Issuu on Google+

“LHC dará força à teoria unificadora da física” Físico americano diz que acelerador de partícula trará evidências em favor de explicação definitiva do universo Folha de São Paulo 23 de fevereiro de 2011 – cadernos ciência.

Maria Carolina Pagani eBianccaGuidio 2ªA

Teoria das cordas ou teoria M é uma teoria estudada por Edward Witten e seus colegas, desafiando cada vez mais físicos a entender os mistérios da física moderna. De acordo com Witten, a teoria das cordas “é uma ideia antiga da física que afirma que as menores unidades formadoras da matéria e da energia (incluindo a luz) são cordas vibratórias”. Tal afirmativa, ainda não é comprovada, pelo fato de nunca terem sido “vistas”. Uma tentativa de provar a existência dessas cordas é a utilização do acelerador e partículas LHC (Large Hadron Collider), que pode explicar a natureza e nos mostrar indícios de novas dimensões, contribuindo assim para explicar as cordas. O LHC é o mais potente do mundo, e fica em Genebra na Suíça, se estendendo por 27 km.

Fig. 1 LHC: fora e dentro.

Na física moderna atual há duas teorias consagradas: a mecânica quântica, que trata dos átomos e partículas, e a teoria da relatividade de Albert


Einstein, que trata das grandes escalas do Universo. Assim a teoria M é uma forma de tentar unir essas duas áreas da física que a principio são muito distantes por uma tratarem de algo tão grande como o Universo e, outra pequena como os átomos e partículas. A teoria física das cordas sugere que todo parte da matéria esteja em movimento. As vibrações dessas cordas dependem dos diferentes tipos de átomos, como os tipos diferentes de sons produzidos por cordas de um violão. As cordas vibram em 11 dimensões, sendo três dimensões espaciais a dimensão do tempo e outras q não conseguimos perceber.

Esse estudo

de

uma

nova teoria tem como previsão de comprovação dez anos, tentando provar a existência de cordas, que segundo Edward Witten pode vir antes. E também diz que o nome “teoria M” não tem um simbolismo como “mistério”, mas tem uma relação com uma descoberta dele, onde as cordas teriam um aspecto de membrana, daí vem “Teoria M”. Com informações não confirmadas, essa teoria se torna superficial onde poucos podem compreender os estudos. Deixando um vasto campo de dúvidas, com perguntas sem respostas. Perguntas que só poderão ser respondidas com a comprovação e maior aprofundamento dessa futura e complicada física.

Referências bibliográficas


Vídeos: teoria das cordas: http://www.youtube.com/watch?v=8Fjrrjq7_ps Acelerador de partículas e teoria das cordas: http://www.youtube.com/watch? v=S_5P6Vxfudg&feature=related

“LHC dará força a teoria unificadora da física”. Físico americano diz que acelerador de partícula trará evidências em favor de explicação definitiva do universo. Folha de São Paulo 23 de fevereiro de 2011 – cadernos ciência.


LHC dará força à teoria unificadora da física