reutilização de materiais no seu estado original, sem passar pelos processos transformadores químicos e físicos da reciclagem. A borracha de pneus acabaria num qualquer aterro sanitário e, se incinerados de forma incorreta ou até flutuando no mar, poluem de forma irremediável o nosso planeta. Dando uma segunda oportunidade/vida, como os nossos alunos pretendem, a um material que de outra forma não a teria, pode ser convertida em obras de arte sustentável, que ao denunciar a degradação do planeta surpreenderá pela sua originalidade.

O trabalho agora apresentado foi feito em articulação curricular com a turma do 10.º P – Artes, supervisionado pela professora Inês Lousinha (artista plástica), perspetivado quer ao nível do trabalho de seleção de recursos e metodologias, quer ao nível da operacionalização das tarefas a desenvolver pelos alunos de ambas as turmas. Todos os alunos da turma do 12.º H estiveram envolvidos na seleção dos materiais (borracha, jornais e revistas), no manuseamento das diversas borrachas/texturas a aplicar (limpeza, corte …), e composição da “obra de arte”, com a professora da disciplina de CFEA a cooperar e a orientar as fases do trabalho, disponibilizando, semanalmente, durante mês e meio (2.º e 3.º períodos) um tempo de 45m de um bloco de 90m.

A articulação curricular foi expressa através do trabalho colaborativo que apelou à autonomia dos alunos, combinando processos de trabalho individual e coletivo. De notar, que promoveu, também, a cooperação entre os docentes de áreas disciplinares diferentes, onde se inclui o envolvimento da professora da disciplina de português do 12.º H, Clara Pinheiro. Os jovens alunos mobilizaram-se por uma causa com impacto ambiental, gestão de resíduos, numa ação circular assente no prolongamento de vida de materiais (pneus, papel de jornais e revistas) em fim de vida útil (ciclo de vida), integrando-os num novo ciclo de produção, dando origem a um outro bem, neste caso, a uma obra de arte com valor económico assinalável, baseado no princípio da “Redução, Reutilização, Recuperação e Reciclagem/Upcycling” dos produtos, materiais e recursos – Economia Circular. Os resíduos utilizados foram convertidos/recombinados numa dinâmica criativa, aliando as artes plásticas com o setor da economia, novas aprendizagens, numa forma de arte sustentável, surpreendendo pela sua originalidade. As possibilidades de criação de novos negócios sustentáveis chegam até onde a imaginação é capaz de surpreender! Prof.ª da disciplina de CFEA Rosário Santos


Ano letivo - 2020/2021 Turma 12.º H Projeto Eco-Escolas | E@D - Curso Profissional Técnico de Gestão Economia Circular – Quadro de Fernando Pessoa | UPCYCLING ART • Conhecer a composição dos resíduos, origens, causas e consequências. • Economia Circular – Reutilização de um resíduo altamente poluente, o PNEU, classificado como a maior fonte de desperdício da atualidade, abrindo novos fluxos circulares de reutilização. NOTA: Dada a situação excecional vivenciada no ano letivo 2020/2021 com aulas à distância, não foi possível realizar o quadro/tela de Fernando Pessoa. Apenas foi efetivado o trabalho de exploração ao tema, com a realização de um LIVRO DIGITAL. O projeto teve o seu epílogo no terceiro período do ano letivo 2021/2022.

Clicar na imagem para aceder ao livro

LIVRO DIGITAL https://anyflip.com/gqku/yikj


Ano letivo - 2021/2022

Trabalho final – Tela de Fernando Pessoa exposto na Biblioteca da Escola Secundária de Estarreja

JUNHO de 2022


ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) da ONU Aprendizagem Baseada em Projetos Sustentáveis: “Torna o teu mundo melhor”

Falar em Economia Circular é saber INOVAR Os alunos do 12.º H, Curso Técnico de Gestão, basearam o seu projeto no 8. objetivo ODS (Promover o Crescimento Económico Inclusivo e Sustentável …), sensibilizando e alertando a comunidade para um novo paradigma na história do ambiente: já não basta apenas reciclar produtos que já não se usam ou que terminam a sua vida útil, mas sim falar em economia circular, uma janela de esperança para o planeta que deve ser aberta. Há que repensar todo um modelo de negócio e alterar os hábitos de consumo de uma sociedade do seculo XXI, proceder à transição de uma sociedade do ter para uma sociedade do ser. A simples reciclagem de resíduos ou a contenção na produção não são por si só suficientes para amenizar todos os erros já cometidos, é necessário repensar toda a cadeia produtiva, do seu design ou fim de vida, assim como repensar o papel do consumidor neste mercado

Neste sentir, os alunos ousaram em criar um negócio ligado à Arte, suportado no movimento, upcycling art que compreende a viabilidade de um possível negócio suportado na dinâmica entre os três pilares: económico, social e ambiental.


A cultura como pilar do desenvolvimento sustentável NEGÓCIO: Atelier de artistas ao vivo ligado a um espaço de exposição, Galeria de Arte (sustentável) a criar em Estarreja. Proposta de Modelo de Negócio ligado à Arte, suportado no movimento, upcycling art. Uma porta que se abre a um novo mundo, uma sociedade que se pretende mais sustentável, inclusiva e saudável!

Fonte: Infográfico da IBERDROLA (adaptado) O termo upcycling, que em português significa “reutilização para cima”, vai de encontro com a proposta do modelo da economia circular, cuja ambição é tornar o “lixo” um conceito do passado, propondo a procura de soluções que mantenham os recursos a circular na economia até ao limite da sua capacidade. Este termo foi popularizado, em grande parte, pela sua utilização no livro publicado em 2002 “Cradle to Cradle: Remaking the Way We Make Things” (em português, “Do Berço ao Berço: Refazendo a maneira como fazemos as coisas”) dos autores William McDonough e Michael Braungart. O upcycling não é somente uma tendência, é uma atitude que precisamos ter perante o nosso mundo. Utilizar técnicas de upcycling traz benefícios para as pessoas, para o nosso planeta e para as organizações, visto que:          

Fomenta um consumo mais consciente e uma responsabilidade ambiental. Reduz o consumo excessivo e o desperdício. Diminui a poluição do nosso planeta. Minimiza a quantidade de resíduos gerados. Reduz a necessidade de consumir novas matérias-primas. Abranda a extração desenfreada de recursos virgens da natureza. Modera o uso de água e de energia. Reduz a emissão de gases do efeito estufa. Prolonga a vida útil dos materiais que já se encontram a circular na economia. Potencia a circularidade dos produtos no seu fim de vida.


Momentos de trabalho ligados ao desenvolvimento e concretização do projeto 12.º H Vídeos

Trabalho de corte

https://youtu.be/8iQfR2xkcSE Clicar na imagem para aceder ao vídeo

Trabalho de recorte: Peças de diferentes tamanhos e texturas

Clicar na imagem para aceder ao vídeo


Momentos de trabalho ligados ao desenvolvimento e concretização do projeto 12.º H



Momentos de trabalho ligados ao desenvolvimento e concretização do projeto 12.º H









Caricatura: Processo de definição de pose/estrutura facial de Fernando Pessoa 12.º H e 10.º P


Momentos de trabalho de finalização da tela Fernando Pessoa 12.º H





Acabamento final da “Tela Fernando Pessoa” com bioxene 12.º H


Trabalho exposto na Biblioteca da Escola Secundária de Estarreja



A cultura configura a nossa identidade como indivíduos e como sociedade.

«(…) É notável que toda a obra de fôlego, pelo qual um indivíduo se institui mestre na sua categoria, é, ao mesmo tempo, obra de emoção e de pensamento, contém tanto uma forma de arte como uma fórmula de filosofia. (…) A Arte é, com efeito, o aperfeiçoamento subjetivo da vida.» Fernando Pessoa