Page 1

“OMS Classifica Celular a Possível risco de Câncer” http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/923296-oms-anuncia-quecelular-podeaumentar-risco-de-cancer.shtml Gabriella Monte Júlia Imparato A OMS (Organização Mundial da Saúde), através de pesquisas realizadas por um grupo de 31 pesquisadores de 14 países diferentes, classificou o celular como possível causador de câncer cerebral. A pesquisa relatou que ao utilizar o celular por mais de 30 minutos por dia, por mais de 10 anos, o individuo terá possíveis chances de desenvolver um câncer cerebral. Porém nada foi comprovado ainda, já que há a necessidade de mais pesquisas sobre os efeitos das ondas eletromagnéticas emitidas pelo celular no organismo humano. O tipo de radiação que o celular emite é denominada não ionizante, ela possui uma baixa freqüência e efeito térmico, exposições a alta intensidade podem levar a morte. Assim como o celular, micro-ondas e computador também emitem ondas desse tipo. As radiações não ionizantes são as que não produzem ionizações, ou seja, não possuem energia suficiente para arrancar elétrons dos átomos do meio por onde está se deslocando, mas tem o poder de quebrar moléculas e ligações químicas. Há também a radiação ionizante, que tem freqüência elevada e consequentemente possui mais energia. É capaz de quebrar moléculas, quando o DNA se quebra a célula pode se tornar cancerígena. A relação entre as radiações ionizantes e o câncer já foi comprovada pela ciência. É o caso de exames de raio-x, radiação ultravioleta e radiação gama. A OMS dividiu os agentes perigosos em três categorias: o grupo 1, os agentes comprovadamente cancerígenos, como o tabaco e as bebidas alcoólicas; o grupo 2A, os agentes provavelmente cancerígenos, como o uso de anabolizantes e o grupo 2B, os agentes possivelmente cancerígenos, como o celular e o café. O responsável pelo grupo de trabalho constituído pela OMS e a Iarc, Jonathan Samet, da University of Southern Califórnia, declarou que as provas reunidas até agora "são suficientemente sólidas (...) para a classificação do tipo '2B'". Christopher Wild, diretor da Iarc, acrescentou que, "dadas às potenciais consequências destes resultados e desta classificação para a saúde pública, é importante que se investigue mais a longo prazo o uso intensivo de celulares".


Essa pesquisa é somente um alerta para que possamos nos prevenir, por isso não há motivo para se desesperar e jogar seu celular no lixo, já que nos dias de hoje a utilização do aparelho de Telefone Celular deixou de ser um luxo e passou a ser uma necessidade. Bibliografia http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/923296-oms-anuncia-quecelular-podeaumentar-risco-de-cancer.shtml http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5159386-EI8147,00OMS+classifica+celular+como+possivel+causa+de+cancer+cerebral.html http://www.zell.com.br/produtos/radiacao-nao-ionizante

OMS Classifica Celular a Possível risco de Câncer  

resumo critico

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you