Page 15

GERAL

Crosp enviará aos cirurgiões-dentistas material do programa de valorização da classe e sobre o câncer bucal

A

partir de agosto, o Crosp enviará a cada cirurgião-dentista de São Paulo um exemplar do Manual de Câncer Bucal (são mais de 70 mil), 30 unidades do folder sobre o “Programa de Prevenção e Diagnóstico Precoce de Câncer Bucal” e os adesivos do programa de valorização da profissão “Invista em você: procure um cirurgião-dentista” e “A saúde começa pela boca: procure um cirurgião-dentista”. O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo pretende com a iniciativa aumentar a visibilidade da profissão, oferecer subsídios aos colegas e alertar a população sobre uma matéria que preocupa a saúde pública brasileira: o câncer bucal, que só no ano passado matou mais de três mil pessoas. O Manual,

elaborado pela autarquia e de autoria do Prof. Dr. Ha ro l d o Arid Soares, especialista em Patologia Bucal e Estomatologia, é resultado do 1° Programa de Prevenção e Diagnóstico Precoce de Câncer Bucal, realizado em outubro de 2002, em São Paulo, quando 89 casos de câncer foram diagnosticados. Participaram do programa, o presidente do Crosp, Dr. Emil Adib Razuk, o coordenador, Prof. Dr. Rubens Côrte Real de Carvalho, e os membros da Comissão Organizadora: Prof. Dr. Gilberto Marcucci, Prof. Dr. Haroldo Arid Soares, Prof. Dr. Ângelo Rafael Calábria Tancredi, Prof. Dr. Caetano Baptista Neto, Prof. Dr. Celso Augusto Lemos Junior, Prof. Dr. Élcio Magdalena Giovani, Profa. Dra. Mônica Andrade Lotufo, Prof. Dr. Ricardo Gonzaga Moraes Filho,

Profa. Dra. Silvia Cristina Mazeti Torres e Prof. Dr. Wagner Seroli. De lá para cá, o programa foi estendido a outras 17 cidades do interior com a colaboração das prefeituras, faculdades e voluntários. Mais de 25 mil pessoas foram examinadas, das quais mais de 120 pessoas foram encaminhadas para tratamento do carcinoma. As 67 páginas do Manual com informações sobre as lesões, características clínicas, exames para diagnóstico, tratamento e prevenção do câncer bucal servirão para atualizar o cirurgião-dentista sobre o tema. O profissional que quiser maiores informações basta acessar o site do conselho (www. crosp.org.br) e realizar um curso gratuito pela internet. Mais de mil colegas já obtiveram o certificado do Crosp de conclusão do curso. Dr. Emil é da opinião de que o profissional pode e deve dialogar com a sociedade sobre o câncer bucal e a importância do cuidado da saúde bucal não só em seu consultório, mas através de artigos publicados nos jornais locais. A população receberá também orientação com a distribuição de 2.625.000 fôlderes. O Crosp acredita que se todos

Novo Crosp - Órgão Oficial do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo

os profissionais entregarem um folder para cada família que freqüenta seu consultório, cerca de 10 milhões de pessoas no Estado terão acesso a informações sobre o auto-exame da boca e sobre a importância de se consultar regularmente um cirurgião-dentista. Dentro do programa de valorização da Odontologia do Crosp, os adesivos compõem importante peça publicitária a favor da profissão. A idéia é que os veículos dos colegas se transformem em painéis móveis, espalhados em todo o Estado. Os adesivos trazem mensagens que levam à conscientização das pessoas para o cuidado com a saúde bucal e de que tratar a boca não é um gasto, e sim um investimento pessoal. Dr. Emil Razuk acredita que o colega pode otimizar o programa de valorização da profissão e prestar um bom serviço à população colaborando com a proposta do Crosp. Basta que se informe sobre o câncer bucal lendo o Manual, distribua os folhetos e coloque os adesivos em seus carros. Posteriormente, se o cirurgião-dentista quiser mais material sobre o Programa de Prevenção e Diagnóstico Precoce do Câncer Bucal, é só acessar o site do conselho e imprimir o folder ou entrar em contato com a sede pelo telefone (11) 35495555 ou pelo e-mail presidente@crosp. org.br

15

Edição 106  

Jornal Novo Crosp

Advertisement