Page 1

Cristina Laborim

1


Índice | Index 3

CURRÍCULO | CURRICULUM

7

EDITORIAL | EDITORIAL

8

Revista - AUTO VINTAGE | Magazine - AUTO VINTAGE

21

Radiohead - BODYSNATCHERS | Radiohead - BODYSNATCHERS

32

Dédalo 2011- PLACE LESS | Dédalo 2011- PLACE LESS

35

Três Motivos - ODOR VISUAL | Three Reasons - Visual Odor

43

IDENTIDADE VISUAL | VISUAL IDENTITY

44

AUTO VINTAGE | AUTO VINTAGE

47

Anabela Baldaque - BELA BALDA | Anabela Baldaque - BELA BALDA

50

BEST BUDDY | BEST BUDDY

51

CANTO NONO | CANTO NONO

54

WINE & WORDS | WINE & WORDS

55

WRITE ON. | WRITE ON.

58

INFORGRAFIA | INFOGRAPHICS

59

10 OBJECTOS | TEN OBJECTS

2


CRISTINA LABORIM

CURRÍCULO

Cristina Laborim Porto, Portugal (+351) 916 292 735 cristinalaborim@gmail.com Apresentação Cristina Laborim é uma designer de comunicação nascida (em 1988) e residente no Porto. Desde pequena que sabia que queria fazer um percurso pelo mundo das artes, mas foi quando ganhou o 1º Prémio de ilustração a nível nacional sob o tema “A Família”, em 1998, percebeu que os seus dotes estariam ligados ao papel. Foi então que depois de descobrir o Design Gráfico, não descansou enquanto não entrou na faculdade ESAD - Escola Superior de Artes e Design, de Matosinhos, em 2006, onde se licenciou em Design de Comunicação, em três anos. Teve como professores João Martino (Designer Gráfico), António Mendanha (Pintor), Joana Rego (Pintora), Gémeo Luís (Ilustrador), Dino dos Santos (Tipografia), Albano Lemos Pires (Produtor) só para nomear alguns. Após a sua conclusão, achou que seria cedo demais para ingressar no

mundo do trabalho, e resolveu tirar o Mestrado na mesma àrea da sua formação e na mesma escola, pois revia-se no Design que lá se institui. Aqui teve o privilégio de conhecer e aprender com alguns dos nomes mais prestigiados a nível nacional, como é o caso de Andrew Howard (Designer de Comunicação), Anselmo Canha (Designer Gráfico), Rui Caldas (Sonoplasta) e Afonso Borges (Infográfico), só para nomear alguns, como a nível internacional: Ian Noble (Designer de Comunicação), Michael Paul Yong (Designer Multimédia), Susanna Edwards (Designer de Comunicação), John Bateson (Designer de Comunicação). Sendo que o seu projecto de Mestrado está a ser coordenado por Susanna Edwards e sub coordenado por Anselmo Canha. Em paralelo, foi convidada pelo jornalista e editor Fernando DaSilva, para ocupar o cargo de Directora de Arte da revista Auto Vintage, na empresa Write On. Edição. Mais tarde, em 2012, foi contractada pela produtora Elenco Produções como Designer de Comunicação da mesma. Em paralelo, tenta sempre ocupar-se com diversas actividades extra que a acabam por complementar ao que mais gosta de fazer. São o caso de fazer parte integrante do colectivo de arte INPUT — Interdisciplinary Projects and Urban Tactics - e o blog La Coquette Misérable.

3


Experiência Profissional Agos 2012-Nov 2012 | Designer de Comunicação | Designer e Gestora de Redes Sociais | Elenco Produções | Produtora Jan 2010-Dez 2012 | Directora de Arte (como freelancer) | Designer, Paginadora, Web Designer | Write On. Edição Lda. | Editora Educação e Formação Out 2009-Dez 2011 | Mestrado em Design de Comunicação | ESAD - Escola Superior de Artes e Design | Matosinhos, Porto | Projecto de Comunicação, Laboratório de Design de Comunicação, Estudos Contextuais, Estudos de Casos em Design infográfico, sonoro, luz/cor e editorial Set 2006-Jun 2009 | Licenciatura em Design de Comunicação | ESAD - Escola Superior de Artes e Design | Matosinhos, Porto | Projecto e Comunicação, Estudos de Tipografia, Laboratório Digital , Ilustração, Fotografia, Laboratório de Vídeo, Desenho e Expressão

Competições e Workshops 2007 | Workshop Serigrafia | ESAD - Escola Superior de Artes e Design | Matosinhos, Porto | Curadores: Joana Rego e Margarida Azevedo 2008 | Workshop StopMotion | Escola D’Art i Superior de Disseny de Castelló | Castellón de la Palma, Catelló | Curadores: Josep Albiñana, Juan Manuel Gil e Nacho Igual

quais Photoshop, InDesign, Illustrater, Dreamweaver, Flash, Premier e Soundbooth | Domínio profundo do software FontLab | Domínio do software iWorks Competências Pessoais 1992-2004 | Nadadora de Competição | Clube Náutico de Gaia | Sénior 1991-2006 | Bailarina | Royal Academy of Dance | 8º Grau 2004-2005 | Tesoureira | Associação de Estudantes | Escola Secundária Almeida Garrett 2012- Actualmente | Pertence ao colectivo de Arte “INPUT” — Interdisciplinary Projects and Urban Tactics 2012- Actualmente | Pertence ao blog La Coquette Misérable em conjunto com mais duas designers que se centra nas temáticas Moda e Design que está a preparar uma série de conferências Interesses Pessoais Fotografia / Cinema / Arte / Design / Ilustração / Moda / Dança / Culinária / Viagens Línguas Português (língua materna) / Inglês (domínio avançado, tanto escrito como oralmente) / Espanhol (básico) Carta de Condução Carta de Condução de Ligeiros (Categoria B)

2009 | Concurso “Cartaz da Queima 2009” | Menção Honrosa 2011 | Concurso para a revista “Dédalo” | 4º Lugar 2011 | Concurso logo “Best Buddy” para o Hospital Santa Maria, Lisboa | 2º Lugar Competências Técnicas Domínio do sistema operativo Mac OS e OS X | Utilizador elementar do software Office | Domínio profundo do software Adobe entre os

4


CRISTINA LABORIM

CURRICULUM

Cristina Laborim Porto, Portugal (+351) 916 292 735 cristinalaborim@gmail.com Presentation Cristina Laborim is a communication designer born (in 1988) and residing in Porto. Since her childhood, she knew she wanted to make a journey to the world of the arts, but it was when she won the 1st Prize nationally for illustration under the theme “The Family” in 1998, that she realized her talents would be linked to the role. It was then, after discovering the Graphic Design, that she didn’t rest until she entered on college ESAD - Escola Superior de Artes e Design, in Matosinhos, in 2006, where she graduated in Communication Design in three years. Her teachers were João Martino (Graphic Designer), António Mendanha (Painter), Joana Rego (Painter), Gémeo Luís (Illustrator), Dino dos Santos (Typography), Albano Lemos Pires (Producer) just to name a few. After its completion, she thought it would be too early to join the world of work, and so she decided to take the Masters in the same area of ​​her graduation and in the same school.

Here, she was privileged to meet and learn from some of the most prestigious names nationwide, such as Andrew Howard (Communication Designer), Anselmo Canha (Graphic Designer), Rui Caldas (Sound Designer) and Afonso Borges (Infographic) only to name a few, and internationally: Ian Noble (Communication Designer), Michael Paul Yong (Multimedia Designer), Susanna Edwards (Communication Designer), John Bateson (Communication Designer). Her Master project is being coordinated by Susanna Edwards and sub coordinated by Anselmo Canha. In parallel, she was invited by the journalist and editor Fernando DaSilva, to fill the position of Art Director at Auto Vintage magazine, in the company Write On. Edition. Later, in 2012, she was hired by production Elenco Produções, to coordinated all the Graphic Designs. In parallel, always tries to occupy herself with several extracurricular activities that complement what ultimately like to do. This is the case of an integral part of the art collective INPUT - Interdisciplinary Projects and Urban Tactics - and blogged at La Coquette Misérable.

5


Professional Experience

Domain deep software FontLab | Domain iWorks software

Agos 2012-Nov 2012 | Communication Designer | Designer and Management of Social Networks | Cast Productions | Producer

Personal Skills

Jan 2010-Dec 2012 | Art Director (freelance) | Graphic Designer, Web Designer | Write On. Edition | Publisher Education and Training Oct 2009-Dec 2011 | Masters in Communication Design | ESAD School of Art & Design | Matosinhos, Porto | Draft Communication Laboratory, Communication Design, Contextual Studies, Case Studies in infographic design, sound, light / color and editorial Sep 2006-Jun 2009 | Degree in Communication Design | ESAD - School of Art & Design | Matosinhos, Porto | Project and Communication Studies Typography, Digital Lab, Illustration, Photography, Video Lab, Design and Expression

Competitions and Workshops 2007 | Screen Printing Workshop | ESAD - School of Art & Design | Matosinhos, Porto | Trustees: Joana Rego and Margarida Azevedo

1992-2004 | Swimmer Competition | Club Nautico de Gaia | Senior 1991-2006 | Ballerina | Royal Academy of Dance | 8th Grade 2004-2005 | Treasurer | Student Association | Escola Secundária Almeida Garrett 2012 - present | belongs to the art collective “INPUT” Interdisciplinary Projects and Urban Tactics 2012 - present | belongs to the blog La Coquette Misérable together with two other designers that focuses on thematic Fashion & Design who is preparing a series of lectures Personal Interest Photography / Film / Art / Design / Illustration / Fashion / Dance / Cooking / Travel Languages Portuguese (mother tongue) / English (Advanced domain, both written and orally) / Spanish (basic) Driving Licence Driving Licence of Light (Category B)

2008 | StopMotion Workshop | School D’Art i Superior de Castelló Disseny | Castellón de la Palma, Catello | Trustees: Josep Albiñana, Juan Manuel and Nacho Gil Equal 2009 | Contest “Cartaz da Queima 2009” | Honorable Mention 2011 | Competition for the magazine “Dédalo” | 4th Place 2011 | Contest logo “Best Buddy” for the Santa Maria Hospital, Lisboa | 2nd Place Technical Skills Domain operating system Mac OS and OS X | User elementary Office software | Domain deep software including Adobe Photoshop, InDesign, illustrater, Dreamweaver, Flash, Premier and Soundbooth |

6


EDITORIAL

7


REVISTA

AUTO VINTAGE AV_capa_nº24.pdf

1

7/24/12

5:47 PM

Nº 24 Nº 24 Jul+Agos 2012

agem Report ta do le p com a Lousã Serra d ha a R e in Santa

Jul+Agos 2012

4,95€ Continente

Citroën DS

Encontro de gerações

www.auto-vintage.com

ASA 1000 – Ferrari " de bolso"

Museu de Munique porta de entrada na história da BMW

A Revista Auto Vintage surge em 2009, lançada pela Editora Write On., com o intuito de inovar o sector de revistas de automóveis clássicos. Implementou-se como uma publicação de elevada qualidade, especializada em automóveis antigos em todas as suas vertentes, da história à competição, tornando-se numa referência no universo dos Clássicos em Portugal. O leitor da Auto Vintage é maioritariamente do sexo masculino, com formação superior ocupando profissionalmente postos de direcção ou chefia. Portador de um forte poder de compra valoriza muito os seus tempos livres, os quais ocupa em actividades que não se esgotam só em automóveis clássicos. É distribuída mensalmente por cerca de 3.000 pontos de venda, em todo o território nacional e em duas dezenas de postos no Brasil, tendo ainda centenas de assinantes inclusivamente na versão digital. A partir destes parâmetros, como responsável pela Direcção de Arte, tentei criar uma revista apelativa à faixa etária que normalmente comprava estas revistas (entre os 35 e os 60 anos), mas que também chegasse aos mais jovens (a partir dos 25 anos). Com esse conjunto de factores criei uma revista com um aspecto jovem e moderno, destacando-se facilmente das outras duas revistas do mercado nacional, que a

nível gráfico se encontravam um bocado ultrapassadas. ______________________________________ The Auto Vintage Magazine arises in 2009, launched by publisher Write On., in order to innovate the sector of classic cars magazines. Implemented as a high quality publication that specializes in vintage cars in all its aspects, the competition’s history, becoming a reference in the world of Classics in Portugal. The reader of Vintage Auto is mostly male, college-educated, professionally occupying managerial positions or leadership. Has a strong purchasing power greatly values​​ their leisure time, which engages in activities that are not limited only in classic cars. It is distributed monthly by about 3,000 points of sale across the country and in two dozen stations in Brazil, and even hundreds of subscribers including in digital version. From these parameters, as responsible for the Art Direction, tried to create a magazine appealing to the age group that typically buy these magazines (between 35 and 60 years), but it also came to the youngest (after 25 years). With this set of factors created a magazine with a youthful and modern, easily standing out from the other two journals of the national market, the level graphics were a bit outdated.

8


AV_capa_nº18.pdf

1

4/7/12

8:32 PM

Dezembro 2011 Nº 18 Nº 18 Dezembro 2011 www.auto-vintage.com

To have better control of what I wanted to capture at every cover and lead article, most of the themes cover were photographed by me. I also tried to evade conventional aspect of car magazines where the car is in its entirety, or stopped or underway, but always with the base angle: front or profile.

Paixão Integrale

In Auto Vintage, I wanted to show some dynamics in each layer, that’s why there often arise where only covers up a detail or unconventional angles.

Lancia Delta: um familiar transformado pelos triunfos

3,95€ Continente

Para ter um melhor controlo daquilo que queria captar para cada capa e artigo principal, grande parte dos temas de capa eram por mim registados fotograficamente. Também tentei fugir ao aspecto convencional das revistas de automóveis onde o automóvel se encontra na sua totalidade, ou parado ou em andamento, mas sempre com os ângulo base: frente ou de perfil. Na Auto Vintage, quis mostrar alguma dinâmica em cada capa, daí muitas vezes surgirem capas onde só aparecer um pormenor ou de ângulos pouco convencionais. _____________________________________

24 Horas de Portugal: louros para Luís Pereira e Eduardo Carpinteiro Albino

Ao volante do campeão Lotus 61

0 0 1

a s nd de ssicora ve s i á Ma Cl pa

9


AV_capa_nº17-3.pdf

1

10/19/11

10:03 PM

Novembro 2011 Nº 17 Nº 17 Novembro 2011

Dos Voisin a Le Corbusier passando pelo Dymaxion

3,95€ Continente

Os arquitectos e o Automóvel www.auto-vintage.com

Rallye de Portugal Histórico: vitória de Lareppe-Lambert e pódio para Marques-Martins

100

a s nd de ssicora ve s i á Ma Cl pa

10


AV_capa_nº25.pdf

1

8/29/12

9:46 PM

Nº 25 Nº 25 Setembro 2012

4,95€ Continente

Setemb 2012

Bugatti e Caramulo

Um casamento perfeito

www.auto-vintage.com

Fiat Jolly 500

Um símbolo da Dolce Vita Siga-nos em www.auto-vintage.com | www.facebook.com/AutoVintage

Algarve Classic Cars * Le Mans Classic * Elegância em Pebble Beach e na Corunha

11


AV_capa_nº22-4.pdf

1

4/20/12

10:15 PM

Abril 2012 Nº 22 Nº 22 Abril 2012

As Art Director and Designer, I have to constantly achieve arranging graphics solutions,

whatever the conditions under which the contents are. One of those cases is this number. The two cars were photographed in different places and, as the theme of the cover, had to arise both. It occurred to me then use the mirror technique, even assumed, since it was a theme that gave the impression that it was a duel between the two machines. In this case, I used the bottom left of the car and put it behind the right and then were treated with the tools commonly used to overcome glare, so that would not be too artificial-looking assembly on the right side.

Grupo B à francesa 4,95€ Continente

Peugeot 205 Turbo 16 vs. Renault 5 Turbo 2 www.auto-vintage.com

Como Designer e Directora de Arte, tenho que constantemente conseguir arranjar soluções gráficas, quaisquer que sejam as condições em que os conteúdos se encontram. Um dos casos é o deste número. Os dois automóveis tinham sido fotografados em sítios diferentes e, como tema de capa, tinham que surgir ambos. Ocorreu-me então utIlizar a técnica de espelho, mesmo assumida, visto que se tratava num tema em que dava a entender que se tratava de um duelo entre as duas máquinas. Neste caso, aproveitei o fundo do automóvel da esquerda e coloquei-o por detrás do da direita e depois foram tratadas com as tools normalmente utilizadas para transpor brilhos, para que não ficasse com um aspecto demasiado artificial a montagem do lado direito. _______________________________________

MGB 50 anos do desportivo clássico mais vendido de sempre

12


AV_capa_nº8.pdf

1

4/7/12

8:33 PM

Fevereiro 2011 Nº 8 Nº 8 Fevereiro 2011

ivo Exclus l ortuga para P

Aqui, o artigo original era todo criado em estúdio, onde os fundos eram todos simulados em Photoshop. Como estava sob o tema de “superstar” achei que faria sentido criar uma carpete vermelha para este automóvel tão icónico, como é merecedor o Mini Cooper. ________________________________________

Mini Cooper

3,95€ Continente

Uma vedeta com 50 anos de história www.auto-vintage.com

Here, the original article was all created in the studio, where the funds were simulated on Photoshop. As I was under the theme of “superstar” I thought it would make sense to create a red carpet for this car as iconic as the Mini Cooper is worthy.

Monte Carlo Histórico Equipas portuguesas com a lição bem estudada

Rali Solverde

Chaves voltou a ser o centro do encontro luso-espanhol

13


Alguns exemplos de páginas interiores da revista. Soluções simples, “comerciais” e com muito conteúdo como é do agrado do leitor da Auto Vintage. ____________________________________________________________________________________ Some examples of inside pages of the magazine. Simple solutions, “commercial” and with much content as it pleases the reader’s Vintage Auto. 14


15


16


17


Ao Volante | Os Grupo B

Lancia 037 Ver

Vintage 44 Auto Marรงo 2012

18


Também na editora Write On., comecei a criar o layout de uma nova revista que estava prevista a saída para Janeiro 2013. Contudo, por questões que nos foram alheias, o projecto não foi para a frente. ____________________________________________________________________________________ Also on the publisher Write On., I started designing the layout of a new magazine that was scheduled to go out on January 2013. However, for reasons that were unrelated to the project did not go forward.

19


Este layout foi criado para um conjunto de fascículos que vinham integrados na revista, com a possibilidade de no final da colecção criar-se um livro com os mesmos. ____________________________________________________________________________________ This layout was created for a set of issues that were included in the magazine, with the possibility of the end of the collection to create a book with them. 20


RADIOHEAD

BODYSNATCHERS

Neste projecto, o objectivo era criar um video clip gráfico de uma música à nossa escolha do álbum “In Rainbows” dos Radiohead. O projecto nasceu à volta da audio cassete e, assim, ao longo da música, consoante a letra, a fita vai ganhando várias formas. Tudo isto criado manualmente, digitalizado e, por fim, impresso. ________________________________________ In this project, the aim was to create a graphic video clip of a song of our choice from the album “In Rainbows” from Radiohead. The project was around the audio cassette and so along the track, depending on the letter, the tape was gaining various ways. All this created manually, scanned and, finally, printed.

21


22


23


24


25


26


27


28


29


30


31


DÉDALO 2011

PLACE LESS

No ano 2011, o tema da revista Dédalo (uma revista de arquitectura da Faculdade de Arquitectura da Universidade d Porto — FAUP) era “Place Less”. Para este concurso dispunham-nos o título, o índice, um texto e uma fotografia para a dupla página interior. Eu resolvi criar algo que para demonstrar esta temática “Less” fosse transmitida através da transparência dos papeis e não através da simplicidade gráfica, apesar de também estar presente. Acabei por ficar com o quarto lugar com o projecto. _______________________________________

I decided to create something to demonstrate that this theme “Less” was transmitted through the transparency of roles and not through the graphic simplicity, despite also being present. I ended up taking fourth place with the project.

In 2011, the theme of Dédalo magazine (a magazine of architecture from the Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto - FAUP) was “Place Less”. For this contest they give us the title, the index, a part of a text and a picture for a double page inside.

32


O Ă­ndice da revista. ____________________________________________________________________________________ The index of the magazine.

33


A dupla pรกgina interior, bilingue, criada por mim. _____________________________________________________________________________________ The double page bilingual created by me. 34


TRÊS MOTIVOS

ODOR VISUAL

Odor Visual, consiste em, através do Olfacto, retratar três palavras — Verniz, Canela e Alho — com a ajuda dos outros dois sentidos, o Tacto e a Visão. Todo o conteúdo é criado manualmente, digitalizado e posteriormente impresso. ________________________________________ Odor Visual consists of, through Olfaction, portraying three words - Varnish, Cinnamon and Garlic - with the help of the other two senses, Tact and Vision. All content are created by hand, scanned and then printed.

35


O Ă­ndice deste trabalho. ____________________________________________________________________________________ The index of this work.

36


37


38


39


40


41


Com a contracapa e a capa, abertas, conseguimos ver a imagem dos dois, homem e mulher, com nariz com nariz, para sublinhar a temรกtica Olfacto. _________________________________________________________________________________ With the cover and the back cover open, we see the image of two, man and woman, with nose to nose, to underline the theme Olfaction. 42


IDENTIDADE VISUAL

43


AUTO VINTAGE

Este logótipo foi criado para funcionar como parte integrante das capas da revista mas também para funcionar sozinho. Aqui o objectivo era criar algo que nos remetesse para a robusta sensação que nos dá quando falamos em autmoóves, daí a simulação do aço na palavra Vintage. __________________________________________________________________________________________ This logo was created to function as an integral part of the magazine covers but also to work alone. Here the aim was to create something that took us to the robust sense that gives us when we talk about autmoóves, hence the simulation of steel in the word Vintage.

44


Sandra Ferreira

Sandra Ferreira (+351) 916 290 736 sandra.ferreira@auto-vintage.com www.auto-vintage.com

Rua do Outeiro, nº2 2º Andar - Sala 1 4050-452 Porto

Os cartões de visita, frente e trás. ____________________________________________________________________________________ Business cards, front and back. 45


R. do Outeiro, nº2 Sala 1 4050-452 Porto Portugal auto-vintage@write-on.pt

NIF 123 456 789

CRC Porto 1234

Capital €5.000.00

Ex. Sr. Álvaro Soares,

Comunicaçao e massa começa com a imprensa. nao é elitista, é democrata, idealmente tenta ser compreendida pelo maior numero de pessoas. Goticas para a carolingias_racionalizaçao e estandardizaçao das formas para facilitar a leitura Com a tipografia dá-se a desterrioriarizaçao dos espaços. Aparecimento das maiusculas; o sistema metrico é normalizado. Até ao seculo XIX o objecto impresso é o maior prescritor da informaçao da historia. É determinante para promver ideias politicas Kdsladjm,nj l Comunicaçao e massa começa com a imprensa. nao é elitista, é democrata, idealmente tenta ser compreendida pelo maior numero de pessoas. Goticas para a carolingias_racionalizaçao e estandardizaçao das formas para facilitar a leitura Com a tipografia dá-se a desterrioriarizaçao dos espaços.Aparecimento das maiusculas; o sistema metrico é normalizado. Até ao seculo XIX o objecto impresso é o maior prescritor da informaçao da historia. É determinante para promver ideias politicas. Comunicaçao e massa começa com a imprensa. nao é elitista, é democrata, idealmente tenta ser compreendida pelo maior numero de pessoas. Goticas para a carolingias_racionalizaçao e estandardizaçao das formas para facilitar. Com a tipografia dá-se a desterrioriarizaçao dos espaços.Aparecimento das maiusculas; o sistema metrico é normalizado. Até ao seculo XIX o objecto impresso é o maior prescritor da informaçao da historia. É determinante para promver ideias politicas. Comunicaçao e massa começa com a imprensa. nao é elitista, é democrata, idealmente tenta ser compreendida pelo maior numero de pessoas. Goticas para a carolingias_racionalizaçao e estandardizaçao das formas para facilitar.

R. do Outeiro, nº2 Sala 1 4050-452 Porto Portugal auto-vintage@write-on.pt

Atentamente, Maria Silva

A linha gráfica para papel de carta e envelope DL da Auto Vintage. ____________________________________________________________________________________ The graphic line for Auto Vintage stationery and envelope DL.

46


ANABELA BALDAQUE

BELA BALDA

Bela Balda é uma marca potuguesa de moda da estilista Anabela Baldaque e esta foi a minha proposta para a mesma. Esta identidade consiste num logótipo com uns elementos gráficos em seu redor que nunca podem funcionar em separado. Estes elementos foram baseados em algumas das colecções da estilista em 2008/2009. ____________________________________________________________________________________ Bela Balda is a portuguese brand from the fashion designer Anabela Baldaque and this was my proposal for it. This identity consists of a logo with graphics around them, that can never work separately. These elements were based on some of the designer collections in 2008/2009.

47


Os cartĂľes de visita, frente e trĂĄs. ____________________________________________________________________________________ Business cards, front and back.

48


Ex. Sr. Álvaro Soares,

Comunicaçao e massa começa com a imprensa. nao é elitista, é democrata, idealmente tenta ser compreendida pelo maior numero de pessoas. Goticas para a carolingias_racionalizaçao e estandardizaçao das formas para facilitar a leitura Com a tipografia dá-se a desterrioriarizaçao dos espaços. Aparecimento das maiusculas; o sistema metrico é normalizado. Até ao seculo XIX o objecto impresso é o maior prescritor da informaçao da historia. É determinante para promver ideias politicas Kdsladjm,nj l Comunicaçao e massa começa com a imprensa. nao é elitista, é democrata, idealmente tenta ser compreendida pelo maior numero de pessoas. Goticas para a carolingias_racionalizaçao e estandardizaçao das formas para facilitar a leitura Com a tipografia dá-se a desterrioriarizaçao dos espaços.Aparecimento das maiusculas; o sistema metrico é normalizado. Até ao seculo XIX o objecto impresso é o maior prescritor da informaçao da historia. É determinante para promver ideias politicas. Comunicaçao e massa começa com a imprensa. nao é elitista, é democrata, idealmente tenta ser compreendida pelo maior numero de pessoas. Goticas para a carolingias_racionalizaçao e estandardizaçao das formas para facilitar. Com a tipografia dá-se a desterrioriarizaçao dos espaços.Aparecimento das maiusculas; o sistema metrico é normalizado. Até ao seculo XIX o objecto impresso é o maior prescritor da informaçao da historia. É determinante para promver ideias politicas. Comunicaçao e massa começa com a imprensa. nao é elitista, é democrata, idealmente tenta ser compreendida pelo maior numero de pessoas. Goticas para a carolingias_racionalizaçao e estandardizaçao das formas para facilitar. Atentamente, Maria Silva

A linha gráfica para papel de carta e envelope DL da Bela Balda. ____________________________________________________________________________________ The graphic line for Bela Balda stationery and envelope DL. 49


Be

ud st B dy

- Best

buddy

buddy

BEST BUDDY

- Best

Esta logomarca foi criada no seguimento de um concurso aberto pelo Hospital Santa Maria de Lisboa com o intuito da criação de um logo para uma nova associação chamada “Best Buddy” para a ala de Pediatria. Acabei por ficar em segundo lugar. ____________________________________________________________________________________ This logo was created following an open tender for the Hospital Santa Maria in Lisbon with the intention of creating a logo for a new association called “Best Buddy” to ward of Pediatrics. I ended up finishing second.

50


CANTO NONO

Canto Nono Durante o período em que trabalhei para a produtora Elenco Produções, fiquei encarregue da criação da identidade gráfica do grupo de musica acappella “Canto Nono”. Criei uma logomarca que tanto pode funcionar como logomarca com o “C” e a clave de fá, como como logótipo só com a palavras “Canto Nono”. ____________________________________________________________________________________ During the period I worked for the production Elenco Produções, I was responsible for creating the graphic identity of acappella music group “Canto Nono”. I created a logo that can function as both logo with the “C” and the bass clef, such as a logotype, with only the words “Canto Nono”.

51


Aqui estĂŁo apresentadas as vĂĄrias cores que podem ser utilizadas no logotipo. ____________________________________________________________________________________ Here are presented the various colors that can be used in the logo.

52


O cartaz criado para a temporada de 2012 dos concertos “2012 FM Stereo”, no Rivoli Teatro Municipal do Porto, com fotografia de Marta Mota. ____________________________________________________________________________________ The poster created for the 2012 season of concerts “2012 FM Stereo”, on Rivoli Teatro Municipal do Porto, with photography by Marta Mota.

53


WINE & WORDS

Wine & Words é uma marca de vinhos da região demarcada do Douro. Para que conseguisse criar uma ligação entre as duas temáticas, para “wine” utilizei uma mancha que um copo deixa e para “words”, resolvi ir buscar uma tipografia utilizada numa máquina de escrever que tinha em casa, e o resultado final foi este. ____________________________________________________________________________________ Wine & Words is a brand of wines from the Douro Wine Region. In order that I could create a link between the two issues, to “wine” I used a stain that a glass can leave and for “words” I decided to pick a printer used at a typewriter that I‘d at home, and the end result was this.

54


WRITE ON.

Para a editora Write On., que traduzido para português quer dizer “continuando a escrever”, resolvi inspirar-me em tipografias caligráficas e desenvolver uma tipografia que espelhasse essa mesma sensação e como final o ponto, como símbolo de firmeza daquilo que a empresa queria continuar a fazer. ____________________________________________________________________________________ For the publisher Write On., which translated into Portuguese means “continuing to write,” I decided to go for a calligraphy typography developed by me that mirrored this same feeling and the end point as a symbol of steadfastness of what the company wanted continue to do.

55


Fernando DaSilva

Edição

Fernando DaSilva

Director de Publicações

fernandodasilva@write-on.pt www.write-on.pt

Rua do Outeiro, nº2, Sala 1 4050-461 Porto Portugal

Os cartões de visita, frente e trás. ____________________________________________________________________________________ Business cards, front and back.

56


R. do Outeiro, nº2 Sala 1 4050-452 Porto Portugal geral@write-on.pt

Ex. Sr. Álvaro Soares,

NIF 123 456 789

CRC Porto 1234

Capital €5.000.00

R. do Outeiro, nº2 Sala 1 4050-452 Porto Portugal

Comunicaçao e massa começa com a imprensa. nao é elitista, é democrata, idealmente tenta geral@write-on.pt ser compreendida pelo maior numero de pessoas. Goticas para a carolingias_racionalizaçao e estandardizaçao das formas para facilitar a leitura Com a tipografia dá-se a desterrioriarizaçao dos espaços. Aparecimento das maiusculas; o sistema metrico é normalizado. Até ao seculo XIX o objecto impresso é o maior prescritor da informaçao da historia. É determinante para promver ideias politicas Kdsladjm,nj l Comunicaçao e massa começa com a imprensa. nao é elitista, é democrata, idealmente tenta ser compreendida pelo maior numero de pessoas. Goticas para a carolingias_racionalizaçao e estandardizaçao das formas para facilitar a leitura Com a tipografia dá-se a desterrioriarizaçao dos espaços.Aparecimento das maiusculas; o sistema metrico é normalizado. Até ao seculo XIX o objecto impresso é o maior prescritor da informaçao da historia. É determinante para promver ideias politicas. Comunicaçao e massa começa com a imprensa. nao é elitista, é democrata, idealmente tenta ser compreendida pelo maior numero de pessoas. Goticas para a carolingias_racionalizaçao e estandardizaçao das formas para facilitar. Com a tipografia dá-se a desterrioriarizaçao dos espaços.Aparecimento das maiusculas; o sistema metrico é normalizado. Até ao seculo XIX o objecto impresso é o maior prescritor da informaçao da historia. É determinante para promver ideias politicas. Comunicaçao e massa começa com a imprensa. nao é elitista, é democrata, idealmente tenta ser compreendida pelo maior numero de pessoas. Goticas para a carolingias_racionalizaçao e estandardizaçao das formas para facilitar. Atentamente, Maria Silva

A linha gráfica para papel de carta e envelope DL da Write On. ____________________________________________________________________________________ The graphic line for Write On. stationery and envelope DL. 57


INFOGRAFIA

58


10 OBJECTOS

Este projecto, criado sob XXX do infográfico Afonso Borges, consistiu na criação de conecções entre 10 objectos. Objectos esses que tinham sido escolhidos aleatoriamente, sem nenhum critério pedido anteriormente. Os objectos por mim escolhidos tinham sido todos retirados da minha estante, sem o tal critério de escolha. Porém, sem ter denotado na altura, existia uma ligação cromática entre eles: os pretos, cinzas e amarelos. Para acrescentar a esta ligação resolvi explorar também outros três temas: material, peso e proporções. O resultado final é um livro em harmónica onde em cada dupla página temos apresentada cada temática.

This project, was created by the guides of the infographic Afonso Borges, was the creation of connections between 10 objects. Those objects were chosen randomly, with no criteria previously requested. The objects chosen for me had all been removed from my shelf, without such a criterion of choice. However, without having denoted at the time, there was a link between them color: blacks, grays and yellows. To add to this relation I also decided to explore other three themes: material, weight and proportions. The end result is a book on harmonic, where in each double page we presented each subject.

59


Alguns pormenores das infografias referentes a cor, material e peso. ____________________________________________________________________________________ Some details of the infographics related to color, material and weight.

60


Mais à esquerda, o pormenor da inforgrafia referente às proporções e em baixo o aspecto do livro aberto. ____________________________________________________________________________________ On the left, the detail of the infographic related to proporctions and below the open book. 61


Obrigada!

62

Cristina Laborim's Portfolio  

Portfolio of my work

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you