Page 1

“Só sistema de alerta rápido salva vidas durante tsunamis’’ Folha de São Paulo, 13 de março Ana Flávia Queiroz Mariana Tannús 3º B Resumo Crítico “Abalos Sísmicos” O Japão está localizado no Círculo de Fogo do Pacífico, região vulnerável a terremotos, estes que ocorrem todos os dias nesse país, mas alguns não são sentidos. Nesta área ocorrem 80% de todas as atividades vulcânicas e terremotos do mundo. Os abalos sísmicos não estão relacionados com o aquecimento global, nem podem ser amenizados da mesma maneira com a ação humana. Eles são causados pelas liberações de energia sob a forma de ondas sísmicas, e sua intensidade depende de seu valor na escala: quanto maior o valor, muito maior é a intensidade e a destruição que esse provoca (exemplo: escala 7 – rachaduras na terra). De acordo com a Escala de Richter, um sismo de magnitude 6,0 tem intensidade dez vezes maior que um de 5,9. A única forma de prevenção é o programa que o Japão possui, de prédios com construções resistentes a tsunamis

e

terremotos.

Além

disso,

as

pessoas

são

preparadas

psicologicamente, pois sabem que a qualquer momento pode haver um tremor e sites como o da NOAA – Centro de Alertas de Tsunamis do Pacífico – trazem em tempo real (devido as suas centenas de bóias distribuídas pelos oceanos) informações para população que serão afetadas por esses desastres. As pessoas não morrem pelo sismo em si, mas por afogamento (quando ocorrem tsunamis), ou porque são esmagadas por escombros. Se o aviso para o Tsunami for eficiente e as pessoas estiverem preparadas, várias vidas serão


poupadas. Mas é muito difícil avisar as pessoas, pois é algo que ocorre muito rápido e, às vezes é difícil se prevenir. Os japoneses passaram a investir mais em novas tecnologias na construção civil. O concreto reforçado permite que as estruturas suportem as movimentações geradas pelos terremotos. O concreto propicia a proteção contra compressão, enquanto a malha de aço permite resistir à tração. A combinação é projetada para permitir que os edifícios modernos suportem os tremores violentos causados pelos terremotos. Prédios construídos com estruturas modernas geralmente não desabam durante um terremoto, porque pilares e vigas no núcleo do prédio apóiam cada andar. A humanidade não pode fazer muito em relação a essa catástrofe, mas pode se informar e os governos podem investir em tecnologias preventivas. Por exemplo, existe uma grande diferença entre o terremoto que ocorreu no Haiti e o no Japão, pois o Japão estava preparado para terremotos, suas construções observavam medidas de segurança, é um povo que está preparado para emergência seja de dia ou noite, o que causou estrago enorme foi o tsunami imprevisto incontrolável e destruidor, que dizimou centenas de pessoas. Já no Haiti, existe um povo que esta em busca de um regime político que possa trazer melhores condições de vida para a população empobrecida.

Referência Bibliográfica: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sismo http://petcivilufjf.wordpress.com/2011/03/31/estruturas-inteligentes-parte-2/ http://www.webartigos.com/articles/61642/1/Paralelos-Entre-o-Terremoto-doHaiti---2010-e-o-Terremoto-e-Tsunami-do-Japao---2011/pagina1.html

Só sistema de alerta rápido salva vidas durante tsunamis  

resumo critico de fisica

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you