Issuu on Google+

Vida e Obras


Ficha Técnica

Título: Alexandre Honrado Vida e Obras

Coordenação: Lúcia Barros Autores: Cristina Rodrigues, Luísa Tomé e Marta Lomar Local de edição: Escola Superior de Educação de Viana do Castelo Ano: 2013


«Deve-se lavar as mãos do cérebro antes de pegar num conto para crianças.» Alexandre Honrado

2


Vida Nasceu em 1960, em Lisboa. O gosto pela Literatura cedo se manifestou e foi sendo alimentado por uma avó que lhe punha ao alcance os melhores livros – Emilio Salgari e Júlio Verne eram alguns dos autores que

devorava, mas a fome de ler levava-o por vezes à biblioteca da irmã mais velha, onde abundavam os títulos da Condessa de Ségur e as Anita. Licenciado em História, dividiu-se por muitas profissões: jornalista, professor do Ensino Superior, tradutor e escritor (de ficção infantil, juvenil e para adultos, mas também de programas de televisão, de manuais escolares e de canções); de todas elas, é na escrita que diz sentir-se mais confortável.

3


Ainda antes de publicar a sua primeira história para crianças, Castelinhos no Ar (1984), Alexandre Honrado já dedicava uma parte do seu trabalho às idades mais tenras, quer como autor de peças infantis que ele

mesmo encenava (entre as quais A Menina do Capuchinho Cor-de-Rosa Pálido quando tinha 18 anos, em 1978), quer como criador de pequenos contos destinados a ser lidos na rádio. Sucederam-se os títulos dirigidos ao público infantil e juvenil, experimentando registos diferentes – da escrita de aventuras a um registo mais diarístico e sério, de temas como as dependências e as ruturas familiares a temas como a infância, a imaginação e o humor. Foi agraciado com numerosas distinções, entre as quais o Prémio de Literatura Infantil Comemorativo do 60º aniversário da Maternidade Alfredo da Costa,

atribuído a História Dentro de uma Garrafa, título que vem sendo reeditado 4


sucessivas vezes. Para além da escrita para crianças e jovens, Alexandre Honrado tem também obras destinadas ao público adulto, tanto de biografia – de que Carlota Joaquina – A rainha que amou demais é um exemplo –, como

de ficção – entre as quais Amor a Monte.

5


Obras  (1984). Castelinhos no Ar. Mafra: Altagráfica (ilustrações de Nuno Teias).  (1985). Chegou o Pico. Lisboa: Plátano (ilustrações de Romeu Costa).  (1985). Pico Descobre um Sonho. Lisboa: Plátano (ilustrações de Romeu Costa).  (1986). Viagens por Sítios Onde... Lisboa: Nave (ilustrações de Carlos de Almeida).  (1987). E o Espantalho Acreditou. Lisboa: Livros Horizonte (ilustrações de Patrícia Garrido).  (1987). O Lago dos Cisnes Azuis. Porto: Asa (ilustrações de Maria Keil).  (1987). Na Pista de uma Estrela. Lisboa: Vega (ilustrações de José Artur).  (1988). A Revolta dos Alfinetes. Lisboa: Livros Horizonte (ilustrações de Patrícia Garrido).  (1989). Uma Chuvada na Careca. Porto: Edinter (ilustrações de Rui Truta).  (1989). A Cor do Cheiro. Porto: Desabrochar (ilustrações de Patrícia Garrido).  (1989). Um Estranho na Escola. Porto: Desabrochar (ilustrações de Patrícia Garrido).  (1989). Joana e o Novo Semáforo. Porto: Desabrochar (ilustrações de Patrícia Garrido).

6


 (1989). Querem Roubar o Sol. Porto: Desabrochar (ilustrações de Patrícia Garrido).  (1989). Um Sorriso que Não Queria Dormir. Porto: Desabrochar (ilustrações de Vasco Colombo).  (1990). Uma Bruxa na Floresta de Pedra. Porto: Asa (ilustrações de Rui Truta).  (1990). O Vizinho Misterioso. Lisboa: Verbo.  (1991). O Filho do Trovão. Porto: Edinter (ilustrações de Martinho Dias).  (1994). Alves dos Reis: Uma burla à portuguesa. Porto: Asa (desenhos de José Ruy).  (1994). Os Caçadores de Cabeças. Lisboa: Verbo (ilustrações de Cristina Malaquias).  (1994). O Maior dos Mistérios. Porto: Edinter (ilustrações de Ana Von Hafe).  (1997). A Minha Vida Não É Nada Disto! Lisboa: Terramar.  (2000). O Amor Contado aos Jovens... E aos outros. Lisboa: Terramar (ilustrações de André Letria).  (2000). A Gesta do Magriço. Barreiro: Câmara Municipal (ilustrações de Bruno).  (2000). Sentados no Silêncio. Porto: Ambar (ilustrações de José Miguel Ribeiro).  (2001). É Preciso Amar Devagar. Miraflores: Difel.

7


 (2001). Histórias que Apanharam Bicho. Lisboa: Terramar (ilustrações de Bruno).  (2001). Lágrimas Quebradas. Miraflores: Difel.  (2001). Os Venturosos. Lisboa: Círculo de Leitores.  (2002). Uma Argola no Umbigo. Porto: Ambar (ilustrações de Rui Ricardo e Esgar Acelerado).  (2002). Dentro de Mim Não Há Ninguém? Miraflores: Difel.  (2002). Eu Curto... Eu gosto «dos Lusíadas». Lisboa: Negócio de Ócio (ilustrações de Sérgio Pires).  (2002). História Dentro de uma Garrafa. Lisboa: Gradiva (ilustrações de Ana Cristina Inácio).  (2002). Palavras para Lavras. Porto: Campo das Letras (ilustrações de João Caetano).  (2002). Viagem ao Alto de um Ramo. Porto: Ambar (ilustrações de Simona Traina).  (2003). Cuidado com os Mortos-vivos! Porto: Asa (ilustrações de João Caetano).  (2003). Dá-me o Teu Coração! Porto: Asa (ilustrações de João Caetano).  (2003). Este Rapaz Não Existe! Porto: Asa (ilustrações de João Caetano).

8


 (2003). Matriz C (inclui os seguintes títulos: 1º vol.: Este Rapaz Não Existe!; 2º vol.: Cuidado com os Mortos-vivos!; 3º vol.: Dá-me o Teu Coração!; 4º vol.: As Múmias Andam à Solta! e 5º vol.: Fujam dos Anjos da Guarda!). Porto: Asa (ilustrações de João Caetano).  (2003). As Múmias Andam à Solta! Porto: Asa (ilustrações de João Caetano).  (2004). O Barquinho que Cresceu... Porto: Ambar (ilustrações de Raffaello Bergonse).  (2004). 100 Histórias do Meu Crescer: Imaginação à solta em histórias de espantar para todas as idades. Porto: Asa (ilustrações de António Albuquerque).  (2004). A Família que Não Cabia Dentro de Casa. Porto: Ambar (ilustrações de Rogério Taveira).  (2004). Fujam dos Anjos da Guarda! Porto: Asa (ilustrações de João Caetano).  (2004). Os Gatos Morrem de Pé! Porto: Asa (ilustrações de João Caetano).  (2005). O Soberano: Quando a aventura é maior do que a vida! Porto: Ambar.  (2006). Amor e Crime no Mundo do Futebol. Porto: Ambar (ilustrações de Rogério Taveira).  (2006). Bolas-de-berlim com Crime. Porto: Ambar (ilustrações de Rogério Taveira).

9


 (2006). À Pesca de Histórias na Terra dos Morangos. [S.l.]: Grupo Morangos (ilustrações de António Albuquerque).  (2006). Sonho na Terra dos Morangos. [S.l.]: Grupo Morangos (ilustrações de António Albuquerque).  (2007). A Casa de Muitos Mistérios. Lisboa: Lisboa Editora (edição literária de Madalena Jorge Dine e Graça Magalhães).  (2007). O Rapaz que Aprendeu a Voar. Lisboa: Dom Quixote (ilustrações de José Miguel Ribeiro).  (2007). Terror e Crime entre Fraldas e Diamantes. Porto: Ambar (ilustrações de Rogério Taveira).  (2008). «Os Lusíadas» para os Mais Pequenos. Porto: Ambar (ilustrações de Maria João

Lopes).  (2008). O Sonho de Xelá. Pontevedra: OQO (ilustrações de Marta Torrão).  (2009). Hoje Não Quero Dormir!!! Lisboa: Livros Horizonte (ilustrações de Natalina Cóias).

 (2009). Quem Dá Prenda ao Pai Natal? Lisboa: Gradiva (ilustrações de Raquel Pinheiro).

10


 (2010). Leia: Código V. Lisboa: Gradiva (ilustrações de Joana Neves).  (2006). Sonho na Terra dos Morangos. [S.l.]: Grupo Morangos (ilustrações de António Albuquerque).  (2007). A Casa de Muitos Mistérios. Lisboa: Lisboa Editora (edição literária de Madalena Jorge Dine e Graça Magalhães).  (2007). O Rapaz que Aprendeu a Voar. Lisboa: Dom Quixote (ilustrações de José Miguel Ribeiro).  (2007). Terror e Crime entre Fraldas e Diamantes. Porto: Ambar (ilustrações de Rogério Taveira).  (2008). «Os Lusíadas» para os Mais Pequenos. Porto: Ambar (ilustrações de Maria João Lopes).

 (2008). O Sonho de Xelá. Pontevedra: OQO (ilustrações de Marta Torrão).  (2009). Hoje Não Quero Dormir!!! Lisboa: Livros Horizonte (ilustrações de Natalina Cóias).  (2009). Quem Dá Prenda ao Pai Natal? Lisboa: Gradiva (ilustrações de Raquel Pinheiro).

 (2010). Leia: Código V. Lisboa: Gradiva (ilustrações de Joana Neves).

11


AMAR “O céu às vezes foge Procura outro lugar Onde o sol não cabe E a lua não quer ficar” … Alexandre Honrado, Ernesto Leite e José da Ponte


Alexandre Honrado