Issuu on Google+

RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO USF Skylab II Endereço: Rua Mauricio de Nassau, s/n - Iputinga - Recife Distrito Sanitário: IV Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento. Tal vistoria foi decorrente de denúncia protocolada com o número: 14.941/2013 de 16 de dezembro de 2013. Trata-se de uma unidade de saúde pública municipal que atende exclusivamente ao SUS. Recebe casos como Agendada e Espontânea e o número de famílias cobertas pela unidade é de 800. Foram identificadas as seguintes situações de atendimento: A - ESTRUTURA GERENCIAL • Não há normas e rotinas setorizadas, afixadas. • Há regularmente reuniões clínicas com registro da discussão. • Há programa de treinamento e especialização. Recebe estudantes de enfermagem, medicina, odontologia e farmácia. • Há serviço de segurança terceirizado pela Águia. • Há serviços e manutenção preventiva terceirizados pela empresa Pernambuco: limpeza e recepção. • Não possui articulação com rede social da comunidade. • Há agenda de ações comunitárias como campanhas, festas, confraternização, bazar, feiras de saúde. • Atividades de grupo: o HIPERDIA - Sim o PRE-NATAL - Sim o Outros: gestantes, idosos, convivência

B - INFRA-ESTRUTURA • O imóvel utilizado é cedido ao PSF.


• A Recepção/sala de espera é inadequada, quente e com poucas cadeiras. • Não há acesso a água e banheiro com divisão por sexo, com espaço para entrada de cadeirantes. • O ACOLHIMENTO sala improvisada em espaço comum e ocorre apenas no horário de 8 às 10h da manhã. • O Arquivo dos prontuários (SAME) pode ser considerado desorganizado. Na recepção. • O atendimento de PRÉ CONSULTA improvisada SEM privacidade. Ora acontece na sala de vacina, ora na sala de curativo e outras vezes na sala de reunião. • A USF possui 06 consultórios no total, com privacidade e equipados. • A sala de inalação é improvisada em espaço comum (sala de curativo) e as nebulizações utilizam apenas ar comprimido. • Sala de curativo: improvisada em espaço comum • Sala de pequenos procedimentos: não possui • Sala para limpeza (EXPURGO): não possui. Material é lavado na sala de curativo • Sala de esterilização de material (CME): não possui • Sala para reuniões: exclusiva, desorganizada, com arcondicionado quebrado, paredes com infiltração e reboco caindo. • Guarda do material utilizado (Depósito de Material de Limpeza - DML): em local comum. Armazenado em um depósito desorganizado com vários entulhos. • Sala para coleta de exames: improvisada em espaço comum. As coletas de exames são realizadas na sala de curativo. • Não possui escovódromo. • Sala de odontologia: limpa, compressor externo

C - ATIVIDADES E ROTINAS • Não há disponibilidade de materiais e rotinas para urgências/ emergências, incluindo treinamento da equipe. • A unidade não atende terceiro turno. • Os exames físicos não são SEMPRE acompanhados por auxiliar de sala. • Não há acesso a água e banheiro com divisão por sexo, com espaço para entrada de cadeirantes.


• O ACOLHIMENTO sala improvisada em espaço comum e ocorre apenas no horário de 8 às 10h da manhã. • O Arquivo dos prontuários (SAME) pode ser considerado desorganizado. Na recepção. • O atendimento de PRÉ CONSULTA improvisada SEM privacidade. Ora acontece na sala de vacina, ora na sala de curativo e outras vezes na sala de reunião. • A USF possui 06 consultórios no total, com privacidade e equipados. • A sala de inalação é improvisada em espaço comum (sala de curativo) e as nebulizações utilizam apenas ar comprimido. • Sala de curativo: improvisada em espaço comum • Sala de pequenos procedimentos: não possui • Sala para limpeza (EXPURGO): não possui. Material é lavado na sala de curativo • Sala de esterilização de material (CME): não possui • Sala para reuniões: exclusiva, desorganizada, com arcondicionado quebrado, paredes com infiltração e reboco caindo. • Guarda do material utilizado (Depósito de Material de Limpeza - DML): em local comum. Armazenado em um depósito desorganizado com vários entulhos. • Sala para coleta de exames: improvisada em espaço comum. As coletas de exames são realizadas na sala de curativo. • Não possui escovódromo. • Sala de odontologia: limpa, compressor externo

C - ATIVIDADES E ROTINAS • Não há disponibilidade de materiais e rotinas para urgências/emergências, incluindo treinamento da equipe. • A unidade não atende terceiro turno. • Os exames físicos não são SEMPRE acompanhados por auxiliar de sala. No dia da vistoria havia apenas 01 médico, um estava de férias e outro não tinha vindo por motivo de doença. No mês de janeiro havia 02 enfermeiras de férias, um médico e um técnico de enfermagem. Uma das equipes não possui técnico de enfermagem. Há apenas uma microárea descoberta na equipe 3. Não há banner com informações sobre a sala de situação.


Apesar do compressor do dentista ser externo, é muito próximo da sala de um dos médicos, acarretando grande ruído que dificulta a realização das auscutas respiratória e cardíaca, além de prejudicar a saúde do trabalhador. Como profissionais responsáveis pelas informações das equipes estavam de férias, não se conseguiu o número de famílias de todas as equipes, apenas da equipe 2 (800 famílias). Há paredes com grande infiltração, inclusive uma das salas da enfermeira está bastante insalubre. Foi informado que se houver uma chuva mais intensa, o corredor da unidade fica molhado. Há um média de espera de 03 meses por um atendimento com oftalmologista e traumatologista. Importante salientar que há cerca de 02 anos, a unidade está com a geladeira das vacinas quebrada e durante todo este período as vacinas são transportadas diariamente do distrito sanitário IV para a unidade e vice-versa em um isopor, contudo só há 02 meses que o isopor está com termômetro. Informa-se que o distrito sanitário VI foi o que apresentou a maior quantidade de casos de sarampo, visto que outras unidades deste distrito também estão com problemas com o programa nacional de imunização (vacinas sendo transportadas diariamente). Funcionário informa que no mês de dezembro foram vistos vários ratos na unidade. Utiliza espéculos descartáveis e as pinças utilizadas nos curativos são esterilizadas na autoclave do dentista. Médicos da unidade em tela: • SONIA MARIA MACÊDO LOBO (CRM: 5090) • ROMUALDO DIASSIS GONÇALVES GALINDO (CRM: 10.008) • NELIA MOTA MACIEL (CRM: 7386) Unidade classificada como “E” De acordo com as condições da unidade a é classificada em: • A-ótima • B-Boa • C-Regular • D-Ruim • E- Péssima


Recife, 09 de janeiro de 2014

Polyanna Neves - MĂŠdica Fiscal


Relatório de fiscalização da USF skylab II