Page 1

Trabalho do  5.º  F  


Ilse Losa  


Ilse Losa  é  uma  escritora  portuguesa   de   origem   alemã   e   ascendência   judaica.    

Nasceu na   Alemanha   em   1913   e   aí   estudou   no   liceu   em   Osnabruck   e   Hildesheim   e   depois   um   Instituto   comercial  em  Hannover.   Em  1934  veio  para  Portugal  para  fugir  à  Gestapo  –  a  polícia  nazi  que   perseguia  os  judeus.   Foi  viver  para  o  Porto  onde  casou  com  um  arquiteto  português  e  adquiriu  a   nacionalidade  portuguesa.  Tornou-­‐se  escritora  e  tradutora.   Faleceu  no  Porto  em  2006.  


A sua  obra  inclui  romances,  contos,  crónicas,   trabalhos  pedagógicos  e  livros  para  crianças.    


¡  1982: Prémio  da  Fundação  Gulbenkian,  pelo  

livro Na  Quinta  das  Cerejeiras.    

¡  1984:  

       rande  Prémio  Gulbenkian,  pelo  conjunto  da   obra.     ¡  1989:  Prémio  Maçã  de  Ouro  da  Bienal  

Internacional de  Bratislava,  pelo  conto  Silka.  


Alexandre Honrado  


Alexandre Honrado  nasceu  no  dia   1   de   Novembro   de   1960   em   Lisboa.     Começou   a   escrever   história   ainda   criança.   Com   6,   7   anos  ofereceu  um  livro  de  histórias   escritas  por  ele  à  sua  professora.     Licenciou-­‐se   em   História   e   diplomou-­‐se   na   área   das   ciências   da   comunicação.   Dedicou-­‐se   ao   ensino   e   à   televisão,   tendo   trabalhado   como   guionista   de   muitos   programas   famosos,   entre   eles     Rua   Sésamo.      

Atualmente é   investigador,   professor   universitário   ,   empresário   e   escritor.  


A sua   primeira   obra   na   área   da   literatura   infanto-­‐juvenil   foi   “Castelinhos   no   ar”   que   foi   publicada   em   1984,   depois   disso   nunca  mais  parou  de  escrever  para  crianças…  


Prémio de  Literatura  Infantil   Comemorativo  do  60º   aniversário  da  Maternidade   Alfredo  da  Costa  ao  seu  livro   História  Dentro  de  uma   Garrafa    


Maria Alberta   Meneres  


Maria Alberta   Meneres   nasceu   no   dia   25   de  Agosto   de  1930  em  vila  Nova  de  Gaia.   Estudou   história   e   filosofia   e   trabalhou   como   professora   de   Língua   Portuguesa   e   de   Historia   até   1974.   Depois     tornou-­‐se   diretora   do   Departamento   de  Programas  Infantis  e  Juvenis  da  RTP  até  1986.  

Foi casada  com  o  poeta  português  Ernesto  de   Melo  e  Castro  de  quem  teve  duas  filhas,  uma   delas  é  a  famosa  cantora  Eugénia  Melo  e   Castro  .  


Maria Alberta  Menéres  escreveu  o  seu  primeiro  livro  em   1952.   A   sua   obra   infanto-­‐juvenil   inclui   poesia,   contos,   Banda   desenhada,   teatro,   novelas,   cómicos   e   a   adaptação  de  clássicos  da  literatura.  


¡ 

Prémio Internacional  de  Poesia  Giacomo  Leopardi,  1961  (Água-­‐Memória)  

¡ 

Prémio Especial  de  Teatro  Infantil  da  Secretaria  de  Estado  da  Cultura,  1979   (O  Que  é  Que  Aconteceu  na  Terra  dos  Procópios?)  

¡ 

Prémio "O  Ambiente  na  Literatura  Infantil",  Lisboa,  1981  (A  Água  que   Bebemos)  

¡ 

Prémio "O  Ambiente  na  Literatura  Infantil",  Lisboa,  1984  (O  Sétimo   Descarrilamento)  

¡ 

Grande Prémio  Calouste  Gulbenkian  de  Literatura  para  Crianças,  Lisboa,   1986  (pelo  conjunto  da  sua  obra  e  a  manutenção  de  um   alto  nível  de  qualidade)  

¡ 

Prémio Especial  de  Teatro  Infantil  da  Secretaria  de  Estado  da  Cultura,  1987   (À  Beira  do  Lago  dos  Encantos)  

¡ 

Prémio "O  Ambiente  na  Literatura  Infantil",  Lisboa,  1990  (No  Coração  do   Trevo)  


José Jorge   Letria  


José Jorge   Letria   nasceu   em  Cascais   em   1951   e   estudou   Direito   e   História   na   Universidade   de   Lisboa  e  trabalhou  como  Jornalista.  

Iniciou o   seu   percurso   político   como   membro   do   PCP   em   1972,   tendo-­‐se   desvinculado  deste  partido  em  1991.   Participou   no   25   de   Abril   de   1974   quando   trabalhava   na   Direção   da   Emissora   Nacional.   Aderiu   ao   PS   em   1995   e   foi   entre   1994   e   2001   vereador   da   Cultura   da   Câmara   Municipal   de   Cascais,   onde   criou   a   revista   Boca  do  Inferno.  


Começou a   escrever   em   1973   e   ao   longo   doa   anos   escreveu   livro   para   adultos   e   crianças,   na   forma   de   romance,  poesia  ou  teatro.  


¡  ¡  ¡  ¡  ¡  ¡  ¡  ¡  ¡  ¡  ¡  ¡  ¡  ¡  ¡ 

1992, foi  agraciado  com  a  medalha  da  International  des  Arts  et  des  Lettres.   Condecorado,  em  1997,  com  a  Ordem  da  Liberdade.   Dois  Grandes  Prémios  da  Associação  Portuguesa  de  Escritores.   Prémio  Internacional  Unesco  atribuído  em  França.   Prémio  Aula  de  Poesia  de  Barcelona.   Prémio  Plural  do  México.   Prémio  da  Associação  Paulista  de  Críticos  de  Arte  atribuído  em  São  Paulo.   Prémio  Gulbenkian.   Grande  Prémio  Garrett  da  Secretaria  de  Estado  da  Cultural.   Dois  Prémios  Eça  de  Queirós-­‐Município  de  Lisboa.   Três  Prémios  Ferreira  de  Castro  de  Literatura  Infantil   Prémio  Garrett.   Prémio  José  Régio  de  teatro.   Prémio  Camilo  Pessanha  do  IPOR.   …  


António Torrado  


António Torrado  nasceu  em  Lisboa  no  ano  1939.   Estudou   Filosofia   em   Coimbra   e   cedo   se   dedicou   a   escrita.  Publicou  o  seu  primeiro  livro  com  apenas  18   anos.  

A sua   atividade   profissional   é   d i v e r s a :   e s c r i t o r,   p e d a g o g o ,   jornalista,   editor,   produtor   e   argumentista  para  televisão.  


A sua  bibliografia  regista  atualmente  mais  de  120  títulos,   onde  sobressai  a  produção  literária  para  crianças.  


1988 -­‐   Grande   Prémio   Calouste   Gulbenkian   de   Literatura  para  Crianças.       1974  e  1996  -­‐  livros  incluídos  na  Lista  de  Honra  do   IBBY  –  Internacional  Board  on  Books   for  Young  People.  


Sofia de  Melo   Breyner   Andresen  


Nasceu no  porto  em  6  de  Novembro  em  1919  filha  de   mãe   portuguesa   e   pai   dinamarquês   e   criada   na   velha   aristocracia   portuense,   educada   nos   valores   tradicionais  da  moral  cristã.  

Estudou na   Universidade   de   Lisboa   onde   foi  dirigente  de  movimentos  universitários   católicos  (1936-­‐39).     Casou-­‐se,   teve   5   filhos   e   começou   a   escrever  histórias  infantis  para  eles.   Faleceu  em  2  de  julho  de  2004.  


Escreveu contos  (Contos  Exemplares)  e  muitos  livros  infantis  (A   Menina  do  Mar,  O  Cavaleiro  da  Dinamarca,  A  Floresta,  O  Rapaz   de   Bronze,   A   Fada   Oriana…).   Foi   também   tradutora   de   Dante   Alighieri  e  de  Shakespeare  e  membro  da  Academia  das  Ciências   de  Lisboa.    


1964 -­‐  Grande  Prémio  de  Poesia  da  Sociedade  Portuguesa  de  Escritores.   1977  -­‐  Prémio  Teixeira  de  Pascoaes   1979  –  Medalha  de  Verneil  da  Societé  de  Encouragement  au  Progrés,  de  França   1980  –  Ordem  Militar  de  Sant’Iago  de  Espada   1983  –  Prémio  do  Centro  Português  da  Associação  Internacional  de  Críticos  Literários   1989  -­‐  Prémio  D.  Dinis,  da  Fundação  da  Casa  de  Mateus   1990  -­‐  Grande  Prémio  de  Poesia  Inasset  /  Inapa   1992  -­‐  Grande  Prémio  Calouste  Gulbenkian  de  Literatura  para  Crianças   1994  -­‐  Prémio  cinquenta  anos  de  Vida  Literária,  da  Associação  Port.  de  Escritores   1995  -­‐  Prémio  Petrarca   1998  -­‐  Prémio  da  Fundação  Luís  Miguel  Nava   1999  -­‐  Prémio  Camões  (primeira  mulher  portuguesa  a  recebê-­‐lo)   2000  -­‐  Prémio  Rosalia  de  Castro,  do  Pen  Clube  Galego   2001  -­‐  Prémio  Max  Jacob  Étranger   2003  -­‐  Prémio  Rainha  Sofia  de  Poesia  Ibero-­‐americana.  

Autores portugueses  

Trabalho sobre autores portugueses

Autores portugueses  

Trabalho sobre autores portugueses

Advertisement