Issuu on Google+


Fortaleza


I INTRODUÇÃO

1

II

2

APRESENTAÇÃO

III DIVULGAÇÃO

3

IV

4

ATIVIDADES

V REALIZAÇÃO

6

VI

7

CORPO DOCENTE

VII PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA

25

VIII

41

IX

ESTATÍSTICA

ANEXOS

51


I INTRODUÇÃO Tudo começou em 1973 quando o Maestro Eleazar de Carvalho assumiu a direção do Festival de Campos de Jordão. Adicionou além dos espetáculos um caráter pedagógico incluindo a participação de bolsistas orientados por renomados mestres. Esse modelo trazido pelo Maestro de Tanglewood, EUA, até hoje é utilizado no Festival de inverno de Campos do Jordão. O Maestro também levou este modelo para Gramado no Rio Grande do Sul, Itú em São Paulo e João Pessoa na Paraíba. A vinda do Festival para Fortaleza é a realização do sonho do Maestro. A Fundação Eleazar de Carvalho homenageia o Maestro realizando há 7 anos o seu Festival para o Ceará. Este Festival é um dos mais importantes eventos educacionais de música erudita do país onde participam nomes consagrados da música nacional e internacional. O formato, aperfeiçoado pelo maestro, diferencia-se dos demais festivais e serve de exemplo hoje para festivais realizados no Estado do Ceará e no Brasil. Esta sétima edição do Festival contou com muitos apoios que foram primordiais para a realização deste ano. Aliou-se ao festival a Universidade de Fortaleza UNIFOR, com sua estrutura física, cedendo durante as 3 semanas ou 21 dias o seu Teatro Celina Queiroz e todo o complexo em volta do teatro com 45 salas especiais de ensaio, Hall do CCU, Galpão do CCU, Hall do bloco D e a sombra das árvores mais frondosas foram palco de apresentação. Neste relatório estaremos abordando todos os aspectos educacionais de alunos e formação de platéia que envolve um festival desta envergadura. Estrelas como Paul Rutman, João Carlos Martins, Diogo Pacheco, Charles Sherba, e artistas da Europa e Estados Unidos se apresentaram e deram aulas em grupo, individuais e masterclasses.

Maestro Eleazar de Carvalho e Sonia Muniz de Carvalho

Esse modelo trazido pelo Maestro de Tanglewood, EUA, até hoje é utilizado no Festival de inverno de Campos do Jordão.

“O Modelo do Festival se inspira na dicotomia festa e aprendizado. Festa é o próprio Festival. É a festa musical constituída por eventos que são realizados em teatros, ao ar livre e igrejas, compreendendo apresentações de orquestras, conjuntos de câmara, óperas, recitais, corais e bandas. "Aprendizado", é o curso de extensão ministrado aos bolsistas durante o Festival, por quarenta professores de diversos países perfazendo uma carga horária de 120 horas.“ - Sonia Muniz de Carvalho. São cerca de 400 alunos selecionados em audições que recebem bolsas completas ou parciais, alunos ouvintes e convidados. Uma seleção de grandes talentos, o futuro da música erudita do país. “A oportunidade de dialogar com mestres e artistas de reputação internacional, numa ação comunitária de amizade e amor comumente compartilhada pela arte.” - Sonia Muniz de Carvalho Na festa de encerramento da sétima edição foi lembrado como o Festival Eleazar de Carvalho já proporcionou a diversos de seus alunos o raro privilégio de um aperfeiçoamento para alçar carreiras no exterior e a inúmeros estudantes que hoje se apresentam como músicos de orquestras e solistas. Hoje muitos destes alunos se tornaram mestres e rendem sua homenagem ao seu incentivador e inspirador Eleazar de Carvalho. O concerto final, no Pátio da Reitoria da UNIFOR Universidade de Fortaleza, 1


integrou a orquestra de professores, alunos, o coral do Festival e a participação do público presente, estimado em mais de 4 mil espectadores. Regido pelos Maestros Diogo Pacheco e Renato Accioly como regente assistente, contou com a participação do público. Um momento emocionante totalmente transmitido em uma hora e meia pela TV Diário para 16 canais abertos e via Embratel para toda América Latina. A recente edição se tornou um grande desafio,rompendo paradigmas e se aliando a Unifor para manter vivo o ideal do Maestro Eleazar. Devemos a todos aqueles que acreditaram nesse ideal de educação pela música a enorme repercussão que este Festival teve nesta edição sétima de 2005. Nas próximas edições esperamos poder levar ainda mais educação musical aos nossos jovens e aumentar o público apreciador de música erudita. A Fundação Eleazar de Carvalho agradece o apoio do Governo Federal através do Ministério da Cultura, do Governo do Estado do Ceará pela Secretaria da CulturaSECULT, da Fundação Edson Queiroz através da Universidade de FortalezaUNIFOR e da Petrobrás.

II

APRESENTAÇÃO

. Durante 3 semanas de julho, anualmente em Fortaleza, cerca de 400 alunos e 40 mestres participam de aulas intensivas de música erudita. São artistas mundialmente conhecidos como Paul Rutman, Humberto Lucarelli, Raimundo Penaforte, Robert Black entre outros. O modelo do festival foi trazido para o Brasil pelo Maestro Eleazar de Carvalho de Tanglewood, Massachussets nos Estados Unidos, onde o maestro estudou na década de 40 e foi sucessor de seu mestre Sergei Koussewitzky. Inicialmente lançado em Campos do Jordão no clima europeu das montanhas paulistas, foi levado também para Itú em São Paulo, Gramado no Rio Grande do Sul, João Pessoa na Paraíba, e finalmente para Fortaleza. O Festival se encaminha agora para a sua oitava edição difundindo a música erudita nas terra alencarina, como sempre sonhou o Maestro.

Anúncios veiculadas em mídia impressa

O VII Festival Eleazar de Carvalho acolheu jovens de todo Brasil, que se inscreveram pela internet e foram selecionados em audições por comissão de músicos liderado pela diretora artística do festival, Sonia Muniz de Carvalho. Estas seleções foram realizadas em São Paulo e Fortaleza, sede do evento. As aulas e ensaios foram ministrados diariamente no Campus da UNIFOR. Os cursos incluem Regência de Orquestra, Regência de Coro, Regência de Banda, Violino, Viola, Violoncelo, Contrabaixo, Flauta, Oboé, Fagote, Clarineta, Trompa, Trompete, Tuba, Percussão, Piano, Canto, Composição, Violão Clássico, História da Arte, Ballet Clássico, Dança Contemporânea entre outros. Todos os cursos e apresentações diárias são gratuitos. A maioria dos concertos diários foram no Teatro Celina Queiroz na UNIFOR -Universidade de Fortaleza, da Fundação Edson Queiroz. 2


III DIVULGAÇÃO Muito Mais Visibilidade O Festival encontra o seu lugar A nova localização do Festival na Universidade de Fortaleza - UNIFOR, em Fortaleza conferiu muito mais estrutura e visibilidade a este grande acontecimento que inclui cerca de 30 eventos no decorrer de 21 dias. Mídia Todas as apresentações diárias do festival foram amplamente divulgadas pela mídia eletrônica e impressa. TV Jangadeiro, TV Cultura, Jornal OPOVO, Sistema Verdes Mares de Comunicação e sites de música como Movimento.com deram, espaço na sua programação. Apresentação do adolescente virtuoso Pablo Rossi A festa de abertura contou com a apresentação do pianista virtuoso de 15 anos, Pablo Rossi, que interpretou obras de Chopin, Bethoven e Rachmaninoff. Ovacionado voltou várias vezes ao palco para novas interpretações. Pátio da universidade lota no encerramento Na festa de encerramento foi criada uma nova tradição no festival, agora no Pátio da Reitoria da UNIFOR. Foram 3.200 cadeiras e total de cerca de 4mil pessoas presentes. A transmissão pela TV Diário de 1h30 para 16 canais abertos e Via Embratel para toda América Latina, conferiu um destaque nacional ao festival. A divulgação em matérias, deste ano foi bastante intensa nas mídias impressas e eletrônicas do Ceará. O Festival esteve em programas de entrevistas, no programa de Fernanda Quinderé e o programa de Maria Fernanda, na TV Diário. A campanha publicitária realizada pela Ágil Publicidade, criativa, ficou a cargo do jornal Diário do Nordeste, gentilmente, por um acordo operacional. Na rádio Verdes Mares também foi inserido spot. Todas estas ações conferiram visibilidade, em todo Brasil, com verbas ainda restritas. Na semana de encerramento contou novamente com a cortesia do Sistema Verdes Mares de Comunicação na inserção de filme na TV Diário (16 canais abertos e via Embratel) e TV Verdes Mares (Concesionária da TV Globo).

Anúncios veiculadas em mídia impressa

Evento no Ideal Clube Outro evento que possibilitou grande visibilidade para o VII Festival foi uma homenagem a mim, Sonia Muniz de Carvalho, Diretoria Artística e presidente da Fundação Eleazar de Carvalho realizada pelo Ideal Clube. No evento fui conferida com o Troféu Ideal Clube, pelo trabalho de divulgação e ensino da música erudita no Estado do Ceará. O Festival retribuiu com a participação da Orquestra de Câmara do VII Festival Eleazar de Carvalho, formada por professores do Festival tendo como solistas Sonia Muniz e Paul Rutman ao piano, Sergei de Carvalho ao violino sob a regência de João Carlos Martins. O troféu foi entregue pelo presidente do Ideal Clube Luiz Aramicy Bezerra Pinto dia 16 de julho de 2005. O troféu é uma escultura realizada pelo artista plástico Ascal.

3


IV

ATIVIDADES

O caráter didático do formato do Festival Eleazar de Carvalho, confere a este evento uma distinção especial. São 21 dias de aulas intensivas, com grandes mestres e doutores da música nacional e internacional. Como nos anos anteriores os concertos sinfônicos, corais, recitais e concerto de câmaras, finalizam um dia de estudos intensivos. Conjuntos de câmaras e máster classes para que os alunos ampliem seus conhecimentos musicais. Muitos alunos tiveram aulas individuais e chegaram a ter aulas com 4 professores diferentes, para que pudessem conhecer as diferentes escolas do seu instrumento. Foram ministradas aulas de, regência de orquestra, regência de banda, regência de coro, canto coral e instrumentos diversos. Neste ano foi incorporado ao programa do festival o balé clássico e contemporâneo, como em versões anteriores do festival.

Sonia Muniz e o pianistaPablo Rossi de 15 anos de idade

Diogo e Elza Pacheco com o empresário paulista Roberto Baumgart

A localização privilegiada, a organizacional, aliada a estrutura de salas de ensaio do complexo cultural do Teatro Celina Queiroz, foram elogiados por professores e alunos participantes deste ano. Foram ocupadas 45 salas de aulas. Algumas aulas de percussão foram ministradas, também, na Fundação Maria Nilva Alves, no parque ecológico de Sapiranga, alojamento dos estudantes deste ano. Concurso FUNDEC apresentou Concurso para Jovens Solistas e Regentes ELEAZAR DE CARVALHO 2005 Durante o VII Festival Eleazar de Carvalho foi realizado o 3º Concurso para Jovens Solistas e Regentes promovido pela Fundação Eleazar de Carvalho - FUNDEC, e tem por objetivo oferecer aos jovens músicos de talento a oportunidade de participação como solista e regente no VIII Festival, em 2006. A classificação será feita entre as seguintes categorias: um vencedor do grupo de cordas: violino, viola, violoncelo e contrabaixo; um vencedor entre madeiras e metais: flauta, oboé, clarineta, fagote, trompa, trompete, trombone e tuba; um vencedor entre: piano, harpa, violão e percussão; um vencedor de canto entre as categorias vocais; e um vencedor em regência.

Teles, Sonia Muniz,Presidente do Ideal Clube Aramici e Maestro João Carlos Martins

As inscrições foram realizadas na primeira semana do Festival. Inscreveram-se Instrumentistas e cantores até 30 anos incompletos; Solistas Vocais até 30 anos incompletos; Regentes até 33 anos incompletos. Paul Rutman e Sonia Muniz

Prêmio Além da participação frente a orquestra do VIII Festival, os vencedores estão automaticamente classificados para competir com os vencedores do mesmo concurso, que será realizado durante a Semana Eleazar de Carvalho, em São Paulo. Todo candidato considerado vencedor pela banca examinadora recebeu um diploma de participação. 4


Curso de História da Arte O Festival inclui também Curso de História da Arte que é ministrado pela Profa. Lenita Miranda de Figueiredo, jornalista da Folha de São Paulo e autora de vários livros. O curso, como os demais é gratuito, sendo cobrado, apenas a taxa de inscrição. Inscreveram-se o público em geral, amantes da arte e formadores de opinião. Elaborado em módulos cobre vários aspectos e períodos da pintura, escultura, museus e monumentos. O título deste ano "A Arte Através dos Tempos III” deu continuidade ao curso do ano anterior.

Sala dos Maestros decorada especialmente por Celina Queiroz

Cursos Intensivos de Dança Este ano o Festival também adicionou, a sua versão em Fortaleza, os cursos intensivos de dança nas categorias ballet clássico, com a professora Luiza Christina Barteldes da Universidade Gama Filho do Ceará e Steps de Nova York, e o de Dança Contemporânea com o Professor Márcio Reis do Colégio de Dança do Ceará. Concertos Os concertos foram diários e programados à medida que os alunos preparavam suas apresentações, orientados pelos professores. Joris Jurriëns, da Embaixada Holandesa, o compositor Carlos Micháns, Coraly Pedroso, Luciano Montenegro, Consul honorário e o empresário Joao Batista Os concertos da Orquestra Sinfônica dos Alunos do Festival tiveram lugar no Theatro Torres José de Alencar e no Centro de Convenções. Como nas edições anteriores do Festival, concertos sacros realizados aos domingos, em igrejas de Fortaleza como Rosário e da Sé difundiram a música por toda cidade.

Dentre as apresentações na cidade de Fortaleza incluímos apresentação no Ideal Clube do concerto regido por João Carlos Martins. Este concerto com a Orquestra de Câmara do VII Festival Eleazar de Carvalho contou com a participação dos professores do Festival, numa retribuição da Fundação Eleazar pela homenagem realizada a pianista Sonia Muniz, diretora artística e presidente da Fundação Educacional Cultural e Artística Eleazar de Carvalho.

Apresentações na cidade de Iguatú Também foi incluído, após o término do VII Festival em Fortaleza, apresentações na cidade de Iguatú, cidade natal do Maestro Eleazar de Carvalho. Na ocasião iniciamos a formação da Escola de Música Eleazar de Carvalho, na cidade. Na praça da Matriz, em frente a casa onde nasceu o Maestro, cerca de 4 mil pessoas fizeram platéia para 40 alunos do Festival. A Orquestra Jovem do Festival, sob a regência de Roberto Barros e solos de três bolsitas encantou os presentes. Na segunda-feira apresentaram-se no auditório do SESC o conjunto de bandolins da cidade integrados na segunda parte com bolsistas do festival do curso de violão. Na terça-feira, no mesmo auditório Sonia Muniz de Carvalho fez a entrega dos pianos à cidade de Iguatú apresentando solos de piano juntamente com José Carlos Mota. Mota é pianista e professor contratado juntamente com os professores Daniel Barros e Júlio Lima, para dar aulas de música para crianças e jovens da região.

Após o término do VII Festival em Fortaleza, foram realizadas apresentações na cidade de Iguatú, cidade natal do Maestro Eleazar de Carvalho 5


V REALIZAÇÃO Patrocínios e Apoios O Festival Eleazar de Carvalho é realizado pela Fundação Educacional e Artística Eleazar de Carvalho- FUNDEC e a Secretaria de Cultura do Ceará, Ministério da Cultura, com o Patrocínio da Petrobrás e Banco Real. Contou com apoio da UNIFOR - Universidade de Fortaleza da Fundação Edson Queiroz, Sistema Verdes Mares de Comunicação, Ágil Publicidade, Fundação Maria Nilva Alves, Othon Palace, Ideal Clube, TAM e SESC-CE. Agradecemos especialmente o apoio de Cláudia Leitão - Secretária da Cultura, Gorete Pereira - Deputada Federal, Agenor Gomes de Araújo Neto - Prefeito de Iguatu, Randal Martins Pompeu - Vice Reitor de Extensão da UNIFOR, Jorge Parente Frota Júnior - Presidente da FIEC, Luiz Gastão Bittencourt - Presidente da Fecomércio, Antonio Ermírio de Moraes - Presidente do Grupo Votorantim , Newton Freitas - Presidente da Oboé Financeira, Yara e Roberto Baumgart, Irineide Silveira, Maria José Dias e as empresas M. Dias Branco S/A, Eletrônica Musical Conservatório Alberto Nepomuceno, Máquina de Café Saeco, Brasil Intercâmbio Cultural (Programa de Intercâmbio Estudantil).

6


VI

CORPO DOCENTE ARAGONI, Marcos ARANTES, Ozéas BARRETO, Frederico BARROS, Roberto BARTELDES, Luiza BLACK, Robert BIAGGI, Emerson di BOCK, Vana CARVALHO, Sergei Eleazar de CLIS, Watson DANTAS, Franklin FEITOSA, Heleno FEITOSA, Radegundis FIGUEIREDO, Lenita Miranda de GARRIDO, David GOMES, Kathia HASHIMOTO, Fernando JUNKER, David KIM, Jeanyi LOPES, João Luíz LUCARELLI, Humbert MANDL, Alexander MORENO, Sandoval MUNIZ, Sonia OKAY, Marcelo PACHECO, Diogo PENAFORTE, Raimundo REIS, Márcio ROCHA, Miguel ROSAS, Giuliano RUTMAN, Paul SAGHAARD, Jean Noel GARCIA, Eduardo SALES FILHO, Plutarco SAMPAIO, Luis Paulo SHERBA, Charles SHERBA, Consuelo STOCKLER, Inês TABILO, Yerko TELLES, Adenilson TINETTI, Gilberto VIEIRA, Valmir

7


ARAGONI, Marcos Natural de São Paulo iniciou seus estudos musicais com a mãe ainda muito criança. Sua sensibilidade e talento fizeram com que se destacasse como excelente aluno, o que lhe valeu uma bolsa de estudos na Escola Municipal de Música de São Paulo, onde estudou por vários anos sob orientação da Profª Sonia Muniz. Participa também de conjuntos de câmara tocando clarineta, seu segundo instrumento. É professor de música na Escola Waldorf de São Paulo, atuando com crianças e principalmente junto ao ballet. Integra o trio de música antiga “Trempe Trio” e faz parte como pianista da formação de eurritmia de São Paulo. Foi convidado por várias vezes como pianista do Festival de Ópera de Belém do Pará, e vários outros Festivais de Música do País.

ARANTES, Ozéas Iniciou seus estudos musicais com seu pai, Prof. Roosevelt Arantes. Foi bolsista na Juilliard School of Music de New York, tendo inclusive participado em 1983 da tournée européia da “Juilliard Orchestra”. É professor da Escola municipal de Música de São Paulo e Universidade Livre de Música além de atuar como primeira trompa solista da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. É integrante fundador do Quinteto Metalessência. Fez parte do corpo docente dos seis Festivais de Artes de Itu e dos sete Festivais Eleazar de Carvalho em Fortaleza.

BARRETO, Frederico Iniciou seus estudos musicais com sua mãe a pianista Maria Helena de Melo Barreto ingressando depois no Conservatório de Música Alberto Nepomuceno onde concluiu os seus cursos. Estudou violino com Annie Josete, Lola Benda e David Julber. Na França foi discípulo de Christian Ferras e integrante das Orquestras Sinfônica do Conservatório de Paris e Concerts Colonne. No Brasil participou como violinista dos principais conjuntos sinfônicos nacionais tendo por 18 anos sido spalla da Orquestra Sinfônica de Campinas. Foi professor de violino em importantes instituições de ensino musical tendo se aposentado como professor pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Foi por diversas vezes professor de violino do Festival Eleazar de Carvalho , em Fortaleza

BARROS, Roberto Natural da cidade do Rio de Janeiro, fez seus estudos musicais, B.A. e M.A., na Berklee College of Music e no New England Conservatory of Music, USA. Dentre as personalidades artísticas com que estudou, e que mais lhe influenciaram para citar somente alguns, Gunther Schuler, com quem estudou e fundou a Boston Composers Orchestra em 86. Aaron Copland, Claude Phillipe, William Thomas McKinley, e John Bavicchi; piano com Wilma Graca, Margarette Challoff e Arminda Canteiros; composição e arranjo no idioma Jazzistico com Mike Gibbs, Herb Pomeroy, e Jackie Bayard; ensaio e performance de música camerística com Lou Krasner e Rafael Druian; e regência com Frank Batisti, Leonard Bernstein, Klaus Tendsted, Atilio Poto, Harold Geller, e Fred Fennel. Foi, no entanto, do Maestro Eleazar de Carvalho 8


que recebeu a maior parte de sua formação como regente e a inspiração musical. É fundador do Nevada Musical Theatre Guild, e a Fairfield Symphony Orchestra, servindo como diretor musical destas entidades. Gravou dois discos como pianista e vocalista. Escreveu musica para "gingles', e documentários cinematográficos. Presentemente dedica-se a edição e promoção da música operística, ainda desconhecida, de Franz Schubert, e outras, e a musica de Josef Martin Kraus, que também permanece totalmente desconhecida. Trabalha no momento em sua tese de doutorado. BARTELDES, Luiza Bailarina, professora e coreógrafa, iniciou seus estudos de ballet e dança contemporânea aos 13 anos, em Fortaleza. Estudou em várias academias e em 1995, ingressou no Corpo de Baile do Ballet Mônica Luiza, onde se destacou em montágens como "La Bayadere", “Don Quixote”, “Salome”, “Os Cisnes", entre outras. Em 2001, recebeu o primeiro prêmio, no XXI Festival de Joinville, Santa Catarina, assim como no IX Passo de Arte de Santos, São Paulo, como ensaiadora do Grupo Vera Passos. No mesmo ano, foi solista do Festival Nacional de Dança de Fortaleza (FENDAFOR). Participou de vários "workshops" em Joinville, São Paulo, Recife, Fortaleza, nas Companhias de Dança Cisne Negro, Grupo Corpo e com os professores, Alphonse Poulin, Raul Candal, Penha de Sousa, Toshie Kobaiashi, Carlota Ikeda, etc. Em 2002, graduou-se em dança e coreografia pela Universidade Gama Filho, em Fortaleza. No ano seguinte, viajou para os Estados Unidos, para se especializar, na escola de dança, Steps on Broadway, de Nova Iorque, com reconhecidos nomes da dança mundial como: David Howard, John Prinz, Gelsey Kirkland , Elena Kunikova, Alex Tressor, Michael Vernon e Ethan Brown. Participa ativamente, do Steps Performance Lab. e do Steps Studio Theater.

BLACK, Robert Apresentando-se como contrabaixista e também fazendo uso de vários contrabaixos elétricos, Robert Black combina a tradicional acústica clássica ao moderno computador, MIDI e tecnologia eletrônica. Encomendou obras a mais de cinqüenta compositores, incluindo John Cage, Paul Drescher e James Sellars. Regularmente apresenta-se em recitais na América do Norte e do Sul, Europa e Austrália. Entre os grupos com os quais se apresenta, destacam-se Basso Bongo (duo elétrico assistido por computador) e Bang on Can All Stars. Apresenta-se freqüentemente com a Sinfônica de Hartford e também como musicista de câmara. Como professor, leciona na Hartford School of Music, na Universidade de Connecticut e no Festival Eleazar de Carvalho no Brasil. Recebeu premiações e honra do National Endowment for the Arts Sollo Recital Program, do Consulado do Canadá, da Fundação Aaron Copland, entre outros. Seu primeiro CD como solista recebeu aclamação da crítica no O. Disc Label em 1994.

BIAGGI, Emerson di Estudou violino com a professora Lola Benda e viola sob orientação do professor Johannes Oelsner. Durante o Bacharelado em Música no Departamento de Música 9


da ECA-USP, foi aluno dos professores Perez Deworecki, Horácio Shaeffer e Marcelo Jaffé. Realizou o curso de Mestrado na Boston University (1992) estudando com Raphael Hillyer e Steven Ansell. Em seguida cursou o Doutorado na University of California, sob orientação de Heiichiro Ohyama, Donald McInnes e Ronald Copes. Durante este curso foi integrante do quarteto de cordas em residência no Departamento de Música da UCSC, com apresentações em várias cidades dos Estados Unidos, Inglaterra e Brasil. Integrou a Boston Philarmonic, a Vermont Symphony Orchestra e a Boston Modern Music Orchestra. Em 1997 regressou ao Brasil para integrar a Orquestra Sinfônica Estadual de São Paulo. Atualmente é professor de viola e música de câmara nos Institutos de Artes da UNESP e da UNICAMP, além de ser chefe do naipe de violas da Orquestra de Câmara da UNESP. Tem participado como professor de viola nos festivais de Curitiba, Montenegro, Juiz de Fora, e São João del Rey.

BOCK, Vana Natural de São Paulo iniciou sua formação musical na infância, tendo aulas de piano com sua mãe e optando pelo violoncelo aos doze anos de idade. Estudou no Conservatório do Brooklin Paulista e na Escola Municipal de Música, tendo aulas com vários professores, entre eles, Gretchen Miller, Ricardo Fukuda, Tânia Lisboa e Antônio Del Claro. Foi integrante da Orquestra Jovem Municipal, Orquestra Experimental de Repertório, Camerata Fukuda e também participou de diversos festivais (Curitiba, Londrina e Campos do Jordão). Foi co-fundadora da Orquestra de Violoncelos “Cello em Sampa”, menção honrosa no Prêmio Eldorado de Música em 1998. No exterior, especializou-se na Academia de Música Ferenc Liszt (Budapeste Hungria), entre 2000 e 2003, como bolsista daFundação Vitae e Ministério da Cultura do Brasil. Estudou com os violoncelistas Miklos Pérenyi, Gyorgy Déri e Peter Szabo. Atualmente integra a Orquestra Sinfônica da USP (OSUSP), Orquestra Jazz Sinfônica e desenvolve trabalho pedagógico musical com crianças carentes no Espaço Musical Eszter Házi (Colégio Santo Américo).

CARVALHO, Sergei Eleazar de Natural de São Paulo iniciou seus estudos aos quatro anos de idade com seu pai, o Maestro Eleazar de Carvalho. Dois anos mais tarde, iniciou seus estudos de violino com José Carlos Lima, Koiti Watanabe e Erich Lehninger. Aos 11 anos, transferiu-se para os Estados Unidos a fim de estudar com a professora Syoko Aki, da Yale University. Foi vencedor de vários concursos nos Estados Unidos e no Brasil. Convidado pela Orquestra “New York Debut”, fez sua estréia em Nova Iorque no ano de 1992. Participou dos Festivais de Campos do Jordão, Gramado, Paraíba, Londrina, Curitiba e Itu. Trabalhou música de Câmara com Sadau Harada Tóquio String Quartet e Eugen Druker do Emerson String Quartet. Foi solista das Orquestras de Porto Alegre, OSESP, de Campinas, Filarmônica do Rio de Janeiro. Fez sua estréia como regente com a orquestra Escola Viva em Fortaleza, tendo se apresentado com a mesma orquestra em São Paulo, no lançamento da Semana Eleazar de Carvalho.

10


CLIS, Watson Iniciou seus estudos de musica e Violoncello em Belo Horizonte em 1954, transferindo-se mais tarde para o Rio de Janeiro, onde passou à estudar com Iberê Gomes Grosso. Em 1971 fez curso de alta interpretação com Piere Fourniée e, em 1972, aperfeiçoamento na Academia de Santa Cecilia em Roma, com Amedeu Baldovino. Profissionalmente foi o primeiro violoncelo nas melhores Orquestras sinfônicas do Rio de Janeiro e São Paulo. É membro do “Trio Brasileiro” e realiza sua carreira como solista e recitalista. Professor da Universidade Federal de Minas Geraes - UFMG, da Universidade de São Paulo USP e, atualmente é professor na Universidade do Rio de Janeiro UNI Rio e no Centro de Estudos Musicais Tom Jobim, em São Paulo.

FEITOSA, Heleno Bacharel em Fagote e Saxofone pela Universidade Federal da Paraíba (1990 e 2001). Iniciou seus estudos musicais aos 10 anos de idade, com o professor Major Adauto Camilo. Durante os estudos de Graduação (Bacharelado em Música-Fagote e Saxofone) foi orientado pelos Professores Egon Figueroa Hidalgo e José de Arimateia Formiga Veríssimo. Tem se apresentado como solista camerista e instrumentista de Orquestra em centros musicais importantes do Brasil. Fagote principal da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte de 1991 à 1993 e fagote Assistente da Orquestra Sinfônica de Recife-PE no ano de 1992. Foi Professor Visitante da Escola de Música da Universidade Federal do Amazonas em 1993, assumiu em 1994 a cadeira de fagote principal da Orquestra Sinfônica da Paraíba, tem participado em gravações de discos ao lado de artistas renomados nacional e internacionalmente, tanto na área da Música Erudita como nas áreas da Música Popular e Comercial. Atualmente é professor de saxofone e fagote da Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Foi o Fagote Principal da Orquestra Sinfônica da Paraíba, Fagote Principal da Orquestra Filarmônica Norte/Nordeste e desde 1994 é membro do JPSAX , grupo com o qual gravou dois CD's : “JPSAX Quarteto” e “Brasil um Século de Saxofone” lançados nacionalmente pela gravadora CPC Umes.

FEITOSA, Radegundis Doutor em trombone, com performance pela The Catholic Univesity of América de Washington d.C (1991). Recebeu seu mestrado pela Juilliard School of New York (1987) e bacharelado pela Universidade Federal da Paraíba (1983) UFPB. Começou seus estudos musicais aos 13 anos com o professor Edmílson Pinto, integrando a Filarmônica Cônego Manoel Firmino. Durante sua graduação, foi orientado pelo professor Per Brevig. Venceu importantes concursos nacionais como o Sulamérica Jovens Concertistas Brasileiros e Jovens Intrepretes da música brasileira FUNARTE, bem como o internacional Bast & West Artists para debut no Carneggie Recital Hall em New York. Tem se apresentado como solista, camerista e instrumentista de orquestras em centros musicais importantes no Brasil, Estados Unidos e Europa. Desenvolve intensa atividade didática tanto no departamento de Música da UFPB como em Festivais de música no país. É trombone principal da Orquestra 11


Filarmônica do Nordeste, membro do Quinteto Brassil desde 1983 e Vice-Presidente da Associação Brasileira de Trombonistas.

FIGUEIREDO, Lenita Miranda de Lenita Miranda de Figueiredo, jornalista, escritora, pedagoga e pianista, cursou o conservatório Dramático e Musical de São Paulo e a Escola Livre de Música, onde estudou harmonia com Kolhreutter. Aperfeiçoou-se em piano com Radamés Mosca e Fritz Jank. Participou como ouvinte de vários cursos de jazz-piano na Juilliard School de Nova Iorque. Foi solista do coral Universitário “Mackenzie” e do Conjunto de Flautas Doces “Guiomar Novaes”. Sob a regência do maestro Viegas Netto, foi solista (soprano) da Missa em Sol de Schubert. Jornalista profissional, trabalha há mais de 44 anos na Folha de São Paulo, onde criou como “Tia Lenita”, a “Folhinha de São Paulo”. Seu livro “História da Arte para Crianças” (10ª edição) prêmio “Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo” está adotado nas escolas brasileiras. “História da Música para Crianças”, prefaciado pelo maestro Eleazar de Carvalho. Escreveu dois romances: “Deus Aposentado”, 1961 8ª edição Prêmio “Jabuti” (Revelação de autor), entregue por Jorge Amado. É também autora de livros didáticos e para-didáticos. Seu livro “Histórias da tia Lenita” (Prêmio Pen Club Internacional). Gravou um LP de histórias infantis com texto e música de sua autoria. Compôs músicas para balés e dramatizações para sala de aula. Fundou o primeiro Jazz Club de São Paulo, inaugurado por Louis Armstrong e Trummy Young, seus amigos pessoais. Desde 1993 ministra o curso de “História das Artes”, no Festival Eleazar de Carvalho.

GARCIA, Eduardo Eduardo Garcia Natural de Sergipe onde iniciou seus estudos pianísticos. Estudou com Daisy de Lucca obtendo seu Bacharelado em piano pela faculdade Sta Marcelina Participou do festival de Artes de Itu e lá conheceu o professor Paul Rutman, que o convidou para integrar sua classe de piano nos Estados Unidos, onde obteve seu mestrado na University of Hartford. Mudou se depois para o Texas onde obteve seu doutorado em piano. Atualmente é professor de piano na Universidade de Campinas (UNICAMP)

GARRIDO, David Nasceu em Caracas, Venezuela, em 1978 onde começou seus estudos musicais a idade de seis anos. Aos nove anos vai morar em Ourense, Espanha, onde continua seus estudos com Mª Jesús Valles Cayuela, e a partir de 1991 também estuda com Manuel Carra em Madrid. Estudou depois no Real Conservatório Superior de música de Madrid, sobre a tutela de Anselmo de la Campa, se formando como professor superior de piano e música de câmara em 1999. A continuação foi admitido em The Hartt School, em Hartford, Connecticut, onde foi discípulo de Luiz de Moura Castro, onde recebeu seu mestrado em música e o diploma de graduação profissional. Posteriormente trabalhou com Boris Berman na Yale School of Music, oftendo o Artist Diploma em Mayo de 2005. Participou em Festivais e trabalhou com maestros como Paul Badura Skoda, Joaquim Achúcarro, Pierre Réach, Claude Frank e Peter Frankl. 12


Desde os sete anos atua como solista e em grupos de câmara na Venezuela, Espanha, Portugal, Estados Unidos e Brasil. No Brasil vem participando como pianista concertista e co-repetidor da classe de regência orquestral no Festival Internacional Eleazar de Carvalho nos anos de 2004 e 2005. Em 2004, no mesmo Festival, fez a estréia da obra Homage a Joaquim, do compositor Raimundo Penaforte. Conquistou os seguintes Primeiros Prêmios: Concurso Nacional de Piano Gregório Baudot (Ferrol, 1993); Primeiro lugar e Prêmio de Musicalidade no XVIII Concurso Marisa Montiel (Linares, Jaén, 1999); Emerson Sring Quarter Competition, (Hartford, 2002); Van Rooy Competition for Musical Excellence (Hartford, 2002).

GOMES Kátia Natural de Brasília é bacharel em piano pela Universidade Federal de Goiás. Concluiu o Curso Técnico de Piano na Escola de Música de Brasília. Foi aluna de piano dos professores Maria Aparecida Tavares, Anunziata de Oliveira Campos, Belkiss Carneiro de Mendonça e Luís Medaglia. Participou de vários cursos de férias em Brasília, Monte Negro, Itu e outros. Nesses cursos foi aluna de piano e música de câmara de Luís de Moura Castro, Caio Pagano, Sergei Kovalenko, Paul Rutman, Max Barros, Glacy Antunes, entre outros. Foi vencedora do concurso de piano "Lílian Carneiro" no ano de 1995. Trabalhou na Orquestra Sinfônica de Goiânia como pianista. Atuou como solista da Orquestra Filarmônica de Goiás, onde também trabalhou. Foi correpetidora de vários corais tais como o "Coral da UNB", "Coro Sinfônico Comunitário de Brasília", "Coro Lírico da Escola de Música de Brasília" e "I Convenção Internacional de Regentes de Coros" realizada em Brasília no ano de 1999. Atualmente é professora e correpetidora no Centro Cultural Gustav Riiter.

HASHIMOTO, Fernando Professor de Percussão do Departamento de Música/UNICAMP, onde dedica-se a pesquisa do repertório brasileiro para percussão. Fundou e dirige o GRUPU - Grupo de Percussão da UNICAMP. É timpanista da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, e tem atuado como solista no Brasil e no exterior. Participou de importantes festivais de percussão no Brasil, e outros países. Atuou como professor em residência nas universidades: Capital University (Columbus/EUA), Universidad de Chile (Santiago/Chile), State University of New York (Fredonia/EUA), University of Maryland (Washington/EUA), Instituto Universitario Patagónico de las Artes (Argentina), Kutztown University (Pennsylvania/EUA), Morehead State University (Kentucky/EUA), entre outras. Cursou o Bacharelado e Mestrado na UNICAMP, tendo como professores Ricardo Righini e André Juarez. Atualmente cursa o doutorado em percussão na City University of New York.Em 1998, com fomento da FAPESP, realizou extensa pesquisa e catalogação do repertório brasileiro para percussão. É presidente da Percussive Arts Society no Brasil. É considerado pela crítica como um dos maiores especialistas no repertório para percussão erudita brasileira. Em 2002, foi homenageado durante a PASIC -, em Columbus, Ohio, EUA, por seu trabalho de pesquisa e performance do repertório brasileiro para percussão. Como compositor, tem suas obras tocadas no Brasil, e universidades americanas, e em 2004 teve seu quarteto de marimbas tocado no International Percussion Quartet Competition em Luxemburgo, Bélgica. Seus CDs e peças são distribuídos nos EUA e Europa.

13


JUNKER, David Primeiro Doutor no Brasil na área de Educação Musical com ênfase em canto coral, formou-se na Universidade de Brasília nos cursos de Licenciatura em Música e Composição e Regência. Com extensas realizações na vida acadêmica, deu prosseguimento aos estudos, obtendo mestrado em Regência Coral e Doutoramento (PhD) em Educação Musical/ Música Coral, ambos na University of Missouri, EUA. É pós-Doutor pela Butler University de Indianapolis (EUA). Faz parte do corpo docente da Universidade de Brasília. Uma das características marcantes de sua carreira é a de fomentador, organizador de atividades e criador de grupos corais. Dentre suas criações figuram: O Coral da UNB, a Serenata de Natal, o MadrigalUNB, o Coro Sinfônico Comunitário da UNB, e grupos afins, além de grupos corais de igrejas e de Sinos tanto no Brasil como no Exterior. Seu método de práticas corais, principalmente com grupos corais de leigos, vem sendo implantado em instituições de música de algumas capitais brasileiras. Especialista em realização de grandes obras para coro e orquestra, sua lista de repertório já inclui acima de 40 obras entre oratórios, missas, óperas, cantatas e outras peças sacras e profanas. Reconhecido também internacionalmente, já figura entre os trabalhos corais mais respeitados no Brasil desde sua premiere, no “Carnegie Hall” (de Nova Iorque) com o Coro Sinfônico e Madrigal-UNB. Detentor de vários prêmios e honrarias, dentre eles ocupa a cadeira nº 78 da Academia de Letras e Música do Brasil ALMUB tendo como patrono o compositor Camargo Guarnieri.

KIM, Jeanyi Natural de Toronto, Canadá, Jeanyi Kim é doutora em violino pela Yale University onde obteve O.B.A., M.M.A. Estudou com Eric Friedman, Kyung Yu, Rebecca Henry e Berl Senofsky. Ganhou vários prêmios entre eles “The Kings Young Artists Competitons” e “Friends of Music at Yale Competitions”. Atuou como spalla na Yale Symphony Orchestra e Yale Philharmonia Orchestra. Participou de numerosos Festivais, incluindo Aspen Music Festival, Banff Centre for the Arts e Tanglewood Music Center. É atualmente assistente de spalla da Milwaukee Symphony Orchestra e spalla da Milwaukee Chamber Orchester e violinista do trio Prometheus trio exerce também atividade didática como professora do Wisconsin Conservatory of Music.

LOPES, João Luíz Considerado um dos grandes violonistas de sua geração. Com apenas 24 anos, possui seis CDs gravados. Atua como solista e camerista, no Brasil e exterior. Bacharel em violão pela FAAM tendo estudado com Henrique Pinto trabalhando seu repertório até hoje no Violão-Câmara-Trio, um dos mais tradicionais grupos de câmara brasileiros. Com o violonista Douglas Lora forma o duo João Luiz & Douglas Lora. Gravou dois Cd’s, um dedicado a transcrições de Bach, Debussy e Scarlatti e outro dedicado à música brasileira, com arranjos de João Luiz. O trabalho com a música brasileira possibilitou uma projeção do duo no cenário internacional e, no Brasil, foram finalistas do 7° Prêmio Visa de Música Instrumental Brasileira. Como integrante do quarteto de violões Quaternaglia, tem realizado inúmeras estréias entre elas, Variações Xangô de Almeida Prado, que depois de arranjada por João Luiz

14


do piano para quatro violões, mereceu dedicatória do próprio compositor ao grupo, bem como grande parte do repertório do CD Presença. Com o duo e com o quarteto, tem se apresentado nas principais séries de violão dos Estados Unidos como as de Forth Worth, Miami University of Music, Rond Top Festival Hill e Dallas. Contribuíram também para sua formação Paulo Martelli e Fábio Zanon. Participou de máster classes com Abel Carlevaro, Roberto Cappochi, Paulo Porto Alegre e Hubert Kappel no 8° Internationale Pfingstseminar em Koblenz, Alemanha e foi premiado em duo no concurso do festival, recebendo elogios do jornal alemão Rheiner Zeitung, que os chamou de “ponto alto das apresentações de violão”.

LUCARELLI, Humbert “Principal oboísta da América” (The New York Times), apresentou-se diversas vezes pelos Estados Unidos, Europa e Ásia. Foi solista do Festival Internacional de Vitória, do Festival de Música de Aspen, Chatauaqua Festival e do Festival de Música de Newport. Tocou com American Symphony, I Solisti Veneti, Orquestra de Saint John's Smith Square de Londres, Philarmonica Virtuosi. Gravou o concerto para Oboé de John Corigliano pelo selo BMG Classics, Record for Stradivarius, Koch Internacional. É professor na Hartt School of Music em Hartford, Connecticut. Vários alunos brasileiros tem recebido bolsa de estudos e terminaram seus cursos sob a orientação deste grande mestre. Entre eles destacam-se Washington Barella, Cleobaldo Chianca, e do Festival Eleazar de Carvalho, em Fortaleza, Moisés de Castro Pena, que está de partida para o referido curso.

MARCELETTI Lanfranco Jr. Natural de Recife, Lanfranco Marceletti Júnior iniciou sua formação artística no piano formando-se pelo Conservatório Pernambucano de Música. Lanfranco esteve por oito anos na Europa, onde estudou em Viena e Zurique na "Musik Akademie". Quando em Viena, freqüentou o curso de composição na "Hochchule für Musik". Como pianista, venceu o primeiro prêmio do "Concurso Giovani Solista" em Roma (1988), e se apresentou em muitos países. De volta ao Brasil começa a trabalhar na Orquestra Sinfônica do Recife, sendo assistente do Maestro Diogo Pacheco. Neste período, inicia uma intensa vida didática musical. Depois de participar do Festival de Artes de Itu em 1994 com o Maestro Eleazar de Carvalho, é convidado para estudar com o mesmo na Yale University nos Estados Unidos onde terminou seu mestrado em regência orquestral. Ali teve também como professores, os Maestros Günter Herbig e Lawrence Leighton Smith. Lanfranco regeu freqüentemente a Yale Philarmonia e Yale Symphony, da qual foi regente assistente. Participou dos Máster Classes com os Maestros Kurt Masur, Leopold Haager, Zdenek Maçal, Peter Oundjion, Glen Cortese, Julios Rudel e Sixteen Ehrling. A Universidade lhe conferiu os prêmios "Charles Yves Scholarship" (um dos mais importantes da Universidade de Música de Yale), "Irving S. Gilmore", "Lucy G. Moses" e o prêmio do diretor pelo seu talento e atuação neste período. Foi por vários anos diretor musical e regente da Orquestra Sinfônica Jovem de Naugatuck em Waterbury nos Estados Unidos. Foi professor do Amherst College e atualmente é o professor de regência da Universidade de Massachussets. 15


MANDL, Alexander Alexander Mandl tem sido considerado um dos melhores jovens violinistas do Brasil. Iniciou seus estudos com quatro anos de idade com o professor Cussy de Almeida. Teve aulas com Erich Lehninger. Durante o Festival de Gramado em 1983, foi convidado por Sidney Harth e Aldo Parisot, para estudar na Yale University. Ganhou inúmeros concursos. Em 1984, foi convidado para solar o concerto em comemoração aos 400 anos do Estado da Paraíba com o maestro Cláudio Santoro. Ganhou o prêmio Outstanding Solist. Realizou concertos na Europa, América do Norte e do Sul e nas renomadas salas Carnegie, Alice Tully, Weill. Tocou com os maestros Eleazar de Carvalho, Gunther Herbi, Aldo Parisot, Cláudio Santoro, Lawrence Leighton Smith, entre outros. Participou da famosa série Duke Ellington com o duo Ruff-Mitchel. Foi premiado pela sociedade Fancis G. Wickes, pelo Carnegie Tradition Award, e pelo Milles Prize. Mandl também participou de conjuntos de câmara com Erick Friedman, Sidney Harth, Nai-Yuan Hu, Elizabeth Sawyer, Aldo Parisot, Yo-Yo Ma, Wang Jian, Humberto Lucarelli, Frank Morelli, Andrés Cardenes, e Julius Baker. Foi professor do Festival de Itu, e atualmente é professor da Neighborhood Music School em New Haven, Connecticut, e Hopkins School. É graduado pela Yale University e Carnegie Mellon University, onde foi aluno de Sidney Harth e Eric Friedman. Atualmente é spalla da Beloit Janesville Symphony e professor de violino da Universidade de Wisconsin Parkside. É Diretor Artístico e Regente - Stritch Chamber. MORENO, Sandoval Sandoval Moreno de Oliveira, natural de Itaporanga-PB, atualmente é coordenador e Regente da Banda Sinfônica “José Siqueira” da UFPB. Coordena os Quartetos de Trombones da Paraíba, um dos mais importantes do Brasil, onde ao lado de Radegundes Feitosa desenvolve um excelente trabalho. Gravou dois CD´s: 4+UNS e Pára-quedista”. Obteve o bacharelado em música pela UFPB. Participou de vários Festivais de Música no Brasil e no Exterior e como professor e regente de banda nos sete Festivais Eleazar de Carvalho, em Fortaleza.

MUNIZ, Sonia Uma das mais versáteis musicistas brasileiras, já se apresentou como recitalista, camerista e solista de orquestra, incluindo as orquestras nacionais da Polônia e Argentina, a da Bayerische Rundfunck em Munique e L´Amoureux, na Salle Pleyel em Paris. Apresentou-se em diversos países da América Latina, Alemanha, Áustria, França, Suíça, Polônia, Canadá e Estados Unidos, não somente nas temporadas de concertos, mas também em festivais, incluindo o de “Outono de Varsóvia” e o de música contemporânea no Lincoln Center. A respeito de sua execução de “Aurora” (para piano e orquestra) de Almeida Prado, o crítico do New York Times Donal Henhan escreveu: “Sonia Muniz, a pianista para quem a obra foi escrita e dedicada, demonstrando uma amável delicada aparência, tocou, no entanto com uma poderosa sonoridade tal qual uma usina de eletricidade, principalmente no incandescente show de acordes no clímax final”. Foi agraciada com a medalha Pero Vaz de Caminha e com Colar Anchieta na Câmara Municipal de São Paulo. É professora da Escola

16


Municipal de São Paulo desde o ano de sua fundação. Formada pela Academia de Viena e Pela Universidade de Hartford, Sonia Muniz está concluindo nos Estados Unidos, o curso de doutoramento. Juntamente com seu marido, o saudoso Maestro Eleazar de Carvalho, criou e organizou os Festivais de Campos do Jordão, Gramado, João Pessoa e Itu. Após a morte de Eleazar, Sonia Muniz tornou-se a Diretora Artística do Festival, tornando assim possível manter os mesmos ideais do maestro. Em 1997 dirigiu a semana Guiomar Novaes em São João da Boa Vista tendo introduzido nesta semana o primeiro concurso de piano para jovens solistas, recebendo do Secretário da Cultura, Dr. Marcos Mendonça o diploma de “Parceiros da Cultura” por sua eficiente atuação no desenvolvimento de ações culturais. Acaba de fundar em Iguatu, a Escola de Música Eleazar de Carvalho, cidade natal do Maestro, com o apoio do SESC e da Prefeitura local. Teve parte ativa nas transmissões ao vivo pela Rádio Cultura FM das óperas do Metroplitan Ópera MET. Recentemente atuou como solista da Americam Simphony nos Estados Unidos, sob a regência de Leon Botstein.

OKAY, Marcelo Natural de São Paulo, iniciou seus estudos de piano com Yolanda Barsotti. Mais tarde estudou com o Cláudio de Brito, Gilberto Tinetti (USP) e com Sonia Muniz, que o ajudou a ir estudar em Viena. Na Academia de Viena estudou com Carmem Graf e iniciou seus estudos de canto com Hanelore Feigl. No Conservatório de Viena estudou na classe de opereta de Lucia Meschwitz e na classe de canto com Hilda de Groote. Atualmente está estudando com Sona Gahzarian. Apresentou-se nas salas Palais Trautson, Castelo de Franz Léhar, Prefeitura de Viena e Stadthalle de Viena. Participou da Abertura “Wien Fest Woche”. Atuou nas encenações Os Gondoleiros de Sulivan, Noite em Veneza de Strauss, Baile da Ópera de Heuberger, Orfeu de Offenbach. Dentro da Música Sacra, solou as Missas de Zelenka, Mozart, Ramirez e Criação de Haydn.

PACHECO, Diogo Natural de S. Paulo,Diogo Pacheco regeu mais de mil concertos. Vencedor, em 1960, de concurso nos Estados Unidos, juntamente com Seiji Osawa, foi mais tarde convidado pelo maestro Eleazar de Carvalho para ser seu assistente na Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo.Foi Regente Titular e Diretor Artístico da Orquestra Sinfônica, do Recife, em 1991/92. Regeu todas as principais orquestra sinfônicas, do Brasil. Diretor Artístico da Faculdade de Música da Fundação Armando Alvares Penteado Fundador do Coral do Club Athletico Paulistano, em 1962 Especializou-se em grandes eventos ao ar livre por todo o Brasil, Manteve por dezoito anos um programa de música clássica, na Radio Eldorado, de São Paulo.Na televisão foi apresentador do programa "Ligue para um clássico" da Televisão Cultura" e responsável e apresentador do programa "Concertos Internacionais" da Rede Globo de Televisão. Apresentador da Bravo Brasil, tv por assinatura. Foi diretor artístico de temporadas líricas do Teatro Municipal de São Paulo. Professor de matérias teóricas da Escola Livre de Música, e do Interior do Estado de São Paulo. Fundou mais de cinqüenta corais, e desenvolveu atividades jornalísticas nos jornais "O 17


Estado de São Paulo", "Jornal da Tarde" e revista "Veja", nunca deixando, porem, sua carreira de regente. Nas óperas que dirigiu no Brasil, modernizou suas apresentações convidando diretores de teatro para encená-las, Recebeu o Prêmio Governador do Estado,e o Prêmio Saci em 1966, pela música do filme “Vereda da Salvação”, de Anselmo Duarte. Agraciado com o grau de comendador pela Ordem do Mérito Cultural, pela Ordem do Ipiranga, no grau de comendador e Premio Eleazar de Carvalho pelo Ministério da Cultura. Indicado, por “notório saber” para professor nos cursos de bacharelado em música, pelo Conselho Federal de Educação do Ministério da Educação e Cultura em 1982. Professor de regência e matérias teóricas das Faculdades de Artes Alcântara Machado e da Faculdade de Música de São Caetano do Sul.e da Escola Livre de Música, de São Paulo. Foi, em 1964, o responsável pela apresentação da cantora Elizeth Cardoso, no Teatro Municipal, de São Paulo e do Rio de Janeiro, interpretando as Bachianas, #5, de Villa Lobos. Representou o Brasil nos Festivais de Música de Praga e de Varsóvia, em 1969. Recebeu duas vezes bolsa de estudos do Departamento de Estado norte-americano, . Divulgador de música antiga e contemporânea, foi responsável por primeiras audições , desde 1954, quando fundou com Alfredo Mesquita, Gianni Ratto e outros, o Movimento Ars Nova. PENAFORTE, Raimundo Músico, compositor e arranjador é um dos mais prolíferos músicos brasileiros de sua geração. Suas músicas têm sido apresentadas no Brasil e exterior. Nos Estados Unidos, a música de Raimundo tem sido tocada nos mais importantes centros. Sua cmposição "Tango For Seven", encomendado pelo Kravis Center for the Performing Arts para os grupos Eroica Trio e Saint Lawrence String Quartet, foi estreado em West Palm Beach, na Flórida. Penaforte foi destaque em um documentário para a televisão brasileira intitulado "GNT Carlton Arts - O que o Raimundo Quer" e produzido pela jornalista brasileira, Lúcia Guimarães. Como instrumentista Penaforte já colaborou com músicos como, Rubén Blades, Richie Havens, Maynard Ferguson, Giora Feidman, Chuck Mangione, Fernando Dissenha, Dom Salvador e Edson da Silva "Café", entre outros. Participou como violinista, de uma turnê pela Colômbia com a banda afro-cubana, La Tipica Novel. Em 1997, Raimundo foi destaque no Festival do Lincoln Center Midsummer Night Swing, em Nova York. Em 1996, estreou em Nova York como diretor artístico do Brazil - New York Jazz Festival. Tem escrito uma grande variedade de estilos musicais. Compôs e tocou uma peça para o CD Shades of Green, da organista nova-iorquina Dorothy Papadakos; arranjou, compôs e produziu para o CD Café 1930, do trompetista Mark Gould. Produziu e executou trilhas sonoras para o documentário da ONU, A Cyber Tale of Three Cities e para o filme independente, Mônaco. Gravou pelos mais importantes selos do mercado musical. Seus arranjos para violino e piano de West Side Story, de Leonard Bernstein, estão sendo publicados, ainda esse ano, pela maior editora de música erudita dos EUA, a Boosey & Hawkes, Ltd. Natural de Recife - Pernambuco, Raimundo Penaforte estudou na Universidade Federal de Pernambuco, na HardinSimmons University, na New York University e na Julliard School, em Nova York. 18


REIS, Márcio Bailarino e Coreógrafo, estudou sob a orientação de Flávio Sampaio, Ernesto Gadelha e Paulo Caldas, e Gilles Jobin entre outros grandes nomes da Dança. Foi aluno do Colégio de Dança do Ceará onde participou de montagens e remontagens de Ballets consagrados, com ênfase na linguagem contemporânea. No ano de 2002 dançou "Outro Tango" de Paulo Caldas- Rj, em 2003, "Reverberare" de Carlos Antônio- MG e "Doisenduo" de sua autoria, na 4a Bienal Internacional de Dança do Ceará. Coreografou o ballet de escravos da montagem de "O Demônio Familiar" de josé de Alencar, na comemoração de 95 anos do TJA, e fio Ganhador do Edital de incentivo às artes da SECRETARIA DE CULTURA do Estado do Ceará 2005. Atualmente, é coreógrafo e bailarino da Opus Cia de Dança.

ROCHA, Miguel Miguel Rocha é professor na Escola Superior de Castelo Branco e no Instituto Superior Piaget em Lisboa (Almada). Está radicado em Portugal desde 2001 após ter desenvolvido uma intensa atividade musical na França e na Suiça durante 10 anos. Estudou em Paris, Praga, Maastricht, Basilea e Lausanne com M. Strauss, B. Pergamentchikow, R,. Aldulescu e S. Vectomov. Teve também a oportunidade de se aperfeiçoar com Burton Kaplan, P. Tortelier, C. Henkel, J. Starker, P. Muller, M. Tchaikovskaia. Obteve o 1º Prémio do Concurso Internacional de Música UFAM Paris. Foi violoncelista solo na Orquestra “Sinfonieta de Lausanne” de 1996 a 1999. Lecionou em várias escolas na França, tais como o “Conservatoire National” de Belfort, Grenoble, Annecy e na Suíça, em Lausanne, de 1997 a 2000. Gravou para a RDP, RTP, a rádio “Suisse Romande, assim como dois CD’s - "Duo Contracello" e "Trio Athena". É membro do Duo Contracello desde 1990. Efetuou concertos na França, Suíça, Alemanha, Itália, Espanha, México e EUA. Este ano vai participar de vários festivais de renome, como o Festival d'Île de France em Paris, Festival “Atlantic Waves” em Londres e na “Festa da Música” em Lisboa. Está gravando um CD, violoncelo e cravo, com músicas do século XVIII “Boccherini e os seus contemporâneos”.

ROSAS, Giuliano É primeiro clarinetista da Orquestra Jazz Sinfônica e da Orquestra Sinfônica da USP. Em 2000 recebeu bolsa de estudos do Ministério da Educação e seguiu para os EUA onde, em 2002 concluiu o curso de mestrado, com distinção pela Longy School of Music, em Cambridge, Massachusetts. Seu professor foi Jonathan Cohler. É bacharel em música pela UNESP, onde estudou com Sérgio Burgani. Em 2000 e 2001 foi em turnê pela Europa como membro da Orquestra Mundial Jeunesses Musicales. Atuou também como professor nos festivais: "Música nas Montanhas", em Poços de Caldas, MG; e "Festival Eleazar de Carvalho", Fortaleza, CE.

RUTMAN, Paul Pianista americano é dotado de prodigioso talento sendo um grande conhecedor do piano, o que faz dele um músico por excelência. É exímio intérprete tanto do 19


repertório romântico, como do contemporâneo, destacando-se entre os pianistas de sua geração. Realiza constantemente tournée pela Europa. É professor da Hartt School of Music da Universidade de Hartford, onde suas “master classes” são muito requisitadas. Estudou na Europa e nos Estados Unidos. tendo sido o primeiro pianista a concluir o doutorado em piano pela famosa Juilliard School. Finalista do Concurso Tchaikovsky de Moscou em 1970, apresentou-se na União Soviética com enorme sucesso, sendo apontado como um dos grandes pianistas da atualidade. A crítica do seu recital no Carneggie Hall compara-o com Wladmir Horowitz. Tocou sob a regência de Lorin Maazel, Eugene Ormandy, Mariss Janssons, Eleazar de Carvalho, Svetlanov, entre outros. Foi aclamado pela crítica soviétia e pela crítica de Bruxelas. Lançou recentemente um CD de músicas russas pela Sony/Records.

SAGHAARD, Jean Noel Nascido em Paris, formou-se pelo Conservatório Nacional de Versailles, onde foi aluno de Roger Bourdin. Estudou ainda com Christian Lardé e integrou a orquestra dos Estudantes de Paris. Participou de vários festivais, tendo sido bolsista do festival Internacional de Música do Canadá (1966). Veio para o Brasil à convite do maestro Eleazar de Carvalho. Foi membro do Quinteto de Sopros e lecionou flauta na Escola de Música da Universidade da Bahia e no Departamento de Música da USP ( SP ) de 1972 a 1982. Participou de vários grupos camerísticos, tendo se apresentado no Brasil, Argentina e França em recitais de Flauta e Violão, Flauta e Cravo, Grupo Musicâmara e Quinteto de Sopros. É professor de Flauta do Instituto de Artes do Planalto (UNESP) e da Escola Municipal de Música de São Paulo. Participou também de quase todos os Festivais de Música do país.

SALES FILHO, Plutarco Bacharel em flauta pela UFPB, hoje é o principal flautista da Orquestra Sinfônica do Recife e da OSPB. Tem em seu currículo vários prêmios como: 1° lugar no III Concurso Nordestino de Piano para Duo (1979); Menção Honrosa no VI Concurso Jovem Instrumentista do Brasil (Piracicaba-SP-1981); 1° lugar como Melhor Intérprete de Música Brasileira e maior nota geral do III Concurso Jovens Instrumentistas do Brasil (Piracicaba-SP 1985); selecionado em concurso para integrar a Orquestra Latino-Americana de Juventudes Musicales (Montevidéu 1985); finalista do V Concurso Jovens Concertistas Brasileiros da Sala Cecília Meireles (Rio 1986). Foi solista de várias orquestras do Brasil, regido por Eleazar de Carvalho, Diogo Pacheco e Arlindo Teixeira, entre outros, e atuou como solista em turnê nacional do Projeto Acauã.

SAMPAIO, Luiz Paulo Nasceu no Rio de Janeiro estudando piano com Thomas Téran, Heitor Alimonda e Attilio Mastrogiovanni. Bacharel em Ciências Econômicas pela UFRJ graduou-se na MusiK Hochschule de Viena onde estudou com Dieter Weber e Hans Graf. Possui Mestrado em “Memória Social e Documento” pelo Centro de Ciências Humanas da UNIRIO e Doutorado pela Universidade de Montreal com Jean20


Jacques Nattiez. De 1978 a 1983 e novamente de 1988/9 a 1991/2 foi diretor artístico da FUNARJ e do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. É professor da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) desde 1980, e professor titular de Análise Musical desde 2004. Leciona também História da Música, ministrando também Cursos de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado). Desde maio de 2005 é Decano do Centro de Letras e Artes daquela Universidade. Publicou diversos artigos e os seguintes livros: A orquestra sinfônica e seus instrumentos e Guia da Ópera em CD, ambos por Jorge Zahar, Rio de Janeiro.

SHERBA, Charles Charles Sherba, violinista, ocupa a cadeira de primeiro violino na Rhode Island Philharmonic. Membro fundador de Aurea, grupo de atuação fundado em 2002, dedicado a explorar a intermediação entre a palavra musical e a falada, com quem tem estreado obras de Arnaud Petit, Gerald Shapiro, e apresentado recentemente a Cavatina para solo de violino de Barbara Kolb, e o duo para violino e cello de Ravel. Tem participado do Festival de Música de Monadnock desde 1991. Além da Faculdade de Música na Brown University (desde l986), tem lecionado também na Rhode Island Philharmonic Music School. Já lecionou em: Connecticut College, University of Massachussetts Dartmouth, Greenwood Music Camp,Haverford College, Emory University, Eastern Music Festival, Southeastern Music Center, Shorter College, Columbus College, University of Charleston, University of Massachussetts Amherst, Agnes Scott College, e master classes na L'École Nationale de Musique em Chambery, França. Foi escolhido como um dos 16 participantes do primeiro Starling-Delay Symposium em estudos de violino na Juilliard School em 2001, onde o tópico explorado foi “Como ensinar os excepcionais jovens talentosos estudantes de violino”. Tem se apresentado como violinista substituto com a Orquestra Sinfônica de Boston no Symphony Hall em Boston, no centro de música de Tanglewood, non Carnegie Hall em Nova York, e em excursões. Trabalhou com famosos músicos , incluindo James Levine, Kurt Mazur, Bernard Haiting, James Conlon, Itzhak Perlman, Isaac Stern, Nathan Milstein, Henryk Szeryng e outros. Foi o primeiro violino do Quarteto de Cordas Charleston de 1982-2000. Apresentou-se nos Festivais de Grand Teton, Aspen e Colorado. Doze de seus alunos venceram o concurso da Brown University e outros foram estudar na Yale, Harvard e New England Conservatory, e outras instituições. Em Julho de 2005, fez parte do Festival Eleazar de Carvalho em Fortaleza, Brasil.

SHERBA, Consuelo Consuelo Sherba, violista, é membro fundadora e diretora artística do conjunto Aurea, dedicado a explorar a conecção entre a palavra musical e falada. Foi selecionada para fazer o solo de 12 apresentações da peça Not About Heroes de Steven MacDonald. Em Nova York, em Novembro de 2004. Com Aurea tem levado programas de música e poesia a cidades do interior de Rhode Island com projetos que têm demonstrado a importância do papel da educação artística. Muitos dos alunos de Pawtucket High School, que participaram do projeto Aurea com Consuelo, no ano passado, foram vencedores num concurso de poesia escrita regional. Fez parte do corpo docente da Faculdade de Música na Brown University desde 21


1986, e também leciona na R I Philharmonic Music School, onde prepara conjunto de câmera, e encabeça o programa de cordas dos Grupos Criativos, que tem sido reconhecido como um dos cinco melhores programas dessa espécie no país. Em 2001, foi para Caracas, Venezuela, estudar o programa da aclamada Orquestra Jovem Venezuelana, trazendo idéias para seu projeto das Comunidades Criativas. Desde então, muitos de seus jovens estudantes nesse programa, tem se tornado membros da Orquestra Filarmônica Jovem de Rhode Island. Encoraja os estudantes em Brown, para ajudar com esse projeto, e criar outros de educação artística próprios. Consuelo tem também atuado com a Rhode Island Philharmonic, as Sinfônicas de Vermont, New Hampshire e Milwaukee, Atlanta, Quarteto de Cordas Charleston, e foi violista convidada da Boston Chamber Music desde 1991, como também nos Festivais de Música de Grand Teton, Aspen e Colorado e foi spalla de viola da West Virginia Symphony, Atlanta Ballet, e Orquestra de Câmera de Atlanta. Em julho de 2005, fez parte do VII Festival Eleazar de Carvalho, em Fortaleza, Brasil.

STOCKLER, Inês Iniciou seus estudos musicais e de piano em São Paulo, no Clam, escola de música dirigida pelo Zimbo Trio. Em Paris (França), iniciou seus estudos de canto lírico com Bruno Wyzuj. Transferindo-se para Düsseldorf (Alemanha), foi admitida na Universidade de Música Robert Schumann, onde em 1990, graduou-se em canto lírico e especializou-se na Escola de Arte Lírica (Opernstudio), dirigida pelo Maestro Hans Kast. Com o apoio do -CNPq - concluiu seus estudos de Pós-Graduação (tese: Bizet e sua ópera Carmen) e obteve o diploma "Konzertexamen" (maior distinção, concedida pela banca examinadora). Em Paris continuou seus estudos de canto lírico com Viorica Cortez, especializando-se também no repertório operístico de Mezzosoprano. Na mesma época, foi selecionada e participou da série de "Masterclass" de Christa Ludwig em Auvers-sur-Oise, na França. Durante sua estada na europa Inês Stockler participou de varias óperas e oratórios e também foi titular no Coral da Ópera de Paris-Bastilha durante dois anos e participou de todas as montagens de Óperas deste período: "Carmen" (Bizet), "Madame Butterfly" (Pucinni), "Faust" (Gounod), "Nabucco" (Verdi), "Tosca" (Pucinni), "Alceste" (Glück), "Adrienne Lecouveur" (Ciléa), "A Flauta Mágica" (Mozart), "Kovantchina" (Moussorgsky), "Romeo e Julieta" (Gounod), "Simon Boccanegra" (Verdi). Dentre muitas outras atividades culturais no Brasil, desenvolve paralelamente extenso trabalho didático, lecionando Canto Lírico na Universidade Livre de Música - Tom Jobim e no Museu de Arte Moderna MAM.

TABILO, Yerko Iniciou sua formação musical no dpto. de música da Universidade do Chile (La Serena) continuando seus estudos superiores no Instituto de Música da Universidade Católica do Chile (Santiago) Membro fundador do dpto. de Música da UFPB e a da Orquestra Sinfônica da Paraíba no ano de 1979. Professor de larga experiência, Tabilo é sempre requisitado para os mais importantes festivais de música do Brasil como Campos do Jordão Juiz de Fora Belém do Pará Curitiba Fortaleza entre outros. Como camerista gravou 8 CD's com o Quinteto da Paraíba do qual e fundador e 22


primeiro violino tendo se apresentado nos mais importantes teatros nacionais e internacionais. Professor do departamento de Música da UFPB Yerko Tabilo e responsável pela formação de inúmeros violinistas premiados em concursos e que hoje atuam profissionalmente nas melhores orquestras do Brasil e do exterior.

TELLES, Adenilson Natural de São Paulo, iniciou seus estudos com o Prof. Marcelo Lopes. Participou de vários eventos nacionais e internacionais como: Festival de Campos do Jordão, Festival de Artes de Itu, Festival de La Serena (Chile), Tournée com o Quinteto de Metais Via Brasil (Chile); Masterclass: Wynton Marsalis, Philip Smith, Maurice André, entre outros. De 1996 a 2000 foi trompista da Banda Sinfônica Jovem do Estado de S.P. Orquestra Sinfônica de Santo André e atuou como convidado de importantes grupos musicais. Foi premiado nos concursos “Jovens Solistas” das Orquestras: Sinfônica Brasileira, Sinfônica Petrobrás e Experimental de repertório onde realizou Concertos como Solista. Em 2000 foi integrante da Orquestra Mundial, neste mesmo período ingressou no Conservatório de Música de Paris sobre a orientação do Prof. Guy Touvron. Contemplado com uma bolsa de estudo da Fundação Vitae estudou na Academia da Orquestra Filarmônica de Berlin onde permaneceu dois anos. Participou de gravações de CD, e DVD e várias tournées. Teve como professores: Tamás Velenzei, Thomas Clamor e Mathias Höfs. Foi vencedor na prova de Akademie / Solo-Trompete da ópera de Berlin dirigida pelo consagrado Maestro Daniel Baremboim, onde atuou. Em 2003 foi selecionado entre os 20 melhores candidatos do mundo para segunda fase do Concurso de Trompete Solista de Munique (ARD) e em 2004 esteve na final do concurso de trompete da Filarmônica de Berlin. Trabalhou com Maestros: Cláudio Abbado, Simon Rattle, Daniel Baremboim, James Levine; Zubin Metha, Esa Pekka Salonnen, Bernard Haitink, Lorin Maazel. Atualmente atua como Solista na Europa e no Brasil e toca freqüentemente como convidado (Solo-Trompete) em várias orquestras alemãs.

TINETTI, Gilberto O pianista Gilberto Tinetti destaca-se como um dos mais importantes nomes da atual cena musical brasileira. Sua carreira teve início em São Paulo, onde fez as primeiras apresentações públicas como aluno de Hans Bruch. No final dos anos 50 radicou-se em Paris, onde realizou estudos de aperfeiçoamento com mestres como Alfredo Cortot, Friedrich Wuehrer e Magda Tagliaferro de quem é uma espécie de herdeiro musical. Conquistou, na época, o 1º Prêmio do Concurso da Academia Internacional de Verão do Mozarteum de Salzburg, Áustria. Intérprete de reconhecida qualidade, ao longo de mais de trinta anos de atividades, Tinetti tem atuado intensamente por todo o Brasil e em grandes centros da Europa, América Latina e Estados Unidos como recitalista, solista e camerista. Forma com o violista Erich Lehninger e o violoncelista Watson Clis o Trio Brasileiro, hoje consagrado como um dos melhores do País. Desenvolve também intenso trabalho didático. Foi professor de piano do Departamento de Música da Universidade de São Paulo - e é produtor e apresentador do programa Teclado, da Rádio Cultura FM, de 23


São Paulo. “Tinetti tem um toque cuidadosamente elaborado, muito preciso e claro; as nuances rítmicas, embora presentes, são extremamente sutís.” THE EVENING POST - Washington. “Gilberto Tinetti é um pianista de primeiríssima ordem” DIÁRIO DE NOTÍCIAS - Lisboa. “Todas as suas interpretações são cuidadosamente concebidas e meditadas.” THE WASHINGTON POST Washington. Em 1994, apresentou-se com sucesso na Itália, e foi um dos solistas convidados pela Orquestra do Teatro Municipal do Rio de Janeiro para seu Ciclo Brahms.

VIEIRA, Valmir Natural de São Bernardo do Campo (SP), é bacharel em Música pela Universidade Federal da Paraíba. Foi integrante das Orquestras Sinfônicas Jovens do Estado e do Município de São Paulo e da Orquestra Sinfônica da Paraíba. Participou como professor dos Festivais de Londrina em 1984, Festival Internacional da Paraíba em 1990, I Encontro de Instrumentistas de Sopros do Nordeste e Festival de Inverno de Campos do Jordão, em 1994. Atualmente é professor de Tuba na Universidade Federal da Paraíba desde 1981. Foi professor convidado em todos os Festivais Eleazar de Carvalho em Fortaleza.

24


V PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA Teatro Celina Queiroz - Unifor 03 de Julho de 2005 17h30 I PARTE Instalação dos Atos Acadêmicos Desfile e Apresentação dos Professores R Thompson

Alleluia Para Coro misto a Capela Participação dos Alunos do Festival Regência: David Junker II PARTE Recital de Piano

F. Chopin Lv. Beethoven S. Rachmaninov

4 Estudos op. 25 Rondo a capriccio 4 Prelúdios Solo de Piano Pablo Rossi

Teatro Celina Queiroz Unifor 04 de Julho de 2005 20h30 Artistas Cearenses Kátia Santana (soprano) Liliana Araújo (contralto) Franklin Dantas (tenor) Marcos Granjense (baixo)

Fred Barreto (violino I) Pedro Barreto (violino II) Davi Barreto (cello) Nara Vasconcelos (órgão) Milton Colares (piano)

. Teatro Celina Queiroz Unifor 05 de Julho de 2005 20h30 ORQUESTRA DE CÂMARA SESI / UFC Regência: VAZKEN FERMANIAN 2ª parte Mezzo Soprano: Angela Diel Piano: Milton Colares 3ª Parte Programa dedicado a Astor Piazzola Luz e Sombra

Camerata da Unifor Flauta Denis Almeida

1° Violinos Marcos Vinicius Cardoso Rodrigo Cardoso Clarineta Anely Mota Wilton Shimabukuro

25


2° Violinos Daniel Marques Silva João Marcos Seabra Viola Denis Almeida Thiago Borges Violoncelo Diego Coutinho

Piano Danilo Jatobá

Teatro Celina Queiroz Unifor 06 de Julho de 2005 20h30 ORQUESTRA DE CÂMARA ELEAZAR DE CARVALHO

B. Bartok

I Parte Divertimento para orquestra de cordas

A. Dvorak

II Parte Serenata em mi maior Regência: Marcio Spartaco Landi

Teatro Celina Queiroz Unifor 07 de Julho de 2005 20h30 Recital de professores I PARTE Ken Steen Györg Kurtag François Rabbath Giacinto Scels David Lang Stuart Smith

Bass Piece n° 2 (2005) Message-Consolation (1999) Schatten (1999) Poucha Dass (1980) Mantram (1988) I Feel Pretty (2001) Tunnels (1988) Contrabaixo Robert Black

II PARTE F. Poulenc

Sonata para Oboé e Piano(1962) Em memória de Sergei Pokofiev Élégie II Scherzo III Déploration

A. Piazzolla

Tanti Anni para Oboé e Piano Oboé Humbert Lucarelli Piano David Garrido Cid

W. A. Mozart

Quarteto em Fá Maior k370 Allegro Adágio Rondo-Allegro

26


Oboé Humbert Lucarelli Violino Alexander Mandl Viola Consuelo Sherbas Violoncelo Watson Clis

Teatro Celina Queiroz - Unifor 08 de Julho de 2005 20h30 RECITAL DE PROFESSORES W. A. Mozart

Trio em Mib Maior KV 498 (KegelstattTrio) para Piano, Clarineta e Viola Andante Menuetto Rodeaux alegretto

J. Brahms

Trio Opus 114, para Clarineta, Violoncelo e Piano Allegro Adágio Andantino grazioso Allegro

R. Muczynski

Fantasy Trio para Clarineta, Violoncelo e Piano Allegro energico Andante con espressione Allegro deciso Introduction and Finale: Andante molto e sostenuto - Allegro Giuliano Rosas, Clarineta Emerson di Biaggi, Viola Vana Bock, Violoncelo Marcos Aragoni, Piano

CENTRO DE CONVENÇÕES 10 de Julho de 2005 19h00 ORQUESTRA DO VII FESTIVAL ELEAZAR DE CARVALHO I PARTE Paul Dukas Matias Georg Monn

Fanfarra para a ópera 'La Péri` Concerto para Violoncelo e Orquestra em Sol menor. Allegro Fábio de Melo Machado, Violoncelo II PARTE

L. van Beethoven

Sinfonía n° 5 em Dó menor, op. 67 Allegro con brio Andante con moto Allegro Finale: Allegro Lanfranco Marcelletti, Regente

27


Violino Lean Jean Violino spalla Julio Lima de Freitas Neto Violino concertino Giselle Nogueira Mendonça chefe de naipe II Violino Leandro Alves Ferreira de Sousa Dyana Paula Medeiros da Câmara Anuska Arenita da Silva Lucas dos Santos Freite Luiz Henrique de Menezes Marinho Marcelo Lúcio Cavalcante de Lima Natan Gomes Ferreira Ronyely Sanderson Cavalcante Sérgio Gomes de Matos Samy Sousa Chirilo Francisco Diego de Lima Cavalcante Francisco Gleydson Custódio Viola Ana Caroline Uchoa chefe de naipe Viola Ana Angélica Silva Teixeira Robério Pereira da Silva Paulo Eduardo da Silva França Jéferson Sousa Leite Leandro Gomes Domingos Fabiano Araújo Formiga

Flauta Franciana Araújo Santos Ligia Lemos Sousa Nery Rodrigo Carneiro da Silva Thiago Alves de Sousa Uiara Pimenta Clarineta Elton Souza de Melo Herson Mendes Amorim Oboé Grac Mehm Ling-Feikang Fagote Kerty Borges Pereira Paulo Alexandre Porto Pinheiro Trompa Osiel Lobo de Miranda Robson Oliveira de Lima José Henrique da Silva Jairo Moraes Pereira

Violoncelo Fabio de Melo Machado - chefe de naipe Violoncelo Andreyna de Noa Caio Cardoso da Silva Diego Rafael Paixão Renato de Sá Oliveira Natália da Silva Bezerra Contrabaixo Yuri Pimentel Araújo chefe de naipe Contrabaixo Daniel Almeida Pina Regina Silva Medeiros Gilfrance dos Santos Pontes

Trompete Emerson Pereira Oliveira Hugo Carapunin Barbosa Daniel Moraes Cavalcante Wellington Façanha Martins Trombone Daniel Miranda José Clenilson da Silva Pinto Hygor Araújo Percussão Marcos Raimundo Matos da Costa Raul Nunes Pitanga Dirney Pacífico Arquivista: Kiyomi Honma Montador: José Clenilson da Silva Pinto

Clarineta Elton Souza de Melo Herson Mendes Amorim

IGREJA DO ROSÁRIO 10 de Julho de 2005 18h e 20h30 CONCERTO DE MÚSICA SACRA I PARTE CLASSE DE CANTO Profa. Inês Stockler E MÚSICOS DE FORTALEZA Coral Cantate Dominum, da Paróquia de São Vicente de Paulo Regência Repegá Fermanian Cristiane Alves Érika Kalline Kleiton Araújo Plínio Rossi Rafaele Cavalcante Paulo Brasil Luís Carlos Prata Franklin Dantas Piano: Marcos Aragoni / Vítor Philomeno CORO DE CÂMARA E CLASSE DE REGÊNCIA CORAL Maestro: David Junker Correpetidora: Kátia Carvalho Maestro Assistente: Sidney Gomes Virgínia Lopes Daniel Ferdnam Damasceno Valéria Vieira

28


Teatro Celina Queiroz Unifor 11 de Julho de 2005 20h30 RECITAL DE PROFESSORES A. Piazzolla (arranjo por João Luiz)

Rachmaninov

Zita da Suite Troilleana Violão João Luiz Violino Sergei de Carvalho Vocalise

J. Friedman

IV Fanfarra Solos Trompete Adenilson Telles Piano David Garrido Cid

Gunter Schúller

Intermezzo

Paulo Dukas

Villanelle Trompa Ozéas Arantes Piano David Garrido

E. Bozza

Ballade Trombone Radegundis Feitosa Piano Marcos Aragoni II Parte

F. Schubert

Quinteto op.114 "A Truta" Allegro Vivace Andante Scherzo Presto Tema Andantino Finale Allegro Giusto Piano Sonia Muniz Violino Charles Sherba Viola Emerson di Biaggi Violoncelo Watson Clis Contrabaixo Robert Black

Teatro Celina Queiroz - Unifor 12 de Julho de 2005 20h30 Violão: João Luiz I PARTE Villa-Lobos

Andantino e Cadenza para Violão Violão João Luiz

L. V. Beethoven

Sonata n° 5 em Fa Maior opus 24 “Primavera” I Allegro II Adagio Molto espressivo III Scherzo - Allegro molto IV Rondo - Allegro ma non troppo

29


Violino: Sergei de Carvalho Piano: Karina Maúcha II PARTE Raimundo Penaforte

Recital de composição com a participação dos professores do Festival.

Raimundo Penaforte

Elegia Contrabaixo: Robert Black Piano: David Garrido

Raimundo Penaforte

Tangou-se Fagote: Heleno Feitosa Escaleta: Raimundo Penaforte

R. Penaforte e R. Black

R&R

Raimundo Penaforte

Solo

Raimundo Penaforte

Choramingando Fagote: Heleno Feitosa Percussão: Raimundo Penaforte

Teatro Celina Queiroz Unifor 13 de Julho de 2005 20h30 I PARTE G. Fauré

Quarteto para Piano e Cordas em Dó menor, opus 15 I Allegro Molto Moderato II Scherzo III Adagio IV Allegro Molto Violino: Jeanyi Kim Viola: Emerson di Biaggi Violoncelo: Watson Clis Piano: Antonio Vaz Lemes II PARTE

J. Brahms

Quarteto para Piano e Cordas em Dó menor, opus 25 I Allegro II Intermezzo III Andante con moto IV Rondo alla Zingarese Violino: Alexander Mandl Viola: Consuelo Sherba Violoncelo: Watson Clis Piano: David Garrido

30


Teatro Celina Queiroz Unifor 14 de Julho de 2005 18h e 20h30 I SESSÃO(18:00h) PAIXÃO SEGUNDO MARTINS JOÃO CARLOS MARTINS II SESSÃO (20:30h) PAIXÃO SEGUNDO MARTINS JOÃO CARLOS MARTINS

Teatro José de Alencar 15 de Julho de 2005 20h30 I PARTE Orquestra do VII Festival Eleazar de Carvalho Apresentação da classe de regência orquestral Prof. Lanfranco Marcelletti

Claude Debussy

Prélude à l'après-midi d'um faune (arranjo de Arnold Schoenberg)

Júlio Lima e Leah Jean, violinos; Ana Caroline Uchoa, viola; Fábio de Melo Machado, violoncelo; Yuri Pimentel, contrabaixo; Rodrigo Carneiro da Silva, flauta; Ling Fei Kang, oboé; Alisson Pereira, clarinete; David Garrido-Cid, piano; Dirney Pacífico, percussão.

José Renato Accioly, regente C. Saint-Saëns

Do 2º Concerto para Piano e Orchestra, op.22 1º movimento: Andante Sostenuto Antônio Vaz Lemes, piano

II PARTE

Pietro Mascagni

“Voi lo sapete” da ópera “Cavaleria Rusticana” Érika Kallina, vencedora do concurso jovens solistas e regentes

W.A. Mozart

Abertura da ópera “As Bodas de Fígaro” Marcos Rabello, regente

F. Schubert

Da Sinfonia nº5 em si bemol maior, D.485 2º Movimento: Andante com moto Felipe Faglioni, regente

A. Dvorák

Da Sinfonia nº8 em sol maior, op.88 2º movimento: Adagio Fábio Mudo, regente

A. Copland

Dança da Celebração do ballet “Billy the Kid” Milton Castelli Veiga, regente

31


IDEAL CLUBE 16 de Julho de 2005 I PARTE J.S. Bach

"Jesus Alegria dos Homens" e " We Thank You God , We Thank You" - Transcrição de Almeida Prado Concerto Para Dois Pianos dó menor BWV 1060 Sonia Muniz e Paul Rutman II PARTE Concerto para violino em lá menor BWV 1041 Solista Sergei de Carvalho Brandenburg Concerto n.4 BMW 1049 I Movimento Flautas Jean Noel Saghaard e Plutarco Salles

W. A. Mozart

Pequena Sereata Noturna Orquestra dos professores do Festival Orquestra de professores do VII Festival regência João Carlos Martins

FUNDAÇÃO MARIA NILVA ALVES 16 de Julho de 2005 16h00 GRUPO DE METAIS Paul Dukas Fanfarra para ópera ´la Péri Marcos Leitão Rabello, Regente ORQUESTRA DE CÂMARA DO FESTIVAL Roberto Barros, Regente CATEDRAL METROPOLITANA DE FORTALEZA 17 de Julho de 2005 17h00 I PARTE CONCERTO DE MÚSICA SACRA Classe de Canto Profa. Inês Stockler Piano Prof. Marcos Aragoni J.S.Bach

“Quia Respexit”, Magnificat Aida Kellen

G.F.Hendel

“Total Eclipse” Franklin Sagredo “Quis est homo”, Stabat Mater Cristiane Alves e Erica Kalline

Pergolesi

Stradella

“Pietá Signore” Cláudia Muniz

32


F.Schubert

Missa Alemã (trecho) Aureneide Cândido “Ave Maria” Paulo Brasil “Misa Criolla” Franklin Dantas (cantor convidado)

C.Saint-Saens A.Ramírez

C.Franck

“Panis Angelicus” Lucíola Santos ( solo) Paulo Corjesu , Tarciana Damião e Tânia Neiva II PARTE CORO DE CÂMARA E CLASSE REGÊNCIA CORAL

Geraldo Espinhola

Cunhataiporã Arr. Samuel Keer

Antonio Vivaldi

In memória eterna

Ralph Manuel

Aleluia

Traditional Arr. Mark Hayls

Swingin' With The Saints

Antonio Vivaldi

Cantai com voz de Alegria Tradução: Herivelton C. Pereira Regência: Maestro David Junker Pianista acompanhadora: Profª Kátia Carvalho Regente assistente: Prof° Sidney Gomes

CORO DE CÂMARA E CLASSE REGÊNCIA CORAL Aida Kellen da C. Santos Alessandra Alexandre P. Ferreira Ana Cecília Florêncio Moreira Ana Cecília Florêncio Moreira Christiane Alves de Lima Clara B. Nunes Barros Claristela Araújo de Almeida Claúdia Mª Azevedo Xavier Denise Ramalho Serra Elton Figueredo Mesquita Emmanuel Bastos Érika Kallina F. de Oliveira Fernando Victor Franco Fontenele Franklin Sagualo Genival Ant° de L. Silva João Paulo de Melo da Costa Juliana Avelino Sarmento Melo Kleiton de Araújo Santos Lúcia Maria Alves Lucíola F. Santos Márcia Alencar Bezerra Marcos Rogério Barreto Alves Maria Aparecida Nasc. (Marlene) Maria da Salete Lelis Marilene Sampaio da Silva Ostevaz Tavare S. Neto

Paulo Adriano dos Santos Paulo Cortesu Brito Alves Plínio Rossi Rafaele Cavalcante Sófia Nojosa Taciana dos Santos Damião Tânia Neiva Dias Silva Valdinez Claúdia Oliveira da Silva Valéria Vieira Vírginia Mª de Carvalho Lopes Zenaide Silva Santana Participação especial dos alunos dos professores: Radegundis Feitosa Valmir Vieira Trombones: José Clenilson da Silveira Pinto Daniel Miranda Costa José Ribamar C. Avelar Jr Tuba George Wemerson Santos Campos

Teatro Celina Queiroz Unifor 33


18 de Julho de 2005 20h30 I PARTE C. Saint Saens

Ave Maria

G. Fauré

Chanson d´amour Aprés un Rêve

M. Ravel

Tout gai! Chanson à boire

E. Satie

Je te veux Chanson du Chat

F. Poulenc

Les Chémins de l´amour Toreador Canto Marcelo Okay Piano Sonia Muniz

II PARTE Jacques Ibert

Entr´ ACT para flauta e violão Violão Carlos Eduardo de Souza Barbosa Flauta Thiago Alves de Sousa

J. S. Bach

Prelúdio e Fuga BWV 997 Violão Vinicius Linhares da Silva Classe do prof. João Luiz

A.Vivaldi

Concerto para 4 violinos I Allegro II Largo III Allegro Violinos

Alexander Mandl Jeanyi Kim Yerko Tabilo Sergei de Carvalho

Piano

Marcos Aragoni

Teatro Celina Queiroz Unifor 19 de Julho de 2005 20h30 I PARTE

CORAL COMUNITÁRIO DO FESTIVAL T. Arbeau Janequin Dowland Spiritual Villa Lobos C.A.Pinto Fonseca

Pavane Cest Moi de May Come Again Let´s Break Rosa Amarela Galo Garnizé Regência Diogo Pacheco

34


II PARTE CONCERTO DO TRIO PRODAN F. Schubert

Trio para cordas em Si maior, op 471 Allegro

L.V. Beethoven

“Duett mit zwei obligaten augenglasern viola e violoncelo

R. Glière

Dois duetos op 39 1 Prelude Andante 4 Canzonetta Moderato violino e violoncelo

H. Villa Lobos

Duo (1946) I Allegro II Adagio III Allegro Agitat violino e viola

L.V. Beethoven

Trio para cordas n° 3 em dó menor, op 9 I Allegro con spirito II Adágio con espressione III Scherzo: Allegro molto e vivace IV Finale: Presto Violino Charles Sherba Viola Consuelo Sherba Violoncelo Miguel Rocha

Teatro Celina Queiroz Unifor 20 de Julho de 2005 20h30 TJEERD TOP (violino) MARIKEN ZANDVLIET (piano)

PARTE I Maurice Ravel 1875-1937 Sergej Prokofiev 1891-1953

Sonata (póstuma) para violino e piano (1897)

Sonata Nr. 2 em Re, Op. 94 bis, para violino e piano(1944) Moderato Scherzo Presto Andante Allegro com brio PARTE II

Carlos Micháns 1950

L' Ange Maudit para violino e piano (2000)

Ernest Chausson 1855-1899

Poème para violino e piano (1896)

Béla Bartók 1881-1945

Rapsódia para violino e piano Nr. 2 (1928) Lassú (moderato) Friss (allegro moderato)

Teatro Celina Queiroz Unifor

35


21de Julho de 2005 20h30 Concerto de professores e alunos Danilloyd Davey H.Villa Lobos

A Morte do Cisne Negro “Bachianas Brasilenses n° 4 O Canto do Sertão” Meninas da Terra Bailarinas Isadora Bonfim Teixeira Maria Das Dores dos Santos Mariana Fernandes Moreira Natalia Dantas do Amaral Rostana Arúzia A. F. Andrade

Michael Galasso Astor Piazzola Yann Tiersen

Coreografia e dança Luiza Barteldes (Scene-I) Inverno Portenho La Redecouverte Amélie Poulain Fragmentos para Circunfluência Bailarinos(as) intérpretes: Elisa Parente, Luciana Jardim

Coreografia e dança Márcio Reis F. Sor

Fantasia op. 7 Minueto op. 25

S. L.Weiss

Fantasia

F. M. Torroba

Aires de La Mancha Jerigonza Ya Llega El Invierno Copilla La Pastora La Seguidilla Violão João Luiz

E. Grieg

Gramdma's Minuet Allegretto Fagotes 1. Paulo Alexandre Pinheiro 2. Kerty Hanslike Pereira

P. Harvey

F. René Gebauer

Trio Clarinetes 1.Ramon Lima 2. Filipe Ximenes 3. Josemir Sales Duo n°1

36


Clarineta Fagote J. Brahms

A. Stdeler

Elton Souza Paulo Pinheiro

Sacred Lullaby op. 91(transc.p/ quarteto de clarinetes) Elton Souza Suzana Maiara Herson Amorim Alison Pereira de Almeida Duo em Fá maior Alison Pereira de Almeida Herson Amorim Classe do Professores Heleno Feitosa e Giuliano Rosas

Teatro Celina Queiroz - Unifor 22 de Julho de 2005 20h30 PARTE I A. Vivaldi

Concerto para violão e orquestra de cordas em Ré maior

A. Marcello

Concerto para oboé e orquestra de cordas em Ré maior.

W.A.Mozart

Andante para flauta e orquestra

V.Belline

Sinfonia breve em Ré maior

Violão Carlos Eduardo de Sousa Barbosa Oboé Ling-Fei-Kang Flauta Dennis Almeida dos Santos Violinos Glauberto Agra Spalla Carlos Henrique Ranieri chefe de naipe Cao Benin Silva Nunes Daniel da Silva Barros Deyse Firmino Francisco Glaydson Custódio Francisco Silva Araújo Junior Francisoco Diego de Lima Cavalcante Isabelle Magalhães Alburquerque Juliana Moura Violino Concertino Luis Guilherme Silva Nunes Luoise Magalhães Alburquerque Maisa Nascimento Violas José Inácio Saldanha - Chefe de naipe Viola Ana Angélica Silva Teixeira Awa Blayne Da Costa Ferreira Francisca Gilcilane Pereira Soares Francisco Jackson Oliveira do Nascimento Juan Carlos Cavalcante Silva Róberio Pereira da Silva

Contrabaixo Regina Silva Medeiros Clarineta Alison Pereira Oboé Roseane Cruzeiro Lea Claudino Rodrigues Trompa Róbson Oliveira de Lima Sávio Araújo Freitas Solistas Denis Almeida - Flauta Eduardo Barboza - Violão Ling Feikang Oboé Roberto Barros, Regente. Aquivista e Montador: Cao Benin Silva Nunes

Violoncelo Bruno Ponte de Souza - chefe de naipe Violoncelo Ana Rosa Ramacciotti

37


Evangiele Araújo Oliveira Nátalia da Silva Bezerra Rômulo Átila Araújo Torquado

PARTE II

Classe de Regência & Coro de Câmara A. Vivaldi In Memória Aeterna (Transc. P/ Cordas. Sidney Gomes) A. Vivaldi (trad. H. C Pereira) R.alph Manuel Eldom Soares Paul Bassler

Ferdnam Damasceno

Cantai com voz de Alegria Marcos Barreto Aleluia Glória Missa Kenya: Glória

Hebrew Folk Song Hine mah Tov (Arr. Henry Leck) Geraldo Spindola Cunhataiporã (arr. Samuel Kerr) Noel Rosa Conversa de Botequim (arr. Eduardo D. Carvalho) Kleiton e Kledir Vira Virou (arr. Zé Pedro Boésio) H. Villa Lobos Rosa Amarela (arr. N. Mathias) L. Gonzaga e H. Teixeira Baião American Spiritual Daniel (Arr. James Miller) Traditional (Mark Hayls) Swingin´ With the Saints (Arr. p/ Trombones-Sídney Gomes)

Valéria Vieira Valdinez Cláudio Claudia Azevedo Solo - David Junker Marcia Alencar Jonas Martins Ana Cecília Moreira Régia Lima Leitão Elton Mesquita Genival Silva Marilene Sampaio (Bary) Virginia Lopes

Coordenação: Maestro David Junke Pianista Co-repetidora:Kátia Carvalho Regente Assistente:Porf. Sídney Gomes

Sopranos Alessandra Alexandre P. Ferreira Clara Bezerra Nunes Barros Denise Ramalho Serra Érica Kallina F. De Oliveira Juliana Avelino Sarmento Lucia Maria Alves Mª Aparecida do Nascimento Maria Alencar Bezerra Rafaele Araújo Cavalcante Tânia Neiva Dias Silva Tarciana dos Santos Damião Vrgínia Lopes Zenaide e Silva de Sant´Anna Contraltos Ana Cecília Moreira Claristela Araújo de Almeida Claudia Azevedo Lucíola Fernandes dos Santos

Tenores Elton Figueiredo Mesquita Ferdnam Damasceno Francisco Victor Fontenele Jonas Martins Kleiton Soares Santos Plínio Rossi Campos William Xavier de Souza Baixos Fernando Victor Franco Fontenele Genival Silva João Paulo de Melo da Costa Marcos Barreto Osteval Tavares da Silva Neto Paulo Adriano dos Santos Valdinez Cláudio

Participações Especiais Classe dos Professores

38


Radegundes Feitosa Valmir Vieira Trombones José Clenilson da Silveira Daniel Miranda Costa José Ribamar C. A Junior Tuba George Wrmerson Santos Campos (Swingin´ With the Saints)

Participação dos Corais Convidados Coral Carcará Mossoró-RN (Vira Virou) Regente: Claudia Azevedo Coral Dakota Nordeste Maranguape-CE Cunhataiporã -Vira Virou-Rosa Amarela -Baião Regente:Ferdnam Damasceno Coral do Centro de Humanidades / UECE (Cunhataiporã) Regente: Valéria Vieria Coral da Fundação Raimundo Fagner (Baião) Regente- Virgínia Lopes Coral Graça da Igreja Batista CE Hine mah Tov-Vira virou Regente: PARTE III Marilene Sampaio (Bary)

Alunos de Cordas do Festival I Violino: Glauberto Agra Teixeira II Violino: Deyse Firmino de Souza Viola: Ana Caroline Uchoa Violoncello: Isadora Câmara

Classe de Trompa Prof° Ozéas Arantes Händel

Allegro Moderato da suíte aquática

Solistas Agel Leite José Henrique Silva Osiel Lobo de Miranda José Jerônimo Duarte Filho Jairo Moraes Robson Oliveira PARTE IV Regência de Banda Prof° Sandoval Moreno Alunos da Classe de Regência: Alison Pereir Francisco Batista da Paz George Santos Campos Gerson Gomes José Nazareno Alves Marcos Rabello Sebastião Bernardo Dias Tancredo Francisco dos Santos R. Wagner A. Loritz

Elsas´s Procession To The Cathedras Petite Suite Baroque Prélude Air Basse des trompettes Conclusion Regência: Marcos Rabelo

Clarinetes Felipe Ximené Josemir Sales Alison Pereira Ramon Lima

Trompas Sávio Freitas Francisca Dhelayde dos Santos Osiel Lobo Robson Oliveira

Flautas Maria Vitoria Ventura Dias Fregni Eneyda Rodrigues Antonio André Cleyton Gomes

Trompetes Emerson Oliveira Luis Carlos Pereira José Gomes Ricardo de Abreu

Trombones Leandro de Abreu Helkon de Almeida Hygor Chaves Tubas Francisco José Gomes George Campos Percussão Raniere Cezar Raul Pitanga Dirney Pacífico Ângelo Medrado

39


Pátio da Reitoria - Unifor 24 de Julho de 2005 19h30 PARTE I Concerto de encerramento da Orquestra Sinfônica e Coro do VII Festival Eleazar de Carvalho

D. Shostakovich

Abertura Festival

Matias Georg Monn

Concerto para Violoncelo e Orquestra em Sol menor Alegro Fábio de Melo Machado, vencedor do concurso de jovens solistas e regentes

Gabriel Fauré

Cantique de Jean racine, opus 1 Regência José Renato Accioly

II PARTE Henry Purcell Heitor Villa-Lobos Pietro Mascagni

Trompete Voluntário Bachianas nº 4, Prelúdio "Coi lo sapete" da ópera " Cavaleria Rusticana Érika Kallina, vencedora do concurso jovens solistas e regentes

Maurice Rave W. A. Mozart

II PARTE Pavane pour une infante défunte Sinfonia nº 40 1º movimento

J. Philip Sousa

The Stars and Stripes Forever Regência: Diogo Pacheco HINO NACIONAL

40


VI

ESTATÍSTICA

VI. I Público espectador DATA

LOCAL

HORA

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13

03/07/2005 04/07/2005 05/07/2005 06/07/2005 07/07/2005 08/07/2005 09/07/2005 10/07/2005 10/07/2005 11/07/2005 12/07/2005 13/07/2005 14/07/2005

Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz

17h00 20h30 20h30 20h30 20h30 20h30

Igreja do Rosário Centro de Convenções Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Centro de Convenções Teatro Celina Queiroz

17h00 19h00 20h30 20h30 20h30 18h00

14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 25 26 27 28

14/07/2005 15/07/2005 16/07/2005 16/07/2005 17/07/2005 18/07/2005 19/07/2005 20/07/2005 20/07/2005 21/07/2005 22/07/2005 22/07/2005 23/07/2005 23/07/2005 24/07/2005 24/07/2005

Teatro Celina Queiroz Theatro J. de Alencar Ideal Clube Fund. Maria Nilva Catedral Metropolitana Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Teatro Celina Queiroz Pátio da Reitoria Transmissão TV Diário

20h30 20h30 20h30 20h30 17h00 20h30 20h30 14h00 20h30 20h30 14h00 20h30 15h00 20h30 19h30 19h30

Públ

OBSERVAÇÕES

Instalação dos Atos Acadêm. e recital piano Artistas cearenses Orquestra de Câmara do SESI-Camerata Unifor Orq. Câmara Eleazar de Carvalho Concerto de Prof. Oboé,piano,violino,viola,violonc Trio clarineta violoncelo piano ABERTURA .FORTAL 400 CONCERTO CORAL 400 Orquestra do VII Festival 350 Concerto de violão e quint. de cordas com piano 350 Recital de violino e piano e compos.de Penaforte 350 Concerto de quartetos 350 Exibição do Filme “Paixão segundo Martins” Premiado em Biarritz Exibição para alunos e crianças carentes350 2ª. exibição 300 Orquestra Sinfônica do Festival 1000 Homenagem a Sonia Muniz de Carvalho 300 Grupo de Metais 500 Concerto classe canto e vocal 330 Concerto canto e piano e quatro violinos 350 Coral comunitário do Fest. e trio violinos 350 Concurso Jovens Solistas Regentes 350 Duo Holandês Tjeerd Top e Marlken Zandvliet 350 Coreografia e dança e Concerto alunos e prof. 350 Concerto Classe de Piano 350 Concerto de violão, madeiras, metais, coro, banda 350 Música de Câmara dos alunos do Festival 350 Trio Brasileiro 4000 3200 lugares sentados 100.000 Estimativa - Transmissão Via Embratel para todo 350 350 350 350 350 350

Brasil pela TV Diário - CE. Para 16 canais abertos e parabólica para toda América Latina 29 26/07/2005 Praça da Matriz 20h00 30 28/07/2005 Teatro do SESC 20h00 31 29/07/2005 Teatro do SESC Iguatu 20h00

3000 300 300

IGUATU Cidade de Iguatu 30 Bandolins de Iguatu e Concerto de Violão Concerto a 4 mãos - Sonia Muniz e José Carlos

PÚBLICO TOTAL ESTIMADO * O Centro de Convenções manteve todas as suas luzes de fora - lado avenida Washington Soares, desligadas o que passou a impressão de que não haveria apresentação. Levei a queixa a administração. Mesmo assim o público persistente compareceu. ** Na festa de encerramento três (3) ônibus foram disponibilizados pela Unifor para levar com 186 jovens coordenadores e professores dos municípios, que participaram do Programa Alfabetização Solidária. 41


VI. II Estatística de Participação dos Alunos RESULTADOS PESQUISA DA SECRETARIA DE CULTURA 46 formulários preenchidos SIM MÉDIO DESEMPENHO DO INSTRUTOR 1) Demonstrou domínio dos conteúdos abordados 2) Contribuiu para atingir os objetivos do curso: 3) Os recursos didáticos foram adequados 4) Esclareceu as dúvidas apresentadas 5) Concluiu as atividades (exposição, trabalhos em grupos, debates, etc.) sintetizando as idéias básicas dos temas em estudo 6) Administrou o tempo de forma produtiva 7) Mostrou-se atento ao grau de compreensão da turma no decorrer das atividades 8) expôs as idéias com clareza 9) Atuou transmitindo confiança e credibilidade 10) Sua atuação em sala contribuiu para a manutenção do bom relacionamento do grupo 11) Coordenou as atividades de forma a favorecer a aprendizagem 12) Despertou interesse pela matéria 13) Valorizou a participação da turma DESEMPENHO DA TURMA 14) O relacionamento dos participantes 15) As intervenções dos participantes contribuíram positivamente para a discussão dos conteúdos 16) Minha participação contribuiu para o bom desempenho da turma QUALIDADE DO PROGRAMA 17) Os temas foram desenvolvidos em grau condizente com os objetivos do curso 18) O curso estimulou o meu esforço para um engajamento mais ativo no mercado e no contexto social 19) A carga horária foi adequada para o desenvolvimento das atividades 20) O curso atendeu as minhas expectativas QUALIDADE DO AMBIENTE 21) As condições físicas (iluminação, nível de ruído, ventilação, temperatura, espaço, disponibilidades e conservação dos equipamentos) foram satisfatórias

100 97,83

2,17

91,30 97,83 93,49

6,53 2.17 2,17

93,48 95,65

4,35

POUCO

NÃO

2,17 2,17

2,17

6,52

Dados baseados na pesquisa solicitada pela Secretaria de Cultura

100 100 93,48

6,52

95,65

4,35

100 95,65

2,17

84,79 93,48

13,04 4,35

2,17

80,43

8,69

4,35

93,48

4,35

2,17

97,83

2,17

91,30

2,17

89,13

6,52

34,78

36,96

2,17

2,17

4,35

4,35 4,35

13,05

15,21

* A Secretaria de Cultura solicitou e forneceu uma cópia do formulário utilizado nesta pesquisa, dia 21 de julho, às 17h00. Portanto, foram entregues para cópias e distribuição na sexta-feira dia 22. Das 100 cópias entregue aos alunos foram restituídas 46.

42


VI. III Alunos Completa de Alunos e Seus Professores cidade

uf

1

curso

CANTO E TÉCNICA VOCAL AUZENEIDE CÂNDIDO CUNHA

nome

FORTALEZA

CE

2

CANTO E TÉCNICA VOCAL CHRISTIANE ALVES DE LIMA

CAMPINA GRANDE - PB

PE

3

CANTO E TÉCNICA VOCAL CLARA BEZERRA NUNES BARROS

CAUCAIA

CE

4

CANTO E TÉCNICA VOCAL CLAUDIA MARIA AZEVEDO XAVIER

MOSSORÓ

RN

5

CANTO E TÉCNICA VOCAL ÉRIKA KALLINA FARIAS DE OLIVEIRA

JOÃO PESSOA - PB

PR

6

CANTO E TÉCNICA VOCAL JULIANA AVELINO SARMENTO MELO

JOÃO PESSOA - PARAÍBA

AC

7

CANTO E TÉCNICA VOCAL KLEITON DE ARAUJO SANTOS

BAYEUX PARAIBA

PE

8

CANTO E TÉCNICA VOCAL LUCÍOLA FERNANDES DOS SANTOS

CABEDELO

PE

9

CANTO E TÉCNICA VOCAL MARGARENE ARAUJO DA SILVA

FORTALEZA

CE

10

CANTO E TÉCNICA VOCAL MARIA APARECIDA DO NASCIMENTO

FORTALEZA

CE

11

CANTO E TÉCNICA VOCAL MARIA DA SALETE LÉLIS

JOÃO PESSOA - PB

PR

12

CANTO E TÉCNICA VOCAL PAULO CORJESU BRITO ALVES

FORTALEZA

CE

13

CANTO E TÉCNICA VOCAL PLINIO ROSSI CAMPOS

FORTALEZA

CE

14

CANTO E TÉCNICA VOCAL TÂNIA NEIVA DIAS SILVA

FORTALEZA

CE

15

CANTO E TÉCNICA VOCAL TARCIANA DOS SANTOS DAMIÃO

RECIFE

PE

16

CANTO E TÉCNICA VOCAL ZENAIDE SILVA DE SANTANA

FORATALEZA

CE

17

CLARINETA

ADEMIR CLAUDINO DA SILVA

OLINDA

PE

18

CLARINETA

ALISON PEREIRA DE ALMEIDA

FORTALEZA

CE

19

CLARINETA

ELTON SOUZA DE MELO

NATAL

RN

20

CLARINETA

FILIPE XIMENES PARENTE

FORTALEZA

CE

21

CLARINETA

HERSON MENDES AMORIM

´BELÉM

PA

22

CLARINETA

JOSEMIR SALES FREITAS

SÃO LUIS DO CURU

CE

23

CLARINETA

RAMON LIMA BARBOSA

FORTALEZA

CE

24

CLARINETA

SUZANA MAIARA COSTA DOS SANTOS

NATAL

RN

25

CLARINETA

VLAUDEMIR VIEIRA DE ALBUQUERQUE

CABO DE SANTO AGOSTINHO PE

26

CONTRABAIXO

DANIEL ALMEIDA PINA

JOAO PESSOA

PA

27

CONTRABAIXO

GILFRANCE DOS SANTOS PONTES

MARANGUAPE

CE

28

CONTRABAIXO

REGINA DA SILVA MEDEIROS

FORTALEZA

CE

29

CONTRABAIXO

YURI PIMENTEL ARAÚJO

JABOATÃO DOS GUARARAPES PE

30

DANÇA E COREOGRAFIA

MARIA DAS DORES DOS SANTOS

FORTALEZA

CE

31

FAGOTE

FRANCISCO DE ASSIS CUNHA DE SOUSA

REDENÇÃO

CE

32

FAGOTE

KERTY HANSLIKE BORGES PEREIRA

SOBRADINHO

DF

33

FAGOTE

PAULO ALEXANDRE PORTO PINHEIRO

BELÉM

PA

34

FLAUTA

ANTONIO ANDRÉ FREITAS DE SOUSA

MARANGUAPE

CE

35

FLAUTA

CLEYLTON E SILVA GOMES

FORTALEZA

CE

36

FLAUTA

ELUIZO TAVARES MGALHÃES JÚNIOR

RECIFE

AC

FLAUTA

ABREU E LIMA

PE

38

FLAUTA

ENEYDA RODRIGUES ALBUQUERQUE DA SILVA FABRICIO DA ROCHA ALEIXO

BELEM, PA

AC

39

FLAUTA

FRANCIANA ARAÚJO SANTOS

MAUÁ

SP

40

FLAUTA

LIGIA LEMOS SOUZA NERY DE CASTRO

GUARULHOS

SP

41

FLAUTA

MARIA VITORIA VENTURA DIAS FREGNI

CARAPICUIBA

SP

42

FLAUTA

RODRIGO CARNEIRO DA SILVA

JABOATÃO DOS GUARARAPES PE

43

FLAUTA

THIAGO ALVES DE SOUSA

GOIANIA

GO

44

FLAUTA

UIARA PIMENTA

SÃO PAULO

SP

45

HISTÓRIA DA ARTE

JAMIE PAULA COLARES BARTELDES

FORTALEZA

CE

46

HISTÓRIA DA ARTE

JONAS ALMEIDA BUARQUE E SILVA

ITAPIPOCA

CE

47

HISTÓRIA DA ARTE

JONAS CALIXTO DE ALMEIDA

FORTALEZA

CE

48

OBOÉ

LÉA CLAUDINO RODRIGUES

CAAPORÃ-PB

RN

49

OBOÉ

MOISÉS DE CASTRO PENA

BELÉM

PI

50

OBOÉ

ROBERTA PEREIRA BELO

CAMARAGIBE

PE

51

OBOÉ

ROSEANE LOPES CRUZEIRO

TAGUATINGA

DF

52

PERCUSSÃO

ANGELO BARBOSA MEDRADO

SALVADOR

BA

53

PERCUSSÃO

ANTENOR DA SILVEIRA CARDOSO NETO

SALVADOR

BA

54

PERCUSSÃO

CLAUDIA GONÇALVES JENNINGS

SAO PAULO

SP

55

PERCUSSÃO

DIRNEY PACIFICO TAVARES

PAULISTA

PE

56

PERCUSSÃO

LUCAS ARAUJO MOREIRA

FORTALEZA

CE

57

PERCUSSÃO

MARCOS RAIMUNDO MATOS DA COSTA

BELÉM

PA

58

PERCUSSÃO

RANIERE CESAR DE SOUZA

NATAL

RN

59

PERCUSSÃO

RAUL NUNES PITANGA

SALVADOR

BA

60

PIANO

ALINE FALCÃO NOVAIS DE ALMEIDA

SALVADOR

BA

61

PIANO

ALINE FIUZA GIAMPIETRO

FORTALEZA

CE

62

PIANO

ARTHUR DE ARAÚJO MARDEN

BRASÍLIA

DF

63

PIANO

DANIEL JAKIMIU DE VITO

UBERABA

MG

64

PIANO

DANIELLE ROMERO

FORTALEZA

CE

65

PIANO

DANILO JATOBÁ BESERRA

FORTALEZA

CE

66

PIANO

FELIPE VAZ DE ARRUDA DO VAL

SAO PAULO

SP

37

. Procuramos realizar a tabela o mais próximo do solicitado pela Secretaria de Cultura

43


CURSO

NOME

CIDADE

UF

67

PIANO

HERMENEGILDO BARROSO DE MELO FILHO FORTALEZA

CE

68

PIANO

MILTON COLARES CORNÉLIO

FORTALEZA

CE

69

PIANO

PRISCILA GAMBARY FREIRE

BAURU

SP

70

PIANO

RENATO BARROS DA COSTA

FORTALEZA

CE

71

PIANO

THAIS LIMA NICODEMO

SÃO PAULO

SP

72

PIANO

TIAGO CALLOU DE FIGUEIREDO

JUAZEIRO DO NORTE

CE

73

REGÊNCIA CORAL

ANA CECILIA FLORÊNCIO MOREIRA

FORTALEZA

CE

74

REGÊNCIA CORAL

ANA CECÍLIA FLORÊNCIO MOREIRA

FORTALEZA

CE

75

REGÊNCIA CORAL

ELTON FIGUEREDO MESQUITA

CAUCAIA

CE

76

REGÊNCIA CORAL

GENIVAL ANTÔNIO DE LIMA SILVA

ICÓ

CE

77

REGÊNCIA CORAL

JONAS MARTINS DE LIMA FILHO

FORTALEZA

CE

78

REGÊNCIA CORAL

JOSÉ FERDNAM DAMASCENO FILHO

MARANGUAPE

CE

79

REGÊNCIA CORAL

MARCOS ROGÉRIO BARRETO ALVES

FORTALEZA-CE

CE

80

REGÊNCIA CORAL

OSTEVAL TAVARES DA SILVA NETO

FORTALEZA

CE

81

REGÊNCIA CORAL

RÉGIA LIMA LEITÃO

FORTALEZA

CE

82

REGÊNCIA CORAL

VALÉRIA VIEIRA

FORTALEZA

CE

83

REGÊNCIA DE BANDA

FRANCISCO BATISTA DA PAZ

JOÃO PESSOA

PR

84

REGÊNCIA DE BANDA

JOSÉ NAZARENO ALVES

JOAO PESSOA

PR

85

REGÊNCIA DE BANDA

SEBASTIÃO BERNARDO DIAS

JOÃO PESSOA

PR

REGÊNCIA ORQUESTRAL

FORTALEZA

CE

87

REGÊNCIA ORQUESTRAL

ANTONIO VOGACIANO BARBOSA MOTA FILHO FÁBIO JOSÉ DE BRITO MUDO

FORTALEZA

CE

88

REGÊNCIA ORQUESTRAL

FELIPE FAGLIONI

RIO CLARO

SP

89

REGÊNCIA ORQUESTRAL

GUTENBERG DE OLIVEIRA PEREIRA

FORTALEZA

CE

90

REGÊNCIA ORQUESTRAL

MARCOS LEITÃO RABELLO

RIO DE JANEIRO

RJ

91

REGÊNCIA ORQUESTRAL

RELMERSON ALVES LIMA

MARANGUAPE

CE

92

TROMBONE

DANIEL MIRANDA COSTA

SÃO LUÍS

PI

93

TROMBONE

HELKSON MONTEIRO DE ALMEIDA

MARANGUAPE

CE

94

TROMBONE

HYGOR ARAÚJO CHAVES

ITAPIÚNA

CE

TROMBONE

SÃO LUIS

PI

CAUCAIA

CE

86

96

TROMBONE

JOSÉ RIBAMAR CANTANHEDE AVELAR JÚNIOR LEANDRO DE ABREU ANDRADE

97

TROMPA

FRANCISCA DHELAIDE BARBOSA DOS SANTOS MARANGUAPE

CE

98

TROMPA

JAIRO MORAES PEREIRA

PAÇO DO LUMIAR

PI

99

TROMPA

JOSE HENRIQUE DA SILVA

OLINDA

PE

100 TROMPA 101 TROMPA

LÚCIO SÁVIO ARAÚJO FREITAS

FORTALEZA

CE

OSIEL LÔBO DE MIRANDA

NATAL

AC

102 TROMPA 103 TROMPETE

RÓBSON OLIVEIRA DE LIMA

MARANGUAPE

CE

ARISVALDO ASSUNÇÃO LEITE

FORTALEZA

CE

104 TROMPETE 105 TROMPETE

ARTUR DANIEL BEZERRA DE QUEIROZ

FORTALEZA

CE

DANIEL MORAES CAVALCANTE

SÃO LUÍS-MARANHÃO

PI

106 TROMPETE 107 TROMPETE

EMERSON PEREIRA OLIVEIRA

MARANGUAPE

CE

HUGO CARAFUNIM BARBOSA

SÃO LUÍS-MARANHÃO

PI

108 TROMPETE 109 TROMPETE

JOÃO BATISTA SABÓIA SOUZA LIMA

FORTALEZA

CE

JOSE JAQUES DA COSTA GOMES

SÃO LUÍS DO CURU

CE

110 TROMPETE 111 TROMPETE

RICARDO DE ABREU NETO

FORTALEZA

CE

RODRIGO XAVIER GONTIJO BATISTA

NATAL

RN

112 TROMPETE 113 TUBA

WELLINGTON FAÇANHA MARTINS

MARANGUAPE

CE

GEORGE WEMERSON SANTOS CAMPOS

SAO LUIS - MARANHAO

PI

114 VIOLA 115 VIOLA

AWA BLAYNE DA COSTA FERREIRA

FORTALEZA

CE

DELANO DE SOUSA OLIVEIRA

SOBRAL

CE

116 VIOLA VIOLA 117 118 VIOLA

FRANCISCA GILCILANE PEREIRA SOARES

MARANGUAPE

CE

FRANCISCO JACKSON OLIVEIRA DO NASCIMENTO JEFERSON SOUZA LEITE

MARANGUAPE

CE

GOIANIA

GO

119 VIOLA 120 VIOLA

JOSÉ INÁCIO SALDANHA DA SILVA JUNIOR

FORTALEZA

CE

JUAN CARLOS CAVALCANTE SILVA

TERESINA

PI

121 VIOLA 122 VIOLA

LEANDRO GOMES DOMINGOS

NATAL

RN

RAFAEL SILVA MARQUES

FORTALEZA

CE

123 VIOLÃO 124 VIOLÃO CLÁSSICO

EDSON TIAGO SANTOS DO NASCIMENTO

JOÃO PESSOA

PE

CARLOS EDUARDO DE SOUSA BARBOSA

FORTALEZA

CE

125 VIOLÃO CLÁSSICO 126 VIOLÃO CLÁSSICO

DANIEL ALEXANDER DE SOUZA ESCUDEIRO FORTALEZA

CE

TIBÉRIO FERNANDES VIEIRA SIQUEIRA

CABO DE ST° AGOSTINHO

PE

127 VIOLÃO CLÁSSICO 128 VIOLINO

VINICIUS LINHARES DA SILVA

FORTALEZA

CE

ANUSCA ANERITA DA SILVA

NATAL

RN

129 VIOLINO VIOLINO 130 131 VIOLINO

CAO BENIN SILVA NUNES

GUABIRABA

CE

CARLOS HENRIQUE RANIERI DOS SANTOS MAIA DANIEL DA SILVA BARROS

FORTALEZA

CE

FORTALEZA

CE

95

44


CURSO

NOME

CIDADE

UF

132 VIOLINO 133 VIOLINO

DEYSE FIRMINO DE SOUZA

FORTALEZA

CE

DYANA PAULA MEDEIROS DA CAMARA

NATAL

RN

134 VIOLINO 135 VIOLINO

EVANGELINE MARIA DOS REIS DA SILVA

FORTALEZA

AC

FCO GLAYDSON CUSTODIO DO NASCIMENTO FORTALEZA

CE

136 VIOLINO 137 VIOLINO

FRANCISCO DIÊGO DE LIMA CAVALCANTE

FORTALEZA

CE

FRANCISCO SILVA ARAUJO JUNIOR

FORTALEZA

CE

138 VIOLINO 139 VIOLINO

GISELLE NOGUEIRA MENDONÇA

SÃO PAULO

SP

HOCÉLIO MÁRCIO DA SILVA

CAICÓ

RN

140 VIOLINO 141 VIOLINO

HUELTON ANDRADE DA SILVA

MARANGUAPE

CE

ISABELLE MAGALHÃES ALBUQUERQUE

FORTALEZA

CE

142 VIOLINO 143 VIOLINO

JULIANA SEVERINA DE MOURA

RECIFE

PE

JULIO LIMA DE FREITAS NETO

BELEM, PA

AC

144 VIOLINO 145 VIOLINO

LEANDRO ALVES FERREIRA DE SOUSA

MARANGUAPE

AC

LOUISE MAGALHÃES ALBUQUERQUE

FORTALEZA

CE

146 VIOLINO 147 VIOLINO

LUIS GUILHERME SILVA NUNES

MARANGUAPE

CE

LUIZ HENRIQUE DE MENEZES MARINHO

NATAL

RN

148 VIOLINO 149 VIOLINO

MAÍSA CONCEIÇÃO DO NASCIMENTO

FORTALEZA

CE

MARCELO LÚCIO CAVALCANTE DE LIMA

NATAL

RN

150 VIOLINO 151 VIOLINO

NATAN GOMES FERREIRA

SOBRAL

CE

RONYELY SANDERSON CAVALCANTE

NATAL

RN

152 VIOLINO 153 VIOLINO

SAMUEL LIMA DUTRA

FORTALEZA

CE

SÉRGIO GÓMEZ DE MATOS

TERESINA

PI

154 VIOLINO 155 VIOLONCELO

TAMY SOUZA CIRILO

NATAL

RN

ANA ANGÉLICA SILVA TEIXEIRA

FORTALEZA

CE

156 VIOLONCELO 157 VIOLONCELO

BRUNO PONTE DE SOUSA

SOBRAL

CE

CAIO MICHEL CARDOSO DA SILVA

TERESINA

PI

158 VIOLONCELO 159 VIOLONCELO

DIEGO AMARAL COUTINHO

FORTALEZA

CE

DIEGO RAFAEL DA SILVA PAIXAO

NATAL

RN

160 VIOLONCELO VIOLONCELO 161 162 VIOLONCELO

EDILARDO DA COSTA SOUSA

MARANGUAPE

CE

FÁBIO DE MELO MACHADO

RN

NATÁLIA DA SILVA BEZERRA

SÃO GONÇALO DO AMARANTE FORTALEZA

163 VIOLONCELO 164 VIOLONCELO

PRISCILA JOTA DIOGENES PARENTE

BRASILIA

DF

RÔMULO ÀTILA ARAÚJO TORQUATO

SOBRAL

CE

CE

RELAÇÃO DE ALUNOS DA UNIFOR - UNIVERSIDADE DE FORTALEZA 165 CANTO E TÉCNICA VOCAL GLÊNIO MESQUITA DA SILVA

FORTALEZA

CE

166 CANTO E TÉCNICA VOCAL RAFAEL BORGES DO NASCIMENTO

FORTALEZA

CE

167 CANTO E TÉCNICA VOCAL WILLIAM XAVIER DE SOUSA

FORTALEZA

CE

168 CANTO E TÉCNICA VOCAL ALESSANDRA PONTES FERREIRA

FORTALEZA

CE

169 CANTO E TÉCNICA VOCAL LUCIA MARIA ALVES

FORTALEZA

CE

170 CANTO E TÉCNICA VOCAL CLARISTELA ARAÚJO DE ALMEIDA

FORTALEZA

CE

171 CANTO E TÉCNICA VOCAL DOUGLAS CASTRO VERAS

FORTALEZA

CE

172 CANTO E TÉCNICA VOCAL ANA CRISTINA MARTINS

FORTALEZA

CE

173 CANTO E TÉCNICA VOCAL RAFAEL MARTINS DE OLIVEIRA

FORTALEZA

CE

174 CANTO E TÉCNICA VOCAL LUCAS SANCHO BELMINO

FORTALEZA

CE

175 CANTO E TÉCNICA VOCAL PAULO ULYSSES DO RÊGO MAZZA

FORTALEZA

CE

176 CANTO E TÉCNICA VOCAL MARA NÓBREGA TÉCNICA VOCAL

FORTALEZA

CE

177 CLARINETA

ANELY MOTA ALBUQUERQUE

FORTALEZA

CE

178 VIOLA

DENIS ALMEIDA DOS SANTOS

FORTALEZA

CE

179 VIOLINO

JOSÉ ALDAÍLTON MOREIRA BRANDÃO

FORTALEZA

CE

180 HISTÓRIA DA ARTE

ALAN GEORGE FÉLIX MENDONÇA

FORTALEZA

CE

Resumo dos dados Estado Nº AC 7 BA 4 CE 101 DF 4 GO 2 MG 1 PA 4 PE 15 PI 10 PR 5 RJ 1 RN 16 SP 10

45


VI. IV Lista Completa dos Alunos Participantes CURSO

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108

Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Canto e Téc.Vocal Clarineta Clarineta Clarineta Clarineta Clarineta Clarineta Clarineta Clarineta Clarineta Contrabaixo Contrabaixo Contrabaixo Contrabaixo Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coral Comunitário Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara

NOME

Aida Kellen da Costa Santos Alessandra Alexandre P. Ferreira Ana Cristina Martins Batista Auzeneide Cândido Cunha Christiane Alves de Lima Clara Bezerra Nunes de Barros Claristela Araújo de Almeida Claudia Gonçalves Jennings Claudia Maria Azevedo Xavier Daniel de Medeiros Passarela Danilo Carneiro Ferreira Denise Ramalho Serra Érika Kallina Farias de Oliveira Franklin Humberto Viana Valle Glênio Mesquita da Silva João Paulo de Melo da Costa Juliana Avelino Sarment Melo Karina Sabóia Navarro da Rocha Kleiton de Araújo Santos Lucas Sancho Belmiro Lúcia Maria Alves Lucíola Fernandes dos Santos Mara Nóbrega Margarene Araújo da Silva Margarene Araújo da Silva Maria Aparecida do Nascimento Maria Claudia Mendes Caminha Muniz Maria da Salete Lélis Maria da Salete Lélis Maria Socorro Oliveira Paulo Adriano dos Santos Paulo Corjesu Brito Alves Paulo Ulisses M. de Rêgo Plínio Rossi Campos Rafael Borges Rafael Martins de Oliveira Rafaele Cavalcante Stephânia Figueredo Tania Neiva Dias Silva Tarciana dos Santos Damião Willian Xavier de Souza Zenaide Silva de Santana Zenaide Silva de S'antana Ademir Claudino da Silva Alison Pereira de Almeida Elton Souza de Melo Filipe Ximenes Parente Herson Mendes Amorim Josemir Sales Freitas Ramon Lima Barbosa Suzana Maiara Costa dos Santos Vlaudemir Vieira de Alburquerque Daniel Almeida Pina Gilfrance dos Santos Pontes Regina Silva Medeiros Yuri Pimentel Araújo Carlosette Oliveira Gomes Elza Muniz Gabriel Adriano João Paulo de Melo da Costa Jonas Manuel dos Santos Josina Sá Lucia Maria Alves Luiza Alcântara Margarene Araujo da Silva Maria de Fátima Azevedo Maria Helena Cabral Amador Maria Mendes Evangelista Maria Regina de Figueiredo Nair Carbajal Paula Lenz Costa Lima Regina Lúcia Marques Barbosa Vadinez Claudio Oliveira da Silva Aida Kellen da C. Santos Alessandra Alexandre P. Ferreira Ana Cecília Florêncio Moreira Andrezza Magalhães Christiane Alves de Lima Clara B. Nunes Barros Claristela Araújo de Almeida Claúdia Mª Azevedo Xavier Denise Ramalho Serra Elton Figueredo Mesquita Emmanuel Bastos Érika Kallina F. de Oliveira Fancisco Victor Fontinelli Fernando Victor Franco Fontenele Francisca Sefisa Franklin Sagudo Genival Ant° de L. Silva João Paulo de Melo da Costa Jonas Martins de Lima Filho José Ferdnam Damasceno Filho Juliana Avelino Sarmento Melo Kleiton de Araújo Santos Lúcia Maria Alves Lucíola F. Santos Márcia Alencar Bezerra Marcos Rogério Barreto Alves Maria Aparecida Nasc. (Marlene) Maria da Salete Lelis Marilene Sampaio da Silva Osteval Tavare S. Neto Paulo Adriano dos Santos Paulo Cortesu Brito Alves Plínio Rossi Rafaele Cavalcante Régia Lima Leitão

PROFESSOR 1

Inês Stocler Marcelo Okay Marcelo Okay Inês Stocler Inês Stocler Inês Stocler Marcelo Okay Inês Stocler Inês Stocler Marcelo Okay Marcelo Okay Marcelo Okay IInês Stockler Inês Stockler Marcelo Okay Marcelo Okay Inês Stockler Marcelo Okay Inês Stockler Marcelo Okay Marcelo Okay Inês Stockler Marcelo Okay Inês Stocler Marcelo Okay Inês Stocler Inês Stockler Marcelo Okay Inês Stockler Marcelo Okay Inês Stockler Marcelo Okay Marcelo Okay Inês Stockler Marcelo Okay Marcelo Okay Inês Stockler Marcelo Okay Inês Stockler Inês Stockler Marcelo Okay Marcelo Okay Inês Stockler Giuliano Rosas Giuliano Rosas Giuliano Rosas Giuliano Rosas Giuliano Rosas Giuliano Rosas Giuliano Rosas Giuliano Rosas Giuliano Rosas Robert Black Robert Black Robert Black Robert Black Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco Diogo Pacheco David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker

PROFESSOR 2

PROFESSOR 3 PROFESSO

46


CURSO 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215

Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Coro de Câmara Dança Contemp. Dança Contemp. Dança Contemp. Dança Contemp. Dança Contemp. Fagote Fagote Fagote Flauta Flauta Flauta Flauta Flauta Flauta Flauta Flauta Flauta Flauta Flauta Flauta Flauta História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte História da Arte Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Música de Câmara Noções de Compos. Noções de Compos. Noções de Compos. Noções de Compos. Oboé Oboé Oboé Oboé Oboé Oboé Oboé Percussão Percussão Percussão Percussão Percussão Percussão Percussão Percussão Piano Piano Piano Piano Piano Piano Piano

NOME Sofia Nojosa Taciana dos Santos Damião Tânia Neiva Dias Silva Valdinez Claúdia Oliveira da Silva Valéria Vieira Vírginia Mª de Carvalho Lopes William Xavier de Souza Zenaide Silva Santana Elisa Parente Ligia Felismino Lina Carvalho Luciana Coelho Luciana Jardim Francisco de Assis Cunha de Sousa Kerty Hanslike Borges Pereira Paulo Alexandre Porto Pinheiro Antonio André Freitas de Souza Cleylton e Silva Gomes Denis Almeida dos Santos Eluizio Tavares Magalhães Júnior Eneyda Rodrigues Albuquerque da Silva Fabricio da Rocha Aleixo Felícia Coelho Franciana Araújo Santos Ligia Lemos Sousa Nery de Castro Maria Vitoria Ventura Dias Fregni Rodrigo Carneiro da Silva Thiago Alves de Sousa Uiara Pimenta Ana Maria Furtado Cavalcante Ana Maria P. Saboia de Castro Ana virginia Fiuza Carneiro Aurisleide Lopes Mourão Zaoni Claudia de Castro Mascarenhas Frank Zaoui Gloria Maria Cavalcante Nogueira Ilca da Costa Ribeiro Carneiro Jaime Paula Colares Barteldes Jaime Paula Colares Barteldes Jonas Almeida Buarque e Silva Jonas Almeida Buarque e Silva Julia Maria Barroso Leuda Moreira Liliana Fiuza Lúcia Helena Soares da G. Marcelo Magda Carneiro Melo Margarida Teles Magalhães Maria de Lourdes Ribeiro Jereissati Maria José Costa Benevides Maria Lina Gomes Maria Luisa de Aguiar Amorim Maria Marilize Pereira Studart Maria Marne Cavalcante Lins Maria Perpetua Mota Tomé Maria Valdinizia Oliveira C. Souza Mirian Elizabeth Albuquerque de Holanda Rene Zaoui Rita Maria Furtado Cruz Romeu Cysne Prado Tereza távora Ximenes Zeneida Ribeiro de Oliveira Alison Pereira Daniel Miranda Costa Daniel Morais Cavalcante Fabio Machado George Santos Campos Hugo Carafunin Barbosa Jairo Moraes Pereira José Jerônimo Duarte Filho Juliana S. de Moura Kerty Hanslike Borges Pereira Leandro Gomes Moisés de Castro Pena Osiel Lobo de Miranda Paulo Alexandre Porto Pinheiro Roberta Belo Robson Oliveira Roseane Cruzeiro Thaigo Alves de Sousa Valdir Maia Daniel da Silva Barros Eluízo Tavares Magalhães Junior José Inácio Saldanha da Silva Jr José Roberto Xavier de Souza Gláucio Cardoso Andrade Grace Mehm Léa Claudino Rodrigues Ling Fei Kang Moisés de Castro Pena Roberta Pereira Belo Roseane Lopes Cruzeiro Angelo Barbosa Medrado Antenor da Silveira Cardoso Neto Claúdia Gonçalves Jennings Dirney Pacífico Tavares Lucas Araújo Moreira Marcos Raimundo Matos da Costa Ranieri César de Souza Raul Nunes Pitanga Aline Falcão Novais de Almeida Aline Fiuza Giampietro Arthur de Araújo Daniel Jakimiu de Vito Danielle Romero Danilo Jatobá Bezerra Felipe Vaz de Arruda do Val

PROFESSOR 1 David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker Márcio Reis Márcio Reis Márcio Reis Márcio Reis Márcio Reis Heleno Feitosa Heleno Feitosa Heleno Feitosa Plutarco Sales Filho Plutarco Sales Filho Plutarco Sales Filho Plutarco Sales Filho Plutarco Sales Filho Jean Noel Saghaard Jean Noel Saghaard Jean Noel Saghaard Jean Noel Saghaard Jean Noel Saghaard Jean Noel Saghaard Plutarco Sales Filho Jean Noel Saghaard Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Lenita Figueiredo Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Roberto Barros Raimundo Penaforte Raimundo Penaforte Raimundo Penaforte Raimundo Penaforte Humbert Lucarelli Humbert Lucarelli Humbert Lucarelli Humbert Lucarelli Humbert Lucarelli Humbert Lucarelli Humbert Lucarelli Fernando Hashimoto Fernando Hashimoto Fernando Hashimoto Fernando Hashimoto Fernando Hashimoto Fernando Hashimoto Fernando Hashimoto Fernando Hashimoto Eduardo Garcia Jr Eduardo Garcia Jr Eduardo Garcia Jr Eduardo Garcia Jr Eduardo Garcia Jr Eduardo Garcia Jr Eduardo Garcia Jr

PROFESSOR 2

PROFESSOR 3 PROFESSO

Sonia Muniz

Gilberto Tinett Gilberto Tinetti Gilberto Tinetti Gilberto Tinetti Gilberto Tinetti Gilberto Tinetti Gilberto Tinetti

PaulRutman Paul Rutman Paul Rutman Paul Rutman Paul Rutman Paul Rutman Paul Rutman

Sonia Muniz Sonia Muniz Sonia Muniz Sonia Muniz Sonia Muniz Sonia Muniz Sonia Muniz

47


CURSO 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281 282 283 284 285 286 287 288 289 290 291 292 293 294 295 296 297 298 299 300 301 302 303 304 305 306 307 308 309 310 311 312 313 314 315 316 317 318 319 320

Piano Piano Piano Piano Piano Piano Regência Coral Regência Coral Regência Coral Regência Coral Regência Coral Regência Coral Regência Coral Regência Coral Regência Coral Regência Coral Regência Coral Regência Coral Regência Coral Regência Coral Regência de Banda Regência de Banda Regência de Banda Regência de Banda Regência de Banda Regência de Banda Regência de Banda Regência de Banda Regência Orquestral Regência Orquestral Regência Orquestral Regência Orquestral Regência Orquestral Regência Orquestral Regência Orquestral Regência Orquestral Técnica em Ballet Clássico Técnica em Ballet Clássico Técnica em Ballet Clássico Técnica em Ballet Clássico Técnica em Ballet Clássico Trombone Trombone Trombone Trombone Trombone Trompa Trompa Trompa Trompa Trompa Trompa Trompa Trompa Trompete Trompete Trompete Trompete Trompete Trompete Trompete Trompete Trompete Trompete Trompete Trompete Tuba Tuba Tuba Viola Viola Viola Viola Viola Viola Viola Viola Viola Viola Viola Viola Viola Viola Viola Viola Viola Violão Clássico Violão Clássico Violão Clássico Violão Clássico Violão Clássico Violão Clássico Violão Clássico Violão Clássico Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino

NOME Hermenegildo Barroso de Melo Filho Milton Colares Cornélio Priscila Gambary Freire Renato Barroso da Costa Thais Lima Nicodemo Tiago Callou de Figueiredo Ana Cecília Florêncio Moreira Cláudia Maria Azevedo Xavier Elton Figueredo Genival Antônio de Lima Silva Jonas Martins de Lima Filho José Ferdnam Damasceno Filho Marcia Alencar Bezerra Marcos Rogério Barreto Alves Marille Sampaio Osteval Tavares da Silva Neto Régia Lima Leitão Valdinez Vieira da Silva Virginia Maria de Carvalho Lopes Virginia Maria de Carvalho Lopes Alison Pereira Francisco Batista da Paz George Santos Campos Gerson José Nazareno Alves Marcos Rabelo Sebastião Bernardo Dias Tancredo Francisco dos Santos Antônio Vogaciano Barbosa Mota Filho Fábio José de Brito Mudo Felipe Faglioni Gutemberg de Oliveira Pereira José Renato Accioly Marcos Leitão Rabello Milton Castelli Veiga Relmerson Alves Lima Isadora Bonfim Lopes Teixeira Maria das Dores dos Santos Mariana Fernandes Moreira Natália Dantas de Amaral Rostana Anízia Araújo Ferreira Andrade Daniel Miranda Costa Helkson Monteiro de Almeida Hygor Araújo Chaves José Ribamar Cantanhede Avelar Júnior Leandro de Abreu Andrade Ageu Severino Leite Francisca Dhelaide Barbosa dos Santos Jairo Moraes Pereira José Henrique da Silva José Jerônimo Duarte Filho Lúcio Sávio Araújo Freitas Osiel Lôbo de Miranda Róbson Oliveira de Lima Arisvaldo Assunção Leite Artur Daniel Bezerra de Queiróz Daniel Moraes Daniel Morais Cavalcante Emerson Pereira Oliveira Hugo Carafunin Barbosa João Batista Sabóia Souza Lima José Jaques da Costa Gomes Luiz Carlos Pereira Amorin Ricardo de Abreu Neto Rodrigo Gontijo Wellington Façanha Martins Francisco José Gomes da Silva George Wemerson Santos Campos Jerson Pedro Gomes Ana Angélica Silva Teixeira Ana Caroline de L. Uchôa Awa Blayne da Costa Ferreira Delano de Sousa Oliveira Dewis Almeida dos Santos Fabiano Araújo Formiga Francisca Gilcilane Pereira Soares Francisco Aristides de S. Teixeira Francisco Jackson Oliveira do Nascimento Jeferson Souza Leite José Inácio Saldanha Júnior José Roberto Xavier de Souza Juan Carlos Cavalcante Silva Leandro Gomes Domingos Paulo Eduardo da Silva França Rafael Silva Marques Robério Pereira da Silva Carlos Eduardo de Sousa Barbosa Daniel Alexander de Souza Escudeiro Eduardo Andrade Rodrigues Jonas Calixto de Almeida Marcelo Mateus de Oliveira Natalie Gomes Dória Tibério Fernandes Vieira Siqueira Vinicius Linhares da Silva Anderson dos Santos Anusca Anerita da Silva Cao Benin Silva Nunes Carlos Henrique Ranieri dos Santos Maia Caroline Campos Porto Lima Daniel da Silva Barros Denise Amorim Deyse Firmino de Souza Dyana Paula Medeiros da Camara Evangeline Maria dos Reis da Silva Evangiele Araújo Oliveira

PROFESSOR 1 Eduardo Garcia Jr Eduardo Garcia Jr Eduardo Garcia Jr Eduardo Garcia Jr Eduardo Garcia Jr Eduardo Garcia Jr David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker David Junker Sandoval Moreno Sandoval Moreno Sandoval Moreno Sandoval Moreno Sandoval Moreno Sandoval Moreno Sandoval Moreno Lanfranco Marcelletti Lanfranco Marcelletti Lanfranco Marcelletti Lanfranco Marcelletti Lanfranco Marcelletti Lanfranco Marcelletti Lanfranco Marcelletti Lanfranco Marcelletti Luiza Barteldes Luiza Barteldes Luiza Barteldes Luiza Barteldes Luiza Barteldes Radegundis Feitosa Radegundis Feitosa Radegundis Feitosa Radegundis Feitosa Radegundis Feitosa Ozéas Arantes Ozéas Arantes Ozéas Arantes Ozéas Arantes Ozéas Arantes Ozéas Arantes Ozéas Arantes Ozéas Arantes Adenilson Telles Adenilson Telles Adenilson Telles Adenilson Telles Adenilson Telles Adenilson Telles Adenilson Telles Adenilson Telles Adenilson Telles Adenilson Telles Adenilson Telles Adenilson Telles Valmir Vieira Valmir Vieira Valmir Vieira Emerson de Biaggi Emerson de Biaggi Emerson de Biaggi Emerson de Biaggi Emerson de Biaggi Consuelo Sherba Emerson de Biaggi Charles Sherba Emerson de Biaggi Emerson de Biaggi Emerson de Biaggi Emerson de Biaggi Emerson de Biaggi Emerson de Biaggi Consuelo Sherba Emerson de Biaggi Emerson de Biaggi João Luiz R. Lopes João Luiz R. Lopes João Luiz R. Lopes João Luiz R. Lopes João Luiz R. Lopes João Luiz R. Lopes João Luiz R. Lopes João Luiz R. Lopes Yerko Tabilo Alexander Mandl Yerko Tabilo Fred Barreto Alexander Mandl Fred Barreto Yerko Tabilo Jeanyi Kim Alexander Mandl Fred Barreto

PROFESSOR 2

Gilberto Tinetti Gilberto Tinetti Gilberto Tinetti Gilberto Tinetti Gilberto Tinetti Gilberto Tinetti

Paul Rutman Paul Rutman Paul Rutman Paul Rutman Paul Rutman Paul Rutman

PROFESSOR 3 PROFESSO Sonia Muniz Sonia Muniz Sonia Muniz Sonia Muniz Sonia Muniz Sonia Muniz

Consuelo Sherba Consuelo Sherba Consuelo Sherba Consuelo Sherba Consuelo Sherba Consuelo Sherba Consuelo Sherba Consuelo Sherba Consuelo Sherba Consuelo Sherba Consuelo Sherba Consuelo Sherba

Yerko Tabilo Jeanyi Kim Charles Sherba

Yerko Tabilo Fred Barreto

Yerko Tabilo Yerko Tabilo

48


CURSO 321 322 323 324 325 326 327 328 329 330 331 332 333 334 335 336 337 338 339 340 341 342 343 344 345 346 347 348 349 350 351 352 353 354 355 356 357 358 359 360 361 362

Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violino Violoncelo Violoncelo Violoncelo Violoncelo Violoncelo Violoncelo Violoncelo Violoncelo Violoncelo Violoncelo Violoncelo Violoncelo Violoncelo Violoncelo Violoncelo

NOME Francisco Diêgo de Lima Cavalcante Francisco Glaydson Custódio do Nascimento Francisco Silva Araújo Junior Giselle Nogueira Mendonça Glauberto Agra Teixeira Hocélio Márcio da Silva Huelton Andrade da Silva Isabelle Magalhães Albuquerque Juliana Severina de Moura Julio Lima de Freitas Neto Leah Jehan Leandro Alves Ferreira de Sousa Louise Magalhães Albuquerque Lucas dos Santos Freire Luis Guilherme Silva Nunes Luis Gustavo Pereira de Lima Luiz Eduardo de Sousa Luiz Henrique de Menezes Marinho Maísa Conceição do Nascimento Marcelo Lúcio Cavalcante de Lima Natan Gomes Ferreira Ronyely Sanderson Cavalcante Samuel Lima Dutra Sérgio Gómez de Matos Tamy Souza Cirilo Vicenzo Lucas F. Pegado Willians Teixeira Gonçalves Ana Rosa Aires Ramacciotti Andrêyna Dinoá Duarte Guerra Bruno Ponte de Sousa Caio Michel Cardoso da Silva Diego Amaral Coutinho Diego Rafael da Silva Paixão Edilardo da Costa Sousa Evangiele Araújo Oliveira Fábio de Melo Machado Isadora Lâmara de Oliveria e Silva Natália da Silva Bezerra Priscila J. Diógenes Parente Renato de Sá Oliveira Rômulo Átila Araújo Torquato Valdir Vale Maia

RELAÇÃO DE ALUNOS DA UNIFOR - UNIVERSIDADE DE FORTALEZA 363 Técnica Vocal e Canto Glênio Mesquita da Silva 364 Técnica Vocal e Canto Rafael Borges do Nascimento 365 Técnica Vocal e Canto William Xavier de Sousa 366 Técnica Vocal e Canto Alessandra Pontes Ferreira 367 Técnica Vocal e Canto Lucia Maria Alves 368 Técnica Vocal e Canto Claristela Araújo de Almeida 369 Técnica Vocal e Canto Douglas Castro Veras 374 Técnica Vocal e Canto Ana Cristina Martins 375 Técnica Vocal e Canto Rafael Martins de Oliveira 376 Técnica Vocal e Canto Lucas Sancho Belmino 377 Técnica Vocal e Canto Paulo Ulysses do Rêgo Mazza 378 Técnica Vocal e Canto Mara Nóbrega Técnica Vocal 379 Clarineta Anely Mota Albuquerque 380 Viola Denis Almeida dos Santos 381 Violino José Aldaílton Moreira Brandão 382 História da Arte Alan George Félix Mendonça

PROFESSOR 1

PROFESSOR 2

Fred Barreto Fred Barreto

Jeanyi Kim Charles Sherba

Alexander Mandl Jeanyi Kim Yerko Tabilo Yerko Tabilo Alexander Mandl Alexander Mandl Alexander Mandl Alexander Mandl

Fred Barreto

Alexander Mandl Alexander Mandl Yerko Tabilo Charles Sherba Charles Sherba Alexander Mandl Alexander Mandl Alexander Mandl Yerko Tabilo Alexander Mandl Alexander Mandl Charles Sherba Alexander Mandl Yerko Tabilo Charles Sherba Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Miguel Rocha Inês Stockler Inês Stockler Inês Stockler Inês Stockler Inês Stockler Inês Stockler Inês Stockler Inês Stockler Inês Stockler Inês Stockler Inês Stockler Inês Stockler Juliano Rosas Consuelo Sherbas Jeani Kim Lenita Figueiredo

PROFESSOR 3 PROFESSO

Jeanyi Kim

Yerko Tabilo

Jeanyi Kim Charles Sherba

Jeanyi Kim

Yerko Tabilo

Jeanyi Kim Charles Sherba

Yerko Tabilo Fred Barreto

Yerko Tabilo Fred Barreto Charles Sherba Charles Sherba Charles Sherba

Fred Barreto Jeanyi Kim

Charles Sherba Charles Sherba Fred Barreto Charles Sherba

Fred Barreto Fred Barreto

Vana Bock Vana Bock Vana Bock Vana Bock Vana Bock Vana Bock Vana Bock Vana Bock Vana Bock Vana Bock Vana Bock Vana Bock Vana Bock Vana Bock Vana Bock

Watson Clis Watson Clis Watson Clis Watson Clis Watson Clis Watson Clis Watson Clis Watson Clis Watson Clis Watson Clis Watson Clis Watson Clis Watson Clis Watson Clis Watson Clis

Jeanyi Kim

Marcelo Okay Marcelo Okay Marcelo Okay Marcelo Okay Marcelo Okay Marcelo Okay Marcelo Okay Marcelo Okay Marcelo Okay Marcelo Okay Marcelo Okay Marcelo Okay Emerson di Biagi

49


VI. V Pré-requisitos para Matrícula Os instrumentistas foram submetidos a um teste realizado nas cidades de São Paulo e Fortaleza no mês de Junho. O primeiro dia 1 de junho às 9h30, na Unifor Universidade de Fortaleza, o segundo e terceiro dias 6 e 7 às 15h00, no Centro Universitário FIAM-FAAM. Estas datas foram anunciadas no site no mês de abril. As demais cidades enviaram uma fita cassette, CD ou MD, por Correio ou entrega especial. Os alunos de Regência entraram em contato diretamente com o Maestro Lanfranco Marcelletti. O teste para os alunos de Piano constou de:um estudo entre os de Moskowsky, Liszt, Chopin e Debussy (a escolher), um movimento de uma das Sonatas de Mozart ou Beethoven (a escolher). Exigido uma leitura a primeira vista e uma entrevista; Para os alunos de violino: um estudo de Kreuzer, uma peça de livre escolha, uma leitura a primeira vista, e uma entrevista. Para os alunos de canto: Soprano - uma peça de Mozart e uma peça brasileira (livre escolha), Mezzo-Soprano: Barroca e Brasileira (livre escolha), Tenor - uma peça de Mozart e uma brasileira (livre escolha) Barítono e Baixo - uma peça do período romântico e uma brasileira (livre escolha), e entrevista (a todos os cantores). Nos demais instrumentos constou uma peça de livre escolha, leitura a primeira vista e entrevista; A matrícula foi efetuada mediante o cumprimento das exigências regulamentares; A lista dos aprovados para o VII Festival Eleazar de Carvalho foi divulgada dia 16 de Junho. O regulamento imprimido e assinado foi entregue durante o Festival.

Cartaz de divulgação em Universidades e escolas de música

Certificado Fizeram jus ao Certificado de Participação do Festival, os alunos que não ultrapassaram o limite de duas faltas em aulas e ensaios, observando também as condições regulamentares; Perderam direito ao Certificado de Participação, os alunos que se ausentaram antes do encerramento oficial do Festival.

50


VI

ANEXOS a) DVD - divulgação eletrônica b) Matérias e reportagens

51



Relatório VIIFestival Eleazar de Carvalho