Issuu on Google+

Diversão e cultura para a gurizada - Nº 92 - 13 de abril de 2014

a o c s á P s

u e d u j s o o Com m a r o m e m co PÁGs. 4 e 5

Entrevista com Roger Mello: ganhador do prêmio ‘hans christian andersen’ PÁG. 6


Paraíba, 13 de abril de 2014

2

Leitores enviam a r o it d e a a r a p s a h in t car

Os alunos do 3º ano da Escola de Educação Básica da Universidade Federal da Paraíba leram a matéria “Osso de Dino é encontrado em Sousa”, publicada na edição Nº 90 do Correio Criança, e depois escreveram suas opiniões para a editoria do Correio Criança. O trabalho foi orientado pela estudante de Licenciatura em Pedagogia da UFPB, Jaqueline Almeida. Parabéns garotada! Leia a matéria pela internet. Acesse: issuu.com/correiodaparaiba

ARTE

O artista da edição é Leonardo Gama, aluno do 5º ano do Colégio Meta. Ele apresenta “O Rei Leão”. Ficou massa, Leonardo!

correio crianÇa Participe do Correio Criança. Mande o seu texto ou desenho pelo E-mail: correiocrianca@correiodaparaiba.com.br, ou envie para: Correio Criança - Av. Dom Pedro II, 623 – Centro, João Pessoa - PB - CEP 58013-420. Ou deixe-os diretamente na portaria.

Suplemento infantil quinzenal do Editora Geral Sony Lacerda | Jornalista Responsável Márcia Dementshuk (DRT-RS 8376) | Revisão Marianna Vieira | Fotos Arquivo Jornal Correio Comercial Glícia Rangel | Programação visual e diagramação Klécio Bezerra | Conselho Editorial: Professores, Ana Paula Hollanda, Kay Francis, Kátia Cilene | Psicólogo João Bezerra Guedes Jr. | Crianças Gabi Magliano, Caio Lucas Nobrega, Bruno Emídio Artes anúncios Vania Flor | Colaborador Especial Chico Augusto | Gráfica Egídio Oliveira | Contato correiocrianca@correiodaparaiba.com.br

Apoio:


Paraíba, 13 de abril de 2014

3 Mais de 60 alunos do Colégio Intensivo trabalham na montagem do espetáculo A Paixão de Cristo. Quem coordena essa turma criativa e dirige a peça é o professor de artes Gilson Nascimento. A peça apresenta momentos antes da morte e a ressurreição de Jesus Cristo, o filho de Deus, evento comemorado pelos cristãos durante a Páscoa. Todos estão convidados! Dia: 16/04 - Hora: 19h - Local: Em frente ao Colégio Intensivo Unidade I - Rua Jornalista José Ramalho, 305 - Costa e Silva

Só HOJE

II Feira de Livros Shopping Tambiá Viaje em um mundo de conhecimento e histórias! Aproveite pra comprar novos e usados e participar das tardes de autógrafos. É imperdível! Até dia 17 de abril Local: Praça de eventos do Shopping Tambiá

Pluft,

o fantasminha

João e Maria e a fantástica casa de doces

A montagem da Cia. Cara Dupla de Teatro da peça de Maria Clara Machado traz supresas e inovações que o público aprovou! Ednaldo do Egypto (Manaíra) - Hora: 17h

O clássico dos Irmãos Grimm onde dois irmãos são apanhados por uma bruxa oportunista é encenado pela ACia. Mangai de Teatro. Ednaldo do Egypto - Dias 19 e 20/04 - Hora: 17h


Páscoa dos ju

4

Povo comemora a FeSTa com oUTroS SímboloS No antigo Egito escravos trabalhavam para construir as cidades e os monumentos. Era comum naquela época dominar os povos e escravizá-los e o Egito era uma nação poderosa. Por volta do ano 1200 antes de Cristo (a.C.), um dos povos escravizados eram os hebreus, descendentes dos patriarcas Abraão, Isaque e Jacó. Eles passaram 400 anos servindo aos Egípcios até conquistarem a liberdade. É aí que começa a história da Páscoa comemorada até hoje pelos judeus. Os egípcios não queriam libertar os hebreus. Então, conta a Bíblia que Deus preparou Moisés para ser a pessoa que iria liderar o povo para fora do Egito. Não foi fácil. A cada vez que o Faraó negava o pedido de Moisés, Deus respondia à atitude do Faraó enviando uma praga que atingia os egípcios.

PraGaS Do eGITo

Piolhos

Transformou as águas em sangue

Rãs

8º Gafanhotos

4º Moscas

Trevas

Doenças nos animais

6º Sarna que rebentava em úlceras

7º Saraiva com fogo

10º Morte dos primogênitos


Paraíba, 13 de abril de 2014

5

udeus

Os primos Bianca (Adriel) Ribeiro de Brito e Breno (Efraim) Barbosa Ribeiro aprendem com Antônio Ribeiro que a Páscoa é a liberdade dos judeus

Deus deu algumas instruções aos hebreus, para que eles não fossem atingidos: Os hebreus deveriam usar o sangue de um cordeiro de um ano, sem defeito, para pintar os umbrais das portas. O anjo do Eterno pularia as casas que estivessem com esse sinal. “Daí vem um dos significados da festa que comemoramos hoje, a Pêssach: ‘salto’, o pulo do anjo do Eterno por sobre as casas dos judeus. Também significa ‘passagem’ e ‘liberdade’”, explica o judeu Antônio Ribeiro, de Campina Grande. Ele conta ainda que Pêssach também é chamada de festa da primavera (pelo tempo de renovação da natureza e do homem) e do sacrifício, por conta de os judeus terem passado sangue de cordeiro nos umbrais das portas. Quando o povo saiu do Egito, “havia cerca de seiscentos mil homens a pé, além de mulheres e crianças.” (Êxodo 12:37)

No Atlas da Bíblia, da editora Girassol, tem mapas que mostram como foi a trajetória do povo judeu no deserto, depois de saírem do Egito e muitas outras curiosidades. Legal para ler com seus pais!

Um povo livre A Pêssach é realizada no calendário judaico a partir do dia 15 de nissan e se prolonga por oito dias, com feriados nos primeiro e último dias. No Brasil, os judeus estarão comemorando entre os dias 15 e 22 próximos.

Quipá

Matsa

Alimentos não fermentados fermento tem o significado simbólico de “defeitos pessoais” e por isso é retirado. Os judeus fazem um exame de consciência dos seus atos.

Estrela de Davi

A “matsa”, simbolizada o pão da pobreza, o qual os antepassados hebreus comeram na escravidão. O “seider” é o jantar entre família, amigos e convidados. Após o acendimento das velas, no final da tarde, o chefe da casa deve ficar em uma das “cabeças“ da mesa, em poltrona confortável, a maneira antiga de homem livre, e transmitir a história a seus filhos.

Menorah

Hagadá

De posse de uma “Hagadá” (instrução com trechos da Bíblia e do Talmud) o chefe da casa conduz a cerimônia da noite de Pêssach. Na ocasião se abençoa e se responde perguntas de crianças, relata-se a história e se reza.


Paraíba, 13 de abril de 2014

ENTREVISTA

6 Márcia Dementshuk com Gabi Magliano Repórter Teen

Revelações de um ilustrador Neste ano o brasileiro Roger Mello ganhou o Prêmio Internacional Hans Christian Andersen 2014, concedido pelo International Board on Books for Young People (IBBY) na categoria Ilustração. É considerado o Prêmio Nobel da Literatura Infantil e Juvenil, entregue na Itália. Rober Mello conta nessa entrevista como foi sua infância, um período em que o Brasil passava pela Ditadura. Desde quando você desenha? Desenha desde muito pequeno. Tenho um desenho de quando eu tinha 3 anos e dá pra entender que era um bichinho! Você gosta de desenhar bichos? Adoro, todos, principalmente os insetos.

Como foi sua infância? Nasci e cresci em Brasília, na época da Ditadura. Aconteceu alguma coisa com seus familiares? Amigos dos meus pais sumiram. E minha prima foi presa, por causa de um livro que ela estava lendo. Mas não aconteceu nada com ela e ela votou pra casa.

Ditadura? Já pensou você não poder escrever poesia, cantar, ter livros? Pois é. Nessa época, que começou em 1964, o Brasil foi governado por pessoas que queriam controlar as ideias da população. Ninguém podia pensar coisas diferentes. Se isso acontecia, eles prendiam a pessoa, torturavam e até matavam.

E como era em Brasília? Brasília foi uma cidade feita por ilusionistas, por artistas que acreditavam na arte como instrumento transformador. E na Ditadura essas pessoas foram afastadas e perseguidas: Niemeyer, Burle Marx , Athos Bulcão, Lúcio Costa, Anísio Teixeira, Darcy Ribeiro... E na minha casa eu via que meus pais escondiam os livros e não entendia o por quê. Eu tinha uns dez anos nessa época.

E você conhece a Paraíba? Sim! Adoro a Paraíba e queria que as crianças pudessem ter acesso cada vez mais a livros de todos os lugares do mundo e da Paraíba, e que elas pudessem recontar as histórias da terra.


Paraíba, 13 de abril de 2014

7

X

4 +2

8

DESAFIOS PIRANDO A CUCA

7

Por professora Ana Paula Hollanda

1

Observe bem a figura abaixo e diga quantos TRIÂNGULOS você consegue contar?

2

Ligue todos os pontos sem tirar o lápis do papel, com apenas 4 (quatro) linhas retas.

DICA: Valem todos os tamanhos, mesmo que dentro de um triângulo tenham vários triângulos menores. Resposta:

4

Movendo alguns palitos de fósforo da figura 1, é possível transformá-la na figura 2.

- Ana chegou antes de Paula e Luís. - Paula chegou antes de João. - Cláudia chegou antes de Ana. - João não foi o último a chegar. Nesse dia, o terceiro a chegar ao escritório para o trabalho foi? Qual o menor número de palitos que você deve mover para transformar a figura 1 na figura 2?

Respostas: 1) Resposta:35 triângulos - 2)

- 3) Paula - 4) 5 palitos

3

Em um dia de trabalho no escritório, em relação aos funcionários Ana, Cláudia, Luis, Paula e João, sabe-se que:


Paraíba, 13 de abril de 2014

FullGAMES

8

Unidos pela vitória VOluNTárIOS refOrMAM CAMPINhO De fuTebOl eM bAIrrO CAreNTe De bAyeux

Por João Jr. psicologojp@yahoo.com.br

O início da Copa do Mundo de 2014 está chegando e a preparação dos jogadores é assunto nos jornais. Nesse clima, uma gurizada de bayeux treina para competições estaduais num campinho público que está sendo reformado e ficando de alta qualidade!

“Eu vou ser um grande

jogador de futebol e vou disputar uma Copa do Mundo pelo Brasil!”

Como era... esburacado, cheio de pedras, escuro, sem muro, os carros cruzando por ele, perigoso à noite.

Como está: Iluminado, plano, com muro, com vestiários e com um poço artesiano de onde sairá água para regar o gramado.

Como ficará: Terá gramado oficial, cerca de tela e poderá ser usado por toda a comunidade!

Anderson Silva, de 11 anos

Mas quem fez isso? boa pergunta! foram voluntários, pessoas que decidiram ajudar outras pessoas. O campinho fica num bairro carente de bayueux, o Mário Andreazza. A juíza da comarca de bayeux, Conceição Marsicano, e o jogador de futebol hulk abraçaram o projeto de construção do campinho. eles conversaram com empresários e outras pessoas que gostaram

da ideia e doaram cimento, tijolo, azulejo, e outros materiais. Os soldados do exército brasileiro ajudaram a limpar o campo, perfuraram o poço artesiano e trabalharam para construir o muro e o vestiário. A energisa renovou a iluminação. Agora, cerca de 180 crianças treinam ali e alguns até vão participar dos campeonatos paraibanos!

Parceiros: Tribunal de Justiça da Paraíba, fundação solidariedade, Grupo Soares de Oliveira, usina Tabu, la farge, energisa, Cerâmica elizabeth e exército brasileiro.

Jogo do Cascão O calor dos últimos dias tem feito todos suarem suas camisas e seria ótimo se tivesse uma chuvinha para aliviar, não é? Não se você for o Cascão! A Insane Games e a Maurício de Sousa Produções lançou o Jogo do Cascão. Ajude este querido personagem da Turma da Mônica a fugir da chuva, mas, cuidado, há muitos obstáculos no caminho... Sorte que tem muitos power-ups para ajudar a passar dos níveis mais complicados. Disponível para smartphones, tablets, iPad e iPhone, em Android e iOS.

Você sabia... Jogos como este no touchscreen são ótimos para crianças a partir de quatro anos, pois o personagem permanece correndo e o jogador deve se concentrar nos outros elementos do jogo para conseguir desviar dos obstáculos e chegar ao final, aumentando a percepção e o raciocínio rápido.


Correio Criança - Edicao 92 - 13 de abril de 2014