Page 5

5

Correio de Azambuja - Agosto de 2013

SPORT AVEIRAS E BENFICA ? Confuso com o título? Não esteja. Passamos a explicar. O Correio de Azambuja não é indiferente ao fenómeno desportivo. Por isso fomos até Aveiras de Cima, onde está instalada a Casa da equipa encarnada. Numa tarde solarenga, com alguns adeptos do Benfica a jogarem a sua habitual sueca, falámos com Fernando Ribeiro. Presidente da Casa do Benfica, para quem o clube " é tudo ", tudo mesmo como um " verdadeiro casamento”. Filho de um Sportinguista, orgulha-se de ter resistido aos intentos do pai que lhe prometeu " uma bicicleta ", caso o seu " coração " fosse verde e branco. Mas desde muito cedo, que Fernando Ribeiro fez a sua opção. Um Benfiquista de alma e coração. Mas isso não o impede de criticar o seu clube. E muito menos o treinador actual Jorge Jesus. Para o presidente da Casa do Benfica em Aveiras de Cima, Jesus " não devia renovar contrato ". Apelidando, num tom irónico, o treinador do Benfica de " catedrático ", Fernando Ribeiro lamenta " a falta de humildade " demonstrada ao longo dos anos por Jorge Jesus. E Fernando Ribeiro vai mais longe, não mostrando inibição ao apelidar como " infelicidade dos benfiquistas o campeonato ganho na primeira época enquanto treinador do clube ". Críticas duras de alguém que segue o Benfica tão de perto. E as críticas não ficam por aqui, com Fernando Ribeiro a afirmar, sem margem

para dúvidas, que existem " divisões no clube ". Divisões essas " entre os jogadores e Jorge Jesus ". Essas cisões não passam para a estrutura directiva, que segundo Fernando Ribeiro " ainda dá apoio a Jesus ". Tudo isto cria um claro clima de desconforto nos adeptos e sócios do Benfica, pelo país fora, mas também em Aveiras de Cima. O Presidente da Casa do Benfica de Aveiras de Cima, acredita que " muitos benfiquistas dão quase o campeonato desta época como perdido ", enquanto solta algumas gargalhadas, dizendo que " se soubesse o futuro do campeonato do Benfica, jogaria nos números do Euromilhões ". A palavra de ordem na conversa é " a falta de humildade " do treinador encarnado. Um desses exemplos, segundo Fernando Ribeiro, são " as constantes vantagens pon-

tuais conseguidas no primeiro lugar, e os constantes campeonatos perdidos nas últimas jornadas ". Para este Benfica o único e exclusivo problema " é o treinador ". Fernando Ribeiro, que não perdoa Jorge Jesus " por se ter ajoelhado no estádio do dragão a seguir ao golo de Kelvin ", apelidando o gesto como uma verdadeira " humilhação ". A pergunta surge naturalmente. E o futuro de Jorge Jesus, passa por continuar o resto da época aos comandos do clube da Luz? Fernando Ribeiro não hesita e e com um peremptório " não vai ", assume que " após o jogo com o Sporting " poderemos não ter mais Jorge Jesus a comandar as tropas no Sport Lisboa e Benfica. A solução do Presidente da Casa do Benfica de Aveiras de Cima é óbvia. Chama-se " Rui Vitória ", treinador actualmente do Vitória de Guimarães e nascido em Alverca do Ribatejo. Fernando Ribeiro joga com fair-play e assume-se " amigo " de muitos sportinguistas, tendo como ditado " primeiro do futebol, já existiam as pessoas ". Para o futuro, este verdadeiro Benfica gostava de dizer que o seu clube " tinha sido campeão ", nunca escondendo a sua paixão pelo clube e terminando a conversa com uma frase que tudo diz: " eu gosto do Benfica " . Fernando Ribeiro, um benfiquista dos antigos em Aveiras de Cima ! Colaboração de Rúben Mateus - 2013

DAR SANGUE É DAR VIDA O Grupo de Dadores de Sangue de Azambuja vai realizar mais uma recolha de sangue. A iniciativa vai decorrer no domingo, dia 01 de Setembro, entre as 09h00 e as 13h00 e terá lugar nas instalações da Associação Cultural “A Poisada do Campino”, no Campo da Feira, em Azambuja. Esta ação conta, como habitualmente, com a colaboração e supervisão do Instituto Português do Sangue e da Transplantação.

Em simultâneo, o grupo vai realizar uma campanha de angariação de potenciais dadores de medula óssea. O primeiro passo desse processo consiste numa pequena colheita, destinada à análise das características do sangue, e no registo dessas características e da identificação do dador na base de dados nacional. A partir desse registo, o dador poderá ser convidado a efetuar uma dádiva destinada a uma pessoa que precise e com a qual seja compatível. O grupo apela à participação de todos os associados e sensibiliza a população, em geral, para a necessidade de haver mais dadores e para o slogan do movimento, “dar sangue é dar vida”.

SÓ EU SEI PORQUE NÃO FICO EM CASA Esforço, Devoção, Dedicação, Glória É este o lema do Sporting Clube de Portugal. Lema esse também seguido no Núcleo Sportinguista de Aveiras de Cima. O Correio de Azambuja fez mais uma viagem à paixão clubística dos aveiricenses, e desta vez fomos até ao mundo verde e branco. Falámos com José Pratas, Presidente do Núcleo Sportinguista de Aveiras de Cima. O presente, e o futuro do Sporting, mas antes, aquilo que foi o passado. Um Sporting financeiramente debilitado, e desportivamente numa verdadeira travessia do deserto. Para José Pratas, a parte financeira é fácil de explicar. Segundo o homem forte do Sporting em Aveiras de Cima, " o Sporting faz parte de um país em dificuldades ", e por isso " o clube tem menos receitas através das suas vendas, e gastos superiores aos ganhos ". Já na parte desportiva a análise ganha novos contornos, com o Presidente do Núcleo Sportinguista de Aveiras de Cima a culpar " a má gestão desportiva ", que se reflecte " através das más compras, e escolhas de estrutura ". José Pratas adverte mesmo que um dos erros capitais passou " pelas

expectativas elevadas criadas pelos dirigentes ", isto quando o Sporting vivia uma fase " de mudança constante de jogadores ". O Passado foi revisitado, e é altura de

olharmos para aquilo que será o presente e o futuro do Sporting. E esta nova fase tem dois novos nomes : Bruno de Carvalho e Leonardo Jardim. Presidente e treinador respectivamente, e que são a nova esperança dos adeptos de Alvalade. Mas serão esses a solução para o passado difícil do Sporting? José Pratas afirma que " só o factor tempo o dirá ", enaltecendo para já a " aposta no rigor financeiro e na

limpeza da casa Sporting ". Para este sportinguista " a aposta nestes dois nomes é boa ", e José Pratas recorda o passado sportinguista de Bruno Carvalho que " pertenceu a claques, e que sempre acompanhou o clube ". Para o Presidente do Núcleo Sportinguista de Aveiras de Cima, esta ligação de Bruno de Carvalho a Alvalade é essencial " para conhecer bem os cantos à casa " , e assim " arrumar de vez essa mesma casa ". O Clube de Alvalade passa neste momento uma fase muito positiva, com vitórias de grande expressão, e muitos dizem que o Sporting está de volta. Será assim? José Pratas responde com cautela, afirmando que " estamos no início do campeonato ". Mas estas vitórias e boas exibições são vistas como um balão de ar fresco para os Núcleos Sportinguistas. O Presidente do Núcelo Sportinguista de Aveiras de Cima aponta com alguma mágoa " que quando os resultados desportivos são negativos, as pessoas afastam-se ", e não só do clube, mas também dos núcleos " que sofrem com menos receita, e com menos hipóteses de sobreviver ". Mas José Pratas enaltece o " amor que muitos Sportinguistas

têm pelo clube ", recordando " as excursões feitas na época passada, quando a equipa jogava um mau futebol ". Nessas fases talvez se perceba os verdadeiros adeptos de um clube. Para futuro, José Pratas quer " alegrias ", mas hesita em considerar o Sporting um candidato ao título. Porém, o presidente do Núcleo Sportinguista de Aveiras de Cima refere " que há adeptos e adeptos ", mas " espera para ver o resto do campeonato ". Este sportinguista não esconde o desejo de ver " um Sporting candidato ao título ", mas com a condicionante de neste ano assistir-se a uma " verdadeira revolução de balneário ". José Pratas " pede tempo para um Sporting candidato ao título ". Mas em final de conversa deixa escapar de ver nesta época " um Sporting campeão, e que dê alegrias também na Taça de Portugal ". A esperança de Alvalade mora, com as devidas cautelas, em Aveiras de Cima. Os erros do passado fazem com que se tenha um discurso cuidado, mas em Aveiras de Cima ninguém esconde o desejo de ver um Sporting campeão. Rúben Mateus - 2013 - Colaborador PUB

“Mercado da Música” com Luís Acuçena em directo de Aveiras de Cima na Rádio Ribatejo Não perca aos domingos entre as 9 e as 11:00 Pode ligar e pedir a sua música pelo 263 474 443

www.ribatejofm.pt

Correio de Azambuja AGO 2013  

Edição de Verão

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you