Issuu on Google+

O jornal Correio do Gama fotografou as duas feiras no mesmo horário no dia 15 de julho e constatou uma grande decepção para os pequenos comerciantes do shopping popular do Gama Página 06 Fotos: Lúcio de Oliveira

Shopping Popular Gama - 15/07 ao meio dia

Gama - Cidade sem cultura . páginas 04 e 05.

Polícia - Presos ladrões de chácaras no Gama . página 07.

Futebol - Itamaracá: a sensação do GAMADÃO. página 07.

Transporte - Paradas de ônibus em total abandono. página 06.

Roda Viva - Cícero Miranda. página 06.

Cine Itapuã - Abandono total. página 05.

Dicas de beleza - Andréia Portella comenta duas grandes preocupações da mulher: pele e cabelo. página 03.

Feira dos Goianos (Clube Flamboyant) - 15/07 ao meio dia


Editorial / Opinião

Agosto de 2009

2

Uma trajetória vitoriosa da banda MESH IN VILLE Esta história começou nos idos de 1978. Com a vontade de fazer cultura na cidade do Gama, nasceram cinco jovens que acreditavam poder, de certa forma, dar um novo rumo às suas vidas e ao mesmo tempo despertar o interesse em outros tantos jovens da cidade. ram eles: Lúcio de Oliveira, (à época ator amador do grupo de teatro Los Artes do Gama, que tinha como palco principal as escolas públicas (CG, Centro 05, Centro 07, Grupo 04 - isso mesmo: a escola 4 chamava-se grupo 4 - na Quadra 25, Setor Oeste) e no hoje abandonado Cine Itapuã), Mazinho Santana, recém formado no curso de bateria ministrado pelo saudoso Professor e Sargento do Corpo de Bombeiros de Brasília, Adilson Menezes (falecido em 2004), Roberval Nascimento, um talento nato, este já nasceu cantando e encantando com aquela voz linda que inebria até hoje, Davi do Contra Baixo, simpatia em pessoa, um ser humano especial, e, para completar, a revelação das guitarras naquela época, grande Jadir, músico de ouvido, mas da melhor qualidade. Eles juntos formaram a primeira Banda de Baile desta cidade, já no final da década de 70, geração de Renato Russo. Por falar em Renato Russo, quem não se lembra do nosso Mazinho Santana tocando com o Renato na Banda Aborto Elétrico lá

Foto: Correio Braziliense - Arquivo (1979)

na antiga amarelinha do saudoso Baixinho, foi uma festa linda. Mas voltando a história de como nasceu a Banda Mesh in Ville, após os cincos aventureiros terem conquistados todos os públicos da nossa cidade, partiram rumo a novas conquistas. O ápice chegou com uma fenomenal apresentação no teatro garagem do Sesc na 913 Sul, em abril de 1979, onde surgiu um convite do empresário Di Genio, para que a “Banda Qualquer Coisa” se apresentasse como convidada no festival de musica do Colégio Objetivo (FICO) realizado no ginásio da PM, no Setor Policial Sul ao lado da Banda Paralamas do Sucesso, que logo estourou no Brasil e da Banda Mel da Terra. Após uma breve turnê por Brasília, a Banda Qualquer coisa voltou para o Gama e Lúcio de Oliveira, com mais experiência, increveu-a no 1ª Festival de Musica do Gama, idealizado por um dos maiores produtores de eventos de Brasília, Márcio Vieites. Escrita por Lúcio, a música “Paz da Emoção” foi defendida pela Banda com a brilhante interpretação do melhor vocalista da cidade

1979 - Lúcio, Mazinho, Roberval, Jadir e Davi

Mesh in Ville - uma mega produção para formaturas e bailes

Roberval Nascimento, levantando o publico presente no ginásio coberto do Gama. Já nos anos 80, a Banda recebeu um convite para gravar uma fita demo K7, e levar ao Rio de Janeiro na gravadora Som Livre e na extinta EMI ODEON. Lúcio (à época o mais velho - 18 anos) e Banda seguiram para o Rio em um Ford Corcel GT, ano 1974, de propriedade do vocalista Roberval. Foram exatamente 25 dias batendo de porta em porta e não conseguiram encontrar o tal em-

O caos urbano é dominante Ariomar Nogueira, arquiteto e morador do Gama diz que urbanização não acompanha crescimento desordenado

Entrevista concedido ao jornal Tribuna do Brasil em 07/04/2009

região administrativa do Gama encontra-se caótica urbanisticamente. É assim que o arquiteto e urbanista Ariomar da Luz Nogueira, 63 anos, define a cidade-satélite. Criada há 48 anos, a região cresceu e junto com o crescimento multiplicaram-se os problemas. Dentre os principais, Nogueira aponta: calçadas estreitas, postes nas calçadas e balões perigosos. ”Na maioria das calçadas daqui, os pedestres têm pouco espaço para andar, já que são muito estreitas, e ainda há placas e postes, diminuindo ainda mais esse espaço”, adverte o arquiteto, que dedicou parte da sua vida a fazer estudos sobre a questão urbanística da região, tendo já publicado duas cartilhas sobre o assunto, intituladas Dever de Ofício, além de dois livros. Ele anuncia para breve o lançamento de mais um trabalhado, Traços e Pinceladas, também sobre o tema.Segundo Nogueira, as calçadas causam grandes pro-

blemas para quem utiliza cadeira de rodas. Ele ressalta que em relação a rampas e passarelas a região foi planejada de maneira equivocada, “porque elas não facilitam o trajeto dos cadeirantes”. O arquiteto entende que as rampas de acesso para cadeiras de rodas deveriam ser construídas com um espaço de, no mínimo, 1.5 metro antes da elevação, e com baixa inclinação. De acordo com estudos do arquiteto, a inclinação atinge um palmo, o que a faz ser bem maior do que o suportado pelo cadeirante. MONUMENTOS - Visando preservar espaços públicos do Gama, Nogueira construiu mais de 20 monumentos, como: o Periquito, no balão da entrada do Gama; homenagem aos 40 anos da cidade, em frente à Administração Regional; o Cantador, em frente ao cinema; e coração de 11 metros, no parque da cidade. Mais gente pode piorar cena - Nogueira explica que a cidade conta com o mesmo sistema viário de 20 anos atrás. “Está cada vez mais difícil andar no Gama. Vejo constantemente as pessoas arriscando vidas nas travessias, sem sinalização”, frisa. Para o estudioso, a solução é criar, na Administração Regional, uma equipe de planejamento urbano. “Se o Gama precisasse tirar um alvará de funcionamento, não o receberia, porque as questões urbanísticas estão ilegais”, compara. Ariomar disse ainda que, ultimamente, a cidade do Gama tem sido beneficiada por um grande volume de obras de urbanização. Com exceção das obras de drenagem, as demais se encontram com erros e vícios. Por quê? A meu ver, como arquiteto e urbanista de ofício, isso se deve à falta de uma equipe de planejamento urbano de ofício na Administração Regional. Devido à perpetuação de erros, cheguei ao meu limite de paciência e elaborei documento de comprovada veracidade técnica, protocolando-o em 19 de maio nos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e no CreaDF. Com relação às obras mostradas no documento, destaco a urbanização recente no Setor Leste, declarada concluída em março. “Foram executadas e recebidas pelos gestores públicos com erros e vícios! Estão impróprias para o uso, pois contrariam as normas de acessibilidade” - explicou

presário da Som Livre que lhes tinha convidado para uma pré-gravação. Decidiram, então, irem até à Rede Globo de Televisão, onde falaram com um dos diretores da emissora à época, e já famoso Jardel Filho (já falecido), que lhes disse que o tal diretor da Som Livre estava em viagem ao USA, e não tinha data para voltar, porém, convidou-lhes a assistirem à gravação do Especial de Final de Ano do Rei Roberto Carlos, só isso já valeu a pena daquela viagem ao Rio de Janeiro. Sentados

na última fileira do antigo teatro Fênix, maravilharam-se com aquele espetáculo lindo. De volta a Brasília, e assim como tantas outras bandas e por motivos diversos, desfez-se a Banda Qualquer Coisa. Roberval e Mazinho seguiram carreiras solo e foram tocar na noite, Lúcio de Oliveira trocou as incertezas da música por uma confortável e segura carreira de Servidor Público (nas horas vagas realizava eventos diversos), Jadir entrou para igreja de crente, Davi do baixo casou-se e mudou-se para Cristalina. Após 10 anos do desfazimento da Banda, Lúcio foi trabalhar na noite de Brasília realizando eventos no Teatro Garagem a pedido do então Presidente do SESC, Sr. Nilton Rossi (pai do cantor Gleno Rossi). Em 1985, foi empresariar a dupla Ruy & Rey, e, devido às dificuldades em encontrar músicos para acompanhar a dupla, Lúcio montou, juntamente com seu irmão e fiel amigo Mazinho Santana a Banda Livre e assim ficou Ruy Rey & Banda Livre. A dupla mais tarde se desfez e a Banda Livre, com outra formação, passou a se chamar Banda Mesh in Ville, e essa história todos já conhecem, Mesh in Ville, uma banda de Baile que faz formaturas por todo o Distrito Federal e em outras partes

do Brasil, Feiras de Amostras, Rodeios, Aniversários de Cidades, Carnaval, etc. Reconhecida há mais de 20 anos pelo talento de seus músicos e habilidade de seu empresário Lúcio de Oliveira, aclamada por seu repertório variado, a Banda Mesh in Ville vém trilhando uma carreira de sucesso. A capacidade de satisfazer grupos distintos, sempre atentando para o mix de épocas e ritmos, tem sido estas as razões principais para cativar platéias por onde passa, consolidando-se no mercado artístico como a banda preferida nos mais variados tipos de eventos. Tendo a qualidade de seus shows como primazia, a Banda Mesh in Ville conta atualmente com uma equipe de doze músicos, três vocalistas, quatro dançarinos, roadies, djs, coreógrafo, cenógrafo, técnicos especializados e uma super produção, que inclui o que há de mais moderno em Sonorização Digital, Iluminação Computa-dorizada, Lasers de Última Geração, Sky Paper, efeitos especiais, palcos modulares e cenários o que garante sucesso absoluto nos vários shows que a banda costuma realizar por todo o país. Esta é uma história de perseverança e de amor à arte que estes artistas fazem pela cultura de nossa cidade. Contatos: 61 8575-9806 e/ou 8433-0728.

Estrutura - som, palco e luz, para baile, shows e formaturas

25° Festival de Música Popular do Gama Pela revitalização do Parque Recreativo do Gama (Prainha)

Inscrições Abertas!

Participem! Será uma grande festa cultural

úsicos, compositores e intérpretes: criem, façam um trabalho inovador, preparem bem suas canções e façam suas inscrições nas Administrações Regionais das cidades do DF – DRC’s (Diretorias Regionais de Cultura). Informações gerais, regulamento e ficha de inscrição à disposição no site www.fmpg.com.br O 25º FMPG será realizado nos dias 02, 03 e 04 de outubro, fazendo parte das comemorações dos 49 anos do Gama e inaugurando o novo e fabuloso espaço cultural da cidade, o Anfiteatro, no Centro Esportivo do Gama – Bezerrão, com capacidade para cinco mil pessoas, sendo duas mil sentadas. A Comissão Organi-zadora – CO/FMPG está trabalhando para valer, preparando o palco aonde centenas de artistas vão se apresentar, inclusive Paulinho Pedra Azul e a banda Plebe Rude, que iniciou sua trajetória no 3º FMPG (1982). A premiação está ótima, somando mais de doze mil reais e Troféus Candango para as três melhores músicas, melhor letra, melhor arranjo, melhor intérprete e para o primeiro lugar, segundo o júri popular. De acordo com o coordenador do festival, o professor Márcio Vieites, a continuidade desse rico processo cultural é de suma importância por proporcionar a centenas de artistas condições dignas e necessárias para apresentar seus trabalhos a um grande público, e também por milhares de pessoas terem a oportunidade de assistir a um evento artístico cultural de boa qualidade gratuitamente. O 25º FMPG é uma promoção do GDF – Secretaria de Cultura; Administração Regional do Gama; e Ministério da Cultura. Apoio: Correio do Gama


3

Cidade / Beleza

Agosto de 2009

Água empossada na porta de moradora já vai fazer níver!

Comentários e sugestões: correiodogama@hotmail.com

Fotos: Lúcio de Oliveira

ona Maria de Lurdes, moradora da quadra 01 conj. F, casa 308 setor norte, diz que não agüenta mais ficar ilhada toda vez que chove ou mesmo um vizinho lava um carro na sua rua. Ela diz que toda água de chuva ou dos vizinhos lavando carro até mesmo calça-da, empossa na porta da sua residência causando um transtorno terrível. Dona Maria já ligou para o 156 por di-

versas vezes e nada foi feito, ligou também para administração do Gama e ficaram de resolver e também até hoje nada. Dona Maria, não esquente a cabeça não. Pois, com essa onda do governo querer fazer piscinão na cidade, quem sabe eles já estão programando começar pela frente da sua casa? Não é mole não. Contribuinte além de pagar caro, SOFRE PRA CACHORRO

Prontidão em toda a cidade

Vergonha em frente ao HRG

Duas grandes preocupações da mulher: PELE E CABEL O CABELO Aí vão algumas dicas para você arrasar...

Cuidado eles estão espalhados por todos os lados... Calma não e a polícia não, são os cones. Por onde voce anda no Gama voce encontra uma barreira de cones nas ruas. Será que eles agora e que estão fazendo o policiamento da cidade? Deve dar muito trabalho para esparramá-los nas avenidas. Seria mais prático e mais benéfico se o contribuinte se tivesse ao invés de cones, policiais de verdade nas ruas. Já que perguntar não ofende, onde estão os verdadeiros policiais da nossa cidade?

É preocupante o descaso da fiscalização com as barracas instaladas ao lado do HRG. Além de promoveram uma imagem horrível ao ambiente as barracas invadem as calçadas, os alimentos ninguém sabe de onde vêm, não tem banheiro para suas necessidades, vendem bebidas e atuam na mais explícita verdadeira irregularidade. Mas, um dia isso pode acabar. Dia desses o Governador Arruda esteve no hospital e deu seu recado para os barraqueiros. “Vamos construir tudo novo aqui, tá “bam” procês”?disse ao bom som e viva voz. Tudo isso se deu na porta do HRG. Vamos esperar pra ver.

Correio do Gama, o autêntico porta voz da comunidade Gamense Luís Carlos Oliveira

jornalismo alternativo vem ganhado a cada dia mais importância ao informar com precisão e credibilidade os acontecimentos locais, o que não é feito pela imprensa comercial, que, de um modo geral, tem como foco fatos e acontecimentos em escala nacional e internacional e matérias que vão de encontro aos interesses de sua linha editorial. É nessa perspectiva, a de bem

informar a comunidade Gamense, e diga-se, de forma transparente e imparcial que neste mês de agosto, começa a ser contada a história de um novo Jornal. É sabido que a cidade do Gama conta com alguns noticiosos de renome, porém, em algumas vezes tendenciosos politicamente, omitindo o trabalho de alguma personalidade, temendo algum tipo de represália por parte de um segmento, grupo político que não concorda em cortar o cordão umbilical com o poder, mantendo a comuni-

dade de pires na mão em busca de melhorias para seu ciclo, como se isso fosse prestação de favores. Por não concordar com informações subtendidas, trunca-das, distorcidas e que na maioria das vezes são palavras colocadas na boca desse ou daquele morador é que o Jornal Correio do Gama surge para romper essa barreira. O Correio do Gama vem para ser preciso e imparcial, mesmo que para isso tenha que contrariar alguns interesses e optar por seu meio próprio de so-

brevivência. Com uma linha única editorial, a de bem informar. O Jornal Correio do Gama será presidido pelo produtor de evento, repórter policial com registro na DRT/DF 5452, empresário do ramos de serviços da qual é majoritário da empresa LC Serviços LTDA, com sede no Gama, geradora de vários empregos, e mantenedora do mais novo veículo de comunicação do Gama, o jornal Correio do Gama.

Este espaço está reservado para você leitor que queira fazer reclamações, sugestões, críticas, desabafos e elogios. Entre em contato pelo fone: 8575-9806 ou envie seu e-mail: correiodogama@hotmail.com que nos teremos o prazer em publicar.

COMO CUIDAR DA LIMPEZA DO SEU ROSTO Para a beleza da pele, limpeza é fundamental. Esse cuidado simples não toma muito do seu tempo e garante uma pele luminosa e saudável. - Pela manhã: a higienização remove as secreções eliminadas durante a noite e “acorda” a pele, preparando-a para a hidratação. - Evite lavar o rosto com água quente. Para a sua limpeza ser bem-feita, você deve usar água morna ou fria. A água quente resseca a pele e as rugas aparecem. Molhe o rosto com água fria ou morna, de preferência aplique um sabonete líquido com glicerina fazendo movimentos circulares e ascendentes com os dedos em todo o rosto. - Enxágüe o rosto com bastante água. Repita o enxágüe para garantir que o produto foi removido, o acúmulo do produto deixa a pele opaca. - Seque, pressionando com delicadeza uma toalha bem fofa sobre o rosto, deixando-o um pouco úmido. Jamais esfregue a toalha no rosto. - Aplique um creme para o dia, não se esquecendo do protetor solar que é indispensável contendo FPS 15 e Antiidade, podendo assim fazer uma prevenção contra o câncer de pele. - À noite: produtos de limpeza eliminam as impurezas acumuladas durante o dia, como óleo, poluição, pó e maquiagem. Essas sujeiras do dia ficam impregnadas na pele, portanto, use um algodão embebido com loção. Importante: mesmo que esteja exausta, jamais vá dormir sem limpar o rosto: a pele fica opaca e sem vida. - Espalhe um pouco de loção de limpeza na testa, nariz, bochechas e queixo. Remova o produto com algodão, sempre de baixo para cima. Este gesto elimina as impurezas do rosto. Depois, enxágüe com água em abundância; Após a limpeza use um creme específico para noite que contenha dexpantenol e perda de volume da pele com hidratação. Assim a sua pele ficará com aspecto mais jovem e bonito, tornando-os parte da rotina de cuidados com a sua saúde. CUIDADOS COM O CABELO Cuidar da beleza e saúde dos cabelos exige conhecimento e atenção constante, só assim você vai esbanjar muito charme. - Primeiramente você deve ter uma alimentação saudável, contendo proteínas, muitos vegetais e bastante água, para manter a vitalidade do fio do cabelo; - Os cortes periódicos também são fundamentais para remover as pontas.

sugestões: correiodogama@hormail.com


Agosto de 2009

4

Credibilidade e Prainha

transparência

A antiga prainha que era o maior orgulho da comunidade do Gama e que hoje só existe na memória dos mais antigos, foi sem dúvida o maior crime ambiental causado pelo homem, tudo em nome de um progresso que até hoje não conseguimos enxergar.

não são o forte da

Administração do Gama No mínimo um crime de prevaricação foi acometido pelo ex administrador Donizete Andrade que se calou diante de tantas evidencias contidas nas mãos, que o mesmo recebeu durante sua gestão, do mesmo mau o novo administrador Neildo Furtado padeceu, porque segundo Donizete Andrade informou a um jornal, ele teria repassado as informações ao atual administrador do Gama, ambos se enquadram no artigo 319 do código penal Brasileiro por terem cometido um crime contra administração pública ao deixarem de apurar as noticias graves. Já o falastrão do atual administrador que como sempre quer resolver os problemas da cidade na arrogância ou na brutalidade, acusa pessoas nascidas na cidade que tentam dar um ponto final nas mazelas em questão tentando desacreditá-las perante a comunidade usando adjetivos nada adequados para o cargo que o mesmo ocupa sabe-se lá a que preço. Alem da pouca aceitação que perdura contra a pessoa do atual administrador, ele demonstra que vai fazer uma administração do tipo “deixa como estar para ver como é que fica’’. Com isso somente nos resta pintar nossas caras de palhaços e ficarmos torcendo para que as eleições cheguem e nossa cidade, cujo processo eleitoral fará com que fiquemos livres para sempre destes “faz de contas de administradores regionais’’ que o povo do Gama sempre repudiou. Delegacia não e lugar de apurar irregularidades administrativas não seu administrador regional,o primeiro passo e uma sindicância há o senhor não conhece né (A lei diz,não precisa de documentos para apurar, basta ouvir dizer ok) As notícias foram claras e objetivas, não foram apuradas porque algo de muito podre deveria vir à tona. Quero somente lembrar a todos que este tipo de irregularidade e repudiado pela Lei do servidor público 8112/90, Artigo 143 que diz: “A autoridade que tiver ciência de irregularidade no serviço público é obrigada a promover a sua apuração imediata, mediante sindicância ou processo administrativo disciplinar, assegurada ao acusado ampla defesa”. E ainda a LEI Nº 9.784, DE 29 DE JANEIRO DE 1999, no seu Artigo 4º que expõe os seguintes argumentos: São deveres do administrador perante a Administração, sem prejuízo de outros previstos em ato normativo: I - expor os fatos conforme a verdade; II - proceder com lealdade, urbanidade e boa-fé; III - não agir de modo temerário; IV - prestar as informações que lhe forem solicitadas e colaborar para o esclarecimento dos fatos. Mesmo conhecendo esses dispositivos, o Administrador se nega a apurar um fato, corriqueiro e de conhecimento de toda comunidade Gamense. Governador Arruda abra o olho: o pior cego e aquele que faz questão de não ver. Não adianta o senhor sempre que vir ao Gama ficar relembrando reclamando em relação ao seu baixo índice de popularidade na cidade, mesmo diante das inúmeras obras que trouxe em benefício desta comunidade. Popularidade se adquiri ouvindo o povo, acatando suas reivindicações. Aqui, no tocante aos administradores, o senhor tem feito sempre ao oposto do que povo deseja para comandar os rumos políticos e administrativos desta querida cidade.

Espaço para descanso e lazer em ruínas (prainha)

O mau cheiro é insuportável (prainha) Do imenso espelho d’áuga que deu lugar ao balão de acesso a Santa Maria (DF 20), resta apenas um filete de água poluído, insistentemente chamado de córrego, transportando detritos e esgotos gerados por uma grande empresa local. Como consolo para a comunidade, separaram parte do que sobrou do exuberante e inesquecível cartão postal, dando-lhe o nome de Parque Ecológico e Recreativo do Gama, com promessas de preservação, manutenção, segurança e comodidade para os usuários, palavras essas levadas pelo vento ou guardadas a sete chaves em um cofre pra lá de bem seguro. A comunidade prejudicada, jamais se conformou com tal perda. Prova disso são as reivindicações, manifestações e denúncias uma atrás da outra, mostrando o descaso que as “autoridades” promovem com o bem público. Após receber denúncias da comunidade sobre o descaso com o Parque Ecológico da Prainha, Donizete, administrador na época, fechou uma parceria com a Guarda Nacional de Proteção Ambiental e com o IBRAM para a revitalização do antigo local de lazer dos Gamenses. Em declarações públicas, Donizete garantiu à comunidade que o pontapé inicial da revitalização aconteceria a partir do dia 16 de junho, data em que terminaria o 1º Curso de Agente Ambiental da Guarda Nacional, no Parque Ecológico da Prainha. Como palavras o vento leva, até agora a recuperação da prainha não saiu do papel. Olhar para o que era um patrimônio da comunidade Gamense dá dó, principalmente quando o governo veda os olhos e faz questão de não enxergar o problema.

O fim de uma cozinha (prainha)

Entrada da prainha, uma vergonha Na entrada, uma deprimente guarita abandonada, quase coberta pelo matagal, isso sem contar o rastro da sujeira acumulada ao longo dos tempos. Essa é a imagem atual do parque, conhecido por toda a região como “Prainha”. A Revitalização, inclusive a colocação de policiamento efetivo dentro do parque, com rondas constantes e a presença de guardas ambientais fiscalizando o local não passou de conversa para boi dormir. As piscinas, trilhas, quadras poliesportivas, espaços diversos para a prática de esportes e a caminhada que era feita com tranqüilidade, banheiros, churrascqueiras, parque para crianças, palhoça com cobertura colonial, cozinha com mesa de azulejo, tudo isso acabou (veja fotos). Ali, sobrevivem somente às árvores, córregos e cachoeiras, isso porque a própria natureza se encarrega de cuidar. O que um dia foi orgulho para as comunidades do Gama, Santa Maria e Novo Gama, segundo moradores e Policiais Militares que não quiseram se identificar, hoje, se transformou em esconderijo de bandidos e outros criminosos.

Panificadora Roma inaugura unidade no Setor Norte do Gama om uma vasta experiência adquirida após vários anos no ramo de panificação, os sócios Devair Francisco e Jéferson Lopes inauguraram mais uma panificadora, dessa vez, beneficiando a comunidade do Setor Norte do Gama, precisamente moradores da quadra 01. A partir de hoje, o empreendimento conta com quatro unidades do segmento, sendo duas no Setor Sul, quadra 01 e quadra 02, e outra na quadra 24 do setor Leste. De acordo com os sócios, com os anos dedicados na implantação das panificadoras, os resultados não poderiam ter sido melhores e os clientes, bem servidos, comemoram junto com os proprietários a nova fase da casa. “Ficamos emocionados com as manifestações de satisfação dos clientes com a nova padaria. Eles viram o nosso empenho e luta para concretizar

Prainha - equipamentos degradados

Desperdício de água 24h por dia (prainha)

Fotos: Lúcio de Oliveira

esta ampliação e nos prestigiaram de modo incondicional. Recebemos muitos elogios, cumprimentos, uma reação fantástica”, conta Devair. Segundo ele, a inauguração de uma Os sócios Devair Francisco e Jéferson Lopes padaria do grupo na quadra 01 do Setor Norte do Gama, era uma necessidade antiga da dos moradores locais. Prontificamos-nos em atender a contento todos os nossos consumidores. “A prova disso é que investimos com satisfação, oferecendo um bom atendimento, espaço e conforto”, diz. A Nova padaria começa achamar atenção pela fachada, uma obra linda, porém, um convite irrecusá-vel para o cliente entrar e poder escolher o que quiser dentre uma série de delícias que chamam atenção nas vitrines. “É um prazer muito grande vermos o resultado de todo o nosso empenho reconhecido pelos clientes”, conclui Jéferson Lopes. Unidade QD 01 Setor Norte - Frente ao SESI do Gama


5

Agosto de 2009

Fotos: Lúcio de Oliveira

Cine Itapuã

As imagens mostram o descaso dos gestores públicos do Gama com a Cultura e o Lazer Fotos: Lúcio de Oliveira

Cine Itapuã - um cinema mudo e acabado

r em ruínas (prainha)

radados

nha)

Coreto da praça do Cine itapuã entregue aos pichadores

Inaugurado em 1961 e inserido na história de Brasília por ser um dos primeiros cinemas da capital da república, mesmo tendo sido transformado em Centro Cultural Itapuã está fora de atividade há vários anos, obrigando o morador do Gama a se deslocar para outra cidade ou para o Plano Piloto quando sentir vontade de assistir a um bom filme. A Revolta dos moradores, principalmente da juventude é tão grande que chegam ao ponto de afirmar não verem boa vontade e muito menos a iniciativa da administração em querer reformar ou revitalizar nada na cidade. Os moradores mais tradicionais também não hesitam em jogar nas costas do governo, principalmente da Administração regional do Gama a permanência e até mesmo a ocupação desses antigos lugares por traficantes, usuários de drogas e todo o tipo de vândalos. “Se esses locais fossem recuperados, seriam freqüentados por outra camada de pessoas. Eu mesmo sinta saudades dos filmes que assistia no antigo Itapuã” – diz Júnior. A Administração do Gama se defende alegando que passa por dificuldades de documentação junto ao Governo do Distrito Federal para concluir a revitalização das salas do cinema, alegando que o prédio foi uma doação feita pelos comerciantes locais e não é fácil passar para o nome do GDF. A explicação não convence moradores que não poupam críticas à Administração que ainda denunciam avista grossa da fiscalização em relação à destruição causada por tratores e caminhões, nos gramados destruídos que ao invés de se transformarem em locais para lazer de crianças, são ocupados por no máximo dois ou três prédios. De uma forma geral o lazer no Gama acabou. A criança já não tem espaço para brincar já que no centro da cidade, a praça “existente” está suja e totalmente quebrada, retratando o desleixo dos gestores locais pela coisa pública. No Setor Leste, a Praça Lourival Bandeira há muito tempo não atrai moradores. Com apenas 10 anos de existência, ela está suja e pichada milímetro por milímetro. É mais um espaço que a administração, por falta de compromisso e cuidado, deixou ser adotada pelo vandalismo São anos de reclamações e a promessa é a mesma: “vamos olhar com mais atenção”-prometem os gestores. Só que o descaso com as praças não param por aí. No Setor Norte, espaço mais nobre do Gama, que fica na entrada da cidade, na quadra 02 setor norte, frente ao conjunto B, todos os equipamentos estão sucateados, um palco de cimento maravilhoso que faz parte do espaço da praça nunca foi usado. Nossa equipe ao visitar o local, deparou com dois jovens que lamentavam a inutilidade do complexo (praça). (Júnior (esquerda) tem 21 anos, nasceu no Gama e mora frente à praça desde os primeiros passos. Willian (direita) tem 17 anos, também nasceu no Gama. Os dois não se lembram de ter acontecido algum evento nesta pracinha desde que nasceram até a apresente data. Para completar o descaso e inoperância dos administradores dos últimos Willian e Júnior - moradores da QD 2B - Setor tempos, a praça e ao lado da Administração Regional do Gama é mais uma mostra de que o morador do Gama, principalmente os jovens não tem opção nenhuma de lazer. Na quadra deterioda e

Lorival Bndeira, símbolo do Gama, entregue à sorte (Cine itapuã)

embaixo dos bigodes do administrador, do diretor de cultura e dos fiscais, o consumo de drogas e bebidas corre a céu aberto e, os usuários preferem esse local, segundo eles, porque não são incomodados de maneira alguma. Prova disso, por ocasião da visita de nossa equipe ao local, não se importaram com a lente de nosso fotógrafo, se limitando a nos pedir que não mostrássePraça nos fundos da CEB - lixo e pichações mos seus rostos. Ainda concernente ao lazer, o parque urbano é um espaço livre de edificações, normalmente caracterizado como espaço público, no qual há tipicamente abundância de vegetação e áreas não pavimentadas, mas, sobretudo localizado dentro de uma região urbana. Nele, estabelecimentos industriais e residenciais são proibidos, e estabelecimentos comerciais são normalmente restritos a quiosques e vendedores ambulantes. Eventual- Aolescentes fazendo uso de drogas 15:00h na mente um parque urba- praça ao lado da administração no está ligado a um conjunto de equipamentos públicos de caráter cultural, como museus, centros culturais e casas de espetáculo. Um parque urbano propicia lazer e recreação aos habitantes da cidade, assim como uma apropriação lúdica do espaço público. Parques urbanos incluem muitas vezes playgrounds e campos de esportes, laguinhos e centros educativos como museus e jardins botânicos. O exemplo mais paradigmático de um parque urbano é o Central Park, em Nova Iorque, projetado por Frederik Law Olmsted, considerado o pai da arquitetura paisagística nos Estados Unidos da América. Outro exemplo semelhante é o Hyde Park, em Londres. Já exemplos bastante conhecidos de parques urbanos no Brasil é o Parque Ibirapuera, em São Paulo, o Parque das Dunas em Natal e o Parque do Cocó em Fortaleza. No gama, o parque urbano dá uma demonstração de como o dinheiro público jogado no lixo. O governo gastou quase R$ 300 mil para cercar o parque. Por falta de cuidado, manutenção e conservação, o morador fica chocado ao se deparar com alambrados quebrados, calçadas cheias de buracos ou até mesmo faltando partes levando riscos aos freqüentadores que fazem caminhado diariamente próximo ao local. O que fazer diante de uma situação de uma situação em que percebe-se que tudo se acabando por puro desrespeito de nossos homens públicos? O certo é que enquanto não se aproximar a época de pedir votos o impasse não é resolvido. Se deixarem para tomar providências somente no início da campanha de 2010, acabamse o que sobrou das praças e muitos não se lembrarão que um dia o Itapuã foi um excelente cinema.

Falta de lazer

Você procura opções diferentes e não encontra. A frase está na ponta de língua de qualquer morador do Gama quando o assunto é diversão na cidade. Num só côro, todos reclamam dos péssimos estados em que se encontram as praças e os pontos que deveriam servir para o lazer dos moradores. Segundo eles, os centros de entretenimento estão todos sucateados. A comunidade, do mais jovem ao atleta da melhor idade está totalmente insatisfeita com as poucas opções oferecidas. Parece que em se tra-

dia (prainha)

Pista de Skate (praça do castelinho)

Equipamentos esportivos abandonados (praça do castelinho)

Desperdício de dinheiro público - cerca do parque urbano está aos pedaços

Setor Norte - quadra 02

Calçada do parque urbano

tando de lazer o Gama foi esquecido. “Qualquer dia toda a população estará hipertensa pela falta de um entretenimento, ginástica, um bate bola e outras atividades”-comenta um funcionário que não quis se identificar. Alguns mais revoltados consideram o descaso uma vergonha. “Nossa cidade, por ser uma das que tem a maior tradição em Brasília, deveria ser olhada com mais atenção. Muito mais atenção do que na época de campanha política” - desabafa um morador do Setor Oeste. Sabe-se que muita coisa foi prometida pelo ex-administrador Donizete. Antes de ser substituído pelo atual, Cícero Neildo Furtado. Perplexos com a saída relâmpago do administrador, alguns descartam a esperança de verem a promessa de se construir os playgrounds para as crianças, a reforma de quadras de esportes e reativação do Teatro do Galpãozinho, que outrora abrigava projetos culturais. O Correio do Gama tentou entrevista com o atual administrador, até mesmo enviou questionário à Assessoria de Imprensa da Administração e não obteve resposta.


Cidades

Agosto de 2009

6

Shopping Popular do Gama X

Feira dos Goianos

* Comentários e sugestões: ciceromirandafilho@gmail.com

uma concorrência desleal Fotos: Lúcio de Oliveira

riado para concentrar os ambulantes anteriormente espalhados por toda a Área Central do Gama, o Shopping Popular para nada surtiu em seu efeito. Não se sabe se por falta de incentivo, carga tributária pesada ou péssima administração, muitos comerciantes andam com o nervo a flor da pele e desejando novamente voltar para as ruas que, segundo alguns, venderiam mais facilmente seus produtos e arcariam com as despesas que tanto lhes importunam, já que no espaço em que ocupam a venda não é garantida. Enquanto os corredores do Shopping Popular do Gama mais parecem um deserto com seus corredores vazios, no mesmo horário mal se pode caminhar na feira dos Goianos. A feira, que não paga imposto e funciona no clube flamboyant, é sempre lotada de clientes. Se estes clientes fossem conscientes (comprar de quem paga imposto) e se houvesse mais vontade política de nossos administradores públicos, os pequenos empresários que se instalaram no shopping popular do Gama não estariam enfrentando dificuldades para escoar seus produtos. Afinal de contas eles acreditaram na proposta do governo de que tudo seria feito para atrair os clientes da cidade para aquele espaço e o que

No dia 20 de julho, em Salvador, eu era Coordenador Geral da TV-Aratu e tive o privilégio de colocar no ar as imagens coloridas de toda trajetória da nave espacial que levou o homem a pisar na lua pela primeira vez. A tecnologia avançou centenas de anos. Destaco como pontos culminantes dessa aventura o desenvolvimento das Telecomunicações e a INTERNET que foi inventada pela NASA.

ELEFANTE VERDE 02

Shopping do Gama ao meio dia (15/07)

Feira dos Goianos ao meio dia (15/07)

A população do Gama já está chamando o Bezerrão de ELEFANTE VERDE. Alguns milhões foram investidos e o paquiderme está lá mais inerte do que crocodilo do Pantanal. Ou seja; não está sendo usado como deeria. Pior ainda: o Gamão está no caminho da 4ª. Divisão e a renda dos jogos, no momento, só está dando pra pagar os bilheteiros, porteiros e segurança.

03 O ABISMO DO ROMÁRIO 0 nosso craque está trilhando um caminho cheio de armadilhas e areia movediça que pode levá-lo a um pedido de auto-falência. Também pudera: duas moréias (enguia, emboré) sugam do seu bolso, todos os meses, em torno de R$ 100 mil reais.Desabafo de uma delas: é para pagar motorista, segurança, acompanhante, alimentação e colégio. Enfim, vida de rico! Arre égua!

VIRGÍLIO O PURO 04 Shopping Popular ao meio dia (15/07). Uma vergonha para os nossos administradores públicos

vemos hoje é varias lojas vazias ou fechadas. Alguma coisa tem que ser feita para ajudar nossos micro e pequenos empresários que ainda ficam de plantão no vazio à espera de um cliente. A concorrência com a fei-

ra dos Goianos é desleal. O Ministério Público a Administração regional do Gama que tanto cobraram a legalidade dos ambulantes transferindo os mesmos do setor central para o vazio do shopping popular do Gama, têm o dever de investigar minuciosamente a feira

dos goianos. Todas as quartas feiras, eles vêm de longe levam nosso dinheiro e nossos impostos para outro Estado com a mais pura certeza de que vão vender tudo sem serem importunados por quem quer que seja. Isso seria cômico se não fosse triste, coitado do Arruda.

Paradas de ônibus em total estado de abandono no Gama erá que algum administrador regional saiu às ruas para verificar a situação de alguns abrigos de ônibus? De norte a Sul desta querida cidade, nossa equipe saiu às ruas e deparou com cenários de vandalismo e descaso. Até em pontos considerados modelos, a estrutura está maculada por pichações. Sabemos que o governador determinou aos administradores que trabalham para consertar os estragos, muitas vezes fruto de vandalismo e, nos lugares em que não existem abrigos, enviem solicitação ao DER para implantação imediata de uma parada no local. Na administração, não se sabe se por má vontade, preguiça ou omissão ninguém dá a mínima para o assunto e quando questionados por algum órgão de imprensa a resposta sempre é a mesma: “A imundice dos abrigos de ônibus e a pichação continua acontecendo pela dificuldade que temos em flagrar pichadores”. É bom que se diga que estes não são os únicos tipos de sujeira que predominam nas paradas do Gama. Quanto à sujeira provocada por anúncios e propagandas políticas cabe a pergunta de nossa redação: “Porque não processar aqueles que colam propaganda, totalmente identificados, com nome, endereço, telefone”?- As próprias autoridades locais já possuem para cativa para a colagem de cartazes e propostas para as próximas eleições. Toda a população sabe disso. Para coibir a depredação, o van-

01 LUA 40 ANOS

dalismo geral para com as paradas de ônibus, deveriam colocar placas educativas alertando pela conservação do patrimônio. Aconselhável também seria necessário uma ronda diária, feita por um fiscal ou um uma equipe de trabalho num trabalho ostensivo com o único objetivo de flagrar os praticantes de tal ação. Gente suficiente para isso a administração tem. Afinal, o trem da alegria tem no cabide de emprego centenas de funcionários que fingem trabalhar e que vão apenas cumprir a presença. Passam o dia fumando, batendo papo, sem dar o mínimo de produção nas oito horas diárias em que foram comissionados para desempenhar alguma função. Se o medo é desagradar esse ou aquele deputado, convoque um mutirão com a comunidade. Dêem cal ou tinta que a comunidade pinta as paradas. Ou melhor, nós pintamos. O certo é que a comunidade não deve calar. Tem mesmo é que cobrar, saber em que tipo de serviço está sendo aplicado o dinheiro repassado todos os meses para as pequenas e essenciais obras. Se a comunidade é quem paga, tem todo o direito de cobrar e saber em que estão gastando o seu dinheiro. Os governantes deveriam dar mais atenção aos usuários dessas paradas de ônibus. Esses problemas (obras) são bastantes pequenos para deixarem que sejam resolvidos somente em época de campanha. A situação de quem precisa do abrigo de ônibus está cada vez mais com-

Fotos: Lúcio de Oliveira

Pois não é que descobriram uma pisada falsa do Senador Arthur Virgilio, o grande carrasco do Sarney? 0 homem mantinha um apaniguado ganhando 10 mil reais por mês desde 2007, em Barcelona. Devia ser para bater palmas e fazer torcida para o Ronaldinho Gaúcho.

05 SARNEY A RAPOSA Enquanto isso, cercado de “amigos e correligionários” lhe atirando mais pedras do que os fariseus em Maria Madalena, Sarney foi saindo do tiroteio, de mansinho, devagarzinho, e conseguiu com o recesso uma trégua que vai até agosto quando a turbulência já estará a meio pau.

DESTAQUES NO SENADO 06 Uma enquete revelou os senadores destaques do semestre que passou. MELHOR HUMORISTA: Mão Santa (Piaui) Suas piadas estão no nível das do Mazaropi. MELHOR MUY AMIGO: Pedro Simon (RS) Seus ataques venenosos contra Sarney vêm sempre com a auréola –”estou pedindo que renuncie porque sou seu amigo.” MELHOR FALA NADA: Cristovam Buarque (DF). Está sempre falando, só que a gente não entende patavina do que ele diz, horas a fio. Êta homem bom!

07 SUCESSÃO Setembro está chegando com o primeiro panorama das eleições do próximo ano. No dia 30 termina o prazo para mudança de partido, filiação, domicilio eleitoral. Se o vento não mudar de direção, o PMDB terá seu candidato (Roriz), o DEM (Arruda), PTB (Gim), PT (Agnelo), podendo correr na raia ainda o PDT (Regufe ou Cristovam). É possível ainda, que algum pré-candidato a senador, preterido, dispute por uma legenda menor tipo PR ou PRB.

PLANTADORES DE NOTÍCI- 08 No joga-joga das “noticias plantadas”, aquelas no AS plicada. Quando tem sol, o usuário é obrigado a suportar o calor escaldante, quando tem chuva, tem que enfrentar a chuva. “Se tivesse algum figurão do governo aqui no Gama que apanhasse ônibus para trabalhar, a situação das paradas logo seriam resolvidas. Como só tem eleitor consertam na época da campanha e na véspera da eleição vem cobrar o voto como se tivesse feito um favor para a comunidade”- reclama o senhor José que trabalha no lago Norte e pega ônibus às seis da manhã. Como se não bastasse o descaso com

as atuais paradas, os administradores fogem da responsabilidade jogando o problema para a alçada do DER. O todo poderoso Alberto fraga, secretário de Transportes, dono de um pedantismo ímpar, faz pose em frente às câmeras e diz que em relação às paradas de ônibus, terão prioridade os locais mais distantes e os que não tenham nenhuma proteção para os passageiros. Enquanto ele não define a lista das primeiras paradas a serem construídas e recuperadas, o usuário tem que tomar sol e chuva na moleira até que se aproxime a próxima eleição.

estilo fófoquinha, missa encomendada para defunto ruim, conheço alguns “cobras”: Renato Riela, Carlos Honorato, Claudio Humberto e o tarimbado Weligton Moraes.

09 FREJAT O MÔSCA Nas eleições passadas o deputado Jofran Frejat elegeu-se pelo PTB com grande apoio partidário. Na posse, dia 2 de fevereiro, dia de Yemanjá, ele tomou posse já como deputado do PR. A moeda foi a presidência regional do PR-DF. Alguns dias passados perdeu o trono para o Izalci Lucas. Arre! Disse o Burilante: “aqui se faz, aqui se paga”.

*********************************

HERÓIS DA RAPINAGEM Alguns destaques daqueles que fazem traquinagens com o nosso suado dinheirinho: a) As telefônicas que usam todo tipo de ardil para aumentar suas faturas. b) Postos de combustíveis que alteram todo instante os preços e adulteram produtos. c) TVs por assinatura, pagas. Hoje elas têm mais comerciais e programa fajutos do que as tevês abertas. “TODOS MERECEM O TROFÉU ‘URUBU REI”. *Cícero Miranda é jornalista e vice-presidente do PTB-DF


7

Polícia

Agosto de 2009

Canas da 20ª DP prendem ladrões de chácaras e fazendas na região do Gama pós mais de um mês de investigação os agentes da Sicvio da 20ª DP; Sena, Rose, Carvalho, Márcia, Cátia, Vanderli todos chefiados pelo experiente agente Zé Maria, prenderam com força de mandato de prisão, uma quadrinha especializada em roubo de chácaras e fazendas na região do Gama, o bando que no dia 27 de Maio do corrente, por volta das 20h00min, invadiu com muita violência a fazenda Paraíso no km 26,5 da BR 060, sentido Brasília/ Goiânia, Engenho das Lajes, GamaDF. Os meliantes primeiro renderam os caseiros e os levaram até a sede da fazenda usando os mesmos para chamarem atenção do proprietário que ao ouvir a voz do caseiro chamando abriu a janela e logo foi rendido pelos bandidos armados, revólveres, os quais arrombaram a porta da casa, ali adentrando. Sob ameaça de morte, trouxeram os caseiros, e as esposas dos mesmos, ordenando às duas moças que ficassem sentadas no sofá, enquanto obrigaram um caseiro amarrar o outro, amarrando posteriormente também à pessoa do caseiro deixando todos os homens presentes deitados no chão. As vitimas relatou que havia oito indivíduos no interior da casa, sendo que, enquanto alguns os vigiavam, outros subtraiam os objetos de valor da casa, sendo que as portas das quatro residências existentes na fazenda foram arrom-

badas, destruindo-se os móveis da residência sede, na busca de pertences de maior valor. As vitimas disseram que a todo instante um dos indivíduos o ameaçava de morte, apontando-lhe uma arma de fogo, enquanto dois dos assaltantes faziam vigilância permanente das vítimas, agredindo-as com chutes e pontapés, outros levavam os objetos, percebendo que, logo após, outros indivíduos retornaram para buscá-los em outro carro, pois ouviu barulho do motor de veículo diverso de sua camioneta. Ainda no interior da residência, em dado momento, um dos assaltantes que se encontrava encapuzado, colocou a arma na cabeça do proprietário da fazenda, gritando para que dissesse onde se encontrava o cofre e, caso não lhe informasse, dizia que iria matá-lo. DA ELUCIDAÇÃO DO CRIME: Os canas da 20ª DP, após vários dias de investigações, chegaram ao bando de criminosos na cidade de Ceilândia, ai passaram a monitorar passo a passo dos indivíduos, WANDERSON, UBIRAJARA, DANILO e CLAITON, ainda contando com a sorte os canas da 20 DP, tiveram o resultado da perícia de local favorável na identificação dos meliantes tendo ainda varias ocorrências em nome dos envolvidos. A reiteração da prática de roubos em chácaras na área rural do Gama tem atemorizado a população,

sendo necessária a realização do máximo de diligências possíveis com vistas a apurar a autoria e promover a aplicação da lei penal aos assaltantes, a fim de restabelecer a tranqüilidade local e fazer prevalecer à ordem pública. Comprovado a participação de todos os envolvidos no crime, os canas fizeram pedido ao judiciário dos mandatos de Prisão Temporária em desfavor de GILMAR SOUZA MENDES e CASSIO FERNANDO MO-REIRA DE SOUZA, e de Busca e Apreensão para os seguintes endereços: GILMAR - QNN 07, Conj. G, Casa 36, Ceilândia-DF, CASSIO -

QNN 23, Conj. M, Casa 14 e Casa 10 (local da reunião do grupo); WANDERSON – QNN 9, Conj. D, Casa 29, Ceilândia-DF; UBIRAJARA - QNN 09, Conj. B, Casa 20, Ceilândia-DF; DANILO - QNN 23, Conj. J, Casa 34, Ceilândia-DF e CLAITON - QNN 23, Conj. J, Casa 44, Ceilândia-DF, visando ao prosseguimento e melhor apuração do fato em pauta, com a recuperação dos bens subtraídos, apreensão de armas e identificação dos demais envolvidos. Parabéns a 20ª DP, pelo compromisso com de dá segurança a nossa comunidade.

Agentes da 20ª DP identificam acusado de matar motorista de micro ônibus em menos de 10 horas após o crime Acusado, menor se entrega na DCA

Acidentes de trânsito são constantes no Gama Conselho Comunitário do Setor Norte – GAMA/DF encaminhou no dia 10/07/ 2009 a 20ª Delegacia de Policia do Gama pedido de levantamento de acidentes de transito ocorridos no perímetro Urbano, deste a entrada da quadra 02 inicio da Praça do Lions até o final próximo a feira permanente Quadra 01. Acidentes ocorridos nas faixas de pedestres no período de 2008 a meados de 2009, e constatou-se o que já esperávamos isso é, alto índice de acidentes. Sendo que em 2002 foi pedido um levantamento no mesmo critério para que o DETRAN tomasse providencia, mas nada foi feito ate o momento, passaram-se 7 anos e o problema continua. Carros que descem em alta velocidade, faixas sem iluminação, rebaixamento do meio-fio para aces-

so de pessoas portadoras de necessidades especiais, calçamento quebrado. Principalmente em frente ao SESI, onde existe uma faixa que podemos chamá-la de “assassina” pelos danos causados as pessoas que insistem em usá-la acreditando que estarão seguras; recentemente uma pessoa foi atropelada quando passava por essa faixa perdeu a vida. O risco constante de acidentes tem preocupado os moradores do Setor Norte, quem faz uso das dependências do SESI, SESC e o estádio Bezerrão, crianças que estudam na Escola Classe 12, ou que usam os serviços do comercio local, idosos, mulheres com bebes e carrinho precisam pular o meio-fio para chegar do outro lado, correm risco todos os dias ao usar um instrumento publico de péssima sinalização. ACIDENTES DE TRANSITO –

20ª DP identifica acusado de matar motorista de micro ônibus em menos de 10 horas após o crime, acuado menor se entrega na DCA

SETOR NORTE GAMA/DF- Período 2008/até 15/07/2009. Acidente de Trânsito com vítima em (2008) 121 e 52 em 2009. Acidentes de Trânsito sem vítima- em 2008 foram 143 contra 76 em 2009. Lesão- nenhuma em 2008 e 01 em 2009. Atropelamento de

pedestre+lesão corporal na direção de veículo automotor- 12 em 2008 e 05 em 2009. Homicídio culposo na direção de veículo automotor- 01 em 2008 e 01 em 2009.Contatos: Marcos Moreno Telefone: 8443 3005 Email: 2712mmoreno@uol.com

ESPORTE - Itamaracá mais perto do título após derrotar o Setor Sul por 1x0 Fotos: Lúcio de Oliveira

Itamaracá abre cinco pontos de vantagem sobre o segundo colocado e arranca rumo ao título do Gamadão equipe do Itamaracá venceu no domingo dia 2 de agosto o time do Setor Sul por 1x0 em uma partida bastante corrida e muito disputada. Os técnicos das duas equipes tiveram que realizar algumas mudanças para tentar formar o time ideal para vencer o jogo. O técnico do Itamaracá Jhon Lennon fez três substituições, colocando Neto no lugar

de Felipe, Gilsinho no de Cleiton e o autor do gol Glauco no lugar de Alex. Segundo o treinador do Itamaracá, o jogo apesar de truncado, prevaleceu o espírito da equipe que soube aproveitar a oportunidade e abriu o placar aos 35 minutos do segundo tempo. “Avancei o time com isso conseguimos a vitória e a liderança do Gamadão” – confidenciou Lennon.

Equipe do Itamaracá

Equipe do Setor Sul

Um adolescente de 15 anos foi o autor do crime que chocou o Gama no dia 14/07, acuado por agentes da 20ª DP que o identificaram horas após o crime, o mesmo acompanhado do pai e de um advogado se apresentou à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde confessou ser o autor dos disparos que tirou a vida do motorista de micro-ônibus Ricardo Henrique de Oliveira Mendes Leite, 25 anos, na tarde da terça-feira 14/ 07. O delegado assistente da DCA, Yuri Fernandes, o encaminhou à Vara da Infância e da Juventude. Fernandes acredita que o menor será internado por já ter antecedentes. O adolescente já tem passagens por roubo e tráfico de drogas. O acusado mora na Quadra 10 do Setor Sul do Gama, bem próximo ao local do crime.

VINGANÇA DESCARTADA O delegado-chefe da 20ª Delegacia de Polícia, Francisco Duarte, descartou a hipótese de vingança. “Ele entrou no ônibus para assaltar, descarto vingança”, disse, sem comentar episódio ocorrido há duas semanas que teria levantado a suspeita de vingança.A polícia mostrou uma fotografia do suspeito para duas testemunhas que de pronto o reconheceram. Segundo Duarte, a polícia esteve na casa do menor, a família do menino teria se apavorado temendo que ele fosse linchado pela população do Gama, que estava revoltada com a morte do motorista. Com isso, decidiram apresentá-lo na DCA. De acordo com a polícia, o menor confessou ter entrado no micro-ônibus no bairro Porto Seco, região de Santa Maria próximo à Valparaízo, na DF-20, e quando só havia dois passageiros no interior do coletivo ele teria pulado a roleta e anunciado o assalto, o motorista teria entregado ao menor R$ 38.00. O acusado alega só ter atirado contra o motorista porque teria visto uma viatura policial momento em que a vítima teria feito zig-zag na pista para chamar a atenção da polícia; com medo de ser preso ele atirou contra Ricardo Henrique. Os tiros atingiram a cabeça da vítima, que morreu no local. Na fuga, o menor disse que jogou a arma no mato. SEPULTAMENTO - O corpo de Ricardo Henrique foi velado durante toda à tarde de ontem e sepultado às 17 horas. Cerca de 300 pessoas estiveram no cemitério do Gama e pediam segurança. A família da vítima estava desolada com a perda inesperada de Henrique. O clima foi de emoção e revolta. Ao saber que o autor dos disparos havia se entregado à polícia muitos demonstraram o sentimento de impunidade ao saber que se tratava de um menor. “Logo vai estar solto para tirar outras vidas novamente”, comentavam. Arruda diz: Passageiros serão revistados.O governador José Roberto Arruda determinou na manhã de ontem que passageiros de ônibus e micro-ônibus que circulam pelo Distrito Federal sejam revistados pela Polícia Militar. A escolha dos veículos a serem vistoriados será aleatória. A determinação foi uma reação à crescente onda de assaltos ao transporte coletivo no DF. Arruda se sensibilizou com a morte do motorista da Cootarde, Ricardo Henrique. “Outra ação que estamos aplicando para coibir os assaltos são as câmeras de segurança em todos os ônibus, que se encontra em fase de licitação, garantiu o governador.


Cultura / Política

Eurides Brito articula e comemora conquistas para a educação do DF

Agosto de 2009

8

Companhia “VOAR” de Teatro de Bonecos

Fonte e foto: Assessoria do Gabinete

encerramento dos trabalhos da Câmara Legislativa no primeiro semestre deste ano foi marcado por importantes conquistas para professores e auxiliares em Educação. A líder do governo na Casa, deputada Eurides Brito, empenhou-se pessoalmente para conseguir que os colegas aprovassem um reajuste salarial de 5% para os docentes, e também articulou junto ao GDF a inclusão da carreira Assistência à Educação no Programa de Inclusão Digital do governo. O reajuste salarial dos professores foi aprovado ainda no início de junho. “Esse é o cumprimento da promessa feita pelo governador, quando fomos obrigados a adiar a concessão de aumentos salariais a essa categoria, em função da crise econômica. Naquela votação, eu me comprometi pessoalmente a acompanhar o desempenho da arrecadação e a agilizar a articulação, na Câmara, para votar esse reajuste”, afirma a deputada. O aumento concedido pelo GDF terá um impacto financeiro de R$ 113,8 milhões em 2009 e R$ 136,6 milhões anuais a partir de 2010, incluindo as despesas referentes aos professores da ativa e aposentados, bem como os beneficiários de pensão vinculados à carreira do Magistério Público. O governo esclarece, na mensagem, que os valores referentes aos meses retroativos serão pagos em seis parcelas, que começaram a contar a partir da folha do mês de maio. LAPTOPS - Já no final de junho, os servidores da carreira Assistência à Educação receberam uma excelente notícia. A partir de agora, eles tam-

Eurides Brito - Deputada Distrital bém poderão adquirir computadores por meio do Programa de Inclusão Digital criado pelo GDF. E essa conquista foi possível graças à articulação da deputada Eurides Brito, que intercedeu junto ao governador para incluir os auxiliares em Educação no mesmo benefício que já havia sido garantido aos professores. O Programa de Inclusão Digital permite que os servidores adquiram computadores portáteis com desconto em folha das prestações e com benefícios. Antes restrito apenas aos professores, agora ele foi estendido também aos auxiliares e demais servidores da Secretaria de Educação, por meio do Decreto 30.494/2009. “Trata-se de uma conquista justa, uma vez que todos os servidores contribuem para a educação

de nossas crianças e jovens”, defende a deputada. No segundo semestre, o trabalho de Eurides Brito será voltado para ajudar na elaboração e aprovação da revisão do Plano de Carreira dos auxiliares em Educação. Durante os primeiros meses do ano, ela participou de reuniões de negociação que evitaram a greve da categoria e aguarda que o governo apresente a proposta de revisão do Plano de Carreira daqueles servidores. “A proposta ainda está tramitando nos órgãos técnicos do GDF, que precisam fazer os cálculos e acertar detalhes da mensagem, mas acredito que ela seja encaminhada à Câmara Legislativa em breve”, diz Eurides Brito.

companhia foi fundada no ano de 2003 por Marco Augusto, diretor e bonequeiro oriundo do grupo BAGAGEM CIA DE BONECOS onde atuou por 15 anos. A companhia tem como proposta o estudo e a prática do teatro de bonecos, levando em conta a sua milenar tradição e inovações. Também compartilha suas experiências através de oficinas e ações sócio-culturais no Ponto de Cultura Ação Cultural do Gama. Em de 2009 completará seis anos ininterruptos de atividade profissional. O grupo celebra os primeiros passos de sua trajetória com muitas apresentações dos espetáculos que foram montados no período 2003 a 2009 e compõem o repertório. João e o Pé de Feijão- 2003, O Menino maluquinho em 2005, Os Meninos verdes em 2006, A Princesa de banbuluá em 2008 e no ano de 2009, Adão. A pesquisa constante na busca da qualidade das peças produzidas tem proporcionando a seleção e premiação de seus trabalhos por curadorias formadas por pessoas de notório saber nas artes cênicas. As participações em mostras, prêmios e festivais dão a oportunidade de intercambiar e debater os trabalhos do grupo pelo Brasil a fora. Os bonecos criados no Gama já representaram do Distrito Federal nos estados da Paraíba, Ceará, Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Paraná e Santa Catarina. Atualmente 09 profissionais dão vida aos bonecos e se preparam para realizar 34 apresentações em São Paulo na mostra SESI de te-

João e a vaca

O Gigante e o Ovo

Os meninos verdes

atro de Bonecos e formas animadas. Agenda da Cia Voar. 25/07 festival de inverno de Garanhuns Pernambuco 02/08 festival do tearinho Brasília Shopping 03 a 07/08 curso de teatro de bonecos no ponto de cultura Gama 19 a 22/08 Festival Cora Viva cidade de Goiás 17/08 curso de teatro de bonecos na biblioteca de Sobradinho.

Para comemorar os 49 anos do Gama A Cia Voar vai realizar de 22 a 30 de outubro O FESTINECO o primeiro festival de teatro de bonecos da Cidade com grupos de São Paulo, Goiás, Santa Catarina, Paraná, Argentina, Chile e Colômbia. Serão mais de 30 apresentações com entrada franca em vários espaços da cidade, com patrocínio da FAC Fundo de Apoio a Cultura do DF e Ministério da Cultura. Informações: 33855648


Agosto/2009