Page 1

PORTEFÓLIO DE PRODUÇÃO GRÁFICA visitas técnicas

1


2


3


4


SUMÁRIO INTRODUÇÃO PASSA MENSAGEM Cem Artes Gráficas Cartonagens são tiago, lda ADALBERTO ESTAMPADOS PANDO BERMA Conclusão

5

7 9 13 17 21 26 29 33


6


INTRODUÇÃO Produção Gráfica entende-se como sendo um todo que para ser materializado deverá ser feito por fases. Este pode servir como um cartão de visita ou expositor que combina vários tipos de materiais e técnicas. Como designer deve-se ter algumas noções básicas de Produção Gráfica para se poderem criar peças que sejam possiveis de produzir. Cabe ao produtor analisar o trabalho do designer e perceber qual a melhor forma de o produzir seguindo a ideia original. Encontrar os materiais adequados; O/os processo/os de impressão a serem utilizados e a gráfica a escolher são todas etapas que um designer deve estudar cautelosamente para poder obter uma peça do seu agrado sem surpresas desagradáveis no fim. Este portefólio tem como objectivo ajudar o designer a tomar algumas dessas decisões e dar a conhecer o que o mercado lhe pode dar.

7


A empresa Passa Mensagem situa-se na freguesia de Barcelinhos, no concelho de Barcelos e distrito de Braga. Esta iniciou a sua atividade em Janeiro de 1985, e focam-se na impress達o.

8


PASSA MENSAGEM necessária para a produção de um produto. A máquina de corte é essencial para se obter o produto gráfico desejado, porque existindo o molde para o produto é mais fácil cortar vários ao mesmo tempo do que ter que se cortar manualmente um a um.

É uma empresa que no seu interior é devidamente separada e identificada por sectores. O sector da pré-impressão é onde fazem todo o processo antes da impressão final de um produto gráfico. Este consiste na adequação do arquivo digital para a impressão o que gera um fotolito. O fotolito é um filme transparente, uma espécie de meio plástico, feito de acetato, papel vegetal ou laser filme; Neste empresa em concreto é usado o papel vegetal.

Com a máquina de relevos é possivel obter-se impressões de desenhos com relevo através da reacção do papel ao calor. É um processo rápido mas que necessita de 1 pessoa para colocar o papel e posteriormente a máquina fazer a aplicação.

Se a imagem que estão a trabalhar for colorida esta dividida nas 4 cores básicas (CMYK) que gera 4 fotolitos, uma foto de cada uma das 3 cores básicas. Se for uma imagem a preto e branco, como por exemplo, textos, ou logótipos simples é necessário gravar apenas um fotolito. Este é gravado por um processo óptico a laser numa máquina imagesetter, estas se vierem de um arquivo digital, processo fotográfico ou se for uma cópia de um original físico. As chapas de impressão do offset adquirem o texto ou imagens a serem impressas após terem sido sensibilizadas pelo fotolito. Assim sendo, utilizam o fotolito para gravar as chapas para reproduzirem posteriormente, em série.

Estes são exemplos de máquinas que se podem encontrar na Gil Vicente, são máquinas que podem ajudar o designer a obter um produto mais próximo do real, podendo assim fazer testes e depois fazer impressões em série. Todos os acabamentos disponíveis como os relevos são pormenores que podem favorecer ou não o produto gráfico. Pode-se assim resumir que a Gil VIcente sendo uma empresa atenciosa que dispõe ao seu cliente alguma variedade de produtos e acabamentos para o designer ficar satisfeito com o produto final. De uma forma mais pessoal esta visita a nível técnico aumenta o conhecimento do que existe no mercado; as hipoteses; as vantagens de ser um lugar aberto ao público e de fácil comunicação.

No sector da produção é uma área ampla em que temos 1 modelo de máquina para cada fase de produção necessários ao produto gráfico. Por norma, têm 1 funcionário por máquina para gerir o seu funcionamento. Por exemplo, na máquina offset 2 cores o funcionário coloca manualmente a tinta e água

9


10


11


Situa-se em Barcelos na localidade de Várzea. Esta faz parte do grupo Civilização Editora que alia a sua longa experiência a uma equipa dinâmica, exigente e inovadora.

12


Cem Artes Gráficas Atualmente desenvolve a sua atividade na edição, comercialização, logistica e distribuição de livros.

Hoje em dia, com as novas tecnologias e gerenciamento de cores e das impressoras inkjet, as provas de cor são totalmente digitais.

É líder de mercado do livro ilustrado e assume-se como uma referência na edição de livros infanto-juvenis, livros ilustrados de luxo, livros práticos, livros de arte e guias de viagem.

Como a sua atividade consiste na edição e comercialização de livros a empresa está devidamente separada por sectores e têm máquinas para produção em série e como tal, têm funcionários para orientarem as impressões, rectificarem todos os possiveis erros e transportarem as peças para um novo sector se necessário.

Na área comercial estes tem cobertura nacional através de uma rede de vendedores especializados por tipo de clientes. A sua capacidade permite-lhes dar uma resposta com maior eficácia aos seus clientes; a sua intenção é perceber se o que o cliente entrega e pretende é ou não possivel de se produzir. Estes fazem pré-impressão e traduções para português. Fazem tabém provas de cor que é um dos principais testes no processo de impressão. Que tem como objectivo de validar se o arquivo digital que foi produzido se encontra adequadamente e também atua como referência de cores para a impressão final.

Pode-se assim dizer que a CEM Artes Gráficas é uma empresa organizada, que traz ao público bons livros, com um vasto leque de ofertas, e um conteúdo e grafismo de grande qualidade. Estes permitem ao designer acompanhar o trabalho, fazem provas de cor sejam elas impressas ou digitais, o que faz com que o designer se aproxime da sua visão mais real para o projecto pretendido.

13


14


15


Situa-se em Braga e iniciou a sua atividade em 1956. Desde a sua fundação que estes tem vindo a produzir placas, caixas em micro-canelado, caixas em cartolina e cartão canelado.

16


Cartonagens são tiago, lda Ao longo dos anos têm vindo a evoluir e atualmente produzem cerca de 30.000 caixas/ hora, com impressão flexográfica e offset. Para isto, a Cartonagens São Tiago dispõe de equipamentos de produção completamente automáticos, de alta produção e um espaço com boas instalações fabris com um layout otimizado. A nível de produtos podemos encontrar uma vasta gama de tipos de cartão e cartolinas, compostos por vários tipos de papel (reciclados, kraft´s, brancos...) em diferentes espessuras de onda e gramagens. Estes permitem personalizar as embalagens e usam técnicas de impressão como a flexografia e offset, com a possibilidade de aplicação de verniz litográfico, UV e UV localizado, bem como a plastificação brilho e mate.

por do cliente para encontrar a melhor solução mecânica e gráfica para a embalagem. No entanto, se o cliente quiser pode visualizar modelos mais comuns num catálogo disponibilizado pela empresa. Para além de todos estes produtos que esta apresenta é fundamental dizer que ela é sensível para com os problemas ambientais existentes e para tal, tem vindo a implementar um conjunto de medidas e boas práticas ambientais, de forma a que sejam usados de forma racional, os recursos naturais e promover a gestão adequada dos resíduos. Para estes, é importante demonstrarem aos seus clientes a sua competência, experiência, lealdade e empenho de toda a equipa.

Quanto aos modelos das embalagens, o departamento técnico da empresa está ao dis-

17


18


19


Foi fundada a 26 de Maio de 1969. Esta empresa destingue-se pela sua capacidade de iniciativa, inovação, criatividade, flexibilidade e qualidade

20


ADALBERTO ESTAMPADOS Fazem com que a empresa esteja sempre atualizada com equipamentos tecnológicos avançados. Esta é dotada de grande flexibilidade para trabalhar, praticamente todo tipo de matérias-primas. Transformam desde malhas a tecidos oriundos de fibras tanto naturais como sintéticas, ou misturas, tais como: algodão, linho, lã, seda, viscose, poliéster, etc. A nível de serviços dispõem: A Tinturaria, em que produzem cerca de 25 amostras por dia. Tem condições para tingirem os mais variados tipos de fibras e um vasto leque de artigos entre telas e malhas; A Estamparia Adalberto, é das poucas empresas Europeias, que desenvolve colecções próprias e a feitio. Tudo isto, é possivel pois possuem um departamento de Design, um departamento de tratamento técnico de desenhos e uma gravura a quadro e rolo, que lhes permite trabalhar internamente. Estes adaptam as tecnologias mais adequadas a cada caso e dificuldade. Possuem uma cozinha de cores automática e fazem formações contínuas para os técnicos e auxiliares; o que lhes permite obter melhores resultados em estampados executados

em equipamentos modernizados. Na Estamparia Convencional têm disponível, duas máquinas de estampar rotativas de alta precisão de 8 a 12 cores, permitindo estampar de 2,5m e 3,2m respectivamente; Uma máquina plana de 12 cores no máximo e uma máquina combinada , a quadro e rolo, de 8 cores; A Estamparia Digital é considerada o futuro do processo estampar, a empresa tem investido constantemente nessa área. Imprimem sobre praticamente todo o tipo de matérias-primas de largura inferior a 180cm, nos mais variados tamanhos de desenho; diretamente com reativos e ácidos, cobrem várias fibras naturais e sintéticas. A Adalberto Estampados é uma empresa de exigência, rigor e qualidade. O principal objetivo deles é planear, grantir que fizeram como planeado e fazer como planeado, para que os seus clientes fiquem sempre satisfeitos. Estes também se preocupal com o ambiente e para isso construíram uma estação de tratamento de água, assim sendo minimizam o impacto ambiental.

21


22


23


Situa-se em Gemunde, na Maia e foi criada em 1996. Esta executa apenas acabamentos grรกficos.

24


PANDO Foi pioneira na introdução da plastificação em Polietileno e BOPP e também na gofragem de papel plastificado. Com o surgimento de acabamentos, tais como, a termoestampagem, envernizamento UV serigráfico ou offset, contracolagem, etc..; Esta investiu em novos equipamentos

de modo a enriquecer na disponibilidade de serviços. Contém cerca de 21 equipamentos que tentam responder àn necessidades e pedidos dos clientes, de forma a que estes fiquem satisfeitos com o produto final.

25


26


27


Esta empresa situa-se na P贸voa do Varzim. Construiu um s贸lido percurso no exigente mercado da impress茫o digital e tenta manter a parte tecnol贸gica atualizada.

28


BERMA O seu dia-a-dia é feito com base no acompanhamento do cliente e do trabalho solicitado. Tentam sempre satisfazer o cliente com a melhor qualidade. Apostam na vanguarda dos processos produtivos e no respeito integral pelo ambiente.

A Berma conquista a fidelização de clientes, com a sua constante inovação tecnológica; Adapta soluções para cada trabalho; São rápidos a dar uma resposta; Otimizam o “timing” da entrega e experimentam novos conceitos e fórmulas inovadoras.

A sua produção respeita todas as normas que certificam a qualidade verde.

29


30


31


32


Conclusão Produção Gráfica entende-se como sendo um todo que para ser materializado deverá ser feito por fases. Posso concluir que as visitas técnicas foram bastante esclarecedoras e enriquecedoras e serviram de complemento à unidade curricular de Produção gráfica. A nível pessoal, devo reconhecer que não tinha conhecimento de muitas das coisas que pude ver nas visitas. Como a variedade de impressões existente, o modo de gravação das chapas, os tipos de acabamento possíveis, etc..; Todos estes processos ajudaram a aumentar o meu leque de possibilidades para trabalhos futuros. Foi igualmente interessante ver livros, publicidades e embalagens de marcas conhecidas e ver como são produzidas.

33


34


FICHA TÉCNICA Unidade Curricular: produção gráfica DOCENTE: JORGE PEREIRA ALUNA: CRISTIANA TORRES Nº6903 ANO LETIVO: 2012/2013

35


36

Produçao grafica  

Visitas técnicas

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you