Issuu on Google+

Ano XIV - Nº 190

Trabalhadores da Segurança- Irmãos de Ofício

APESP

BM festeja 171 anos

Fevereiro 2009

PC comemora 167 anos

Cel Trindade promete Turma de 35 novos Del ações firmes no combate reforça a Polícia Civil à criminalidade

Foto: Ellen Dick

Novo Cmt-Geral, Cel Trindade (D) coloca a insígnia de Subcmt no Cel Lauro Binsfeld

Na comemoração de seus 167 anos, PC formou 35 novos Del em cerimônia no salão da Ufrgs

TRÂNSITO

Curso forma 55 agentes mirins em Esteio Com o objetivo de ensinar lições de trânsito, cidadania e ética a jovens de 11 a 13 anos, a Coordenadoria de Educação de Trânsito de Esteio concluiu, em novembro, a 2ª etapa do Curso de Agentes de Trânsito Mirins. No segundo semestre, o programa formou 55 jovens. Ao todo, desde o início do ano, 117 adolescentes - inclusive deficientes auditivos - participaram de palestras e atividades educacionais. Para a coordenadora do curso, Adriana Silva Duarte, a meta é formar multiplicadores dentro das escolas. “Trânsito é comportamento. Não adianta trabalhar somente legislação. Não formamos só por formar, queremos que o trabalho tenha uma continuidade”, afirmou.

Foto: prefeitura de Esteio

– 3 e 11

CB Mirim atende crianças carentes em Alegrete

Jovens participam de atividades de primeiros socorros nas ruas do município Após três meses de palestras e atividades práticas, jovens participaram da solenidade de formatura do curso de Agente de Trânsito Mirim

–6

–6


Mural do Leitor

Pág 2 – Fevereiro 2009

Despedida Ao solicitar minha transferência para a reserva remunerada, não poderia deixar de externar à equipe dessa conceituada entidade, meus sinceros agradecimentos pela forma respeitosa, leal, sincera, camarada e amiga com que fui tratado, enquanto chefe da Assessoria Parlamentar do Cmt-Geral da BM. Outrossim, desejo que a paz e a luz do Cristo estejam com todos os integrantes dessa no-

Correio Brigadiano

Homenagem ao Coronel Riograndino

bre organização, para que na defesa dos interesses da Família Brigadiana se derramem bênçãos de prosperidade, fraternidade e saúde. Sem mais para o momento, renovo votos de estima e consideração, me colocando a seu inteiro dispor, em breve como integrante da Reserva Remunerada. Ten-Cel Jorge Antônio Penna Rey Chefe da Ass. Parlamentar do gabinete do Cmt-Geral

Seguidamente temos que buscar na memória lembranças de homens transparentes até na alma. Essa transparência foi sendo cristalizada ao longo dos anos, na forma de agir, de pensar, da retidão do caráter, da justa forma de se portar perante os seus semelhantes. Hábitos simples. Forte aperto de mão. Olhar sempre nos olhos. Palavra mantida. Assim era, Riograndino. Nós o admirávamos. Mesmo nas adversidades, jamais se levantou sobre seus subordinados. É impossível comparar. A Brigada

Militar perde. Nós Bombeiros também. O Clube da Bola perde mais ainda. Que nosso Pai Celestial receba sua alma e conforte seus familiares. Coronel Dirlei Riograndino Ferreira Oppa, falecido em 06 de novembro de 2008. Nossa homenagem. Nossa gratidão.

Renato Dutra Pereira 1º Sargento BM

2009 Que este Natal nos ilumine e que possamos compartilhar dessa luz com todos os que necessitem. Feliz Natal e um Próspero 2009. Muita Paz. Orides Rodrigues da Silva Os artigos publicados com assinatura nesta página não traduzem necessariamente a opinião do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. As cartas devem ser remetidas para a coluna Mural do Leitor Leitor, com assinatura, identificação e endereço. A Redação do JCB fica na Rua Bispo Willian Thomas, 61, CEP.: 91.720-030, Porto Alegre/RS. Por razões de clareza ou espaço, as cartas poderão ser publicadas resumidamente.

Versões e fatos Manifestação do Presidente da AsOfBM, publicada no jornal Correio do PÊ ovo, de 15 janeiro 2009, com a finalidade de esclarecer a opinião pública acerca de reiteradas publicações por parte de alguns setores da imprensa, que expõem de maneira inverídica e tendenciosa a realidade da corporação.

Jornal ABC da Segurança Pública Associação Pró-Editoração à Segurança Pública Utilidade Pública Estadual e Municipal

Correio Brigadiano Editora Jornalística Ltda CNPJ: 05974805/0001-50 14º ano

Presidente APESP APESP:: Sgt Claudio Medeiros Bayerle Vice-Presidente Vice-Presidente:: Cel Délbio F. Vieira Tesoureiro: Ten RR Luiz Antonio R. Velasques Secretário: Maj RR Pércio Brasil Álvares Diretor-Presidente do Grupo Polost: Ten-Cel Vanderlei Martins Pinheiro

Registro no CRE 1.056.506 INPI nºs 824468635 e 824466934 Gerente Administrativo: Franciele Rodrigues Lacerda Apoio: Direção do JCB JCB:: Gerente de Relações Institucionais: Cel Délbio Ferreira Vieira Gerência da Comercial: Ten Valter Disnei S. Lourenço e agenciadores Apoio: Dayana Rodrigues Lacerda e Vinícius da Silva Estagiário: Tieli Rachl Nazário Lamb Gerência de Circulação: Ten Jorge Ubirajara Barros e representantes dos OPMs Gerência de Redação: Jornalista Felipe Bornes Samuel MTb/RS nº 12344 Auxiliar de Redação: Vera Eledina Leivas Pereira Estagiário: Adriano Silveira Pereira Colaborador: Maj e Jorn Paulo César Franquilin Pereira - MTb/RS nº 9751 Fotografia: Enídio Pereira, Moisés Bastos e arquivos de OPMs Gerência da Polost Press e Data Polost: Cristiano Max Pinheiro Gerência: Luci M. Pinheiro Consultor de Rede: Walter Fuentes Robella Distribuição gratuita dirigida: Todos os servidores civis e militares, da ativa e inativos da BM, policiais da ativa e aposentados da Polícia Civil, servidores da Susepe, IGP e instituições municipais de segurança, vereadores, prefeitos e parlamentares Tiragem: 25.000 exemplares Impressão: Gráfica Gazeta do Sul Informações e arquivos JCB: www.brigadian www.brigadianoo.com.br Central Pabx e Fax: (51) 3339-7888

E-mails Notícias: jcb@seguranca.org.br Circulação: circulacao@seguranca.org.br Comercial: anuncio@seguranca.org.br comercial@seguranca.org.br Suplemento Cultural: jcbcultura@seguranca.org.br Reclamações: pinheiro@seguranca.org.br

Endereço: Rua Bispo Willian Thomaz, 61, CEP: 91.720-030, Porto Alegre/RS ANO X I V - nº 190 — Fevereiro 2009 — Correio Brigadiano: a voz da Segurança Pública

Ê Ê Uma inverdade muitas vezes repetida tende a se travestir de fato irrefutável e Êa estabelecer matizes de verdade a um tema que vem sendo, nos últimos dias, apresentado à opinião pública por setores da imprensa, os quais revelam desconhecimento ou má fé, acerca das particularidades legais que regem os militares estaduais do Rio Grande do Sul. Baseada, fundamentalmente, nos princípios da hierarquia e da disciplina, a nossa Força Pública Gaúcha tem a estrutura e organização administrativa baseada em carreiras nas quais a ascensão funcional serve como caráter motivador do desempenho funcional. As atribuições da rotina funcional, invariavelmente, exigem que o Militar Estadual, integrante da Brigada Militar, do Soldado ao Coronel, tenham o vigor físico necessário para enfrentar o rigor e a rusticidade exigíveis na atividade de polícia ostensiva.

Um Brigadiano fardado, diante de um assalto à mão armada, não pode alegar ser hipertenso, cardíaco ou deixar de correr atrás do delinqüente sob a alegação de que não tem condições físicas para isso. O Militar Estadual, ao ingressar na Brigada Militar aos 18 anos de idade, sabe que terá que se manter em condições físicas mínimas para enfrentar as especificidades da profissão ao longo de, no mínimo, trinta anos e tendo muitas vezes Ê d e permanecer ao longo de uma jornada de seis ou mais horas em pé, seja inverno ou verão, em condições de responder de forma eficaz contra a delinqüência e a criminalidade.Ê Os coronéis, hoje inativados, ingressaram na Academia de Polícia Militar, alguns aos 16 anos, Êtendo galgado – após cumprirem os devidos requisitos legais e frequentado com aprovação os diversos cursos obrigatórios da carreira – um a um todos os postos da hierarquia militar até atingirem o de coronel o que ocorre, invariavelmente,

decorridos trinta anos de serviço. O axioma é, portanto meridianamente simples: o Brigadiano entrega incondicionalmente a sua juventude, e em inúmeras oportunidades sua própria vida, ao Estado (nesse entendido a sociedade Gaúcha) e, em contrapartida, recebe dele o reconhecimento da inatividade quando atinge a tibiez física. A inativação, diga-se de passagem, tradicional em toda a cultura ocidental, tanto que encontra similitude nas demais carreiras de Estado do Rio Grande do Sul e que, aliás, com igual ou maior número de servidores inativados não encontra a mesma atenção pejorativa que vêm sendo dispensanda aos valorosos integrantes da Brigada Militar. AÊ quem interessa desmerecer uma Instituição tradicional qÊ ue a mais de cento e setenta anos dedicase integralmente a servir a comunidade gaúcha? * Ten Cel - Presidente da AsOfBM

ITINERANTE

A Letra Fria da Lei Ê ÊA impunidade é, em nossa opinião, a escola do crime. Sim, pois um delinqüente que pratica um crime e não sente o peso da lei sobre os seus ombros, com certeza irá praticá-lo novamente. Assim dizia o filósofo Aristóteles „nos tornamos naquilo que praticamos com freqüência‰. Tal reincidência é mais incidente em casos relacionados com menores ou jovens com idade próximas aos 18 anos; foragidos da justiça ou criminosos nos regimes abertos e semi-abertos e também em crimes relacionados com o tráfico de drogas. Explicaremos neste espaço a impunidade relacionada com menores ou jovens com idade próxima aos 18 anos, em que a sua compreensão da realidade ainda não está nas mesmas condições de um adulto acima desta idade, somam-se a isso uma péssima educação família, ausência de escola, de religião, vícios em drogas ou álcool e problemas sociais. Na penúltima sexta-feira de dezembro, por exemplo, a Brigada Militar de Sapucaia do Sul prendeu por furto um jovem de 18 anos, portanto, recém saído da menor idade. Com ele foram encontrados diversos bens furtados. Como televisor, aparelhos de DVD, batedeira, dentre outros. A vítima que teve sua casa arrombada reconheceu seus pertences e acusou o preso. O delinqüente ameaçou a vítima dizendo que iria botar fogo em sua residência se ela persistisse em denunciá-lo.

Ela persistiu. Fez o que poucos fazem, porém para surpresa, o criminoso não ficou preso e os bens da vítima ficaram apreendidos na delegacia de polícia para que fosse retirado somente na segundafeira pela tarde. O criminoso saiu a passo, caminhado pelas ruas como se nada tivesse ocorrido. Mas o pior ainda estava por vir, no outro dia a casa da vítima foi parcialmente queimada, alguém adentrou na residência pelos fundos e ateou fogo na casa, que só não queimou totalmente por que vizinhos conseguiram apagar o fogo. A vítima desesperada nos procurou relatando o fato. Para nós restou apenas encaminha - lá para mais um registro policial. E o criminoso ainda está nas ruas. Impunidade total. Não seria mais prudente ter prendido o delinqüente já na sexta-feira para que este pagasse pelo menos de forma imediata pelo flagrante crime de furto? No entendimento do Delegado de plantão não havia situação de flagrante. É preciso deixar claro que não nos opomos a postura do Titular de plantão na sexta-feira, visto que este aplicou a mais pura e fria letra da lei. A verdade é que a lei não acompanha a realidade e não prevê todos os casos concretos, casos como estes em que um criminoso sai pelas ruas furtando e ameaçando suas vitimas de forma violenta. A letra fria da lei não ouviu que a Sala de Rádio da Brigada Militar que três viaturas foram despachadas para atender ao chamado, visto que se

Geverson Aparício Ferrari - 1ºSgt

fazia necessário fazer buscas e o local era escuro e aos fundos havia um denso matagal. A letra fria da lei não analisou que na mesma rua onde o criminoso morava e em ruas próximas ocorreram diversos furtos em residências, todos praticados da mesma forma dando a idéia de que foi praticado pelo mesmo delinqüente. A letra fria da lei não sentiu, a raiva e a sensação de fragilidade que sentiu um pai de família ao chegar em sua casa e perceber que seus objetos, comprados com suor e dedicação, foram furtados. Ê AÊ bem da verdade é que não podemos esperar que a letra fria da lei possua estes sentidos, pois ela é acéfala, ela não se coordena por si só, como dissemos, ela é fria, não tem sentimentos, nunca foi roubada, se protege dentro do Código Penal bem fechado, não convive a realidade da pobreza, não convive diretamente com criminosos, presos às vezes em cinco oportunidades no mesmo ano por conta da própria lei. Ela não precisa dar explicações ao povo sobre criminosos soltos pelas ruas, A letra fria da lei está fora da realidade. Então é missão nossa, aplicadores da lei, defensores da segurança pública, seja um soldado da Polícia Militar ou um Desembargador da Justiça, fazer com que está se interprete da forma adequada a fim de atender ao clamor público, em favor do bem comum e pela sociedade de bem, não a favor dos delinqüentes.


Serra

Correio Brigadiano

Pág 3 – Fevereiro 2009

5ºCRB terá quartel na Zona Norte Construção da nova sede em Caxias do Sul reduzirá tempo/resposta no atendimento a vítimas Montagem: Seplam

O dia 21 de novembro ficará marcado na lembrança da comunidade caxiense. Na data, o Cmt do 5ºCRB, Ten-Cel José Francisco Barden da Rosa, o prefeito de Caxias do Sul, José Ivo Sartori, e a presidente da Comissão PróConstrução, Inoema Biazus, assinaram a ordem de início das obras do quartel de bombeiros da Zona Norte. Considerado uma antiga reivindicação da população, o novo prédio - orçado em R$368 mil, dos quais a prefeitura custeou R$178 mil e o Funrebom o restante - terá dois pavimentos e garagem para três viaturas dispostos em 530 metros quadrados. Mais do que descentralizar os serviços, o quartel da Zona Norte facilitará o acesso dos bombeiros aos bairros daquela região. “Além de melhorar o tempo/resposta e a qualidade no atendimento a vítimas de acidentes na Rota do Sol, a construção do novo quartel beneficiará cerca de 90 mil pessoas”, explicou o Ten-Cel Barden. Conforme o oficial, a instalação da unidade à margem da RS 343 pode reduzir o tempo de salvamento em até 20 minutos. A previsão é de que as obras estejam concluídas em

Projeto da unidade: maquete da nova sede na Zona Norte mostra os dois pavimentos e a garagem para três veículos

180 dias. “A inauguração deve ocorrer próximo ao Dia do Bombeiro”, ressaltou. Doada pela prefeitura, a área de 7 mil metros quadrados, além de abrigar a unidade, deverá contar com um Centro de Instrução. “O nosso objetivo é ter uma brigada de incêndios, tendo em vista que Caxias do Sul tem um par-

Delegada Elisabete Müller é indicada ao Prêmio Ana Terra Foto: Carina Marques

A atuação da Del Elisabete Cristina Barreto Müller em diferentes frentes de trabalho ganhou o reconhecimento do Conselho de Desenvolvimento do Val do Taquari (Codevat). Titular da DP de Encantado, ela foi indicada junto com outras 24 mulheres do estado ao Prêmio Ana Terra. A entrega da distinção será realizada em março, em Porto Alegre, durante as comemorações pelo Dia Internacional da Mulher. Há 16 anos na PC, a Del acredita que o serviço comunitário de uma década na Casa de Passagem - um abrigo para mulheres vítimas de violência doméstica - foi fundamental para receber a indicação. “O trabalho na Casa é feito por voluntários que fornecem atendimento social, jurídico e psicológico”, afirmou. Formada em Direito pela Faculdades Integradas de Santa Cruz do Sul e com mestrado em Ciências Criminais pela PUCRS, a Del leciona Direito Penal na Univates, em Lajeado, e na Uniritter, em Porto Alegre.

PC apreende pedras de crack em Gramado Uma ação coordenada pelo titular da DP de Gramado, Del Gustavo Celiberto Barcellos, no dia 5 de dezembro, resultou na apreensão de 36 pedras de crack embaladas para venda, pequena quantia de maconha, celulares e R$ 2,4 mil em dinheiro. A Operação Pedra Maldita mobilizou 25 agentes e 15 PMs de vários municípios da Serra. Os policiais cumpriram seis mandados de busca e apreensão e prenderam duas pessoas em flagrante por tráfico de drogas e associação ao tráfico. Outros trÊês estão com a prisão temporária decretada pela Justiça.

Del Elisabete vai receber prêmio do Codevat em março

Casada com o engenheiro agrônomo André Müller e mãe de Larissa e Andersen, de 11 e 8 anos, respectivamente, a Del Elisabete receberá sua segunda honraria do Estado. Em 1997, ganhou o prêmio Qualidade da Administração Pública. “Me sinto lisonjeada e feliz com esta nova premiação. É um incentivo pra continuar na luta pela dignidade humana contra a violência”, relatou.

que industrial forte”, destacou. De acordo com o Ten-Cel Barden, em janeiro, os bombeiros promoverão curso de capacitação e formação de voluntários. “A nossa prioridade será o trabalho de conscientização junto à comunidade. Durante o curso, ensinaremos lições de defesa civil, que é uma das missões dos bombeiros”.

Câmara de Esteio presta homenagem ao 3ºSgt Celson O Cmt do POE do 34ºBPM, 3ºSgt Celson Luis Ramos de Oliveira tem motivos de sobra para comemorar neste final de ano. Além de ter assumido o comando do Pel há dois meses, o PM foi homenageado no dia 25 3ºSgt Celson de novembro pela Câmara de Vereadores de Esteio pelos 25 anos de carreira. “Tenho orgulho em receber essa homenagem, pois estes 25 anos de serviço é uma vida na BM. Fico muito feliz pelo reconhecimento do município. Agradeço aos colegas e Cmts”, ressalta. Em 2005 e 2006, foi o PM que mais atendeu ocorrências no Estado, sendo reconhecido como “PM do ano” e “Nº1 do Estado”, respectivamente. Natural de Sapucaia do Sul e casado com Flávia, o 3ºSgt Celson é pai de Emerson, Ariane e Evelyn.

Pel Ambiental inaugura sede em São José do Ouro Foto:Ascom

Uma casa com 140m2 de área construída é a nova sede do 4ºGPA de São José do Ouro. Orçada em R$83 mil, a obra - custeada pelo Consórcio Machadinho Energética S.A - foi inaugurada em 14 de novembro. Com o prédio, os quatro policiais ambientais deixam de dividir uma peça com os colega de farda na sede do 3ºPel e passam a tomar conta de seu próprio espaço. O consórico doou ainda uma camionete S-10. As novas instalações abrigam uma sala de aula, alojamento, de- Nova sede poderá servir de palco para aulas do projeto Patrulheiro Mirim pósito e garagem. “O novo prédio servirá por Conforme o 1ºSgt, o projeto poderá contar uns ‘200 anos’ à BM”, exagera o Cmt do 4ºGPA, com o apoio de instituições locais e da prefeitu1ºSgt José Sedinei Baratieri Pompeu. Uma das ra. “Pretendemos reunir dez alunos por turma”. metas do Cmt Pompeu é desenvolver palestras Além de São José do Ouro, a unidade atende de conscientização ambiental aos estudantes. os municípios de Machadinho, Maximiliano de “Vamos colocar nosso espaço à disposição da Almeida, Barracão, Paim Filho, Cacique Doble, comunidade escolar e tentar implementar, a par- São João da Urtiga, Sananduva, Santo Expeditir do ano que vem, o Patrulheiro Mirim”, obser- to do Sul e Tupanci do Sul. A região possui uma vou. das mais extensas áreas florestais do Estado.

Cel Trindade assume a BM Desde 19 de dezembro a BM tem novo à violência e à criminalidade. “A BM, ao longo Cmt-Geral: Cel João Carlos Trindade Lopes. dos seus 171 anos, tem enfrentado esse desafio com determinação, altivez e coAlém dele, o Cel Lauro Binsfeld toragem, suplantando todas as dificulmou posse como Sucmt. Em solenidades e zelando pelo cumprimento dade realizada na APM, o novo Cmt da lei e pela manutenção da ordem prometeu dar continuidade ao trabapública”, destacou. Enfatizou as melho desenvolvido pelo seu antecesdidas a serem adotadas diante da sor, Cel Paulo Roberto Mendes. Deagressividade de marginais e trafipois de permanecer pouco mais de Cel Trindade cantes. “Agiremos com ações firmes cinco meses à frente da BM, o Cel e operações integradas. Não dá pra aceitar assume o Tribunal de Justiça Militar. Em sua despedida, o Cel Mendes desta- numa sociedade moderna um marginal que se cou as ações de combate à pirataria e aos jo- julgue forte. Forte somos nós”, finalizou. Na cerimônia, a governadora Yeda entregos de azar em sua gestão. “Deixo o serviço ativo com minha consciência tranqüila, pois gou 47 viaturas e um caminhão para o policiacumpri o meu dever e, principalmente, a mis- mento ostensivo. Trajetória do novo Cmt-Geral: são que a mim foi confiada”, afirmou. Em tom João Carlos Trindade Lopes ingressou na de desabafo, ressaltou que durante seu comando a BM atuou dentro dos limites da lei. “Não BM em 22 de março de 1979 e tornou-se aspidepositei nenhum cadáver no colo da senhora rante a oficial em 1981. Realizou mestrado em drogas e entorpecentes em 1992, em Salta, na (governadora Yeda Crusius.” Natural de Sobradinho e com três déca- Argentina. Comandou o BOE por uma década. das de BM, o Cel Trindade pretende dar conti- Esteve à frente do CRPO Missões, do 29ºBPM, nuidade às operações integradas de combate de Ijuí, e do 30ºBPM, de Guaíba


Central

Yeda palestra na aula inaugural do CTSP Até junho de 2009, Brigada Militar pretende habilitar mais 500 PMs à gradução de 2ºSgt

Correio Brigadiano Com. Soc. BM Santa Maria

Pág 4 – Fevereiro 2009

Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

A governadora Yeda Crusius foi a palestrante da aula inaugural do Curso Técnico de Segurança Pública da BM, na manhã do dia 20 de outubro, na Academia de Polícia Militar, em Porto Alegre. Ao todo, 500 profissionais, entre 3ºSgt e Sd serão habilitados à graduação de 2ºSgt. De acordo com o instrutor da APM, Cap Alexandre Teixeira Santos, o curso terá duração de oito meses. Na Capital, 212 alunos participarão das aulas na sede da APM. “Até 19 de dezembro, permaneceremos na Academia. Depois, iniciaremos um estágio operacional na Operação Golfinho”, ressaltou. “O final das aulas deve ocorrer em junho”, relatou. Na Escola de Bombeiros, em Porto Alegre, e na Escola Técnica de Santa Maria mais 288 alunos farão parte dos treinamentos, totalizando 500 PMs. “A Brigada Militar, dentro de um processo normal, busca aprimorar ainda mais a qualificação dentro da corporação”, revelou. Em seu discurso, a governadora comen-

Concurso de Saltos Cel Pillar marca 116 anos do 1ºRPMon

Governadora Yeda Crusius participou da aula inaugural do CTSP, em outubro, e salientou a importância do curso para os PMs

tou a importância do curso de capacitação e divulgou dados de sua gestão com projeções sobre o futuro. Entre os projetos, ressaltou a abertura de concurso para três mil novos Sds da

BM. “Até 2010 pretendemos alcançar 17 mil profissionais para a área da segurança pública, além da renovação da frota em 2 mil veículos”, afirmou.

Santa Maria sediou de 30 de outubro e 1º de novembro, as provas de salto Cel Pillar alusivas aos 116 anos do 1ºRPMon. Foi a 6ª Etapa do Campeonato Hípico da BM, que contou com a participação do 1º, 2º, 3º, 4º, 5º e 7ºRPMon, além de entidades civis ligadas ao hipismo de todo o estado. Durante o ano, cada unidade de cavalaria abriga uma etapa do campeonato interno. O 1ºRPMon aproveitou a ocasião para

celebrar o aniversário do regimento, em 10 de novembro. Nos três dias de competições, um público de pelo menos 800 pessoas prestigiou as provas em quatro categorias. De acordo com o Cmt do 1ºRPMon, Ten-Cel Ronaldo da Silva Ramos, o evento é importante para continuar a tradição de competição entre regimentos. “Reafirma nossa situação quanto RPMon e motiva aqueles que entraram agora para a BM a participar no futuro”, afirmou.

Alto Jacuí

BM e PC apreendem dez quilos CRPO/AJ promove cinco PMs em Cruz Alta Policiais do 16ºBPM e 39ºBPM atingiram a graduação de 3ºSgt pelo critério de antigüidade de maconha em Cruz Alta Foto: BM Cruz Alta

Foto: CRPO/AJ

Uma operação conjunta entre BM e PC de Cruz Alta, no dia 19 de novembro, resultou na apreensão de 9,7 quilos de maconha em uma casa na rua Argentina, no bairro Vila Machado. No local, os policiais também encontraram uma arma Cal 38 com a numeração raspada, onze cartuchos intactos, uma balança de precisão, dinheiro e celulares. Um homem de 44 anos foi preso em flagrante. Denominada de “Operação Cidade Limpa”, a ação teve início após denúncia anônima à BM. Ação conjunta: policiais encontraram drogas, arma e munição em Cruz Alta Munidos de informações, nove agentes da PC e 16 PMs se deslocaram ao lo- am vendendo drogas. Segundo o Del, os policical para cumprir o mandado de busca de apre- ais flagraram o homem no momento em que ensão. Conforme o titular da 1ªDP de Cruz Alta, escondia buchas de maconha no solo da casa. Del Cristiano Alvarez, os PMs teriam tomado O indivíduo foi autuado em flagrante e levado conhecimento de que naquele endereço estari- ao Presídio de Cruz Alta.

O trabalho de cinco PMs do 16ºBPM e 39ºBPM ganhou o reconhecimento do Cmt do CRPO/AJ, Maj Nelson Garcia, que no dia 20 de novembro promoveu o quinteto à 3ºSgt pelo critério de antigüidade. Realizada na sede do comando, em Cruz Alta, a cerimônia reuniu os homenageados, além do chefe do Estado Maior do CROP/AJ, Maj Felisberto Cunha da Silveira. Entre os promovidos à 3ºSgt estão os PMs Sgt Jorge Melo Lopes, Genelso Ferreira Corrêa, Henrique Vanderlei Murussi, Leonir Luis Eckert e João Alberto Kostrzynski. Com 23 anos de BM, o 3ºSgt Melo considera a promoção um avanço na carreira. “Representa mais responsabilidade, o serviço aumenta, mas é um passo a mais, uma vitória pessoal”, afirmou. Para outro promovido, 3ºSgt Genelso, com 22 anos de carreira, o novo posto implica em novas funções. “O posto de Sgt é o elo de ligação entre a tropa e o comando. Me sinto satisfeito em pres-

União: Maj Felisberto, 3ºSgt Melo, 3ºSgt Leonir, 3ºSgt Genelso, 3ºSgt Murussi, 3ºSgt João Alberto e Maj Nelson

tar esse serviço”, revelou. Na solenidade, o Maj Nelson explicou sobre as novas responsabilidades dos PMs. “Mesmo que tenha sido por tempo de serviço, agora

são todos Sgts”, afirmou. O 3ºSgt Murussi agradeceu o comando em nome dos cinco homenageados. “Foi uma honra. Acredito que todos mereceram”, relembra.

Revista em presídio Foto: CRPO/AJ

Policiais e agentes apreenderam diversos objetos

Integrantes do 16ºBPM e da Susepe revistaram, no dia 29 de novembro, as galerias do Presídio Estadual de Cruz Alta. Foram encontrados um formão, usado para trabalhos manuais, seis estoques, quatro celulares, um cachimbo e uma nota de R$ 50 falsificada.


Sul

Correio Brigadiano

Educação ambiental é tema de palestras nas escolas de Pelotas Foto: BM Pelotas

Transformar as crianças em multiplicadores de preservação ambiental. É com este objetivo que o 3ºSgt Artur Rodrigues Lemos, da 3ªCia Ambiental de Pelotas, realiza as palestras do Projeto Elo nas escolas da região. Mais do que aproximar a comunidade da BM, as aulas visam conscientizar a garotada sobre a importância da preservação Adolescentes participam de palestras educacionais nas escolas de Pelotas dos recursos naturais. Junto com integrantes do policiamento os- em sala de aula, os policiais do canil do 4ºBPM tensivo, rodoviário, CB e instrutores do Proerd, fizeram demonstrações com os cachorros do o 3ºSgt Artur passa lições de como cuidar do Btl. Pelo menos 20 instituições participaram do meio ambiente. “Cada um dos instrutores tem curso este ano 45 minutos para abordar seu tema. Procuro Conforme o 3ºSgt Artur, muitas escolas explicar a minha experiência na área ambiental solicitam a visita dos PMs na região Sul do ese orientá-los sobre a necessidade do uso racio- tado. “A receptividade da comunidade escolar nal dos recursos naturais”, ressalta. No dia 22 é bastante positiva. Em virtude da excessiva de outubro, o Projeto Elo visitou os alunos da demanda pelas palestras, às vezes precisamos escola Santa Rita. Na ocasião, além das dicas encontrar uma ‘brecha’ na agenda”, afirmou.

Pág 5 – Fevereiro 2009

Sd Seixas salva menina de dois anos em Tapes

BM apreende armas e carro roubado em Arroio dos Ratos

Foto: BM de Tapes Foto: BM Arroio dos Ratos

Sd Seixas: “Por onde passo, as pessoas me cumprimentam”

Ao retornar para Tapes em 10 de novembro, o Sd Luis Rudinei Vargas Seixas se deparou com uma situação inusitada. Uma garota de dois anos sofreu parada cardio-respiratória e foi socorrida pelo PM, que fez massagem cardíaca. Em seguida, a levou ao Hospital Nossa Senhora do Carmo. “A médica garantiu que a massagem cardíaca salvou a menina. Pra mim é gratificante, pois não tem dinheiro que pague uma vida”, declarou.Transferida para o Hospital Conceição, em Porto Alegre, teve alta após uma semana. Natural de Bagé, há17 anos na BM, o Sd de 41 anos nunca havia passado por situação similar.

No dia 21 de outubro, a BM de Arroio dos Ratos apreendeu cinco armas e um carro roubado com dois indivíduos. A dupla foi encontrada no pátio de uma residência na Vila 12. Junto com eles, os PMs encontraram três revólveres, duas espingardas e munições de diferentes calibres. Um dos detidos havia sido preso há dois meses por porte ilegal de arma, PMs encontraram três revólveres, duas espingardas e munições de diferentes calibres envolvimento com tráfico de drogas e roubo de mou. A prisão ocorreu após denúncias de tirogado. De acordo com o Cmt do 3ºPel de Arroio teio no local. dos Ratos, 1ºTen Paulo Roberto Silva de SouPMs vistoriaram a área e avistaram o susza, a comunidade da Vila 12 elogiou a ação da peito. “Verificamos no sistema que tratava-se BM, a prisão de seis foragidos e a apreensão de veículo roubado. Dentro do automóvel, ende oito armas no local este ano. “Recebemos contramos espingardas Cal 28 e 32, além de ligações anônimas de agradecimento e apoio revólveres Cal 38 e duas 22”, relatou. A dupla após a ação. Esperamos que desta vez esse foi encaminhada para Penitenciária Modulada rapaz fique mais tempo preso para refletir”, afir- de Charqueadas.

Centro Sul

Proerd forma 328 em Rio Grande BM Rio Grande

Reinvidicação de local histórico na cidade de Pelotas

Curso de Patamo do CRPO/Sul forma 113 PMs no Ninho da Águia

A chácara da BM de Pelotas foi palco de uma das batalhas da Revolução Farroupilha. O Combate do Passo dos Negros ocorreu em 1836. Para preservar o local, o Cel RR Alberto Rosa Rodrigues, que realiza pesquisas sobre o tema, quer transformá-lo em Cel RR Rosa ponto histórico. Uma empresa estrangeira, no entanto, demonstra interesse em comprar a área. Segundo o Cel RR Rosa, durante o confronto, o canhão acabou no fundo do rio, sendo retirado pela prefeitura em 1937. À época, o prefeito Sylvio da Cunha Echenique guardou o canhão em sua propriedade. Em 20 de setembro de 1971, o ex-prefeito doou a peça para a prefeitura, que decidiu colocá-la na na praça em frente ao quartel do 4ºBPM. “Fiz um pedido para a Câmara de vereadores para que a chácara seja tombada patrimônio histórico”, afirmou.

Dividido em seis edições, o curso de Patrulha Tático Móvel (Patamo) formou 113 PMs de todo o estado, no CRPO/Sul, em Pelotas, em 23 de novembro. Desde 13 de outubro, 12 instrutores ministraram aulas teóricas e práticas. As atividades realizadas no Centro de Formação Ninho Turma formada na 5ª Edição do Curso de Patamo no CRPO/Sul em Pelotas da Águia, localizado na Chácara da Boca do Aos 36 anos, dos quais 18 dedicados à BM, Arroio, totalizaram 50 horas-aula por edição. Se- o Sd Lucas já passou por três cursos no Bope, gundo o Sd Alessandro Lucas Souza, que mi- no Rio de Janeiro, além de treinamentos fora nistrou aulas práticas, os alunos receberam ins- do país. De acordo com o PM, o Curso de Patruções em nível internacional. “Os principais tamo é importante para qualificação da corpotreinamentos envolveram patrulhamento moto- ração. “É gratificante poder passar o que aprenrizado, tiro de combate policial, gerenciamento di. Numa época em que a criminalidade está de crise, reconhecimento de explosivos, socor- aumentando, é nossa obrigação. Muitas vezes ro tático, técnicas de táticas especiais, progres- os bandidos têm maior conhecimento no masão em área de alto risco, entre outras”, afirma. nejo de armas do que os policiais ”, adverte.

Foto: CRPO/Sul

Instrutor do Proerd desde 2001, Sd Rizzo (C) participou da cerimônia que formou mais 328 estudantes do programa

Com a missão de orientar adolescentes de Rio Grande sobre os perigos e malefícios das drogas, os Sds Alfredo Ferreira Rizzo e Josiane da Silva Novo concluíram mais uma etapa do Proerd em novembro. Em cerimônia no Teatro Municipal de Rio Grande, no dia 21, 328 estudantes de escolas municipais, estaduais e particulares receberam o diploma de conclusão do curso. Em sua 9ª edição, o Proerd formou parceria com Órgão de Gestão de Mão de Obra

PC de Cassino prende dupla por tráfico de drogas A perspectiva de um ano melhor para duas mulheres acabou mal no Balneário Cassino. A dupla foi presa por policiais civis, em 31 de dezembro, na operação “Feliz Ano Novo”. Com elas, os policiais encontraram diversas pedras de crack, dois telefones celulares e mais de R$ 300 em dinheiro. Conforme o titular da DP de Cassino, Del Elione Lopes, ambas foram presas em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupação de menores. Durante o ano novo, a PC manteve duas equipes volantes e cumpriu sete mandados de busca e apreensão.

(OGMO) e Núcleo de Educação do Movimento Ambiental (NEMA). “O desempenho das turmas foi satisfatório. Os jovens entenderam a mensagem do programa”, ressaltou o Sd Rizzo, que há sete anos é responsável pelas aulas. Estreante como instrutora, a Sd Josiane se mostra entusiasmada com a experiência em sala de aula. “Foi muito bom e gratificante. Agora temos que continuar a missão de desenvolver o projeto no próximo ano”, frisou.


Taquari/Sinos/Caí Ten RR Frota lança dois livros na 54ª Feira do Livro

Correio Brigadiano Foto: prefeitura de Esteio

Foto: 2ºCRB

Pág 6 – Fevereiro 2009

Foto: arquivo pessoal

Ten RR Frota autografou obras na Feira do Livro, na Capital

1º Jibom reúne bombeiros mirins em Sapucaia do Sul Dez equipes de vários municípios do Vale do Rio dos Sinos, além de Camaquã e Santana do Livramento, disputaram, dia 15 de novembro, em Sapucaia do Sul, a 1ª edição dos Jogos Intermunicipais de Bombeiros Mirins (Jibom). Organizado pelo 2ºCRB, com sede em São Leopoldo, o evento - que marcou as comemorações de 171 anos da BM - reuniu 223 crianças. Das 9h às 19h, a garotada participou de competições em diversas modalidades e de atividades recreativas no campo do Sesi e na sede do CB. Com equipes de Bombeiro Mirim de São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Portão, Montenegro, Novo Hamburgo, Dois Irmãos, Campo Bom, Sapiranga, Parobé e Taquara, o Jibom promo-

veu a integração e a disputa sadia entre as delegações. Durante as dez horas do evento, os competidores participaram de provas escrita, jogo de dama, confecção de nós, corrida com obstáculos, corrida de revezamento, arremesso de peso, cabo de guerra, tiro livre de futebol, prova de socorrismo e de combate a incêndio (foto). Conforme o Cmt do 2ºCRB, Ten-Cel Claudio Omar Cougo, o evento atingiu seus objetivos. “A equipe de Portão sagrou-se campeã com 755 pontos. Fiquei feliz por eles, porque demonstra que o Bombeiro Mirim traz resultados”, ressaltou. Conforme o Ten-Cel Omar, todos os competidores ganharam medalhas. Os três primeiros colocados receberam ainda um troféu.

Em sessão de autógrafo concorrida na 54ª Feira do Livro, o escritor, poeta, observador social e Ten RR Saulo Camponez Frota Borges lançou, em 1º de novembro, duas obras: “Segurança e Defesa Nacional” e “Segurança Patrimonial para Vigilância e Guardas”. “O primeiro trata da defesa no sentido lato, abrangendo os primórdios da defesa nacional, passando pela defesa da constituição, da política, do Conselho de Defesa e da Liga da Defesa Nacional”, revela. Conforme o Ten RR Frota, a outra obra aborda a formação de vigilâncias particulares. “Visa o encaminhamento de subsídios preliminares para os cursos de formação, estágios e treinamentos de agentes das Guardas Municipais, seguranças orgânicas, vigilâncias particulares e brigadas de incêndio em nível técnico”, frisou. O Ten RR Frota mantém uma página na internet: www.recantodasletras.com.br/autores/camponezfrota.

Sd Ferreira promove 1º Seminário da Cruz Vermelha em Montenegro A cidade de Montenegro prepara-se para Ronimar Costa dos Santos, de Santa Maria; e receber uma filial da Cruz Vermelha em 2009. Américo Santi Banes, de Caxias do Sul. No ano passado, o Sd Ferreira Antes, o presidente da Cruz Vermeidealizou o encontro e matriculou-se lha Brasileira - filial de Montenegro num curso de voluntariado da Cruz , Sd Paulo Rodrigues Ferreira, do CiVermelha de Porto Alegre. “Gostei osp, realizou o primeiro encontro da tanto da idéia que quis levar uma filientidade. O evento ocorreu em 6 de al para Montenegro”, afirma. Organidezembro, no auditório do Instituto zou assembléia em setembro com de Educação São José. Sd Ferreira BM, voluntários e representantes de Conforme o Sd Ferreira, o seminário teve como objetivo difundir as principais associações comunitárias do município. Enviou atividades que a Cruz Vermelha desenvolve jun- ata para a diretoria nacional da entidade, no Rio to à população. Temas como Prevenção em de Janeiro, que liberou diploma de credenciaSaúde e Socorrista Mirim também fizeram par- mento em fevereiro de 2008. O Sd Ferreira prete do seminário, cujos palestrantes foram os tende contar com apoio da prefeitura e do empresidentes José Alberto Matti, de Tramandaí; presariado local para a construção da sede.

JCB garante o vice da Cecopam A equipe de futsal feminino do Jornal Correio Brigadiano ficou com o vice-campeonato da Liga Cecopam 2008. Na final, no dia 14 de dezembro, o time perdeu por 1 x 0 para o selecionado da Abamf. Para o coordenador técnico do JCB, Ten Disnei, a falta de organização do torneio foi um dos pontos negativos. Os vice-campeões contaram com Carine (goleira); Cintia, Adriana, Claudia, Janice, Letícia, Evelise, Zandia (BM), Josi (BM) Carina, Cristina, Luana, Aline, Fernanda, Tayane e Bianca.“A constante mudança de datas prejudicou os treinos do grupo”, ressaltou. Demais colocações: 3º Pacotão, 4º Atlético, 5º Ki Papelão e 6º É o que Tem.

Curso de Agentes de Trânsito Mirim forma 55 adolescentes em Esteio Desenvolvida pela Coordenadoria de Educação de Trânsito de Esteio, a 2ª etapa do Curso de Agentes de Trânsito Mirins formou, no dia 6 de novembro, 55 jovens, com idades entre 11 a 13 anos. Foram três meses de aulas, num total de dez encontros. A última aula ocorreu nas ruas da cidade, quando os integrantes realizaram uma blitz educativa e entregaram material informativo com dicas de trânsito. Ao todo, o curso formou 117 estudantes em 2008. Mais do que abordar temas como regras de trânsito, cidadania e ética, o curso chamou a atenção da garotada sobre a necessidade de ações de educação nas ruas. Segundo a coordenadora do curso, Adriana Silva Duarte, o objetivo é formar agentes mirins que sejam multiplicadores dentro de suas escolas. Antes do início do curso, os coordenadores exigiram a indicação de até seis alunos com perfil de liderança. “Trânsito é comportamento, não adianta trabalhar somente legislação. Não formamos só

Após 28 anos de BM, 1ºTen Antunes se aposenta Ao ter seu pedido para ir à Reserva atendido, em 13 de outubro, o 1ºTen RR Carlos Maria Antunes encerrou seu ciclo de 28 anos na BM. Aposentado, o PM pretende dedicar seu tempo à esposa Cleunice, à filha Jéssica e às pescarias na Aldeia da Lagoa, em Nova Tramandaí, onde tem uma casa. Após incluir na BM em agosto de 1980, em Santa Maria, foi transferido para a Região Metropolitana. Durante 22 anos, atuou no po-

por formar, queremos que o trabalho tenha uma continuidade. Quando temos alguma atividade prática, chamamos alguns deles para nos auxiliar”, afirmou. O projeto foi dividido em duas etapas. A primeira formou, no dia 6 de agosto, 62 crianças de 15 escolas municipais. A última atingiu 55 alunos, dos quais seis são deficientes auditivos. Provenientes da escola Padre Réus, o sexteto contou com uma professora intérprete. “A integração foi muito boa, pensamos que não fossem se comunicar com os outros”, relata. A receptividade das aulas entre os jovens foi muito boa. “Eles gostaram muito dos encontros. Após o encerramento do curso, nos ligam e mandam cartas de agradecimento. Nós trabalhamos muito a auto-estima deles”, revela. Os projetos de educação no trânsito desenvolvido pelos alunos serão apresentados em dezembro na segunda edição do fórum Transitando em Esteio, organizado pela prefeitura. Foto: arquivo pessoal

liciamento ostensivo num dos bairros mais violentos de Canoas: o Guajuviras. “Sempre trabalhei à noite e participei de enfrentamentos contra crimi1ºTen Carlos nosos no combate ao tráfico de drogas. Em duas décadas, a situação piorou”, lembra. A melhor lembrança da carreira o 1ºTen RR lembra com orgulho. “Nunca tive privilégios, sempre fiz meu serviço. Em 2004, fui escalado para trabalhar em São José do Norte, mas pedi para ir ao Litoral Norte. Acabei trabalhando em Quintão.”


Pág 7 – Fevereiro 2009

INSTITUIÇÃO BENEFICENTE CORONEL MASSOT IBCM: Duzentos dias da gestão O ano de 2008 foi marcado pelo processo de abertura da Instituição Beneficente Coronel Massot (IBCM) ao funcionalismo público. A proposta da direção deu aos conveniados do IPE-Saúde as vantagens que eram restritas à família brigadiana. A partir de agora quem possui contrato com o Instituto de Previdência do Estado também pode ser sócios da IBCM. A Gestão 2008/2011 ostenta o nome Sargento Salomão da Silva Fortes, um ex-conselheiro adepto às inovações. O slogan da administração também mostra o compromisso, não só com o presente, mas também com o futuro: Novas Idéias, Novas Atitudes – Nossa IBCM! Passados duzentos dias da posse dos atuais diretores, apresentamos alguns dos resultados da união entre conselhos deliberativo e fiscal, diretoria executiva e funcionários: Construção do Anexo Administrativo Administrativo: Com a conclusão da obra, que amplia o patrimônio da IBCM, serão liberadas 13 salas da atual sede Menino Deus. O conjunto garantirá espaço para realização de mais consultas médicas e odontológicas. Ambiente Acolhedor: Melhoramento das fachadas interna e externa da Policlínica Menino Deus utilizando as cores da IBCM. Em 2009 serão instalados elevadores nas policlínicas de Porto Alegre. 80 Anos de História História: Mostra da trajetória da instituição. Em 2008 foi reeditado o DVD Institucional. Em 2009 será instituído o Memorial IBCM. Apadrinhamento Afetivo: A idéia é atender os novos alunos soldados sem o ônus da mensalidade. O projeto já foi apresentado à Brigada Militar. Brechó da Solidariedade: Ocorrido no mês de outubro com a participação da Receita Federal nas doações de brinquedos, utensílios domésticos, ele-

troeletrônicos e similares. O material foi revertido em recursos para a IBCM. Convênio IBCM – Brigada Militar: Para consolidar a internação dos associados da IBCM, não segurados do IPE-Saúde, nos Hospitais da Brigada Militar. A proposta depende de formalização da parceria. Convênio IBCM – IPE: Para ressarcimento das consultas e serviços complementares realizados nas unidades da IBCM. Projeto já apresentado ao IPE. Um Sonho de Natal: Evento projetado para cinco mil pessoas, realizado na Academia de Polícia Militar com distribuição de brinquedos e realização oficinas com enfoque recreativo. Feira da Saúde: Realizada em setembro nas dependências das policlínicas de Porto Alegre com prestação de serviços como corte de cabelo, de enfermagem, instalação de escovódromo e realização oficinas de recreação infantil. Visita Hospitalar: Trabalho de acolhimento realizado nos hospitais da Brigada Militar pelo serviço de Assistência Social aos beneficiários em situação de vulnerabilidade. O projeto depende da formalização do convênio com a BM. Menor Aprendiz: Projeto de inclusão do jovem pertencente a famílias em vulnerabilidade sócioeconômica no mercado de trabalho. Em 2008, cinco jovens foram contemplados. Programa Profissionalizante: Para promover a inclusão de jovens em vulnerabilidade sócio-econômica. Este projeto será apresentado à Brigada Militar nos próximos dias. Prevenção da cárie infantil: Prestação de serviços à comunidade mediante ação educativa e preventiva às crianças em situação de vulnerabilida-

Nova diretoria da IBCM: Daniel Lopes dos Santos, Vilson Genes Gonçalves Cardoso, Solon Andrade de Araújo Sobrinho e Antônio Carlos Cavalheiro Simões de. Campanha Solidariedade: Ocorreu em julho/ 2008, no Ginásio da Brigada Militar com o nome Show da Cidadania, o projeto teve apoio do Governo Estadual e da Rádio Farroupilha. Cerca de 1500 pessoas participaram da atividade. Vacinação de crianças: Parceria com a Secretaria da Saúde. Foram atendidas 485 crianças, em 2008. Projeto Vaga-lume: Destinado aos emprega-

dos da IBCM promove a adesão às práticas da Qualidade Total. Será implantado em 2009. Projeto Saúde e Assistência Social: previsto para 2009, a idéia é consolidar a doação de quatro veículos que serão utilizados como ambulância e mamógrafo digital móvel. Projeto Re-Visão: previsto para 2009, trata-se de uma campanha para doação de óculos. Centro Interdisciplinar de Saúde Mental Coletiva: Implantado em junho/2008 a partir da reestru-

turação do Centro Multidisciplinar. Projeto Microcomputadores Microcomputadores: O desafio é reequipar o Centro Interdisciplinar e o Anexo Administrativo mediante parceria com o Banco do Brasil, em 2009. Convênio IBCM – MBM/Previdência: Em agosto/2008 foi assinado o convênio de ajuda mútua, no momento tramita no governo estadual. Triagem Odontológica: projeto que tem por objetivo otimizar o atendimento de nosso associado.

Comunicado do Setor Odontológico da IBCM: Triagem odontológica começa em dezembro A Diretoria Executiva da IBCM informa que a partir de primeiro de dezembro o setor odontológico da Instituição passará por mudanças que têm por objetivo melhorar o atendimento aos associados: estará sendo implantando o serviço de triagem.

Com a implementação desse modelo, o serviço de odontologia estará agilizando o atendimento, a seleção e o encaminhamento dos pacientes para uma especialidade, de acordo com o caso avaliado – clínica geral, periodontia, endodontia, cirurgia bucomaxilofacial, odontopediatria e próte-

se. Serão encaminhados para triagem os novos pacientes, aqueles que já encerraram tratamento ou estão retornando para avaliação clínica. O agendamento para triagem será diário e na saída da avaliação o paciente já terá a próxima

consulta agendada. O serviço vai otimizar o tempo, agilizando o retorno do paciente, diminuindo a necessidade de agendamento através de telefone. O novo modelo de atendimento odontológico estará disponível nas Policlínicas Menino Deus e Partenon. Futura-

mente será estendido às clínicas do interior do Estado, em Santa Maria e Passo Fundo. A implantação da triagem atende a solicitações dos associados e à preocupação da IBCM em melhorar e dar qualidade ao atendimento da família Brigadiana.

O quê? O serviço de triagem vai garantir que o associado seja atendido pelo profissional especialista no caso, no menor tempo possível. Como funciona? A partir de primeiro de dezembro, ao ligar para o Serviço de Atendimento ao Associado (SAA) fones: (51) 3230-5511 ou 3230-5500, o paciente terá hora marcada com o triador (responsável pela triagem). O profissional vai fazer o diagnóstico e encaminhará o caso ao especialista - clínico geral, periodontista, endodontista, cirurgião bucomaxilofacial, odontopediatra e protético - ou até mesmo resolver o problema, dependendo da complexidade do caso (paciente com dor). Quem ganha com isso? O associado IBCM, através da agilização do tratamento. Quem já está realizando tratamento, o que deve fazer? Para os pacientes em tratamento não haver�� alteração. O agendamento é feito na saída das consultas para algumas especialidades (Endodontia, Periodontia, Prótese e Cirurgia Bucomaxilofacial).


Pág 8 – Fevereiro 2009

Câmara presta homenagem aos 80 anos da IBCM Os 80 anos da IBCM foram lembrados pela Câmara de Vereadores de Porto Alegre. A sessão foi dirigida pelo presidente do Legislativo Municipal, que destacou a importância da entidade. “Cumprimento a família IBCM que, nesta oportunidade, recebe o reconhecimento dos 36 vereadores desta Casa”, disse o vereador Sebastião Melo (PMDB). Também se manifestaram os vereadores João Carlos Nedel (PP), Ervino Besson (PDT) e Elói Guimarães (PTB), representando suas bancadas. O diretor-presidente da IBCM agradeceu a homenagem lembrando que a instituição faz parte da família porto-alegrense. Daniel Lopes dos Santos destacou que o reconhecimento da Câmara oportuniza o compartilhamento de novas idéias e novas atitudes. “Nosso trabalho está focado na satisfação de

aproximadamente 80 mil pessoas que compõem a imensa família IBCM”, salientou. O dirigente disse ainda que o momento ficará na história. “Após o reconhecimento do Legislativo da Capital a IBCM sente-se mais confiante pela escolha de seu caminho”, disse. “A

nós cabe a assistência social prestada aos associados, órfãos, pessoas especiais da família IBCM, além das ações voltadas às comunidades periféricas”. A homenagem também serviu de aproximação entre as duas

representações que, a partir de agora, podem reforçar a parceria em atividades futuras. Uma das propostas estudadas se refere aos serviços de saúde. Pelo projeto que está sendo elaborado, o município se comprometeria a receber pacientes de especialidades que a IBCM

ainda não possui. Em contrapartida a Instituição Beneficente Coronel Massot participaria de atividades como mutirões de saúde médica e bucal desenvolvidas pelo poder público municipal em comunidades carentes da capital. Diversas autoridades e associados da IBCM prestigiaram o evento realizado no dia 14 de outubro. Na oportunidade, foi exibido um vídeo sobre o trabalho desenvolvido pela instituição beneficente. No documentário também foi contada a história da entidade, criada em 1928 pelo então comandante da Brigada Militar, Coronel Claudino Nunes Pereira. “Naquela época já havia preocupação com a saúde do brigadiano”, explicou o diretorpresidente. Essa foi a primeira vez que um órgão público prestou homenagem à IBCM.


Pág 9 – Fevereiro 2009


Pág 10 – Fevereiro 2009


Pág 11 – Fevereiro 2009


Pág 12 – Fevereiro 2009

Pág 3


Pág 13 – Fevereiro 2009

IBCM: uma organização do terceiro setor O terceiro setor é caracterizado pela formação por organizações sem fins lucrativos e não governamentais que têm por objetivo prestar serviços que deveriam ser oferecidos pelo poder público. É exatamente esse o papel da IBCM junto à família brigadiana e é essa a marca registrada com o lema ostentado pela instituição – “Novas Idéias, novas atitudes: nossa IBCM”. A preocupação com o tema surge com a adesão ao Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP), o engajamento como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) - obtido junto ao Ministério da Justiça - e com o reconhecimento através de sucessivos prêmios de responsabilidade social concedidos pela Assembléia Legislativa. Os projetos sociais ampliam o viés do terceiro setor e legitimam a causa da saúde e da assistência social como instrumento que dá visibilidade às práticas voltadas à comunidade. Nessa perspectiva, apresentamos alguns projetos que serão operacionalizados nesta gestão: 80 anos de Historia Historia. Objetivo Geral: Ser referência para implantar o Memorial IBCM, em 2010. Ambiente Acolhedor Acolhedor. Objetivo Geral:

Obter impacto institucional no período 2008/ 2009 para atender a antigas reivindicações do público-alvo em obras de melhorias na fachada interna e externa da Policlínica Menino Deus, bem como a instalação de elevadores para as demais policlínicas localizadas em Porto Alegre. Apadrinhamento Afetivo Afetivo.. Objetivo Geral: Prestar atendimento em saúde e assistência social, aos novos alunos soldados, mediante convênio entre Brigada Militar e IBCM, no período 2008/2011. Brechó da Solidariedade Solidariedade.. Objetivo Geral: Transformar as doações da comunidade e da Receita Federal em verba para a assistência. Convênio IBCM – Brigada Militar Militar.. Objetivo Geral: internação hospitalar aos associados da IBCM (filhos de Brigadianos com maioridade) não segurados pelo IPESAÚDE: Etapa I: Autorização para Internação Hospitalar (AIH) fornecida pela IBCM; Etapa II: Quitação da Fatura Hospitalar decorrente da AIH por intermédio da IBCM; Etapa III: Ressarcimento de forma parcelada por meio de boleto bancário ou similar, do montante da despesa coberta pela IBCM nos hospitais da Brigada Militar. Convênio IBCM – IPE IPE.. Objetivo Geral: ressarcimento das consultas médicas,

odontológicas, de nutrição, psicológicas, fonoaudiológicas, fisioterápicas, além dos serviços complementares, clínicos e de imagens, realizados nas unidades da IBCM, capital e interior, com foco no funcionalismo público estadual. Evento Saúde Saúde.. Objetivo Geral: Cumprir a Portaria 022/2008 com visibilidade no evento do Centro Comunitário Vila São Miguel, com a participação das áreas técnicas da IBCM. Sonho de Natal Natal.. Objetivo Geral: Realizar o evento de natal com distribuição de brinquedos recebidos como doação da Receita Federal para as crianças, no mês de dezembro de 2008, em Porto Alegre. Saúde e Sorriso Sorriso.. Objetivo Geral: Transformar a doação da comunidade economicamente ativa em alimentos para os que estão em vulnerabilidade social. Visita Hospitalar Hospitalar.. Objetivo Geral: Atuar em parceria (IBCM – HBM/PA) para prestar assistência social aos familiares de associados e seus dependentes em tratamento de saúde mediante visita hospitalar, no período 2008/2011. Módulos Regionais de Saúde Saúde. Objetivos: a) Criar novo cenário para implantar Módulos Regionais e impulsionar a expansão associativa até 2011;

b) Mapear o RS, mediante Diagnóstico Participativo; c) Descentralizar o sistema com foco nos Módulos Regionais da Saúde e Assistência Social IBCM; d) Expandir o quadro associativo com ênfase no risco da evasão iniciado na década passada. Integração Assistencial Assistencial. Objetivo: integrar os serviços de assistência social da IBCM, SAS/BM, MABM e HBMPA, visando a dar atendimento único aos integrantes da família brigadiana em situação de vulnerabilidade social associados da IBCM. Melhorias no Setor de Fisioterapia Fisioterapia.. Objetivo: controle no agendamento possibilitando o atendimento de maior número de associados, além de acompanhamento médico na evolução clínica dos pacientes, através do sistema infoclin. Atividades para Gestantes Gestantes.. Objetivo: Tratamento preventivo, com a finalidade de diminuir os desconfortos gerados pela gravidez, à medida que o feto se desenvolve. O trabalho também facilita o parto e a recuperação da gestante. Saúde do trabalhador trabalhador.. Objetivo: Tratamento preventivo, para melhorar a qualidade de vida e prevenir patologias

ocasionadas por movimentos repetitivos. Grupos da Melhor Idade Idade.. Objetivo: reunir associados acima dos 60 anos em pequenos grupos (máximo de cinco pessoas) com problemas crônicos para que realizem exercícios terapêuticos melhorando o sistema cardiorrespiratório, a postura, aliviando e prevenindo as dores musculoesqueléticas e aliviando tensões. Essas são apenas algumas das iniciativas da nossa IBCM que têm por objetivo melhorar a vida de todos que, de alguma forma, estão ligados à instituição. É com muito trabalho, dedicação e orgulho que desenvolvemos essa tarefa.

Daniel Lopes dos Santos Diretor-Presidente

Estendida a oferta de benefícios da IBCM a servidores públicos A Assembléia Geral Extraordinária da IBCM aprovou a abertura do convênio oferecido. Com isso, todos os servidores públicos estaduais e municipais conveniados ao IPE-Saúde podem receber os benefícios da instituição. A administração do

trabalho, no entanto, não foi alterada e permanece com os militares estaduais e suas famílias. Com a abertura da IBCM para um novo grupo de associados, o resultado será a retomada do crescimento e a ampliação dos recursos para investimento

Quais os objetivos? -Garantir o funcionamento de toda a estrutura da IBCM, que tem cinco centros de atendimento clínico e mais de mil convênios em Porto Alegre e no interior do Estado; -Recuperar o número de associados; -Ampliar a qualidade e a quantidade de serviços disponíveis; -Investir na ampliação e melhoria da estrutura física e na aquisição de equipamentos para todas as unidades. As novas adesões devem, ainda, garantir mais recursos, que poderão ser utilizados na contratação de profissionais das áreas de saúde e assistência social; -Manter o valor das mensalidades acessível à família brigadiana, sem precisar repassar todos os aumentos de custos operacionais;

O que mudou? -Servidores públicos municipais e estaduais conveniados ao IPESaúde também podem, assim como os militares estaduais, usufruir dos serviços da IBCM, mediante pagamento de mensalidades; -Também é permitida a associação de usuários que buscam somente a obtenção do auxílio social reembolsável, não tendo direito a utilizar os demais serviços da IBCM; O que não mudou? -A administração da instituição fica com os que construíram e garantiram o crescimento e a confiança da IBCM há oito décadas: os militares estaduais e suas famílias. Os novos associados serão apenas usuários dos serviços. Não terão direito a votar nas

na qualificação dos serviços oferecidos. O número de convênios poderá ser ainda maior. Tudo isso sem onerar os atuais associados, garantindo saúde e qualidade de vida a todo o grupo.

assembléias ou a concorrer para integrar a diretoria e os conselhos deliberativo e fiscal; -Com uma estrutura menor do que a atual, a IBCM já atendeu um número bastante superior de associados. Por isso, não será necessário ampliar o tempo de espera por atendimento; EXPEDIENTE Diagramação: Felipe Bornes Samuel Tratamento de imagens: Vera Eledina

Servidor público estadual ou municipal, associado do IPE, venha fazer parte da Família IBCM. Informe-se pelo telefone (51) 3230-5572 ou 3230-5573, e-mail: ibcm@ibcm.org.br ou pelo site www.ibcm.org.br


Pág 14 – Fevereiro 2009

IBCM quer mudanças na regra do desconto em folha A IBCM está mobilizada para tentar reverter as alterações que o Estado implantou no sistema de desconto em folha. O governo gaúcho limitou em 70% do valor bruto do salário a possibilidade de os servidores financiarem suas compras com o desconto das parcelas diretamente na folha de pagamento. O cálculo inclui as consignações obrigatórias, como a previdência, por exemplo, e as facultativas, como os empréstimos e seguros.

A medida foi regulamentada por meio de instrução normativa da Secretaria da Fazenda e anunciada como sendo um benefício aos servidores que tinham seus contracheques zerados devido a inúmeros descontos. Ocorre que as mudanças generalizaram e prejudicaram pessoas que precisam dessa alternativa para financiar o tratamento da saúde, por exemplo. Outras entidades como as Associações da Brigada Militar, a União Gaúcha dos Policiais Civis (Ugapo-

ci) e o Serviço Social da Indústria (SESI) são parceiras nessa tentativa de reverter as limitações impostas pelo Estado. Uma das propostas apresentadas às autoridades competentes solicita que as alterações sejam suspensas. Outra alternativa é a chamada “Consignação On-line”. Esse mecanismo possibilita a conferência, diretamente na Procergs, do comprometimento do salário do servidor.

Quais são as mudanças nas regras para desconto em folha? -

A Secretaria da Fazenda implantou em junho o Decreto 43.337 de 2004, que mudou a ordem de prioridade para desconto em folha de pagamento dos servidores públicos estaduais; Os débitos diretos na folha de pagamento referentes a compras em farmácias e laboratórios de análises clínicas, por exemplo, só têm prioridade em relação às contribuições a partidos políticos; Como o limite de desconto na folha de pagamento é de 70% do vencimento do servidor, sobra pouco para o funcionário público aplicar na sua saúde financiando, por exemplo, exames e gastos em farmácia; - Um trabalhador que ganha R$ 1.000 mensais, só pode descontar na folha de pagamento seus gastos com remédios e laboratórios se ainda não comprometeu 700 reais em financiamento de casa própria, com partidos políticos e até com empréstimos realizados junto a financeiras;

Quem promoveu as mudanças? -

As novas regras foram implantadas pelo Governo do Estado através da Secretaria Estadual da Fazenda sem consulta a entidades de classe como as que representam os militares estaduais.

Transtornos para os nossos associados - Os problemas ocorrem na hora da compra de medicamentos e no pagamento de taxas referentes ao financiamento de exames, próteses dentárias, óculos e os serviços de ortodontia e periodontia; - Não poder utilizar o benefício do desconto em folha para pagar compras nas farmácias da IBCM ou as taxas e serviços de exames quando outros débitos tiverem comprometido 70% do salário. Não há como realizar a operação em folha, mesmo que os 30% restantes estejam depositados na conta; - Ter de apresentar o contracheque para comprar medicamentos ou pagar taxas; - Redução do Limite do valor mensal de compras; - Redução no número de medicamentos disponíveis: A IBCM está comprando menos remédios porque as unidades que já foram vendidas não estão sendo pagas em função da impossibilidade do desconto em folha.

Prejuízos para a IBCM - A IBCM tem arcado com os prejuízos enormes causados pela medida da Secretaria da Fazenda que inviabilizou o desconto em folha. Como não foi mais possível descontar na folha de pagamento o valor dos produtos vendidos e serviços prestados, a IBCM precisou honrar a dívida de seus associados;

Medidas adotadas pela IBCM - Os convênios com outras farmácias foram suspensos: os associados só podem comprar medicamentos nas unidades próprias; - Foi reduzido o limite do valor mensal de compras: os funcionários estão orientados a estimular os associados a utilizar, além do Banricompras, outros cartões de crédito e débito; - Apresentação do contracheque é obrigatória: nas compras para pagamento com desconto em folha os servidores têm de mostrar o contracheque para confirmação de que não há comprometimento do percentual permitido para débito (70% dos vencimentos); - Contato para renegociação de débitos: a equipe da IBCM está entrando em contato com os servidores que não tiveram os valores das compras nas farmácias ou taxas debitados para renegociar o pagamento dessas dívidas; - Redução da compra de medicamentos: a IBCM está comprando menos medicamentos porque os remédios que já foram vendidos não estão sendo pagos; - Renegociação com fornecedores: A IBCM Medicamentos está renegociando as dívidas com fornecedores para evitar não receber mais os remédios para suas unidades próprias; - Convênio com Banrisul: a IBCM e o Banco do Estado estudam um convênio para permitir que as compras de medicamentos sejam debitadas na conta corrente do servidor; - As ações são fundamentais para evitar o fechamento das duas farmácias próprias - nas Policlínicas Menino Deus e Partenon, em Porto Alegre - e ainda a transferência dos recursos das mensalidades para o pagamento de prejuízos;

Como se mobiliza a direção da IBCM? - Além das medidas administrativas, adotadas para evitar prejuízos ainda maiores à IBCM e, por conseqüência, aos associados, a direção está mobilizada para tentar reverter as mudanças ou implantar uma nova alternativa. Entidades como as Associações da Brigada Militar, a Ugapoci e o SESI também participam da luta; - A direção da IBCM já esteve reunida para tratar do assunto com o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Alceu Moreira, e com representantes da Secretaria da Fazenda. A reivindicação também foi levada ao Secretário da Segurança, General Edson Goularte, e para o Comandante-geral da Brigada Militar, Coronel Paulo Roberto Mendes; - Uma das propostas é fazer com que as alterações sejam suspensas e o sistema volte a ser como antes; - Outra alternativa é a “Consignação On-line”. Por meio deste mecanismo será possível saber se já houve o comprometimento de 70% do salário diretamente com a Procergs. Ter essa informação com base apenas no contracheque apresentado pelo servidor dá garantias limitadas à IBCM, já que nada impede que o trabalhador possa realizar outras transações (como o empréstimo em uma financeira) que terão preferência na hora do desconto em folha;

O que os funcionários da IBCM podem fazer? - Os funcionários da IBCM não têm qualquer poder para alterar determinações do governo, por isso eles estão orientados a esclarecer os problemas ocasionados pela mudança promovida pela Secretaria da Fazenda e facilitar o máximo possível a vida dos associados; - Os atendentes estão sugerindo como alternativa o uso do Banricompras para que os remédios possam ser comprados com prazo de pagamento.


Litoral

Correio Brigadiano Foto: BM S.A. da Patrulha

A Escola Penitenciária (ESP) da Susepe promoveu curso de capacitação para 50 agentes da Penitenciária Modulada de Osório. De 3 a 6 de outubro, os servidores participaram de aulas práticas e teóricas de defesa pessoal, algemação e revistas, treinamento de tiro, metodologias e preparo para enfrentar situações adversas. Instrutor da oficina de Uso de Arma de Fogo, o Del Penitenciário da região de Santa Cruz do Sul, Luis Fernando Rodrigues, destaca a importância do curso. “As aulas serviram para uniformizar o procedimento dos agentes, especialmente no uso de armas de Cal 12 e pistola .380. Eles também aprenderam técnicas de condução de presos e uso do bastão policial”, enfatizou. Conforme Rodrigues - que dividiu as aulas com o agente Waldemar Estigarribia Seixas -, mais do que perder o receio no manuseio de armas, os agentes penitenciários ganharam confiança. “No curso de formação eles ficam preocupados com a nota. Na capacitação eles ‘tiram’ o peso da nota e ficam à vontade para praticar. A turma teve bom aproveitamento”, acrescentou.

PMs socorrem mulher grávida em açude Na manhã chuvosa do dia 22 de outubro, dois PMs de Santo Antônio da Patrulha salvaram a vida da técnica de enfermagem, Marília Lourenço, 41. Grávida de oito meses, a enfermeira sofreu acidente na RS 030, quando seu Fiesta aquaplanou, saiu da pista e acabou em um valão, na parada 143, próximo ao município de Glorinha. Os Sds Luciano Ferreira Cabreira e Bento Luis Gonçalves dos Santos localizaram o veículo dentro do açude, onde Marília

Agentes de Osório participam de treinamento

permanecia presa com o pé esquerdo na porta. ”Tive que mergulhar para desprender o pé dela do carro. Foi uma grande satisfação pelo dever cumprido”, afirmou o Sd Bento. Os policiais retiraram Marília para a margem e a colocaram em uma ambulância. De acordo com Cmt do Pel de Santo Antônio da Patrulha, Ten João Dilço Gularte, a BM irá apurar o fato através de sindicância para possível promoção dos dois por ato de bravura.

Pág 15 – Fevereiro 2009

Empresa doa notebook e cadeiras ao Pel Ambiental de Torres Foto: BM Torres

Em 27 de outubro, o 2ºPel Ambiental de Torres recebeu 20 cadeiras estofadas e um notebook. A doação da empresa de transportes Dalçóquio Ltda de Canoas ocorreu através de Termo de Ajustamento e Conduta firmado entre o MP e a transportadora. As cadeiras foram colocadas na sala de aula da sede do Pel para serem utilizadas em palestras e cur- Sd Carvalho ministra palestras e cursos na sala de Educação Ambiental do Pel sos de educação ambiental. Segundo o 1ºSgt Conforme o 1ºSgt, para realizar as palesRogério de Quadros Teixeira, que responde pelo tras ou cursos, o Pel solicitava cadeiras emprescomando do 2ºPel Ambiental de Torres, as em- tadas. “As cadeiras somam-se a uma TV e um presas têm colaborado na compra de equipa- aparelho de DVD doados num primeiro momenmentos para a corporação. “O pessoal está se to por outra empresa. O notebook será utilizaconscientizando sobre a necessidade da pre- do em palestras”, revelou. As aulas do curso de servação ambiental. As doações são fundamen- Patrulheiro Ambiental Mirim, realizadas no vetais para darmos prosseguimento ao nosso tra- rão em Torres, são ministradas pelo Sd Valdebalho”, afirmou. mir Cesar Carvalho Martins.

Foto: CRBM

Metropolitano

Motos do CRBM participam do 2º Mototchê Organizado por grupos de motociclistas de Cachoeirinha, o 2º Mototchê reuniu 4 mil pessoas nos dias 8 e 9 de novembro. O CRBM esteve presente com duas das dez motos modelos Harley Davidson entregues à corporação em outubro (foto). De acordo com o Cmt do Pel de

Ten-Cel Braga assume a AsofBM Em reunião com a Diretoria Executiva e representantes dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da AsofBM, no dia 20 de novembro, o Cel RR Cairo Bueno de Camargo anunciou seu afastamento da presidência da entidade. “Agradeço a todos que ombrearam comigo durante todos esses anos, e afirmo confiar plenamente nesse grupo que irá assumir a entidade”, afirmou ao site da AsofBM. Em seu lugar assume o Ten-Cel Jorge Luiz Prestes Braga. “Esse é o momento de nos unirmos e demonstrarmos força. O desafio é grande, não esperávamos uma situação dessas, mas o grupo é jovem, é forte e com certeza vai assimilar o golpe”, declarou o novo presidente da instituição.

motos do CRBM, 1ºTen Fernando Augusto Ramalho Forni, mais do que integrar policiais e motociclistas, o evento serviu para apresentar as motos à comunidade. As Harley Davidson são empregadas no patrulhamento e na fiscalização das rodovias estaduais.

BM ganha 2,6 mil coletes à prova de balas e 82 viaturas No dia em que comemorou 171 anos de história, a BM ganhou um presente especial do governo do Estado: 82 viaturas e 2.619 coletes à prova de balas. Além de comemorar a aquisição de novos equipamentos e veículos e a liberação de R$ 2,1 milhões para o Centro Clínico do HBM, a corporação promoveu no dia 18 de novembro, em cerimônia na APM, a formatura de 95 novos Ten. A governadora Yeda Crusius fez a entrega simbólica de um dos mais de 2,6 mil coletes e das chaves das viaturas. No evento, ressaltou os ajustes fiscais promovidos pelo Estado. “O que não pagamos em juros, aplicamos em viaturas”, acrescentou. Aos CRPOs do Interior e da Região Metropolitana foram distribuídas 23 camionetes Ranger e 59 viaturas Corsa. Conforme o Cmt-Geral da BM, Cel Paulo Roberto Mendes, as camionetes conferem maior visibi-

Equipamentos: coletes e viaturas foram entregues a representantes de CRPOs do Interior e da região Metropolitana

lidade em ocorrências. “Também garantem acesso a terrenos mais difíceis”, lembrou. O oficial destacou a importância da formatura de novos Ten. “Eles vão colaborar com a BM para garantir tranqüilidade às pessoas, além de serem o elo entre Sd e comando”, frisou. Se na Região Metropolitana houve comemoração pelo reforço da frota, no Interior, a notícia repercutiu positivamente. O GPM de Fazenda Vila Nova, comandado pelo 1ºSgt Marco Antônio Mattes, foi contemplado com uma viatura. “Desde que foi criada a unidade, em 1992,

é a primeira vez que recebemos uma viatura nova. É uma conquista”, revela. Primeiro colocado no CBA, o 1ºTen Rubem Moli da Silva Ten Rubem Garcia admite que a conclusão do curso é mais um passo na carreira, depois de uma luta de seis meses. “Vou representar a BM da melhor maneira possível”, prometeu.


Pág 16 – Fevereiro 2009

Fronteira Oeste/Noroeste

Bombeiro Mirim ensina lições de cidadania Trabalho conjunto do CB com grupo de escoteiros reúne crianças carentes do município Foto: CB Alegrete

Desde março, uma parceria entre o grupo escoteiro Honório Lemes e o CB de Alegrete promove lições de cidadania para a criançada. Sob a coordenação do Sd Adão Roberto Rodrigues de Rodrigues, o Projeto Bombeiro Mirim mescla atividades das duas organizações. O projeto, que teve iniPrática: Bombeiros Mirins socorrem acidentado em simulação no 7 de setembro cío há quatro anos, busca a inclusão social de crianças carentes. Nas ter- se inserir no processo de cidadania. Nossa priças e quintas-feiras, além dos finais de sema- meira meta é contribuir para a formação deles, na, os alunos simulam atividades de primeiros mas também tentamos conduzi-los ao trabalho socorros e combate a incêndio. A integração junto ao CB dentro de seis anos”, revela. com a comunidade é total e o projeto, um suAlém de bombeiro, o Sd Roberto é escocesso. “Muitas crianças querem particicipar. Os teiro. Baseado nas lições que aprendeu no espais nos procuram com a intenção de inscrever cotismo, o PM ajuda na formação física e menseus filhos”, afirma. tal dos 60 jovens, cujas idades variam entre 10 Para garantir o sucesso do programa, são e 12 anos. “Somos solicitados para auxiliar em escolhidos 20 estudantes do ano anterior. Eles eventos na cidade. Com isso, as crianças se atuam como instrutores mirins somam-se aos tornam mais maduras e responsáveis”, ressal60 novos selecionados. Segundo o Cmt do CB ta. de Alegrete, 1ºTen Josué da Silva, os jovens Para quem deseja fazer parte do projeto, aprendem a respeitar limites e ter postura. “O em março será realizada prova. O teste de avaobjetivo é encaminhar as crianças carentes para liação abrange conteúdos da 4ª série.

Correio Brigadiano

Proerd duplica número de formandos em Santo Ângelo Foto: BM Santo Ângelo

Medalha da Boa Ação Uma iniciativa do Cmt do CB de Alegrete, 1ºTen Josué da Silva, com crianças de 10 a 12, ganhou o recoFoto: Arquivo pessoal nhecimento da comunidade em cerimônia na Câmara de Vereadores, no dia 8 de novembro. Ele recebeu medalha de Boa Ação de inte1ºTen Josué grantes do Bombeiro Mirim e Grupo de Escoteiros Honório Lemes pelo apoio ao desenvolvimento do escotismo em educação extra-escolar e inclusão social. “É com muita satisfação que recebo uma homenagem das crianças. É o reconhecimento por tudo que fazemos por elas, que muitas vezes têm um futuro incerto”, salienta. A parceria em atividades conjuntas com os escoteiros, no entanto, surgiu apenas no ano passado. Segundo o 1ºTen, a garotada tem aulas sobre meio ambiente e primeiros socorros. “Os alunos aprendem a respeitar as pessoas e colaboram nos trabalhos de conscientização desenvolvidos junto à comunidade”, afima.

De 1º a 10 de dezembro, em Santo Ângelo, a BM realizou a formatura do Proerd. No segundo semetre, o curso formou 879 alunos da 4ª à 6ª séries, de 20 escolas particulares, estaduais e municipais. Durante três meses, os jovens participaram de aulas educacionais com os três instrutores: Sgt Valnei Sarzi Eich, Sd Vera Lúcia dos Santos Famoso e Sd Colégio Teresa Verzeri serviu de palco para formatura de 300 alunos do programa Andréa Patrícia Santos da Silva. Segundo o Cmt do 7ºRPMon, Ten-Cel dos, para o próximo ano a previsão é aumentar José Lauri Bueno de Jesus, o Proerd é um su- o quadro de instrutores. “Para atingirmos mais cesso na cidade. “É um dos melhores progra- crianças, pretendemos acrescentar instrutores mas que temos, pois envolve inclusive as famí- ao projeto”, revelou. Os autores das melhores lias. No primeiro semestre, formamos 400. Au- redações de cada colégio - cujo tema era “Promentamos este número consideravelmente”, erd, Vida e Paz” - foram premiados. afirmou. Desde o início do projeto, o curso conquisDe acordo com o Ten-Cel Bueno, como o tou o respeito das instituições de ensino. “Anmunicípio fica próximo à fronteira e serve de tes, a BM procurava as escolas e oferecia as rota de entrada das drogas, a idéia é alertar as aulas. Isso mudou. As diretorias nos procuram crianças sobre os malefícios do uso de drogas. e solicitam a execução do Proerd em suas esSe em 2008 a BM dobrou o número de forman- colas”, reconhece.

CRPO/FO inaugura auditório em Santana do Livramento Foto: CRPO/FO

Conforto: auditório tem capacidade para cem pessoas

Em cerimônia na sede do 2ºRPMon, em Santana do Livramento, no dia 14 de novembro, a BM realizou um antigo desejo: inaugurou seu auditório. O local, que abrigará eventos da corporação e da comunidade, conta com datashow e capacidade para cem pessoas. As obras levaram quatro meses e foram custeadas pela BM e colaboradores. A construção de um auditório foi idealizada pelo Cmt do CRPO/ FO, Cel Lauro Binsfeld. “É com grande felicidade que posso proporcionar um auditório que visa dar aos PMs um espaço digno”, destacou. Segundo a 1ºSgt Sinara Costa Melo Leite, o espaço servirá para formaturas, cursos de instrução e outros eventos. “Não teremos mais formaturas no sol. Agora teremos um local mais confortável”, revelou.

Operação Noroeste Deflagrada no dia 2 de dezembro, em Santa Rosa e São Paulo, a Operação Noroeste prendeu duas pessoas em flagrante: uma no RS e outra em SP. Na cidade gaúcha, os policiais cumpriram oito mandados de busca e apreensão e recolheram 4,5 mil CD’s e DVD’s gravados, 14 mil mídias virgens, 7 mil encartes impressos, 13 CPUs, 98 gravadores de CD e DVD, quatro impressoras e mil bebidas energéticas.


Planalto

Correio Brigadiano

Pág 17 – Fevereiro 2009

Programa de Reprodução Eqüina do 3ºRPMon reduz custos de produção Projeto desenvolvido pelo regimento desde 2004 visa à reposição de cavalos a custo reduzido Foto: 3ºRPMon

Com o objetivo de produzir o cavalo ideal para o policiamento montado, reduzir os custos na produção e firmar um modelo sustentável de criação dos animais, o 3ºRPMon desenvolve desde 2004, em Passo Fundo, o Programa de Reprodução Eqüina. Além de qualificar e modernizar o processo, o projeto visa à produção de cavalos para reposição e ampliação do plantel. Responsável técnico do projeto, o Cap José Ignácio do Canto - que tem mestrado em reprodução eqüina pela UFSM - destaca que, após quatro anos, o trabalho ganha notoriedade. “O nosso objetivo final é produzir o cavalo ideal para o PM montado da nossa corporação e atender a região do Planalto. No futuro, queremos repassar a todo Estado. Já distribuímos oito cavalos este ano: quatro para o 4ºRPMon, dois para unidades do litoral e um para o 12ºBPM “, acrescentou. Hoje, o local abriga 45 animais, dos quais 20 são égüas reprodutoras e 25 servem para o patrulhamento. A redução no custo de produção pode diminuir em até 40% os gastos no processo. “Minimizamos despesas com alimenta-

Piracema começa com pesca ilegal e apreensões

Foto: 2ºGABM

PMs do 2ºGABM apreenderam redes de pesca no interior

O 2ºGABM de Carazinho realizou operação de fiscalização na barragem do Rio Passo Fundo, entre os dias 27 e 30 de outubro. Dos 23 acampamentos abordados, duas pessoas praticavam pesca ilegal. Foram apreendidos 360m de rede, dois caniços com molinete e uma tarrafa. Na região da bacia do Rio Uruguai, no período da desova dos peixes, conhecido como Piracema, que ocorre de 1º de novembro a 31 de janeiro, é proibida a pesca com equipamentos profissionais. De acordo com o Cmt do 2ºGABM, 1ºSgt Roberto Carlos Grespan, o uso da rede e da tarrafa é liberado apenas para pescadores registrados no Ibama. O uso de caniço com molinete é proibido durante a Piracema. “Nessa época é permitida a pescaria amadora apenas com caniço e linha de mão”, afirmou. Os PMs registraram a ocorrência na DP que instalou inquérito policial para apurar crime ambiental. Segundo o Sgt Grespan, a BM encaminhou relatório ao Ibama. O instituto poderá confeccionar auto de infração ambiental. “A multa mínima é de R$ 700,00”, revelou. APREENSÃO – Após troca de tiros com suspeitos em um Santana, policiais rodoviários apreenderam, no dia 4 de novembro, na RS 324, km 123, em Passo Fundo, 1,8 mil pacotes de cigarros. Avaliada em R$ 9 mil, a mercadoria foi recolhida à PF junto com o veículo.

Gilberto Chaves homenageia BM Músico e admirador da BM, Gilberto Chaves se tornou amigo do Cel RR Celso Souza Soares. A amizade de pouco mais de um ano, no entanto, acabou abreviada, no dia 31 de agosto, na Capital, quando o oficial reagiu a uma tentativa de assalto e foi baleado. Mais do que dividir as tardes entre um chiChaves marrão e uma conversa no Recanto Gaúcho com o músico, o Cel RR também orientava Chaves na composição das músicas. Além de homenagear o oficial com a canção “Arrebanhando as Estrelas”, Chaves produziu “Velho Soldado da BM”. Abaixo, a letra da música. Velho Soldado da BM

3ºRPMon deixa de gastar na compra de cavalos e aposta no Projeto de Reprodução Eqüina para o futuro da BM

ção, principalmente, e todos os demais aspectos vinculados à rotina de reprodução e manejo em geral, procurando colocar estes animais o mais rapidamente possível no policiamento montado e com mais tempo de emprego”, diz. Em uma área de dez hectares do Centro de Instrução Militar (CIM), o Cap Canto, o 1ºSgt Lucio Juriati e os 3ºSgt Sérgio Nunes Maciel e

Eroni Almeida Pacheco realizam a adubação e correção do solo antes de iniciarem o plantio de aveia, trigo, ervilhaça e outros cultivares que fazem parte do cardápio dos eqüinos. O resultado é fruto da herança genética dos pais associada aos efeitos do meio ambiente. “Com devido treinamento, serão aproveitados na BM”, frisa.

Velho soldado da brigada indignado. Com tantas mortes e tanta gente na prisão. Resolveu convocar a sociedade. Pois sem diálogo não existe solução.

TIRADENTES – Em cerimônia no bairro Rodrigues, em Passo Fundo, no dia 21 de outubro, a governadora Yeda Crusius inaugurou uma unidade do Colégio Tiradentes. O início das aulas está marcado para 2 de março do ano que vem. A instituição receberá 75 alunos. Para o Cmt-Geral da BM, Cel Paulo Roberto Mendes, a instalação do colégio significa um salto de qualidade e contribui para a melhoria do ensino na cidade. “Com as uni-

Peço que protejam os seus filho. Não deixem o crime adotá-los. Pois quando se transformam em monstros. Somos nós que temos que cassá-los. Eu não quero matar ou morrer. Não me obriguem a matar em nome do dever. Debaixo desta farda surrada. Existe um homem destemido. Falo o que penso e não mando recado. Vai ser difícil me manter calado. É meu dever manter a ordem. Nesta desordem acabo por vilão. Cada um que faça sua parte. E todos unidos em defesa da nação. Eu não quero matar ou morrer. Não me obriguem a matar em nome do dever. Deus não manda bandido para terra. O livre arbítrio seria uma opção. Infelizmente muitos encontram no crime. Um meio de ganhar seu pão. O desemprego não é brincadeira. Há milhares de ociosos na nação. Quando não são abortados pela fome. É o crime que antecipa o caixão. Eu não quero matar ou morrer. Não me obriguem a matar em nome do dever.

dades de Pelotas, Canoas e Santa Maria estaremos presentes em importantes pólos do Estado”, ressaltou. A história do colégio teve início em 25 de janeiro de 1980, em Porto Alegre, quando foi fundado o Centro de Ensino Médio Tiradentes - Escola Estadual de 2ºGrau da BM. O objetivo era preparar adolescentes para seguir carreira de oficiais da corporação com base na estrutura dos padrões do Curso de Formação de Oficiais.


Área Turística

Santa Rosa sedia 5º Curso sobre Crimes pela Internet

Carol, uma PM Mirim Estudante da 2ª Série da Escola Gerônimo Albuquerque, Caroline Maia da Silva, 10 anos, é uma das integrantes do Projeto PM Mirim. Veste com orgulho a farda da corporação e sempre participa dos eventos fora do horário escolar. No aniversário da BM, em novembro, acompanhou a governadora Yeda Crusius ao palanque. Em 2006, sua mãe de criação, Eni Palmeira Guimarães, a inscreveu no Projeto. Hoje, Carol é uma das 20 crianças do Campo da Tuca que fazem parte do Projeto. Para Eni que também mantém a neta Jéssica, de 12 anos, no PM Mirim -, o programa traz benefícios. “É uma maravilha para as meninas, assim não ficam em casa sem fazer nada ou pelas ruas”, afirmou. Como trocou de turno na escola, a jovem só participa das atividades do PM Mirim pela manhã. No ano que vem, o Projeto terá outra turma pela manhã e Carol poderá voltar às atividades que tanto gosta. “É legal. A gente estuda, brinca, faz passeios”, revelou.

PM Mirim no Campo da Tuca O projeto PM Mirim começou em setembro de 2006 como a Foça de Emprego Tático Mirim, no 4ºRPMon, por iniciativa da Maj Sílvia Vissott Bittencourt. Em agosto de 2007, assumiu a nomenclatura atual e trocou de sede. O Departamento de Ensino da APM, manteve parceria com a Associação de Moradores do Campo da Tuca, que indica crianças da comunidade, de 7 a 12 anos, em situação de risco social. O objetivo é auxiliar no desenvolvimento social, educacional, cultural e esportivo de 20 meninas e meninos.

Tradicionalismo Foto: arquivo pessoal

Paixão Cortes (C) participou da festa no ano passado

Com o objetivo de cultivar as tradições gaúchas, a diretora da escola Casinha Pequena, Patrícia Roseli Miquini de Freitas, promoveu, na Sociedade Israelita, em Porto Alegre, encontro entre as crianças da instituição. No evento, houve apresentação de danças tradicionais e feira beneficente. A coreógrafa Karina Rosi Miquini de Freitas destaca a participação da turma. “É muito importante resgatarmos nossa cultura junto às crianças.” No ano passado, o tradicionalista Paixão Cortes posou para foto junto com Patrícia e Karina. Ambas são filhas do Sgt RR Ilvon Martins.

Com o objetivo de capacitar policiais para o combate ao crime eletrônico, a PC realizou, de 4 a 6 de novembro, no campus de Informática da Unijuí, em Santa Rosa, 5ª edição do Curso sobre Crimes Praticados na Internet. Promovido pela Acadepol, o curso já formou 129 policiais desde sua primeira edição, em julho.

Sob a coordenação do Del Emerson Wendt - com apoio da PF e da Senasp -, o curso totalizou 30 horas/aula e formou 32 agentes e delegados da PC e PF de Santa Rosa, Santo Ângelo e Três Passos. Com os instrutores Rogério Nogueira Meirelles, da PF, e Luís Fernando da Silva Bittencourt, da PC, o Del Wendt abordou lições sobre tipologia de crimes cibernéticos e análise de sistemas e aplicativos eletrônicos. De acordo com o Del, os crimes mais comuns praticados na rede mundial ocorrem em sites de relacionamento como Orkut e Facebook. “Registramos principalmente casos de pedofilia, racismo e incitação à prática de violên-

Correio Brigadiano Foto: arquivo pessoal

Pág 18 – Fevereiro 2009

cia. No curso, orientamos os policiais como preparar a instalação de redes de segurança e investigação, formatação e perícia em computadores e meios eletrônicos”, afirma. Segundo o Del Wendt, a turma tinha equilibrado nível de conhecimento sobre o tema. “Todos tinham noções de informática”, revela. A par- Agentes e Del aprenderam a preparar a instalação de redes de segurança e investigação tir de março do ano que vem, devem ser reali- bilitar pelo menos 500 agentes e delegados em zadas mais 13 edições do curso. A meta é ha- crimes na Internet até dezembro de 2009.


Geral

Correio Brigadiano

Pág 19 – Fevereiro 2009

Formatura de 35 novos Del encerra BM presta homenagem à comemorações dos 167 anos da PC Legião da Reserva Altiva Formatura dos Del ocorreu no salão da Ufrgs e contou com a presença do secretário Goularte Foto: Ellen Dick

Esforço e dedicação: dos 35 novos Del que se formaram em dezembro, 17 são mulheres. A maior parte dos formandos deve assumir delegacias do interior

salão da Ufrgs, no dia 3 de dezembro, contou com a presença do secretário de Segurança Pública, Edson de Oliveira Goularte. Praticamente metade do grupo é de mulheres: 17. O

contingente feminino deverá tomar conta de delegacias do interior. Neste ano, cerca de 500 novos escrivães e inspetores concluíram o curso da Acadepol. Foto: Arquivo pessoal

Durante as comemorações dos seus 167 anos, em novembro e dezembro, a PC anunciou a nomeação de mais 35 novos Del formados na Acadepol. A cerimônia, que ocorreu no

“Criança Feliz” reúne 400 pessoas na Capital Ao cumprir promessa pela recuperação do neto Marcelo - que passou por um transplante de medula, em 2004 -, o 3ºSgt RR Onofre Ribeiro Geraldô acabou fazendo a alegria de outras crianças. Desde aquele ano, ele organiza o projeto “Criança Feliz”, voltado aos moradores do bairro Partenon, em Porto Alegre. No dia 12 de outubro, o Sgt RR Onofre realizou a 5ª edição do encontro. Pela manhã, houve procissão pela rua Sgt Mário Lopes até o Santuário de Nossa Senhora Aparecida. À tarde, a comissão organizadora distribuiu 600 cachorros-quentes, bolos, refrigerantes, livros, além de 150 brinquedos doados pelo Instituto Beneficente Cel Massot à garotada. Pelo menos 400 crianças assistiram às apresentações de capoeira e do palhaço Escovinha (foto). “A festa é importante, pois integra a comunidade. É o dia mais feliz para as crianças e pra mim”, afirmou. O evento contou com o apoio de integrantes das igrejas São Jorge, São João e a Comunidade Menino Jesus de Praga.

A missão de valorizar a integração entre PMs da Reserva e da Ativa encabeçada pelo Cmt da Legião da Reserva Altiva, Cel RR Estanislau Waldyr Wazenkeski, ganhou o reconhecimento do Comando Geral. Em solenidade no dia 12 de novembro - Dia da Reserva Altiva -, na APM, a entidade recebeu menção honrosa e um banner comemorativo do Cmt-Geral da BM, Cel Paulo Roberto Mendes Rodrigues, pelo apoio prestado a PMs da Reserva. Na data, primeiro dia das comemorações da Semana da BM, o Cel RR Wazenkeski destacou a importância da homenagem. “Este reconhecimento tem valor imenso. Prova que nós somos valorizados por termos vestido a briosa farda da BM”, enfatizou. Fundada com o objetivo de integrar e ajudar os PMs da Reserva, a Legião segue as normas do Comando Geral da BM. “Temos um coordenador em cada núcleo do interior que repassa à sua região os projetos e transmite o que é dito nas reuniões do nosso conselho executivo”, afirmou. Os membros da Legião se reúnem às 4ª feiras, das 14h30 às 17h30. Um dos principais projetos da entidade, o “Você Amanhã” orienta

Homenagem: Cel RR Wazenkeski recebe banner do Cel Mendes

os PMs que irão para a Reserva. “Muitos não sabem lidar com a aposentadoria. Procuramos auxiliá-los e evitar desvios de conduta”, relatou. Como parte dos festejos, as autoridades acenderam a Chama Votiva da BM no candeeiro do estádio General Cypriano. O ato foi uma proposta da Legião Altiva pelo seu Núcleo de Estudos Estratégicos de Segurança Pública. Foto: Arquivo pessoal

Sd Ricardo sonha em ser mestre Uma história típica de filmes. Assim pode ser descrita a trajetória de vida do Sd Paulo Ricardo Rosa dos Santos. Primeiro de sete filhos, o PM driblou na infância o contato com o tráfico de drogas, no Jardim Carvalho (antiga Vila Brasília), na Capital. E mais, ingressou na BM, formou-se em Direito pela PUCRS e hoje está prestes a concretizar mais um sonho: fazer mestrado em Direito Público. Depois de passar para a Reserva, o PM de 39 anos pretende lecionar. Além das dificuldades de uma infância pobre, aos dois anos o PM precisou superar a perda do pai. Na adolescência, viu alguns amigos tombarem na guerra do tráfico de drogas. ”Eu não queria aquela vida. Queria ser militar e es-

tudar em uma faculdade”, destaca. Aos 14 anos, conquistou o primeiro emprego, quando trabalhou na lancheria do prédio 7 da PUCRS. Em 1988, com 19 anos, ingressou na Marinha, onde permaneceu por cinco anos. O Plano Collor, no entanto, o obrigou a trocar a Marinha pela BM. “Os servidores federais acabaram prejudicados. Na época, a BM pagava quase o dobro”, lembra. No início de 1993, passou a fazer parte das fileiras da corporação. Mesmo precisando conciliar estudos, profissão e família, em 2002, prestou vestibular e passou em Direito. “Para fazer as provas da faculdade e da pós-graduação, contei com o apoio dos coLição de vida: PM driblou dificuldades financeiras e formou-se em Direito legas e da chefia para trocar os gurança Pública pela PUCRS, com nota dez na horários de folga”, reconhece. Durante a grabanca e outra em Direito Público pela Faculdaduação, encontrou tempo para cursos de exde IDC, ambas em 2007. “Ano que vem pretentensão em Direito Tributário e Ciências Polítido fazer concurso para Cap e após ir para a cas. Reserva Remunerada quero lecionar e advoFormou-se em 2006/2, mas não parou por gar”, afirmou. aí. Realizou duas pós-graduações. Uma em Se-


Fevereiro 2009

Programa de reprodução eqüina reduz custos de produção em Passo Fundo Foto: 3ºRPMon

Confira nesta edição * Alegrete (8) * Arroio dos Ratos (5) * Canoas (6) * Carazinho (9) * Caxias do Sul (3) * Cruz Alta (4) * Encantado (3) * Esteio (3,6) * Montenegro (6) * Osório (7) * Passo Fundo (9) * Pelotas (5)

* Porto Alegre (7,11) * Rio Grande (5) * Santa Maria (4) * Santa Rosa (8,10) * Santana do Livramento (8) * Santo Ângelo (8) * Santo Antônio da Patrulha (7) * São José do Ouro (3) * Tapes (5) * Torres (7) * Vacaria (3)

Desde 2004, 3ºRPMon desenvolve um modelo sustentável na reprodução de eqüinos para a corporação

Pel Ambiental ganha nova sede Em São José do Ouro, em novembro, Pel Ambiental inaugurou nova sede. Os 140m2 de área construída abrigam sala de aula, alojamento, depósito e garagem. De acordo com o Cmt da unidade, 1ºSgt Sedinei, a sede servirá ainda para realizar palerstras educacionais.

–9 1ºJIBOM

Santa Rosa sedia 5º Curso sobre Crimes pela Internet –3

– 10

Equipes do projeto Bombeiro Mirim, do Vale do Rio dos Sinos, se reuniram em Sapucaia do Sul para a disputa do 1º Jogos Intermunicipais de Bombeiros Mirins (1ºJibom). Atividades marcaram os 171 anos da BM.

Informativos afins à segurança Pública

–6


JCB 190 Fev 2009