Page 1

JUQUERY

Mairiporã • Sexta-feira 26 de julho de 2013

1

www.correiojuquery.com.br

CORREIO CORREIOJUQUERY.COM.BR

ANO IX - Nº 478 ● Mairiporã, sexta-feira, 26 de julho de 2013 ● Distribuição gratuita ● R$ 1,00 (nas bancas)

Planos de Saúde sofrem reajuste de 9% A decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) atinge 17,6% dos associados aos planos de assistência médica, que significam 8,4 milhões de pessoas. O reajuste só pode ser aplicado a partir da data de aniversário de cada contrato. O percentual é o teto válido para o período entre maio de 2013 e abril de 2014. PÁGINA 4

Correio Imagem

Elektro passa ativos da iluminação pública para a Prefeitura Administrar todos os serviços relativos à iluminação pública da cidade passa agora para o município. A Câmara de Vereadores aprovou a cessão e agora a administração municipal deve realizar licitação para escolher empresa especializada.

PÁGINA 3

Mairiporã abre 79 vagas de emprego em junho Nos seis primeiros meses deste ano o saldo é positivo e os setores de Serviços e Comércio apresentaram maior número de contratações, enquanto a Indústria de Transformação e a Construção Civil fecharam vagas. PÁGINA 3

NA DÉCADA

Moradias com apenas 1 morador cresceram 65% na cidade Os números são do IBGE com base no Censo 2010. Mairiporã tem hoje 2.173 domicílios com apenas 1 morador, crescimento de 65% em relação ao Censo 2000, quando foram identificados 1.320 lares. Na cidade são 1.331 residências com 1 morador homens e 842 com morador mulheres, que representam 9,6% do total de 23.153 domicílios. PÁGINA 3

COLUNA DO CORREIO PÁGINA 4

Alckmin defende reformas e mais poder aos municípios Governador, em entrevista a uma rede de jornais do interior, disse que somente um novo pacto federativo, com a descentralização de poder do governo federal para os Estados e municípios, poderá resolver as demandas sociais que emergiram nos protestos nas ruas nas últimas semanas. Alckmin também anunciou a criação da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo), com foco no mercado de trabalho, como educação e cursos superiores. PÁGINA 5

ADMITE

PARA INÍCIO IMEDIATO ◙ corretor de imóveis com veículo ◙ vendedor para loja de material de construção ◙ vendedor externo com moto ◙ empreiteiros para construção Enviar currículos para e.mail grupomak@uol.com.br ou Av. Pietro Petri, nº 870 - Terra Preta - Mairiporã


2

www.correiojuquery.com.br

Mairiporã • Sexta-feira 26 de julho de 2013

GERAL Correio Imagem

11 mil inscritos convocados para matrícula no Via Rápida Emprego Da Redação

OS 11.748 inscritos para a formação de novas turmas na capital e em outros 265 municípios da Grande São Paulo, Litoral e Interior, começaRAm a ser convocados pelo Governo do Estado, e a partir de agosto vão freqüentar cursos profissionalizantes do programa Via Rápida Emprego.

Os selecionados serão informados por carta, telegrama ou e-mails oficiais e deverão comparecer ao local indicado na correspondência, munidos de carteira de identidade (RG) e CPF, para efetivar a matrícula. Os cursos terão duração de um a três meses, com aulas ministradas por profissionais de Escolas Técnicas (Etecs), Faculdades de Tecnologia (Fatecs)

do Estado de SP e também do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), instituições contratadas pelo Governo do Estado. Além do material didático, os alunos matriculados receberão auxílio financeiro de R$ 100,00 para alimentação e de R$ 150,00 para o transporte. Desemprega-

dos, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário, também terão direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210,00. A seleção dos candidatos é realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, que considera critérios de idade, escolaridade e renda familiar dos inscritos. Desempregados e mulheres arrimo de família têm prioridade.

Preço do pão pode ficar até 10% mais caro Correio Imagem

Da Redação

ALTA entre 7% e 10% prevista para os próximos dias. Essa a má noticia para quem consome diariamente um dos alimentos mais populares do país: o pãozinho. A previsão é do Sindicato da Indústria de Panificação (Sipan), causada por vários fatores, dentre eles os novos reajustes da farinha de trigo. Os moinhos enviaram esta semana tabelas com o insumo, 20% mais caro em média, para as panificadoras. Essa matéria-prima representa algo em torno de 35% do custo de produção do pão francês. Os estabelecimentos do varejo, que ao longo deste ano absorveram outras altas praticadas pelo setor moageiro, agora terão dificuldades com mais uma majoração. A saca da farinha de 50 quilos, há seis meses, que custava em torno de R$ 50, foi a R$ 80 e a previsão é de que chegue a R$ 100. De acordo com estimativas do Sipan, o pãozinho custa em média R$ 7,50 o quilo, e deverá saltar para até R$ 8,25. No caso dos supermercados, custa R$ 6,90 em média, e saltará para R$ 7,60. Há padarias na cidade que já praticam o preço de R$ 10,60, valor maior que um quilo de carne de segunda, que sai por R$ 9,75. Fatores – Um dos fatores que explica a elevação de preço da matéria-prima é o fechamento das exportações argentinas de trigo, no início deste mês. O Brasil depende das importações do produto para suprir o mercado interno.

O café da manhã do brasileiro fica mais salgado com provável aumento de preço

Selo em homenagem ao papa e Jornada da Juventude Da Redação

NA TERÇA-FEIRA os Correios lançaram, em homenagem à visita do papa Francisco, para a Jornada Mundial da Juventude, selo comemorativo. Em primeiro plano, a imagem mostra o pontífice fazendo um gesto de benção e, ao fundo, a representação da Baía de Guanabara e, à esquerda, o Cristo Redentor. As cores verde, azul e amarela aprecem na natureza da cidade e na bandeira brasileira, que acima tem a logomarca oficial da Jornada. Foram emitidos 1,2 milhão de selos, ao custo de R$ 1,80 cada. Eles podem ser adquiridos nas agências dos Correios ou pela loja virtual, no site www.correios. com.br/correiosonline.

Divulgação

Reajuste vale para os contratos no período entre maio de 2013 e abril de 2014

Planos de Saúde têm reajuste de 9,04% Da Redação

OS PLANOS de Saúde individuais e familiares já podem promover reajuste de até 9,04%. A decisão foi da Agência Nacional de Saúde (ANS), aprovada pelo Ministério da Fazenda. O teto é válido para o período entre maio de 2013 e abril de 2014, para os contratos de cerca de 8,4 milhões de beneficiários, que representam 17,6% dos consumidores de planos

de assistência médica no Brasil. As empresas também foram autorizadas a cobrar a diferença entre as mensalidades antigas e novas, de forma retroativa, de acordo com a data de aniversário dos contratos, cuja defasagem não ultrapasse quatro meses. Os planos coletivos não são alcançados pela medida a ANS, pois as operadoras negociam livremente os preços com empresas contratantes.

Concurso público do Detran-SP tem 1.200 vagas, inclusive para a região Da Redação

NA SEGUNDA-FEIRA foram abertas as inscrições para quem deseja disputar uma das 1.200 vagas no concurso público do Detran-SP, para 600 oficiais de trânsito (nível médio e salário inicial de R$ 1,8 mil) e 600 para agentes de trânsito (nível superior e salários de R$ 4,5 mil). As vagas serão distribuídas em 217 cidades de todo o Estado, em 14 regiões administrativas.

Mairiporã está inclusa na relação dos municípios. As inscrições poderão ser feitas no site da Fundação Vunesp (Vestibular da Universidade Estadual Paulista), responsável por organizar a seleção e terá reserva de 5% das vagas para pessoas com deficiência. As taxas de inscrição serão de R$ 42,50 para nível médio e R$ 63,50 para nível superior e poderão ser pagas em dinheiro ou cheque, em qualquer agência bancária.


Mairiporã • Sexta-feira 26 de julho de 2013

3

www.correiojuquery.com.br

LOCAL

Câmara aprova e Prefeitura vai receber ativos da iluminação pública da Elektro Lúcia Helena Da Reportagem REUNIDA em sessão extraordinária na terça-feira, 23, a Câmara de Vereadores aprovou projeto de lei do Executivo que autoriza a Prefeitura a receber em cessão, com encargos, os ativos de iluminação pública da Elektro Eletricidade e Serviços S.A. Na prática, isto representa que Mairiporã vai assumir tudo aquilo que diz respeito à iluminação pública (colocação de postes, troca de lâmpadas e implantação de luminárias, dentre outros), conforme decisão da Agência Nacional de Energia (Aneel). O prazo para os municípios assumirem esses ativos é 31 de janeiro de 2014. A decisão do prefeito em re-

ceber desde já esse ônus, e da Câmara em aprovar a cessão, enseja ao município antecipar todo o processo necessário para implantação, expansão, operação e manutenção das instalações de iluminação pública, e com isso enfrentar essa transição com tranqüilidade. Os ativos deverão ser transferidos a uma empresa privada, especializada em iluminação pública, o que vai demandar tempo, principalmente com relação ao processo licitatório. Gastos - Essa nova modalidade de gestão dos serviços públicos de iluminação, segundo estudos realizados por outras prefeituras, vai triplicar a CIP (Contribuição de Iluminação Pública) que a população paga. Hoje, em Mairiporã, esse

tributo representa uma arrecadação de R$ 2,13 milhões/ano, que mal cobre os gastos com o custo dos serviços, de R$ 1,54 milhão/ano. Um exemplo da complexidade dessa nova função delegada às prefeituras, vem de Bauru. O prefeito de lá consultou cinco empresas que podem disputar a licitação, e constatou que os cofres públicos vão gastar três vezes mais do que paga hoje. Em algumas regiões do Estado municípios se unem para formar um consórcio e tentar, com isso, reduzir os gastos. A Prefeitura de Mairiporã ainda não tem condições de informar quando iniciará o processo de licitação, que vai apontar a empresa responsável pelos serviços de iluminação pública.

Temperatura cai no final de semana e vem mais frio por aí Humberto Do Lago Müller

Da Redação

Jovens franceses que vieram para a JMJ foram recebidos pelo prefeito Da Redação

JOVENS franceses que vieram ao Brasil para participar da Semana Missionária na Diocese de Bragança, e da Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, foram recebidos no início da semana para prefeito Márcio Pampuri, no Palácio Tibiriçá. Acompanhados do Padre Marcos Augusto Monte, da paróquia local de Nossa Senhora do Desterro, os 20 jovens franceses visitaram diversos pontos

da cidade e conversaram com o prefeito sobre questões ligadas ao município e dele receberam dicas de passeios. O pároco de Mairiporã, ao final do encontro, agradeceu a receptividade do prefeito e disse aos jovens que o chefe do Executivo mairiporanense tem sido um excelente parceiro da igreja católica. Os jovens visitaram também todas as demais cidades que fazem parte da Diocese de Bragança Paulista. Ricardo Honorio

Prefeito recepcionou comitiva de 20 jovens franceses

Bancários querem reajuste salarial de 11,9% e PLR de 3 salários Da Redação

A PAUTA de reivindicações deste ano, dos bancários, vai ser entregue no próximo dia 30 à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). O anúncio foi feito no último final de semana pelo Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo. Dentre os pedidos estão reajuste salarial de 11,93%, que na prática significam reposição da inflação mais aumento real de 5%, piso salarial de R$ 2.860,21 e a PLR (Participação nos Lucros e Resultados de três salários-base, mais parcela adicional fixa de R$ 5.553,15. A categoria também quer a valorização dos vales-refeição e alimentação no valor de um salário mínimo (R$ 678), e ainda “melhores condições de trabalho, com o fim de metas individuais e abusivas”, segundo o sindicato. Os itens da Campanha Nacional Unificada 2013 foram definidos durante a 15ª Conferência Nacional, em São Paulo, onde estiveram presentes 600 delegados representando trabalhadores de bancos públicos e privados de todo o país.

Número de residências com apenas 1 morador cresceu 65% em dez anos na cidade Claudio Cipriani Da Redação

A TRADICIONAL família constituída de pai, mãe e filhos está dando lugar a outra, que bem poderia ser chamada de ‘bloco do eu sozinho’, ou como preferem os politicamente corretos, de ‘família unipessoal’, formada por solteiros, divorciados, viúvos ou simplesmente por quem opta por morar sozinho. Segundo o Censo 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o crescimento dos lares com apenas 1 morador único em Mairiporã foi de 65%. Se

em 2000 eram 1.320 domicílios com apenas um habitante, dez anos depois esse número chegou a 2.173, o que representa 9,6% dos 23.153 domicílios permanentes de Mairiporã. São 1.331 domicílios com 1 morador homens e 842 domicílios com morador mulheres. Mercado - Atento às movimentações domiciliares, o mercado está de olho nesse segmento, porém as ofertas nos mais diferentes setores não acompanham o ritmo na mesma proporção. O mercado imobiliário, por exemplo, ainda é tímido quando se fala em moradia para o público single. As cons-

truções continuam privilegiando novos casais. Já o setor de alimentação foi mais rápido e colocou a venda produtos que reúnem poucas unidades ou peso compatível para esse público-alvo. De acordo com pessoas ouvidas pela reportagem, Mairiporã deveria ter mais ofertas para quem mora sozinho. Economistas vão além, dizem que o mercado precisa de maior dinâmica para atender esse nicho, já que é cada vez maior a demanda por produtos e serviços que chegam rápidos, são práticos e aliados à tecnologia.

PREPARE os casacos, pois a temperatura vai cair ainda mais neste final de semana. De acordo com as previsões meteorológicas do Climatempo, hoje em Mairiporã os termômetros devem registrar mínima de 5ºC e máxima de 16ºC. O sol até vai aparecer, mas haverá muitos períodos de céu nublado e chuvas a qualquer hora. A temperatura se manterá nos mesmos patamares amanhã e sobe um pouco no domingo, com mínima de 8°C e máxima de 19°C. Apesar do frio intenso, a previsão de chuva é somente para hoje. Amanhã e domingo o sol deve predominar durante a maior parte do dia.

Na parte alta da cidade a neblina demorou a se dissipar

Obras suspensas na rodovia Fernão Dias em virtude das chuvas Da Redação

AS OBRAS que a Autopista Fernão Dias realiza em vários trechos da estrada, especialmente entre Mairiporã e Atibaia, foram suspensas na terça-feira, devido ao mau tempo. As chuvas que caíram em toda a região impossibilitaram que as equipes da concessionária cumprissem o cronograma, do qual constam limpeza, restauração e recuperação de pavimento nas pistas e acostamentos, nos dois sentidos:

Sul (Minas/São Paulo) e Norte (São Paulo/Minas). Neste período de chuvas e baixas temperaturas, propícias à formação de neblina, a Autopista alerta os motoristas para que tenham atenção redobrada. A programação de obras está sujeita a alterações de acordo com as condições climáticas. Portanto as chuvas de terça-feira, 23, fizeram com que as máquinas fossem recolhidas. A Concessionária orienta aos motoristas que redobrem a atenção nos trechos sinalizados. Divulgação

A Autopista realiza obras em vários trechos da rodovia

Maria e João são campeões de registros nos cartórios do Estado Da Redação

LEVANTAMENTO divulgado esta semana pela Arpen-SP (Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo) aponta os dez nomes masculinos e femininos mais registrados nos últimos oito anos. Conforme a associação, o nome bíblico Maria foi o mais registrado pela população paulista. Desde 2007, 163.039 meninas nascidas no Estado receberam esse nome. Já o nome masculino que mais teve registros foi João, também bíblico. Esse nome consta de 85.407 registros paulistas desde 2007. Os dados são estaduais. Não foram divulgadas listagens por cidade ou região. Os outros nomes femininos que aparecem na lista são, nessa ordem: Ana, Júlia, Beatriz, Yasmin, Isabella, Sophia, Laura, Giovanna e Mariana. No caso dos meninos, depois de João, seguem os nomes Gabriel, Pedro, Lucas, Miguel, Guilherme, Gustavo, Matheus, Davi e Arthur. De acordo com o a Arpen-SP, essa escolha da população paulista por nomes bíblicos tem aumentado nos últimos anos, sendo predominante na maioria dos cartórios.

NO PRIMEIRO SEMESTRE SALDO É POSITIVO

Mairiporã abre 79 vagas de emprego em junho Da Redação

MAIRIPORÃ registrou novo saldo positivo na criação de vagas no mercado formal de empregos no mês de junho. Depois do bom desempenho em maio, quando 58 postos de trabalho com carteira assinada foram criados, em junho esse número subiu para 79. Nos primeiros seis meses do ano (janeiro a junho) o saldo é positivo em 142 vagas. O número impressiona se comparado com igual período do ano passado, quando foram fechados 423 postos de trabalho. O resultado de

junho ficou acima do teto das previsões de analistas econômicos. O saldo do primeiro semestre é resultado de 3.827 admissões e de 3.685 demissões. Setores - O Comércio interrompeu longa série de liderança do setor de Serviços, que vinha apresentando os melhores resultados. Em junho, o saldo foi de 52 novos postos no Comércio, contra 41 no de Serviços. Os outros dois setores mais importantes, Indústria e Construção Civil, voltaram a marcar resultados negativos: -2 vagas na Indústria de Transformação e -12 na Construção Civil.

Em todo o primeiro semestre o saldo de postos de trabalho criados por setores foram: Serviços (216), Comércio (102), Indústria de Transformação (-83), Construção Civil (-96) e Agropecuária (2). Região - Das cinco cidades que integram a região, apenas Mairiporã e Francisco Morato tiveram resultados positivos no mercado formal de trabalho. Mairiporã foi a que teve o melhor desempenho, com 79 vagas, seguindo-se Francisco Morato (42), Cajamar (-61), Franco da Rocha (-63) e Caieiras (-106).

Correio Imagem

Construção civil é o setor que mais fechou postos de trabalho em Mairiporã no 1º semestre


4

www.correiojuquery.com.br

Mairiporã • Sexta-feira 26 de julho de 2013

OPINIÃO

contato@correiojuquery.com.br

EDITORIAL

COLUNA DO CORREIO CADEIRAS I

Centenas de municípios paulistas começaram a discutir a redução do número de vereadores em suas câmaras. O assunto, ninguém sabe explicar, veio à baila três anos e meio antes das próximas eleições e, em muitos casos, não levam em conta a proporcionalidade entre a população da cidade e o número de cadeiras. Em algumas há vereadores de menos e, em outras, muito acima do que realmente deveria, não pela lei, mas pela moralidade e economicidade.

CADEIRAS II

Alguns exemplos: Pindamonhangaba tem quase 150 mil habitantes, e tem 11 vereadores; Bragança Paulista, com o mesmo número de moradores, tem 19; Atibaia, com 130 mil, tem 17 cadeiras e Indaiatuba, com 205 mil habitantes, 12 parlamentares. Franco da Rocha, com mais de 130 mil, tem 11 cadeiras, e Mairiporã tem 13, para uma população de 85 mil. Caso gritante é o da cidade de Bom Jesus dos Perdões, que elegeu 11 vereadores para uma população de 20 mil.

CADEIRAS III

Em Atibaia, prefeito e vereadores iniciaram discussão para reduzir o número de cadeiras. Os parlamentares querem pelo menos 11 para a próxima legislatura, enquanto o prefeito sugere apenas 9. Seis vereadores protocolaram projeto de alteração da lei, que propõe 11, ao invés dos atuais 17. Em Mairiporã o parlamento municipal já teve inúmeras mudanças ao longo de sua história. Os registros apontam 9, 10, 11, 12, 13 e 15 vereadores nas composições que tiveram início em 1949. Segundo a lei em vigor, por conta dos mais de 84 mil habitantes, pode ter até 17. Experiente analista político, aqui mesmo da terrinha, e que por motivos óbvios pede para não ser identificado, diz com propriedade que o ex-burgomestre Aiacyda vai enfrentar tempos difíceis com a análise de suas contas e apartados, principalmente esses últimos. Segundo ele, do jeito que a coisa anda, corre o sério risco de ficar preso na malha da Lei da Ficha Limpa. Como outros já ficaram.

NA MALHA (II)

As contas de 2011, por exemplo, foram aprovadas, porém com uma infinidade de apartados que serão objeto de análise dos vereadores, a quem compete julgá-las, e do Ministério Público. Já as contas de 2012, segundo aqueles que tiveram acesso às primeiras análises, vão ter muito mais do que só os apartados.

DITADOS

Vários ditos populares servem para adjetivar a maioria dos políticos. Em Mairiporã, muito se adjetivou o ex-prefeito Jair Oliveira e, curiosamente, todos eles se aplicam agora ao ex-burgomestre Aiacyda: “Quem com ferro fere, com ferro será ferido”; “Nâo pise nas pessoas quando estiver subindo, pois tornará a encontrá-las quando estiver caindo”; “Não deseje aos outros o que não deseja a si próprio”; “Não cuspa no prato que comeu”. Os detratores do ex-burgomestre, no entanto, depois dos longos oito anos na Prefeitura, têm um dito que consideram especial: “Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca se acabe”. Quando prefeito, Aiacyda perseguiu implacavelmente Jair Oliveira. Nada impede que agora, seja ele (o burgo) o perseguido.

ENCONTRO

O ex-presidente da Câmara, Valdecir Odorico Bueno, esteve anteontem com o deputado e líder do PTB, Campos Machado. A conversa, claro, girou em torno das eleições do ano que vem e a provável candidatura de Valdecir a deputado federal, em dobradinha com o atual presidente da Câmara de Atibaia, Emil Ono. O tema voltará a ser discutido entre ambos no mês de setembro.

REESTRUTURAÇÃO

Fontes próximas ao gabinete do prefeito Marcio Pampuri garantem que está em marcha uma ampla reestruturação no governo municipal. O secretário Marcelo Tenaglia é quem estaria cuidando da nova cara que a administração poderá ter a partir de agosto. Outra fonte, que goza da intimidade do círculo mais próximo do alcaide, diz existe sim a possibilidade de se enxugar o número de secretarias e de cargos no segundo escalão. Também é verdade, que por conta dessas mudanças, tem gente fazendo uso de sonífero.

COMENTÁRIO

As duas propostas já deveriam ter sido implantadas, porém esbarraram na falta de interesse (e de conhecimento) dos prefeitos e dos vereadores. E se tivessem sido adotadas, em especial o IPTU progressivo, desde 2001, quando a lei federal 10.257 (Estatuto da Cidade) regulamentou a função social da propriedade prevista na Constituição de 1988, e autorizou os municípios a cobrar alíqutoas maiores de IPTU com o propósito de ‘determinar o parcelamento, a edificação ou a utilização compulsórios do solo urbano não edificado, subutilizado ou não utilizado’, certamente

Paralelamente à Planta Genérica de Valores, que trará, sem dúvida, justiça tributária, é hora de pensar numa ferramenta importante como forma de se pensar a cidade: o IPTU progressivo. A Câmara de Vereadores precisa fazer a parte dela e propor essa forma de cobrança do principal imposto municipal, como componente auxiliar da política de desenvolvimento urbano de Mairiporã, que permitirá distinguir as propriedades que são utilizadas para fins habitacionais e econômicos (ou outras finalidades de interesse coletivo) daquelas que não cumprem função social alguma.

drozorio@yahoo.com.br

contatodelfimnetto@terra.com.br

E

Uso indevido

Retração

stamos chegando ao sexagésimo mês desde a eclosão da crise de 2008 no mercado financeiro americano e a economia mundial continua em retração. Na Comunidade Européia - com exceção da Alemanha, que cresce moderadamente e tem baixo nível de desemprego - não se espera crescimento para este ano, com suas taxas de desemprego sinistras sustentando o namoro com o caos social; os Estados Unidos - que desde o início do ano ameaçam retomar um ritmo decente de crescimento - aparentemente “puseram as barbas de molho” diante da fraca reação da oferta de emprego nos cinco primeiros meses, forçando o presidente do FED, Ben Bernanke, a manter por mais algum tempo a escandalosa política de afrouxamento monetário, pelo menos até que a taxa de desemprego caia abaixo de 7%, que ele considera a melhor indicação de retomada firme da atividade econômica. Os Estados Unidos (e também o Brasil, pela parceria comercial) já estão tendo de lidar com as “ondas de choque” da desaceleração da economia da China, que pela sinalização do presidente de seu Banco Central, Zhou Xiaochuan, não terá como escapar do “doloroso ajuste”, o que foi interpretado pelos “mercados” como o aviso de que o  gigante chinês vai se contentar com um crescimento do PIB de “apenas” 7% ao ano, no curto prazo.  Uma impressão sublinhada talvez pela singeleza da justificativa do Sr.Zhou, conforme registro na mídia: “Há muitos fatores instáveis e incertos e bastante pressão descendente sobre a economia”... O Brasil sofre as conseqüências dessa retração da economia

A

falta de uma identificação mais visível nos veículos pertencentes à frota municipal faz com que abusos sejam cometidos todos os dias, e pior, caracteriza-se como uso indevido nos finais de semana. Identificados de maneira apropriada e com fácil visualização pelas pessoas, talvez inibisse seus condutores de utilizá-los a bel prazer e, certamente, para uso próprio ou até de terceiros, sem que isso implique estar a serviço e que haja necessidade da administração municipal. Diariamente, às vistas de toda a sociedade, veículos ‘chapa branca’, com tímidas identificações, circulam livremente pelos quatro cantos da cidade, inclusive sábados, domingos e feriados, nos mais variados horários, sob autorização não se sabe de quem e, claro, com combustível pago pelo contribuinte. E a julgar pelo número de veículos da frota, os gastos com álcool ou gasolina, ou ambos, não deve ser de pouca monta.

mundial, mas está longe de entrar em estagnação. Nós vamos crescer menos, sem poder contar com estímulos externos. Internamente precisamos melhorar os níveis de confiança entre o setor privado e o governo. A esperança de um crescimento do PIB superior a 2% este ano reside na possibilidade de sucesso nas concessões para melhorar a infra-estrutura dos transportes: em rodovias, estradas de ferro e a ampliação de instalações portuárias e dos leilões para as parcerias de exploração do petróleo do pré sal. É possível realizar leilões inteligentes neste segundo semestre, especificando claramente o que a sociedade espera das obras de melhoria da infra-estrutura e nas condições que permitam ao mercado fixar as taxas de retorno dos empreendimentos. Não tenho dúvidas de que, atendidas essas condições básicas, o governo terá bons resultados. Nossa economia já deu exemplos de superação das enormes dificuldades que teve de enfrentar na crise financeira. Apesar de manifestações pessimistas que ganharam espaço na mídia recentemente, organismos internacionais importantes estão reconhecendo publicamente que “o Brasil teve um dos melhores desempenhos econômicos do mundo, nos últimos cinco ou seis anos”. Isso aconteceu nos piores momentos da crise de confiança que não apenas desorganizou profundamente os mercados financeiros, mas abalou (e continua abalando) a crença de muitas sociedades democráticas no funcionamento do regime de mercado e do próprio sistema representativo.

DANIEL BONORA Uso de som em veículo É com um encont r ar m os em nossa cidade, circulando pelas ruas, veículos dotados de poderosa aparelhagem, propagando som em volume altíssimo, o que perturba o trabalho em escolas, hospitais, repartições públicas e todas as demais atividades em nossa cidade. Alguns destes carros chamam a atenção pela grande quantidade de caixas de som instaladas, havendo clara preferência pelos aparelhos de som grave – subwoofer  –, o que ocasiona frequentemente o acionamento dos alarmes dos veículos estacionados e a vibração de janelas e portas próximas ao ponto de propagação. Esse tipo de atitude representa a mais clara demonstração de que a intenção do proprietário não se restringe a apreciar o gênero musical de sua preferência, mas também, e com muita veemência, obrigar a que os demais cidadãos da cidade compartilhem seu gosto artístico, que geralmente é de péssima qualidade. Mas vale-se salientar que tal conduta, desde o fim de 2006, passou a ser proibida, assim como a utilização de qualquer tipo de aparelhagem para a propagação de som destinado a um número

Delfim Netto, é professor emérito da FEA-USP, ex-ministro da Fazenda, da Agricultura e Planejamento.

CATÓLICOS

Em tempos de visita papal, nada melhor que os números. Os católicos no Brasil já foram bem mais que os registros recentes. Caiu de 92% para 65% da população entre 1970 e 2010. Os evangélicos aumentaram de 5% para 22%, segundo o instituto estadunidense Pew. São 123 milhões de católicos no Brasil e 42 milhões de protestantes/evangélicos. Os brasileiros sem religião também cresceram: de 1% para 8%. A maioria dos católicos vive na zona rural: 78% contra 62% na zona urbana.

LOS HERMANOS

Depois dos médicos de Portugal, Espanha e Cuba, agora vêm aí os argentinos. É... eles já têm o papa, o Messi... e agora mandam médicos para o Brasil. E eles queriam mandar a Cristina Kirchner, que não agüentam mais.

DESPERDÍCIO

FRASE

“Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.” (Clarice Lispector, escritora e jornalista)

O estranho nisso tudo é que não se vê nenhuma ação por parte de quem comanda, ou que deveria comandar, o que serve de estímulo e incentivo ao uso desses veículos sem nenhum receio de que possa existir punição, que seria o caso. Convenhamos, é um abuso e um passa-moleque na população, cuja maioria anda à pé ou em coletivos sempre abarrotados. É preciso que o governo municipal dê especial atenção a isso, pois economicidade nos gastos com combustíveis faz bem a qualquer cofre público e é um dos ingredientes principais da transparência que se espera de um governante. Também não é difícil ver tais veículos circulando por cidades vizinhas, também aos sábados e domingos, o que causa estranheza e indignação. Essa prática indica uso indevido de veículo oficial. Quem vai dar jeito nisso? Com a palavra, o governo municipal.

Ozório MendeS é advogado e foi vereador na gestão 1983/1988

Do humorista e apresentador Danilo Gentili sobre as insistentes declarações do ex-presidente Lula, de que os protestos das ruas não são contra o Governo nem o PT: “Falando em gente feia, o ex-presidente Lula publicou uma coluna no New York Times dizendo que os protestos no Brasil não são rejeição política, são o resultado do sucesso do país. Lula dizendo que o governo dele foi um sucesso. Claro que foi um sucesso! Roubaram pra c... e ninguém foi preso”.

Pelo menos 40% dos recursos gastos pelas Prefeituras no ensino fundamental são desperdiçados, seja por corrupção ou ineficiência da máquina pública. É o que diz estudo elaborado pela Secretaria do Tesouro Nacional, publicado na página do Tesouro na internet, com a ressalva de que expressa a opinião dos autores e não necessariamente a do órgão. O texto diz que os recursos são mais do que suficientes para o cumprimento das metas do Ideb. Logo, o problema dos municípios seria má gestão e não a falta de dinheiro. Dos R$ 54 bilhões destinados entre 2007 e 2009, R$ 21,9 bilhões teriam sido desperdiçados.

Mairiporã teria registrado inúmeros ganhos. É importante salientar que a alíquota progressiva deo IPTU pode contribuir de forma objetiva para estimular donos de terrenos a dar destinação socialmente útil a centenas de imóveis sem edificação espalhados pela área urbana. É mister dizer que a própria cultura de mercado, que tende a enxergar o imóvel pelo prisma unicamente especulativo, faz do terreno não edificado uma fonte de problemas e preocupações para a vizinhança. E contribui no combate ao déficit de moradias, que hoje inflaciona os aluguéis. Se a função social da propriedade não se concretizar, na pior das hipóteses a municipalidade terá direito ao menos a uma arrecadação compensatória proporcionada pelos donos desses imóveis.

OZÓRIO MENDES

DELFIM NETTO

CADEIRAS IV

NA MALHA (I)

Planta Genérica e IPTU progressivo

A última revisão feita na Planta Genérica de Valores (PGV) do município comemorou exatos 20 anos. Foi no governo do prefeito Sarkis Tellian. Naquela oportunidade o orçamento municipal era de R$ 6 milhões e, após a revisão, saltou para R$ 30 milhões, o que permitiu que a administração pública pudesse sair da pasmaceira em que estava mergulhada. Os prefeitos eram chamados de gerentes de folha de pagamento, pois os recursos eram escassos. Se naquela oportunidade o prefeito acertou, de lá para cá nada mais foi feito nesse sentido. Este ano, já passados mais de sete meses, também não teremos novidades sobre o assunto, mas seria importante que o prefeito Márcio Pampuri e sua equipe econômica dessem a importância devida que o tema merece.

indeterminado de pessoas em via pública, quando desacompanhado de autorização específica da autoridade competente. Preliminarmente, é de se ressaltar que o uso de aparelho de som fora dos limites permitidos vem descrito como infração administrativa no art. 228 do Código de Trânsito – Lei 9.503/97. Eis seu teor: Art. 228. Usar no veículo equipamento com som em volume ou freqüência que não sejam autorizados pelo CONTRAN: Infração – grave; Penalidade – multa; Medida administrativa – retenção do veículo para regularização. Além disso, cumpre notar que o ordenamento jurídico brasileiro possui um sistema de proteção da paz e sossego público e particular, podendo os motoristas e proprietários de veículos automotores que se utilizar de equipamentos de som fora dos limites de pressão sonora ou fora das hipóteses de uso particular ser civil, penal e administrativamente responsabilizados pelas transgressões que venham a praticar, com reparações civis, resposta no âmbito das contravenções penais e por fim apreensão do veículo.

Daniel Bonora é advogado, vice-presidente da OAB de Mairiporã, presidente da Comissão de Assistência Judiciária e Assessor Técnico Parlamentar.

EMPRESA JORNALÍSTICA SANTOS & FERREIRA LTDA. CNPJ nº 05.785.139/0001-01 Travessa Antonieta C. Spada, 26 CEP 07600-000 – Mairiporã-SP – Telefone: (011) 4419-1842

DIRETOR EXECUTIVO Marcos Roberto Borges

REDAÇÃO Wagner Azevedo Lúcia Helena Juarez César Cláudio Cipriani

DIRETOR DE REDAÇÃO David da Cunha Boal Júnior

EDITOR DE TEXTO Jean César C. Pavão

DIRETOR PRESIDENTE Joyce Franciely dos Santos

As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste jornal

COLABORADORES Marion Halm Delfim Netto Éssio Minozzi Ozório Mendes Daniel Bonora

REDAÇÃO E PUBLICIDADE Travessa Antonieta C. Spada, 26 Centro - Cep: 07600-000 Mairiporã - São Paulo SITE www.correiojuquery.com.br contato@correiojuquery.com.br correio.juquery@g.com.br

O jornal se reserva o direito de não editar publicidade sem fundamentar recusa

CORREIO JUQUERY. COM.BR


Mairiporã • Sexta-feira 26 de julho de 2013

www.correiojuquery.com.br

POLÍTICA

Divulgação

Professor Edio cobra celeridade na renovação de contrato entre Prefeitura e Sabesp Correio Imagem

Da Redação

OS PROBLEMAS advindos da relação entre Prefeitura de Mairiporã e Sabesp, cujo contrato foi encerrado em 2009, e até agora não renovado, tem preocupado o vereador professor Edio de Souza, em especial com o distrito de Terra Preta, que nos últimos anos viu triplicar sua população, sem ter em seu território um metro sequer de rede de esgoto. Segundo o vereador, a questão do saneamento básico também afeta inúmeros bairros, daí a necessidade de pedir esclarecimentos sobre a renovação do contrato, pois a empresa atua hoje sem qualquer tipo de compromisso com a cidade. O professor encaminhou ofício à Comissão Permanente de Planejamento, Uso, Ocupação, Parcelamento do Solo e Meio Ambiente da Câmara Municipal de Mairiporã, no dia 5 de junho último, em que solicita uma audiência com a presidente da Sabesp, Dilma Pena, para que traga ao Legislativo, a situação real a respeito da renovação do

contrato, pois no encontro com prefeitos de toda a região, em março último, promessas foram renovadas mas nada de concreto ocorreu. O professor quer que se fixe um prazo para definição do novo contrato. O vereador foi incisivo: “Neste semestre precisamos acelerar encontro entre Prefeitura, Poder Legislativo, Representantes de Associações de Bairros, OAB e SABESP, para discutirmos cláusula por cláusula deste novo contrato, pois o distrito de Terra Preta não pode mais esperar ou adiar este problema, que agora passa a ser de saúde pública, com água servida por caminhão-pipa e esgoto correndo a céu aberto, sem qualquer tipo de tratamento. Se queremos melhorar a situação da água e do tratamento de esgoto no município, nada melhor do que uma audiência publica antes das assinaturas deste contrato, para ouvirmos as pessoas que sofrem diariamente em suas residências e comércios, e também para não repetirmos os erros cometidos por gestões anteriores”, sintetizou o vereador.

Marcinho da Serra reivindica recursos para projetos de infra-estrutura Divulgação

Da Redação

NA SEGUNDA-FEIRA, 22, o vereador Marcinho da Serra foi recebido em audiência pelo deputado estadual Edmir Chedid, na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Na oportunidade discutiram a liberação de recursos, do governo paulista, através de emendas do deputado, para projetos de infra-estrutura que deseja realizar em Mairiporã, através da administração Márcio Pampuri. “As obras que estamos reivindicando são de suma importância para a melhora na qualidade de vida dos mairiporanenses. Em alguns bairros, são aguardadas há vários anos. E os recursos Correio Imagem

Marcinho da Serra e o deputado Edimir Chedid durante audiência na Assembléia Legislativa necessários estão no Governo do Estado”, enfatizou o vereador. O deputado recebeu e vai

analisar as reivindicações e disse que não vai medir esforços para atendê-las.

Rafael Tadeu discute projetos para novas creches e escolas Da Redação

O PROBLEMA de vagas em creches municipais, que tem sido alvo de reclamações por parte de mães que precisam trabalhar, foi discutido pelo vereador Rafael Tadeu no início da semana, durante audiência que manteve com o chefe de gabinete da Secretaria de Estado da Educação, Fernando Padula, e com o assessor de relações institucionais, Benê Mascarenhas. Rafael Tadeu expôs a necessidade de liberação de recur-

sos para a construção de mais creches e novas unidades escolares, que atendam a demanda cada vez mais crescente. “Pais e mães precisam trabalhar para buscar o sustento de suas famílias. Para tanto, necessitam colocar os filhos em creches, e esse tem sido um problema da administração municipal”, assinalou o vereador. À saída do encontro, Rafael Tadeu manifestou satisfação com o resultado da conversa que manteve com as autoridades da Educação.

SINDICATO DOS TRABALHADORES DO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE MAIRIPORÃ COMUNICADO O SINDICATO DOS TRABALHADORES DO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE MAIRIPORÃ Entidade Representativa da Categoria, com Sede na Alameda Tibiriçá, 496 – Vila Nova – Mairiporã – São Paulo – 07600.000, representada pela sua Presidente, Ieda Maria Ferreira Pires, CANCELA A ASSEMBLEIA GERAL MARCADA PARA O DIA 2 DE AGOSTO DE 2013, no plenário da Câmara Municipal de Mairiporã e CONVOCA TODOS OS FILIADOS DA CATEGORIA, quites com suas obrigações Estatutárias, para participarem da Assembléia Geral na terça-feira dia 6 de agosto de 2013 às 17h no ESPAÇO MONSENHOR JOSE LÉLIO MENDES FERREIRA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO AVENIDA TABELIÃO PASSARELLA, 850 - CENTRO MAIRIPORÃ-SP, em 1ª (primeira) convocação com quorum de 50% (cinqüenta por cento) do quadro associativo e, não havendo este quorum, ficam convocados em 2ª (Segunda) convocação ao comparecimento às 17h30 no mesmo no local e data, com qualquer número de filiados quites com suas obrigações Estatutárias, com finalidade específica de informar e deliberar sobre o cargo de Presidente do Sindicato. Mairiporã, 19 de julho de 2013.

5

Marcos do Táxi quer a demolição do antigo Lar Santa Terezinha Da Redação

NA ÚLTIMA sessão legislativa do primeiro semestre, o vereador Marcos do Táxi solicitou do prefeito Marcio Pampuri que providenciasse a demolição do prédio do antigo Lar Santa Terezinha, nas proximidades do Posto Texaco, que há vários anos está em completo estado de abandono. O vereador enfatizou, na oportunidade, que o local tem servido de esconderijo de marginais, de depósito de produtos furtados pela cidade e de ponto de usuário de drogas, o que tem gerado insegurança aos moradores, comerciantes e estudantes que residem e trabalham no bairro.

Consulta - Com a informação de que o prédio era de propriedade da Autopista Fernão Dias, o vereador encaminhou consulta à empresa, e dela recebeu uma negativa, ou seja, a propriedade do imóvel não é da Autopista, e sim da congregação de freiras que anos atrás dirigia e mantinha o orfanato. O vereador aguarda agora que a Prefeitura entre em contato com a congregação religiosa para que se possa intimá-la, na qualidade de proprietária, quanto as providências que se fazem necessárias, ou que a Municipalidade adote medidas legais para coibir a utilização do local para fins que tiram a tranqüilidade da população.


6

www.correiojuquery.com.br

Mairiporã • Sexta-feira 26 de julho de 2013

Valdeci América apresentou importantes propostas no primeiro semestre Da Redação

INÚMEROS foram os trabalhos apresentados pelo vereador Valdeci América durante os primeiros seis meses da atual gestão. Preocupado com os mais diferentes segmentos da sociedade mairiporanense, o parlamentar centrou suas atenções em propostas que são aguardadas há muito tempo e na busca de recursos para investi-

mentos no município. Dentre as propostas que mereceram destaque, estão a que pede a instalação de parquímetros para disciplinar o estacionamento de veículos na área central da cidade, acabando com o atual sistema, completamente defasado, da Zona Azul, e com os agentes de trânsito, desnecessários com o novo equipamento. Valdeci também assinalou a

Ampliado acesso à vacina contra hepatite B Da Redação O MINISTÉRIO da Saúde ampliou a faixa etária de vacinação contra a hepatite B. A partir de agora, homens e mulheres com até 49 anos poderão receber a dose gratuitamente em qualquer posto de saúde. A medida beneficia 150 milhões de pessoas - 75,6% da população total do Brasil. No ano passado, a idade limite era até 29 anos. A vacina é a medida de prevenção mais segura e eficaz contra a hepatite B e hepatite D. Segundo o Ministério da Saúde, a proteção é garantida quando a pessoa recebe três doses da vacina. A segunda dose deve ser aplicada 30

necessidade de se instalar uma unidade do Corpo de Bombeiros no distrito de Terra Preta, que concentra uma população superior a 25 mil habitantes e que conta com mais de uma centena de empresas industriais. No segundo semestre, segundo anuncio feito na semana passada, o vereador pretende intensificar a busca de mais verbas nas esferas estadual e federal.

dias após a primeira e, a terceira, seis meses após a primeira. Ainda de acordo com o ministério, todas as crianças recém-nascidas são vacinadas, mas a expansão da faixa etária a outros grupos visa a eliminação da doença no futuro. A vacina também é oferecida aos grupos mais expostos à doença, independentemente da faixa etária, como gestantes, manicures, pedicures, podólogos, caminhoneiros, bombeiros, policiais civis, militares, rodoviários, doadores de sangue, profissionais do sexo e coletores de lixo domiciliar e hospitalar. Em 2012, mais de 15,7 milhões de pessoas foram protegidas contra a hepatite B.

Municípios devem ter mais poder, defende Alckmin Da Redação

A DESCENTRALIZAÇÃO do poder do governo federal para estados e municípios, através de um pacto federativo, poderá resolver as demandas sociais que emergiram nos protestos nas ruas nas últimas semanas. O comentário foi do governador

Geraldo Alckmin, na quinta-feira da semana passada, no Palácio dos Bandeirantes, um dia depois de liberar verbas a 402 prefeituras comandadas por prefeitos de 17 partidos, em entrevista à APJ (Associação Paulista de Jornais). No entender de Alckmin, ‘o que o município puder fazer, Estado e União não devem fazer’. APJ

Governador diz que só pacto federativo resolverá as demandas sociais

Mas para isso é preciso oferecer mais recursos aos municípios no enfrentamento de problemas como o da saúde. O governador assinalou que ‘o Brasil tem uma herança centralizadora que não funciona num país continental. Daí ter que ser federativo’. Ainda de acordo com Alckmin, o país vive uma crise de liderança política que deve ser enfrentada com ‘reformas estruturantes’, entre as quais a implantação do voto distrital que confira, de fato e de direito, representatividade aos agentes eleitos. Recursos – Sobre a liberação de verbas a 402 prefeituras, o governador assinalou que são recursos adicionais do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), não previstos no orçamento, porque se referem a renegociação de dívidas, que somam R$ 1,2 bilhão em todo o Estado. Alckmin antecipou que a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), a quarta no gênero em São Paulo, vai começar a funcionar em fevereiro de 2014.

Em cinco anos pacotes Prefeituras e escolas bancários tiveram particulares já podem se alta de até 111%

EDUCAÇÃO

matricular no Saresp

Da Redação

A SECRETARIA da Educação do Estado está com inscrições abertas para as 645 Prefeituras do Estado, além da rede particular de ensino, aderirem ao Saresp (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo). A partir deste ano, com a nova meta etária de alfabetização em São Paulo para 7 anos de idade, a avaliação também será aplicada aos alunos do 2º ano do Ensino Fundamental em todo o Estado. Os municípios e instituições interessados em participar da avaliação, que será aplicada em novembro deste ano, podem preencher o formulário de inscrição disponível na página do Saresp No caso das prefeituras, após a inscrição é preciso entregar a documentação exigida em uma das 91 diretorias regionais de ensino do Estado para que seja feita a análise dos documentos. Cumprida esta etapa, será feita a assinatura do convênio. Já para as unidades

de ensino particular, após o preenchimento dos formulários os representantes serão contatados para a assinatura do contrato. Por meio da parceria, as provas a serem aplicadas nas unidades administradas pelos municípios também são custeadas pelo Governo do Estado. No ano passado, 580 mil alunos da rede municipal e 40 mil estudantes de colégios particulares de 530 cidades do Estado fizeram as avaliações. O número deve ser ainda maior em 2013 com a ampliação da prova para o 2º ano do Ensino Fundamental, que ocorre devido a nova meta de alfabetização do Estado de São Paulo que passa a ser de 7 anos, maior do que a estipulada no País, de 8 anos. Até o ano passado, a avaliação era aplicada para estudantes dos 3º, 5º, 7º e 9º anos do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio. A expectativa é que, com a expansão, 780 mil crianças e jovens das redes municipais e 2,5 milhões da rede estadual participem das provas nos dias 26 e 27 de novembro.

SUS distribui Tamiflu para pacientes da rede pública e privada A recomendação do Ministério da Saúde é para ofertar o medicamento a qualquer paciente que tenha a receita médica Da Redação O MINISTÉRIO da Saúde (MS) está orientando os Estados e Municípios a facilitar o acesso ao Oseltamivir (Tamiflu) a pacientes com receitas médicas emitidas tanto por profissionais dos serviços de saúde públicos como privados. A recomendação é para disponibilizar o antiviral nas unidades de saúde da rede pública. Durante videoconferência sobre ações para enfrentamento da influenza - realizada pelo Ministério em conjunto com as secretarias estaduais e municipais de São Paulo e Rio de Janeiro, - o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, informou que existe estoque suficiente de Tamiflu. Padilha lembrou que neste ano o Ministério da

Da Redação

ENTRE maio de 2008 e abril de 2013, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), o preço dos pacotes de serviços bancários aumentou 111%, valor que está 79% acima do Índice de Preço Amplo ao Consumidor (IPCA). O levantamento foi feito com os seis maiores bancos do país: Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Santander e HSBC. Só dois pacotes tiveram redução: o universitário da Caixa e do HSBC, com quedas de 14% e

21% respectivamente. Entre os mais econômicos (simples, econômico, fácil e báscio) a variação no período de cinco anos cresceu em média 61%, enquanto os de maior valor (super, especial, plus e advance) aumento médio de 49%. O estudo apurou ainda que de 2008 até maio deste ano mais que dobrou o número de pacotes de tarifas bancárias disponíveis, passando de 35 para 78, considerando todos os ofertados por esses bancos. Essa expansão, diz o Idec, provoca alerta para os consumidores que sentem mais dificuldades em escolher o serviço mais adequado e de melhor custo.

Consumo das classes D e E é reduzido pela inflação Da Redação

QUANTO mais caros os produtos que compõem a cesta básica dos brasileiros, menos dinheiro sobra para outros gastos. E as famílias com menor poder aquisitivo são as principais vítimas da inflação, já que elas comprometem a maior parte da renda, na compra de alimentos. E quanto maior o índice inflacionário, maior a redução no consumo. Os grupos formados pelas classes D e E são os que mais sentem o peso da inflação. Segundo levantamento da Kantar Worldpanel, as famílias das duas classes diminuíram em 3% o número de itens que colocaram no

carrinho e também na quantidade de cada produto, em relação ao mesmo período do ano passado. A pesquisa diz ainda que esses grupos viram o valor de suas compras aumentar 7%. O IBGE aponta que a inflação nos três primeiros meses deste ano foi de 1,94% e isso fez com que no ano, ela ultrapassasse a barreira dos 6%. “Se em 2012 as classes D e E foram condutoras da economia no consumo, isso não se repetiu entre janeiro e março de 2013. O levantamento da Kantar é baseado em entrevistas semanais em 8.200 lares, que refletem, estatisticamente, o cenário de 48 milhões de domicílios no país.

04:50 05:15 05:45 06:00 06:15 06:40 06:50 07:20 08:20 09:15 10:30 11:15 12:00 13:30 15:00 15:45 16:15 17:30 19:00 19:30 20:00 21:00 21:30 23:00

05:00 06:00 07:00 08:00 09:00 10:00 11:00 11:30 12:00 13:00 13:30

14:00 15:00 15:30 16:00 17:15 19:00 20:00 21:00 22:00 23:00

Divulgação

Saúde já repassou mais de 1,9 milhão de tratamentos da gripe para todas as unidades da federação. O ministro afirmou que é preciso ampliar a quantidade de locais de dispensação para toda rede hospitalar e unidades de atenção básica. A prescrição e o acesso rápido ao antiviral é uma das principais recomendações do Protocolo de Tratamento de Influenza 2013, guia que orienta e atualiza a conduta dos profissionais de saúde no manejo da doença. O Ministério da Saúde tem feito ampla divulgação deste Protocolo, reiterando a indicação do Oseltamivir nas primeiras 48 horas após o início da doença. Entretanto, mesmo ultrapassado esse período, o Tamiflu continua sendo indicado. Facilitar o acesso ao medicamento é a recomendação do Ministério da Saúde

05:00 07:00 09:00 11:00 13:00 15:00 17:00 19:00 20:00 21:30 23:00

06:00 06:30 06:50 07:00 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:30 12:15 13:00 14:00 15:00 16:00 16:30 17:00 17:15 17:30 17:45 18:00 18:15

18:30 18:45 19:00 19:20 19:40 20:00 20:30 21:00 21:30 22:00 22:40 22:55 23:00 23:05 23:15 23:59

06:00 06:45 07:00 07:45 08:00 08:45 09:00 09:45 10:00 10:45 11:00 11:45 12:00 12:30 13:00 13:45 14:00 14:30 15:00

15:45 16:00 16:30 17:00 17:45 18:30 19:15 20:00 21:00 22:00 23:00 23:59

06:00 07:15 08:00 09:15 10:00 11:15 12:00 13:15 14:00 15:15 16:00

17:15 18:00 19:15 20:00 21:00 22:30 23:59

05:00 05:30 06:00 06:30 07:00 07:40 08:00 08:45 09:45 12:45 14:15 16:45 18:15 22:00

06:30 07:10 07:30 08:30 09:00 09:30 10:00 10:45 13:45 15:30 17:45 19:30 23:00

04:30 05:10 05:30 05:45 06:00 06:15 06:30 06:45 06:50 07:00 07:15 07:45 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30

14:00 14:30 14:45 15:30 15:00 15:15 16:00 16:15 16:30 16:45 17:00 17:30 18:00 18:30 19:30 20:30 21:30

07:40 08:40 09:20 10:00 05:30 06:15 06:40 07:00 07:20 08:00 08:20 09:00 09:40 10:20 10:40 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30 14:00 14:30 15:00

15:30 16:00 16:15 16:30 16:45 17:00 17:15 17:30 17:45 18:00 18:20 18:40 19:00 19:30 20:15 21:00 22:00 22:20 23:00

05:30 06:30 07:30 08:30 09:30 10:30 12:30 14:30 16:30 18:00

06:30 07:30 08:30 09:30 10:30 11:30 13:30 15:30 17:30 19:00

04:30 05:30 06:00 06:15 06:30 07:00 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30

13:00 13:30 14:00 14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 18:00 18:30 19:30 20:30 21:30

06:00 06:40 07:10 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30 14:00

14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 17:30 18:00 18:30 19:00 19:30 20:15 21:00 22:00 23:00

06:00 08:00 10:00 12:00 14:00 16:00 18:00

07:00 09:00 11:00 13:00 15:00 17:00 19:00

06:00 06:40 07:10 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30 14:00

14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 17:30 18:00 18:30 19:00 19:30 20:00 20:30 21:00 22:00 23:00

04:45 05:30 06:00 06:15 06:30 07:00 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30

13:00 13:30 14:00 14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 17:30 18:00 18:30 19:00 19:30 20:30 21:30


Mairiporã • Sexta-feira 26 de julho de 2013

www.correiojuquery.com.br

LAZER HOROSCOPO ÁRIES - 21/3 a 20/4 Dentro das grandes limitações para você agir, é tempo de construir sua base, sua casa, reforçar o porto seguro do qual partirá para novas conquistas. Uma bela construção.

LIBRA - 23/9 a 22/10 Uma fase de muito trabalho, mas também de resultados muito bons para a carreira profissional. Aplique o melhor de suas capacidades para se realizar profissionalmente.

TOURO - 21/4 a 20/5 Momento de firmar a relação com pessoas amigas e com aquelas que participam das atividades rotineiras. Com isso, poderá inclusive firmar também uma importante parceria.

ESCORPIÃO - 23/10 a 21/11 Os valores e os ideais de vida, assim como os sentimentos amorosos, devem se fortalecer e se aprofundar. Mais força para a direção que você estabelecer para si próprio.

GÊMEOS - 21/5 a 20/6 Período para impulsionar o ganho material e financeiro. Muito trabalho, mas grande melhora da prosperidade por um período. Nem sempre os resultados serão imediatos.

SAGITÁRIO - 22/11 a 21/12 A vida material e o convívio familiar recebem os benefícios do aspecto celeste que marca estes tempos. É hora de construir patrimônio e casa, mas não sem enfrentar resistências.

CÂNCER - 21/6 a 21/7 Afirmar valores e motivações pessoais é agora, sem dúvida, questão de vida, de vida nova para os cancerianos. Ocupe seu tempo de vida com as motivações que lhe são essenciais.

CAPRICÓRNIO - 21/12 a 20/1 Os projetos a dois estão favoravelmente estimulados. Pode estar construindo uma bela parceria nestes dias e meses. Capriche bastante para montar relações bem formadas.

LEÃO - 22/7 a 22/8 Os obstáculos estão aí para serem superados. Nada de temor ou distração agora, enfrente-os com empenho e vigor. Há coisas boas para além dos obstáculos.

AQUÁRIO - 21/1 a 19/2 O ambiente de trabalho irá melhorar depois dos esforços aplicados nesta e na próxima semana. Mas a construção de um belo trabalho se faz lentamente, em diversas etapas.

VIRGEM - 23/8 a 22/9 Os relacionamentos devem ajudar a construir seus melhores sonhos de vida. Seja prático e objetivo nas relações, abrindo-se quanto à afetuosidade para com as pessoas.

PEIXES - 20/2 a 20/3 Sentir sentimentos amorosos é algo espontâneo para você. Difícil é constituí-los e estabilizar uma direção para o amor tão amplo que sente - mas agora isso é possível.

FILMES NA TV HOJE

DIDI, O CAÇADOR DE TESOUROS (Idem), Brasil, 2006, cor, 84 minutos, direção de Paulo Aragão e Marcus Figueiredo. Com Renato Aragão, Eduardo Galvão e Grazi Massafera. Mordomo, pai menino de 10 anos, que é o grande seu companheiro de aventuras, acha um mapa colado em um velho álbum de fotos e partem para um misterioso hotel abandonado. (GLOBO, 15h30) A INCRÍVEL ARANHA D’ÁGUA (Vizipók-Csodapók), 1982, Hungria, cor, 72 minutos, direção de József Haui e Szabolcs Sazb . Desenho animado. A história da aranha d’água que, diferentemente de aranhas terrestres, não tece sua teia nos cantos dos quartos ou nas copas das árvores, mas sim na água. Mostra um ano da vida dessa aranha. (CULTURA, 18h) A CRIANÇA (L’enfant), Bélgica/ França, 2005, cor, 95 minutos, direção de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne. Com Jérémie Renier e Débora François. Após sair da maternidade com o bebê no loco, mulher chega em seu apartamento e descobre que seu companheiro sub-locou a própria moradia por uma semana para outro casal. (CULTURA, 22h) 5 FRAÇÕES DE UMA QUASE HISTÓRIA (Idem), Brasil, 2007, cor, 96 minutos, direção de Armando Mendez e outros. Com Cláudio Jaborandy, Cynthia Falabella e Gero Camilo. Cinco personagens, em cinco diferentes histórias, terão suas vidas modificadas a partir de um quentíssimo final de semana. (TV BRASIL, 22h30) COMO CÃES E GATOS: A VINGANÇA DE KITTY GALORE (Cats & Dogs: The Revenge of Kitty Galore), EUA, 2010, cor, 82 minutos, direção de Brad Peyton. Com Chris O’Donnel e Bette Midler. Na eterna briga entre cães e gatos, uma felina enlouquecida pode ter levado isso longe demais. (SBT, 23h) LA MUJER DE BENJAMIN (Idem), México, 1991, cor, 90 minutos, direção de Carlos Carrera. Com Eduardo Lopez Rojas e Malena Doria. Solteirão que vive com a irmã em pequena cidade, vive de se reunir com os amigos, até que conhece e se apaixona por jovem que planeja dar a volta ao mundo com ele. Inédito! (TV BRASIL, 0h30)

AMANHÃ

CORREIO JUQUERY. COM.BR

O SEU JORNAL ONLINE

O GIGANTE DAS ÁGUAS (Mee -Shee: The Water Giant), Canadá/ Inglaterra, 2005, cor, 95 minutos, direção de John Henderson. Com Bruce Greenwood e Daniel Magder. Garoto tem a viagem à Disney cancelada e vai com o pai para pequena cidade do interior, onde a única atração é um lago. O que eles não sabem, é que uma série de aventuras vai envolvê-los em situações incríveis. (CULTURA, 15h) MR. NICE GUY, BOM DE BRIGA (Mr. Nice Guy), EUA, 1998, cor, 90 minutos, direção de Sammo Hung.

Com Jackie Chan e Richard Norton. Cozinheiro bom moço tem habilidades incomuns na hora da briga. E entra, por acaso, em grande fria quando uma fita contendo imagens de um assassinato cai em suas mãos. (SBT, 23h45) ANDALUZ (Idem), Brasil, 2009, cor, 62 minutos, direção de Guilherme Motta. Com Fávio André, Luciana Vandramini, João Signorelli, Gabriela Alves e Eduardo Silva. Baseada em fatos reais, ocorridos em 2008 na cidade de São Paulo, conta a história de Andaluz, um carroceiro catador de material reciclável, albino e solitário, que testemunha acontecimentos assombrosos no Mosteiro da Luz. (CULTURA, 1h15) A IGUALDADE É BRANCA (Toris Couleurs Blanc), França, 1994, cor, 91 minutos, direção de Krzysztof Kieslowski. Com Zbigniew Zamachowski e Julie Delpy. Emigrante polaco vive em Paris com a esposa francesa e quando ela resolve pedir o divórcio, em virtude da impotência sexual do marido, ele se sente humilhado, mas

ainda apaixonado. Segundo filme da trilogia das cores, baseada nas três cores da bandeira francesa. (TV BRASIL, 22h30) RECÉM-CHEGADA (Chilled in Miami), EUA/Canadá, 2009, cor, 96 minutos, direção de Jonas Elmer. Com Renee Zellweger e Harry Connick Jr. Ambiciosa executiva vê a chance de reestruturar uma fábrica, localizada no meio do nada, sonhando com uma promoção. Só que tudo se transforma numa tremenda roubada. (GLOBO, 1h05)

DOMINGO

GAROTA ENXUTA (Idem), Brasil, 1959, p&b, 102 minutos, direção de J. B. Tanko. Com Ankito, Grande Otelo e Renato Restier. Garota, filha de industrial que quer patrocinar programa musical de tevê, quer cantar mas o pai não deixa. Alia-se então a um funcionário da emissora para realizar seu sonho. (CULTURA, 15h15)

7

LA MUJER DE BENJAMIN (Idem), México, 1991, cor, 90 minutos, direção de Carlos Carrera. Com Eduardo Lopez Rojas e Malena Doria. Solteirão que vive com a irmã em pequena cidade, vive de se reunir com os amigos, até que conhece e se apaixona por jovem que planeja dar a volta ao mundo com ele. Reprise de anteontem. (TV BRASIL, 22h) AS CRÔNICAS DE SPIDERWICK (The Spiderwick Chronicles), EUA, 2008, HD, cor, 97 minutos, direção de Mark Waters. Com Andrew McCarthy e David Strathairn. Família se muda de Nova York para velho casarão de um tio-avô e fatos estranhos começam a acontecer, com misteriosos desaparecimentos e acidentes diários. As duas crianças da família acabam encontrando um livro mágico. (GLOBO, 12h30)


8

www.correiojuquery.com.br

Mairiporã • Sexta-feira 26 de julho de 2013

478  

edicao 478do jornal correio juquery de mairiporã