Page 1

arte Edições de Arte Contemporânea

Inverno

2017-18

José de Guimarães Cruzeiro Seixas Ana Galvão Fátima Frade Reis Nim Castanheira Ilídio Salteiro João Galrão Cristina Ataíde Silva Palmeira Siza Vieira Jorge Martins e muito mais!

Distribuição gratuita aos Sócios CPS I PVP: 3€


SOBRE AS EDIÇÕES CPS O CPS dispõe de um Atelier - Atelier CPS - preparado para proporcionar aos artistas, a conceção, o desenvolvimento e a impressão das suas criações visuais nas seguintes técnicas: Serigrafia, Gravura, Xilogravura, Litografia, Fotografia e Impressão Digital.

NORMAS, PROCEDIMENTOS E AUTENTICIDADE A realização das obras implica não apenas a intervenção direta do autor em várias fases de processo criativo como ainda o controlo qualitativo dos exemplares e sua autenticação final, por forma a garantir tanto a autoria como o carácter restrito e irrepetível das edições. Deste modo, cada exemplar será assinado e numerado segundo uma ordem progressiva que irá de 1 até ao número total da tiragem (1/150, 2/150, ......150/150). No procedimento comum de numeração a expressão 7/200, por exemplo, indicará que o exemplar respetivo é o sétimo de uma tiragem limite de 200. Convém notar que esta sequência numérica não significa qualquer diferença de valor ou de ordem de tiragem. No caso das Edições CPS, a autenticidade de cada obra é ainda reforçada através do selo branco CPS, aposto sobre cada exemplar, bem como pela reprodução de uma imagem na Revista “arte” do CPS e em www.cps.pt.

O CPS não se responsabiliza por qualquer erro tipográfico nos preços ou referências que constem neste catálogo. As Condições de Inscrição de novos Sócios substituem e revogam as publicadas em edições anteriores.

A QUOTA DE SÓCIO APLICA-SE DAS SEGUINTES FORMAS:

OBRA GRÁFICA ORIGINAL Definição Edição limitada e irrepetível efetuada pelo artista e sob o seu controlo, utilizando diversas técnicas: serigrafia, gravura, litografia, fotografia ou mesmo estampa digital. Cada exemplar é numerado e assinado pelo artista. Na tradição artística Ocidental a obra gráfica original pode encontrar-se, de forma rica e expressiva, em autores como Albrecht Dürer, Goya, Rembrandt e na obra de outros notáveis artistas, tais como Matisse, Picasso, Dali, Miró e Tápies. Cada um destes criadores, a seu tempo, utilizou técnicas várias, que hoje englobamos na esfera conceptual de obra gráfica: várias modalidades de gravura, litografia e, para os autores mais atuais, a serigrafia.

» EDIÇÕES DEDUTÍVEIS EM QUOTAS: 50% a 100% Na dedução em quotas, aplica-se o valor integral das quotas em crédito no preço de Sócio, podendo ser aplicado entre 50% a 100% do preço de Sócio.

» EDIÇÕES DE SUBSCRIÇÃO: TROCA DIRETA

Exemplo:

Dependendo da sua cotação, dimensão e complexidade técnica, as Edições de Subscrição são válidas por um determinado número de quotas, partindo de dois meses de quotas (2M - PVP até 175€), até doze meses de quotas (12M - PVP até 780€).

Se o preço de Sócio de uma obra for 390€ e referir 100%, significa que poderá deduzir o número de quotas necessárias até perfazer 100% do Preço de Sócio, neste caso necessitará de ter 10 quotas para levantar a referida obra.

Exemplo:

» EDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO MISTA: QUOTAS + €

Se tem quatro meses de quotas em crédito, correspondente a 156€ (4x39€), pode escolher uma obra até 4M, ou seja até 295€ PVP, poupando assim 139€!

Algumas edições permitem ainda a aplicação das quotas numa parte do preço de Sócio. São exemplo disso, as edições Arte com Selo e algumas Edições Especiais por altura do seu lançamento.

SOBRE AS VARIANTES Cada edição realizada pelo CPS resulta de um processo criativo desenvolvido pelo artista, em estreita colaboração e envolvimento com o cada vez mais experiente Atelier CPS. Neste diálogo, alguns artistas têm privilegiado a multiplicidade de uma mesma edição, enriquecendo-a com várias variantes de cor ou forma. Estas variantes são efectuadas em tiragem de menor número (não ultrapassando, no seu total, os limites estabelecidos para a edição), o que lhes confere um valor acrescido.

LEGENDA DAS OBRAS Artista e Título Técnica, dimensão da obra e tiragem Preço de Venda ao Público PVP

FICHA TÉCNICA Edição e Coordenação: João Prates, Ana Pacheco, Alexandra Silvano; Design e Paginação: Ana Pacheco Fotografia: Francisco Palma; Revisão: Fátima Ramos, Elisabete Nogueira. Textos de apresentação as novas edições: Maria João Fernandes - Crítica de Arte membro da AICA (Associação Internacional de Críticos de Arte) e professora universitária. Organizou e prefaciou numerosas exposições. Escreve para diversas revistas de arte e é colaboradora regular do JL – Jornal de Letras, Artes e Ideias. Tiragem: 6.000 exemplares

Impressão: ACD Print

Preço de Sócio Validade para Sócio (Quotas necessárias para adquirir a Obra - Ex. 4M = 4 Meses de Quotas)

% Percentagem de dedução em quotas sobre o Preço de Sócio Referência (por cima da imagem)

Edições de Fotografia com o apoio de Epson Portugal Todos os valores apresentados incluem Iva (s/ margem, ao abrigo do DL - Nº 199/96 de 18 de Outubro, Regime Obras de Arte).

EQUIPA CPS Administração: António Prates; Direção Geral e Editorial: João Prates; Adjunta de Direção e Eventos: Paula Borges; Direção de Galerias e Edições: Alexandra Silvano; Marketing e Comunicação: Ana Pacheco; Gestão de Sócios e Clientes: Ana Soares, Mariana Pinto; Stocks e transportes: Abel Félix, Francisco Palma; Assistência a Sócios e Clientes: Sede CPS – Elisabete Nogueira, Fátima Ramos; Joana Domingues Galeria CPS no CCB – João Matias, Cátia Guimarães, Mafalda Vassalo; Edições de Serigrafia: Luís Azevedo, Sara Rodrigues, Rui Silva; Edições de Fotografia e Digital Print: Luís Azevedo, Edições de Gravura e Litografia: Humberto Marçal, Pedro Marçal, Pedro Telmo Ribeiro; Crítica de Arte: Maria João Fernandes; Consultadoria: João Torres Pereira.

www.cps.pt /CentroPortuguesdeSerigrafia


Nos tempos recentes temos assistido a acréscimo de interesse pela nossa história, património e pelos valores que fundamentam a nossa cultura. Nesse contexto é apresentada uma nova edição do consagrado artista José de Guimarães, grande admirador de Camões que aqui evoca a paixão do poeta pela bela Dinamene. A não perder! Aos 97 anos Cruzeiro Seixas mantém viva a vontade de, através de múltiplo, expandir a sua obra, sonhando novas edições. “Viagem no Azul” e “Companheiros de Viagem” concretizam um projeto de longa data, aos quais se junta uma outra singular proposta de apenas 97 exemplares, revisitando um dos seus magníficos desenhos para lhe dar uma nova feição serigráfica. Uma prenda para os sócios usarem as suas quotas! A exposição de Ana Galvão na Galeria Municipal Quadrum, em Lisboa, enfatiza uma obra dedicada à gravura, à qual o CPS se associa com uma preciosa edição. A provar a possibilidade de frescura daquela técnica, um delicado conjunto da jovem Fátima Frade Reis e as paisagens de pequeno formato de Nim Castanheira, uma delas interven-

cionada em cada prova, pela artista. João Galrão, destacado escultor, usa a maestria do recorte para nos estimular o olhar em duas novas serigrafias: a noite simbólica do conhecimento e um tributo a Van Gogh. A casa é abrigo, e também a luz e o mistério que o pintor Ilídio Salteiro devolve, para usufruto contemplativo. A diversidade estética tem sido um dos pilares editoriais do CPS. Por felicidade, todos temos gostos distintos que vamos apurando, com dedicação e melhor conhecimento. Uma obra de arte é um ser de espírito vivo, sem idade, que se nos impõe, pronta a dialogar e a ser apreciada. Nesta revista reunimos conjuntos de edições, novidades e anteriores, que disso são exemplo. Também auxiliam os sócios nas suas seleções, mostrando várias possibilidades de filtragem das obras, concordantes com o site www.cps.pt. Por cor: Amarelo ou por temática: Geometria, Minimalismos, Retrato, Nú ou Horizonte, escolha a seu gosto! Ao longo do seu percurso, o CPS teve mais de 20 exposições no país vizinho, editando cerca de 50 artistas de todas as regiões de Espanha. Atento à atualidade, prestamos tributo a esta relação de génese cultural, bem acima de qualquer demarcação. A coleção Ler e Ver Lisboa, tem tido bastante sucesso junto dos nossos sócios, tendo sido merecedora de uma bela exposição no Museu Bordalo Pinheiro. Enaltecendo o património, recuperamos a capacidade de nos encantarmos

Pág. 3

Pág. 5

Pág. 6

Pág. 7

Pág. 9

Pág. 11

João Prates

Diretor do CPS

Estimado/a Sócio/a,

com o magnífico conjunto de sete serigrafias de Silva Palmeira, para uso e abuso das suas quotas. Para Guest Curator convidámos um reconhecido arquiteto e dinamizador cultural, Manuel Graça Dias, que aqui nos empresta o seu olhar irreverente e exigente. Conseguimos mais alguns exemplares da fabulosa edição portuguesa de 1974 com 100 gravuras de Dalí a ilustrar a Divina Comédia de Dante, na tradução de Alexandre O’Neil. Uma obra para figurar em qualquer relevante coleção! Com prefácio de Ana Zanatti, o fundador do CPS, António Prates, edita o seu primeiro livro de poemas, ilustrado com 70 desenhos de amigos e artistas que o têm acompanhado nos cerca de 40 anos dedicados à Arte. Uma viagem ao que mais o toca, com todo o sentimento. A minha gratidão aos Sócios Sílvia e Vítor, que é de forma intrínseca, um agradecimento a todos os Sócios CPS, pelo seu apaixonado testemunho, motivador para nós e para os artistas. Só a generosidade da artista Cristina Ataíde nos permite apresentar a valiosa obra “Depois o Sol”, de oferta exclusiva aos Sócios. Uma oportunidade rara, não a deixe escapar: convide já um amigo para se juntar ao fascinante universo da Arte Contemporânea!


arte Edições de Arte Contemporânea

José de Guimarães Entrevista

prática constante. Mas, de facto, de uma forma geral, no meu percurso, quando desenvolvia novas séries em pintura (série Rubens, México, Camoniana, os fetiches, etc.), editava também sempre múltiplos, em serigrafia, litografia, xilogravura, etc. A edição de múltiplos permite que as pessoas com menos capacidade económica adquiram obras numeradas e assinadas pelos artistas, com a qualidade de um original.

José de Guimarães é considerado um dos principais artistas plásticos portugueses de Arte Contemporânea, tendo uma vasta e notável obra na pintura, escultura e outras atividades criativas, o que faz com que seja dos mais galardoados artistas plásticos Portugueses. Muitas das suas obras estão expostas em diversos museus Europeus, bem como nos E.U.A, Brasil, Canadá, Israel e até no Japão.

No âmbito da doação do segundo conjunto de obra gráfica à Biblioteca Nacional, perfazendo quase 400 obras, que planos existem para o futuro? O que está previsto é, para 2019, uma grande exposição de toda a obra do acervo da Biblioteca Nacional. Nessa altura será editado um catálogo raisonné com toda a obra gráfica editada até à data.

Em 2012 foi inaugurado em Guimarães o Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), dedicado à arte contemporânea e reunindo peças das coleções do artista de Arte Africana, Arte PréColombiana e Arte Chinesa Antiga. José de Guimarães sempre atribuiu particular atenção e exigência à sua obra gráfica. Desde 1962 já realizou perto de 400 obras, explorando variadas técnicas. Recentemente efetuou a segunda doação de Obra Gráfica à Biblioteca Nacional de Portugal que inclui todas as edições efetuadas desde 1991.

Isso significa que este universo ficará mais dignificado porque, infelizmente, existe ainda um certo estigma em relação à obra gráfica… Mas isso é cá em Portugal porque, por exemplo, em Espanha a obra gráfica é extremamente importante. Os maiores pintores espanhóis têm uma obra gráfica extensa: Miró, Picasso, Tapiès, outros mais jovens, etc. Em França acontece o mesmo. As minhas edições, publicadas em França, todas elas estão na Biblioteca Nacional de Paris, ao abrigo do Depósito Legal. Nem sou eu que trato disso, é desde logo uma obrigação por parte dos editores.

Apresentando-se agora a segunda edição especial, conversámos com o artista. Que importância atribui à obra gráfica e ao múltiplo no contexto da sua obra? Curiosamente, iniciei a minha vida de artista como gravador. Comecei na Sociedade Cooperativa de Gravadores Portugueses em 1958/59, o que foi ótimo, porque aprendi uma técnica nova. Na altura existia sobretudo gravura em metal, xilogravura e pouco mais; posteriormente, aprendi litografia na Suíça, quando fiz a primeira edição, a litografia com decalque (desenho numa folha especial, com cola, e decalcava-se para uma pedra litográfica). Posteriormente, embrenhei no mundo da serigrafia, que, do ponto de vista de realização, de técnica é, quanto a mim, a mais difícil. Porque há um lado de aparato técnico onde também a fotografia é fundamental. Essa foi a razão de eu ter tido, durante dois anos, uma bolsa da Gulbenkian, para estudar serigrafia fotográfica. No âmbito dessa bolsa, fiz algumas das gravuras mais importantes da minha história, nomeadamente toda a série 1º de Maio, que tem processos técnicos de sobreposição de formas que jogam com os vários solventes, que reagiam entre si. São técnicas difíceis, que exigem uma dedicação e

Assim como nós temos o protocolo com a Biblioteca Nacional para doação de obras, para dignificação, preservação e memória futura das nossas edições… Claro. Enquanto a serigrafia anterior editada pelo CPS evocava Pessoa, esta, agora apresentada, presta tributo a Camões. Como vê a redefinição de portugalidade através deste poeta? Camões é um poeta que sempre me interessou, não só pela sua arte poética, capacidade de síntese, mas também pela vida que levou, um apaixonado, um valente, alguém que interiorizou melhor que ninguém a História de Portugal. Quando vou de férias levo sempre os Lusíadas comigo. Posso não levar mais nada mas levo sempre os Lusíadas. E vou lendo. Já li, reli e voltarei a ler. Faz parte dos meus genes. 2

36


Ref. S35429

José de Guimarães Camões e Dinamene

EDIÇÃO ESPECIAL

Serigrafia s/ papel de algodão de 600 gr e feito à mão, 56 x 71 cm, edição de 200

CONDIÇÕES ESPECIAIS DE LANÇAMENTO ATÉ 31 DEZ 2017 PVP 1.100€ I Sócios 690€ I 8M + 490€ Preço de Sócio posterior: 800€

SERIGRAFIA EM PAPEL ARTESANAL DE 600 GR EXCLUSIVO DA EDIÇÃO

Mais especificamente, que significado atribui à relação de Camões e Dinamene e ao simbolismo desta serigrafia? Dizem que a Dinamene morreu num naufrágio e ela aparece ali como se fosse um náufrago, mas mesmo assim Camões dialoga com ela, com a sua amada. É uma cena de paixão, entre o poeta e a sua musa.

Camões e Dinamene “Brado: - Não me fujais sombra benina! Ela, os olhos em mim c’um brando pejo como quem diz que já não pode ser, Torna a fugir-me. E eu gritando: - Dina..., antes que diga mene, acordo, e vejo que nem um breve engano posso ter.”

Considerando a cultura como uma manifestação de engrandecimento das sociedades, de que forma a convivência direta com a obra de arte contribui para o aperfeiçoamento da sociedade contemporânea? Os artistas procuram sempre atingir aquilo que é mais sublime, mais espiritual, o que melhor comunica… Acho que a sua atividade faz bem ao mundo. Se não fosse assim não se perceberia para que servia. A arte faz parte do engrandecimento do espírito.

Luís de Camões, Soneto a Dinamene.

3

36


arte Edições de Arte Contemporânea

Ref. S35408

eixas S o r i e Cruz

IVA ORAT M E O COM EDIÇÃ

rio á s r e v i 97º An

Cruzeiro Seixas S/ título Serigrafia, 76 x 56 cm, edição de 97 PVP 650€ I Sócios 469€ I 10M

Cruzeiro Seixas 97 anos de génio surrealista A obra de Cruzeiro Seixas (n. 1920), decano da arte portuguesa contemporânea, dá testemunho de quase um século de incomparável e imparável atividade artística que o tem situado como um Mestre não apenas do Surrealismo Português, mas também do Surrealismo europeu de que é um dos expoentes. Na sua criação e nos trabalhos agora editados, dois múltiplos de escultura e uma serigrafia que celebra mais um aniversário do seu autor, vibra um perturbador universo onírico, com as suas figuras esfíngicas e compósitas, entre o humano e o animal, numa paisagem povoada dos signos do inconsciente, enigmas que transportam um mistério insondável. 4

Um espaço noturno, meio lunar, meio aquático que funde os imaginários do dia e da noite, numa transparência luminosa a que corresponde uma atmosfera de suspensão e maravilha. Jogo teatral das formas do mundo e das suas metamorfoses, diálogo entre o real e o irreal, entre o consciente, a razão e os sonhos, mágico continente, onde se recortam as brancas figuras de uma expectativa amorosa. Figuras de um segredo que este horizonte misterioso dos sonhos parece esconder e simultaneamente anunciar. Dando expressão, como é próprio da obra dos artistas de génio, aos mais antigos e sempre atuais anseios da humanidade.

36


Ref. ME35407

Cruzeiro Seixas

Viagem no Azul Múltiplo de Escultura Caixa lacada com imagens impressas em serigrafia s/ acrílico 44 x 61 x 13 cm, edição de 50 PVP 1.400€ I Sócios 990€ 25% dedutível em quotas Condições exclusivas para Sócios: 4x 247,50€

Viagem no Azul Ref. ME35406

Cruzeiro Seixas

Companheiros de Viagem Múltiplo de Escultura Caixa lacada com imagens impressas em serigrafia s/ acrílico 42 x 60 x 11 cm, edição de 50 PVP 1.100€ I Sócios 750€ 25% dedutível em quotas Condições exclusivas para Sócios: 4x 187,50€

Companheiros de Viagem

5

36


arte Edições de Arte Contemporânea

Ref. G35422

Ana Galvão Silêncios Vivos Ana Galvão, artista premiada em Portugal e em Espanha nasceu em Nova Lisboa, Angola. Com uma formação em História de Arte, da sua aprendizagem faz parte um curso de Gravura em Metal e Xilogravura com David de Almeida (Lisboa, 1982-85) e um outro de Gravura em Pedra com Humberto Marçal (Lisboa, 1986) e Dacos (Lisboa, 1987). Está representada em diversas coleções e Museus em Portugal e no estrangeiro. A peça que hoje apresentamos insere-se na mostra antológica do seu trabalho (19872017): O Gosto Solitário de Gravar, a decorrer na Galeria Quadrum até 7 de Janeiro. Variações sobre o silêncio, entre o dia e a noite, a terra e o ar, o fogo e as trevas numa imagem metáfora do comum destino do homem e do Cosmos.

Ana Galvão Silêncios II

Gravura, 90 x 71 cm, edição de 75 PVP 395€ I Sócios 279€ I 6M

Vista da Exposição “Ana Galvão - O Gosto solitário de Gravar” Exposição Antológica 1987 - 2017 Curadoria: Célia Bragança 10 novembro a 7 de janeiro 2018 Galeria Quadrum, Lisboa

6

36


Ref. GC35431

Fátima Frade Reis Composição VI Conjunto das 6 gravuras, edição de 15 PVP 595€ I Sócios 429€ I 9M Conjunto de 2 Gravuras: 4M (Dim. de cada gravura: 25 x 49,5 cm)

A combinação de padrões é variável e permite diferentes composições a seu gosto

Fátima Frade Reis A paleta musical das cores A série de gravuras monocromáticas de Fátima Frade Reis desenvolve uma linguagem simultaneamente plástica e musical com a sua escala de gradações animada por movimentos íntimos e subtis, intensos e leves, imponderáveis como os momentos de uma sinfonia. Na sugestão dos verdes paraísos infantis, da profundidade abismal dos oceanos e do cimo florido das árvores, da cintilação dourada e do rubro coração da Primavera, da azul vertigem do céu e do olhar, do lilás abandono da vida antes de adormecer. Toda uma gama de sensações e emoções plásticas criadoras de uma música para a alma e para os sentidos.

7

36

A artista no Atelier de Gravura do CPS. Novembro de 2017


arte Edições de Arte Contemporânea Ref. S35363

João Galrão Silent Night Serigrafia, 70 x 50 cm, edição de 140 PVP 260€ I Sócios 189€ I 4M

Ref. S35364

João Galrão Flowers of My Garden (Van Gogh Tribute) Serigrafia, 70 x 50 cm, edição de 140 PVP 260€ I Sócios 189€ I 4M

João Galrão O Esplendor do Dia e o Mistério da Noite João Galrão, que nasceu em Sintra em 1975, vive e trabalha em Lisboa. Tem exposto coletivamente em Portugal e no estrangeiro desde 1996 e individualmente desde 2003. Difícil de catalogar, o seu trabalho oscila entre a escultura e a pintura onde introduz diversos elementos tridimensionais. Na sua pintura dos últimos anos foram reconhecidas influências pop e psicadélicas.

O atual trabalho para serigrafia “Flowers of My Garden (Van Gogh Tribute)” corresponde a um diálogo com o intemporal motivo dos girassóis de Van Gogh. As cores da famosa pintura original do pintor de Arles diluem-se aqui em tons neutros para melhor sobressair o vertiginoso e rodopiante movimento das linhas. Na serigrafia “Silent Night” o artista desenvolve, com a mesma

8

36

linguagem, uma atmosfera sugestiva dos mistérios e ambiguidades da noite, com realce para uma das suas criaturas mais emblemáticas, o mocho, que sobressai da dança vertiginosa dos traços coloridos e envolventes. Numa postura real, espécie de árbitro dos segredos a que preside e de que é imagem.


Ref. S35400

Ilídio Salteiro Abrigo

Serigrafia, 50 x 70 cm, edição de 150 PVP 325€ I Sócios 239€ I 5M

Ilídio Salteiro Uma Arquitetura do Enigma Ilídio Salteiro, licenciado em Artes Plásticas-Pintura pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, Mestre em História da Arte, Doutorado em BelasArtes, Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa em 2006, expõe regularmente individual e coletivamente desde 1979. A partir da década de 1980 tem vindo a participar em projetos de intervenção social, cultural e artística. Professor na Escola de Belas Artes de Lisboa e pintor, divide-se entre o ensino e uma intensa atividade artística. Nesta sua serigrafia com o título “Abrigo”, verdadeira arquitetura do enigma, a sábia composição desenvolve um jogo de linhas, formas e volumes distorcidos a que o jogo de luz e sombras, de contrastes cromáticos e de escalas inusitadas confere uma atmosfera de suspensão e de mistério própria de um cenário de De Chirico, o Mestre italiano da pintura metafísica.

9

36


arte Edições de Arte Contemporânea Ref. G35416

Ref. G35414

Ref. G35415

Ref. G35413

“Entrosamento”

“Enlevo”

“Enleio”

“Encanto”

Nim Castanheira

Gravuras, 30 x 20 cm, edição de 75 CADA: PVP 75€ I Sócios 67,5€ I 1M+10€

Nesta edição, a artista intervencionou com pintura cada obra. Todos os exemplares são diferentes. Ref. G35430

Nim Castanheira Momento ímpar

Gravura intervencionada, 25 x 35 cm, edição de 75 exemplares únicos PVP 225€ I Sócios159€ I 3M

Diferentes exemplares da edição, intervencionados pela artista

Nim Castanheira Um Diálogo de Almas e de Universos Nim Castanheira (nome artístico de Teresa Castanheira) tem vindo a dedicar-se em simultâneo às artes plásticas e à música. No projeto “Cores e Sons” uniu ambos os domínios, tendo realizado neste âmbito, diversos cursos e conferências. Com os eloquentes títulos: “Enleio”, “Entrosamento”, “Encanto” e “Enlevo”, a sua mais recente série de gravuras dá forma a uma solitária meditação, a uma “rêverie” diante dos elementos, que se traduz numa paleta de tons suaves e numa expressão fluida e semiabstrata com grande poder de sugestão poética. Um diálogo de almas e de universos, entre a artista, a água, a luz, a terra e a lava que atinge o seu cume na gravura intervencionada: “Momento Ímpar”.

10

36

Nim Castanheira no Atelier CPS. Intervenção com pintura nas gravuras.


OFERTA A SÓCIOS

PROPONENTES

Serigrafia de Cristina Ataíde Depois do Sol, 70 x 50 cm, edição de 190 exemplares I Ref. S35417

Amigos, amigos ... negócios com Arte Traga um amigo para o CPS e leve para casa uma serigrafia de Cristina Ataíde, um exclusivo CPS para Sócios Proponentes. Além de o premiarmos a si, que nos recomenda, o seu amigo beneficia também de uma obra de oferta de boas-vindas e de um desconto na inscrição*. Inscrições nas Galerias CPS e em www.cps.pt com código: CPSFRIEND2018

*CONDIÇÕES DE ADMISSÃO DO NOVO SÓCIO: Jóia de Inscrição: €79 €39 Oferta De Boas-Vindas: Uma Obra de validade equivalente a 6M, 6 meses de quotas, (PVP até €395), totalmente grátis, à escolha entre as Edições de Subscrição disponíveis. Campanha válida até 31-03-2018. Permanência mínima como Sócio CPS: 12 meses. Oferta não acumulável com outras ofertas / promoções / vouchers / campanhas em vigor. 11 36 Obras de ofertas não incluem moldura.


arte Edições de Arte Contemporânea

INSPIRAÇÃO: AMARELO

O que seria do

Amarelo

Ref. EU544

se todos gostassem do Azul?

Dica

Filtre as obras por cor em www.cps.pt

Carlos Farinha Interferências - A Singularidade do Múltiplo

Serigrafia intervencionada - monotipo, 42 x 29,5 cm, edição de 1 PVP 250€ I Sócios 175€ I 100% Dedutível em quotas

Ref. S1009

Ref. S0803

Manuel D’Olivares I’ve Been Here Serigrafia c/ Colagem e Intervenção, 70 x 100 cm, edição de 50 PVP 490€ I Sócios 343€ I 8M

Fabesko s/ título

Serigrafia, 28 x 25 cm, edição de 200 PVP 68€ I Sócios 50€ I 1M + 10€

12

36


Ref. L35192

Ref. G34676

Violeta Lópiz Histórias Encadeadas

Abreu Pessegueiro S/ título Litografia e Serigrafia, 47,5 x 47,5 cm, edição de 150 PVP 335€ I Sócios 251€ I 6M

Gravura, 39,5 x 37 cm, edição de 50 PVP 125€ I Sócios 88€ I 2M

Ref. S1039

Ref. S0812

Eurico Rei Ubu - A Espiral na Barriga

Pedro Burgos Série Cor: Amarelo Açafrão

Serigrafia, 50 x 35 cm, edição de 125 PVP 365€ I Sócios 270€ I 6M

Serigrafia, 50 x 35 cm, edição de 100 PVP 125€ I Sócios 88€ I 2M

13

36


arte Edições de Arte Contemporânea

TEMÁTICA: GEOMETRIA

Ref. G236

Dica

Filtre as obras por Temática > Geometria em www.cps.pt

“Tudo parte de um Ponto”

Bronwen Sleigh S/ título Gravura, 70 x 50 cm, edição de 100 PVP 395€ I Sócios 295€ I 6M Ref. G223

Kandinsky Ref. G218

Irene Buarque Caixa III Gravura, 50 x 50 cm, edição de 25 PVP 395€ I Sócios 277€ I 6M

Irene Buarque Caixa IV Gravura, 50 x 50 cm, edição de 25 PVP 395€ I Sócios 277€ I 6M

14

36


Ref. G175A

Ref. S1094

Alexandra Barbosa S/ título Gravura, 99,5 x 67 cm, edição de 75 PVP 335€ I Sócios 250€ I 6M

Márcio Ficko S/ título Serigrafia, 70 x 50 cm, edição de 200 PVP 265€ I Sócios 185€ I 4M Ref. S0438

Ref. EX1456

Xana S/ título

Augusto Barros S/ título

Serigrafia, 70 x 50 cm, edição de 200 PVP 295€ I Sócios 207€ I 4M

Serigrafia, 70 x 50 cm, edição de 150 PVP 510€ I Sócios 380€ I 8M + 50€

15

36


arte Edições de Arte Contemporânea

TEMÁTICA: MINIMALISMO

MI\IMALISMO “A apreciação do espaço” Ref. EU608

Ref. EU597

Dica

Filtre as obras por Temática > Minimalismo em www.cps.pt

Sara Yan

Interferências - A Singularidade do Múltiplo Serigrafia intervencionada monotipo, 42 x 29,5 cm, edição de 1 CADA: PVP 250€ I Sócios 175€ 100% Dedutível em quotas Ref. S34710

Arq. Siza Vieira S/ título (12 Serigrafias de Arquitect@s) Serigrafia, 70 x 50 cm, edição de 115 PVP 500€ I Sócios 350€

Ref. S0156

Andrés Alcántara S/ título

Serigrafia, 70 x 50 cm, edição de 200 PVP 280€ I Sócios 196€ I 4M

16

36


Ref. G248 Ref. S35164

Graça Pereira Coutinho S/ título Serigrafia c/ colagem, 76 x 56 cm, edição de 150 PVP 460€ I Sócios 322€ I 8M

Cristina Ataíde S/ título Gravura, 99,5 x 71 cm, edição de 50 PVP 725€ I Sócios 545€ I 10M + 100€

Ref. S0768

Filipe Patrício S/ título Serigrafia, 64 x 50 cm, edição de 75 PVP 295€ I Sócios 207€ I 4M

Ref. S0765

Filipe Patrício S/ título Serigrafia, 64 x 50 cm, edição de 75 PVP 295€ I Sócios 207€ I 4M 17

36


arte Edições de Arte Contemporânea

TEMÁTICA: RETRATO

Dica

Filtre as obras por Temática > Retrato em www.cps.pt Ref. S0817

retrato

“Um pintado com a alma é um retrato, não do modelo mas do artista.” Oscar Wilde Ref. S1079

André Letria Bordeaux (Série Cor) Serigrafia, 50 x 35 cm, edição de 100 PVP 125€ I Sócios 88€ I 2M

Alexandra Mesquita Voz Refletida Serigrafia, 32 x 50 cm, edição de 50 PVP 395€ I Sócios 277€ I 6M

Ref. S0946

Ref. S0051

Guilhermo Velez Narirara Serigrafia, 50 x 43 cm, edição de 200 PVP 250€ I Sócios 175€ I 4M

Adam James Subatomic Clown I

Serigrafia, 100 x 70 cm, edição de 25 PVP 445€ I Sócios 335€ I 8M

18

36


Ref. G34780 Ref. L35234

Ramon Sanmiquel S/ título Litografia, 64 x 46,5 cm, edição de 35 PVP 325€ I Sócios 239€ I 5M

Paulo Damião S/ título

Gravura, 80 x 70 cm, edição de 50 PVP 350€ I Sócios 245€ I 6M

Ref. EX163

Ref. EX160

Ref. EX122

Ref. EX136

Ref. EX120

Leonel Moura 50 Rostos para uma Identidade Serigrafia, 50 x 35 cm, edição de 250 CADA: PVP 215€ I Sócios 150€ I 100% Dedutível em quotas 19

Ref. EX140

Vieira da Silva, Siza Vieira, Eusébio Amadeo de Sousa Cardoso, Almada Negreiros, Florbela Espanca

36


arte Edições de Arte Contemporânea

TEMÁTICA: NÚ

“A beleza de um corpo Ref. L027

só o sentem as raças vestidas.” Fernando Pessoa

Ref. S0436

Francisco Simões Anjo

Alice Jorge S/ título

Litografia, 76 x 56 cm, edição de 100 PVP 540€ I Sócios 405€ I 10M

Serigrafia, 60 x 45 cm, edição de 200 PVP 350€ I Sócios 245€ I 6M

Ref. F073

Joana Consiglieri Índigo Fotografia, 47 x 113 cm, edição de 25 PVP 475€ I Sócios 356€ I 100% Dedutível em quotas 20

36


Ref. L35235

Dica

Filtre as obras por Temática > Nú em www.cps.pt Ref. G061

Ramon Sanmiquel S/ título Litografia, 35,5 x 50 cm, edição de 20 PVP 195€ I Sócios 139€ I 3M Ref. L35252

Alice Jorge S/ título

Gravura, 50 x 35 cm, edição de 150 PVP 365€ I Sócios 256€ I 6M Ref. S35361

Ramon Sanmiquel S/ título Litografia, 38 x 57 cm, edição de 45 PVP 195€ I Sócios 139€ I 3M

Ref. S35360

Ref. S35358

Dorindo S/ título

Serigrafia, 35 x 35 cm, edição de 200 CADA: PVP 165€ I Sócios 123€ I 3M

21

36

Ref. S35359


arte Edições de Arte Contemporânea

INSPIRAÇÃO: HORIZONTE Ref. F070

Rafael Liaño

Lluvia Seca Fotografia, 71,3 x 101 cm, edição de 30 PVP 700€ I Sócios 525€ 100% Dedutível em quotas

“Quanto mais alto se sobe, mais longe é o

horizonte Virgílio Ferreira

Ref. S1059

Mónica de Miranda S/ título

Catarina Castro Freire Série Praias

Serigrafia s/ papel de parede vintage, 52 x 80 cm, edição de 35 PVP 380€ I Sócios 266€ I 6M

22

Ref. S0259

Serigrafia, 46 x 50 cm, edição de 200 PVP 250€ I Sócios 175€ I 3M

36


Ref. S0865

Ref. F069

Ciuco Gutierrez Desserts.Lanzarote Fotografia, 90 x 73 cm, edição de 30 PVP 1.000€ I Sócios 750€ I 100% Dedutível em quotas

Paul Mathieu Atmosferas II

Serigrafia, 75 x 56 cm, edição de 200 PVP 395€ I Sócios 277€ I 6M

Ref. S1084

Ref. S0942

Rodrigo Ferreira S/ título

Serigrafia, 17 x 41 cm, edição de 150 PVP 235€ I Sócios 165€ I 100% Dedutível em quotas

Rodrigo Ferreira S/ título

Serigrafia, 56 x 76 cm, edição de 200 PVP 460€ I Sócios 322€ I 8M

Ref. F35366

Ref. F35174

Rute Barbedo S/ título Fotografia, 55 x 75,5 cm, edição de 30 PVP 265€ I Sócios 186€ I 4M

Rodrigo Gatinho s/ título Fotografia, 55 x 75 cm, edição de 30 PVP 250€ I Sócios 187€ I 4M 23

36


arte Edições de Arte Contemporânea

ESPECIAL ESPANHA

Especial

Espanha

Ao longo do seu percurso, o CPS teve mais de 20 exposições no país vizinho, editando cerca de 50 artistas de várias regiões de Espanha. Atento à atualidade, partindo da serigrafia do português Sobral Centeno, prestamos tributo a esta relação de génese cultural, bem acima de qualquer fronteira.

Ref. S0153

Óscar Seco S/ título Serigrafia, 70 x 50 cm, edição de 200 PVP 250€ I Sócios 175€ I 4M

Ref. S0349

Luis Fega S/ título

Serigrafia, 70 x 50 cm, edição de 200 PVP 265€ I Sócios 186€ I 4M

Ref. S0155

Jorge Varas S/ título

Serigrafia, 70 x 33 cm, edição de 200 PVP 295€ I Sócios 207€ 100% Dedutível em quotas

Ref. S0138

Ref. S0157

Sobral Centeno Espanha Serigrafia, 50 x 70 cm, edição de 200 PVP 265€ I Sócios 186€ I 4M

Villamor S/ título Serigrafia, 50 x 70 cm, edição de 200 PVP 250€ I Sócios 175€ I 4M 24

36


Ref. G126C

Ref. S0152

Andrés Alcántara Cervantes

Gravura, 76 x 57,5 cm, edição de 50 PVP 475€ I Sócios 333€ I 8M

Gerardo Rueda Lunan

Serigrafia, 69,5 x 79 cm, edição de 200 PVP 750€ I Sócios 525€ I 10M

Ref. G079B

Ref. G079A

Ref. S0149

Jule S/ título

Serigrafia, 70 x 50 cm, edição de 200 PVP 320€ I Sócios 224€ I 4M

Pedro Castrortega S/ título Gravura, 56 x 76 cm, edição de 150 PVP 365€ I Sócios 256€ I 6M

25

36


arte Edições de Arte Contemporânea

COLEÇÃO LER E VER LISBOA

Coleção Ler e Ver Lisboa

Ref. S35306

Em colaboração com:

Ref. S35346

Madalena Matoso Coleção Ler e Ver Lisboa Serigrafia, 70 x 50 cm, edição de 110 PVP 250€ I Sócios 175€ I 4M Ref. ED35357

Rui Sousa Coleção Ler e Ver Lisboa (Teatro S. Jorge) Serigrafia, 50 x 70 cm, edição de 110 PVP 320€ I Sócios 240€ I 6M

Ref. S35347

Bárbara Assis Pacheco Coleção Ler e Ver Lisboa (Praça da Alegria) Serigrafia, 50 x 70 cm, edição de 110 PVP 250€ I Sócios 175€ I 4M 26

36

Alex Gozblau Coleção Ler e Ver Lisboa (Teatro S. Luiz) Digital print, 70 x 50 cm, edição de 110 PVP 250€ I Sócios 175€ I 4M


Ref. S35356

Ref. S35305

João Fazenda Coleção Ler e Ver Lisboa Serigrafia, 50 x 70 cm, edição de 110 PVP 250€ I Sócios 175€ I 4M

Ref. ED35355

Bernardo Carvalho Coleção Ler e Ver Lisboa Serigrafia, 70 x 50 cm, edição de 110 PVP 250€ I Sócios 175€ I 4M

Ref. S35352

Teresa Lima Coleção Ler e Ver Lisboa

(Aqueduto das Águas Livres) Digital print, 45 x 55 cm, edição de 40 PVP 220€ I Sócios 165€ I 4M

João Maio Pinto Coleção Ler e Ver Lisboa Serigrafia, 50 x 70 cm, edição de 110 PVP 250€ I Sócios 175€ I 4M

27

36


arte Edições de Arte Contemporânea

COLEÇÃO ENCANTOS DA LINHA DE FRONTEIRA Ref. S0584

Coleção Encantos da Linha de Fronteira

Silva Palmeira Sete cidades da linha de fronteira, entre Portugal e Espanha, vêem os seus encantos imortalizados na expressão depurada e sintética de Silva Palmeira que uma paleta de suaves contrastes define, animada por vermelhos sabiamente dispostos. Paisagens de imensa claridade e serena alegria que tão bem caracterizam a grandiosidade e intimismo da natureza do nosso país.

Monsanto Silva Palmeira ”Encantos da Linha de Fronteira” Serigrafia, 76 x 56 cm, edição de 200 PVP 525€ I Sócios 379€ I 8M

Ref. S0585

Ref. S0586

Mourão

Castelo Rodrigo

Silva Palmeira ”Encantos da Linha de Fronteira” Serigrafia, 76 x 56 cm, edição de 200 PVP 525€ I Sócios 379€ I 8M

Silva Palmeira ”Encantos da Linha de Fronteira” Serigrafia, 76 x 56 cm, edição de 200 PVP 525€ I Sócios 379€ I 8M

28

36


Ref. S0587

Ref. S0588

Monsaraz

Castro Marim

Silva Palmeira ”Encantos da Linha de Fronteira” Serigrafia, 76 x 56 cm, edição de 200 PVP 525€ I Sócios 379€ I 8M

Silva Palmeira ”Encantos da Linha de Fronteira” Serigrafia, 76 x 56 cm, edição de 200 PVP 525€ I Sócios 379€ I 8M Ref. S0589

Ref. S0590

Valença

Marvão

Silva Palmeira ”Encantos da Linha de Fronteira” Serigrafia, 76 x 56 cm, edição de 200 PVP 525€ I Sócios 379€ I 8M

Silva Palmeira ”Encantos da Linha de Fronteira” Serigrafia, 76 x 56 cm, edição de 200 PVP 525€ I Sócios 379€ I 8M

29

36


arte Edições de Arte Contemporânea

GUEST CURATOR

guest curator

manuel graca dias arq.

Foto: Augusto Brázio

Ref. S0537

LOGO DEPOIS DA VIGÍLIA Gosto dos desenhos bravios, dos traços soltos, afirmados, carregados, tortos, mas determinados; ou então esfregados, porque hesitantes, nunca fingidos. Gosto da pintura pura, borrada, sobreposta em camadas de pincéis, grada expressão com a consciência alhures. Gosto, também, de desinências pandas, signos ou radicais pequenos engrandecidos pela idade recuada; ou das perspectivas truncadas da difícil infância, do ajeitar dos significados como quem puxa apenas uma fita larga que vem de trás da cabeça: o homem invisível, mas não o homem sem luz. Gosto de geometrias rigorosas usadas para negar as certezas das adivinhas; dos grafos soltos que iludem a memória. Gosto de desenhos flechas e de pinturas grossas. Gosto do lápis encaracolado que depois afirma a importância rápida, do papel rasgado colado no papel de cor; gosto das manchas tintadas (esgarçadas ou lisas) a aprontar contrastes, encostos, partes ritmadas, aguarelas muito inacabadas, contrapostas simples. Gosto da complexidade dos desenhos únicos, das formas primeiras, mas juntas de modos novos; é provável a vulgaridade rebaptizada. Gosto da vida diferente que as bases marcadas mostram. Reuni desenhos e pinturas que passaram a múltiplos, que distribuem por mais a frescura da possibilidade do sonho; mas sem acerto ou correcção, sem vigia; feitos com sinais que chegam logo depois da vigília.

Manuel João Vieira Jardim Serigrafia,70 x 100 cm, edição de 200 PVP 350€ I Sócios 245€ I 6M Ref. S1108B

Manuel Graça Dias I www.contemporanea.com.pt

Sofia Areal Gosto muito de ti Serigrafia intervencionada, 63 x 90 cm, edição de 75 PVP 675€ I Sócios 473€ I 12M

Veja o conjunto completo das obras selecionadas pelo Arq. Graça Dias em www.cps.pt

30

36


Ref. EX1466 Ref. S0940

Joaquim Rodrigo 1918-1928

José Ribeiro s/ título

Serigrafia, 50 x 70,5 cm, edição de 150 PVP 600€ I Sócios 455€ I 100% dedutível em quotas

Serigrafia, 50 x 70 cm, edição de 25 PVP 165€ I Sócios 135€ I 3M Ref. S0511

Ref. S0734

Jorge Varas S/ título

Jorge Martins S/ título Serigrafia, 76 x 56 cm, edição de 200 PVP 720€ I Sócios 504€ I 75% Dedutível em quotas

Serigrafia e Gravura, 76 x 56 cm, edição de 99 PVP 320€ I Sócios 224€ I 6M

Ref. S35362

André Letria Porto de Lisboa (Coleção Ler e Ver Lisboa) Serigrafia, 50 x 70 cm, edição de 110 PVP 320€ I Sócios 240€ I 6M

31

36


arte Edições de Arte Contemporânea

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CPS marca presença na Intercasa e na Decor Hotel Em diálogo com novos públicos apreciadores de arte Com o objetivo de estabelecer um diálogo com novos públicos apreciadores de Arte, o CPS retomou a sua presença na Intercasa levando uma importante e diferenciadora mais-valia para a decoração de interiores: o acesso à arte contemporânea. E foi com este mesmo sentido que se estreou na Decor Hotel, o primeiro certame do país totalmente dedicado à hotelaria, que se realizou em novembro, no Centro de Congressos de Lisboa.

Museu Bordalo Pinheiro recebe exposição CPS

CPS na Degust’arte Um programa dedicado à cultura com paladar O Auditório Nunes Forte na Venda do Pinheiro recebeu uma exposição do CPS com obras de Cristina Ataíde, Cruzeiro Seixas, David de Almeida, Eduardo Nery, José de Guimarães, entre outros. A mostra inseriu-se no evento Degust’arte - Cultura com Paladar, um conjunto de iniciativas organizadas pela Sta Casa da Misericórdia da Venda do Pinheiro, que incluiram jantares temáticos com a presença de conceituados Chefs; uma mostra de sabores da região por produtores locais e diversos momentos de animação musical.

Coleção “Ler e Ver Lisboa” A Sala da Paródia do Museu Bordalo Pinheiro recebeu em outubro, a exposição VER LISBOA, com serigrafias das ilustrações do Guia Ler e Ver Lisboa, editadas pelo CPS em parceria com a Prado - Associação Cultural e a EGEAC.

A exposição do CPS foi dedicada à memória do Mestre serígrafo Rui Alves (1964-2017).

32

36


Edição Rara

A Divina Comédia

lares Poucos exemp disponíveis

com 100 gravuras de Salvador Dalí Edição Portuguesa de 1974 Textos traduzidos por Alexandre O’Neil

Ref. PS35019

Inferno - 34 Gravuras

Purgatório - 33 Gravuras

A edição portuguesa da Divina Comédia ilustrada por Salvador Dalí, é composta por 3 Volumes - Inferno, Purgatório e Paraíso - que contêm no total, 100 xilogravuras impressas em papel BKF Rives. Cada volume contém 33 tercetos e 33 gravuras, com exceção d’«O Inferno» que contém 34 tercetos e igual número de gravuras. Numa média de 35 cores por cada ilustração, gravaram-se à mão, sobre madeira de buxo, cerca de 3500 placas, fazendo desta obra, uma edição rara, de grande riqueza e complexidade. - Data de edição: 1974 / Editor: Diprove - Data e local de realização das gravuras: Atelier Jean Estrade, de 1959 a 1963 - Tiragem: 100 exemplares numerados de 1 a 100 - Dimensão de cada volume: 34,5 x 44,5 cm - Dimensão das gravuras: 33 x 26,5 cm (aprox.) - Todas as gravuras originais contêm a assinatura impressa de Salvador Dalí - Textos traduzidos por Alexandre O’Neill

PVP 7.800€ I Sócios 6.700€ I 25% ded. em quotas

Paraíso - 33 Gravuras

Condições exclusivas para Sócios: 6x 1.116€ I 10x 670€ I 18x 373€

33

36


arte Edições de Arte Contemporânea

TESTEMUNHOS

O CPS é... a Sílvia e o Vítor A Sílvia e o Vítor são Sócios CPS há pouco mais de um ano e contam como uma obra que fez “parar o tempo” foi o “click” para se inscreverem.

São Sócios CPS há quanto tempo? A nossa relação com o CPS é muito recente. Somos sócios apenas há um ano e é nossa intenção continuar a sê-lo por muitos mais, pois tem-nos permitido conhecer e adquirir algumas das magníficas obras dos artistas portugueses e estrangeiros associados ao CPS. O que vos levou a inscreverem-se? Descobrimos o CPS numa feira de exposições em Lisboa. Tínhamos acabado de mudar para uma nova casa mais espaçosa. Como ficámos fascinados com as obras expostas, considerámos que associar-nos ao CPS seria uma excelente opção para podermos ter arte na nossa casa. Na vossa Coleção, quais são as obras preferidas? De todas as obras que já temos da nossa coleção, há uma que representa o início. Quando na feira de exposições vimos a obra da artista Graça Pereira Coutinho, foi consensual que tínhamos de adquirir

a serigrafia com colagem que nos diz que “Desenhar é parar o tempo”. Também apreciar arte é parar o tempo. É percorrer minuciosamente as linhas e as cores das técnicas utilizadas para procurar a mensagem do artista. Por isso, esta é a nossa obra preferida. Que lugar ocupa o CPS na vossa família? A coleção CPS surge como referimos, com a nossa mudança. Descobrimos artistas como a Sofia Areal que nos encantou com as suas flores “nascidas das sementes da alegria” ou como Dominique Coffignier com as suas gravuras. Todas as obras que já adquirimos têm um lugar de destaque na nossa casa. São parte do espaço que partilhamos com a nossa família e com os nossos amigos. Também eles ficam fascinados com estas obras. É engraçado porque param para apreciar os quadros e manifestam-se, dizendo qual é que gostam mais. As nossas mães, inclusivamente, têm por hábito 34

36

perguntar se já temos algum quadro novo. Os nossos filhos, apesar de pequenos, também gostam e,

A serigrafia com colagem de Graça Pereira Coutinho representa o início da coleção do casal. principalmente, de ir connosco escolher as novas obras. Veem a arte de uma forma diferente. Estamos muitos contentes de nos termos associado ao CPS porque deu à nossa casa outra cor e outra vida.


Ref. S888A

OFERTA A NOVOS SÓCIOS

G eração futu ro

Serigrafia de Manuel d’Olivares

G eração futu ro

A CRESCER COM ARTE

Crie uma Coleção de Arte para as gerações futuras, tornando os seus filhos, netos, sobrinhos ou mesmo afilhados, Sócios do CPS em condições exclusivas que lhes são dedicadas:

aOferta de uma serigrafia

aInscrição grátis

Enquanto Sócio CPS, ao inscrever o seu familiar (filho, neto, sobrinho ou afilhado), o mesmo ficará isento do pagamento da jóia de inscrição de 79€.

Na inscrição, o novo Sócio recebe como oferta de boas-vindas, uma serigrafia de Manuel d’Olivares no valor de 295€*.

O sócio familiar proponente deverá ter as quotas em dia.

*Poderá optar por outra obra de validade até 4M entre as Edições de Subscrição do CPS, à escolha.

aMesmo valor da sua quota

O Novo Membro beneficia da sua antiguidade no CPS: o valor da quota do jovem Sócio será idêntico à sua.

G e ração futu ro

A CRESCER COM ARTE

Inscrições Geração Futuro numa galeria CPS ou através do e-mail contacto@cps.pt » Indique o seu Nome e Nº de Sócio

Mais info: Tel. 213 933 260


CENTRO PORTUGUÊS DE SERIGRAFIA www.cps.pt

PARTILHANDO O VALOR DA ARTE DESDE 1985 O CPS é a instituição portuguesa com a mais vasta atividade editorial no campo da Obra Gráfica Original. Pautado pela máxima exigência e qualidade, desenvolve edições de Serigrafia, Gravura, Litografia, Fotografia e Arte digital em ateliers próprios, dirigidas em especial aos seus Sócios que têm assim vantagens exclusivas e acesso privilegiado a centenas de obras de arte. Dos grandes mestres portugueses do século XX, aos jovens artistas emergentes, o CPS segue um modelo editorial eclético e formativo e dispõe de uma coleção ímpar de mais de 2.600 obras de cerca de 550 artistas portugueses e estrangeiros, um verdadeiro documento da arte e da cultura dos nossos dias. Tem partilhado com os seus Sócios exposições individuais de obra gráfica de artistas fundamentais como Picasso, Dalí, Miró, Tàpies, Joseph Beuys, Le Corbusier ou Mimmo Rotella. Representando hoje um selo de garantia de qualidade e autenticidade, fruto da sua experiência de mais de 30 anos, orgulha-se de já ter contribuído para o enriquecimento das coleções de mais de 12.000 Sócios e da promoção da arte portuguesa no exterior, com destaque para a edição “Estampa 2005” onde foi distinguido, entre 95 galerias de 14 países, como a Melhor Galeria do certame.

Ser Sócio CPS Colecionador de Arte INSCRIÇÃO: €79 QUOTA MENSAL: €39 OFERTA DE BOAS-VINDAS: Escolha, totalmente grátis, uma obra equivalente a 6 meses de quotas (6M) e PVP até €395

CPS SEDE

Morada: Rua dos Industriais, 6 1249-023 Lisboa (transversal da D. Carlos I, junto à Ass. República) Tel: 213 933 260 / E-mail: contacto@cps.pt Horário: Seg-Sex: 9h30 - 19h30. Sáb:13h -19h (encerra domingos e feriados) Horário de Verão (Jul-Set): Seg-Sex das 9h30 às 18h30 (encerra ao sábados, domingos e feriados)

CPS no CCB

Morada: Centro Cultural de Belém, Loja 7 Praça do Império, 1449-003 Lisboa Tel: 213 162 175 / E-mail: cpsccb@cps.pt Horário: Todos os dias: 10h - 21h

ATELIER CPS

Morada: Rua dos Industriais, 15 1249-023 Lisboa Tel: 213 930 032 / E-mail: ruialves@cps.pt

COMO FUNCIONA? Através do pagamento da quota mensal no valor de apenas €39,00, o Sócio CPS escolhe e recebe as Obras de Arte da sua preferência, entre as centenas de Edições de Subscrição disponíveis, de acordo com o número de quotas pagas e acumuladas, sem custos adicionais. E sempre nas melhores condições. Por exemplo, se acumulou 4 Meses de quotas, ou seja €156 (4x€39), pode escolher, sem mais custos, uma obra “4M” (obras de valor até €295 PVP) ou seja, poupa assim €139! Nas restantes edições, Edições Extra-Subscrição (na sua maioria obras externas ao CPS e/ou consignações), beneficia de significativos descontos s/ PVP. Nas obras que assim o indicarem, poderá descontar o valor acumulado em quotas. Veja neste exemplo real, as vantajosas opções para Sócios:

RUI ALBERTO – GALERIA ARTE.DESIGN

Representante CPS no Porto 15% de desconto em molduras Morada: Rua D. Manuel II, nº 196 4050-343 PORTO (parque de estacionamento do Palácio de Cristal) Tel: 223 707 318

GALERIA ANTÓNIO PRATES

Morada: Rua dos Industriais, 6 Piso -1 1249-023 Lisboa Tel: 213 571 166 / E-mail: galeria@galeriaantonioprates.com

DESCONTOS EM MOLDURAS PARA SÓCIOS A Moldura 15% de desconto Rua das Francesinhas 23C Lisboa Tel. 213 976 301 Av. Sacadura Cabral, 19 - A/B Lisboa Tel. 217 957 021 Moldura Minuto 10% de desconto Lisboa, Porto, Coimbra, Cascais, Almada Goldframe4art 30% de desconto Estr. da Serra da Mira, 26B São Brás, Amadora Tel: 216 065 693 Mool 10% de desconto Av. Infante Santo, 56 A Lisboa Tel. 213 940 083 Autovidreira 15% de desconto Rua Infantaria 16, nº 91-B Lisboa Tel. 213 880 855 Rua Poço dos Negros, nº 63 Lisboa Tel. 213 901 409 Qta. S. João das Areias, Tv. C - Lt 150A Sacavém Tel. 219 941 272

COMO ESCOLHER? Na revista gratuita “arte”, onde são apresentadas as mais recentes edições, no site www.cps.pt ou diretamente nas instalações do CPS Sede, CPS no CCB, Galeria António Prates ou delegação do Porto, Rui Alberto - Galeria Arte.Design COMO RECEBER? Diretamente nos locais citados ou pelo correio ficando, nesse caso, os portes a cargo do destinatário.

O período mínimo de permanência como Sócio é de 12 meses. Após este período, os Sócios são livres de cancelar a sua inscrição. Se desejarem cancelar mais cedo, deverão pagar antecipadamente o valor total de 12 quotas mensais.


CORPO RAT E Crie uma Coleção de Arte “à imagem” da sua empresa

aSofisticação e distinção aDescontos de quantidade a Edições exclusivas a Assessoria em Arte C OR POR AT E

Tel. 213 933 260 Tlm. Corporate 963 080 964 E-mail: cpscorporate@cps.pt


ANTÓNIO PRATES

VIDA Narrativas Poéticas

Livro de poemas do fundador do CPS, António Prates, ilustrado com mais de 80 desenhos e pinturas, contemplando cerca de 70 artistas portugueses e estrangeiros Prefácio de Ana ZanattI

António Prates - VIDA, Narrativas Poéticas Edição de 500 exemplares, dos quais 250 são assinados e numerados PVP 15€ I Sócios 10€

Edição Especial “Estes textos são o próprio António, no seu lado mais confessional, mais exposto, mais frágil. (...) António, homem criança, adolescente eterno, esbanja ternura, desejo, amor ou paixão sabendo, no seu íntimo, que nenhum deles lhe faltará nunca.” Ana Zanatti

250 exemplares assinados e numerados

CPS arte Inverno 2017-18  

Revista-catálogo que apresenta as mais recentes edições de arte contemporânea do CPS. This catalogue introduces the new contemporary art edi...

CPS arte Inverno 2017-18  

Revista-catálogo que apresenta as mais recentes edições de arte contemporânea do CPS. This catalogue introduces the new contemporary art edi...

Advertisement