Issuu on Google+

Para além das cores típicas dos países eslávicos (vermelho, azul e branco) tem no centro da faixa branca o brasão de armas da Croácia, que consiste num escudo do tipo português quadriculado nas cores vermelho e branco, que simboliza a união da Croácia, Branca (Oriental) e da Croácia Vermelha (Dalmácia). Marta Soares (desenho), Hermínia e Manuel do 2º C


Junto com as cores características dos países eslávicos, vermelho, verde e branco, está o escudo que representa o monte Triglav,o ponto mais alto do país. Mariana Pereira e João Ucha do 2º C


As cores vermelha e amarela da bandeira espanhola eram as que prevaleciam nas insĂ­gnias das coroas de AragĂŁo, Castela e Navarra. Marta Pinto e Carolina Garcia do 2Âş C


A bandeira da Finlândia é também chamada de Siniristilippu. A cruz da bandeira é similar `à da Suécia, país do qual fez parte. O azul representa os lagos da Finlândia, o mar Báltico e o céu, o branco representa a neve e as noites claras do verão finlandês. Carlota e João Gramacho do 2º C


A bandeira tricolor representa os princípios da Revolução Francesa de 1789: liberdade (azul), igualdade (branco) e fraternidade (vermelho). Érica e Diogo Branco do 2º C


A bandeira da Geórgia, com cinco cruzes vermelhas sobre um fundo branco, não era utilizada desde a idade Média, tendo sido recuperada em 2004. A Geórgia é uma pequena república do Cáucaso situada entre a fronteira da Europa e Ásia. José Maria e João Alpendre do 2º C


A cruz simboliza a ortodoxia grega a religião tradicional do país e cada uma das nove listras corresponde a uma sílaba da frase “Liberdade ou morte”.

Ana Carolina e Afonso e 2º C


A cor vermelha simboliza forรงa, o branco simboliza fidelidade e o verde simboliza esperanรงa. Rita Garcia e Tiago do 2ยบC


É uma bandeira tricolor vertical com as cores verde branco e laranja. O verde simboliza a história Gaélica e os católicos do país enquanto o laranja simboliza a secção protestante e apoiantes de William of Orange. O branco evoca a paz entre os protestantes e os católicos. Marta Soares e Rodrigo e desenho elaborado também pelo Jorge do 2º C


O branco e o azul são as cores tradicionais da Islândia .A cruz refere-se aos vínculos históricos com as nações escandinavas. Mariana C. e Tomás do 2º C


É chamada tricolor Italiana nas cores verde branco e vermelho em faixas verticais de igual dimensão; o verde significa a liberdade o branco significa a igualdade e o vermelho significa a fraternidade a mudança do azul para o verde terá sido sugestão de Napoleão Bonaparte.

Sebastião e Inês do 2º C


Foi adoptada a 20 de Março de 1989. O amarelo simboliza a luz e o sol, o verde representa a erva e o vermelho é o sangue derramado pelo seu país. Maria Beatriz e Diogo Forte do 2º C


As cores tem origem no escudo do país: um leão vermelho sobre um campo, com faixas nas cores branco e azul.

Carolina Fernandes e Gonçalo 2º C


A bandeira nacional dos Países Baixos, com as suas três faixas horizontais iguais coloriu o vermelho alto, branco e o azul é a bandeira tricolor mais antiga ainda em uso. Chama-se A Prinsenvlag bandeirado do príncipe, em homenagem a Guilherme de Orange. Maria Falcão e Leonor do 2º C


Bandeiras do Mundo