__MAIN_TEXT__

Page 1

Folha

Mais de 200 cães aguardam por um lar

1

10

Folha

QUARTA-FEIRA | Cachoeirinha, 16 de agosto de 2017| ANO V | Edição 1132 | DIÁRIO | Venda avulsa: R$ 1,00

Déficit de pessoal atrasa entrega de correspondências dos Correios Há dois meses, 370 funcionários aderiram ao programa de demissão voluntária no Rio Grande do Sul 3

Lifuca convoca reunião com clubes no Veranópolis 7

Novo Centro de Triagem é entregue e construção de mais duas unidades prisionais são anunciadas

5


QUARTA-FEIRA, 16 de agosto de 2017 | variedades

2 QUARTA-FEIRA, 16 de agosto de 2017 | VARIEDADES 2

Folha

ARTIGO

Para reequilibrar – O estatutO dO trabalhO

PREVISÃO DO TEMPO

Fonte: ClicTempo Foto: Denner Ovidio

RADAR As armas ficaram para trás. Depois de combaterem o Estado colombiano por décadas, os rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) iniciam uma nova fase, como civis em zonas que foram de guerra, enquanto se preparam para o lançamento de seu partido de esquerda. Ontem marcou oficialmente a conclusão do desarmamento da guerrilha comunista mais poderosa do continente. Durante oito meses, cerca de 7.000 homens, mulheres e crianças foram deixando o armamento nas mãos da ONU. A missão internacional tem até 1º de setembro para localizar os últimos esconderijos com material de guerra. O grupo, que fracassou em sua tentativa de tomar o poder durante meio século de luta, inicia uma nova etapa, depois de selar a paz em novembro passado. Em meio século de atividade, o balanço de vítimas da guerrilha é de cerca de 7,5 milhões pessoas, entre mortos, desaparecidos e deslocados. De agora em diante, os

rebeldes se tornarão civis que, em princípio, viverão nas 26 zonas de desarmamento, ou nos chamados "espaços territoriais de capacitação e reincorporação". "Nossa aposta é que a imensa maioria de ex-combatentes, partindo da geração de projetos coletivos econômico, permaneçam nessas zonas e, inclusive, vivam com suas famílias nessas zonas", afirmou o líder das até então Farc, Carlos Antonio Lozada. Além de cerca de 450 dissidentes das Farc, restam ativos o Exército de Libertação Nacional (ELN) - uma guerrilha menor, com quem o governo tenta selar a paz - e bandos de origem paramilitar hoje dedicados ao tráfico de drogas.

As legislações não podem beneficiar somente um lado da sociedade, setor econômico ou social. Elas devem ser abrangentes. Não podemos justificar os erros dos outros com os nossos erros. Para o Brasil voltar a crescer e se desenvolver continuamente é fundamental compreendermos que a relação capital e trabalho deve ser justa e de alto nível. Não pode haver dois pesos e duas medidas. A Lei 13.467/2017, sancionada no mês de julho pelo governo federal, ao sacramentar a reforma trabalhista, incorreu num erro grave ao pender a balança para apenas um lado, desarmonizando, assim, as relações do mundo do trabalho. É aí que está o problema. Além do mais, vários estudos comprovam que ela não tem o viés modernizador e gerador de empregos. Por nossa iniciativa, a Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal criou uma subcomissão temporária para discutir o Estatuto do Trabalho, uma proposta surgida dos diálogos e debates da Frente Ampla pelo Brasil. A ideia é a construção de uma nova carta social e trabalhista que coloque o Brasil em um novo patamar das relações laborais com direitos e benefícios equilibrados. Ou seja, ele é uma ousada possibilidade para harmonizar os interesses de classes, dos trabalhadores e dos patrões. É um sonho, porém não utópico. Buscamos dessa forma um diferencial que julgamos ser o mais importante na construção e na transformação de um país em uma nação, que é a congregação huma-

nista, solidária e de responsabilidade sócio ambiental. O Estatuto do Trabalho é uma possibilidade única de o Brasil voltar a se encontrar com o seu povo e as suas diversidades econômicas e sociais, resgatando o espírito inovador que outrora foi cerne para o desenvolvimento do país e para o crescimento do mercado interno, sem deixar de capturar as oportunidades globais. As novas tecnologias, os avanços da ciência e da humanidade estão fazendo com que novas profissões e mercados de trabalho e emprego surjam como que diariamente. Mas isso não significa que a porta para o futuro, que já é presente, seja a negação de suportes que melhorem as condições de vida da população. Buscamos a inclusão, e não a exclusão. Esses trabalhadores e trabalhadoras que o mercado exige, sejam eles da cidade ou do campo e do próprio mundo virtual, que é a realidade da internet, também merecem ser felizes. Todos eles são cidadãos com direito à saúde, à educação, à segurança, ao trabalho, a férias, a um salário decente, ao salário-mínimo, ao descanso diário, a uma aposentadoria digna e tantos outros benefícios. O Estatuto do Trabalho é o início de uma resposta cívica, ampla e responsável, que será construída de baixo para cima, com a participação de toda a sociedade, dos meios produtivos e com força da mão de obra brasileira.

Paulo Paim Senador (PT/RS)

NAS REDES O juiz Mirko Vincenzo Giannotte, da 6ª Vara de Sinop (MT), recebeu no mês de julho R$ 415.693,02 líquido de salário, segundo dados do portal da transparência do Tribunal de Justiça do Mato Grosso. O valor bruto pago foi de R$ 503.928,79. O rendimento inclui uma remuneração de R$ 300.200,27; indenização de R$ 137.522,61, mais R$ 40.342,96 de vantagens eventuais e R$ 25.779 de gratificações. A assessoria de imprensa do TJMT informou que não se trata de erro e divulgou nota (abaixo) para explicar o salário milionário do juiz no mês de julho. Segundo a assessoria, o pagamento do valor foi autorizado pelo CNJ. No mês de junho, o juiz recebeu R$ 53.432,92 líquido. O valor bruto foi de R$ 65.872,83. A informação é da coluna de Andreza Matais, do Jornal Estado de São Paulo.


Folha

QUARTA-FEIRA, 16 de agosto de 2017 | CIDADE

Déficit de pessoal atrasa entrega de correspondências dos Correios

Agência Brasil/Reprodução

Há dois meses, 370 funcionários aderiram ao programa de demissão voluntária no Rio Grande do Sul Rodrigo Cassol

Os Correios estão demorando, em média, 10 dias para entregar as correspondências no Rio Grande do Sul (RS). A afirmação é do secretário de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos do RS (Sintect-RS), João Augusto Gomes. Para o sindicalista, a falta de funcionários está fazendo com que as correspondências demorem mais para chegar às casas dos gaúchos. “Existe um grande déficit de pessoal nos Correios. Há dois meses, 370 trabalhadores do RS saíram da empresa através do programa de demissão voluntária”, contou o secretário, que não soube informar o número exato de trabalhadores necessários para normalizar as entregas. O aposentado Adão Dias Martins, 66 anos, morador do bairro Bom Sucesso, de Gravataí, está insatisfeito com a demora da entrega de suas correspondências. “Elas estão atrasando em mais de dez dias. Essa situação vem ocorrendo há mais ou menos um ano”, reclamou. Gomes lamenta a queda no quadro de funcionários. “Não há concurso público para contratação de pessoal desde 2011. No RS, chegamos a contar com 7.600 funcionários. Hoje, somos 6.400 trabalhadores”, disse.

Distribuição alternada

Outro motivo para o atraso das correspondências é a Distribuição Domiciliar Alternada (DDA). “Esse sistema faz com que o carteiro não passe mais pela mesma rua todos os dias. É um processo que atrasa o trabalho”, afirma o dirigente sindical. Em Gravataí, a exemplo de outras cidades gaúchas, uma parcela dos trabalhadores executa a DDA.

Atrasos nos pagamentos

Sobre os boletos e as contas atrasadas, a diretora executiva do Procon-RS, Maria Elizabeth Pereira, disse que a responsabilidade é de quem contrata o serviço.

“A pessoa sabe o dia do vencimento. Se não receber a fatura na data, deve procurar o fornecedor, alegar que não recebeu o documento e solicitar a segunda via”, explicou. “Persistindo o impasse, o consumidor deve procurar o Procon”, finalizou a diretora.

O que diz os Correios

Em nota, a assessoria de Comunicação dos Correios no RS afirmou que “a empresa está realizando a entrega domiciliária normalmente em todas as áreas regulares dos municípios de Gravataí e de Cachoeirinha. No entanto, podem ocorrer episódios pontuais de atraso, que precisam

ser verificados caso a caso”, diz o texto. Por fim, a assessoria afirma que “são realizadas ações específicas aos sábados para suprir a demanda”.

Reclamações e dúvidas

A empresa disponibiliza o “Fale com os Correios”, no site www.correios.com.br, e a Central de Atendimento aos Clientes dos Correios, pelo telefone 0800 725 0100 (de segunda à sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 14h). Para que os Correios consigam verificar os casos pontuais de atraso, é importante que a população utilize os canais oficiais da empresa para registrar as reclamações e resolver possíveis dúvidas.

Reuniões para acelerar a duplicação da RS-118 As ações judiciais relacionadas à duplicação da RS-118 vêm sendo tratadas pelo Centro de Conciliação e Mediação da Procuradoria-Geral do Estado, em conjunto com a 11ª Procuradoria Regional, com sede em Guaíba, e a 16ª Procuradoria Regional, com sede em Gravataí, em reuniões com as secretarias dos Transportes e de Obras, Saneamento e Habitação, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) e a Brigada Militar. Nos encontros, são defi-

3

nidas as melhores estratégias para o cumprimento dos mandados de reintegração de posse já expedidos e são estudadas soluções para as dificuldades enfrentadas na execução da obra. A duplicação da RS-118 envolve 19 ações judiciais na Regional de Guaíba, das quais 16 já têm liminar de reintegração deferida, e oito ações judiciais na Regional de Gravataí, sendo sete com liminar de reintegração deferida. Conforme a procuradora que coordena o Centro de

Conciliação e Mediação da PGE, Elisa Berton Eidt, "trata-se de obra prioritária para o governo e para a sociedade e os procuradores do Estado têm envidado todos os esforços para o bom andamento da sua execução". A PGE obteve importantes vitórias neste ano em relação ao tema. Em maio, houve a reintegração de posse de área da alça de acesso do Viaduto da Ritter, em Cachoeirinha, onde o réu possuía uma borracharia. Em julho, foi destruída construção irregular que inte-

grava um motel em Gravataí. Foram demolidas a guarita de entrada desativada e a guarita em uso, bem como um galpão de alvenaria, utilizado como depósito de materiais, que se encontravam na faixa de domínio do Daer. Acordo de Resultados O Centro de Conciliação e Mediação da PGE faz parte do Acordo de Resultados assinado pela PGE com o governo do Estado. O Acordo de Resultados, assinado por todas as secretarias e vinculadas,

consiste no acompanhamento dos projetos definidos como prioritários para serem executados pelo governo do Estado. Envolve o planejamento de indicadores de desempenho, ações e eficiência da gestão. Essa rede de governança prioriza as demandas da sociedade com o objetivo de construir um governo mais eficiente na aplicação de recursos, mais ágil e menos burocrático, que, de forma transparente, dialogue com a população e entregue serviços de qualidade.


4

QUARTA-FEIRA, 16 de agosto de 2017 | GERAL

Folha

Giro Político

folhadecachoeirinha@gmail.com

Comissão debaterá projeto que institui a Política Nacional de Leitura e Escrita

Nova sede do Corpo de Bombeiros de Gravataí

Há poucos dias, o vereador Paulinho da Farmácia (PMDB) acompanhou o Capitão Moreno em visita às obras da nova sede da 2ª Companhia de Bombeiro Militar de Gravataí, que está sendo construída nas imediações da parada 74. De acordo com o Capitão, que é comandante do Corpo de Bombeiros

Da redação

Uma mentira dá uma volta inteira ao mundo antes mesmo de a verdade ter oportunidade de se vestir. Winston Churchill

Em reunião realizada na última quarta-feira (9), a Comissão de Cultura da Câmara aprovou o requerimento nº 109/2017, de autoria do deputado federal José Stédile (PSB-RS). O parlamentar solicitou a realização de audiência publica destinada a debater o Projeto de Lei nº 7.752/2017 que institui a Política Nacional de Leitura e Escrita. Coordenador da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Livro, da Leitura e da Biblioteca, o gaúcho argumenta que a leitura e a escrita são ferramentas utilizadas desde o processo de educação infantil até a vida adulta. O que, para ele, influencia substancialmente na formação do cidadão brasileiro e contribui para o pleno exercício da cidadania. “O ato de ler vai além do conhecimento do alfabeto e das junções das letras. Significa entender o mundo como ele se apresenta; a

de Gravataí, a obra deverá ser retomada em seguida, assim que o edital de licitação for publicado. "Aproveito a oportunidade para enaltecer o trabalho do Corpo de Bombeiros de Gravataí, na pessoa do Capitão Moreno, profissional incansável na defesa da vida dos gravataienses." reforçou Paulinho.

Chico Ferreira

natureza, o meio ambiente em que vivemos, as decisões que tomamos no dia a dia, por nós mesmos, e as que devemos cumprir, emanadas do poder público, do poder político. Já a escrita representa os códigos que nos fazem comunicar com os outros e contribui também, para a leitura da realidade em que

vivemos”, destacou. Para Stédile, esses temas precisam ser compreendidos pelos cidadãos e é salutar que políticas públicas contribuam para plena utilização da leitura e da escrita pela sociedade. “Temos que conferir ao agente público sua responsabilidade na formação do cidadão.”

Perondi: “Saúde está umbilicalmente ligada à Reforma da Previdência” Foi aberto, nessa terça-feira (15), em Brasília, o 27º Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, com o tema “A crise do Brasil: para onde vamos?”. No evento, que reúne cerca de 500 participantes, o setor filantrópico está debatendo soluções viáveis para a saúde diante da crise econômica, considerada a maior da história. O deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), vice-líder do Governo na Câmara, defende como solução, a reforma previdenciária, em tramitação no Parlamento. Segundo Perondi, “a saúde está umbilicalmente ligada à reforma da previdência”. O parlamentar explica que o processo de saída da crise é lento, vai levar ainda uns cinco anos, e vai depender da aprovação da reforma. “Hoje, a previdência ocupa 60% de toda a arrecadação de impostos da União. Em cinco anos, vai ocupar 80%, e em oito anos, 107%. Portanto, os gastos com aposentadorias e pensões vão ocupar todo o orçamento e não haverá dinheiro para pagar a saúde e a educação. É assustador”, alertou

Perondi. Para justificar a aprovação da reforma, Darcísio Perondi afirmou ainda que a previdência pública brasileira é o maior programa de transferência de renda, mas não para os pobres e sim para os ricos do serviço público. Nos últimos dez anos, houve uma transferência de R$ 1,2 trilhão para o servidor público, com aposentadorias milionárias e precoces. Na previdência rural e urbana, onde há déficit, a transferência foi de R$ 600 bilhões no mesmo período. “Esta é uma razão de não termos conseguido aumentar como gostaríamos os recursos da saúde. O cenário futuro, sem a reforma, é dramático e apocalíptico”, afirmou. O setor filantrópico é o maior parceiro do Sistema Único de Saúde. Responde por 50% dos atendimentos ambulatoriais e internações e por 60% dos procedimentos de média e alta complexidade, como cirurgias, transplantes, tratamentos oncológicos e UTI, por exemplo. São cerca de dois mil hospitais sem fins lucrativos, cuja dívida ultrapassa os R$ 22 bilhões.

Perondi com o diretor do Hospital Divina Providência, de Porto Alegre, José Clóvis Soares, e com o presidente da Federação das Santas Casas do RS, André Emílio Lagemann Segundo Perondi, além da reforma da previdência, também é fundamental a aprovação na Câmara do Projeto de Lei 7606/2017, já aprovado pelo Senado, que autoriza a criação de linhas de crédito especiais subsidiadas junto ao Banco

* Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores e não emitem a opinião do jornal Diretor geral: Moacir Menezes Diretor Administrativo: Gabriel Diedrich Departamento Comercial: Adilson Mendes Filiado:

51- 3497.1078

Diagramação: Jacson Dantas e Filipe Foschiera Redação: Filipe Foschiera

www.2mnoticias.com.br

folhadecachoeirinha@gmail.com

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6125. CEP: 94070-001 - São Vicente - Gravataí

Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no valor de R$ 2 bilhões por ano, para entidades filantrópicas. Segundo Perondi, “as santas casas vão trocar dívida ruim por dívida boa e ganhar um novo fôlego”, completou.

Folha DIÁRIO Publicação da empresa Jornal Diário Oficial dos Municípios Ltda ME CNPJ nº 08.070.493/0001-48 Registro nº 39987 do livro A-4 Tiragem: 8.000 exemplares Fundação: 15 de janeiro de 2013


Folha

QUARTA-FEIRA, 16 16 de de agosto agosto de de 2017 2017 || GERAL GERAL QUARTA-FEIRA,

Novo CeNtro de triagem é eNtregue e CoNstrução de mais duas uNidades prisioNais são aNuNCiadas O novo Centro de Triagem (CT) para presos provisórios de Porto Alegre começa a operar 28 dias após a assinatura da ordem de serviço da obra. A entrega, ocorrida nesta terça-feira, contou com a presença do governador José Ivo Sartori e do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer. O ato foi marcado pelo anúncio de duas outras unidades prisionais: um terceiro CT e uma nova cadeia pública, ambos em Porto Alegre. Com capacidade para 96 detentos, o CT está localizado em área anexa à Cadeia Pública de Porto Alegre (CPPA). Possui 437,04 metros quadrados de área construída, erguida a partir da montagem de celas em monobloco GRC+CAD (concreto reforçado de alto desempenho) técnica que também foi utilizada no Complexo Prisional de Canoas. A obra foi executada pela empresa Verdi Sistemas

Construtivos, contratada com inexigibilidade de licitação. O valor total investido é de R$ 2,9 milhões, oriundos do Tesouro do Estado. O governador José Ivo Sartori ressaltou os esforços da atual administração para sanar os problemas do sistema prisional. “Estamos apostando em uma maneira diferente de trabalhar. É evidente que não vamos resolver todas as demandas existentes, mas

estamos determinados, dentro das condições possíveis. Todos podem constatar que se trata de uma construção segura e em condições de realmente fazer uma triagem adequada”, destacou. A execução da obra foi efetuada em 19 dias. “Um trabalho que une agilidade e qualidade, dentro de um padrão que queremos replicar nos demais presídios e CTs”, afirmou Schirmer. O secretário salientou,

também, a importância da abertura de novas vagas. “Cerca de 40% dos presos no Rio Grande do Sul são provisórios, o que nos mobiliza a direcionar esforços para ampliar a capacidade do sistema prisional. Precisamos que as polícias estejam liberadas para a execução de suas atividades primordiais: o policiamento ostensivo e a investigação dos crimes”, acrescentou. No CT, o detento é controlado por meio de galeria situada no segundo pavimento, o que garante mais segurança aos servidores e possibilita menor emprego de efetivo. A operação, em um primeiro momento, ficará a cargo da Brigada Militar (BM). “Pretendemos assumir a unidade a partir do ingresso de novos servidores aprovados em concurso público”, esclareceu a superintendente dos Serviços Penitenciários, Marli Ane Stock.

NovAS UNIdAdES PRISIoNAIS As novas unidades prisionais anunciadas serão construídas na mesma área anexa à Cadeia Pública de Porto Alegre. As duas estruturas serão construídas pela empresa Verdi Sistemas Construtivos. O terceiro CT para presos provisórios da capital terá capacidade para 112 detentos. A obra será custeada pelo Estado e tem estimativa de conclusão de 60 dias. A nova Cadeia Pública terá 400 vagas e será erguida por meio de permuta do imóvel da Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDHR) com o Grupo Zaffari. O governo espera assinar a ordem de serviço dentro de 60 dias, com prazo de execução de 180 dias. Somados, os dois CTs já em operação e as novas unidades representam 680 vagas para presos provisórios. “Não se faz segurança pública sem uma estrutura carcerária adequada. Para tanto, priorizamos esta questão. Esse esforço garantirá um novo fôlego”, garantiu o secretário Cezar Schirmer, que também projetou a abertura de uma nova galeria da Penitenciária de Canoas 2, com 144 vagas, dentro de 30 dias. Fotos: Dani Barcellos

PSDB permanece no governo mesmo que perca ministérios

Foto: Wilson Dias

SEGURANÇA PÚBLICA

55

O presidente licenciado do PSDB, senador Aécio Neves (MG), disse ontem, após reunião com o presidente Michel Temer, que o partido seguirá no governo, mesmo que perca ministérios, enquanto houver por parte do Palácio do Planalto o compromisso em aprovar reformas como a da Previdência. Desde a votação no dia 2 de agosto em que foi arquivada a denúncia da procuradoria-geral da República contra Temer na Câmara dos Deputados, partidos da base aliada têm pressionado o governo para obter ministérios atualmente ocupados por tucanos, pois o PSDB votou dividido na apreciação da denúncia. Dos 47 deputados tucanos, 22 votaram pelo arquivamento da denúncia, 21 pela investigação e quatro se ausentaram. Atualmente, o PSDB têm

quatro ministérios: Cidades, Relações Exteriores, Secretaria de Governo e Direitos Humanos. “Os cargos não são do PSDB, jamais foram. Os cargos são do presidente da República que tem toda a liberdade para utilizá-los da forma que achar melhor para o seu governo”, disse Aécio. Segundo o tucano, o compromisso do partido não é com cargo, mas sim com as reformas. “Não pedimos cargos para o presidente no início do governo. Ele buscou o PSDB e nós liberamos para que o fizesse, quadros altamente qualificados e que prestam relevantes serviços ao país. Se, por determinadas circunstâncias, amanhã ele achar melhor ocupar esses cargos de outra forma, o PSDB continua tendo o mesmo compromisso com as reformas. Isso não altera um voto no PSDB”, disse o senador mineiro.

ALtERAÇão Petrobras reduz preço da gasolina em 1,4% e sobe o diesel em 0,7% A Petrobras reduziu o preço da gasolina vendida às distribuidoras em 1,4% e subiu o valor do diesel em 0,7%. Os novos preços foram anunciados na segunda-feira e entram em vigo ontem. A companhia não comentou quanto isso poderá incidir nas bombas ao consumidor, pois o mercado de combustível é regido pela livre concorrência entre os postos.

Fotos: MATJAZ SLANIC


6

QUARTA-FEIRA, 16 de agosto de 2017 | GERAL

Folha

Universitários transformam lixo em fontes de energia limpas Projeto reconhecido internacionalmente traz diferenciais em relação a produtos similares Lixo, restos de comida, descarte de podas de árvores, plásticos e pneu. Um reator chamado BioWatt++ transforma tudo isso em fontes de energia como carvão, biocombustível, ácidos orgânicos (empregados na produção de detergentes e fertilizantes agrícolas) e gás natural sintético, que pode ser utilizado na alimentação de caldeiras industriais, veículos e até fogão residencial. E com um diferencial em relação a concorrentes que já existem no mercado: no BioWatt++, essa transformação leva poucas horas, enquanto produtos similares precisam de 20 a 30 dias para finalizarem o processo. Outra vantagem do reator é que toda essa operação não gera produtos ou resíduos tóxicos. O BioWatt++ é um projeto

de estudantes dos cursos de Engenharia Mecânica, Elétrica e de Bioprocessos e Biotecnologia, da Universidade Positivo (UP), em Curitiba (PR). Segundo Leonardo Vieira Pedrini, um dos estudantes responsáveis pelo projeto, o reator, que utiliza irradiação para acelerar os processos químicos, promete ter alto desempenho no meio agrícola. “Nosso produto poderá ser usado por microempresas do agronegócio, utilizando cascas de soja, arroz, frutas podres, fezes e animais mortos para gerar o próprio carvão, biocombustível ou gás natural sintético (GNS) suficientes para tocar uma indústria de porte médio”, destaca. Fruto de 3 anos de estudos, o projeto, que já rendeu aos estudantes homenagem em um

curso voltado para inovações tecnológicas na Università di Pisa, na Itália, foi um dos selecionados no concurso realizado pela UP para utilização do espaço de Coworking mantido pela universidade. O grupo está agora em fase de desenvolvimento

do segundo modelo do reator, que deve apresentar um rendimento 36% maior que o primeiro protótipo. Com o apoio que irão receber da universidade, Pedrini e seus colegas esperam conseguir viabilizar o produto no mercado. “Se conseguirmos

isso, estaremos dando um passo importante em benefício do meio ambiente, reduzindo lixo e garantindo fontes de energia limpa. Outra grande vantagem é que um reator de grande porte pode substituir um aterro sanitário”, completa Pedrini.


Folha

QUARTA-FEIRA, 16 de agosto de 2017 | ESPORTES

Lifuca realiza reunião no Veranópolis

A Liga de Futebol de Cachoeirinha (LIFUCA) convocou reunião geral com os clubes interessados em participar das competições para a noite do próximo dia 24 de agosto, na sede social do Grêmio Esportivo Veranópolis. A reunião, marcada para às 20h30min, terá como pauta a entrega das bolas aos dirigentes,

pagamento das inscrições e entrega dos convites para a festa de abertura. Os campeonatos da nova liga de futebol de Cachoeirinha estão previstos para começar na segunda quinzena de setembro. A entidade é comandada pelo presidente Chico Constante. Mais informações no Facebook LIFUCA.

7

Navegador da Aldeia busca pódio no 25º Rally dos Sertões Tiago já participou da competição em 2016 ao lado do piloto Aurélio Bilhalva, de Pelotas, e terminou a prova na sexta colocação, muito perto do quinto colocado e, consequentemente, do pódio da categoria Graduado

Grêmio: Dúvida na lateral para decisão contra o Cruzeiro Terminou na tarde desta terça-feira a preparação do Grêmio para o jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro. Com portões fechados, Renato Portaluppi optou deixou dúvida na escalação para o jogo desta quarta-feira, às 21h45min, na Arena. Os portões do CT Luiz Carvalho foram abertos apenas na parte final do trabalho, quando era realizado um recreativo. Até mesmo jogadores que se recuperam de lesão como Douglas e Bolaños participaram da atividade. A ausência foi Maicon,

que com um problema no tendão de Aquiles está fora do jogo contra o Cruzeiro. Arhur retorna ao time para formar a dupla de volantes com Michel. A dúvida na escalação fica na lateral direita. Edílson está recuperado do problema muscular na coxa e vem treinando normalmente. Léo Moura está à disposição de Renato. O provável time para enfrentar a Raposa terá a seguinte escalação: Marcelo Grohe; Edílson (Léo Moura), Geromel, Kannemann e Cortez; Arthur, Michel, Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Barrios.

Entre os dias 19 e 26 de agosto uma das maiores provas de off-road do mundo desbrava o Brasil entre os estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Serão mais de 3,3 mil quilômetros percorridos e, entre os cerca de 250 competidores inscritos, está confirmada a presença do navegador de Gravataí, Tiago Poisl, na categoria Carros/Rally Regularidade. Tiago é o atual líder do Campeonato Gaúcho de Rally Regularidade 4x4 pela categoria Graduado e compete no Rally dos Sertões pela equipe TRANCOS & BARRANCOS | REIKO/TRILHA SC. A categoria Regularidade retornou ao calendário do Rally dos Sertões no ano passado, após dez anos sem ser realizado. Tiago já participou da competição em 2016 ao lado do piloto Aurélio Bilhalva, de Pelotas, e terminou a prova na sexta colocação, muito perto do

quinto colocado e, consequentemente, do pódio da categoria Graduado. O resultado deixou a dupla ainda mais ansiosa para voltar à competição em 2017. Neste ano, o competidor repete a parceria com Aurélio e aposta na experiência para buscar um pódio no maior rally do país e um dos maiores do mundo. “A experiência no ano passado foi importante porque tudo era novidade pra gente, desde a chegada e a secretaria, até a estrutura e roteiro de prova. Também não conhecíamos as características do diretor de prova e hoje sabemos que é um cara muito profissional e técnico. Neste ano a gente já vai mais tranquilo, já conhecendo alguns atalhos para resolver problemas que possam aparecer durante os sete dias de competição”, explica o navegador. Faltando poucos dias para o início da prova e com a logística

da equipe organizada, o maior desafio é controlar a ansiedade. O carro da dupla também mereceu uma atenção especial. “Os preparativos maiores agora são para dosar a ansiedade e principalmente com o carro que nesse ano vai ter uma preparação diferenciada. Ano passado a gente teve que viajar com ele após uma prova e esse ano a gente vai com um carro quase zero quilômetro. Então os preparativos estão mais nessa linha, ansiedade e com o carro. Os dois estão sendo bem dosados”, conta Tiago. Em 2017, a 25ª edição do Rally dos Sertões ainda conta com as categorias de Carros/Cross Country, UTVs, Motos e Quadriciclos. A largada será realizada em Goiânia e a chegada acontece na cidade de Bonito. Aurélio e Tiago competem com o apoio de Multital Factoring e San Remo Veículos.


88

QUARTA-FEIRA, QUARTA-FEIRA, 16 16 de de agosto agosto de de 2017 2017 || ECONOMIA REGIÃO

Folha

mudanças

IPE Saúde e IPE Prev terão autonomia para melhor atender aos beneficiários Qualificar e fortalecer a assistência à saúde e a previdência dos servidores estaduais são os objetivos do projeto de remodelação do IPE que o governo gaúcho está encaminhando à Assembleia Legislativa. A proposta, anunciada nesta terça-feira, no Piratini, é dividir o IPE em duas autarquias independentes, com autonomia e gestões especializadas: o IPE Prev e o IPE Saúde. Com a aprovação do projeto, o atual órgão passa a ser o IPE Prev, que fica como gestor único do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), com foco exclusivamente na previdência dos servidores estaduais. O projeto busca modernizar a autarquia para atingir a uniformidade de critérios na concessão de

benefícios, contemplando importante reivindicação de tratamento igualitário aos cônjuges e companheiros como dependentes previdenciários. Para a área da saúde, será criada uma nova autarquia, chamada IPE Saúde, destinada à assistência à saúde dos servidores e beneficiários. A profissionalização na gestão possibilitará melhorias administrativas e maior agilidade nas tomadas de decisão, permitindo a inclusão de novos procedimentos e especialidades médicas. O diretor-presidente do IPE, Otomar Vivian, reafirmou que os projetos não apresentam qualquer mudança na contribuição dos servidores na área da saúde nem na alíquota da previdência. “Recentemente, essa alíquota foi

Vivian garantiu que não haverá mudança na contribuição nem na alíquota da previdência. (Foto: Sofia Wolff).

elevada a 14%, patamar reconhecido pelo Supremo Tribunal Federal como limite de contribuição. Portanto, para os

R$ 159 bilhões

Governo eleva meta de déficit primário para este ano Com as frustrações de receitas, o governo anunciou, no início da noite de ontem, o aumento da meta de déficit fiscal do Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) para R$ 159 bilhões este ano. A meta para o próximo ano também foi revista para R$ 159 bilhões. O déficit primário é o resultado das despesas maiores que as receitas, sem considerar os gastos com juros da dívida pública. O anúncio foi feito há pouco pelos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira. A alteração das metas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional. Em 12 meses encerrados em junho, o déficit primário ficou em R$ 167,198 bilhões, o que corresponde a 2,62% do Produto Interno Bruto (PI B) , a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, de acordo com dados do Banco Central (BC). Originalmente, a meta de déficit estava fixada em R$ 139 bilhões para este ano e em R$ 129 bilhões para 2018. No entanto, a arrecadação ainda em queda, e uma série de frustrações de receitas dificultaram o cumprimento da meta original. Primeiramente, o Tribunal de Contas da União (TCU) mandou a Agência

Nacional de Energia Elétrica (Aneel) refazer o edital do leilão de renovação de concessão de usinas hidrelétricas da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), que renderia R$ 11 bilhões aos cofres federais este ano. A segunda versão do programa de regularização de ativos no exterior, conhecida como repatriação, arrecadou apenas R$ 1,61 bilhão, em vez dos R$ 13 bilhões inicialmente previstos. As alterações na medida provisória que criou a renegociação especial de dívidas com a União também podem diminuir a previsão de arrecadação, caso o governo não consiga reverter essas mudanças. Por fim, o governo teve de recuar de medidas que elevariam as receitas. O aumento do Programa de Integração Social e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (PIS/ Cofins) sobre o etanol foi parcialmente revertido, reduzindo a previsão de arrecadação em R$ 501 milhões.

servidores, a contribuição continua a mesma”, garantiu. As despesas administrativas e de pessoal referentes ao funcio-

namento do Instituto de Saúde serão suportadas pelo Fundo de Assistência em Saúde (FAS). Vivian destacou que o déficit previdenciário é o principal custo do Estado e é o maior do país. “Por isso, a decisão do governador Sartori vem dentro dessa premissa, reconhecendo que essa é uma ação estruturante. Com a implementação da previdência capitalizada, em 2011, e da previdência complementar, em 2016, há condição para a desoneração do Tesouro do Estado e para a recuperação da sua capacidade de investimento”, explicou. Segundo o presidente, “não haverá aumento da estrutura da instituição. Não haverá demissões, mas a valorização e a profissionalização dos

servidores para atuar nas autarquias”, garantiu. A relação com os prestadores de serviços também será fortalecida com um novo modelo de remuneração, readequando os valores e valorizando o vínculo do IPE com os credenciados. O IPE Saúde também vai dedicar esforços à promoção e à prevenção em saúde para os servidores e seus dependentes. De acordo com Vivian, o IPE é responsável por 297.715 servidores e pensionistas no Regime Financeiro da Previdência e já são 23.816 servidores pagos pelo fundo de capitalização. “Na área da saúde, são mais de um milhão de beneficiários, o que corresponde a aproximadamente 10% da população”, destacou.


Folha

QUARTA-FEIRA, 16 de agosto de 2017 | REGIÃO

SUSTENTABILIDADE

9

COMPORTAMENTO

Programa estimula fontes Cinco maneiras alternativas de energia de melhorar a Evento teve participação de secretários das áreas de Minas e Energia, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico

O Programa Gaúcho de Parques tecnológicos, uma parceria do governo do Estado com universidades para desenvolver a economia gaúcha, é um instrumento valioso de incentivo para o empreendedor investir em geração distribuída de energia com fontes alternativas. A afirmação foi feita nesta terça-feira (15) pelo secretário adjunto do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect), Evandro Fontana. Ele participou de painel que discutiu a geração de energia elétrica por consumidores independentes, mais eficiente e benéfica ao meio ambiente. O 1º Fórum de Geração Distribuída de Energia com Fontes Renováveis reuniu 400 pessoas na Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul

(Fiergs) para debater alternativas sobre as energias hidráulica, solar, eólica ou biomassa. Também participaram os secretários de Minas e Energia, Artur Lemos Júnior, e do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Ana Pellini. Para Fontana, estimular o investimento em energia renovável é fundamental para ampliar a competitividade da economia do Rio Grande do Sul. "O Estado conta com 27 polos tecnológicos e programas que apoiam a integração entre universidades, centros de pesquisa e setor produtivo para desenvolver tecnologias inovadoras", informou. Lançado em julho pelo governador José Ivo Sartori, o programa de parques tecnológicos oferece R$ 4,8 milhões e até R$ 800 mil por projeto de inovação.

Os recursos são do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). Atualmente, são 12 parques credenciados no programa. Artur Lemos apontou que a perda de 15% da energia gerada ainda é muito elevada, sendo necessário mitigar a situação para alcançar segurança energética. Para isso, a secretaria tem à disposição programas como o RS Gás, o Atlas Eólico e o Atlas da Biomassa, que ampliam o potencial no setor. Ana Pellini lembrou que o Zoneamento Econômico Ecológico (ZEE) executa a fiscalização ambiental no uso do território, ajudando investidores em projetos de geração de energia. O fórum foi promovido pelo governo do Estado, Sebrae, Instituto Senai de Tecnologia e Fiergs.

Prêmio ‘Heróis Reais’ chega ao Sul Premiação foi idealizada para valorizar policiais e agentes de segurança pública O “Heróis Reais” (www.heroisreais.com. br), iniciativa inédita de valorização e reconhecimento de policiais e agentes de segurança pública, chegou ao Sul. O prêmio, idealizado pelo instrutor policial Marcos do Val com apoio da Taurus, vai premiar as melhores histórias protagonizadas pelos profissionais da área em 2015 e 2016. A premiação está na quarta etapa – já passou pelas regiões Norte,

Centro-Oeste e Nordeste - e tem como objetivo sensibilizar a sociedade sobre a importância dos profissionais de segurança pública. Os vencedores serão escolhidos por voto popular pelo site oficial e também avançam para a final nacional, no fim do ano. Eles ganharão reconhecimento, prêmios, treinamentos e viagens nacionais e internacionais. As inscrições para os agentes (policiais civis,

militares e federais, guardas municipais e agentes penitenciários) da região Sul estarão abertas entre os dias 18 de agosto e 12 de setembro. “O prêmio Heróis Reais vai gerar discussão, reflexão e reconhecimento a respeito do árduo trabalho de defesa da sociedade”, diz Marcos do Val. “Queremos contribuir para que, um dia, as pessoas aplaudam os policiais pelo que repre-

sentam, pela coragem e pelo distintivo e farda que vestem”. O prêmio para a Taurus se mostrou a forma ideal de retribuir, na forma de reconhecimento, a confiança que esses profissionais depositam diariamente em seus produtos. O regulamento e os detalhes das categorias, inscrições, julgamento, votação e premiação estão disponíveis no hotsite: heroisreais.com.br

sua autoestima Aprenda a importância de incluir atitudes positivas na rotina para adquirir uma vida mais saudável Já se perguntou como está a sua autoestima hoje? Uma das melhores sensações da vida é se sentir feliz consigo e se aceitar. No entanto, nem sempre conseguimos alcançar este objetivo. Mas saiba que algumas ações e mudanças no seu cotidiano fazem toda a diferença na construção e manutenção da autoestima, que pode ser definida como o autorrespeito e a confiança que preservamos em nós. Apesar da rotina corrida, é importante reservar um tempo para cuidar de si. A nutricionista Beatriz Botequio, da Equilibrium Consultoria e consultora do Sabe Portal (sabeportal. com.br) sugere algumas mudanças de hábito, atitudes saudáveis e positivas que podem mudar como enxergamos a vida: 1.Mantenha uma alimentação equilibrada para fornecer ao corpo todos os nutrientes que precisa para funcionar corretamente. Para isso, é preciso criar o hábito de ingerir macronutrientes - carboidratos, proteínas e gorduras, e micronutrientes - vitaminas e minerais. 2.Beba mais água, a ingestão de água garante o bom funcionamento do organismo e do intestino e contribui para a boa aparência da

pele. 3.Pratique atividade física regularmente, pois auxilia no bem-estar físico e emocional, já que ajuda no controle do peso, permite a integração com outras pessoas e reduz o estresse. Encontre uma atividade que dê prazer, 30 minutos por dia é o suficiente para manter o corpo ativo. 4.Controle o estresse no dia a dia. O estresse é um estado que ocorre em resposta aos estímulos que geram alteração emocional e desequilíbrio no corpo. Diversas situações podem levar ao estresse e prejudicar a qualidade de vida, gerando desmotivação. É importante saber identificar esses fatores e evitá-los. 5.Mantenha a motivação, pois sentimentos negativos, como tristeza, ansiedade, raiva, uma avaliação negativa da imagem corporal e baixa autoestima estão relacionados ao menor estímulo para cuidar de si mesmo. Por outro lado, os pensamentos positivos, como a alegria e a motivação, estão associados à prática de hábitos saudáveis. Esteja motivado para fazer mudanças no seu estilo de vida, entre elas, o comportamento alimentar.

ANUNCIE AQUI: (51) 3497 1078


10

Folha

QUARTA-FEIRA, 16 de agosto de 2017 | MUNDO ANIMAL

EM CACHOEIRINHA

Mais de 200 cães aguardam por um lar Fotos: Jacson Dantas

Jacson Dantas

Mais de 200 cães, dos mais variados tamanhos e idades, aguardam por um lar na Organização Nacional de Defesa Animal (ONDA) de Cachoeirinha. Está interessado em levar para casa um grande amigo canino? É simples! Basta comparecer na Feira promovida pela Onda todas às quintas-feiras, das 11h às 16h, em frente às lojas Radan da parada 52 da Avenida Flores da Cunha, ou entrar em contato pelo telefone 3041.5081. É necessário levar comprovante de residência e documento de identidade. “Queremos dar um lar para eles. Não queremos nos desfazer dos cães”, ressalta Margarete Magda Sheid, voluntária que trabalha na Onda e cuida das adoções. Todos os animais são castrados, possuem um chip de identificação, estão desvermi-

nados e com as vacinas em dia. Quem for adotar, assina um contrato de compromisso e responsabilidade pela adoção, onde a pessoa se compromete a vacinar o animal anualmente, levar ao veterinário periodicamente, entre outros cuidados essenciais que todo proprietário de um animal de estimação deve ter. Fundada há 14 anos, a Onda também presta atendimento veterinário a baixo custo. Castrações, consultas, cirurgias e vacinas importadas, são alguns dos serviços oferecidos (com agendamento prévio) na sede da Organização, localizada na Avenida Nossa Senhora da Boa Viagem, 184, no Jardim América. O valor arrecadado com estes serviços são revertidos para o bem-estar dos animais que a entidade cuida.

:: Parceria com a Pedigree Ao adquirir produtos da marca Pedigree toda a população pode contribuir com a Onda para que ela continue trabalhando e desenvolvendo o trabalho que realiza em toda a região. Ao comprar produtos da marca e fazer o registro no site https://www. todopetmereceumacasa.com.br/, a Onda recebe doações de ração da empresa de alimentos para animais. Quem fizer o cadastro, além de diversos prêmios instantâneos, também concorre a uma casa. Também é possível contribuir com a Onda, realizando doações de jornais, toalhas, cobertores e lençóis. Mais informações pelo 3041.5081 ou 3112.5091.

CUIDADOS ESPECIAIS

Como separar uma briga de cachorros?

Não é raro um cachorro ameaçar o outro, principalmente quando tem instinto de cão de guarda e territorialista. Cães bravos , principalmente, devem ser mantidos na coleira e se necessário na focinheira sempre que tiver contato com outros animais. Apesar de às vezes parecer que o pet está apenas brincando, na verdade costuma ser uma briga de cachorro e pode terminar em feridos. Mas se isso acontecer o tutor deve manter a calma e tentar tranquilizar também os envolvidos na briga de cachorro . É importante garantir que nenhum deles saiam machucados e tentar evitar esse acontecimento em outros passeios. O que fazer para separá-los? Normalmente quando estão brigando, os cães

ficam com os músculos enrigecidos e uma expressão nada agradável, é nesse momento que ele irá atacar. Com certeza colocar a mão, o braço ou envolver-se fisicamente na briga é a última opção nessa hora. O principal é distraí-los, com barulhos agudos ou com comida, por exemplo. Chamar atenção deles é mais importante do que tentar intervir. Até pelo fato de a pessoa correr risco de ser mordida ou atacada também. Evite movimentos bruscos, como puxar a coleira do pet. Isso só vai deixá-lo mais irritado e agressivo. Procure bater duas panelas, chacoalhar um cofrinho de moedas ou bater palmas bem alto. Colocar um obstáculo entre eles também é uma boa opção, principalmente quando impede o contato

visual. Pode ser um pedaço de papelão, um cobertor, uma toalha ou uma táboa. Isso vai separá-los pelo menos por alguns segundos e ficará mais fácil de puxar o cão para si. Se mesmo com essas técnicas os cães não se separarem, é possível puxar o rabo de um deles, mas sempre atento para não machucá-lo. Além disso, ele pode ficar ainda mais bravo e resolver morder o dono - fato comum entre cachorros grandes e agressivos. Por isso, essa continua sendo a atitude mais arriscada e ao mesmo tempo certeira, garantindo o término da briga. Caso o pet em algum momento tenha te mordido, vá imediatamente ao médico tomar vacina de raiva. Mas isso é mais indicado com relação a cães de rua.

E depois de separados? O primeiro passo é tranquilizar o pet e assegurar que ele não teve nenhum ferimento. Se tiver, leve-o no mesmo instante ao médico veterinário. É importante checar se ele não tem um problema de saúde maior. No caso de sangramento faça um curativo rapidamente, para não perder muito sangue. Evitando brigas Mais do que saber como separar a briga , é fundamental evitar essa confusão. Quando levar o cão para passear lembre-se de colocar a coleira e, se ele for bravo por natureza, a focinheira é praticamente obrigatória. Além disso, o pet deve ser adestrado para não latir ou ameaças outros animais ou mesmo pessoas.


QUARTA-FEIRA, 16 de agosto de 2017 | entretenimento QUARTA-FEIRA, 16 de agosto de 2017 | ENTRETENIMENTO 11

Folha

11

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Produção Bairro do canal carioca de Porta dos Noel Rosa Fundos

© Revistas COQUETEL

Coordenador da Grand (?): os 4 maioSeleção Brasileira res torneios de tênis escolhido após a Copa Colecionador ou amante de livros A classe dos ricos

Signo zo- Antônio diacal cujo Olinto, símbolo é escritor a balança mineiro

Como é chamado o veículo de comunicação sensacionalista (pop.)

Cama portátil para transporte de feridos Cidade de estância hidromineral (RS) Exército Brasileiro (sigla)

Alvo de detetores usados por policiais

Formato da cruz franciscana

Marisa Monte, cantora brasileira Ambiente Virtual de Aprendizagem (sigla)

Sanduíche de (?): tradicional lanche da capital paulista Situados no campo

Acender novamente Etiqueta, em inglês Índice de correção monetária (sigla)

Elétron (símbolo) Ponto, em inglês

Peça ausente na montaria indígena Apologia; elogio (fig.) "Força", em FAB

"O bom filho à (?) torna" (dito)

Os ímãs, por sua natureza Cumprimento e saudação popular

João (?) Ribeiro, escritor baiano

Vira-(?), o típico cão de rua Erma Fontana di (?), fonte turística de Roma

Montagem de cenas usada para divulgação de filmes (Cin.) Doente, em inglês "Companhia", em "coautor" O avô de Jesus Cristo (Bíblia)

BANCO

Santa (?): o Vaticano Relativo a Portugal

Dar palpites no jogo (gír.)

"(?)-me", filme com Antonio Banderas

"(?) Segredo", sucesso do pagode

Transporta a urina do rim até a bexiga Poeira, em inglês

(?) Morales, presidente boliviano

3/dot — ill — tag. 4/dust — iraí — slam. 5/trevi. 7/trailer.

Os foguetes que levam pessoas a bordo

39

Solução VI L A PA D I O E B M O R T S A H T R U R A M A G O I T RI P U S B T R A I L L D S Ã O CO

G I S A L A M M A D E R E AT R L I S N E T A L L A D D SE I L E U R U S T J O A

B E I R B L A I V O A F I C L A O S A R E T E Q U

T R E V I D O T A S L A M

I M P R E N S A M A R R O M

HORÓSCOPO O dia pode ser bastante bem-sucedido em atividades relacionadas a comunicação. Uma reunião de negócios pode gerar resultados inesperados.

O momento é propício para a idealização ou realização de uma viagem internacional ou mesmo um processo que de mudança de país.

O dia pode ser bastante conveniente para estudar novos investimentos, ou mesmo um novo contrato que inclui a ampliação de seus lucros.

Sua atenção se volta para os relacionamentos mais próximos, priorizando a intimidade. O momento é adequado para começar uma sociedade.

O dia pode ser bastante bem-sucedido, principalmente se estiver trabalhando com a comunicação ou atividades comerciais.

Dia em que os amigos vão chegar mais perto. O momento é adequado para divertir-se, pois você estará mais atraente e falante.

Procure tirar o dia para descansar e dedicar-se a atividades e cuidados com sua saúde física, espiritual, mental e emocional.

O momento pode incluir a entrada de um novo projeto ou mesmo uma boa notícia referente a uma entrevista de trabalho ou novo emprego.

O dia é propício para atividades em equipe, tanto na vida pessoal, quanto na profissional. Um novo projeto em equipe pode começar a ser acertado.

O momento pode incluir uma nova história sentimental. Se estiver em um relacionamento sério, aproveite este dia junto de seu amor.

O momento pode incluir a entrada de um novo projeto que provocará mudanças profissionais. Estará em um estado mais aberto e comunicativo.

O momento é adequado para atividades domésticas e para reunir amigos e parentes mais próximos para bons bate-papos.

Nova Fazenda terá Marcos Härter e mais quatro ex-BBBs “A Fazenda” está prestes a retornar à grade da RecordTV e dessa vez com uma edição especial, só com ex-participantes de realities! Com o subtítulo “Nova Chance”, a temporada vai trazer pessoas que quase chegaram a vencer seus respectivos programas, dentre eles, o “BBB”; o “Masterchef Brasil”; o “Power Couple Brasil” e a própria “A Fazenda”. Bapho, né?! Segundo o jornalista Daniel Castro, dois nomes já são confirmadíssimos: o do médico Marcos Härter que causou polêmica ao ser expulso do “BBB 17” e o de Nicole Bahls, eliminada na última semana da sua edição de “A Fazenda”, vencida por Vivi Araújo. Ainda de acordo com a matéria publicada no site “Notícias da TV”, o elenco de 16 competidores foi fechado na segunda. Serão cinco ex-Big Brother Brasil, da Globo (contando com o Marcos); um ex-Masterchef Brasil, da Band; dois

ex-Power Couple Brasil; um ex-A Casa; um ex-O Aprendiz e seis ex-A Fazenda (contando com a Nicole), esses últimos programas exibidos pela RecordTV. Gente do céu… pensa no fervo! Pelo menos, eles terão alguém do Masterchef pra fazer umas comidinhas gostosas, né?! O reality estreará na segunda semana de setembro.


12 QUARTA-FEIRA, 16 de agosto de 2017 | CONTRACAPA

Game of Thrones:

4 pessoas são presas na Índia por vazamento

Folha

Sesc Gravataí

Filmes são exibidos para escolas públicas da região AnimaSesc ocorre entre os dias 29 e 30 de agosto, no Teatro do Sesc

Quatro pessoas foram presas na Índia pelo vazamento de Game of Thrones. Segundo a Agence France-Presse, elas foram responsáveis pela invasão dos arquivos da distribuidora da HBO no país, a Star India, e posterior divulgação de "The Spoils of War", o aclamado quarto episódio da sétima (e atual) temporada da série. Os presos são acusados por "violação criminal de confiança e infrações relacionadas à informática". O requerimento foi

proposto por uma empresa de Mumbai responsável pelo armazenamento e processamento dos episódios de Game of Thrones para um aplicativo, informa a AFP. Esse vazamento é um caso separado da recente invasão aos arquivos da HBO, cujo hacker ainda não foi encontrado e continua divulgando ilicitamente episódios de séries da emissora, como Ballers, Insecure e Curb Your Enthusiasm, cujo aguardado retorno só acontece no dia 1º de outubro.

No set de Deadpool 2: Ator homenageia dublê morta durante filmagens

A produção de Deadpool 2 está de luto. Hoje pela manhã, uma dublê de cenas de ação da personagem Dominó (oficialmente interpretada pela atriz Zazie Beetz) morreu em decorrência de um acidente de motocicleta. A equipe tem demonstrado seu pesar pela tragédia. Em entrevistas para o TMZ e CTV News, algumas testemunhas afirmam que ela atravessou vidro e não conseguiu usar os freios. Aparentemente, a profissional chegou a ser levada para o hospital, mas não sobreviveu aos ferimentos. "Estamos de coração partido, chocados e devastados", escreveu o protagonista e produtor Ryan Reynolds. "Mas reconhecemos que nada chega perto da tristeza e da dor inexplicável que

sua família e pessoas amadas devem sentir nesse momento. Meu coração se derrama por eles — bem como por toda e qualquer pessoa que ela tocou nesse mundo." O diretor e ex-dublê David Leitch também se manifestou: "Estou profundamente triste por essa perda de uma das nossas dublês hoje. Não há palavras que possam expressar como eu e o restante da equipe de Deadpool 2 nos sentimos por essa tragédia. Nossos pensamentos estão com a família, amigos e pessoas amadas nessa hora difícil." A Fox, que também declarou seu luto oficialmente, não comentou se o acidente provocará atraso nas filmagens. Deadpool 2 estreia no dia 1º de junho de 2018.

Com o objetivo de proporcionar o acesso de crianças e adolescentes de escolas públicas de Gravataí e região à sétima arte, o Sesc local realiza, nos dias 29 e 30 de agosto, o AnimaSesc. Serão exibidos os filmes “O Menino e o Mundo” e “Asterix e o domínio dos Deuses”, nos horários das 9h30 e 14h30. A atividade é gratuita, mediante agendamento e as instituições interessadas devem entrar em contato pelo telefone (51) 3497-6263 ou por e-mail fnaimaier@sesc-rs. com.br. O AnimaSesc ocorrerá no Sesc Gravataí (Rua Anápio Gomes, 1271). Mais informações podem ser obtidas no site www.sesc-rs.com.br/gravatai e na página www.facebook.com/ sescgravatai. O filme “O Menino e o Mundo” conta a história de menino que mora com os pais em uma pequena cidade do campo. Diante da falta de trabalho, um dia, ele vê o pai partindo para a cidade grande. Até que então ele faz as malas, pega o trem e vai descobrir o novo mundo em que seu pai mora. A classificação etária é livre e tem duração de 1h40min. Já a película “Asterix e o domínio dos Deuses” mostras as aventuras de Asterix e Obelix para atrapalhar os planos do imperador romano Júlio César. A classificação é livre e tem a duração de 1h25min.

Espetáculo paulista “Em Caixa de Quatro” chega em agosto Apresentação está programada para o dia 19, às 20h, no Teatro do Sesc No dia 19 de agosto, o município de Gravataí recebe o espetáculo de humor “Em Caixa de Quatro”, do Grupo Avacalhados (SP). O elenco é formado pelos atores Diego Becker, integrante do programa Pânico na Band, Fábio Nunes, Sil Esteves e André Pateta, do Canal Parafernália. A apresentação acontece às 20h, no Teatro do Sesc (Rua Anápio Gomes, 2.141). Os ingressos para comerciários e dependentes com

Cartão Sesc/Senac já estão à venda no SAC da Unidade no valor de R$ 15. Já o público em geral pode adquirir as entradas a R$ 30, na Livraria J.A Júnior (Rua Anápio Gomes, 1.370), assim como meia-entrada para estudantes e idosos. Quatro atores, mesclando suas habilidades e desafiando as que não têm, expõem um tudo, o tudo e o nada. Com cenas curtas e uma linguagem popular-

-contemporânea, o elenco leva ao público a acidez e o cinismo, típicos de uma geração "youtubística". Um espetáculo para quem quer se divertir, desestressar e relaxar, assistindo a uma mistura bem-humorada de teatro, música, improviso, circo e qualquer outra arte que caiba nesta "caixa". A peça tem realização da Risoteca Produtora, em parceria com Sistema Fecomércio-RS/ Sesc.

Profile for Folha de Cachoeirinha

Quarta-feira | Cachoeirinha, 16 de agosto de 2017 - ANO V | Edição 1132  

Quarta-feira | Cachoeirinha, 16 de agosto de 2017 - ANO V | Edição 1132  

Advertisement