Page 1

CORREIO ANO VIII - Nº 432 ● Mairiporã, sexta-feira 20 de julho de 2012 ● Distribuição gratuita ● R$ 1,00 (nas bancas)

CORREIOJUQUERY.COM.BR

JUQUERY

EDIÇÃO ONLINE

1

EXPERIMENTE

Clientes são humilhados com a demora no atendimento bancário

ELEIÇÕES 2012 Correio Imagem

79 mulheres estão na disputa por uma vaga na Câmara O número de mulheres que decidiu se candidatar a vereadora em Mairiporã cresceu nestas eleições, se comparado com as estatísticas do último pleito municipal, em 2008. Em parte, pela exigência da lei de preenchimento de 30% das vagas para o sexo feminino. Foram inscritas pelos partidos 79 candidatas, porém pouquíssimas com chances de conquistar uma vaga no Legislativo. PÁGINA 6

Maria Zeza Gomes de Oliveira, Dona Zeza, a primeira mulher a ser eleita em Mairiporã

Primeiras semanas de campanha são marcadas por reuniões

Campanha para vereador poderá custar até R$ 150 mil

PÁGINA 7

PÁGINA 7

Espera de pelo menos duas horas para chegar ao caixa (tempo registrado pela reportagem no Santander) e falta de assentos para o público (no Bradesco) são algumas das humilhações a que o cliente bancário está sujeito em Mairiporã. Lei municipal, que proíbe tempo superior a 15 minutos ou a 30 minutos, em dias de pagamento ao funcionalismo público, não é cumprida e nem fiscalizada pela Prefeitura. PÁGINA 9

Com 7ºC, Mairiporã teve a menor temperatura do ano A temperatura na cidade caiu de forma drástica na madrugada de ontem, chegando a 7ºC, porém com sensação térmica, em vários pontos da cidade, de 3°C. Foi a menor temperatura registrada este ano, com a umidade relativa do ar oscilando entre 40% e 50%. PÁGINA 4

Vacinação contra a pólio alcançou a meta de 95% PÁGINA 8

COLUNA DO CORREIO PÁGINA 2


2

OPINIÃO correio.juquery@ig.com.br

COLUNA DO CORREIO HUMILHAÇÃO

Quem necessita ir a uma agência bancária em Mairiporã sofre todo tipo de humilhação. A pior delas é o tempo de espera para ser atendido. Uma vergonha! Na agência local do Santander o atendimento chega a demorar duas horas, dependendo do horário, pois não há mais do que 2 caixas trabalhando. O correntista ou usuário de bancos deveriam protestar e não se comportar como carneirinhos à espera da boa vontade daqueles que atendem. Cobrar mudanças é um dever e pode melhorar a vida dos que precisam das agências.

QUANTO VALE?

A campanha eleitoral para prefeito em Mairiporã, proporcionalmente, será uma das mais baratas do Estado, considerando-se municípios acima de 50 mil eleitores. A previsão de gastos dos seis candidatos a prefeito é de R$ 3.309.000. Como Mairiporã tem 55.320 eleitores cadastrados, isto significa que cada voto deverá custar R$ 54,93. Em pleitos anteriores o preço do voto era bem maior. O custo desta eleição é inferior ao de municípios do mesmo porte.

QUEM SÃO?

Maioria de desconhecidos lidera a lista de candidatos a vereador em Mairiporã. Pessoas que nunca apareceram na mídia ou mesmo realizaram algo em favor do município. A desconfiança é que entraram no jogo eleitoral apenas para completar o número necessário de candidatos nas chapas, e uma parcela deles sonhando em fazer boquinha na administração municipal. Não é difícil imaginar que os atuais vereadores e alguns nomes mais conhecidos são favoritos na corrida pelas 13 vagas.

SEXO FRÁGIL

Embora tenha registrado o maior número de candidatas da história política da cidade, neste pleito as mulheres dificilmente obterão sucesso. No máximo, três ou quatro em condições de amealhar algo em torno de 500 votos. O restante entrou na base do ‘oba-oba’ e para ajudar os partidos a registrar um maior número de candidatos do sexo masculino.

MAIOR E MENOR

Os partidos (ou coligações) que lançaram o maior número de candidatos chegaram a 26 cada. O menor número é do PMN, com apenas cinco nomes.

VISÍVEL

O pânico está estampado na cara de cada coordenador político, à medida que se aproxima o dia 7 de outubro. A confiança continua a mesma, cada qual em seu candidato, mas todos, sem exceção, começaram a tomar remédio para dormir. A ansiedade é visível e inevitável.

NINGUÉM VIU

Os partidos continuam alardeando aos quatro cantos da cidade números que possuem sobre pesquisas eleitorais realizadas recentemente. Só que até agora, mais de um ano depois dos mesmos nomes a prefeito serem ventilados, que acabaram confirmados em convenção, ninguém se dignou a dar conhecimento público às pesquisas. Nenhum partido ou candidato abre o jogo. Tem pesquisa que a soma de todos os percentuais dos candidatos ultrapassa 90%. Ou seja, só em Mairiporã o eleitor não tem dúvida e já se decidiu. Gaiato, depois de analisar alguns números comentados aqui e ali, disse alto e bom

som: “Cidade progressista e com povo muito esclarecido é assim mesmo. Se todos já sabem em quem votar, deveriam antecipar a eleição”.

SALÁRIOS

Nos comitês de campanha a cotação para salários de cabos eleitorais, em média, é de R$ 700/ mês. Quem ganha mais, R$ 900 mensais, são os coordenadores de grupos de cabos eleitorais. Estes são os valores comentados pelos envolvidos nas campanhas.

Mairiporã • SEXTA-feira 20 de JULHO de 2012

EDITORIAL

Ficha Limpa?

O

Brasil é um país único. Nâo há similar em todo o planeta, nem ao menos um que possa se assemelhar. A presidente da maior corte eleitoral brasileira, ministra Carmem Lúcia, disse no decorrer da semana que a aplicação da Lei da Ficha Limpa será um desafio para a Justiça Eleitoral este ano. Foi além, assinalou que ninguém mais tolera a corrupção e há que se cumprir essa lei. Numa tradução bem simples, a ministra quis dizer que mesmo existindo, a lei pode não ser cumprida. Ou seja, mais uma vez tira-se a responsabilidade das autoridades e jogam-na para o eleitor, que dessa forma passa a ser o responsável pela depuração do cenário político e, uma vez mais, o guardião da democracia. Absurdo! O avanço representado pela lei, fruto da ação inspirada da sociedade brasileira, poucas vezes vista na história, traduziu a vontade popular de tirar do poder os elementos perniciosos aos interesses públicos e deixar as administrações menos vulneráveis a negociatas e outras patifarias. Como toda lei feita neste país, há mudan-

ças a serem feitas para se evitar exceções. O texto da Ficha Limpa deixa brechas pelas quais políticos com inúmeras condenações podem ser poupados. O texto legal diz que são inelegíveis os que forem condenados em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado, desde a condenação até o transcurso de oito anos após o cumprimento da pena. Como são os políticos que aprovam as leis e têm prazer em sacanear a sociedade com as brechas, há uma alínea que aponta como inelegíveis aqueles que forem condenados por ato doloso de improbidade administrativa que importe lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito. E essa alínea é a tábua de salvação para se escapar aos rigores da lei. De um jeito ou de outro, caberá mesmo ao eleitor julgar os candidatos, ainda que as leis sejam bem ou mal aplicadas. Melhor que o cidadão pense muito bem antes de votar, procure conhecer o candidato, seu perfil, seu passado, e só assim lhe propiciar (e também à sociedade) um futuro sem sobressaltos (e assaltos) aos cofres públicos.

CHÁ DAS CINCO

Não é a Inglaterra, mas os funcionários públicos que atendem aos vereadores tomam o chá das cinco diariamente. Tradução: Só aparecem nos comitês depois das 17 horas, findo o expediente de trabalho. Antes disso é proibido e pode acarretar prejuízos aos candidatos.

DESSERVIÇO

Segundo informações colhidas pela coluna junto à ‘Rádio Peão’, que funciona nos corredores da Prefeitura, o envio de notícias sobre a administração municipal foram suspensos, por determinação ou sugestão não se sabe de quem, sob a alegação de período eleitoral. Ora, o prefeito não é candidato a nada e tudo aquilo que realiza em nome da população deve ser divulgado sem qualquer restrição, como ocorre nas demais cidades brasileiras. Diariamente as ações dos prefeitos que vão deixar o cargo são veiculadas por jornais, revistas, rádios e tevê. Só mesmo em Mairiporã surgiu essa conversa pra boi dormir. Se o governo municipal tem realizações a divulgar, que o faça, pois o burgomestre Aiacyda só é candidato ao pijama, a partir de janeiro de 2013.

SERÁ?

A presidente do TSE, ministra Carmen Lúcia, afirmou esta semana que a aplicação da Lei da Ficha Limpa será um desafio para a Justiça Eleitoral neste ano. Segundo afirmou, ninguém tolera mais a corrupção e há que se cumprir essa lei. Mas a aplicação da lei não deveria ser natural? O que a ministra quis dizer com ‘um desafio’? Gaiato, nosso astuto guru e observador filosófico, não resistiu a um breve comentário: “Desafio tem o mesmo significado de ninguém vai cumprir”. E mais não disse.

O CAMPEÃO

Em recente pesquisa realizada pelo Correio o ex-vereador Edson Pizza, que deixou o parlamento municipal em 2008, ainda aparece como o campeão em indicações, num período que engloba quase oito anos.

FRASE

“A verdadeira amizade é aquela que nos permite falar, ao amigo, de todos os seus defeitos e de todas as nossas qualidades.” (Millôr Fernandes, jornalista e humorista brasileiro)

DELFIM NETTO contatodelfimnetto@terra.com.br

A

Mãos à obra

divulgação em Paris, da série de “indicadores antecedentes” da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico - OCDE, que trata do nível da atividade nos 34 países mais desenvolvidos do globo, conclui que o crescimento da economia será declinante nos próximos meses, apontando apenas uma exceção: o Brasil. Não é novidade - segundo a análise da agência de notícias Down Jones Newswires publicada no jornal VALOR Econômico - que, entre os países desenvolvidos, o principal foco da fragilidade continua sendo a zona do Euro. Os indicadores - que se mostraram confiáveis no passado - representam um golpe a qualquer esperança que ainda havia entre as autoridades do mundo inteiro de uma rápida saída de um período de atividade anêmica. Interessante é que depois de mostrar que o “crescimento declinante” não vai poupar Estados Unidos, China, Rússia e Índia, diz o relato da agência que os indicadores antecedentes revelam que “a principal exceção à tendência geral foi o Brasil que teve seu indicador antecedente elevado de 99,0 pontos de abril para 99,2 pontos em maio, o que, segundo a OCDE é sinal que o crescimento do país vai se acelerar.” Até por que não houve tempo para acessar o texto integral do documento da OCDE temos que limitar o comentário, mas é evidente que ele contrasta fortemente com as avaliações pessimistas de um número significativo de nossos economistas e comentaristas que têm ocupado os espaços na mídia nas últimas semanas. Se olharmos em direção à Eurolândia, creio que não há muito o que discordar das análises pessimistas, pois quando se assiste a reação

popular furiosa de gregos e espanhóis, mesmo no momento em que estão recebendo o socorro financeiro dos demais parceiros, é difícil imaginar que a crise social e econômica vai ceder, mesmo com as mudanças de governo. No caso da China e dos Estados Unidos, a desaceleração que atinge suas economias e os esforços de recuperação têm características claramente distintas: os americanos dependem do resultado da eleição presidencial, até o momento obviamente indefinida, mas pendendo ligeiramente para um repeteco de Obama; já o processo chinês procura repetir o esforço bem sucedido com que enfrentaram os efeitos da crise de 2008/2009, mas mudando o foco para o crescimento do mercado interno, seja estimulando moderadamente a expansão do mercado habitacional e o aumento do consumo interno, seja acelerando os investimentos mais pesados nos setores da infra-estrutura e dos transportes. Seja qual for a visão que se tenha, de fora, da economia chinesa, não resta dúvida que ela vai continuar liderando o desenvolvimento mundial, embora desacelerando dos formidáveis 10% ou 11% anuais para robustos 7,5% ou 8% de crescimento do PIB. Quanto ao Brasil, é difícil deixar de reconhecer que estamos em situação relativamente mais confortável e que, não sem motivo, somos uma das sociedades onde são maiores o otimismo e a esperança de melhoria no futuro. Ultimamente temos crescido bem menos do que poderíamos, não fossem os efeitos dos furacões financeiros. E, à semelhança da China, voltamos a estimular o crescimento do consumo interno, da construção habitacional e os investimentos pesados nos setores da infra-estrutura de energia e transportes.

Delfim Netto, é professor emérito da FEA-USP, ex-ministro da Fazenda, da Agricultura e Planejamento.

EMPRESA JORNALÍSTICA SANTOS & FERREIRA LTDA. Travessa Antonieta C. Spada, 26 CEP 07600-000 – Mairiporã-SP – Telefone: (011) 4419-1842

DIRETOR EXECUTIVO Marcos Roberto Borges

REDAÇÃO Wagner Azevedo Lúcia Helena Juarez César Cláudio Cipriani

DIRETOR DE REDAÇÃO David da Cunha Boal Júnior

EDITOR DE TEXTO Jean César C. Pavão

DIRETOR PRESIDENTE Joyce Franciely dos Santos

As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste jornal

REDAÇÃO E PUBLICIDADE COLABORADORES Travessa Antonieta C. Spada, 26 Marion Halm Centro - Cep: 07600-000 Mairiporã - São Paulo Delfim Netto Leandro Batista Éssio Minozzi IMPRESSÃO & BUREAU Ricardo Vieira METROMÍDIA GRÁFICA Adilson Mendes IMPORTAÇÃO E COMUNICAÇÃO LTDA. Tamboré - Barueri-SP CEP 06460-020

O jornal se reserva o direito de não editar publicidade sem fundamentar recusa


Mairiporã • SEXTA -feira 20 de JULHO de 2012

3


4

LEITURA DINÂMICA

MEGA-SENA 11 MILHÕES

Ninguém acertou as dezenas do concurso 1.407, sorteadas anteontem e a estimativa de prêmio para o concurso de amanhã é de R$ 11 milhões. Os números sorteados foram: 18, 29, 31, 42, 43 e 53. Ao todo 53 acertaram a quina (R$ 34.598,18 cada) e outros 3.583 a quadra (R$ 731,11 cada).

CLIMA HOJE Dia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde. Mínima de 6°C e máxima de 20°C.

Mairiporã • SEXTA-feira 20 de JULHO de 2012

Com 7ºC, Mairiporã teve a menor temperatura do ano Mairiporã registrou 7ºC na madrugada de ontem, a temperatura mais baixa do ano na cidade, segundo o Instituto Climatempo. A sensação térmica em algumas regiões da cidade, no entanto, era de 3°C, como às margens da represa Paiva Castro (foto). Até então, a mínima de 2012 era de 10,5ºC, medida no dia 2 de maio. Por volta do meio dia de ontem os termômetros marcavam 12ªC e o índice de umidade oscilava entre 40% e 50%, também de acordo com o instituto. A cidade de Campos do Jordão, no Vale do Paraíba, interior do Estado, registrou -2°C na madrugada de ontem e teve sua primeira geada no ano, de grau moderado.

Salário mínimo pode chegar a

R$ 667,75

O salário mínimo poderá ser de R$ 667,75 no próximo ano se o texto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), aprovada ontem pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) e pelo Plenário do Congresso, for sancionado pela presidente Dilma Rousseff. O aumento frente ao valor atual, que é de R$ 622, será de 7,36%. Em valor absoluto, será um aumento de R$ 45,75.

AMANHÃ Sol entre nevoeiros pela manhã e aumento de nuvens no decorrer do dia. Temperaturas entre 8°C e 21°C.

DOMINGO

Dia amanhece com sol entre nevoeiros e concentra muitas nuvens à tarde. Temperaturas ficam entre 10°C e 23°C.

SEGUNDA Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. Mínima cai a 8°C e máxima chega a 24°C.

OBITUÁRIO 10/7- Maria da Conceição Santos, aos 82 anos, viúva, deixa os filhos Diná, Iná, Pedro, Edina, Eleni e Jair. Sepultada no Cemitério Terra Preta. 11/7- Benedito Vitoriano dos Santos, aos 81 anos, casado com Rita da Silva Santos, deixa os filhos Antônio e Maria. Sepultado no Cemitério Terra Preta. 11/7- Maria José Siqueira da Silva, aos 69 anos, solteira, deixa os filhos Auri, Arleide, Luciano e Simone. Sepultada no Cemitério Terra Preta. 13/7- Gentil Modesto, aos 68 anos, casado com Ana Rosa Modesto, deixa os filhos José, Donizete e Cristiane. Sepultado no Cemitério da Saudade. 14/7- Guiomar Baptista Sanches, aos 88 anos, solteira, deixa os filhos Mário, Luiz, Hélio e Nelson. Sepultada no Cemitério Terra Preta. 14/7- Ivan Ayran Pereira, aos 87 anos, viúvo, deixa os filhos Marcelo e Maria. Sepultado no Cemitério da Saudade. 15/7- Rosina Gonzalez, aos 91 anos, solteira, não deixa filhos. Sepultada no Cemitério da Saudade. 15/7- Vicente Ferreira Neto, aos 54 anos, deixa os filhos José, Jaqueline e Jayne. Sepultado no Cemitério Terra Preta. 16/7 – Luiza de Oliveira, aos 85 anos, solteira, não deixa filhos. Sepultada no Cemitério Terra Preta. 16/7- Orlando de Mari, aos 79 anos, divorciado, deixa os filhos Elza, Célia, Andréia, Alexandra, Alexandre e Sandra. Sepultado no Cemitério da Saudade.

Plano de banda larga fixa residencial

PIS 2012 começa a ser pago dia 24 deste mês

A TIM Fiber, subsidiária do grupo da operadora de celular, anunciou entrada no mercado de banda larga residencial com a oferta de um plano de velocidade de, no mínimo, 25 megabits por segundo (Mbps) por uma assinatura mensal de até R$ 109. O serviço, batizado de Live TIM, é oferecido inicialmente nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, sem taxa de instalação, cláusulas de fidelização, obrigatoriedade de compra casada ou multas ao contrato em caso de desistência. Segundo a operadora, a oferta é válida até 31 de agosto, com cobrança a partir somente de setembro.

Começa no dia 24 de julho o pagamento do PIS (Programa de Integração Social) 2012/2013. Mais de 27 milhões de trabalhadores poderão sacar os rendimentos e 2,9 milhões de empregados o receberão em seus contracheques. Para sacar o benefício, o trabalhador deverá ir até uma agência da Caixa Econômica Federal, no caso do PIS, ou Banco do Brasil, no caso do Pasep, com comprovante de inscrição do PIS/ Pasep, carteira de identidade ou o cartão do cidadão. Este último, com senha cadastrada também pode sacar o dinheiro em lotéricas, nos caixas de auto-atendimento da CEF e postos do Caixa Aqui.

Valor cinco vezes maior que a inflação em São Paulo Os imóveis usados em São Paulo e os aluguéis residenciais novos cresceram muito acima da inflação. Em 12 meses, de junho do ano passado até maio último, o imóvel usado teve valorização média de 25,98% e o aluguel subiu 17,86% enquanto a inflação medida pelo IPCA do IBGE acumulou alta de 4,99%. De janeiro até maio deste ano, as pesquisas mostram que o volume de imóveis vendidos na Capital é negativo em 16,21%, enquanto que o volume de novas locações mostra saldo positivo de 19,22%. A pesquisa foi feita pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Crecisp).

Assistência Contábil, Fiscal e Departamento Pessoal Abertura e Encerramento de Empresas

4419-3295 - 4419-7188 - 4419-7171

www.tanenocontabilidade.com.br R. Olavo Bilac, 165-B - Centro - Mairiporã


POLÍTICA

Mairiporã • SEXTA -feira 20 de JULHO de 2012

5

ELEIÇÕES 2012 Conheça o perfil dos candidatos a prefeito CNPJ - 15.875.888/0001-83

JÁ ESTÃO definidos os seis candidatos a prefeito de Mairiporã, que será escolhido no dia 7 de outubro próximo. Saiba um pouco mais sobre eles, através de dados como formação escolar e profissional, idade, cidade ondevv nasceu, gasto estimado de campanha e patrimônio pessoal declarado. Os dados foram informados pelos próprios candidatos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Leila Aparecida Ravazio (PSDB) 57 anos, solteira, natural de Ibitinga (SP) Ensino superior completo - Professora do Ensino Médio Foi secretária municipal da Educação entre 2005/2012 Gasto estimado de campanha: R$ 700 mil Patrimônio pessoal declarado: R$ 308.395,70 Vice: Ana Maria Gaggini Tellian Coligação: PSDB/PP/PSC/PPS

R$ 110,00

Maria de Fátima Lodi Siqueira (PRTB) 49 anos, casada, natural de Bela Vista do Paraíso (PR) Ensino superior completo Odontóloga Gasto estimado de campanha: R$ 300 mil Patrimônio pessoal declarado: R$ 435.932,39 Vice: Vilaneide Nogueira Bezerra Marques Partido não coligado Eduardo Pereira dos Santos - Du (PTB) 30 anos, casado, natural de Mairiporã (SP) Ensino superior completo - Bacharel em Direito É vereador desde 2005 e presidente da Câmara Municipal Gasto estimado de campanha: R$ 1 milhão Patrimônio pessoal declarado: R$ 591.000,00 Vice: José Damião de Oliveira (Zé Ceará) Coligação: PTB/PSD/DEM/PT/PDT/PSL

José Hélio Teixeira dos Santos (PSOL) 36 anos, solteiro, natural de Mato Verde (MG) Superior completo - Administrador de Empresa Gasto estimado de campanha: R$ 500 mil Patrimônio pessoal declarado: R$ 13.000,00 Vice: Anderson José Bezerra da Silva Coligação: PSOL/PCB

PRECISA-SE

4 serralheiros com prática. Tratar Rua dos Cedros, 133

4419-2578

Juarez César Da Redação Quanto vai custar uma cadeira na Câmara Municipal? A corrida por uma vaga do Legislativo pode movimentar até R$ 2 milhões. Estimativas dos partidos apontam que um kit básico de campanha para vereador não sai por menos de R$ 8 mil. Nesta eleição, 256 candidatos devem participar da disputa - uma média de 19,6 candidatos por vaga. E nesse cenário de competitividade as cifras da eleição podem ser ainda mais altas, porque alguns veteranos

Márcio Cavalcanti Pampuri (PV) 49 anos, casado, natural do Rio de Janeiro (RJ) Ensino superior completo - Médico pediatra Gasto estimado de campanha: R$ 800 mil Patrimônio pessoal declarado: R$ 338.170,75 Vice: Débora Lopes Braga Coligação: PV/PSDC/PR/PRB/PTC/PMDB/PRP/PPL/PHS/PSB/ PT do B/PC do B Manoelino Cordeiro dos Santos (PMN) 41 anos, casado, natural de Mato Verde (MG) Ensino médio completo Funcionário Público Municipal Gasto estimado de campanha: R$ 9 mil Patrimônio pessoal declarado: R$ 18.700,00 Vice: Adevina Antunes de Souza Partido não coligado

Campanha para vereador pode custar até R$ 150 mil na disputa pelo Legislativo pretendem investir até R$ 150 mil para garantir a cadeira. A projeção de gastos de alguns partidos foi superestimada e destinada a todos os seus candidatos, chegando a R$ 100 mil cada. A maioria, no entanto, vai gastar bem menos que isso. A previsão média é de R$ 15 mil por candidato. Sem muitos recursos, algumas coligações prometem uma campanha limpa, com um teto de gastos modesto. Uns apostam em ações na internet, outros em reuniões em bairros, e também há aqueles que vão de porta em porta.

10 mandamentos para uso da web até novembro Da Redação COM A largada oficial da propaganda eleitoral, é evidente a importância da internet nas eleições brasileiras. E com a ascensão da banda larga, cada vez mais a população utiliza as ferramentas da web para definir seu voto. O debate será quente nas redes sociais e tanto candidatos quanto eleitores devem manter o bom senso e a educação, fazendo deste momento um período de debate saudável e produtivo. Estrategistas em marketing digital indicam 10 mandamentos para o uso da web até novembro. 1. Pense antes de escrever: redes sociais estão cada vez mais presentes nas nossas vidas e temos um impulso de compartilhar os momentos de frustração ou indignação. Mas é importante pensar antes de postar qualquer coisa. Evite usar as redes sociais no “calor da emoção”, pois pode se arrepender depois. Leve sempre em consideração que as outras pessoas podem não entender o contexto da mensagem. 2. Respeito é essencial: eleição é uma época de troca de denúncias, muitas vezes infundadas. Não são poucos os casos de comentários de mau gosto que geram uma repercussão negativa e até processo judicial. Respeite opiniões, credo, filosofia, raça e todos os tipos de diferenças,

debatendo de forma saudável e dentro de limites aceitáveis e, claro, não discriminatórios. 3. Cuidado com fotos e vídeos: todos querem compartilhar imagens de determinados momentos, mas tome cuidado para não colocar algo que seja constrangedor ou possa “queimar” sua imagem. Lembre-se também de respeitar as outras pessoas nas imagens ou vídeos e, principalmente, com o recurso de tagueamento, para não comprometer ninguém. 4. Veiculação de banners: os sites de pessoas jurídicas não podem ostentar banners, seja por meio de propaganda paga ou gratuita. Violação da regra resulta em multa de R$ 5 mil a R$ 30 mil. 5. Cuidado com o que compartilha e com quem: pense em quem irá ler as suas mensagens. Algumas redes, como o Facebook e a sua concorrente Google+, permitem controlar a privacidade das postagens e separar quais pessoas ou grupo de contatos podem ou não ver seu status. Já no Twitter, por exemplo, todos os seus seguidores podem ler o que se compartilha. 6. Cuidado com spams e armadilhas nas redes: o período de eleição aumenta o número de spams. Os desavisados acabam acessando e, muitas vezes, infectando suas máquinas. Também é cada vez mais comum

a disseminação de aplicativos e links maliciosos no Facebook, como os que prometem mostrar quem viu seu perfil, além de pessoas desconhecidas que adicionam só para fazer propaganda. 7. Verifique políticas de privacidade: lembre-se que está proibida a venda de cadastro. Analise cuidadosamente se é conveniente fornecer seu endereço de e-mail ou qualquer outra informação confidencial solicitada por um candidato ou partido. 8. Doações só em sites seguros: se você resolver doar dinheiro para alguma campanha, via web, faça nos sites do seu candidato ou do partido. Não acredite em e-mails que pedem depósitos diretamente em contas bancárias. Se o candidato pede sua doação, você será encaminhado para o site dele ou do partido dele. Verifique se realmente é o original. 9. Separe o que é corporativo do pessoal: se você administra o seu perfil para assuntos profissionais ou possui um perfil específico para isso, o cuidado deve ser redobrado. A página profissional só deve emitir opinião política se assim for deliberado pela direção da empresa. 10. Jamais passe a senha para alguém: as senhas nas redes sociais são como as senhas bancárias. Devem ser sigilosas. Entre outras “dores de cabeça”, alguém pode pegar a senha para postar pela pessoa, o que pode complicar sua vida.


6

POLÍTICA

Mairiporã • SEXTA-feira 20 de JULHO de 2012 Correio Imagem

ELEIÇÕES 2012 CRESCE O PERCENTUAL DE CANDIDATAS À CÂMARA

79 mulheres estão na disputa

O NÚMERO de mulheres candidatas a vereadora em Mairiporã cresceu nestas eleições, se comparado com as estatísticas do último pleito municipal, em 2008. Neste ano, de um total de 256 candidatos, 31% são do sexo feminino, ou seja, a cidade contará com 79 candidatas. Em 2008, esse número chegou a 22% de mulheres, índice abaixo do que exige a lei. Naquelas eleições, dos 158 concorrentes ao Legislativo, 22% (35) eram do sexo feminino. Apesar do crescimento em 2012, o número não fica muito acima no patamar exigido pela legislação.

Entre as coligações de partidos que apoiam cada um dos seis candidatos à Prefeitura, apenas PTB e PV conseguiram, em suas coligações, o número máximo de mulheres, que é de oito. Quem não atingiu essa cota, como foi o cado do PSDB, dentre os partidos considerados grandes, não conseguiu registrar o número máximo permitido em coligação, que é de 26 nomes. Para este pleito, 26 partidos lançaram candidatos a vereador. O destaque dessas estatísticas de candidatas a vereadora ficou por conta do partido PRTB, que é o único que possui o mesmo número de mulheres e de homens disputando uma

Du tem o maior patrimônio entre os candidatos Juarez César Da Redação O CANDIDATO do PTB à Prefeitura de Mairiporã, Eduardo Pereira dos Santos (Du), possui o maior patrimônio entre os seis postulantes ao Palácio Tibiriçá, segundo dados divulgados pela Justiça Eleitoral. O tucano declarou R$ 591 mil em bens, entre eles uma casa no valor de R$ 250 mil e vários outros imóveis. Em seguida aparece Fátima Lodi (PRTB), com patrimônio de R$ 435 mil (correspondente a imóveis e carros). Com patrimônios quase iguais estão Márcio Pampuri (PV), com R$ 338 mil (a maior parte em imóveis) e Leila Ravázio (PSDB) com R$ 302 mil, oriundos de um imóvel, um carro e fundos

Tamires

de investimento. Os outros dois postulantes (Manoelino e José Hélio) possuem patrimônio inferior a R$ 20 mil. A declaração de bens é obrigatória - por lei, a listagem completa do patrimônio deve constar no processo de registro de candidatura. A omissão de dados constitui crime eleitoral e pode acarretar até a impugnação da candidatura do infrator. Seis anos - Eduardo Pereira dos Santos afirmou que seu patrimônio é compatível com os seus rendimentos. O bem mais caro declarado é a casa onde mora com a família. “Levei quase seis anos para concluir a obra”, disse. Os seis prefeituráveis somam juntos R$ 1,7 milhão em bens.

das 13 vagas da Câmara Municipal. Entre os 16 candidatos lançados pela sigla, 8 são mulheres, representando 50% do total. Quatro - Desde a primeira eleição para vereador, em 1948, a história registra apenas quatro mulheres eleitas para a Câmara Municipal. A primeira foi Maria Zeza Gomes de Oliveira, na eleição de 1976, e a segunda, Iolanda Lopes de Oliveira, vinte anos depois, em 1996. As outras duas foram eleitas na mesma eleição, em 2000: Ana Maria Gaggini Tellian e Maria Francisca Boralli. Ainda com relação às mulheres na política, Ana Tellian foi eleita vice-prefeita nas eleições de 2008.

Maria Zeza (1976/1982), Iolanda Lopes de Oliveira (1997/2000), Ana Maria Gaggini Tellian e Francisca Boralli (2001/2004)

Modelo de gestão da Saúde vira desafio para novo prefeito Da Redação DIFICULDADE para agendar atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, fila de espera de meses para um consulta com médico especialista, horas e horas para ser atendido no Pronto-Socorro. O cenário pode parecer assustador, mas não para a maioria das pessoas carentes, que dependem da Saúde Pública. A fila de espera aumenta com o passar do tempo, inclusive para pequenas cirurgias. Médicos - Além das filas por consultas e cirurgias, o sistema de saúde de Mairiporã é vítima de outras queixas: falta de médico, de remédios e equipamentos. Na rede municipal o nú-

mero é pequeno e constantemente os médicos deixar seus cargos em busca de melhores salários em outras cidades. O que é oferecido pela Prefeitura é o pior ganho dentre todas as cidades da região. Outro ponto para a debandada de médicos é a demanda excessiva. Alguns médicos que conversaram com a reportagem apontam que a fila permanente é a prova inconteste de que qualquer sistema está insuficiente ou ineficiente. E afirmam que é preciso verificar se a fila é crescente ou permanente. E garantem que não há perspectiva de aumento na capacidade de atendimento. Raio-X - A Rede Municipal de Saúde conta com um hospital (há mais de 30 anos), 2

UBS (centro e Terra Preta), 1 Pronto-Socorro, postos do Programa de Saúde da Família e pequenos postos em bairros da periferia. Para atender a demanda, médicos garantem que a cidade precisa de um hospital com 80 leitos e equipado com o que há de mais moderno, e que a UBS de Terra Preta seja transformada num mini-hospital, já que a estrutura do prédio permite. Propostas - O eleitor, prinCorreio Imagem

Juarez César Da Redação

cipalmente aquele que depende da saúde pública, precisa olhar com interesse as propostas dos candidatos a prefeito para o setor, e em especial para o único hospital da cidade. Já os candidatos, têm a obrigação de dizer com clareza o que pretendem realizar em quatro anos e de onde virão os recursos necessários. Sem essa indicação qualquer proposta é mera propaganda eleitoral.


ELEIÇÕES 2012 Pedidos de candidaturas começam a ser analisados A partir de 5 de agosto será possível saber quem foi ou não barrado pela Ficha Limpa

M. Borges

Juarez César Da Redação

NA SEMANA que vem a Justiça Eleitoral começa a analisar os pedidos de registro de candidaturas a prefeito e vereador. Até lá os 268 processos já terão sido filtrados, conferidos e prontos para a decisão. O prazo para que todos tenham sido julgados termina em 5 de agosto e, nessa data, será possível saber quem foi ou não barrado pela Lei da Ficha Limpa. Dentro do prazo para impugnação, nenhum pedido foi protocolado. O trabalho no Cartório concentra-se agora na conferência de documentação dos candidatos, aos ajustes e definir incidentes como nomes iguais escolhidos para uso na urna. Cada processo será encaminhado ao juiz eleitoral com um relatório e informação dos concorrentes, que servirá de subsídio para o julgamento. Em seguida, os processos chegarão ao Ministério Público para conhecimento.

Primeiras semanas de campanha são marcadas por reuniões Lúcia Helena Da Redação AINDA sem contar com todos os materiais de campanha para divulgação, os candidatos à Prefeitura de Mairiporã investem em reuniões com moradores como estratégia de conseguir votos. Os encontros incluem participações em festas e eventos nas comunidades e bate-papos com grupos específicos nos bairros. As visitas dão o tom da campanha, na qual ainda são pouco vistos materiais como panfletos, santinhos e faixas. Corpo a corpo - Os cavaletes, amplamente utilizados em 2008, deverão voltar este ano, em locais de ampla movimentação de pessoas e veículos, em especial nos acessos à cidade, em bairros populosos, no distrito de Terra Preta e na Serra da Cantareira. Os candidatos Leila Ravazio (PSDB) e Eduardo Pereira dos Santos (PTB) foram os únicos que começaram a entregar santinhos, adesivar carros, pintar muros e colocar faixas. Os carros de som ainda são poucos e o barulho deve acontecer a partir deste final de semana. Os demais candidatos devem intensificar a distribuição de materiais na semana que vem, inclusive com a adesivagem de veículos. Os candidatos a vereador também vão intensificar suas campanhas.

Gráficas têm lucro extra com ‘enxurrada’ de santinhos

Juarez César Da Reportagem

Célia Regina Fernandes de Britto, chefe do Cartório Eleitoral

Urnas eletrônicas - No decorrer da próxima semana urna eletrônica estará disponível no Cartório para que os eleitores treinem. Este ano, a Justiça Eleitoral optou por colocar como “candidatos” animais da fauna brasileira, entre os quais o boto cor de rosa. Foi a forma encontrada

para despertar o interesse dos votantes. Normalmente, cada eleitor leva, em média, de cinco a sete segundos para votar, desde que o sistema foi implantado. “O voto eletrônico já foi assimilado pela população”, comentou a chefe do Cartório, Célia Fernandes. M. Borges

NEM BEM foi dada a largada para as campanhas eleitorais de 2012 e as gráficas da Capital e região já mantêm suas máquinas mais tempo ligadas para a impressão do material de propaganda política. São encomendas de cartazes, santinhos, panfletos, jornais, correspondências e adesivos que fazem o fluxo de trabalho nas empresas aumentar de 10% a 30% até outubro, quando ocorrem as eleições. Somente em Mairiporã a estimativa é a de que as campanhas dos candidatos a prefeito movimentem R$ 3,3 milhões e parte desse valor será investido em material de propaganda. Neste ano a cidade tem 256 candidatos a vereador e seis a prefeito. Todos são potenciais clientes das gráficas, que ainda atendem a outros municípios da região. A preferência tem sido por gráficas da Capital, que têm know-how em propaganda eleitoral e podem oferecer preços e condições de pagamento melhores que as gráficas menores. Mas outras cidades da região também receberam encomendas. O serviço mais requisitado, considerado líder de impressão, são os santinhos, e estima-se que o volume chegue, entre todos os candidatos, a 20 milhões de impressos. Correio Imagem

Comitês de campanha do PTB e do PV, na Alameda Tibiriçá, e do PSDB.

Partidos estruturam comitês Claudio Cipriani Da Reportagem

CANDIDATOS a prefeito concluem a montagem dos comitês de campanha. Os escritórios serão usados para reuniões e distribuição de materiais. O PSDB de Leila Ravazio alugou o mesmo imóvel (uma casa nas proximidades do Fórum) que serviu de QG da reeleição do prefeito Antônio Aiacyda. No local serão atendidos candidatos, correligionários e eleitores, e distribuído

7

POLÍTICA

Mairiporã • SEXTA -feira 20 de JULHO de 2012

todo o material de campanha, além do escritório administrativo. Eduardo Pereira dos Santos (Du), do PTB, alugou o antigo prédio da Sabesp, nos altos da Alameda Tibiriçá, local amplo e que sediará todos os procedimentos da campanha trabalhista. Lá serão feitas reuniões, distribuídos os materiais, adesivação de veículos, atendimento à militância e também toda a parte administrativa. O PV, do candidato Márcio Pampuri, mudou

de endereço e agora está com o comitê também na Alameda Tibiriçá, no prédio que abrigava a Polícia Militar até o ano passado, defronte ao Cemitério Municipal. O local também é amplo e atenderá a todas as demandas da sua candidatura, com atendimento aos correligionários e candidatos e a parte estrutural da campanha. Os outros três candidatos (PMN, PSOL e PRTB) não emitiram nenhum tipo de informação acerca de seus comitês.

Os conhecidos ‘santinhos’ chegam a representar 60% dos trabalhos gráficos

140 mi vão às urnas em outubro Da Redação

NO DIA 7 de outubro, 138.492.811 eleitores em 5.569 zonas eleitorais irão às urnas para escolher prefeitos, seus respectivos vices e vereadores, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Até esta semana, o sistema do órgão registrou 464.701 candidaturas para os três cargos. De acordo com a legislação eleitoral, nas cidades com mais de 200 mil eleitores e onde a disputa pela prefeitura tenha mais de dois candidatos há a possibilidade de segundo turno. Nesse caso, a nova votação está marcada para o dia 28 de outubro com os dois candidatos mais votados no primeiro turno. Detentor do maior eleitorado do país, com 31,22 milhões pessoas aptas a votar, São Paulo também é o Estado com maior número de candidatos inscritos para concorrer nas próximas eleições. Segundo o TSE, 79.467 políticos fizeram o pedido de candidatura, sendo 2.012 para prefeito, 2.016 para vice-prefeito e 75.439 para vereador. Apesar de o prazo para formalizar as candidaturas já ter se encerado, o tribunal ainda está totalizando os pedidos. Pelo calendário eleitoral, até o dia 4 de agosto poderá ser feito o pedido de impugnação de candidaturas. Isso, contudo, não impede que um candidato participe do pleito. Ele poderá concorrer sub judice até que a Justiça decida o caso. No entanto, se ao final do processo a impugnação for confirmada e o candidato tiver sido eleito ele terá que deixar o cargo. Além disso, conforme o calendário eleitoral, no dia 6 de agosto os partidos políticos, as coligações e os candidatos são obrigados a divulgar na internet relatório discriminado dos recursos recebidos ou estimativa do financiamento da campanha eleitoral e os respectivos gastos. A Justiça Eleitoral irá disponibilizar um portal para divulgação dessas informações. No dia 21 de agosto começará a propaganda eleitoral gratuita na rádio e televisão. A propaganda se estende até o dia 4 de outubro - três dias das eleições. Os partidos e candidatos poderão fazer campanha paga até o dia 5 de outubro. A conclusão de processo de apuração deve ocorrer até o dia 12 de outubro. No entanto, desde a implementação do sistema informatizado de votação, com o uso da urna eletrônica, é possível conhecer o resultado da eleição na noite do dia da votação. Nos municípios onde houver a necessidade de segundo turno, a partir do dia 13 de outubro começa a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão, que se estenderá até o dia 26.


GERAL

Mairiporã • SEXTA-feira 20 de JULHO de 2012

OZÓRIO MENDES drozorio@yahoo.com.br

Agências bancárias

A

série de humilhações a que os correntistas das agências bancárias em Mairiporã são submetidos, é vergonhosa, a começar pela porta giratória. Esse tratamento pouco cuidadoso com os clientes no controle de entrada, ocorre em todas as agências locais e não é incomum observar cidadãos barrados para procurar metal em bolsas, cinturões, sapatos, no corpo todo, perdendo tempo e passando por momentos de constrangimento. O mau atendimento começa, portanto, na porta de entrada, estranha forma de dar boas vindas ao cliente. A alegação de que os bancos estão zelando pela segurança das pessoas, no entanto, vai até a página 2. A partir daí, não se sustenta. É dever dos bancos, assim como de qualquer outro tipo de estabelecimento, aperfeiçoar seus mecanismos e sistema de trabalho. E se na chegada o correntista enfrenta essa maratona no acesso ao interior da agência, o caro leitor imagine depois, à espera de ser atendido. Aí é calamitoso. Em algumas agências a espera para se chegar ao caixa dura até 2 horas. Isso mesmo, 120 minutos! Um descaso inominável. E não importa se a pessoa é jovem, idosa, gestante, gorda, alta ou magra. O tempo de espera é para todos. A história de senha preferencial é mais um engodo a ludibriar a boa fé do cidadão. Outras questões dramáticas e perigosas que os bancos poderiam ajudar, como a famosa ‘saidinha de banco’, em que os assaltos se multiplicam dia a dia, não fazem parte do receituário de benefícios ao correntista. A sociedade não deve aceitar passivamente situações tão absurdas, que submetem pessoas a supremas humilhações, sob pretextos no mínimo discutíveis. A relação entre banco e correntista tem de ser, no mínimo, séria e respeitosa.

Ozório Mendez é advogado e foi vereador na gestão 1983/1988

CARTA DO LEITOR

Atendimento da Saúde Moro em Mairiporã há 26 anos e no dia 9 de julho último, feriado, precisei de atendimento médico, a quarta vez em dez dias que fui ao pronto socorro municipal de Mairiporã. Confesso que com restrições; Mas qual, fui bem atendido, exame de sangue com resultado em 3 horas, medicamento e, curado, agradeço a Deus e ao dr. Clinto, que me atendeu, bem como às enfermeiras, atendentes e a uma médica que estava de plantão naquele feriado. Agradeço o tratamento dispensado, pois eu vi e senti. Severino Silva Estância Santo Antônio - Mairiporã

4412-9993 • Mairiporã e Região

Auxílio-doença, Contagens, Inscrição, Cálculos, Recursos, Pensão,

Dra. Ablaine Tarsetano dos Anjos Advogada - OAB-SP 127.677

AçÕes trabalhistas

VENDE-SE

Ações Civeis e Família

Dra. Márcia Cristina Jardim Ramos Advogada - OAB-SP 130.328

Guarda-roupa com criado-mudo e armário de cozinha. Tratar com Ana Rosa, 9645-0889.

Dra. Juliana Fagundes Garcez Advogada - OAB-SP 208.886

Dra. maria luíza alves abrhão - OAB-SP 270.635 ações tributárias - imposto de renda

(isenções, restituições e repetição de indébito)

Av. 9 de Julho, 322 - Sala 22 - centro - Edif. S. José - Atibaia - SP - CEP 12940-580

VENDE-SE

CORREIO JUQUERY. COM.BR

AUMENTE SEUS RENDIMENTOS

VENDEDORES

Sobrado novo em Franco da Rocha, R$ 140 mil, no bairro Lago Azul. Tratar 7877-2164, com Gabriel.

R$ 2.000,00 a R$ 7.000,00 entrevista

R$ 500,00 a R$ 1.500,00 tempo parcial

9125-1000

4604-2760

ADVOCACIA Ozorio Mendes OAB/SP 49.640 - Agrimensor CREA/SP 064055701-6 Rua Mateus Garcia, nº 398, Tremembé, Capital (11) 2265-5588 ou 2204-8726.

A caixa-preta do exame da OAB

E

Telefax (11)

Core I5, 4gb, 500gb hd Lenovo - 75857072 R$ 1.700,00

MÍDIA

Elio Gaspari

m dezembro de 2010, quando se descobriu que uma lambança ocorrida na distribuição das provas do Enem atrapalhara a vida de cerca de 10 mil dos 3,3 milhões de jovens que haviam prestado a prova, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, prontamente anunciou que pediria a anulação do exame. Seria mais razoável oferecer uma nova prova aos prejudicados (o que foi feito), mas a Ordem defendeu uma posição extrema. A veneranda OAB fez fama como papagaio de pirata de crises. Há um problema e lá está ela metendo seu bico. Não importa que o assunto nada tenha a ver com o exercício da profissão de advogado. Nem mesmo que proponha uma nova e absurda prova para 3,3 milhões de jovens. A OAB tornou-se uma instituição milionária, e suas contas estão longe da vista do poder público. O doutor Ophir chegou a dizer que “o Congresso Nacional tornou-se um pântano”. Um de seus antecessores, Roberto Busatto, disse que “o comportamento indecoroso de alguns agentes públicos expôs ao desgaste as instituições do Estado”. No seu próprio quintal, ela não é tão vigorosa, muito menos transparente. Há anos pipocam denúncias de fraudes no exame que os bacharéis são obrigados a prestar na Ordem para poderem trabalhar como advogados. Desde 2007 sabia-se que uma integrante da banca de Brasília vendera por R$ 4 mil as perguntas de uma prova. Posteriormente, ela recebeu o título de “melhor examinadora”. Em Goiás, 41 candi-

A P O S E N TA D O R I A S

NOTEBOOK

EXPERIMENTE!

8

datos compraram provas por até R$ 15 mil, e o Tribunal de Ética da Ordem decidiu que eles nada devem. Jamais a OAB mobilizouse para punir exemplar e publicamente esse tipo de delinquência. Agora, a Polícia Federal anunciou que existiram duas infiltrações fraudulentas nos seus exames de 2009 e 2010. Numa ponta, 152 bacharéis compraram provas, e, com isso, 62 deles habilitaram-se para cargos na PF, na Receita e na ABIN. Felizmente, graças à Polícia, foram afastados de suas funções. Na outra ponta, o problema é maior: 1.076 advogados colaram durante os exames. A PF descobriu isso de uma maneira simples. Rodou as respostas dos candidatos num programa de computador desenvolvido na Academia Nacional de Polícia, e a máquina descobriu onde se colou. Simples: se num local 30% dos candidatos acertaram uma questão que teve um índice nacional de acerto de 5%, houve cola. (Steve Levitt explica a racionalidade estatística do sistema num capítulo do seu magnífico livro “Freakonomics”). Esse tipo de auditoria tornou-se o terror da rede escolar pública americana. Na semana passada, pegaram uma rede de cola num dos melhores colégios de Nova Iorque. Se a OAB quer continuar a dar lições aos outros, pouco lhe custaria criar uma auditoria semelhante à que a Polícia Federal usou. Não conseguirá pegar todos os examinadores que vendem provas, mas identificará os locais onde a cola é ampla, geral e irrestrita. (Artigo publicado no jornal Folha de S. Paulo, edição do dia 15 de julho de 2012).

04:50 05:15 05:45 06:00 06:15 06:40 06:50 07:20 08:20 09:15 10:30 11:15 12:00 13:30 15:00 15:45 16:15 17:30 19:00 19:30 20:00 21:00 21:30 23:00

05:00 06:00 07:00 08:00 09:00 10:00 11:00 11:30 12:00 13:00 13:30

14:00 15:00 15:30 16:00 17:15 19:00 20:00 21:00 22:00 23:00

05:00 07:00 09:00 11:00 13:00 15:00 17:00 19:00 20:00 21:30 23:00

05:00 05:30 06:00 06:30 07:00 07:40 08:00 08:45 09:45 12:45 14:15 16:45 18:15 22:00

06:00 06:30 06:50 07:00 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:30 12:15 13:00 14:00 15:00 16:00 16:30 17:00 17:15 17:30 17:45 18:00 18:15

18:30 18:45 19:00 19:20 19:40 20:00 20:30 21:00 21:30 22:00 22:40 22:55 23:00 23:05 23:15 23:59

06:00 06:45 07:00 07:45 08:00 08:45 09:00 09:45 10:00 10:45 11:00 11:45 12:00 12:30 13:00 13:45 14:00 14:30 15:00

15:45 16:00 16:30 17:00 17:45 18:30 19:15 20:00 21:00 22:00 23:00 23:59

05:30 06:30 07:30 08:30 09:30 10:30 12:30 14:30 16:30 18:00

06:00 07:15 08:00 09:15 10:00 11:15 12:00 13:15 14:00 15:15 16:00

17:15 18:00 19:15 20:00 21:00 22:30 23:59

06:00 08:00 10:00 12:00 14:00 16:00 18:00

06:30 07:10 07:30 08:30 09:00 09:30 10:00 10:45 13:45 15:30 17:45 19:30 23:00

04:30 05:10 05:30 05:45 06:00 06:15 06:30 06:45 06:50 07:00 07:15 07:45 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30

14:00 14:30 14:45 15:30 15:00 15:15 16:00 16:15 16:30 16:45 17:00 17:30 18:00 18:30 19:30 20:30 21:30

07:40 08:40 09:20 10:00 05:30 06:15 06:40 07:00 07:20 08:00 08:20 09:00 09:40 10:20 10:40 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30 14:00 14:30 15:00

15:30 16:00 16:15 16:30 16:45 17:00 17:15 17:30 17:45 18:00 18:20 18:40 19:00 19:30 20:15 21:00 22:00 22:20 23:00

06:30 07:30 08:30 09:30 10:30 11:30 13:30 15:30 17:30 19:00

04:30 05:30 06:00 06:15 06:30 07:00 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30

13:00 13:30 14:00 14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 18:00 18:30 19:30 20:30 21:30

06:00 06:40 07:10 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30 14:00

14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 17:30 18:00 18:30 19:00 19:30 20:15 21:00 22:00 23:00

06:00 06:40 07:10 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30 14:00

14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 17:30 18:00 18:30 19:00 19:30 20:00 20:30 21:00 22:00 23:00

07:00 09:00 11:00 13:00 15:00 17:00 19:00

04:45 05:30 06:00 06:15 06:30 07:00 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30

13:00 13:30 14:00 14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 17:30 18:00 18:30 19:00 19:30 20:30 21:30


LOCAL

Mairiporã • SEXTA -feira 20 de JULHO de 2012

9

AGÊNCIAS LOCAIS

Tempo de espera nos bancos é vergonhoso

Da Redação

IR A UMA agência bancária parece tarefa simples em Mairiporã: o tempo de espera não pode ultrapassar mais de 30 minutos em dias de pagamento do funcionalismo público. Nos demais, o prazo é ainda menor, 15 minutos para atendimento no caixa. Na teoria, o período máximo em um banco, estabelecido por lei municipal, é aceitável. Porém, na prática, esse limite não é cumprido. A Prefeitura, a quem caberia fiscalizar e punir quem não cumpre a lei, nada faz em favor da população. A reportagem esteve nas cinco agências da cidade e constatou o desrespeito com os

clientes e com os que utilizam o banco para operações diversas. O motivo principal pela demora, segundo alguns bancários, é o reduzido número de funcionários, que torna o atendimento lento, Disseram que somente dobrando esse número seria possível reverter a situação, que prejudica diretamente o consumidor. De acordo com um desses funcionários, que pediu para não ser identificado, de modo geral mais de 10% da categoria está afastada por problema de saúde, mas os bancos não estão preocupados; “O único objetivo é o lucro”, assinala. Nas agências percorridas pela reportagem o melhor atendimento foi feito pelo Itaú, seguido da Caixa Federal. Os piores foram o BradesCorreio Imagem

co e o Santander. Neste último, o atendimento no caixa levou cerca de 118 minutos, ou seja, quase duas horas. Também foi a agência que tinha o menor número de caixas operando. Eletrônicos - Outro problema constatado nas agências locais é o número de caixas eletrônicos em funcionamento. Boa parte deles está sempre quebrada, o que também provoca demora no atendimento e intermináveis filas dentro das agências. Se a Prefeitura não fizer valer a lei existente, e multar as agências, como ocorre em outras cidades do Estado de São Paulo, os bancos vão continuar submetendo seus clientes e usuários a um verdadeiro suplício.

M. Borges

Santander tem o maior tempo de espera no atendimento.

META FOI ATINGIDA

Prorrogada mais uma vez, vacinação contra a paralisia infantil termina hoje Leandro Batista Da Redação A CAMPANHA Nacional de Vacinação contra a Poliomielite (paralisia infantil) vai terminar hoje, 13, depois de quatro prorrogações. O início ocorreu no dia 16 de junho. A tentativa é a de alcançar a meta proposta pelo Ministério da Saúde, de imunizar 95% das crianças até os 5 anos de idade.

Em Mairiporã, segundo dados do Departamento de Vigilância Epidemiólogica da Secretaria Municipal da Saúde, esse índice foi praticamente alcançado até o dia 6 último, com a imunização de 94,16% do público alvo. No total foram vacinadas 4.948 crianças, de um universo estimado de 5.255 menores. Gripe - A campanha de vacinação contra a gripe para pessoas com mais de 60 anos, gestantes

Dr. Ozorio Mendes Filho, CRMV/SP 30.708 Dra. Jaqueline Azeredo de Oliveira, CRMV/SP 27.152

Já choveu mais do que o esperado para julho Da Redação

EM POUCO mais da metade do mês percorrido já choveu na região o esperado para todo o mês de julho, segundo os institutos de meteorologia. Nos últimos cinco dias a chuva mais intensa e constante contribuiu para o recorde. A projeção era de 44 milímetros de chuva para todo o mês,

porém ele foi superado na terça-feira (17), chegando a 45,7mm. Por ser um mês tipicamente seco, o volume de chuva foi inesperado. Em julho do ano passado houve apenas 3,5mm de chuva durante os trinta dias. De acordo com os institutos, as chuvas atípicas se originaram de áreas de instabilidade que atuam no Interior do Estado e que se dirigiram à Região Metropolitana.

Dia de Proteção das Florestas Da Redação

No dia 17 de Julho comemora-se o Dia de Proteção das Florestas. A Secretaria do Meio Ambiente/ SMA montou a “Tenda Ambiental” no Terminal Rodoviário. Técnicos da SMA conversaram com os munícipes, passando informações a respeito da preservação

das florestas e a importância das áreas verdes para a qualidade de vida. A população também adotou muda de espécies nativas da Mata Atlântica, para aumentar a cobertura vegetal do município, além de participar da atividade “Floresta Viva - O que podemos fazer?”, em que cada pessoa deixou uma frase de proteção às florestas.

e crianças com idades entre 6 meses e 2 anos, também continua nos postos de saúde do município. O balanço da campanha aponta que 1.328 crianças (82,64%) da população alvo foram vacinadas, além de 811 trabalhadores da saúde (60,16%), 534 gestantes (66,5%) e 5.650 idosos (71,44%). Até o momento foram imunizadas 8.320 pessoas, de um total previsto de 11.667.


10

Mairiporã • SEXTA-feira 20 de JULHO de 2012


Mairiporã • SEXTA -feira 20 de JULHO de 2012

11


12

Mairiporã • SEXTA-feira 20 de JULHO de 2012


GERAL

Mairiporã • SEXTA -feira 20 de JULHO de 2012

13

RODOVIAS

Com cobrança eletrônica, motorista vai pagar pedágio em trecho urbano de rodovias

Da Redação

USOU, pagou. Este é o objetivo da implantação da cobrança eletrônica de pedágio que será implantada pelo Governo de São Paulo nas rodovias privatizadas. A opção de pagar somente pelo que percorreu pode beneficiar os que já pagam pelo valor total. No entanto, os que não gastam nada, podem desembolsar ao circular nos entornos das cidades onde as estradas são usadas como vias urbanas. De acordo com a Agência de Transportes do Estado (Artesp), ainda não há um estudo relacionado aos trechos de tráfego urbano das rodovias Anchieta e Imigrantes que serão pedagiados na Baixada Santista. No entanto, há outros exemplos de trechos de tráfego urbano de rodovias que serão pedagia-

dos. Entre eles estão aqueles que ligam a capital paulista ao aeroporto de Cumbica (rodovia Ayrton Senna), a São Bernardo (Anchieta) e a Cotia (Raposo Tavares). Hoje, eles não têm praças de pedágio, mas o deslocamento gratuito vai acabar por conta da instalação dos pórticos ao longo da via, que vão ler chips nos carros para fazer a cobrança. Por meio de nota, a Artesp esclarece que “o foco do projeto é tornar a cobrança de pedágio mais justa: cada usuário só paga pelo trecho que percorrer na rodovia.” A agência ainda explica que “há casos em viagens de curta distância onde os usuários utilizam a rodovia sem passar por nenhuma praça de pedágio e casos onde o usuário passa por praças que cobram por um trecho maior do que ele efetivamente percorreu”.

Em abril - A operação do Sistema Ponto a Ponto de cobrança eletrônica de pedágio teve início em abril. Ainda em projeto piloto, com adesão voluntária, o Sistema está em operação em apenas dois trechos rodoviários: na SP 360 que liga Itatiba a Jundiaí e na SP 75, entre Indaituba e Campinas. Ainda não se sabe se o número de motoristas que começarão a pagar para trafegar é maior do que os que pagarão um preço mais justo, somente pelo que percorreu. Isso porque nem a Artesp (agência de transportes do Estado) nem as concessionárias sabem quantos usam as rodovias sem pagar. O único estudo feito - e sempre citado como parâmetro - na Dutra, uma via federal, apontou que só 9% dos carros pagam pedágio. Um exemplo claro é a própria SP-75. Entre Indaiatuba e CamCorreio Imagem

pinas há uma praça, que cobra R$ 10,50. Com os pórticos, o valor cai para R 4. Na via, porém, quem circula entre Indaiatuba e Sorocaba usa quase 50 km de rodovia sem pagar nada. O trecho, no entanto, vai passar a ser tarifado. A expansão do Sistema Ponto a Ponto para todo o Estado depende dos resultados aferidos durante o projeto piloto. Portanto,

ainda não há um cronograma para a operação em todo o Estado. Ainda de acordo com a Artesp, uma pesquisa realizada entre os usuários do Ponto a Ponto de Itatiba, constatou que “89% avaliaram positivamente o novo modelo, e outros 91% afirmaram ter economizado dinheiro no primeiro mês de operação do Sistema”.


14

GERAL

VEÍCULOS

Brasil sobe duas posições no ranking de venda de carros

A CHINA manteve a liderança nas vendas globais de automóveis em maio, com crescimento de 17,9% nos emplacamentos de veículos, ante igual período de 2011, para um total de 1,34 milhão de unidades, segundo relatório da empresa Jato Dynamics. A China foi seguida de perto pelos Estados Unidos, que registrou forte alta de 25,7%, e 1,33 milhão de veículos comercializados em maio. O Japão, com crescimento de 65,4%, chegou a 391.256 unidades em maio, alta refletida pela retomada daquele mercado após o terremoto em março de 2011. O Brasil, que estava na sétima posição no relatório de abril, subiu para a quinta posição, mesmo com a queda de 8,7% nas vendas em maio, para 274.476 unidades. O país está atrás da Alemanha, que emplacou 308.054 veículos no período. Liderança - A Toyota permaneceu na liderança mundial entre as montadoras em

maio, com a venda de 543.449 veículos no mês, 88% a mais que no mesmo mês de 2011. Na comparação do acumulado dos primeiros cinco meses deste ano, ante igual período de 2011, a alta de vendas da Toyota foi de 34,5%, com 2.677 milhões de veículos emplacados. Atrás da Toyota, aparecem a Volkswagen, com alta de 7,2% nas vendas em maio e 7,5% de janeiro a maio. Em seguida, vêm a Ford, com alta de 6,2% na relação mensal e com estabilidade no acumulado do ano; a Chevrolet, com alta de 9,8% na comparação mensal e crescimento de 5,3% entre o acumulado de cada ano; e a Honda, com altas de 70,3% e 18,6%, nos respectivos períodos. Por outro lado, a Jato Dynamics destaca o desempenho fraco da Fiat este ano, com quedas de 13,5% em maio ante o mesmo mês de 2011 e de 11,7% na comparação dos acumulados do ano “em razão da crise” na Itália.

Mairiporã • SEXTA-feira 20 de JULHO de 2012


Mairiporã • SEXTA -feira 20 de JULHO de 2012

CINEMA

REVISTA

Experiências na estrada As jornadas na vida podem ser vitais para o autoconhecimento. O sentimento de descoberta que tornou lendário o livro ‘On The Road’, de Jack Kerouac, agora finalmente deixa as páginas para ganhar as telonas em ‘Na Estrada’, que chegou aos cinemas brasileiros. A adaptação tenta explorar o forte espírito presente na obra original e tem como principais obstáculos alguns elementos cinematográficos que podem atrapalhar o entendimento da viagem. A obra foi lançada originalmente em 1957. Desde então, sua transposição para a sétima arte vem sendo discutida e pulando para diferentes mãos. O projeto acabou chegando até o diretor Walter Salles (Central do Brasil), fã da cultura beat da qual a história se tornou um dos principais símbolos. A trama acompanha o escritor Sal Paradise (Sam Riley), que tem o hiato criativo agitado ao conhecer o libertário Dean Moriarty (Garrett Hedlund). A intensa amizade entre eles faz com que partam em viagem pela costa Oeste dos Estados

MODA SAIAS LONGAS Para todas as estações do ano

D

15

esde o inverno do ano passado que as saias longas estão expostas nas vitrines e passarelas. E chegam com tudo no verão deste ano, principalmente pela versatilidade. Femininas e confortáveis, podem ser usadas por qualquer pessoa e segundo as entendidas no assunto, não atendem a um estilo específico. Devido à leveza, são ideais para momentos de lazer, mas também são bem-vindas no ambiente de trabalho. Os modelos mais escuros e discretos caem bem, porém em ambiente mais informal. Do contrário, não combina muito. Outra dica vai para as baixinhas: devem evitar saias muito amplas, porque diminuem a silhueta. Nas lojas especializadas em roupas femininas há vários modelos e inúmeras opções de tecido, que vão desde o básico até os estampados, em diversas cores. As preferidas, segundo as lojistas, são os modelos básicos, lisas, com cintura alta e botões na parte da frente.

Unidos. O grupo principal também conta com a jovem esposa de Dean, Marylou (Kristen Stewart, a Bela da saga ‘Crepúsculo’, em inesperada atuação de qualidade). Aberto a intensas experiências, o trio passa por aventuras regadas a muitas drogas e momentos de sexo. Tudo com a mais bela trilha sonora de jazz típica dos anos 1960. O relacionamento entre os jovens é magnético o bastante para que encontros e desencontros sejam constantes durante o filme. O ponto fraco (e que pode prejudicar por completo a adaptação de Salles) de ‘Na Estrada’ é a montagem confusa. Como a viagem faz diversas paradas, o ritmo proposto não é interessante o bastante durante toda a exibição. Mas independentemente do perigo de que o clima original não seja mantido pelo diretor (apesar de seu esforço), cabe aos espectadores terem mente aberta o suficiente para captar a essência dessa jornada. Não se pode ficar preso às imagens. As ideias são a alma do longametragem.

CASA &

Janelas também precisam ser decoradas Nem sempre as janelas são lembradas na hora de se decorar a casa. Mas elas são fundamentais na composição dos ambientes e, portanto, merecem lugar de destaque no projeto de decoração. É pelas janelas que a luminosidade entra e valoriza o espaço e os móveis. Também é responsável pela circulação de ar em toda a casa. Uma dica valiosa para dar destaque e deixar salas, quartos e cozinhas mais charmosos, é usar persianas e cortinas, já que ambas têm a função de proteger do sol e dar privacidade, além do papel estético que exercem. Segundo os decoradores, não há uma regra rígida para o uso desses itens, mas as persianas normalmente são mais utilizadas em ambientes corporativos ou funcionais, enquanto as cortinas são aconselháveis para residências. Mas as persianas podem sim fazer parte da decoração de uma casa ou apartamento, desde que se adapte à proposta. Hoje há no mercado várias opções do artigo, em diferentes modelos e materiais: lâminas de tecido, madeira, alumínio, pvc, que podem ser feitas sob medida para deixar o ambiente harmônico e aconchegante. Além disso, têm durabilidade se manuseadas de maneira correta. Mais tradicionais, as cortinas é para quem deseja que o ambiente traga sensação de aconchego, pois os tecidos leves deixam o espaço mais suave. Os forros do tipo blackout (corta luz) que antes eram pesados, hoje são mais leves, e impedem a entrada de luz sem comprometer a elegância. Para quem não quer abrir mão da praticidade das persianas, nem do charme das cortinas, a dica é mesclar os dois.


16

SOCIAL

Mairiporã • SEXTA-feira 20 de JULHO de 2012 www.marionhalm.com

NAT ARMANDINHO

Estou um pouco atrasada com as matérias fotográficas, mas logo estarão em dia. Se tem alguém que curte aniversÁrio é meu amigo Armandinho. Por ele faria aniversário todos os dias. E como sempre, bebemorou seu aniversário real, junto com Elza, muitos amigos e parentes no dia 16/6, sempre tudo perfeito.

Marion Halm

NO CIRCUITO

Domingo (15) as lindas Maria Clara & Manuela receberam as bençãos Divinas num emocionante Batizado e parentes e amigos foram festejar na casa dos vovós Carlos & Maria Puga....

Nicolas & Isabele completaram 3 aninhos no dia 11/7. O Parabéns cantado no sábado 14/7

ANIVERSARIANTES Verinha 10/7

Valdecir 23/7

Albertina 8/7

IMESP R. Ipiranga, 576 Mairiporã

Atendimento Clínico

e

Cirúrgico

OFTAMOLOGIA - Cirurgia de grau a laser CIRURGIA GERAL - Endoscopia e Colonoscopia ODONTOLOGIA

Denise & Carlos Augusto (Nat de casamento) 22/7

Ana Maria 10/7

Aparecida 10/7

REALIZAÇÃO AGÊNCIA DE VIAGEM

4419.3152 - 4419.2066 Rua Cel. Fagundes, 180 - centro realizantonia@terra.com.br

Vai ter bolo

20/7- Márcia Mariano Garcia (Reacender); Maria Elizabete; 21/7- Nelson Della Santa; Rosa Faro; 22/7- Laura de Jesus Martins (Reacender); Maria da Graça Costa; Ana Lucia G. Oliveira; Denise & Carlos Augusto Martelli Coelho (nat de Casamento); Gustavo Simonelli; 23/7- Valdecir Odorico Bueno ; Dárcio Passarella; Horaide J. Silva; Marileuza Medeiros; 24/7- Maria Cecília Campos; Joana Maccan; Maria Cristina da Silva; 25/7- Ema Barbosa de Albuquerque (Reacender); Maria Helena Passani; Ana Carine & Ana Cristina; Wogg Dias Lima; 26/7- Aparecida M. da Cunha; Geraldo & Alessandra (J. Suísso); 27/7Ema Barbosa de Albuquerque(Reacender); Maria Rivera Souza (Reacender); Inaja das Neves; Maria Mariano; Antônio M. Oliveira.


Mairiporã • SEXTA -feira 20 de JULHO de 2012

GASTRONOMIA

Direto do mar

17

Seja qual for a guarnição escolhida para o almoço de domingo, que tal peixe para incrementar o cardápio? Três sugestões deliciosas e de preparo fácil para agradar familiares e amigos. Experimente!

SALMÃO COM MANGA Ingredientes: 600g de salmão fresco cortado em 4 pedaços; 2 colheres (sopa) de azeite; 1 colher (chá) de sal; ½ xícara (chá) de vinho branco; ½ xícara (chá) de suco de laranja; 2 mangas em fatias; 1 caixinha de creme de leite light; 1 colher (chá) de mostarda; 2 colheres (chá) de alcaparras; 1 colher (sopa) de cebolinha verde. Modo de Preparo: Em uma tigela, tempere o peixe com metade do azeite e o sal. Em uma frigideira antiaderente, grelhe o peixe, regando com quatro colheres (sopa) da mistura de vinho e suco de laranja. Reserve. Besunte as fatias de manga com o restante do azeite e grelhe na mesma frigideira. Coloque o salmão em uma travessa e decore com a manga. Despeje o restante do vinho e do suco de laranja na mesma frigideira e ferva por cerca de 5 minutos, em fogo baixo. Retire do fogo e misture o creme de leite e a mostarda. Sirva sobre o peixe decorado com as alcaparras e com a cebolinha. Rende 4 porções.

ROBALO NO PAPELOTE

Ingredientes: 400g de robalo cortado em postas; 1 colher (chá) de sal; ½ colher (chá) de cominho em pó; 1 cebola grande cortada em cubos; 4 folhas de manjericão fresco picado; 4 colheres (sopa) de margarina sabor manteiga. Para montar: papel-alumínio. Para untar: margarina sabor manteiga. Para servir: molho de pimenta a gosto. Modo de preparo: Corte o papel alumínio em 4 quadrados de 30 X 30 cm. Preaqueça o forno em temperatura média (180°C). Em uma tigela pequena, tempere o peixe com o sal e o cominho. Reserve por 10 minutos. Unte cada quadrado de papel alumínio e reserve. Coloque uma posta de peixe no centro de cada quadrado de papel untado. Distribua a cebola picada sobre o peixe e salpique o manjericão. Espalhe 1 colher (sopa) de margarina sobre cada posta de peixe e feche o papel alumínio apertando as extremidades e formando um “pacote”. Coloque-os em uma assadeira média (33 x 23 cm) e leve ao forno por 25 minutos. Retire do forno e sirva em seguida no próprio pacote. Coloque em cada pacote molho de pimenta a gosto. Se preferir substitua o manjericão por coentro fresco picado. Rende 4 porções.

TRUTA COM ALCAPARRAS Ingredientes: 6 filés de truta limpos, mas com pele de um lado; suco de 1 limão siciliano; raspas da casca de 1 limão siciliano; 3 colheres (sopa) de alcaparras, 3 colheres (sopa) de amêndoas filetadas; 2 colheres (sopa) de bacon picadinho; 400g de batatas bolinhas cozidas al dente e sem casca; 2 colheres (sopa) de manteiga; 1 colher (sopa) de azeite, sal e pimenta branca moída a gosto. Modo de Preparo: Tempere os filés com sal e pimenta (não coloque muito porque peixe pega sal rápido). Em uma frigideira quente, coloque uma colher de manteiga e um fio azeite. Coloque os filés de truta com a pele para cima (sem encher a frigideira, coloque dois de cada vez para manter a temperatura alta na frigideira). Tampe a frigideira e deixe 2 minutos. Vire a pele para baixo e deixe mais dois minutos. Faça o mesmo com os outros filés. Ao final, coloque 1 colher de manteiga e outro fio de azeite e coloque as batatas para dourar. Coloque sal a gosto. Retire-as e na mesma frigideira coloque o bacon até que dourem e soltem um pouco de gordura. Junte as alcaparras e as amêndoas somente para esquentar. Coloque o suco de limão e as raspas e jogue esse molho sobre as trutas. Acompanhe com as batatas coradas.


18

Mairiporã • SEXTA-feira 20 de JULHO de 2012


Mairiporã • SEXTA -feira 20 de JULHO de 2012

19


20

Mairiporã • SEXTA-feira 20 de JULHO de 2012

21 e 22/7 CAQUI FUYU kg

3,99

ABOBORA PAULISTA kg

1,39

ABACAXI UNIDADE

1,99

ABOBORA MORANGA kg

1,39

MACA GALA kg

2,49

ABOBORA JAPONESA kg

1,79

MARACUJA kg

3,99

ABOBRINHA ITALIA kg

2,29

PONKAN kg

1,89

BATATA kg

1,59

GOIABA VERMELHA kg

2,59

BATATA DOCE ROXA kg

1,89

MANGA TOMMY kg

2,49

BERINJELA kg

3,69

ABACATE kg

1,99

MANDIOQUINHA kg

3,79

LARANJA PERA kg

0,89

CEBOLA kg

1,99

LARANJA PAC 3kg

2,49

CENOURA kg

3,69

LIMAO kg

1,69

CHUCHU kg

1,29

COCO kg

2,99

MANDIOCA kg

1,49

CARAMBOLA kg

2,49

PEPINO COMUM kg

1,89

MAMAO FORMOSA kg

2,39

PIMENTAO VERDE kg

4,99

MAMAO PAPAYA unid

3,49

BETERRABA kg

1,59

PERA

5,99

MILHO VERDE BJ

2,89

UVA ITALIA kg

5,99

PINHAO kg

3,49

UVA RUBI kg

5,99

TOMATE

3,49

21 e 22/7 COXAO DURO kg

13,90

FRANGO Kg

3,89

COXAO MOLE kg

15,90

COXA RESF. Kg

4,49

LAGARTO kg

14,90

PEITO RESF. c/ osso Kg 5,29

PATINHO kg

14,90

ASA RESFRIADO Kg 5,99

CONTRA FILE Kg

17,90

BISTECA SUINA kg

7,45

ALCATRA Kg

17,90

PERNIL C/OSSO kg

5,45

PEITO S/OSSO kg

6,98

COSTELA FRESCA SUINA KG

9,90

OFERTAS VÁLIDAS DE 20 a 26/7 OU ENQUANTO DURAREM OS ESTOQUES

VINHO PERGOLA 1l

10,90

FERMENTADO CAROLINA C/6 480g

2,98

FAROFA KISABOR 500g

2,29

MAIONESE KISABOR 500g

1,99

BISC FESTIVA RECH

0,68

CREME LEITE MATILAT 200g

1,38

ACHOC ITAMBE SACHE 400g

2,39

MILHO PIIPOCA KISABOR 500g

1,89

CREME SKALA 1kg

3,99

LEITE HID SKALA 500g

3,99

ARROZ FOLLETO TIPO 1 PC 5KG

7,29

432  

edição 432 do jornal correio juquery de mairiporã