Page 1

Cachoeirinha, 11 junho de 2014 ■ Pág. 1 ►SOLIDARIEDADE

Boas ações que aquecem o coração Grupos fazem doações de alimentos e agasalhos em bairros de Cachoeirinha ■Página 5

CORREIO DE CACHOEIRINHA ANO 2 | EDIÇÃO 343 DIÁRIO /QUARTA-FEIRA, 11 DE JUNHO DE 2014 - R$ 1,00 Circulação nos municípios de Cachoeirinha, Gravataí, Alvorada, Canoas e Sapucaia do Sul FOTO CLIC CACHOEIRINHA

►CIDADE

►BAIRRO

Passe livre pode passar a vigorar com novas regras na cidade Executivo envia projeto que muda acesso ao passe livre para votação na Câmara dos vereadores de Cachoeirinha.

Abandono do Parcão, calçadas esburacadas e poucas linhas de ônibus fazem parte das reclamações dos moradores do Parque da Matriz

■Páginas centrais

►TECNOLOGIA

Aplicativos para não perder nada nesta Copa ■Página 8

►LEMBRANÇAS

■Página 4

►PRA FRENTE BRASIL

Nove mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Parque da Matriz

Falta 1 dia para o início da Copa do Mundo ■Página 9

■Página 10


Pág. 2 ■ Cachoeirinha, 11 de junho de 2014

Aeroporto Salgado Filho fica fechado durante nove horas

Opinião correiodecachoeirinha@gmail.com 3497-1078

Ontem, 10, foi o dia em que o Aeroporto Salgado Filho ficou fechado por mais tempo no ano: foram nove horas sem funcionamento dos voos. O pior caso até então havia sido em 27 de maio, quando os voos ficaram suspensos por sete horas e 40 minutos.

FOTO DO DIA

CHARGE DO DIA

FOTO:G1

Opinião

No total, maio registrou 28 horas e oito minutos com os terminais fechados, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Durante a manhã, 17 voos foram cancelados e 45 atrasaram.

Nizan Guanaes

Publicitário e presidente do Grupo ABC

OPINIÃO ECONÔMICA A COPA DAS CIDADES Rio de Janeiro e “Sáo Páolo” até que a mulher do tempo da CNN falou direito. Mas quando chegou a vez de “Cuiába” e “Manaush”, a língua enrolou. São cidades que não costumam frequentar as previsões do tempo e muito menos o noticiário das redes de TV estrangeiras. Mas agora, as 12 estão lá. Salvador, Natal, Recife, Brasília, Belo Horizonte, Manaus, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Cuiabá, Porto Alegre, Fortaleza. Na previsão do tempo da CNN, no noticiário esportivo do “The Times” de Londres, nas páginas políticas do “Suddeutsche Zeitung” de Munique. Podíamos ter menos sedes da Copa, mas não vamos, por isso, desperdiçar os benefícios de tê-las. Os custos já estão contabilizados. Se não maximizarmos as oportunidades que trazem, esses custos terão sido ainda mais altos. As 12 cidades-sede têm muito a ganhar com o olhar do mundo. Se fosse possível calcular o preço da atenção que a mídia mundial dará às cidades brasileiras nos próximos 30 dias, as cifras teriam padrão astronômico. E esta será a primeira Copa do Mundo ultraconectada. Em 2010, na Copa da África do Sul, o Facebook tinha 500 milhões de usuários, hoje, tem 1,3 bilhão. O Instagram nem existia. Então, não vamos nos esquecer de incluir posts e uploads das cidades do Brasil nas redes mundiais durante e depois do Mundial para calcular o legado do torneio. Algumas cidades, claro, dispensam apresentação. Rio e São Paulo já são metrópoles globais por razões diferentes e por razões comuns. Cada cidade com sua vocação. E mesmo as duas grandes cidades brasileiras são ainda menos conhecidas do que deveriam. Por isso, a exposição da Copa é não apenas positiva como também necessária. Manaus será invadida por ingleses e italianos, e pela mídia inglesa e italiana; Porto Alegre, por franceses; Curitiba, por espanhóis; Recife, por japoneses; Cuiabá, por coreanos. Presentes em carne, osso e mídias. Não há nada mais global do que isso. Esta oportunidade não se repetirá. Este é o século das cidades. E o mundo precisa conhecer as cidades do Brasil. Elas representam nossa diversidade, nossa imensidão, nossa força. É na esfera municipal que se encontram soluções por natureza mais focadas, mais exequíveis, mais mensuráveis. E identidades mais marcadas. A comida e a música de Porto Alegre são diferentes da comida e da música de Natal, que são diferentes das de Manaus, de Salvador, de Brasília. É na esfera metropolitana que se conduzem as discussões mais férteis de gestão pública hoje no mundo, com foco em soluções. A população urbana da Terra saltará dos atuais 3,6 bilhões de pessoas para 5 bilhões em 2030, aponta estudo recém-lançado da consultoria global McKinsey, chamado “Como Fazer uma Grande Cidade”. É um crescimento espantoso e sem precedentes para o qual já se buscam novas respostas e novos programas. O sistema de transporte que o então prefeito Jaime Lerner implementou em Curitiba e as parceiras público-privadas do prefeito Eduardo Paes no Rio de Janeiro são citadas como iniciativas exemplares no estudo da McKinsey. O que mais as nossas cidades vão mostrar ao planeta? O novo trânsito que paralisa Salvador e Manaus e/ou a vibrante e específica cultura dessas cidades, que cresceram a ritmo chinês nos últimos anos? Tenho defendido e abraçado o novo conceito da publicidade em seu caminho da ficção ao documental, do monólogo ao diálogo com o público. Nesse sentido, os estrangeiros vão conhecer o Brasil real, com as nossas forças e com as nossas fraquezas. Não devemos esconder os nossos defeitos, mas também não vamos esconder as nossas qualidades. O mundo já está falando conosco. O mundo já está falando de nós. Vamos trabalhar para que essa conversação seja primordialmente para o bem, porque somos maiores que os nossos problemas. Eles não devem nos congelar nem nos definir. O que nos define somos nós mesmos.

Uma empresa do Grupo 2M Ltda

Representante Comercial: (51) 3272-9595

PREVISÃO DO TEMPO QUARTA-FEIRA, Mín.7°, máx. 20°

A ONG Rio de Paz realiza um protesto nas areias da Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira(10), contra os gastos na Copa do Mundo

Dia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde.

Artigo do dia ENSAIO SOBRE AS LIXEIRAS

T

ranscorreu a Semana do Meio Ambiente. Por isso, relato recente passagem por São Paulo, onde tive tempo de caminhar pela cidade. Percebi vasta quantidade de lixeiras nas suas principais ruas e avenidas, colocadas em praticamente todos os postes. Acabei me fixando neste mobiliário urbano porque em Porto Alegre existe o debate sobre a aplicação de multas para quem não destina adequadamente os seus resíduos. Essa regra já existia na legislação ambiental, mas o novo Código de Limpeza Urbana buscou alinhar-se à Política Nacional de Resíduos Sólidos, utilizando o conceito de resíduo e não de lixo. E, nesse sentido, a nova lei municipal estabeleceu como objetivo “provocar uma mudança de hábitos”. Essa mudança aconteceria com a imposição de sanções pecuniárias aos descumpridores da lei. Na marra. Muitos acreditam que a conscientização ambiental (e em outras esferas) só ocorre quando o cidadão sente no bolso. A eficaz fiscalização tem seus efeitos positivos. Mas o poder público tem

que dar o exemplo. Sem isso, fragiliza-se a argumentação de penalização dos contribuintes. O governo acaba fazendo o mais fácil, que é multar, descumprindo seu papel nesse jogo: seja disponibilizando as lixeiras, seja oportunizando a iniciativa privada que o faça. Este raciocínio não pretende legitimar a conduta dos mal-educados. Longe disso. A boa educação – e a lei – indica que devemos descartar o resíduo adequadamente. Existindo lixeiras em número considerável, a postura errada é desestimulada. Efetiva-se a educação ambiental. Experimente caminhar por qualquer avenida da nossa capital: salvo raras exceções, não existem lixeiras ou elas estão em péssimo estado de conservação. É A Constituição da República expressamente indica, em seu artigo 225, que a obrigação de defender e preservar o meio ambiente, e por consequência, nossa cidade, é de todos: pessoas físicas e jurídicas, privadas ou públicas. Cada um deve fazer a sua parte, sem espaço para omissões de responsabilidade.

ALEXANDRE BURMANN | ADVOGADO, ESPECIALISTA EM DIREITO AMBIENTAL

Os artigos publicados com a assinatura nesta página não traduzem necessariamente a opinião do jornal e são de inteira responsabilidade dos seus autores. As cartas para o Espaço do Leitor, com a assinatura´, endereço, númnero de Identidade e Telefone de contato para confirmação deverão ser enviadas para o e-mail da Redação do Correio de Cachoeirinha: correio de cachoeirinha@gmail.com Por razões de clareza ou espaço, as cartas poderão ser publicadas resumidamente.

Jornal Correio de Cachoeirinha registrado sob o número 18.507 | Fl. 185 - Livro A - 03 da Comarca de Cachoeirinha | Ofício dos Registros Públicos Jornal Diário Oficial dos Municípios Ltda | CNPJ nº 08070493/0001-48 | Tiragem – 8.000 exemplares

| Avenida General Flores da Cunha, nº 1320 sala 802 - Cachoeirinha - RS | CEP: 949100-002

Fone: 51 - 34971078 | Acesse o site: www.correiodecachoeirinha.com

Diretor geral: Moacir Oliveira Menezes | Departamento comercial: Grupo de Diários | Edição e diagramação: Carolina Candido (MTE 14787) | Redação: Caroline Weigel e Érika Waleska Estagiário de jornalismo Guilherme Augusto | Colaboradores: Roberto Teixeira, Aline Cruz e Volnei Borba


Cachoeirinha, 11 junho de 2014 ■ Pág. 3

Consulta ao lote de restituição já está disponível

Opinião correiodecachoeirinha@gmail.com 3497-1078

A partir das 9h de hoje é possível consultar o primeiro lote de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2014. Nessa primeira etapa do pagamento referente ao Imposto de Renda do ano passado, serão

pagos mais de R$ 1,9 bilhão a 1.350.668 contribuintes. O crédito será pago pelo Fisco na próxima segunda-feira, dia 16. Esse lote abrange, ainda, restituições referentes aos anos de 2008 a 2013.

Pelo segundo dia consecutivo, neblina fecha totalmente o Salgado Filho. Como você acha que será o funcionamento do aeroporto durante os dias da Copa? Você acha há ainda alguma providencia que possa ser tomada? "Quanto aos fenômenos da natureza, ainda que possam ser previstos meteorologicamente, não há providências que possam ser cabíveis, exceto adiantar o máximo possível o deslocamento para a capital, a fim de evitar que atrasos e cancelamentos interfiram no andamento das partidas."

Giovani Bitencourt Barbosa, morador de Cachoeirinha

"Acho que é esperar pelo aparelho de neblina, que melhorará em 30% as decolagens e aterrissagens. Para Copa do Mundo ainda não é o ideal, mas como o tempo está curto é melhor termos algo próximo da qualidade ideal."

Guilherme Ricardo Tcheco, morador de Cachoeirinha

"Bem sabemos da importância do Aeroporto nos dias de hoje, mas também sabemos do fator tempo, temos um aeroporto em zona urbana construído em um banhado (aterrado claro), mas vai estar sujeito sempre em dias úmidos a neblina. Acredito que pouco pode fazer em relação a isto, mas num todo nosso aeroporto é deficiente em números de pista entra ano e sai ano e a infraero vem sempre anunciando melhorias nas pistas, houve sim inúmeras mas estamos longe ainda de termos um aeroporto moderno de primeiro mundo, foram feitas melhorias para a copa, mas sabemos que foi apenas para impressionar a opinião pública e atender a Fifa que é quem ditas as regras na copa e que atendam em primeiro plano as seleções, turistas e delegações da Fifa, num segundo plano nada será feito, de imediato, teremos de conviver com estas situações de fechamento por horas ou até o dia todo." Ubirajara Pereira da Silva, morador de Cachoeirinha

"Sem a copa, o funcionamento do aeroporto já é vergonhoso. Durante a copa, tem tudo pra piorar. A neblina vai fazer com que os atrasos em pousos e decolagens aumentem, assim como os cancelamentos. Faltando um dia para a copa, acredito que não há nada mais a ser feito, a não ser minimizar os problemas que já temos, visto que o aparelho que auxilia o pouso nessas condições já estava para ser comprado a tempos, e até agora nada."

Leonardo Marinho, morador de Cachoeirinha

Leci Maria Soriano Bobsin Corrêa Professora e administradora

SEGURANÇA PADRÃO FIFA OU PARA GRINGO VER Imagino que os estrangeiros que chegaram a Porto Alegre nesses últimos dias e se depararam com um forte sistema de segurança, por certo, terão dificuldade para entender a música do compositor João Bosco De frente pro crime na qual ele entoa em seus versos outra realidade sobre as ruas “seguras”, dizendo mais ou menos assim: [...] tá lá o corpo estendido no chão/em vez de rosto uma foto de um gol/em vez de reza uma praga de alguém/e um silêncio servindo de amém [...]. Mal sabem nossos visitantes que a letra não se trata de uma fantasia ou licença poética, mas sim, da dura realidade do sistema de segurança, portanto, a letra é verdadeira e o que é falso é o cenário montado: aqui se vive insegurança e medo todo santo dia. Ocorre que, nestes casos, para dar credibilidade à fantasia, os atores também devem contextualizar seus textos ao cenário e aí a mentira acaba. Por honestidade – princípio que ainda é cultivado pelos gaúchos - uma breve conversa de qualquer porto-alegrense com um turista desavisado, será o suficiente para fazer nossos convidados reavaliarem suas incursões pelas terras de Cabral. Confesso que ao ver tanto policiamento nas ruas de Porto Alegre fui até dominada por uma onda saudosista e recordei-me da época em que se caminhava despreocupadamente à noite pelas ruas, sob a proteção dos famosos “Pedro e Paulo” que, pouco a pouco, foram sendo extintos pelos governantes. Mas como sei que há um ditado popular que diz que “tudo que é bom dura pouco”, retomo com pesar os versos finais da música que iniciei este artigo: [...] sem pressa foi cada um pro seu lado/pensando numa mulher ou no time/olhei o corpo no chão e fechei/minha janela de frente pro crime [...]. E assim, tão rápida como veio, a nossa segurança padrão FIFA também partirá sem deixar legado, exceto a constatação de que um dia revivemos a segurança de outrora em função de alguns jogos de futebol.


Pág. 4 ■ Cachoeirinha, 11 de junho de 2014 -

Defesa de Genoíno pede urgência ao STF na decisão sobre prisão domiciliar

Cidade Política correiodecachoeirinha@gmail.com 3497-1078 correiodecachoeirinha@gmail.com 3497-1078

Os advogados do ex-deputado federal José Genoíno pediram ao Supremo Tribunal Federal (STF) que julgue com urgência recurso que pede o retorno do ex-parlamentar para a prisão domiciliar. Condenado por participação no esquema do mensalão, Genoíno está

Ainda o Decreto Totalitário de Dilma Por Enio Meneghetti eniomeneghetti@hotmail.com

preso desde o início de maio no complexo penitenciário da Papuda, em Brasília. Conforme a defesa, exames de sangue feitos pelo ex-deputado no último mês mostram resultados "extremamente preocupantes".

Passe livre pode passar a vigorar com novas regras na cidade Executivo envia projeto que muda acesso ao passe livre para votação na Câmara dos vereadores de Cachoeirinha.

Na última sexta-feira o líder do DEM na Câmara, deputado Mendonça Filho (PE) apresentou um Projeto de Decreto Legislativo pedindo a revogação do decreto de viés totalitário baixado pela presidente Dilma Rousseff. No Congresso, nove legendas – DEM, PSDB, PPS, PR, PV, PSD, PSB e Pros e Solidariedade, aderiram à medida de barrar o decreto de Dilma. Assustado, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), já sugeriu ao Palácio do Planalto que revogue o decreto. Ele resiste em colocar em votação o decreto legislativo de anulação dos efeitos do texto presidencial. O decreto 8243/2014 cria a chamada “Política Nacional de Participação Social”. Na prática, o decretão de Dilma obriga os órgãos do governo a promover consultas populares sobre grandes temas, criando assim uma nova instância de poder contrária ao que dispõe a Constituição brasileira. Os integrantes dos conselhos serão nomeados pelo governo dentre integrantes dos “movimentos sociais”. Causa espécie a desfaçatez do decreto governista, pois se sabe que o PT sempre se apoiou nesses movimentos, nunca se descuidando da relação. Os sindicatos, movimentos sociais como o MST, União Nacional dos Estudantes (UNE), foram muito bem tratados pelas gestões petistas no governo federal. A UNE recebeu 30 milhões de reais de indenização para a construção de uma nova sede no Rio de Janeiro e quase 13 milhões de reais em convênios no governo Lula. Segundo a revista Veja, o MST, só em 2005, o ano do mensalão, amealhou 64 milhões, por meio de ONGs, abastecidas pelo governo por meio de convênios. O responsável pelo contato entre o governo e estas estruturas sempre foi e continua sendo o ministro chefe da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho. Na gestão Dilma, porém, esses grupos e entidades já não consideravam suficiente o tratamento que continuavam recebendo. Foi daí que passaram a se repetir cenas de protesto, com indígenas, sem-terra e sem-teto tentando invadir o Palácio do Planalto ou acampados em frente à sede do governo. Ano passado, em meio aos protestos, o presidente do PT, Rui Falcão, até tentou capitalizar e infiltrar militantes petistas em meio às manifestações que sacudiram o país, mas os petistas foram hostilizados e isolados nas ruas. Foi então, numa medida que parece estar entre a irresponsabilidade ou a loucura, que sobreveio o decretão de Dilma, que investe esses grupos com um poder inédito, nunca antes concedido na história deste país. A oposição (sim, ela existe!) minoritária, ameaça com as limitadas armas à seu alcance: entrar em obstrução e não votar medidas provisórias, caso Dilma não revogue o decreto, ou caso o Congresso não aprove a peça revogatória apresentada. A expectativa da oposição é que o projeto tenha urgência e seja votado ainda nesta semana. - Esse decreto é uma aberração. É uma desfaçatez o PT e a presidente Dilma chegarem ao nível de passar por cima do Legislativo. - disse Mendonça Filho. - Os integrantes serão escolhidos pelo governo, que pretende assim criar esse poder paralelo. Para ser ouvido, só se o cidadão comum estiver r associado a uma ONG ou a um sindicato - disse o líder do DEM. As consequências são imprevisíveis. Mas o mais espantoso ainda é que os grandes jornais do RS não dedicaram – até o momento em que este artigo era escrito – nenhuma linha à respeito do tema. Por que será?

A

prefeitura de Cachoeirinha enviou para votação o projeto de lei que cria novas regras para conceder o beneficio do passe livre estudantil no município, entre as modificações estaria à comprovação da renda familiar. A justificativa do governo municipal é que a alteração das regras para concessão dos passes para estudantes é necessária para preservar o direito daqueles estudantes de famílias com renda muito baixa, fazendo com que o beneficio fosse

alcançado por todos que realmente precisam da gratuidade para a escola. Se o projeto for aprovado na Câmara, para ter direito a 100% de gratuidade no transporte público, o estudante vai precisar comprovar renda de até ½ salário mínimo por ■ As 17 horas de ontem, alguns estudantes se mobilizavam para o ato de protesto integrante da família. Os estudantes que comprovarem to à Secretaria de Mobilidade renda de até 1 e ½ (um e Urbana que autorizará a conmeio) salário mínimo passaria cessionária de transporte públiter direito ao meio passe. Para ter direito a gratuidade co a emitir um Cartão Escolar total ou parcial todos os alunos Gratuito, com a definição do precisarão ser cadastrados jun- percentual de subsídio.

Faltar à aula poderá gerar bloqueio ao cartão Com a nova regra, a Secretaria Municipal de Educação enviará mensalmente, relação dos alunos que não estão comparecendo a escola, para fins de bloqueio do cartão das passagens subsidiadas. Outra modificação é o recadastramento dos alunos semestralmente o que não ocorre hoje. Também foi incluída na nova redação da lei a obrigatoriedade da empresa de transporte público a instalação do espelhamento da bilhetagem eletrônica com o objetivo de gerar relatórios para fins de pagamento das gratuidades por parte da Prefeitura.

Manifestação dos movimentos sociais Ás 17h de ontem, 09, alguns representantes de movimentos sociais já se aglutinavam em frente à prefeitura para reivindicar os direitos dos estudantes em receber passe livre. “Os estudantes têm direito ao passe

livre universal independente da renda. O transporte precisa ser público e gratuito é com o SUS, por exemplo. Não é necessário comprovar renda para usar o sistema único de saúde. Além de lutar pelos passes dos

estudantes, também queremos discutir com o governo o reajuste salarial dos municíparios e a marginalização dos movimentos sociais”, comenta Bruno Camilo, representante do Sindicato dos Municiparios.

O QUE ELES DEFENDEM É importante ressaltar que não existe lei federal ou estadual que obrigue os municípios a subsidiarem passagens aos estudantes. Cachoeirinha vai continuar a manter as passagens escolares, mas como novas regras com o objetivo de garantir a gratuidade ou o beneficio da ½ passagem para as pessoas de baixa renda, que realmente precisam. A outra modificação proposta e que é a concessionaria responsável pelo transporte público instale um sistema de espelhamento para o município conseguir ter um controle da quantidade de passagens conseguidas aos estudantes da cidade a expectativa é que, mesmo com a analise da renda das famílias todos os estudantes continuem a usufruir do beneficio. Marcos Barbosa – Líder de bancada do Governo

Segundo a secretária de mobilidade urbana, hoje, cerca de 2.000 alunos fazem uso do meio passe estudantil. Eles não têm um levantamento de quantos perderão este direito caso a lei 3798/2014 seja aprovada. Na minha opinião, Cachoeirinha está na contra mão das políticas de inclusão e pela diminuição da evasão escolar. Enquanto nosso governo Federal lança programas que estimulando que todas as camadas sociais avance nos estudos eco governo estadual cria o passe inter municipal, que se tira direitos e possibilidades. O município já da isenção de impostos, banca em dinheiro o passe livre estudantil ( embora restrito ), restringiu o passe dos idosos e agora restingue o meio passe.

Rosane Lipert – vereadora do PT


Cachoeirinha, 11 junho de 2014 ■ Pág. 5

Grande Expediente da Assembleia Legislativa será hoje às 14h

Cidade correiodecachoeirinha@gmail.com 3497-1078

Em homenagem ao Jubileu de Ouro de 50 anos da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, localizada na parada 59, e a caminhada das comunidades eclesiais de base e pastorais so-

ciais o Deputado Estadual Daniel Bordignon propôs um Grande Expediente da Assembleia Legislativa. O Grande Expediente será hoje, às 14h.

Boas ações que aquecem o coração

N

Grupos fazem doações de alimentos e agasalhos em bairros de Cachoeirinha

essa época de frio intenso gera ações para ajudar aqueles que não têm mantimentos suficientes para enfrentar esse clima. A ONG Vida Viva, os voluntários do GAC e alguns outros voluntários estão realizando Campanhas em locais mais carentes da Cidade. O sábado dia 31 de maio foi palco de duas ações de distribuição de alimento e agasalhos no Meu Rincão e na Vila Canarinho. Uma equipe de cerca de 10 pessoas da ONG Vida Viva distribuiu mantimentos para 46 famílias durante toda à tarde do dia 31. “Escolhemos a Vila Canarinho devido ao temporal que aconteceu e destelhou as casas. Eles perderam muita coisa, então resolvemos ajudar por acreditar que era a comunidade que mais precisava de apoio naquele momento”, afirma Iara Mello, uma das integrantes da ONG. Alguns alimentos foram comprados por membros da ONG. Outros mantimentos, agasalhos, calçados, roupas de cama vieram através de doações. “Conseguimos arrecadar bastante coisa. Principalmente roupa de criança, que é o que eles mais precisam. Temos até mais algumas doações que estamos juntando para a próxima ação”, salienta Iara. Para ajudar na organização na hora da entrega, os voluntários visitaram as famílias durante a semana, conversaram e distribuíram tickets, um por família. No sábado, as famílias entregavam o ticket e pegavam as roupas e alimentos necessários para a família. A próxima ação não tem

data e nem local definido. “Estamos estudando qual seria a comunidade mais carente”, explica Iara. Pedro Fraga, um dos coordenadores do Grupo de Assistência a Criança (GAC), explica que “o trabalho no Meu Rincão é desenvolvido desde 2013, devido aos alagamentos do arroio que cruza o Meu Rincão”. Dessa vez o Grupo escolheu duas famílias que passavam por dificuldades. Uma delas teve a casa atingida por um incêndio. É uma família com nove crianças que perdeu tudo, inclusive seus documentos. A outra tem sete crianças, de 3 a 7 anos de idade. “O pai está preso e as crianças estavam passando por dificuldades com alimentação e roupas”, relata Pedro. O grupo teve a parceria do Cras Betânia e do posto de saúde. A segunda família foi encaminhada aos cuidados do Cras. Foram arrecadados roupas, calçados, cobertores, ranchos, produtos de limpeza e pretendem conseguir sete colchões para doação. O modo de propagação da campanha foi o Facebook. “Houve colaboração de amigos de Cachoeirinha e Porto Alegre”. O Projeto Luz, Camara, Ação doou 80 peças de roupas de lã para contribuir com a ação. A próxima campanha será a reconstrução da casa de uma das famílias. “Eles estão morando numa peça que cabe uma pessoa, sendo que é uma família de 11”, conta Pedro. O grupo pede que quem tiver doações de móveis para contribuir entre em contato: 9994-3911.

■ Doação de roupas e alimentos foi feita no sábado na Vila Canarinho, beneficiando 46 famílias

■ Família que perdeu tudo em incêndio tem ajuda de voluntários

■ O GAC conseguiu as doações através da parceria entre amigos, Cras e posto da Betânia


Pág. 6 ■ Cachoeirinha, 11 de junho de 2014

Abandono do Parcão, calçadas esbu fazem parte das reclamações dos

Eles tem medo de caminhar a noite no Parcão. Segundo eles a iluminação é precária. Os buracos nas calçadas também são um problema, já que cadeirantes tem dificuldade de sair de casa.

U

m morador relatou que no último domingo, um deles não pode passear pelo bairro porque não tinha como sair do portão. Há também aqueles que reclamam dos horários dos ônibus. “Muitas vezes passamos quase uma hora

a espera de uma linha que nos traga ao Centro”, testemunhou. Animais abandonados vagando pelas ruas também sensibilizam alguns dos moradores do Parque da Matriz. Segundo eles muitos animais estão nas ruas e falta um espaço para que eles não sofram nesse período de frio rigoroso. Esses e outros, são alguns dos problemas relacionados pelos moradores do Parque da Matriz que apesar das dificuldades do dia a dia, garantem que ali é ainda um dos melhores lugares da cidade pra se viver.

Sem dar chance para o azar ■ 9 Postes de iluminação estão desligados

“Um completo abandono”, assim a cabelereira Adry Aresi, 37 anos, moradora da rua Corcovado se refere ao Parcão. Há 37 anos morando no bairro Parque da Matriz ela conta que o que antes era motivo de orgulho para os moradores daquela região tornou-se hoje, uma grande decepção. ”Estive ontem à noite no Parcão, para acompanhar meu marido em uma caminhada. E fiquei amedrontada. O Parcão está às escuras. Contei e ao todo, tinham 9 postes de iluminação desligados. A maior parte deles bem próximo a divisa com o mato do Júlio. Muito se vê menores fazendo uso de drogas por ali. Real-

mente é decepcionante ver o que virou o Parcão”, constatou. A cabeleira teme que o estado de abandono do Parque facilite a vida de assaltantes já que não existe ali nenhum tipo de patrulhamento nem da Guarda Municipal e nem da Brigada Militar. “Certamente, se existisse ali a presença do de um guarda ou brigadiano imporia mais respeito”, propôs Adry. Além da preocupação com a segurança a cabelereira disse que ficou impressionada com a quantidade de lixo espalhado no local. “Nosso Parcão merece mais cuidados e nós moradores do Parque, mais respeito”, conclui.

Calçadas também são problemas no Parque Conforme relato do empresário Luciano Burim, 38 anos, o Parque da Matriz padece com suas calçadas em péssimas condições. “Assim como os outros bairros precisam de uma atenção especial com suas calçadas, aqui no Parque testemunhamos pessoas com necessidades especiais sem direito a acesso digno. O que queremos é ter um bairro mais bonito, transitar pelas calçadas”, destaca. “Nós que pagamos altos impostos queremos saber quando vai será asfaltada a Avenida Panamericana, Monteiro Lobato e Érico Veríssimo, principal saída do bairro. Também queremos saber onde andam nossos vereadores que só aparecem por aqui em tempo de campanha. Já convidei dois deles para conhecer meu consultório e não vieram. Parece que ficamos sempre ficamos sem resposta para as nossas necessidades, entretanto, em tempo de campanha eles aparecerem. É bom que saibam que a resposta já esta aqui guardada na ponta da língua”, disse.

taria de Educação, antigo Roudhen a situação é precária, é bem irregular e tem alguns lotes vazios sem calçada. Há algumas semanas, entrei em contato com a Prefeitura relatando o problema, inclusive citando a questão dos matos que invadem o pouco de Calçadas que ainda temos no bairro. Prontamente, eles atenderam a solicitação, fazendo a limpeza do local. Só lamento que tenhamos que ligar para reclamar. Penso que sessa deveria ser uma ação que periodicamente deveria ser feita” concluiu.

Demanda atendida “No caminho da Secre■ A situação das calçadas é precária


Cachoeirinha, 11 junho de 2014 ■ Pág. 7

uracadas e poucas linhas de ônibus s moradores do Parque da Matriz O problema com o horário dos ônibus Como se não bastasse os demais problemas, outro que os moradores do Parque da Matriz sofrem e reclamam cada vez mais são os horários dos ônibus, assim como quando eles resolvem não aparecer e o morador perde tempo na parada. Alguns acabam optando por pegar lotação, que é mais cara, mas passa de quinze em quinze minutos, o único problema é o preço que acabou se tornando mais caro agora com o aumento. De manhã, à tarde e à noite, durante a semana e aos finais de semana, ou os ônibus de algum horário não passam, ou passam, porém super atrasados. Tudo isso prejudicando os demais moradores que possuem compromisso marcado, assim como trabalho e escola. Todos já estão indignados com algo que acontece há muito tempo e nunca é resolvido. “A gente olha o horário no guia ou na internet, mas chega na hora e mofamos na parada, pois o ônibus não aparece. Já

cheguei atrasada em vários lugares, principalmente nos finais de semana, quando eles resolvem não passar nos horários certos”, afirma Zélia Bandasz, moradora a mais de 16 anos do bairro e que diz que esse é um dos maiores problemas do bairro. “Horários de ônibus são muito menores que das lotações, parece que realmente fazem de propósito, já que elas são mais caras. Muitas vezes temos de pega-las para não se atrasar”, relata à moradora Angelica Crispim, que mora há dois anos. Moradores dizem que são poucos os ônibus e que diminuíram, pois considera o Parque da Matriz um bairro nobre, onde todos tem carro. “O problema é que esquecem que existem pessoas que não usam o carro para ir ao trabalho, utilizam do transporte público. Fora aqueles que nem carros possuem isso não é desculpa para diminuir os horários e a quantidade de ônibus”, alega Zélia.

Problema que não se resolve Um problema antigo é também o da Rua Santos, que para os moradores é uma rua que foi abandonada. Em 2007 os moradores fizeram um abaixo assinado contendo quase 200 assinaturas, solicitando melhorias como calçamento ou asfalto. O abaixo assinado foi protocolado no setor de Protocolo Geral da Prefeitura, uma cópia foi entregue para o prefeito da época, outra foi entregue ao vereador, que atualmente é o prefeito, e para o secretário de obras. “A gente vê que não houve interesse nem por parte deste governo, que não mostrou interesse em visitar a rua e nem responder ao protocolo”, afirmam moradores. Até hoje, a Rua Santos continua na mesma situação. Para os moradores isso é um descaso do governo. “Aqui residem famílias, seres humanos que querem um mínimo de dignidade e qualidade de vida. Por isso existem as críticas com o governo irresponsável”, concluem.

Só dor de cabeça A moradora Angelica Crispim também relata de outros problemas que acontecem na própria rua onde mora, a Rua Cascavel, onde diz que o maior problema são as enormes quantidades de cachorros soltos na rua. Ela que tem um bebê em casa, diz que é horrível, pois a criança não dorme com o barulho dos cães. “Tem muito cachorro na rua, os próprios vizinhos que não colocam os cães para dentro de casa e animais que outras pessoas largam aqui. Então aqueles que estão dentro dos pátios enlouquecem”, conta Angelica, que já entrou em contato com a Prefeitura, que a informaram que não poderia ir buscar os cães, por não haver lugar para coloca-los. Outra dor de cabeça são as crianças andando com as bicicletas de motor, caso esse que a equipe do jornal Correio de Cachoeirinha, já noticiou. Moradores reclamando e achando um absurdo, crianças correndo sem nem olhar para os lados, com as “motorelas” (como alguns chamam). “São crianças voando com as bicicletas elétricas, um perigo enorme, fora que o incomodo a noite é insuportável”, afirma. “Também tem carros velhos, enferrujados e abandonados, acumulando água e sujeira. Ficam juntando insetos, e a gente se pergunta como fica a questão da dengue? Esses entulhos estacionados em várias ruas aqui do bairro”, explica e que na Rua Botafogo, tem dois carros abandonados, que desde que foi morar no Parque eles estão ali. “Já fazem dois anos que moro aqui neste bairro, mas estou pensando em me mudar, coloquei minha casa para vender, porque não dá mais. Todos consideram bairro nobre, mas só se for nobre de cachorros e lixão de carros velhos”, conclui a moradora.

■ Grande número de animais abandonados no Parque também é um problema recorrente


Pág. 8 ■ Cachoeirinha, 11 de junho de 2014

Tecnologia correiodecachoeirinha@gmail.com 3497-1078

Crime cibernético gera perdas de US$ 8 bilhões ao País O Brasil perdeu entre US$ 7 bilhões e US$ 8 bilhões no ano passado com os ataques de hackers, roubos de senha, clonagem de cartões, pirataria virtual, além de espionagem industrial e governamental, entre outros crimes cibernéticos. Trata-se de 0,32% do PIB brasileiro e

o equivalente a quase dois terços do lucro da Petrobras em 2013. São crimes arquitetados por quadrilhas internacionais, que contratam hackers e engenheiros para atacar as áreas vulneráveis do comércio internacional, transferência de valores e produção de tecnologia.

Veja lista de apps para não perder os jogos, torcer e se divertir na Copa

F

Há aplicativos para quem quer barulho e para quem quer ver jogos do sofá

altando um dia para a Copa do Mundo do Brasil é bom se preparar, caso não queira perder nenhum momento dos jogos. Aplicativos voltados para o mundial, que começa nesta quinta-feira, 12, lotam as lojas do Google, Apple e Microsoft. Aqui vão opções para quem não quer perder nenhum jogo, torcer e fazer barulho junto também. Para quem não quer perder um jogo Copa no sofá "SofaScore Copa do Mundo 2014", mostra as tabelas dos oito grupos e o desempenho de cada uma das seleções, assim como o resultado de cada partida. Também há informações sobre os artilheiros e as escalações das equipes. Está disponível para Android, IOS e Windows Phone.

para conferir as estatísticas de cada embate e das próprias equipes. Os palpiteiros de plantão podem também mostrar aos amigos que são bons de chute. Disponível apenas para Android. Aplicativos para torcer e fazer barulho Hinos na ponta da língua Os torcedores agora poderão, não cantar apenas o hino nacional até o final, mas também arriscar uma ou outra estrofe nos hinos dos rivais. O aplicativo "Hinos da Copa do Mundo Brasil", para Android. Já o "Hinos Copa 2014", para Windows Phone. Olha a caxirola e vuvuzela aí gente!

Olho no lance "SportTV: Copa do Mundo da FIFA", promete mostrar ao vivo os jogos da Copa, além de exibir os melhores lances das partidas e o clima nos estádios antes de a bola rolar. Está disponível para Android e para IOS. Para quem também gosta de ver os números por trás dos lances, há o aplicativo "SportTV Estatísticas na Copa do Mundo da FIFA", para IOS. Ambos são gratuitos. Interação dentro de campo Aplicativo oficial da Globo, o torcedor pode interagir durante as partidas e acompanhar de perto cada lance. Pode ainda responder às enquetes propostas durante as partidas e ver de novo os momentos cruciais da partida. Para os fãs dos números que ajudam a explicar as partidas, também dá

Mesmo os instrumentos musicais terem sido proibidos nos estádios pela Fifa, os torcedores que gostam de barulho poderão levar no bolso a algazarra de caxirolas e vuvuzelas. Apesar dos tablets também serem proibidos, os smartphones estão liberados, e há aplicativos que reproduzem os sons não somente de caxirolas e vuvuzelas, mas também de buzinas, caixas e chocalhos. O aplicativo "Caxirola Copa do Mundo 2014", para Android. O "Corneta do Hexa", para IOS e o "Samba tambor Copa do Mundo", para Android.

Aplicativos para se divertir Dentro e fora do gramado Dos videogames para smartphones e tablets, o game de futebol "Fifa 14" coloca em campo as seleções da Copa do Mundo, vestindo os uniformes que serão utilizados no mundial, para participar de partidas com a bola da competição, a Brazuca. O aplicativo está disponível para Android, iOS e para Windows. Já o "Fantasia Copa do Mundo" é para aqueles que acham que o dedo do técnico ou do diretor de futebol contam mais para um bom resultado nas partidas, do que os lances geniais dentro de campo. O aplicativo é para Android. Para adivinhar Personagem principal dos gramados, nunca faltou a nenhuma Copa do Mundo. A bola sempre está lá. De um campeonato mundial para o outro, apenas muda o visual. Mas qual "uniforme" a redonda usou em cada torneio? É isso que o quiz "Quiz Bolas Copa do Mundo" pergunta. O aplicativo é para Windows Phone. Para passar o tempo entre um jogo e outro, monte os quebra-cabeças dos logotipos de cada uma das 32 seleções no Copa do Mundo Quebra-Cabeça, para Android. A dificuldade varia conforme o número de peças, que vão de nove e a 36. Bonito na foto "Câmera da Copa PRO" traz um pacote de adesivos nas cores das seleções que participarão do mundial para que os usuários os colem sobre uma foto. Com isso, qualquer um vira torcedor durante a Copa do Mundo. São imagens de perucas, confetes e cornetas. Além de adereços em verde amarelo, há apetrechos nas cores da Alemanha, Argentina, Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Inglaterra, Japão, México, Itália e Portugal. Custa US$ 4 e está disponível para iOS.


Cachoeirinha, 11 junho de 2014 ■ Pág. 9

Falta um dia para o início da Copa do Mundo

Esporte correiodecachoeirinha@gmail.com 3497-1078

O árbitro japonês Yuchi Nichimura é o escolhido pela Fifa para apitar a partida entre Brasil e Croácia, nesta quinta-feira, na Arena Corinthians. Curiosamente, o

juiz é o mesmo da última partida da Seleção em Copas, na África do Sul, quando a equipe foi derrotada pela Holanda por 2 a 1.

Palestra sobre formas de encarar grandes desafios motiva Seleção brasileira

Jogadores e comissão técnica da França recebem instruções da Fifa

A preparação da seleção brasileira para a Copa do Mundo não se limita apenas a treinos táticos dentro de campo. De olho no hexa, o técnico Felipão faz questão também de reforçar o trabalho fora dos gramados. Os jogadores e a comissão técnica se mostraram receptivos e interessados na apresentação de Carlos Júlio. Em alguns momentos, alguns jogadores pediram a palavra e entraram no debate sobre o assunto. No final da palestra, todos ganharam de presente dois dos livros escritos pelo palestrante. Para o empresário, a apresentação para a seleção brasileira foi a mais difícil de sua carreira. Ele aproveitou o encontro para pedir autógrafos dos jogadores, enquanto eles também pediram dedicatória nos livros distribuídos.

FOTO: DIVULGAÇÃO

N

a noite desta segunda-feira os jogadores assistiram a uma palestra sobre comportamento, postura e formas de encarar grandes desafios, na concentração na Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro. A palestra ministrada pelo empresário Carlos Júlio, autor de vários best-sellers sobre negócios, teve quase duas horas de duração. O palestrante falou sobre o processo de tomar decisões e a importância de se ter um grupo unido e comprometido para alcançar resultados.

■Palestra motivacional anima jogadores da seleção brasileira

Não perca essa festa Além dos shows, tendas da organização vão oferecer diversas atrações e serviços como

praça de alimentação e atendimento aos turistas. Inicialmente, a Fan Fest seria realizada no Largo

Glênio Peres, no centro da capital. Com a mudança, anunciada em outubro passado pela pre-

feitura e pela Fifa, a capacidade de público foi ampliada de 8 mil para 20 mil pessoas.

Confira a programação completa dos shows: 12 de Junho, quinta-feira: - Banda Showdi, 13h30 -Show de abertura, 15h - Kleiton e Kledir, 19h05 -DJ Fat Duo, 20h35 13 de junho, sexta-feira: - Orquestra Villa Lobos, 11h30 - Banda Renascentes, 15h30 - Banda Saldanha, 18h05 14 de junho, sábado: - Grupo Tholl, 15h05 - Jogo de Ginga, 18h05 - Escola de Samba Restinga, 21h05 15 de junho, domingo: - Embaixadinhas, 11h30 - Dj Joris Delacroy, 11h40 - Léo Paim, 15h05 - Belo - 1ª parte, 18h05 - Belo - 2ª parte, 21h05 16 de junho, segunda: - Os provincianos, 11h30 - Grupo Percurssão Vida com Arte, 15h05 - Antonyo Rycardo, 18h05 17 de junho, terça-feira: - Escola de Samba IAPI, 11h30

- Grupo do Bola, 15h05 - RPM -1ª parte, 18h05 -RPM - 2ª parte, 21h05 18 de junho, quarta-feira: - Grupo Vocal FAE, 11h30 - Banda Tribo Brasil, 15h05 - TãnTãngo, 18h05 19 de junho, quinta-feira: - Samba do Irajá, 11h30 - Grupo Korvatunturi, 15h05 - Claus e Vanessa, 18h05 20 de junho, sexta-feira: - Calote Samba Rock, 11h30 - Nitro Di + Shana Müller, 15h05 - Banda Louca Sedução, 18h05 21 de junho, sábado: - Stereosound, 11h40 - Elton Saldanha, 15h05 - MC Jean Paul, 18h05 22 de junho, domingo: - Banda Funkalister, 11h25 - Banda Melody, 12h05 - Grupo El Dey, 15h05 - Renato Borghetti, 18h05 23 de junho, segunda: - Duda Garbi - Stand Up, 11h30

- Grupo Zueira, 15h15 - Chimaarruts, 19h05 24 de junho, terça-feira: - Ballet Lenita Ruschell, 11h30 - Xaxados e Perdidos, 15h15 - Os Serranos, 19h05 25 de junho, quarta-feira: - Tributo a Tim Maia, 15h15 - Banda Eva, 19h05 26 de junho, quinta-feira: - Pura Cadência, 15h15 - Comunidade Nin Jitsu, 19h05 - Dj Freddi Chernobyl, 20h41 28 de junho, sábado: - Acústicos e Valvulados, 15h05 - César Oliveira e Rogério Melo, 19h05 29 de junho, domingo: - Nalanda, 11h30 - Tchê Garotos, 15h05 - Armandinho, 19h05 30 de junho, segunda - Banda Dublê - Dudu Nobre, 19h05 01 de julho, terça: - Banda Tópaz, 11h30

- Tarcísio Meira's Band, 15h20 - Nelsinho e os Besouros 04 de julho, sexta: - Banda Street Flash, 11h30 - Cadica, 15h05 - Papas da Língua, 19h05 05 de julho, sábado: - Sandro e Cícero, 12h - Shana Müller, 15h05 - Nenhum de Nós, 19h05 08 de julho, terça: - Beto Mayer, 12h30 - Tchê Guri, 15h - Vera Loca, 19h05 09 de julho, quarta: - Circo Girasol, 12h30 - Bidê ou Balde, 15h - Os Fagundes, 19h05 12 de julho, sábado: - Grupo Constelação, 13h30 - Cidadão Quem, 15h - Reação em Cadeia, 19h30 13 de julho, domingo: - Escola de Samba Imperadores - Maria do Relento - Banda Saldanha

Jogadores e comissão técnica da seleção francesa se reuniram na manhã desta terça-feira,10, com integrantes da Fifa no hotel JP, em Ribeirão Preto, cidade-sede dos Bleus na Copa do Mundo. A foto publicada pela Federação Francesa de Futebol numa rede social mostra elenco e integrantes da delegação em uma sala assistindo a uma apresentação em vídeos e slides. A França chegou ao Brasil nesta segunda-feira, no aeroporto de Guarulhos, por volta das 19h30. O desembarque em Ribeirão Preto foi feito às 20h30, chegando ao hotel às 21h. Benzema, Pogba, Evra e companhia, sob forte esquema de segurança, não falaram com jornalistas e torcedores que aguardavam na porta do hotel. Nesta terça-feira, às 15h, o técnico Didier Deschamps e mais dois jogadores vão conceder a primeira entrevista coletiva em solo brasileiro. O primeiro treino, aberto ao público, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, está marcado para às 17h.


Pág. 10 ■ Cachoeirinha, 11 de junho de 2014 -

Polícia correiodecachoeirinha@gmail.com 3497-1078

Polícia Civil e Denarc realizam a maior apreensão de LSD já feita no Estado Uma operação realizada na manhã de ontem, 10, nas cidades de Osório e Canoas estabeleceu um recorde de apreensões de LSD da Polícia Civil e Denarc no Rio Grande do Sul. Foram duas mil doses, além de 152 comprimidos de ecstasy, maconha,

anabolizantes, relaxantes muscular para cavalo, dinheiro e carros importados. Dois homens foram presos, um empresário e um personal trainer. As drogas seriam distribuídas em eventos relacionados à Copa do Mundo em Porto Alegre e Região Metropolitana.

Nove mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Parque da Matriz

■ SOBRINHO DO TÉCNICO FELIPÃO MORRE EM ACIDENTE DE TRÂNSITO O comerciante Tarcísio João Schneider, 48 anos, sobrinho do técnico da Seleção Brasileira Felipe Scolari, o Felipão, morreu no final da manhã de ontem, 10, em Passo Fundo, vítima de acidente de trânsito. O acidente ocorreu por volta das 11h, no km 299 da BR-285, no perímetro urbano, envolvendo um Celta de Passo Fundo, conduzido pela vítima, e uma carreta bitrem de Rodeio Bonito. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a carreta trafegava no sentido Carazinho-Passo Fundo quando o Celta invadiu a pista contrária. Com a violência do impacto, o automóvel foi jogado fora da pista e o condutor morreu na hora. Desgovernado, o caminhão também saiu da pista indo para alguns metros das margens da rodovia.

■ HOMEM É PRESO COMERCIALIZANDO COCAÍNA EM QUARAÍ O comerciante Tarcísio João Schneider, 48 anos, sobrinho do técnico da Seleção Brasileira Felipe Scolari, o Felipão, morreu no final da manhã de ontem, 10, em Passo Fundo, vítima de acidente de trânsito. O acidente ocorreu por volta das 11h, no km 299 da BR-285, no perímetro urbano, envolvendo um Celta de Passo Fundo, conduzido pela vítima, e uma carreta bitrem de Rodeio Bonito. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a carreta trafegava no sentido Carazinho-Passo Fundo quando o Celta invadiu a pista contrária. Com a violência do impacto, o automóvel foi jogado fora da pista e o condutor morreu na hora. Desgovernado, o caminhão também saiu da pista indo para alguns metros das margens da rodovia. ■ AGRÔNOMO É CONDENADO HÁ 8 ANOS DE PRISÃO POR DUAS MORTES EM UM ACIDENTE DE TRÂNSITO O agrônomo Cassiano Ricardo Sartoretto, 31 anos, foi condenado na segunda-feira, 9, pelo Tribunal do Júri da comarca de Passo Fundo, a oito anos de reclusão no regime inicial semiaberto por duplo homicídio doloso de trânsito. O réu respondia pelas mortes dos jovens João Pedro Ribas Lara, 17 anos, e Felipe Sichelero Pinheiro, 19 anos. O acidente ocorreu na madrugada do dia 19 de fevereiro de 2006, no quilômetro 122 da ERS 324, próximo a entrada para São Miguel. Geferson Lacerda da Silva, 25 anos. ■ QUATRO PESSOAS FORAM PRESAS POR SUSPEITA DE TRÁFICO DE DROGAS, ENTRE ELAS UM COLOMBIANO Um colombiano e outros três brasileiros, dois deles adolescentes, foram presos na manhã de ontem, 10, sob suspeita de tráfico de drogas no centro de Porto Alegre. O grupo estava com porções de maconha e 21 buchas da droga já embaladas nas imediações da Praça da Matriz. Os suspeitos foram abordados por policiais do Batalhão Copa que patrulham a região com motocicletas.

C

Um dos homens preso por posse ilegal de arma de fogo já foi liberado mediante pagamento da fiança

erca de 50 policiais da 1ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (DPRM), coordenados pelo delegado Rafael Liedtke, realizaram a Operação Contenção. Eles prenderam na manhã de terça-feira, 10, J.A.R., de 65 anos no Parque da Matriz. O homem foi preso por posse ilegal de arma de fogo. Segundo informações da 1ª Delegacia de Polícia, ele já foi liberado após o pagamento da fiança. Outros nove mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Bairro. Foram apreendidos uma capa de colete balístico, uma munição de revólver calibre 38,, dois celulares, e anotações com nomes e valores, que segundo o delegado Rafael Lidtke,

■ Homem foi preso por posse ilegal de arma no Parque da Matriz

seriam do tráfico de drogas. Também foram apreendidas porções de maconha, papel alumínio para embalar drogas e uma fotografia na qual aparece uma criança com uma arma. Além do homem de 65 anos, foi cumprido mais um man-

Policiais militares que vão trabalhar na Copa do Mundo receberão de Cartilha de Idiomas Cerca de 6 mil exemplares da Cartilha de Idiomas da Brigada Militar (BM) serão distribuídos a partir de hoje, 11, para todos os policiais militares (PMs) mobilizados na Copa do Mundo. Segundo o subchefe da Comunicação Social da BM, major Leandro Balen, a publicação, em formato de livro de bolso, tem como objetivo facilitar a comunicação com turistas estrangeiros. A Cartilha de Idiomas, repleta de desenhos e cores, tem conteúdo didático e fácil entendimento. Em espanhol, inglês, francês e português, a publicação possibilita que os brigadianos entendam as necessidades básicos dos turistas. Nela estão por exemplo as expressões, nos quatro idiomas, de “encontrei algo”, “eu perdi algo”, “fui roubado”, “estou perdi-

do”, “por favor, mostre-me o caminho”, “eu não compreendo”, “sim”, “não”, “qual é o seu nome?”, “onde você vai?” e “estou doente”, entre outras. O material traz ainda direções e posições, nomes das cores, imagens de moedas e cédulas de reais, números e o telefone 190 de emergência da BM. O subchefe da Comunicação Social da BM, major Leandro Balen confirmou ainda que a primeira Fan Fest, da Fifa, no Anfiteatro Pôr-do-Sol, em Porto Alegre, acontece nesta quinta-feira, exibindo em um imenso telão a abertura oficial da Copa do Mundo em São Paulo. Além da transmissão das partidas em todo o país, a Fan Fest terá ainda shows. O Batalhão Copa, da BM, fará o policiamento ostensivo no entorno do Anfiteatro Pôr-do-Sol.

dado de prisão em flagrante por posse ilegal de arma. O delegado afirma que grupo comprava maconha, crack e, principalmente, cocaína na Capital para revender em Cachoeirinha.

Duas prisões feitas em Porto Alegre e uma em Gravataí Na Região Metropolitana foram presas três pessoas em cumprimento a mandados de prisão preventiva. J.A.O.C., de 26 anos, e L.F.F.G., 37 anos, foram encontrados no bairro Azenha em Porto Alegre. O outro homem de 44 anos, S.L.S.C. foi preso em Gravataí. A operação foi coordenada pelo delegado Arthur Teixeira Raldi da Delegacia de Capturas do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DECAP/DEIC). Os presos foram conduzidos ao Deic para os procedimentos legais e, em seguida, encaminhados ao Presídio Central de Porto Alegre.


Cachoeirinha, 11 junho de 2014 ■ Pág. 11

Ronaldo Fenômeno admite já ter tomado Viagra: “Foi muito incômodo”

Entretenimento correiodecachoeirinha@gmail.com 3497-1078

Ronaldo Nazário, o Fenômeno, admitiu já ter feito uso do Viagra - remédio criado para tratar a impotência sexual. O ex-jogador, entretanto, disse que não aprovou os efeitos da medicação. “Alguns anos atrás, eu tomei para ver como era. Foi muito incômodo. Entope o nariz, sangra. Dá dor de cabeça. Eu não curti. E também não senti grandes diferenças na

rigidez. Mas deve ser melhor hoje em dia, né? Se bem que a Paula [Morais, noiva] me mata se eu tomar um negócio desses”, brincou em entrevista à revista “Playboy”. Aos 37 anos e aposentado da carreira de atleta, Ronaldo assegurou também que está longe dos planos de se tornar técnico de futebol, ao contrário de tantos outros ex-jogadores que ingressam na função.

Luca, filho do jogador de futebol Kaká com Carol Celico, completa 6 anos

M

esmo sendo alvo de comentários sobre separação, o jogador Kaká e Carol Celico estão em clima de comemoração. Luca, primogênito do casal, completa 6 anos anos na terça-feira. Kaká, que está de férias no Brasil, voltou de Fernando de Noronha no último domingo, 8, onde curtiu uma semana de lazer ao lado do irmão, Rodrigo, e do primo Adriano. Os filhos do craque, Luca e Isabella, ficaram em São Paulo com a mãe. Carol e Kaká estão casados desde de-

Cruzadas

zembro de 2005, e segundo noticiou a revista "Caras", eles estariam separados há dois meses. Porém, a assessoria da blogueira nega a informação e garante que Carol está em São Paulo gravando a nova temporada de seu programa, "Enfance". "É mentira. Boatos como estes sempre surgem nesta época do ano quando Kaká tira férias no Brasil sem a Carol e os dois filhos", declarou a assessora. Kaká esteve em São Paulo antes de embarcar para Fernando de Noronha e curtiu o dia se divertindo ao lado dos fi-

Horóscopo

www.coquetel.com.br

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

Antiga veste do traje a rigor

Compõem o mesmo partido (fem.)

O quarto pecado capital (Catol.)

"Cajá", por sua acentuação tônica

I

R

A

Peça do emissário submarino Neste lugar

Adaptados ao meio Tipo de clima Lesionadas

Et cetera (abrev.) Aves ornamentais de lagos

© Revistas COQUETEL 2011

Armação de óculos Condição Bebida do vulcão usada no Orixá men- Em (?): como o preparo de sageiro no alto Etna drinques

O movimento do bispo, no xadrez (?) Gardner, atriz Gás de letreiros

Camada terrestre rica em silício

Dudu Nobre, sambista Rédeas Unidade mínima de informação

(?) minerais: regulam o organismo Aliança militar Hábito do religioso

Foi governado por faraós Aqueles que tomaram vacina Localização das cidades no Saara

(?) Gouveia, atriz Porco selvagem Por, em inglês

Decalitro (símb.) Enovelar País comunista americano

Freio "inteligente" de carros

(?) Fontoura, ator Fazer (algo) às pressas Mulher citada no Evangelho de João (Bíblia)

BANCO

A fêmea do Rei dos Animais

Abrigo de ladrões Câmera, em inglês

Pão de (?), bolo Homem, em inglês Sul (abrev.) Rádio (símbolo)

Gêmeos: A Lua começa a caminhar através de Escorpião e deixa sua saúde ainda mais frágil. O trabalho fica mais intenso e exigente, mas não se preocupe, essa energia é passageira. Mercúrio retrógrado em Câncer pode trazer atrasos e problemas com suas finanças.

que algumas dificuldades e problemas relacionados à sua vida doméstica e seus relacionamentos em família persistam e que alguns imprevistos ainda tirem o seu sono. No entanto, as energias caminham para um duradouro equilíbrio.

A Lua começa a caminhar através de Escorpião e deixa sua saúde ainda mais frágil. O trabalho fica mais intenso e exigente, mas não se preocupe, essa energia é passageira. Mercúrio retrógrado em Câncer pode trazer atrasos e problemas com suas finanças.

Virgem: A Lua entra em Escorpião e caminha na direção de Saturno, tornando alguns problemas e dificuldades em seu coração mais evidentes. Procure conversar e evitar mal entendidos, pois eles podem estar presentes. Mercúrio retrógrado em seu signo pede cuidado com o passado que pode ressurgir.

Libra: A Lua em Escorpião caminha na direção de Saturno, tornando algumas dificuldades financeiras mais evidentes. Não se envolva em investimentos desconhecidos entre hoje e amanhã. Mercúrio em seu movimento retrógrado traz dificuldades em projetos de carreira.

Escorpião: Seu regente Mercúrio em movimento retrógrado pode trazer mal entendidos e problemas na comunicação. E-mails que não chegam, correspondências extraviadas e atraso nos recebimentos também podem estar presentes neste período que dura três semanas.

Sagitário: No amor

Capricórnio: A entrada da Lua em Escorpião faz com que você prefira o isolamento a qualquer movimento social. O momento envolve dificuldades com amigos e em um trabalho em equipe já em andamento. Mercúrio retrógrado em Câncer traz mal entendidos em seus relacionamentos.

Aquário: A Lua entra em Escorpião e caminha na direção de Saturno, trazendo à tona problemas e dificuldades em seus projetos de carreira. Mercúrio em seu movimento retrógrado em Câncer torna difícil a comunicação com colegas de trabalho e superiores. Cuidado com mal entendidos.

Peixes: Mesmo que

Solução

A C E I S

J A V A L I

L I G H T

C A S I T O M I D A V A O S O A N T I Z A S N

C A C A N A O E D N B I T R A R I G O D O S A N A S A D L O L S E M O A R A N A

Sala

D O B A R

|

A B R E O X A U T C O N S N E I T O M U N A S I A O B S Y C C U T A B A M A

Filme

C O R R E L I G I O N A R I A S

Salas em Cachoeirinha

Arcoplex Shopping do Vale Endereço: Av. Tutor Flores da Cunha, 4.001 - Centro - Cidade: Cachoeirinha, RS. Telefone: (51) 3469-1106

Ender’s Game – O jogo do exterminador – DUB | 14:10, 16:20 Tarzan – A evolução da Lenda – 3D/DUB | 14:10, 16:00 Caminhando com dinossauros – 3D/DUB |17:50, 19:40, 21:30 Frozen: uma aventura congelante – DUB | 14:00, 16:10, 18:20, 20:30 Até que a sorte nos separe 2 | 19:00, 21:00

Escorpião e questões financeiras que envolvem sociedades e parcerias começam a preocupar você. Um bom negócio pode ser fechado, mas o dinheiro pode ser adiado. Mercúrio retrógrado em Câncer traz de volta problemas domésticos.

Leão:

e nos romances, ainda existe muita tensão e possibilidade de rompimentos. No momento você pisa em ovos e possui muitas dúvidas com relação ao seu futuro. No entanto, Vênus em Touro beneficia seus projetos de trabalho.

ainda esteja enfrentando problemas ou dificuldades com seus sócios ou parceiros, Vênus em Touro traz discernimento e capacidade de lidar com imprevistos. Acordos e negociações são beneficiados neste período.

Acesse nosso site www.correiodecachoeirinha.com

2/by. 3/cam — man — sad. 4/nana. 5/light. 8/contusas — diagonal. 11/sobrecasaca.

35

Cálculo para transporte de carga

Triste, em inglês Luz, em inglês

Câncer:É possível

Touro: A entrada da Lua no signo de Escorpião vai mexer ainda mais com as estruturas de seus relacionamentos. Mais responsabilidades ou mesmo problemas podem estar presentes. Mercúrio retrógrado em Câncer pode provocar mal entendidos.

Áries: A Lua entra em

www.coquetel.com.br

lhos. Em uma foto publicada em seu instagram, o jogador aparece animado em uma pista de boliche. "E meu dia termina assim, boliche com meus filhos", legendou o atleta. Luca, que chama a atenção pela grande semelhança com o pai, parece ter herdado também o talento pelo futebol. Pai superpresente, Kaká compartilhou recentemente uma foto do menino praticando o esporte e não poupou elogios ao menino: "Meu garoto! Futebol. Amor. Prazer. Apenas como o pai", escreveu.


Pág. 12 ■ Cachoeirinha, 11 de junho de 2014

CORREIO DE CACHOEIRINHA Quarta-feira, 11 de Junho de 2014

Quem não gosta de se apaixonar? Os livros proporcionam até mesmo isso: uma paixão pelos personagens fictícios. São aqueles que te encantam, que te fazem se perguntar se não há mais alguém assim no mundo, igualzinho a ele, para que você possa desfrutar dessa paixão. Quem sabe um dia não encontra?

O Irresistível Café de Cupcakes, Mary Simses ■ Uma história divertida, encantadora e que prende o leitor. Incluso nos gêneros “Chick lit”, conhecidos como comédia romântica, o livro nos mostra a história de Ellen. Ela é uma típica garota americana que tem uma carreira de sucesso, uma vida estrutura, planos já traçados e que seguirá todos eles conforme planejou. Porém, Ellen é muito justa e, querendo fazer sua avó feliz, opta por realizar o último desejo dela, que é o de levar uma carta em uma cidadezinha. Lá, Ellen vai descobrir que sua vida não estava tão perfeita assim, e que quebrar as regras, rasgar os planos e jogar tudo para o alto talvez seja mais interessante. Um livro que fala sobre o destino, sobre o inesperado, sobre viver e saber aproveitar os momentos e oportunidades que a vida oferece. A leitura é fácil, rápida, muito gostosa e com certeza vai atrair os leitores que gostam desse gênero. “Ellen é uma advogada de Manhattan e seu noivo está prestes a se tornar um importante político. Tudo em sua vida parece estar perfeito e no caminho certo. Até que ela decide realizar o último desejo de sua avó e entregar em mãos uma carta. Para isso, ela precisa ir para Beacon, uma charmosa cidadezinha do interior. Entre cupcakes de blueberry e deliciosas rosquinhas, Ellen desvenda os mistérios da vida de sua avó. Aos poucos, ela descobre os simples prazeres da vida e que ‘perfeito’ nem sempre é o que parece”.

Um caso perdido, Colleen Hoover ■ O primeiro livro da série Hopeless nos apresenta a personagem principal, Sky. Prestes a sair da escola, a jovem conhece o encantador Dean Holder. A partir daí, uma série de memórias dela surgirá, coisas que ela gostaria de esquecer para sempre, mas não consegue. A história é muito diferente do que se imagina. Ela é intensa, romântica, emocionante. É quase uma lição de vida e ao mesmo tempo uma ótima forma de passar o tempo, já que prende o leitor, com cenas de suspense, novidades, diálogos intensos e mistério. Além disso, é impossível não se apaixonar pelo personagem deste livro. Um Caso Perdido é um livro repleto de sentimentos. Vale muito a pena ler. “Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras... Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente”.

A Garota Certa, Ali Cronin ■ O personagem principal aqui é um rapaz. Com 17 para 18 anos, Ollie é aquele cara que está sempre de bem com os amigos, despreocupado, às vezes até indiferente. O principal defeito dele é o desapego: Ollie enxerga as mulheres como objetos capazes de saciá-lo por uma noite, mas que não despertam nenhum sentimento nele. O problema disso tudo é que Ollie não procura mudar e se apegar a alguém, até que se vê apaixonado pela melhor amiga, Sarah. Agora, ele precisa encarar de frente seus sentimentos, passar por cima dos problemas que enfrenta em casa e quem sabe conquistar o coração da garota certa. “Para Ollie, sexo sempre foi sinônimo de diversão, e namorar sério era algo assustador. Durante muito tempo seu estilo de vida funcionou, mas aos poucos começou a sentir um vazio cada vez maior - e nem imaginava que a solução estava bem ao seu lado. Desde o jardim de infância, Sarah era sua melhor amiga. Depois que ela sofreu sua primeira grande decepção amorosa, eles ficaram ainda mais próximos, e a turma inteira percebia que estava rolando um clima... Só faltava admitir. Mas manter um relacionamento para valer significaria compartilhar as aflições que Ollie estava acostumado a guardar a sete chaves. Suas angústias iam desde as mudanças de humor repentinas da mãe, que passava da depressão ao êxtase num piscar de olhos, até o descaso completo do pai. Isso sem falar em um problema de saúde que ele escondia até dos melhores amigos... Ollie precisava descobrir um jeito de enfrentar essa situação sem magoar a si mesmo - e sem machucar a garota com quem mais se importava”.

■ *Editora Arqueiro - Com a missão de publicar histórias empolgantes, tornar os livros cada vez mais acessíveis e despertar o amor pela leitura, a Editora Arqueiro é uma homenagem a Geraldo Jordão Pereira, uma figura extraordinária, capaz de enxergar mais além, mirar nas coisas verdadeiramente importantes e não perder o idealismo e a esperança diante dos desafios e contratempos da vida.

ANO 2 | EDIÇÃO 344 DIÁRIO /quinta-feira, 12 de junho de 2014 - R$ 1,00  

ANO 2 | EDIÇÃO 344 DIÁRIO /quinta-feira, 12 de junho de 2014 - R$ 1,00

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you