Page 1

Diversão e cultura para a gurizada - Nº 79 - 13 de outubro de 2013

AL I C E P S E EDIÇÃO o do i r á s r e aniv nça a i r c o i corre

é dia de comemorar


Paraíba, 13 de outubro de 2013

educarparacrescer.abril.com.br

2

O segredo do bom professor

Feras na redação e no jornalismo Os ganhadores do concurso de redação “Eu Gosto de Preservar” e os 15 Repórteres Teen do Correio Criança foram homenageados ontem na cerimônia de comemoração dos três anos de lançamento do suplemento.

José Alexandre da Silva Júnior, 8 anos, E.M.E.F. João XXIII, de Alagoa Nova foi o vencedor da categoria 7 e 8 anos. Gabriel nascimento Lira, 10 anos, GEO Tambaú, de João Pessoa, ganhou na categoria 9 e 10 anos.

Sabia que um bom professor tem seus segredos? Ser professor é muito mais que entrar na sala de aula e passar tarefas. O bom professor incentiva seus alunos e envolve os pais, é acessível, tem bom humor e faz qualquer aluno aprender. Confira no site educarparacrescer.abril.com.br, outros segredos sobre os mestres! 15 de novembro, Dia do Professor, nossa homenagem especial!

Paola Teotonio Cavalcanti de Arruda, 12 anos, Instituto João XXIII, de João Pessoa, venceu na categoria 11 e 12 anos.

ARTE

Maria Clara do Nascimento Morais, autora da ilustração, está no 1º ano da Escola Durmeval Trigueiro Mendes. Entenderam o recadinho do desenho?

Participe do Correio Criança. Mande o seu texto ou desenho pelo e-mail: correiocrianca@correiodaparaiba.com.br, ou envie para Correio Criança - Av. Dom Pedro II, 623 – Centro, João Pessoa - PB CEP 58013-420. Ou deixe-os diretamente na portaria.

correio crianÇa ,

Suplemento infantil quinzenal do

Apoio:

Editor Geral Walter Galvão | Jornalista Responsável Márcia Dementshuk (DRT-RS 8376) | Revisão Marianna Vieira | Fotos Arquivo Jornal Correio Comercial Glícia Rangel | Programação visual e diagramação Klécio Bezerra | Conselho Editorial: Professores Francisco Fernandes, Alessio Toni, Ana Paula Holanda, Kay Francis, Kátia Cilene | Psicólogo João Bezerra Guedes Jr. | Crianças Gabi Magliano, Caio Lucas Nobrega, Bruno Emídio Artes anúncios Vania Flor | Colaborador Especial Chico Augusto | Gráfica Egídio Oliveira | Contato correiocrianca@correiodaparaiba.com.br


Paraíba, 13 de outubro de 2013

3

Correio Criança

anos

completa

O Dia das Crianças é mais do que uma festa para nós! Dia 10 de outubro de 2010 Foi impressa a primeira edição do Correio Criança.

E quem passou a fazer o jornal também foram as crianças! Em 2011, Maria Beatriz Ribeiro estreou como Repórter Teen. De lá para cá, 15 crianças participaram do projeto e serão hoje homenageadas na festa de comemoração.

Colaboradores de primeira linha fazem um jornal divertido, com muita informação: Kátia Cilene, João Júnior, Cláudia Savieno, Ana Paula Hollanda, Chico Augusto e Kay Francis.

Marianna Vieira revisa tudo com atenção.

Tudo isso sob a batuta do nosso editor geral, Walter Galvão, e do apoio comercial de Glícia Rangel e Carol Bezerra.

E quem arruma todo esse conteúdo nas páginas é Klécio Bezerra. Tem muita criatividade esse fera!

A garotada passou a conhecer o jornal e aguardava ansiosa pela publicação quinzenal.

Chapeuzinho

É assim que levamos a você um jornal bacana, com matérias bem apuradas, conteúdo aprofundado e legal de ler!

E quando chega na gráfica, é Egídio Oliveira e o pessoal da pré-impressão que toma conta das tintas.

Eng Ordou

Com muito humor e canções, essa história de Chapeuzinho fala de bullyng e obesidade. Uma adaptação de texto coletivo da Cia. de Teatro Argonautas e direção de Tony Silva. Local: Teatro Ednaldo do Egypto Dias: sábados e domingos (outubro) Hora: 17h - Ingressos: R$ 20 inteira e R$ 10 estudante - Informações: 8750-7634

Nossos parabéns a vocês e a você, leitor, que comemora conosco! Você é nosso convidado para a grande festa hoje, às 17h30, no Anfiteatro da Estação Ciência! Abraços ;) Márcia Dementshuk

Recorte esse cupom e apresente na bilheteria

50%

de d esc ont o NA I NTE IRA


4

r C s a d a i D z i l e F

a de br ri a st go , je ho a nç ia cr e ss fo cê Se vo    

  

Fizemos essa pergunta a alguns amigos do Correio Criança. Veja as respostas!



 

te Dudaer a k mu erda

gude la de fĂŁo, o b , iĂŁo rra “De p -toca, ga que a c s o a t r a de incadei o er br uand q de uei or.â€? brinq no interi a ç n cria

e Walrtal do Jorna

rinĂŁo b iN . e ud etit de g ela comp ilia l o B p “ sib muito a pos cava , mas pel ido com e un vidad e estar re leza das e d b e d a da oal e va.â€? s a s t o pe e encan m bolas

r ge Edito

l Victea a i n d ugĂŞ a Tar

E

eu ir m m gar o c jo ha casin pois iria mi“De e o d m o e C mĂŁo, com ele. adolesl m pra o a b r e e t fu mĂŁs jĂĄ a ele r i h nhas eu sĂł tin â€? s a. cente na famĂ­li r a c n i br

de bo incar ). Tir b a lheri mesa “Esco tebol de amento: u ip f ( tĂŁo odo equ is, redes t a i c i nha times of gar!â€? o j s o a i r r vĂĄ o pa p m a eoc

inr de g brinca animae d ,ĂŠ aria “Gost atletismo crianças e s d a it cana volve mu â€? n . e o e p do mo tem es ao m

k

u enĂĄtsvehl m e ia D pons

l angcilaedl o R a i Glrieoctroaracocmomererecrriieaoio

DiDrei t JonranlaCl oCror apoer, doJor oativaative

uit uimmuito stei de jo re fuf i “Semp , sempre go a, vĂ´lei e soe pisosor isqu o queimad arias).â€? om inco m c s go (c uinha pipoq

a

Chiborador Es

M

jogar ireto doro d a i A “Eu game. iv deo 1!â€? ula FĂłrm

Rev

, ança se cri jo s o f u “Se e estaria lu, ce agora no meu o d gan )â€? lar. ;

fazer smo Sei e m agora de leite. “Eu ia de caixa assa .� m ho carrin a pick up m u r e faz Cola

loy rioeEr ĂŠ b o R Design

io d

Corre

ir a Vie n n a ari isora

gusctiaol u A o pe c

com tarde les a a i r u aq e assa “Eu p gas num d ng que i pi as am s de shop as de in ĂŁ c g s i o p b to em m a acab s!â€? ha bolin

uns “AtĂŠ ste o pre g ru e d ras , b a da ru eir d a c n i br

JĂş JoĂŁFuollgames

Ma

Jor

Mulh

nior

a Paul Ana da n HotlelmaĂĄgica

MĂĄrcnalista res

Fer Albu

SaCorreio V

lvĂŁo r Ga l Correio

C

no Savanieceira a i d lĂĄu ca Fin

sconde e em a i r b a aria brinc “Eu onde. Fic do des an sc de - e ida e, qu do para d n n e esco iria corr e contar e a s d e se, na par r’ ‘ bate salva!’.� , 3 ‘1,2, i

mĂĄg

Mate

rra BezĂĄefico o i c r ĂŠ Kl gner g n-

r cria de se i, atĂŠ i e x i de tar “NĂŁo sde o A ameâ€? g e D o e . ça vid jogo , e j o h Desi


ParaĂ­ba, 13 de outubro de 2013

5

rianças!

 

   

   

rincar do que, agora?

m ar co brinc dele e d tro taria “Gos d. LĂĄ den u brine a P a i r um tudo pa e d â€? . r m te prende a car e

da rnan ue rq uqueemais

ika Mon u sc Papeora (RS)

her D

emnos s ia e z do rincade b ei de mo dono o c eira, ua band .� a r r ba låstico e ra de

ĂĄ NanEscritora (RJ)

s tar a e pin casa. d r a brinc nha “Iria s da mi que me e to d n pare pintar, ta !� o a r r Ado lustrado i i e n r to ad

Ilustr

S

nta. pergu to: e d ron cia “DelĂ­ di de p n o p â€? s Re MIA! : ) GATO

ina ) CrisEtscritora (RJ

, linha mare nde a pular e-esco “Iria de piqu oiabeira g ar brinc is subir na a tia. Se h o n i p e m e d tal da .� in asse.. u q o d lt po vo o tem

ainda ança cini r c que meus “Acho esar dos da brinp n i a sou, anos, e a s dias. o a t s n que ito, todo aginĂĄim as u s m e r co com se n vida o Brinc e ganham â€? u s. rios q s dos livro a n i g pĂĄ

ncar

i ia br eu ir .� , h A r “ senha de de

lo

e inaJ)M t s i r a C ra (R

inar, imag ne d r mu caria “Brin r e recria ia .� de cr omentos m e dos

lza PR) Mari Escritora (

t assa de p oir a c n s bri da c “Iria rque uma ĂĄ saud po raio, mais me sĂŁo as e u a i q c s n fâ da.â€? sa da in o dade eiras de r d a c brin Escri

oje, nça h a a i r c d e alhos u foss “Se e car nos g ar as m n o ri iria b para ret aviĂŁo u e, e r o m v r ĂĄ com s n e viag ncia.â€? fâ da in

uda Nire rdi oba Longtradora eP) Ilus (RN/S ra scrito

se ça go crian egae s s ep u fo “Se e brincar d onde, c e s d e a i tar nde , esco ..â€? a g e p a. elinh amar

e ilu

ar e pul car d inha, n i r b l a Eu iri ou amare mis , Ê r a m a uma da fas r a e r i que rincade . b a i c s n a nh na infâ s vorita tora

Escri

s CĂ´rJt) e a i v R FlĂĄ ora (

o

eiçã Conc

Sim Escritor

rĂ­cio Mau a z Venluestrador (RJ)

te a Lei l e g An uza G) o de Sstradora (M

ça Villa

r um orma rinf r a ab ent “Ia t grande pr eira.� d o n p a gru pique b e d r ca

sen

to Escri

eatro r de t irĂŁo a c n i br rte “Eu ia , e o qua co!â€? o li c r b i c Ăş ou como p o r i e t in

Escr

r Pede one a (SP)

An

to

Escri

nca a R(oRJ) r d n Sa itora

tora

Escri

iquede p cor a c rin a des v ria b “Eu i e! Adora para me s d i n a o g esc ares le rar para g o u l m r e i d r b der e escon ontrada!� nc ser e

i

lĂŠria a Va i r a M ende Rez ra (PB)

ins Mart

a a PRiJn) r d n ( a

tor e

um iança do cr comprar sn a u fo ra “Q u a e p iro , se dinhe delo. Mas brincaria o u e m aero ça agora modelos n ro e ia r a c s se sse lina.â€? m de com u tor a gaso o com m

n Cartu

 

Escri

a naut Astro Pontes os a Marc , nĂŁo tinh

ricio Mau sa ou de Sista (SP)

s hare is Lin RJ)

ThaEscritora (

de incar ria br morar I . . . u e ...E “Bem equenina col. De a p r a r c fica cha do luma e p n o c e v na ve, le l.â€? le do So ficar direção na voar

de ndre s a x e l e A GoJm) o r t s R Ca scritor (

ear os lecion tablet. o c e aria d meu “Brinc ados no ar figuriir n s io book ava colec as no tar p o a d c Eu a aquelas lbum.â€? ĂĄ e nhas bram um m le t le b E


Paraíba, 13 de outubro de 2013

6

“Humor negro” Fiz um castelo na areia com coisas que ali achei A torre era um pote de aveia, a varanda , uma correia. A princesinha, catei-a no chão, resto de sereia. A bandeira , um pé de meia , fedida, furada e feia. Ficou com nojo? Não leia o resto na hora da ceia...

Leo Cunha

De repente a onda veio com gula de maré cheia e lambeu sujeira e meia pra barriga da baleia!

É escritor, tradutor, jornalista e professor universitário. Esse poema foi publicado no livro “Lápis encantado”, pela editora Quinteto, em 2006. As ilustrações foram de Graça Lima.

Como seria a França no Século XXI? Em 1910, o artista francês Villemard imaginou como seria a França no ano 2000 e produziu uma série de ilustrações. Segun-

do o editor Alex Boucerot essas figuras devem ter sido criadas para servirem como “brinde” em produtos alimentícios. Elas ilustravam a

forma como os avós imaginavam o mundo no futuro. As roupas e estilos remontam a Belle Epoque. (Wikimedia Commons) 1 Toilette madame 2 Century School

1

2

3

3 Carro de guerra em conflito 4 Century Air rescue 5 Um policial voador para um avião que está cometendo alguma infração de trânsito aéreo

4

5

6

6 Air firefightel


Paraíba, 13 de outubro de 2013

Como as pessoas faziam quando ainda não existia o dinheiro?

7

Elas conseguiam o que precisavam trocando mercadorias. Esse tipo de transação era chamado de ESCAMBO. Assim, se uma pessoa precisasse de farinha, ela podia pegar alguns legumes de sua horta, oferecê-los para alguém que tivesse farinha e trocar. É, mas às vezes alguém saía perdendo... Imagine que você quer muito uma bola de futebol e, cansado de jogar vídeo game, oferece seu aparelho para um amigo que tem a bola de futebol, mas não tem vídeo game. Seu amigo aceita trocar e vocês dois acham que fizeram uma troca justa. Mas, será que seus pais iam gostar? O vídeo game é muito mais caro que uma bola!

Cláudia Savino Converse com a pessoa entrevistada, e reflitam se foi uma troca justa. Para evitar que alguém saísse perdendo, tornou-se necessário uniformizar o valor das coisas e criar um sistema com trocas mais justas. Foi assim que surgiu o DINHEIRO.

Agora, pense um pouco e responda as questões. Depois, faça essas mesmas perguntas a outra pessoa e compare as respostas. 1) Uma televisão por um computador? Você: ( ) sim ( ) não Outra pessoa: (

) sim (

) não

2) Um prato de feijão com arroz por um sorvete? Você: ( ) sim ( ) não Outra pessoa: ( ) sim ( ) não 3) Uma viagem à Disney por uma viagem à praia? Você: ( ) sim ( ) não Outra pessoa: ( ) sim ( ) não 4) Uma panela de comida por uma geladeira? Você: ( ) sim ( ) não Outra pessoa: ( ) sim (

) não

5) Uma excursão da escola por um passeio com sua família Você: ( ) sim ( ) não Outra pessoa: ( ) sim ( ) não

Isso, vamos aprender no próximo mês, certo? Fique ligado! Beijos e até a próxima. Mande um e-mail para: falecorreiocrianca@gmail.com


Paraíba, 13 de outubro de 2013

8

Junte os amigos e brinque!

ídio Por Bruno Em en Repórter Te

Queimada

FullGAMES

Rayman Legends

Duas equipes, cada uma em um lado, com o objetivo principal de queimar (ou atingir) o jogador da equipe adversária até que não reste ninguém no campo oposto.

Barra Bandeira O objetivo é atravessar o campo adversário, pegar a bandeira desse time e retornar ao seu campo sem ser pego ou capturado pelos jogadores da equipe adversária.

Dono da Rua O objetivo é atravessar a rua sem ser tocado pelo “dono” (pega). A criança que for tocada pelo dono se torna o novo pega, assim repetidas vezes.

Gato Mia

Por João Jr. psicologojp@yahoo.com.br

Se você curte jogos de plataforma vai adorar o lançamento muliplataforma do mês: Rayman Legends, um jogo divertido, colorido, adequado para todas as idades e disponível para WiiU, iOS, computador, xbox 360, ps3, alguns com versão em português. Este game é a continuação do Rayman: Origins, da Ubisoft, e você pode jogar com vários personagens em belos gráficos artísticos em 2D, além de um sistema inovador de fases solo ou multiplayer, desafios online que mudam toda semana e fases musicais divertidíssimas. Junte-se à Rayman e seus amigos e liberte os Teensies de suas gaiolas.

Uma pessoa deve ficar vendada e procurar os outros participantes, quando achar devera dizer: “gato mia!” Quem for pego deve miar para a pessoa tentar adivinhar quem é, se acertar quem miou vira o próximo apanhador.

A brincadeira de Stella Maris Rezende, escritora mineira: “Palavra puxa palavra” as, uma começa a brinca“Com várias crianças reunid e qualquer, e as outras têm qu deira, dizendo uma palavra o alg uma palavra que tenha do en diz e, ad uid tin con r da teriormente, mas sem repea ver com a que foi dita an imaginação, a rapidez de ra tir. A brincadeira estimula a ão e a criatividade. Exemplo: ciocínio, a memória, a atenç bra companheiro, que lemabraço lembra amigo, que lem que lembra medo...” ião, bra viagem, que lembra av

Você sabia... O Rayman é uma franquia adequada para toda a família, seja nas belas e coloridas imagens para encantar as crianças (e os adultos!) ou nos desafios e corridas para os maiores. A versão do wiiU possui funções melhoradas devido a seu gamepad com tela sensível ao toque, mas não há por enquanto versão em português.

Correio Criança - Edicao 79  

Suplemento infantil do jornal Correio da Paraíba

Advertisement