Page 1

CORREIO JUQUERY

Mairiporã • Sexta-feira 28 de fevereiro de 2014

www.correiojuquery.com.br

VACINAÇÃO A partir de 10 de março o Sistema Único de Saúde (SUS) passa a oferecer a vacina contra o HPV (Papiloma Vírus Humano), usada na prevenção do câncer de colo do útero. Neste ano, serão vacinadas meninas de 11 a 13 anos. PÁGINA 5

Mairiporã, sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

www.correiojuquery.com.br

CORREIO ONLINE

ANO IX - Nº 507 ● www.correiojuquery.com.br Distribuição gratuita ● R$ 1,00 (nas bancas)

TELECOMUNICAÇÕES Cancelar serviço de telefonia fixa, móvel, internet e TV por assinatura será automático, segundo decisão da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Créditos de celulares pré-pagos ficarão disponíveis por no mínimo 30 dias. PÁGINA 6

IMPOSTO DE RENDA Receita Federal publicou no Diário Oficial as regras para declaração deste ano e anunciou o dia 6 de março como início do prazo para entrega, que termina no dia 30 de abril. Só serão aceitas declarações de pessoas físicas através da internet. PÁGINA 6

1

SABOR Preparar peixes não precisa ser complicado. Duas sugestões deliciosas ‘vindas do mar’ para você fazer no final de semana e chamar os amigos. PÁGINA 10

Secretário entrega o cargo em meio a crise na Saúde J. L. Gonçalves

População lotou a Câmara de Vereadores na noite de terça-feira

Anteontem, no gabinete do prefeito Márcio Pampuri, o secretário da Saúde, Manoel Blanco, entregou o cargo. Ele vinha enfrentando críticas de inúmeros segmentos da sociedade, desde o ano passado, por conta de problemas com o Hospital e Maternidade Mairiporã, que está sob intervenção da Prefeitura, e com a falta de medicamentos. O surto de dengue que assolou a cidade, no mês de janeiro, com mais de 300 casos em todo o mu-

nicípio, foi a gota d’água. Blanco, que desde o final do ano passado havia ameaçado deixar o comando da Saúde, desta vez não resistiu e comunicou sua decisão diretamente ao prefeito. Um dia antes, a população lotou as dependências da Câmara, durante sessão legislativa, com palavras de ordem e cartazes criticando a situação da saúde em Mairiporã e após o encerramento, debateram com vereadores os problemas e pediram solução. PÁGINA 3 Ricardo Honorio

Prefeito faz a entrega de mais de 8 mil kits escolares O prefeito Márcio Pampuri iniciou no dia 24 último a distribuição de 8.300 kits escolares aos alunos da rede municipal de ensino, acompanhado de

secretários e vereadores. O chefe do Executivo aproveitou a oportunidade para conversar com diretores, professores e alunos. PÁGINA 6

Prefeito conversou com centenas de estudantes da rede municipal de ensino

Marcinho da Serra continua carreando recursos para Mairiporã Das visitas que empreendeu a Brasília, o vereador Marcinho da Serra (PSD) continua a conseguir recursos para obras de infra-estrutura no município. Depois da liberação de verba por parte do deputado Ricardo Berzoini, desta vez foi o deputado Tiririca que atendeu solicitação do ve-

reador, e destinou R$ 150 mil para a área de esportes. Durante o ano de 2013 Marcinho foi quem mais conseguiu a transferência de recursos por parte de deputados e ministros, e aguarda ainda emendas de outros deputados que firmaram compromisso com a cidade. Divulgação

Nil pede pavimentação asfáltica para rua do Jardim Lúcia, em Terra Preta TRÊS indicações foram apresentadas pelo vereador Nil Dantas (PV) na sessão de Câmara na terça-feira, 25. Solicitou do prefeito que estude a possibilidade de asfaltar ou concretar a rua Érico Veríssimo, no Jardim Lúcia, em Terra Preta, via que está em péssimo estado de conservação e tem sido motivo de reclamação dos moradores. A via, na atual situação, impede o deslocamento dos moradores e o tráfego de veículos, inclusive os que prestam serviço público, casos do transporte escolar, ônibus circular e caminhão de coleta de lixo. Em outro trabalho o parlamentar solicitou serviços de capina e limpeza na rua João Meimberg, e para as imediações do ponto de ônibus no bairro Boa Vista. Esses locais não possuem calçadas apropriadas, que estão tomadas pelo mato,

Correio Imagem

Indústria e Comércio demitem mais e saldo do emprego formal em janeiro fica negativo Mairiporã começou 2014 com o fechamento de 72 postos de trabalho formal. Os dados foram divulgados no final de semana pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) órgão do Ministério do Trabalho. Os setores da Indústria de

Transformação e Comércio Varejista foram os que mais demitiram em janeiro, fazendo com que o resultado fosse negativo e, na comparação com janeiro de 2013,. quando 37 trabalhadores foram demitidos, houve aumento de 94,5%. PÁGINA 5

Furtos e roubos de veículos cresceram 19% em janeiro

obrigando os pedestres a caminhar pelo leito carroçável, correndo risco de acidentes. Nil também indicou a realização de serviços de patrolamento e cascalhamento nas ruas Esmeralda e Prata, ambas no bairro Mantiqueira, cujo estado de conservação é ruim.

Os números foram fornecidos pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, esta semana. Mairiporã manteve praticamente todos os índices de violência registrados em janeiro

Maioria dos partidos políticos em Mairiporã não tem diretório

dfe 2013, exceção aos furtos e roubos de veículos, que continuam alarmando a população. Somente em janeiro, nas duas modalidades de crime, foram 25 veículos. PÁGINA 5

IPVA cresceu 71% e a frota de veículos 221,42% em uma década

PÁGINA 3


2

www.correiojuquery.com.br

Mairiporã • Sexta-feira 28 de fevereiro de 2014

OPINIÃO OZÓRIO MENDES drozorio@yahoo.com.br

O

Proteção de verdade

cidadão mairiporanense que diariamente necessita dos serviços bancários está entregue à própria sorte, pois quem deveria lhe dar proteção não o faz. Os vereadores, até onde a lei permite, fizeram a parte que lhes cabia, ou seja, aprovaram legislação para proteger clientes e correntistas bancários dos crimes chamados de ‘saidinha de banco’. Mas só isso não adiantou. Algumas agências se adequaram às leis, mas isso é quase nada diante da ousadia da bandidagem e da facilidade que têm para agir. Quem depende do sistema bancário para suas movimentações financeiras sabe bem que não conta com a proteção a que tem direito. Os crimes às portas das agências têm sido recorrentes e além da sensação de impotência, o cidadão acaba sem o dinheiro, que na maioria das vezes advém de pensão e de aposentadoria. E não é só quem se utiliza do caixa tradicional que tem sido alvo. Os que, por conta da correria diária precisam agilizar compromissos, vão diretamente aos caixas eletrônicos, também acabam sendo vítimas. A inoperância de quem deveria dar segurança parece longe de terminar. Nossas autoridades precisam cobrar ação e eficiência dos órgãos responsáveis e acabar com o jogo de empurra sobre a responsabilidade pela segurança dos clientes: se o banco ou se o Estado. É o mesmo que discutir o sexo dos anjos. O correntista mairiporanense está desprotegido e não sabe a quem recorrer. Se os bancos e os vereadores fizeram, ainda que timidamente a parte deles, cabe à polícia fazer a sua. E se para isso for necessária a ida do prefeito ao governador, que então assim seja. O cidadão precisa ter proteção de verdade. Não só na letra fria da lei.

“U

m dia, todos terão direito a 15 minutos de fama” disse Andy Warhol, um dos maiores artistas pop dos anos 1960 nos Estados Unidos. A frase é utilizada à exaustão em todo o planeta, para exemplificar a fama repentina. Ao longo dos últimos 15 anos Mairiporã tem experimentado os seus 15 minutos de fama, em rede nacional de televisão, porém da maneira mais negativa possível, que envergonha os seus moradores. Depois de ficar conhecida nacionalmente por conta do superfaturamento da merenda escolar, por fraude em concurso público e por mortes violentas em seu território, neste dias o motivo nada nobre foi a dengue. A Rede Globo ex-

Ágio sobre cartão

P

ouca gente sabe de seus direitos e acaba pagando mais por isso. É comum em todo tipo de transação que envolva dinheiro, cheque e cartão. Uma dessas cobranças, a taxa extra sobre o valor da compra paga com cartão de crédito ou tíquete (Vale Refeição, Ticket Restaurante e os demais) é crime. Não há diferença entre os tipos de pagamento. Todo comerciante é obrigado a aceitar o pagamento com cartão para o preço à vista, além dos descontos eventualmente conseguidos. É o que diz a lei. Também não há obrigatoriedade de dizer, antecipadamente, como vai pagar. O consumidor, no entanto, tem que ter certeza de que o estabelecimento trabalha com o seu cartão. Pergunte o valor à vista, peça desconto e puxe na hora de pagar. Para conhecimento do leitor, os tíquetes são comercializados em bares e restaurantes, mas aceitos em alguns supermercados. Isso dá ao comerciante o direito de cobrar ágio. Ele está legalmente impedido de pedir qualquer centavo a mais sobre o valor da compra. Esse ágio virou rotina no país, mas não aceite. É crime e você pode dar voz de prisão ao responsável pelo estabelecimento, conforme reza ao artigo 301 do Código de Processo Penal. Ligue para a polícia e faça a autoridade levar o comerciante à Delegacia. Se houver recusa da polícia, saiba que você está sendo vítima de prevaricação (artigo 319 do CPDC, combinado com portaria do Ministério da Fazenda, além do artigo 171 do Código Penal, e da Lei Delegada nº 4. Ou seja, o que não falta é amparo legal. Daniel Bonora é advogado, vice-presidente da OAB de Mairiporã, presidente da Comissão de Assistência Judiciária e Assessor Técnico Parlamentar.

MIGUEL MOUSSA

O

‘OAB Concilia’ já funciona em Mairiporã

Projeto “OAB Concilia“ consiste na reunião prévia entre os interessados e advogados, a fim de buscar a conciliação entre as partes para as questões onde houver a possibilidade de acordo, e estimular as pessoas na busca de soluções  para seus conflitos. As partes recebem uma carta convite para comparecer  no recinto disponibilizado dentro da Casa do Advogado de Mairiporã, e os acordos e decisões

serão celebrados sempre com o acompanhamento obrigatório de advogados de ambas as partes. Com a inauguração do Projeto “OAB Concilia”, no dia 11 de fevereiro último, foram realizadas até a presente data 5 audiências conciliatórias que resultaram em acordo entre as partes. Maiores informações podem ser obtidas na Casa do Advogado de Mairiporã, Rua Ipiranga nº 499 - centro.

*Miguel Nagib Moussa é advogado e presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Mairiporã e foi presidente da Câmara de Vereadores.

CORREIOJUQUERY .COM.BR

‘15 minutos de fama’ plorou à exaustão o problema que está atormentado toda a cidade e registrando centenas de vítimas. O mais estranho nessa má fama da cidade é que seus governantes não apareceram diante das câmeras para oferecer defesa (ou até mesmo desculpas esfarrapadas, como é praxe), optando por entregar o ônus a um secretário ou pior, como se viu no caso da merenda, a integrantes de segundo e terceiro escalões. Assim também foi com a reportagem da Globo sobre a dengue. A contrapartida é cruel. Não se tem notícia, pelo menos nos últimos 30

anos, que Mairiporã tenha aparecido na televisão por motivos nobres. A grande mídia não dá credito à cidade nem mesmo quando se refere à água que abastece São Paulo, optando pela expressão ‘Sistema Cantareira’, e o mesmo se dá em relação à Serra, praticamente considerada como área da Capital paulista. E muitos exemplos ilustram essa triste realiade, como a participação da cidade num dos concursos Miss São Paulo, quando a apresentadora Adriane Galisteu, ao se referir às três finalistas, despejou que a Miss Mairiporã, representava uma região bonita e

cercada de verde, a Serra da Cantareira. A cidade e os seus mais de 90 mil habitantes não merecem esses ’15 minutos de má fama’ que invariavelmente nos é dado pela televisão. E não devemos aceitar o título que agora nos é dado e espalhado país afora, de ‘cidade da dengue’. Não somos capazes de produzir situações que elevem o nome da cidade de forma a causar orgulho na população? Não temos autoridades legalmente constituídas que com coragem assumam a defesa de sua gente? Pelo que se tem visto ao longo dos anos a resposta é não! Pelo menos, da próxima vez, e que esperamos não ocorra, os responsáveis dêem a cara a tapa.

ESSIO MINOZZI JR. essiominozzijr@terra.com.br

Em pauta: Saúde e Educação

Ozório MendeS é advogado e foi vereador na gestão 1983/1988

DANIEL BONORA

EDITORIAL

D

urante os trabalhos legislativos da sessão de terça-feira, dia 25, os cidadãos presentes reivindicaram o direito aos serviços de Saúde Pública com qualidade, além dos educadores municipais preocupados com a remuneração da carga suplementar. Os manifestantes, após o final da sessão, puderam expressar suas preocupações aos vereadores presentes, notadamente, sobre o surto da dengue na cidade, questionando as ações tomadas ou não pelas autoridades responsáveis e, ainda, a baixa qualidade dos serviços de saúde prestados pelo hospital. Por considerar ser minha obrigação, me comprometi em solicitar ao prefeito que

fizesse uma reunião para ouvi-los, prestar os esclarecimentos necessários e buscar soluções às justas reivindicações da população. Com as educadoras, orientei que o ordenamento jurídico estabelece o direito do recebimento do 1/3 de horas de trabalho pedagógico em relação as horas de trabalho com alunos. O secretário de governo reafirmou, em reunião na quarta-feira [26], que serão pagas as horas do trabalho pedagógico da carga suplementar, e que parte deve ser cumprida na unidade escolar. Conforme combinado, estive com o Dr. Marcio Pampuri, acompanhado pelos vereadores Marcinho e Valdeci, nas primeiras horas da manhã da quarta-

-feira [26], solicitando que se reunisse com os manifestantes. Ele se colocou a disposição e marcou uma nova reunião no final da tarde para a definição da formatação do encontro. Nessa reunião estiveram presentes os vereadores professor Édio, Aladim, Marcinho, Valdeci, Dr. Osvaldo, Rafael Tadeu, Nil e Tia Val, além do Marcelo, secretário de governo e o Dr. Marcio. Após contextualizar, justificando a pauta daquela reunião, pois alguns vereadores não participaram das conversas com os moradores após a sessão, sugeri, então, uma reunião pública na Câmara ou no Centro Educacional. O prefeito se dispôs recebê-los e combinou que fossem agendadas as reuniões

necessárias para isso. Postei na manhã de ontem, quinta-feira, no facebook da Câmara, também conforme combinado com os manifestantes, a disponibilidade do prefeito em se reunir com as pessoas interessadas. Nessas duas reuniões cobramos a melhoria dos serviços de saúde, ampliação das ações de combate ao surto de dengue e, ainda, alternativas para melhorar os serviços de Pronto Atendimento prestado pela entidade mantenedora do hospital, sob intervenção da prefeitura desde 2001. O prefeito concorda com a justeza dessas reivindicações e se comprometeu que estará tomando medidas efetivas e, em breve, anunciará todas as providências.

ESSIO MINOZZI JUNIOR é vereador do PR e professor, pós-graduado em Gestão Educacional UNICAMP em Gestão Publica - FUNDAP, e presidente da Câmara de Mairiporã

DELFIM NETTO contatodelfimnetto@terra.com.br

O

Banco Central dos Estados Unidos enviou ao Congresso americano, no dia 11 de fevereiro, o seu habitual relatório de início de ano sobre política monetária, o “Monetary Policy Report”, divulgado mundialmente. O documento incluiu um enigmático capítulo denominado “Estresse Financeiro e Vulnerabilidade nas Economias Emergentes”, onde foram relacionados 15 países (dentre eles o Brasil), tidos como os mais vulneráveis aos efeitos do programa americano de “enxugamento monetário” que o Federal Reserve iniciou no terceiro trimestre do ano passado.  O estudo não dá detalhes de como foi calculado o tal “índice de vulnerabilidade”, informando apenas que foi construído com base em seis indicadores, mas sem revelar a receita de como eles foram

FED vulnerável combinados num único indicador. Trata-se, na verdade, de uma mixórdia de documento, porque mistura os índices, não mostra como foram apurados ou construídos e, no final, a ponderação provavelmente é subjetiva. Sem esclarecer como o indicador final foi obtido, apenas aponta que o Brasil é o penúltimo da classe e depois compara tudo isso com o nível da desvalorização cambial. Nenhum país desenvolvido é relacionado. Só sabemos que na montagem dos índices Taiwan tem nota 4, a Turquia tem nota 12,5 e o Brasil é listado como a segunda economia “mais fragilizada” dos emergentes,  com nota 12... Não se dá nenhuma informação sobre a questão principal: a “Vulnerabilidade” existe em relação a que? À ameaça de um default? A uma crise no balanço em conta corrente?

À perspectiva de uma tragédia fiscal? A uma “parada súbita” do movimento de capitais? E afinal, a flutuação cambial é um ajuste ou um pecado na política de câmbio flutuante? Se mudar a ponderação dos fatores ou a época que escolhe para a desvalorização cambial, o resultado será diferente. Os Estados Unidos, com uma dívida pública de 106% do PIB e sob a ameaça de um default - que conseguiu adiar pela diferença de um único voto no Congresso estariam numa posição mais vulnerável que o Brasil, cuja relação Dívida Pública/PIB é menor que 60%.  Alguns emergentes são relacionados por causa de seus déficits em conta corrente, omitindo-se que nos desenvolvidos: a Grã  Bretanha tem déficit de 3.8% do PIB; o Canadá, de 3,4%; os Estados Unidos de 2,7%, enquanto o

déficit do Brasil é de 2,4%. As inconsistências do documento permitem uma conclusão quase inacreditável, em se tratando da responsabilidade do maior banco central do mundo: não foi feito um trabalho sério na construção dos tais índices de vulnerabilidade. Não há nada de “ciência” neste intrigante capítulo do Monetary Report enviado ao Congresso americano no dia da primeira apresentação de Janet Yellen como presidente do Federal Reserve. Só que, da mesma forma que as expectativas geradas pelas agências de “rating”, ele terá conseqüências. E elas são, geralmente, desagradáveis.  Foi correta por isso a atitude do presidente do nosso Banco Central, Alexandre Tombini, de reclamar a Yellen da irresponsabilidade do FED de dar palpites sobre o Brasil...

Delfim Netto, é professor emérito da FEA-USP, ex-ministro da Fazenda, da Agricultura e Planejamento e colunista do Correio.

EMPRESA JORNALÍSTICA SANTOS & FERREIRA LTDA. CNPJ nº 05.785.139/0001-01 Travessa Antonieta C. Spada, 26 CEP 07600-000 – Mairiporã-SP – Telefone: (011) 4419-1842

DIRETOR EXECUTIVO Marcos Roberto Borges

REDAÇÃO Wagner Azevedo Lúcia Helena Juarez César Cláudio Cipriani

DIRETOR DE REDAÇÃO David da Cunha Boal Júnior

EDITOR DE TEXTO Jean César C. Pavão

DIRETOR PRESIDENTE Joyce Franciely dos Santos

As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste jornal

COLABORADORES Delfim Netto Éssio Minozzi Ozório Mendes Daniel Bonora Miguel Moussa

REDAÇÃO E PUBLICIDADE Travessa Antonieta C. Spada, 26 Centro - Cep: 07600-000 Mairiporã - São Paulo SITE www.correiojuquery.com.br contato@correiojuquery.com.br correio.juquery@g.com.br

O jornal se reserva o direito de não editar publicidade sem fundamentar recusa


Mairiporã • Sexta-feira 28 de fevereiro de 2014

contato@correiojuquery.com.br

COLUNA DO CORREIO GUERRA DO JALECO

A Prefeitura de Mairiporã, que tem como seu ‘Calcanhar de Aquiles’ a área da Saúde, poderia aproveitar a batalha que envolve o governador Geraldo Alckmin e o ex-ministro da Saúde e candidato ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, apelidada de ‘guerra do jaleco’, para conseguir recursos de ambas as esferas: estadual e nacional. É o momento propicio para alavancar a Saúde local.

SÓ REUNIÕES

Enquanto se experimenta uma epidemia de dengue, com direito à exposição em rede nacional de televisão, os responsáveis pela área da Saúde ocupam a maior parte do tempo com reuniões. Foram várias nos últimos dias, não se sabe bem para explicar o quê. Fato é que a estrutura da Secretaria Municipal da Saúde não tem condições de enfrentar uma avalanche de pessoas infectadas pela dengue e muito menos como evitar que o mosquito se espalhe. O lógico seria pedir ajuda ao Governo do Estado, mas não limitar essa ajuda apenas ao ‘carro do fumacê’, mas contar com dezenas de funcionários públicos do Estado com experiência nesse tipo problema. Como diria o ex-técnico Tite, do Corinthians, “a Secretaria Municipal de Saúde fala muuuuiiiito!” e faz pouco.

SAIU

O secretário da Saúde, Manoel Blanco, nunca quis ser titular da pasta. É o que se ouve, dentro do próprio governo municipal, desde janeiro do ano passado. E depois de inúmeras tentativas de deixar a pasta, dr. Blanco finalmente conseguiu seu intento, anteontem pela manhã, ao comunicar o chefe do Executivo que estava deixando o cargo. Nas redes sociais, que se transformaram no principal crítico do agora ex-secretário, as comemorações devem ocorrer em grande estilo.

SETORES

O prefeito Marcio Pampuri tem vários setores em seu governo que não produzem o que deles se esperava. E isso vem desde o início da administração, há mais de um ano. Ou o chefe do Executivo está contente com os resultados ou não está sendo informado como deveria sobre a performance de seus subalternos. Essa permissividade é intolerável e danosa aos interesses políticos do alcaide.

É AGORA

A presidente Dilma Rousseff, durante solenidade no dia 20 último, na cidade gaúcha de Caxias do Sul, anunciou que o governo federal irá repassar R$ 1 bilhão aos municípios brasileiros em abril, para suporte e custeio das prefeituras, e que em 2013 liberou o mesmo montante. Se os governantes de Mairiporã ainda não perderam a esperança de ver pelo menos uma parte dos R$ 22 milhões do PAC prometidos no ano passado, é melhor se mexer e pleitear a promessa de dona Dilma, ou receber uma parcelinha que seja desse R$ 1 bi. Essa ‘ajudinha eleitoral’ seria muito bem-vinda. .

IMPROBIDADE (I)

As informações de que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) julgou irregulares dezenas de contratos da administração Antônio Aiacyda com empresas do ramo da construção civil, por si só ensejam que o Ministério Público deite olhos mais atentos à questão e, se for o caso, ingresse com ação de improbidade administrativa contra o ex-prefeito. Algumas dessas irregularidades têm como origem a construção de escolas, do terminal rodoviário e do centro educacional.

IMPROBIDADE (II)

Alguns tucanos de alta plumagem, incomodados com o parecer do Tribunal de Contas e com as notícias veiculadas por este jornal, dizem se tratar de perseguição política contra o ex-burgomestre. Invariavelmente recorrem a adjetivos chulos para tentar enganar os incautos. E cabe aqui um comentário da jornalista Dora Kramer, que vem a calhar: “Realmente é mais fácil desqualificar a crítica, ou os críticos, que enfrentar o debate qualificado decorrente de uma contra-argumentação racional, lógica, bem embasada, capaz de convencer o interlocutor sobre o possível equívoco de seu raciocínio, substituir a narrativa adversa por versão mais favorável, porém convincente. Efeito muito mais positivo seria uma boa autocrítica e a retomada do compromisso com a correção de condutas.” Ou seja, em Mairiporã, os políticos (em especial os tucanos) preferem desmoralizar a ética e transformar a crítica e as informações em coisa de golpista.

DESPERDÍCIO

Nem a ameaça cada vez mais iminente de racionamento da água é capaz de modificar o hábito de alguns mairiporanenses, que continuam lavando calçadas e carros como se nada estivesse acontecendo. O desperdício é criminoso. A essa gente, além da consciência, deveria faltar a água.

CACHORRADA

A Prefeitura, até aqui, tem assistindo impassível o crescimento cada vez maior de cães vaidos espalhados pela cidade. Há reclamações e cobranças em mesas no Palácio Tibiriçá, mas as providências parecem distantes. Enquanto isso a cachorrada corre solta pelas ruas, praças e avenidas. Amiúde, com direito a latidos e uivos, realizam encontros no Espaço Viário Mario Covas. Até quando?.

PREVENÇÃO?

Num dos jornais ‘chapa branca’ da cidade foi publicada a seguinte nota, cujo título era: “Defesa Civil recebe EQUIPAMENTOS para prevenção e monitoramento”. No corpo da notícia, a descrição dos EQUIPAMENTOS: “lona plástica, cones de sinalização, rolos de fita para interdição e capas de chuva”. Essa lista pode ser chamada de equipamentos? A informação é séria ou é gozação de quem publicou? 

BLOCO

O Carnaval começa hoje com bailes e desfile de blocos. Seria oportuníssima a participação do ‘Bloco da Dengue’, com direito a um gigantesco símbolo da agremiação, o mosquito aedes aegypti? Atualíssimo! Seus integrantes poderiam distribuir folhetos explicativos sobre a doença e fazer o que a Secretaria da Saúde não fez ou, se fez, foi de forma tímida.

EM INGLÊS

Com a proximidade da Copa do Mundo as profissionais da mais antiga profissão do mundo não querem fazer feito e estudam o idioma inglês. O mercado da prostituição vive dias de ansiedade e a expectativa é que tenha um crescimento de 60%. Freguês é que não vai faltar. Por isso, algumas frases do vocabulário usado nos programas já foram decoradas pelas meninas: “My I a have a Seat” (posso me sentar?), “Do you do anal? Yes, but I charge a plus” (você faz anal? Sim, mas cobro um extra), “All with condom” (tudo com camisinha) e “Please, take a shower” (por favor, tome um banho). Que venham os gringos!

MÁXIMA

Políticos do PMDB e parte do empresariado nacional, às portas da eleição presidencial e de reforma nos ministérios, usam a máxima ensinada por Ivana, ex-mulher do milionário norte-americano Donald Trump: “Não fique com raiva, fique com tudo”.

NO BOLSO

Depois de tomar conhecimento do anúncio que o Governo Federal irá promover um corte de R$ 44 bilhões nas despesas do Orçamento em 2014, o contribuinte pode se preparar. Vem por aí uma enxurrada de aumento nos impostos. Ao invés de cortar as despesas, os governantes preferem meter a mão no bolso do brasileiro.

FRASE

“Aquilo que dá grandeza às cidades não é o bem particular, mas o bem comum.” (Nicolau Maquiavel, poeta e historiador italiano)

www.correiojuquery.com.br

3

Secretário da Saúde deixa o cargo em meio a pior crise no setor da Saúde Lúcia Helena Da Reportagem O SETOR da Saúde em Mairiporã enfrenta uma crise sem precedentes em sua história. Além dos problemas envolvendo a falta de médicos, de remédios, com o Hospital e Maternidade Mairiporã e no agendamento de consultas, o surto de dengue que tomou conta da cidade agravou ainda mais o que já estava ruim. As redes sociais, a imprensa, segmentos organizados da sociedade e a maioria daqueles que dependem da saúde pública, exigiram providências do governo municipal e o volume de críticas jamais foi visto na cidade. Esse quadro acabou levan-

do o secretário Manoel Blanco a deixar o cargo, anteontem, depois de conversar com o prefeito Márcio Pampuri. Médico de princípios, homem probo e de reconhecida capacidade profissional pelo trabalho realizado ao longo dos anos, o agora ex-secretário pagou pela inexistência de infra-estrutura no setor e de paciência da população, que há mais de vinte anos engole um atendimento precário, agravado pela falta de sensibilidade dos governantes. O Executivo ainda não informou quem será o substituto, porém adiantou que primeiramente um interino vai responder pela pasta. Deduz-se que o novo titular pediu um tempo para aceitar o convite.

Manoel Blanco ficou como titular da Saúde municipal durante 14 meses

14 contratos da gestão Aiacyda considerados irregulares pelo Tribunal de Contas Da Reportagem EM SESSÃO realizada no final do ano passado, o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) julgou irregulares 14 contratos efetuados ao longo de 2008 entre a Prefeitura Municipal e três empresas construtoras, responsabilizando o ex-prefeito Antônio Aiacyda. Além de irregularidades apontadas nos contratos, nas tomadas de preços e nos termos aditivos, o Tribunal também considerou ilegais os atos determinativos das despesas. Dos 14 contratos, doze foram com a Geração Engenharia e Construções Ltda., um com a

Funcionalismo e vereadores recebem reajuste da inflação nos salários

Da Redação

A CÂMARA de Mairiporã a­pro­vou em sessão ordinária os projetos de reajuste salarial de 6% aos servidores municipais da Prefeitura, aos funcionários da Educação (que possuem Plano de Cargos e Salários próprio) e a aposentados e pensionistas. Os funcionários da Câmara também tiveram o reajuste, porém de 5,59% (inflação do período), mesmo percentual incorporado os proventos dos vereadores. No caso do Legislativo, este ano não teve aumento real de salário, como em 2013. Os reajustes incidem a partir de 1º de fevereiro. Os projetos deverão ser sancionados pelo prefeito Márcio Pampuri.

IPTU à vista Mairiporã entre as poucas cidades que oferecem 10% de desconto Claudio Cipriani Da Redação

EM UM universo de 645 municípios no Estado de São Paulo, Mairiporã é uma dos que têm a melhor taxa de desconto para o pagamento à vista do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), mesmo considerando-se as cidades de porte médio. Há alguns anos o desconto oferecido é de 10%, na cota única, enquanto a maioria concede o beneficio não superior a 5%. Mesmo assim, a maior parte dos contribuintes faz opção pelo pagamento em 10 parcelas. A cota única ou a primeira parcela do tributo vence no dia 20 de março, e os mais de 50 mil carnês começaram a ser distribuídos no último dia 17, através dos Correios e, em localidades onde não há entrega de correspondência, por meio de equipes próprias da Prefeitura. A previsão de receita com o IPTU é de R$ 26 milhões, dinheiro que é utilizado, de forma geral, nas despesas do município. Quem não recebeu o carnê em sua residência deve procurar pela Prefeitura, de segunda a sexta, das 8h às 16 horas.

Sotenppi Engenharia Ltda., e um com a Itakits Construtora Ltda. Em todos eles, além das irregularidades, foram impostas multas ao ex-prefeito Aiacyda, que totalizam 4.200 Ufesp’s (Unidade Fiscal de São Paulo), 300 por contrato. Todos os recursos apresentados pelo prefeito Aiacyda foram considerados sem nenhum fundamento de fato ou de direito capaz de alterar a decisão, segundo o relator Robson Marinho. No relatório final, segundo o conselheiro Dimas Ramalho, os recursos também não tiveram o condão de desconstituir as irregularidades decretadas, mantendo-se na íntegra o Acór-

dão combatido por seus próprios e jurídicos fundamentos. A decisão foi dada a conhecimento do Poder Judiciário (15ª Câmara Criminal) e ao Ministério Público do Estado. Contratos - Com a Geração Engenharia as irregularidades foram com relação à reforma e adequação da UBS de Terra Preta; obras com sistemas pré-moldados em concreto nas escolas Vovó Danila e Paschoal Luciane Júnior, quadras esportivas nas escolas Hipólito Ferrari, Armando Pavanelli, Tirsi Anna Gamberini, Diomar Miranda Boni, Mufarrege Salomão Chama e Guido Pisaneschi, na construção da EMEF Centro/

Bairro Terra Preta, com 14 salas de aula e dois relativos à construção do Terminal Rodoviário. No primeiro, responsabilizando o ex-prefeito e o engenheiro Renato Augusto de Oliveira e, no segundo, apenas Antônio Aiacyda. Processo - A Prefeitura, por determinação do Ministério Público, ingressa esta semana com uma Ação Ordinária de Cobrança, relativa ao Terminal Rodoviário, e deve fazer o mesmo, ainda neste semestre, com relação à obra de construção do Centro Educacional. Também são aguardadas medidas por parte do Ministério Público sobre os contratos.

Sindicato voltará a discutir em abril aumento real de salários para servidores Wagner Azevedo Da Redação

O SINDICATO dos Servidores Públicos Municipal de Mairiporã, em assembléia realizada no decorrer da semana, para debater a pauta de reivindicações apresentadas para a Prefeitura neste ano, decidiu que voltará à mesa de negociações em abril, quando fará nova proposta (fala-se em 6%) de aumento real para os servidores funcionários

da Municipalidade. Outros itens também foram debatidos, como o fornecimento de café da manhã e ampliação do número de cestas básicas (já aprovadas pela Prefeitura), e o repasse da inflação de 2013 nos salários. A prefeitura concedeu ainda 0,46% de aumento real. A diretoria do Sindicato não falou se dentre as propostas salariais na discussão em abril, estará a defasagem de anos anteriores e se há um percen-

tual retroativo a ser sugerido, por conta do período (2005 a 2012) em que o servidor público de Mairiporã não recebeu aumento real. “O papel do sindicato é reivindicar aquilo que julga ser a perda histórica. Mas, para nossa realidade, está muito fora de qualquer possibilidade. Não estamos propondo aquilo que não pode ser feito”, disse José Antônio da Costa Fernandes, diretor do Sindicato.

Maioria dos partidos políticos em Mairiporã não tem diretório Wagner Azevedo Da Reportagem A MAIORIA absoluta dos partidos políticos constituídos em Mairiporã, num total de 27 legendas, não possui diretório municipal. São comandados por comissões provisórias que podem ser mudadas de acordo com os interesses dos dirigentes em nível regional ou, dependendo das circunstâncias, pela intervenção do Diretório Nacional. Nenhuma das agremiações, nem mesmo as mais tradicionais (PMDB, DEM e PSDB), possuem diretório eleito pelos filiados, o que freqüentemente ocorria na década de 1980, como foi o caso do PMDB, que necessitou das dependências da escola Hermelina Albuquerque Passarella para realizar convenção, com duas chapas na disputa e cerca de 5 mil filiados convocados para eleger seus dirigentes. Mais de 3 mil compareceram e deram o controle da agremiação à chapa encabeçada por Maria Zeza Gomes de Oliveira. Embora não haja ilegalidade no fato de as siglas se organiza-

rem como comissões provisórias, a realidade é outra: abre espaço para manobras políticas costuradas em instâncias superiores, que tornam os partidos suscetíveis a pressões de todo o tipo. Nas eleições municipais de 2012, o PMDB foi vítima dessa situação, com os membros da provisória submetidos à verdadeira batalha campal para manter o controle. O que se almejava naquela oportunidade tinha a ver com a escolha do candidato a prefeito a receber apoio da sigla e com coligações ao pleito proporcional (vereador). Não é preciso ir muito longe para exemplificar a “interferência direta” oferecida quando a organização partidária é provisória. Já houve caso de destituição de todos os membros 24 horas depois de formada a comissão. A possibilidade de intervenção e destituição de “cima para baixo” transforma as agremiações partidárias em meros apêndices dos gabinetes de deputados influentes e que controlam o diretório regional. Moeda - Para os analistas políticos da cidade, alguns com experiência em marketing polí-

tico, o uso de comissões provisórias por tempo indeterminado facilita o controle da sigla por uma só pessoa e, em muitos casos, funciona como moeda de troca para acordos eleitorais e, em caso de vitória, em nomeações para cargos de primeiro a terceiro escalões. No atual governo municipal muitos foram os acordos, que estão sendo cumpridos. Os casos em que as legendas tornam-se comissões provisórias por questão de transitoriedade também existem, como nos dos partidos recentemente criados e ainda em formação. Partidos - De acordo com informações obtidas pela reportagem no final do ano passado, as 27 agremiações com comissões provisórias em Mairiporã são: PMD (1844 filiados), PP (657), PTB (543), PR (509), PSDB (501), PSC (338), PV (244), PT (236), PDT (227), PRP (185), PSB (177), DEM (157), PMN (132), PSL (131), PCdoB (110), PSDC (93), PPS (92), PTN (72), PTdoB (59), PHS (55), PTC (51), PRB (42), PRTB (40), PSOL (31), PCB (27), PPL (20) e PSD (18).

Receita com IPVA cresceu 71% e a frota de veículos 221,42% em uma década Juarez César Da Reportagem SE O assunto é veículo automotor os números em Mairiporã são estratosféricos. Levando-se em conta o período de 10 anos (2003/2013), a arrecadação com IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) aumentou 71%, pulando de R$ 5,9 milhões para R$ 10,1 milhões, valores repassados a Mairiporã pelo Governo Paulista, que representam 50% do total arrecadado. O IPVA é dividido em partes iguais entre o Estado e os municípios. Se comparados apenas os

meses de janeiro de 2004 e janeiro de 2014, o repasse teve um crescimento de 545,11%. Há dez anos a receita foi de R$ 627,81 mil e, no mês passado, R$ 4,05 milhões. Se a melhora na receita com o IPVA foi espantosa, o da frota foi ainda mais. No mesmo período o número de veículos em Mairiporã saltou de 14 mil unidades para 45 mil no ano passado, ou seja, 221,42% maior. Relação - Ouvido pela reportagem, o consultor em economia Jorge Dória Nascimento disse que existe relação entre a receita total do IPVA com o crescimento da frota de veículos, pois quanto

maior o número de unidades, maior a arrecadação. Mas lembrou que o tamanho da frota não influencia diretamente o valor do IPVA definido para cada veículo. Nascimento também assinalou que a mudança do perfil do consumidor na última década teve influência no aumento da arrecadação do imposto, pois se há dez anos o padrão de consumo era um, hoje as condições ficaram facilitadas na hora de se comprar um veículo. Segundo a Prefeitura, o montante captado com o IPVA é de livre movimentação e ajuda a compor o orçamento global do município.


4

www.correiojuquery.com.br

Mairiporã • Sexta-feira 28 de fevereiro de 2014

Ricardo Vieira intensifica palestras sobre a dengue Divulgação

Da Redação

EM MEIO ao surto de dengue que tomou conta da cidade, o vereador Ricardo Vieira (PSDB) vem realizando palestras em bairros da periferia para alertar as pessoas sobre os perigos da doença e suas formas de transmissão. Segundo o vereador, trata-se de um trabalho que deveria ser feito por todos aqueles envolvidos na área da Saúde, pois a população tem sido vítima não só da falta de estrutura no atendimento aos infectados, mas também pela inexistência de informação em linguajar fácil, que esteja ao alcance de todos. Ricardo dá palestras didáticas, em que destaca os sintomas da doença (febre alta, dor de cabeça, dor muscular e ao redor dos olhos, vômito, dor abdominal, manchas na pele e em alguns casos sangramentos, se for dengue hemorrágica). O parlamentar também ensina como evitar criadouros do

mosquito transmissor e alerta que a pessoa infectada não deve se auto medicar, devendo procurar o mais rápido possí-

vel a ajuda de um profissional capacitado. As palestras têm tido bons resultados e a cada semana o

Micro-ônibus para a região central e criação de mercado municipal são propostas pelo vereador Alexandre Boava Correio Imagem

Da Redação

DUAS propostas em benefício da coletividade mairiporanense foram apresentadas pelo vereador Alexandre Boava (PPS), durante os trabalhos legislativos de terça-feira. Na primeira, sugere que o Executivo não meça esforços no sentido de implantar uma linha de ônibus circular, na verdade micro-ônibus, que percorra as principais vias do centro, de modo a facilitar a chegada das pessoas aos órgãos públicos, como hospital, funerária, velório, Casa da Mulher, delegacia de política, Câmara e Prefeitura, posto de saúde, farmácia popular, fórum e secretarias municipais. Segundo Boava, a maioria dos

munícipes que necessita se deslocar até esses órgãos públicos, é obrigada a fazê-lo à pé, e o micro-ônibus facilitaria esse deslocamento. Outro tema de relevância do vereador, diz respeito à criação de um mercado municipal, para que os munícipes tenham mais uma opção diária de compras, pois hoje a feira livre acontece apenas uma vez por semana, ficando o restante do tempo restrito a supermercados e sacolões. “Um mercado municipal traria equilíbrio ao setor de consumo de alimentos por parte da população e essa realidade já está presente na maioria das cidades paulistas”, assinalou Boava.

vereador, que é médico, amplia seu raio de ação na tentativa de levar informação a um maior número de pessoas.

Aladim quer a inclusão do Vale das Flores no Programa Comunidades Isoladas Correio Imagem

Da Redação

ATENTO às questões relacionadas com a política fundiária no município, o vereador Aladim (PSC) apresentou indicação na sessão legislativa de terça-feira, 25, em que solicita ao prefeito Marcio Pampuri a inclusão do bairro Vale das Flores, no Caraguatá, no Programa de Comunidades Isoladas. Segundo o vereador, a comunidade não conta com o benefício da água encanada, nem de poços artesianos. Essas melhorias só contemplam as comunidades inseridas no programa. Aladim também fez outra indicação, ao Executivo, cobrando a revisão do Plano de Cargos e Salários do Magistério, cuja categoria está com os salários defasados, e só uma revisão no plano poderá modificar o quadro que hoje afeta os educadores.

CORREIOJUQUERY.COM.BR O seu jornal online

Rafael Tadeu cobra mudanças no Estatuto do Servidor para beneficiar a categoria NA SESSÃO legislativa de terça-feira, 25, o vereador Rafael Tadeu (PSDB) apresentou duas indicações de grande importância para o servidor público municipal. Na primeira, cobra do Executivo o envio de um projeto que desmembre o disposto no artigo 104 da Lei Complementar 356/2012, que passaria a ter a seguinte redação: “Art. 104. As licenças por motivo de doença em pessoa da família, exceto licenças para tratar/ acompanhar pessoa da família considerada dependente, sem remuneração ou para tratar de interesses particulares, a condenação à pena privativa de liberdade e o afastamento para acompanhar o cônjuge ou companheiro, implicam em nova

contagem do interstício a partir da reassunção do exercício, não se considerando o período anterior. Pessoas da família consideradas dependentes, quando incapacitado física ou mentalmente para tratar da doença sozinha.” Segundo justificativa do parlamentar, quando um servidor se ausenta por motivo de doença de um ente querido, é caso de extrema necessidade, pois não estará se ausentando do serviço por motivos tolos. Assim, não sendo justo implicar em nova contagem do interstício a partir da reassunção do exercício. Sexta parte - A outra indicação pede que o prefeito envie projeto de lei que altere dispositivo de lei complementar, que Divulgação

Vereador professor Edio cobra serviços e obras para o bairro Mato Dentro EM VISITA ao bairro Mato Dentro, o vereador professor Edio de Souza (PRB) constatou a

necessidade do Poder Executivo determinar a realização de obras e serviços que há muito tempo são

SINDICATO DOS TRABALHADORES DO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE MAIRIPORÃ COMUNICADO A assembléia realizada no dia 25 de fevereiro, na sede do Sindicato, atraiu muitos servidores aos quais foi relatada a proposta apresentada pela Prefeitura na negociação da ‘Campanha Salarial 2013/2014’. O Executivo apresentou uma proposta de reposição da inflação de 2013 (5,58%), já aprovada pela assembléia, e um aumento real no primeiro quadrimestre de 0,42%, totalizando 6%.  A assembléia votou a continuidade das negociações com o governo municipal, e em abril será formulada uma nova proposta de aumento real. Foi aprovado também o prazo de 30 dias, a contar do dia 12 último, para que a Prefeitura avance com uma proposta concreta referente ao Plano de Cargos e Salários, e também aprovou a participação dos membros do sindicato na comissão criada pelo Executivo. Foi informado ainda que em breve o café da manhã, para os pátios, e, já aprovado na última assembléia, será implantado, e que, segundo a administração, ocorrerá na próxima semana; já em relação às cestas básicas, com grande esforço do sindicato, a administração acatou a reivindicação do aumento do teto para quem recebe o benefício, passando de R$ 1.700 para R$ 2 mil. Foi esclarecido que o sindicato defende a proposta de que todos devam receber a cesta, pois alertamos a Prefeitura de que com o aumento de 6%, alguns servidores deixaram de receber novamente a cesta; assim, foi proposto pelo sindicato ao poder publico, que a cada três meses ocorra o aumento do teto, até que tenhamos a cesta para todos até o final do ano. Os servidores aprovaram, ainda, que o sindicato realize uma assembléia específica para o magistério, que já possui Estatuto e Plano de Carreira próprios. Nessa assembléia seria discutida uma proposta para que a prefeitura cumpra o que está na lei, entre outros assuntos. É de extrema importância a presença do maior número possível de funcionários, e que aqueles que ainda não são sindicalizados, o façam, pois o Sindicato apenas tem força quando todos participam ativamente das decisões, objetivando melhorias das condições de trabalho. POPULAÇÃO DE MAIRIPORÃ: SERVIDOR BEM REMUNERADO É CERTEZA DE SERVIÇO PÚBLICO DE QUALIDADE. GESTÃO DIGNIDADE E RECONSTRUÇÃO 2012-2016

cobradas pelos moradores. Essas demandas resultaram na apresentação de duas indicações, durante os trabalhos legislativos de terça-feira, 25, em que enumera as necessidades mais prementes: substituição de redutores de velocidade (tartarugas) na Estrada Henrique Barbosa Ortiz (Km.14), em frente ao bar do Roberto, por lombadas, pois os veículos de grande porte não respeitam os atuais redutores, que não estimulam a diminuição da velocidade. Cobrou, ainda, a colocação de uma caçamba de lixo em frente ao bar do Ricardinho, também na estrada do Mato Dentro, pois no local as pessoas depositam seus lixos no chão ou jogam em terrenos baldios. Também é motivo de destaque mais um benefício ao Mato Dentro, resultante do trabalho do vereador Édio, que teve seu Projeto de Lei 146/14 aprovado por unanimidade, que cria no calendário oficial do município o ‘Dia do Mato Dentro’ a ser comemorado no dia 8 de outubro. Correio Imagem

Rafael Tadeu tem visitado bairros na luta contra a proliferação da dengue

Marcos do Táxi quer que trajeto de ônibus no Jardim Celeste seja ampliado Da Redação

DENTRE as três indicações apresentadas pelo vereador Marcos do Táxi, na sessão ordinária da Câmara de terça-feira, 25, destaque para a que pede a extensão de trajeto da linha de ônibus que atende ao Jardim Spada. O vereador solicita que o coletivo suba a rua Capelini Spada, cujos moradores não contam com esse benefício, o que os obriga a longas caminhadas até o ponto mais próximo. O vereador cobrou ainda a realização de serviços de limpeza e capina na avenida Skandar Tellian (bairro Jardim Fernão Dias), e na rua 1, no Jardim Flor de Bragança, locais em que a vegetação invadiu o leito carroçável, dificultando a passagem de pedestres e o tráfego de veículos, além de colocar em risco as crianças, que ficam sujeitas ao surgimento de animais peçonhentos ao redor da creche nas imediações. Em uma terceira indicação, solicitou do prefeito serviços de patrolamento e cascalhamento nas ruas Topázio (Estância Santo Antônio) e estrada da Cacéia, vias que se encontram intransitáveis devido ao grande número de buracos, que impedem o tráfego de veículos.

passaria a ter a seguinte redação: “Art. 60- A. O servidor que completar  vinte anos  de efetivo exercício terá à percepção de adicional por tempo de serviço calculado à razão de dezessete por cento sobre o vencimento integral, ao qual se incorpora para todos os efeitos, exceto para o cálculo dos adicionais ou vantagens subseqüentes.” De acordo com Tadeu, o Estatuto do Servidor Público de Mairiporã, em seu artigo 60- A, prevê que ao completar cinco qüinqüênios, ou seja, vinte e cinco anos de efetivo exercício, o funcionário terá direito a sexta- parte. A sexta-parte é um adicional sobre os vencimentos concedidos ao servidor que completa vinte cinco anos no serviço publico municipal. O beneficio demonstra a legalidade e o direito deste adicional a quem já cumpriu um tempo de relevante serviço prestado, o que lhe dá um diferencial e estímulo a quem está aguardando este tempo de serviço chegar. Ainda de acordo com o vereador, são inúmeras as reivindicações dos servidores municipais de que cinco qüinqüênios “25 anos”, é muito tempo de espera para gozar de tal beneficio. Rafael lembrou que inúmeras cidades vizinhas já concedem a sexta-parte após 20 anos de efetivo exercício. Correio Imagem


Mairiporã • Sexta-feira 28 de fevereiro de 2014

5

www.correiojuquery.com.br

LOCAL Mairiporã começa 2014 com saldo negativo na geração de empregos formais Wagner Azevedo Da Reportagem REPETINDO a performance de janeiro de 2013, Mairiporã começou 2014 com saldo negativo na geração de emprego formal (com carteira assinada). No total foram fechados 72 postos de trabalho, resultado de 461 admissões e 533 desligamentos no mês passado. Na comparação com o mesmo período de 2013, quando 37 trabalhadores perderam o emprego, aumento de 94,5%. O município ficou entre os últimos no ranking divulgado pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego. De acordo com os números, a indústria de transformação foi quem mais demitiu (39) seguindo a tendência verificada nos três

últimos meses do ano passado. O comércio varejista aparece em segundo lugar, com um total de 18 demissões. O setor de Serviços, que normalmente apresenta bons resultados, também fechou o primeiro mês do ano em baixa: menos 13 vagas. O analista econômico Henrique Cesar Jamelli, ouvido pela reportagem, disse que neste período do ano é normal para a indústria e o comércio fecharem vagas, porque coincide com o fim dos contratos temporários para as vendas de final de ano. Região - Das cinco cidades que integram a região, somente Franco da Rocha teve registro positivo em janeiro. No vizinho município 114 novas vagas foram criadas no mercado trabalho, enquanto Caieiras obteve o pior resultado, com quase 500 postos de trabalho fechados.

EMPREGO FORMAL - MAIRIPORÃ - Janeiro/2014 SETORES

ADMISSÕES

DEMISSÕES

SALDO

Extrativa Mineral

0

0

0

Indústria Transf.

142

181

-39

Serv. Utilidade Púb.

4

1

3

Construção Civil

31

36

-5

Comércio Varejista

137

155

-18

Serviços

145

158

-13

Adm. Pública

0

0

0

Agropecuária

2

2

0

461

533

-72

Total

EMPREGO FORMAL - REGIÃO - Janeiro/2014 CIDADES Franco da Rocha

ADMISSÕES DEMISSÕES

SALDO

647

533

114

Cajamar

1.440

1.496

-56

Mairiporã

461

533

-72

Francisco Morato

312

410

-98

Número de casos de dengue 56% dos mairiporanenses na cidade é maior que o reprovam o horário de verão anunciado pela Saúde Caieiras

Da Redação

A SECRETARIA Municipal da Saúde tem divulgado que o número de casos confirmados com dengue está em torno de 150. Mas a realidade é outra: são mais de 300 casos em todo o município, cujos atendimentos foram realizados em hospitais públicos de outras cidades e em instituições particulares. O esforço da Secretaria tem sido insuficiente, pois não há estrutura para atender à demanda, pois os focos da doença se espalharam por dezenas de bairros.

Em relação a 2012, houve aumento de mais de 1.000% nos casos. A equipe que contava com 6 agentes, foi ampliada para 18, mas também é insuficiente para enfrentar o surto. O Hospital e Maternidade Mairiporã não está preparado para essa avalanche de pessoas infectadas e a situação fica cada vez mais grave. Televisão – No decorrer da semana a Rede Globo, através do programa SPTV, evidenciou o problema enfrentado por Mairiporã e chegou a pedir a ajuda ao governador, através da Secretaria de Estado da Saúde.

1.207

Da Redação

A MAIORIA dos brasileiros é contra o horário de verão, anualmente colocado em prática no período de outubro a fevereiro. Os mairiporanenses que não aprovam a medida também são em maior número. Levantamento realizado pela reportagem do Correio, nos dias 22 e 23 deste mês, aponta que 56% das pessoas, num universo de 450, gostariam que o governo acabasse com essa prática. De acordo com os dados, a maioria que se diz contra é formada por mulheres. Criado para reduzir o consu-

1.659

-452

mo de energia em todo o país, aos poucos a medida ficou reduzida às regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, que têm o menor número de Estados. O recém-terminado horário de verão 2013/2014, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), gerou uma economia ao país de R$ 405 milhões nos 120 dias da vigência da medida, instituída pela primeira vez no verão de 1931/1932. As entrevistas foram feitas em seis regiões da cidade: Centro, Jardim Fernão Dias, Rio Acima, Rio Abaixo, Serra da Cantareira e Terra Preta.

Assistência Contábil, Fiscal e Departamento Pessoal Abertura e Encerramento de Empresas

4419-3295 - 4419-7188 - 4419-7171

www.tanenocontabilidade.com.br R. Olavo Bilac, 165-B - Centro - Mairiporã

Janeiro repete violência registrada em 2013; furtos e roubos de veículos cresceram 19% Juarez César Da Reportagem O ESTADO, através de seus aparelhos policiais, não consegue diminuir a estatística de violência em Mairiporã. Os números divulgados esta semana, pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP) da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, referentes ao mês de janeiro último, apontam que os dados da criminalidade se mantiveram em relação a janeiro do ano passado, porém em alguns quesitos os registros foram ainda maiores.

Mais uma vez os roubos e furtos de veículos apresentaram os piores índices, com aumento de 19% em relação a janeiro de 2013. Naquela oportunidade foram 21 ocorrências, contra 25 no mês passado. A estatística oficial mostra que o número de homicídios foi o mesmo verificado no ano anterior, enquanto o tráfico de entorpecentes cresceu 33%, mesmo percentual do caso de estupros. Janeiro de 2014 foi mais uma vez um mês violento e a expectativa de que a criminalidade diminua se viu frustrada mais uma vez.

NÚMEROS DA VIOLÊNCIA QUESITO

JANEIRO 2014

JANEIRO 2013

2

2

Homicídio doloso Tentativa de homicídio

1

0

Lesão corporal dolosa

36

39

Lesão corporal culposa por acidente de transito

13

15

Estupro

4

3

Tráfico de entorpecentes

3

4

Roubos em geral

20

19

Roubo de veículos

9

12

Roubo a banco

1

0

Furtos em geral

47

60

Furtos de veículos

16

9

Vacinação contra o HPV para meninas de 11 a 13 anos começa em março Da Redação

ENTRE os dias 10 de março e 10 de abril acontecerá a Campanha Nacional de Vacinação contra o HPV (papilomavírus humano), segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde. Em Mairiporã a vacina também será oferecida, gratuitamente, porém até o momento a pasta municipal da Saúde não informou os locais. A vacina é destinada a meninas na faixa etária entre 11 e 13 anos.

A transmissão do vírus HPV ocorre por meio de contato com a pele ou as mucosas, e a principal forma de contágio é através da relação sexual. No caso da transmissão chamada de vertical (de mãe para filho) e o início precoce da vida sexual, também são formas de contágio. A infecção é freqüente e pode ser tratada, porém a tempo de não se transformar em lesões mais sérias, que pode progredir para o câncer de colo de útero.


6

www.correiojuquery.com.br

Mairiporã • Sexta-feira 28 de fevereiro de 2014

GERAL R$ 2,5 MILHÕES

Apenas um apostador, do Rio de Janeiro, ganhou o prêmio de R$ 7,5 milhões do concurso 1577 da Mega-Sena, sorteado anteontem, com os seguintes números: 11 - 14 - 25 - 32 - 51 – 59. Ao todo, 86 apostas acertaram a quina (R$ 26 mil cada) e outras 6.004 a quadra (R$ 536 cada). Para o sorteio de amanhã a previsão de prêmio é de R$ 2,5 milhões.

TEMPO HOJE

Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite. Temperaturas entre mínima de 21°C e máxima de 30°C.

AMANHÃ

Dia ensolarado com nuvens. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. Mínima de 19°C e máxima de 28°C.

DOMINGO

Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite. Temperaturas entre mínima de 20°C e máxima de 29°C.

SEGUNDA

Sol com algumas nuvens. Não há previsão de chuva em todo o período. Mínima de 21°C e máxima de 33°C.

OBITUÁRIO 24/2- Francisca de Assis Silva Benevides, aos 74 anos, casada com José Alves Benevides, deixa os filhos Fernando, Fábio, Josélia, Josimar, Judite, Janete, Joelma e Flávio. Sepultada no Cemitério Terra Preta. 23/2- Elza Maria Peixoto Franklin, aos 59 anos, viúva, deixa os filhos Valdeir, Vantuir e Valdinei. Sepultada no Cemitério Terra Preta. 23/2- Israel Ramos Barbosa, aos 48 anos, solteiro, sepultado no Cemitério Terra Preta. 22/2- Antônio de Almeida Barbosa, aos 58 anos, casado com Aparecida do Carmo Barbosa, deixa os filhos Marcelo, Natanael e Noemi. Sepultado no Cemitério Terra Preta. 22/2- João Cícero Bezerra da Silva, aos 53 anos, casado com Bartyra Oshiro de Moura, deixa os filhos Luiz, Tamires e Natasha. Sepultado no Cemitério Terra Preta. 22/2- Valdemar Leite da Silva, aos 83 anos, viúvo, deixa os filhos Roberto, Antônia, Naílton, Valdemar e Aparecido. Sepultado no Cemitério Terra Preta. 21/2- Raumiro Nunes Pereira, aos 56 anos, estado civil e filhos não informado. Sepultado no Cemitério Terra Preta. 20/2- Lenice Cardoso, aos 55 anos, solteira, deixa as filhas Camila e Luciana. Sepultada no Cemitério da Saudade. 19/2- Amilton dos Santos, aos 38 anos, casado com Vera Lúcia Coelho dos Santos, deixa os filhos Mateus, Moisés, Loruana, Loraine e Luana. Sepultado no Cemitério Terra Preta.

Alunos da rede municipal recebem kit de material escolar Ricardo Honorio

Da Redação

ACOMPANHADO de secretários e vereadores, o prefeito Marcio Pampuri iniciou no último dia 24 a distribuição de material escolar aos 8.300 alunos da rede municipal. O chefe do Executivo foi pessoalmente a cada uma das escolas e aproveitou para conversar com diretores, professores e alunos. Cada kit é composto por material de qualidade superior, se comparado aos distribuídos em anos anteriores, e conta com os seguintes itens: babador, caderno brochura, chocalho, massa de modelar, cola em bastão na cor branca, giz de cera, pasta escolar com aba e elástico, caderno de cartografia, papel sulfite, apontador com depósito retangular, borracha branca macia, lápis preto, avental escolar infantil, lápis de cor 24 cores, tesoura escolar sem ponta, caderno universitário, caneta azul, caneta vermelha e caneta hidrográfica 12 cores. Alunos das escolas munici-

8.300 kits com material escolares foram entregues durante esta semana

pais Armando Pavanelli, Luiz Teles Batagini, Mufarrege Salomão Chamma, Nicolau Pinto da Silva (Unidade I), Idalina da Silva Cardoso, Guido Pisaneschi, Natália de Oliveira e Silva, José Arnoni, Eliza Negri da Silva, Paschoal Luciane Júnior, Shigueru Sasaki e Nakamure Kikue Aiacyda rece-

beram simbolicamente o material das mãos do prefeito Márcio Pampuri, que elogiou o trabalho realizado pelas crianças da rede ao longo da semana, sobre a dengue e suas formas de prevenção. A entrega de uniformes está prevista para acontecer até o próximo dia 30 de março.

Da Redação

O SISTEMA Cantareira, que tem ocupado o noticiário da mídia por conta do baixo volume de água em seus reservatórios, que pode levar ao racionamento na distribuição para mais de 12 milhões de pessoas nas regiões metropolitanas de São Paulo e Campinas, também teve suspensos os debates públicos sobre a outorga de suas águas à Sabesp (Companhia de Saneamento

Básico do Estado de São Paulo), pela Agência Nacional de Águas (ANA). O motivo foi o período excepcional de estiagem em curso. A outorga vigente termina em agosto deste ano. A necessidade de se revisar os estudos que embasam as minutas de Resolução de Outorga, especialmente neste momento de escassez da água, foi a explicação dada pela Diretoria Colegiada da ANA ao aprovar a suspensão. As audiências servem para obter

contribuições e subsídios para a renovação da outorga, pelo uso da água e interferências nos recursos hídricos no Sistema Cantareira, cuja meta final é o abastecimento público. A outorga é um instrumento de gestão que está previsto na Política Nacional de Recursos Hídricos, estabelecida pela Lei 9433/97, que assegura o controle quantitativo e qualitativo dos usos da água e o efetivo exercício dos direitos de acesso aos recursos hídricos.

Imposto de Renda

Entrega da declaração começa dia 6 de março Da Redação

Quatro blocos desfilarão pelas ruas centrais da cidade

Carnaval de Rua começa hoje no Espaço Viário 06:00 06:30 06:50 07:00 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:30 12:15 13:00 14:00 15:00 16:00 16:30 17:00 17:15 17:30 17:45 18:00 18:15

18:30 18:45 19:00 19:20 19:40 20:00 20:30 21:00 21:30 22:00 22:40 22:55 23:00 23:05 23:15 23:59

05:00 05:30 06:00 06:30 07:00 07:40 08:00 08:45 09:45 12:45 14:15 16:45 18:15 22:00

06:30 07:10 07:30 08:30 09:00 09:30 10:00 10:45 13:45 15:30 17:45 19:30 23:00

04:30 05:10 05:30 05:45 06:00 06:15 06:30 06:45 06:50 07:00 07:15 07:45 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30

14:00 14:30 14:45 15:30 15:00 15:15 16:00 16:15 16:30 16:45 17:00 17:30 18:00 18:30 19:30 20:30 21:30

07:40 08:40 09:20 10:00 05:30 06:15 06:40 07:00 07:20 08:00 08:20 09:00 09:40 10:20 10:40 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30 14:00 14:30 15:00

6:45 17:00 17:15 17:30 17:45 18:00 18:20 18:40 19:00 19:30 20:15 21:00 22:00 22:20 23:00

Da Redação

A PROGRAMAÇÃO da festa mais popular do Brasil teve sua programação em Mairiporã divulgada pela Prefeitura. Além de bailes no Espaço Viário Mário Covas, teremos o desfile de blocos nos cinco dias de folia. O Espaço Viário conta ainda com praça de alimentação e parque de diversão. Os bailes, sob uma tenda de 2 mil metros, começam hoje, a partir das 19 horas, com término determinado, em todos os dias, à 1 hora da madrugada. Serão cin-

14:00 15:00 15:30 16:00 17:15 19:00 20:00 21:00 22:00 23:00

05:00 07:00 09:00 11:00 13:00 15:00 17:00 19:00 20:00 21:30 23:00

06:00 06:45 07:00 07:45 08:00 08:45 09:00 09:45 10:00 10:45 11:00 11:45 12:00 12:30 13:00 13:45 14:00 14:30 15:00

15:45 16:00 16:30 17:00 17:45 18:30 19:15 20:00 21:00 22:00 23:00 23:59

06:00 07:15 08:00 09:15 10:00 11:15 12:00 13:15 14:00 15:15 16:00

17:15 18:00 19:15 20:00 21:00 22:30 23:59

05:30 06:30 07:30 08:30 09:30 10:30 12:30 14:30 16:30 18:00

06:00 08:00 10:00 12:00 14:00 16:00 18:00

06:30 07:30 08:30 09:30 10:30 11:30 13:30 15:30 17:30 19:00

07:00 09:00 11:00 13:00 15:00 17:00 19:00

04:30 05:30 06:00 06:15 06:30 07:00 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30

04:45 05:30 06:00 06:15 06:30 07:00 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30

13:00 13:30 14:00 14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 18:00 18:30 19:30 20:30 21:30

13:00 13:30 14:00 14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 17:30 18:00 18:30 19:00 19:30 20:30 21:30

co noites animadas pelas bandas Mirage e Tia Emília. Duas matinés, para a alegria da criançada, acontecem no domingo e terça, entre 15h e 18 horas. Blocos - Os tradicionais blocos que desfilam pelas ruas da cidade vão se dividir pelos dias de festa. Na abertura, o ‘Vem Kum Nóis’; no dia 2, o ‘Fernão Dias’; dia 3, o mais afamado de todos, o ‘Maria Sapatão’ e, no dia 4, o ‘Caprichosos de Mairiporã’. Em Terra Preta o ‘Bloco dos Sujos’ desfila pelo centro do distrito na terça-feira, com saída da rua Mario de Andrade, Jardim Lúcia II.

Prefeitura de Bragança define shows para a 22ª Festa do Peão Da Redação

05:00 06:00 07:00 08:00 09:00 10:00 11:00 11:30 12:00 13:00 13:30

06:00 06:40 07:10 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30 14:00

14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 17:30 18:00 18:30 19:00 19:30 20:15 21:00 22:00 23:00

06:00 06:40 07:10 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30 14:00

14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 17:30 18:00 18:30 19:00 19:30 20:00 20:30 21:00 22:00 23:00

CONSEG - Membros do Núcleo de Ação Local (NAL-Rio Acima) do Conseg estiveram reunidos no dia 20 último, na escola Pedro Galrão dos Nascimento, oportunidade em que discutiram a segurança da cidade com alunos e representantes das classes do período noturno, além de lideranças de bairros. Segundo a diretoria do órgão, as reuniões têm sido cada vez mais produtivas e são instrumento da sociedade para debater problemas com a segurança. Participaram do encontro o diretor de Trânsito, tenente João Lopes, o vereador Rafael Tadeu, o vice-presidente do Conseg, Fernando Pais Ribeiro, o secretário Cleriston do Valle e os líderes do NAL Rio Acima, Apostolos Christos Georgopoulos e Marco Caccia.

Debates sobre outorga da água do Sistema Cantareira são suspensos pela ANA

Correio Imagem

04:50 05:15 05:45 06:00 06:15 06:40 06:50 07:20 08:20 09:15 10:30 11:15 12:00 13:30 15:00 15:45 16:15 17:30 19:00 19:30 20:00 21:00 21:30 23:00

LEITURA DINÂMICA

NO PERÍODO de 4 a 13 de abril acontece em Bragança Paulista a 49ª Expoagro e a 22ª Festa do Peão, evento mais tradicional da cidade. A Prefeitura já definiu os shows que serão realizados no Parque Fernando Costa (Posto de Monta). Na sexta-feira, 4 de abril, abertura do evento, a dupla Fernando e Sorocaba. No sábado,

5, outra dupla, Bruno e Marrone, e no domingo, dia 6, entrada franca para o show de Guilherme e Santiago. Na final de semana seguinte, os shows se iniciam com a dupla Jorge e Mateus, na quinta-feira, 10 de abril; Gustavo Lima na sexta-feira, 11, Michel Teló, e a dupla Jads e Jadson no sábado, 12 e, no domingo, encerramento, show gratuito da dupla Maria Cecília e Rodolfo.

O DIA 6 de março foi a data escolhida pela Receita Federal como início da entrega da declaração do Imposto de Renda (IR) pessoa física. O prazo final fica mantido para 30 de abril. A multa mínima para quem não entregar no prazo é R$ 165. A entrega, como nos anos anteriores, deverá ser feita pela internet, através do Receitanet, programa disponibilizado pela Receita Federal, ou por meio de dispositivos móveis como smartphones e tablets para sistemas operacionais Android e iOS (Apple). O contribuinte que enviar no início do prazo deverá receber a restituições nos primeiros lotes, salvo inconsistências, erros ou omissões no preenchimento da declaração. Também terão prioridade os contribuintes com mais de 60 anos, além de portadores de moléstia grave e deficientes físicos ou mentais. Os lotes regulares começam a ser liberados no dia 16 de junho e terminam em 15 de dezembro de 2014. Após a liberação desses lotes, as restituições serão pagas em lotes residuais para os contribuintes que corrigirem as declarações. Deve declarar, entre outros, quem recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 25.661 em 2013, além daqueles que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, acima de R$ 40 mil, em 2013. O programa para declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2014 já está disponível para download desde anteontem.

Falar de fixo para celular vai ficar 13% mais barato a partir de março Da Redação

A PARTIR do mês de março, segundo informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no início da semana, vai ficar, em média, 13% nas conversas de telefone fixo para celular, por conta da mudança nos preços das tarifas de remuneração das redes móveis. A Anatel já havia decidido, no final de 2013, que os valores de referência do Valor de

Uso da Rede Móvel (VU-M), sofreriam redução de 25% a partir do dia 24 último, o que reduziria o preço médio das ligações locais de fixo para móvel de R$ 0,45 para R$ 0,39, e nas chamadas interurbanas de fixo para celular, com o DDD começando pelo mesmo dígito (11 e 12, por exemplo), de R$ 0,93 para R$ 0,80. As demais ligações interurbanas terão custo medido reduzido de R$ 1,05 para R$ 0,92.

Saia do “enrolation”!

aprenda inglês

aulas práticas e dinâmicas

96739.6170

OVOS DE PÁSCOA - O Carnaval só está começando, mas em vários supermercados e docerias já é possível encontrar ovos de chocolates. As grandes fábricas iniciaram a produção, desde o ano passado, e a distribuição teve início logo após o Ano Novo. A antecipação em julho de 2013 e isso se deve ao planejamento feito pelo consumidor para presentear amigos e familiares. A expectativa do setor é que as vendas sejam entre 5% e 10% maiores que no ano passado, quando foram consumidas 280 mil toneladas de chocolate, equivalentes a 80 milhões de ovos. FRATERNIDADE - O bispo da Diocese de Bragança Paulista, Dom Sérgio Aparecido Colombo, concede entrevista coletiva hoje sobre a Campanha da Fraternidade 2014. Este ano o tema é “PARA LIBERDADE QUE CRISTO NO LIBERTOU” e trata sobre o “TRÁFICO HUMANO”. A coletiva vai acontecer na Cúria Diocesana de Bragança Paulista, situada à rua Coronel Assis Gonçalves, nº 521, centro, a partir das 9 horas. TEMPERATURA - Janeiro foi um mês de quebra de recordes. No Brasil, foi considerado o mês mais quente dos últimos 71 anos, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A média da temperatura mundial foi considerada a quarta mais alta desde 1880, segundo dados do Centro Nacional de Informações Climáticas, da Administração Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA). O mês registrou média de 12,7º, temperatura 0,65ºC mais alta que a média do século 20. A medição se refere à combinação da temperatura continental e oceânica. ANATEL - A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aprovou regulamento que permite ao consumidor cancelar automaticamente qualquer serviço (telefonia fixa, móvel, internet e TV por assinatura) e estabeleceu validade mínima para os créditos de celulares pré-pagos, agora disponíveis por no mínimo 30 dias. As regras passam a valer em 120 dias e a opção de cancelamento automático permite, com uma única ligação para a central de atendimento, seguida da seleção das opções indicadas pela gravação, cancelar um serviço, que também poderá ser feito pela internet e ser suspenso em dois dias. SELO RUÍDO - O novo Selo Ruído criado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), para secadores de cabelo, aspiradores de pó e liquidificadores, começaram a valer no dia 20 último, para aparelhos nacionais e importados. O objetivo é reduzir o excesso de ruído e estimular a indústria a fabricar aparelhos mais silenciosos. O novo selo colorido, que terá a marca do Inmetro e do Ibama, classifica os decibéis de 1 (mais silencioso) a 5 (menos silencioso) e deve estar colado à embalagem. APLICATIVO - O Checkplaca, aplicativo para celular e computador lançado pelo Ministério da Justiça, já alcançou mais de 400 mil downloads, tornando-se o mais baixado no Brasil e o 14º no mundo, segundo dados de janeiro. Com o Checkplaca, o cidadão pode verificar se qualquer veículo é furtado ou roubado. Basta digitar a placa para o aplicativo informar o modelo, as características e situação do carro na base de dados do Denatran. Quando o aplicativo detecta irregularidade, o sistema avisa e permite ao usuário ligar, sem se identificar, para a polícia.


Mairiporã • Sexta-feira 28 de fevereiro de 2014

www.correiojuquery.com.br

7


8

www.correiojuquery.com.br

Mairiporã • Sexta-feira 28 de fevereiro de 2014

´

EXCELENTE OPORTUNIDADE!

INPE prevê falta de chuva no próximo verão PREVISÃO divulgada pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) divulgou o resultado de estudo que realiza, sobre a falta de chuvas no próximo verão. Segundo o instituto, o motivo seria o aumento da temperatura em todo o planeta, o que potencializa a intrensidade dos eventos climáticos no futuro. Segundo o pesquisador Gil-

van Sampaio, do INPE, com um sistema elétrico predominantemente hidroelétrico, evidencia-se a importância do setor estar preparado para lidar com as mudanças climáticas. Os extremos climáticos serão mais freqüentes: se há chuva, chove com maior intensidade; se o período é seco, ele será mais prolongado e intenso. Segundo

Gilvan, essas questões precisam ser incorporadas na operação das hidrelétricas brasileiras. O aumento das temperaturas tem colocado em xeque uma máxima conhecida entre os especialistas em meteorologia, de que no Brasil o verão é chuvoso e o inverno, seco. Agora, em 2014, tem ocorrido o oposto, com o verão extremamente seco.


Mairiporã • Sexta-feira 28 de fevereiro de 2014

www.correiojuquery.com.br

9

Petrobras e Receita Federal realizam ANS vai avaliar qualidade concurso para vagas em todo o país dos planos de saúde e de Correio Imagem

Da Redação

PARA o preenchimento de 1.232 vagas em seus quadros, a Petrobras abriu na segunda-feira, 24, processo seletivo para os níveis médio e superior. Do total, 100 funcionários serão contratados de imediato e o restante fica no cadastro de reserva. As inscrições vão até o dia 17 de março, pelo site da Cesgranrio, e as taxas são de R$ 40 (nível médio) e R$ 58 (nível superior). Os salários oferecidos são de R$ 3,4 mil (nível médio) e até R$ 8 mil (nível superior). O resultado final tem previsão para o dia 26 de junho. Cargos  - Os cargos de nível médio oferecidos são: técnico(a) de exploração de petróleo júnior - geodésia (Rio de Janeiro), técnico(a) de inspeção de equipamentos e instala-

ções júnior (Pernambuco e Rio de janeiro), técnico(a) de logística de transporte júnior - controle (Macaé, Rio de Janeiro, Salvador e Santos), técnico(a) de manutenção júnior - mecânica (Santos), técnico(a) de operação júnior (Belo Horizonte, Curitiba,Pernambuco, Amazonas, Ceará, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Mauá, Paulínia, Rio de janeiro, Salvador, Santos, São José dos Campos e São Mateus do Sul), técnico(a) de projetos, construção e montagem júnior - edificações (Salvador), técnico(a) de projetos, construção e montagem júnior - mecânica (Rio de janeiro), técnico(a) de segurança júnior (Macaé, Rio de Janeiro, Salvador e Santos), técnico(a) de suprimento de bens e serviços júnior - administração (Macaé e São Paulo). Receita Federal  - Uma nova seleção para preenchimento de 278 vagas de auditores fiscais da Receita Federal, foi autorizada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O número de vagas pode aumentar, já que a expectativa da Receita é de que também seja aprovada a criação de mais de 1,6 mil vagas para a função de analista tributário. Os salários oferecidos são de R$ 8.768,88 (analista tributário) e R$ 14.653 (auditor fiscal) mais benefícios. Para concorrer, é preciso ter formação superior em qualquer área.  O edital deverá ser publicado no prazo de seis meses, mas os interessados devem inicar já a preparação, pois trata-se de um dos mais concorridos concursos do país. Em 2012, foram mais de 120 mil inscritos para 950 vagas.

seus profissionais

Da Redação

HOSPITAIS, médicos e laboratórios que integram operadoras de plano de saúde serão obrigados, a partir de março, a informar aos seus associados indicativos de qualidade de sua rede de prestadores de serviço. A informação é da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), e serão qualificados de acordo com critérios estabelecidos pela agência. Também passa a ser obrigatório que a avaliação seja publicada pelas operadoras nos materiais de divulgação de sua

rede assistencial, nas versões impressa e online. Ainda segundo a ANS, essa nova condição faz parte do programa Qualiss, desenvolvimento para melhorar o controle sobre a qualidade do serviço prestado. Entre os quesitos que serão medidos, estão, entre os hospitais, as taxas de mortalidade cirúrgica e de infecção hospitalar, tempo de espera na urgência e emergência, acessibilidade à pessoa com deficiência e a satisfação do cliente.A avaliação também se estende aos médicos que atendem em consultórios.

VENDE-SE

GOLF 2009, preto, Sport Line, completo. Tratar com Julio – 99734-7487

PROMOÇÃO DA SAÚDE MENTAL: INCLUSÃO SOCIAL O CAPS I – Centro de Atenção PSICOSSOCIAL Jorge Luiz Camargo, em 17 de janeiro, esteve na praia: usuários e familiares. Por meio da equipe multidisciplinar promoveu um passeio no litoral Sul, na Cidade de Praia Grande. Além de proporcionar qualidade de vida, a atividade também integrou a equipe profissional com os pacientes, familiares e comunidade, fortalecendo os vínculos e auxiliando no processo terapêutico. A reabilitação psicossocial tem se desenvolvido, no CAPS I de Mairiporã, por meio do apoio e suporte da equipe do Poder Judiciário da Comarca de Mairiporã, através do Juiz de Direito Dr. Cristiano César Ceolin, Juíza de Direito Dra. Ana Paula Schleiffer Livreri e a Promotora de Justiça Dra. Manuella Guz. Dentro desse contexto, o Poder Judiciário exerce a Justiça Terapêutica, que visa aumentar a possibilidade de medidas sociais, tendo como estratégia fundamental oferecer uma perspectiva

de vida e de cidadania justa aos portadores de transtorno mental. A intersetorialidade foi representada neste evento com a articulação da Secretaria de Educação, que proporcionou o ônibus para levar usuários e equipe ao passeio. A articulação intersetorial entre as políticas públicas de Saúde e Educação tem sido uma das estratégias mais utilizadas no processo de viabilização das políticas públicas aos usuários. Devemos ressaltar que foi utilizada a INTERFACE CAPS E PSF: neste passeio esteve presente Dr. Sidney Silva , Médico do Programa Saúde da Família - PSF Unidade Jd. Pinheiral, que disponibilizou sua agenda para dar suporte à equipe neste evento. Assim a Secretaria de Saúde do Município de Mairiporã através da equipe do CAPS I, pacientes, familiares e comunidade, agradece mais uma vez aos colaboradores envolvidos. A todos o nosso muito obrigado!


10

www.correiojuquery.com.br

Mairiporã • Sexta-feira 28 de fevereiro de 2014

LAZER

FILMES NA TV

SABOR

Receitas ‘vindas do mar’

Preparar peixes não precisa ser complicado. Duas sugestões deliciosas para você fazer no final de semana e chamar os amigos.

PEIXE COM LEITE DE COCO

Ingredientes: 4 postas de namorado; ½ xícara (chá) de leite de coco; 2 colheres (sopa) de suco de limão; pimenta malagueta; 1 colher (sopa) de coentro picado; ½ colher (chá) de sal. Modo de Preparo: Amasse a pimenta e ponha num recipiente com os demais ingredientes. Cubra com papel-filme e leve à geladeira por uma hora. Coloque o peixe e o molho na panela de pressão. Tampe e cozinhe em fogo alto por 4 minutos. Abaixe o fogo e cozinhe por mais 2 minutos. Retire e decore com salsa. (M de Mulher)

HOJE SABRINA NA ITÁLIA (Sabrina Down Under), EUA, 1999, cor, 89 minutos, direção de Kenneth Koch. Com Melissa Joan Hart e Peter O’Brien. Sabrina se mete em encrenca ao ajudar um deus marinho que encontrou desmaiado na praia. Como feiticeira, transforma-o em um bonito rapaz. (GLOBO, 14h30) SUPER K (Idem), Índia, 2011, cor, 95 minutos, direção de Vijay Bhanshali. Desenho animado. Dois irmãos dividem um reino, um bondoso e outro chamado de Maus Bofes. Este, cria um garoto batizado de Super K, que usa os poderes de todos os moradores. (CULTURA, 18h) EDUKATORS, OS EDUCADORES (Edukators), Alemanha, 2004, cor, 126 minutos, direção de Hans Weingartner. Com Daniel Brühl e Julia Jentsch. Dois jovens que acreditam poder mudar o mundo, se denominam ‘Os Educadores’, rebeldes contemporâneos que expressam sua indignação de forma pacífica, invadindo mansões e deixando mensagens de protesto. (CULTURA, 22h) 5 FRAÇÕES DE UMA QUASE HISTÓRIA (Idem), Brasil, 2007, cor, 96 minutos, direção de Armando Mendez e outros. Com Cláudio Jaborandy e Cíntia Falabella. Filme coletivo contando diversas histórias sobre o cotidiano de vários profissionais, como um fotógrafo, um homem que se projeta nos personagens dos filmes e um funcionário burocrático de um tribunal de justiça. (TV BRASIL, 22h30) MUNDO ALAS (Idem), Argentina, 2009, cor, 85 minutos, direção de León Gieco e outros. Documentário que é um Road movie sobre a turnê de u7m grupo de jovens artistas com necessidades especiais por diferentes províncias argentinas. (TV BRASIL, 0h15)

AMANHÃ SE EU FOSSE VOCÊ 2 (Idem), Brasil, 2008, cor, 98 minutos, direção de Daniel Filho. Com Glória Pires, Tony Ramos e Isabelle Drummond. Casal prestes a se separar discute no elevador após primeira audiência do divórcio e, repentinamente, trocam de corpos mais uma vez. (GLOBO, 14h30) WISHBONE, DIA DE CÃO NO OESTE (Wishbone, Dog Days of The West),  EUA, 1998, cor, 93 minutos, direção de Rick Duffield. Desenho animado. Wishbone é um cão com uma imaginação fértil e sempre viaja em seus pensamentos, protagonizando os principais fatos da história. (CULTURA, 18h30) CARMEN MIRANDA, BANANA IS MY BUSINESS (Idem), Brasil/EUA, 1995, cor, 91 minutos, direção de Helena Solberg. Com Cynthia Adler e Eric Barreto. A história da estrela brasileira que conquistou a imaginação e o coração do mundo. (CULTURA, 23h)

PEIXE AGRIDOCE

Ingredientes: Postas de cação; sal e pimenta-do-reino a gosto; 1 colher (sopa) de mel; 2 cravos; 1 pitada de cúrcuma; 1 ramo de tomilho; 1/4 de xícara (chá) de vinagre; 1 copo (americano) de suco de abacaxi. Modo de preparo: Tempere o peixe com o sal e a pimenta-do-reino. Deixe descansar por 20 minutos. Enquanto isso, faça o molho: em uma panela, ponha o mel, o cravo, a cúrcuma e o tomilho. Junte o vinagre e leve ao fogo até formar uma calda relativamente grossa. Acrescente o suco de abacaxi e mexa vigorosamente. Coe e reserve. Em um frigideira antiaderente untada, grelhe o peixe. Sirva com o molho aquecido e salada. (Ana Maria)

MODA A

DOMINGO TRANSFORMERS (Transformes: The Movie), EUA, 2007, cor, HD, 144 minutos, direção de Michael Bay. Com Josh Duhamel e Michael Duncan. O Cubo All Spark é um objeto extremamente poderoso, cujo poder pode ser usado tanto para gerar vidas, quanto para fins bélicos. Perdido no meio da guerra entre os Autobots e os Decepticons, os dois grupos rivais do planeta Cybertron, esse precioso objeto cai na Terra. (GLOBO, 13h) BOM MESMO É CARNAVAL (Idem),  Brasil, 1962, p&b, 95 minutos, direção de J. B. Tanko. Com Zé Trindade, Anilza Leoni e Jaime Costa. Importante figura de pequena cidade apadrinha a eleição de um ‘amigo do peito’ para a Prefeitura. Às vésperas da eleição, vítima de uma série de manobras de seus inimigos políticos e de sua própria índole carnavalesca, é obrigado a relegar seus princípios rígidos. (CULTURA, 15h30) MUNDO ALAS (Idem), Argentina, 2009, cor, 85 minutos, direção de León Gieco e outros. Documentário que é um road movie sobre a turnê de um grupo de jovens artistas com necessidades especiais por diferentes províncias argentinas. Reprise de anteontem. (TV BRASIL, 23h)

Novos tênis para conforto e estilo

s referências esportivas ganharam status fashion há algumas temporadas e prometem continuar em alta, especialmente no que diz respeito aos calçados: os tênis em versões casuais, com estampas, aplicações ou construções diferenciadas estão entre os principais lançamentos das marcas para o Inverno 2014, até mesmo nas mais sofisticadas. E nesta semana o que mais se falou no universo da moda foi sobre o tênis desfilado na apresentação de verão de alta-costura da Chanel, em Paris. Karl Lagerfeld, estilista da Maison francesa, combinou os tênis esportivos com os clássicos casaquetos de tweed e até mesmo com saias de tule e peças em tecidos nobres. Ou seja, mais do que nunca é a tradução da mistura do esportivo com o sofisticado que é uma das propostas mais modernas para o dia a dia. Fazendo uma retrospectiva dos lançamentos de tênis casuais nas últimas temporadas, no inverno de 2012 tivemos a febre dos sneakers com saltos embutidos e no ano passado a volta dos chamados ‘running sneakers’, bem no estilo dos modelos da marca ‘New Balance’, com novas combinações. Estampas - Já neste verão, as novidades foram as versões estampadas, especialmente com padronagens florais ou tropicais. A Converse,

HORÓSCOPO ÁRIES - 21/3 a 20/4

LIBRA.- 23/9 a 22/10

TOURO - 21/4 a 20/5

ESCORPIÃO - 23/10 a 21/11

Durante dois dias as questões profissionais estão beneficiadas. Está com ótima cabeça para realizar antigas ambições, portanto vá fundo! Não se descuide das necessidades íntimas. A partir de agora seu lado mais romântico vibra com muita intensidade. As viagens a dois estarão beneficiadas. Pode viver situações estimulantes com o seu par. Aproveite!

GÊMEOS - 21/5 a 20/6

Terá ajuda para aprofundar-se em si, compreender melhor os seus próprios sentimentos e a analisar objetivamente a sua vida, especialmente no setor amoroso. Cuide mais da saúde.

CÂNCER - 21/6 a 21/7 que sempre lança novas parcerias para as estampas de seus modelos tradicionais, se uniu no final do ano à marca Isolda, que emprestou suas estampas coloridas em tamanho maxi para os modelos de canos alto e baixo. Inverno - Para o inverno 2014 não será diferente: os tênis ganham versões metalizadas (em dourado e prata), estampas de onça, florais com fundos escuros, entre outras. Tudo para unir conforto, informação de moda e estilo. 

Dinamize a vida social e a torne mais harmoniosa. Seu lado altruísta e conciliador estarão em alta e o ajudarão a entender os outros. A necessidade de dar e receber afeto pede mais.

LEÃO - 22/7 a 22/8

Dois dias excelentes para você concentrar-se em suas atividades e revelar todo o seu lado prático. Está em condições propicias de demonstrar seu lado realizador e eficiente.

VIRGEM - 23/8 a 22/9

Vive uma fase vital e gratificante, graças ao trânsito da Lua por sua casa da alegria e do prazer. A capacidade de criar e ser feliz em alta e os assuntos do coração de vento em popa.

Período propício para concentrar-se nos assuntos caseiros se preparar para novas mudanças. Não deixe nada para depois. Momentos de intimidade a dois prometem ser muito agradáveis. Seu setor da comunicabilidade facilita bastante o entendimento no terreno amoroso e permite que as tensões sejam eliminadas bem mais facilmente. Receberá ajuda de amigos.

SAGITÁRIO - 22/11 a 21/12

Dias que vão facilitar as questões concretas e fazer com que a sua capacidade de realização esteja bem mais marcante. Situação financeira deve ficar ainda mais tranqüila e estável.

CAPRICÓRNIO - 21/12 a 20/1

Fase seja ótima para os assuntos particulares, que reforça o seu charme pessoal e lhe dá condições de demonstrar claramente aquilo que sente. Assuntos sentimentais serão o foco.

AQUÁRIO - 21/1 a 19/2

Esteja alerta para não rimar amor com dor e viva as relações afetivas de modo saudável, sem dramas ou encucações. Aproveite estes dias para isolar-se com que você mais gosta.

PEIXES - 20/2 a 20/3

Clima de maior entendimento e camaradagem, principalmente no terreno amoroso. É até possível que uma relação de amizade se transforme em algo mais sério. Esteja de olho!

Novo Línea da Fiat chega em abril L

ANÇADO no Brasil em 2008, o sedã Liena, da Fiat, vai chegar com atualizações visuais no início de abril, segundo anúncio feito pela empresa no Brasil. Criado para substituir a linha do Marea, será a primeira reestilização do veículo. O facelift nacional contém alguns detalhes da versão fabricada na Turquia, que em 2012 também passou por mudanças visuais. Os modelos, no entanto, não

são exatamente iguais. A versão brasileira parecer ser mais simples. No novo sedã, o que muda na parte externa são os pára-choques, parcialmente redesenhados e que receberam frisos cromados, e as rodas, que estréiam novo desenho. A montadora também afirma que o novo sedã tem o visual interno “totalmente reformulado”, com novos equipamentos à bordo.


Mairiporã • Sexta-feira 28 de fevereiro de 2014

11

www.correiojuquery.com.br

1 e 2/3 MARACUJA kg

3,89

MAMAO PAPAYA kg

2,89

GOIABA Kg

2,89

ABOBORA JAP Kg

1,69

LIMAO Kg

1,99

BERINJELA kg

2,49

MANGA PAMLER Kg

3,59

MANDIOCA kg

1,89

PERA kg

3,49

CENOURA Kg

2,79

MACA GALA kg

2,69

CEBOLA Kg

1,89

1 e 2/3 COXAO DURO Kg

15,90

ASA kg

5,99

COXAO MOLE kg

18,49

PEITO S/OSSO kg

9,89

LAGARTO Kg

15,90

FIGADO FRANGO kg

1,89

PATINHO kg

17,90

COXINHA ASAkg

7,49

CONTRA FILE Kg

19,50

GALINHA kg

3,99

ALCATRA Kg

19,50

BISTECA SUINA kg

9,90

MOELA FRANGO kg

3,49

COSTELINHA SUINA kg

12,90

FRANGO Kg

4,29

PERNIL C/OSSO SUINO kg

8,99

COXA/SOBCOXA RESF Kg 4,29

BARRIGA kg

8,49

PEITO RESF c/ ossoKg

TOUCINHO kg

6,99

6,49

OFERTAS VÁLIDAS DE 28/2 a 6/3 OU ENQUANTO DURAREM OS ESTOQUES

CERV COLONIA 350ml lata

0,99

RACAO DOMUS 15k

31,90

SUCO JUSSARA SOJA 200ml

0,99

SUCO JUSSARA SOJA 1L

2,49

MERLUZA POLAKA RIO MARC 1K

11,90

LEITE FERMENTADO CAROLINA C/6

3,69

MARG CLAYBON 500g

2,49

ACUCAR CRISTAL BRILHOSO

6,99

BISC TUC S 100g

0,79

FEIJAO BINA CARIOCA 1k

2,99

FAROFA KISABOR 500g

2,99

VINAGRE TOSCANO ALCOOL COLORIDO 1,29


507  

edicao 507 do jornal correio juquery de mairipora

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you