Issuu on Google+

Nº Nº 274 260/

/JANEIRO JUNHO 2012 2011

Odebrecht Engenharia Industrial: internacionalização e transversalidade

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

1


2012 Nº JUNHO Nº 274260 260 / // JANEIRO JUNHO 2011 2011

4 arena fonte nova abre centro de visitação

Um espaço interativo para que o público comece a vivenciar a nova arena de Salvador, na Bahia. O Centro de Visitação da Arena Fonte Nova, construída pela Odebrecht Infraestrutura e OAS, foi aberto no dia 19 de janeiro.

>

> 8 um novo projeto nos emirados árabes

Há oito anos nos Emirados Árabes Unidos, a Odebrecht International conquistou o contrato para a construção da estação de bombeamento de esgotos mais profunda do mundo, na cidade de Abu Dhabi, capital do país.

10 internacionalização e transversalidade

>

Tendo a internacionalização como uma das macroestratégias rumo à Visão 2020, a Odebrecht Engenharia Industrial encerrou o ano de 2011 com sua presença internacional consolidada em diversos países.


próxima edição:

7 de fevereiro de 2012.

14 inovando em logística para o

>

transporte

Responsável pela construção do Terminal Embraport, na margem esquerda do Porto de Santos, no litoral paulista, a Odebrecht Infraestrutura tem utilizado soluções criativas na logística da obra.

18 bndes libera recursos para casas > familiares

As casas familiares Rural de Igrapiúna (CFR-I) e Agroflorestal (Cfaf ), localizadas em Igrapiúna e Nilo Peçanha, na Bahia, têm um novo motivo para comemorar: o BNDES liberou os recursos para reforma e ampliação das unidades de ensino.

> 22 notícias rápidas

expediente ODEBRECHT NOTÍCIAS é um informativo de circulação interna editado pela Equipe de Comunicação Empresarial da Odebrecht S.A. Jornalista Responsável: Fabiana Cabral Redação: Avenida das Nações Unidas, 8.501, 32º andar, São Paulo • Telefone: (55 11) 3096-8171 Sugestões: fabianacabral@odebrecht.com Site: www.odebrechtnoticias.com.br

divulgue este informativo na sua empresa ou no seu projeto!


> copa do mundo 2014

Arena Fonte Nova abre Ce

O novo espaço apresenta vídeos, fotografias históricas do futebol, um mirante para acompanhar a evolução das obras, além da maquete da Arena Fonte Nova

Nova, construída pela

montado próximo à área da

para que o público comece

Odebrecht Infraestrutura e

antiga Tribuna de Honra,

a vivenciar a nova arena de

OAS, foi aberto no dia 19 de

está um mirante com vista

Salvador, na Bahia. O Centro

janeiro.

privilegiada para a obra.

Um espaço interativo

de Visitação da Arena Fonte

4

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

Entre os atrativos do local,

Uma grande parede de vidro


entro de Visitação revela as características

previamente pelo site www.

multiuso do equipamento

arenafontenova.com.br.

e cria cenários para que o público possa interagir

MAQUETE E TOUR

com o novo conteúdo da

VIRTUAL

arena. Painéis fotográficos

Uma das atrações do

contam a história de

Centro de Visitação é a

momentos marcantes do

maquete da Arena Fonte

futebol baiano e nacional

Nova. Acima dela, um lustre

vividos na Fonte Nova,

especial simula a visão que

além de shows memoráveis.

o torcedor terá de dentro

Mesclando passado,

do campo.

presente e futuro, o centro

A partir do fim deste

também mostra um pouco

mês, o espaço oferecerá

dos eventos que ainda

um passeio virtual,

estão por vir.

reproduzindo detalhes

Durante a visita

do novo equipamento,

guiada, monitores estão à

que terá 50 mil assentos

disposição para contar as

cobertos, distribuídos

histórias apresentadas nos

em três níveis de

painéis e tirar dúvidas sobre

arquibancadas, além de 70

o projeto.

camarotes, restaurantes

O espaço funciona de

panorâmicos, espaço

quinta-feira a domingo,

cultural, quiosques e

das 9h às 16h, e possui

estacionamento.

permite que o visitante

capacidade para atender

contemple, com segurança

até 210 pessoas por dia.

e conforto, o trabalho

As visitas para grupos,

realizado no local.

de até 30 pessoas,

Arena Fonte Nova, instalado

devem ser agendadas

dentro do Centro de

O espaço de 98 m 2

SUSTENTABILIDADE O Espaço Sustentável da

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

5


> copa do mundo 2014

Estiverem presentes na inauguração do centro, da esquerda para a direita: Dênio Cidreira, Presidente da Arena Fonte Nova; José Luiz Góes, Diretor de Engenharia; Elias Dourado, Subsecretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia; e Ney Campello, Secretário Estadual para Assuntos da Copa do Mundo FIFA 2014

Visitação, é outra novidade

materiais, além de programas

adquirindo souvenires como

e apresenta três pilares que

que prevêem a operação

pedaços do antigo estádio,

orientam o projeto: social,

deste equipamento”, explica

bolsas, nécessaire, porta

ambiental e econômico.

Lino Cardoso, Diretor de

celulares, aventais, entre

“Criamos um lugar especial

Marketing e Relações

outros, confeccionados

para que as pessoas

Institucionais da Arena Fonte

pela Oficina de Corte e

conheçam algumas das

Nova.

Costura do Projeto Axé, a

nossas ações como inserção

6

Na lojinha que funciona

partir de uniformes dos

de moradores de rua,

no local, o visitante poderá

integrantes da arena. As

inclusão digital, alfabetização

ajudar duas instituições: a

peças ganharam serigrafia

de operários, voluntariado,

OSID (Obras Sociais Irmão

e design assinados pela

reciclagem e reutilização de

Dulce) e o Projeto Axé,

estilista Luciana Galeão.

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012


GOVERNO E FIFA VISITAM AS OBRAS No dia 17 de janeiro, o Ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o Secretário-Geral da FIFA, Jérôme Valcke, e o ex-jogador e membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local da Copa, Ronaldo Nazário de Lima, visitaram as obras da Arena Fonte Nova. Acompanhados pelo Governador da Bahia, Jaques Wagner, os visitantes sobrevoaram o local e andaram pelo canteiro. De acordo com Aldo Rebelo, a Bahia e Salvador estão dentro do cronograma e têm capacidade para receber grandes eventos. “O governo não tem dúvida alguma de que a cidade pode acolher a Copa do Mundo de acordo com as expectativas”, afirmou. Jérôme Valcke fez um balanço da primeira parte da visita ao Brasil, que teve início em Fortaleza: “Não há razão para não acreditar que os estádios serão entregues para a Copa das Confederações e Copa do Mundo”. O ex-atacante da seleção brasileira, Ronaldo, conversou com os integrantes da obra e lançou um desafio. “Vamos fazer um desafio para os estádios que ficarão prontos esse ano. Vou montar meu time e enfrentar, antes dos campos serem inaugurados, uma equipe formada pelos trabalhadores”, brincou.

Ronaldo atende os integrantes e torcedores, durante visita à Arena Fonte Nova odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

7


> conquista

Um novo projeto nos Emirados Árabes

Ilustração mostra o novo projeto de saneamento de Abu Dhabi

Há oito anos nos Emirados Árabes Unidos, a Odebrecht International

de esgotamento sanitário têm início

conquistou, no fim de 2011, o contrato para

programado para março deste ano, com

a construção da estação de bombeamento

previsão de conclusão em março de 2015.

de esgotos mais profunda do mundo, na

8

bombeamento de esgotos do sistema

De acordo com Paulo Suffredini, Diretor

cidade de Abu Dhabi, capital do país. O

de Contrato, a estação ficará a 100 metros

projeto de saneamento atenderá cerca de

de profundidade e terá cerca de 50 metros

três milhões de habitantes até 2032.

de largura, com capacidade para bombear

Com investimentos de US$ 362

uma vazão final de 39 metros cúbicos por

milhões, o contrato é o maior da história

segundo. Os esgotos recolhidos serão

da Companhia de Esgotos de Abu

levados ao longo de um túnel, que já

Dhabi (ADSSC). As obras da estação de

está em construção, até duas estações de

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012


tratamento independentes, já construídas

estação de bombeamento e de tratamento,

em Al Wathba.

além de duas malhas coletoras profundas

A estação de bombeamento será

para alimentar o sistema, faz parte do

instalada no fim de um túnel de 44 km

plano de controle ambiental da cidade,

de extensão, projetado em declive,

proposto para atender a expansão da

começando a aproximadamente 25 metros

malha urbana e industrial até 2032. O

de profundidade e terminando a quase

projeto contempla, ainda, o tratamento e o

100 metros. “O túnel será executado dessa

reuso de uma vazão de 15 metros cúbicos

forma para que a própria gravidade se

por segundo de água para irrigação.

encarregue do transporte dos dejetos”, explica Paulo Suffredini. Segundo ele, a parte da obra sob

Durante o pico de obras, cerca de mil integrantes devem atuar no projeto. “Estamos contratando gente todos os dias”,

responsabilidade da Odebrecht representa

conta Suffredini. Os oito equipamentos

um quarto do investimento total do

que vão compor a primeira fase da estação

novo projeto de saneamento de Abu

de bombeamento serão fornecidos por

Dhabi, cujo valor total do contrato é de

uma empresa japonesa especializada em

aproximadamente US$ 1,4 bilhão.

saneamento.

O conjunto formado pelo túnel, pela

CONTRATO FORMALIZADO Em cerimônia realizada no dia 24 de janeiro, em Abu Dhabi, a Odebrecht International e a ADSSC assinaram o contrato para as obras da estação de bombeamento de esgotos do sistema de Estiveram presentes na reunião, da esquerda para a direita: Ahmed K. Al Shemall, Gerente de Relações Públicas da Odebrecht; Gustavo da Motta, Gerente de Construção da Odebrecht; Nasser Khalfan Al Nuaimi, Vice-Gerente do Departamento de Gestão da ADSSC; Alan Thomson, Diretor da ADSSC; Shahzad H. Orakzai, Gerente do Departamento de Gestão da ADSSC; Paulo Suffredini, Diretor de Contrato da Odebrecht; e Eduardo Kezh, Gerente de Gestão de Licenças para Construção da Odebrecht

esgotamento sanitário (STEP).

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

9


> engenharia industrial

Internacionalização e tra Na Argentina, a empresa realiza obras na Unidade Centro Contínuo Reformado (CCR) da Refinaria La Plata, para a YPF

10

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012


ansversalidade Tendo a internacionalização como uma das macroestratégias rumo à Visão 2020, a Odebrecht Engenharia Industrial encerrou o ano de 2011 com sua presença internacional consolidada em diversos países. O processo iniciouse na Argentina, em 2005, e, desde então a atuação da empresa fora do Brasil não parou de crescer. Ao longo dos anos, em parceria com a Odebrecht Venezuela, a empresa chegou ao país pelo Contrato Converpro. Atualmente, cinco projetos estão em andamento. No México, a empresa concluiu as obras na Refinaria General Lázaro Cárdenas, de Minatitlán, e firmou um novo contrato, com a Braskem/ Integrante retira amostra de solo para Idesa, para a construção de análise em laboratório na estação de no Paraguai umserviço poloHohenau, petroquímico na

região de Coatzacoalcos, odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

11


> engenharia industrial

A duplicação da Refinaria General Lázaro Cárdenas, no México, foi concluída em 2011

no estado de Veracruz.

e das demais empresas

TransPort em nove dos

A previsão é de que a

da Organização são

seus 24 contratos em

produção comece a partir

constantes.

andamento.

de julho de 2015.

No segundo semestre

Odebrecht Engenharia

do ano passado, a

PARCERIA COM

Industrial tem parceria

empresa foi responsável

AS EMPRESAS DA

com a Odebrecht

pelo gerenciamento e

ORGANIZAÇÃO

Infraestrutura, Odebrecht

execução das duas novas

América Latina e Angola,

unidades da ETH, Costa

ampliação da sinergia

Odebrecht Venezuela,

Rica e Água Emendada.

entre os negócios de

ETH Bioenergia, Braskem,

Os dois contratos

Engenharia Industrial

Foz do Brasil e Odebrecht

marcaram sua estreia

A consolidação e a

12

Atualmente, a

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012


neste tipo de construção. “O setor de bioenergia possui necessidades muito específicas, com as quais ainda não éramos familiarizados. A aliança com o cliente e sua expertise foi essencial para alcançarmos o prazo e a satisfação do cliente”, afirma Farid Aby-zayan Feldberg, Diretor de Contrato.

As obras da Unidade Costa Rica, da ETH Bioenergia, no Mato Grosso do Sul, foram finalizadas no segundo semestre do ano passado odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

13


> infraestrutura

As obras do Terminal Embraport já possuem 25% das estacas prontas e 10% estão cravadas. A operação começou em setembro do ano passado e tem previsão para ser concluída em outubro de 2012

Inovando em logística para o Responsável pela

14

tem utilizado soluções

vai propiciar, futuramente,

construção do Terminal

criativas na logística da obra.

a atracação de navios de

Embraport, na margem

O destaque é o transporte

containers de grande porte,

esquerda do Porto de

das estacas nas frentes de

colocando o Porto de Santos

Santos, no litoral paulista, a

cravação, etapa do ciclo de

em patamar superior à sua

Odebrecht Infraestrutura

fundações do cais. A fase

posição atual.

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012


transporte Devido ao comprimento

foram projetadas e construídas

para fabricação – mais de 2.000

de 52 metros e ao peso de

embarcações especializadas

estacas e 6.000 peças armadas

45 toneladas das estacas

para o deslocamento das

– fez com que a Odebrecht

utilizadas no projeto,

peças.

montasse uma fábrica de 60

a empresa apostou no transporte marítimo. Para isso,

A dificuldade no transporte e o grande volume de peças

mil m2, com seis linhas de produção e 12 pórticos com odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

15


> infraestrutura

capacidade para 35 toneladas

uma ponteira metálica de

de cantitravellers – grandes

e vão de 23 metros. “A obra

até nove metros. “Estudos

estruturas metálicas que

se adaptou aos desafios e ao

identificaram diferentes tipos

servem para assegurar a

meio, buscando condições

de solo na região, por isso a

posição da estaca durante

para produzir internamente os

necessidade de colocação

a cravação, realizada com o

recursos necessários, dentro

das ponteiras, que facilitam

auxílio de um guindaste.

da qualidade demandada”,

a perfuração da camada de

destaca Giorgio Bullaty,

sedimentos”, explica Henrique

Sendai, Gerente Comercial,

Gerente de Produção.

Marchesi, Diretor de Contrato.

uma das vantagens

Em média, oito estacas

16

Após o transporte

De acordo com Amilton

dos cantitravellers é a

são fabricadas diariamente.

marítimo, inicia-se o processo

independência das condições

Após a produção, os materiais

de cravação, também

do mar. “Nós estamos

são armazenados na área

modificado pela empresa.

transformando uma obra

de estoque, de onde são

A solução encontrada para

marítima em uma obra

deslocados para receberem

as fundações foi a utilização

suspensa”, revela. Para evitar o

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012


PROJETO ALCANÇA CERTIFICAÇÃO EM TEMPO RECORDE O Terminal Embraport foi o primeiro projeto da Odebrecht Infraestrutura a alcançar, de forma planejada, o Nível 3 de gestão com certificação ISO 9.001:2008. A obra conquistou, em 12 meses, a certificação inédita para o Sistema de Gerenciamento da Qualidade, com validade em todas as suas operações, no âmbito mundial, no Escopo de Obras Portuárias On Shore e Dragagem.

Cerca de duas mil estacas são transportadas pelo embarcadouro (à esquerda), içadas (à direita) e cravadas por três cantitravellers

surgimento de trincas e fissuras na estaca durante o içamento, o projeto desenvolveu um dispositivo que permite a verticalização de forma eficiente e segura. A previsão é que 350 metros de cais estejam concluídos em dezembro deste ano, período em que estarão prontas outras áreas do terminal, como o elevado de 800 metros que passa sobre a ferrovia e o rio e as edificações para a entrada no terminal. odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

17


> fundação odebrecht

BNDES libera recursos

18

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012


para casas familiares As casas familiares Rural de Igrapiúna (CFR-I) e Agroflorestal (Cfaf ), localizadas em Igrapiúna e Nilo Peçanha, na Bahia, têm um novo motivo para comemorar. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) liberou os recursos para reforma e ampliação das unidades de ensino, o que permitirá um aumento no número de jovens beneficiados por ano. O investimento é fruto do Acordo de Cooperação Técnica e Financeira assinado em 2009 pelo BNDES e Fundação Odebrecht. De acordo com Robson Kisaki, Diretor de Ensino da CFR-I, a conquista é um presente para todos os educadores, colaboradores Alunos da Casa Familiar Rural de Igrapiúna serão beneficiados com a ampliação e reforma da sede Com o Sistema Ponto a Ponto, a tarifa paga pelo usuário será proporcional ao trecho percorrido

e alunos: “As novas instalações criarão um ambiente mais favorável odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

19


> fundação odebrecht para o aprendizado e

e a Cfaf foram

irão permitir a realização

autorizadas a ministrar,

de atividades com a

respectivamente, o Curso

comunidade”. Para a

de Educação Profissional

CFR-I, os recursos foram

Técnica de Nível Médio

divididos em duas

em Agronegócio e o Curso

parcelas. A primeira, já

de Educação Profissional

disponível, no valor de

Técnica de Nível Médio

cerca de R$ 700 mil, será

em Florestas, ambos

destinada à construção

integrados ao Ensino

de salas de aula, de

Médio. A certificação

administração e de

foi reconhecida pelo

professores, refeitório,

Conselho Estadual de

laboratório de informática,

Educação da Bahia.

biblioteca e quadra poliesportiva. A liberação de cerca

A Cooperativa dos

de R$ 750 mil para a

Produtores Rurais de

Cfaf, como parcela única,

Presidente Tancredo

auxiliará na ampliação

Neves (Coopatan)

dos alojamentos, na

também foi beneficiada

construção de refeitório,

e recebeu a segunda

biblioteca, laboratório

parcela, de mais de R$

de sementes e sala para

691 mil, correspondente

direção de ensino e equipe

ao projeto de construção

pedagógica. “Essa parceria

de uma unidade de pré-

potencializará ainda mais

beneficiamento de frutas.

a formação técnica e

A primeira, de cerca de R$

profissional oferecida para

750 mil, foi disponibilizada

os jovens”, garante Suzana

em junho de 2011. As

Baiardi, Coordenadora de

obras têm previsão para

Ensino da Casa.

serem concluídas em

Em 2011, a CFR-I

20

OUTRAS AÇÕES

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

fevereiro deste ano.

Jovens da Casa Familiar Agroflorestal de Nilo Peçanha durante aula prática. A unidade também foi contemplada pelo acordo entre BNDES e Fundação Odebrecht


odebrechtnoticias.com.br / nยบ 274 / janeiro 2012

21


> rápidas

Empresas podem recuperar impostos pagos no exterior A V.A.T. (Value Added Tax ou Imposto de Valor

em recuperação de imposto no exterior. O

Agregado) é o imposto cobrado na maioria

trabalho também depende do apoio dos

dos bens e serviços fornecidos pelo Canadá e

integrantes para que os recibos e notas fiscais

por alguns países da Europa – funciona como

sejam apresentados.

o ICMS (Imposto a Circulação de Mercadorias

Em 2008, o negócio de Engenharia e

e Serviços) no Brasil. Para incentivar o turismo

Construção foi ressarcido em mais de 16 mil

de negócios, esses países devolvem a taxa para

dólares, referente às despesas de um curso de

as empresas que tiveram gastos com estadias

MBA realizado por integrantes na Universidade

em hotéis, aluguéis de veículos, combustível,

de Cranfield, na Inglaterra.

alimentação e transporte; custos com

Os países que devolvem a V.A.T. são: Áustria,

treinamento, conferências, feiras e convenções;

Finlândia, Islândia, Reino Unido, Bélgica,

pesquisas de mercado, projetos e serviços

França, Luxemburgo, Suécia, Canadá, Holanda,

profissionais.

Mônaco, Dinamarca, Irlanda e Noruega.

Na Odebrecht, o Centro de Serviços

Para mais informações sobre a operação,

Compartilhados (CSC) está apoiando as

entre em contato com Mauro Luchini

empresas neste processo. Para reaver o valor do

(mauroluchini@odebrecht.com - 55 11 3792-

imposto, é necessário que a empresa assine um

4249) ou Bernard Paulo (bernardpaulo@

contrato com uma companhia especializada

odebrecht.com - 55 11 3792-4251), do CSC.

Programa de inclusão social na Argentina é reconhecido Pelo quarto ano consecutivo, a Odebrecht conquistou o prêmio “Parceiro para a Inclusão”,

permanentes ou temporários. Sua parceria

concedido pela empresa Manpower, na

com a Odebrecht tem o objetivo de promover

Argentina, que reconheceu seu compromisso no

a diversidade e a inclusão no mercado de

âmbito da iniciativa Construindo Pontes para um

trabalho, disseminando, simultaneamente, a

Mercado de Trabalho Mais Inclusivo.

conscientização com relação à responsabilidade

A Manpower é uma companhia que fornece

22

serviços de pesquisa e seleção de integrantes

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

social.


Túnel do projeto Corredor Duarte é inaugurado No dia 19 de janeiro, o

permitirá, diariamente, que

fases do projeto e do

Presidente da República

15 mil veículos encurtem o

comprometimento de todos”,

Dominicana, Leonel

tempo de viagem do norte ao

assegura.

Fernández, acompanhado por

sul da cidade”, declarou.

sua esposa, Margarita Cedeño

Orlando Santini, Gerente de

Contratado pelo Ministério de Obras

de Fernández, inaugurou,

Sustentabilidade do consórcio,

Públicas, o Corredor Duarte

na capital Santo Domingo,

destaca que, durante o

compreende a construção

o Túnel UASD, que compõe

período de construção do

de elevados nos principais

o projeto Corredor Duarte,

túnel, nenhum acidente

cruzamentos de avenidas da

executado pelo consórcio

envolvendo integrantes,

cidade, onde, atualmente,

formado pela Odebrecht

subcontratados, pedestres

os motoristas enfrentam

América Latina e Angola e

e motoristas foi registrado.

muitos congestionamentos.

Ingenieria Estrella.

“O índice zero de acidente

Víctor Díaz Rúa citou ainda

é resultado da aplicação de

o lançamento do projeto

cidade, tem 1,2 km de

programas e procedimentos

Corredor Duarte II, que inclui a

extensão e foi construído

de segurança nas diversas

construção de novos túneis.

O túnel, o primeiro da

na prolongação da Avenida Ortega y Gasset, entre a Avenida 27 de Fevereiro e José Contreras. A via, por onde os veículos podem transitar a uma velocidade máxima de 50 km/h, é sinalizada, possui modernos sistemas de ventilação, câmeras de monitoramento, detecção e combate a incêndios e centro de controle. De acordo com o Ministro de Obras Públicas, Víctor Díaz Rúa, o túnel vai descongestionar o trânsito de ruas e avenidas. “A obra

O primeiro túnel da cidade de Santo Domingo, construído pela Odebrecht América Latina e Angola, contribui para a redução dos congestionamentos na capital dominicana odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

23


> rápidas

Região portuária do Rio de Janeiro ganhará galerias pluviais maiores A nova etapa do projeto

de Guanabara e as galerias

os problemas de enchentes. A

Porto Maravilha, obra

de 80 cm de diâmetro serão

última obra de drenagem na

de revitalização da zona

substituídas por novas, 11

região portuária foi realizada

portuária do Rio de Janeiro

vezes maiores (3,20 m por

há 100 anos.

executada pela Odebrecht

1,80 m).

Infraestrutura, vai ampliar

A área que recebe as águas

Além da macrodrenagem, as vias receberão novas

a capacidade das vias no

das chuvas dos morros da

redes de água, esgoto,

escoamento das águas

Providência e da Conceição

telecomunicações,

das chuvas na cidade. As

é, atualmente, um ponto

iluminação pública e

intervenções vão aumentar

crônico de alagamento do

reurbanização, parte da

de dois para oito o número

centro do Rio e o projeto é

primeira fase de obras do

de saídas de água na Baía

fundamental para solucionar

Porto Maravilha.

A Odebrecht Infraestrutura está ampliando a capacidade de ruas para o escoamento da água da chuva

24

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012


OOG divulga nova Política de Sustentabilidade No último trimestre de 2011, a Odebrecht

de Sustentabilidade da OOG, a partir do

Óleo e Gás (OOG) aprovou a nova Política de

estabelecimento da política, incluindo suas

Sustentabilidade e realizou sua divulgação

Diretrizes e Princípios, haverá uma atuação

para todos os integrantes da empresa.

mais ágil em Sustentabilidade, fortalecendo

Além de formalizar práticas de

as ações que já são realizadas. “Os projetos,

Sustentabilidade e reforçar o compromisso dos

contratos e empreendimentos sempre têm

Líderes para a gestão responsável do tema,

o tema como prioridade em suas pautas.

os documentos funcionam como balizadores

Isto é, e continuará sendo, um valor dentro

que agem na linha do empresariamento,

da OOG”, ressalta. De acordo com ele, “cada

permitindo o alcance de metas e resultados

integrante é um multiplicador da Política

desejados mais rapidamente.

de Sustentabilidade e deve contribuir

Para Marco Aurélio Fonseca, Diretor

ativamente para sua implantação”.

Plástico “verde” na volta às aulas Atenta para o crescimento do consumo de produtos ecológicos e de olho na volta às

servir tanto como estojo quanto como porta-lápis.

aulas, em fevereiro, no Brasil, a Faber-Castell lançou o EcoEstojo. Feito com polietileno “verde” da Braskem – também conhecido como plástico verde, produzido a partir do etanol da canade-açúcar –, o EcoEstojo tem as mesmas características do plástico tradicional, é reciclável e tem como diferencial colaborar na captura de gás carbônico da atmosfera. Além das características de sustentabilidade, o produto possui design moderno, podendo

Faber-Castell e Braskem apresentam estojo moderno e com menor impacto no meio ambiente

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

25


> rápidas Iniciada em maio do ano passado, a obra do Estádio do Corinthians já avançou 23% e a previsão para o seu término é em dezembro de 2013

Início do terceiro turno nas obras do Estádio do Corinthians Desde o dia 16 de janeiro,

de trabalho, com uma

no segundo semestre

a construção do Estádio

nova equipe formada

de 2012, cerca de 1.800

do Corinthians, palco

por 100 integrantes que

trabalhadores irão integrar

da abertura da Copa do

trabalham das 20h às

o projeto. Atualmente,

Mundo de 2014, em São

5h30, principalmente na

a obra conta com 1.030

Paulo, segue em ritmo mais

fabricação, instalação de

profissionais, distribuídos

acelerado.

pré-moldados e execução de

nos três turnos – o primeiro,

blocos de concreto.

das 7h30 às 18h, com cerca

A Odebrecht Infraestrutura iniciou a jornada do terceiro turno

26

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

Durante o período de pico de obras, que deve ocorrer

de 860 pessoas e o segundo, das 15h às 23h20, com 90.


Odebrecht Infraestrutura é premiada pelas obras da Praia de Sepetiba A Odebrecht Infraestrutura foi uma das

honrosa do Presidente do Clube de Engenharia

contempladas com o Prêmio Milton Vargas,

do Rio de Janeiro, Francis Bogossian, e da

da revista Fundações & Obras Geotécnicas,

Vice-presidente da Associação Brasileira de

pelas obras de Revitalização Ambiental da

Geossintéticos (IGS Brasil), Indiara Giugni.

Praia de Sepetiba, localizada na zona oeste

Iniciado em junho de 2010, o projeto

do Rio de Janeiro. A premiação homenageia o

reconstitui a faixa de areia coberta por camadas

engenheiro e professor pioneiro da Mecânica

de lodo ao longo das últimas décadas, a partir

dos Solos no Brasil e destaca obras inovadoras

da colocação de uma manta geotextil. Após

que contribuíram para o avanço da prática da

a reabilitação, a Praia de Sepetiba terá uma

engenharia e da geotecnia.

faixa de areia de aproximadamente 80 metros

Celso Stanzani Jr., Gerente Comercial do

de largura, com área de lazer e de esportes,

projeto, representou a empresa na solenidade

beneficiando cerca de 40 mil moradores do

de premiação e recebeu o troféu de menção

entorno.

Parte da equipe do projeto da Praia de Sepetiba exibe o troféu do Prêmio Milton Vargas odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

27


> rápidas

CONEST conquista certificação nas normas ISO 9.001 e ISO 29.001 O Consórcio CONEST (formado pela

para a Indústria do Petróleo, Gás Natural e

Odebrecht Engenharia Industrial e OAS)

Petroquímica. Para Antônio David, Gerente da

recebeu a certificação do Sistema de Gestão

Qualidade, a certificação representa o empenho

da Qualidade nas normas ABNT NBR ISO 9.001

e o compromisso dos integrantes que realizam

e ISO TS 29.001:2010, para os contratos da

suas atividades com dedicação, promovendo a

Unidade de Destilação Atmosférica (UDA) e da

busca pela excelência.

Unidade de Hidrotratamento de Diesel, Nafta e Geração de Hidrogênio (HDT). Com a conquista, o consórcio foi a primeira

Durante uma semana, os auditores do Bureau Veritas Certification avaliaram todas as áreas do CONEST, verificaram as etapas de planejamento,

empresa da Refinaria Abreu e Lima, em

estrutura, procedimentos implantados e os

Pernambuco, a obter a certificação na versão

resultados obtidos e realizaram visitas ao campo

2010 da ISO TS 29.001, que equivale a ISO 9.001

e entrevistas com profissionais.

O Consórcio CONEST atua na construção de novas unidades da Refinaria Abreu e Lima, no Complexo Industrial de Suape, em Pernambuco

28

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012


Braskem contribui para o plantio de mais de 121 mil mudas, na Bahia Mais de 121 mil mudas de espécies da Mata

vegetação no Litoral Norte da Bahia por meio da

Atlântica plantadas nos municípios baianos de

produção de mudas de espécies nativas da Mata

Camaçari, Simões Filho, Entre Rios e Dias D’Ávila

Atlântica, cerrado e caatinga e da restauração das

em 2011. Esse é o resultado do projeto Fábrica

áreas degradadas.

de Florestas, que produziu cerca de 400 mil

Em 2011 o plantio das mudas teve o auxílio

mudas e realizou 26 eventos, como palestras de

dos moradores das comunidades de Sauípe

conscientização ambiental e cursos de combate a

(Mata de São João), Pitanga dos Palmares (Simões

incêndios florestais para 1.024 pessoas.

Filho), Parque Florestal (Camaçari), Porto Sauípe

Criado em 2008, o Fábrica de Florestas é

(Entre Rios) e Bairro do Bosque (Dias D’Ávila),

mantido pela Braskem; Cofic - Comitê de

colaborando para a recuperação de cerca de 30

Fomento Industrial de Camaçari; Cetrel, voltada

hectares.

para a proteção ambiental do Polo Industrial de

“Nosso objetivo é restaurar, conservar e

Camaçari; e Fundação Garcia D’Ávila, entidade

proteger o Anel Florestal, com engajamento

voltada para o desenvolvimento sustentável, e

social. Também alertamos o governo sobre a

conta com o apoio de outras empresas. O projeto

destruição do anel por práticas criminosas como

integra as ações do Instituto Corredor Ecológico

invasões”, afirma Álvaro Oyama, Diretor Executivo

Costa dos Coqueiros (INCECC), organização

do INCECC. De acordo com ele, todo ano são

criada com o objetivo de implantar um corredor

plantadas, em média, 110 mil mudas.

ecológico conectando os remanescentes de

Diretores de Operações da Foz participam de palestra sobre jornalismo regional No dia 13 de janeiro, a Diretoria Regional São

O encontro aconteceu na unidade de Limeira,

Paulo da Foz do Brasil – equipe de diretores

no interior de São Paulo, e teve como foco o

operacionais e profissionais de comunicação

jornalismo regional, levando em consideração

das unidades – acompanhou a apresentação do

o avanço do uso da internet pela comunidade

jornalista Pedro Varoni, Gerente de Jornalismo da

e seus impactos. O tema “Saneamento” e sua

EPTV, afiliada da Rede Globo no interior paulista e exposição na mídia também integrou a agenda no sul de Minas Gerais.

de discussões.

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

29


> rápidas

Exemplo de Sucesso no Baixo Sul da Bahia Na comunidade de

uma casa para a família.

Desenvolvimento Integrado

Laranjeira, localizada no

“Esse sempre foi o meu

e Sustentável do Mosaico de

município de Taperoá,

sonho”, assegura.

Áreas de Proteção Ambiental

na Bahia, um exemplo de

Associado há quatro

do Baixo Sul da Bahia (PDIS),

sucesso é a história de

anos à Cooperativa dos

apoiado pela Fundação

Basílio Santos, de 38 anos.

Produtores Rurais de

Odebrecht, Basílio conta

O agricultor comemora a

Presidente Tancredo Neves

que, com o cultivo de

realização de seu maior

(Coopatan), instituição

mandioca conseguiu reunir

objetivo: a construção de

ligada ao Programa de

os recursos necessários. “Fiz mais plantios e a produtividade só aumentou. Parte do dinheiro que garantia com a entrega de raízes aplicava na nova moradia”, explica. Durante a construção da casa, o agricultou encontrou uma solução para a falta de energia elétrica no local: “Antes de começar as obras comprei um receptor de energia solar”. Segundo ele, os novos planos são para expandir a propriedade. “Quero comprar mais um pedaço de terra e deixar para os meus cinco filhos e fazer uma poupança para garantir nosso futuro”,

O agricultor Basílio Santos (à direita) ao lado do assistente educador da Coopatan, Adriano Santos, que acompanha sua produção

30

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

afirma.


Mais de 700 mil m2 de áreas recuperadas na UHE Santo Antônio O Programa de Recuperação

plantio de espécies nativas. Em

pedaços de madeira triturada.

de Áreas Degradadas (PRAD)

estruturas específicas, como

O viveiro possui capacidade

da Usina Hidrelétrica Santo

no posto de abastecimento

para produção de 100 mil

Antônio – construída pela

de combustíveis e na oficina

mudas por ano.

Odebrecht Energia em

mecânica, é realizada a

Rondônia –, recuperou mais de

avaliação para identificar

é coletar sementes de cerca

400 mil m2 de áreas do canteiro

possíveis indícios de

de 60 espécies nativas nas

de obras no fim de 2011. Desde

contaminação do solo.

florestas vizinhas, preparar

o início das obras, o total já

A tarefa dos integrantes

As mudas são geradas no

a terra para a germinação e

recuperado é de mais de 700

viveiro do projeto, por meio

cuidar do desenvolvimento

mil m2.

de processo artesanal, que

das mudas. Anatalino

não utiliza produtos químicos

Silva, Técnico de Meio

envolvem a remoção da

e emprega a técnica da

Ambiente, afirma que além

estrutura física construída,

compostagem para compor

do investimento ambiental,

a limpeza do local e o

o substrato de plantio, feita

o setor investe em pessoas,

lançamento de camada de solo

com restos de alimentos

com treinamentos e cursos de

vegetal para a revegetação e o

do refeitório da obra e com

qualificação.

Os processos do PRAD

O viveiro da UHE Santo Antônio foi construído com madeira de reaproveitamento do próprio canteiro de obras

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

31


> rápidas

Odebrecht Energia realiza Programa de Estágio de Férias

Dos 13 universitários selecionados para o programa, oito irão atuar na Montagem e cinco no CSAC, nas obras da UHE Santo Antônio

Em 10 de janeiro, a Odebrecht Energia iniciou, na Usina Hidrelétrica (UHE) Santo

Odebrecht e sobre a Odebrecht Energia,

Antônio, em Rondônia, o Programa de Estágio de

discussões sobre a TEO e depoimentos de

Férias, com 13 participantes. Com duração entre

integrantes.

um e dois meses, a iniciativa busca o intercâmbio

Acompanhados por Vitor Amaro, Engenheiro

entre universitários e profissionais da empresa

Civil, Vitor Viu, Engenheiro Mecânico da

e a disseminação da Tecnologia Empresarial

Montagem, e Ruberlei Lima, Técnico de

Odebrecht (TEO).

Segurança da Montagem, os estudantes

Participaram do evento de lançamento do

32

conferiram apresentações sobre a Organização

visitaram a obra e conheceram os grupos de

programa integrantes de Pessoas e Organização

geração GG1, GG2 e GG3, o galpão da pré-

da empresa e do contrato, além de Antônio

montagem, o vertedouro principal, o refeitório,

Barbin, Gerente de Qualidade do Consórcio

os alojamentos e o galpão de suprimentos do

Santo Antônio Civil (CSAC). Os participantes

CSAC.

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012


Estudantes de Harvard e da USP visitam obra nos Estados Unidos No dia 16 de janeiro, a Odebrecht

pesquisa, gestão ambiental e operações

Estados Unidos recebeu estudantes da

do U.S. Army Corps of Engineers (USACE) no

Escola de Engenharia e Ciências Aplicadas da

Mississipi e Louisiana. Em Nova Orleans, o

Universidade de Harvard e da Escola Politécnica

grupo acompanhou a operação da empresa

da Universidade de São Paulo (USP). O grupo

nas obras LPV-3.2 e LPV-9.2, do programa

integra a terceira edição do curso promovido

Hurricane and Storm Damage Risk Reduction

pelas universidades, cujo tema foi Engenharia,

System, do USACE – implantado após o

Meio Ambiente e Eventos Extremos.

alagamento da cidade pelo furacão Katrina,

Os universitários visitaram centros de

em agosto de 2005.

Estudantes de Harvard e da USP visitam as obras do programa Hurricane and Storm Damage Risk Reduction System, em Nova Orleans

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

33


> rápidas

Nas férias de janeiro, Transnordestina recebe grupo de estagiários Conhecer uma das maiores obras de infraestrutura em andamento no Brasil e aprender, na prática, o que foi visto na sala de

Parnamirim e Arcoverde, em Pernambuco, e em Paulistana, no Piauí. Estagiando na fábrica de dormentes, em

aula. A experiência está sendo vivida por sete

Salgueiro, o futuro engenheiro Ronderson

universitários, que participam da terceira edição

Queiroz Hilário, da Universidade Federal de Ouro

do Programa de Estágio de Férias na Ferrovia

Preto, afirma que a experiência enriquecerá seu

Transnordestina, executada pela Odebrecht

currículo. “Espero, um dia, fazer parte de uma

Infraestrutura.

obra do porte da Transnordestina”, assegura.

São seis estudantes de engenharia e um de

A escolha dos alunos é feita por meio de

administração de empresas, que chegaram de

parcerias com universidades brasileiras e gera

Ouro Preto, Minas Gerais, e de Recife, capital

oportunidades para que os participantes

pernambucana, para um mês de estágio nos

integrem os projetos, já que alguns tornam-se

trechos de obras localizados em Salgueiro,

Jovens Parceiros.

Em parceria com universidades do país, a Odebrecht Infraestrutura promove o Programa de Estágio de Férias em vários projetos

34

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012


Projeto Autopista del Coral promove atividades para crianças

Crianças das comunidades de Benerito e Villa Padre Nuestro brincam com a Miss República Dominicana, Dalia Fernández

Como parte do Programa

responsáveis e ganharam

de Responsabilidade Social

lanches e brinquedos de acordo

da Odebrecht América

com a idade e sexo.

Latina e Angola na República

O evento contou com a

Odebrecht. A iniciativa teve o apoio de várias instituições dominicanas, como Projeto UMA, da

Dominicana, o projeto Autopista

presença da Miss República

Fundação de Corazón a Corazón

del Coral realizou, no dia 6 de

Dominicana, Dalia Fernández,

Dominicana; Associação de

janeiro, a jornada “Construindo

do Alto Comissário das Nações

Hotéis Romana Bayahibe e

Sorrisos para as Crianças da

Unidas para os Refugiados,

Grupo Turístico de Romana

Comunidade”.

Gonzalo Vargas Llosa, da

Bayahibe; Helados Bon;

representante do Projeto

Fundemar; Vice Ministério

comunidades de Benerito e de

UMA, Claudia Sandoval, e da

do Turismo de Bayahibe;

Villa Padre Nuestro participaram

Associação e Grupo de Hotéis

Arte Cuseco; Associação Pro-

das atividades físicas e lúdicas,

Romana Bayahibe, Ana García-

Desenvolvimento de Benerito;

realizadas no canteiro de obras.

Sotoca, do Presidente da

Fundação Máximo Gómez;

Os meninos e meninas foram

empresa Helados Bon, Jesús

Fundação Mir e Fundação Río

acompanhados dos pais ou

Moreno, e de integrantes da

Chavón.

Cerca de 900 crianças das

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

35


> rápidas

AHE Simplício apoia vítimas das chuvas no Rio de Janeiro e Minas Gerais O Aproveitamento Hidrelétrico (AHE)

As ações compreenderam doações de

Simplício, executado pela Odebrecht Energia,

camas, colchões e roupa de cama e banho

mobilizou seus integrantes para apoiar as vítimas

para os alojamentos que receberam os

das fortes chuvas que causaram deslizamentos

desabrigados, fornecimento de sistema de

e enchentes nos municípios de Além Paraíba,

iluminação para buscas noturnas nos locais

em Minas Gerais, e Sapucaia, no Rio de Janeiro,

afetados, distribuição de refeições e de cartilhas

região onde o empreendimento está localizado.

com orientações.

Odebrecht Angola, amiga da criança A Odebrecht Angola

valorização dos símbolos e

teatro, e educativas, que

recebeu, em dezembro do

dos personagens nacionais.

abordaram temas como

ano passado, o título de

Cerca de 400 crianças

malária, HIV, cólera, higiene

“Empresa Amiga da Criança”,

participaram das atividades

pessoal, meio ambiente e

concedido pelo Instituto

culturais, como dança e

valorização da família.

Nacional da Criança (INAC), pelo apoio e dedicação ao Projeto Social Infantil da Malta da Paz e da Alegria (personagens infantis angolanos). O reconhecimento foi feito depois de a empresa ter agregado a Malta da Paz e da Alegria ao Dia da Criança Feliz, evento organizado para os filhos dos integrantes, no dia 2 de dezembro passado, no canteiro da Odebrecht. O objetivo foi apoiar a iniciativa do governo angolano na

36

odebrechtnoticias.com.br / nº 274 / janeiro 2012

Filhos de integrantes da Odebrecht Angola durante o Dia da Criança Feliz, que contou com a presença do Projeto Social Infantil da Malta da Paz e da Alegria


ON 274 pt2