Page 1

Jornal do Externato Infante D. Henrique Ruílhe - Braga Número 33 Junho 2009 Director José da Silva Ferreira

oferta

formativa

2009’2010

Ensino Básico (2º e 3º ciclos)

Ensino Secundário

Escola de Verão

- Curso de Ciências e Tecnologias - Curso de Línguas e Humanidades

Ensino Profissional

- Técnico de Multimédia - Técnico de Energias Renováveis - Técnico de Qualidade

Cursos de Educação e Formação de Jovens - Pasteleiro/Padeiro (Tipo 3) - Operador de Electrónica/Domótica (Tipo 2) - Canalizador (Tipo 2) - Reparador de Motociclos (Tipo 2)

Educação e Formação de Adultos

De 6 a 11 de Julho realizou-se a “Escola de Verão”, uma iniciativa que já vai no segundo ano consecutivo. Na “escola de Verão” o Externato Infante D. Henrique recebeu os alunos do 4º ano que vão frequentar o 5º ano na nossa Escola a partir do próximo mês de Setembro. Durante uma

semana participaram em aulas em tudo semelhantes às que vão frequentar a partir de Setembro, bem como numa visita de estudo. No Sábado a escola foi apresentada, pelo Director Pedagógico, aos Encarregados de Educação, tendo havido uma visita às instalações, algumas “oficinas de trabalho” e

actividades que permitiram a interactividade entre alunos, pais e professores. Com esta iniciativa pretende-se facilitar a integração destes novos alunos na nossa Escola e, ao mesmo tempo, conhecê-los melhor contribuindo assim para o seu sucesso educativo.

Braga Romana

última

- Nível básico - Certificação escolar - Nível secundário - Certificação escolar - Formações modulares I FIHT - Noite Mágica no Theatro Circo

Pag. 04

40 anos comemorados em festa

Pag. 07

Fotoanuário 08’09

Pag. 13


2

a escola em acção

FormaçãoINTEGRAL > Jornadas de Formação

O Externato Infante D. Henrique promoveu, de 1 a 4 de Julho, umas Jornadas de Formação Profissional Contínua dirigidas a professores. Pela primeira vez a direcção da escola apostou na formação para melhorar também a interacção no trabalho e a motivação. Esta iniciativa teve como principais objectivos a melhoria pessoal, profissional e institucional da equipa docente responsável pelo ensino, educação e formação dos cerca de milhar e meio de jovens do Externato Infante D. Henrique, de Ruílhe, Braga. No entanto, foi uma iniciativa “sui generis”, considerando a peculiaridade das acções desenvolvidas e o grau de participação do corpo docente: 90 professores que se desdobraram em onze acções de formação. Do programa constaram acções de formação sobre os temas: "A responsabilidade civil das empresas, liderança e comunicação"; “Curso de fotografia e vídeo”; “Pastelaria decorativa: arte com sabor”; “Curso de criação das páginas Web”; “Edição de fotografia”; “Edição gráfica” e “Blogging”. Mas, pela primeira vez, a Direcção da Escola apostou também em acções de formação fora do contexto normal de trabalho, potenciadoras do fortalecimento do sentido de pertença e do espírito de grupo, com o objectivo de melhorar a forma como os docentes interagem e trabalham em conjunto, bem como elevar o nível de motivação. Des-

taca-se, assim, do programa destas jornadas, a organização de três actividades com estas finalidades: “Dinâmicas de condução de grupo - Workshop de Terapia do Riso”; “Técnicas de defesa pessoal” e “Team Building Alfacoop: dinâmicas de grupo”. Cerca de 20 professores estiveram também presentes na sessão de “Técnicas de Defesa Pessoal” realizada a 3 de Julho. Mas foi no sábado, dia 4 de Julho, que se mobilizaram mais professores para a formação outdoor intitulada “Team Building Alfacoop” que teve lugar no Complexo Turístico de Rilhadas, Fafe. Aqui, a instituição responsável pela dinamização da acção – a Psicomagna – desenvolveu múltiplas actividades desafiantes e de divertimento: jogos de estratégia, orientação com trilho, Pontes Himalaias, voleibol, karting, entre muitas outras. Foi um dia repleto de adrenalina, de boa disposição, de espírito de equipa, de companheirismo, onde muitos puseram em prática conhecimentos adquiridos no workshop sobre terapia do riso, acreditando todos que, de facto, os níveis de motivação e o espírito de equipa saíram reforçados.

Muito riso, muito siso O workshop de “Terapia do Riso” foi orientado por Paulo Amadeu Morais. Licenciado em Matemática, este formador lecciona no ensino público e privado. É mestre em Associativismo e Animação Sóciocultural, animador e formador em animação pelo Riso, certificado pelo fundador do Yoga do Riso (Dr. Madan Kataria). Paulo Morais propôs aos cerca de 40 formandos diferentes dinâmicas de grupo, que utilizaram como pano de fundo o riso. Assim, conseguiu criar reciprocidade com os formandos através de momentos descontraídos, facilitadores da comunicação e assimilação de conteúdos. A boa-disposição e a sensação de bem-estar foram a tónica presente nesta dinâmica.


a escola em acção

3

40 anos comemorados em festa > Aniversário da nossa Escola

A nossa escola comemorou o seu 40º aniversário no dia 24 de Abril, com uma grande festa de dança e música, alusiva aos anos 70, dado tratar-se de uma década de forte implantação do Externato Infante D. Henrique. Refira-se que os 2000 lugares do Pavilhão Gimnodesportivo da escola foram totalmente ocupados. Do programa da comemoração constou, na primeira parte, a actuação de crianças dos Jardins de Infância de Couto de Cambeses, Nine, Bastuço S. João e Bastuço Sto Estêvão, orientadas por professores do Externato

que coordenam actividades extra-curriculares nestes estabelecimentos de ensino. A segunda parte foi abrilhantada por alunos do Núcleo de Dança Moderna da escola, por professores do Externato e do 1º Ciclo, que interpretaram diferentes números de dança ao som da música dos anos 70, com especial destaque para o sucesso musical do momento: os ABBA. No final da festa cantaram-se os parabéns, o Director Pedagógico fez o discurso de encerramento e “abriu” o bolo que foi distribuído a todos os presentes.

> Torneio de Futsal Realizou-se, no dia 6 de Junho, no nosso Pavilhão Polidesportivo, o Torneio de FUTSAL comemorativo dos 25 anos da Alfacoop. O torneio decorreu entre as 9 e as 18.00 horas. Esta actividade foi organizada pelo Departamento de Educação Física.

No torneio participaram 12 equipas, oriundas da área da escola. Os jogadores inscritos eram alunos, ex-alunos, professores e encarregados de educação. As equipas evoluiram no tapete perante um público entusiástico, proporcionando espectáculos de

bom recorte táctico e técnico. O mais importante desta iniciativa foi o convívio proporcionado e a oportunidade de rever, em muitos casos, velhos amigos e conhecidos. No entanto,registe-se que o grande vencedor do torneio foi “A Loja Zé do Casal / JAS”.

Encontro de Gerações

Três concelhos na origem da nossa escola A par da celebração do 25º aniversário da cooperativa Alfacoop, (entidade proprietária do Externato Infante D. Henrique), a nossa escola comemorou também este ano o seu 40º aniversário. De facto, a origem do Externato Infante D. Henrique remonta ao ano lectivo 1968/1969, com a entrada em funcionamento de um Posto de Recepção Particular da Telescola, única alternativa de educação e ensino para as crianças e jovens das freguesias limítrofes, periféricas, rurais e isoladas dos concelhos de Braga, Barcelos e V. N. de Famalicão, freguesias estas que estão na base do actual território educativo da Escola.


4

adestaque escola em acção

> Lotação esgotada no I FIHT Festival Internacional Henriquino de Tunas O Festival Internacional Henriquino de Tunas serviu para assinalar o 20º aniversário da Tuna, o 40º aniversário do Externato Infante D. Henrique e o 25º Aniversário da Alfacoop, Cooperativa de Ensino.

Noite mágica no Theatro Circo

O I FIHT (Festival Internacional Henriquino de Tunas), organizado pela Tuna Académica do Externato Infante D. Henrique, no dia 13 de Junho, foi um verdadeiro sucesso. Os 900 lugares do Theatro Circo, de Braga, esgotaram e o público assistiu a um memorável Festival de Tunas que serviu para assinalar o 20º Aniversário da Tuna da Alfacoop e o 25º Aniversário desta Cooperativa de Ensino. A concurso

apresentaram-se a Tuna da Universidade Portucalense do Porto – Infante D. Henrique, a Tuna Académica da Universidade de Évora, a Tuna de la Universidad de Léon, de Espanha, e a Tuna de Medicina do Porto. No entanto, antes do concurso, o Festival foi aberto pela Tuna anfitreã, seguindo-se um curto discurso do Presidente da Direcção da Alfacoop e do Director Pedagógico da Escola, Dr. José

Ferreira. O espectáculo continuou com a actuação da Atituna – Tuna Feminina da Faculdade de Psicologia e de Ciências de Educação da Universidade do Porto, uma das tunas convidadas, além da tuna madrinha, a Tuna Universitária do Minho, que actuou imediatamente antes do fecho do espectáculo, que esteve a cargo da Tuna Académica do Externato Infante D. Henrique. No final distribuíram-se os

prémios decididos pelo júri presidido por Abel Gonçalves, Magister da Tuna Académica do Externato Infante D.Henrique: Melhor Solista – Tuna de la Universidad de León; Melhor Instrumental “Dedos de Ouro” – Tuna de Medicina do Porto; Melhor Pandeireta – Tuna de Medicina do Porto; Melhor Porta Estandarte – Tuna Académica da Universidade de Évora e Tuna Vencedora do I FIHT – Tuna de Medici-

na do Porto. Refira-se, finalmente, que os troféus foram desenhados por Abel Gonçalves e executados pela conceituada artista ceramista de Barcelos, Júlia Ramalho. Na organização do Festival, a Tuna contou com o imprescindível apoio não só da Escola mas também da Câmara Municipal de Braga e do Theatro Circo, bem como de várias empresas da região.


a escola em destaque acção

Tunos

5

20 anos bem vividos Testemunho do Director Pedagógico

animaram as ruas de Braga Cumprindo a tradição dos Festivais de Tunas, as Tunas participantes no I Festival Internacional Henriquino de Tunas animaram as ruas do centro da cidade de Braga na tarde do Festival, no passado 13 de Junho. Tudo começou com um almoço/ convívio no Largo do Paço em que a primeira atracção foi um “porco no espeto”, um trabalho de profissio-

Sempre a crescer

nais que retemperou as forças dos Tunos, alguns dos quais fizeram centenas de quilómetros para chegar a Braga. A “super bock” deu uma ajuda tanto mais que o dia estava quente. O tempo foi preenchido com constantes canções das Tunas ou, simplesmente, de grupos de Tunos. O público esteve sempre presen-

te, visivelmente satisfeito, por esta prenda inesperada. Antes das últimas afinações do som e da luz, já no Theatro Circo em contagem decrescente para as 21 horas, ainda houve tempo para mais algumas actuações informais em frente à Arcada. E mais uma vez, as Tunas receberam os mais que merecidos aplausos do público.

A Tuna Académica do Externato Infante D.Henrique foi fundada em 1989 e era então constituída por professores, alunos e funcionários. De um passatempo de um grupo de amigos, a tuna, impulsionada pelo Magister Abel Gonçalves, foi crescendo e foi-se assumindo como um projecto musical de qualidade, onde a ligação à comunidade, a ocupação sadia dos tempos livres dos estudantes e a preservação das tradições foram sendo valores marcantes deste projecto. Em 1993 grava a primeira cassete e em 1994 o primeiro CD de originais intitulado “Por mares nunca dantes navegados”. Nestes 20 anos de história a Tuna de Ruílhe conta no seu currículo com actuações em vários pontos do país e no estrangeiro, tendo arrecadado muitos prémios em festivais de Tunas, cujo mais recente foi o Festival de Tunas Mistas da ESTeS Coimbra, em Março, intitulado “FAST’À NOITE”. Neste festival a Tuna arrecadou o prémio “Dedos de Ouro”, destinado a premiar o Melhor Instrumental e ainda o prémio de “Tuna Mais Mista”, que confirmou a Tuna Académica do Externato Infante D. Henrique como aquela que melhor partido tirou do facto de ser uma Tuna Mista, premiando a intervenção de elementos de ambos os sexos, nomeadamente na distribuição de instrumentos pelos seus elementos.

A Tuna Académica do Externato Infante D. Henrique celebra com este Festival Internacional de Tunas, realizado no mais nobre espaço de espectáculos da cidade de Braga – o Theatro Circo -, o 20º aniversário do seu nascimento. A Tuna tem, assim, metade da idade da Escola que lhe deu o nome – o Externato Infante D. Henrique – e que está também em tempo de celebração. A Tuna é, com certeza, o mais bem sucedido projecto da nossa Escola. Efectivamente, é preciso muita força de vontade, determinação, teimosia até, para conseguir fazer durar 20 anos um projecto desta envergadura numa escola onde a rotação das gerações é uma inelutável realidade. E não se trata apenas de sobreviver 20 anos. Trata-se de VIVER 20 anos bem vividos, proporcionando no seio da Tuna um saudável e exemplar convívio entre sucessivas gerações, promovendo uma imagem de inegável qualidade transmitida nos inúmeros espectáculos em que participou, divulgando com orgulho o nome da Escola onde nasceu e à qual se encontra fortemente ligada. A Tuna contribuiu e continua a contribuir também para o cumprimento de um dos compromissos do Projecto Educativo: a formação integral dos alunos numa perspectiva ao mesmo tempo pessoal e comunitária. Ser da Tuna é ter, quase obrigatoriamente, horizontes mais vastos. Não é em vão que se enfrenta o público de cima do palco, que se assume que o valor e a qualidade do todo dependem da qualidade da contribuição de cada um. E assim se fomenta o espírito de entreajuda. Mas também o sentido da autoresponsabilidade. E o sentido do equilíbrio entre o individual e o colectivo. Enquanto Director da Escola, cumpro o gratíssimo dever de felicitar a Tuna Académica do Externato Infante D. Henrique por este aniversário. Pelo dia mágico de hoje. Mas também por todos os dias que antecederam este dia e que somam 20 anos. Na verdade, a Tuna e os Tunos, com o Magister Abel Gonçalves à frente e na linha da frente, fazem indelével parte da história dos últimos 20 anos da nossa Escola. Não posso deixar de recordar aqui as deslocações ao estrangeiro em que tive o gosto de os acompanhar e os encontros e os festivais onde a Tuna sempre foi arrecadando merecidos troféus. Mas seria muito injusto se não lembrasse aqui a determinação com que a Tuna e os Tunos me acompanharam em momentos difíceis que, com a nossa Escola e pela nossa Escola, vivi (vivemos) há alguns anos. Alguns hesitaram. Outros estavam assumidamente do “outro lado”. Outros jogaram nas duplas ou até nas triplas. A Tuna não. Soube reconhecer desde logo o lado certo. O lado do Externato Infante D. Henrique. Resta-me desejar que possamos estar todos em festa, daqui a outros tantos anos. Por mim, estaremos. José Ferreira Director Pedagógico do Externato Infante D. Henrique


6

a escola em acção

> Jograis Henriquinos

Estreia Internacional

Após a primeira música da Tuna Académica do Externato Infante D. Henrique e a actuação da atiTUNA, que abriram o espectáculo, seguiu-se um dos momentos mais esperados da noite: a estreia internacional (e nacional!) dos Jograis Henriquinos! E a julgar pela reacção do público, foi muito bem sucedida! Os Jograis animaram o espectáculo com momentos de diversão e hilaridade, recriando, como

é habitual nestas situações, uma sátira à sociedade portuguesa e aos seus temas mais em destaque (desde futebol, passando pela política e outros temas da actualidade) em jeito de comédia e música. Uma estreia em grande e que abre novos horizontes às actuações da Tuna, que de hoje em diante poderá fazer uso de um novo recurso para intervir construtivamente nos temas em voga na nossa sociedade.

A atribuição da

CAPA

Depois de um breve intervalo, a Tuna Universitária do Minho brindou os seus afilhados e os espectadores com uma magnífica actuação e não só! Durante a actuação, dedicaram uma música à Tuna Académica do Externato Infante D. Henrique e tiveram para com ela um gesto de enorme nobreza. Chamando ao palco o Magister e o Relações Públicas da Tuna Académica do Externato Infante D. Henrique – Professor Abel Gonçalves e João Nascimento – a Tuna Universitária do Minho fez questão de, como gesto simbólico e de união entre ambas as Tunas - que só prestigia ambos os intervenientes – atribuir à Tuna Académica do Externato Infante D. Henrique a capa do seu traje! Foi um momento carregado de um enorme simbolismo e emoção, à semelhança do que havia acontecido em 1991, aquando do protocolo que confirmou a Tuna Universitária do Minho como Tuna Madrinha da Tuna Académica do Externato Infante D. Henrique, em que foi imposta a camisa do traje da Universidade do Minho aos nossos Tunos! A partir de hoje, com enorme orgulho, ao traje da Tuna Académica do Externato Infante D. Henrique acrescerá a capa! Um agradecimento especial à Tuna Universitária do Minho.

A nossa Tuna encantou em Coimbra A cidade de Coimbra acolheu nos passados dias 26 e 27 de Março, a 4ª Edição do FAST’À NOITE, Festival de Tunas Mistas da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra, organizado pela Tu Na D’ESTES. O palco do Festival, subordinado ao tema “Disney”, foi o Auditório da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra, contando com a participação das seguintes Tunas a concurso: - Estudantina Universitária de Viseu; - ESTATUNA: Tuna da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes; - Tuna Académica do Externato Infante D. Henrique (Braga); - Desconcertuna: Tuna Mista da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.

O Festival teve início às 22h30 do dia 26, com lotação esgotada. Os 360 lugares sentados foram insuficientes para acolher tanta gente e foram ainda vendidos cerca de 40 bilhetes adicionais a pessoas que não quiseram perder este evento, assistindo ao espectáculo de pé ou sentadas nos degraus do auditório. Segundo a crítica, os espectadores ficaram rendidos pela mistura de várias faixas etárias que integram a Tuna, destacando o seu Magister, pelo seu longo historial e pela grande qualidade e rigor vocal e instrumental na interpretação dos vários temas apresentados. Fomos a Tuna que arrecadou o prémio “Dedos de Ouro”, destinado a premiar o Melhor Instrumental e ainda o prémio de “Tuna mais Mista”.


a escola em acção

7

Caminhada EIDH > 40 anos pela educação A “caminhada EIDH 2009”, realizada no dia 12 de Junho, levou cerca de 800 alunos, professores e funcionários a calcorrear estradas e caminhos das freguesias de Ruílhe, Arentim, Cambeses e Cunha. Este pequeno abraço a uma área do território educativo do Externato Infante D. Henrique iniciou-se às 9.00 horas e saldou-se por um sucesso, desde logo pelo convívio, passando pelo conhecimento do

> Jornadas da Área de Projecto do 12ºano

Dever (bem)cumprido As Jornadas da Área de Projecto do 12º ano, que se realizaram no Externato Infante D. Henrique, nos dias 29 e 30 de Abril, foram uma excelente montra do trabalho que os alunos finalistas do Ensino Secundário desenvolveram ao longo deste ano lectivo, no âmbito da disciplina de Área de Projecto. Tratou-se de uma actividade que constou de stands de exposições de cada grupo de trabalho e do respectivo projecto, num total de 19 projectos dinamizados por 110 alunos sobre temas muito diversificados: “Promoção da Saúde”; “Medicinas Alternativas”; “Voluntariado”; “Idosos”; “Sobredotação”; “Morte Cerebral”; Produção Alimentar e Higiene no Consumo”; “Leucemia”; “Sem Abrigo”; “Comércio Justo”; “Inves-

tigação Criminal”, entre outros. Nestas jornadas, os alunos apresentaram imagens, filmes, panfletos, cartazes e outros recursos alusivos ao trabalho que desenvolveram. A par da exposição, o programa das jornadas contou com palestras, debates, demonstrações, entre muitas actividades organizadas. Destaca-se, neste contexto, uma aula sobre o universo “leccionada” pelo sobredotado da ANEIS, André Roque, com apenas 7 anos de idade; uma palestra sobre medicina alternativa; um colóquio sobre a Cruz Vermelha; uma feira de produtos sobre o comércio justo; um rastreio de saúde e a apresentação do livro “Idosos – Sentir a Vida”. Saliente-se também, neste contexto, a participação de alguns idosos do

Centro Social Padre David Oliveira Martins, de Ruílhe. No encerramento das jornadas - que contou com a actuação de um grupo musical constituído por alunos do 11ºano do Externato - o Director Pedagógico mostrou-se agradado com o trabalho desenvolvido pelos alunos, quer nas jornadas, quer ao longo do ano lectivo, pois foram capazes de concretizar com sucesso as múltiplas actividades planificadas, em que participaram figuras e instituições de reconhecido mérito, tais como o Professor Pinto da Costa, a atleta Rosa Mota, o deputado Duarte Lima, o Secretário Geral do Eixo Atlântico, a Cruz Vermelha, o Centro de Formação do IPO ou o Instituto Português do Sangue, entre outros.

> Promovido pela Associação Juvenil de Ciência

Workshop sobre micro-foguetes O Grupo de Técnicas Aeroespaciais da Associação Juvenil de Ciência deslocou-se à nossa Escola, na tarde de 30 de Abril, para ensinar os alunos a construir micro-foguetes. A adesão ao Workshop, dirigido por quatro formadores foi excepcional: 90 inscrições de alunos que quiseram aprender mais sobre este assunto. A tarde começou com uma explanação teórica acerca da construção dos foguetes, do funcionamento do motor e da física do voo, entre outros conceitos importantes para a segunda fase – a construção. E terminou com a fase mais aguardada, o lançamento, a que assistiram muitos alunos e professores que aplaudiram entusiasmados todos os voos e vibraram com cada um dos lançamentos.

Associação Juvenil de Ciência A Associação Juvenil de Ciência é constituída, exclusivamente, por jovens até aos 30 anos e tem como objectivo promover e divulgar a ciência. Alguns alunos do Externato integram os corpos sociais do Núcleo de Braga. Esta associação, que existe desde 1987, está dividida em sete núcleos: Lisboa, Porto/Gaia, Coimbra, Aveiro, Covilhã, Odemira e Braga. O Núcleo da nossa região está mais activo do que nunca, tendo programado para o ano lectivo de 2008/2009 actividades muito interessantes no âmbito da ciência, entre as quais, um fim-de-semana científico no Gerês e a Reunião Anual da associação que em 2009 decorre em Braga.

meio e terminando no exercício físico que tal iniciativa a todos proporcionou. Mesmo no fim do percurso, os caminhantes puderam retemperar forças no Largo da Senhora do Carmo, em Cunha, rumando à escola, onde os esperava uma relaxante sessão de Tai Chi Chuan. O gigante churrasco e o karaoke foram a cereja que faltava a este bolo.


8

a escola em acção > Dia Mundial da Criança

Mais de mil crianças felizes Um dia diferente O Dia Mundial da Criança foi um dia diferente no Externato Infante D. Henrique, de Ruílhe, Braga. Para isso, a Direcção da escola definiu um programa de actividades que envolveu, não só os alunos do 2º Ciclo, mas também cerca de 800 crianças provenientes das escolas do 1º Ciclo e Jardins de Infância do seu Território Educativo (Arentim, Ruílhe, Tebosa e Cunha, do concelho de Braga; Nine, do concelho de V.N. de Famalicão e Bastuço Sto Estevão, Bastuço S. João, Sequeade e Cambeses, do concelho de Barcelos), perfazendo um total de quase 1100 crianças.

A comemoração do Dia Mundial da Criança no dia 1 de Junho, foi, mais uma vez, uma grande festa com muitas actividades lúdicas e pedagógicas. As crianças foram recebidas na escola às 9 horas, ao som dos Bombos do Infante, sendo depois encaminhadas para os diferentes espaços de educação e animação. Este ano houve algumas novidades interessantes para a pequenada: Alfíadas, jogos de habilidades motoras e jogos tradicionais; Teste de Segurança Rodoviária e Jogo de Prevenção Rodoviária, em que os alunos puderam “tirar” a Carta de Segurança Rodoviária Infante D. Henrique e Ateliê

Bolacha Kids, onde provaram bolachas confeccionadas pelos formandos do curso de Pastelaria e Panificação. Como habitualmente não faltaram os espaços de criatividade, tais como o Ateliê de Pintura, o Ateliê Magia de Papel, o Ateliê de Modelagem, um espectáculo multimédia, pelo Clube de Teatro, e os espaços dedicados a actividades experimentais e de educação ambiental, através de um mini Pedi Paper do Ambiente. Nos “Momentos de Matemática”, as crianças experimentaram jogos didácticos de cálculo e raciocínio mas também não faltou nesta festa das crianças a

“karaokemania”, “histórias de encantar”, jogos de computador em ecran gigante, Ludoteca e Ecoteca e o Ateliê Circuitos Eléctricos dinamizado pelos formandos do Curso de Educação e Formação de Electricista de Instalações. Cerca do meio-dia, a Dança Aeróbica concentrou todas as crianças junto ao Pavilhão Gimnodesportivo da escola para a actividade “No Trilho da Dança Aeróbica”. A comemoração do Dia Mundial da Criança terminou no Externato Infante D. Henrique com uma largada de balões e, finalmente, o almoço no Pavilhão Gimnodesportivo da escola.

Mostra Pedagógica Divulgámos a nossa escola numa verdadeira feira de projectos, iniciativas e de experiências,promovida pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, nos finais de Abril A Mostra Pedagógica teve como finalidade principal a divulgação da oferta educativa e formativa no concelho e contou ainda com a participação de diversas entidades com interesse nesta área. No recinto da Mostra esteve montado um palco, pelo qual passaram diversas escolas, associações e instituições educativas.

De destacar, no nosso Stand, a divulgação do Projecto Pedagógico “Momentos de Matemática”, uma iniciativa do nosso colega Carlos Magalhães Costa, que suscitou o entusiasmo dos mais novos. Ao longo do certame estiveram presentes alunos e professores de Oficina de Artes e de Educação Visual. Os trabalhos em papel tive-

ram também um grande sucesso, particularmente os cravos vermelhos alusivos a Abril que foram profusamente distribuídos. Os Formandos do Curso Profissional de Vendas participaram activamente na divulgação da oferta educativa e formativa da nossa Escola.

Por sua vez, os Formandos do Curso de Educação e Formação de Padaria/Pastelaria deliciaram os visitantes com doces produzidos no âmbito das suas actividades formativas. No final da Mostra, o Dr. Leonel Rocha, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famali-

cão, deslocou-se ao Stand para agradecer a nossa participação e proceder à entrega de um Diploma e outras lembranças alusivas à Mostra Pedagógica, entre as quais uma escultura produzida pela Fundação Castro Alves, de Bairro, Vila Nova de Famalicão.


a escola em acção

9

> 14º Encontro reuniu 350 antigos alunos nas instalações da escola

ANTIGOS ALUNOS homenageiam professores A Associação de Antigos Alunos do Externato Infante D. Henrique conseguiu, no dia 23 de Maio, um número recorde de participação, no 14º Encontro de Antigos Alunos.

Encontro de gerações

Para a Presidente da Associação de Antigos Alunos, Isabel Ferreira, este encontro fica também marcado pelo convívio e encontro de gerações: juntaram-se, neste encontro, pais e respectivos filhos, antigos alunos da escola, bem como alguns dos alunos que constituíram as primeiras turmas na fundação da escola e alunos que saíram recentemente da escola.

Ao todo juntaram-se nas instalações do Externato 350 ex-alunos para conviver e partilhar experiências passadas e presentes, quer com ex-colegas, quer com professores da escola. O encontro deste ano fica marcado por várias iniciativas, das quais se destaca o descerramento de uma lápide afixada junto à sala de professores, numa homenagem que os antigos alunos quiseram prestar aos seus professores. Nesta cerimónia, além dos ex-alunos, marcaram também presença muitos professores, a Presidente da Associação de Antigos Alunos, Isabel Ferreira, e o Director Pedagógico. No seu curto discurso, o Director Pedagógico agradeceu, em nome dos professores, este “gesto de carinho” dos antigos alunos num contexto em que é urgente reconhecer socialmente os professores e prestigiar a profissão docente”, referiu. O convívio, no entanto, iniciou-se às 17:30 horas no pavilhão Gimnodesportivo da escola com jogos de futebol de equipas masculinas e femininas formadas por antigos alunos e professores que foram abrilhantados pelo Grupo de Bombos do Infante. Seguiu-se o jantar no Auditório da escola animado com várias actividades, tais como as danças de salão, karaoke e a animação inconfundível de um convidado especial: Ludgero, finalista do conhecido programa de televisão “Operação Triunfo” . Numa breve alocução, antes da sobremesa, o Director Pedagógico, Dr. José Ferreira, recordou que este convívio assume uma importância acrescida neste ano em que o Externato Infante D. Henrique celebra 40 anos de existência e a Cooperativa Alfacoop comemora o 25º aniversário da sua constituição. Por isso, apelou aos antigos alunos para que passem frequentemente pela escola onde “são sempre bem-vindos e para que sejam seus embaixadores em todas as circunstâncias”.

> Alunos do 12º ano deixam saudades

Baile de Finalistas emotivo

9º ANO

DOS ALUNOS DO

ALMOÇO CONVÍVIO

Realizou-se, no dia 5 de Junho, nas instalações da nossa escola, o Jantar e Baile de Finalistas. Uma actividade que contou com o charme e a elegância dos alunos do 12ºano, que se despediram dos colegas e dos professores, numa festa cheia de requinte e boa disposição. O jantar teve início às 20 horas, no grande auditório da escola, e abriu com um breve mas emotivo discurso do Director Pedagógico. O Dr. José Ferreira felicitou os alunos não só pela sua presença nesta actividade promovida pela Direcção da Escola, mas também pelo seu brilhante desempenho, quer a nível curricular quer extra-curricular, com destaque para a Área de Projecto, em que organizaram actividades de elevada qualidade, com um forte impacto na comunidade educativa. Deste modo, José Ferreira fez questão de salientar que “vocês irão deixar saudades na escola”. Seguiu-se o jantar e o baile que foi aberto com uma valsa interpretada por alunos e professores. A festa dos finalistas terminou com fogo-de-artifício e muita música, onde todos quiseram dar um pezinho de dança. No final, cortou-se o bolo dos finalistas e fizeram-se as despedidas de colegas e professores, com muita emoção e algumas lágrimas à mistura. À semelhança do que tem sido feito em anos anteriores, também este ano os nossos alunos do 9ºano participaram num Almoço - Convívio na cantina da nossa Escola, que se realizou no passado dia 9 de Junho. Participaram, neste convívio, os alunos e Directores de Turma do 9º ano de escolaridade, a Direcção Pedagógica e Administrativa, assim como outros professores da Escola. O Director Pedagógico aproveitou para dar os

parabéns aos alunos por terem conseguido chegar com êxito ao final do 3º ciclo e desejou-lhes felicidades e um bom desempenho nos exames nacionais que se aproximam. Por fim, chamou a atenção destes jovens para o facto de que, no contexto do princípio da aprendizagem ao longo da vida, nunca nos sentimos verdadeiros “finalistas”. Em dia de festa, os alunos apoiaram e aplaudiram entusiasticamente a participação dos co-

legas, nos números preparados e apresentados por cada turma. A animação cultural e recreativa decorreu ao longo da tarde. No final, foram entregues fotografias das turmas com dedicatórias dos Directores de Turma. Muitos alunos aproveitaram para pedir autógrafos aos colegas e aos professores. Não faltaram risos e lágrimas de alegria na “despedida” do Básico.


10

adestaque escola em acção

> VI FORUM Necessidades Educativas Especiais na Alfacoop

Flexibilizar e contextualizar os currículos O VI FORUM Necessidades Educativas Especiais que teve lugar no dia 22 de Abril, no Externato Infante D. Henrique, contou com a presença de investigadores do ensino superior público que reflectiram com docentes dos vários ciclos do ensino e técnicos de várias áreas de especialização a temática da sobredotação e das Necessidades Educativas Especiais na matemática. Nesta sexta edição organizada pelos serviços de Psicologia da nossa escola, estiveram presentes aproximadamente uma centena de pessoas que se manifestaram ávidas de conhecimento neste domínio e que manifestaram o seu agrado pelas apresentações feitas. O programa, cujo título apontava para os “Percursos extremados de (in) sucesso na Matemática” desenvolveu-se em dois painéis. O primeiro painel contou com a presença do Doutor Alberto Fernando Moreira da Rocha, psicólogo e coordenador do Programa de Enriquecimento no Domínio das Aptidões, Interesses e da Socialização (PEDAIS), da ANEIS Porto e do Projecto de Investigação da Sobredotação e do Talento em Alunos do 1º Ciclo (PISTA), no Agrupamento de Escolas de Miragaia do Porto. O conferencista apresentou este projecto, nas suas várias fases, sensibilizando os presentes para a necessi-

dade de reorganizar, diferenciar, flexibilizar e contextualizar os currículos escolares, em função das características da sua população alvo, de forma a desenvolver sistemas escolares atentos à diversidade e às especificidades destes alunos, afastando os cenários de insucesso escolar como forma de potenciar os índices de sucesso e contribuir para facilitar os níveis de integração social nos alunos com características de Sobredotação e Talento. Seguidamente, a Doutora Lúcia Miranda, psicóloga e coordenadora do Programa de Enriquecimento no Domínio das Aptidões, Interesses e da Socialização (PEDAIS), da ANEIS Vale do Sousa e Tâmega, fez o enquadramento dos alunos sobredotados na legislação actual, referindo os Modelos teóricos de Renzulli, de Gagné e da Tríade de Enriquecimento como mentores do Projecto Odisseia, que presentemente está

a implementar junto de alunos com altas habilidades, num contexto educativo. Este painel foi moderado pelo Professor Doutor Leandro da Silva Almeida, pró-reitor da Universidade do Minho, que alertou os presentes para o risco em que as crianças com características de sobredotação se encontram nos diversos contextos em que actuam. O segundo painel foi iniciado pelo Prof. Doutor João Arménio Lamego Lopes, Director dos Doutoramentos e Mestrados em Psicologia da Universidade do Minho, investigador na área dos problemas de comportamento, especificamente na hiperactividade/ problemas de comportamento e organização e gestão de sala de aula. O investigador abordou os estudos em curso sobre a tipologia de erros na resolução de algoritmos, alertando para a transversalidade da leitura na resolu-

ção de problemas. Aludiu, ainda, ao facto do conhecimento matemático se distribuir numa curva normal e, por conseguinte, os conceitos de Necessidades Educativas Especiais e de discalculia serem erroneamente aplicados nesta área do conhecimento. Pedro Rosário, psicólogo e professor do Departamento de Psicologia da Universidade do Minho e membro do conselho científico de várias revistas nacionais e internacionais (Psicothema; Sobredotação; Aula Abierta; Psicologia e Educação; Psicologia, teoria, investigação e prática), apresentou o tratamento estatístico que está a ser feito no âmbito de uma investigação que tem por objectivo analisar percursos extremados de (in)sucesso no 6º e 9º anos de escolaridade, em várias escolas, relevando a importância que assumem algumas variáveis no desempenho dos alunos na matemática.

> 5ºD e 6ºD foram os grandes vencedores

Jogos Matemáticos 6ºano percorre Serra do Gerês > Pelo Ambiente

No dia 15 de Junho, no Auditório da cantina, os alunos do 5º e 6ºanos participaram, com grande entusiasmo e motivação, na actividade “Jogos Matemáticos” organizada pelos Departamentos de Matemática e Informática da nossa escola. A actividade iniciou-se às 8h30m para os alunos do 5º ano e, para os alunos do 6º ano, às 11h. Cada ano participou em sete jogos cujos participantes foram sorteados antes de cada jogo. Alguns dos jogos efectuados foram o “jogo das joaninhas”, “jogo de geometria”, a construção de dois “puzzles”, “jogo do 24”, “triângulo mágico”, “quadrado mágico”, entre outros. As turmas vencedoras foram o 5ºD e o 6ºC. Aqui ficam os parabéns a todos quantos participaram nesta actividade!

Com o objectivo de sensibilizar os alunos para as questões relacionadas com a protecção do meio ambiente, com a preservação e protecção das espécies, e perspectivando a compreensão e o respeito pela Biodiversidade, no dia 19 de Junho, pelas 10.00h, 140 alunos do 6º ano realizaram uma caminhada entre S. João do Campo e a Casa da Junceda. A actividade foi organizada pelos professores de Ciências da Natureza e de Área de Projecto, tendo em consideração os conteúdos programáticos da disciplina abordados durante o ano lectivo, assim como concretizar os objectivos delineados e traçados no desenvolvimento de alguns temas abordados em Área de Projecto. Durante a caminhada, os alunos recolheram alguns elementos documentais que evidenciavam características das áreas visitadas (fauna, flora, rochas, relevo, …) e o impacto ambiental produzido pela acção humana,

por forma a que no futuro possam discutir e reflectir sobre os dados recolhidos e os analisem, permitindo, deste modo, a fundamentação das questões relacionadas com a sustentabilidade ambiental. Concluída a caminhada e chegada a hora do almoço, fez-se um piquenique/convívio junto à Casa da Junceda. Na parte da tarde, os alunos visitaram a Barragem de Vilarinho das Furnas e observaram, em S. João do Campo, cursos de água límpidos e transparentes que “alimentam” o Rio Cávado e o Rio Homem. A organização, Professores Rui Leite e José Alberto, agradecem aos Professores: Ana Vilaça, Hermenegildo Guimarães e Faustino Vilaça, e à Funcionária, Marta Vaz, a sua participação e colaboração imprescindível para que esta actividade fosse concretizada com êxito. Um obrigado a TODOS. Prof: Rui Leite e José Alberto


fotoanuário 2 0 0 8 ’ 2 0 0 9


12

turmas 2008/2009

5ºA

5ºC

5ºE

Abílio Miguel Ferreira, Adriana Cristina Araújo, Ana Catarina Neves, Ana Rita Ribeiro, Ana Rita Araújo, Bárbara Pinheiro Freitas, Bruno Miguel Carreiras, Catarina Fátima Meira, Catarina Raquel Silva, Cristiana Rodrigues Vilaça, Cristiana Rosa Teixeira, Daniel Araújo Silva, Florian Otto Günzel, Gabriela Ferreira Cardoso, Helena Isabel Santos, Inês Carolina Gonçalves, Jéssica Sofia Pereira, José João Aaraújo, José Manuel Campos, Marcos Joel Araújo, Mariana Filipa Silva, Pedro Henrique Cruz, Pedro Miguel Cunha, Raquel Marques Granja, Ricardo José Ferros, Sara Albina Vieira, Soraia Catarina Oliveira, Yulia kosintseva Directora de Turma: Filomena Carvalho

Ana Isabel Peixoto, Ana Luísa Silva, Ana Margarida Madureira, Anabela Pereira Miranda, Carina Daniela Silva, Catarina Barbosa Pinheiro, Catarina Dores Silva, Débora Rafaela Araújo, Diana Vilaça Cardoso, Emília Raquel Araújo, Ernesto Daniel Sá, João Paulo Ribeiro, Laura Cristiana Fernandes, Maria Daniela Martins, Maria Isabel Silva, Marisa Barbosa Pinheiro, Marta Alves Vilela, Mónica Soraia Oliveira, Nuno Emanuel Martins, Paula Cristina Fernandes, Paulo Pereira Teixeira, Pedro Joaquim Macedo, Rafael Filipe Martins, Rúben João Moreira, Rui Pedro Costa Director de Turma: José Alberto Pereira

Ana Catarina Rodrigues, Ana Cristina Sousa, António Gonçalo Silva, Bruna Filipa Oliveira, Bruno Miguel Costa, Cidália Manuela Pereira, Cristiana Rafaela Pereira, Jéssica Carolina Gomes, Joana Margarida Camacho, Joana Pinto Barbosa, João Pedro Oliveira, João Rafael Mendes, José António Silva José Filipe Cunha, José Paulo Silva, Laís Miguel Costa, Liliana Raquel Mendes, Luís Carlos Cunha, Luís Ricardo Teles, Madalena Maria Santos, Maria Catarina Gonçalves, Maria Carmo Santos, Melissa Cláudia Gomes, Nélson Diogo M Teles, Pedro Alexandre Pereira, Rui Filipe Faria, Samuel Filipe Gomes Director de Turma: Faustino Vilaça

5ºB

5ºD

5ºF

Álvaro Augusto Pinheiro, Ana Catarina Oliveira, Ana Francisca Carvalho, Ana Rita Quinteiro, André Costa Almeida, André Rodrigues Fernandes, Bruna Raquel Gonçalves, Catarina Adelaide Miranda, Catarina Alexandra Campos, Fernando José Machado, Helena Antunes Silva, Inês Araújo Monteiro, Isabel Maria Maia, Luís Carlos Araújo,Luís Filipe Vieira, Maria Alice Alves, Mariana Cerqueira Oliveira, Mónica Alexandra Cerqueira, Pedro Miguel Moura, Rafael Romeu Simões, Ricardo Filipe Morais, Ricardo Oliveira Santos, Rui Filipe Campos, Rui Pedro Silva, Sara Isabel Amorim, Sónia Raquel Silva, Taína Zehor Zouakou Directora de Turma: Olinda Barros

Alexandre José Barbosa,Ana Catarina Pereira,Ana Catarina Ferreira,Ana Patrícia Martins,AndreiaCristina Ferreira, Ângela Catarina Ramos, Bruno Eliano Soares, Carolina Conceição Pinto, Filipa Silva Serino, Gustavo Filipe Mesquita, Henrique Monteiro Costa, Inês Carolina Antunes, Isa Mara Dantas, Isac Oliveira Pereira, Joana Filipa Barros, João Luís R Cardoso, José Carlos Barbosa, Júlio Manuel Martins, Lara Ferreira Campos, Luís Miguel Vilaça, Mariana Gonçalves Silva, Miguel Alexandre Peixoto, Paulo Alexandre Sampaio, Pedro Filipe Almeida, Sara Almeida Silva, Sara Maria Ramoa, Tiago Fernandes Botica, Tiago Pinto Ferreira. Director de Turma: Rui Leite

Bruno Daniel Ferreira, Bruno Ricardo Ferreira, Cassiano Ricardo Martins, Catarina Madalena Pereira, César David Casanova, Daniel Filipe Ferreira, Daniela Andreia Castro, Fernando Gabriel Ribeiro, Henrique Manuel Araújo, Jéssica Alexandra Costa, Jéssica Lopes Barbosa, José Filipe Carvalho, José Pedro Martins, Lídia Inês Leal, Luís Carlos Cunha, Marina Sofia Cruz, Patrícia Isabel Ferreira, Paulo Jorge Castro, Pedro José Gomes, Pedro Manuel Grenha, Pedro Miguel Cruz, Susana Isabel Martins,Tiago Joaquim Oliveira, Vítor Daniel Sampaio. Directora de Turma: Félix Barbosa


turmas suplento 2008/2009 - 1º ciclo

5ºG

6ºB

6ºD

Ângelo Filipe Rocha, Ana Francisca Costa, Bruno Miguel Araújo, Catarina Filipa Faria, Daniel Alexandre Coutinho, Eduardo Moreira Fernandes, Gonçalo Martins, Gonçalo Nuno Pereira, Inês Mota Ferreira, Inês Silva Freitas, João Carlos Henriques. João Marcelo Araújo, João Paulo Silva, João Paulo Faria, José Carlos Ferreira, José Pedro Carvalho, Liliana Isabel Machado, Luana Faria Ribeiro, Luís Miguel Pinto, Luísa Veiga Kraemer, Miguel Ângelo Ferreira, Natália Araújo Santos, Pedro Miguel Ferreira, Pedro Miguel Ferreira, Renata Luísa Araújo,Rodrigo Rocha Borges, Sara Luísa Silva, Sara Patrícia Miranda, Tiago Vilaça Oliveira Directora de Turma: Maria do Sameiro Noversa

Catarina Liliana Vilaça, Cátia Marlene Cardoso, Cátia Raquel Campos, Daniela Filipa Laranjeira, Diogo Ferreira Guimarães, Diogo Filipe Silva, Diogo Salvador Oliveira, Fernando Rafael Lamego, Filipe Rocha Apolinário, Flávia Margarida Lamego, Igor Afonso Rocha, Inês Oliveira, Inês Santos Oliveira, João Carlos Silva, José Marcelo Pinheiro, Manuel António Ribeiro, Maria Adelina Almeida, Mário Alexandre Silva, Mauro Filipe Silva, Miguel Ferreira, Pedro Alexandre Faria, Raquel Moreira, Ricardo João Ferreira, Sara Isabel Freitas, Tiago Alexandre Ferreira. Directora de Turma: Conceição Costa

Ana Isabel Silva, Andreia Rafaela Silva, Bruno Alexandre Pereira, Bruno Vilaça, Carlos Alexandre Carvalho, Carlos Alexandre Ferreira, Carlota Maria Pereira, Catarina José Soares, Cidália Sofia Costa, Diogo André Fernandes, Eva Sá, Eva Cristina Antunes, Fernando Cláudio Carvalho, Gabriela Sousa, Gonçalo Costeira, Hugo Alexandre Oliveira, Inês Jesus Fernandes, Joana Margarida Gandarela, João Silva, Louis Henri Gruniaux, Lyudmyla Kovtun, Miguel Ângelo Pereira, Pedro Filipe Faria, Pedro Joel Borges, Rafael Augusto Ferreira, Rafael Silva, Rodrigo Coelho. Directora de Turma: Ana Vilaça

6ºA

6ºC

6ºE

13

Ana Margarida Araújo, Ana Rita Braz, Carina Raquel Dantas, Carla Patrícia Ribeiro, Cátia Daniela Sousa, Cláudia Margarida Ferreira, Dennis Fernandes Silva, Diana Patrícia Ramos, Diogo Brito Barbosa, Henrique Lima, Hugo Rafael Lima, João Paulo Barbosa, Joaquim Manuel Oliveira, Lionel Gomes, Miguel Ângelo Pinto, Nuna Barbosa, Nuno Miguel Vale, Paulo Alexandre Rocha, Pedro Nuno Costa, Rui Pedro Silva, Simone Mano. Directora de Turma: Luísa Santos

Adriana Patrícia Ferreira, Alícia Barbosa, Ana Catarina Oliveira, Ana Catarina Soares, Ana Rita Martins, Andreia Ferreira, Bárbara Alexandra Ramos, Bruno Dinis Barbosa, Carlos Cristiano Ferreira, Carolina Filipa Vilaça, Cristina Filipa Gomes, Daniela Cristina Soares, Diana Filipa Araújo, Inês Pinto, Joana Filipa Costa, João Filipe Oliveira, João Pedro Simões, José Carlos Pinto, Leonel Alexandre Couto, Luís Henrique Leal, Marta Sofia Cunha, Nuno Miguel Silva, Rafaela Filipa Carvalho, Renato Filipe Gomes, Sofia Alexandra Silva, Soraia Daniela Cerqueira, Tânia Alice Faiscas. Director de Turma: Hermenegildo Guimarães

Adriana Filipa Silva, Afonso Henrique Borges, Albino Eduardo Faria, Alexis Vilaça, Ana Raquel Pinheiro, Ana Rita Fernandes, Bruna Catarina Faria, Bruno Miguel Silva, Carlos Alberto Pinto, Cláudia Patrícia Silva, Francisco Oliveira, Helder Fernandes, Inês Duarte, Joana Filipa Oliveira, João Pedro Pinheiro, Lucas Manuel Barbosa, Luís Miguel Rodrigues, Marco Paulo Gomes, Mário Bruno Matos, Marta Cecília Amorim, Nuno Duarte Machado, Pedro Jorge Pereira, Pedro Tiago Freitas, Rui Pedro Pinto, Vânia Daniela Cunha. Director de Turma: Carlos Costa


14

turmas 2008/2009

6ºF

7ºA

7ºC

Adriana Patrícia Ferreira, Ana Alexandra Neves, Ana Lúcia Paulo, Ana Margarida Rodrigues, André Luís Santos, André Ferreira, Bruno Alexandre Macedo, Célia Sofia Araújo, Diogo Miguel Silva, Diogo Silva, Flávia Alexandra Costa, Inês Martins, Joana Raquel Cunha, Joana Rita Dinis, José Nuno Maia, Luís Miguel Martins, Miguel Pereira, Raí David Silva, Sara Raquel Lopes, Vítor Manuel Carvalho. Directora de Turma: Cândida Velho

Alice Amorim, Ana Isabel Novais, Ana Rita Barbosa, Anabela Ferreira, António Arantes, Carolina Baptista, Catarina Azevedo, Cátia Marisa Oliveira, César Eduardo Silva, Cláudia Oliveira, Daniela Macedo, Diogo Dias, Duarte Ribeiro, Gabriel Pinheiro, Higor Morais, Joana Ferreira, João V. Boas, Jorge Silva, Jorge Miguel Fonseca, José Luís Carvalho, Juliana Ferreira, Liliana Faria, Luís Manuel Silva, Maria Jesus Dias, Miguel Silva, Pedro André Costa, Pedro Manuel Araújo, Pedro Tiago Costa. Directora de Turma: Fernanda Gomes

Alexandra Cristina Pereira, Ana Catarina Morgado, Ana Letícia Araújo, Ana Sofia Costa, André Filipe Vilaça, Ângela Cristina Silva, Cláudia Vieira, Cláudio Martins, Daniel Amorim, Diogo Domingues, Isabela Evangelista, Joana Nogueira, João Carlos Vilaça, João Filipe Passos, João Miguel Barbosa, José Miguel Martins, Maria Beatriz Mesquita, Maria Matilde Silva, Paulo Azevedo, Vanessa Alexandra Lérias, Vanessa Tatiana Lagoa, Vânia Santos. Directora de Turma: Filomena Brandão

6ºG

7ºB

7ºD

Adriana Moreira, Alexandre Costa, Ana Filipa Ferreira, André Filipe Vieira, António Jorge Silva, Beatriz Pereira, Bruno André Campos, Carla Isabel Pinto, Catarina Oliveira, Catarina Pereira, Daniela Filipa Silva, Diogo Joaquim Quintela, Filipe Manuel Morgado, Liliana Filipa Silva, Marco António Vale, Rúben Filipe Pereira, Samuel Costa, Sandra Rodrigues, Sandrina Silva, Sara Patrícia Durães, Tamara Daniela Rocha, Tânia Alexandra Simões, Vera Lúcia Ribeiro. Directora de Turma: Sandra Costa

Ana Sofia Ferreira, Andreia Costa, Bruna Rocha, Catarina Carvalho, Cláudia Patrícia M Oliveira, Cláudia Fernandes, Cristiana Afonseca, Eduardo Miranda, Fábio Carvalho, Fábio Ribeiro, Fernanda Cardoso, Francisco Oliveira, Hélder Rodrigues, Hélder Machado, Isabel Oliveira, Isabel Pinheiro, João Pinto, Jorge Dias, Juliana Barbosa, Lara Laranjeira, Nélson Sousa, Patrícia Martins, Ricardo Faria, Ricardo Vaz, Rui Jorge Costa, Sérgio Silva Directora de Turma: Isabel Ferreira

Adriana Teixeira, Ana Carolina Amorim, Ana Catarina Araújo, Ana Paula Ferreira, Ana Rita Amorim, Ana Sofia Mendes, Anaís Silva, Diana Oliveira, Diogo Vaz, Helena Faria, João Carlos Araújo, João Peixoto, João Manuel Vieira, Liliana Fernandes, Luís Amorim, Márcia Silva, Márcia Couto, Patrícia Faria, Pedro Fernando Guimarães, Pedro José Faria, Rafaela Leite, Rosa Ribeiro, Rui Amorim, Sara Pires, Soraia Rocha, Teresa Oliveira. Directora de Turma: Adelaide Fernandes


turmas suplento 2008/2009 - 1º ciclo

7ºE

7ºG

8ºB

Alicia Sousa, Ana Cristina Costa, Ana Ferreira, Ana Isabel Cunha, Ana Rita Sousa, Ana Sofia Silva, Ana Sofia Marques, Ângela Filipa Carvalho, Carina Carvalho, Carlos Alberto Serino, Carlos Costa, Catarina Faíscas, Cristiana Fernandes, Cristiana Costa, Diogo Araújo, Diogo Serino, Fernando Azevedo, Gil Pereira, João Pedro Ferreira, Joel Filipe Azevedo, José Daniel Marinho, José Filipe Costa, Nélia Silva, Rui Manuel Matos, Sara Alexandra Cerqueira, Vânia Filipa Marinho, Vera Carolina Cardoso, Vera Sofia Barbosa. Directora de Turma: Fátima Andrade

Alexandre Marques, Ana Papai, Ana Cláudia Teles, Ana Cristina Vilela, Anaximandra Quadé, Bruna Pereira, Carla Sofia Faria, Carlos André Oliveira, Daniela Sofia Miranda, Fábio Manuel Vale, Hugo Machado, Joana Martins, Jon-Ander Vilaça, Pedro Rodrigues, Rafael Pereira, Rui Silva, Sara Daniela Ribeiro, Sara Lopes, Sérgio Leonel Lopes, Sérgio Campos, Tiago Barbosa, Vera Silva, Viktóriya Baturina, Vítor Cardoso Directora de Turma: Maria do Carmo Afonso

Ana Catarina Dias, Ana Catarina Fernandes, Ana Catarina Ferreira, Ana Filipa Araújo, Ana Rita Vieira, Ana Rita Figueiredo, Ana Sofia Silva, Carina Oliveira, Catarina Martins, Celso Ferreira, Cláudia Pereira, Cláudio Pacheco, Daniela Costa, Diana Costa, Filipe Lourenço, Flávio Cunha, Inês Ferreira, João Luís Silva, João Miguel Queirós, Joel Mano, Jorge Nogueira, José Pedro Pinto, Luís Miguel Pinto, Miguel Vilaça, Paulo Oliveira, Sara Silva, Tiago Gomes, Tiago Rodrigues. Director de Turma: Carlos Ferreira

7ºF

8ºA

8ºC

15

Alexandra Couto, Ana Catarina Afonso, Ana Cristina Coelho, Ana Isabel Oliveira, Ana Raquel Correia, Ana Rita Costa, Artur Diogo Ferreira, Beatriz Serino, Bruno Silva, Cátia Filipa Silva, Diana Fernandes, Diogo Azevedo, Hélder Durães, José Rafael Gomes, Maria Inês Queirós, Miguel Ângelo Vieira, Miguel Ângelo Veloso, Nikolayeva Mariya, Nuno Silva, Pedro Daniel Marques, Sara Rafaela Marques, Sérgio Silva, Tatiana Catarina Machado, Tiago Rafael Loureiro. Directora de Turma: Maria dos Anjos Conde

Adriana Macedo, Ana Beatriz Simões, Ana Isabel Pereira, Ana Luísa Faria, Ana Margarida Faria, Ana Patrícia Moreira, Andreia Silva, Bárbara Cruz, Carlos Passos, Cátia Ferreira, Christopher Pinto, Cristiana Antunes, Cristina Gonçalves, Daniel Silva, Dominik Ferreira, Jéssica Ventura, Joana Patrícia Cunha, João Pedro Ferreira, Mariana Porfírio, Nuno Miguel Pereira, Paulo Fernandes, Pedro Ferreira, Tatiana Campos, Tiago Pereira, Tiago Oliveira, Vanessa Dias, Vítor Araújo Director de Turma: Carla Estêvão

Alexandre Azevedo, Álvaro José Jácome, Ana Catarina Pereira, Ana Isabel Oliveira, Ana Isabel Pereira, António César Pinto, Daniela Alexandra Fernandes, Diogo Couto, Diogo Mata, Filipa Figueiredo, Hugo Manuel Pinheiro, Joana Ferreira, João Paulo Pinto, Jorge Marques Vilela, José Carlos Laranjeira, Luís Diogo Vilaça, Raquel Araújo, Vítor Pinheiro, Vítor Carvalho. Director de Turma: Teresa Correia


16

turmas 2008/2009

8ºD

8ºF

9ºB

Adriano Araújo, Ana Isabel Borges, André Guerras, Bruno Miranda, Cristina Castro, Daniel Freitas, Davide Gomes, Diana Araújo, Diogo Araújo, Elsa Castro, Fernando Faria, João Santos, João Paulo Gomes, João Paulo Ferreira, Márcia Raquel Costa, Marco António Martins, Mário Machado, Nelson Vilaça, Paulo Nogueira, Pedro Miguel Ferreira, Raquel Martins, Rui Filipe Gomes, Rui Filipe Peixoto, Sara Cristiana Correia, Tiago Alexandre Costa. Directora de Turma: Margarida Lages

Ana Joaquina Dias, Ana Rita Ribeiro, Ângela Sofia Carvalho, Carlos Ribeiro, Cláudia Loureiro, Dinis Rocha, Diogo Pereira, Diogo Vilaça, Diogo Oliveira, Fábio Crasto, Isabel Maria Pereira, Jéssica Pereira, João Barata, João Pedro Ferreira, Kevin Araújo, Matias Araújo, Miguel Pinto, Óscar Capela, Pedro Coelho, Rafael Fernandes, Ricardo Barbosa, Rita Rodrigues, Rui Ferreira, Rui Pedro Gonçalves, Telma Barros, Vera Sá. Directora de Turma: Marina Rocha

Ana Pinto, Ana Pereira, Ana Margarida Pinto, Ângela Silva, Bruno Faria, Bruno Vilaça, Diana Pereira, Diana Simões, Eduarda Costa, Elisa Barbosa, Fábio Matos, Joana Bastos, João Silva, João Neves, João Ferreira, José Vilela, José Gonçalves, José Santos, José Marques, Mário Costa, Nuno Veloso, Nuno Araújo, Paulo Oliveira, Paulo Sá, Rosana Matos, Sara Sá. Directora de Turma: Lucinda Pinto

8ºE

Adriana Sousa, Ana Maria Campos, Ana Sofia Costa, André Filipe Campos, Andreia Filipa Fernandes, Andreia Filipa Araújo, Ângela Fernandes, Bruno Simões, Carolina Martins, Cátia Vilaça, Cláudio Gomes, Cristiana Costa, Daniela Faria, Fábio Costa, Filipa Gonçalves, Hugo Araújo, Hugo Ruivo, Leonardo Martins, Marco Nelson Pereira, Ricardo Miranda, Rita Costa, Rui Pereira, Sónia Garrido, Tiago Faria, Vanessa Oliveira, Vera Luísa Barbosa, Vítor Pinto. Directora de Turma: Isabel Santos

9ºA

Alberto Silva, Alexandre Barbosa, Álvaro Santos, Ana Silva, Ângela Lobo, Carla Gomes, Carlos Veiga, Daniel Novais, Daniel Barbosa, Daniela Santos, David Araújo, Filipa Cunha, Guilherme Silva, João Vilaça, João Martins, João Cunha, José Pinto, José Pereira, José Rocha, José Freitas, Lara Torres, Pedro Moreira, Pedro Nogueira, Sónia Pereira, Tânia Sá. Directora de Turma: Lurdes Rodrigues

9ºC

Ana Ferreira, Anabela Silva, André Martins, Andreia Ribeiro, Bruno Campos, Diogo Miranda, Hélder Coutinho, Jason Pereira, João Pinheiro, Jorge Vilela, Jorge Coelho, Lúcia Machado, Luís Barbosa, Paulo Machado, Rui Gonçalves, Rui Lopes, Sameiro Monteiro, Tatiana Cruz, Tiago Correia, Vânia Coutinho, Vítor Carreiras. Director de Turma: Joaquim Augusto


turmas suplento 2008/2009 - 1º ciclo

9ºD

9ºF

10ºA

Adriana Guimarães, Ana Faria, Anabela Gomes, Andreia Cunha, Armando Silva, César Grenha, Cindy Vilaça, Daniela Rodrigues, Daniela Maria Silva, Fábio Cruz, Fábio Jorge Sampaio, Frederico Oliveira, Joana Silva, João Vieira, Jorge Sousa, Jorge Costa, Luís Ferreira, Márcia Soares, Márcio Oliveira Carvalho, Miguel Ângelo Silva, Renata Ferreira, Tiago Martins, Vera Fernandes, Vítor Pereira. Directora de Turma: Manuela Teixeira

Ana Faria, André Borges, Bruno Pereira, Carla Ribeiro, Carlos Castro, Carlos Manuel Araújo, Catarina Martins, Cristina Lopes, Daniel Fernandes, Daniela Silva, Débora Guimarães, Fábio Silva, Flávio Costa, Ivan Gruniaux, José Coutinho, Luís Pereira, Luís Miguel Beltrão, Magda Gomes, Márcia Meneses, Maria Coutinho, Maria Silva, Nélson Cunha, Patrícia Vieira, Ricardo Martins, Ricardo Oliveira, Rui Vieira, Vânia Martins. Directora de Turma: Maria Regina Castro

Adriana Pinheiro, Álvaro Bertoluci, Ana Beltrão, Ana Cristina Gomes, Analisa Fernandes, André Costa, Andreia Martins, Catarina Gonçalves, Cátia Ferreira, Cristiana Araújo, Daniela Guimarães, Daniela Filipa Macedo, Francisco Ribeiro, Guilherme Correia, Inês Braga, Janete Guimarães, João Ferreira, João Miguel Oliveira, Luís Abreu, Mariana Solinho, Marta Miranda, Marta Vitorino, Rita Leite, Rosana Pinheiro, Sara Lomar, Sara Sofia Costa. Director de Turma: José António Martins

9ºE

9ºG

10ºB

17

Adriana Silva, Ana Gomes, Ana Machado, Andreia Vilaça, Carlos Araújo, Carlos Martins, Christelle Carvalho, Cristiana Costa, Diogo Carvalho, Eduardo Direito, João Alberto Ferreira, João Paulo Oliveira, José Costa, José Miguel Araújo, Juliana Dias, Maria Martins, Mariana Santos, Mariana Pinto Ferreira, Nuno Miguel Dias, Patrícia Costa, Paula Vilaça, Paulo Araújo, Paulo Jorge Ferreira, Pedro Mano, Pedro Joel Araújo, Rodrigo Correia, Sérgio Costa, Tiago Sousa. Directora de Turma: Maria José Barreiro

Ana Martins, Carla Gonçalves, Carlos Rocha, Carlos Araújo, Catarina Silva, David Borges, Eduarda Cunha, Hugo Figueiredo, Isabel Fernandes, Jéssica Barbosa, Joana Teixeira, Luísa Ferreira, Mariana Vaz, Mariana Filipa Silva, Orlando Oliveira, Rita Osório, Rui Gonçalves, Rui Oliveira, Rui Pedro Monteiro, Sandra Rodrigues, Sara Fernandes, Sílvia Miranda, Tiago Oliveira, Vítor Pinheiro. Director de Turma: Isaura Leite

Ana Isabel Barbosa, Ana Teles, Ana Paula Ferreira, Ana Ferreira, Ana Rita Costa, Andreia Araújo, António Ferreira, Carla Filipa Oliveira, Carlos Manuel Loureiro, Claúdia Sofia Maia, Cristiano Rocha, Joana Sá, Joana Patrícia Rodrigues, João Miguel Ferreira, João Pedro Ferreira, João Pedro Martins, José Guilherme Carvalho, José Pedro Mano, Marco Pereira, Miguel Silva, Ricardo Sousa, Sara Ferreira, Sílvia Vilaça, Vasco Silva, Vítor Gomes. Directora de Turma: Emiliana Costa


18

turmas 2008/2009

10ºC

Adriana Sousa, Ana Cardoso, André Araújo, Bárbara Martins, Cátia Sousa, Daniela Leite Costa, Daniela Névoa Sousa, Hélder Pinto, Hugo Carvalho, Inês Figueira, Joana Barbosa, João António Pacheco, João Manuel Gomes, João Manuel Cunha, João Paulo Pires, José Filipe Oliveira, José Palha, Letícia Ferreira, Marília Rodrigues, Mickael Araújo, Natália Papai, Paula Cruz, Ricardo Faria, Sandra Oliveira, Silvina Vilaça, Sónia Fernandes, Telmo Campinho, Vanda Pinto. Directora de Turma: Teresa Pinto

10ºD

10ºE

Adriano Castro, André Araújo, André Gomes, Bruno Gonçalves, Carlos Barbosa, Carlos Gomes, Diogo Fernandes, Fábio Borges, Fábio Carvalho, Filipe Dias, Hélder Santos, Henrique Santos, Hugo Torres, João Costa, João Moreira, Jordan Fernandes, Leandro Costa, Luís Grenha, Nélson Pereira, Óscar Veloso, Ricardo Ferreira, Roberto Silva, Ruben Fernandes. Directora de Turma: Ana Catarina

10ºF

10ºG

Ana Cristina Silva, Ana Isabel Silva, André Silva, Andreia Araújo, Arminda Faria, Cátia Ferreira, Eduarda Gomes, Elsa Dias, Fábio Carvalho, Filipa Faria, Hélder Ferreira, Joana Rodrigues, Juliana Silva, Luís Lima, Marina Sá, Marta Faria, Nuno Miranda, Paulo Sá, Rafaela Araújo, Rafaela Vilaça, Rosa Arantes, Sofia Barbosa. Directora de Turma: Ana Rita Silva

11ºA

Adriana Gomes, Ana Paula Silva, Ana Rafaela Simões, Ana Rita Leite, Ana Rita Silva, Ana Rita Oliveira, Anabela Barbosa, Anabela Faria, Ângela Rebelo, Carina Pinto, Carla Sofia Ferreira, Clara Daniela Sousa, Cláudia Ferreira, Daniela Arantes, Eva Pinto, Fátima Teixeira, Filipe Oliveira, Helena Costa, Joana Rodrigues, Joana Meneses, Márcia Silva, Maria Mariana Pinheiro, Marisa Meneses, Patrícia Oliveira, Ricardina Rocha, Sandra Costa, Sara Soares, Susana Pereira. Director de Turma: Vítor André

Abel Leite, Alexis Gomes, Eduardo Moreira, Fábio Barbosa, Hélder Capelo, Hugo Pereira, Jorge Martins, José Rodrigues, Marco Costa, Nélson Faria, Nélson Costa, Paulo Sousa, Paulo Costa, Pedro Veiga, Pedro Vilaça, Ricardo Silva, Roberto Fernandes, Sara Ferreira, Sara Fernandes, Tânia Silva, Tiago Freitas, Tiago Araújo. Directora de Turma: Irene Araújo

Ana Patrícia Moreira, Ana Sofia Pinto, André Manuel Costa, Andreia Catarina Fernandes, Carla Eduarda Silva, Diogo Agostinho Marques, Emanuel Gonçalves Vilaça, Gabriel Azevedo, Jaime Manuel Teixeira, Joana Isabel Matos, João Miguel Araújo, João Pedro Marques, João Rafael Vieira, Joel Jorge Antunes, Jorge André Vale, José António Dias, Juliana Filipa Silva, Lídia Sofia Silva, Mariana Barbosa Vilaça, Mariana Serino Barbosa, Nuno Alexandre Vilaça, Paulo Hugo Pereira, Ricardo José Soares, Ricardo Miguel Oliveira, Sara Rafael Leal, Simão Pedro Vale, Vânia Alexandra Faria, Vânia Cristina Gomes, Vera Marisa Capela. Directora de Turma: Ana Fangueiro


turmas suplento 2008/2009 - 1º ciclo

11ºB

11ºD

11ºF

Ana Rita Silva, Andreia Rocha, Andreia Isabel Gomes, Andreia Raquel Pereira, Carlos Manuel Jesus, Catarina Isabel Barbosa, Cristiana Maria Ribeiro, Cristiano Alexandre Silva, Elisabete Maria Silva, Fábio Manuel Martins, Fábio Miguel Santos, Francisca Faia Carvalho, Joana Filipa Guimarães, Joana Filipa Couto, Joana Patrícia Moreira, João Paulo Oliveira, Jorge Miguel Martins, José Eduardo Silva, Juliana Margarida Marques, Liliana Sameiro Pereira, Marcelo Cristiano Cardoso, Marco André Araújo, Mariana Alice Silva, Mariline Rodrigues Pereira, Marlene Sofia Castro, Nelson José Santos, Patrick Alexandre Grumer, Rui Miguel Oliveira, Sara Alexandra Barreiro, Sara Barbosa Machado, Sérgio Lucas Oliveira, Tiago Alexandre Silva, Tiago André Santos Directora de Turma: Fernanda Oliveira

Adriana Sofia Costa, Ana Alice Castro, Ana Rita Oliveira, Anabela Cunha Vaz, Cátia Isabel Pereira, Cláudia Sofia Miranda, Cristiana Sofia Silva, Daniela Filipa Martins, Elsa Cristina Pinto, Emanuel Silva Azevedo, Fábio Alexandre Silva, Fábio Emanuel Cruz, Joana Carmo Coelho, Joana Patrícia Marques, João Pedro Ferreira, Jorge Miguel Faria, Juliana Sofia Carvalho, Marina Patrícia Martins, Paula Filipa Correia, Rute João Duarte, Sandra Flávia Martins, Sandra Patrícia Carvalho, Sílvia Margarida Sousa, Susana Maria Dias Directora de Turma: Rosa de Fátima

Bruno Ismael Sousa, Bruno Miguel Barbosa, César Augusto Silva, Fábio José Cardoso, Fábio Manuel Ferreira, Hélder Agostinho Ferreira, Hélder Rafael Oliveira, Hugo Miguel Oliveira, Ana Isabel Bogas, Jorge Eduardo Oliveira, Luís Carlos Nogueira, Marco Joel Faria, Miguel Joaquim Costa, Nelson Manuel Pereira, Nuno Filipe Pereira, Nuno Manuel Costa, Pedro Manuel Araújo, Pedro Miguel Borges, Pedro Nestor Freitas, Ricardo Daniel Silva, Vítor Manuel Vilela Directora de Turma: Isabel Araújo Director de Curso: Pedro Monteiro

11ºC

11ºE

12ºA

19

Adriana Cristina Sá, Adriana Silva, Adriana Filipa Neves, Ana Cecília Coimbra, Ana Rita Araújo, Ana Sofia Moreira, Andreia Patrícia Oliveira, Carlos Manuel Araújo, Catarina Alexandra Silva Cátia Daniela Oliveira, Cláudio Jorge Pinto, Diana Marlene Costa, Diogo Silva Oliveira, Diogo José Vaz, Joana Sofia Macedo, João Filipe Oliveira, Joel Fernandes Veloso, Joel Tiago Vilaça, José Manuel Pereira, José Pedro Araújo, Juliana Alexandra Antunes, Lídia Manuela Barbosa, Marco João Vilaça, Maria Fátima Gonçalves, Nuno Ricardo Barbosa, Patrícia Isabel Soares, Paulo Jorge Araújo, Ricardo Jorge Afonso, Ricardo Miguel Gonçalves, Sónia Raquel Barbosa, Tomás André Cunha, Vânia Sofia Oliveira. Directora de Turma: Augusta Pinto

Ana Rita Costa, André Filipe Costa, Bruno Daniel Maia, Diogo Filipe Soares, Filipe Manuel Silva, Hugo José Costa, Hugo Miguel Moreira, João Cláudio Oliveira, João Luís Figueira, Luís Filipe Alves, Martina Sofia Lopes, Miguel Ferreira Cunha, Nélson Santos, Ricardo Couto, Ricardo Manuel Rodrigues, Roberto Eduardo Gomes, Rogério Castro Barbosa, Vítor Leonel Queirós. Directora de Turma: Carla Garcia Director de Curso: Israel Filipe

Ana Catarina Pinto, Ana Catarina Silva, Ana Cláudia Silva, Ana Luísa Pinheiro, Ana Rita Gomes, André Vilaça, António Jaime Mesquita, Bárbara Hilma Pinto, Carla Sofia Ribeiro, Carlos Alberto Quintal, Cátia Ferreira, Diana Isabel Pinheiro, Elsa Cristina Rodrigues, Frederico Manuel Ferreira, Helena Isabel Teixeira, João António Pinto, José Henrique Couto, Márcia Sofia Castro, Margarida Ariana Gomes, Natália Maria Silva, Olga Ferreira Bastos, Paula Alexandra Martins, Paulo Jorge Ferreira, Pedro Gabriel Brito, Rita Juliana Faria, Rui Miguel Rodrigues, Sara Catarina Fernandes, Sara Patrícia Silva, Sílvia Cristina Vieira, Vânia Conceição Oliveira, Vânia Filipa Vilaça Director de Turma: Manuela Rei


20

turmas 2008/2009

12ºB

12ºD

Adriana Alexandra Araújo, Ana Isabel Araújo, Ana Luísa Araújo, Ana Rita Silva, Ângela Sofia Sousa, António Vilaça Arantes, Carla Isabel Faria, Cátia Filipa Costa, Cláudia Miranda Silva, Cristina Isabel Gondar, David Campos Barbosa, Eduarda Sameiro Vilaça, Eduardo Júnio Oliveira, Élia Rute Costa, Fábio Miguel Santos, Filipa Daniela Pinheiro, Helena Isabel Araújo, Hugo Miguel Cerqueira, Joana Margarida Veloso, Joana Soraia Ferreira, João Pedro Costa, José Luís Falcão, Josélia Meneses Cabral, Liliana Armanda Sousa, Liliana Rosa Ferreira, Mariana Couto Araújo, Nuno Augusto Oliveira, Ricardo Manuel Araújo, Sara Cristina Oliveira, Simão Pedro Vale, Sónia Maria Coelho Director de Turma: Abílio Vitorino

Ana Cristina Pereira, Ana Eduarda Silva, Ana Gomes Pereira, Ana Lúcia Araújo, Ana Maria Araújo, Bárbara Ferreira, Carina Sampaio, Catarina Conde, Catarina Faria, Cátia Costa, Cátia Almeida, Cláudia Costa, Cristiana Martins, Fábio Campos Costa, Joana Patrícia Vilaça, Joaquim Adriano Carvalho, Jorge Peixoto, Laura Kraemer, Rute Martins, Mariana Gomes, Rafaela Ferreira, Silvana Oliveira, Soraia Martins, Tânia Lopes, Vânia Santos. Director de Turma: Sérgio Cortinhas

12ºC

12ºE

Alexandra Filipa Ribeiro, Ana Rita Ferreira, Andreia Martins Serino, Basílio Manuel Gomes, Carla Maria Pinho, Carla Sofia Araújo, Carlos Cunha Martins, Catarina Guimarães Silva, Cláudia Andreia Araújo, Cláudia Sofia Capela, Cristiana Azevedo Moreira, Daniela Filipa Martins, Daniela Mafalda Costa, Diogo Fonseca Cunha, Hugo Manuel Rodrigues, João Carlos Cruz, João Pedro Araújo, João Pedro Cruz, Jorge Miguel Abreu, José Afonso Oliveira, José Miguel Simões, Juliana Azevedo Moreira, Juliana Patrícia Silva, Mariana Cunha Marinho, Nuno Vilaça Novais, Pedro Miguel Sousa, Ricardo Jorge Sá, Ricardo Manuel s Barreiro, Rui Manuel Passeira, Rute Isabel Barbosa, Sara Cristina Castro, Tiago André Pinto, Tiago Filipe Moreira, Vítor Manuel Vilaça. Director de Turma: Manuel José Oliveira

Carlos Vicente Dias, Catarina Andreia Araújo, Cristiano Faria, Domingos Pereira, Fábio André Fernandes, Flávio Daniel Azevedo, Hélder Rogério Fernandes, Hernâni Azevedo Silva, João Miguel Azevedo, José Carlos Ferreira, Juliana Lisete Pereira, Luís Miguel Barreiro, Pedro Manuel Martins, Vítor Emanuel Pinheiro, Vítor Miguel Silva. Directora de Turma: Maria Clara Meneses

> Provas de aferição apresentam resultados melhores que a média nacional

Alunos do 6º ano

estão de parabéns A nossa Escola obteve resultados médios claramente superiores à média nacional nas Provas de Aferição do 6º ano, tanto em Língua Portuguesa como em Matemática. Em Língua Portuguesa mais de 46% dos alunos da nossa escola tiveram níveis 4 e 5. A nível nacional, a média foi de 37%.

Em Matemática, quase 52% dos alunos tiveram nível 4 ou 5. A média nacional foi de apenas 27%. Quanto a insucesso, em Língua Portuguesa, apenas 4,5% dos nossos alunos obtiveram nível inferior a 3 (letras D e E), quando a média nacional foi de 10%.

Em Matemática, os resultados são ainda melhores: 20% dos alunos, a nível nacional tiveram negativa (19% nível 2 e 1% nível 1). Na nossa Escola, apenas 4,5% dos alunos tiveram resultado negativo a Matemática.


a escola em acção > Área de Projecto

5ºD estudou o

Rio Este A Turma do 5ºD, na área curricular não disciplinar de Área de Projecto, escolheu como tema "O Rio Este". O desenvolvimento deste projecto possibilitou a recolha de um conjunto de informações sobre as características deste rio que passa junto do Externato Infante D. Henrique. Foram abordados vários assuntos,

nomeadamente, o local onde nasce, percurso, locais de passagem e problemas de poluição. A recolha da informação possibilitou debates de onde saíram ideias para combater a poluição do Rio Este. Alguns alunos fizeram uma visita à nascente do rio, outros fizeram PowerPoint, outras inventaram histórias e outros fizeram

bandas desenhadas para contar essas histórias. Saliente-se que o trabalho que foi desenvolvido encontrava-se inserido no projecto Comconèixer. Este projecto foi desenvolvido, tendo como tema geral o “Desenvolvimento Sustentável”. Deixamos aqui uma banda desenhada realizada pela aluna Mariana Silva.

> Área de Projecto

O grande mistério dos Chapéus de Palha

Quem iria imaginar que um projecto alusivo aos chapéus de palha nos levaria a uma grande aventura? A turma do 6º F tem vindo desde o 5º ano a trabalhar no projecto: «O Grande Mistério dos Chapéus de Palha», na disciplina de Área de Projecto. Começou por investigar a palha que era usada no fabrico destes chapéus, o centeio; em seguida, plantou na horta da escola (atrás do Bloco E) esta semente e foi registando os progressos do crescimento do «pequeno campo de centeio». Mais tarde, após a germinação das sementes, a turma, no labora-

tório de Ciências da Natureza, observou e desenhou a raiz e a folha do centeio. Depois, aproveitou o facto de o centeio também servir para o fabrico de pão e começou por investigar este alimento, referindo a sua história, a sua importância na alimentação, as suas propriedades nutritivas... Chegou a “fazer” pão na sala e, mais tarde, teve uma aula de panificação na padaria dos CEF 2 e 4. Além disso, teve a oportunidade de fazer os «entrançados»

que originam os chapéus de palha aprendendo com um aluno da turma que tem uma avó que o ensinou a fazê-los. Uma das coisas em que se trabalhou muito foi na feitura de trabalhos que representassem coisas relacionadas com o centeio, a palha e o pão. Foram feitos 5 grupos a quem foram distribuídos os seguintes trabalhos: fazer um forno em barro (daqueles próprios para cozer o pão), fazer um colchão de palha, fazer uma meda em miniatura, construir uma maqueta alu-

siva à plantação de centeio, fazer com pasta de modelar uma representação de uma matança de um porco (um homem a chamuscar o porco com palha de centeio). O último trabalho do 6ºF foi fazer um chapéu em cartão. Todos os alunos desenharam um chapéu com padrões, a turma escolheu um e depois foi feito um molde desse chapéu em cartão, onde os alunos colocaram padrões feitos com a palha de centeio. Alunos 6ºF Prof: Rui Leite e Prof: Cândida Paredes

21


22

desporto escolar

> Desporto Escolar - Atletismo

Somos Vice-Campeões Nacionais de Atletismo

O Externato Infante D. Henrique sagrou-se, no dia 24 de Maio, ViceCampeão Nacional de Atletismo (juvenis femininos) nos Campeonatos Nacionais de Juvenis do Desporto Escolar, disputados em Setúbal. Nessa qualidade, a nossa escola vai participar nos 61º Jogos da FISEC (Fédèration Internationale Sportive de L’Enseignement Catholique) que se realizam em Lagos, de 17 a 23 de Julho. Estes Jogos serão integrados

na comemoração do Centenário do Comité Olímpico de Portugal e vão reunir 1200 participantes de 12 países (Austria, Bélgica, Brasil, Espanha, França, Holanda, Hungria, Inglaterra, Índia, Itália, Malta e Portugal). O Externato Infante D. Henrique, treinado pela Dra Sameiro Araújo, representou, nestes Campeonatos Nacionais, a região Norte, a nível do atletismo (juvenis femininos), por

Eis os resultados das nossas alunas: INDIVIDUAIS: 100m: 4ª Ana João, 5ª Anabela Barbosa Altura: 1ª Liliana Monjane, 11ª Daniela Santos 100/bar: 6ª Liliana Monjane, 10ª Ana Filipa Silva Comprimento: 2ª Ana João, 4ª Vanda Pinto 4x100m: 5º EIDH (Daniela Santos, Anabela Barbosa, Daniela Costa e Vanda Pinto) 1.500m: 2ª Patrícia Caldas, 3ª Rita Lourenço Peso: 3ª Cláudia Santos, 5ª Patrícia Cardoso CLASSIFICAÇÃO COLECTIVA 1º Escola Salesianos de Manique (Lisboa e Vale do Tejo) – 98 pontos 2º EXTERNATO INFANTE D. HENRIQUE (DREN) – 85 pontos 3º EB Mestre Domingos Saraiva (Lisboa) - 76 pontos 4º I.P.S. Bairrada (DREC) – 64 pontos 5º EB Dr. José N. Júnior (DREALG) – 36 pontos

ter vencido as fases regionais. No sector masculino, a representação nortenha esteve a cargo da Escola Secundária da Maia. Esta foi a segunda vez que o Externato Infante D. Henrique participou num Campeonato Nacional de Pista. No ano passado teve a sua primeira participação e obteve um excelente 3º lugar. Este ano, as meninas do Externato Infante D. Henrique queriam fazer melhor e

tentar o que à partida lhes parecia um sonho: conquistar uma posição que lhes permitisse representar Portugal nos Jogos da FISEC, no mês de Julho. Assim aconteceu. Estiveram em competição nestes Campeonatos Nacionais do Desporto Escolar 2009 cerca de dois milhares e meio de alunos nas modalidades de Actividades Rítmicas Expressivas, Andebol, Atletismo, Badmiton, Basquetebol, Canoagem,

Futsal, Golfe, Natação, Ruby, Ténis, Ténis de Mesa, Orientação, Voleibol e Xadrez, apurados das respectivas fases locais e regionais de competição. Refira-se, finalmente, que escola D.Maria II, de Famalicão, também esteve representada nestes campeonatos nacionais, nomeadamente através dos alunos André Santos e Diogo Miranda que também fizeram parte da Selecção do Norte.

Ministério da Educação felicita a Escola No contexto da participação da nossa Escola nos Campeonatos Nacionais do Desporto Escolar em que a equipa de atletismo juvenil feminino se sagrou vice-campeã nacional, a Direcção recebeu do Ministério da Educação - Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular a seguinte mensagem de felicitações: Na sequência dos brilhantes resultados obtidos nos Campeonatos Nacionais do Desporto Escolar 2009, pelos alunos do Grupo/Equipa de Atletismo do estabelecimento de ensino a que mui bem preside, cumpre-nos apresentar as maiores felicitações pela classificação conquistada. Mais informamos que alguns alunos estão apurados para participarem nos 61º Jogos da Fédèration Internationale Sportive de L’Enseignement Catholique (FISEC), entidade reconhecida pelo Comité Olímpico Internacional.


desportodestaque escolar

> Desporto Escolar - Ginástica

Sarau gímnico junta mais de cem ginastas na nossa escola

O Grupo de Ginástica Acrobática do Externato Infante D. Henrique organizou no passado dia 7 de Junho, no Pavilhão Polidesportivo, um Sarau de Ginástica no qual participaram ginastas do Centro de Formação da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, do Sport Clube do Porto, do Grupo Gindança, da Escola EB2,3 das Caldas das Taipas, da Escola EB2,3/S do Cerco, do Ginásio Clube de Santo Tirso e do Grupo de

23

Ginástica Acrobática da nossa Escola. Em dia de eleições para o Parlamento Europeu, as bancadas do pavilhão estavam razoavelmente compostas com um público que apoiou e aplaudiu entusiasticamente os jovens ginastas. O Director Pedagógico deu as boas vindas aos participantes. No final, foram entregues galhardetes da nossa Escola às equipas e diplomas a todos os participantes.

Sucesso do nosso Grupo de Ginástica Acrobática no

XII GIMNOJUNIOR

Vice-campeões distritais em No dia 31 de Maio, os estudantes de Metodologia II – Centro de Treino de Ginástica, da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, organizaram o XII GIMNOJUNIOR, que conta este ano com a participação de cerca de 400 crianças e jovens entre os 6 e os 15 anos, distribuídos pela Ginástica Artística Masculina e Feminina, Acrobática e Trampolins. Quanto à ginástica acrobática estiveram presentes os seguintes clubes: ACM – Acro Clube da Maia CMGM – Complexo Municipal de Ginástica da Maia EIDH – Externato Infante D. Henrique EVS – Estrela e Vigorosa Sport GCM – Ginásio Clube da Maia SCP – Sport Club do Porto Os programas de participação na Ginástica Artística distribuem-se entre os níveis iniciais do programa Play Gym, da Federação de Ginástica de Portugal, e exercícios facultativos com elementos obrigatórios para os ginastas mais evoluídos. No sector de Trampolins e Ginástica Acrobática também são apresentados opções de participação de diferentes níveis, abarcando assim todos aqueles que gostam de praticar ginástica. O evento teve início às 10h e prolongou-se pela tarde. No decorrer desta Festa da Ginástica vivemos grandes emoções e alegrias com o sucesso dos nossos pares femininos a arrecadarem os 1º e 2º lugares no nível II (Catarina Martins/Simone Mano e Rita Vieira/Catarina Silva) e o nosso par masculino o 1º lugar no nível II (Dominik/Rafael).

ANDEBOL

A nossa equipa de Andebol Iniciados Masculino sagrou-se neste ano lectivo, vice-campeã distrital do CAE de Braga no Desporto Escolar. Em 12 jogos, a nossa equipa de Andebol somou 10 vitórias, teve 1 empate e sofreu apenas 1 derrota, num conjunto de 8 equipas. A classificação final nesta modalidade ficou assim ordenada: 1º – Escola Secundária de Maximinos 2º – Externato Infante D. Henrique 3º – EB 2,3 André Soares 4º – EB 2,3 de Apúlia 5º – Cooperativa Ancorensis 6º – Escola Secundária Padre Benjamim Salgado 7º – EB 2,3 de Cabreiros 8º – EB 2,3 da Correlhã


24

cef em acção > Entrevista ao Ricardo do Curso de Electricista de Instalações

“Aproveitem para aprender” Ainda se lembram do Ricardo? Num momento em que está prestes a terminar aquela que vai ser a sua primeira obra enquanto técnico responsável pela execução das instalações elécricas, não queríamos deixar passar este momento tão importante para recolher algumas opiniões e dar a conhecer um pouco da vida de um nosso ex-formando. Ele abriu a porta para nos receber. Aqui ficam alguns conselhos para os colegas que estão em formação.

O curso deu-me bases suficientes para me integrar no mercado de trabalho com conhecimentos... Foi muito importante este curso para mim, pois estou a aplicar o que aprendi.

INFANTE: Olá Ricardo, ainda estás recordado do tempo que passaste no CEF? Ricardo: Sim, estou. No início foi um pouco difícil porque não conhecia como era o curso, como era o trabalho no CEF. Depois adapteime e foi mais fácil, consegui adaptar-me bem e consegui concluir o curso. E foi bom. Valeu a pena. INFANTE: Uma das questões que os formandos do cef3 (também eles do curso de Electricidade de instalações) levantam é porque escolheste a área de electricidade… Ricardo: É curioso que área da electricidade não era a minha primeira escolha. Acabei por escolher a área da electricidade porque se aproximava daquilo que eu queria. Hoje considero que ainda bem que foi assim. Hoje seria a minha primeira opção, pois aprendi a gostar da electricidade e sinto-me realizado por isso… INFANTE: Em que medida o teu curso foi importante para o que fazes hoje? Ricardo: Foi muito importante pois foi lá que aprendi as primeiras bases acerca da electricidade. A partir daí permitiu-me aprender mais e evoluir profissionalmente. O curso deu-me bases suficientes para me integrar no mercado de trabalho com conhecimentos e a partir daí evoluir mais e aprender coisas novas. Tudo começou com o curso. É só o princípio. INFANTE: Pensas que é importante continuar a estudar e a aprender mais? Ricardo: Sim, claro. Apesar de

estar a trabalhar, estou também estudar. O curso foi apenas o início. É importante continuar porque a área da electricidade é muito vasta e é preciso estar actualizado. O CEF foi importante porque me ensinou a pensar que posso evoluir. O curso também foi bom por isso. INFANTE: Quando acabaste o CEF o que mudou na tua vida? Ricardo: Mudou muita coisa, acabei por ter mais responsabilidades. Mudei também a minha maneira de ser. Já era isso que os professores me diziam. É diferente o trabalho daquilo que fazemos na formação, mas foi muito importante a formação e a experiência em contexto de trabalho que tive para poder “crescer” mais e ser melhor. INFANTE: O que aprendeste no curso foi importante para o teu percurso profissional? Ricardo: Foi muito importante este curso para mim, pois estou a aplicar o que aprendi. Permitiu-me adquirir mais auto-confiança para ingressar no mercado de trabalho e sentir-me mais capaz de trabalhar. Serviu também para pensar em continuar a estudar e aprender mais sobre electricidade. As bases que tive no curso foram boas. Não é fácil a adaptação ao trabalho, mas o que aprendemos é útil e importante para começar a trabalhar. O conselho que dou aos colegas é que aproveitem para aprender, pois vão precisar. INFANTE: O curso permitiu alterar algumas coisas na tua vida? Ricardo: Sim, muito. Sem o curso não estaria possivelmente a

trabalhar na área da electricidade, que aprendi a gostar. Podia estar a fazer outra coisa e não estaria aqui a fazer o que actualmente faço… a trabalhar numa área que gosto. Actualmente também estou a trabalhar e a ter o meu salário. INFANTE: Qual foi a sensação que tiveste no final do teu primeiro trabalho? Ricardo: A sensação foi muito parecida com a que tive quando fiz o meu primeiro trabalho nas oficinas: foi muito boa. Senti-me muito satisfeito por ter trabalhado e tudo ter dado certo e a funcionar direito. Isso dá-me motivação para continuar a melhorar, apesar de haver sempre coisas novas para aprender. INFANTE: Qual é o conselho que dás aos formandos que estão no CEF? Ricardo: Que não desistam de aprender, sobretudo neste curso, porque é muito útil para a vida. Vai valer a pena. INFANTE: Que mensagem queres dar aos professores do curso? Ricardo: Estou agradecido pelo que me ensinaram. INFANTE: Que objectivos para o futuro? Ricardo: Como disse, o objectivo mais imediato é o de continuar a estudar. Como também já posso assinar a parte de electricidade, também tenho mais responsabilidade e isso implica mais conhecimento, por isso vou continuar a aprender e a frequentar cursos na área. Vou tentar aprender mais em domótica que está a ser cada vez mais utilizada.

Guião de entrevista realizada no âmbito de CMA pelos formandos do cef3 – Curso de Electricista de Instalações.


cef em acção

No Banco

Visita ETAR

ALIMENTAR

3

cef

3

24 5

cef , e

3

Feira Internacional

de VIGO

Treina extinção de fogos simulados

Teoria posta em

PRÁTICA

O curso de Electricista de Instalações visitou o Banco Alimentar de Braga. Esta visita integrou-se no domínio de cidadania e mundo actual e teve como objectivos desenvolver a temática da pobreza enquanto fenómeno da exclusão social. Naturalmente que a turma se mobilizou e levou uma pequena colecta que tinha o carácter simbólico de estimular o espírito de solidariedade, tão importante nos tempos que correm. A ciIntegrando um projecto dadania é uma prática. pluridisciplinar, os formandos do CEF3 têm vindo a realizar nesta última etapa do ano lectivo, um conjunto de ideias que evidenciam a utilidade da electricidade e do que aprenderam até ao momento. Partindo da iniciativa dos próprios formandos, estão a desenvolver-se várias ideias úteis como: estore eléctrico, portão amovível, sinalização de trânsito, entre outros. Quem passou pela oficina ficou surpreendido com os resultados e falta agora concluir e realizar os relatórios com ajuda do forOs grupos de formação mador de Português. Mais um exemplo que evidencia dos cursos de Padeiro/Pasas qualidades de trabalho do teleiro e Empregado/Assisprojecto CEF: a articulação é tente Comercial realizaram uma realidade que pode po- visita de estudo ao oceanário tenciar o sucesso. Estamos à de Lisboa e empresa Puratos. Esta visita surge na seespera do resultado final!

>

Todos os anos, os Cursos de Educação e Formação acrescentam sempre alguma novidade ao seu projecto educativo e à sua identidade. Desta vez, o CEF 4 resolveu ir ainda mais longe, ao promover um intercâmbio com colegas de outras escolas. Primeiro foram visitados pela Escola Cooperativa de Vale S. Cosme (Didáxis), que trouxe até nós os cursos de empregado de mesa e de cozinha, para estabelecer intercâmbio com a turma do CEF4 – Curso de Padeiro/ Pasteleiro. Este intercâmbio ajudou a promover a divulgação, troca de experiências e realidades vividas por formandos que frequentam os Cursos de Educação e Formação de ambos os estabelecimentos de ensino, assim como promover o convívio e promoção de novas parcerias. Mais uma vez, os nossos formandos estiveram à altura do acontecimento e desenvolveram uma actividade conjunta de confecção de um produto de pastelaria que foi (bastante) apreciado no lanche conjunto. Além da importância que teve ao nível técnico, a componente humana e social foi uma das metas amplamente atingidas.

cef

>

>

cef

3

Dentro do que já vem sendo habitual no domínio de HSST, o CEF3 – Curso de Electricista de instalações, treinou a extinção de fogos simulados. Tratou-se de uma actividade que tem por objectivos dotar os formandos para o uso correcto dos extintores e sensibilizar para os riscos de incêndio no local de trabalho. É que quem mexe com o fogo…

24 5

cef , e Visita

Dedicada à Padaria e Panificação

Não esquecendo a recente comemoração do dia mundial do ambiente e integrada no âmbito do tema “Problemas globais, soluções locais”, os formandos de CEF3 visitaram a ETAR de Ruílhe com o propósito de conhecerem melhor o funcionamento e finalidades de uma ETAR. Além disso, foi ainda possível testemunhar a mais recente inovação que conta com um conjunto de painéis foto voltaicos e que dão um importante contributo para a redução do consumo de energia. São pequenos gestos como este que podem ajudar a melhorar o estado do planeta. Um agradecimento à Agere, na pessoa da Engª Rita, que nos ajudou a compreender melhor o problema da poluição da água e formas de ser mais ecológico.

OCEANÁRIO e PURATOS quência dos diversos eventos que as turmas do CEF2, CEF4 e CEF5 realizaram ao longo do ano lectivo, numa lógica de parceria e de integração de saberes. Foi, por isso, uma merecida visita e uma

>

em intercâmbio com

DIDAXIS

>

4

>

>

cef

cef

25

oportunidade para alargar conhecimentos profissionais. É um prémio merecido para quem desenvolveu tantas e tão boas actividades ao longo do ano lectivo.

Os cursos de Padeiro/ Pasteleiro e de Empregado/ Assistente Comercial visitaram a feira internacional de Vigo dedicada à área da padaria e pastelaria. Esta visita inseriu-se na preparação dos formandos para a formação em contexto de trabalho que têm que realizar no final do curso. Foi uma oportunidade para conhecer as novas tendências e produtos de pastelaria e panificação, assim como estudar formas de comunicação e de vendas. Mais uma vez, o CEF nos grandes eventos!


26

cursos profissionais

> Técnicos de Energias Renováveis

Regata dos Barcos No passado dia 29 de Maio, teve lugar, em Sta Maria da Feira, a Regata de Barcos Solares 2009, uma iniciativa conjunta do Visionarium e do Instituto de Promoção Social da Bairrada, na qual participou a turma E do 10ºano de Energias Renováveis da nossa escola, tendo obtido um brilhante 4º lugar, com dois barcos fotovoltaicos construídos pelos próprios alunos. Apesar de ser uma estreia, os nossos alunos do 10º E conseguiram ficar em 4º lugar. A experiência adquirida nesta Regata faz com que os alunos acreditem que vão conseguir ficar em primeiro lugar no próximo ano. As corridas foram realizadas num lago com luz solar directa, num percurso em linha recta com cerca de 10 metros de comprimento. Os barcos eram guiados através de um cabo, esticado a uma altura de cerca de 30 cm da superfície da água. A largada era dada com os motores ligados e os barcos presos pela bandeira da

popa. No momento da largada um dos integrantes da equipa solta a bandeira, e outro integrante apanha o barco no outro lado da pista. Esta iniciativa pretende ser um incentivo à realização de actividades experimentais relativamente simples e pouco dispendiosas e em que escolas e alunos sejam motivados a inovar práticas pedagógicas. É, ainda, objectivo desta iniciativa despertar o gosto pela investigação, pela tecnologia e pelo aproveitamento das energias alternativas. A construção de barcos solares envolve várias áreas do conhecimento e é um excelente meio para que os alunos apliquem na prática os seus conhecimentos teóricos, desenvolvendo a sua capacidade criativa, a persistência, a organização e o trabalho de equipa. Neste concurso são atribuídos prémios às equipas vencedoras de cada escalão, no Troféu de Design e Construção e no Troféu de Performance em Corrida.

10ºG sempre a “bombar”

Festa Summer 09!!

No sábado, dia 20 de Junho, realizou-se pelas 22h30m, mais um evento preparado pelo Curso Profissional de Técnicos de Vendas! A turma organizou, nas instalações da Junta de Freguesia de Ruílhe, uma festa de final de ano lectivo, onde se comemorou também a “chegada do Verão”! A festa teve a participação de DJ Gunzel, além de uma animada sessão de karaoke,

Descobrindo o

onde todos puderam dançar e divertir-se “em grande”! Esta actividade teve o apoio do Presidente da Junta de Ruílhe, do Externato Infante D. Henrique e dos formadores das áreas de Organizar e Gerir e Vendas. E é claro, como não podia deixar de ser, a colaboração da Directora de Turma e do Director de Curso! A todos muito obrigado!

Mosteiro de Tibães

Técnicos de Vendas no E.Leclerc No dia 15 de Junho, o Curso Profissional de Técnico de Vendas deslocou-se ao supermercado E.Leclerc, em Famalicão. Esta actividade foi preparada e organizada pelas formadoras de Comunicar em Vendas – Sandra Silva – e Organizar e Gerir - Paula Ribeiro. Nesta visita, todos os objectivos foram

No dia 18 de Março do ano corrente, pelas 14 horas, realizou-se uma visita de estudo ao Mosteiro de Tibães, tendo nela participado os alunos do 10.ºF do Curso de Multimédia e os Professores de História da Cultura e das Artes e Português. Teve como finalidade proporcionar aos alunos um contacto mais directo com a arte barroca, presente em todo o património arquitectónico e cultural da cidade de Braga; sensibilizar os alunos para a preservação do património natural e construído, despertar o interesse pelo sentido estético, desenvolver o espírito crítico e de observação assim como aprofundar conhecimentos adquiridos nas aulas. Iniciou-se a visita guiada pela

cumpridos pois a turma observou in loco, no armazém do referido supermercado, o funcionamento, organização e divisão de stocks, assim como assistiu à entrega e recepção de produtos. Segundo a opinião de todos os participantes, esta foi uma actividade muito produtiva e educativa para todos!

Igreja do Mosteiro e posteriormente pelo próprio Mosteiro. Este foi ocupado a partir do século XII pela congregação Beneditina. Em 1110 D.Henrique e D.Teresa concederam-lhe Carta de Couto.No séc XVI tornou-se a Casa-Mãe da ordem para Portugal e o Brasil. Na primeira metade do séc XVII,deuse início à grande campanha de reedificação e ampliação do Mosteiro, da qual resultou o conjunto hoje existente.Os alunos tomaram contacto com os três estilos da Igreja, o barroco,o Joanino e o rococó. Valorizaram a Igreja como um dos marcos mais ricos do século XVII do ponto de vista histórico, cultural e arquitectónico. Considerado um dos templos símbolo da arte barroca portuguesa. Nele trabalharam

arquitectos como Manuel Álvares e André Soares, e o estaleiro do Mosteiro foi um conceituado centro de aprendizagem. Percorreu-se depois todo o espaço do Mosteiro começando pelos claustros ,pelos largos corredores, celas, salões, biblioteca e botica do Mosteiro. Visitou-se também o espaço exterior. Aí foi possível percorrer o "Percurso Museológico", onde se apreciou a área envolvente ao Mosteiro, a sua arquitectura, as ruínas de edifícios anteriores, a mata, os jardins, e diversos campos agrícolas (hortas, pomares, milheirais...). Finda a visita, encetou-se a viagem de volta à Escola. Margarida Lages e Teresa Pinto


cursos profissionais > IV Festival de Cinema e Multimédia de Castro Verde

Alfacoop ganha 1º Prémio de Ficção

O Externato Infante D. Henrique arrecadou o 1º prémio de ficção da quarta edição do Festival 100 Cenas de Cinema e Multimédia, organizado pela Escola Secundária de Castro Verde. A iniciativa decorreu no Fórum Municipal de Castro Verde, de 27 de Abril a 2 de Maio. O filme de ficção “VOLVO A UM ADEUS”, da autoria dos professores do Externato Infante D. Henrique Pedro Monteiro e Pedro Miranda, com a duração de 10 minutos, foi projectado logo no primeiro dia

do Festival, merecendo o aplauso generalizado da crítica e passou de novo pela sala de cinema do Fórum Municipal, no dia 30 de Abril, numa sessão que incluiu apenas os quinze filmes que o júri seleccionou para a fase final. A entrega dos prémios teve lugar no dia 2 de Maio, às 18 horas, numa sessão de encerramento em que foram projectados os filmes premiados. O Festival 100 CENAS contou com o apoio da Câmara Municipal de Castro Verde e de outras entida-

des públicas e privadas da região e tem como objectivos promover a partilha de experiências e conhecimentos entre escolas básicas, escolas secundárias e escolas profissionais nos domínios do cinema e do multimédia, estimular a criatividade e a imaginação de alunos e professores, dar visibilidade aos trabalhos inovadores realizados nas escolas e sensibilizar o público escolar para a história e a estética do cinema.

27

Volvo a um Adeus

Volvo a um Adeus é a história de um homem que percorre o país à procura de uma mulher. Viajando no Volvo que herdou do pai, encontra, a meio caminho, um desconhecido, que segue viagem à boleia e sem destino. Os dois principiam uma jornada que não é apenas física mas existencial, levando-os, talvez, a lugar nenhum. Um road-movie que é um aforismo acerca do destino do Homem como homo viator, como Ser em falta, em busca e criação de sentido.

FICHA TÉCNICA: Volvo a um Adeus André Faia e Rui Meneses Realização Pedro Miranda e Pedro Monteiro Argumento Leonel Ferreira Música “Sabor a Mi” interpretado por Trio Los Panchos Autoria: Alvaro Carrillo “Tardes de Bolonha” interpretado por Rodrigo Leão Autoria: Rodrigo Leão “Vuelvo al Sur” interpetado por Roberto Goyeneche Autoria: Fernando Solanas e Astor Piazzolla Edição Pedro Miranda e Leonel Ferreira Assistente de Produção Diogo Fonseca Agradecimentos Lourocar – Automóveis Alfacoop 2009

> FCT - Formação em Contexto de Trabalho

Técnicos Multimédia em estágio Os Cursos Profissionais são uma modalidade de educação, inserida no ensino secundário, que se caracteriza por uma forte ligação com o mundo profissional. A aprendizagem valoriza o desenvolvimento de competências para o exercício de uma profissão, em articulação com o tecido empresarial local. O estágio é uma das principais etapas no desenvolvimento de qualquer curso de carácter profissionalizante. Possibilita aos formandos o conhecimento prático

das funções profissionais e possibilita o contacto com problemáticas concretas inerentes à profissão. Esta experiência é fundamental para o aprofundamento de práticas e metodologias de trabalho. Neste sentido, o Externato Infante D. Henrique agradece a todas as entidades públicas e privadas que proporcionaram a Formação em Contexto de Trabalho aos formandos do Curso Técnico Multimédia. Pedro Monteiro Director de Curso Técnico Multimédia

APEE - EB1 Ruílhe


28

a escola em acção

> “Deputados” da nossa escola no Parlamento

Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens - Concurso Euroscolas As alunas Ana Coimbra (11º C) e Janete Guimarães (10º A) da nossa escola representaram, pela primeira vez, o distrito de Braga no concurso Euroscola. A Sessão Nacional do Euroscola, que deA nossa escola participou, nos dias 25 e 26 de Maio, na Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens, na Assembleia da República, com os “deputados” Catarina Silva (11º C) e Ricardo Soares (11º A). No dia 25, quase de madrugada, a nossa legação rumou até Lisboa, aonde chegou “a pisar” a hora agendada. Os trabalhos da Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens, este ano subordinado ao tema “Participação Cívica dos Jovens”, iniciaram-se às 14.00 horas com as reuniões das Comissões para debate, na generalidade e na especialidade, dos Projectos de Recomendação emanados

dos diversos círculos eleitorais. Os “deputados” do Externato Infante D. Henrique tiveram intervenções relevantes. No final do debate, iniciou-se o período de votações, tendo o Círculo de Braga feito aprovar duas medidas para o Projecto de Recomendação à Assembleia da República. O buliçoso acordar da manhã do dia 26, no Instituto da Juventude, em Oeiras, era próprio dos dias importantes. Após o discurso de Manuel Alegre e do Secretário de Estado da Juventude, Laurentino Dias, seguiu-se o período de perguntas aos deputados Manuela Melo (PS),

Fernando Antunes (PSD), Manuel Tiago (PCP), Teresa Caeiro (CDS/ PP), Ana Drago (BE) e Heloísa Apolónia (PEV). O Círculo de Braga, que tinha feito aprovar uma questão na sessão do dia anterior, mais uma vez foi interveniente activo. Durante o tempo restante da manhã, debateu-se o Projecto de Recomendação à Assembleia da República. Todas as propostas foram submetidas a um breve debate e os nossos “deputados” participaram muito acertadamente. O momento alto para a nossa repórter, Adriana Neves (11º C), ocorreu às 14.00 horas, quando o Presidente da Comissão Parlamentar

> Juniores do S.C. Braga participam em jogo solidário

Desporto com sorrisos EMRC promoveu dias radicais Os professores de Educação Moral e Religiosa Católica promoveram, ao longo do ano lectivo, um conjunto de “actividades radicais”, com os objectivos de conhecer situações de aventura e novos horizontes, partilhar algumas experiências de aventura, desenvolver o espírito de amizade, colaboração e inter-ajuda e contribuir para a protecção do meio ambiente, para o equilíbrio ecológico e para a preservação do património. As actividades realizaram-se

nos dias 2 e 3 de Maio, para os alunos do 9º ano. Os alunos do 11º e do 12º ano tiveram os seus “dias radicais” a 6 e 7 de Junho. Nos dias 13 e 14 de Junho, foi a vez dos alunos do 10º ano. O local escolhido foi o Complexo Polidesportivo de Rilhadas – Fafe. Em cada um dos Sábados, os alunos tiveram a oportunidade de praticar Canoagem, Paintball, Piscina, Futebol e Voleibol. À noite participaram numa festa com Karaoke + Dj e Cinema. No Domingo, puderam praticar Karting, parti-

cipar numa Prova de Orientação, atravessar as “Pontes Himalaias” e jogar Jogos Tradicionais. Segundo a equipa organizadora destas actividades, foi uma experiência muito positiva. As actividades radicais realizadas foram do agrado de todos, principalmente o Karting, o Paintball e a Canoagem, e permitiram criar bons momentos de aventura, amizade, colaboração e de convívio. Os alunos também ficaram muito satisfeitos com a empresa Psicomagna e com os seus monitores.

de Educação e Ciência, António José Seguro, respondeu, em conferência de imprensa, às perguntas dos jornalistas das escolas. Das 14.00 às 15.00 horas, procedeu-se à conclusão do debate e à votação final global da Recomendação à Assembleia da República. António José Seguro, pelas 16.00 horas, encerrou a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens, iniciativa institucional da Assembleia da República que procura incentivar o interesse dos jovens pela participação cívica e política, agradecendo a todos os participantes neste programa, nas suas várias etapas.

Mais uma vez, movidos por uma causa nobre e pela vontade de ajudar, o grupo “Unidos por um Sorriso - UPUS”, do 12ºB, do Externato Infante D. Henrique, resolveu angariar fundos e géneros alimentares para doar a instituições de solidariedade social. Assim, convidaram o plantel júnior do S. C. Braga e o seu treinador, Dito, que já foi jogador de vários clubes, incluindo a selecção nacional, para fazerem um jogo solidário contra alunos da escola. O jogo foi muito disputado e divertido contando também

correu no Auditório do Edifício Novo da Assembleia da República, é organizada pelo Parlamento Europeu e contou com a presença de 18 distritos do país. A Ana Coimbra e a Janete Guimarães tiveram uma prestação excelente neste concurso, apresentando o projecto sobre o “Voluntariado na Europa”. Deixando transparecer um nervoso miudinho antes do concurso, as nossas alunas não deixaram os seus créditos por mãos alheias durante a sua apresentação e foram ovacionadas por uma sala repleta de curiosos assistentes.

com o apoio de uma entusiasta plateia, constituída por alunos de vários anos de escolaridade que animaram o encontro. No final da partida, o resultado foi de zero para os da casa e dois para o Braga, mas isto foi o que menos interessou. Realmente importante, foi ver a escola mobilizada por uma boa causa e onde se pôde reparar que nem só as grandes estrelas de futebol gostam de ajudar, é bom saber que os adolescentes também primam por estes gestos solidários.


clube de leitura

29

Actividades do CRE Centro de Recursos Educativos Exposição sobre

25 de Abril Numa sociedade essencialmente materialista é importante transmitirmos aos nossos alunos ensinamentos pautados pela democracia, pela liberdade, pelo respeito e aceitação da diferença e pela tolerância. Os alunos tiveram oportunidade de visitar uma exposição no CRE sobre “ABRIL”. Esta constou de cartazes explicativos desde o Estado Novo até à Revolução de Abril. Esta e outras actividades, no âmbito das comemorações do 25 de Abril, foram articuladas com o Departamento de Ciências Sociais e Humanas.

Poesia Dia Mundial da

O Dia Mundial da Poesia foi assinalado pelo CRE conjuntamente com o Clube de Leitura. A Escola despertou de uma forma diferente. Os professores, na sexta-feira, 20 de Março, surpreenderam os alunos, na 1ª aula da manhã, quando abriram o livro de ponto e deixaram sair um poema de Sophia, de Eugénio de Andrade, de António Botto e muitos outros… Divulgar a poesia e poetas portugueses foram alguns dos objectivos que nortearam esta actividade.

Sabia que... - Actualmente mais de 9305 livros integram a nossa Biblioteca Geral; - A Biblioteca Domiciliária dispõe cerca de 1143 livros; Frequentaram:

Os melhores

Leitores Os melhores leitores da Biblioteca Domiciliária este ano lectivo foram: - Inês Carolina Ferreira (8º B); - Bruno Alexandre Pereira (7º D) ; - Jacinta Bacelo Vilaça (assistente administrativa)

- a secção de vídeo 571 alunos; - a secção de trabalho 7.442 alunos; - a secção de informática 35.694 alunos; - a secção de periódicos/revistas 2.929 alunos; - a secção de leitura 4.088

Título: “O regresso” Autora: Victoria Hislop Editora: Editorial Presença

Título: “Noites no Sótão” Autor: Maria Teresa Maia Gonzalez Editora: Difel 2000

Professora de Português / Inglês

Eliana Barreiro

Funcionária

Ana Paula

Ana Cristina 7ºG

Ana Maria 12ºD

Sugestões de LEITURA

Título: “A Vida num Sopro” Autora: José Rodrigues dos Santos Editora: Gradiva

Título: “A Insustentável Leveza do Ser ” Autora: Milan Kundera Editora: ...

Considerei a leitura deste livro muito envolvente. A história

“Noites no Sótão” é um livro que retrata uma família des-

Li o último livro deste autor e fiquei fascinada com a sua escrita.

Penso que este é o tipo de livro que se adora ou se odeia. O enredo

transporta-nos ao tempo da Guerra Civil Espanhola. A autora

truída por um pai alcoólico que bate na mulher e nos filhos.

Neste livro, o autor leva-nos ao tempo da PIDE e do Estado

desenvolve-se em Praga e em Viena e atravessa algumas déca-

consegue criar um ambiente de mistério, ao longo da obra, que

Dinis, o filho mais velho, sai de casa e processa o pai após se

novo e permite-nos contactar com uma realidade social bem

das, sendo permeado pela invasão russa à então Checoslováquia

leva o leitor a tentar desvendar em cada virar da página, mas a

ter envolvido em mais um conflito com este.

diferente daquela que vivemos nos nossos dias.

e pelo clima de tensão política que pairava em Praga naqueles

autora consegue surpreender-nos sempre.

Tal como aconteceu com os outros livros desta autora que

A história baseia-se na perseguição que um elemento da PIDE

tempos. A forma como o autor checo apresenta as vivências

Penso que esta é uma leitura interessante para os alunos do

já li, gostei muito deste livro porque expõe a situação e a rea-

faz a um jovem, movido por puro ódio e pela satisfação da sua

históricas conturbadas é brilhante e faz-nos sentir quase como

Ensino secundário, que vai contribuir significativamente para

lidade do que, infelizmente, acontece com muita gente. Além

raiva pessoal, destruindo-lhe completamente a vida.

se fossemos uma das personagens perdidas pelas ruas de Praga

o enriquecimento da sua cultura geral e alargar os seus hori-

disso, “Noites no Sótão” informa-nos de um problema, mas

À mistura, o autor apresenta-nos uma magnífica história de

com receio de sermos capturados pelas forças armadas. Mas o

zontes literários. Aconselho os meus colegas a lerem este livro.

dá-nos também solução. Uma solução que inspira fé e coragem.

amor com vários enredos e um desfecho dramático.

mais interessante são os encontros e desencontros amorosos

Aproveitem as férias para o fazer. Vale a pena.

Uma solução que muitas pessoas precisam de saber que existe.

Não percas a leitura deste livro fascinante.

de Tomás, Teresa e Sabina.

Porque quando a violência começa não acaba. Nada mudará

Kundera apresenta a dualidade do peso e da leveza numa pers-

enquanto as vítimas não tomarem uma posição, erguerem a

pectiva existencial.

cabeça e derem asas à coragem que nelas se encontra. Esta

Costumo dizer que este é o livro da minha vida, mas penso que

história sugere todos estes ideais.

será o livro da vida de todos nós!

Propriedade: Alfacoop - Cooperativa de Ensino CRL - Externato Infante D. Henrique - 4709-008 RUILHE - Braga - Tel. 253 959 000 - fax 253 951 701 - email: alfacoop@mail.telepac.pt - www.alfacoop.pt - Director: Dr. José da Silva Ferreira Redacção de Textos: Clube de Jornalismo e Rádio - Prof. Sérgio Cortinhas (coordenador), Prof. Manuel José (sub-coordenador), Profª Isabel Ferreira, Profª Patrícia Almeida, Prof. Manuel Augusto e alunos do Clube de Jornalismo e Rádio Paginação: Prof. Pedro Monteiro Fotografia: Clube de Fotografia e Vídeo - Prof. Rui Leite Impressão e Acabamento: Artes Gráficas Tadinense Tiragem: 2000 exemplares


30

última

> Numa monumental lição de história ao vivo

Em Braga

Os largos milhares de bracarenses e forasteiros da região e do país que assistiram em Braga, de 28 a 31 de Maio, a mais uma edição da BRAGA ROMANA, recriação histórica da

“ matriz fundacional “desta cidade, maravilharam-se e deram glória aos deuses personificados em alunos e professores da nossa Escola. Com mais de 200 figurantes e

FOMOS ROMANOS!

respeitando o rigor histórico que se impunha, a nossa Escola mais uma vez marcou presença com entusiasmo, dedicação e alegria. Recriando o quotidiano de Braga

nos primeiros séculos desta época, o centro histórico da cidade viveu momentos com factos, cenas, movimentos, cores, sensações, sons e aromas de um povo que a eternizou

REPÚBLICA PORTUGUESA

como Augusta. Tanto nos Cortejos, como nas actividades de animação, a nossa participação foi um verdadeiro hino às divindades. Fomos Deuses. Da cidade e do mundo.

infante_33_junh09  

Jornal Infante nº33 | Externato Infante D. Henrique | Ruílhe | Braga | Portugal | www.eidh.eu

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you