Issuu on Google+

Relat贸rio de 20 Sustentabilidade 09 CADA GESTO CONTA

Sustainability Report 2009 Small Actions Big Difference


EDITORIAL EDITORIAL

Com atuação em 150 países, é com grande satisfação que comemoramos em 2009 nossos 80 anos de presença no Brasil. Celebramos este aniversário contando com a colaboração de 11.282 funcionários e oferecendo produtos em 25 diferentes marcas dentro de 17 categorias de atuação. Desenvolvemos nosso trabalho em 12 fábricas espalhadas por 4 estados brasileiros (SP, MG, GO e PE), e em 4 escritórios na cidade de São Paulo. Elaboramos pelo quarto ano consecutivo nosso relatório GRI – Global Reporting Initiative versão G3, com nossas informações ambientais, econômicas e sociais. Neste ano de comemoração, apresentamos pela primeira vez um relatório construído com o auxílio de alguns de nossos stakeholders, o que nos permitiu avançar para o nível A de relato. Convidamos nossos principais fornecedores e clientes, e nossos colaboradores diretamente envolvidos com o Relatório de Sustentabilidade, para nos indicarem os temas que eles mais gostariam de conhecer, avaliar e observar neste relatório.

2

Durante todo o desenvolvimento deste relatório já trabalhamos a análise dos indicadores GRI do Food Processing Sector Supplement, e concluímos que nosso negócio está alinhado às demandas deste suplemento, que será oportunamente incorporado ao nosso processo de relato. O conteúdo desta publicação apresenta nossas atividades no Brasil de 1° de janeiro a 31 de dezembro de 2009, e foi elaborado por meio de entrevistas com as áreas internas da empresa, além de compor os principais temas apontados pelos stakeholders, como indica nossa Matriz de Materialidade. Outras informações sobre a empresa podem ser encontradas em nosso site www.unileversustentabilidade.com.br, que foi criado exclusivamente para apresentar todo o nosso conteúdo sobre sustentabilidade e pretende a partir de agora ser nossa principal fonte de informação sobre o tema. O avanço no nosso nível de relato também se deve à presença de metas, permitindo o acompanhamento de nossa evolução nos negócios, e, sempre que for possível mensurar, compartilharemos informações comparativas em relação aos 3 últimos anos. Em nossa publicação de 2008 já havíamos indicado o desejo em aprimorar ainda mais o nosso relato, inclusive por meio de verificação, feita neste ano pela GRI. Lembramos que, por termos uma estrutura jurídica de capital fechado, nossos dados financeiros não serão apresentados com detalhes, uma vez que são reportados globalmente. No ano de 2009 não tivemos nenhuma Joint Venture, assim como nenhuma importante mudança referente ao porte e à estrutura da organização, a única novidade foi a venda da marca Frisco.

Dando continuidade ao engajamento interno iniciado em 2008, por meio da publicação do Relatório de Sustentabilidade em formato pocket para nossos colaboradores, elaboramos em 2009 relatórios específicos para cada uma de nossas 10 unidades operacionais, que podem ser acessados em nosso site mencionado. Ao longo de 80 anos de atuação, sempre procuramos garantir a autoridade de nosso negócio e é por isso que estamos cuidadosamente aprimorando nosso relatório e construindo nosso processo de engajamento de stakeholders. Pretendemos em 2010 ampliar esse engajamento, garantindo a credibilidade desta ação.

2.1; 2.4; 2.3; 2.5; 2.6; 2.7; 2.8; 2.9; 3.1; 3.2; 3.3; 3.6; 3.7; 3.8

Active in 150 countries, in 2009 it is with great pleasure that we commemorate the 80th anniversary of Unilever Brazil. We celebrate this occasion with a contingent of 11,282 employees, 25 different brands in 17 product categories, and 12 factories located in 4 Brazilian states: São Paulo, Minas Gerais, Goiás and Pernambuco, in addition to 4 offices in the city of São Paulo. For the fourth year running, we have prepared our GRI – Global Reporting Initiative - Report, version G3, presenting information on our environmental, economic and social performance. In this year of commemoration, for the first time our report has been prepared with assistance from some of our stakeholders, which has enabled us to advance to level A reporting. We invited major suppliers and customers, as well as employees directly involved in the Sustainability Report, to indicate the areas they would most like to know about, evaluate and see in this report. During the report preparation process, we analyzed the GRI Food Processing Sector Supplement indicators, concluding that our business meets the requirements set forth in this supplement. These will be included in our reporting process in the coming years. The content in this publication refers to our activities in Brazil from January 1st to December 31st, 2009, and was based on interviews with internal areas of the company. It covers the main topics indicated by our stakeholders, as shown in the Materiality Matrix. Other company information may be found on our site www.unileversustentabilidade.com.br, which was created exclusively to present our content on sustainability, and it is our intention that this will constitute the company’s main source of information on the subject from now on. The advance to this level of reporting is also due to the existence of targets, enabling tracking of the evolution of our business and, whenever measurements are possible, we will provide comparative information for the last three years. In our 2008 publication, we had already expressed the desire to further refine our reporting, one means being verification, which has in fact been done by the GRI this year. It should be noted that since legally the operation is privately-held, financial information is not presented in detail because it is reported globally. In 2009, we did not engage in any joint ventures. Neither were there any important changes in the size and structure of the organization, the only new fact being the sale of the Frisco brand. In continuation of the internal engagement initiated in 2008 with the publication of the Sustainability Report in pocket format for our employees, this year we have prepared specific reports for each one of our ten operating units, which may be accessed via the mentioned site. In our 80 years of activity, we have always sought to ensure the integrity of our business, the reason for which we have been carefully refining our reporting and strengthening our stakeholder engagement process. Our intention in 2010 is to broaden this engagement, furthering consolidating our credibility as a company. 2.1; 2.4; 2.3; 2.5; 2.6; 2.7; 2.8; 2.9; 3.1; 3.2; 3.3; 3.6; 3.7; 3.8


ÍNDICE

4

INDEX MENSAGEM DO PRESIDENTE

5

Message From the President

MENSAGEM DOS VICE-PRESIDENTES

Message From the Vice Presidents

NAVEGABILIDADE

6

7

8

Report Navigation

10

12 DESEMPENHO AMBIENTAL Environmental Performance

VISÃO

Vision

UNILEVER 80 ANOS

Unilever 80 years

QUADRO DE METAS Table of Targets

ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS Stakeholders Engagement

18

34 DESEMPENHO SOCIAL Social Performance

DESEMPENHO ECONÔMICO Economic Performance

36 49 CRÉDITOS Credits

CONTATOS

Contacts

SUMÁRIO GRI GRI Summary

55 3


VISÃO VISION

Trabalhamos para criar um futuro melhor todos os dias. Ajudamos as pessoas a se sentirem bem, bonitas e a aproveitarem mais a vida com marcas e serviços que são bons para elas e para os outros.

Vamos inspirar as pessoas a adotar pequenas atitudes diárias que, somadas, podem fazer uma grande diferença para o mundo. Vamos desenvolver novas formas de fazer negócios que nos permitirão dobrar o tamanho da nossa companhia ao mesmo tempo em que reduzimos nosso impacto ambiental. 4.8

We work to create a better future every day. We help people feel good, look good and get more out of life with brands and services that are good for them and good for others. We will inspire people to take small, everyday actions that can add up to a big difference for the world. We will develop new ways of doing business that will allow us to double the size of our company while reducing our environmental impact.

4


MENSAGEM DO PRESIDENTE Message from the President

“Trabalhamos para criar um futuro melhor todos os dias.” Kees Kruythoff, Presidente Unilever Brasil

Em 2009 avançamos na nossa Jornada Unilever Brasil 2012 (UB2012), como o primeiro ano da implementação da estratégia, apresentada no nosso último relatório, para criar uma companhia greater than great. Foi o momento de criar as bases e celebrar nossos 80 anos de companhia no país. Apesar da crise econômica mundial, tivemos uma estratégia clara, focada e objetiva. Partimos da ambição para a ação. Fizemos exatamente o que planejamos, o que possibilitou à Unilever atingir os seus objetivos de negócio por meio de inovações, relacionamento cada vez mais próximo com seus consumidores, clientes e demais stakeholders, contribuindo assim para que a companhia se tornasse a segunda maior operação globalmente.

para que, por meio de nossas marcas, possamos contribuir diariamente sob a ótica global definida como Small Actions Big Difference. No Brasil a companhia atinge 100% dos lares brasileiros através do contato com nossos consumidores. Focamos em 3 pilares: acelerar o crescimento de maneira sustentável, criar capabilities (conhecimento) e fazer a transformação cultural para apoiar a entrega do UB2012. Nos empenhamos em fortalecer e dar continuidade a este plano, incorporando cada vez mais valores e práticas sustentáveis em todas as nossas operações. Chamamos isso de promover uma transformação sustentável na sociedade. Avançando na nossa estratégia, começamos no ano passado duas novas iniciativas: criamos um Comitê de Sustentabilidade, liderado por membros do Board para incorporar cada vez mais a gestão em sustentabilidade; e trabalhamos o controle das emissões de CO2 da companhia com a elaboração de um Inventário de Emissões, tendo como base o Greenhouse Gas Protocol (GHG Protocol), que já nos indicou caminhos oportunos de ação e está previsto para ser apresentado em 2010. Globalmente, divulgamos uma nova e inspiradora visão para a companhia: trabalhamos para criar um futuro melhor todos os dias. A visão é baseada num novo modelo de negócio, focado nos consumidores, clientes, fornecedores, colaboradores e na sociedade. Hoje, a Unilever, por intermédio de seus produtos, toca a vida de 2 bilhões de pessoas todos os dias no mundo inteiro. Isso significa 2 bilhões de oportunidades

Diante disso, em 2010, vamos aprofundar ainda mais nossa relação com o consumidor, apresentando produtos e uma comunicação que compartilhe nossa visão. Queremos crescer e contribuir continuamente para a sociedade como um todo. Portanto, o impacto positivo da Unilever compreende o desenvolvimento sustentável abrangendo de maneira holística as plataformas de respeito a meio ambiente, nutrição, desenvolvimento infantil e melhoria da autoestima. Estamos também trabalhando internamente essa questão, implementando as Jornadas UB2012 para os colaboradores, que contribuem para nossa transformação cultural. Este é o ano de expandir e aprofundar a execução do nosso plano UB2012. É por isso que escolhemos o tema “Acelere para Vencer!”. Compartilhamos todas as iniciativas neste documento e esperamos que isso ofereça um relato completo sobre como a Unilever está se desenvolvendo de maneira sustentável. Boa leitura! 1.1; 1.2

Kees Kruythoff Presidente Unilever Brasil

“We work to create a future better every day”. In 2009 we moved forward on our Unilever Brasil 2012 (UB2012) Journey, implementing the strategy, presented in our last report, to create a company that is greater than great. It was a moment for laying down foundations and for celebrating our eighty years in the country. In spite of the world economic crisis, we had a clear, focused and objective strategy. We moved from ambition to action. We did exactly what we had planned, which enabled the company to achieve its business objectives through innovation and ever closer relations with its consumers, customers and other stakeholders, in the process making us the second largest Unilever operation worldwide. We focused on 3 pillars: accelerating sustainable growth, creating capabilities (knowledge) and bringing about the cultural transformation necessary to deliver UB2012. We strengthened and ensured the continuity of this plan, further incorporating sustainable values and practices into all of our operations. This is what we call promoting a sustainable transformation in society. Advancing in our strategy, we began last year with two new initiatives. First, we created a Sustainability Committee led by Board members to drive sustainable management practices throughout the organization. We also worked on the company’s CO2 emissions, with the formulation of an Emissions Inventory based on the Greenhouse Gas (GHG) Protocol, which has already indicated relevant courses of action and is scheduled to be presented in 2010. Globally we presented a new and inspiring vision for the company: working to create a better future every day. This vision is based on a new business model focused on consumers, customers, suppliers, employees and on society. With its products, Unilever touches the lives of two billion people worldwide every day. This means 2 billion opportunities to inspire people to take small actions that make a big difference. In Brazil, our products are present in every home. Based on this vision, in 2010 we will strengthen our relations with consumers even further, with products and communication that share our vision. We want to grow and contribute continuously to society as a whole, driving sustainable development on a broad front that encompasses nutrition, environmental care, childhood development and improved self-esteem. We are also working internally, implementing the UB2012 Journeys for the employees who are contributing to our cultural transformation. This is the year when we expand and deepen the execution of our UB2012 plan. This is why we have chosen the theme “Accelerate to Win!” We share all our initiatives in this document. We hope they provide a complete account of Unilever’s sustainable development. Enjoy! 1.1; 1.2 Kees Kruythoff, President Unilever Brazil

5


Mensagem dos Vice-Presidentes Message from the vice presidents

O ano de 2009 foi de avanços da estratégia UB2012, incorporando com mais força a sustentabilidade na essência de nosso negócio e mostrando o seu total alinhamento com a estratégia global 2020. Percebemos a consistência deste planejamento no longo prazo por resistirmos seguramente às turbulências do mercado em 2009. Avançamos nesse ano no nosso diálogo com diferentes públicos, elaborando um processo de engajamento de stakeholders bastante rico, que propiciou a criação de nossa Matriz de Materialidade – apresentada neste relatório. Essa ferramenta nos possibilitou conhecer melhor como somos percebidos por nossos stakeholders e está nos ajudando a aperfeiçoar nossas relações com eles, possibilitando um crescimento conjunto. Já desenvolvemos importantes projetos de parceria com clientes e desde 2008 estamos trabalhando o engajamento com fornecedores. Agora, nos preparamos para dar o próximo passo: dialogar mais profundamente com consumidores. Para tanto, entre diversas ações, estamos organizando projetos ambiciosos diretamente relacionados à inovação de produtos, por isso, em 2009, a área de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) se incorporou no processo de elaboração deste relatório. Em 2009 a realização do relatório continuou sob a liderança das áreas de Assuntos Corporativos e de Supply Chain, e a maior presença de Vendas e P&D evidencia a continuidade deste nosso engajamento interno, mostrando como estamos gradativamente incorporando a sustentabilidade na gestão da companhia. No caso de Vendas, temos feito um trabalho fundamental junto aos

nossos clientes, dentro de uma agenda integrada de sustentabilidade. Ao comemorarmos 80 anos, podemos facilmente perceber como a sustentabilidade sempre fez parte da Unilever, e queremos agora avançar ainda mais, fortalecendo nossos processos internamente para garantir a excelência de nossos produtos na sociedade desde os processos de inovação até o pósconsumo. Dessa forma, estamos promovendo a transformação sustentável na sociedade. José Negrete Vice-Presidente da Cadeia de Suprimentos Julio Campos Vice-Presidente de Vendas Luiz Carlos Dutra Vice-Presidente de Assuntos Corporativos

2009 was a year of advances in our UB2012 strategy, further incorporating sustainability into the essence of our business and showing its total alignment with the company’s global 2020 strategy. The long term consistency of this planning was made clear by our capacity to withstand the market turbulence during the year. During the year we progressed in our dialogue with different audiences, elaborating a very rich stakeholder engagement process that led to the creation of the Materiality Matrix we present in this report. This tool has helped us better understand how we are perceived by our stakeholders, improving our relations with them and enabling us to grow together. We have already developed important partnerships with customers, and since 2008 we have been working on engaging suppliers. We are now preparing for the next step: a deeper dialogue with consumers. For this reason we are organizing ambitious product innovation projects, which explains why the Research and Development (R&D) area was incorporated into the report preparation process in 2009. In 2009, the Corporate Affairs and Supply Chain areas continued to lead the report preparation process. The increased presence of Sales and R&D in this process is evidence of growing internal engagement, showing our gradual incorporation of sustainability into the management of the company. In the case of Sales, we have been doing fundamental work with our customers within the context of an integrated sustainability agenda. As we commemorate our 80th anniversary, it is easy to realize that sustainability has always been part of the essence of Unilever. We now want to advance further, strengthening our internal processes to guarantee the excellence of our products, from innovation processes to post-consumption. This is how we are promoting a sustainable transformation in society. Luiz Carlos Dutra, Vice President Corporate Affairs - José Negrete, Vice President Supply Chain - Julio Campos, Vice President Customer Development

6


Unilever 80 ANOS unilever 80 years

Foi no ano de 1929 que iniciamos nossa trajetória brasileira, em São Paulo, com a venda de sabões produzidos na matriz europeia. Em outubro de 2009 comemoramos 80 anos no Brasil, lançando anualmente cerca de cem novos produtos e assumindo posição de liderança no mercado em dez de nossas 17 categorias de atuação. Assim, ao completarmos oito décadas de Unilever Brasil, temos a certeza de representar uma marca de sucesso, que acumulou grandes conquistas – e hoje se consagra como a primeira operação da Unilever mundo nos segmentos de higiene e beleza e como a segunda maior operação globalmente. Hoje estamos presentes em 100% dos lares brasileiros e, mais do que oferecer produtos, nosso principal objetivo é criar um futuro melhor para nossos consumidores. Atuando nos setores de Limpeza Doméstica, Cuidados Pessoais, Alimentos e Sorvetes, atendemos a suas necessidades diárias de nutrição, higiene e bem-estar, por intermédio de marcas absolutamente comprometidas com a qualidade. Nosso grande sucesso deve-se, sobretudo, à valorização do convívio e do relacionamento com nosso consumidor, antecipando desejos, pesquisando tendências e construindo assim marcas consagradas – como Omo, Dove, Seda,

Lux, AdeS, Comfort, Kibon, Hellmann’s, Rexona, Knorr e Axe, entre outras. 2.2 Durante estes 80 anos, nossa preocupação esteve não só em entregar produtos de qualidade e apresentar marcas de confiança, mas também em apresentar marcas pautadas em uma atuação social e ambientalmente correta, visando ao desenvolvimento da sociedade. Por isso apresentamos uma nova visão de negócio, que explicita ainda mais nosso compromisso com esses aspectos: trabalhamos para criar um futuro melhor todos os dias. Por meio de nossas marcas, queremos inspirar nas pessoas atitudes que podem fazer diferença na construção de um mundo melhor. São elas que dão força a nossa marca corporativa, mostrando aos nossos públicos que temos claros valores estabelecidos, os quais abrangem todos os nossos produtos. Nosso aniversário de 80 anos Chegar aos 80 anos é resultado de uma trajetória de sucesso, que não poderia ter sido tão positiva sem a participação ativa de nossos consumidores, colaboradores, clientes e fornecedores. Por isso nos empenhamos em realizar uma comemoração muito especial, capaz de refletir todos estes anos de sucesso. Criamos promoções grandiosas, à altura de nosso aniversário. Como a promoção Unilever 80 anos, 80 dias de prêmios para você, dedicada a nossos consumidores. Construída para mostrar o importante trabalho que desenvolvemos, ao

longo de todos estes anos, para a transformação de nossa sociedade, ela foi além de uma simples premiação, mostrando inúmeros projetos – como o Programa Esporte Cidadão Unilever, o uso de madeira reflorestada nos palitos de Kibon, o Projeto Brincar, de Omo, e o selo Minha Escolha, entre muitos outros – que colaboram para o desenvolvimento da sociedade. Com uma concepção totalmente alinhada a nossa estratégia UB2012, a promoção permitiu apresentar nossos projetos, agregando mais valor a nossos produtos. Isso suscitou um aumento das vendas, o que revela a união entre desempenho do negócio e transformação cultural. A promoção incluiu ainda, de forma inédita, ao seu término, o incentivo aos consumidores para a reciclagem de embalagens por meio das Estações de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever, mostrando a preocupação da Unilever com o meio ambiente. Fizemos questão de comemorar também com nossos colaboradores, criando a promoção Viagens Inesquecíveis. Afinal, sem sua dedicação a história de sucesso da Unilever não seria possível. Finalmente, destacamos a importância de nossos fornecedores e clientes para a realização de nossa promoção, que colaboraram para dar visibilidade a nossa comemoração. Também de forma inédita tivemos uma visibilidade diferenciada no ponto de venda, que sem a parceria com nossos clientes não teria sido possível.

Unilever initiated its Brazilian operation in São Paulo in 1929, commercializing soap produced by its European plant. In October 2009, we commemorated our 80th anniversary in Brazil, launching around 100 new products each year and leading 17 of the categories in which we operate.Upon completing eight decades of existence, Unilever Brazil is without a doubt a resounding success, with innumerable major accomplishments to its credit. It is currently the top Unilever operation in the hygiene and beauty segments and the company’s second largest operation worldwide after the United States. Today we are present in every Brazilian home. More than just providing products, our overriding objective is to create a better future for our consumers. Active in the Domestic Cleaning, Personal Care, Foods and Ice Cream sectors, we meet their daily needs in nutrition, hygiene and well-being with brands that are a byword in quality. Above all, our great success is the result of our close contact and our relationship with consumers, anticipating their desires, researching trends that enable us to build best-selling brands – such as Omo, Dove, Seda, Lux, AdeS, Comfort, Kibon, Hellmann’s, Rexona, Knorr and Axe, among others. 2.2 During these 80 years, our concern has not been restricted to providing quality products and trusted brands. Our aim has always been to help develop society through the socially and environmentally correct commercialization of our brands. For this reason we have presented a new business vision making this commitment even more explicit. Through our brands, we want to inspire people to make a difference in building a better world. They are what give our corporate brand its strength, showing our stakeholders that we have clear values that underpin all our products. Our 80th anniversary being able to celebrate 80 years of activities is the consequence of a history of successes that would not have been possible without the active participation of our consumers, employees, customers and suppliers. This was the reason we decided on a special commemoration that would reflect all these years of success. We created great promotions that fit the occasion perfectly. Such as the Unilever 80 years, 80 days of prizes promotion, dedicated to our consumers. Structured to show the importance of the work we have done in transforming our society in the course of these years, it went beyond a simple promotion, showing countless projects like the Unilever Sport Citizen Programme, the use of reforested wood in Kibon lollypop sticks, the Omo Play Project, the My Choice seal and many others that have driven social development. Conceived in full alignment with our UB2012 strategy, the promotion enabled us to present our projects, adding greater value to our products. This led to an increase in sales, revealing the relationship between business performance and cultural transformation. Another unprecedented element in the promotion was the incentive for consumers to recycle packaging at the Pão de Açúcar Unilever Recycling Stations, demonstrating Unilever’s concern for the environment. We also made a point of commemorating with our employees, with the Unforgettable Trips promotion. After all, without their dedication we would not be where we are today.Lastly, we would like to underscore the importance of our suppliers’ and customers’ contribution to the impact provoked by our commemoration. The differentiated visibility we had at the point of sale would not have been possible without the partnerships we maintain with our customers.

7


NAVEGABILIDADE DO RELATÓRIO Report Navigation

Neste relatório você vai encontrar ícones que representam o cumprimento das metas e dos compromissos estabelecidos pela Unilever. Assim você pode acompanhar, da forma mais transparente possível, o andamento das ações sustentáveis da companhia. In this report you will find icons that represent the degree to which Unilever has fulfilled the targets and commitments established. This enables the reader to clearly track the company’s progress in reaching its targets.

1

Monitor

As informações sobre o tema estão mais detalhadas em nosso site do Relatório de Sustentabilidade. Assim, para mais informações, acesse www.unileversustentabilidade.com.br Monitor There is more detailed information about this topic on the Sustainability Report site. Please access www.unileversustentabilidade.com.br

2

Barra de navegação

Na lateral superior de todas as páginas você encontra uma barra que divide o conteúdo por cores diferenciadas. Navigation Bar On the side of each page at the top you will find a bar sorting the content by colour.

Desempenho Ambiental Environmental Performance

Desempenho Econômico Economic Performance

Desempenho Social Social Performance

3

Desempenho Ambiental

Cases e desempenho de manufatura e não manufatura. Environmental Performance Manufacturing and non-manufacturing cases and performance

4 governo e associações de classe

atingido achieved

parcialmente atingido

government and trade associations

Sustentabilidade Corporativa

Temas e Stakeholders - governo e associações de classe, fornecedores, clientes, consumidores, transporte, empresa, ações e projetos sociais. Corporate Sustainability Themes and Stakeholders - government and trade associations, suppliers, customers, consumers, transport, company, social projects and actions.

fornecedores suppliers

clientes

customers

consumidor consumers

transporte transport

empresa company

partially achieved

não atingido not achieved

8

em curso on course

atingido achieved

parcialmente atingido partially achieved

não atingido not achieved

em curso on course

ações e projetos sociais social projects and actions


INDICADORES GRI GRI INDICATORS Ao longo do relatório você vai encontrar os indicadores GRI nas páginas referentes aos assuntos em questão. Para saber o significado dos indicadores, você poderá consultar a tabela GRI, que se encontra nas páginas finais do livro. Throughout the report you will find the GRI incidators on the pages related to the topic. To fully understand the meaning of the indicators, consult the GRI table at the end of the report.

5

GRI

Como identificá-lo no texto GRI how to identify it in the text

No corpo do texto, as informações serão apresentadas de duas maneiras: números simples e siglas acrescidas com números em negrito. Quando houver uma numeração simples como 1.2, por exemplo, quer dizer que o texto está trabalhando o conteúdo de um indicador de perfil. Quando aparecer uma indicação como LA12, por exemplo, significa que o texto produzido corresponde a este indicador de desempenho. Isso facilitará a leitura e permitirá a compreensão de maneira clara dos aspectos relacionados a cada parte do relatório, possibilitando a rápida identificação dos pontos no Sumário GRI.

6

GRI Performance

answered

parcialmente respondido

together with a number in bold. When there is a plain number, such as 1.2, for example, this means the text refers to the content of a profile indicator. When there is an indication such as LA12, for example, it means that the text corresponds to this performance indicator. This is designed to facilitate reading and clear understanding of the aspects related to each part of the report, enabling rapid identification of the points in the GRI Summary.

7

Performance GRI

respondido

In the main text, information will be presented in two ways: plain numbers and an acronym

não respondido

Tabela GRI

Como identificá-lo na tabela GRI table. How to identify it in the table

Indicador

Descrição

Página(s)

Indicator

Description

Page(s)

EC1

Valor econômico direto gerado e distribuido, incluindo receitas, custos operacionais, remuneração de empregados, doações, e outros investimentos na comunidade, lucros acumulados e pagamentos para provedores de capital e governos.

Principio do Pacto Global

Global Compact Principle

Termômetro Thermometer

(Direct economic value generated and distributed, including revenues, operating costs, employee compensation, donations and other community investments, retained earnings, and payments to capital providers and governments)

not answered

partially answered

EC2

Implicações financeiras e outros riscos e oportunidades para as atividades da organização devido a mudanças climaticas. (Financial implications and other risks and opportunities for the organization’s activities due to climate change)

principio 7

9


QUADRO DE METAS Table of Targets

TEMA Topic

Temas Ambientais - Brasil Environmental topics - Brazil

Como parte de nosso processo evolutivo de reporte, apresentamos nosso primeiro quadro de metas. Pretendemos aprimorar a elaboração deste quadro nos próximos anos, mostrando compromisso e transparência com nossos diferentes públicos.

Temas Ambientais de Manufatura

Manufacturing environmental topics

Temas Ambientais de Não Manufatura

Non-manufacturing environmental topics

As part of the evolution of this report, we present our first table of targets. It is our intention to improve this table in the coming years, in a demonstration of commitment and transparency to our different stakeholders.

Código de Princípios de Negócios Code of Business Principles

Segurança Ocupacional Occupational Safety

Saúde Health

Engajamento Engagement

Responsabilidade Social Social Responsibility

10


METAS PLANEJADAS PARA 2010

LEIA O CONTEÚDO COMPLETO

Targets for 2010

Read The Entire Contents

Emissão de gases de efeito estufa de 2012 menor ou igual às emissões de 2007.

Inventário de Emissões

2012 greenhouse gas emissions at same or lower level than 2007.

Emissions Inventory

pág page

18

Incluir, até 2015, os principais fornecedores brasileiros no Carbon Disclosure Project (CDP). Include main Brazilian suppliers in Carbon Disclosure Project (CDP) by 2015.

Inventário de Emissões

18

Asseguração do Inventário de Gases de Efeito Estufa (GEE - ano-base 2009), por empresa credenciada.

Emissions Inventory

Meta de emissão de SOx para 2010 é de 0,0336 kg SO2/t.

Óxido de enxofre

20

Água

20

Ensure realization of Greenhouse Gas Emissions Inventory (GGE - base year 2009) by accredited company.

SOx generation target for 2010 is 0,0336 kg SO2/t.

Meta de consumo de água para 2010 é de 1,894 m³/t. Water consumption target for 2010 is 1,894 m³/t.

Meta de emissão de DQO para 2010 é de 0,254 kg/t. COD generation target for 2010 is 0,254 kg/t.

Meta de consumo de energia para 2010 é de 1,501 GJ/t. Energy consumption target for 2010 is 1,501 GJ/t.

Sulphur oxide

Water

Efluentes Effluents

22

Energia Energy

25

Resíduos

24

Embalagem secundária

28

Meta de geração de resíduos perigosos para 2010 é de 0,012 kg/t. Hazardous waste generation target for 2010 is 0,012 kg/t.

Meta de geração de resíduos não perigosos para 2010 é de 2,158 kg/t.

Waste

Non-hazardous waste generation target for 2010 is 2,158 kg/t.

Substituir as caixas atuais utilizadas no transporte da linha de desodorantes roll-on 50 ml das marcas Rexona, Dove e Axe por caixas de papelão reciclado.

Substitute secondary packaging currently used with Rexona, Dove and Axe 50 ml roll-on deodorant lines with recycled cardboard cartons.

Ampliar o uso de modelo logístico multimodal no transporte de matéria-prima do trajeto Santos-Indaiatuba, obtendo assim redução de 19% de emissões de CO2.

Expand use of multimodal logistics model for transportation of raw material on Santos-Indaiatuba route, reducing CO2 emissions by 19%.

Reduzir em 1,5% a geração total de resíduos, consolidando em 3,7 kg/t. Reduce waste production by 1,5%, consolidating it at 3,7 kg/t.

Aumentar em 5% a quantidade de resíduos reciclados, totalizando 35% de resíduos desta natureza. Increase recycled waste by 5%, reaching total of 35%.

Reduzir em 5% o consumo de energia, totalizando 0,79 GJ/t. Reduce energy consumption by 5%, totalling 0,79 GJ/t.

Reduzir em 11% o consumo de água, totalizando 0,08 m3/t.

Secondary packaging

Modelo Logístico Multimodal Multimodal Logistics Model

Indicadores Ambientais de Não Manufatura

Non-manufacturing environmental indicators

Indicadores Ambientais de Não Manufatura

Non-manufacturing environmental indicators

Indicadores Ambientais de Não Manufatura

26

Indicadores Ambientais de Não Manufatura

26

Non-manufacturing environmental indicators

Aplicar treinamento on-line sobre o Código de Princípios de Negócios a todos os colaboradores da companhia, visando aperfeiçoar a segurança interna e reforçar a importância dos direitos humanos.

Treinamentos sobre nosso Código de Princípios de Negócios: garantia de segurança no negócio

Reduzir de 10 para 5 o número de acidentes com afastamento do trabalho (LTA – Lost Time Accidents); Reduzir de 1,6 para 1,4 o índice de frequência de acidentes com lesão (TRFR – Total Recordable Frequency Rate); Manter em 0,31 o índice de acidentes de trânsito com funcionários, sem lesão, expressos em um milhão de quilômetros rodados (NIFR – Non Injuri Frequency Rate). • Reduce number of Lost Time Accidents (LTA) from 10 to 5; • Reduce Total Recordable Frequency Rate from 1,6 to 1,4; • Maintain employee traffic NIFR (Non-Injury Frequency Rate) at 0,31, measured in millions of kilometres driven.

Ampliar a abrangência do Vital&Idade – Programa de Planejamento de Aposentadoria. Projeto piloto já realizado em Valinhos, implantá-lo em outras manufaturas ao longo de 2010.

Increase scope of Vital&Idade – Retirement Planning Programme. Pilot project already carried out at Valinhos, implant programme in other plants during 2010.

Aumentar o valor total de negócios com a ONG Integrare para US$ 1,5 milhão.

Increase total value of business with the NGO Integrare to US$ 1,5 million.

Manter zero de ocorrências de trabalho infantil nos municípios onde o Projeto Infância Protegida atua. Maintain zero incidence of child labour in the districts in which the Protected Childhood project is in place.

26

Non-manufacturing environmental indicators

Reduce water consumption by 11% , totalling 0,08 m3/t.

Apply online training in Code of Business Principles for all company employees, aimed at improving internal security and reinforcing respect for human rights.

26

Training in our Code of Business Principles: assurance of security for the business

Sistema Integrado de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional

42

Integrated Occupational Health and Safety Management System

Vital&Idade – Programa de Planejamento de Aposentadoria

Vital&Idade – Retirement Planning Programme

Integrare

Integrare

Infância Protegida

Protected Childhood

46

11


Engajamento de stakeholders Stakeholders Engagement

Processo de Processo de engajamento de engajamento de stakeholders stakeholders Stakeholders engagement process

Stakeholders engagement process

Processo de engajamento de stakeholders

Em 2008 iniciamos nosso processo de engajamento de stakeholders, que foi apresentado no Relatório de Sustentabilidade anterior. Em 2009, reafirmando nosso compromisso com este processo, elaboramos a continuidade deste engajamento, reiterando a necessidade de manter constante diálogo com nossos diferentes públicos para o fortalecimento de nossa gestão em sustentabilidade. A partir da análise de nosso mapeamento de stakeholders, selecionamos para este momento do engajamento três principais grupos de interesse: clientes, fornecedores e colaboradores, totalizando 89 participantes. Entramos em contato com esses participantes via telefone, e-mail ou pessoalmente, para orientá-los com relação à ferramenta de engajamento escolhida: uma pesquisa on-line. Essa pesquisa foi construída por meio de um questionário de materialidade, elaborado com base nas

diretrizes do GRI e nos Princípios do Pacto Global das Nações Unidas, e abrangeu três aspectos: econômicos, ambientais e sociais. Aos participantes foi disponibilizado 1 mês para responderem, e após análise das respostas elaboramos nossa Matriz de Materialidade, que, por meio da interseção das respostas da Unilever Brasil e dos stakeholders, nos apresentou os temas prioritários que nortearam o conteúdo deste relatório. Além de nos orientar com relação ao nosso relato, esses temas também foram discutidos com áreas específicas da companhia, para o alinhamento das estratégias em sustentabilidade internas e das demandas de nossos stakeholders. Pretendemos evoluir este processo anualmente, possibilitando o aprofundamento do engajamento com os grupos já selecionados e a inclusão de novos grupos de interesse. 3.5; 4.14; 4.15; 4.16

Pretendemos evoluir este processo anualmente, possibilitando o aprofundamento do engajamento. We intend to develop this process year on year, enabling deeper engagement

Stakeholders engagement process In 2008 we initiated the stakeholder engagement process, which was presented in our previous Sustainability Report. In 2009, reaffirming our commitment to this process, we continued this engagement, reiterating the need for a constant dialogue with our different audiences to reinforce our management of sustainability.Based on an analysis of our mapping of stakeholders, for this moment of engagement we selected three main interest groups: customers, suppliers and employees, totalling 89 participants. We got in touch with these participants via telephone, e-mail or in person to provide guidance on the engagement tool chosen: an online survey. The survey was elaborated using a materiality questionnaire based on GRI guidelines and the United Nations Global Pact Principles and covered three aspects of the business: economics, the environment and social issues. Participants were given 1 month to respond. After analyzing the answers, we prepared our Materiality Matrix. Cross referencing the Unilever Brazil responses with those of the stakeholders gave us the priority topics for the content of the report. In addition to helping us draft the report, these topics were discussed with specific company areas to align internal sustainability strategies with the requirements of our stakeholders. We intend to develop this process year on year, enabling deeper engagement with the groups already selected and the inclusion of new interest groups. 3.5; 4.14; 4.15; 4.16

12


Fornecedores que participaram do processo de engajamento Suppliers who participated in the engagement process

13


MATRIZ DE MATERIALIDADE MATERIALITY MATRIX

Matriz de Materialidade Materiality Matrix

LEGENDA: LEGEND:

MUITO RELEVANTE VERY RELEVANT

RELEVANTE RELEVANT

14 15 16 18 17 19 20

31 32 33 34 35 36 37 38 39 40

7

8

1 2

3

9 10 11

4

5

12 13

6

21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

POUCO RELEVANTE LITTLE RELEVANT

NÃO RELEVANTE NOT RELEVANT

Apresentamos nossa Matriz de Materialidade, que mostra os diferentes temas trabalhados com nossos stakeholders. Cada cor representa o grau de relevância que cada tema obteve, e com base nos temas considerados prioritários, elaboramos o conteúdo deste relatório. Nossa Matriz em formato circular reforça o permanente movimento deste processo: temas considerados muito relevantes neste momento podem perder este posto ao longo dos anos, assim como temas considerados pouco relevantes hoje podem ganhar mais importância no futuro. Apresentamos a seguir o resumo de nossas principais ações relacionadas aos temas MUITO RELEVANTES da Matriz, que estão detalhadamente explicados ao longo deste relatório. 4.17 Para informações completas sobre os temas: RELEVANTE, POUCO RELEVANTE E NÃO RELEVANTE, acesse o relatório online em: www.unileversustentabilidade.com.br

We present our Materiality Matrix which shows the different topics worked on with our stakeholders. Each colour represents the degree of relevance attributed to each topic. We elaborated the content of this report based on the topics considered to be priorities.The circular format of the Matrix reinforces the idea of permanent movement in this process: topics considered highly relevant at this moment may lose this status over the years, in the same way that topics not considered so relevant today may gain in importance in the future. We present a summary of our main actions related to the VERY RELEVANT topics in the Matrix, which are explained in detail throughout the report. For full information on the RELEVANT, LITTLE RELEVANT, NOT RELEVANT topics, see the web report www.unileversustentabilidade.com.br

14


Posição na Matriz Position in Matrix

Tema considerado mais relevante na Matriz de Materialidade

Ações da Unilever Unilever Actions

Conheça o conteúdo completo See the complete content

GRI relacionado GRI related

Topic considered most relevant in Materiality Matrix

A Unilever faz parte globalmente do Programa Minha Escolha, cujo objetivo é estimular as indústrias alimentícias a aprimorar a composição de seus produtos. Globally Unilever participates in the My Choice programme, aimed at encouraging the food industry to improve the composition of its products.

1

Garantir a saúde e segurança do consumidor. Guarantee consumer health and safety.

A área de Pesquisa & Desenvolvimento possui pilares globais em algumas especialidades consideradas de extrema relevância, como Embalagens, Nutrição e CTI (Consumer Technical Insight). Esses pilares possibilitam um maior conhecimento técnico e sinergia nessas áreas específicas, além de proporcionar profundo entendimento dos consumidores. The Research & Development area has global pillars in some specialities considered extremely relevant, such as Packaging, Nutrition, and CTI (Consumer Technical Insight). These pillars enable greater technical know-how and synergies in these specific areas, as well as providing deep consumer insight.

Programa Feel Good: programa de qualidade de vida alinhado à estratégia UB2012 da companhia. O principal objetivo é estimular as pessoas a adotarem um estilo de vida mais equilibrado e saudável. Feel Good Programme: quality of life programme aligned with company's UB2012 strategy. The main objective is to encourage people to adopt a more balanced and healthier life style.

2

Oferecer um ambiente de trabalho seguro que estimule as pessoas a adotarem um estilo de vida mais equilibrado e saudável, garantindo condições adequadas a sua saúde. Provide a safe and healthy work environment that encourages people to adopt a more balanced and healthy lifestyle.

4

Programa Feel Good Feel Good Programme

Programa de gestão de segurança ocupacional

Programme intensifying the concept of safety management based on human behaviour.

Occupational safety management programme

Assim que o relatório A Farra do Boi na Amazônia, elaborado pela ONG Greenpeace, foi apresentado, entramos em contato com nossos principais fornecedores de sebo, e nos foram apresentados documentos de controle demonstrando que nosso processo não é proveniente de desmatamento. When the A Farra do Boi na Amazônia report, prepared by the NGO Greenpeace, was released, we got in touch with our main fat suppliers, who provided documentary proof that our process does not receive inputs from deforested areas.

Não permitir nenhum tipo de corrupção.

Todas as nossas operações seguem as diretrizes de nosso Código de Princípios de Negócios, assim como nossa responsabilidade corporativa e governança.

Not permit any type of corruption.

All our operations follow the guidelines set forth in our Code of Business Principles, corporate responsibility and governance policies.

De nosso total de resíduos gerados em 2009 (99,7 kg/t), 98,07% foram reciclados. Of the total waste generated in 2009 (99.7 kg/t), 98.07% was recycled.

Invest in the company’s plants and offices to reduce waste.

Research and Development (R&D) at the core of the business

Programa de intensificação do conceito de gestão de segurança, baseado em comportamento humano.

Corporate Athlete Programme: organization of workshop and medical check-up to assess employee and help him/her define an individual physical activity plan, imported from the sports world, aimed at helping person reach peak performance.

Be a profitable, ethical and transparent company.

Investir nas fábricas e nos escritórios da empresa para que se diminua a produção de resíduos.

PR1; PR2 Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) diretamente no centro do nosso negócio

Atleta Corporativo: transformar potencialidades em ação!

Grow Programme: personal counselling for employees and family on mental health, legal, financial and social assistance issues.

Ser uma empresa lucrativa, ética e transparente.

My Choice Programme

Programa Atleta Corporativo: organização de workshop e check-up médico para conhecer o colaborador e ajudá-lo a definir um plano de atividades físicas individuais, importadas da realidade esportiva, visando à busca do estado de desempenho ideal.

Programa Crescer: aconselhamento pessoal que auxilia os colaboradores e seus familiares sobre questões como saúde mental, suporte jurídico, financeiro e assistência social.

3

Programa Minha Escolha

Em 2009 prosseguimos aperfeiçoando nossa forma de monitoramento de resíduos nas operações de não manufatura. In 2009 we continued to refine water consumption monitoring methods in non-manufacturing operations.

Implementação do Projeto Push Printing Brazil, que possibilitou em 1 mês a redução de 35% do número de páginas impressas nos escritórios JK1 e JK2. Implementation of Push Printing Brazil Project. Within one month, there was a 35% decrease in the number of pages printed in our JK1 and JK2 offices.

Corporate Athlete: transforming potential into action!

LA6; LA7; LA8; LA9

Programa Crescer Grow Programme

Colaborando com a Amazônia Working for the Amazon region

Código de Princípios de Negócios Code of Business Principles

SO7

SO2; SO3; SO4

Resíduos Waste

Indicadores Ambientais de Não Manufatura Non-manufacturing Environmental Indicators

Green IT

Green IT

15


2

adotarem um estilo de vida mais equilibrado e saudável, garantindo condições adequadas a sua saúde.

Corporate Athlete Programme: organization of workshop and medical check-up to assess employee and help him/her define an individual physical activity plan, imported from the sports world, aimed at helping person reach peak performance.

potential into action!

Provide a safe and healthy work environment that encourages people to adopt a more balanced and healthy lifestyle.

Programa de intensificação do conceito de gestão de segurança, baseado em comportamento humano.

Programa de gestão de segurança ocupacional

Programme intensifying the concept of safety management based on human behaviour.

Occupational safety management programme

MATRIZ DE MATERIALIDADE MATERIALITY MATRIX

Programa Crescer: aconselhamento pessoal que auxilia os colaboradores e seus familiares sobre questões como saúde mental, suporte jurídico, financeiro e assistência social. Grow Programme: personal counselling for employees and family on mental health, legal, financial and social assistance issues.

3

4

Ser uma empresa lucrativa, ética e transparente.

Assim que o relatório A Farra do Boi na Amazônia, elaborado pela ONG Greenpeace, foi apresentado, entramos em contato com nossos principais fornecedores de sebo, e nos foram apresentados documentos de controle demonstrando que nosso processo não é proveniente de desmatamento.

Be a profitable, ethical and transparent company.

When the A Farra do Boi na Amazônia report, prepared by the NGO Greenpeace, was released, we got in touch with our main fat suppliers, who provided documentary proof that our process does not receive inputs from deforested areas.

Não permitir nenhum tipo de corrupção.

Todas as nossas operações seguem as diretrizes de nosso Código de Princípios de Negócios, assim como nossa responsabilidade corporativa e governança.

Not permit any type of corruption.

All our operations follow the guidelines set forth in our Code of Business Principles, corporate responsibility and governance policies.

De nosso total de resíduos gerados em 2009 (99,7 kg/t), 98,07% foram reciclados. Of the total waste generated in 2009 (99.7 kg/t), 98.07% was recycled.

Investir nas fábricas e nos escritórios da empresa para que se diminua a produção de resíduos. Invest in the company’s plants and offices to reduce waste.

Em 2009 prosseguimos aperfeiçoando nossa forma de monitoramento de resíduos nas operações de não manufatura. In 2009 we continued to refine water consumption monitoring methods in non-manufacturing operations.

Implementação do Projeto Push Printing Brazil, que possibilitou em 1 mês a redução de 35% do número de páginas impressas nos escritórios JK1 e JK2. Implementation of Push Printing Brazil Project. Within one month, there was a 35% decrease in the number of pages printed in our JK1 and JK2 offices.

Projeto Estação de Reciclagem em parceria com o Grupo Pão de Açúcar dispõe pontos de entrega voluntária (PEVs) de embalagens recicláveis nas áreas externas de lojas da rede.

5

Recycling Station project in partnership with the Grupo Pão de Açúcar to provide voluntary delivery points for recyclable materials at the chain's outlets.

Investir nas fábricas e nos escritórios da empresa para que se diminua o consumo de água. Invest in the company’s plants and offices to reduce water consumption

Em 2009 prosseguimos aperfeiçoando nossa forma de monitoramento do consumo de água nas operações de não manufatura.

Investir nas fábricas e nos escritórios da empresa para que se diminua o consumo de energia. Invest in the company’s plants and offices to reduce energy consumption.

7

Em 2009 prosseguimos aperfeiçoando nossa forma de monitoramento do consumo de energia nas operações de não manufatura.

Indicadores Ambientais de Não Manufatura Non-manufacturing Environmental Indicators

Green IT

Green IT

Estações de Reciclagem Recycling Stations

Indicadores Ambientais de Não Manufatura

Indicadores Ambientais de Não Manufatura

Green IT

In 2009 we continued to refine water consumption monitoring methods in non-manufacturing operations.

Combater a utilização de mão de obra escrava na empresa e em seus parceiros de negócio.

Rural Responsável: projeto que busca o cumprimento dos direitos humanos por meio da melhoria das condições de saúde e segurança e o cumprimento da legislação trabalhista dos trabalhadores rurais de municípios do Estado de Goiás. Rural Responsible: project aimed at ensuring human rights through improving health and safety conditions and compliance with labour legislation for agricultural labourers in municipal districts of the State of Goiás.

Green IT

Indicadores Ambientais de Não Manufatura Non-manufacturing Environmental Indicators

Rural Responsável Rural Responsible

We dispose of our waste properly and 98.07% is recycled.

Waste

Initiatives to control waste.

Em 2009 prosseguimos aperfeiçoando nossa forma de monitoramento de resíduos nas operações de não manufatura.

Indicadores Ambientais de Não Manufatura

In 2009 we continued to refine water consumption monitoring methods in non-manufacturing operations.

Non-manufacturing Environmental Indicators

Iniciativas relacionadas ao controle de efluentes. Initiatives to control effluents.

Houve em 2009 derramamento de sebo da manufatura de Valinhos, não causando impacto ambiental. Todo o material já foi retirado do córrego e destinado para compostagem, e foram implementadas melhorias no sistema de controle do nível do tanque para que isso não ocorra novamente. There was a case of fat spillage at the Valinhos plant in 2009 which had no environmental impact. All the material was removed from the affected water course and used in

EN10

HR7

Resíduos

Iniciativas relacionadas ao controle de resíduos.

All our plants have alternatives for recycling effluents. In 2009 processes were implemented to monitor control over the volume of effluents recycled.

EN5; EN22

Energy Sources

Transferência do escritório de TI de São Paulo para um prédio apto a receber o certificado LEED (certificação de Green Building reconhecida internacionalmente).

Em 2009 prosseguimos aperfeiçoando nossa forma de monitoramento do consumo de água nas operações de não manufatura.

SO2; SO3; SO4

Resíduos

Non-manufacturing Environmental Indicators

Initiatives to control water consumption.

SO7

Waste

In 2009 we continued to refine energy consumption monitoring methods in non-manufacturing operations.

Todas as nossas manufaturas possuem alternativas para reciclagem de efluentes e em 2009 foram implementados processos que permitiram o monitoramento do controle do volume de efluentes reciclado.

16

Código de Princípios de Negócios Code of Business Principles

Fontes de Energia

Fazemos a correta disposição de nossos resíduos e temos 98,07% de nossos resíduos considerados reciclados.

8

Colaborando com a Amazônia Working for the Amazon region

Em 2009 elevamos em 5,4% nossa energia renovável.

Iniciativas relacionadas ao controle de consumo de água.

Combat the use of slave labour by the company and by its business partners.

Grow Programme

Non-manufacturing Environmental Indicators

Transfer of São Paulo IT office to a LEED (international green building certification) certifiable building.

6

Programa Crescer

In 2009 we continued to refine water consumption monitoring methods in non-manufacturing operations.

5.4% increase in use of renewable energy in 2009

LA6; LA7; LA8; LA9

EN21; EN22; EN23; EN25

Efluentes

Effluents

Derramamentos Significativos Significant Spillages

EN21; EN22; EN23; EN25


7

Iniciativas relacionadas ao controle de consumo de água.

Em 2009 prosseguimos aperfeiçoando nossa forma de monitoramento do consumo de água nas operações de não manufatura.

Initiatives to control water consumption.

In 2009 we continued to refine water consumption monitoring methods in non-manufacturing operations.

Combater a utilização de mão de obra escrava na empresa e em seus parceiros de negócio.

Rural Responsável: projeto que busca o cumprimento dos direitos humanos por meio da melhoria das condições de saúde e segurança e o cumprimento da legislação trabalhista dos trabalhadores rurais de municípios do Estado de Goiás.

Combat the use of slave labour by the company and by its business partners.

Rural Responsible: project aimed at ensuring human rights through improving health and safety conditions and compliance with labour legislation for agricultural labourers in municipal districts of the State of Goiás.

Fazemos a correta disposição de nossos resíduos e temos 98,07% de nossos resíduos considerados reciclados.

8

Initiatives to control waste.

Em 2009 prosseguimos aperfeiçoando nossa forma de monitoramento de resíduos nas operações de não manufatura.

Indicadores Ambientais de Não Manufatura

In 2009 we continued to refine water consumption monitoring methods in non-manufacturing operations.

Non-manufacturing Environmental Indicators

Initiatives to control effluents.

Houve em 2009 derramamento de sebo da manufatura de Valinhos, não causando impacto ambiental. Todo o material já foi retirado do córrego e destinado para compostagem, e foram implementadas melhorias no sistema de controle do nível do tanque para que isso não ocorra novamente. There was a case of fat spillage at the Valinhos plant in 2009 which had no environmental impact. All the material was removed from the affected water course and used in composting. Improvements were implemented in the tank level control system to prevent recurrence.

Todas as operações atendem rigorosamente as leis e regulamentos ambientais.

Garantir igualdade de oportunidade no ambiente de trabalho.

Garantir salários iguais ou superiores aos que são praticados no mercado.

Guarantee salaries on a par with or above market rates.

Launch of Comfort Concentrado Tanquinho, first softener developed especially for the tanquinho.

Estruturação global de um Comitê de Diversidade, com o objetivo de robustecer ações associadas ao tema.

The Packaging Development area is implementing the use of shipping cartons made from recycled cardboard on a number of product lines.

Assinatura do Pacto Pela Sustentabilidade da rede Walmart assumindo diversos compromissos em relação à construção de um futuro mais sustentável. Signature of the Walmart Sustainability Pact, assuming diverse commitments to build a more sustainable future.

Elaboração do projeto End-to-End – Sustentabilidade de Ponta a Ponta, desenvolvido em conjunto com a rede Walmart e outras indústrias parceiras, que consiste no acompanhamento rigoroso do ciclo de vida dos produtos, desde a escolha de suas matérias-primas até o descarte dos resíduos finais. Elaboration of End-to-End Sustainability Project together with Walmart chain and other companies, involving rigorous tracking of product life cycle from the choice of raw materials to the ultimate disposal of residues.

13

Comfort Concentrado Tanquinho

Diversidade

Remuneração

A área de Desenvolvimento de Embalagens está implementando o uso de caixas de embarque produzidas com papelão reciclado em várias linhas de produtos.

Develop alternatives to reduce the post-consumption environmental impact of products.

PR1; PR5 Comfort Concentrado Tanquinho

Seguimos corretamente as regras de salário mínimo.

Globally we seek to eliminate the use of compounds such as PVC, PVdC and PPC in packaging and components.

12

Omo Multiação Tanquinho

Diversity

Estamos buscando a eliminação, em escala mundial, do uso de compostos como PVC, PVdC e PPC, utilizados na produção das embalagens e seus componentes.

Desenvolver alternativas para reduzir o impacto ambiental pós-consumo de seus produtos.

Conformidades com Leis e Regulamentos Ambientais

Formation of global Diversity Committee to strengthen diversity actions.

We are in full compliance with minimum salary regulations.

Agir sempre de forma ética e leal com relação aos seus concorrentes.

Todas as nossas operações seguem as diretrizes de nosso Código de Princípios de Negócios, assim como nossa responsabilidade corporativa e governança.

Always deal fairly with competitors.

All our operations follow the guidelines set forth in our Code of Business Principles, corporate responsibility and governance policies.

EN21; EN22; EN23; EN25

Significant Spillages

Omo Multiação Tanquinho

Lançamento de Comfort Concentrado Tanquinho, primeiro amaciante desenvolvido especialmente para tanquinho.

Guarantee equality of opportunity in the work environment.

Derramamentos Significativos

Lançamento de Omo Multiação Tanquinho, primeiro sabão em pó desenvolvido especialmente para tanquinho.

Offer quality products that meet the needs of all Brazilian homes.

EN21; EN22; EN23; EN25

Efluentes

All operations are in strict compliance with environmental laws and regulation.

Launch of Omo Multiação Tanquinho, first powdered soap developed especially for the tanquinho.

HR7

Effluents

Compliance with Environmental Laws and Regulations

Oferecer produtos de qualidade que atendam todos os lares brasileiros.

EN10

Resíduos

Waste

Iniciativas relacionadas ao controle de efluentes.

11

Rural Responsável Rural Responsible

We dispose of our waste properly and 98.07% is recycled.

All our plants have alternatives for recycling effluents. In 2009 processes were implemented to monitor control over the volume of effluents recycled.

10

Non-manufacturing Environmental Indicators

Iniciativas relacionadas ao controle de resíduos.

Todas as nossas manufaturas possuem alternativas para reciclagem de efluentes e em 2009 foram implementados processos que permitiram o monitoramento do controle do volume de efluentes reciclado.

9

Indicadores Ambientais de Não Manufatura

Remuneration

LA13; LA14

EC5

Uso de compostos com menor impacto ambiental Using lower impact compounds

Embalagem secundária Secondary Packaging

Pacto Pela Sustentabilidade – Walmart

EN26; EN27

Sustainability Pact - Walmart

Projeto End-to-End – Sustentabilidade de Ponta a Ponta End-to-End Sustainability Project

Código de Princípios de Negócios Code of Business Principles

SO7

17


DESEMPENHO AMBIENTAL ENVIRONMENTAL PERFORMANCE

Estratégia Ambiental

Inventário de Emissões

Estratégia Ambiental

Inventário de Emissões

Environmental Strategy Management

Emissions Inventory

Environmental Strategy Management

Emissions Inventory

Estratégia Ambiental

Toda a nossa gestão ambiental para o Brasil está pautada na estratégia UB2012: crescer nosso negócio até 2012 mantendo o impacto ambiental similar ou inferior aos valores de 2007, expresso em geração de gases de efeito estufa. Neste ano, a estratégia global da companhia reforçou ainda mais este nosso objetivo, divulgando a estratégia de crescimento em volume até 2020, reduzindo o impacto ambiental. EC2. Vamos monitorar este nosso compromisso por meio do inventário de gases de efeito estufa, utilizando o modelo Greenhouse Gas Protocol (GHG). 3.10 Além do compromisso interno que assumimos, acreditamos que o envolvimento dos consumidores é fundamental para criarmos uma cultura de mudança de hábitos, que possibilite um novo modelo de consumo menos nocivo ao meio ambiente. Neste sentido iremos continuar desenvolvendo produtos que gerem menor impacto durante o consumo e, paralelamente, iremos investir na mudança de comportamento dos consumidores.

Inventário de Emissões Durante o ano de 2009 nos estruturamos para realizar nosso Inventário de Emissões com base no protocolo Greenhouse Gas Protocol (GHG). Definimos a abrangência do inventário inicial e levantamos os dados de emissões de 2008, pois nesse ano iniciamos o monitoramento das emissões de gases de efeito estufa para as operações de não manufatura e passamos a utilizar os conceitos do GHG Protocol nas operações de manufatura.

De posse dos valores obtidos com a realização do inventário de 2008, além de trabalharmos no acompanhamento de nosso desempenho, calculamos as emissões de 2007, para o monitoramento de nossa estratégia UB2012: crescer o negócio mantendo o impacto ambiental similar ao de 2007. A metodologia que estabelecemos para este cálculo foi usar a proporcionalidade de volume produzido em função da proximidade de volumes dos dois anos. 3.9 A abrangência do Inventário de Emissões dos gases de efeito estufa realizado com os dados de 2008 considerou as emissões de todas as operações de manufatura da Unilever Brasil, os escritórios, os centros de desenvolvimento, as equipes de vendas, os centros de distribuição e a distribuição de nossos produtos até os clientes ou até os centros de distribuição dos clientes. Nos inventários dos anos subsequentes a este iremos ampliar gradativamente as fronteiras mencionadas anteriormente, tanto no escopo que está sob nossa responsabilidade assim como incentivando o engajamento de stakeholders na proposta de também elaborar seus inventários de emissões. A Unilever Global é filiada ao Carbon Disclosure Project (CDP) e vem, nos últimos anos, entrando em contato com fornecedores para realização do inventário de emissões. Em 2010 iniciaremos a inclusão no CDP dos principais fornecedores brasileiros, possibilitando assim a ampliação do escopo do nosso Inventário de Emissões.

Em 2010 iniciaremos a inclusão no CDP dos principais fornecedores brasileiros, possibilitando assim a ampliação do escopo do nosso Inventário de Emissões.

Environmental Strategy Management Our environmental management for Brazil is based on the UB2012 strategy: to grow our business by 2012 maintaining our environmental footprint at or below 2007 levels, expressed in terms of greenhouse gas generation. This year, the company’s global strategy further endorsed our target, with a strategy of growing volume by 2020 and reducing our environmental impact. EC2. We will monitor this commitment through the greenhouse gas inventory, using the Greenhouse Gas Protocol (GHG) model. 3.10. In addition to the internal commitment we have assumed, we believe that involving consumers is fundamental for us to create a culture of changed habits, enabling a new consumption model that is less harmful to the environment. For this reason, we will continue to develop products that cause a lower impact during consumption and, in parallel, we will invest in changing consumer behaviour. Emissions Inventory During 2009, we prepared to carry out our Emissions Inventory based on the Greenhouse Gas Protocol (GHG). We defined the range of the initial inventory and calculated our emissions in 2008, because this was when we began monitoring greenhouse gas emissions for the non-manufacturing operations and started using the GHG Protocol concepts for the manufacturing operations. With the data obtained from the 2008 inventory, in addition to tracking our performance, we calculated our 2007 emissions, for purposes of monitoring our UB2012 strategy: to grow the business maintaining our environmental footprint at levels similar to 2007. The methodology established for this calculation was to consider the proportion of volume produced, due to the fact that the volumes for the two years were close. 3.9 The greenhouse gas emissions inventory carried out with the 2008 data took into account all of Unilever Brazil’s manufacturing operations, offices, development centres, sales teams, distribution centres and product distribution to our customers or our customers’ distribution centres. In the inventories for later years we will gradually extend the abovementioned boundaries, both in terms of the scope for which we are responsible and by engaging other stakeholders with the proposal that they prepare their own emissions inventories. Globally, Unilever is a member of the Carbon Disclosure Project (CDP). In recent years it has been encouraging its suppliers to carry out emissions inventories. In 2010, we will begin to include the main Brazilian suppliers in the CDP, thus broadening the scope of our Emissions Inventory .

18 18


Emissão de Gases de Efeito Estufa Greenhouse Gas Emissions

As emissões inventariadas de gases de efeito estufa para as operações Unilever Brasil estão na tabela abaixo, expressas em toneladas. The greenhouse gas emissions inventoried for the Unilever Brazil operations are presented in the table below, in metric tons.

2007

212 mil

2008

208 mil

2009

197 mil

Thousand

Thousand

Thousand

de Gases de Efeito Estufa 2009 EN16; EN17 Emissão Emissão de Gases de Efeito Estufa 2009 (%) EN16 EN17 Greenhouse Gas Emissions Donation Programme

Escopo 1*

48%

Escopo 2**

6%

Escopo 3***

46%

* Escopo 1 Emissões diretas de gases de efeito estufa (GEE). São provenientes de fontes estacionárias e móveis que pertencem ou são controladas pela empresa. Exemplo: caldeiras e veículos. ** Escopo 2 Emissões indiretas de GEE. Contabiliza as emissões de GEE provenientes do consumo de energia elétrica adquirida de concessionária. *** Escopo 3 Permite a inclusão de todas as outras fontes indiretas (fontes que não pertencem ou não são controladas pela empresa). Exemplo: transportadoras contratadas para distribuição dos nossos produtos.

* Scope 1 Direct greenhouse gas emissions (GGE). These are from stationary or moving sources belonging to or controlled by the company. For example: boilers and vehicles. ** Scope 2 Indirect GGE. This takes into account GGE from electrical energy acquired from utilities. *** Scope 3 This permits the inclusion of all other indirect sources (sources that do not belong to or are not controlled by the company). For example: transportation operators contracted to distribute our products.

Indicadores Ambientais de Manufatura Continuamos a monitorar nosso desempenho ambiental utilizando todos os indicadores pertinentes às características de nossas operações. Apresentamos aqui o desempenho ambiental de nossas manufaturas em 2009. Conquistas importantes foram feitas nesse ano, mas não foi possível atingir alguns de nossos objetivos e, para estes casos, indicamos sempre as justificativas.

Gases destruidores da camada de ozônio (kg/t)1 EN19 Gases harmful to ozone layer 1

2006

0,000030

2007

0,000050

2008

0,000045

2009

0,000037

Para este parâmetro não há meta para os anos anteriores e para 2010.

1

1

There is no target for this parameter for previous years and for 2010.

Manufacturing Environmental Indicators We continue to monitor our environmental performance using all the indicators that are relevant for the characteristics of our operations. Here we present the performance our manufacturing plants in 2009. We had a series of important accomplishments during the year. However, it was not possible to meet some of our targets and we provide a justification when this is the case.

19 19


DESEMPENHO AMBIENTAL ENVIRONMENTAL PERFORMANCE

Óxido de Enxofre Sulphur Oxide

Água Water

Iniciativas para redução de emissões de gases de efeito estufa As manufaturas deram continuidade nas ações de conscientização e treinamentos e focaram esforços em mudanças de processos, manutenção e infraestrutura. Para redução de consumo de combustíveis fósseis, foram feitas melhorias como a troca de isolamentos térmicos danificados, otimização dos processos produtivos e melhoria de eficiência das caldeiras. EN6 Também houve atividades relacionadas à redução do consumo de energia indireta, destacando-se principalmente a otimização de utilização de luz natural e troca de iluminação por lâmpadas mais eficientes. EN7

Emissão de Óxidosde deEnxofre Enxofre - SOx - (kg/t) EN20EN20 Emissão de Óxidos - SOx - (kg/t) Sulphur Emissions SulphurOxide Oxide Emissions

0,071 0,030

0,027

2006

2007 Meta

Target

Óxidos de Enxofre

0,034

0,030 0,026

2008

2009

2009

2010

1,871

1,894

2009

2010

Real

Actual

3/t)EN8 Consumo Consumo de deágua água(m (m3/t) EN8 Water Consumption Water

A geração de óxidos de enxofre apresentou 13,3% de redução em relação ao ano anterior.

Água Nosso consumo de água foi maior que o objetivo definido para o período. Fatores pontuais foram responsáveis por esta elevação de consumo: - Algumas de nossas manufaturas passaram por obras de ampliação e, durante esse período, receberam um número adicional de pessoas consumindo água, principalmente de sanitários e chuveiros; - Uma das manufaturas passou por um período de baixa eficiência operacional das torres de resfriamento; - Mudança de processo de sanitização em linhas de produção.

2,158

2006

1,908

2007

Meta

Target

1,858

1,850

2008

2009

Real

Actual

Initiatives to reduce greenhouse gas emissions The manufacturing plants continued their training and awareness activities, focusing on process changes, maintenance and infrastructure. To reduce the consumption of fossil fuels, improvements such as the replacement of thermal insulation, production process optimization and ensuring the efficiency of boilers were carried out. EN6. There were also a number of measures to reduce the consumption of indirect electrical energy, worthy of note being optimized use of natural lighting and the use of more efficient light bulbs. EN7 Sulphur Oxides There was a 13.3% reduction in the generation of sulphur oxide compared with the previous year. Water Our water consumption was higher than the target established for the period. A series of isolated factors were the cause of this increase in consumption: - There were expansion works at a number of our plants, which meant that there were more workers consuming water, particularly in lavatories and showers; - One of the plants experienced a period of low operational efficiency with its cooling towers; - Changes in production line hygiene processes.

20


Fontes significativamente afetadas pela retirada de água2 EN9 Sources significantly affected by water removal2

Manufatura

Quantidade de fontes

Tipo de fonte

Descrição da fonte

Goiânia

1

Rio

Rio Meia Ponte (Goiânia)

Igarassu

2

Lençol Freático

Aquífero Beberibe (Igarassu)

Indaiatuba

2

Lençol Freático/Rio

Bacia do PCJ - Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Indaiatuba)

Ipojuca

3

2 Barragens, 1 Rio

Barragens de Bita e Utinga, e Rio Ipojuca

Jaboatão dos Guararapes

5

Lençol Freático

4 poços de bacia hidrográfica do Rio Capibaribe e 1 poço localizado no grupo de bacias de pequenos rios litorâneos (Aquífero Aluvionar)

Pouso Alegre

1

Lençol Freático

Bacia do Rio Sapucaí (Pouso Alegre)

Valinhos

3

Lençol Freático

Bacia do PCJ - Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Indaiatuba)

Vinhedo

9

Lençol Freático

9 poços de Lençol Freático Cristalino (Vinhedo)

Total

26

Plant

Total

Quantity of sources

Type of source

River

Water Table

Water Table/River

2 Dams, 1 River

Water Table

Water Table

Water Table

Water Table

Description of source

Meia Ponte River (Goiânia)

Beberibe Aquifer (Igarassu)

PCJ Basin - Piracicaba, Capivari and Jundiaí (Indaiatuba)

The Bita and Utinga Dams, and the Ipojuca River

4 wells of the Capibaribe River water basin and 1 well located in a group of small coastal river basins (Aluvionar Aquifer)

Sapucaí River Basin (Pouso Alegre)

PCJ Basin - Piracicaba, Capivari and Jundiaí (Indaiatuba)

9 wells in the Cristalino Water Table (Vinhedo)

3 Rios - 12%; 2 Barragens - 8%; 21 Poços - 80% 3 Rivers – 12%; 2 Dams – 8%; 21 Wells– 80%

Corpos d’água considerados sob risco por especialistas3 Water bodies considered to be at risk by specialists3

2 2

Quantidade de fontes

Tipo de fonte

Descrição da fonte

Plant

Quantity of sources

Type of source

Description of source

Ipojuca

2

Barragens

Bita e Utinga, pertencentes a Ipojuca e protegidas por leis estaduais

Dams

Bita and Utinga, belonging to Ipojuca and protected by state legislation

Não há consumo de água proveniente de áreas úmidas contidas na Lista de Ramsar e áreas úmidas em áreas proclamadas nacional ou internacionalmente como de preservação.

There is no water consumption from areas considered to be wetlands on the Ramsar List and wetlands considered to be national or international preservation areas.

3 3

Manufatura

Devido ao seu tamanho, função ou situação considerados de sistema raro.

Due to their size, function or situation, considered to be rare systems.

21


DESEMPENHO AMBIENTAL ENVIRONMENTAL PERFORMANCE

Efluentes Effluents

Efluentes

Todas as nossas manufaturas possuem alternativas para reciclagem de efluentes, mas iniciamos a quantificação deste volume em 2009. Durante o ano, implementamos então os processos necessários que permitiram o monitoramento do controle do volume de efluentes reciclado. Assim, em 2009, o volume de efluente líquido reutilizado foi de 372.024 m3. EN10

A reciclagem de efluentes possibilitou uma redução do consumo de água em aproximadamente 10%, e, apesar desta redução já ter sido obtida nos anos anteriores, o seu volume ainda não era monitorado. Em relação à carga orgânica não atingimos o nosso objetivo para o período. O aumento da carga orgânica em 2009 deveu-se ao elevado número de pessoas contratadas para

obras de expansão. E outro fator contribuinte, já mencionado anteriormente, foi a mudança no processo de sanitização de algumas linhas de produção.

Descarte de água EN21; EN25 Water disposal

Volume de Efluente Despejado (média m3/h)

%

Valas de infiltração, com monitoramento de passivos ambientais

-

1,49

-

Físico-químico e biológico

154.800

212,0

0,14

32.400

150,0

0,5

14.328

2,3

0,016

Destinação

Método

Plant

Destination

Interna

Garanhuns

Goiânia

Igarassu Indaiatuba Vinhedo

Valinhos

Pouso Alegre Jaboatão dos Guararapes Ipojuca

22

Method

Volume Médio Corpo Receptor (m3/h)

Manufatura

Internal

Rio Meia Ponte Meia Ponte River

Average Volume Receiving Body (m3/h)

Volume of Effluent disposed of (average m3/h)

Infiltration system with monitoring of environmental liabilities

Physical-chemical and biological

Rio Timbó

Biológico (externo)

Timbó River

Biological (external)

Rio Jundiaí

Biológico

Jundiaí River

Biological

Rio Capivari

Físico-químico e biológico

14.400

5,0

0,03

Físico-químico e biológico

6.480

33,2

0,5

Físico-químico e biológico

11.268

40,0

0,4

9.500

30,0

0,3

-

1,0

-

Capivari River

Ribeirão Pinheiros Pinheiros River

Córrego Patinho Patinho River

Physical-chemical and biological

Physical-chemical and biological

Physical-chemical and biological

Rio Tejipió

Biológico

Tejipió River

Biological

Riacho Tabatinga

Físico-químico e biológico

Tabatinga River

Physical-chemical and biological

Atende aos parâmetros do CONAMA 357

Área designada como protegida

Valor da biodiversidade

Compliance with CONAMA 357 parameters

Designated as protected area

Sim

Não

Não há

Yes

No

None

Sim

Não

Não há

Yes

No

None

Sim

Não

Não há

Yes

No

None

Sim

Não

Não há

Yes

No

None

Não

Não

Não há

No

No

None

Sim

Não

Não há

Yes

No

None

Sim

Não

Não há

Yes

No

None

Sim

Não

Não há

Yes

No

None

Sim

Não

Não há

Yes

No

None

Biodiversity Value


Demanda Química de Oxigênio Chemical Oxygen Demand

Demanda Química de Oxigênio - (kg/t) EN21 Chemical Oxygen Demand

0,513

0,254

0,214 0,184

2006

2007 Meta Target

0,207

0,170

2008

2009

2009

2010

Real

Actual

Tema da Matriz: Iniciativas relacionadas ao controle de efluentes. Matrix Topic: Initiatives to control effluents.

Derramamentos Significativos Em 2009, tivemos um derramamento significativo de 8 toneladas de sebo da manufatura de Valinhos no Córrego Invernada, em razão da falha do controle de nível do tanque. Este acidente gerou um Auto de Infração com advertência por parte da CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). Resultados de análises posteriores apresentados ao órgão

confirmaram que não houve impacto ambiental em função desse derramamento. EN23; EN28 Todo o material foi retirado do córrego e destinado para compostagem, e, além disso, após a investigação do acidente, implementamos uma melhoria no sistema de controle de nível do tanque, impedindo assim a reincidência desse problema.

Effluents All our plants have effluent recycling alternatives, but we began to quantify these volumes in 2009. During the year, we implemented the processes necessary to permit monitoring of the effluent volume recycled. The volume of liquid effluents recycled in 2009 was 372,024 m3. EN10 The recycling of effluents enabled a reduction in water consumption of approximately 10%. Although this kind of reduction had already been obtained in previous years, volumes were not monitored. Our organic load target for the period was not achieved. The increase in organic load in 2009 was due to the large number of people contracted for expansion works. Another contributing factor mentioned previously was the alteration in hygiene procedures on some production lines. Significant Spillages In 2009, we had a significant spillage of 8 metric tons of animal fat from the Valinhos plant into the stream Córrego Invernada, due to a tank level control. This accident resulted in a fine with a warning from the environmental agency CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). Results of analyses conducted after the event and presented to the authority confirmed that this spillage did not cause any environmental impact. EN23 EN28 All the material from the spill was removed from the stream and used for composting. After investigating the accident we improved the tank level control system to prevent recurrence of the problem.

23 23


DESEMPENHO AMBIENTAL ENVIRONMENTAL PERFORMANCE

Geração de Resíduos Solid waste generation

Métodos de Disposição de Resíduos Waste disposal methods

Resíduos

Resíduos reciclados e não reciclados (%)5 EN22

Resíduos sólidos perigosos e não perigosos (%)6 EN22

Recycled and non-recycled waste 5

Hazardous and non-hazardous solid waste 6

98%

Resíduos não reciclados

Resíduos reciclados

Em 2009 tivemos um aumento de 9,2% na geração de resíduos em relação ao ano anterior. Duas ações foram as principais causas desta elevação: - Aumento da geração de resíduos orgânicos de soja em função do crescimento de produção da manufatura de Pouso Alegre; - A centrífuga de desaguamento de lodo da Estação de Tratamento de Efluentes da manufatura de Goiânia, que esteve em teste durante o ano de 2008, foi desativada em 2009. Para 2010 pretendemos retomar os testes para identificar uma alternativa viável para retirada de água do lodo.

Non-recycled waste

Recycled waste

2%

99,66%

Resíduos não perigosos Non-hazardous waste

0,34%

Resíduos perigosos Hazardous waste

4 Geração EN22 Geração de deresíduo resíduosólido sólido total total -- (kg/t) (kg/t)5 EN22

Total Solid generation 5 Solid wastewaste generation

Métodos de disposição de resíduos (%)7 EN22 Waste disposal methods 7

4

100,83 98,12

92,35 88,48

2006

2007

Tema da Matriz: Iniciativas relacionadas ao controle de resíduos/Investir nas fábricas e nos escritórios da empresa para que se diminua a produção de resíduos. 2008

2009

0,25%

Outros

0,66%

Coprocessamento

4,34%

Aterro

Others Co-processing Landfill

18,60%

Reciclagem

19,64%

Reutilização

56,51%

Adubação

Recycling Reutilization Fertilization

4, 5, 6, 7 4, 5, 6, 7

Para este parâmetro não há meta para os anos anteriores e para 2010.

There is no target for this parameter for previous years and for 2010.

Waste In 2009 we had a 7.3% increase in waste generation compared with the previous year. There were two main causes for this: - An increase in organic soy waste generation as a result of production growth at the Pouso Alegre plant; - The sludge dewatering centrifuge at the Goiânia effluent treatment plant, which underwent tests in 2008, was deactivated in 2009. In 2010 we intend to resume tests to find a viable alternative for dewatering the sludge. Matrix Topic: Initiatives to control waste / Invest in the company’s plants and offices to reduce waste.

24


Energia Energy

Fontes de energia Energy Sources

Consumo de energia por fonte

Energia

Consumo deofenergia Breakdown energy consumptionpor by sourcefonte Breakdown of energy consumption by source

Em função das obras previstas para 2009, definimos uma meta de consumo de energia maior que o consumo real de 2008. Atingimos o objetivo definido para 2009, porém elevamos o consumo em 1,39% em relação ao ano anterior. EN5

39,9% Gás natural

1,0%

31,2%

Biomassa

0,4% Óleo BPF

27,4%

Eletricidade

0,1%

Natural Gas

*

52,3%

Energia Renovável

Renewable Energy

Fontes de Energia

Biomass

GLP

LPG

BPF Oil

Electricity

Óleo diesel Diesel Oil

Energia Renovável Renewable Energy

Em 2009, 52,3% da energia consumida foi proveniente de fontes renováveis. Para cálculo da energia elétrica proveniente de fontes renováveis foram utilizadas informações do Ministério da Ciência e Tecnologia. EN3; EN4

* % de eletricidade considerando apenas

energia elétrica proveniente de fontes renováveis * % of eletricity considering only eletric energy from renewable sources

Tema da Matriz: Investir nas fábricas e nos escritórios da empresa para que se diminua o consumo de energia.

Energia - GJ/t Energy

1,726

1,603 1,550

1,531

1,510 1,501

2006 Meta

Target

2007

2008

2009

2009

2010

Real

Actual

Energy Due to works scheduled for 2009 our energy consumption target was higher than actual consumption in 2008. We achieved our target for 2009; however, consumption was 1.39% higher than the previous year. EN5 Energy Sources In 2009, 52.3% of our energy came from renewable sources. Information from the Ministry of Science and Technology was used to calculate the electrical energy from renewable sources. EN3; EN4 Matrix Topic: Invest in the company’s plants and offices to reduce energy consumption.

25


DESEMPENHO AMBIENTAL ENVIRONMENTAL PERFORMANCE

Indicadores Ambientais Não Manufatura Non-manufacturing Environmental Indicators

Indicadores Ambientais de Não Manufatura

Resíduo Total (kg/t produto comercializado) Total Waste (kg/t product commercialized)

% de Resíduos Reciclados

2008

2009

Meta 2010

6,12

3,76

3,7

17%

30%

35%

0,70

0,84

0,79

0,08

0,09

0,08

Target

% Recycled Waste

Energia (GJ/t comercializado) Energy (GJ/t commercialized)

Água (m3/t comercializado) Water (m 3/t commercialized)

Em 2009 prosseguimos melhorando nossa forma de monitoramento dos indicadores ambientais nas operações de não manufatura. Em função da melhor qualidade de monitoramento, algumas operações passaram a considerar emissões anteriormente não monitoradas, condição esta que ocasionou um desempenho ambiental mais desfavorável que no ano anterior.

Em função desta característica, o consumo de água apresentou uma elevação em relação a 2008. Mas, por outro lado, mesmo elevando a eficiência de monitoramento, a performance de geração de resíduos apresentou redução significativa e a porcentagem de resíduo reciclado (30%) foi ainda melhor que a de 2008 (17%).

Do total de resíduo enviado para destinação final, apenas 0,06% é classificado como resíduo perigoso. Tema da Matriz: Investir nas fábricas e nos escritórios da empresa para que se diminua o consumo de água, energia e a produção de resíduos.

Non-manufacturing Environmental Indicators In 2009 we continued to improve our monitoring of environmental indicators in non-manufacturing operations. Due to the higher monitoring quality, a number of operations began to take into account emissions not monitored previously, which led to a poorer showing compared with the previous year. This explains the increase in water consumption in comparison with 2008. On the other hand, even with more efficient monitoring, waste generation showed a significant year on year reduction and the percentage of waste recycled (30%) was even better than the 2008 figure (17%). Only 0.06% of the waste sent for final disposal is classified as hazardous. Matrix Topic: Invest in the company’s plants and offices to reduce water and energy consumption and waste production.

26


Conformidades Pesquisa e com leis e Desenvolvimento regulamentos Research and ambientais Development Compliance with environmental laws and regulations

Uso de compostos com menor impacto ambiental Use of lower impact compounds

Pesquisa e Desenvolvimento Research and Development

Conformidades com leis e regulamentos ambientais

Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) diretamente no centro do nosso negócio

Uso de compostos com menor impacto ambiental

Todas as nossas operações atendem a leis e regulamentos ambientais. A manufatura de Vinhedo está em processo de discussão jurídica, relativo a dois casos em andamento. EN28 Esta operação possui um Plano de Melhoria Ambiental (PMA) que visa adequar suas emissões de efluente líquido ao padrão de qualidade do rio onde é despejado seu efluente. Esse plano contempla melhorias estruturais da Estação de Tratamento de Efluentes, bem como revisão de procedimentos operacionais na produção, que reduzem a carga orgânica a ser tratada na estação. Esse plano, com conclusão prevista para dezembro/2010, tem sido acompanhado pelo órgão ambiental (CETESB) e pelo Departamento Jurídico da Unilever. Em 2009 a fábrica de Vinhedo recebeu a visita do fiscal do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) com o objetivo de checar possíveis irregularidades no processo de captação de águas profundas (poços artesianos), por solicitação do Ministério Público por meio de uma denúncia movida pelo Sindicato dos Químicos. Na ocasião da inspeção não foi identificada nenhuma irregularidade no processo de captação, monitoramento e reporte dessas informações. O parecer do DAEE foi encaminhado ao MP, conforme procedimento recomendado. Desde então não houve manifestação contrária ao relatório enviado pelo DAEE, assim como um parecer definitivo para o caso. A manufatura de Vinhedo continua monitorando o caso junto ao Departamento Jurídico.

A área de P&D da Unilever possui uma estrutura bastante sólida e forte, trabalhada em conjunto com nossas equipes do Brasil e do resto do mundo, possuindo pilares globais em algumas especialidades consideradas de extrema relevância, como Embalagens, Nutrição e CTI (Consumer Technical Insight). Esses pilares possibilitam um maior conhecimento técnico e sinergia nessas áreas específicas, além de proporcionar profundo entendimento dos consumidores. O tema sustentabilidade permeia toda essa estrutura e já há alguns anos mudou a forma como os projetos de inovação são pensados, desenvolvidos e executados. Em geral a elaboração dos projetos de inovação é trabalhada envolvendo diversas operações da Unilever espalhadas pelo mundo, e esses projetos são finalizados na operação onde a execução e a implementação serão feitas. Durante todo o processo de inovação o tema sustentabilidade aparece, seja evitando ou eliminando materiais de embalagem que possam causar impacto negativo ao meio ambiente; trabalhando forte na redução dos resíduos gerados nos nossos laboratórios; buscando materiais mais sustentáveis no desenvolvimento de uma embalagem; na preocupação com níveis de gordura, sódio e açúcar adicionados aos nossos produtos; ou nos programas de educação alimentar com nossos consumidores. PR1

No contexto da preocupação com o impacto de nossos produtos e processos produtivos sobre o ambiente, estamos buscando a eliminação, em escala mundial, do uso de compostos como PVC (Policloreto de Vinila), PVdC (Policloreto de Vinilideno) e PPC (Carbonato de Polipropileno), utilizados na produção das embalagens e de seus componentes. Tais compostos são muito pouco usados na Unilever Brasil e estão em processo de substituição por outros até o fim de 2010. Para os casos onde não há viabilidade técnica, um programa de pesquisa, já em andamento, tem como objetivo eliminá-los até o final de 2012.

Tema da Matriz: Iniciativas relacionadas ao controle de efluentes.

Tema da Matriz: Garantir a saúde e segurança do consumidor.

Meta: Até o final de 2010 esses componentes serão substituídos sempre que for tecnicamente viável. Nossa preocupação também se estende aos brindes oferecidos a nossos consumidores. Além de esses produtos passarem por um rigoroso processo de avaliação de segurança e saúde, nesse ano iniciamos a recomendação aos nossos fornecedores do não uso de PVC na sua confecção. Ao longo do ano, demonstramos nossa postura, aconselhando e orientando o não uso e informando sobre seus aspectos negativos. EN26 Tema da Matriz: Desenvolver alternativas para reduzir o impacto ambiental pós-consumo de seus produtos.

Compliance with environmental laws and regulations. All our operations are in strict compliance with environmental legislation and regulations. The Vinhedo plant is involved in a legal discussion related to two enquiries that are underway. EN28 In compliance with the environmental inspection authority (CETESB), the plant has an Environmental Improvement Plan (PMA in the Portuguese acronym) aimed at adjusting its liquid effluent emissions to the quality standards for the river into which they are discharged. This plan covers structural improvements to the Effluent Treatment plant, as well as a review of production operating procedures in order to reduce the organic load to be treated at the plant. This plan is underway and is scheduled to be concluded in December 2010. The plan is being monitored by a (CETESB) inspector and by the plant Environmental team, with support from the Unilever legal team. In 2009 the Vinhedo plant was inspected by an official from the Department of Water and Electricity or DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), who checked for possible irregularities in the deep water catchment process (Artesian wells) on the instructions of the Public Prosecution Office because of a complaint brought by the Sindicato dos Químicos (Chemists Union). No irregularities were encountered in the catchment process during the inspection. The DAEE report was sent to the Public Prosecutor according to procedure. Since then the DAEE report has not been contested, neither has there been a definite ruling on the case. The Vinhedo plant continues to monitor the case with the support of the legal team. Matrix Topic: Initiatives to control effluents. Research and Development (R&D) at the core of our business Unilever’s R&D area has a robust structure consisting of our teams in Brazil and the rest of the world. It is built on global pillars in some specialities considered to be highly relevant, such as Packaging, Nutrition and CTI (Consumer Technical Insight). These pillars enable a higher level of technical knowledge and synergies in these specific areas and provide us with in-depth consumer insight. The question of sustainability is central to the entire structure and has led to change in the way innovation projects are conceived, developed and executed. Generally innovation projects involve diverse Unilever operations worldwide, with the projects being finalized in the operation in which they will be executed and implemented. The question of sustainability is taken into account during the entire innovation process, whether it involves avoiding or eliminating packaging materials that may cause a negative environmental impact; seeking to reduce waste generated in our laboratories; looking for more sustainable materials to develop packaging; concern about the levels of fat, sodium and sugar added to our products; or nutritional education programmes for our consumers. PR1 Matrix Topic: Guarantee consumer health and safety. Use of lower impact compounds Due to our concern about the impact of our products and production processes on the environment, on a global level we are seeking to eliminate the use of compounds such as PVC (Polyvinyl Chloride), PVdC (Polyvinylidene chloride) and PPC (Polypropylene Carbonate), traditionally used in the production of packaging and packaging components. These compounds are used very little in Unilever Brazil and will be completely substituted by the end of 2010. For cases where this is not technically feasible, a research programme is underway to enable their complete elimination by the end of 2012. Target: Whenever technically viable, these components will be substituted by the end of 2010. Our concern is also extended to the gifts we offer consumers. These products are always submitted to a rigorous safety and health testing process. This year we began to recommend that our suppliers not use PVC in the manufacture of the gifts, informing them consistently about the negative effects of the use of this kind of material. EN26 Matrix Topic: Develop alternatives to reduce the post-consumption environmental impact of products.

27


DESEMPENHO AMBIENTAL ENVIRONMENTAL PERFORMANCE

Embalagem Secundária Secondary Packaging

Embalagem Secundária

A Unilever está sempre, de maneira global, buscando alternativas para reduzir materiais de embalagem, bem como procurando utilizar materiais biodegradáveis, recicláveis ou de fontes renováveis. Em uma iniciativa da Unilever Brasil, a partir de uma perspectiva holística, a área de Desenvolvimento de Embalagens trouxe a ideia de avaliar a performance de caixas produzidas com papelão reciclado, visando a implementar esse material em várias linhas de produtos. Iniciamos esse processo em 2008, quando a caixa de papelão reciclado foi introduzida na linha de desodorantes Rexona roll-on 30 ml. As caixas anteriores eram produzidas a partir de papel kraft (dois terços de fibra longa material virgem), implicando a necessidade de corte e replantio de árvores. Com a introdução das novas embalagens, que utilizam 100% de material reciclado, esse impacto é reduzido em 25%. Além disso, a preferência pelo material reciclado também tem importância social, já que valoriza a coleta e o emprego de catadores. EC2 O sucesso desta ação permitiu, em 2009, avaliar a possibilidade de implementar caixas de papelão reciclado na linha de desodorantes roll-on 50 ml das marcas Rexona, Dove e Axe. Fizemos um estudo elaborado, cujas análises permitiram concluir que é tecnicamente possível realizar essa substituição em 2010. EN26 Meta: Essa meta de substituição se estenderá nos próximos anos a outras linhas de produtos de higiene pessoal, sempre que o papelão puder ser empregado em embalagens de transporte.

Com a introdução das novas embalagens, que utilizam 100% de material reciclado, esse impacto é reduzido em 25%.

Também tem importância social, já que valoriza a coleta seletiva e o emprego de catadores.

Tema da Matriz: Desenvolver alternativas para reduzir o impacto ambiental pós-consumo de seus produtos.

Secondary Packaging Unilever is constantly seeking ways to reduce consumption of packaging materials and to use biodegradable, recyclable or renewable materials in its packaging. The Unilever Brazil Packaging Development area decided to evaluate the performance of boxes made from recycled carton with a view to using this material in a number of its product lines. This process was begun in 2008, when shipping cartons made of recycled cardboard were introduced on the Rexona 30 ml roll-on deodorant production line. Previously, the boxes had been made of virgin two-thirds long-fibre Kraft paper, which implies cutting down and replanting trees. With the introduction of the new boxes using 100% recycled material, the environmental impact is reduced by 25%. Furthermore, the use of recycled material is socially important, valuing the act of recycling and generating employment. EC2. In 2009, the success of the initiative led to a study to evaluate the use of recycled cardboard on the Rexona, Dove and Axe 50 ml deodorant lines. Analyses indicate that it would be technically viable to implant this substitution in 2010. EN26 Target: In coming years, this substitution will be implanted on other personal hygiene product lines whenever the recycled cardboard can be used in shipping packaging. Matrix Topic: Develop alternatives to reduce the post-consumption environmental impact of products. With the introduction of new packaging, using 100% recycled material, this impact is reduced by 25%. It is also socially important, since it values the act of collection and provides employment for collectors.

28


Green IT Green IT

Colaborando com a Amazônia Supporting the Amazon region

Green IT Green IT

Colaborando com a Amazônia

Colaborando com a Amazônia

Supporting the Amazon region

Supporting the Amazon region

Green IT

Em 2008 foi estruturado, em nível global, o Projeto Green IT, com o objetivo de minimizar os impactos de nossas operações de Tecnologia da Informação (TI) no meio ambiente, assim como os impactos dos negócios por ela suportados. Nesse mesmo ano, algumas iniciativas já foram realizadas, como a consolidação de impressoras – que proporcionou redução de lixo tecnológico e consumo de energia – e a transferência do escritório de TI de São Paulo para um prédio apto a receber o certificado LEED (certificação de Green Building reconhecida internacionalmente). O prédio Rochaverá foi o escolhido para acolher nossa área de TI. Todos os documentos para a obtenção da certificação verde já estão prontos e foram submetidos à entidade certificadora USGBC (U.S. Green Building Council), que deverá aprovar o certificado no primeiro semestre de 2010. EN14 Em 2009, uma nova ação já demonstrou enorme sucesso: o Projeto Push Printing Brazil, em parceria com a HP. O projeto piloto foi aplicado em nossos escritórios JK1, JK2, Rochaverá e em outros 33 sites do Brasil. Ele consiste em implementar a requisição de senha para o uso da impressora. Desse modo, para que um documento possa ser impresso, o usuário deve deslocar-se até a impressora e digitar uma senha, o que estimula o funcionário a imprimir apenas o que for realmente necessário. O desenvolvimento desse projeto derivou da constatação de que nossos colaboradores imprimiam cerca de 27 páginas por dia, número

Colaborando com a Amazônia

que consideramos elevado. Com o objetivo inicial de reduzir 30% das páginas impressas no primeiro mês de implementação, fizemos uma forte comunicação interna, e a parceria com a HP foi essencial para o sucesso da ação. Para nossa grande satisfação, no primeiro mês de implementação, que ocorreu em setembro, conseguimos superar a meta inicial de redução, diminuindo em 35% o número de páginas impressas. Pretendemos que em 2010 essa redução seja mantida. EN26 Continuaremos incentivando e conscientizando nossos colaboradores sobre a importância de não imprimir desnecessariamente e sobre a economia ambiental que isso poder trazer. Tema da Matriz: Investir nas fábricas e escritórios da empresa para diminuir o consumo de energia e a produção de resíduos.

O relatório A Farra do Boi na Amazônia, elaborado pela ONG (organização não governamental) Greenpeace, revelou que a indústria da pecuária no Brasil é uma das responsáveis pelo desmatamento de grandes áreas da Amazônia. A ONG iniciou então um importante processo de incentivo para que o setor pecuário realize esforços no sentido de reduzir o desmatamento e, consequentemente, o impacto das emissões globais de gases de efeito estufa. Para nós a principal matéria-prima relacionada ao setor pecuarista é o sebo, um subproduto do abate bovino, utilizado na produção de sabonetes. Assim que o relatório do Greenpeace foi apresentado, entramos em contato com nossos principais fornecedores e ficamos muito satisfeitos com a postura apresentada por eles, em serem pró-ativos na apresentação de evidências e planos de ações para combater o problema. Foram apresentados documentos de controle demonstrando que nosso processo não é proveniente de desmatamento. Nossos fornecedores de sebo assinaram o pacto ambiental proposto pelo Greenpeace, firmando um compromisso público de não aceitar gado de fornecedores envolvidos com o desmatamento da Amazônia. A Unilever também recebeu uma carta com reconhecimento do Greenpeace pela relação que tivemos para com nossos fornecedores quanto ao tratamento dado a este tema. Tema da Matriz: Ser uma empresa lucrativa, ética e transparente.

Green IT In 2008, Unilever initiated its global Green IT project, aimed at reducing the environmental impact of our Information Technology (IT) operations and, by extension, that of the businesses which they support. The same year a number of initiatives were implemented, such as the consolidation of printers, leading to a reduction in technological waste and energy consumption. Another measure was the transfer of the São Paulo IT office to the Rochaverá building, which has the specifications to receive the internationally recognized LEED green building certification. All the certification documentation has been submitted to the USGBC (U.S. Green Building Council), which is expected to approve the application in the first half of 2010. EN14 In 2009, a new measure achieved great success. This was the Push Printing Brazil project, executed in partnership with HP. The pilot project was carried out at our JK1, JK2, Rochaverá offices and at another 33 sites in Brazil. This project involves the use of a password in order to print documents. To print a document the user must go to the printer and key in his/her password. The project is aimed at encouraging employees to only print documents that are strictly necessary. The project was implanted after it was established that our employees printed on average 27 pages a day, a number we considered to be high. Setting an initial target of a 30% reduction in the number of pages printed, we ran an intensive internal communication campaign to publicize the initiative. The project was implemented in September and the results exceeded our initial target, providing a 35% decrease in the number of pages printed. The partnership with HP was essential for the successful outcome of this project, and it is our intention to maintain this reduction for 2010. EN26 We will continue to educate our employees in the importance of not printing documents unnecessarily and of saving natural resources. Matrix Topic: Invest in the company’s plants and offices to reduce energy consumption and waste production. Supporting the Amazon region The report A farra do Boi na Amazônia, published by the NGO Greenpeace, revealed that the Brazilian cattle breeding industry contributes to the deforestation of large parts of the Amazon region. This spurred Greenpeace to start encouraging the industry to reduce deforestation and, by extension, the impact of greenhouse gas emissions. For Unilever Brazil, the main raw material supplied by the livestock sector is fat, a by-product from cattle slaughter used in the production of toilet soaps. With the publication of the Greenpeace report, we contacted our main suppliers. We were pleased with their reaction and their proactive stance in presenting evidence and showing us their plans to combat the problem. They showed us their controls, proving that the raw materials supplied to Unilever do not come from deforested regions. Our suppliers signed the environmental pact proposed by Greenpeace, assuming a public commitment not to accept cattle from breeders involved in the deforestation of the Amazon region. Unilever received a letter from Greenpeace commending the company on its positioning in this issue. Matrix topic: Be a profitable, ethical and transparent company.

29


DESEMPENHO AMBIENTAL ENVIRONMENTAL PERFORMANCE

Cartilha de Meio Ambiente

Cartilha de Meio Ambiente

Environmental Handbook

Environmental Handbook

Cartilha de Meio Ambiente

Cartilha de Meio Ambiente

Environmental Environmental Handbook Handbook

Cartilha de Meio Ambiente

Nosso compromisso com a sociedade e o meio ambiente é uma realidade que a cada ano se torna mais forte e presente em nossa relação com fornecedores, consumidores e colaboradores. A Cartilha de Meio Ambiente é que destaca as principais iniciativas de ações sustentáveis tomadas para consolidar esse compromisso. As informações dispostas na Cartilha estão baseadas em cada uma das etapas do ciclo de vida dos produtos, envolvendo desde as parcerias desenvolvidas com fornecedores até ações voltadas ao consumidor final e à correta destinação dos resíduos. Isso é o que nos permite fazer um balanço dos impactos ambientais e da necessidade de amenizá-los e disseminar a ideia de sustentabilidade. O resultado dessas iniciativas aparece na redução constante nos indicadores ambientais (medidos por tonelada produzida) e na crescente conscientização dos agentes envolvidos em cada etapa do ciclo de vida dos produtos. A 2ª edição da Cartilha traz novidades, como os cases de ecoinovação de produtos e embalagens – que conta com um eficaz planejamento de operações logísticas desenvolvido para reduzir os impactos ambientais da distribuição e venda de nossos produtos; iniciativas sustentáveis dentro dos escritórios – e como a Green IT, que visa minimizar impactos das operações de tecnologia da informação. A alternativa em formato eletrônico, mais interativo e de fácil navegação, proporciona

economia de papel em relação à versão impressa e é mais uma novidade da publicação que ilustra nosso compromisso com um mundo mais sustentável. Para conhecer a nossa Cartilha de Meio Ambiente acesse: www.unilever.com.br

Environmental Handbook Our commitment to society and the environment is a growing element in our relations with suppliers, consumers and employees. The Environmental Handbook highlights the major sustainability initiatives undertaken by the company to consolidate this commitment. The information in the handbook is organized around each one of the stages of the product life cycle, ranging from partnerships with suppliers to actions aimed at the end consumer and the environmentally correct disposal of waste. This is what enables us to make a balance of our environmental impacts, decide how to mitigate these and support the cause of sustainability. The result of these initiatives appears in the ongoing reduction of our environmental indicators (measured in terms of tons produced) and the growing awareness of the agents involved at each stage of the product life cycle. The 2nd edition of the Handbook presents some novelties, such as cases of eco-innovation in products and packaging and the effective planning of logistics operations to reduce environmental impacts from the distribution and sale of our products; and sustainable initiatives in our offices, like Green IT, aimed at minimizing impacts caused by information technology operations.The electronic version, more interactive and easier to navigate, saves paper and is yet another novel aspect of the publication that illustrates our commitment to a more sustainable world. To see the Environmental Handbook, please access www.unilever.com.br

30


ENGAJAMENTO COM CLIENTES Mensagem do Vice-Presidente de Vendas

Há 10 anos iniciamos em parceria com o Pão de Açúcar uma ação então inovadora: as Estações de Reciclagem, hoje considerado um projeto referencial. Naquela época, pouco ainda era falado em relação à sustentabilidade, mas, atualmente, percebemos um avanço na incorporação de práticas socioambientais na gestão de nossos clientes, e podemos inclusive salientar a atuação da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), que vem estimulando esse movimento. Nossa estratégia global é dobrar o negócio reduzindo o impacto ambiental. Para tanto a área de Vendas está em permanente processo de diálogo com diversos clientes, buscando sempre um posicionamento pautado nos aspectos fundamentais da sustentabilidade: desempenho ambiental, social e econômico. Durante o ano de 2009 começamos a elaborar um projeto bastante diferenciado: em parceria com uma empresa de montagem de displays e com uma Universidade, de renome internacional, que possibilitará o desenvolvimento de um produto totalmente reciclável. Pretendemos já em 2010 disponibilizá-lo aos clientes, oferecendo assim uma opção adequada às novas preocupações e desejos do mercado voltados para o crescimento sustentável. Estamos presentes nas mais diferentes regiões do Brasil - nossos produtos atingem 100% dos lares brasileiros -, assim, temos como papel fundamental trabalhar em conjunto com nossos parceiros na elaboração de estratégias e ações cada vez mais fortalecidas e diferenciadas.

“Nossa estratégia global é dobrar o negócio reduzindo o impacto ambiental, para tanto a área de Vendas está em permanente processo de diálogo com diversos clientes, buscando sempre um posicionamento pautado nos aspectos fundamentais da sustentabilidade...” Julio Campos, Vice-Presidente de Vendas

Julio Campos Vice-Presidente de Vendas Customer Engagement Message from the Vice President Sales Ten years ago we initiated a partnership with the Pão de Açúcar supermarket chain in what was then an innovative initiative: Recycling Stations, which are now considered a benchmark in this area. At that time, little was said about sustainability. Nowadays, however, we can see a significant advance in the incorporation of responsible socio-environmental practices among our customers, encouraged by ABRAS, the Brazilian Supermarket Association. Our global strategy is to double the size of the business while reducing our environmental impact. In consequence of this, the Sales area maintains a permanent dialogue with diverse customers, sustaining a position based on the fundaments of sustainability: environmental, social and economic performance. In 2009 we initiated a very differentiated project in partnership with a display assembly company and an internationally renowned university which will enable the development of a completely recyclable product. We intend to make this available to our customers in 2010, in full alignment with the current market demands and concerns about sustainable growth. We are present in the most diverse regions of Brazil, and our products reach every Brazilian home. This means that we, together with our partners, have a fundamental role to play in the formulation of stronger and more differentiated strategies and actions. Julio Campos, Vice President Sales

31


DESEMPENHO AMBIENTAL ENVIRONMENTAL PERFORMANCE

Estações de Reciclagem Recycling Stations

Estações de Reciclagem Recycling Stations

Estações de Reciclagem Recycling Stations

Estações de Reciclagem Unilever - Pão de Açúcar

Criado em 2001 em parceria com o Grupo Pão de Açúcar, o projeto, pioneiro em seu formato, tem como marco central a aplicação do conceito de responsabilidade compartilhada, em que a indústria, o varejo, a comunidade, os consumidores e o poder público combinam esforços e ações para o gerenciamento dos materiais recicláveis. Por meio de pontos de entrega voluntária (PEVs), disponíveis nas áreas externas de lojas da rede, os consumidores entregam suas embalagens pós-consumo para reciclagem. • 11 novas Estações de Reciclagem inauguradas em 2009, contabilizando 110 Estações de Reciclagem em 8 estados, além do Distrito Federal - 31 municípios. • Entre 2001 e 2009 foram arrecadadas mais de 32,6 mil toneladas de materiais recicláveis. • Entre 2007 e 2009 foram arrecadados mais de 275 mil litros de óleo de cozinha. Em 2009 tivemos recorde de arrecadação anual: • 7,1 mil toneladas de materiais recicláveis, o que representa um crescimento de 13% em relação a 2008. • Mais de 140 mil litros de óleo de cozinha, o que representa um crescimento de 21% em relação a 2008. Todo material arrecadado pelo projeto é doado para 33 cooperativas parceiras, gerando renda para mais de 612 cooperados direta e indiretamente. EN27 Tema da Matriz: Iniciativas relacionadas ao controle de resíduos.

Unilever - Pão de Açúcar Recycling Stations The pioneering project, created in 2001 in partnership with the Pão de Açúcar Group, is centred on the concept of shared responsibility, whereby industry, the retail trade, the community, consumers and the public authorities join forces to manage recyclable materials. Consumers deliver their post-consumption packaging for recycling to sites located in the external areas of the chain’s outlets. • 11 new recycling stations inaugurated in 2009, making a total of 110 recycling units in 8 states, as well as the Federal District - 31 municipal regions. • A total of 32.600 metric tons of recyclable materials collected between 2001 and 2009. • More than 275,000 litres of cooking oil collected between 2007 and 2009. Record volumes collected in 2009: EN27 • 7,100 metric tons of recyclable materials, 13% up on 2008. • More than 140,000 litres of cooking oil, 21% up on 2008. All the materials collected by the project are donated to 33 cooperative partners, directly or indirectly generating income for more than 612 people. Matrix Topic: Initiatives to control waste.

32


Projeto End-to-End Pacto Pela Projeto End-to-End Sustentabilidade Sustentabilidade – Sustentabilidade de Ponta a Ponta Walmart de Ponta a Ponta End-to-End Sustainability Project

Sustainability Pact – Walmart

End-to-End Sustainability Project

Projeto End-to-End Sustentabilidade de Ponta a Ponta

Projeto End-to-End Sustentabilidade de Ponta a Ponta

End-to-End Sustainability Project

End-to-End Sustainability Project

Pacto Pela Sustentabilidade – Walmart

Em 2009 fortalecemos nossa parceria com o Walmart ao assinarmos o seu Pacto Pela Sustentabilidade. 4.12 Analisamos as propostas do Pacto e nos reunimos com representantes do Walmart para esclarecer dúvidas e propor sugestões antes de nos comprometermos, garantindo um processo de diálogo entre ambas as partes. Já temos projetos desenvolvidos para muitos dos compromissos exigidos pelo Pacto e muitas outras ações que estão se robustecendo cada vez mais por meio da estratégia UB2012. Em 2009, por exemplo, trabalhamos juntos na ativação do Comfort Concentrado, com o objetivo de educar o consumidor sobre os benefícios ambientais e econômicos desta inovação. Com base no Pacto e nessa experiência, estamos integrando algumas iniciativas da Unilever com a demanda do Walmart, como o projeto no setor de Limpeza Doméstica, no qual já temos um conhecimento importante no desenvolvimento de produtos concentrados. Vamos em conjunto buscar estimular mais os consumidores a procurarem esse tipo de produto, que tem como importantes benefícios a redução no consumo de matéria-prima na fabricação de embalagens e a redução no volume de resíduo pós-consumo. EN26. Em 2010 seguiremos com nosso compromisso de fomentar a sustentabilidade, ampliando as iniciativas com este parceiro por meio de ideias nos diversos processos relacionados à cadeia de fabricação de produtos.

Para conhecer mais informações sobre o Pacto acesse: www.walmartbrasil.com.br/summit/pacto/ Tema da Matriz: Desenvolver alternativas para reduzir o impacto ambiental pós-consumo de seus produtos.

Projeto End-to-End Sustentabilidade de Ponta a Ponta Durante o ano de 2009 nos empenhamos na elaboração e construção de um projeto pioneiro no varejo brasileiro, sobre a diminuição dos impactos socioambientais de nossos produtos. O projeto, que foi desenvolvido em conjunto com a rede Walmart Brasil e outras indústrias parceiras, foi batizado de End-to-End – Sustentabilidade de Ponta a Ponta e consiste no acompanhamento rigoroso do ciclo de vida dos produtos, desde a escolha de suas matérias-primas até o descarte dos resíduos finais. Todos os participantes apresentaram produtos desenvolvidos com o intuito de gerar menor impacto ao meio ambiente e à sociedade, por meio de modificações em uma ou mais etapas de sua cadeia de produção. O Comfort Concentrado foi o produto que escolhemos para representar os esforços da Unilever nesse âmbito. Para cada unidade produzida alcançamos os seguintes resultados:

• 63% de redução do consumo de papel na caixa de papelão utilizada no transporte e na distribuição do produto; • 37% de redução do consumo de plástico para a produção da embalagem; • 78% de redução no uso de água na formulação do produto; • 37% de redução da quantidade de resíduo sólido no pós-consumo; • 71% de redução de CO2 no transporte do produto; • Proporcionou maior espaço na prateleira para clientes; • Produto de qualidade com preço inferior para os consumidores. Além desses resultados, é importante ressaltar também a comunicação do Comfort Concentrado com os consumidores, com foco em educação ambiental, informando os conceitos e as vantagens do uso de produtos concentrados. Meta 2010: O lançamento do projeto “End-to-End – Sustentabilidade de Ponta a Ponta” em janeiro de 2010, disponibilizando aos consumidores mais informações e maior oferta de opções de produtos sustentáveis, possibilitando assim escolhas mais conscientes. Tema da Matriz: Desenvolver alternativas para reduzir o impacto ambiental pós-consumo de seus produtos.

Sustainability Pact – Walmart In 2009 we reinforced our partnership with Walmart by signing its Sustainability Pact. 4.12 We analyzed the proposals set forth in the Pact and met with Walmart representatives to clarify doubts before committing to it, ensuring an open dialogue between the companies. We already run projects in line with many of the commitments set forth in the Pact. A number of other actions are also growing in importance in function of our UB2012 strategy. In 2009, for example, we worked together on the activation of Comfort Concentrado, the aim being to educate consumers as to the environmental and economic benefits of concentrated products. Based on the Pact and our past experience, we are integrating some Unilever initiatives with Walmart requests, such as a project in the Domestic Cleaning sector in which our know-how in the development concentrated products is important. Unilever and Walmart will jointly encourage consumers to use this kind of product, which offers important advantages such as reduced raw material consumption in the manufacture of packaging and reduced volumes of post-consumption residues. EN26. In 2010, we will reinforce our commitment to sustainability, increasing the number of joint initiatives with this partner across a number of production chain processes. For more information about the Pact see: www.walmartbrasil.com.br/summit/pacto/ Matrix Topic: Develop alternatives to reduce the post-consumption environmental impact of products. End-to-End Sustainability Project In 2009, we participated in the execution of a pioneering project in the Brazilian retail trade involving the socio-environmental impact of our products. The project, which was developed jointly with Walmart Brazil and other partnering companies, was named the End-to-End Sustainability Project and consists of the rigorous tracking of product life cycles, from the selection of raw materials to the ultimate disposal of residues. All of the participants presented products designed to generate a lower impact on the environment and society through alterations to one or more stages of the production chain. Comfort Concentrado was the product we chose to represent Unilever efforts in this field. Each unit of our product yields the following results in terms of reduced impact: • 63% reduction in the cardboard employed in boxes used to transport and distribute the product; • 37% reduction in the plastic used in the pack; • 78% reduction in the water used in the product formulation; • 37% reduction in quantity of post-consumption solid waste; • 71% reduction in CO2 emissions during transportation of the product; • More free shelf space for customers; • Quality product at a lower price for consumers. Comfort Concentrado communication with consumers is also worthy of mention. It has an educational focus, informing consumers of the environmental concepts involved and the advantages of using concentrated products. 2010 Target: Launch of the Endto-End Sustainability project in January 2010, providing consumers with more information and a wider choice of sustainable products, enabling them to make more conscious choices. Matrix Topic: Develop alternatives to reduce the post-consumption environmental impact of products.

33


DESEMPENHO ECONÔMICO Economic Performance

Estratégia Econômica: investindo em nossa gestão Economic Strategy: investing in management

Informações Financeiras Financial Information

Remuneração Remuneration

Estratégia Econômica: investindo em nossa gestão

Em 2008, elaboramos o planejamento estratégico UB2012, construído com o envolvimento de nossos funcionários. Nesse planejamento, apostamos em um conjunto de políticas e práticas que valorizam não apenas nosso negócio, mas também nossos profissionais. O UB2012 foi construído possibilitando levantar cenários futuros e analisar a condução de nosso negócio em longo prazo. A atuação da empresa foi organizada a partir de uma perspectiva de trabalho baseada em cinco pilares:

consolidamos e disponibilizamos nossas informações financeiras por meio de números globais. A Unilever global é empresa de capital aberto com ações negociáveis na bolsa, e em 2009 liderou pelo 11º ano consecutivo o Índice Dow Jones de Sustentabilidade no setor de Alimentos e Bebidas. Em 2009, o faturamento global foi de € 39.823,00 bilhões, e no Brasil nosso faturamento se consolidou em R$ 11.058,00 bilhões. EC1; EC4

• Acelerar o crescimento, ganhando share muito acima do crescimento do mercado brasileiro; • Lucrar por meio da nossa escala e com produtos de maior valor agregado; • Promover a transformação sustentável na sociedade; • Aumentar a eficiência por meio de capabilities de longo prazo; • “Integrar os rios” unindo desempenho do negócio e transformação cultural. Essa estratégia foi fundamental para a segurança de nosso crescimento em 2009, e pretendemos em 2010 manter todos os nossos investimentos previstos para nossas diversas áreas.

A remuneração de nossos funcionários é cuidadosamente analisada, com o objetivo de atrair e reter sempre os melhores colaboradores. Nossas políticas de remuneração estão alinhadas às práticas do mercado, e realizamos pesquisas neste sentido para nos mantermos sempre competitivos. É por meio delas que determinamos os critérios comparativos de nossa remuneração, que são os níveis organizacionais e/ou a área de atuação. Assim, a discriminação da remuneração a partir de critérios como gênero ou faixa etária não é foco de nossa análise. Acreditamos na igualdade salarial, portanto não consideramos que aspectos como os mencionados devam ser determinantes na definição salarial. Os principais critérios de nossa política de remuneração estão relacionados a avaliação de desempenho e potencial de cada funcionário, verificados por meio da mensuração quantitativa e qualitativa dos resultados em relação às metas traçadas anualmente. LA14 Essas metas são definidas por intermédio de um processo chamado Compass. É por meio deste que desenvolvemos nosso planejamento estratégico anual, com metas específicas para cada área, nos aspectos de

Informações Financeiras Presente em mais de 150 países e atendendo diariamente cerca de 160 milhões de pessoas, a Unilever é uma das empresas de produtos de consumo mais bem-sucedidas do mundo. No Brasil atuamos em 17 categorias de produtos e somos líderes em 10 delas, e ao longo de um ano nossos produtos atingem 100% dos lares brasileiros. Por sermos no Brasil uma empresa limitada,

34

Remuneração

desempenho social, ambiental e econômico. Em 2009, também foram estabelecidas metas de segurança em todos os planos estratégicos de todas as áreas da companhia. A partir de 2010, esse mesmo trabalho será feito em relação a metas ambientais. 4.5; 4.7 Tema da Matriz: Garantir salários iguais ou superiores aos que são praticados no mercado.

Regras de salário mínimo EC5 Rules for Minimum Salary

Reais (R$) Real

500 450 400 350 300 250 200 150 100 50 0

2007 Menor salário praticado pela Unilever

Lowest salary paid by Unilever

2008

2009 Salário mínimo base federal (2009) Minimum salary federal base (2009)

Economic Strategy: investing in management In 2008, we formulated our UB2012 strategic planning with the involvement of our employees. This planning incorporates a set of policies and practices that not only value the business, but also our human resources. UB2012 permits the company to project future scenarios and assess our long-term business performance. The company’s activities will be predicated on five strategic thrusts: • To accelerate growth, gaining share far beyond the growth of the Brazilian market; • To profit from our scale with higher added value products; • To promote the sustainable transformation of society; • To increase efficiency by means of long-term capabilities; • “To integrate the rivers” merging business performance with cultural transformation. This strategy was fundamental in ensuring our growth in 2009, and in 2010 we intend to maintain all the investments projected for the diverse company areas. Financial Information Present in more than 150 countries and serving around 160 million people on a daily basis, Unilever is one of the most successful consumer goods companies in the world. In Brazil we operate in 17 product categories and are the leader in 10 of them. In the course of a year, our products reach 100% of Brazilian homes. Operating as a limited company in Brazil, we disclose our financial information through our global numbers. Globally, Unilever is a publicly traded company. In 2009, it was number one in the Foods and Beverages sector of the Dow Jones Sustainability Index for the 11th year running. Global revenues in 2009 were € 39.823 billion. Consolidated revenues in Brazil totalled R$ 11.058 billion. EC1; EC4 Remuneration Our employee remuneration is carefully analyzed with the objective of attracting and retaining the best employees. Our remuneration policies are in line with market practices, and we conduct remuneration surveys to guarantee our competitiveness, enabling us to make comparisons by organizational level and/or area of activity. Our analyses do not take into account criteria such as gender or age. We believe in equal pay and we do think such factors should influence salary. The main criteria for our remuneration policy involve assessment of each employee’s performance and potential,measured quantitatively and qualitatively against annual targets. LA14 These targets are determined by means of a process known as Compass. This process is used to develop our annual strategic planning, with specific targets for each area, encompassing social, environmental and economic performance. In 2009, safety targets were incorporated into the strategic plans of all company areas. From 2010, this process will be extended to environmental targets. 4.5; 4.7 Matrix Topic: Guarantee salaries on a par with or above market rates.


Benefícios oferecidos a todos os nossos colaboradores Benefits provided for all employees

Benefícios oferecidos a todos os nossos colaboradores8 LA3 Benefits provided for all employees8

Assistência Médica

Auxílio-Funeral

Assistência Odontológica

Auxílio-Creche (mães) ou Creche (pais ou mães) nos sites JK1 e JK2, para crianças com até 2 anos de idade

Medical Assistance

Funeral allowance

Dental Assistance

Creche allowance (mothers) or Creche (fathers and mothers) at the JK1 and JK2 sites for children up to 2 years of age

Seguro de Vida em Grupo

Reconhecimento por tempo de serviço (15 anos - relógio de pulso; e 25 anos - 1 salário mensal líquido)

Group Life Insurance

Awards for length of service (15 years – wrist watch; 25 years - 1 net monthly salary)

Seguro contra Acidentes (estagiários)

Cesta de Natal

Seguro de Vida em viagens internacionais

Brinquedo de Natal

Plano de Contribuição Definida - Previdência Privada - UnileverPrev

Estação Unilever: Loja com produtos Unilever com desconto

Accident Insurance (interns)

Christmas Hamper

Life Insurance for international travel

Toy at Christmas

Private Pension Plan - UnileverPrev

Estação Unilever: Discount store with Unilever products

Plano de Assistência Médica na Aposentadoria - UnileverPrev

Vale-Refeição ou Restaurante (fábricas)

Convênio Farmacêutico

Vale-Transporte (cargos administrativo, operacional e estagiários)

Programas de Medicina Preventiva (Vacinação, ginástica laboral, campanhas)

Ônibus fretado (fábricas)

Check-up Médico (a partir do nível gerencial)

Auxílio para compra de material escolar (Acordo Coletivo)

Auxílio ao filho excepcional

Estacionamento no local de trabalho (de acordo com critérios da localidade)

Retirement Medical Plan - UnileverPrev

Subsidized purchase of medicine

Preventive medical programmes (vaccination, workplace exercises, campaigns)

Medical check-up (from management level)

Allowance for disabled children 8 8

Meal vouchers or canteen (plants)

Transportation voucher (administrative and operational levels and interns)

Company bus (plants)

Allowance for school materials purchases (Collective Agreement)

Parking (according to site criteria)

Entregamos também o benefício Veículo Designado aos colaboradores de período integral, a partir do cargo de vice-presidente.

A vehicle is provided for full-time employees from vice president level on.

Desde 1981 oferecemos aos colaboradores o benefício de Previdência Complementar. Em 2003 foi implantado o Plano de Contribuição Definida UnileverPrev e na época os participantes do Plano de Benefício Definido e do Plano de Benefícios Previrefinações puderam optar pela migração para o novo plano. Todos os planos de aposentadoria administrados pela UnileverPrev

possuem a finalidade de complementação de benefício na aposentadoria, porém as características do novo plano estão alinhadas com o mercado e oferecem maior flexibilidade ao participante para efetuar contribuições individuais e recebimento do benefício. O Plano de Contribuição Definida UnileverPrev prevê a concessão de benefício de

aposentadoria Normal (60 anos de idade e 3 anos de participação) e Antecipada (entre 55 e 59 e 11 meses de idade e 3 anos de participação no plano), o benefício mínimo, auxílio-doença, benefício por invalidez, pensão por morte e ainda os institutos obrigatórios: Autopatrocínio, Diferimento, Portabilidade e benefício de Resgate. EC3

Since 1981 we have offered employees a supplementary pension benefit. In 2003, the UnileverPrev Defined Contribution Plan was implanted. At the time, participants in the Previrefinações Defined Benefit Plan and the Benefits plan were given the choice to migrate to the new plan. All the pension plans administered by UnileverPrev are aimed at supplementing the state plan. However, the new plan is aligned with the market and offers the participant greater flexibility in making individual contributions and in receiving the benefit. The UnileverPrev Defined Contribution Plan includes the concession of normal retirement (60 years of age and 3 years contribution) and early retirement (between 55 years and 59 years and 11 months of age and 3 years contribution), the minimum benefit, illness allowance, invalidity benefit, pension upon death, as well as the mandatory options of self-sponsorship, deferment, portability and withdrawal. EC3

35


DESEMPENHO SOCIAL Social Performance

Estratégia Social Bem-Estar Compartilhado

Nossa Governança Governance

Social Strategy – Shared Well-Being

Estratégia Social Bem-Estar Compartilhado

Somos uma organização que preza pelo bemestar de todos aqueles que estão direta ou indiretamente relacionados a nossas atividades. Em nossos 80 anos de história, praticamos e compartilhamos valores e princípios em todas as esferas de relacionamento e em todas as etapas do negócio. Estamos continuamente aprimorando nosso diálogo e compromisso com os diferentes públicos com os quais atuamos, promovendo um trabalho baseado nos direitos humanos, nos Princípios do Pacto Global das Nações Unidas e reforçando uma conduta ética e íntegra, por meio de nosso Código de Princípios de Negócios. Nossos colaboradores são o elemento central de nosso desempenho, por isso questões ligadas a sua realização profissional, ao equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal e a sua capacidade de contribuir em condições iguais de trabalho são prioritárias para nós. Fazemos o máximo possível para manter nossos locais de trabalho seguros e saudáveis e para termos um ambiente organizacional inclusivo. Nosso grande objetivo é a qualidade de vida dos consumidores. Para tanto, promovemos marcas líderes e únicas, com produtos que fazem com que as pessoas se sintam bem. Nossa missão de levar vitalidade não seria possível sem o trabalho que realizamos junto à comunidade. Privilegiamos projetos capazes de gerar transformação na sociedade, integrando trabalho social à estratégia corporativa da

empresa, por meio de ações sólidas e efetivas que implicam diversos stakeholders. No topo de todas as nossas ações está o desejo de ajudar a melhorar o mundo – por meio da ética, da dignidade, do respeito, da saúde e do prazer em viver bem.

Nossa Governança Para a organização de nossa estratégia UB2012 criamos em 2008 o ELT – Extended Leadership Team, um grupo formado por colaboradores representantes de todas as nossas áreas, a partir do nível gerencial. Em 2009 esse grupo se manteve trabalhando no planejamento da companhia, por meio de reuniões periódicas para a discussão de metas e estratégias, considerando sempre as variáveis social, econômica e ambiental. O desempenho da companhia e a implementação de suas metas são acompanhados por meio de nossos fóruns de negócio, onde se discute abertamente com os times envolvidos como estamos frente as metas estabelecidas. Nesses fóruns também se definem novos direcionamentos de acordo com o planejamento traçado e novas demandas que podem surgir. Este processo se dá de forma conjunta com todos os times diretamente envolvidos e é liderado pelo ELT. 4.1; 4.4; 4.9; 4.10

Social Strategy – Shared Well-Being At Unilever we are concerned about the well-being of all those directly or indirectly involved in our activities. In our eighty years of existence, we have practiced and shared values in all our spheres of relationship and at all stages of the business. We continually refine our dialogue and commitment to all our stakeholders, based on human rights, on the Principles of the United Nations Global Pact, and on the guarantee of integrity and ethical conduct through our Code of Business Principles. Our employees are at the core of our performance. For this reason, their professional realization, the balance between work and their personal life and their capacity to contribute through equal work conditions are a priority for us. We make every effort to maintain a safe and healthy work place and to ensure an inclusive organizational environment. Our ultimate objective is the quality of life of our consumers. This is why we build unique, market-leading brands, offering products that make people feel good. Our mission to add vitality would not be possible without the work we do with the community. We promote projects that generate social transformation, integrating social work and business strategy through robust, effective actions that engage diverse stakeholders. Above all, we want to make the world a better place – characterized by ethical behaviour, dignity, respect, health and quality of life. Governance To formulate our UB2012 strategy in 2008 we created the Extended Leadership Team, a group consisting of employees from all areas of the company, from management level on. Throughout 2009 this group worked on the company’s planning, engaging in periodic meetings to discuss targets and strategy and always taking into account social, economic and environmental variables. Company performance and the implementation of its targets are monitored through business forums in which our progress against the targets is discussed openly with the teams involved. These forums also decide on new directions to be pursued in accordance with the planning and any emerging demands. This process is led by the ELT and jointly engages all the teams involved. 4.1; 4.4; 4.9; 4.10

36


Transformação Cultural Cultural Transformation

Transformação Cultural

“Organizações não se transformam indivíduos se transformam, e assim eles transformam as organizações ” Marcelo Williams, Vice-Presidente de Recursos Humanos

Como mencionado no relatório anterior, em 2008 no Brasil foi construído o planejamento estratégico da companhia, o qual chamamos de UB2012 (Unilever Brasil 2012), que considera o plano de longo prazo da companhia e inclui as variáveis social, econômica e ambiental. Esta foi uma oportunidade única que pudemos vivenciar, pois possibilitou uma visão holística, granular e integrada e contou com o engajamento de toda a Liderança e grande parte dos funcionários. A estratégia de negócio UB2012 exigiu diversas mudanças na forma como trabalhávamos no dia a dia e com isso percebemos que seria necessário uma importante mudança cultural. Este processo de mudança iniciou-se com o alinhamento dos valores pessoais aos valores da companhia, resultando em um conjunto de comportamentos vitais e outro de inaceitáveis, que são chave para a entrega dos objetivos do negócio. Uma das formas que definimos para trabalhar toda a mudança cultural atrelada aos objetivos de negócio denominou-se Jornadas. As Jornadas tornaram-se parte imprescindível do processo da estratégia UB2012. Nelas são trabalhados sempre três aspectos: conectar-se com a estratégia de negócio, conectar-se consigo mesmo e conectar-se com o time. Quando os líderes se conectam com a estratégia, são trabalhados os valores e comportamentos para a cultura de alta performance, discutemse questões importantes de negócio e seu acompanhamento. Quando os líderes se conectam consigo mesmos, são trabalhados os planos pessoais, criados para suportá-los em todo o processo de mudança, seu papel e o que os inspira como líderes.

Quando os líderes se conectam com o time, é trabalhado o senso de responsabilidade coletiva, para a entrega da estratégia UB2012. Acreditamos que estes aspectos precisam caminhar juntos na mesma direção para a entrega da estratégia. As Jornadas têm acontecido, desde 2008, periodicamente ao longo do ano. Realizamos Jornadas com os Vice-Presidentes, Jornadas com o ELT – Extended Leadership Team –, formado pelos Diretores, e Jornadas com os Gerentes. Além disso, em 2009, cada Vice-Presidente organizou Jornadas com seus times diretos, incluindo os demais níveis da organização. Este foi um passo importante no que tange ao alcance da abrangência de toda a Transformação Cultural, incluindo e aprofundando os aspectos desta mudança. Praticamente todas as áreas diretamente ligadas ao UB2012 (Companhia Operacional) fizeram suas mini Jornadas ao longo de 2009. Um modelo exemplar que podemos citar da magnitude de nossa Transformação Cultural é o exemplo da fábrica de Pouso Alegre. Em 2009, realizaram um trabalho contínuo de mini Jornadas que atingiu 100% dos mais de 900 funcionários da fábrica. Todos, sem exceção, trabalharam os três aspectos da Jornada: conectar-se com a estratégia de negócio, conectar-se consigo mesmo e conectar-se com o time, enfim, a construção do plano de crescimento pessoal alinhado ao plano de crescimento da fábrica e do negócio. Além disso, outras iniciativas foram realizadas, o que amplia a abrangência esperada deste momento da organização.

“Organizations do not transform themselves. Individuals transform themselves and they then transform the organizations” Marcelo Williams Vice President Human Resources

Ao longo de 2008 e 2009, tivemos um forte trabalho de engajamento com toda a estratégia UB2012 nas Fábricas, Regionais de Vendas e Centros de Distribuição espalhados pelo Brasil, por meio da liderança local, e em sua maioria também contou com a presença de nosso Presidente e do Vice-Presidente de Recursos Humanos, demonstrando assim ainda mais a relevância de se criar “embaixadores” de nossa estratégia de negócio e a importância de engajar a todos, independente de sua posição, nível ou área de atuação na organização. Em todas as localidades também se iniciou um trabalho importante em relação a toda a Transformação Cultural, começando pelo alinhamento e por ações em relação aos comportamentos-chave definidos pelo UB2012.

Cultural Transformation As mentioned in the previous report, the company’s strategic planning, called UB2012 (Unilever Brasil 2012), was formulated in 2008. This is a long-term plan for the company that encompasses social, economic and environmental variables. This represented a unique opportunity for us formulate a holistic, granular and integrated vision, engaging all the company leadership and a large part of the workforce. The UB2012 business strategy demanded a series of changes in the way we work. With this, we realized that a fundamental cultural change would be necessary. This change process began with the alignment of personal values to those of the company, resulting in a set of unacceptable behaviours and another set of vital behaviours, which are key to the delivery of business objectives. One of the ways we established for driving this cultural change linked with business objectives became known as Journeys These journeys became an indispensable part of the UB2012 strategy process. They have three fundamental dimensions: connecting with the business strategy, connecting with oneself and connecting with the team. • When leaders connect with strategy, they work on the values and behaviours that drive a high performance culture, discussing and following up important business matters. • When leaders connect with themselves, they work on their personal plans, created to provide support throughout the entire change process, involving their role and what inspires them as leaders. • When the leaders connect with the team, they work on the sense of collective responsibility necessary to deliver the UB2012 strategy We believe that these three dimensions need to be developed in unison to deliver the strategy. The Journeys have been taking place periodically throughout the year since 2008. We have organized journeys with the vice presidents, journeys with the ELT – Extended Leadership Team – made up of directors, and journeys with managers. Moreover, in 2009 each vice president organized a journey with his/her direct team, encompassing all levels of the organization. This represented an important step towards guaranteeing that the cultural transformation was given full rein, driving change deep within the organization. Practically all the areas directly linked with UB2012 (operating company) held their mini journeys during the course of 2009. An excellent example illustrating the magnitude of our cultural transformation is the plant in Pouso Alegre. In 2009, an ongoing series of mini-journeys was organized, reaching 100% of the plant’s more than 900 employees. All the employees without exception worked on the three dimensions of the Journey: connecting with business strategy, connecting with oneself and connecting with the team, in essence, building a personal growth plan aligned with the growth plans for the plant and for the business. Parallel initiatives were also undertaken to ensure the effectiveness of the transformation throughout the organization. In the course of 2008 and 2009, we worked hard on engaging the plants, regional sales offices and distribution centres nationwide in the UB2012 strategy. This was done through local leaders, but with close personal support from the president and vice president of Human Resources at most of the company’s sites, demonstrating the importance of creating “ambassadors” for our strategy and of involving everyone, irrespective of their job, level or area of activity. At all the sites, another important transformation-related initiative was implanted to initiate the process of fostering the key behaviours defined in UB2012.

37


DESEMPENHO SOCIAL Social Performance

Nossos Colaboradores Our Employees

Nossos Colaboradores

Outra iniciativa realizada que podemos mencionar para manter aspectos desta Transformação Cultural viva foi a criação e implementação de atividades regulares com os comportamentos definidos. Por exemplo: Comportamento do Mês; ação com os Cards; vinhetas na TV interna; painéis com os comportamentos nos andares e nas salas de reunião, etc. Ao longo destes dois anos de trabalho, vemos de forma consistente e coerente o entendimento e engajamento à estratégia UB2012, assim como as ações para a mudança cultural necessária, em cada um destes públicos. Dentro de todo o conceito da Transformação Cultural, temos o entendimento claro de que o crescimento pessoal (a dimensão: conectar consigo mesmo) frente a essas mudanças deve caminhar junto, e até superar, ao crescimento profissional, sendo esta uma das chaves que também nos guiam para esta grande Transformação Cultural. Criar um ambiente onde as pessoas se sintam completas, que tenham um sentido comum e que possam ser a mudança que queremos ver no mundo dá um significado mais pleno da dimensão da mudança que estamos fazendo juntos. Continuamos com a meta de conduzir a Pesquisa Mundial de Funcionários (GPS) (GPS-Global People Survey) em 2010 e a publicação dos resultados em nosso relatório de 2011, como forma de mensurar nossa evolução neste processo de compromisso e engajamento de nossos colaboradores, assim como toda a avaliação de clima organizacional.

Total de Colaboradores LA1 Total Employees

2008

11.288

2009

11.282

Mulheres em Posições de Liderança Women in Leadership Positions

%

2008

50

2009

40 30 20 10 0

Gerência

Diretoria

Vice-Presidência

Manager

Director

Vice President

Monitoramento feito em nível global da evolução do número de mulheres em posição de liderança, realizado a cada trimestre. LA13 Global monitoring of the evolution of women in leadership positions, by quarters. LA 13

Our Employees Another initiative implemented to support the cultural transformation was the creation and implementation of regular activities to promote the expected behaviours, such as Behaviour of the Month; actions with Cards; spots on internal television programming; posters illustrating the behaviours in common areas and meeting rooms etc.. During these two years, we have seen a consistent and coherent growth in understanding and engagement in the UB2012 strategy, driving the actions necessary for the cultural change throughout the company. Within this whole process, we are acutely conscious of the fact that personal growth (the connecting with oneself dimension) must accompany and in many cases outpace professional growth. This is a factor of key importance for the success of this far-reaching cultural transformation. Creating an environment in which people have a common objective, in which they feel complete and believe that they can be the change they would like to see in the world is what makes the change we are bringing about more meaningful. We maintain our target of conducting our Global People Survey for employees in 2010 and publishing the results in our 2011 report. This will provide a means of measuring our evolution in this process of employee commitment and engagement, as well as the overall organizational climate.

38


Divisão por gênero dos colaboradores da Unilever Unilever employees - breakdown by gender

Total de Colaboradores com algum tipo de deficiência Total employees with some form of disability

497

2009

26%

Male

Unilever employees with some form of disabilitybreakdown by age

Mais de 50 anos

Colaboradores com algum tipo de deficiência

74% Masculino

Composição etária dos colaboradores da Unilever com algum tipo de deficiência

35%

Employees with some form of disability

4,40% Feminino

Female

56%

9%

More than 50 years

Entre 30 e 50 anos

From 30 to 50 years

Menos de 30 anos

4,30%

Less than 30 years

Composição etária dos colaboradores da Unilever

4,20% A área de Desenvolvimento Organizacional, em conjunto com todas as áreas da companhia, realiza acompanhamentos periódicos dos Indicadores de Pessoas com Deficiência. O relacionamento externo com órgãos públicos quando da prestação de contas baseada em lei é feito pela área de Relações Industriais.LA13

Unilever employees - breakdown by age

Mais de 50 anos

36% 56%

8%

More than 50 years

Entre 30 e 50 anos

From 30 to 50 years

Menos de 30 anos Less than 30 years

4,10%

4,00%

3,90%

3,80%

2008

2009

The Organizational Development area in conjunction with all the other company areas periodically monitors indicators for employees with disabilities. Reporting based on legal requirements is done by the Industrial Relations area. LA13

39


DESEMPENHO SOCIAL Social Performance

Diversidade Diversity

Programa Feel Good Feel Good Programme

Diversidade

Programa Feel Good

Em um mundo diverso que exige flexibilidade e dinamismo, acreditar e apoiar o potencial humano é essencial e direcionamos nossas ações neste sentido por meio do foco em desenvolvimento; na estrutura de liderança; nos comportamentos cotidianos e no ambiente de trabalho íntegro e respeitoso que mantemos em nossa companhia. Uma das formas de apoiar o potencial humano neste mundo tão diverso é também apoiar diversidade em si. Tendo isto em vista, desde 2000 acreditamos e conduzimos projetos de diversidade. Diversidade para nós é inclusão, abraçar as diferenças, criar possibilidades e crescer juntos, proporcionando um ambiente que inspire pessoas diferentes a contribuírem de forma própria dentro de um conjunto de objetivos e valores compartilhados. Em 2009 iniciou-se globalmente a estruturação de um Comitê de Diversidade, com o objetivo de robustecer ações associadas ao tema. Apesar do aspecto global, cada unidade da Unilever terá uma estrutura e atuação condizentes com a sua realidade. No Brasil, o Comitê está organizado por membros de áreas diversas, composto pela alta gestão da companhia e liderado pelo próprio Presidente.  Ele é responsável pelo desenvolvimento e implementação da agenda de trabalho da companhia dentro do tema Diversidade e as ações desenvolvidas serão monitoradas ao longo

O programa Feel Good é um programa de qualidade de vida alinhado à estratégia UB2012 da companhia, que valoriza a ação, o desempenho, a mudança cultural e de atitude para a concretização das metas. Seu principal objetivo é estimular as pessoas a adotarem um estilo de vida mais equilibrado e saudável, por meio de um melhor conhecimento de seu potencial individual, ajudando em seu desenvolvimento físico e mental. Em coerência com essa visão, desde 2004 mantemos o programa Feel Good, que consiste em uma série de iniciativas para contribuir com o bem-estar de nossos colaboradores. Em 2009, inauguramos o novo espaço Feel Good, no escritório JK1, com estruturas modernas e novas atividades, e expandimos o programa para nossos escritórios regionais da área de vendas, nossos centros de distribuição e fizemos maior divulgação em algumas manufaturas. Assim, estreitamos ainda mais seus objetivos com a estratégia UB2012 da companhia: colaborar sempre com o crescimento pessoal de nossos colaboradores. de todo o ano pelo Comitê. Esta é uma forma de reafirmar internamente e externamente nosso real apoio e incentivo ao tema Diversidade, e assim seguir com nosso compromisso com as ações já existentes e outras potenciais. LA13

Tema da Matriz: Oferecer um ambiente de trabalho seguro que estimule as pessoas a adotarem um estilo de vida mais equilibrado e saudável, garantindo condições adequadas a sua saúde.

Tema da Matriz: Garantir igualdade de oportunidade no ambiente de trabalho.

Diversity In a diverse world that requires flexibility and dynamism, belief in and support for human potential is essential. We provide this with our leadership structure, with our focus on development and on everyday behaviours, and with the integral and respectful work environment that we maintain in the company. One way of realizing human potential in such a diverse world is to support diversity itself. With this in view, we have been organizing diversity projects since 2000. For us diversity means inclusion, embracing differences, creating possibilities and growing together. It means providing an environment that inspires different people to contribute in their own way within a set of shared values and objectives. In 2009, the global organization initiated the formation of a Diversity Committee, aimed at developing activities in this area. Irrespective of this global initiative, each Unilever unit will have a structure and work programme aligned with its specific reality. In Brazil, the committee comprises senior managers from diverse areas and is led by the President of the company. He is responsible for developing and implementing the Diversity agenda. All the measures put in place will be monitored throughout the year by the Committee. This is how the company reaffirms its total support for diversity both internally and externally, reinforcing its commitment to existing initiatives and constantly seeking relevant new ones. LA 13 Matrix Topic: Guarantee equality of opportunity in the work environment. Feel Good Programme Feel Good is a quality of life programme that is aligned with the company’s UB2012 strategy, valuing action, performance, cultural and attitudinal change to achieve targets. Its main objective is to stimulate people to adopt a healthier and more balanced life style through better knowledge of their individual potential, driving their physical and mental development. The Feel Good programme has been in place since 2004, promoting a series of initiatives designed to further employee well-being. In 2009, we inaugurated the new Feel Good space in the JK1 office, with modern infrastructure and activities. We also expanded the programme to our regional sales offices and distribution centres and intensified it at some of our plants. With this we have further aligned the programme objectives with the company’s UB2012 strategy: to continually drive our employees’ personal growth. Matrix Topic: Provide a safe and healthy work environment that encourages people to adopt a more balanced and healthy lifestyle.

40


Atleta Corporativo Corporate Athlete

Atleta Corporativo: transformar potencialidades em ação! Outro programa desenvolvido no Feel Good foi o programa Atleta Corporativo. O programa se baseia em um estudo que analisa como podemos ter a mesma performance dos atletas profissionais nos executivos, ou seja, de que forma podemos extrair o melhor das nossas pessoas, tanto no aspecto de desenvolvimento profissional como pessoal. Pesquisas mostram que a vitalidade dos executivos está diretamente relacionada à vitalidade da empresa. Assim, o programa ajuda simultaneamente na promoção de resultados para o indivíduo e para a companhia, garantindo a manutenção de um ambiente saudável para todos os nossos funcionários. Contou com a orientação e parceria de uma consultoria externa com mais de 20 anos de experiência neste conceito e neste meio esportivo e corporativo, e pioneira no Brasil em estabelecer a analogia entre os dois campos. O programa foi direcionado aos cargos de Presidente, Vice-Presidentes e Diretores. Foi uma decisão cuidadosa, baseada no fato de que esses colaboradores são os mais aptos a atuar como agentes multiplicadores em suas equipes, a partir das mudanças de seus próprios comportamentos e da visibilidade dos resultados em sua vida pessoal e profissional. Tivemos mais de 90% de adesão, que era voluntária. Quem aderiu ao programa passou por um check-up médico e participou de encontros com a equipe de consultores.

O principal objetivo desses encontros era conhecer o executivo para ajudá-lo a definir um plano de atividades físicas individuais, importadas da realidade esportiva, visando à busca do estado de desempenho ideal. Meta: Em 2010 dar sequência às atividades do programa, avaliar os resultados e o feedback desse programa. Tema da Matriz: Oferecer um ambiente de trabalho seguro que estimule as pessoas a adotarem um estilo de vida mais equilibrado e saudável, garantindo condições adequadas a sua saúde.

Corporate Athlete: Transforming potential into action Another important Feel Good initiative is the Corporate Athlete programme. The programme is based on a study that analyses how executives can achieve performance on a par with that of professional athletes. This dovetailed with our search for a way to get the best from our people, both in terms of their professional and personal development. Research shows that the vitality of a company is directly linked with the vitality of its executives. This programme is aimed at simultaneously obtaining results for the individual and for the company and ensuring a healthy environment for all our employees in the process. The programme was developed in partnership with an external consultancy that has more than 20 years experience applying this concept in the worlds of sports and business and was one of the first to establish an analogy between the two fields. The programme was aimed at senior management: president, vice president and director level. This decision was considered carefully, based on the rationale that these are the employees best positioned to act as multipliers to their teams, through changes in their own behaviour and the visibility of results in their personal and professional lives. Adhesion to the programme, which is voluntary, exceeded 90%. Participants underwent a medical check-up, followed by meetings with the team of consultants. The main objective of these meetings was to assess the executives and set up an individual plan of physical activities, extracted from the sports world, aimed at helping them achieve their ideal performance. Target: To continue with the programme activities in 2010, and evaluate the results and feedback. Matrix Topic: Provide a safe and healthy work environment that encourages people to adopt a more balanced and healthy lifestyle.

41


DESEMPENHO SOCIAL Social Performance

Sistema Integrado de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional Integrated Occupational Health and Safety Management System

Sistema Integrado de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional

Investimento emSaúde Saúde (R$ mil)mil) Investimento em (R$ Investiment in Health (BRL thousand) Investment in Health (BRL Thousand)

350

410

430

250

350 370

310 325

250

200 200 210 160 60

60

45

65

65

100 100 100

Exames Ocupacionais

Check-up Gerencial

Promoção de Saúde

Prevenção de Saúde

Exames de Rastreamento

Cursos Formativos para Equipes de Saúde

Suporte Psicológico para Equipe de Vendas

Occupational Examinations

Check-ups for Managers

Health Promotion

Health Prevention

Tracking Examinations

Courses for Health Teams

Psychological Support for Sales Teams

2007

2008

Já decorridos anos de implantação e consolidação de nosso Sistema Integrado de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional, nossos resultados nos permitem caracterizar que: Segurança e Saúde são considerados verdadeiros valores na cultura Unilever. Dessa forma, em 2009, foi investido aproximadamente R$ 1,5 milhão em Saúde, e revimos nossos planos e metas com foco em Sustentabilidade. Direcionamos os trabalhos em ações e metas

2009 desafiadoras, baseadas em acompanhamentos e investimentos que monitoram e acompanham a Saúde e bem-estar de nossos colaboradores e não apenas em indicadores considerados reativos, os quais, embora analíticos, são considerados perdas instaladas e de gerenciamento tardio, como taxa de lesões, doenças ocupacionais, dias perdidos, entre outros. Seguimos por monitorá-los e investigálos para evitarmos reincidências, mas agora com

olhos de gestores em indicadores diferenciados e sustentáveis tais como: melhorias ergonômicas em postos de trabalho, acompanhamento aos colaboradores cujo risco cardíaco por sobrepeso e sedentarismo foi identificado, entre outras ações de cuidado efetivo e preventivo de acordo com o paradigma de Saúde adotado pela companhia. LA7

Integrated Occupational Health and Safety Management System Some years after the implementation and consolidation of our Integrated Occupational Health and Management System the results enable us to claim that Health and Safety are true Unilever values. In 2009, approximately R$ 1.5 million was invested in health, and our plans and targets were reviewed to tighten the focus on sustainability. We implement challenging initiatives and targets based on investment in and monitoring the health and well-being of our employees, rather than on reactive lagging indicators, such as injury rates, occupational illnesses, lost time, etc. We continue to monitor and investigate these in order to prevent recurrence, but now our focus is on differentiated, sustainable indicators such as: ergonomic improvements in the work place and monitoring of employees identified as being at coronary risk due to excess weight or a sedentary life style, among other effective and preventive types of care, in line with the health paradigm adopted by the company. LA7

42


32

19

17 16 10

10 5

Programa de Gestão de Segurança Ocupacional

2006

Occupational Safety Management Programme

2007

Actual

Número de acidentes com afastamento do trabalho (LTA - Lost Time Accident) LA7

2009

2009

2010

Meta

Real

Programa de Gestão de Segurança Ocupacional

2008 Target

Índice de Frequência de Acidentes com Lesão (TRFR - Total Recordable Frequency Rate9) LA7

Number of Lost Time Accidents

Total Recordable Frequence Rate

32

2,9

Temos um sistema de gestão próprio para garantir a Segurança Ocupacional de nossos colaboradores. Este sistema de gestão é equivalente às normas ISO. Todos os nossos colaboradores são considerados em um sistema de gestão de segurança específico para as características das áreas em que atuam, sejam essas áreas de manufatura ou não manufatura. Em 2008 iniciamos, nas manufaturas, um programa de intensificação do conceito de gestão de segurança, baseado em comportamento humano. Em 2009 este programa foi intensificado nas manufaturas e, na maioria das operações, a gestão já está completamente estruturada conforme

recomendação da DuPont – nossa consultoria para este programa. Esta estrutura é baseada na formação de19 um Comitê 17 Central com liderança 16da operação, subcomitês da pessoa mais sênior e times táticos. Tal estrutura permite que o 10 10 comprometimento e os exemplos da liderança sejam claramente perceptíveis em toda a operação. 5 Nas operações de não manufatura, iniciamos este 2009 2009 2010 2006 em 2007 programa 2009.2008 As características diferenciadas desses ambientes e áreas de trabalho exigiram Meta Real que, por um período Actual Targetdo ano, trabalhássemos na adaptação do programa para possibilitar que os conceitos fundamentais fossem respeitados,

mesmo com as dificuldades impostas pela distribuição2,3 geográfica dos funcionários. A mudança de cultura desejada com a aplicação deste programa comportamental deverá concretizada em 1,9 ser 1,9 um período médio de três anos, porém 1,6alguns1,4 resultados já podem ser notados nas atitudes das pessoas envolvidas no processo.

Número de acidentes com afastamento Número de(LTA acidentes com afastamento do trabalho - Lost Time Accidents) LA7

Índice de Frequência de Acidentes Índice de Frequência Acidentes com Lesão (TRFRde - Total 9 com Lesão (TRFR - TotalRate Recordable ) LA7 Recordable Frequency 9

Indice de acidentes de trânsito com funcionários, sem lesão, expressos em 1 milhão de quilômetros rodados: (NIFR - Non Injury Frequence Rate) Índice de acidentes de trânsito comLA7

Frequency Rate) Rate LA7 Total Recordable Frequence Frequency of accidents with injury

do trabalho Number (LTA -ofLost Time Accident) LA7 Lost Time Accidents Number of Lost Time Accidents

Tema da Matriz: Oferecer um ambiente de trabalho seguro que estimule as pessoas a adotarem um estilo 2007 de vida mais saudável, 2009 e2009 2006 2010 2008equilibrado garantindo condições adequadas a sua saúde. Real

Meta

Actual

Target

Employee traffic accident rate,expressos with no injury, em funcionários, sem lesão expressed in one million kilometres driven 1 milhão de quilômetros rodados: (NIFR - Non Injury Frequence Rate) LA7

2,9

Employee traffic accident rate, with no injury, expressed in one million kilometres driven

32 2,3 5,28

19

1,9

1,9

17 16

1,6

10

1,4 1,14

10

0,50

0,47

0,31

2008

2009

2009

0,31

5 2006

2007

2008

2009

2009

2010

2006

Real

Meta

Real

Actual

2007

2009

2009

2010

Meta

Actual

Target

2008

2006

2007

Real

Target

Actual

2010

Meta Target

Acidentes com lesão, exceto aqueles que requerem apenas primeiros atendimentos no próprio serviço de saúde, expressos em um milhão de horas trabalhadas. 9

Índice de Frequência de Acidentes com Lesão (TRFR - Total 9 Recordable Frequency Occupational Safety Management Programme Rate ) LA7

9 Accidents with injury, except those treatable at the company’s own first aid post, expressed in one million man/hours.

Índice de acidentes de trânsito com funcionários, sem lesão expressos em 1 milhão de quilômetros rodados: Total Recordable Rate We have our own management systemFrequence to ensure the occupational safety of our employees. This management system is equivalent to ISO standards. All employees are taken into consideration in a dedicated safety management system for their (NIFR that - Non Injury Frequence Rate) LA7 specific area of activity, be it manufacturing or non-manufacturing. In 2008 we initiated a programme furthers the concept of safety management based on human behaviour. In 2009, this programme was intensified in our plants. In most of

Employee accidentfor rate, no injury, the operations safety management is now fully structured in accordance with the recommendations of DuPont, traffic our consultants thewith programme. This structure is based on the creation of a Central Committee led by the most senior person in the expressed in one million kilometres driven operation, sub-committees and tactical teams. The structure ensures that the commitment and examples displayed by leaders are clearly visible throughout the operation. We initiated this programme in the non-manufacturing operation in 2009. The 2,9 differences in this type of working environment meant that we had to spend a year adapting the programme to ensure that the basic concepts were preserved in spite of the difficulties presented by the geographical dispersion of our employees. The cultural change that we wish introduce with this behavioural programme should come about within three years; however, it is already possible to note some changes in the attitudes of people involved in the process. 5,28 Matrix Topic: Provide a safe and healthy work environment that encourages people to adopt a more balanced and healthy lifestyle.

2,3 1,9

1,9 1,6

1,4

1,14

0,50

0,47

0,31

0,31

43


DESEMPENHO SOCIAL SOCIAL PERFORMANCE

Programa Crescer Grow Programme

Código de Princípios de Negócios Code of Business Principles

Programa Crescer

A qualidade de vida de nossos colaboradores é, para nós, uma questão que merece cuidado permanente. Procuramos sempre auxiliar a todos da melhor maneira e não nos limitamos com as fronteiras do ambiente de trabalho, pois acreditamos no conceito da Saúde Integral. Temos inúmeros programas desenvolvidos para melhorar as condições de trabalho, como também não deixamos de lado o bem-estar de nossos funcionários no que diz respeito a suas famílias e projetos de vida. Assim, desde 2007 desenvolvemos o Programa Crescer, em parceria com a Mind Performance, um programa de aconselhamento pessoal que auxilia os funcionários e seus familiares sobre questões diversas, como: saúde mental, suporte jurídico, financeiro e assistência social. O programa foi desenvolvido nos Estados Unidos, e há três anos é aplicado no setor de vendas da companhia, tendo sido ampliado, em 2009, para atender todos os colaboradores. Por meio deste programa, buscamos preservar e, quando necessário, restabelecer o bem-estar emocional e social de nossos colaboradores e/ ou de sua família, prevenindo o aparecimento ou agravamento de doenças emocionais e/ou psicossomáticas e estimulando a busca precoce por ajuda. Dessa forma, nossa expectativa é proporcionar uma vida mais saudável. Para que o funcionário possa acessar o auxílio do programa com autonomia e privacidade, a Mind Performance opera todo o processo de atendimento, disponibilizando um número de telefone gratuito por meio do qual nosso funcionário ou familiar fala diretamente com um psicólogo, informando qual é a sua necessidade, e sendo então orientado sobre as

44

Código de Princípios de Negócios

formas de assistência que o programa oferece e recebendo o devido encaminhamento para uma área específica. Nossa parceria com a Mind Performance garante a confidencialidade e o sigilo absoluto das informações, e a orientação é feita rapidamente por meio de até seis consultas presenciais com profissionais diretamente relacionados à dificuldade apresentada – advogados, psicólogos, assistentes sociais, entre outros, os quais conversam com o funcionário ou dependente e o orientam para promoção de uma reorganização pessoal ou de caráter familiar. A utilização deste programa é irrestrita, e para questões mais rotineiras o acesso ao programa também pode ser feito via internet (www.programacrescer-unilever.com.br). LA8 Desde outubro de 2009, quando o programa foi ampliado a todos os nossos colaboradores, até novembro de 2009, 304 casos foram atendidos pelo programa, e 161 deles já foram resolvidos. 100% dos colaboradores que utilizaram este serviço ficaram satisfeitos e afirmaram que permanecerão usando este recurso sempre que for necessário, demonstrando a credibilidade desta nossa ação.

Todas as nossas operações seguem as diretrizes de nosso Código de Princípios de Negócios, assim como nossa responsabilidade corporativa e governança. Por meio do Código, estabelecemos as relações com nossos públicos internos e externos, guiados por princípios como honestidade, integridade e transparência. Seguindo tais preceitos, estabelecemos diversas parcerias e ações de engajamento ao longo do ano, sempre focados no benefício mútuo e no respeito aos direitos humanos. Em nossos negócios, atuamos de maneira íntegra, condenando qualquer forma de discriminação e corrupção, e nos comprometemos a estar sempre em total conformidade com as leis e regulamentos dos países nos quais operamos. Nosso Código de Princípios de Negócios está disponível na íntegra no nosso site

Tema da Matriz: Oferecer um ambiente de trabalho seguro que estimule as pessoas a adotarem um estilo de vida mais equilibrado e saudável, garantindo condições adequadas a sua saúde.

Tema da Matriz: Não permitir nenhum tipo de corrupção | Agir sempre de forma ética e leal com relação aos seus concorrentes.

http://www.unilever.com.br/aboutus 4.6; 4.8; SO2; SO3; SO4; SO5; SO6; HR3; HR4; HR6

Grow Programme For Unilever, our employees’ quality of life is a question of fundamental importance. We help our employees as much as possible and, believing in the concept of integral health, this is not restricted to the work environment. We have numerous programmes to improve working conditions, and we also seek to promote our employees’ well-being where their families and life ambitions are concerned. In 2007, we developed our Grow Programme in partnership with the consultancy Mind Performance. This is a personal counselling programme designed to provide support for employees and their families where mental health, legal, financial and social questions are involved. Developed in the United States, the programme was first implemented in the company’s sales areas three years ago and extended to the rest of the workforce in 2009. Through this programme we seek to preserve and, when necessary, restore the emotional and social well-being of our employees and/or their families, preventing the occurrence or intensification of emotional and/or psychosomatic illnesses by encouraging them to seek help at an early stage. The overall objective is to promote health and well-being. To enable confidential access to the programme, Mind Performance provides a free telephone number through which the employee or family member may speak directly with a psychologist. After explaining their situation, the callers are directed to a specialist. Our partnership with Mind Performance ensures the full confidentiality of employee information. Orientation is provided rapidly in up to six sessions with specialized professionals, such as lawyers, psychologists, social assistants, etc, who are qualified to help the individual deal with his/her problem. Use of the programme is unrestricted. For more routine problems, the programme may be accessed via internet (www.programacrescer-unilever.com.br). LA8 From October 2009, when the programme was extended to all our employees, until November 2009, the programme handled 304 cases, achieving a satisfactory solution in 161 of them. 100% of the employees who used the service were satisfied with it, stating that they would use it again whenever necessary, clear evidence of the programme’s credibility and effectiveness. Matrix Topic: Provide a safe and healthy work environment that encourages people to adopt a more balanced and healthy lifestyle. Code of Business Principles All our operations follow the guidelines set forth in our Code of Business Principles, as do our corporate responsibility and governance policies. Through the code, we establish relationships with our internal and external stakeholders based on the principles of honesty, integrity and transparency. In line with these values, we establish diverse partnerships and engagement actions in the course of the year, underpinned by the principles of mutual benefit and respect for human rights. We conduct business with integrity, condemning any form of discrimination or corruption. We are committed to full compliance with the laws and regulations of the countries in which we operate. Our Code of Business Principles is available on our site at www. unilever.com.br/aboutus 4.6; 4.8; SO2; SO3; SO4; SO5; SO6; HR3; HR4; HR6 Matrix Topic: Not permit any type of corruption | Always deal fairly and ethically with competitors.


Aperfeiçoando a distribuição de nossos sortimentos Improving distribution of our product mixes

Escola de Negócios Unilever Unilever Business School

Aperfeiçoando a distribuição de nossos sortimentos Improving distribution of our product mixes

Escola de Negócios Unilever Unilever Business School

Aperfeiçoando a distribuição de nossos sortimentos Improving distribution of our product mixes

Aperfeiçoando a distribuição de nossos sortimentos

Procurando a satisfação dos clientes e consumidores, além do aperfeiçoamento de nosso negócio, iniciamos em 2009 um grande mapeamento dos canais de venda, discriminando-os por porte do varejo, região geográfica, classe social e adequação de nosso portfólio de acordo com os perfis encontrados. Esta estratégia tem como objetivo a otimização inteligente do uso do espaço nas lojas e das gôndolas, oferecendo ao consumidor os produtos que eles realmente demandam. Dessa forma, pretende-se aumentar a satisfação do consumidor, ao mesmo tempo em que se cria um incremento no total de vendas das categorias de produtos analisadas, reduzindo as perdas na cadeia de distribuição, tanto por meio da falta como do excesso de algum produto no varejo. Os primeiros resultados são bastante positivos. Por exemplo, na categoria de Bebidas, uma categoria geradora de tráfego com alto giro, mesmo com uma redução de 22% do portfólio (23 skus)*, foi possível crescer 17%, ao mesmo tempo em que gerou foco nos itens-chave, resultando em ganho expressivo de market share vindo desses itens**. Outro caso interessante também pode ser observado na categoria de Detergente em Pó, uma categoria já bastante enxuta em número de variantes. Foi realizada uma redução de 23% do portfólio (11 skus), com ganhos expressivos de market share dos itens-chave. PR5

Escola de Negócios Unilever

Em 2009 iniciamos um projeto bastante inovador com nossas equipes de vendas e merchandising: a Escola de Negócios Unilever. Contando com a parceria da Fundação Instituto de Administração (FIA), elaboramos para este programa de capacitação um currículo de atividades focado no relacionamento com clientes, buscando assim aperfeiçoar ainda mais nossas ferramentas de negócio e consequentemente o diálogo com nossos clientes. Realizamos dois módulos ao longo do ano, o primeiro, direcionado a todos os colaboradores de vendas e merchandising, e o segundo, mais focado, direcionado apenas aos grupos de coordenadores. Todo o processo foi muito bem recebido pelos colaboradores e permitiu aperfeiçoar a gestão de nossos negócios. Pretendemos manter essa capacitação em 2010 e já estamos organizando as novas atividades e avaliando qual será o principal público envolvido.

*Stock Keeping Unit - Unidade de Manutenção de Estoque ** Informações/information 2009 x 2008

Improving distribution of our product mixes In the ongoing effort to increase customer and consumer satisfaction and improve our business, in 2009 we initiated an exercise to map sales channels by size of outlet, geographical region, social class and fit between our portfolio and customer/consumer profile. This strategy seeks to optimize use of store and shelf space by offering consumers the products they really want. This will increase consumer satisfaction and increment sales in the product category analysed, while reducing losses in the distribution chain due to product shortages or surpluses. The initial results have been very positive. For example, in the high turnover Beverages category, with a 22% reduction in portfolio items (23 skus ), sales grew by 17%, helping narrow our focus on key items and generate significant growth in market share*. The same is true in the powdered detergent category, where the number of variants was already limited. As a result of the exercise, we were able to reduce our portfolio by 23% (11 skus), with significant growth in market share for key items. PR5 Unilever Business School In 2009, we initiated an extremely innovative project with our sales and merchandising teams: the Unilever Business School. In partnership with the Fundação Instituto de Administração (FIA), we developed a customer relations-focused curriculum aimed at improving the business tools at our disposal and increasing dialogue with our customers. Two training modules were given during the year, the first for all sales and merchandising employees, and the second focused exclusively on coordinators. Employee reactions were very favourable and the business gained as a result. This programme will be maintained in 2010; we are already organizing new activities and defining the main target public.

45


DESEMPENHO SOCIAL SOCIAL PERFORMANCE

Rural e Responsável Rural Responsibility

Infância Protegida Protected Childhood

Infância Protegida

Rural Responsável

Junto com entidades de trabalhadores e produtores rurais, o Rural Responsável está empenhado em melhorar as condições de saúde e segurança dos trabalhadores nas lavouras de tomates. Para isso, o projeto procura identificar riscos e promover o desenvolvimento educacional do trabalhador rural. Atuando em municípios do Estado de Goiás, ele já possibilitou o fim do trabalho infantil nas lavouras de tomates fornecedoras da Unilever e engaja mais de 50 produtores e centenas de trabalhadores rurais. Atualmente, as ações do Rural Responsável estão sendo transformadas em políticas públicas. Isso traz muita satisfação a nossa companhia, não apenas por ampliar o escopo do projeto, mas também porque confirma seu grau de relevância social. Para o ano de 2010, pretendemos aumentar ainda mais nosso envolvimento com os sindicatos no aperfeiçoamento contínuo das condições de trabalho na lavoura, orientandoos a realizar vistorias e treinamentos com os trabalhadores rurais. Nosso cuidado em relação aos fornecedores – 58 fornecedores agrícolas e mais sete prestadores de serviços de colheita, plantio e fornecimento de mudas – inclui a preocupação com os trabalhadores. Assim, constam de nossos contratos itens específicos sobre a obrigatoriedade de respeitar a legislação trabalhista, sobre a intolerância ao trabalho infantil ou forçado.

46

No intuito de garantir o cumprimento desses itens, além das condições de higiene e segurança – como a presença de banheiros próximos do local de trabalho e espaço próprio para alimentação –, fazemos recorrentes vistorias em 100% dos fornecedores de tomates e monitoramento constante durante todo o desenvolvimento da lavoura. Tudo isso é feito por uma equipe interna da Unilever e por consultores externos, que periodicamente elaboram relatórios. HR2 Uma prática essencial para nós, mas ainda pouco difundida no trabalho rural, é o registro de todos os funcionários da lavoura. O trabalho informal ainda é muito comum, mas temos nos empenhado em orientar os trabalhadores sobre todos os seus direitos e a importância de exercê-los, como condições corretas de saúde, segurança e higiene, cumprimento de um máximo legal de horas de trabalho, entre muitos outros. Todos os pontos assinalados são itens básicos relacionados aos direitos humanos, porém muitas vezes desconhecidos dos próprios trabalhadores. Assim, reforçando a importância que damos a essa questão, todos os nossos fornecedores assinam nosso Código de Princípios de Negeocios, que traz cláusulas específicas sobre direitos humanos. HR7

No intuito de defender os direitos de crianças e adolescentes, combatendo o trabalho infantil nas lavouras de tomate, a evasão escolar e a violência doméstica, criamos o Projeto Infância Protegida, atuante em 5 municípios de Goiás desde 2003. Em 2009, o enfoque do projeto foi iniciar o chamado Processo de Consolidação, cujo objetivo é desenvolver a autonomia dos municípios participantes na gestão social, no âmbito das diversas temáticas relacionadas à criança e ao adolescente. EC8 A metodologia dessa consolidação está provocando a sustentabilidade do projeto, ou seja, os municípios começam a assumir as ações que vêm sendo implementadas nos seis anos deste projeto, de forma estruturada e com princípios de gestão. Isso é fundamental, pois destaca o nosso compromisso em introduzir estratégias sociais e criar uma transformação cultural, dando às comunidades as ferramentas para que elas próprias sigam desenvolvendo este trabalho. Assim se valoriza a autogestão das práticas e a multiplicação das experiências no tratamento das urgências sociais de crianças e adolescentes, iniciando-se a construção de uma rede distribuída/autônoma. HR6; SO1

Tema da Matriz: Combater a utilização de mão de obra escrava na empresa e em seus parceiros de negócio.

Rural Responsible In conjunction with workers’ associations and agricultural producers, the Rural Responsibility programme seeks to improve safety and health conditions for labourers on tomato plantations. This is done by identifying risks and promoting education for the agricultural workers. In Goiás the programme has engaged more than 50 producers and hundreds of labourers, putting a stop to the use of child labour on tomato plantations in the region. Currently the measures implanted through Rural Responsibility are being transformed into public policy, which is gratifying for Unilever, not only because it amplifies the scope of the project, but also confirms its social relevance. For 2010, we intend to further increase our engagement with the unions to drive ongoing improvements in agricultural working conditions, providing guidance in inspection visits and training for agricultural labourers. This care with our suppliers - 58 agricultural producers and seven harvest, planting, and seedling service providers – is extended to their workers. Our contracts contain clauses requiring compliance with labour legislation and the prohibition of child or forced labour. We also impose hygiene and safety requirements, such as the provision of lavatories and proper eating areas at the work place, monitoring and inspecting all our tomato suppliers throughout the crop year. This is executed by an internal Unilever team and external consultants, who provide periodic reports on the suppliers. HR2 A practice that we consider essential but which is still not very common in agricultural work in Brazil, where the use of informal labour is very common, is the formal registration of all agricultural labourers. Unilever has also been instrumental in informing workers of their rights regarding work, health, safety and hygiene conditions and the legal working week. These abovementioned points refer to standard human rights, but frequently the workers are unaware of them. To underscore the importance we attach to this question, all our suppliers are obliged to sign our Code of Business Principles, which contains specific human rights clauses. HR7 Matrix Topic: Combat the use of slave labour by the company and by its business partners. Protected Childhood To defend children’s and adolescents’ rights and to combat the use of child labour on tomato plantations, truancy and domestic violence, Unilever has been running its Protected Childhood programme in five municipal districts in Goiás since 2003. In 2009, the project focus was on consolidating the autonomy of the municipal districts in the management of the different aspects of children’s and adolescents’ rights. EC8 This methodology is helping to ensure the sustainability of the project by transferring control of the actions developed during the six years of the project to the local governments in a structured manner. This is fundamental because it underscores our commitment to introducing social strategies and creating a cultural transformation, providing the communities with the tools they need to further develop this work by themselves. This drives autonomy and multiplies the local administrations’ experience in dealing with the problems affecting children and young people, leading to the construction of an autonomous, distributed network. HR6 SO1


Programa Minha Escolha My Choice Programe

Programa Minha Escolha

Iniciativa de representantes da indústria de alimentos desenvolvida para facilitar a escolha de opções mais saudáveis de alimentos, a Unilever faz parte globalmente do Programa Minha Escolha, cujo objetivo é estimular as indústrias alimentícias a aprimorar a composição de seus produtos ao estabelecer rígidos critérios com relação à ingestão de quatro nutrientes-chave: gordura saturada, gordura trans, açúcar e sódio. Outro importante papel do Programa é facilitar a escolha desses alimentos pelo consumidor no momento da compra. Para tanto, os produtos que seguem todas as suas recomendações recebem um selo, encontrado na frente das embalagens e facilmente identificado pelos consumidores. Presente em mais de 50 países e com mais de 160 empresas parceiras, o Programa Minha Escolha é gerenciado pela Choices International Foundation e no Brasil, desde 2009, pelo Instituto Minha Escolha, entidade que potencializa um diálogo mais próximo entre a fundação global, empresas e representantes governamentais das áreas de nutrição e saúde do país. Hoje são mais de 4.000 produtos no mundo com o selo em suas embalagens, número que continua crescendo a cada dia, mostrando o alinhamento entre a tendência procurada pelos consumidores e os movimentos da indústria de alimentos em propiciar opções adequadas a esse estilo de vida. Todos os critérios do Programa são avaliados e periodicamente revisados por um comitê científico internacional, que se reúne e avalia o que há de mais recente em pesquisa e desenvolvimento para garantir a credibilidade dos critérios estabelecidos. Atualmente, o comitê científico é composto por 13 membros, sendo que em 2009, concretizando um importante passo para o Programa no Brasil,

passou a fazer parte do grupo o primeiro brasileiro, responsável por colaborar na elaboração de critérios sempre alinhados com a realidade científica e tendências do país. Em 2009 conseguimos atingir a meta de implementar o selo em 100% dos produtos elegíveis ao Programa. Esse compromisso continua pela priorização e orientação da companhia na adoção de lançamentos cada vez mais saudáveis. Os números são realmente expressivos. Desde a adesão ao Programa já reduzimos mais de 59 milhões de quilos de açúcar, sódio e gorduras, montante equivalente a mais de 3.000 caminhões de 20 toneladas a menos desses ingredientes na mesa dos consumidores brasileiros. Os desafios para o Programa continuam em 2010. Em conjunto com o Instituto Minha Escolha, a Unilever assume o compromisso de tornar o Programa ainda mais conhecido e entendido pelos seus consumidores. Difundindo os valores que envolvem o Programa e dando a abrangência necessária via nossos produtos, materiais e comunicação, assumimos assim o compromisso de tornar as escolhas mais saudáveis em escolhas fáceis. PR1 Metas para 2010: • Construir relevância e conhecimento para o Programa no Brasil; • Implementar o selo nas categorias de Caldos e Ketchup; • Suportar o Instituto para adesão de novas empresas e produtos. Tema da Matriz: Garantir a saúde e segurança do consumidor.

My Choice Programme Globally Unilever participates in the My Choice Programme, a food industry initiative to provide consumers with healthier eating options. The objective is to encourage food manufacturers to improve product composition by establishing limits for four key nutrients: saturated fats, trans fats, sugar and sodium. Another important objective is to make it easier for consumers to recognize these foods when shopping. For this reason, products which are in line with all the recommendations receive an easily identifiable seal displayed on the front of the pack. The My Choice programme is in place in more than 50 countries and has more than 160 partnering companies. It is administered internationally by the Choices International Foundation, being run in Brazil by the Instituto Minha Escolha since 2009. The role of this institute is to promote greater dialogue between the global foundation, food companies and government authorities in the nutrition and food area. Currently there are more than 4,000 products worldwide bearing the seal. This number is growing daily, demonstrating the alignment between the trend towards healthier eating and food industry initiatives to provide appropriate options. All the programme criteria are assessed and reviewed periodically by an international scientific committee, which meets to evaluate the most recent research and developments and endorse the criteria established. This scientific committee currently comprises 13 members. 2009 was an important year for the programme in Brazil: for the first time a Brazilian member was included on the committee, thus ensuring that the criteria established are fully aligned with the scientific reality and trends in the country. In 2009, we achieved our target of implementing the seal for 100% of the products eligible for the programme, reaffirming our commitment to prioritizing the launch of healthier eating options for consumers. The numbers are very impressive. Since joining the programme, we have reduced consumption of sugar, sodium and fats in our products by more than 59 million kilograms, a reduction equivalent to more than 3,000 20-ton truckloads of these ingredients on the tables of Brazilian consumers. There will be new challenges for the programme in 2010. In conjunction with the Instituto Minha Escolha, Unilever will publicize the programme among its consumers. By disseminating the programme on a broad front through our products and communication, we are assuming the commitment to make healthier choices easier for the consumer. PR1 Targets for 2010: • Build knowledge and relevance of programme in Brazil • Implement the seal in the Bouillon and Ketchup categories • Provide support for the Institute in expanding company membership and products Matrix Topic: Guarantee consumer health and safety.

47


DESEMPENHO SOCIAL SOCIAL PERFORMANCE

Omo Multiação Tanquinho & Comfort Concentrado Tanquinho

Omo Multiação Tanquinho & Comfort Concentrado Tanquinho

Omo Multiação Tanquinho & Comfort Concentrado Tanquinho

Comfort Concentrado Tanquinho

O pioneirismo demonstrado ao longo de nossos 80 anos de atuação foi mais uma vez confirmado, em 2009, com o lançamento de dois produtos inovadores: Omo Multiação Tanquinho e Comfort Concentrado Tanquinho. Sempre preocupados com nossos consumidores, criamos dois produtos exclusivos para o uso em tanquinho, um eletrodoméstico que só existe no mercado brasileiro, sobretudo nas classes sociais menos favorecidas, e que corresponde a 57% das pessoas que têm máquina de lavar roupa.

Desde seu lançamento, em 1975, Comfort detém a posição de marca líder em sua categoria. Isso é resultado de sua constante preocupação em atender diferentes perfis e exigências dos consumidores. Uma preocupação que se traduz no desenvolvimento de produtos cada vez mais aperfeiçoados e inovadores: em 2008, Comfort foi a primeira marca a lançar no Brasil um amaciante concentrado; em 2009, lança mais um produto revolucionário: Comfort Concentrado Tanquinho. Pesquisando os hábitos dos consumidores no uso do tanquinho, percebemos que era necessário fazer, em média, dois enxágues a cada lote de roupas, a fim de eliminar o excesso de espuma, para só depois colocá-las na água com o amaciante. Esta nova variante de Comfort conta com a tecnologia corta-espuma, que permite ao consumidor fazer um único enxágue após a lavagem: assim, as roupas podem ser colocadas na água com amaciante diretamente depois de saírem do tanquinho. Além de todos os benefícios de Comfort Concentrado – que tem apenas 500 ml, mas rende tanto quanto o Comfort Classic 2L, proporcionando a diminuição de resíduos, matérias-primas e emissão de CO2 –, Comfort Concentrado Tanquinho assegura mais praticidade ao consumidor, com redução de consumo de água e tempo de enxágue. Enquanto o antigo processo de enxágue consumia em média 74 litros de água, a nova tecnologia de Comfort permite consumir aproximadamente 24 litros, uma economia de água de 35%. E o tempo dedicado aos enxágues, que variava em torno de 37 minutos, agora não deve ultrapassar 12 minutos.

Omo Multiação Tanquinho Dialogando com nossos consumidores, descobrimos que, no processo de lavagem de roupas em tanquinho, normalmente a água é reutilizada por até três vezes, possibilitando a lavagem de três lotes diferentes de roupas. Nenhum sabão em pó estava preparado para esse tipo de uso, o que exigia que o consumidor acrescentasse mais produto a cada lavagem. O novo Omo Multiação Tanquinho foi o primeiro sabão em pó desenvolvido especialmente para suprir essa carência, permitindo três lavagens perfeitas, na mesma água e sem a necessidade de adição de mais produto. Este é mais um lançamento que demonstra a história de sucesso de Omo, marca sempre preocupada em satisfazer seus consumidores, trazendo continuamente inovações em suas fórmulas e buscando ser um aliado cada vez mais forte na lavagem de roupas. Tema da Matriz: Oferecer produtos de qualidade que atendam todos os lares brasileiros.

48

Esta variante de Comfort é atualmente comercializada nas regiões Sul e Sudeste do país, que contam com 76% dos tanquinhos presentes nos lares brasileiros. EN26 Tema da Matriz: Oferecer produtos de qualidade que atendam todos os lares brasileiros.

Omo Multiação Tanquinho & Comfort Concentrado Tanquinho Unilever’s pioneering approach to business was once more in evidence in 2009 with the launch of two innovative products: Omo Multiação Tanquinho and Comfort Concentrado Tanquinho. Constantly focused on our consumers, we created two exclusive products for use with the tanquinho, a semi-automatic washing machine that exists only in Brazil. It is used mostly by the less privileged social classes and has a 57% share of the washing machine market. Omo Multiação Tanquinho In contacts with our consumers, we discovered that when clothes are washed in the tanquinho, the water is reused up to three times, permitting three batches to be washed, with the consumer adding more product for each wash. There was no soap powder suitable for this kind of use on the market. New Omo Multiação Tanquinho was the first soap powder developed especially for this application, enabling three perfect washes in the same water with no need to add more powder. This is yet another product launch consolidating the success of the Omo brand in the country. Constantly concerned about meeting consumer needs, Omo continues to offer formulation innovations that make it the perfect partner in domestic laundry. Matrix Topic: Offer quality products that meet the needs of all Brazilian homes. Comfort Concentrado Tanquinho Since it was launched in 1975, Comfort has been leader of its category. This is the result of its constant concern in servicing varied user profiles and meeting different consumer demands. This concern has led to constant innovation and better, more innovative products. In 2008, Comfort was the first brand in Brazil to launch a concentrated fabric softener; in 2009, it launched yet another game-changing product: Comfort Concentrado Tanquinho. Researching consumer tanquinho usage habits, we realized that each load of clothes had to be rinsed twice to eliminate the excess suds, before adding water and softener. This new Comfort variant has a technology that eliminates suds, enabling the consumer to rinse the clothes only once. As a result, clothes can now be put in water with the softener as soon as they come out of the tanquinho. On top of the benefits provided by Comfort Concentrado, a 500 ml pack that yields as much as Comfort Classic 2L, less waste, less raw material and lower CO2 emissions, Comfort Concentrado Tanquinho is more practical to use, with lower water consumption and a faster rinse process. While the old rinsing process consumed on average 74 litres of water, this new Comfort technology consumes around 24 litres, a saving of 35%. And the time spent on rinsing has been reduced from around 37 minutes to a maximum of 12 minutes. The Comfort variant is currently available in the South and Southeast of the country, where 76% of the tanquinhos in use are located. EN26 Matrix Topic: Offer quality products that meet the needs of all Brazilian homes


SUMÁRIO GRI GRI SUMMARY

respondido answered

parcialmente respondido

não respondido not answered

partially answered

Indicador

Descrição

Indicator

1.1; 1.2

2.1;2.2;2.3;2.4;2.5; 2.6;2.7;2.8;2.9

3.1 ;3.2;3.3;3.4; 3.5;3.6;3.7;3.8; 3.9;3.10;3.12;3.13

4.1 ;4.2*;4.3*;4.4; 4.5;4.6;4.7;4.8;4.9; 4.10;4.12;4.14;4.15; 4.16;4.17

EC1

Description

Estratégia e Análise (Strategy and Analysis )

Perfil Organizacional (Organizational Profile)

Parâmetros do Relatório (Report Parameters)

Governança, Compromisso e Engajamento (Governance, Commitments and Engagement)

Valor econômico direto gerado e distribuído, incluindo receitas, custos operacionais, remuneração de empregados, doações e outros investimentos na comunidade, lucros acumulados e pagamentos para provedores de capital e governos.

Página(s) Page(s)

Princípio do Pacto Global Global Compact Principle

Termômetro Thermometer

5

2

2; 18

4; 12; 3; 34; 36; 44

Princípio 1 ao 10

Principle 1 e 10

32

(Direct economic value generated and distributed, including revenues, operating costs, employee compensation, donations and other community investments, retained earnings, and payments to capital providers and governments)

EC2

EC3

Implicações financeiras e outros riscos e oportunidades para as atividades da organização devido a mudanças climáticas. (Financial implications and other risks and opportunities for the organization’s activities due to climate change)

Cobertura das obrigações do plano de pensão de benefício definido que a organização oferece. (Coverage of the organization’s defined benefitplan obligations)

18; 28

Princípio 7

Principle 7

Planos de benefício definido não são mais práticas de mercado e sim os de contribuição definida, tal e qual oferecemos (p.35)

Defined benefit plans are no longer a market practice. Whereas defined contribution plans such as ours are.

EC4

Ajuda financeira significativa recebida do governo. (Significant financial assistance received from government)

Variação da proporção do salário mais baixo comparado ao salário minimo local em unidades operacionais importantes.

EC5

(Range of ratios of standard entry level wage compared to local minimum wage at significant locations of operation)

Desenvolvimento e impacto de investimentos em infra-estrutura e serviços oferecidos, principalmente para benefício público, por meio de engajamento comercial, em espécie ou atividades pro bono.

EC8

* Não se aplica EN3 * Does not apply

(Development and impact of infrastructure investments and services provided primarily for public benefit through commercial, inkind, or pro bono engagement)

Consumo de energia direta discriminado por fonte de energia primária. (Direct energy consumption by primary energy source)

Não recebemos auxilio financeiro do governo (p.34) We do not receive financial assistance from the government.

100% de nossos contratos de trabalho/remuneração são regidos pelas regras de salário mínimo (p.34) 100% of our labour contracts/ remuneration are governed by minimum salary regulations.

Princípio 1

Principle 1

Princípio 8

Principle8

48

25

principio 8

EN4

Consumo de energia indireta discriminado por fonte de energia primária. (Indirect energy consumption by primary source)

25

Princípio 8

Principle8

49 EN5

Energia economizada devido a melhorias em conservação e eficiência.

(Energy saved due to conservation and efficiency improvements)

16; 25

Princípio 8

Principle 8


oferecemos (p.35)

Defined benefit plans are no longer a market practice. Whereas defined contribution plans such as ours are.

SUMÁRIO GRI EC4

Ajuda financeira significativa recebida do governo. (Significant financial assistance received from government)

GRI SUMMARY

Variação da proporção do salário mais baixo comparado ao salário minimo local em unidades operacionais importantes.

EC5

(Range of ratios of standard entry level wage compared to local minimum wage at significant locations of operation)

Desenvolvimento e impacto de investimentos em infra-estrutura e serviços oferecidos, principalmente para benefício público, por meio de engajamento comercial, em espécie ou atividades pro bono.

EC8

EN3

(Development and impact of infrastructure investments and services provided primarily for public benefit through commercial, inkind, or pro bono engagement)

Consumo de energia direta discriminado por fonte de energia primária. (Direct energy consumption by primary energy source)

Não recebemos auxilio financeiro do governo (p.34) We do not receive financial assistance from the government.

100% de nossos contratos de trabalho/remuneração são regidos pelas regras de salário mínimo (p.34) 100% of our labour contracts/ remuneration are governed by minimum salary regulations.

Princípio 1

Principle 1

Princípio 8

Principle8

48

25

principio 8

EN4

EN5

EN6

Consumo de energia indireta discriminado por fonte de energia primária. (Indirect energy consumption by primary source)

Energia economizada devido a melhorias em conservação e eficiência.

(Energy saved due to conservation and efficiency improvements)

Iniciativas para fornecer produtos e serviços com baixo consumo de energia, ou que usem energia gerada por recursos renováveis, e a redução na necessidade de energia resultante dessas iniciativas.

Iniciativas para reduzir o consumo de energia indireta e as reduções obtidas.

EN8

Total de retirada de água por fonte.

EN10 EN14 EN16 EN17 EN19 EN20 EN21

EN22

Princípio 8

Principle8

16; 25

Princípio 8 Princípio 9

Principle 8 Principle 9

20

Princípio 8 Princípio 9

Principle 8 Principle 9

20

Princípio 8 Princípio 9

Principle 8 Principle 9

20

Princípio 8

Principle 8

21

Princípio 8

Principle 8

16; 22

Princípio 8 Princípio 9

Principle 8 Principle 9

29

Princípio 8

Principle 8

19

Princípio 8

Principle 8

Princípio 8

Principle 8

19

Princípio 8

Principle 8

20

Princípio 8

Principle 8

16; 17; 22; 23

Princípio 8

Principle 8

24

Princípio 8

Principle 8

(Initiatives to provide energy-efficient or renewable energy based products and services, and reductions in energy requirements as a result of these initiatives)

EN7

EN9

25

(Initiatives to reduce indirect energy consumption and reductions achieved)

(Total water withdrawal by source)

Fontes hídricas significativamente afetadas por retirada de água. (Water sources significantly affected by withdrawal of water)

Percentual e volume total de água reciclada e reutilizada. (Percentage and total volume of water recycled and reused)

Estratégias, medidas em vigor e planos futuros para a gestão de impactos na biodiversidade.

(Strategies, current actions, and future plans for managing impacts on biodiversity)

Total de emissões diretas e indiretas de gases de efeito estufa, por peso. (Total direct and indirect greenhouse gas emissions by weight)

Outras emissões indiretas relevantes de gases de efeito estufa, por peso. (Other relevant indirect greenhouse gas emissions by weigh)

Emissões de substâncias destruidoras da camada de ozônio, por peso. (Emissions of ozone-depleting substances by weight)

NOX, SOX e outras emissões atmosféricas significativas, por tipo e peso. (NOX, SOX, and other significant air emissions by type and weight)

Descarte total de água, por qualidade e destinação. (Total water discharge by quality and destination)

Peso total de resíduos, por tipo e método de disposição. (Total weight of waste by type and disposal method)

19

EN23

Número e volume total de derramamentos significativos. (Total number and volume of significant spills)

16; 17; 23

Princípio 8

Principle 8

EN25

Identificação, tamanho, status de proteção e índice de biodiversidade de corpos d'água e habitats relacionados significativamente afetados por descartes de água e drenagem realizados pela organização relatora.

16; 17; 22

Princípio 8

Principle 8

17; 27; 28; 29; 33; 48

Princípio 7 Princípio 8 Princípio 9

Principle 7 Principle 8 Principle 9

17; 32

Princípio 8 Princípio 9

Principle 8 Principle 9

(Identity, size, protected status, and biodiversity value of water bodies and related habitats significantly affected by the reporting organization’s discharges of water and runoff)

EN26

Iniciativas para mitigar os impactos ambientais de produtos e serviços e a extenção da redução desses impactos.

EN27

Percentual de produtos e suas embalagens recuperados em relação ao total de produtos vendidos, por categoria de produto.

(Initiatives to mitigate environmental impacts of products and services, and extent of impact mitigation)

(Percentage of products sold and their packaging materials that are reclaimed by category)

50 Valor monetário de multas significativas e número total de sanções não-monetárias resultantes da não conformidade com leis e

23; 27

Principle 8


EN21

EN22

Descarte total de água, por qualidade e destinação. (Total water discharge by quality and destination)

Peso total de resíduos, por tipo e método de disposição. (Total weight of waste by type and disposal method)

16; 17; 22; 23

Princípio 8

24

Princípio 8

Principle 8

SUMÁRIO GRI Principle 8

EN23

Número e volume total de derramamentos significativos. (Total number and volume of significant spills)

16; 17; 23

Princípio 8

Principle 8

EN25

Identificação, tamanho, status de proteção e índice de biodiversidade de corpos d'água e habitats relacionados significativamente afetados por descartes de água e drenagem realizados pela organização relatora.

16; 17; 22

Princípio 8

Principle 8

17; 27; 28; 29; 33; 48

Princípio 7 Princípio 8 Princípio 9

Principle 7 Principle 8 Principle 9

Princípio 8 Princípio 9

Principle 8 Principle 9

Princípio 8

Principle 8

Princípio 1 Princípio 3

Principle 1 Principle 3

Princípio 3

Principle 3

Princípio 1

Principle 1

Princípio 1

Principle 1

Princípio 1

Principle 1

17; 38; 39; 40

Princípio 1 Princípio 6

Principle 1 Principle 6

17; 34

Princípio 1 Princípio 6

Principle 1 Principle 6

Princípio 1 Princípio 2 Princípio 3 Princípio 4 Princípio 5 Princípio 6

Principle 1 Principle 2 Principle 3 Principle 4 Principle 5 Principle 6

Princípio 1 Princípio 2 Princípio 3

Principle 1 Principle 2 Principle 3

GRI SUMMARY

(Identity, size, protected status, and biodiversity value of water bodies and related habitats significantly affected by the reporting organization’s discharges of water and runoff)

EN26

Iniciativas para mitigar os impactos ambientais de produtos e serviços e a extenção da redução desses impactos.

EN27

Percentual de produtos e suas embalagens recuperados em relação ao total de produtos vendidos, por categoria de produto.

17; 32

EN28

Valor monetário de multas significativas e número total de sanções não-monetárias resultantes da não conformidade com leis e regulamentos ambientais.

23; 27

LA1

Total de trabalhadores por tipo de emprego, contrato de trabalho e região.

LA3

Benefícios oferecidos a empregados de tempo integral que não são oferecidos a empregados temporários ou em regime de meio período, discriminados pelas principais operações.

LA4

Percentual de empregados abrangidos por acordos de negociação coletiva.

LA5

Prazo mínimo para notificação com antecedência referente a mudanças operacionais, incluindo se esse procedimento esta especificado em acordos de negociação coletiva.

LA7

LA8

LA9

(Initiatives to mitigate environmental impacts of products and services, and extent of impact mitigation)

(Percentage of products sold and their packaging materials that are reclaimed by category)

(Monetary value of significant fines and total number of non-monetary sanctions for noncompliance with environmental laws and regulations)

35

(Benefits provided to full-time employees that are not provided to temporary or part-time employees, by major operations)

(Percentage of employees covered by collective bargaining agreements)

(Minimum notice period(s) regarding operational changes, including whether it is specified in collective agreements)

100% de nossos empregados estão abrangidos por acordos de negociação coletiva. 100% of our employees are covered by collective bargaining agreements.

O prazo mínimo que estabalecemos é de três meses. Mas a prática buscada é de comunicar com um ano de antecedência. The minimum period established is three months. But we seek to provide one year's notice.

Taxas de lesões, doenças ocupacionais, dias perdidos, absenteísmo e óbitos relacionados ao trabalho, por região.

15; 42; 43

Programas de educação, treinamento, aconselhamento, prevenção e controle de risco em andamento para dar assistência a empregados, seus familiares.

2; 15; 44

(Rates of injury, occupational diseases, lost days, and absenteeism, and number of workrelated fatalities by region)

(Education, training, counseling, prevention, and risk-control programs in place to assist workforce members, their families, or community members regarding serious diseases)

Temas relativos a segurança e saúde cobertos por acordos formais com sindicatos. (Health and safety topics covered in formal agreements with trade unions)

LA13

38

(Total workforce by employment type, employment contract, and region)

Composição dos grupos responsáveis pela governança corporativa e discriminação de empregados por categoria, de acordo com gênero, faixa etária, minorias e outros indicadores de diversidade.

Realizamos acordos com 14 Sindicatos de Trabalhadores e em todos os acordos existem cláusulas relacionadas a saúde, segurança e proteção ao trabalhador. (p.15) We have agreements with 14 workers unions and all the agreements have clauses on health, safety and protection for workers.

(Composition of governance bodies and breakdown of employees per category according to gender, age group, minority group membership, and other indicators of diversity)

LA14

Proporção de salário-base entre homens e mulheres, por categoria funcional.

HR1

Percentual e número total de contratos de investimento significativos que incluam cláusulas referentes a direitos humanos ou que foram submetidos a avaliações referentes a direitos humanos.

(Ratio of basic salary of men to women by employee category)

(Percentage and total number of significant investment agreements that include human rights clauses or that have undergone human rights screening)

Percentual de empresas contratadas e fornecedores críticos que foram submetidos a avaliações referentes a direitos humanos e as medidas tomadas.

100% dos contratos-padrão que envolvam prestação de serviços contêm cláusulas específicas sobre direitos humanos, relativas à mão-de-obra escrava e infantil e Código de Princípios de Negócios. Quanto aos contratos não-padrão, procuramos incluir tais cláusulas em todos os referidos contratos. 100% of the standard contracts involving services have specific clauses on human rights, slave and child labour and our Code of Business Principles. We seek to include such clauses in all non-standard contracts.

46

51


LA8

SUMÁRIO GRI LA9

GRI SUMMARY

LA13

Princípio 1

Principle 1

Princípio 1

Principle 1

17; 38; 39; 40

Princípio 1 Princípio 6

Principle 1 Principle 6

17; 34

Princípio 1 Princípio 6

Principle 1 Principle 6

Princípio 1 Princípio 2 Princípio 3 Princípio 4 Princípio 5 Princípio 6

Principle 1 Principle 2 Principle 3 Principle 4 Principle 5 Principle 6

Princípio 1 Princípio 2 Princípio 3 Princípio 4 Princípio 5 Princípio 6

Principle 1 Principle 2 Principle 3 Principle 4 Principle 5 Principle 6

Princípio 1 Princípio 2 Princípio 6

Principle 1 Principle 2 Principle 6

Princípio 1 Princípio 2 Princípio 3

Principle 1 Principle 2 Principle 3

(Education, training, counseling, prevention, and risk-control programs in place to assist workforce members, their families, or community members regarding serious diseases)

Temas relativos a segurança e saúde cobertos por acordos formais com sindicatos. (Health and safety topics covered in formal agreements with trade unions)

Composição dos grupos responsáveis pela governança corporativa e discriminação de empregados por categoria, de acordo com gênero, faixa etária, minorias e outros indicadores de diversidade.

Realizamos acordos com 14 Sindicatos de Trabalhadores e em todos os acordos existem cláusulas relacionadas a saúde, segurança e proteção ao trabalhador. (p.15) We have agreements with 14 workers unions and all the agreements have clauses on health, safety and protection for workers.

(Composition of governance bodies and breakdown of employees per category according to gender, age group, minority group membership, and other indicators of diversity)

LA14

Proporção de salário-base entre homens e mulheres, por categoria funcional.

HR1

Percentual e número total de contratos de investimento significativos que incluam cláusulas referentes a direitos humanos ou que foram submetidos a avaliações referentes a direitos humanos.

100% dos contratos-padrão que envolvam prestação de serviços contêm cláusulas específicas sobre direitos humanos, relativas à mão-de-obra escrava e infantil e Código de Princípios de Negócios. Quanto aos contratos não-padrão, procuramos incluir tais cláusulas em todos os referidos contratos.

Percentual de empresas contratadas e fornecedores críticos que foram submetidos a avaliações referentes a direitos humanos e as medidas tomadas.

46

(Ratio of basic salary of men to women by employee category)

(Percentage and total number of significant investment agreements that include human rights clauses or that have undergone human rights screening)

HR2

(Percentage of significant suppliers and contractors that have undergone screening on human rights and actions taken)

Número total de casos de discriminação e as medidas tomadas.

HR4

(Total number of incidents of discrimination and actions taken)

100% of the standard contracts involving services have specific clauses on human rights, slave and child labour and our Code of Business Principles. We seek to include such clauses in all non-standard contracts.

Em 2009 não houve nenhum caso de descriminação. Nosso Código de Princípios de Negocio abrange dados específicos sobre nossa política de não- discriminação, e todos os nossos funcionários estão submetidos ao Código. (p.44) In 2009 there were no cases of discrimination. Our Code of Business Principles provides specific guidance on our policy of non-discrimination, and all our employees are subject to the Code.

HR5

HR6

HR7

HR8

HR9

SO1

Operações identificadas em que o direito de exercer a liberdade de associação e a negociação coletiva pode estar correndo risco significativo e as medidas tomadas para apoiar esse direito. (Operations identified in which the right to exercise freedom of association and collective bargaining may be at significant risk, and actions taken to support these rights)

A liberdade de associação é cumprida na Unilever Brasil, toda a liderança de nossas operações são previamente treinadas em Relações Sindicais e os Gerentes de Recursos Humanos atuam permanentemente no tema Freedom of association is exercised in Unilever Brazil. All leaders of our operations are trained in Union Relations and our Human Resources managers are permanently active in this area.

Operações identificadas como de risco significativo de ocorrência de trabalho infantil e as medidas tomadas para contribuir para a abolição do trabalho infantil.

44; 46

Princípio 1 Princípio 2 Princípio 5

Principle 1 Principle 2 Principle 5

Operações identificadas como de risco significativo de ocorrência de trabalho forçado ou análogo ao escravo e as medidas tomadas para contribuir para a erradicação do trabalho forçado ou análogo ao escravo.

16; 17; 46

Princípio 1 Princípio 2 Princípio 4

Principle 1 Principle 2 Principle 4

Princípio 1 Princípio 2

Principle 1 Principle 2

Princípio 1 Princípio 2

Principle 1 Principle 2

Princípio 10

Principle 10

Princípio 10

Principle 10

Princípio 10

Principle 10

(Operations identified as having significant risk for incidents of child labor, and measures taken to contribute to the elimination of child labor)

(Operations identified as having significant risk for incidents of forced or compulsory labor, and measures to contribute to the elimination of forced or compulsory labor)

Percentual do pessoal de segurança submetido a treinamento nas políticas ou procedimentos da organização relativos a aspectos de direitos humanos que sejam relevantes às operações.

(Percentage of security personnel trained in the organization’s policies or procedures concerning aspects of human rights that are relevant to operations)

Número total de casos de violação dos povos indígenas e medidas tomadas.

(Total number of incidents of violations involving rights of indigenous people and actions taken)

Natureza, escopo e eficácia de quaisquer programas e práticas para avaliar e gerir os impactos das operações nas comunidades, incluindo a entrada, operação e saída.

Todos os funcionarios da área de segurança foram submetidos a treinamentos que incluem aspectos de direitos humanos, em cumprimento de nosso Código de Princípios de Negocio. All security area employees have been submitted to training that includes human rights, in compliance with our Code of Business Principles.

Não existem áreas indígenas próximas de nossas unidades de trabalho There are no indigenous areas near our units.

46

(Nature, scope, and eff ectiveness of any programs and practices that assess and manage the impacts of operations on communities, including entering, operating and exiting)

SO2

Percentual e número total de unidades de negócios submetidas a avaliações de riscos relacionados a corrupção.

SO3

Percentual de empregados treinados nas políticas e procedimentos anticorrupção da organização.

16; 44

Medidas tomadas em resposta a casos de corrupção.

16; 44

(Percentage and total number of business units analyzed for risks related to corruption)

(Percentage of employees trained in organization’s anticorruption policies and procedures)

15; 16; 44

* Não se aplica * Does not apply SO4

(Actions taken in response to incidents of corruption)

52 SO5

Posições quanto a políticas públicas e participação na elaboração de políticas públicas e lobbie.

44

N/A*


(Total number of incidents of violations involving rights of indigenous people and actions taken)

SO1

Natureza, escopo e eficácia de quaisquer programas e práticas para avaliar e gerir os impactos das operações nas comunidades, incluindo a entrada, operação e saída.

SUMÁRIO GRI

46

GRI SUMMARY

(Nature, scope, and eff ectiveness of any programs and practices that assess and manage the impacts of operations on communities, including entering, operating and exiting)

SO2

Percentual e número total de unidades de negócios submetidas a avaliações de riscos relacionados a corrupção.

SO3

Percentual de empregados treinados nas políticas e procedimentos anticorrupção da organização.

16; 44

SO4

Medidas tomadas em resposta a casos de corrupção.

16; 44

SO5

Posições quanto a políticas públicas e participação na elaboração de políticas públicas e lobbie.

44

SO6

Valor total de contribuições financeiras e em espécie para partidos políticos, políticos ou instituições relacionadas, discriminadas por país.

44

SO7

SO8

PR1

PR2

(Percentage and total number of business units analyzed for risks related to corruption)

(Percentage of employees trained in organization’s anticorruption policies and procedures)

(Actions taken in response to incidents of corruption)

(Public policy positions and participation in public policy development and lobbying)

(Total value of fi nancial and in-kind contributions to political parties, politicians, and related institutions by country)

Número total de ações judiciais por concorrência desleal, práticas de truste e monopólio e seus resultados.

(Total number of legal actions for anticompetitive behavior, antitrust, and monopoly practices and their outcomes)

Valor monetário de multas significativas e número total de sanções não-monetárias resultantes da não conformidade com leis e regulamentos. (Monetary value of significant fines and total number of non-monetary sanctions for noncompliance with laws and regulations)

Fases do ciclo de vida de produtos e serviços em que os impactos na saúde e segurança são avaliados visando melhoria, e o percentual de produtos e serviços sujeitos a esses procedimentos.

Número total de casos de não-conformidade com regulamentos e códigos voluntários relacionados aos impactos causados por produtos e serviço na saúde e segurança durante o ciclo de vida, discriminados por tipo de resultado.

PR5

PR8

PR9

Número total de casos de não-conformidade com regulamentos e códigos voluntários relacionados a informações e rotulagem de produtos e serviços, discriminados por tipo de resultado.

(Total number of incidents of non-compliance with regulations and voluntary codes concerning product and service information and labeling, by type of outcomes)

Valor monetário de multas (significativas) por não-conformidade com leis e regulamentos relativos ao fornecimento e uso de produtos e serviços.

(Monetary value of the fines (significant) for non-compliance to laws and regulations related to the supply and use of products and services)

Princípio 10

Principle 10

Princípio 10

Principle 10

Princípio 10

Principle 10

Princípio 10

Principle 10

Princípio 1

Principle 1

Princípio 1

Principle 1

Princípio 8

Principle 8

Princípio 1

Principle 1

Em 2009, não tivemos nenhum caso de multas significativas ou sanções não- monetárias resultantes da não conformidade com leis e regulamentos. In 2009, we received no significant fines or sanctions for non-compliance with laws and regulations.

15; 17; 27; 47

Em 2009 não tivemos nenhum incidente de gravidade reportado. (p.15) In 2009, no serious incidents were reported.

Em 2009 não tivemos nenhum incidente de gravidade reportado. In 2009, no serious incidents were reported.

Práticas relacionadas à satisfação do cliente, incluindo resultados de pesquisas que medem essa satisfação.

(Total number of proved complaints in relation to the violation of privacy and loss of data on clients)

Principle 10

We do not employ conduct that may be construed as anticompetitive or antitrust and have not been subject to legal action for non-compliance.

17; 45

(Practices related to customer satisfaction, including results of surveys measuring customer satisfaction.)

Número total de reclamações comprovadas relativas a violação de privacidade e perda de dados de clientes.

Princípio 10

Não temos práticas de truste e monopólio, e não fomos submetidos a nenhuma ação judicial por concorrência desleal.

(Life cycle stages in which health and safety impacts of products and services are assessed for improvement and percentage of signifi cant products and services categories subject to such procedures)

(Total number of incidents of non-compliance with regulations and voluntary codes concerning health and safety impacts of products and services during their life cycle, by type of outcomes)

PR4

15; 16; 44

Em 2009 não tivemos nenhum caso de perda de dados de clientes e consumidores. In 2009 there no cases of loss of customer or consumer data.

Em 2009 não tivemos nenhum caso de multas significativas por não-conformidade com leis e regulamentos relativos ao fornecimento e uso de produtos e serviços. In 2009 there were no cases of significant fines for non-compliance with laws and regulations related to the supply and use of products and services.

Desempenho Econômico

Desempenho Ambiental

Práticas Trabalhistas e Trabalho Decente

Direitos Humanos

Economic Performance

Environment Performance

Labor Pratices and Worthy Work

Human Rights

Sociedade Society

Responsabilidade pelo produto Responsability for the product

53


Este Relatório é o resultado do trabalho de cada um de nossos colaboradores e parceiros que, por meio de pequenas ações, ajudam a promover um futuro sustentável e melhor a cada dia.

This Report is the result of the work of each one of our employees and partners who, with small actions, help to create a sustainable and better future every day.

54


Créditos Credits

Iniciativa | Initiative: Luiz Carlos Dutra - Vice-Presidente de Assuntos Corporativos | Vice President Corporate Affairs José Negrete - Vice-Presidente da Cadeia de Suprimentos | Vice President Supply Chain Coordenação e Execução | Coordination and Execution: Equipe de Responsabilidade Social | Social Responsibility Team

Waleska Ferreira, Cristiane Lourenço Equipe de Supply Chain, SHEQ | Supply Chain SHEQ Team

Ariovaldo Nesso, Marina Yoko, Renan Rocha Coordenação de Conteúdo e Redação | Coordination of Content and Text

Visão Sustentável José Pascowitch, Carolina Besse, Raquel Scarpari, André dos Santos Baldraia Souza, Rafael de Carvalho Morales

Colaboradores que participaram deste relatório | Employees who contributed to this report:

Agatha Faria, Alessandro Chiaramitara, Alessandro Cruvinel, Alexandre Correa, Alexandre Eboli, Alexandre Guimarães Andrade, Alexandre Miranda, Amaranto Lopes, Anderson Rocha, Andrea Salzano, Andreia Cardoso, Betania Gattai, Braulio Marote, Bruna Gomes, Bruno Francisco, Camila Ávila, Cassia da Silva Barbosa, Christian Castro, Claudio Weschler, Cristine Lu, Daniel M. C. Pimenta, Daniela Cachich, Diogo Ganzella, Dirk Schneider, Djama P. Filho, Dorival Hassun, Elaine Molina, Erika Ferreira, Etieny Nunes, Fernanda Mancuso, Fernanda Marques, Flávia Villani, Francisco Barbaro, Gisele Pavin, Irlei Homero, Jessica Hollaender, Jorge Lima, José Eduardo Andreosi, Juliana Abreu, Juliana Marra, Juliana Nunes, Karina Teixeira, Katia Gajete, Leonardo Rubinato, Leonice Ferreira, Lis Santos, Luciana Menice, Marcela Mariano, Marcelo Pimenta, Marcio Almeida, Márcio Da Silva, Marco Pellegrini, Marcos Rocha, Maria Carla Leone, Maristela Santos, Mauricio Ferrer Pinto, Mauro Moreira, Mirley Mendonça, Moacir Reis, Mozart Albano, Nadia Quaglia, Nadine Santos, Nelcina Tropardi, Patricia Ferracini, Paula Castro, Priya Patel, Reinaldo Lucas, Renata Cassar, Renata Salles, Renato Mazzotini, Roberta Santanna, Roberto Eira, Rodinei Moraes, Rodrigo A Lino, Rogério Pezzuto, Rogério Rangel, Sebastian Bonica, Silvia Bogus,Talita Campoi Marinho, Vanessa Furlan, Wagner Aparecido Vicente e Zélia M.Martini

Coordenação Editorial | Editorial Coordination Oggi Comunicacação Alessandra Samorano, Denise Falco, Marcelo Beltrame, Ronaldo Buzato

Revisão | Revision: Marco A. Storani, Marilia Cotomacci Tradução | Translation: Raymond Maddock Finalização | Finishing: Karystein Souto, Adalberto Fatobeni Fotografia | Photography: Roberto London / Unilever Impressão| Printing: Leograf Gráfica e Editora Contatos | Contacts: SAC Unilever Telefone: 0800 707 9911 Caixa Postal: 19140 CEP 04505-970 E-mail: sac@atendimentounilever.com.br Instituto Unilever | Unilever Institute: instituto.unilever@unilever.com Responsabilidade Social | Social Responsibility: responsabilidade.social@unilever.com Conheça todas as nossas iniciativas de sustentabilidade acessando nosso site | Find out more about our sustainability actions by accessing our site

www.unileversustentabilidade.com.br

55


www.unileversustentabilidade.com.br


Relatório de Sustentabilidade 2009