Page 1

Arquitetura & Gastronomia Construindo Sabores


Capa Criação André Benevides Foto Cláudia Rebouças Oui Bistrô por Carlos Otávio

Editorial Ouvir, refletir, pensar e executar são características fundamentais na personalidade de um produto para conquista de objetivos e sucesso. É assim que a revista Kapa Concept está construindo sua jornada em busca do formato ideal de um veículo de comunicação como referência para o mercado de arquitetura e design. Nesta edição, apresentamos um projeto gráfico que segue tendências das grandes publicações internacionais, onde cores e imagens valorizam as páginas editoriais, enriquecendo o conteúdo da revista, proporcionando harmonia e equilíbrio que agradam o olhar. Na matéria de capa destacamos os agradáveis restaurantes Murano, Oui Bistrô e Cantina di Napoli, com suas peculiaridades gastronômicas somadas a ambientes que comunicam bem estar ao público – cada vez mais investimentos em arquitetura e design agregam valor aos ambientes de restaurantes e bistrôs, demonstrando sensibilidade em cada detalhe que compõe o algo mais na hora de atrair clientes. A presença de profissionais de gabarito internacional em nossa revista contribui para nosso enriquecimento editorial: Carvalho Araújo, Ana Melo e Juliana Melo, nosso genial colunista Marcelo Fortuna, entre outros. Não ficamos por aqui: Kapa Concept continua inovadora e responsável em representar empresas e profissionais nesse canal de relacionamento que possibilita desfrutar de imagens e matérias de qualidade. Fique feliz em ter uma Kapa Concept! André Benevides e Luiz Deusdará Direção Geral e Publisher André Benevides e Luiz Deusdará Redação e Revisão Marcio Holanda Design Gráfico e Diagramação Assis Neto Direção de Arte André Benevides Supervisão de Produto Julio Cesar Maia Tecnologia e Produtos para Internet Venicios Ribeiro Colaboradores Ana Melo e Juliana Melo, Oui Maison, Cantina Nápolis e Murano, Núcleo de Decoração, Cláudia Rebouças, Marcelo Fortuna, Carvalho Araújo e Rui Graça, Sabrina de Lannoy, Fábrica de Negócios e Hotel Praia Centro, Prefeitura de Icapuí, Roberta Linhares, Thiago Ness, Ronaldo Veras, José Guedes, Marcelo Cherry e Leonardo Henriques. Distribuição e Circulação Informamos que a revista Kapa Concept é dirigida à público especifico com distribuição customizada por meio de malas diretas e com circulação em bancas e PDVs. Impressão Expressão Gráfica Relações Públicas Carol Nogueira (85) 3261 9577 / 8723 2774 email kapaconcept@gmail.com carol@mooveedicoes.com moove@mooveedicoes.com Acesse nosso site www.kapaconcept.com Kapa Concept é um produto da Moove Edições. Não nos responsabilizamos por opiniões emitidas nos artigos assinados. Não são permitidas cópias ou reproduções das imagens e conteúdos sem prévia autorização da diretoria. Dedicamos esta edição em memória de Maria de Lourdes Dantas Mota. Agradecemos a Deus por mais uma edição.

Rua José Vilar, 473 - Meireles - CEP: 60.125-000 - 55 (85) 3261.9577 - Fortaleza - Ceará - Brasil

www. kapacon ce p t . com


Índice

14

26

44

54

70

85

Ana Melo e Juliana Melo Um projeto conceitual

Design Carvalho Araújo

Fábrica de Negócios Novo centro de convenções

Arquitetura e Gastronomia Construindo sabores

Design Texturas e geometrias definem novas tendências

Icapuí Um paraíso à beira-mar


Foto: Claudia Rebouças

Oui Bistrô Aberto desde abril desse ano, em um espaço aconchegante, localizado na esquina da Avenida Santos Dumont e da Rua Nunes Valente, o Oui Bistrô nasceu quase que por vontade própria: é quase como se Fortaleza pedisse por um lugar como esse. 37


38

Foto: Claudia Rebouรงas


Foto: Claudia Rebouças

O ambiente é extremamente convidativo e agradável: os clientes da Oui Maison, ao lado, acabam se misturando com os clientes do Bistrô, gerando “uma área de intersecção”, como diz a gerente Karina Novelle. Um dos pontos altos da decoração do ambiente é o seu aspecto intimista. “Cada mesa possui um detalhe diferente, seja nas taças, nas cadeiras ou na toalha: assim, cada cliente senta em um lugar individual.” 39


40

Foto: Claudia Rebouรงas


41

Foto: Claudia Rebouรงas


Fotos: Claudia Rebouças

Fábrica de Negócios A Fábrica de Negócios, o maior e mais moderno centro de eventos privado de Fortaleza, foi construído no mesmo lugar da primeira sede da indústria de alimentos pertencente ao grupo econômico M. Dias Branco, denominada Fábrica Fortaleza.

70


71


Localizado no coração da Avenida Monsenhor Tabosa – famoso centro de compras, com cerca de 400 lojas, em frente ao Centro de Negócios Sebrae, a 200 metros da orla da Praia de Iracema e ainda próximo à Catedral da Sé, Mercado Central e Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, a Fábrica de Negócios é a solução que Fortaleza precisava – uma estrutura preparada para receber e atender com perfeição todos os tipos de eventos.

72


73


Com todos os ambientes climatizados, rede wireless com internet banda larga, estacionamento para veículos de pequeno porte e ônibus, decoração sofisticada, elevadores exclusivos para eventos, ambientes monitorados por circuito fechado de TV e grupo gerador de energia, a Fábrica de Negócios se destaca em meio a uma cidade que é um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil. 74


75


76


6 7 8 9

OURO I

5 4

3 2

03

1

10 11 12

OURO II

HALL

13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24

PRATA II

01

PRATA I

HALL

A&B

BRONZE

RECEPÇÃO

WC

Térreo • •

02

ELEVADOR CARGA

ACESSO

SALÃO OURO COBRE

CIRCULAÇÃO

SAÍDA EMERGÊNCIA

ELEVADORES SOCIAIS 15 PESS.

ADMINISTRAÇÃO

WC MASCULINO

LOBBY

WC FEMININO

HALL

Entrada exclusiva para os eventos; Balcão de recepção para montagem de secretaria.

PLATINA

ACES S

O SO

Pavimento 1 • •

S

• ÁREA DE EXPOSIÇÕES

• • •

Elevador de cargas exclusivo; Portão de acesso externo para entrada de carros e equipamentos de grande porte; Caixas de utilidades distribuídas por todo o pavimento, equipadas com energia trifásica e monofásica, água, esgoto e cabos de dados e voz para atender as necessidades dos estandes; Praça de alimentação decorada e estruturada para uma maior comodidade; Telefones públicos; Cozinha exclusiva equipada com os melhores equipamentos do mercado, inclusive com forno Self Cooking.

W.C. FEMININO

Pavimento 2 •

• • • • •

Salas VIPs, que oferecem conforto e privacidade às autoridades, conferencistas, artistas e demais personalidades. Com acesso direto ao palco dos salões Ruby e Diamante, podem ser também utilizadas como camarim, além de sala de imprensa e mídia desk; Amplo foyer com estrutura de bar interligado com a cozinha; Salões automatizados por controle remoto touch screen; Salões modulados por divisórias com isolamento acústico; Business Center com computadores de última geração e acesso à internet banda larga para uso dos participantes; Equipamentos de audiovisual de última geração.

W.C. MASCULINO

FOYER

SAFIRA

HALL

BUSINESS CENTER

W.C. MASCULINO

PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO

COZINHA

W.C. FEMININO

CIAL

SALAS VIPS

BUSINESS CENTER

TOPÁZIO

AMETISTA

RUBY ESMERALDA

77


Nova sede, em um lugar histórico A Fábrica de Negócios foi construída no mesmo lugar da primeira sede da Fábrica Fortaleza. Esta funcionou durante 29 anos no local – de 1951 a 1980 –, quando foi transferida para sua sede atual no município de Eusébio. As antigas instalações da fábrica ficaram desativadas de 1980 até 2008, ano em que começaram as obras do maior e mais moderno centro de eventos privado de Fortaleza, a Fábrica de Negócios. 78


Foto: Claudia Rebolças

O prefeito José Edílson da Silva, já em sua segunda gestão, tem trabalhado no incentivo do desenvolvimento da agricultura do município. “Cerca de 80% da população de Icapuí, direta ou indiretamente, vive da pesca. E grande parte dessas pessoas foi bastante prejudicada com a proibição do uso da caçoeira na pesca da lagosta”, explica, referindo-se à decisão da Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca (Seap) de vetar o uso da rede de arrasto. A Prefeitura, que já concluiu a construção que um mirante, com inauguração ainda por vir, vem tentando restaurar um engenho de cana: “abrir um lugar como esse para a população e para os turistas é também contar a nossa história para todas essas pessoas”, explica o prefeito. 86


Espaço Acadêmico

Foto: Claudia Rebouças

92

Centro da Música Popular do Sertão Nordestino Roberta Linhares 1o Lugar Melhor Desempenho Acadêmico de Arquitetura e Urbanismo do Centro de Ciências Tecnológicas - UNIFOR

Inspirado na diversidade cultural e plasticidade que o sertão nordestino oferece, o projeto do Centro da Música Popular do Sertão Nordestino traz essa realidade para um âmbito contemporâneo, incorporando a uma arquitetura moderna elementos que remetem as cores, formas e texturas do sertão. A estruturação da planta se baseou nas antigas casas do interior, com uma área social na parte dianteira e os outros ambientes dispostos ao longo de um corredor central, que dava acesso ao quintal, onde, no caso, foi locado o palco externo de apresentação. A concepção da forma da planta baixa teve inspiração na sanfona, o instrumento símbolo do forró sertanejo e com grande riqueza de movimentos. As dimensões do lobby ocupam toda a fachada principal, com um pé direito de treze metros e quarenta. A sua forma curva foi aplicada para dar movimento, e seus dois arcos desencontrados visam gerar uma área para a entrada dos pedestres, permitindo uma fachada inteira e sem aberturas. Seu fechamento é feito com painel de madeira e vidro incolor temperado dando transparência e permitindo a captação da luminosidade matinal.


O programa de necessidades foi disposto ao longo de três pavimentos, apresentando alguns ambientes com pé direito duplo, como a área de exposição e outros com pé direito triplo, como o lobby de entrada. O primeiro andar consta de uma área de exposição permanente voltada ao Xote, o Xaxado e o Baião, assim como seus principais cantores e compositores; um lobby onde ocorrerão exposições de artistas iniciantes; um auditório para 266 pessoas; praça de alimentação e o setor de serviço. O auditório, com uma estrutura similar a um teatro, com coxia, camarim e depósito de cenários, tem seu acesso de serviço feito pelo subsolo, possibilitando ao artista uma entrada reservada. Essa variação de nível do térreo ao subsolo foi atingida pelo desnível de 15 cm a cada fileira, exigência importante para uma visibilidade do público ao palco. No segundo andar fica toda a parte administrativa, com salas de reunião, setor de marketing e administração de curso.

No terceiro andar fica a sala de exposição temporária, biblioteca, com literatura sobre o assunto, partituras, multimídia e fonoteca com discos de vinil, cds e dvds, onde o público frequentador possa vivenciar um pouco da nossa história musical. A acessibilidade foi uma preocupação recorrente durante todo o processo de criação; assim, todos os ambientes são amparados por elevadores ou rampas de baixa inclinação. por Raquel Gonçalves

93


Foto: Claudia Rebouças

Maquetes Eletrônicas A certeza de ingressar no mundo das artes digitais veio com a animação Toy Story, um dos maiores sucessos da Pixar, estúdio responsável por outros grandes sucessos de bilheteria, como Procurando Nemo e Carros. Fã de arte, cinema e tecnologia, Thiago Ness, do Teesla Animation Studios, dedica hoje seu tempo produzindo arte digital, além de oferecer cursos profissionalizantes na área. Além do estúdio, Thiago hoje trabalha produzindo visualização arquitetônica em um grande escritório de arquitetura de Fortaleza. Segundo Thiago, o papel do profissional que cria a maquete eletrônica é antecipar o sonho do arquiteto. “Ele é o gênio por trás de tudo. O nosso papel é dar vida à sua ideia. O arquiteto toca as pessoas e pra nós é emocionante participar do processo e ver o resultado final”, diz Thiago.

94


Para criar uma maquete eletrônica, profissionais como Thiago recebem as plantas baixas dos projetos arquitetônicos. A partir dela, modelam o espaço em programas 3D, para depois aplicar os materiais e iluminar a cena. “Isto feito, posicionamos uma câmera virtual e tiramos uma foto. Se não ficou bom, reposicionamos a câmera, mudamos a luz, trocamos um ou outro material, corrigimos reflexo, tudo isso utilizando um software 3D”, explica.

Thiago vê espaço para as maquetes eletrônicas no mercado: “a arquitetura é uma área que tem carência de um profissional qualificado em maquetes eletrônicas. Quem sabe fazer, geralmente, aprendeu sozinho, porque a criação envolve o domínio de alguns softwares, por vezes, complicados”. O Teesla Animation Studios, localizado no Pátio Dom Luis, nas salas 1601 e 1602, tenta suprir como pode essa lacuna no mercado. “Nós oferecemos 2 cursos com foco principal na arquitetura: um curso de Google SketchUp, um software bem conhecido e fácil de utilizar, que permite a elaboração de projetos de uma forma menos realista; e um novo curso de criação de maquetes eletrônicas, ou seja, criação de imagens foto reais estáticas de ambientes arquitetônicos, com a utilização do software 3Ds Max da Autodesk”. 95


Foto: Claudia Rebouças

Maquetes Físicas

Tudo começou, literalmente, como uma brincadeira. Há exatos 10 anos, o sobrinho pediu a sua ajuda para fazer uma casa de papelão. Pouco tempo depois, cansado da diversão, o sobrinho tentou destruir a casa. Foi aí que Ronaldo Veras viu que aquilo poderia ser mais do que um hobby pra ele.

96


Hoje, Ronaldo é referência mundo das maquetes. Tal qual um artesão, seu trabalho é dar vida (ainda que miniaturizada) ao projeto do arquiteto. “O meu trabalho começa quando recebo o projeto executivo, que é o conjunto dos elementos necessários e suficientes à execução completa da obra – exatamente o mesmo que o engenheiro recebe para executar a obra real”, explica Ronaldo.

97

Kapa Concept 2  

revista de design de interiores e negócios

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you