Page 80

Imagens 83 e 84: Bloco Carnavalesco Lírico Cordas e Retalhos. (Centro do Recife, Polo de Todos os Frevos, segunda-feira de carnaval, 04 fev. 2008. Fotógrafa: Cris Nery.)

80

Mistos’ do Recife” (op. cit., p. 25). A partir da década de 1920, este tipo de agremiação surgiu proporcionado segurança para a participação feminina no carnaval. Em seus desfiles, não eram permitidos os famosos passos do frevo de rua e, enquanto os homens encarregavam-se dos instrumentos, um coro feminino acentuava ainda mais o lirismo e a poesia do desfile, cuja origem retoma o pastoril. Atualmente, em suas apresentações, os integrantes desfilam fantasiados, e cada bloco traz um flabelo, espécie de estandarte ou bandeira, com seu nome e a data de sua fundação. Os flabelos são famosos “não só pelo material utilizado – fios dourados, vidrilhos, miçangas, aljôfares, pinturas e bordados apresentando alegorias quase sempre alusivas às origens e ao nome do clube, tafetás, veludos, dentre outros – mas pelo esmero e formatos dos recortes.”33 No livro Itinerário lírico do carnaval de Pernambuco, Gilberlande Pereira dos Santos e José Ricardo Paes Barreto34 apresentam um levantamento da história de vários blocos carnavalescos mistos do Recife. Dentre eles, destacam-se: Bloco da Saudade, Pierrot de São José, Bloco das Ilusões, Bloco das Flores, Madeiras do Rosarinho, Confete e Serpentina, Cordas e Retalhos, Batutas de São José e Flor da Lira de Recife. Atualmente, todos esses desfilam durante o carnaval, e seus hinos são frevos de bloco, muitas vezes de compositores importantes como Edgar Moraes, Arnaldo Paes de Andrade, Heleno Ramalho, Raul Moraes, Capiba, Inaldo Moreira, Conceição Rocha e João Santiago, respectivamente. Leonardo Dantas Silva (op. cit., p. 36) comenta que “o grande divulgador das marchas-de-bloco veio a ser o maestro Nelson Ferreira (Bonito - PE, 9.12.1902 - Recife, 21.12.1976), quando diretor-artístico da Fábrica Mocambo, ao produzir o disco Velhos Carnavais do Recife (LP 40178), feito para o carnaval de 1960.”

83

84

Imagens Fantásticas do Carnaval do Recife  

Esse livro foi desenvolvido a partir da dissertação do Mestrado em Multimeios do Programa de Pós-Graduação do Instituto de Artes da UNICAMP...

Imagens Fantásticas do Carnaval do Recife  

Esse livro foi desenvolvido a partir da dissertação do Mestrado em Multimeios do Programa de Pós-Graduação do Instituto de Artes da UNICAMP...

Advertisement