Issuu on Google+

-RZIWXMHSV'4*0 RELAÇÕES COM INVESTIDORES | 35 | ANO 6 | NOVEMBRO/DEZEMBRO DE 2010

RI obtém destaque internacional A equipe de Relações com Investidores da CPFL Energia foi a maior premiada entre todas as empresas da América Latina no setor de Utilities. O reconhecimento nasceu de uma pesquisa sobre o trabalho de relações com investidores das empresas, realizada pela revista Institutional Investor, uma das mais conceituadas publicações direcionadas a profissionais da área financeira. O resultado garantiu o primeiro lugar pelo “Melhor Programa de Relações com Investidores - Sell Side ” e também pelo “Melhor Programa de Relações com Investidores - Buy Side ”. Isso significa que a pesquisa envolvendo 260 analistas sell side (analistas de bancos que fazem a cobertura da empresa e divulgam recomendação aos investidores) e 204 portfolio managers (gestores de fundos de investimento) elegeu a CPFL como a companhia que melhor se relaciona com seu investidor.

Essa conquista é resultado do empenho dos colaboradores de toda a diretoria. “Construímos diariamente uma relação de proximidade, credibilidade e transparência com o mercado. Esse relacionamento viabiliza nosso objetivo maior, que é comunicar de forma ágil, clara e transparente”, destaca Gustavo Estrella, diretor de RI. Estrella também recebeu premiação pela liderança como “Melhor Profissional de Relações com Investidores - Sell Side ”. “O envolvimento da alta administração nas atividades de RI mais uma vez comprova que já consolidamos internamente uma cultura de companhia de capital aberto, apesar do nosso recente IPO”, revela o diretor. O presidente da CPFL, Wilson Ferreira Jr., foi destaque em duas categorias da publicação, levando o título de “Melhor CEO para Relações com Investidores - Sell Side e Buy Side”.

Palavra do Presidente

Novo mundo de oportunidades As recentes crises internacionais evidenciaram que estamos em uma fronteira de mudanças, delineando o que tem sido chamado de nova economia ou economia verde. O Brasil encontra-se em posição privilegiada, tanto no âmbito interno quanto mundial, por reunir matriz energética com forte participação de fontes renováveis e possuir uma matriz elétrica predominantemente renovável. A CPFL Energia se antecipou para compreender as transformações que vêm acontecendo no mundo e no ambiente de negócios em que está inserida. Adotamos uma matriz energética essencialmente limpa e renovável, em linha com a

estratégia de ampliação da oferta de energia elétrica do Brasil. A nossa visão e missão apontam para a busca de soluções energéticas sustentáveis. Dentre nossos princípios orientadores destacam-se a preocupação com as consequências de ações e decisões e, na mesma linha, o controle de riscos capazes de ameaçar as atividades da companhia e produzir efeitos não negociados com os públicos de seu relacionamento. Nessa linha, acreditamos que o futuro reservará lugar para apenas dois tipos de empresa: aquelas que serão apenas reativas, buscando adaptar-se e controlar emissões e riscos ambientais, e as que serão proativas,

aproveitando as novas oportunidades de negócios oferecidas, sobretudo nos setores de eficiência energética, com adoção de fontes limpas e renováveis, emprego de máquinas, equipamentos e eletroeletrônicos de baixo consumo de eletricidade, reutilização de resíduos e geração distribuída. Estas últimas liderarão essa nova fase do desenvolvimento econômico, criando diferenciais competitivos e ampliando as suas possibilidades de mercado. A CPFL Energia, sem dúvida alguma, se enquadra nessa categoria. Wilson Ferreira Jr. Presidente da CPFL Energia


-RZIWXMHSV'4*0

Mercado de Capitais

Desempenho em bolsa Veja abaixo o gráfico com o desempenho das ações da CPFL Energia no período de 12 meses findos em novembro de 2010, tanto na Bovespa (CPFE3) quanto na Bolsa de Nova Iorque (CPL) em comparativo com os principais índices de referência das respectivas bolsas.

Performance das ações Bovespa - 12 meses

33,2% 16,7% CPFE3 30/11/09 29,80 30/11/10 39,70 Var. 33,2% Fonte: Economática

IEE 22.852 26.677 16,7%

Performance das ações Nyse - 12 meses

1,0%

33,0% -1,3%

IBOV 67.044 67.705 1,0%

30/11/09 30/11/10 Var.

6,4%

CPL

DJBr20

DJIA

53,38 71,01 33,0%

34.652 34.202 -1,3%

10.345 11.006 6,4%

Variações com ajuste por proventos

Recomendações

Avaliação dos Analistas

As ações da CPFL Energia fecharam o mês de novembro de 2010 com a cobertura de 27 instituições financeiras. Com relação às avaliações dessas instituições, 70% recomendam compra ou manutenção para os papéis de CPFL.

Interação online

NowebsitedeRelaçõescomInvestidoresdaCPFLEnergia,asrecomendaçõeselaboradas por essas instituições financeiras estão disponíveis para consulta. Para conferir a tabela completa, visite o site www.cpfl.com.br/ri. No menu, escolha a seção“Informações aos Investidores”e clique na opção“Analistas e Consensus”.

Reunião

Apimec aproxima CPFL dos investidores A CPFL Energia participou de duas importantes reuniões com aproximadamente 200 investidores, analistas e associados, organizadas pela APIMEC, Associação de Investidores do Mercado de Capitais, no Rio de Janeiro e em Brasília, no mês de novembro. Essas reuniões são importantes por permitirem um contato mais direto entre empresa e acionistas minoritários, investidores pessoas físicas, que aproveitam para tirar dúvidas sobre a CPFL. Além de apresentados os resultados do terceiro trimestre de 2010, os participantes puderam fazer perguntas. Representaram a CPFL o diretor de Relações com o Mercado Investi-

2

dor, Gustavo Estrella, e a gerente de Relações com o Mercado Investidor, Alessandra Munhoz Andretta. Pela Apimec, presidiu o encontro no Rio de Janeiro o seu presidente local Luiz Guilherme Dias, e em Brasília o evento foi coordenado pelo também presidente Alexandre Guimarães. Em Brasília, a CPFL Energia recebeu o Selo de Assiduidade Prata, reconhecimento conferido às empresas pela frequência de reuniões com investidores. Os eventos ocorreram no Hotel JW Marriott, em Copacabana, Rio de Janeiro e no Naoum Plaza Hotel, em Brasília, nos dias 18 e 25 de novembro.


-RZIWXMHSV'4*0

Usinas

Termelétrica entra em operação A usina termelétrica Termonordeste, que integra o projeto Epasa, entrou em operação comercial no dia 24 de dezembro de 2010. Com investimentos de R$ 608 milhões, o projeto inclui, ainda, a UTE Termoparaíba, atualmente em fase de testes, prevista para entrar em operação comercial em janeiro. As obras para a construção das

duas usinas, que funcionarão com óleo combustível, foram iniciadas em outubro de 2009. Os dois empreendimentos contam com 40 unidades motogeradoras, cuja potência instalada alcança 341,5 MW (174,2 MW da CPFL). A entrada dessas termelétricas no parque gerador da CPFL Energia representam uma adição próxima de 10%

à potência instalada do grupo. As termelétricas operarão em regime de disponibilidade, ou seja, estão previstas para funcionarem quando o nível dos reservatórios estiver baixo ou quando houver perturbações elétricas. A CPFL Energia participa com 51% do empreendimento, em parceria com a DC Energia ( 40,05%), Aruanã Energia (6,5%) e OZ&M (2,45%).

Qualidade

CPFL Integra ISE pela 6ª vez consecutiva A empresa é avaliada através de um questionário desenvolvido pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVCes) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP), contendo 184 questões, enviado a 182 empresas emissoras das 200 ações mais líquidas da BM&FBOVESPA. No documento foram avaliados o compromisso das empresas com o desenvolvimento sustentável, políticas e procedimentos internos relacionados com o tema e o relacionamento com todos os stakeholders, entre outros. “Essa é uma conquista importante, tendo em vista o crescente nível de exigência do questionário e do próprio processo de comprovação de evidências a cada ano, além do aumento no número de empresas candidatas a ingressarem no índice”, disse Gustavo Estrella, diretor de Relações com o Mercado Investidor.

Programa de Qualidade de Vida é premiado O Programa de Qualidade de Vida da CPFL Energia foi reconhecido pela excelência em gestão e boas práticas de ações pela Associação Brasileira de Qualidade de Vida (ABQV). O Prêmio Nacional de Qualidade de Vida (PNQV) é um dos principais no segmento e sua avaliação baseia-se em critérios e fundamentos do Modelo de excelência da Gestão – MEG – da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ). Essa iniciativa da CPFL está alinhada com a busca constante do bem-estar físico e mental das pessoas com as quais a empresa se relaciona. A premiação é realizada anualmente pela ABQV e baseia-se em um Relatório Comprobatório de Evidências que delineia os processos de gestão e ações presentes nos programas e boas práticas de qualidade de vida das empresas.

sxc.hu

Reafirmando seu compromisso de desenvolvimento sustentável, pela sexta vez consecutiva a CPFL Energia integra o Índice de Sustentabilidade Empresarial da Bovespa (ISE). O ISE reúne as empresas que mais se destacam em questões de sustentabilidade empresarial, avaliando aspectos de meioambiente, governança corporativa, econômico-financeiro, responsabilidade social e mudanças climáticas. A nova carteira do ISE, que terá vigência de 3 de janeiro a 29 de dezembro de 2011, reúne 47 ações de 38 companhias, representando 18 setores e soma R$ 1,17 trilhão em valor de mercado, o equivalente a 46,1% do valor de mercado total das companhias com ações negociadas na BM&FBOVESPA (em 24/11/2010). A CPFL é uma das 13 empresas que estão presentes no índice desde a sua criação, em dezembro de 2005.

Reconhecimento

3


-RZIWXMHSV'4*0

Sustentabilidade

Nova frota emite menos CO2 Alinhada com seus princípios de sustentabilidade e buscando a satisfação do cliente, a CPFL Energia está renovando sua frota de veículos operacionais e de atendimento à população. A renovação garante mais agilidade, qualidade no atendimento, segurança para os profissionais, além de reduzir a emissão de gases na atmosfera. A entrega do primeiro lote de 100 veículos aconteceu em novembro. O investimento até o final de 2010 atingiu R$ 30 milhões na aquisição de novos veículos, com a substituição de 640 unida-

Novaschaves modernizam redeelétrica

des, e chegará a R$ 150 milhões até 2014, quando a renovação alcançará 90% da frota, composta de 2.400 veículos. A renovação da frota também se explica do ponto de vista ambiental: os veículos mais modernos emitem menos CO2 na atmosfera, um dos causadores do efeito estufa. No início de 2010 a frota leve de veículos passageiros, teve instalada um dispositivo para reduzir ainda mais as emissões e recebeu o selo da Frota Verde. Esse selo indica que os carros estão equipados com um mecanismo que diminui a emissão de gases poluentes.

Eletricistasrecebemnovosveículosemnovembro

A CPFL Energia está intensificando a modernização de sua rede elétrica com a instalação de chaves automatizadas. Esses equipamentos são acionados à distância e reduzem substancialmente o tempo de restabelecimento de energia nas interrupções. Em 2010 foram adquiridas 1.115 novas chaves automatizadas e em 2011 outras 817 serão compradas. O benefício é a melhor prestação de serviço e maior eficiência operacional. Esses equipamentos reduzem as despesas com operação e melhoram a qualidade do fornecimento aos clientes (reduzindo o tempo e a quantidade de interrupções), além de compor a Base de Remuneração Regulatória (BRR).

WorkshopsobreConstruçõesSustentáveis Arquivo PM

Lechner,palestrante

Arquivo PM

Em busca de soluções inovadoras ligadas à sustentabilidade, a CPFL Energia promoveu o workshop “Green Building - Sinal verde para a sustentabilidade“, em novembro, em Campinas. O evento contou com a participação dos especialistas em construções sustentáveis: Nils Larsson (diretor executivo da International Initiative for a Sustainable Built Environment - iiSBE), Charles Kibert (professor na Escola de Construção Civil, na Faculdade de Projeto Construção e Planejamento, na Universidade da Flórida), Norbert Lechner (professor aposentado do College of Architecture, Design and Construction da Auburn University) e Silvia de Schiller (pesquisadora especializada em projeto bioambiental e sustentabilidade urbana e professora de Arquitetura da Facultad de Arquitectura, Diseño y Urbanismo, da Universidad de Buenos Aires). Os palestrantes internacionais debateram temas ligados ao green building: redução de emissões, edifícios com consumo zero de energia, arquitetura em um contexto de aquecimento global e como a arquitetura pode ser utilizada para promover um futuro sustentável.

CPFL é primeira no Setor Elétrico a receber certificado ISO 27001 As áreas de Arquitetura, Tecnologia e Segurança da Informação, ligadas à TI da CPFL Energia estão certificadas com o ISO 27001. Essa certificação é pioneira no setor elétrico. Para obter esse documento, a empresa passou por uma auditoria que avaliou a segurança da informação de seu Datacenter através de uma análise de infraestrutura, processos de contratação, controle de acesso físico, entre outras questões que envolvem direta ou indiretamente a segurança dos ambientes.

INVESTIDOR CPFL é uma publicação da área de Relações com Investidores da CPFL Energia, editada pela Diretoria de Comunicação Empresarial e Relações Institucionais, Rodovia Campinas Mogi Mirim, Km 2,5 - Jd. Santana - Campinas/SP, CEP 13.088-900. Fone: (19) 3756-8197 Fax: (19) 3756-8040 - Vice-Presidente Financeiro e de Relações com Investidores: Wilson Ferreira Jr., Diretor de RMI: Gustavo Estrella, Diretor de Comunicação Empresarial: Augusto Rodrigues, Gerente de Jornalismo: Carlos Henrique Matos Ramos. Jornalista Responsável: Maria Helena Portinari MTB15577. Conteúdo e edição: Marcos Sambo. Design: Leonardo Castagna - site: Relações com Investidores: www.cpfl.com.br/ri - email: ri@cpfl.com.br.

4


Jornal_Investidor_35