Issuu on Google+

um empréstimo no banco ou com algum amigo ou parente pagando 3%, desta forma você salda a dívida mais cara. Ok, mas você pode dizer: “O problema foi resolvido momentaneamente, e o mês que vem? Como vou pagar os amigos e os parentes? Como vou pagar o empréstimo no banco?” A idéia inicial é diminuir os juros e consequentemente o montante da sua dívida, mas agora quero dizer como você pode, de forma simples, ir saldando suas dívidas aos poucos.

O sabor amargo das dívidas Quem já não se deparou com a corda no pescoço ao verificar que o salário não seria o suficiente para saldar as dívidas? Poucos são os privilegiados, e se você ainda continua lendo esta coluna, é porque já passou ou ainda passa por este terrível problema. Minha intenção é levar a você uma luz e dizer que nem tudo esta perdido, pois você poderá, com algumas dicas, diminuir suas dívidas e até mesmo exterminá-las do seu dia-a-dia. Inicialmente, você deve saber o quanto realmente está devendo. Pegue um papel e anote todas as duas dívidas, não esquecendo os juros, pois os credores não esquecem. Depois de saber tudo o que deve, você pode negociar com o credor fazendo-o uma proposta de pagamento em parcelas, pois desta forma, você deixa claro que realmente deseja pagar. Outra coisa que você pode fazer é trocar uma dívida mais cara por uma mais barata, isto é, se você está atolado no cartão de crédito ou cheque especial, pagando juros absurdos acima de 10% ao mês, pode fazer

Gosto de utilizar uma fórmula clara e muito simples que George S. Clason nos traz em seu livro “O homem mais rico da babilônia”, que nada mais é, que todo mês, você reserve 10% do seu salário para saldar suas dívidas, e desta forma ir pagando, aos poucos seus credores. Com isso você readquire sua auto-estima e deixa bem claro para os credores que sua intenção é pagá-los, mesmo que seja em várias parcelas. O que o credor mais deseja é receber, não importa como. Sucesso financeiro para você e até mais!! Cristiano Brasil Empresário, Palestrante, Pós graduado MBA em Gestão Financeira e Pós graduado Especialista em Mercado de Capitais, Certificado a atuar como Agente de Investimentos credenciado á Corretora Geral Investimentos e Câmbio, Sócio Diretor da i9 Investimentos. Presta auxilio no planejamento financeiro de famílias, casais, pessoas físicas e jurídicas. Certificado ANCORD credenciado junto á CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e BACEN (Banco Central do Brasil). Certificado PQO seguimento BM&F e BOVESPA credenciado junto á Bolsa de Valores. Autor do livro de Bolso “A Cartilha do Dinheiro” onde lista mais de 80 dicas de como a família pode economizar no dia-a-dia. Cristiano Brasil é Vice Presidente Regional do CEJESC (Conselho Estadual do Jovem Empreendedor de SC) para o Extremo Sul Catarinense. contato@i9investimentos.com.br +55 (48) 9949-7993 +55 (48) 9958-4168 http://www.poupeeinvista.blogspot.com


O sabor amargo das dívidas