Issuu on Google+

Setembro/Outubro 2007

GM de Vacaria participa do 9º Swat

Ano XIV - Nº 185

Trabalhadores da Segurança- Irmãos de Ofício

* Crissiumal (11) * Salvador do Sul (12) * Porto Alegre (13) * Santiago (14)

Setembro/Outubro 2007

Prosepa muda vida de 65 jovens em Montenegro

Mallmann comemora redução dos índices de criminalidade

Confira nesta edição * Alegrete (7) * Caxias do Sul (8) * Paverana (9) * São Sepé (10)

APESP

Entre servidores e instrutores, curso realizado entre os dias 2 e 9 de novembro reuniu 160 participantes

–9 Aniversário de OPMs e entidades Setembro/Outubro 01/09 01/09 02/09 02/09 09/09 13/09 16/09 20/09 22/09 22/09 22/09

– BOE - Batalhão de Operações – 10º CRB0 – CRPO / Fronteira Oeste – 1º BABM – 12º BPM – COM – CPM – HBM – DI – 17º BPM – DRESA

23/09 30/09 08/10 12/10 14/10 14/10 17/10 18/10 18/10 21/10 26/10

– 5º RPMon – 18º BPM – 3º RPMon – IPBM – Museu BM – EsBo – 33º BPM – HBM/SM – CRPO / Vale do Taquari – 1º BPM – CRPO / Central

1º Ten Erneide assume o Pel Ambiental de Torres

Caderno Região Metropolitana

Aulas de boxe aproximam jovens da Guarda Municipal da Capital

Desde 2004, Prosepa beneficia jovens de 14 a 18 anos

Pel Mirim integra jovens à BM em Cruz Alta 1º Ten Erneide pretende contar com o apoio da população

Há seis meses à frente da SSP, secretário destaca a redução de 36,8% dos homicídios em outubro, mas ressalta que ainda falta integração entre as polícias

– 11 Crianças aprendem lições de disciplina no Pel Mirim

– 14

Sérgio Fortes deixa o comando da Susepe

Projeto piloto da GM da Capital atende estudantes da Restinga

–3

“Marcha da Dignidade” mobiliza servidores da segurança pública

– 12 PC apreende 520 quilos de maconha em São Leopoldo –5

JCB homenageia Cmts de unidades do CPM

– 6 “Quartel Legal” une estudantes e BM em Alvorada

Informativos afins à segurança Pública 3ª DPRM realizou maior apreensão de maconha do ano naquela região

PMs passam lições de cidadania aos estudantes

Quadro com Cmts do CPM marcou os seis anos do Comando

–1

– 11

–6

Sd Curcio retoma Movimento dos Direitos Humanos na BM

Protesto no centro de Porto Alegre reuniu pelo menos 2 mil pessoas

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

–7

Sd Da Luz vence Meia Maratona na Capital

– 12 Filho de Sd ganha os palcos do RS com o Pura Cadência Cel Neme e Sd Curcio: duas gerações à frente dos DH

– 13

–4


Pág 2 – Setembro/ Outubro 2007

OPINIÃO

CORREIO BRIGADIANO

MURAL DO LEITOR Visibilidade Acompanho o trabalho do JCB, mas acho que tem sido dada pouca visibilidade as atuações de BM e CB da Capital. Cheguei a pensar que o jornal seria mais voltado para o interior. Moro em Porto Alegre e gostaria de saber mais sobre o que tem feito os brigadianos da minha região.

Elogio Leio o jornal desde quando eu ainda era brigadiano, gosto muito do trabalho de vocês. Minhas matérias favoritas são aquelas que destacam as homenagens aos brigadianos. O JCB destina um bom espaço para as atividades da GM e suas ações como a Guarda Mirim. Eu costumo recortar as matérias do jornal e afixálas em um local onde os colegas possam ver para que algumas ações sejam tomadas como exemplo.

Tânia Siqueira Rodrigues - POA Esposa de PM

Assis Brasil Marin Silveira Chefe da GM de Esteio

Agradecimento

Acompanho o trabalho do JCB e considero como grande mérito deste veículo a pluralidade de matérias. Este é um jornal onde a gente se vê. Minhas matérias preferidas são as que mostram iniciativas dos brigadianos nas cidades do interior, pois assim salientam o trabalho que é realizado, além de dar motivação aos colegas de farda para continuar com os projetos.

Gostaria de parabenizá-los pelo apoio que vocês têm dado a causa brigadiana. Porque somente unidos poderemos conseguir algo que venha melhorar a qualidade de vida da nossa gloriosa Brigada Militar. Sd Carla BM de Portão

Cap Claudiomir Souza de Oliveira Coordenador do Prosepa em Montenegro

Os artigos publicados com assinatura nesta página não traduzem necessariamente a opinião do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. As cartas devem ser remetidas para a coluna Mural do Leitor Leitor, com assinatura, identificação e endereço. A Redação do JCB fica na Rua Bispo Willian Thomas, 61, CEP.: 91.720-030, Porto Alegre/RS. Por razões de clareza ou espaço, as cartas poderão ser publicadas resumidamente.

Tombou o Soldado EMERSON VENTURA....

amcurcio@yahoo.com.br

Jornal ABC da Segurança Pública Associação Pró-Editoração à Segurança Pública Utilidade Pública Estadual e Municipal

Correio Brigadiano Editora Jornalística Ltda CNPJ: 05974805/0001-50

14º ano

Presidente APESP APESP:: Sgt Claudio Medeiros Bayerle Vice-Presidente Vice-Presidente:: Cel Délbio F. Vieira Tesoureiro: Ten RR Luiz Antonio R. Velasques Secretário: Maj RR Pércio Brasil Álvares Diretor-Presidente do Grupo Polost: Ten-Cel Vanderlei Martins Pinheiro

Registro no CRE 1.056.506 INPI nºs 824468635 e 824466934 Gerente Administrativo: Administrativo:Franciele Rodrigues Lacerda Apoio: Alexandre Maia Batista Direção do JCB JCB:: Gerente de Relações Institucionais: Cel Délbio Ferreira Vieira Gerência da Comercial: Ten Valter Disnei S. Lourenço e agenciadores Apoio: Dayana Rodrigues Lacerda Estagiário: Victor Alvares Peralta Amaral Gerência de Circulação: Ten Jorge Ubirajara Barros e representantes dos OPMs Gerência de Redação: Jornalista Felipe Bornes Samuel MTb/RS nº 12344 Auxiliar de Redação: Vera Eledina Leivas Pereira Estagiário: Victor Hugo Rodríguez Júnior Colaborador: Maj e Jorn Paulo César Franquilin Pereira - MTb/RS nº 9751 Fotografia: Enídio Pereira, Moisés Bastos e arquivos de OPMs Gerência da Polost Press e Data Polost: Cristiano Max Pinheiro Gerência: Luci M. Pinheiro Consultor de Rede: Walter Fuentes Robella

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

Distribuição gratuita dirigida: Todos os servidores civis e militares, da ativa e inativos da BM, policiais da ativa e aposentados da Polícia Civil, servidores da Susepe, IGP e instituições municipais de segurança, vereadores, prefeitos e parlamentares Tiragem: 25.000 exemplares Impressão: Oficinas Gráficas do Grupo Sinos/NH/RS Informações e arquivos JCB: www.brigadian www.brigadianoo.com.br Central Pabx e Fax: (51) 3339-7888

E-mails Notícias: jornal@seguranca.org.br Circulação: circulacao@seguranca.org.br Comercial: anuncio@seguranca.org.br comercial@seguranca.org.br Suplemento Cultural: jcbcultura@seguranca.org.br Reclamações: pinheiro@seguranca.org.br

Endereço: Rua Bispo Willian Thomaz, 61, CEP: 91.720-030, Porto Alegre/RS ANO X I V - nº 185 — Setembro/Outubro 2007 — Correio Brigadiano: a voz da Segurança Pública

do e quase entregando-se à fadiga, venceu mais algumas horas de trabalho, porque o seu sentimento de dever, o sentimento de necessidade, o seu sentimento de coragem e de amor à profissão foram maiores do que as dores e as aflições que a fadiga lhe puderam impor.... Ê Também não importa as vezes em que, disposto à extirpar os males que corrompem e aviltam a sociedade gaúcha, não pode agir pela falta de meios e pela falta de mecanismos que lhe pudessem auxiliar nesta luta inglória e desumana contra o crime.... Ê Não importam o descaso, a incompetência e a inoperância de tantos governos e de tantos governantes ao longo dos anos, nos planos estratégicos relacionados à Segurança Pública. Não interessam os milhões desviados dos cofres públicos, mesmo que menos de 10% desse valor pudesse resolver os problemas salariais dele e de seus colegas. Nem que todo esse valor tenha ido parar nos bolsos daqueles que deveriam criar mecanismos para evitar que isto ocorresse.... Ê Não importa que estejam colocando cada vez mais o comprometimento político partidário, em superposição às competências dos policiais para assumirem postos de Comando em nossas Instituições Policiais. Nem importa que cada policial que tomba seja interpretado por alguns apenas mais um momento de aparecer na mídia... Mais um momento em que os holofotes se voltam para si... Ê Não importam as suas dores, as suas afli-

ções, as suas penas... Porque agora ELE TOMBOU... E com ele tombou um pouco deÊ cada um de nós... Ê A nós restou Êrepartir o choro com o valoroso Sargento VENTURA, seu pai, que tantos préstimos prestou à Segurança Pública do nosso Estado, e com quem tive o privilégio de repartir várias horas de combate em nossa atividade policial. Restou dividir com ele a sua dor... Restou segurá-lo e tentar consolá-lo, porque a dor do pai é imensa e inconsolável.... Ê E, nesta guerra diária, muitos ainda tombarão... Talvez tombe o colega ao lado.... Talvez tombe eu... Mas esta guerra tem que ser vencida, e não daremos trégua enquanto sobrar UM de nós. E este um estará representando cada um dos que já se foram, porque assim é a nossa sina.... Assim é a nossa vontade... E venceremos, porque o Soldado EMERSON estará em cada um de nós, em cada batalha, em cada conquista, em cada vitória.... Ê Fique com Deus, valoroso Soldado EMERSON, irmão de guerra, e que o Pai lhe dê o lugar que mereces. O lugar dos heróis.... Ê Com pesar... Ê César Vanderlei Schaedler - M.M. - 1º Ten de Polícia Militar (BM/RS) Oriente de Porto Alegre - RS

ITINERANTE Elomar Adão Magrinelli Johansson - Cel Ref

Brigada Militar – o pensamento de um Cel Ref. A historicidade da Brigada Militar remonta ao nascimento do Rio Grande do Sul, o que pode ser comprovada pelos registros na folha de serviços desta Corporação. E, revendo sua história, Corporação esta mais que sesquicentenária, nos enveredamos pelo caminho onde se encontram lideranças emblemáticas de cujos reflexos estamos percebendo o seu desmerecimento. É natural, é lógico que novas técnicas sejam apontadas e utilizadas, haja vista a sucessão programática do desenvolvimento das técnicas criminais. No entanto, vale pensar e, numa reflexão séria e profunda, verificaremos que princípios fundamentais, tão específicos não podem, ao arbítrio de pessoas que alcançam o Alto Co-

mando da Corporação, determinar, por si, a quebra indiscriminadas de elementos peculiares à estrutura histórica e organizacional da Brigada Militar, cuja relevância o Brasil inteiro, como também forças policiais internacionais, dela buscaram o processo de ensino e ação da prática de polícia ostensiva. A desestruturação dessa Força Institucional, que exemplo foi durante algumas décadas, conforme comprova a documentária que agora, talvez, estejam esquecidos, teve o seu início no momento em que a ideologia partidária substituiu o instituto maior das corporações militares – hierarquia e disciplina – pelos favorecimentos políticos aos mais graduados, que se entregaram pelo falacioso palavreado de políticos inescrupulosos.

Esta atual situação, a do engajamento dos seus policiais em atividades extra-corporação, se deve inegavelmente à falta de lideres que se alinhem na remontagem da escala salarial, como faziam os nosso “velhos“ Coronéis, cuja ligação à Corporação e os interesses desta, valiam mais do que o número de medalhas ajustadas aos seus uniformes. Ad fine, a situação é por deveras crítica. Não basta instaurar inquéritos sobre a tropa desgastada, mas curar a ferida, usando um “antibiótico” forte: aumento do salário, principalmente das praças para aí sim, elas possas dedicar-se em tempo integral ao serviço da Brigada Militar e à segurança da comunidade gaúcha.

Entregues pelo Detran/RS, equipamentos darão maior agilidade às consultas dos PMs O CPC comemorou 33 anos de criação no dia 18 de setembro com uma novidade. Na data, o comando recebeu 150 Palm Tops (no valor de R$ 1,5 mil cada) e 15 impressoras térmicas. A aquisição dos aparelhos ocorreu em parceria entre Detran/RS e Federação Nacional de Seguros (Fenaseg). O equipamento será usado por integrantes do 1º, 9º e 11º BPM. Inicialmente, a previsão é de que 2 mil aparelhos estejam operando em todo o Estado no ano que vem. Segundo o diretor-presidente do Detran/RS, à época, Flávio Vaz Netto, o acesso direto ao banco de dados da instituição agilizará o trabalho dos brigadianos. “Será feita consulta online, tanto do veículo quanto da ficha do motorista. Isso facilita na redação de ocorrências e reduz o índice

Equipamento permite consulta de dados em seis segundos

de equívocos”, salientou. De acordo com Vaz Netto, 35% dos registros de infrações de trânsito são anulados devido a erros de informação. “Munidos da impres-

Proerd forma 270 crianças no primeiro semestre em V. Aires A BM de Venâncio Aires formou 270 crianças do Proerd no primeiro semestre. Na cerimônia de formatura, no dia 10 de agosto, os alunos com as melhores redações receberam brindes. Também houve sorteio de 40 CDs e DVDs. Para o próximo semestre, a previsão é de que o curso beneficie 400 estu- Comprometimento: alunos do Proerd fazem juramento de resistência às drogas dantes. al acha muito interessante. As escolas cobram Desde a implantação do programa, em nossa presença para orientar os alunos”, asse2001, 1.825 alunos participaram do projeto. De gurou. As aulas do Proerd atingiram todos os acordo com o Cmt da unidade, Cap Cristiano colégios da área urbana. Cuozzo Marconatto, os jovens se tornam aptos Conforme o Sd, a troca de experiências é a multiplicar o conhecimento adqurido. “Eles gratificante. “Me surpreendi ao visitar uma das são nossos colaboradores, pois já sabem dos escolas depois da formatura e me deparar com perigos causados pelas drogas e podem infor- todas as crianças usando o uniforme do Promar aos outros”, salientou. erd”, lembrou. Para o PM, isso é uma forma de Instrutor do programa desde 2005, o Sd valorização do trabalho. “Esperamos firmar parMoisés Bica de Assunção ressalta a importân- ceria em 2008 para gravar a música do Proerd cia do trabalho junto aos estudantes. “O pesso- e entregá-la a cada um dos formandos.”

BM participa do 7 de setembro em Pelotas A BM marcou presença no desfile de 7 de setembro em Pelotas. Acompanhado por 7 mil pessoas, a cerimônia contou com a presenca do efetivo motorizado e a pé. O grupamento motorizado trouxe diversas atrações. Um caminhão do CB fez o públiAlunos do Prosepa desfilaram na cerimônia do 7 de Setembro em Pelotas co aplaudir a inovação deste ano:um bombeiro, na escada magirus, tra- Bombeiro Mirim, Prosepa (foto) e Patrulheiro zia a bandeira do Brasil. Ambiental Mirim desfilaram nos carros e emAs crianças e adolescentes dos projetos barcações da BM.

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 15

CORREIO BRIGADIANO

CPC recebe 150 Palm Tops em seu 33º aniversário

Reconhecimento

Pranteio, como todos os Policiais Militares e Civis do nosso Brasil, mais um Herói que tomba no cumprimento do dever. ÊNeste momento não nos interessa quanto ele ganhava por mês para proteger os cidadãos deste Estado, e nem importa que os cidadãos não se preocupem com isto... ÊNem importa também que ele, muitas vezes, foi criticado pelos cidadãos em razão de uma decisão equivocada no atendimento de ocorrência, nem nos importa que os tais cidadãos nem tenham perguntado se lhe restava outra opção... ÊTambém não importa que ele tenha tido uma vida calejada pelos sofrimentos que viu ao longo dos seus quase dez anos de exercício nesta profissão que parece ingrata, mas que para nós é o triunfo. Não importa as vezes em que segurou, a duras penas, o seu pranto diante do sofrimento daqueles que não conhecia, das vezes que lamentou a destruição de famílias alheias, das vezes que, tomado de imensa ternura, consolou o infortúnio daqueles a quem nem conhecia.... Não importa as vezes em que, ausentando-se do convívio da família, voluntariou-se para resolver problemas dos outros. Das vezes em que, fora do seu horário de trabalho, deixou-se levar pelo Êsentimento do dever e correu para auxiliar os colegas diante de ocorrência de vulto, para resolver problemas que não lhe diziam respeito... NÊ ão importa quantas vezes, quase tomban-

CRPO VALE DO RIO DOS SINOS E VALE DO RIO PARDO

sora térmica instalada na viatura, os PMs podem expedir a multa na hora, se necessário”, lembrou. Para o titular da SSP, Del José Francisco Mallmann, o apoio tecnológico ajudará na redução dos índices de criminalidade. “Ê É um importante equipamento que irá auxiliar, principalmente, no combate ao furto e roubo de veículos”, destacou. Os Palm Tops terão acesso aos bancos de dados da segurança pública. O Cmt-Geral da BM, Cel Nilson Nobre Bueno, ressaltou a atuação do destacamento. “Estamos mais presentes e enérgicos. As atuações na Capital são traduzidas para o interior”, frisou. Subcmt-Geral da BM, o Cel Paulo Roberto Mendes Rodrigues concorda com o secretário. Segundo ele, a nova tecnologia auxiliará na identificação de foragidos.

IBCM celebra 79 anos com apoio dos associados

Guardas municipais gaúchos participam de congresso no RJ Entre os dias 20 e 22 de setembro, a cidade fluminense de Macaé sediou o XVIII Congresso Nacional de Guardas Municipais. Cerca de 1,2 mil servidores de todo o país estiveram presentes. Representando as Guardas Municipais gaúchas, 42 integrantes de Porto Alegre, Esteio, São Leopoldo, Montenegro, Novo Hamburgo e Caxias do Sul participaram do evento. Cmt da GM de Esteio, Assis Brasil Marin Silveira considerou positiva a integração com os colegas de outros Estados. “Observando as outras instituições percebi que, em nível nacional, somos muito bem preparados”, avaliou. Durante o encontro, houve demonstrações de armamentos e coletes, apresentações de veículos e exposição de materiais para reforço na segurança dos profissionais. Além disso, foi realizado um curso de manuseio de Tasers. Palestras sobre sistemas de câmeras; drogas e álcool como geradores de violência; o desenvolvimento das cidades quanto

GMs desfilaram pelas ruas na abertura do encontro

à segurança pública e descentralização da segurança pública também marcaram o encontro. “A questão do trabalho preventivo e de orientação nas escolas recebeu destaque”, lembrou. Segundo Silveira, este tipo de trabalho já é realizado em Esteio, cujo objetivo é orientar os jovens. “Procuramos adotar bons exemplos e repassá-los aos colegas. Uso até recortes do JCB para mostrar idéias que possam ser implementadas”, comentou. Conforme Silveira, a GM conta com apoio irrestrito da BM e PC.

PC apreende 80kg de maconha em Santa Rosa

Entidade comemora conquistas e projeta 80º aniversário

A IBCM comemorou no dia 18 de setembro seu 79º aniversário. Para comemorar a data, foi realizada no dia 19 de setembro uma festa na sede, no Menino Deus. Cerca de 70 pessoas prestigiaram o evento. Houve homenagens às autoridades que atuaram na instituição e que contribuem para o crescimento da entidade.“Já iniciamos a contagem para chegar aos 80 anos. Chegamos até aqui com o apoio dos associados”, declarou o presidente, Cel RR Ubirajara de Oliveira Falcão. Segundo ele, um dos grandes acontecimentos da entidade foi a conquista, em 2005, do certificado da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip). Este documento permite a isenção de alguns impostos. Falcão projeta a ampliação das unidades do Partenon e Menino Deus, além de novos modelos de atendimento para odontologia para atender os 23 mil sócios. ENCONTRO – Com o objetivo de reunir a turma de 1992, o 1ºTen Álvaro Soares Madeira organizará um encontro entre os dias 13 e 16 de dezembro, no Hotel Internacional nas Águas Termas de Gravatal, em Santa Catarina. Entre as atividades, está programado um jantar-baile para embalar a noite dos 60 integrantes da comitiva que garantiram presença. “Cerca de 45 familiares dos PMs RR estarão presentes”, garantiu Álvaro, coordenador do evento.

Apreensão: segundo os agentes da PC, os 91 tijolos de maconha seria distribuídos no município de Santa Rosa

Numa das maiores apreensões de drogas realizadas em Santa Rosa neste ano, a 1ª DP encontrou, no dia 4 de outubro, no interior de Alecrim, 80kg de maconha. No local, os policiais prenderam em flagrante dois casais, que preparavam os 91 tijolos. Os agentes também en-

contraram dinheiro (reais e pesos), cigarros contrabandeados, munição, uma balança grande, anotações, um veículo e uma motocicleta. Conforme a PC, a droga seria distribuída na grande Santa Rosa. Os presos eram investigados pelos policiais.

2º BPM prende foragido mais procurado de Rio Pardo Um mês após fugir do Presídio de Rio Pardo, o criminoso mais procurado da cidade acabou preso, no dia 23 de outubro, pelo serviço de inteligência do 2ºBPM. Em 27 de setembro, o indivíduo conseguiu fugir pelo telhado da casa prisional. Conforme o Cmt das 2ª e 3ª Seções, Cap João Marley Rodrigues, entre outras acusações, o foragido cumpria pena por tráfico de drogas. “Foram diversas as tentativas para a prisão, mas com o auxílio de traficantes, ele conseguia driblar nossas ações”, ressaltou. Com a ajuda da comunidade, que fez denúncias, e o trabalho do setor de inteligência, a BM conseguiu recapturá-lo. “Ele havia cometido furtos, roubos e arrombamentos na cidade. Durante o período em que permaneceu livre, estivemos no seu encalço”, afirmou. Conduzido ao Pronto Atendimento Ambulatorial Municipal para verificar seu estado de saúde, o traficante foi conduzido ao Administrador do Presídio Estadual de Rio Pardo, onde ficará à disposição da Justiça.


CRPO ALTO DO JACUÍ

CORREIO BRIGADIANO

Pág 14 – Setembro/ Outubro 2007

GERAL

CORREIO BRIGADIANO

Proerd beneficia crianças especiais em Cruz Alta Brigada Ambiental de Santiago Desde 4 de outubro, projeto desenvolvido pelo Sd Bonucielli atende 15 estudantes Durante a X Fenatrigo, em Cruz Alta, a BM aproveitou para apresentar à população o planejamento da corporação para o segundo semestre deste ano. Mais do que elencar os objetivos do 16º BPM, o evento serviu para o Sd Telmo Fabrício Bonucielli da Silva iniciar as aulas do Proerd. E com uma no- Oportunidade: Crianças especiais participam das aulas do Proerd em Cruz Alta vidade. Desde o dia 4 de outubro, o programa idéia de fazer o curso voltado para eles. Cada atende 15 crianças especiais. turma é diferente. Alguns são mais participanAlunos da Escola Conferência São Vicen- tes do que outros, mas é gratificante”, ressalte de Paula - Escola de 1º Grau Incompleto San- tou. to Antonio para Educação Especial, eles partiO PM garante estar satisfeito com os recipam pela primeira vez do curso. “Muitos deles sultados em aula. “Tem que ter ‘jogo de cintutêm deficiência visual ou Síndrome de Down. A ra’. Nas primeiras aulas os professores particiexperiência está sendo muito boa, porque é tudo pam e colaboram, até porque conhecem menovo para eles”, destacou o Sd Bonucielli. En- lhor os estudantes”, enfatizou. Conforme o Sd, sinar as lições sobre como evitar o uso de dro- os proerdianos demonstraram interesse. “Hougas a crianças especiais, no entanto, não pare- ve boa participação. Eles devem concluir o Proce ser uma tarefa complicada para o Sd. “Tive a erd em dezembro”, garantiu.

BM de Pejuçara recebe aparelho de fax Para melhorar a eficiência na comunicação, a BM de Pejuçara conta, desde o dia 3 de setembro, com o reforço de um aparelho fax. Doado por um banco, o equipamento facilitará a comunicação da BM local com outras unidades. Conforme o Cmt da BM do município, Sgt Nelci Antonez Perchim, muitas vezes a BM precisava recorrer a terceiros para transmitir um registro de Termo Circunstanciado ou outro tipo de docu- BM não precisará recorrer a terceiros para transmitir documentos mento. decemos em nome de toda a corporação e sa“Se fosse preciso fazer este tipo de trans- lientamos que a importância deste gesto só vem missão no período da noite, finais de semana a estimular cada vez mais o nosso trabalho”, ou feriados, não teríamos a quem recorrer. Agra- salientou.

Estatuto da IBCM - Esclarecimentos Senhores associados e dependentes, o Conselho Deliberativo de nossa instituição por exigência legal previstas no novo código civil e também na lei que regula as organizações da sociedade civil de interesse público (Oscip), para as adequações previstas nestas leis, está realizando a reforma do nosso estatuto social da IBCM. Estão sendo diversas reuniões com a diretoria executiva, com entidades brigadianas e vários segmentos de associados mobilizando-os para auxiliarem e sugerirem as alterações que deverão tornar a IBCM mais completa e dirigida aos seus verdadeiros objetivos, o associado e sua família. Porém novas sugestões de associados e algumas adequações a serem realizadas junto ao Ministério da Justiça e também junto à Agência Nacional de Securidade, fizeram com

o conselho não convocasse os associados para uma assembléia-geral a fim de votarem este novo estatuto, conforme previa aindano mês de setembro último. Logo sejam sanadas essas exigências legais e realizadas as adequações jurídicas do projeto, o novo estatuto será levado para votação dos associados junto a uma assembléiageral. Todo este trabalho está sendo amplamente divulgado nos meios de comunicação de nossas entidades de classe e no site da IBCM, assim como será feito quando da convocação dos associados para votarem. Para tanto, pedimos aos nossos associados que continuem a acompanhar este trabalho e que compreendam os motivos que fazem com que o conselho aguarde as adequações para posterior convocação dos associados.

Pel Mirim no CRPO/AJ

A Fenatrigo em Cruz Alta também serviu de palco, no dia 6 de outubro, para o lançamento do Pel Mirim. O projeto beneficiará 25 crianças (foto), entre filhos e parentes de PMs, do 16º BPM, CB, PRE e Patram. Coordenado pela Sd Alessandra Moreira dos Santos, o Pel Mirim tem como objetivo integrar a garotada à BM. Durante o evento, os PMs mirins distribuíram materiais informativos com dicas de segurança.

Em Sto Antônio das Missões, abigeato preocupa Moradores de Santo Antônio das Missões, distante 534 quilômetros da Capital, sofrem com o abigeato. Nos últimos dois anos, o microempresário Ildo Andrzejewski teve 21 cabeças de gado furtadas. Segundo ele, este tipo de crime se deve à falta de efetivo e viaturas, o que inviabiliza o atendimento de todos os chamados. “Sei que os brigadianos se dedicam ao trabalho, às vezes até fazendo atividades fora do expediente”, reconheceu. Segundo Andrzejewski, que mantém bom relacionamento com o Cmt local da BM, 1º Ten Ivo César Valente Snowareski, seriam necessárias, pelo menos, mais duas viaturas e o acréscimo de mais oito PMs. “Houve casos em que os brigadianos atenderam ocorrências a pé, uma vez que o veículo estava estragado”, protestou. O 1ºTen César concorda e enfatiza o empenho dos PMs. “O pessoal é dedicado e dá o máximo de si. Este reconhecimento dos cidadãos é muito importante”, salientou. Segundo ele, com o reforço de um veículo e de PMs seria possível cobrir toda a área rural da cidade e fazer um combate mais eficiente ao abigeato. “Atualmente fica complicado o atendimento, pois temos uma área urbana quase igual em extensão à rural”, lembrou. Denarc – Em operação no dia 13 de novembro, agentes da 1ª Delegacia do Denarc prenderam dois homens em um bar no centro de Canoas. Com a dupla, os policiais encontraram um quilo de crack. Conforme o titular da1ª Delegacia, Del Luiz Fernando Oliveira, a droga seria distribuída na cidade.

A direção do JCB publica texto parcial fornecido pela direção do MBM que procura expor aos associados que discussões internas não afetarão a saúde da entidade

PMs geralmente não encontram os iniciadores das queimadas

palestras, cada uma direcionada para determinada faixa etária”, ressaltou. Segundo ele, as dúvidas mais freqüentes entre os adultos são sobre os locais para a obtenção de licenças para corte de árvores. “Cerca de 80% deles conhecem as regras e sabem que para conseguir o documento é necessário procurar uma agência ambiental”, frisou. Entre os estudantes há curiosidade. “Os jovens têm um interesse ambiental grande hoje em dia”, destacou.

4º CRB de Santa Maria lança sistema de prevenção No dia 31 de outubro, a Câmara de Vereadores de Santa Maria foi palco do lançamento do Sistema Integrado de Gestão de Prevenção de Incêndio (SIGPI). O investimento em equipamento e treinamento foi de R$ 3,5 mil e representa ganhos em tempo para cidadãos e bombeiCom novo sistema, bombeiros poderão ampliar fiscalização no município ros. Até a chegada do equitratar uma empresa de engenharia”, lembrou. pamento, que está funcionando desde 1º noPara os servidores, o ganho será na parte vembro, a análise e emissão de PPCI levava operacional. “Poderemos aumentar a fiscalizaentre 10 e 15 dias e exigia uma equipe para ção e, por conseqüência, diminuir os riscos de avaliação. Com o sistema, é possível emitir o incêndio”, projetou. De acordo com o oficial, documento em dez minutos. “É um ganho de desta forma o índice de edifícios vistoriados na tempo para o solicitante e para nós”, avaliou o cidade passará de 65% para até 85%. “FirmaChefe da Seção de Prevenção à Incêndio da mos convênio com os Correios para o envio de cidade, Maj Daniel da Silva Adriano. notificações aos moradores, trabalho que antes Segundo ele, até um material explicativo era feito pessoalmente”, destacou. está sendo distribuído com informações sobre Para o ano que vem, o sistema deve ser o novo procedimento. “Agora os moradores de ampliado para pelo menos mais quatro municíprédios podem optar por emitir o relatório pre- pios da região. O objetivo é atingir as 34 cidaventivo aqui, não havendo necessidade de con- des atendidas pelo 4º CRB.

PC de Ijuí faz ofensiva contra o jogo do bicho No dia 12 de novembro ocorreu a maior operação de combate ao jogo do bicho na cidade. Participaram da operação três Del, 13 agentes e quatro viaturas, resultando na apreensão de R$ 5,8 mil, blocos de anotações, pastas, cadernos de resultados, fichas, planilhas e diversos cheques. Os PCs, liderados pelo Del Carlos Iglesias Júnior, vistoriaram quatro locais, que já vinham sendo investigados pelos agentes. Três pessoas receberam notificação. Segundo a titular da DPPA de Ijuí, Del Jocelaine Francisca de Aguiar, que participou da ação, outros estabelecimentos que exploram a contravenção e o jogo de azar estão sendo investigados e deverão ser visitados pelos servidores. Ainda não estão definidas as datas das próximas ações no município.

2º Sgt RR Onofre faz a alegria da criançada Pelo quarto ano consecutivo, a criançada da Capital participou da “Festa Criança Feliz”. Organizado desde 2004 pelo 2º Sgt RR Onofre Ribeiro Geraldó, o encontro reuniu, no dia 12 de outubro, cerca de 400 crianças, na rua em frente à Capela Menino Jesus de Praga, na Capital. “Esperavámos 700 participantes, mas a chuva atrapalhou um pouco”, lembrou o Sgt. Apesar disso, o PM garante estar orgulhoso em poder realizar o trabalho social. “Gosto de investir nos jovens, pois eles são o futuro do país”, frisou. Na festa, houve entrega de balas, pirulitos, refrigerante e sorteio de brinquedos para os pequenos. Auxiliado por amigos e com apoio de alguns colaboradores, o idealizador do projeto planeja ampliá-lo no ano que vem. “Esperamos contar com mais de mil jovens”, projetou.

Falecimento Vítima de insuficiência cardiorrespiratória, o Del de Polícia Thomaz Manoel Silveira faleceu no dia 24 de setembro, aos 79 anos. Integrante da Asdep, Silveira foi sepultado no Cemitério João XXIII. Nascido em 24 de fevereiro de 1928, em Orleans, em Santa Catarina, mudou-se para a capital gaúcha na década de 40. Primeiro Del titular da delegacia Regional de Santiago, o Del também era formado em Direito pela PUCRS. Deixa os filhos Leônidas, Manoel, Telmo, Sílvia, Anita e Beatriz e sete netos, além da companheira Jandyra Botega.

Susepe Em cerimônia no gabinete do Corregedoria-Geral da Susepe, no dia 12 de setembro, 23 alunos receberam os certificados de conclusão do Curso de Capacitação. De junho a agosto, num total de 30h/ aula, eles participaram de treinamentos de atualização do direito disciplinar, relacionados com o tratamento penal como filosofia, ética e direitos fundamentais. O projeto foi idealizado pelo corregedor-geral da Susepe, José Hermílio Ribeiro Serpa.

PC de Montenegro Em mais uma ação de combate à jogatina, a PC de Montenegro destruiu, no dia 14 de novembro, no pátio da Secretaria Municipal de Viação e Serviços Urbanos, 139 máquinas caça-níqueis. Conforme o titular da 1ª Delegacia de Polícia Regional de Montenegro, Del Ciríaco da Costa Caetano Filho, foram apreendidas 180 equipamentos neste ano. O restante também será destruído.

17º Bom de Bola CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

Infor me Publicitário

MBM Esclarecimentos

investe em trabalhos preventivos Conscientização. Esta tem sido a fórmula adotada pelo 2º Grupamento Ambiental de Santiago para combater crimes ambientais como as queimadas (que aumentaram 100% no período de janeiro a outubro em relação ao mesmo período do ano passado) e derrubadas. Os PMs orientam os moradores com palestras em escolas e exposições sobre os delitos contra o meio ambiente. De janeiro a outubro deste ano, houve 18 registros de queimadas (o dobro do ano passado) e igual número de derrubadas. O Cmt da unidade, 1º Sgt Jorge Orion Pereira dos Santos, atribui as ocorrências às constantes secas e às chuvas. “O pessoal acaba querendo ganhar tempo e por isso pratica as ações querendo usar os terrenos para atividade pastoril”, lembrou. Responsável por outras 11 localidades, o grupamento tem realizado palestras para mostrar ao público as conseqüências das práticas contra o meio ambiente. “Usamos filmes, slides,

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 3

De 6 de janeiro a 24 de fevereiro será realizada a 17ª Copa Bom de Bola Futebol Sete à Beira Mar. Entre as categorias, garotos nascidos em 94, 96 e 98 e feminino. Adultos e Masters acima de 50 anos. Os vencedores receberão premiação em dinheiro, troféu e medalhas. As inscrições poderão ser realizadas de 5 de novembro a 30 de dezembro. Maiores informações através dos telefones: 98375495/98185640, com Camerino Gonçalves.

A direção do MBM Previdência e Seguros alcançou, por suas estratégias de trabalho, no último semestre, o crescimento de 33,85% da receita previdenciária, comparado ao mesmo período do ano passado, sendo esse um dos m Ê aiores crescimentos entre as entidades de previdência privada sem fins lucrativos do país. O número de participantes aumentou 26%, ultrapassando 41 mil planos contratados. Por esses motivos, agradecemos a todos os participantes e segurados por confiarem ao MBM a segurança e a tranqüilidade para o futuro dÊ e suas famílias. Quanto a notícia da destituição de Diretores, informo que tal decisão foi to-

mada em reunião do Conselho Deliberativo e Fiscal do dia 09 de agosto de 2007, ocasião em foi destituído o Diretor de Previdência CEL GETÚLIO QUITES JOBIM e o Diretor Financeiro TC NERI VITORINO BRUGNERA, fato esse surpreendente e imotivado, considerando-se o desempenho excelente, competente e qualificado dos diretores, frente a duas áreas vitais para a empresa (comercial e financeira), também, por estarem legalmente eleitos e homologados para o triênio 2007 a 2009. Encontra-se a empresa, portanto, inserida em uma demanda judicial, que envolve o MBM pessoa jurídica e individualmente os 14 conselheiros que votaram pela destituição dos diretores. Reintero, para conhecimento e tranqüilidade dos associados e segurados, que o MBM

goza de uma saúde financeira inabalável, com seus compromissos honrados rigorosamente em dia. Acresço, por oportuno, que este Presidente, juntamente com demais Diretores e Quadro Técnico, não poupará esforços no sentido de manter o Montepio em seu curso de crescimento e fortalecimento, procurando minimizar os efeitos das desconformidades ora vivenciadas, objetivando supera-las com a maior brevidade possível. Ê

Jorge Luiz de Oliveira Flores Diretor Presidente MBM


Pág 4 – Setembro/ Outubro 2007

GERAL

CORREIO BRIGADIANO

Sd Cúrcio retoma Movimento dos Direitos Humanos na BM Chargista do JCB, Sd Cúrcio ficará à frente do trabalho em prol dos DH na BM e terá apoio do Cel RR Neme Em 1999, uma série de reportagens realizadas pelo JCB sobre o “bando Konrad” (ver box) mobilizou a BM e a imprensa gaúcha. O caso motivou o Cel RR Emílio João Pedro Neme a iniciar, no ano seguinte, um movimento em prol dos Direitos Humanos na Corporação. Após sete anos, Cel RR Neme e Sd Cúrcio trocam aperto de mãos na sede do JCB o projeto volta a ser retomado pelo chargista do JCB, Sd Ângelo Marcelo Sd salientou a importância do Cel RR Neme, Cúrcio dos Santos. No dia 1º de outubro, na sede escolhido símbolo do movimento que levará seu do JCB, ele reafirmou sua proposta. nome. “Você deu o primeiro passo e será nosso O PM espera montar uma equipe que dê ponto de referência. É o patrono do movimento continuidade aos planos de seu antecessor. “Va- e o será para sempre”, reconheceu o Sd. mos agregar pessoas de todos os segmentos e Para o Cel RR Neme, a retomada do mode todas as polícias. O objetivo é criar grupos vimento é fundamental. “Embora eu continuasde estudo que planejem minutas e/ou projetos se com minha posição, não havia mais diretode lei que garantam subsídios para fortalecer a ria. Os DH terminaram dentro da BM”, lamendignidade dos servidores”, destacou. Segundo tou. O oficial confia no êxito das ações do Sd. ele, a idéia é iniciar os debates o mais rápido “Ele está bem preparado para ser o novo iniciapossível. “Nossas três primeiras ações serão no dor dos DH”, assegurou. A sede do movimento debate sobre plano de carreira, assédio moral está localizada na sede do jornal: rua Bispo Wie adicional noturno”, assegurou. llian Thomaz, 61. Telefone para contato: (51) Durante o encontro na sede do jornal, o 3339-7888.

O caso Konrad teve início no dia 10 de outubro de 1998. Uma guarnição da 2ª Cia do 3º BPM de Novo Hamburgo se dirigia para atender uma ocorrência na vila Kephas. A diligência era composta pelo Sgt Bernardi, Cb Geovani e Sd Dailon. Recebidos a tiros por Odair Konrad, os PMs reagiram com um único e fatal disparo. Após o confronto, foi chamado ao local o Sd Adelar Arnaldo Weber. Ao chegar na cena do crime fardado, o PM acabou considerado pela família Konrad como o autor da morte de Odair. Dois meses depois, na manhã do dia 15 de dezembro daquele ano, o praça volta até o loteamento para negociar um terreno. Reconhecido por Enio Konrad, tio de Odair, o Sd acabaria sendo assassinado. Enio entregou uma arma ao sobrinho Geovani, à época com 14 anos, e pediu para o garoto matar o PM. Atingido pelas costas com um tiro na perna e outro na nuca. Levado ao hospital, o Sd ainda resistiu uma semana, até o dia 22, quando faleceu. Com ajuda de uma conhecida da família Konrad, uma patrulha composta pelos Cbs João Leandro Kievel e Luiz Paulo dos Santos Braga e os Sds Luís Celomar Diehl, Jaime Luís Corrêa da Rosa, Maurício Antônio da Silva, Auri Oliveira da Rosa e Paulo Renato Botta Nunes foi até São Francisco de Paula, onde o garoto estava escondido. Encurralado na casa, o menor respondeu à ação dos policiais com dois disparos. Atingido por um dos brigadianos, Geovani saiu da casa atirando antes de tombar. Após o confronto, um jornal da região de NH publicou declarações não desmentidas, atribuídas a dois Del, que acusavam os militares de execução. Presos, os PMs foram libertados quase dez meses após detidos, no dia 15 de setembro de 1999. Abaixo, a cobertura do JCB, que dedicou sete edições sobre o caso.

Danilo Rios recebe do JCB o troféu “O Patrulheiro”

Responsável pelo telemarkenting do JCB, Gilmar Moraes entrega troféu “O Patrulheiro” ao cabeleireiro Danilo Rios

Um parceiro de longa data foi homenageado pela direção do JCB. No dia 24 de outubro, o cabeleireiro Danilo Goulart Camelo Rios ganhou o troféu “O Patrulheiro”. Assim como a maioria dos colaboradores assíduos da empresa, Rios recebeu a premiação por divulgar a marca de seu salão no jornal em pelo menos seis ocasiões. Com 55 anos de experiência na área, Danilo destacou que muitas esposas de PMs são suas clientes. “Até PMs femininas vão ao meu salão”, reconheceu. Sobre o trabalho dos policiais na Capital, Danilo ressaltou que sempre foi bem atendido pela corporação. “Não posso reclamar. Nas vezes em que acionei a BM, os policiais chegaram rápido ao local”, lembrou.

ITINERANTE Everaldo José Cavalheiro Pavão - 1ºTen/1ºBPM

Assassino de PM aplaudido

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

Noite do dia 08 para o dia 09 de novembro de 2007. Reviro-me na cama para todos os lados. Levanto.Tomo uma água gelada. Talvez ela esfrie meu coração. Não conseguirá esfriar minha indignação. Não adianta... e o negócio é escrever até vir o sono. Hoje mataram mais um colega. Soldado Ventura do 11 BPM! Junto foi-se seus, meus e nossos sonhos. Junto foi-se a esperança de muitos policiais honestos. Sua morte não é e nunca será apenas “mais uma”. Uma parcela da Sociedade, a qual dia e noite auxiliamos, socorremos e defendemos, representada por seres infelizes, teve a infeliz idéia de aplaudir o algoz do Soldado Ventura. Aqueles aplausos, registrados por câmaras e microfones, ecoarão por muito tempo em nossas mentes... Mas o que é que há minha gente??? O que está acontecendo com este mundo decadente??? Será que é esta a regra do jogo??? Não conhecia pessoalmente este jovem, mas sua vida não deve ter sido muito diferente da maioria das pessoas pobres e honestas...sim, pobres e honestas! Porque elas existem e são muitas! Muito embora sociólogos de plantão justifiquem e digam que quando alguma barbárie destas acontece, houve omissão do Estado...e isso era previsí-

vel. Amorte acompanha a nossa profissão, AGORA,ÊVER NOSSOS MATADORES SENDO APLAUDIDOS...isso é inaceitável!ÊOk. Com omissão ou sem omissão, esse jovem, assim como eu, também se criou nestas mesmas favelas e certamente estudou em colégio público, trabalhou muito e sentiu-se um vencedor quando passou no concurso para Soldado da Brigada Militar. E com omissão ou não do Estado, pasmem os senhores, Ele concluiu a Faculdade de Direito. E a Sociedade representada por seres infelizes teve a infeliz idéia de aplaudir o algoz do Soldado Ventura. O assassino do Sd Ventura não roubou dos ricos e deu o dinheiro aos pobres como Robin Hood...para ser aplaudido por estes infelizes...que se dizem “vítimas da omissão do Estado”, para isto valer como regra, DEVERIA VALER PARA TODOS! Ele matou um cidadão POBRE...de valor, de fibra, honesto e...pobre. E quem fez isso? Um marginal! Um vagabundo! Um assassino! Alguém que certamente quebrava as vidraças do vizinho e cantava que nem “cigarra”, enquanto milhões de “Sd venturas” vendiam picolé, cortavam grama...engraxavam sapatos. Tu fostes aplaudido e doeu-me ouvir pessoas ditas “esclarecidas” como que justificando

tua maldade, dizendo que o que houve foi em conseqüência da omissão do Estado. Omissão do Estado... Desabrigados e flagelados por temporais e por inundações, falta de moradias, analfabetismo, assassinatos e tudo o que de ruim possa existir, hoje Êparece ser “culpa da omissão do Estado”. Omissão da família...omissão de valores...omissão de caráter. Muita preguiça e covardia! Mas afora as abstrações de um Montesquieu e de um Rousseau o... o ESTADO somos todos nós. Por conseguinte, quase todos, talvez sem exceção, estamos nos omitindo de uma ou de outra forma. O Estado é o navio ao qual estamos, querendo ou não, todos atrelados. Como capitães ou como simples remadores. O que ocorreu nesta fatídica manhã, aonde mataram o Soldado Ventura e seu algoz foi aplaudido foi de um profundo mau gosto, uma tremenda falta de respeito a vida, aos pais do Soldado, as pessoas de bem e a todos nós... policiais que fazem parte desta sociedade que, friamente aplaude a nossa morte. O que aconteceu foi umaÊenorme injustiça...e alguém já falou e eu reitero. NÃO HÁ PAZ SEM JUSTIÇA!

METROPOLITANO

“Daqui a 20 anos não teremos mais Cmts”, diz Cel Pastl

Filho do Sd Segú ganha os palcos do RS com a banda Pura Cadência

Atualmente existem 52 alunos oficiais formados à espera de chamado do governo para ingressar na Corporação. Desde o dia 22 de junho do ano passado, eles aguardam uma resposta do Palácio Piratini. Conforme o Cmt do DE, Cel Sérgio Pastl, a demora na convocação dos alunos-oficiais poderá acar- Alunos-oficiais adquirem experiência de liderança ao longo da jornada na BM retar prejuízos à BM. “Daqui a 20 anos não teremos mais Cmts”, Em contrapartida, o DE, seguindo orientaenfatizou. Segundo o oficial, a área da segu- ções do Comando Geral, tem oferecido cursos rança, ao contrário das demais, necessita de de qualificação aos servidores que já integram tempo para formar servidores qualificados para as fileiras da Corporação. Ao todo, entre os dias exercer cargos de responsabilidade. “Não se 6 de agosto e 26 de outubro, 128 instrutores ensina um PM a ser Cmt em dois anos”, salien- formaram 967 alunos. Os aprendizes passaram tou. De acordo com o Cel Pastl, atualmente 30% por aulas de uso de bastão, tiro, defesa pessodas vagas são preenchidas por antigüidade. al, BO/TC e identificação veicular. “Dentro de duas décadas faltará oficiais. Nesta Para os bombeiros houve instruções de época, provavelmente a demanda da popula- atendimento pré-hospitalar, técnicas de vistoria ção por segurança será maior”, projetou. em edificações, ocorrências com produtos periSegundo ele, são necessários pelo menos gosos e condução de veículos de emergência. 25 anos para a formação de Cmts. “Se tiver Além dos cursos, outras prioridades são os prouma epidemia, o Estado faz um concurso e con- jetos Bombeiro e PM Mirim e Proerd. Este já trata profissionais para combatê-la. Com o PM formou desde sua implementação, em julho de é diferente. Não se pode exigir dele uma pos- 1998, mais de 410 mil estudantes até o primeitura de liderança após dois anos de curso”, ro semestre deste ano. exemplificou. O Cel Pastl lembra que nem em Outra meta, segundo o oficial, é implemanépocas de guerras esta prática é adotada. Con- tar cursos de especialização na área de Psicoforme o Cel, ainda que os oficiais de hoje quei- pedagogia Aplicada à Prevenção de Drogadiram estar à frente dos Comandos, seus corpos ção e à Violência Infantil e de Planejamento de já estarão desprovidos do vigor físico da juven- Gestão em Segurança Pública. “Nosso objetivo tude. é formar multiplicadores”.

Integrante do DE e músico nas horas de folga, o Sd Carlos Alberto Fernandes Segú agora vê o filho Marcelo brilhar nos palcos do Estado. Isso porque a banda Pura Cadência, da qual Marcelo faz parte, gravou seu primeiro disco, “Bota pra Quebrar“, e está em turnê para promover o trabalho de estréia. Desde o lançamento, as rádios do gênero tocam três músicas do grupo: Mulher de Amigo Meu, Curtição e LocaLoca. Em visita à sede do JCB no dia 25 de setembro, a banda destacou o apoio do PM no começo da carreira. “Ele deu suporte e apresentou alguns músicos para formarmos a banda”, destacou União: Sd Segú, o filho Marcelo (com cavaquinho) e os integrantes da banda o vocalista Juninho. Com horário fixo em duas casas noturnas da Capital, a Pura Cadên- cias musicais, o grupo tem um sonho em cocia ainda se apresenta pelo interior, com um mé- mum: apresentar-se no programa do Faustão. dia de 27 shows por mês. “Queremos consoli- “Eles são humildes e têm metas traçadas”, lemdar nosso trabalho aqui no RS. Depois pensa- brou o Sd Segú. Para Juninho, algumas bandas remos em abrir caminhos em São Paulo”, res- que tocam há mais tempo na Capital não tivesaltou Diego. ram o mesmo reconhecimento. “Muitas não tiOs pouco mais de três anos de existência veram sorte, persistência e qualidade”. já renderam encontros memoráveis. “Já tocaApesar de o grupo estar divulgando seu tramos no sítio do Ronaldinho Gaúcho e na festa balho de estréia, a banda já projeta o segundo do Inter no Beira-Rio na conquista do Mundial”, disco. “O Juninho tem pelo menos umas duzenadmitiu Juninho. Apesar de algumas divergên- tas músicas prontas”, afirmou Guilherme.

Del Dagoberto Garcia é o novo secretário-adjunto da SSP 1ª DP faz maior apreensão de caça-níqueis em Canoas Numa ação realizada no dia 5 de setembro, a 1ª DP de Canoas apreendeu o maior número de máquinas caça-níqueis no município: 671. Além disso, a PC encontrou R$ 65 mil. A operação contou com a participação de 131 policiais – 26 Del e 105 agentes do interior e da Capital. Liderados pelo titular da 1ªDP, Del Fernando Domingues Soares, os policiais vistoriaram 87 estabelecimentos. Há dois meses, os locais eram investigados pelos PCs. “Trata-se de uma operação minuciosa, que recolhe dados e conta com ajuda de denúncias anônimas”, declarou o Del. Segundo ele, o maior recolhimento de máquinas registrado até então ocorreu no primeiro semestre de 2005. “Naquela ocasião vistoriamos cerca de 15 casas de jogos e localizamos cerca de cem aparelhos”, lembrou. Embora elevado, o número de caça-níqueis apreendidos não chega a surpreender. “Infelizmente o número dessas máquinas tem crescido nos bares e botecos”, lamentou. Segundo ele, novas operações serão realizadas.

2ª Denarc apreende 20 quilos de maconha Em ação desenvolvida pela 2ª Denarc, na Vila Farrapos, na zona norte de Porto Alegre, agentes apreenderam 20 quilos de maconha com um homem de 41 anos. O traficante cumpria pena no regime semi-aberto por tráfico de

drogas, no Albergue Pio Buck. De acordo com o titular da 2ª DIN, Del Luiz Fernando Martins Oliveira, o homem atuava em seu horário de almoço. “Ele distribuía as drogas em diversas vilas da Capital”, afirmou.

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 13

CORREIO BRIGADIANO

Desde o dia 5 de novembro, o Del aposentado da Polícia Federal Dagoberto Albernaz Garcia comanda a SeFotos Amilton Belmonte/SSP cretaria Adjunta da SSP. Aos 57 anos, ele substitui ao Del Ademar Stocker, que retorna à Superintendência do DPF, na Capital. Em sua despediGarcia da, no gabinete do secretário Francisco Mallmann, no dia 1º daquele mês, Stocker alegou motivos pessoais para deixar a pasta. “A minha decisão obedeceu a diretrizes pessoais e de interesse profissional, visto o novo momento porque passa o Departamento de Polícia Federal”, afirmou. Natural de Porto Alegre e especialista em Gestão e Planejamento Estratégico no Serviço Público, o Del Garcia atuou em diversos cargos na PF. No biênio 1995/96, comandou a Delegacia da PF de Sant’ana do Livramento; en-

tre 1999 e 2000, foi Corregedor-Geral do DPF no RS; em 2001, trabalhou como superintendente regional interino do DPF no RS. De maio de 2004 a setembro deste ano, exerceu a chefia do Gabinete da Senasp. Entre os cursos de que participou estão: Gestão Policial Stocker (ANP/DPF, 1999); e Curso de Gestão por Processos: Técnicas para Melhoria (Senasp/MJ, 2005). Em 2004, foi membro da Comissão de Estudos para Proposta de Unificação das Corregedorias das Polícias Federais e, entre 2004 e 2006, foi coordenador da Comissão de Estudos para Proposta de Modernização da Polícia Civil Brasileira. Participou de seminários sobre segurança pública: Gerenciamento de Crises, em Curitiba (PR); Estratégia Nacional de Combate à Lavagem de Dinheiro, em Pirinópolis(GO).

Família de músicos

Para explicar a vertente musical da família Segú é preciso voltar na história. Carlos Valls Segú, pai do Sd Segú, fazia parte do Trio Charrua, grupo que tocava músicas tradicionalistas. Assim como o pai, o PM também se dedica nas horas de folga à sua banda: Kintal do Samba. “Dos sete que compõem a banda, três são PMs”, ressaltou o Sd, que canta e toca percussão. Com passagem pela PM5 como locutor do QG da BM e atualmente no DE, o Sd Segú sempre incentivou o filho a seguir a carreira musical. “Eu apostei nos guris. Já falei para o Marcelo que ele tem que se aperfeiçoar, estudar música”, reiterou. Tal qual o pai e o avô, Marcelo enveredou para a música. No Pura Cadência, o jovem canta e toca banjo. A banda mantém comunidades no site de relacionamentos orkut e dispõe de endereço eletrônico na internet: www.puracadencia.com.br.

Esposa do Sd Rieger conclui faculdade

Comissários reivindicam paridade salarial e aposentadoria especial

O esforço e a dedicação de Andréa Dutra Rieger durante seis anos foram recompensados no dia 11 de agosto. Na data, a esposa do Sd Sandro Cristiano Rieger, do 9ºBPM, formou-se em Serviço Social pela Ulbra. Além da alegria em Andréa concluir o curso, Andréa ressaltou o apoio do marido. “Em alguns momentos pensei em desistir do curso, mas ele sempre me incentivou a continuar e terminar a faculdade”, lembrou. Mãe de Wagner, William e Diego, ela contou com o suporte do Sd Rieger, que tomava conta da criançada. “Enquanto eu estudava à noite, ele cuidava das crianças. Agradeço o apoio e o incentivo do meu marido e de meus filhos”, frisou. Casada há 14 anos com o Sd Rieger, Andréa é neta do Ten RR Balão.

Em reunião com secretário da SSP, José Francisco Mallmann, no dia 26 de setembro, e o Chefe de Polícia, Pedro Carlos Rodrigues, a Associação dos Comissários de Polícia (ACP) fez duas reivindicações à categoria: equiparação salarial aos Cap da BM e revisão da Lei da Aposentadoria Especial, da qual os policiais estariam excluídos. Para o presidente da ACP, Luiz Cezar Machado Mello, a Lei 12.203 retirou dos comissários a paridade salarial com oficiais da BM. “Pedimos a correção e a retomada do nosso direito, pois essa diminuição não atingiu apenas os comissários, mas toda a PC”, declarou. Além dis-

POA – Em cumprimento de seis mandados de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva, agentes da 7ª, 16ª, 21ª Delegacias e servidores da BM prenderam três indivíduos, no dia 9 de novembro, na Vila Restinga Velha. O trio é acusado de assaltar sítios em Viamão e na Capital. Na casa dos criminosos, os policiais encontraram espingardas, revólveres e munição.

so, a ACP encaminhou um projeto de lei complementar sobre a Lei nº 5.185, que trata da Aposentadoria Especial. Na audiência, Mello salientou a dedicação exclusiva da atividade e a necessidade de paridade com os policiais federais. Cerca de 300 comissários atuam na PC em funções de supervisão, coordenação e assessoria direta aos Del. De acordo com Mallmann, todas as reivindicações de entidades da área da segurança pública estão sendo analisadas criteriosamente pelo Estado. “Um policial capacitado, bem treinado e melhor remunerado é meta do plano de governo”, garantiu.

ABS Segurança firma parceria com o JCB No dia 5 de outubro, Alisson da Silva Bento, sócio da ABS Segurança, firmou parceria com o JCB. Localizada na zona Sul da Capital, a empresa oferece serviços de segurança em condomínios e centros comerciais, além de trabalhar com cerca elétrica. “Temos dois postos de vigilância, mas desejamos ampliar ainda mais nossa área de atuação”, ressaltou Bento, que possui seis anos de experiência na área. Fundada em maio deste ano, a ABS conta com cinco funcionários.


CORREIO BRIGADIANO

Pág 12– Setembro/ Outubro 2007

CRPO VALE DO CAÍ

Bombeiros salvam população de enchente Sd Clarice da Luz vence 1ª Meia Enchente do dia 25 de setembro assolou São Sebastião do Caí e deixou 65% da cidade coberta por água A atuação heróica dos bombeiros voluntários de São Sebastião do Caí e de integrantes do GBS impediu que a enchente que tomou conta de 65% da cidade, no dia 25 de setembro, tivesse maiores conseqüências. Considerada a pior desde 2000, quando o Rio Caí atingiu 14m75cm acima do nível normal, desta vez a água atingiu praticamente o mesmo índice:14m60cm. Conforme o Subcmt dos bombeiros voluntários, Anderson Josiel da Rosa, durante três dias os bombeiros receberam pelo menos 2 mil chamadas para atendimento. “Mobilizamos praticamente todo nosso efetivo de 20 pessoas. Trabalhamos praticamente 72 horas sem parar, com pouco tempo de descanso”, garantiu. Segundo Anderson, algumas pessoas ainda reclamaram do atendimento. “Priorizamos os casos mais graves. Às vezes, na hora do medo, as pessoas não compreendem”, lembrou. Além dos bombeiros voluntários, o salvamento contou com a participação de 11 bombeiros do GBS. O grupo atendeu os moradores

Ousadia, valentia e dedicação: Bombeiros utilizaram bote para salvar moradores que ficaram isolados pela enchente

do bairro Quintana e salvou 109 pessoas, entre crianças e adultos. Além disso, resgataram 14 animais. Conforme o Maj Humberto Teixeira dos Santos, que coordenou a ação no bairro, os bombeiros utilizaram botes durante a enchente. “Salvamos pessoas que estavam ‘ilhadas’ em

Prosepa muda a vida de 65 jovens em Montenegro Iniciado em 2004, em Montenegro, o trabalho do Prosepa tem feito a diferença na vida de jovens entre 14 e 18 anos. Até novembro, o programa formará 65 alunos em quatro cursos profissionalizantes: instalador elétrico, instalador hidráulico, cozinheiro e informática. Segundo o coordenador do programa na cidade, Cap Claudiomir Souza de Oliveira, os ganhos dos adolescentes são grandes. “Existe o retorno profissional dos que ingressam no mercado de trabalho, o retorno econômico daque- União: estudantes criam laços de amizade com colaboradores e colegas les que utlizam seus conhecimentos para aju- mo após a término do período de ensino. “Este dar em casa e o ganho afetivo da interação com ano, ao contratar uma empresa particular para colegas e instrutores”, ressaltou. Cerca de 30 realizar um serviço elétrico em minha casa, me colaboradores estão envolvidos no trabalho, que deparei com um ex-aluno. Foi gratificante”, afirconta, ainda, com aulas de música, capoeira, mou. coral e banda. O retorno das empresas sobre o trabalho De acordo com o oficial, os próprios alu- dos formandos é satisfatório. “Recebemos elonos se tornam os maiores divulgadores do Pro- gios dos empregadores. É uma recompensa sepa. “Eles comentam em casa e com os ami- para gente”, comemorou. Devido às instruções gos os benefícios do aprendizado, despertan- de ordem unida e disciplina, alguns rapazes têm do o interesse dos outros”, lembrou. O reconhe- até mais facilidade na hora de ingressar no exércimento pelas lições ensinadas perdura mes- cito.

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

SALVADOR DO SUL – Entre 14 e 19 de novembro, ocorre em Salvador do Sul a 7ª Festur. Para garantir a tranqüilidade dos cerca de 20 mil visitantes, a BM montou um esquema de segurança reforçado, que conta com o apoio de PMs de Montenegro. Segundo o Cmt do Pel de Salvador do Sul, 1º Ten Éverson Rogério Flores, o objetivo é montar postos de vigilância nos pórticos de entrada do município. “Atuamos nas demais edições da festa, que ocorre bianualmente, e queremos manter o índice zero de ocorrências de vultos neste ano também”, reforçou.

suas residências e locais de trabalho, sendo utilizado para isso botes e barcos”, lembrou. Entre bombeiros do GBS e do 2º CRB participaram, além do Maj Teixeira, o Ten Madruga; os Sgt Job, Pompeu, Ronaldo e Procksch; e os Sd Pradier, Gaier, Antonini, Clairton e Haupenthal.

Trabalho de GMs agiliza atuação de brigadianos

Maratona do Servidor Público Uma atividade que era apenas um hobby para a Sd Clarice da Luz Santos passou a fazer parte do seu dia-a-dia: correr. Mesmo participando de rústicas e meias-maratonas “sem compromisso”, ela conquistou em outubro o 1º lugar da 1ª Meia Maratona do Servidor Público, completando a prova de 21 quilômetros em 1h23min. Na classificação geral, ficou em 90º lugar, entre seiscentos corredores. Estudante de Educação Física, a PM se dedica ao esporte há dois anos. “Treino todos os dias. Quando estou estressada, faço da corrida a minha terapia”, destacou. Nem os contratempos com as escalas de serviço atrapalham a rotina da Sd. “Já treinei em horários variados, como às 4h e às 22h, mas não é sempre”, ressaltou. Antes de participar da meia-maratona, a Sd disputava rústicas. Ao todo, venceu 57 provas, conquistou 50 troféus e 30 medalhas. “Meu objetivo é correr a Maratona de Porto Alegre em maio”, salientou. Apesar da disposição, treinamento de atleta e bons resultados, a Sd não pensa em seguir a carreira esportiva. “Eu não largaria a BM. Correndo não tenho estabilidade financeira. Se tiver uma lesão, vou viver do quê? Nessa prova recebi R$ 600 de prêmio”, lembrou.

Dedicação: Sd Da Luz já conquistou mais de 50 troféus

Por opção, a PM de 26 anos não conta com um patrocinador. Além disso, prefere treinar sozinha ou com um grupo de amigos corredores. “Nunca procurei apoio, porque teria que produzir resultados e perderia o estímulo”, enfatizou. Integrante do 3º BPM, ela contou com o apoio do irmão, o Sd Valdemir, para entrar na corporação. “Eu sempre quis ingressar na BM. E ele sempre me incentivou”, garantiu.

CORREIO BRIGADIANO

GERAL

“Fui corajoso em implementar a ‘Lei Seca’”, diz Mallmann Em entrevista excluiva ao JCB, Del José Francisco Mallmann faz balanço positivo dos seis meses à frente da Secretaria de Segurança Pública Prestes a completar sete meses na SSP, o Del José Francisco Mallmann fez um balanço positivo de seu período à frente da pasta. Em entrevista exclusiva ao JCB, o secretário ressaltou a redução da contrapartida à União em projetos do governo federal, de 20% para 2%, o combate ao consumo excessivo do álcool em bares – Lei Seca – e a redução dos principais índices de criminalidade em outubro como as principais conquistas de sua equipe. “Todos os projetos do governo federal tinham uma contrapartida de 20%. Então não adiantava o Estado apresentar projeto, porque ele não tinha capacidade de implementá-lo por não ter os 20% de contrapartida. Foi uma grande conquista reduzir essa contrapartida de 20% para 2%”, frisou. Além de comemorar a vitória na queda de braço com o governo federal, Mallmann também destacou a redução da maioria dos índices de criminalidade no Estado em outubro. “Conseguimos controlar todos os indicadores. O mais significativo foi o homicídio, que baixamos 36,80%. Conseguimos finalmen-

3º Sgt Rubilar lançará dois livros em 2008

BM intensifica policiamento em Feliz na 14ª Fenamor

GMs apóiam ações e dão maior liberdade aos brigadianos

Desde 2005, a GM de Montenegro tem intensificado os trabalhos de rua. Entre as ações preventivas adotadas pela GM está o patrulhamento escolar. Além de cuidar a circulação dos estudantes, os agentes dão apoio à BM, ao CB e ao Conselho Tutelar da cidade. Este acaba dispensando a presença de brigadianos no atendimento a ocorrências, uma vez que os GMs auxiliam o conselho. Assim, a BM pode concentrar sua atenção para o atendimento de outras ocorrências. Somente entre abril e setembro, houve 70 atendimentos em apoio às atividades dos conselheiros tutelares. O chefe da GM, Alexandre Kerber, destaca o bom entrosamento com os brigadianos. “Nas operações de combate à prostituição infantil, contamos com o suporte dos PMs”, exemplificou. Para o ano que vem, a GM pretende intensificar o patrulhamento em escolas e praças. ALEGRETE – No dia 8 de outubro, a PC prendeu um rapaz de 18 anos com uma pedra de 460 gramas de crack e uma pistola cal 380. A prisão ocorreu na Rodoviária de Alegrete.

Durante a 14ª Festa Nacional das Amoras, Morangos e Chantilly (Fenamor), em Feliz, a 2ª Cia do 27º BPM de Feliz intensificou o policiamento para garantir a tranqüilidade dos visitantes. Entre os dias 10,11,15,17 e 18 de novembro, a BM local terá o reforço de PMs dos municípios de Alto Feliz, Vale Real, São Vendelino e Linha Nova. A expectativa de público para o evento é de 50 mil pessoas. Conforme o 1ºTen CVMI Nilo Sérgio da Rosa, o objetivo dos servidores é manter o índice zero de ocorrências, verificado na edição passada do evento. Segundo ele, apesar do número de PMs usados ser menor em relação ao do ano pas-

PMs reforçam policiamento no local da 14ª Fenamor Obra inicial do PM terá tiragem inicial de 1,5 mil exemplares

sado, a proposta será repetir o resultado positivo e combater, principalmente, o furto de veículos. “No ano passado, contamos com o apoio de 30 alunos Sds”, lembrou.

Encontro em Gravataí debate segurança Com o objetivo de debater os desafios e alternativas para as políticas locais de segurança, foi realizado de 17 a 19 de outubro, em Gravataí, o Encontro Internacional de Segurança Cidadã. Organizado pelo Instituto Latino-Americano das Nações Unidas para a Prevenção do Delito e Tratamento do Delinqüente (Ilanud), Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Frente Nacional dos Prefeitos, Fundação Friederich Ebert (Fies), Instituto Polis, Instituto Sou da

Paz e Un – Habit, o evento contou com a participação do superintendente regional da Polícia Federal no Rio Grande do Sul, Del Ildo Gaspareto, e de integrantes do 17ºBPM, 25ºBPM e 26ºBPM, além de servidores da Reserva. Conforme o 1º Sgt Ernani Carretta Nunes, o encontro foi um marco importante para a segurança pública. “Conhecemos realidades de outros Estados e suas experiências e formas de pensar Segurança Pública”, ressaltou.

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 5

O responsável pela segurança do ministro da Educação, Fernando Haddad, visitou a sede do JCB em 22 de outubro. Trata-se do 3º Sgt Rubilar Carvalho, que na ocasião apresentou suas duas primeiras obras com lançamento no ano que vem. A primeira intitulada “Segurança Pessoal ou Guarda Costas”, estará disponível em março. “É um livro bastante técnico, voltado para profissionais das áreas da segurança pública e privada”, destacou. De acordo com o autor, 90% do livro trata de questões preventivas e pretende iniciar uma discussão sobre as semelhanças entre as duas atividades. “Serão lançados, inicialmente, 1,5 mil exemplares”, frisou. A outra obra, “Ariano”, destaca mais o lado da psicologia pessoal. “Viajei por quatro Estados para buscar inspiração para este título. Trata-se de uma ficção que aborda a questão da psicologia pessoal”, adiantou.

nhando, iniciando. Demos os primeiros passos lação, segundo o secretário, serviu de suporte visando essa integração. É um processo lento para dar continuidade às ações de fiscalização e gradual”, ponderou. Entre as medidas concre- em bares e ruas. “Ninguém nunca teve coragem de fazer tas de ações conjuntas, Mallmann cita a Operação Cadeado e Lei Seca. isso, da Lei Seca. Só se fala, só se coloca, faz Para defender uma das medidas mais con- estatística. Eu lancei isso. O álcool é a quarta droga mais nociva à saútundentes e polêmicas adotadas pela SSP para redu- Todas as desgraças e tragédi- de física e mental. Eu, de zir os índices de violência – as começam a acontecer depois uma forma até corajosa, a Lei Seca – o secretário da meia-noite, quando ninguém fiz isso. Em uma pesquise ampara nas estatísticas. mais bebe com moderação. En- sa, 60% da população “Cerca de 40% dos inquéri- tão, tem duas vertentes de vio- aprovou. Reduzimos em tos existentes hoje na PC lência e criminalidade: a primei- 36% os índices de homisão em conseqüência de ra, bebida alcoólica. É uma si- cídio. Focamos sexta e sáconsumo excessivo de be- tuação prevenível e previsível bado, uma vez que 66,7% dos homicídios acontebida alcoólica. Então, o que eu tenho que fazer como secretário? E gestor? cem nesses dias. Isso significa menos 40% de Em torno de 80% da violência praticada contra inquéritos.” a mulher, o autor está embriagado. Em 78% dos Entre as metas da SSP estão o RS Seguro acidentes de trânsito o condutor embriagado. e Recomeçar, que visam à construção de 15 preEm 80% dos homicídios o matador está embri- sídios, dos quais dez do Estado e cinco da União. agado. Fora isso, há outros crimes. O que eu “Temos que construir porque temos um déficit tenho que fazer?”, salientou. O apoio da popu- de 9 mil vagas. Até 2011, queremos criar 10,2

Mallmann: “Uma das grandes conquistas foi baixar a contrapartida. Isso viabilizou todos os projetos do governo”

te reduzir furto e roubo de veículos, que sempre era uma constante. Isso é fruto de muito trabalho.” Apesar de salientar o bom desempenho dos agentes de segurança, o secretário é taxativo quanto ao relacionamento entre as polícias: “A integração entre as polícias não está em um patamar aceitável. Estamos apenas engati-

mil vagas”, garantiu. Outra meta é a implementação do projeto executivo do Complexo IGP. “O projeto foi aprovado inicialmente em R$ 11 milhões, quando entreguei para o ministro da Justiça, Tarso Genro. Agora conseguimos ampliar para R$ 24 milhões. O ministro garantiu a execução desse projeto”, observou. Além disso, a SSP conseguiu a liberação de mais R$ 5,4 milhões para a construção da Academia Integrada de Segurança Pública (Acisp). Mais do que os objetivos traçados para a SSP, Mallmann destaca o desafio de assumir a pasta. “Abri mão de projetos pessoais, deixei de ser adido da PF num concurso interno que eu tinha passado, que era um dos meus sonhos. Eu não ficaria bem com minha consciência se eu não estivesse cumprindo com essa missão. É meu maior desafio”, reconheceu. Conforme o secretário, o desafio agora é encarar as críticas. “Sempre fui aplaudido na PF. Meu maior desafio é saber como é que eu vou aceitar essas críticas, que virão. Em 33 anos, só recebi elogios. Agora me pus a enfrentar críticas.”


Pág 6 – Setembro/ Outubro 2007

BM Mirim mobiliza Lavras do Sul Um projeto voltado para o resgate dos valores de cidadania e disciplina está contagiando o município de Lavras do Sul. Iniciado no dia 25 de agosto, o BM Mirim beneficia 150 estudantes, de 8 a 13 anos, de dez escolas. Coordenado pelo Cmt da BM, 1º Ten Carlos Alberto de Almeida Dias, o programa já colhe Integração: BM Mirim beneficia 150 crianças de 8 a 13 anos em Lavras do Sul resultados positivos. Com pouco mais de dois da comunidade. “Em princípio, iniciaríamos o meses de aula, os alunos aumentaram suas no- projeto com 50 participantes, mas devido à protas na escola em até 93%. cura triplicamos o número de alunos”, ressalAlém de orientá-los sobre ética e discipli- tou. Para confeccionar as 150 fardas dos PMs na, os PMs desenvolvem oficinas de capoeira, Mirins, o Cmt contou com o suporte dos PMs da xadrez e tênis. “Também realizamos aulas de reserva, que cederam seus uniformes ao projereforço em matérias como Matemática, Portu- to. guês, História, Espanhol e Inglês”, assegurou o O prestígio do programa na cidade pôde 1º Ten Dias. Para tocar o projeto, o Cmt conta ser medido pela presença maciça de pais e pacom o auxílio de três companheiros de farda: 1º rentes de alunos. Na cerimônia da aula inauguSgt Hugo César Pasqualini Garcia, 2º Sgt Luiz ral, o público estimado foi de 1,5 mil pessoas. Fernando Moreira da Silva, 2º Sgt Adão Jesus “A comunidade se envolveu com o projeto, abraRuas Munhos e 3º Sgt Marcílio Silveira Jacb- çou a causa”, salientou. Para o 1º Ten Dias, as sen. “É um trabalho voluntário, que tem o com- aulas recuperam valores esquecidos. “Pretenprometimento de todos nós”, lembrou o Cmt, demos resgatar entre os estudantes valores Mais do que integrar-se com os adolescen- como honestidade, solidariedade, amor e discites, a BM conseguiu aproximar-se ainda mais plina”, assegurou.

Justiça libera PMs suspeitos de formação de quadrilha Um mês após serem presos pela 3ª DPRM de Novo Hamburgo, os quatro PMs suspeitos de formação de quadrilha, roubo a banco e estabelecimentos comerciais daquela cidade foram liberados pela Justiça no dia 31 de outubro.

GERAL

CORREIO BRIGADIANO

Afastados de suas funções, os policiais responderão ao processo em liberdade. Todos são suspeitos de envolvimento na morte do Sd José Luiz Ramires da Rosa, assassinado em 7 de setembro. Onze suspeitos, no entanto, permanecem presos.

Servidores da ativa do IGP têm direito a porte de arma Desde o dia 17 de setembro, os servidores da ativa do Instituto-Geral de Perícias têm direito a porte de arma de fogo. Publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) naquele dia, a lei nº 12.786, de 14 de setembro de 2007, resolve que todos os funcionários pertencentes ao quadro do IGP (médico-legistas, odonto-legistas, auxiliares de perícias, peritos, fotógrafos criminalísticos e papiloscopistas), terão direito ao porte de arma de fogo, exceto os aposentados. As armas serão de propriedade, responsabilidade e guarda do servidor, devendo ser observadas as condições de uso e de armazenagem estabelecidas pela Polícia Federal. A autorização de porte deverá constar na carteira funcional do servidor.

Palestras de trânsito De maio a setembro, em São Martinho, o GRBM de Santo Augusto realizou palestras sobre cuidados e orientações com o trânsito em seis escolas. O projeto atingiu 450 alunos, entre nove e 15 anos, e teve como objetivo formar multiplicadores. Segundo o Cmt da BM, 1º Sgt Lauro Brito Lopes, as informações são úteis para os estudantes. “A população local é composta basicamente por lindeiros, por isso a importância das informações sobre o trânsito”, destacou. Durante o encontro, os PMs ensinaram dicas de comportamento no embarque e desembarque do transporte escolar, a importância do uso do cinto de segurança, cuidados no tráfego de bicicletas pelas vias e comportamento nas estradas.

3ª DPRM faz maior apreensão de maconha do Vale dos Sinos No dia 20 de setembro, PCs da 3ª DPRM fizeram a maior apreensão de maconha da região do Vale dos Sinos: 520 quilos. Denominada “Os Farrapos”, a operação mobilizou 11 agentes, três viaturas e o titular daquela Delegacia, Del João Bancolini. A droga era conduzida por um homem de 32 anos, na BR-116, em uma caminhonete clonada. Ele já tinha passagens por tráfico. O destino do entorpecente era Novo Hamburgo, de onde seria distribuído no Vale dos Sinos. Segundo o inspetor Alex Fabiano Barbosa, os 99 tabletes de maconha encontrados na caçamba do veículo estavam embalados em sacos plásticos. Em abril deste ano, policiais apreenderam 460 quilos da droga. De acordo com o inspetor Alex, este tipo de trabalho é importante. “O consumo da droga está por trás de outros tipos de delitos, como o homicídio em brigas por pontos

Droga seria distribuída na região do Vale dos Sinos

de tráfico”, exemplificou. Segundo ele, a PC dará continuidade às operações preventivas.

Sérgio Fortes deixa a Susepe Após nove meses à frente da Susepe, Sér- gaste com o governo, Mallmann garantiu que a gio Moraes Fortes deixou, no dia 19 de outu- exoneração dele já estava prevista. “Trata-se de uma mudança natural. Quero monbro, o comando da superintendência. tar minha própria equipe”, assegurou. Exonerado do cargo, Fortes declaFortes foi homenageado pelo secrerou desconhecer os motivos de seu tário e recebeu uma placa alusiva aos desligamento. O seu substituto deserviços prestados à segurança púverá ser escolhido pelo secretário da blica gaúcha. SSP, José Francisco Mallmann. O “Minha estada na Susepe foi superintendente substituto Antônio Fortes pautada pela busca de qualificação Bruno de Mello Trindade permanepara o sistema prisional e pela transparência e ce interinamente no cargo. Sobre os rumores de que a saída de For- respeito às deliberações do secretário e do Gotes tenha sido estimulada por um eventual des- verno”, destacou Fortes.

FRONTEIRA OESTE

CORREIO BRIGADIANO

Ten Erneide assume o 2º Pel RS entrega Plano Diretor e aguarda verba da União Com a assinatura do PDSP, União deve liberar recursos para construção de presídio Ambiental de Torres Depois de comandar a BM de Três Cachoeiras, a 1º Ten Erneide Rissardo da Silva tem outro desafio. Desde o dia 17 de setembro ela está à frente do 2º Pel Ambiental de Torres. Com 14 anos de corporação, a 1º Ten pretende dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelo seu antecessor, o 1º Ten Jacir Tadeu Cap Thiago, 1ºTen Jacir e 1ºTen Erneide na passagem de comando em Torres saltou. Ramos da Silva. Única oficial no comando de um Pel no LiOs dois trocaram de cidades. Enquanto a nova Cmt assume o Pel do Litoral, o 1ºTen Ja- toral, a 1º Ten Erneide pretende contar com o cir fica à frente da BM de Três Cachoeiras. So- apoio dos moradores. “Me preocupo com a sibre as metas em Torres, a 1ºTen Erneide ga- tuação do meio ambiente, por isso aceitei esse rante que priorizará as ações de fiscalização desafio. A comunidade ajuda muito através de no município. “Além das ocorrências de des- denúncias. Queremos continuar com esse tramatamento, registramos casos de animais em balho integrado”, ressaltou. Em setembro, o Pel cativeiro, extração ilegal de palmito e pesca pre- registrou 125 construções irregulares à beiradatória, especialmente no Rio Mampituba”, res- mar.

BOE comemora 43 anos

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

Aos servidores integrantes do Corpo de Voluntários dos Militares Estaduais – CVMI Após ser transferido para a reserva, alguns servidores estaduais provenientes da Brigada Militar, ingressam no Corpo de Voluntário de Militares Inativos. Tal retorno objetivava basicamente complementar a renda familiar. No entanto, em janeiro de 1997, o Estado do Rio Grande do Sul, em razão de legislação, reduziu os vencimentos dos servidores que integravam o CVMI, frustrando a expectativa dos mesmos que buscavam melhorar a sua renda, bem como a confiança depositada no ente público. O valor dos vencimentos pago a esses servidores militares, fixados na Lei nº 9.730/92 e posterior na Lei 10.297/94 importava até dezembro de 1996 a quantia de R$ 613,52 (seiscentos e treze reais e cinqüenta e dois centavos) e, com a edição da Lei nº 10.916/97 que estabeleceu uma brusca redução dos vencimentos, passou a ser de R$ 300,00 (trezentos reais). A redução dos vencimentos importou na infringência do princípio constitucional da irredutibilidade de vencimentos, previsto no art. 37, inciso XV, da Constituição Federal de 1988. Em 2005, o Supremo Tribunal Federal – STF reconheceu que a Lei Estadual nº 10.916/97, que reduziu o valor dos vencimentos, imputou grandes prejuízos aos participantes do CVMI, já que os mesmos buscavam a complementação de sua renda, e com esta Lei sofreram reduções drásticas em seus vencimentos. E em junho e julho de 2007, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, através da 3ª e 4ª Câmaras cíveis, modificou seu posicionamento e está declarando a infringência do princípio constitucional de irredutibilidades de vencimentos. Ordenando que o Estado volte a pagar o valor fixado antes da lei que reduziu tais vencimentos. Por isso, integrantes do CVMI, que ingressaram a qualquer momento, devem buscar o direito de retornar a receber a gratificação de R$ 613,52.

Damim & M. Elias – Advocacia e Assessoria Jurídica/ www.damimelias.adv.br

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 11

“Sou feliz por usar esta farda e me orgulho do meu Batalhão”. O trecho da música do BOE, cantado por seus integrantes, no dia 31 de agosto, na comemoração do 43º aniversário da unidade, reflete a alegria dos integrantes em servir na unidade, criada em 1º de setembro de 1964. Entre as autoridades civis e militares que prestigiaram a cerimônia, esteve o primeiro Cmt da unidade, Cel RR Nilo Silva Ferreira. O evento marcou ainda a inauguração do memorial Ten-Cel Rubinei Ricardo da Silva, que esteve à frente do Btl entre abril e dezembro de 1987. À época Cmt do CPC, o Cel Aurélio Ferreira Rodrigues – que comandou o BOE entre julho de 2000 e setembro de 2001–, saudou os colegas de farda. “Guerreiros e guerreiras não devem temer o choque, pois grandes realizações são fruto de grandes sacrifícios”, destacou. O Cmt do BOE, Ten-Cel Jones Calixtrato Barreto dos Santos, destacou a importância histórica dos ex-integrantes. “Ao longo dos anos, inúmeros feitos foram realizados com dedicação, entusiasmo e coragem.Todos inspirados nos policiais que aqui serviram”, discursou. Representantes de torcidas organizadas da dupla Gre-Nal presentearam o Btl com camisetas oficiais dos clubes. Ex-integrantes do BOE também receberam homenagens e desfilaram com os atuais componentes (foto). URUGUAIANA – No dia 12 de setembro, uma operação conjunta envolvendo 17 PMs, dois Del e12 agentes resultou na apreensão de 5.120 pares de tênis falsificados em oito pontos de vendas. Sete proprietários foram notificados com Termo Circunstanciado. De acordo com a titular da 2º DP e da DPPA de Uruguaiana, Del Betina Caumo, existe grande circulação de ar-

tigos piratas. “A apreensão dos materiais contribui um pouco para a reduzir a circulação destes acessórios”, ponderou. De acordo com a Del, o destino dos calçados depende de cada fabricante. “Algumas empresas optam por retirar o selo da marca e doá-los para a caridade”, lembrou. Em quatro anos, foi a terceira operação do gênero realizada na cidade.

A assinatura do Plano Diretor do Sistema Estado, pois a União, através do Pronasci, desPenitenciário (PDSP) gaúcho, no dia 17 de ou- pertou para um problema sério que é o do sistetubro, pode garantir, até o final do ma prisional brasileiro”, avaliou o seano, a liberação de verbas da União cretário da SSP gaúcha, José Franpara a construção de um presídio cisco Mallmann. especial no Estado destinado a joSegundo ele, hoje 90% dos crivens adultos entre 18 e 24 anos. Conmes cometidos no RS são praticaforme a SSP, o estabelecimento pedos por pessoas que deviam estar nal especial terá 421 vagas e custaconvivendo em harmonia com a soMallmann rá R$12 milhões. ciedade, mas às quais não foi dada O PDSP segue diretrizes do governo fede- a oportunidade de ressocialização. “O Plano imral e é constituído por 22 metas. O objetivo é pulsionará a qualificação do sistema penitencipadronizar procedimentos e melhorar as condi- ário gaúcho, permitindo não só a melhoria do ções do presídio. Além disso, é uma exigência tratamento penal e da administração penitencido Programa Nacional de Segurança Pública ária, mas viabilizando a obtenção de recursos com Cidadania (Pronasci) para a liberação de junto ao Pronasci”, ressaltou. De acordo com verbas para investimento na área penitenciá- Mallmann, o governo pretende construir, até ria. “O momento é referencial para o País e o 2010, 15 casas prisionais.

Plano Diretor O Plano Diretor do Sistema Prisional é considerado um instrumento fundamental para a formulação de um retrato atualizado do sistema penitenciário das unidades federativas, e uma medida inicial para a compreensão e o desenvolvimento de ações concretas para o seu aperfeiçoamento. Segue diretrizes do governo federal e é constituído por 22 metas definidas pela União, com o objetivo de padronizar procedimentos e melhorar as condições dos presídios. Este procedimento se constitui em uma das exigências que devem ser preenchidas pelos estados para a liberação de recursos do Pronasci para investimentos na área penitenciária. O RS é o segundo estado da Federação a entregar o Plano.Ê

PC prende líder do tráfico no Morro Santana Uma ação que envolveu a 1ª DIN e as 14ª e 20ª DPs resultou, no dia 19 de outubro, na prisão do líder do tráfico no Morro Santana, em Porto Alegre. Junto com ele, os agentes autuaram em flagrante mais dois homens por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de munição. Os policiais apreenderam ainda uma moto, um veículo, uma balança de precisão, três celulares e sete projéteis de 9mm, além de 20 kg de maconha acondicionados em tijolos. Coordenada pelo titular da 1ª DIN, Del Luiz Fernando Martins de Oliveira, a operação “Colírio” teve início há três meses. “As investigações indicavam que o líder da quadrilha era responsável por 11 homicídios naquela região”, afirmou. Segundo o Del Oliveira, o objetivo é dar prosseguimento às operações para identificar e prender outros indivíduos envolvidos.

BM e PC prendem oito assaltantes em Quaraí Uma operação conjunta entre PC e BM, no dia 24 de setembro, resultou na prisão de oito assaltantes em Quaraí. Eles formavam uma das maiores quadrilhas da cidade, responsável por assaltos e furtos a estabelecimentos rurais. Após a identificação dos criminosos, a titular da 2ª DP de Uruguaiana, Del Betina Caumo foi a Quaraí e confeccionou o mandado de prisão. Conforme a BM, eles usavam veículos preparados para cometer o delito. A Patrulha Rural da Brigada Militar em Quarai, esteve composta pelo Cmt da BM local, 1º Ten Barbosa, os Sd Paiva, Flamarion, Silva, Alexanders, Julio e Joel. Pela PC de Quarai o Inspetor Juliano, e os inspetores Robales, Vitorio e Cabreira, da PC de Uruguaiana.

JCB presta homenagem a Cmts de unidades do CPM Em homenagem ao 6º aniversário do CPM, comemorado em 26 de abril deste ano, o JCB prestou uma homenagem aos Cmts de unidades e aos oficiais do CPM. O gerente de Relações Institucionais do JCB, Cel RR Délbio Ferreira, entregou ao Cmt do CPM, Cel José Luiz da Rosa Silveira, no dia 9 de outubro, em Canoas, na sede do CPM, um quadro de 40 x 60 cm, onde estão os Cmts das nove unidades que compõem o comando da região Metropolitana (foto). “A iniciativa do JCB é maravilhosa. Toda unidade deveria registrar sua história. A foto ficou muito bonita. Fica o nosso sincero agradecimento pela iniciativa”, ressaltou o Cel Silveira.

PC de Uruguaiana apreende 21 caça-níqueis As operações realizadas pela 2ª DP de Uruguaiana têm dado resultados positivos. É o que revela balanço divulgado pela PC no mês de outubro. Entre os dias 15 de setembro e 15 de outubro, foram apreendidos 21 caça-níqueis e recolhidos R$ 550. Conforme a titular daquela delegacia, Del Betina Martins Caumo, devido à quantidade de aparelhos existentes na cidade, o número de equipamentos encontrados é baixo. Segundo ela, apesar de operações exitosas, como a registrada em janeiro deste ano, quando a PC retirou 190 máquinas de circulação e apanhou R$ 67 mil, na maior apreensão do ano, os contraventores têm muita facilidade no trato com os

aparelhos. “Atualmente eles contratam técnicos para fazer a montagem da parte eletrônica no local”, lembrou. Cada caça-níquel é montado ao custo de R$ 2,2 mil. No diálogo com os colegas de ofício, a Del já soube de casos graves. “Há casos em que todo o salário do mês é consumido em dois dias”, relatou. De acordo com a Del, os valores arrecadados ainda acabam financiando delitos como o tráfico de drogas e armas. Ela lamenta a pena branda aos criminosos. “Eles ficam detidos de três meses há um ano. É pouco tempo se levarmos em conta o tamanho do prejuízo pessoal e social destes indivíduos.”


Pág 10 – Setembro/ Outubro 2007

CRPO ALTO DO JACUÍ

CORREIO BRIGADIANO

Família Teixeira encerra ciclo de 54 anos na BM Caminhão reforça CB Misto de Ibirubá Em maio de 1953, Silvestre Teixeira deu inicio à trajetória da família na corporação Ao entrar para a reserva no dia 7 de maio, o 2º Sgt Paulo Roberto Teixeira completou mais um ciclo da história da família Teixeira na BM. Assim como o pai, 3º Sgt RR Silvestre, e o irmão, 1º Ten RR Carlos Alberto, o PM foi para a Reserva. De maio de 1953 até este ano, a família dedicou Carlos Alberto e Paulo Roberto serviram juntos em São João do Polêsine mais de cinco décadas de serdos a respeitar o ser humano acima de tudo, e viços prestados à segurança pública: 54 anos. O respeito pela profissão é um dos pontos isso nos auxiliou muito na hora das abordagens”, destacados pelo 2º Sgt Roberto. “A BM foi tudo relatou. Para homenagear os 16 anos de serviem nossas vidas”, garantiu. Motivados pelo ços prestados à comunidade de Agudo, em exemplo do pai e atraídos pela segurança fi- 2001, os companheiros de farda do patriarca nanceira da profissão, os irmãos ingressaram da família Teixeira na cidade deram o nome do na corporação. “Meu pai estava fardado a mai- Sgt Silvestre a um campo de futebol sete. “É or parte do tempo. Nossa mãe nos apoiou, pois uma demonstração de como ele era querido na já entendia as atribuições do serviço”, lembrou. cidade”, ressaltou. Durante uma década, os irmãos serviram O ano de 1979 marcou a presença do trio na ativa. “Antes de ingressarmos na profissão, juntos. “Em São João do Polêsine todos conhesabíamos da responsabilidade de ser brigadia- cem a saga dos Teixeira”, comentou. Sobre a no”, frisou. Segundo ele, as lições de disciplina, possibilidade de outro integrante da família sereducação e humildade herdadas do pai foram vir na BM, o praça é taxativo: “Por enquanto, importantes para a profissão. “Fomos ensina- não haverá parentes atuando na segurança.”

Nascido em Cachoeira do Sul em 29 de dezembro de 1932, Silvestre Teixeira ingressou na BM em maio de 1953, aos 20 anos. Participou do serviço de guarda do Palácio Piratini. Serviu no 2º Btl de Caçadores, em 3º Sgt Silvestre Santa Maria, de onde foi transferido para Sobradinho. Lá conheceu Maria Olanda Hachbart, com quem se casou e teve três filhos: Carlos Alberto, Jussara Jane e Paulo Roberto. Transferido para Agudo em 1953, o praça trabalhou no município por 16 anos (fato que rendeu uma homenagem dos PMs locais), além de trabalhar em Dona Franscisca, Faxinal do Soturno e Vale Vêneto. Em 1958, passou a Cb, prestando serviço nas cidades de Candelária e Pinheiro. Atingiu o posto de Sgt em 1975 e foi à Reserva cinco anos depois.

BM de Salto do Jacuí intensifica policiamento na Fazenda Umbu

Defrec apreende CD’s e DVD’s piratas em Santa Maria

O CB misto de Ibirubá recebeu, no dia 25 de outubro, um caminhão ABT. Com capacidade para 4,2 mil litros, o veículo ano 1982, trazido da Capital, foi reformado por meio de parceria público-privada. Com o conserto, orçado em R$ 35 mil, o caminhão reforçará a frota, que já conta com um caminhão e um carro. Há onze meses em atividade, o CB misto tem demonstrado estar preparado para atender à população. Até o Cmt da unidade, 3º Sgt Paulo Ricardo Rasia, se diz surpreso. “O apoio da comunidade aos bombeiros é incrível”, ressaltou. Segundo ele, os moradores também reconheceram a agilidade no serviço. “Éramos atendidos pelo CB de Cruz Alta, distante 50 quilômetros daqui. Com uma sede na cidade, aumenta a sensação de segurança dos cidadãos”, lembrou. Além disso, os servidores fazem visitas a escolas e prestam atendimento em acidentes de trânsito. Para 2008, o 3º Sgt Rasia espera contar com um desencarcerador e um PA (aparelho de respiração autônoma), prometidos pelo Cmt de Bombeiros, Cel Sérgio Klunck (na foto recebendo a chave), e a construção de um novo quartel, em conformidade com o padrão da BM.

BM de São Sepé faz a alegria da gurizada com projetos sociais

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

mês, realizamos uma mega operação, com o emprego de 80 policiais e 19 viaturas, mas não encontramos nenhum deles atuando na área”, ressaltou. Em outubro, os PMs apreenderam dois menores. No mês seguinte, no dia 6 de novembro, ocorreu o maior número de prisões: 14. Além disso, a BM apreendeu um menor, 11 pás, 10 picaretas e um facão. “As Operações vão continuar enquanto houver invasão da área, com o objetivo de manter a preservação à propriedade e ao meio ambiente, conforme determinação Judicial.”

Para garantir a segurança de Ibirubá, na região do Alto Jacuí, a BM e a PC trabalham unidas. Conforme o Comissário Jorge Renê Kronhardt, há um bom relacionamento entre PCs e brigadianos, uma vez que o número de servidores das duas instituições favorece a integração. “Sempre que necessário nossos co-irmãos nos prestam apoio e vice-versa”, lembrou. O Cmt da BM do munícipio, Ten Marcos Fernando Bonsoni, concorda com o colega. “A união entre as entidades funciona por aqui, em especial nas grandes operações”, salientou.

Marcha mobiliza servidores da segurança pública na Capital Com o objetivo de protestar e reivindicar melhorias na área da segurança pública, vários servidores da categoria se uniram na tarde de 17 de outubro, no centro da Capital, para dar forma à “Marcha da Dignidade”. A caminhada, organizada pela ASSTBM, AsofBM e Abamf, teve início na praça Brigadeiro Sampaio e terminou no Palácio Piratini. Pelo menos 2 mil pessoas, entre policias militares e civis, se concentraram em frente ao local. Mesmo tendo marcado audiência com a governadora com três semanas de antecedência, os representantes só foram recebidos pelo chefe da Casa Civil, Luiz Fernando Záchia, no dia seguinte. No encontro com o parlamentar, contudo, não houve avanço nas negociações.

Além de exigirem o cumprimento da matriz salarial e de melhores condições de trabalho, os policiais reafirmaram que não aceitarão nenhum projeto que altere seus direitos. “Aumento do tempo de serviço, mudança no plano de carreira e diminuição de vagas, por exemplo, são questões indiscutíveis”, garantiu o presidente da ASSTBM, Ten RR Aparício Santellano. Ele também pediu melhor tratamento do governo. “Já que a segurança pública foi eleita como prioridade pelo Estado, queremos tratamento prioritário também”, desabafou. Conforme o presidente da Asof/BM, TenCel Altair Freitas, em quatro meses o governo mudou o discurso. “Querem alterar direitos fundamentais dos servidores. Somos o segmento mais importante do atual governo e por isso queremos sensibilizar a governadora”, afirmou. De acordo com o vice-presidente da Asof/BM, TenCel Penna Rey, uma operação padrão dos PMs não está descartada. “Estamos preparados para isso, mas são os brigadianos que vão decidir”, garantiu. Presidente da Abamf, o Sd Leonel Lucas saudou o apoio dos representantes do interior. “A manifestação ganhou forma em 18 cidades gaúchas. Queremos que o governo, se não nos der alguma coisa, pelo menos não tire nada”, destacou. Outro ponto alvo de crítica foi o elevado número de PMs mortos este ano. “Perde-

Protesto pacífico: manifestante se vestiu de palhaço

Integração e solidariedade em Palmeira das Missões

Em mais uma operação de combate à pirataria, 14 agentes da Defrec de Santa Maria apreenderam, na manhã do dia 11 de outubro, CD’s e DVD’s piratas. Os policiais estouraram três laboratórios. No local foram encontrados mais de 4 mil exemplares, além de 210 pacotes de cigarros, entre diversos outros objetos, como perfumes, roupas, materiais de cama, computadores, impressoras e gravadores de CD’s e DVD’s. Desde o início do ano, a Defrec já apreendeu mais de 27 mil CD’s e DVD’s.

Com o objetivo de impedir a ação de garimpeiros na fazenda Umbu, no distrito de Capão Bonito, na região do Salto do Jacuí, a BM intensificou as ações de fiscalização. Utilizada para reflorestamento e preservação permanente da mata nativa, a área de 450 hectares tem sido alvo dos garimpeiros, que invadem a propriedade e fazem extração ilegal de pedras ágatas. Conforme o Cmt do 4º Pel, 1ºTen José Anisio Menezes Efel, desde setembro a BM já desenvolveu quatro operações para expulsar os garimpeiros. “No começo daquele

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 7

CORREIO BRIGADIANO

Caminhada no centro da Capital reuniu pelo menos 2 mil pessoas, entre policiais militares e civis e representantes de entidades de classe

O início da “Saga dos Teixeira” na BM

BM e PC trabalham integradas em Ibirubá

CRPO FRONTEIRA OESTE

Pel Mirim formou primeira turma em novembro. Para o próximo ano serão dez candidatos por vaga para o projeto

Desde 2005, a BM de São Sepé tem feito a diferença na rotina das crianças da cidade. Além do Proerd, que já beneficiou cerca de 600 estudantes durante este período, a unidade é pioneira, na região de Santa Maria, na implantação do Pel Mirim, que forma sua primeira tropa em novembro. Conforme o Cmt do 5º Pel do 3º Esquadrão, Ten Jorge Luiz Coelho Piterini, a resposta da população aos projetos realizados tem sido positiva. “Para o Pel Mirim de 2008 teremos 50 vagas à disposição, embora mais de 500 candidatos estejam interessados”, exemplificou. No dia 17 de novembro, os primeiros 42 jovens con-

cluíram o programa. De acordo com o 1ºTen, todos reconhecem a importância do aprendizado. “Ao longo deste período eles aprenderam noções de disciplina, boas maneiras, como marchar e prestar continência”, lembrou. O retorno das atividades sócio-educativas tem sido tão positivo que motivou a criação da Associação de Apoio aos Programas Sociais da BM (AAPROSBM). “Com esta entidade esperamos buscar ainda mais recursos para manter e até ampliar estes trabalhos”, projetou. Para dar continuidade ao aprendizado dos jovens, o Ten Piterini pretende desenvolver um trabalho semelhante ao do Prosepa.

Uma parceria que dura 12 anos. Assim pode ser definida a relação entre bombeiros e moradores de Palmeiras das Missões. Em julho e agosto, os servidores da 4ªSCI intensificaram as ações de prevenção no município. Entre as atividades, a realização da Campanha do Agasalho e um Passeio Bombeiros arrecadaram 10 mil peças de roupas para a Campanha do Agasalho Ciclístico em comemoração ao cinquentenário os bombeiros organizaram um passeio ciclístida unidade. co em comemoração ao cinquentenário da uniMesmo com efetivo reduzido, o Cmt da dade. Entre adultos e crianças, o evento contou 4ªSCI, 1º Ten Germano Angelus Soares, tem com a participação de 135 participantes. Houve se multiplicado à frente do CB. “Gosto de tra- ainda sorteio de três bicicletas. balhar. Tomo iniciativa e vou em busca de meus As atividades voltadas para o público joobjetivos. Temos o apoio integral da comunida- vem, aliás, são rotineiras. “Em parceria com a de, e isso facilita bastante”, reconheceu. Uma secretaria municipal da Saúde, montamos um demonstração do suporte da população ao tra- ponto de vacinação no QG. Depois de vacinabalho da unidade pôde ser comprovada no fi- das, as crianças são levadas para um passeio nal de agosto, quando foram arrecadadas mais pela cidade no caminhão dos bombeiros”, lemde 10 mil peças de roupas para a campanha brou. do agasalho. Além de elogiar os moradores, o Cmt Ger“Um dos fatores que me estimulam a per- mano se orgulha do desempenho dos compamanecer em Palmeiras das Missões é a inte- nheiros de farda. “Tenho uma verdadeira equigração com a comunidade”, revelou. Em julho, pe. O empenho deles é invejável”, afirmou.

Reivindicações das três associações da BM: * cumprimento da matriz salarial; * reajuste salarial e pagamento das promoções; * regulamentação da dedicação exclusiva e adicional noturno; * manutenção dos direitos e vantagens já conquistados; previdência especial, integralidade e paridade salarial na reserva; * preenchimento das mais de 4 mil vagas e valorização dos homens e mulheres da segurança pública.

Caminhada no centro de Porto Alegre contou com a participação de várias entidades da segurança pública

mos 35 PMs. É o índice mais alto dos últimos dez anos”, salientou. A construção de presídios também foi contestada. “O governo pretende fazer quatro presídios. Parece que estão mais preocupados com a situação dos presos. E o PM, onde está? Ele é a parte mais importante”, esbravejou Santellano. A polêmica do “bico” também é uma das questões discutidas pelas categorias. “O ‘bico’ é a extensão do serviço. O PM o faz para subsistência, pois é um trabalho honesto. Propomos o fim do ‘bico’, desde que melhorem a remuneração aos PMs”, frisou o Ten-Cel Altair.

Proerd forma 77 estudantes em Rio Pardo Em mais uma edição daquele que tem sido um dos carros-chefe da BM no combate às drogas, o Proerd formou, no dia 12 de setembro, em Rio Pardo, 77 alunos do projeto. Em cerimônia realizada no Grêmio Recreativo União, os estudantes de 4ª série de três escolas – Ramiz Galvão, Nossa Aparecida e Barro Vermelho –, receberam o diploma de conclusão do curso. Durante o primeiro semestre, os estudantes tiveram 17 lições sobre como evitar o uso das drogas. Responsáveis pelas aulas, o 1º Ten Auri Pedro Londero, 3º Sgt Waldemir Cauduro Rodrigues e Sd José Lip Woyciekoyski Rafo abordaram temas como: segurança pessoal; maneiras de dizer não às ofertas de drogas; abuso e uso de drogas; auto-estima; influência dos meios de comunicação e alternativas para não usar drogas. Os monitores alertaram a garotada sobre os cuidados para evitar a pressão dos companheiros; as conseqüências do uso de drogas lícitas (principalmente o cigarro e álcool) e ilícitas ; noções de cidadania e maneiras de se lidar com as tensões do dia-a-dia. Conforme o Cmt do 2º BPM, Maj Afonso Amaro do Amaral Portella, devido a excelente aceitação pela direção e alunos das escolas, já está prevista a formação de novas turmas ainda este ano.

Na opinião da presidente estadual do Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal (Sinpecpf), Del Cleuza Menezes, a situação financeira da BM gaúcha não é um fato isolado. “Viemos apoiar o movimento e externar que, em nível nacional, o tratamento do governo não é diferente. Vivemos uma crise na segurança brasileira”, opinou. O Sgt RR Lauro José de Castro, o Ferrugem, 63 anos, estava confiante no atendimento às reivindicações. “Estou na reserva desde 1994 e ainda aguardo o pagamento dos precatórios”, afirmou.

Os PMs são contra: * o aumento de tempo de serviço para 35 anos; * fim da paridade salarial entre ativos e inativos; * alteração do plano de carreira sem discussão; * fim da promoção na passagem para a reserva; * concurso público para civil na graduação de Sgt; * não pagamento de horas extras; * não chamamento dos concursados aprovados para BM; * atraso de salários; * ameaça aos direitos dos ME; * falta de efetivo; * não convocação dos reservistas da BM; * sucateamento da frota de viaturas policiais.

Partida de futebol marca o Dia da Reserva Altiva

ÊNo dia 12 de novembro, no campo de futebol do DE/APM, foi realizado um jogo de futebol alusivo ao Dia da Reserva Altiva.Ê A partida ocorreu após a passagem de comando da Legião da Reserva Altiva, e foi prestigiado pelo Comando da Legião e por vários integrantes da Reserva. As equipes da ASSTBM e ABAMF empataram em 2x2. “Foi uma vitória para todos os participantes e para a gloriosa Brigada Militar, reafirmando o compromisso dos nossos brigadianos mais sábios e veteranosÊ com a corporação”, destacou o Maj Jarbas Trois de Avila, Cmt da Escola de Educação Física da BM.

Participe do Grupo de Diabetes da IBCM O grupo é composto pelo Dr. Israel Golbert, Enfª Sandra Freitas, nutricionista Luiza Helena Boeira e a técnica de enfermagem Jane Rocha. o mesmo ocorre na segunda quinta-feira de cada mês, na Policlínica Menino Deus, às 8h30. É importante que o paciente faça acompanhamento médico e participe do grupo de dia-

betes, para prevenir sérias complicações para os olhos, nervos, coração e também pernas e pés. Maiores informações entrar em contato com Enfª Sandra pelo fone: (51) 3230-5539 de segunda a sexta das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30.


Pág 8 – Setembro/ Outubro 2007

Bombeiros auxiliam moradores de Vacaria Temporal do dia 29 de outubro atingiu pelo menos 200 residências do município Ao longo do dia 29 de outubro, o CB de Vacaria mobilizou o efetivo de 20 integrantes para auxiliar os moradores de 200 residências atingidas pelo temporal da noite anterior. Além da chuva, ventos de cerca de 130 km/h causaram estragos em três silos e um aviário, além de derrubar postes de ilumi- Ventos de até 130 Km/h destruíram três silos e derrubaram dez postes de iluminação nação e deixar a cidade sem energia elétrica ao longo do dia. servidores da segurança e das secretarias muSegundo o Cmt de bombeiros local, Cap nicipais foram positivas. “As pessoas estavam Benhur da Silva Pereira, o trabalho de apoio aos mais compenetradas e cientes de sua ação pevacarienses consistiu na colocação de lonas rante o fato”, avaliou. Parte do resultado se deve para cobertura das partes danificadas e a de- a um treinamento de Simulação de Catástrofe, sobstrução de vias interditadas pela queda de realizado em 12 de setembro (ver box), no qual árvores. De acordo com o oficial, este foi o mai- além dos combatentes de incêndio, PMs, GMs, or incidente ocorrido na cidade este ano. “Cer- PCs, empresas ligadas à saúde e integrantes ca de mil pessoas tiveram prejuízos diretamen- da Secretaria da Saúde participaram das inste em suas casas”, lembrou. truções. Como medida preventiva, uma nova siNa avaliação do Cap Benhur, as ações dos mulação deverá ser realizada na cidade.

No dia 12 de setembro, a Escola Estadual Padre Pacífico, foi palco de uma simulação de catástrofe (foto). A instrução, liderada pelo Cmt dos bombeiros vacarienses, Cap Benhur da Silva Pereira, teve como objetivo avaliar a capacidade de atendimento das forças de segurança e da capacidade médica da cidade. Também serviu de aprendizado para professores e alunos que estavam no local. Segundo o Cap Benhur, o resultado da simulação foi positivo.

PCs de Vacaria apreendem nove caça-níqueis portáteis

GMs de Vacaria já usam as Tasers em grandes eventos

Integrantes da DP de Vacaria apreenderam, no dia 24 de setembro, nove caça-níqueis e 40 jogos de baralho. Diferentemente dos convencionais, estes eram portáteis (semelhantes a uma mala de viagem). Um casal foi autuado em flagrante no apartamento, onde estavam dez jogadores. Foi a primeira apreensão deste modelo de equipamento na cidade. De acordo com o titular da DP vacariense, Del Carlos Alberto de Fáveri, este tipo de caçaníquel é novidade no Estado. “Já tinha ouvido falar do uso dele em Santa Catarina. Fiquei surpreso”, relatou. No entanto, o Del afirmou que tem sido realizado um intenso trabalho de combate ao jogo de azar. “Antigamente, cada barzinho tinha um caça-níquel, parecia item obrigatório”, lembrou. Segundo ele, atualmente o número destes aparelhos é quase nulo. “Intensificamos o trabalho contra esta prática para evitar casos como

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

Simulação

Carol Carneiro

Novidade: equipamentos portáteis parecem malas

o de 2005”, relatou. Naquele ano, uma pessoa viciada na jogatina se suicidou após perder grande quantia em dinheiro. O Del admite que o combate à jogatina visa evitar casos como os ocorridos no Rio de Janeiro. “Lá o tráfico é forte e existem disputas por pontos de exploração dos caça-níqueis, pois se trata de uma atividade rentável para os criminosos. Vamos evitar que isso se instaure aqui”, assegurou.

Grume promove 1º Culto Oficial O 1º Culto Oficial do Grupo de Militares e Policiais da Região Serrana em Bento Gonçalves que tem o lema "Vós sois a luz do mundo e o sal da terra". Foi realizado no dia 6 setembro às 20h no clube do Subtenentes e Sargentos do 6º Batalhão de Comunicações do Exército Brasileiro. O dirigente do culto foi o 1º Sgt Bombeiro Luís Antônio Cabral, o preletor foi o Cap do EB DENVER, os louvores ficou a cargo do Pr. João Batista Êda Igreja Batista Nacional Ágape

CRPO SERRA

CORREIO BRIGADIANO

de Bento Gonçalves e Ten RR Ruben dos Santos. Tivemos também a presença do Sgt EB Gilberto, da Sd PM Adriana e Sd PM Claudete, Sgt Valle EB Ê(Pastor daÊ Igreja Comunidade Evangélica onde no dia 22 Set às 20 horas teremos o 1º Encontro do GRUME), a Dcza. Juremir Cabral do Apoio Feminino do GRUME e demais familiares do Grupo. Sentimos a presença de Deus nos abençoando poderosamente naquele ambiente onde a Sua palavra foi ministrada.

Arma já acompanha os GMs desde o dia 30 de julho

Pioneiros na aquisição de Tasers no Estado, os GMs vacarienses já estão com as armas desde 30 de julho. O equipamento tem acompanhado os servidores em grandes eventos, como nos desfiles de 7 e 20 de setembro, que reuniram cerca de 5 mil espectadores cada. “O pessoal ainda tem curiosidade sobre a nova tecnologia e alguns querem saber como funciona”, admitiu o Ouvidor da GM local, inspetor Léo Fiorio. Segundo ele, entre os planos para o ano que vem, está a inclusão de informações sobre as armas para os estudantes, que já recebem dicas sobre o trânsito. Sobre o trabalho da Ouvidoria, Fiorio destaca o saldo positivo do órgão. “A resposta da população tem sido bem proveitosa, em especial pelas atuações de apoio nas fiscalizações aos ambulantes.”

GM de Caxias do Sul busca aproximação com a comunidade Com o objetivo de se aproximar cada vez mais da comunidade, 50 servidores da GM de Caxias do Sul estão orientando palestras para jovens e moradores. De acordo com o diretor da GM, Sebastião Freitas da Silva, ao final das atividades com estudantes e adultos, será elaborada uma apostila Crianças recebem instruções dos servidores: atividade ajuda a mudar visão sobre o GM para esclarecer dúvidas sobre órgãos municipais, que oferecerá instruções aos “Identificamos as necessidades deles, a fim de caxienses. Segundo Silva, as orientações so- tentar solucionar estes problemas”, explicou. bre segurança e os perigos da drogadição visa Para o ano que vem, Silva projeta inverter o cibem mais do que o simples contato com os alu- clo natural da relação empresa-usuário. “Vamos nos. “Queremos quebrar este dogma de que o tentar dialogar com os órgãos para que eles veguarda só vai até a escola quando a criança nham até as pessoas, e não o contrário”, platem alguma atitude errada. Após esta troca de nejou. afeto, elas se aproximam da gente espontaneConforme Silva, um mapeamento da cidaamente e fazem perguntas e revelações”, sali- de, que está em fase de conclusão, agilizará o atendimento de chamados no ano que vem. entou. Além do programa pedagógico, o contato Além disso, a GM dará continuidade ao trabacom os trabalhadores também é exercitado. lho com os estudantes.

3º BPAF reforça tropa veicular com três viaturas O 3º BPAF de Bento Gonçalves recebeu em 9 de outubro o reforço de três novas viaturas (duas doadas pela prefeitura e outra proveniente do Consepro). Os veículos, orçados em R$ 60 mil cada, somaram-se aos 14 já pertencentes à unidade. Além da aquisição, houve o repasse de R$ 25 mil destinados ao conserto dos automóveis. A cerimônia de entrega ocorreu em meio às comemorações pelos 117 anos da cidade. “Com a verba consertamos 11 carros”, lembrou o Cmt da 1ª Cia do 3º BPAF, Cap José Paulo Marinho. De acordo com o oficial, os novos automóveis darão “mais fôlego” à tropa. Para o ano que vem estão previstas a aquisição de coletes, equipamentos de trânsito e suplementos de informáti-

ca. O atual Cmt do 3º BPAF é o Maj Daniel Ramatis dos Santos. Na cerimônia estiveram presentes diversas autoridades. Entre elas, o Cmt Geral da BM, Cel Nilson Nobre Bueno, e o responsável pelo CRPO/Serra, Cel Telmo Machado de Souza.

GRAMADO – No dia 21 de setembro, o Cap Maurício Ferro Corrêa assumiu o comando da 1ªCia do 1ºBPAT de Gramado. Natural de Lagoa Vermelha, o oficial tem 12 anos de Corporação e já trabalhou na cidade entre 1999 e 2004. Sua principal meta será reforçar o equipamento e adqurir novos materiais. “Esperamos contar com o apoio da comunidade e do

Estado para atingir este objetivo”, projetou. Além de contar com a ajuda dos moradores, os brigadianos recebem da prefeitura o auxílio-moradia de R$ 200. Até o final do próximo ano, a expectativa é que sejam adquiridas pistolas, rádio e carabina cal.40. “Queremos manter o patamar atingido pela cidade no ano passado”, frisou.

Frota aumentou em 22% com as novas aquisições

1º CONAME– O 1º Congresso Nacional de Oficiais Militares Estaduais (Coname) foi realizado de 7 a 9 de novembro, em Canela, e reuniu pelo menos 400 policiais militares de todos os estados brasileiros. Organizado em parceria entre BM e Asof/BM, o encontro debateu assuntos voltados à área da segurança pública. Entre os palestrantes, o ex-governador do RS Germano Rigotto; o representante da Polícia Nacional Colombiana, Cel Rodolfo Bautista Palomino Lopez; e o diretor da Secretaria Nacional de Segurança Pública, Ricardo Balestreri. Além das palestras, uma feira de Produtos e Tecnologias de Segurança foi montada no evento.

CRPO VALE DO TAQUARI

CORREIO BRIGADIANO

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 9

Bombeiros de Estrela alertam motoristas Média de acidentes de trânsito subiu 50% desde outubro e tem preocupado bombeiros No período de um ano, o CB de Estrela registrou aumento de 50% dos acidentes de trânsito. Em outubro do ano passado, os bombeiros assinalaram 60 casos. Neste ano, no mesmo mês, foram 90. Na maioria, motociclistas estão envolvidos. Segundo o Cmt da unidade local, Ten João Dailton dos Santos, a média de atendimentos daquele mês foi de três por dia. “O pessoal anda de moto como se estivesse vendo TV, bastante desatentos”, revelou. Do total dos 90 salvamentos, em 72 (80%) as vítimas tiveram fraturas expostas. Na avaliação do oficial, o índice se deve, em parte, à facilidade na aquisição das motos aliada à falta de atenção. “A faixa etária mais afetada é a dos jovens entre 14 e 24 anos, que estão ingressando no mercado de trabalho. Isso traz prejuízos sociais e pessoais”, lamentou. Um dos exemplos que sintetiza o descuido dos condu-

tores ocorreu no dia 23 de setembro. “Num percurso de quatro quilômetros, um carro foi atingido três vezes por motos”, lembrou. Para evitar o aumento dos indicadores, são realizadas palestras nas escolas. O objetivo é conscientizar a população. “Apenas este ano, cerca de 500 alunos das escolas do município receberam instruções sobre acidentes de trânsito e uso de hidrantes. Os moradores se assustam com os elevados números de ocorrências e quase todos garantem já ter presenciado um choque Resgates: em média, bombeiros realizam 90 salvamentos por mês em Estrela de veículos”, destacou. Outra preocupação, segundo o Ten Dail- Treinamento de Habilitação de Guardiões de ton, é com a imprudência nos balneários da re- Balneário”, destacou. O curso terá carga horágião. “Para prevenir incidentes, ministramos o ria de 50 horas/aula. São oferecidas 24 vagas.

1ª Cia Rodoviária participa da 23ª Oktoberfest em Santa Cruz do Sul De 4 a 14 de outubro, durante a 23ª Oktoberfest, a 1ª Cia Rodoviária de Santa Cruz do Sul, em parceria com dois CFCs locais, emitiu 7 mil “carteiras de motorista”. A impressão dos documentos de habilitação para condução de bicicletas fez parte do trabalho preventivo da unidade junto às crianças. Duas empre- Policiais orientam “motoristas” na mini cidade construída ao lado do quiosque do BPRv sas e uma escolinha particidemonstra interesse com as instruções. “Alguns param do projeto. pais também nos indagam sobre temas referenDurante o evento, cerca de 15 mil estu- tes à circulação de veículos”, relatou. dantes, com idades entre um ano e meio e 12 Conforme o Maj, os futuros motoristas já anos receberam material educativo sobre trân- têm consciência e cobram dos pais uma postusito e dicas sobre a importância do uso do ca- ra adequada. “Uma menina de uns três anos, pacete. A criançada assistiu teatro de fantoches, quando ouviu o ensinamento do PM, acabou participou de atividades recreativas e deram lembrando a mãe que ela agia de maneira difeuma volta na mini-cidade montada ao lado do rente”, exemplificou. O contato serviu, ainda, estande dos brigadianos. “Foi um dos maiores para aproximar servidores e comunidade. “Ajueventos que já realizamos. A confecção de car- dou a fortalecer a imagem do policial rodoviário teirinhas foi recorde”, lembrou o Cmt da unida- como um indivíduo que interage com os cidade, Maj Marco Aurélio Almeida Medeiros. dãos. Alguns até quiseram saber informações Segundo ele, não é só a meninada que sobre como incluir na equipe”, relatou.

PMs participam de evento em Anta Gorda No dia 14 de novembro ocorreu, em Anta Gorda, a 1ª Feira da Saúde da Integração. Um dos estandes foi dividido entre os bombeiros de Encantado (que atendem aquele município) e os brigadianos. Ao todo, seis servidores participaram do projeto, que contou com diversas oficinas para visitantes. Pela manhã, os bombeiros fizeram demonstrações de massagem cardíaca e procedimentos de imobilização e primeiros socorros. À tarde, os PMs palestraram sobre prevenção ao uso de entorpecentes. Material informativo sobre o Proerd também foi disponibilizado durante o encontro. “Os pais têm muita curiosidade sobre o projeto e querem saber como evitar a aproximação dos filhos com as drogas”, destacou o Cmt do 3º Pel de Anta Gorda, 1º Ten Cila Rodrigues de Souza. Segundo ele, este tipo de evento é importante para conscientizar a população.

Desmatamento preocupa Grupo Ambiental

Devastação ambiental assusta moradores de Estrela

Nos primeiros dez meses deste ano, o Grupo Ambiental de Estrela já atendeu mais de cem ocorrências relacionadas a crimes contra a flora. Responsável por mais outros 39 municípios do Vale do Taquari, os PMs têm atendido várias ocorrências, principalmente envolvendo desmatamentos e queimadas. Por mês, segundo o Cmt da unidade, 3º Sgt Anestor José de Moura, são atingidas em média áreas que totalizam cerca de 45 hectares. Conforme o 3º Sgt, são pessoas que conhecem as leis. “Existem profissionais com conhecimento dos locais onde é proibido o corte de árvores e mesmo assim liberam esta prática”, frisou. Além do combate às práticas delituosas, os PMs investem na conscientização da população. “No ano passado, orientamos cerca de 6 mil pessoas. Nos encontros passamos dicas sobre quando é necessário fazer uma queimada, informações sobre poluição, mineração e aulas sobre a legislação ambiental”, lembrou. Segundo o 3º Sgt Moura, a BM utiliza fotos tiradas pelos próprios brigadianos para mostrar aos moradores a dimensão do problema. “O pessoal gosta do nosso trabalho e aproveita a ocasião para esclarecer dúvidas. Daremos continuidade às orientações no ano que vem”, salientou.

GMs da Vacaria participam da 9ª SWAT Entre os dias 2 e 9 de novembro, o chefe da GM vacariense Luciano Ramos (na foto, ao centro, com instrutores da Swat) e o inspetor Theo Humenhuk participaram da 9ª SWAT, que reuniu cerca de 160 servidores, entre alunos e instrutores. As aulas aconteceram na sede do Centro Avançado de Técnicas de Imobilização (Cati-Sul). O evento, que contou com a presença de integrantes da SWAT e do Bope, teve como objetivo ensinar as técnicas das melhores polícias do mundo. “Dividi o quarto com um integrante do Bope e pude aprender muito de seus conhecimentos. Foi uma experiência gratificante”, admitiu Ramos. Segundo ele, a troca de conhecimentos entre os servidores foi um dos pontos mais positivos do treinamento. “São diversos macetes que podem ser incrementados ao nosso trabalho, fruto de diversas culturas”, destacou.

Duas das instruções chamaram-lhe a atenção. “A técnica de Low Light (ações com uso de lanternas) e de progressão em favelas podem ser utlilizadas por nós”, lembrou. Outro fato que chamou a atenção foi o tratamento dos orientadores. “Não há distinção de cargos para eles. Todos são como uma grande família que trabalha em prol da segurança”, salientou. No entanto, ao longo do curso foi solicitada a adequação do conhecimento a cada região. “O sistema de progressão pode ser utilizado em operações para garantir a segurança no cemitério da cidade”, exemplificou. Ramos projeta, para o ano que vem, a construção de uma pista de treinamento, onde os GMs poderão aprender algumas das técnicas. “Queremos estar bem equipados para podermos realizar nossa atividade de maneira ainda mais satisfatória”.

DP de Vacaria trabalha com a prevenção ao uso de drogas A DP de Vacaria tem investido forte na prevenção ao uso de entorpecentes. Prova disso são as13 palestras realizadas pelos policiais este ano em escolas, empresas e associação de bairros. No dia 1º de novembro, na sede de uma empresa local, o inspetor João Carlos Pinto de Inspetor João Carlos palestra a funcionários de uma empresa de Vacaria Abreu conversou com 80 funcionários da instituição. Durante o encontro, o Conforme o policial, o retorno dos enconpolicial abordou métodos preventivos e de com- tros é positivo. “Depois de encerrado o encontro, as pessoas conversam comigo nos correbate ao uso de tóxicos. A atividade integrou a Semana Interna de dores para saber maiores informações”, lemPrevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat). Os brou. Outras, visitam a sede da DP. “Eles perparticipantes, com idades entre 18 e 50 anos, cebem que o familiar está com os olhos vermeaprenderam como identificar usuários e formas lhos ou quebrando as coisas em casa e vêm se de abordagem do assunto com os filhos. Segun- informar sobre como proceder”, relatou. Em alguns casos, os jovens são encamido o inspetor Abreu, que faz parte do Conselho Municipal Antidrogas de Vacaria, as dúvidas dos nhados a uma psicóloga do município para repais são variadas. “No início do ano, devido às ceber auxíllio. Para o inspetor, o trabalho eduraves, questionavam-me sobre a balinha (ecs- cativo complementa o de repressão. “Visamos tasy). Agora querem saber sobre o crack”, exem- à prevenção, até por que ela diminui nosso trabalho futuro”, projetou. plificou.


Pág 4 – Setembro/Outubro 2007

CORREIO BRIGADIANO

CLASSIFICADOS

CLASSIFICADOS

CORREIO BRIGADIANO

Setembro/Outubro 2007 – Pág 1

17º BPM forma 1ª turma de PM Mirim Durante dois anos, projeto atingiu 23 jovens em situação de vulnerabilidade social, em Gravataí

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

No dia 9 de novembro, ocorcrack. “Iniciamos o projeto lá, com reu, em Gravataí, a formatura da o objetivo de resgatar a auto-esti1ª turma de PM Mirim do 17º ma destes estudantes e lhes ofeBPM. Iniciado em 28 de maio de recer uma oportunidade”, lem2006, o trabalho social beneficiou brou. 23 jovens, com idades entre dez Além das instruções, dadas e 12 anos. Para o ano que vem, duas vezes por semana, eles parserão oferecidas entre 35 e 40 ticiparam de atividades solidárias. vagas a estudantes da Escola “Os PMs Mirins ajudaram na camCarlos Bina. panha do agasalho, arrecadação Ao longo deste período, 15 de alimentos, preservação do parinstrutores (oito deles PMs volunque da cidade e também repastários) ensinaram aos estudantes saram o conhecimento aos colelições como: educação ambien- Jovens se emocionaram na cerimônia de formatura. Alguns pretendem ser PMs quando crescer gas”, explicou. tal, comportamento no trânsito e aulas de moral tadores, 3º Sgt Eraldo Brum Machado. SegunDe acordo com o praça, devido ao vínculo e cívica. “Nossa intenção era fazer um algo do ele, o trabalho social acolheu jovens de uma criado com os orientadores, alguns acabaram mais pelas crianças”, enfatizou um dos orien- área onde há grande incidência de tráfico de manifestando interesse pela profissão.

“Quartel Legal” aproxima comunidade da BM BM comemora 170º aniversário Em cerimônia realizada no campo da APM, em 19 de novembro, a BM comemorou seus 170 anos, completados no dia anterior. Na ocasião foi lançado oficialmente o novo brasão da corporação. Em seguida autoridades civis e militares receberam homenagens alusivas à data. A governadora Yeda Crusius lembrou do falecimento do Sd Ventura, morto em 8 de novembro. “Homenageio todos os PMs que quedaram corajosamente em batalha. Eles nos dão a referência para nossa coragem”, discursou. Yeda destacou, ainda, o trabalho da BM, ‘que serve como inspiração na construção das bases de um futuro melhor para o Estado’.

Um projeto que teve início em outubro parece ter conquistado definitivamente a população de Alvorada: o Quartel Legal. Idealizado como parte da política de integração do 24ºBPM com a comunidade, o programa contempla, em média, 120 estudantes por mês. Às sextas-feiras, os alunos visitam as dependências do Btl monitorados por uma equipe de PMs. O objetivo é estabelecer vínculos de confiança e proximidade com a populaçÊão e conscientizar os jovens sobre os malefícios do uso de drogas. De acordo com o Sd Osvaldo Elias Valdez, que integra a equipe de dez instrutores, os encontros com a criançada servem para ampliar os trabalhos preventivos desenvolvidos pela corporação.

“Queremos mostrar que existe o cidadão de bem por trás da farda, que somos sensíveis também”, enfatizou. Além do caráter pedagógico, o programa visa à integração da população infantil com a BM. “Selecionamos aqueles estudantes que não participam do Proerd justamente para atingir a maioria”, destacou. Os primeiros encontros já refletiram junto aos pais. “Em uma escola, eles se anteciparam e enviaram um ofício para acompanhar o projeto”, ressaltou. Além disso, o número de trotes para o quartel da BM sofreu uma sensível redução. “O trote para o 190 era freqüente. Com as aulas, teve aluno que entrou em contato conosco e reconheceu que aplicava trotes e estava arrependido”, recordou. Para garantir o desenvolvimento do “Quartel Legal”, a equipe dedica duas horas de folga para ministrar as aulas no Btl.

Integração: PMs estabelecem vínculos com os alunos através das palestras realizadas no projeto “Quartel Legal”


Pág 2 – Setembro/Outubro 2007

CORREIO BRIGADIANO

Em dois meses, BM perde três PMs na Capital

CLASSIFICADOS

1ºBPM completa 115 anos

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

Denarc. Ao descer da viatura e camide assalto e levado um tiro no rosnhar em direção a um casebre, o prato. Amigo do praça há nove anos, ça foi atingido no rosto. No caminho o 3ºSgt Celandrino dos Santos Frapara o hospital, faleceu. Oriundo de ga destacou o companheirismo do uma família de brigadianos, o Sd Venbrigadiano. “Era um Sd 100%. Distura era formado em Direito e pretenciplinado e de fácil relacionamento dia prestar concurso para Oficial ou com praças e oficiais. Todos gosSd Airton Sd Alessander Sd Ventura Delegado e se preparava para o exatavam dele”, relatou. Com 14 anos de corporação, o Sd era casado e tinha duas ma da violência. “De espírito dinâmico e extro- me da OAB. Companheiro de unidade do Sd, o 2º Sgt filhas. vertido, certamente deixará saudades entre seus No caso do Sd Lacerda, a ação dos bandi- pares e superiores hierárquicos”, lembrou. Fi- Marcelo Furtado da Silva ficou revoltado. “Eu dos ocorreu em um posto no centro de Canoas. lho do Sgt RR Osmar Fonseca Lacerda, o PM havia tirado uma foto dele para uma homenagem que faríamos a um Cap uns 40 minutos À paisana, o PM, que estava em férias, teria deixa a esposa e uma filha de cinco anos. Em 8 de novembro, o Sd Ventura partici- antes dele atender à ocorrência”, lembrou. Setentado evitar um assalto, mas acabou levando um tiro na axila esquerda. Levado ao hospital, pou de uma ação na Vila Areia, na Capital. Ele gundo ele, o Sd estava sempre bem disposto. não resistiu ao ferimento. Para o chefe do P-2, e outros cinco brigadianos do 11º BPM se des- “Era uma excelente pessoa e estava cheio de Cap Alexander Pereira Cardozo, o PM foi víti- locaram ao local para dar apoio a agentes do projetos. Foi uma grande perda”, lamentou.

CORREIO BRIGADIANO

Setembro/Outubro 2007 – Pág 3

GM da Capital oferece aulas de boxe para jovens Desde outubro, projeto piloto da Guarda Municipal beneficia dez estudantes da Restinga com idades entre dez e 14 anos

No combate à criminalidade, três Sds de Btl de Porto Alegre tiveram suas vidas interrompidas em confronto com bandidos Em um período de 65 dias, a BM perdeu mais três integrantes no combate à criminalidade. Em 4 de setembro, a vítima foi o Sd Airton de Oliveira Freitas, de 39 anos, da 1ª Cia do 18ºBPM. Um mês depois, em 4 de outubro, a corporação teria mais uma baixa: o Sd Alessander Mer Lacerda, de 26 anos, do 21ºBPM. Em 8 de novembro, foi a vez de o Sd Emerson Cerbercerlaq Ventura, 33 anos, do 1º BPM, perder a vida em confronto na Vila Areia. Os dois últimos eram oriundos de uma família de brigadianos. Alvejado por uma dupla de assaltantes na rua Clodoaldo de Souza Feijó, no centro de Viamão, quando voltava para casa, o Sd Airton não resistiu aos ferimentos. O PM, que estava à paisana, teria reagido à tentativa

CLASSIFICADOS

Uma solenidade no Shopping Praia de Belas, no dia 19 de outubro, marcou as comemorações dos 115 anos do 1º BPM. Mais do que a data de aniversário, o Btl comandado pelo Ten-Cel Ângelo Antônio Vieira da Silva pôde comemorar seus índices no combate à criminalidade. Conforme o Cmt, neste ano o 1º BPM realizou 1.132 prisões – maior número entre as unidades –, apreendeu 221 armas e 66,7 kg de drogas.

Tornar o guarda municipal uma referência para a comunidade. Com este objetivo, a GM da Capital está desenvolvendo aulas de boxe para dez jovens do bairro Restinga. Com idades entre dez e 14 anos, eles fazem parte do projeto “O Caminho do Esporte”, realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Smed). De acordo com o Cmt em exercício da GM da Capital, Roben Rogers, a iniciativa visa tornar o servidor municipal uma referência junto à população e criar um elo entre moradores e BM. “Plantamos uma semente para implementação da GM mirim”, garantiu. Desde outubro, o projeto piloto oferece aulas de boxe duas vezes por semana, no Centro de Formação e Treinamento da GM, no Menino Deus. As aulas são ministradas pelo instrutor Walconi Lucas. “Ele

disponibiliza luvas, ringue, tatame e protetores de cabeça”, lembrou. No entanto, um convênio será firmado para a aquisição de novos materiais para o ano que vem. “Se tivermos sucesso com este trabalho, pretendemos oferecer capoeira e caratê”, adiantou. Inicialmente, o programa será voltado a estudantes da Restinga em situação de vulnerabilidade social. O trabalho pretende ainda mesclar adolescentes problemáticos com alunos exemplares. “Desta forma todos terão oportunidade”, frisou. Desde outubro, a GM realiza palestras em colégios do bairro. Conforme um dos instrutores do Núcleo de Ações Preventivas (NAP), Eliandro Oliveira de Almeida, os encontros nas escolas têm dado resultados positivos. “Estivemos em cinco instituições. Os alunos aprendem

33ºBPM apreende 63 máquinas caça-níqueis

Policiais localizaram softwares dos caça-níqueis

Jovens aprendem noções de boxe e de cidadania. Duas vezes por semana, alunos treinam no Centro de Formação da GM

o que pode ocorrer quando um indivíduo tem conduta em desacordo com a lei. Também alertamos quais as oportunidades para o crescimen-

to pessoal e profissional”, salientou. Para o ano que vem, a idéia é levar as palestras às escolas das zonas Norte e Leste.

No dia 14 de novembro, PMs do 33º BPM realizaram a Operação caça-níqueis, em Sapucaia do Sul. Bares, casas de jogos e lancherias foram vistoriados. Nos locais, a BM apreendeu 63 caça-níqueis (40 em um único estabelecimento) e mais de R$ 3 mil. As placa-mães dos aparelhos foram removidas e serão periciadas.


Pág 2 – Setembro/Outubro 2007

CORREIO BRIGADIANO

Em dois meses, BM perde três PMs na Capital

CLASSIFICADOS

1ºBPM completa 115 anos

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

Denarc. Ao descer da viatura e camide assalto e levado um tiro no rosnhar em direção a um casebre, o prato. Amigo do praça há nove anos, ça foi atingido no rosto. No caminho o 3ºSgt Celandrino dos Santos Frapara o hospital, faleceu. Oriundo de ga destacou o companheirismo do uma família de brigadianos, o Sd Venbrigadiano. “Era um Sd 100%. Distura era formado em Direito e pretenciplinado e de fácil relacionamento dia prestar concurso para Oficial ou com praças e oficiais. Todos gosSd Airton Sd Alessander Sd Ventura Delegado e se preparava para o exatavam dele”, relatou. Com 14 anos de corporação, o Sd era casado e tinha duas ma da violência. “De espírito dinâmico e extro- me da OAB. Companheiro de unidade do Sd, o 2º Sgt filhas. vertido, certamente deixará saudades entre seus No caso do Sd Lacerda, a ação dos bandi- pares e superiores hierárquicos”, lembrou. Fi- Marcelo Furtado da Silva ficou revoltado. “Eu dos ocorreu em um posto no centro de Canoas. lho do Sgt RR Osmar Fonseca Lacerda, o PM havia tirado uma foto dele para uma homenagem que faríamos a um Cap uns 40 minutos À paisana, o PM, que estava em férias, teria deixa a esposa e uma filha de cinco anos. Em 8 de novembro, o Sd Ventura partici- antes dele atender à ocorrência”, lembrou. Setentado evitar um assalto, mas acabou levando um tiro na axila esquerda. Levado ao hospital, pou de uma ação na Vila Areia, na Capital. Ele gundo ele, o Sd estava sempre bem disposto. não resistiu ao ferimento. Para o chefe do P-2, e outros cinco brigadianos do 11º BPM se des- “Era uma excelente pessoa e estava cheio de Cap Alexander Pereira Cardozo, o PM foi víti- locaram ao local para dar apoio a agentes do projetos. Foi uma grande perda”, lamentou.

CORREIO BRIGADIANO

Setembro/Outubro 2007 – Pág 3

GM da Capital oferece aulas de boxe para jovens Desde outubro, projeto piloto da Guarda Municipal beneficia dez estudantes da Restinga com idades entre dez e 14 anos

No combate à criminalidade, três Sds de Btl de Porto Alegre tiveram suas vidas interrompidas em confronto com bandidos Em um período de 65 dias, a BM perdeu mais três integrantes no combate à criminalidade. Em 4 de setembro, a vítima foi o Sd Airton de Oliveira Freitas, de 39 anos, da 1ª Cia do 18ºBPM. Um mês depois, em 4 de outubro, a corporação teria mais uma baixa: o Sd Alessander Mer Lacerda, de 26 anos, do 21ºBPM. Em 8 de novembro, foi a vez de o Sd Emerson Cerbercerlaq Ventura, 33 anos, do 1º BPM, perder a vida em confronto na Vila Areia. Os dois últimos eram oriundos de uma família de brigadianos. Alvejado por uma dupla de assaltantes na rua Clodoaldo de Souza Feijó, no centro de Viamão, quando voltava para casa, o Sd Airton não resistiu aos ferimentos. O PM, que estava à paisana, teria reagido à tentativa

CLASSIFICADOS

Uma solenidade no Shopping Praia de Belas, no dia 19 de outubro, marcou as comemorações dos 115 anos do 1º BPM. Mais do que a data de aniversário, o Btl comandado pelo Ten-Cel Ângelo Antônio Vieira da Silva pôde comemorar seus índices no combate à criminalidade. Conforme o Cmt, neste ano o 1º BPM realizou 1.132 prisões – maior número entre as unidades –, apreendeu 221 armas e 66,7 kg de drogas.

Tornar o guarda municipal uma referência para a comunidade. Com este objetivo, a GM da Capital está desenvolvendo aulas de boxe para dez jovens do bairro Restinga. Com idades entre dez e 14 anos, eles fazem parte do projeto “O Caminho do Esporte”, realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Smed). De acordo com o Cmt em exercício da GM da Capital, Roben Rogers, a iniciativa visa tornar o servidor municipal uma referência junto à população e criar um elo entre moradores e BM. “Plantamos uma semente para implementação da GM mirim”, garantiu. Desde outubro, o projeto piloto oferece aulas de boxe duas vezes por semana, no Centro de Formação e Treinamento da GM, no Menino Deus. As aulas são ministradas pelo instrutor Walconi Lucas. “Ele

disponibiliza luvas, ringue, tatame e protetores de cabeça”, lembrou. No entanto, um convênio será firmado para a aquisição de novos materiais para o ano que vem. “Se tivermos sucesso com este trabalho, pretendemos oferecer capoeira e caratê”, adiantou. Inicialmente, o programa será voltado a estudantes da Restinga em situação de vulnerabilidade social. O trabalho pretende ainda mesclar adolescentes problemáticos com alunos exemplares. “Desta forma todos terão oportunidade”, frisou. Desde outubro, a GM realiza palestras em colégios do bairro. Conforme um dos instrutores do Núcleo de Ações Preventivas (NAP), Eliandro Oliveira de Almeida, os encontros nas escolas têm dado resultados positivos. “Estivemos em cinco instituições. Os alunos aprendem

33ºBPM apreende 63 máquinas caça-níqueis

Policiais localizaram softwares dos caça-níqueis

Jovens aprendem noções de boxe e de cidadania. Duas vezes por semana, alunos treinam no Centro de Formação da GM

o que pode ocorrer quando um indivíduo tem conduta em desacordo com a lei. Também alertamos quais as oportunidades para o crescimen-

to pessoal e profissional”, salientou. Para o ano que vem, a idéia é levar as palestras às escolas das zonas Norte e Leste.

No dia 14 de novembro, PMs do 33º BPM realizaram a Operação caça-níqueis, em Sapucaia do Sul. Bares, casas de jogos e lancherias foram vistoriados. Nos locais, a BM apreendeu 63 caça-níqueis (40 em um único estabelecimento) e mais de R$ 3 mil. As placa-mães dos aparelhos foram removidas e serão periciadas.


Pág 4 – Setembro/Outubro 2007

CORREIO BRIGADIANO

CLASSIFICADOS

CLASSIFICADOS

CORREIO BRIGADIANO

Setembro/Outubro 2007 – Pág 1

17º BPM forma 1ª turma de PM Mirim Durante dois anos, projeto atingiu 23 jovens em situação de vulnerabilidade social, em Gravataí

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

No dia 9 de novembro, ocorcrack. “Iniciamos o projeto lá, com reu, em Gravataí, a formatura da o objetivo de resgatar a auto-esti1ª turma de PM Mirim do 17º ma destes estudantes e lhes ofeBPM. Iniciado em 28 de maio de recer uma oportunidade”, lem2006, o trabalho social beneficiou brou. 23 jovens, com idades entre dez Além das instruções, dadas e 12 anos. Para o ano que vem, duas vezes por semana, eles parserão oferecidas entre 35 e 40 ticiparam de atividades solidárias. vagas a estudantes da Escola “Os PMs Mirins ajudaram na camCarlos Bina. panha do agasalho, arrecadação Ao longo deste período, 15 de alimentos, preservação do parinstrutores (oito deles PMs volunque da cidade e também repastários) ensinaram aos estudantes saram o conhecimento aos colelições como: educação ambien- Jovens se emocionaram na cerimônia de formatura. Alguns pretendem ser PMs quando crescer gas”, explicou. tal, comportamento no trânsito e aulas de moral tadores, 3º Sgt Eraldo Brum Machado. SegunDe acordo com o praça, devido ao vínculo e cívica. “Nossa intenção era fazer um algo do ele, o trabalho social acolheu jovens de uma criado com os orientadores, alguns acabaram mais pelas crianças”, enfatizou um dos orien- área onde há grande incidência de tráfico de manifestando interesse pela profissão.

“Quartel Legal” aproxima comunidade da BM BM comemora 170º aniversário Em cerimônia realizada no campo da APM, em 19 de novembro, a BM comemorou seus 170 anos, completados no dia anterior. Na ocasião foi lançado oficialmente o novo brasão da corporação. Em seguida autoridades civis e militares receberam homenagens alusivas à data. A governadora Yeda Crusius lembrou do falecimento do Sd Ventura, morto em 8 de novembro. “Homenageio todos os PMs que quedaram corajosamente em batalha. Eles nos dão a referência para nossa coragem”, discursou. Yeda destacou, ainda, o trabalho da BM, ‘que serve como inspiração na construção das bases de um futuro melhor para o Estado’.

Um projeto que teve início em outubro parece ter conquistado definitivamente a população de Alvorada: o Quartel Legal. Idealizado como parte da política de integração do 24ºBPM com a comunidade, o programa contempla, em média, 120 estudantes por mês. Às sextas-feiras, os alunos visitam as dependências do Btl monitorados por uma equipe de PMs. O objetivo é estabelecer vínculos de confiança e proximidade com a populaçÊão e conscientizar os jovens sobre os malefícios do uso de drogas. De acordo com o Sd Osvaldo Elias Valdez, que integra a equipe de dez instrutores, os encontros com a criançada servem para ampliar os trabalhos preventivos desenvolvidos pela corporação.

“Queremos mostrar que existe o cidadão de bem por trás da farda, que somos sensíveis também”, enfatizou. Além do caráter pedagógico, o programa visa à integração da população infantil com a BM. “Selecionamos aqueles estudantes que não participam do Proerd justamente para atingir a maioria”, destacou. Os primeiros encontros já refletiram junto aos pais. “Em uma escola, eles se anteciparam e enviaram um ofício para acompanhar o projeto”, ressaltou. Além disso, o número de trotes para o quartel da BM sofreu uma sensível redução. “O trote para o 190 era freqüente. Com as aulas, teve aluno que entrou em contato conosco e reconheceu que aplicava trotes e estava arrependido”, recordou. Para garantir o desenvolvimento do “Quartel Legal”, a equipe dedica duas horas de folga para ministrar as aulas no Btl.

Integração: PMs estabelecem vínculos com os alunos através das palestras realizadas no projeto “Quartel Legal”


Pág 8 – Setembro/ Outubro 2007

Bombeiros auxiliam moradores de Vacaria Temporal do dia 29 de outubro atingiu pelo menos 200 residências do município Ao longo do dia 29 de outubro, o CB de Vacaria mobilizou o efetivo de 20 integrantes para auxiliar os moradores de 200 residências atingidas pelo temporal da noite anterior. Além da chuva, ventos de cerca de 130 km/h causaram estragos em três silos e um aviário, além de derrubar postes de ilumi- Ventos de até 130 Km/h destruíram três silos e derrubaram dez postes de iluminação nação e deixar a cidade sem energia elétrica ao longo do dia. servidores da segurança e das secretarias muSegundo o Cmt de bombeiros local, Cap nicipais foram positivas. “As pessoas estavam Benhur da Silva Pereira, o trabalho de apoio aos mais compenetradas e cientes de sua ação pevacarienses consistiu na colocação de lonas rante o fato”, avaliou. Parte do resultado se deve para cobertura das partes danificadas e a de- a um treinamento de Simulação de Catástrofe, sobstrução de vias interditadas pela queda de realizado em 12 de setembro (ver box), no qual árvores. De acordo com o oficial, este foi o mai- além dos combatentes de incêndio, PMs, GMs, or incidente ocorrido na cidade este ano. “Cer- PCs, empresas ligadas à saúde e integrantes ca de mil pessoas tiveram prejuízos diretamen- da Secretaria da Saúde participaram das inste em suas casas”, lembrou. truções. Como medida preventiva, uma nova siNa avaliação do Cap Benhur, as ações dos mulação deverá ser realizada na cidade.

No dia 12 de setembro, a Escola Estadual Padre Pacífico, foi palco de uma simulação de catástrofe (foto). A instrução, liderada pelo Cmt dos bombeiros vacarienses, Cap Benhur da Silva Pereira, teve como objetivo avaliar a capacidade de atendimento das forças de segurança e da capacidade médica da cidade. Também serviu de aprendizado para professores e alunos que estavam no local. Segundo o Cap Benhur, o resultado da simulação foi positivo.

PCs de Vacaria apreendem nove caça-níqueis portáteis

GMs de Vacaria já usam as Tasers em grandes eventos

Integrantes da DP de Vacaria apreenderam, no dia 24 de setembro, nove caça-níqueis e 40 jogos de baralho. Diferentemente dos convencionais, estes eram portáteis (semelhantes a uma mala de viagem). Um casal foi autuado em flagrante no apartamento, onde estavam dez jogadores. Foi a primeira apreensão deste modelo de equipamento na cidade. De acordo com o titular da DP vacariense, Del Carlos Alberto de Fáveri, este tipo de caçaníquel é novidade no Estado. “Já tinha ouvido falar do uso dele em Santa Catarina. Fiquei surpreso”, relatou. No entanto, o Del afirmou que tem sido realizado um intenso trabalho de combate ao jogo de azar. “Antigamente, cada barzinho tinha um caça-níquel, parecia item obrigatório”, lembrou. Segundo ele, atualmente o número destes aparelhos é quase nulo. “Intensificamos o trabalho contra esta prática para evitar casos como

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

Simulação

Carol Carneiro

Novidade: equipamentos portáteis parecem malas

o de 2005”, relatou. Naquele ano, uma pessoa viciada na jogatina se suicidou após perder grande quantia em dinheiro. O Del admite que o combate à jogatina visa evitar casos como os ocorridos no Rio de Janeiro. “Lá o tráfico é forte e existem disputas por pontos de exploração dos caça-níqueis, pois se trata de uma atividade rentável para os criminosos. Vamos evitar que isso se instaure aqui”, assegurou.

Grume promove 1º Culto Oficial O 1º Culto Oficial do Grupo de Militares e Policiais da Região Serrana em Bento Gonçalves que tem o lema "Vós sois a luz do mundo e o sal da terra". Foi realizado no dia 6 setembro às 20h no clube do Subtenentes e Sargentos do 6º Batalhão de Comunicações do Exército Brasileiro. O dirigente do culto foi o 1º Sgt Bombeiro Luís Antônio Cabral, o preletor foi o Cap do EB DENVER, os louvores ficou a cargo do Pr. João Batista Êda Igreja Batista Nacional Ágape

CRPO SERRA

CORREIO BRIGADIANO

de Bento Gonçalves e Ten RR Ruben dos Santos. Tivemos também a presença do Sgt EB Gilberto, da Sd PM Adriana e Sd PM Claudete, Sgt Valle EB Ê(Pastor daÊ Igreja Comunidade Evangélica onde no dia 22 Set às 20 horas teremos o 1º Encontro do GRUME), a Dcza. Juremir Cabral do Apoio Feminino do GRUME e demais familiares do Grupo. Sentimos a presença de Deus nos abençoando poderosamente naquele ambiente onde a Sua palavra foi ministrada.

Arma já acompanha os GMs desde o dia 30 de julho

Pioneiros na aquisição de Tasers no Estado, os GMs vacarienses já estão com as armas desde 30 de julho. O equipamento tem acompanhado os servidores em grandes eventos, como nos desfiles de 7 e 20 de setembro, que reuniram cerca de 5 mil espectadores cada. “O pessoal ainda tem curiosidade sobre a nova tecnologia e alguns querem saber como funciona”, admitiu o Ouvidor da GM local, inspetor Léo Fiorio. Segundo ele, entre os planos para o ano que vem, está a inclusão de informações sobre as armas para os estudantes, que já recebem dicas sobre o trânsito. Sobre o trabalho da Ouvidoria, Fiorio destaca o saldo positivo do órgão. “A resposta da população tem sido bem proveitosa, em especial pelas atuações de apoio nas fiscalizações aos ambulantes.”

GM de Caxias do Sul busca aproximação com a comunidade Com o objetivo de se aproximar cada vez mais da comunidade, 50 servidores da GM de Caxias do Sul estão orientando palestras para jovens e moradores. De acordo com o diretor da GM, Sebastião Freitas da Silva, ao final das atividades com estudantes e adultos, será elaborada uma apostila Crianças recebem instruções dos servidores: atividade ajuda a mudar visão sobre o GM para esclarecer dúvidas sobre órgãos municipais, que oferecerá instruções aos “Identificamos as necessidades deles, a fim de caxienses. Segundo Silva, as orientações so- tentar solucionar estes problemas”, explicou. bre segurança e os perigos da drogadição visa Para o ano que vem, Silva projeta inverter o cibem mais do que o simples contato com os alu- clo natural da relação empresa-usuário. “Vamos nos. “Queremos quebrar este dogma de que o tentar dialogar com os órgãos para que eles veguarda só vai até a escola quando a criança nham até as pessoas, e não o contrário”, platem alguma atitude errada. Após esta troca de nejou. afeto, elas se aproximam da gente espontaneConforme Silva, um mapeamento da cidaamente e fazem perguntas e revelações”, sali- de, que está em fase de conclusão, agilizará o atendimento de chamados no ano que vem. entou. Além do programa pedagógico, o contato Além disso, a GM dará continuidade ao trabacom os trabalhadores também é exercitado. lho com os estudantes.

3º BPAF reforça tropa veicular com três viaturas O 3º BPAF de Bento Gonçalves recebeu em 9 de outubro o reforço de três novas viaturas (duas doadas pela prefeitura e outra proveniente do Consepro). Os veículos, orçados em R$ 60 mil cada, somaram-se aos 14 já pertencentes à unidade. Além da aquisição, houve o repasse de R$ 25 mil destinados ao conserto dos automóveis. A cerimônia de entrega ocorreu em meio às comemorações pelos 117 anos da cidade. “Com a verba consertamos 11 carros”, lembrou o Cmt da 1ª Cia do 3º BPAF, Cap José Paulo Marinho. De acordo com o oficial, os novos automóveis darão “mais fôlego” à tropa. Para o ano que vem estão previstas a aquisição de coletes, equipamentos de trânsito e suplementos de informáti-

ca. O atual Cmt do 3º BPAF é o Maj Daniel Ramatis dos Santos. Na cerimônia estiveram presentes diversas autoridades. Entre elas, o Cmt Geral da BM, Cel Nilson Nobre Bueno, e o responsável pelo CRPO/Serra, Cel Telmo Machado de Souza.

GRAMADO – No dia 21 de setembro, o Cap Maurício Ferro Corrêa assumiu o comando da 1ªCia do 1ºBPAT de Gramado. Natural de Lagoa Vermelha, o oficial tem 12 anos de Corporação e já trabalhou na cidade entre 1999 e 2004. Sua principal meta será reforçar o equipamento e adqurir novos materiais. “Esperamos contar com o apoio da comunidade e do

Estado para atingir este objetivo”, projetou. Além de contar com a ajuda dos moradores, os brigadianos recebem da prefeitura o auxílio-moradia de R$ 200. Até o final do próximo ano, a expectativa é que sejam adquiridas pistolas, rádio e carabina cal.40. “Queremos manter o patamar atingido pela cidade no ano passado”, frisou.

Frota aumentou em 22% com as novas aquisições

1º CONAME– O 1º Congresso Nacional de Oficiais Militares Estaduais (Coname) foi realizado de 7 a 9 de novembro, em Canela, e reuniu pelo menos 400 policiais militares de todos os estados brasileiros. Organizado em parceria entre BM e Asof/BM, o encontro debateu assuntos voltados à área da segurança pública. Entre os palestrantes, o ex-governador do RS Germano Rigotto; o representante da Polícia Nacional Colombiana, Cel Rodolfo Bautista Palomino Lopez; e o diretor da Secretaria Nacional de Segurança Pública, Ricardo Balestreri. Além das palestras, uma feira de Produtos e Tecnologias de Segurança foi montada no evento.

CRPO VALE DO TAQUARI

CORREIO BRIGADIANO

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 9

Bombeiros de Estrela alertam motoristas Média de acidentes de trânsito subiu 50% desde outubro e tem preocupado bombeiros No período de um ano, o CB de Estrela registrou aumento de 50% dos acidentes de trânsito. Em outubro do ano passado, os bombeiros assinalaram 60 casos. Neste ano, no mesmo mês, foram 90. Na maioria, motociclistas estão envolvidos. Segundo o Cmt da unidade local, Ten João Dailton dos Santos, a média de atendimentos daquele mês foi de três por dia. “O pessoal anda de moto como se estivesse vendo TV, bastante desatentos”, revelou. Do total dos 90 salvamentos, em 72 (80%) as vítimas tiveram fraturas expostas. Na avaliação do oficial, o índice se deve, em parte, à facilidade na aquisição das motos aliada à falta de atenção. “A faixa etária mais afetada é a dos jovens entre 14 e 24 anos, que estão ingressando no mercado de trabalho. Isso traz prejuízos sociais e pessoais”, lamentou. Um dos exemplos que sintetiza o descuido dos condu-

tores ocorreu no dia 23 de setembro. “Num percurso de quatro quilômetros, um carro foi atingido três vezes por motos”, lembrou. Para evitar o aumento dos indicadores, são realizadas palestras nas escolas. O objetivo é conscientizar a população. “Apenas este ano, cerca de 500 alunos das escolas do município receberam instruções sobre acidentes de trânsito e uso de hidrantes. Os moradores se assustam com os elevados números de ocorrências e quase todos garantem já ter presenciado um choque Resgates: em média, bombeiros realizam 90 salvamentos por mês em Estrela de veículos”, destacou. Outra preocupação, segundo o Ten Dail- Treinamento de Habilitação de Guardiões de ton, é com a imprudência nos balneários da re- Balneário”, destacou. O curso terá carga horágião. “Para prevenir incidentes, ministramos o ria de 50 horas/aula. São oferecidas 24 vagas.

1ª Cia Rodoviária participa da 23ª Oktoberfest em Santa Cruz do Sul De 4 a 14 de outubro, durante a 23ª Oktoberfest, a 1ª Cia Rodoviária de Santa Cruz do Sul, em parceria com dois CFCs locais, emitiu 7 mil “carteiras de motorista”. A impressão dos documentos de habilitação para condução de bicicletas fez parte do trabalho preventivo da unidade junto às crianças. Duas empre- Policiais orientam “motoristas” na mini cidade construída ao lado do quiosque do BPRv sas e uma escolinha particidemonstra interesse com as instruções. “Alguns param do projeto. pais também nos indagam sobre temas referenDurante o evento, cerca de 15 mil estu- tes à circulação de veículos”, relatou. dantes, com idades entre um ano e meio e 12 Conforme o Maj, os futuros motoristas já anos receberam material educativo sobre trân- têm consciência e cobram dos pais uma postusito e dicas sobre a importância do uso do ca- ra adequada. “Uma menina de uns três anos, pacete. A criançada assistiu teatro de fantoches, quando ouviu o ensinamento do PM, acabou participou de atividades recreativas e deram lembrando a mãe que ela agia de maneira difeuma volta na mini-cidade montada ao lado do rente”, exemplificou. O contato serviu, ainda, estande dos brigadianos. “Foi um dos maiores para aproximar servidores e comunidade. “Ajueventos que já realizamos. A confecção de car- dou a fortalecer a imagem do policial rodoviário teirinhas foi recorde”, lembrou o Cmt da unida- como um indivíduo que interage com os cidade, Maj Marco Aurélio Almeida Medeiros. dãos. Alguns até quiseram saber informações Segundo ele, não é só a meninada que sobre como incluir na equipe”, relatou.

PMs participam de evento em Anta Gorda No dia 14 de novembro ocorreu, em Anta Gorda, a 1ª Feira da Saúde da Integração. Um dos estandes foi dividido entre os bombeiros de Encantado (que atendem aquele município) e os brigadianos. Ao todo, seis servidores participaram do projeto, que contou com diversas oficinas para visitantes. Pela manhã, os bombeiros fizeram demonstrações de massagem cardíaca e procedimentos de imobilização e primeiros socorros. À tarde, os PMs palestraram sobre prevenção ao uso de entorpecentes. Material informativo sobre o Proerd também foi disponibilizado durante o encontro. “Os pais têm muita curiosidade sobre o projeto e querem saber como evitar a aproximação dos filhos com as drogas”, destacou o Cmt do 3º Pel de Anta Gorda, 1º Ten Cila Rodrigues de Souza. Segundo ele, este tipo de evento é importante para conscientizar a população.

Desmatamento preocupa Grupo Ambiental

Devastação ambiental assusta moradores de Estrela

Nos primeiros dez meses deste ano, o Grupo Ambiental de Estrela já atendeu mais de cem ocorrências relacionadas a crimes contra a flora. Responsável por mais outros 39 municípios do Vale do Taquari, os PMs têm atendido várias ocorrências, principalmente envolvendo desmatamentos e queimadas. Por mês, segundo o Cmt da unidade, 3º Sgt Anestor José de Moura, são atingidas em média áreas que totalizam cerca de 45 hectares. Conforme o 3º Sgt, são pessoas que conhecem as leis. “Existem profissionais com conhecimento dos locais onde é proibido o corte de árvores e mesmo assim liberam esta prática”, frisou. Além do combate às práticas delituosas, os PMs investem na conscientização da população. “No ano passado, orientamos cerca de 6 mil pessoas. Nos encontros passamos dicas sobre quando é necessário fazer uma queimada, informações sobre poluição, mineração e aulas sobre a legislação ambiental”, lembrou. Segundo o 3º Sgt Moura, a BM utiliza fotos tiradas pelos próprios brigadianos para mostrar aos moradores a dimensão do problema. “O pessoal gosta do nosso trabalho e aproveita a ocasião para esclarecer dúvidas. Daremos continuidade às orientações no ano que vem”, salientou.

GMs da Vacaria participam da 9ª SWAT Entre os dias 2 e 9 de novembro, o chefe da GM vacariense Luciano Ramos (na foto, ao centro, com instrutores da Swat) e o inspetor Theo Humenhuk participaram da 9ª SWAT, que reuniu cerca de 160 servidores, entre alunos e instrutores. As aulas aconteceram na sede do Centro Avançado de Técnicas de Imobilização (Cati-Sul). O evento, que contou com a presença de integrantes da SWAT e do Bope, teve como objetivo ensinar as técnicas das melhores polícias do mundo. “Dividi o quarto com um integrante do Bope e pude aprender muito de seus conhecimentos. Foi uma experiência gratificante”, admitiu Ramos. Segundo ele, a troca de conhecimentos entre os servidores foi um dos pontos mais positivos do treinamento. “São diversos macetes que podem ser incrementados ao nosso trabalho, fruto de diversas culturas”, destacou.

Duas das instruções chamaram-lhe a atenção. “A técnica de Low Light (ações com uso de lanternas) e de progressão em favelas podem ser utlilizadas por nós”, lembrou. Outro fato que chamou a atenção foi o tratamento dos orientadores. “Não há distinção de cargos para eles. Todos são como uma grande família que trabalha em prol da segurança”, salientou. No entanto, ao longo do curso foi solicitada a adequação do conhecimento a cada região. “O sistema de progressão pode ser utilizado em operações para garantir a segurança no cemitério da cidade”, exemplificou. Ramos projeta, para o ano que vem, a construção de uma pista de treinamento, onde os GMs poderão aprender algumas das técnicas. “Queremos estar bem equipados para podermos realizar nossa atividade de maneira ainda mais satisfatória”.

DP de Vacaria trabalha com a prevenção ao uso de drogas A DP de Vacaria tem investido forte na prevenção ao uso de entorpecentes. Prova disso são as13 palestras realizadas pelos policiais este ano em escolas, empresas e associação de bairros. No dia 1º de novembro, na sede de uma empresa local, o inspetor João Carlos Pinto de Inspetor João Carlos palestra a funcionários de uma empresa de Vacaria Abreu conversou com 80 funcionários da instituição. Durante o encontro, o Conforme o policial, o retorno dos enconpolicial abordou métodos preventivos e de com- tros é positivo. “Depois de encerrado o encontro, as pessoas conversam comigo nos correbate ao uso de tóxicos. A atividade integrou a Semana Interna de dores para saber maiores informações”, lemPrevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat). Os brou. Outras, visitam a sede da DP. “Eles perparticipantes, com idades entre 18 e 50 anos, cebem que o familiar está com os olhos vermeaprenderam como identificar usuários e formas lhos ou quebrando as coisas em casa e vêm se de abordagem do assunto com os filhos. Segun- informar sobre como proceder”, relatou. Em alguns casos, os jovens são encamido o inspetor Abreu, que faz parte do Conselho Municipal Antidrogas de Vacaria, as dúvidas dos nhados a uma psicóloga do município para repais são variadas. “No início do ano, devido às ceber auxíllio. Para o inspetor, o trabalho eduraves, questionavam-me sobre a balinha (ecs- cativo complementa o de repressão. “Visamos tasy). Agora querem saber sobre o crack”, exem- à prevenção, até por que ela diminui nosso trabalho futuro”, projetou. plificou.


Pág 10 – Setembro/ Outubro 2007

CRPO ALTO DO JACUÍ

CORREIO BRIGADIANO

Família Teixeira encerra ciclo de 54 anos na BM Caminhão reforça CB Misto de Ibirubá Em maio de 1953, Silvestre Teixeira deu inicio à trajetória da família na corporação Ao entrar para a reserva no dia 7 de maio, o 2º Sgt Paulo Roberto Teixeira completou mais um ciclo da história da família Teixeira na BM. Assim como o pai, 3º Sgt RR Silvestre, e o irmão, 1º Ten RR Carlos Alberto, o PM foi para a Reserva. De maio de 1953 até este ano, a família dedicou Carlos Alberto e Paulo Roberto serviram juntos em São João do Polêsine mais de cinco décadas de serdos a respeitar o ser humano acima de tudo, e viços prestados à segurança pública: 54 anos. O respeito pela profissão é um dos pontos isso nos auxiliou muito na hora das abordagens”, destacados pelo 2º Sgt Roberto. “A BM foi tudo relatou. Para homenagear os 16 anos de serviem nossas vidas”, garantiu. Motivados pelo ços prestados à comunidade de Agudo, em exemplo do pai e atraídos pela segurança fi- 2001, os companheiros de farda do patriarca nanceira da profissão, os irmãos ingressaram da família Teixeira na cidade deram o nome do na corporação. “Meu pai estava fardado a mai- Sgt Silvestre a um campo de futebol sete. “É or parte do tempo. Nossa mãe nos apoiou, pois uma demonstração de como ele era querido na já entendia as atribuições do serviço”, lembrou. cidade”, ressaltou. Durante uma década, os irmãos serviram O ano de 1979 marcou a presença do trio na ativa. “Antes de ingressarmos na profissão, juntos. “Em São João do Polêsine todos conhesabíamos da responsabilidade de ser brigadia- cem a saga dos Teixeira”, comentou. Sobre a no”, frisou. Segundo ele, as lições de disciplina, possibilidade de outro integrante da família sereducação e humildade herdadas do pai foram vir na BM, o praça é taxativo: “Por enquanto, importantes para a profissão. “Fomos ensina- não haverá parentes atuando na segurança.”

Nascido em Cachoeira do Sul em 29 de dezembro de 1932, Silvestre Teixeira ingressou na BM em maio de 1953, aos 20 anos. Participou do serviço de guarda do Palácio Piratini. Serviu no 2º Btl de Caçadores, em 3º Sgt Silvestre Santa Maria, de onde foi transferido para Sobradinho. Lá conheceu Maria Olanda Hachbart, com quem se casou e teve três filhos: Carlos Alberto, Jussara Jane e Paulo Roberto. Transferido para Agudo em 1953, o praça trabalhou no município por 16 anos (fato que rendeu uma homenagem dos PMs locais), além de trabalhar em Dona Franscisca, Faxinal do Soturno e Vale Vêneto. Em 1958, passou a Cb, prestando serviço nas cidades de Candelária e Pinheiro. Atingiu o posto de Sgt em 1975 e foi à Reserva cinco anos depois.

BM de Salto do Jacuí intensifica policiamento na Fazenda Umbu

Defrec apreende CD’s e DVD’s piratas em Santa Maria

O CB misto de Ibirubá recebeu, no dia 25 de outubro, um caminhão ABT. Com capacidade para 4,2 mil litros, o veículo ano 1982, trazido da Capital, foi reformado por meio de parceria público-privada. Com o conserto, orçado em R$ 35 mil, o caminhão reforçará a frota, que já conta com um caminhão e um carro. Há onze meses em atividade, o CB misto tem demonstrado estar preparado para atender à população. Até o Cmt da unidade, 3º Sgt Paulo Ricardo Rasia, se diz surpreso. “O apoio da comunidade aos bombeiros é incrível”, ressaltou. Segundo ele, os moradores também reconheceram a agilidade no serviço. “Éramos atendidos pelo CB de Cruz Alta, distante 50 quilômetros daqui. Com uma sede na cidade, aumenta a sensação de segurança dos cidadãos”, lembrou. Além disso, os servidores fazem visitas a escolas e prestam atendimento em acidentes de trânsito. Para 2008, o 3º Sgt Rasia espera contar com um desencarcerador e um PA (aparelho de respiração autônoma), prometidos pelo Cmt de Bombeiros, Cel Sérgio Klunck (na foto recebendo a chave), e a construção de um novo quartel, em conformidade com o padrão da BM.

BM de São Sepé faz a alegria da gurizada com projetos sociais

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

mês, realizamos uma mega operação, com o emprego de 80 policiais e 19 viaturas, mas não encontramos nenhum deles atuando na área”, ressaltou. Em outubro, os PMs apreenderam dois menores. No mês seguinte, no dia 6 de novembro, ocorreu o maior número de prisões: 14. Além disso, a BM apreendeu um menor, 11 pás, 10 picaretas e um facão. “As Operações vão continuar enquanto houver invasão da área, com o objetivo de manter a preservação à propriedade e ao meio ambiente, conforme determinação Judicial.”

Para garantir a segurança de Ibirubá, na região do Alto Jacuí, a BM e a PC trabalham unidas. Conforme o Comissário Jorge Renê Kronhardt, há um bom relacionamento entre PCs e brigadianos, uma vez que o número de servidores das duas instituições favorece a integração. “Sempre que necessário nossos co-irmãos nos prestam apoio e vice-versa”, lembrou. O Cmt da BM do munícipio, Ten Marcos Fernando Bonsoni, concorda com o colega. “A união entre as entidades funciona por aqui, em especial nas grandes operações”, salientou.

Marcha mobiliza servidores da segurança pública na Capital Com o objetivo de protestar e reivindicar melhorias na área da segurança pública, vários servidores da categoria se uniram na tarde de 17 de outubro, no centro da Capital, para dar forma à “Marcha da Dignidade”. A caminhada, organizada pela ASSTBM, AsofBM e Abamf, teve início na praça Brigadeiro Sampaio e terminou no Palácio Piratini. Pelo menos 2 mil pessoas, entre policias militares e civis, se concentraram em frente ao local. Mesmo tendo marcado audiência com a governadora com três semanas de antecedência, os representantes só foram recebidos pelo chefe da Casa Civil, Luiz Fernando Záchia, no dia seguinte. No encontro com o parlamentar, contudo, não houve avanço nas negociações.

Além de exigirem o cumprimento da matriz salarial e de melhores condições de trabalho, os policiais reafirmaram que não aceitarão nenhum projeto que altere seus direitos. “Aumento do tempo de serviço, mudança no plano de carreira e diminuição de vagas, por exemplo, são questões indiscutíveis”, garantiu o presidente da ASSTBM, Ten RR Aparício Santellano. Ele também pediu melhor tratamento do governo. “Já que a segurança pública foi eleita como prioridade pelo Estado, queremos tratamento prioritário também”, desabafou. Conforme o presidente da Asof/BM, TenCel Altair Freitas, em quatro meses o governo mudou o discurso. “Querem alterar direitos fundamentais dos servidores. Somos o segmento mais importante do atual governo e por isso queremos sensibilizar a governadora”, afirmou. De acordo com o vice-presidente da Asof/BM, TenCel Penna Rey, uma operação padrão dos PMs não está descartada. “Estamos preparados para isso, mas são os brigadianos que vão decidir”, garantiu. Presidente da Abamf, o Sd Leonel Lucas saudou o apoio dos representantes do interior. “A manifestação ganhou forma em 18 cidades gaúchas. Queremos que o governo, se não nos der alguma coisa, pelo menos não tire nada”, destacou. Outro ponto alvo de crítica foi o elevado número de PMs mortos este ano. “Perde-

Protesto pacífico: manifestante se vestiu de palhaço

Integração e solidariedade em Palmeira das Missões

Em mais uma operação de combate à pirataria, 14 agentes da Defrec de Santa Maria apreenderam, na manhã do dia 11 de outubro, CD’s e DVD’s piratas. Os policiais estouraram três laboratórios. No local foram encontrados mais de 4 mil exemplares, além de 210 pacotes de cigarros, entre diversos outros objetos, como perfumes, roupas, materiais de cama, computadores, impressoras e gravadores de CD’s e DVD’s. Desde o início do ano, a Defrec já apreendeu mais de 27 mil CD’s e DVD’s.

Com o objetivo de impedir a ação de garimpeiros na fazenda Umbu, no distrito de Capão Bonito, na região do Salto do Jacuí, a BM intensificou as ações de fiscalização. Utilizada para reflorestamento e preservação permanente da mata nativa, a área de 450 hectares tem sido alvo dos garimpeiros, que invadem a propriedade e fazem extração ilegal de pedras ágatas. Conforme o Cmt do 4º Pel, 1ºTen José Anisio Menezes Efel, desde setembro a BM já desenvolveu quatro operações para expulsar os garimpeiros. “No começo daquele

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 7

CORREIO BRIGADIANO

Caminhada no centro da Capital reuniu pelo menos 2 mil pessoas, entre policiais militares e civis e representantes de entidades de classe

O início da “Saga dos Teixeira” na BM

BM e PC trabalham integradas em Ibirubá

CRPO FRONTEIRA OESTE

Pel Mirim formou primeira turma em novembro. Para o próximo ano serão dez candidatos por vaga para o projeto

Desde 2005, a BM de São Sepé tem feito a diferença na rotina das crianças da cidade. Além do Proerd, que já beneficiou cerca de 600 estudantes durante este período, a unidade é pioneira, na região de Santa Maria, na implantação do Pel Mirim, que forma sua primeira tropa em novembro. Conforme o Cmt do 5º Pel do 3º Esquadrão, Ten Jorge Luiz Coelho Piterini, a resposta da população aos projetos realizados tem sido positiva. “Para o Pel Mirim de 2008 teremos 50 vagas à disposição, embora mais de 500 candidatos estejam interessados”, exemplificou. No dia 17 de novembro, os primeiros 42 jovens con-

cluíram o programa. De acordo com o 1ºTen, todos reconhecem a importância do aprendizado. “Ao longo deste período eles aprenderam noções de disciplina, boas maneiras, como marchar e prestar continência”, lembrou. O retorno das atividades sócio-educativas tem sido tão positivo que motivou a criação da Associação de Apoio aos Programas Sociais da BM (AAPROSBM). “Com esta entidade esperamos buscar ainda mais recursos para manter e até ampliar estes trabalhos”, projetou. Para dar continuidade ao aprendizado dos jovens, o Ten Piterini pretende desenvolver um trabalho semelhante ao do Prosepa.

Uma parceria que dura 12 anos. Assim pode ser definida a relação entre bombeiros e moradores de Palmeiras das Missões. Em julho e agosto, os servidores da 4ªSCI intensificaram as ações de prevenção no município. Entre as atividades, a realização da Campanha do Agasalho e um Passeio Bombeiros arrecadaram 10 mil peças de roupas para a Campanha do Agasalho Ciclístico em comemoração ao cinquentenário os bombeiros organizaram um passeio ciclístida unidade. co em comemoração ao cinquentenário da uniMesmo com efetivo reduzido, o Cmt da dade. Entre adultos e crianças, o evento contou 4ªSCI, 1º Ten Germano Angelus Soares, tem com a participação de 135 participantes. Houve se multiplicado à frente do CB. “Gosto de tra- ainda sorteio de três bicicletas. balhar. Tomo iniciativa e vou em busca de meus As atividades voltadas para o público joobjetivos. Temos o apoio integral da comunida- vem, aliás, são rotineiras. “Em parceria com a de, e isso facilita bastante”, reconheceu. Uma secretaria municipal da Saúde, montamos um demonstração do suporte da população ao tra- ponto de vacinação no QG. Depois de vacinabalho da unidade pôde ser comprovada no fi- das, as crianças são levadas para um passeio nal de agosto, quando foram arrecadadas mais pela cidade no caminhão dos bombeiros”, lemde 10 mil peças de roupas para a campanha brou. do agasalho. Além de elogiar os moradores, o Cmt Ger“Um dos fatores que me estimulam a per- mano se orgulha do desempenho dos compamanecer em Palmeiras das Missões é a inte- nheiros de farda. “Tenho uma verdadeira equigração com a comunidade”, revelou. Em julho, pe. O empenho deles é invejável”, afirmou.

Reivindicações das três associações da BM: * cumprimento da matriz salarial; * reajuste salarial e pagamento das promoções; * regulamentação da dedicação exclusiva e adicional noturno; * manutenção dos direitos e vantagens já conquistados; previdência especial, integralidade e paridade salarial na reserva; * preenchimento das mais de 4 mil vagas e valorização dos homens e mulheres da segurança pública.

Caminhada no centro de Porto Alegre contou com a participação de várias entidades da segurança pública

mos 35 PMs. É o índice mais alto dos últimos dez anos”, salientou. A construção de presídios também foi contestada. “O governo pretende fazer quatro presídios. Parece que estão mais preocupados com a situação dos presos. E o PM, onde está? Ele é a parte mais importante”, esbravejou Santellano. A polêmica do “bico” também é uma das questões discutidas pelas categorias. “O ‘bico’ é a extensão do serviço. O PM o faz para subsistência, pois é um trabalho honesto. Propomos o fim do ‘bico’, desde que melhorem a remuneração aos PMs”, frisou o Ten-Cel Altair.

Proerd forma 77 estudantes em Rio Pardo Em mais uma edição daquele que tem sido um dos carros-chefe da BM no combate às drogas, o Proerd formou, no dia 12 de setembro, em Rio Pardo, 77 alunos do projeto. Em cerimônia realizada no Grêmio Recreativo União, os estudantes de 4ª série de três escolas – Ramiz Galvão, Nossa Aparecida e Barro Vermelho –, receberam o diploma de conclusão do curso. Durante o primeiro semestre, os estudantes tiveram 17 lições sobre como evitar o uso das drogas. Responsáveis pelas aulas, o 1º Ten Auri Pedro Londero, 3º Sgt Waldemir Cauduro Rodrigues e Sd José Lip Woyciekoyski Rafo abordaram temas como: segurança pessoal; maneiras de dizer não às ofertas de drogas; abuso e uso de drogas; auto-estima; influência dos meios de comunicação e alternativas para não usar drogas. Os monitores alertaram a garotada sobre os cuidados para evitar a pressão dos companheiros; as conseqüências do uso de drogas lícitas (principalmente o cigarro e álcool) e ilícitas ; noções de cidadania e maneiras de se lidar com as tensões do dia-a-dia. Conforme o Cmt do 2º BPM, Maj Afonso Amaro do Amaral Portella, devido a excelente aceitação pela direção e alunos das escolas, já está prevista a formação de novas turmas ainda este ano.

Na opinião da presidente estadual do Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal (Sinpecpf), Del Cleuza Menezes, a situação financeira da BM gaúcha não é um fato isolado. “Viemos apoiar o movimento e externar que, em nível nacional, o tratamento do governo não é diferente. Vivemos uma crise na segurança brasileira”, opinou. O Sgt RR Lauro José de Castro, o Ferrugem, 63 anos, estava confiante no atendimento às reivindicações. “Estou na reserva desde 1994 e ainda aguardo o pagamento dos precatórios”, afirmou.

Os PMs são contra: * o aumento de tempo de serviço para 35 anos; * fim da paridade salarial entre ativos e inativos; * alteração do plano de carreira sem discussão; * fim da promoção na passagem para a reserva; * concurso público para civil na graduação de Sgt; * não pagamento de horas extras; * não chamamento dos concursados aprovados para BM; * atraso de salários; * ameaça aos direitos dos ME; * falta de efetivo; * não convocação dos reservistas da BM; * sucateamento da frota de viaturas policiais.

Partida de futebol marca o Dia da Reserva Altiva

ÊNo dia 12 de novembro, no campo de futebol do DE/APM, foi realizado um jogo de futebol alusivo ao Dia da Reserva Altiva.Ê A partida ocorreu após a passagem de comando da Legião da Reserva Altiva, e foi prestigiado pelo Comando da Legião e por vários integrantes da Reserva. As equipes da ASSTBM e ABAMF empataram em 2x2. “Foi uma vitória para todos os participantes e para a gloriosa Brigada Militar, reafirmando o compromisso dos nossos brigadianos mais sábios e veteranosÊ com a corporação”, destacou o Maj Jarbas Trois de Avila, Cmt da Escola de Educação Física da BM.

Participe do Grupo de Diabetes da IBCM O grupo é composto pelo Dr. Israel Golbert, Enfª Sandra Freitas, nutricionista Luiza Helena Boeira e a técnica de enfermagem Jane Rocha. o mesmo ocorre na segunda quinta-feira de cada mês, na Policlínica Menino Deus, às 8h30. É importante que o paciente faça acompanhamento médico e participe do grupo de dia-

betes, para prevenir sérias complicações para os olhos, nervos, coração e também pernas e pés. Maiores informações entrar em contato com Enfª Sandra pelo fone: (51) 3230-5539 de segunda a sexta das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30.


Pág 6 – Setembro/ Outubro 2007

BM Mirim mobiliza Lavras do Sul Um projeto voltado para o resgate dos valores de cidadania e disciplina está contagiando o município de Lavras do Sul. Iniciado no dia 25 de agosto, o BM Mirim beneficia 150 estudantes, de 8 a 13 anos, de dez escolas. Coordenado pelo Cmt da BM, 1º Ten Carlos Alberto de Almeida Dias, o programa já colhe Integração: BM Mirim beneficia 150 crianças de 8 a 13 anos em Lavras do Sul resultados positivos. Com pouco mais de dois da comunidade. “Em princípio, iniciaríamos o meses de aula, os alunos aumentaram suas no- projeto com 50 participantes, mas devido à protas na escola em até 93%. cura triplicamos o número de alunos”, ressalAlém de orientá-los sobre ética e discipli- tou. Para confeccionar as 150 fardas dos PMs na, os PMs desenvolvem oficinas de capoeira, Mirins, o Cmt contou com o suporte dos PMs da xadrez e tênis. “Também realizamos aulas de reserva, que cederam seus uniformes ao projereforço em matérias como Matemática, Portu- to. guês, História, Espanhol e Inglês”, assegurou o O prestígio do programa na cidade pôde 1º Ten Dias. Para tocar o projeto, o Cmt conta ser medido pela presença maciça de pais e pacom o auxílio de três companheiros de farda: 1º rentes de alunos. Na cerimônia da aula inauguSgt Hugo César Pasqualini Garcia, 2º Sgt Luiz ral, o público estimado foi de 1,5 mil pessoas. Fernando Moreira da Silva, 2º Sgt Adão Jesus “A comunidade se envolveu com o projeto, abraRuas Munhos e 3º Sgt Marcílio Silveira Jacb- çou a causa”, salientou. Para o 1º Ten Dias, as sen. “É um trabalho voluntário, que tem o com- aulas recuperam valores esquecidos. “Pretenprometimento de todos nós”, lembrou o Cmt, demos resgatar entre os estudantes valores Mais do que integrar-se com os adolescen- como honestidade, solidariedade, amor e discites, a BM conseguiu aproximar-se ainda mais plina”, assegurou.

Justiça libera PMs suspeitos de formação de quadrilha Um mês após serem presos pela 3ª DPRM de Novo Hamburgo, os quatro PMs suspeitos de formação de quadrilha, roubo a banco e estabelecimentos comerciais daquela cidade foram liberados pela Justiça no dia 31 de outubro.

GERAL

CORREIO BRIGADIANO

Afastados de suas funções, os policiais responderão ao processo em liberdade. Todos são suspeitos de envolvimento na morte do Sd José Luiz Ramires da Rosa, assassinado em 7 de setembro. Onze suspeitos, no entanto, permanecem presos.

Servidores da ativa do IGP têm direito a porte de arma Desde o dia 17 de setembro, os servidores da ativa do Instituto-Geral de Perícias têm direito a porte de arma de fogo. Publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) naquele dia, a lei nº 12.786, de 14 de setembro de 2007, resolve que todos os funcionários pertencentes ao quadro do IGP (médico-legistas, odonto-legistas, auxiliares de perícias, peritos, fotógrafos criminalísticos e papiloscopistas), terão direito ao porte de arma de fogo, exceto os aposentados. As armas serão de propriedade, responsabilidade e guarda do servidor, devendo ser observadas as condições de uso e de armazenagem estabelecidas pela Polícia Federal. A autorização de porte deverá constar na carteira funcional do servidor.

Palestras de trânsito De maio a setembro, em São Martinho, o GRBM de Santo Augusto realizou palestras sobre cuidados e orientações com o trânsito em seis escolas. O projeto atingiu 450 alunos, entre nove e 15 anos, e teve como objetivo formar multiplicadores. Segundo o Cmt da BM, 1º Sgt Lauro Brito Lopes, as informações são úteis para os estudantes. “A população local é composta basicamente por lindeiros, por isso a importância das informações sobre o trânsito”, destacou. Durante o encontro, os PMs ensinaram dicas de comportamento no embarque e desembarque do transporte escolar, a importância do uso do cinto de segurança, cuidados no tráfego de bicicletas pelas vias e comportamento nas estradas.

3ª DPRM faz maior apreensão de maconha do Vale dos Sinos No dia 20 de setembro, PCs da 3ª DPRM fizeram a maior apreensão de maconha da região do Vale dos Sinos: 520 quilos. Denominada “Os Farrapos”, a operação mobilizou 11 agentes, três viaturas e o titular daquela Delegacia, Del João Bancolini. A droga era conduzida por um homem de 32 anos, na BR-116, em uma caminhonete clonada. Ele já tinha passagens por tráfico. O destino do entorpecente era Novo Hamburgo, de onde seria distribuído no Vale dos Sinos. Segundo o inspetor Alex Fabiano Barbosa, os 99 tabletes de maconha encontrados na caçamba do veículo estavam embalados em sacos plásticos. Em abril deste ano, policiais apreenderam 460 quilos da droga. De acordo com o inspetor Alex, este tipo de trabalho é importante. “O consumo da droga está por trás de outros tipos de delitos, como o homicídio em brigas por pontos

Droga seria distribuída na região do Vale dos Sinos

de tráfico”, exemplificou. Segundo ele, a PC dará continuidade às operações preventivas.

Sérgio Fortes deixa a Susepe Após nove meses à frente da Susepe, Sér- gaste com o governo, Mallmann garantiu que a gio Moraes Fortes deixou, no dia 19 de outu- exoneração dele já estava prevista. “Trata-se de uma mudança natural. Quero monbro, o comando da superintendência. tar minha própria equipe”, assegurou. Exonerado do cargo, Fortes declaFortes foi homenageado pelo secrerou desconhecer os motivos de seu tário e recebeu uma placa alusiva aos desligamento. O seu substituto deserviços prestados à segurança púverá ser escolhido pelo secretário da blica gaúcha. SSP, José Francisco Mallmann. O “Minha estada na Susepe foi superintendente substituto Antônio Fortes pautada pela busca de qualificação Bruno de Mello Trindade permanepara o sistema prisional e pela transparência e ce interinamente no cargo. Sobre os rumores de que a saída de For- respeito às deliberações do secretário e do Gotes tenha sido estimulada por um eventual des- verno”, destacou Fortes.

FRONTEIRA OESTE

CORREIO BRIGADIANO

Ten Erneide assume o 2º Pel RS entrega Plano Diretor e aguarda verba da União Com a assinatura do PDSP, União deve liberar recursos para construção de presídio Ambiental de Torres Depois de comandar a BM de Três Cachoeiras, a 1º Ten Erneide Rissardo da Silva tem outro desafio. Desde o dia 17 de setembro ela está à frente do 2º Pel Ambiental de Torres. Com 14 anos de corporação, a 1º Ten pretende dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelo seu antecessor, o 1º Ten Jacir Tadeu Cap Thiago, 1ºTen Jacir e 1ºTen Erneide na passagem de comando em Torres saltou. Ramos da Silva. Única oficial no comando de um Pel no LiOs dois trocaram de cidades. Enquanto a nova Cmt assume o Pel do Litoral, o 1ºTen Ja- toral, a 1º Ten Erneide pretende contar com o cir fica à frente da BM de Três Cachoeiras. So- apoio dos moradores. “Me preocupo com a sibre as metas em Torres, a 1ºTen Erneide ga- tuação do meio ambiente, por isso aceitei esse rante que priorizará as ações de fiscalização desafio. A comunidade ajuda muito através de no município. “Além das ocorrências de des- denúncias. Queremos continuar com esse tramatamento, registramos casos de animais em balho integrado”, ressaltou. Em setembro, o Pel cativeiro, extração ilegal de palmito e pesca pre- registrou 125 construções irregulares à beiradatória, especialmente no Rio Mampituba”, res- mar.

BOE comemora 43 anos

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

Aos servidores integrantes do Corpo de Voluntários dos Militares Estaduais – CVMI Após ser transferido para a reserva, alguns servidores estaduais provenientes da Brigada Militar, ingressam no Corpo de Voluntário de Militares Inativos. Tal retorno objetivava basicamente complementar a renda familiar. No entanto, em janeiro de 1997, o Estado do Rio Grande do Sul, em razão de legislação, reduziu os vencimentos dos servidores que integravam o CVMI, frustrando a expectativa dos mesmos que buscavam melhorar a sua renda, bem como a confiança depositada no ente público. O valor dos vencimentos pago a esses servidores militares, fixados na Lei nº 9.730/92 e posterior na Lei 10.297/94 importava até dezembro de 1996 a quantia de R$ 613,52 (seiscentos e treze reais e cinqüenta e dois centavos) e, com a edição da Lei nº 10.916/97 que estabeleceu uma brusca redução dos vencimentos, passou a ser de R$ 300,00 (trezentos reais). A redução dos vencimentos importou na infringência do princípio constitucional da irredutibilidade de vencimentos, previsto no art. 37, inciso XV, da Constituição Federal de 1988. Em 2005, o Supremo Tribunal Federal – STF reconheceu que a Lei Estadual nº 10.916/97, que reduziu o valor dos vencimentos, imputou grandes prejuízos aos participantes do CVMI, já que os mesmos buscavam a complementação de sua renda, e com esta Lei sofreram reduções drásticas em seus vencimentos. E em junho e julho de 2007, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, através da 3ª e 4ª Câmaras cíveis, modificou seu posicionamento e está declarando a infringência do princípio constitucional de irredutibilidades de vencimentos. Ordenando que o Estado volte a pagar o valor fixado antes da lei que reduziu tais vencimentos. Por isso, integrantes do CVMI, que ingressaram a qualquer momento, devem buscar o direito de retornar a receber a gratificação de R$ 613,52.

Damim & M. Elias – Advocacia e Assessoria Jurídica/ www.damimelias.adv.br

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 11

“Sou feliz por usar esta farda e me orgulho do meu Batalhão”. O trecho da música do BOE, cantado por seus integrantes, no dia 31 de agosto, na comemoração do 43º aniversário da unidade, reflete a alegria dos integrantes em servir na unidade, criada em 1º de setembro de 1964. Entre as autoridades civis e militares que prestigiaram a cerimônia, esteve o primeiro Cmt da unidade, Cel RR Nilo Silva Ferreira. O evento marcou ainda a inauguração do memorial Ten-Cel Rubinei Ricardo da Silva, que esteve à frente do Btl entre abril e dezembro de 1987. À época Cmt do CPC, o Cel Aurélio Ferreira Rodrigues – que comandou o BOE entre julho de 2000 e setembro de 2001–, saudou os colegas de farda. “Guerreiros e guerreiras não devem temer o choque, pois grandes realizações são fruto de grandes sacrifícios”, destacou. O Cmt do BOE, Ten-Cel Jones Calixtrato Barreto dos Santos, destacou a importância histórica dos ex-integrantes. “Ao longo dos anos, inúmeros feitos foram realizados com dedicação, entusiasmo e coragem.Todos inspirados nos policiais que aqui serviram”, discursou. Representantes de torcidas organizadas da dupla Gre-Nal presentearam o Btl com camisetas oficiais dos clubes. Ex-integrantes do BOE também receberam homenagens e desfilaram com os atuais componentes (foto). URUGUAIANA – No dia 12 de setembro, uma operação conjunta envolvendo 17 PMs, dois Del e12 agentes resultou na apreensão de 5.120 pares de tênis falsificados em oito pontos de vendas. Sete proprietários foram notificados com Termo Circunstanciado. De acordo com a titular da 2º DP e da DPPA de Uruguaiana, Del Betina Caumo, existe grande circulação de ar-

tigos piratas. “A apreensão dos materiais contribui um pouco para a reduzir a circulação destes acessórios”, ponderou. De acordo com a Del, o destino dos calçados depende de cada fabricante. “Algumas empresas optam por retirar o selo da marca e doá-los para a caridade”, lembrou. Em quatro anos, foi a terceira operação do gênero realizada na cidade.

A assinatura do Plano Diretor do Sistema Estado, pois a União, através do Pronasci, desPenitenciário (PDSP) gaúcho, no dia 17 de ou- pertou para um problema sério que é o do sistetubro, pode garantir, até o final do ma prisional brasileiro”, avaliou o seano, a liberação de verbas da União cretário da SSP gaúcha, José Franpara a construção de um presídio cisco Mallmann. especial no Estado destinado a joSegundo ele, hoje 90% dos crivens adultos entre 18 e 24 anos. Conmes cometidos no RS são praticaforme a SSP, o estabelecimento pedos por pessoas que deviam estar nal especial terá 421 vagas e custaconvivendo em harmonia com a soMallmann rá R$12 milhões. ciedade, mas às quais não foi dada O PDSP segue diretrizes do governo fede- a oportunidade de ressocialização. “O Plano imral e é constituído por 22 metas. O objetivo é pulsionará a qualificação do sistema penitencipadronizar procedimentos e melhorar as condi- ário gaúcho, permitindo não só a melhoria do ções do presídio. Além disso, é uma exigência tratamento penal e da administração penitencido Programa Nacional de Segurança Pública ária, mas viabilizando a obtenção de recursos com Cidadania (Pronasci) para a liberação de junto ao Pronasci”, ressaltou. De acordo com verbas para investimento na área penitenciá- Mallmann, o governo pretende construir, até ria. “O momento é referencial para o País e o 2010, 15 casas prisionais.

Plano Diretor O Plano Diretor do Sistema Prisional é considerado um instrumento fundamental para a formulação de um retrato atualizado do sistema penitenciário das unidades federativas, e uma medida inicial para a compreensão e o desenvolvimento de ações concretas para o seu aperfeiçoamento. Segue diretrizes do governo federal e é constituído por 22 metas definidas pela União, com o objetivo de padronizar procedimentos e melhorar as condições dos presídios. Este procedimento se constitui em uma das exigências que devem ser preenchidas pelos estados para a liberação de recursos do Pronasci para investimentos na área penitenciária. O RS é o segundo estado da Federação a entregar o Plano.Ê

PC prende líder do tráfico no Morro Santana Uma ação que envolveu a 1ª DIN e as 14ª e 20ª DPs resultou, no dia 19 de outubro, na prisão do líder do tráfico no Morro Santana, em Porto Alegre. Junto com ele, os agentes autuaram em flagrante mais dois homens por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de munição. Os policiais apreenderam ainda uma moto, um veículo, uma balança de precisão, três celulares e sete projéteis de 9mm, além de 20 kg de maconha acondicionados em tijolos. Coordenada pelo titular da 1ª DIN, Del Luiz Fernando Martins de Oliveira, a operação “Colírio” teve início há três meses. “As investigações indicavam que o líder da quadrilha era responsável por 11 homicídios naquela região”, afirmou. Segundo o Del Oliveira, o objetivo é dar prosseguimento às operações para identificar e prender outros indivíduos envolvidos.

BM e PC prendem oito assaltantes em Quaraí Uma operação conjunta entre PC e BM, no dia 24 de setembro, resultou na prisão de oito assaltantes em Quaraí. Eles formavam uma das maiores quadrilhas da cidade, responsável por assaltos e furtos a estabelecimentos rurais. Após a identificação dos criminosos, a titular da 2ª DP de Uruguaiana, Del Betina Caumo foi a Quaraí e confeccionou o mandado de prisão. Conforme a BM, eles usavam veículos preparados para cometer o delito. A Patrulha Rural da Brigada Militar em Quarai, esteve composta pelo Cmt da BM local, 1º Ten Barbosa, os Sd Paiva, Flamarion, Silva, Alexanders, Julio e Joel. Pela PC de Quarai o Inspetor Juliano, e os inspetores Robales, Vitorio e Cabreira, da PC de Uruguaiana.

JCB presta homenagem a Cmts de unidades do CPM Em homenagem ao 6º aniversário do CPM, comemorado em 26 de abril deste ano, o JCB prestou uma homenagem aos Cmts de unidades e aos oficiais do CPM. O gerente de Relações Institucionais do JCB, Cel RR Délbio Ferreira, entregou ao Cmt do CPM, Cel José Luiz da Rosa Silveira, no dia 9 de outubro, em Canoas, na sede do CPM, um quadro de 40 x 60 cm, onde estão os Cmts das nove unidades que compõem o comando da região Metropolitana (foto). “A iniciativa do JCB é maravilhosa. Toda unidade deveria registrar sua história. A foto ficou muito bonita. Fica o nosso sincero agradecimento pela iniciativa”, ressaltou o Cel Silveira.

PC de Uruguaiana apreende 21 caça-níqueis As operações realizadas pela 2ª DP de Uruguaiana têm dado resultados positivos. É o que revela balanço divulgado pela PC no mês de outubro. Entre os dias 15 de setembro e 15 de outubro, foram apreendidos 21 caça-níqueis e recolhidos R$ 550. Conforme a titular daquela delegacia, Del Betina Martins Caumo, devido à quantidade de aparelhos existentes na cidade, o número de equipamentos encontrados é baixo. Segundo ela, apesar de operações exitosas, como a registrada em janeiro deste ano, quando a PC retirou 190 máquinas de circulação e apanhou R$ 67 mil, na maior apreensão do ano, os contraventores têm muita facilidade no trato com os

aparelhos. “Atualmente eles contratam técnicos para fazer a montagem da parte eletrônica no local”, lembrou. Cada caça-níquel é montado ao custo de R$ 2,2 mil. No diálogo com os colegas de ofício, a Del já soube de casos graves. “Há casos em que todo o salário do mês é consumido em dois dias”, relatou. De acordo com a Del, os valores arrecadados ainda acabam financiando delitos como o tráfico de drogas e armas. Ela lamenta a pena branda aos criminosos. “Eles ficam detidos de três meses há um ano. É pouco tempo se levarmos em conta o tamanho do prejuízo pessoal e social destes indivíduos.”


CORREIO BRIGADIANO

Pág 12– Setembro/ Outubro 2007

CRPO VALE DO CAÍ

Bombeiros salvam população de enchente Sd Clarice da Luz vence 1ª Meia Enchente do dia 25 de setembro assolou São Sebastião do Caí e deixou 65% da cidade coberta por água A atuação heróica dos bombeiros voluntários de São Sebastião do Caí e de integrantes do GBS impediu que a enchente que tomou conta de 65% da cidade, no dia 25 de setembro, tivesse maiores conseqüências. Considerada a pior desde 2000, quando o Rio Caí atingiu 14m75cm acima do nível normal, desta vez a água atingiu praticamente o mesmo índice:14m60cm. Conforme o Subcmt dos bombeiros voluntários, Anderson Josiel da Rosa, durante três dias os bombeiros receberam pelo menos 2 mil chamadas para atendimento. “Mobilizamos praticamente todo nosso efetivo de 20 pessoas. Trabalhamos praticamente 72 horas sem parar, com pouco tempo de descanso”, garantiu. Segundo Anderson, algumas pessoas ainda reclamaram do atendimento. “Priorizamos os casos mais graves. Às vezes, na hora do medo, as pessoas não compreendem”, lembrou. Além dos bombeiros voluntários, o salvamento contou com a participação de 11 bombeiros do GBS. O grupo atendeu os moradores

Ousadia, valentia e dedicação: Bombeiros utilizaram bote para salvar moradores que ficaram isolados pela enchente

do bairro Quintana e salvou 109 pessoas, entre crianças e adultos. Além disso, resgataram 14 animais. Conforme o Maj Humberto Teixeira dos Santos, que coordenou a ação no bairro, os bombeiros utilizaram botes durante a enchente. “Salvamos pessoas que estavam ‘ilhadas’ em

Prosepa muda a vida de 65 jovens em Montenegro Iniciado em 2004, em Montenegro, o trabalho do Prosepa tem feito a diferença na vida de jovens entre 14 e 18 anos. Até novembro, o programa formará 65 alunos em quatro cursos profissionalizantes: instalador elétrico, instalador hidráulico, cozinheiro e informática. Segundo o coordenador do programa na cidade, Cap Claudiomir Souza de Oliveira, os ganhos dos adolescentes são grandes. “Existe o retorno profissional dos que ingressam no mercado de trabalho, o retorno econômico daque- União: estudantes criam laços de amizade com colaboradores e colegas les que utlizam seus conhecimentos para aju- mo após a término do período de ensino. “Este dar em casa e o ganho afetivo da interação com ano, ao contratar uma empresa particular para colegas e instrutores”, ressaltou. Cerca de 30 realizar um serviço elétrico em minha casa, me colaboradores estão envolvidos no trabalho, que deparei com um ex-aluno. Foi gratificante”, afirconta, ainda, com aulas de música, capoeira, mou. coral e banda. O retorno das empresas sobre o trabalho De acordo com o oficial, os próprios alu- dos formandos é satisfatório. “Recebemos elonos se tornam os maiores divulgadores do Pro- gios dos empregadores. É uma recompensa sepa. “Eles comentam em casa e com os ami- para gente”, comemorou. Devido às instruções gos os benefícios do aprendizado, despertan- de ordem unida e disciplina, alguns rapazes têm do o interesse dos outros”, lembrou. O reconhe- até mais facilidade na hora de ingressar no exércimento pelas lições ensinadas perdura mes- cito.

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

SALVADOR DO SUL – Entre 14 e 19 de novembro, ocorre em Salvador do Sul a 7ª Festur. Para garantir a tranqüilidade dos cerca de 20 mil visitantes, a BM montou um esquema de segurança reforçado, que conta com o apoio de PMs de Montenegro. Segundo o Cmt do Pel de Salvador do Sul, 1º Ten Éverson Rogério Flores, o objetivo é montar postos de vigilância nos pórticos de entrada do município. “Atuamos nas demais edições da festa, que ocorre bianualmente, e queremos manter o índice zero de ocorrências de vultos neste ano também”, reforçou.

suas residências e locais de trabalho, sendo utilizado para isso botes e barcos”, lembrou. Entre bombeiros do GBS e do 2º CRB participaram, além do Maj Teixeira, o Ten Madruga; os Sgt Job, Pompeu, Ronaldo e Procksch; e os Sd Pradier, Gaier, Antonini, Clairton e Haupenthal.

Trabalho de GMs agiliza atuação de brigadianos

Maratona do Servidor Público Uma atividade que era apenas um hobby para a Sd Clarice da Luz Santos passou a fazer parte do seu dia-a-dia: correr. Mesmo participando de rústicas e meias-maratonas “sem compromisso”, ela conquistou em outubro o 1º lugar da 1ª Meia Maratona do Servidor Público, completando a prova de 21 quilômetros em 1h23min. Na classificação geral, ficou em 90º lugar, entre seiscentos corredores. Estudante de Educação Física, a PM se dedica ao esporte há dois anos. “Treino todos os dias. Quando estou estressada, faço da corrida a minha terapia”, destacou. Nem os contratempos com as escalas de serviço atrapalham a rotina da Sd. “Já treinei em horários variados, como às 4h e às 22h, mas não é sempre”, ressaltou. Antes de participar da meia-maratona, a Sd disputava rústicas. Ao todo, venceu 57 provas, conquistou 50 troféus e 30 medalhas. “Meu objetivo é correr a Maratona de Porto Alegre em maio”, salientou. Apesar da disposição, treinamento de atleta e bons resultados, a Sd não pensa em seguir a carreira esportiva. “Eu não largaria a BM. Correndo não tenho estabilidade financeira. Se tiver uma lesão, vou viver do quê? Nessa prova recebi R$ 600 de prêmio”, lembrou.

Dedicação: Sd Da Luz já conquistou mais de 50 troféus

Por opção, a PM de 26 anos não conta com um patrocinador. Além disso, prefere treinar sozinha ou com um grupo de amigos corredores. “Nunca procurei apoio, porque teria que produzir resultados e perderia o estímulo”, enfatizou. Integrante do 3º BPM, ela contou com o apoio do irmão, o Sd Valdemir, para entrar na corporação. “Eu sempre quis ingressar na BM. E ele sempre me incentivou”, garantiu.

CORREIO BRIGADIANO

GERAL

“Fui corajoso em implementar a ‘Lei Seca’”, diz Mallmann Em entrevista excluiva ao JCB, Del José Francisco Mallmann faz balanço positivo dos seis meses à frente da Secretaria de Segurança Pública Prestes a completar sete meses na SSP, o Del José Francisco Mallmann fez um balanço positivo de seu período à frente da pasta. Em entrevista exclusiva ao JCB, o secretário ressaltou a redução da contrapartida à União em projetos do governo federal, de 20% para 2%, o combate ao consumo excessivo do álcool em bares – Lei Seca – e a redução dos principais índices de criminalidade em outubro como as principais conquistas de sua equipe. “Todos os projetos do governo federal tinham uma contrapartida de 20%. Então não adiantava o Estado apresentar projeto, porque ele não tinha capacidade de implementá-lo por não ter os 20% de contrapartida. Foi uma grande conquista reduzir essa contrapartida de 20% para 2%”, frisou. Além de comemorar a vitória na queda de braço com o governo federal, Mallmann também destacou a redução da maioria dos índices de criminalidade no Estado em outubro. “Conseguimos controlar todos os indicadores. O mais significativo foi o homicídio, que baixamos 36,80%. Conseguimos finalmen-

3º Sgt Rubilar lançará dois livros em 2008

BM intensifica policiamento em Feliz na 14ª Fenamor

GMs apóiam ações e dão maior liberdade aos brigadianos

Desde 2005, a GM de Montenegro tem intensificado os trabalhos de rua. Entre as ações preventivas adotadas pela GM está o patrulhamento escolar. Além de cuidar a circulação dos estudantes, os agentes dão apoio à BM, ao CB e ao Conselho Tutelar da cidade. Este acaba dispensando a presença de brigadianos no atendimento a ocorrências, uma vez que os GMs auxiliam o conselho. Assim, a BM pode concentrar sua atenção para o atendimento de outras ocorrências. Somente entre abril e setembro, houve 70 atendimentos em apoio às atividades dos conselheiros tutelares. O chefe da GM, Alexandre Kerber, destaca o bom entrosamento com os brigadianos. “Nas operações de combate à prostituição infantil, contamos com o suporte dos PMs”, exemplificou. Para o ano que vem, a GM pretende intensificar o patrulhamento em escolas e praças. ALEGRETE – No dia 8 de outubro, a PC prendeu um rapaz de 18 anos com uma pedra de 460 gramas de crack e uma pistola cal 380. A prisão ocorreu na Rodoviária de Alegrete.

Durante a 14ª Festa Nacional das Amoras, Morangos e Chantilly (Fenamor), em Feliz, a 2ª Cia do 27º BPM de Feliz intensificou o policiamento para garantir a tranqüilidade dos visitantes. Entre os dias 10,11,15,17 e 18 de novembro, a BM local terá o reforço de PMs dos municípios de Alto Feliz, Vale Real, São Vendelino e Linha Nova. A expectativa de público para o evento é de 50 mil pessoas. Conforme o 1ºTen CVMI Nilo Sérgio da Rosa, o objetivo dos servidores é manter o índice zero de ocorrências, verificado na edição passada do evento. Segundo ele, apesar do número de PMs usados ser menor em relação ao do ano pas-

PMs reforçam policiamento no local da 14ª Fenamor Obra inicial do PM terá tiragem inicial de 1,5 mil exemplares

sado, a proposta será repetir o resultado positivo e combater, principalmente, o furto de veículos. “No ano passado, contamos com o apoio de 30 alunos Sds”, lembrou.

Encontro em Gravataí debate segurança Com o objetivo de debater os desafios e alternativas para as políticas locais de segurança, foi realizado de 17 a 19 de outubro, em Gravataí, o Encontro Internacional de Segurança Cidadã. Organizado pelo Instituto Latino-Americano das Nações Unidas para a Prevenção do Delito e Tratamento do Delinqüente (Ilanud), Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Frente Nacional dos Prefeitos, Fundação Friederich Ebert (Fies), Instituto Polis, Instituto Sou da

Paz e Un – Habit, o evento contou com a participação do superintendente regional da Polícia Federal no Rio Grande do Sul, Del Ildo Gaspareto, e de integrantes do 17ºBPM, 25ºBPM e 26ºBPM, além de servidores da Reserva. Conforme o 1º Sgt Ernani Carretta Nunes, o encontro foi um marco importante para a segurança pública. “Conhecemos realidades de outros Estados e suas experiências e formas de pensar Segurança Pública”, ressaltou.

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 5

O responsável pela segurança do ministro da Educação, Fernando Haddad, visitou a sede do JCB em 22 de outubro. Trata-se do 3º Sgt Rubilar Carvalho, que na ocasião apresentou suas duas primeiras obras com lançamento no ano que vem. A primeira intitulada “Segurança Pessoal ou Guarda Costas”, estará disponível em março. “É um livro bastante técnico, voltado para profissionais das áreas da segurança pública e privada”, destacou. De acordo com o autor, 90% do livro trata de questões preventivas e pretende iniciar uma discussão sobre as semelhanças entre as duas atividades. “Serão lançados, inicialmente, 1,5 mil exemplares”, frisou. A outra obra, “Ariano”, destaca mais o lado da psicologia pessoal. “Viajei por quatro Estados para buscar inspiração para este título. Trata-se de uma ficção que aborda a questão da psicologia pessoal”, adiantou.

nhando, iniciando. Demos os primeiros passos lação, segundo o secretário, serviu de suporte visando essa integração. É um processo lento para dar continuidade às ações de fiscalização e gradual”, ponderou. Entre as medidas concre- em bares e ruas. “Ninguém nunca teve coragem de fazer tas de ações conjuntas, Mallmann cita a Operação Cadeado e Lei Seca. isso, da Lei Seca. Só se fala, só se coloca, faz Para defender uma das medidas mais con- estatística. Eu lancei isso. O álcool é a quarta droga mais nociva à saútundentes e polêmicas adotadas pela SSP para redu- Todas as desgraças e tragédi- de física e mental. Eu, de zir os índices de violência – as começam a acontecer depois uma forma até corajosa, a Lei Seca – o secretário da meia-noite, quando ninguém fiz isso. Em uma pesquise ampara nas estatísticas. mais bebe com moderação. En- sa, 60% da população “Cerca de 40% dos inquéri- tão, tem duas vertentes de vio- aprovou. Reduzimos em tos existentes hoje na PC lência e criminalidade: a primei- 36% os índices de homisão em conseqüência de ra, bebida alcoólica. É uma si- cídio. Focamos sexta e sáconsumo excessivo de be- tuação prevenível e previsível bado, uma vez que 66,7% dos homicídios acontebida alcoólica. Então, o que eu tenho que fazer como secretário? E gestor? cem nesses dias. Isso significa menos 40% de Em torno de 80% da violência praticada contra inquéritos.” a mulher, o autor está embriagado. Em 78% dos Entre as metas da SSP estão o RS Seguro acidentes de trânsito o condutor embriagado. e Recomeçar, que visam à construção de 15 preEm 80% dos homicídios o matador está embri- sídios, dos quais dez do Estado e cinco da União. agado. Fora isso, há outros crimes. O que eu “Temos que construir porque temos um déficit tenho que fazer?”, salientou. O apoio da popu- de 9 mil vagas. Até 2011, queremos criar 10,2

Mallmann: “Uma das grandes conquistas foi baixar a contrapartida. Isso viabilizou todos os projetos do governo”

te reduzir furto e roubo de veículos, que sempre era uma constante. Isso é fruto de muito trabalho.” Apesar de salientar o bom desempenho dos agentes de segurança, o secretário é taxativo quanto ao relacionamento entre as polícias: “A integração entre as polícias não está em um patamar aceitável. Estamos apenas engati-

mil vagas”, garantiu. Outra meta é a implementação do projeto executivo do Complexo IGP. “O projeto foi aprovado inicialmente em R$ 11 milhões, quando entreguei para o ministro da Justiça, Tarso Genro. Agora conseguimos ampliar para R$ 24 milhões. O ministro garantiu a execução desse projeto”, observou. Além disso, a SSP conseguiu a liberação de mais R$ 5,4 milhões para a construção da Academia Integrada de Segurança Pública (Acisp). Mais do que os objetivos traçados para a SSP, Mallmann destaca o desafio de assumir a pasta. “Abri mão de projetos pessoais, deixei de ser adido da PF num concurso interno que eu tinha passado, que era um dos meus sonhos. Eu não ficaria bem com minha consciência se eu não estivesse cumprindo com essa missão. É meu maior desafio”, reconheceu. Conforme o secretário, o desafio agora é encarar as críticas. “Sempre fui aplaudido na PF. Meu maior desafio é saber como é que eu vou aceitar essas críticas, que virão. Em 33 anos, só recebi elogios. Agora me pus a enfrentar críticas.”


Pág 4 – Setembro/ Outubro 2007

GERAL

CORREIO BRIGADIANO

Sd Cúrcio retoma Movimento dos Direitos Humanos na BM Chargista do JCB, Sd Cúrcio ficará à frente do trabalho em prol dos DH na BM e terá apoio do Cel RR Neme Em 1999, uma série de reportagens realizadas pelo JCB sobre o “bando Konrad” (ver box) mobilizou a BM e a imprensa gaúcha. O caso motivou o Cel RR Emílio João Pedro Neme a iniciar, no ano seguinte, um movimento em prol dos Direitos Humanos na Corporação. Após sete anos, Cel RR Neme e Sd Cúrcio trocam aperto de mãos na sede do JCB o projeto volta a ser retomado pelo chargista do JCB, Sd Ângelo Marcelo Sd salientou a importância do Cel RR Neme, Cúrcio dos Santos. No dia 1º de outubro, na sede escolhido símbolo do movimento que levará seu do JCB, ele reafirmou sua proposta. nome. “Você deu o primeiro passo e será nosso O PM espera montar uma equipe que dê ponto de referência. É o patrono do movimento continuidade aos planos de seu antecessor. “Va- e o será para sempre”, reconheceu o Sd. mos agregar pessoas de todos os segmentos e Para o Cel RR Neme, a retomada do mode todas as polícias. O objetivo é criar grupos vimento é fundamental. “Embora eu continuasde estudo que planejem minutas e/ou projetos se com minha posição, não havia mais diretode lei que garantam subsídios para fortalecer a ria. Os DH terminaram dentro da BM”, lamendignidade dos servidores”, destacou. Segundo tou. O oficial confia no êxito das ações do Sd. ele, a idéia é iniciar os debates o mais rápido “Ele está bem preparado para ser o novo iniciapossível. “Nossas três primeiras ações serão no dor dos DH”, assegurou. A sede do movimento debate sobre plano de carreira, assédio moral está localizada na sede do jornal: rua Bispo Wie adicional noturno”, assegurou. llian Thomaz, 61. Telefone para contato: (51) Durante o encontro na sede do jornal, o 3339-7888.

O caso Konrad teve início no dia 10 de outubro de 1998. Uma guarnição da 2ª Cia do 3º BPM de Novo Hamburgo se dirigia para atender uma ocorrência na vila Kephas. A diligência era composta pelo Sgt Bernardi, Cb Geovani e Sd Dailon. Recebidos a tiros por Odair Konrad, os PMs reagiram com um único e fatal disparo. Após o confronto, foi chamado ao local o Sd Adelar Arnaldo Weber. Ao chegar na cena do crime fardado, o PM acabou considerado pela família Konrad como o autor da morte de Odair. Dois meses depois, na manhã do dia 15 de dezembro daquele ano, o praça volta até o loteamento para negociar um terreno. Reconhecido por Enio Konrad, tio de Odair, o Sd acabaria sendo assassinado. Enio entregou uma arma ao sobrinho Geovani, à época com 14 anos, e pediu para o garoto matar o PM. Atingido pelas costas com um tiro na perna e outro na nuca. Levado ao hospital, o Sd ainda resistiu uma semana, até o dia 22, quando faleceu. Com ajuda de uma conhecida da família Konrad, uma patrulha composta pelos Cbs João Leandro Kievel e Luiz Paulo dos Santos Braga e os Sds Luís Celomar Diehl, Jaime Luís Corrêa da Rosa, Maurício Antônio da Silva, Auri Oliveira da Rosa e Paulo Renato Botta Nunes foi até São Francisco de Paula, onde o garoto estava escondido. Encurralado na casa, o menor respondeu à ação dos policiais com dois disparos. Atingido por um dos brigadianos, Geovani saiu da casa atirando antes de tombar. Após o confronto, um jornal da região de NH publicou declarações não desmentidas, atribuídas a dois Del, que acusavam os militares de execução. Presos, os PMs foram libertados quase dez meses após detidos, no dia 15 de setembro de 1999. Abaixo, a cobertura do JCB, que dedicou sete edições sobre o caso.

Danilo Rios recebe do JCB o troféu “O Patrulheiro”

Responsável pelo telemarkenting do JCB, Gilmar Moraes entrega troféu “O Patrulheiro” ao cabeleireiro Danilo Rios

Um parceiro de longa data foi homenageado pela direção do JCB. No dia 24 de outubro, o cabeleireiro Danilo Goulart Camelo Rios ganhou o troféu “O Patrulheiro”. Assim como a maioria dos colaboradores assíduos da empresa, Rios recebeu a premiação por divulgar a marca de seu salão no jornal em pelo menos seis ocasiões. Com 55 anos de experiência na área, Danilo destacou que muitas esposas de PMs são suas clientes. “Até PMs femininas vão ao meu salão”, reconheceu. Sobre o trabalho dos policiais na Capital, Danilo ressaltou que sempre foi bem atendido pela corporação. “Não posso reclamar. Nas vezes em que acionei a BM, os policiais chegaram rápido ao local”, lembrou.

ITINERANTE Everaldo José Cavalheiro Pavão - 1ºTen/1ºBPM

Assassino de PM aplaudido

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

Noite do dia 08 para o dia 09 de novembro de 2007. Reviro-me na cama para todos os lados. Levanto.Tomo uma água gelada. Talvez ela esfrie meu coração. Não conseguirá esfriar minha indignação. Não adianta... e o negócio é escrever até vir o sono. Hoje mataram mais um colega. Soldado Ventura do 11 BPM! Junto foi-se seus, meus e nossos sonhos. Junto foi-se a esperança de muitos policiais honestos. Sua morte não é e nunca será apenas “mais uma”. Uma parcela da Sociedade, a qual dia e noite auxiliamos, socorremos e defendemos, representada por seres infelizes, teve a infeliz idéia de aplaudir o algoz do Soldado Ventura. Aqueles aplausos, registrados por câmaras e microfones, ecoarão por muito tempo em nossas mentes... Mas o que é que há minha gente??? O que está acontecendo com este mundo decadente??? Será que é esta a regra do jogo??? Não conhecia pessoalmente este jovem, mas sua vida não deve ter sido muito diferente da maioria das pessoas pobres e honestas...sim, pobres e honestas! Porque elas existem e são muitas! Muito embora sociólogos de plantão justifiquem e digam que quando alguma barbárie destas acontece, houve omissão do Estado...e isso era previsí-

vel. Amorte acompanha a nossa profissão, AGORA,ÊVER NOSSOS MATADORES SENDO APLAUDIDOS...isso é inaceitável!ÊOk. Com omissão ou sem omissão, esse jovem, assim como eu, também se criou nestas mesmas favelas e certamente estudou em colégio público, trabalhou muito e sentiu-se um vencedor quando passou no concurso para Soldado da Brigada Militar. E com omissão ou não do Estado, pasmem os senhores, Ele concluiu a Faculdade de Direito. E a Sociedade representada por seres infelizes teve a infeliz idéia de aplaudir o algoz do Soldado Ventura. O assassino do Sd Ventura não roubou dos ricos e deu o dinheiro aos pobres como Robin Hood...para ser aplaudido por estes infelizes...que se dizem “vítimas da omissão do Estado”, para isto valer como regra, DEVERIA VALER PARA TODOS! Ele matou um cidadão POBRE...de valor, de fibra, honesto e...pobre. E quem fez isso? Um marginal! Um vagabundo! Um assassino! Alguém que certamente quebrava as vidraças do vizinho e cantava que nem “cigarra”, enquanto milhões de “Sd venturas” vendiam picolé, cortavam grama...engraxavam sapatos. Tu fostes aplaudido e doeu-me ouvir pessoas ditas “esclarecidas” como que justificando

tua maldade, dizendo que o que houve foi em conseqüência da omissão do Estado. Omissão do Estado... Desabrigados e flagelados por temporais e por inundações, falta de moradias, analfabetismo, assassinatos e tudo o que de ruim possa existir, hoje Êparece ser “culpa da omissão do Estado”. Omissão da família...omissão de valores...omissão de caráter. Muita preguiça e covardia! Mas afora as abstrações de um Montesquieu e de um Rousseau o... o ESTADO somos todos nós. Por conseguinte, quase todos, talvez sem exceção, estamos nos omitindo de uma ou de outra forma. O Estado é o navio ao qual estamos, querendo ou não, todos atrelados. Como capitães ou como simples remadores. O que ocorreu nesta fatídica manhã, aonde mataram o Soldado Ventura e seu algoz foi aplaudido foi de um profundo mau gosto, uma tremenda falta de respeito a vida, aos pais do Soldado, as pessoas de bem e a todos nós... policiais que fazem parte desta sociedade que, friamente aplaude a nossa morte. O que aconteceu foi umaÊenorme injustiça...e alguém já falou e eu reitero. NÃO HÁ PAZ SEM JUSTIÇA!

METROPOLITANO

“Daqui a 20 anos não teremos mais Cmts”, diz Cel Pastl

Filho do Sd Segú ganha os palcos do RS com a banda Pura Cadência

Atualmente existem 52 alunos oficiais formados à espera de chamado do governo para ingressar na Corporação. Desde o dia 22 de junho do ano passado, eles aguardam uma resposta do Palácio Piratini. Conforme o Cmt do DE, Cel Sérgio Pastl, a demora na convocação dos alunos-oficiais poderá acar- Alunos-oficiais adquirem experiência de liderança ao longo da jornada na BM retar prejuízos à BM. “Daqui a 20 anos não teremos mais Cmts”, Em contrapartida, o DE, seguindo orientaenfatizou. Segundo o oficial, a área da segu- ções do Comando Geral, tem oferecido cursos rança, ao contrário das demais, necessita de de qualificação aos servidores que já integram tempo para formar servidores qualificados para as fileiras da Corporação. Ao todo, entre os dias exercer cargos de responsabilidade. “Não se 6 de agosto e 26 de outubro, 128 instrutores ensina um PM a ser Cmt em dois anos”, salien- formaram 967 alunos. Os aprendizes passaram tou. De acordo com o Cel Pastl, atualmente 30% por aulas de uso de bastão, tiro, defesa pessodas vagas são preenchidas por antigüidade. al, BO/TC e identificação veicular. “Dentro de duas décadas faltará oficiais. Nesta Para os bombeiros houve instruções de época, provavelmente a demanda da popula- atendimento pré-hospitalar, técnicas de vistoria ção por segurança será maior”, projetou. em edificações, ocorrências com produtos periSegundo ele, são necessários pelo menos gosos e condução de veículos de emergência. 25 anos para a formação de Cmts. “Se tiver Além dos cursos, outras prioridades são os prouma epidemia, o Estado faz um concurso e con- jetos Bombeiro e PM Mirim e Proerd. Este já trata profissionais para combatê-la. Com o PM formou desde sua implementação, em julho de é diferente. Não se pode exigir dele uma pos- 1998, mais de 410 mil estudantes até o primeitura de liderança após dois anos de curso”, ro semestre deste ano. exemplificou. O Cel Pastl lembra que nem em Outra meta, segundo o oficial, é implemanépocas de guerras esta prática é adotada. Con- tar cursos de especialização na área de Psicoforme o Cel, ainda que os oficiais de hoje quei- pedagogia Aplicada à Prevenção de Drogadiram estar à frente dos Comandos, seus corpos ção e à Violência Infantil e de Planejamento de já estarão desprovidos do vigor físico da juven- Gestão em Segurança Pública. “Nosso objetivo tude. é formar multiplicadores”.

Integrante do DE e músico nas horas de folga, o Sd Carlos Alberto Fernandes Segú agora vê o filho Marcelo brilhar nos palcos do Estado. Isso porque a banda Pura Cadência, da qual Marcelo faz parte, gravou seu primeiro disco, “Bota pra Quebrar“, e está em turnê para promover o trabalho de estréia. Desde o lançamento, as rádios do gênero tocam três músicas do grupo: Mulher de Amigo Meu, Curtição e LocaLoca. Em visita à sede do JCB no dia 25 de setembro, a banda destacou o apoio do PM no começo da carreira. “Ele deu suporte e apresentou alguns músicos para formarmos a banda”, destacou União: Sd Segú, o filho Marcelo (com cavaquinho) e os integrantes da banda o vocalista Juninho. Com horário fixo em duas casas noturnas da Capital, a Pura Cadên- cias musicais, o grupo tem um sonho em cocia ainda se apresenta pelo interior, com um mé- mum: apresentar-se no programa do Faustão. dia de 27 shows por mês. “Queremos consoli- “Eles são humildes e têm metas traçadas”, lemdar nosso trabalho aqui no RS. Depois pensa- brou o Sd Segú. Para Juninho, algumas bandas remos em abrir caminhos em São Paulo”, res- que tocam há mais tempo na Capital não tivesaltou Diego. ram o mesmo reconhecimento. “Muitas não tiOs pouco mais de três anos de existência veram sorte, persistência e qualidade”. já renderam encontros memoráveis. “Já tocaApesar de o grupo estar divulgando seu tramos no sítio do Ronaldinho Gaúcho e na festa balho de estréia, a banda já projeta o segundo do Inter no Beira-Rio na conquista do Mundial”, disco. “O Juninho tem pelo menos umas duzenadmitiu Juninho. Apesar de algumas divergên- tas músicas prontas”, afirmou Guilherme.

Del Dagoberto Garcia é o novo secretário-adjunto da SSP 1ª DP faz maior apreensão de caça-níqueis em Canoas Numa ação realizada no dia 5 de setembro, a 1ª DP de Canoas apreendeu o maior número de máquinas caça-níqueis no município: 671. Além disso, a PC encontrou R$ 65 mil. A operação contou com a participação de 131 policiais – 26 Del e 105 agentes do interior e da Capital. Liderados pelo titular da 1ªDP, Del Fernando Domingues Soares, os policiais vistoriaram 87 estabelecimentos. Há dois meses, os locais eram investigados pelos PCs. “Trata-se de uma operação minuciosa, que recolhe dados e conta com ajuda de denúncias anônimas”, declarou o Del. Segundo ele, o maior recolhimento de máquinas registrado até então ocorreu no primeiro semestre de 2005. “Naquela ocasião vistoriamos cerca de 15 casas de jogos e localizamos cerca de cem aparelhos”, lembrou. Embora elevado, o número de caça-níqueis apreendidos não chega a surpreender. “Infelizmente o número dessas máquinas tem crescido nos bares e botecos”, lamentou. Segundo ele, novas operações serão realizadas.

2ª Denarc apreende 20 quilos de maconha Em ação desenvolvida pela 2ª Denarc, na Vila Farrapos, na zona norte de Porto Alegre, agentes apreenderam 20 quilos de maconha com um homem de 41 anos. O traficante cumpria pena no regime semi-aberto por tráfico de

drogas, no Albergue Pio Buck. De acordo com o titular da 2ª DIN, Del Luiz Fernando Martins Oliveira, o homem atuava em seu horário de almoço. “Ele distribuía as drogas em diversas vilas da Capital”, afirmou.

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 13

CORREIO BRIGADIANO

Desde o dia 5 de novembro, o Del aposentado da Polícia Federal Dagoberto Albernaz Garcia comanda a SeFotos Amilton Belmonte/SSP cretaria Adjunta da SSP. Aos 57 anos, ele substitui ao Del Ademar Stocker, que retorna à Superintendência do DPF, na Capital. Em sua despediGarcia da, no gabinete do secretário Francisco Mallmann, no dia 1º daquele mês, Stocker alegou motivos pessoais para deixar a pasta. “A minha decisão obedeceu a diretrizes pessoais e de interesse profissional, visto o novo momento porque passa o Departamento de Polícia Federal”, afirmou. Natural de Porto Alegre e especialista em Gestão e Planejamento Estratégico no Serviço Público, o Del Garcia atuou em diversos cargos na PF. No biênio 1995/96, comandou a Delegacia da PF de Sant’ana do Livramento; en-

tre 1999 e 2000, foi Corregedor-Geral do DPF no RS; em 2001, trabalhou como superintendente regional interino do DPF no RS. De maio de 2004 a setembro deste ano, exerceu a chefia do Gabinete da Senasp. Entre os cursos de que participou estão: Gestão Policial Stocker (ANP/DPF, 1999); e Curso de Gestão por Processos: Técnicas para Melhoria (Senasp/MJ, 2005). Em 2004, foi membro da Comissão de Estudos para Proposta de Unificação das Corregedorias das Polícias Federais e, entre 2004 e 2006, foi coordenador da Comissão de Estudos para Proposta de Modernização da Polícia Civil Brasileira. Participou de seminários sobre segurança pública: Gerenciamento de Crises, em Curitiba (PR); Estratégia Nacional de Combate à Lavagem de Dinheiro, em Pirinópolis(GO).

Família de músicos

Para explicar a vertente musical da família Segú é preciso voltar na história. Carlos Valls Segú, pai do Sd Segú, fazia parte do Trio Charrua, grupo que tocava músicas tradicionalistas. Assim como o pai, o PM também se dedica nas horas de folga à sua banda: Kintal do Samba. “Dos sete que compõem a banda, três são PMs”, ressaltou o Sd, que canta e toca percussão. Com passagem pela PM5 como locutor do QG da BM e atualmente no DE, o Sd Segú sempre incentivou o filho a seguir a carreira musical. “Eu apostei nos guris. Já falei para o Marcelo que ele tem que se aperfeiçoar, estudar música”, reiterou. Tal qual o pai e o avô, Marcelo enveredou para a música. No Pura Cadência, o jovem canta e toca banjo. A banda mantém comunidades no site de relacionamentos orkut e dispõe de endereço eletrônico na internet: www.puracadencia.com.br.

Esposa do Sd Rieger conclui faculdade

Comissários reivindicam paridade salarial e aposentadoria especial

O esforço e a dedicação de Andréa Dutra Rieger durante seis anos foram recompensados no dia 11 de agosto. Na data, a esposa do Sd Sandro Cristiano Rieger, do 9ºBPM, formou-se em Serviço Social pela Ulbra. Além da alegria em Andréa concluir o curso, Andréa ressaltou o apoio do marido. “Em alguns momentos pensei em desistir do curso, mas ele sempre me incentivou a continuar e terminar a faculdade”, lembrou. Mãe de Wagner, William e Diego, ela contou com o suporte do Sd Rieger, que tomava conta da criançada. “Enquanto eu estudava à noite, ele cuidava das crianças. Agradeço o apoio e o incentivo do meu marido e de meus filhos”, frisou. Casada há 14 anos com o Sd Rieger, Andréa é neta do Ten RR Balão.

Em reunião com secretário da SSP, José Francisco Mallmann, no dia 26 de setembro, e o Chefe de Polícia, Pedro Carlos Rodrigues, a Associação dos Comissários de Polícia (ACP) fez duas reivindicações à categoria: equiparação salarial aos Cap da BM e revisão da Lei da Aposentadoria Especial, da qual os policiais estariam excluídos. Para o presidente da ACP, Luiz Cezar Machado Mello, a Lei 12.203 retirou dos comissários a paridade salarial com oficiais da BM. “Pedimos a correção e a retomada do nosso direito, pois essa diminuição não atingiu apenas os comissários, mas toda a PC”, declarou. Além dis-

POA – Em cumprimento de seis mandados de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva, agentes da 7ª, 16ª, 21ª Delegacias e servidores da BM prenderam três indivíduos, no dia 9 de novembro, na Vila Restinga Velha. O trio é acusado de assaltar sítios em Viamão e na Capital. Na casa dos criminosos, os policiais encontraram espingardas, revólveres e munição.

so, a ACP encaminhou um projeto de lei complementar sobre a Lei nº 5.185, que trata da Aposentadoria Especial. Na audiência, Mello salientou a dedicação exclusiva da atividade e a necessidade de paridade com os policiais federais. Cerca de 300 comissários atuam na PC em funções de supervisão, coordenação e assessoria direta aos Del. De acordo com Mallmann, todas as reivindicações de entidades da área da segurança pública estão sendo analisadas criteriosamente pelo Estado. “Um policial capacitado, bem treinado e melhor remunerado é meta do plano de governo”, garantiu.

ABS Segurança firma parceria com o JCB No dia 5 de outubro, Alisson da Silva Bento, sócio da ABS Segurança, firmou parceria com o JCB. Localizada na zona Sul da Capital, a empresa oferece serviços de segurança em condomínios e centros comerciais, além de trabalhar com cerca elétrica. “Temos dois postos de vigilância, mas desejamos ampliar ainda mais nossa área de atuação”, ressaltou Bento, que possui seis anos de experiência na área. Fundada em maio deste ano, a ABS conta com cinco funcionários.


CRPO ALTO DO JACUÍ

CORREIO BRIGADIANO

Pág 14 – Setembro/ Outubro 2007

GERAL

CORREIO BRIGADIANO

Proerd beneficia crianças especiais em Cruz Alta Brigada Ambiental de Santiago Desde 4 de outubro, projeto desenvolvido pelo Sd Bonucielli atende 15 estudantes Durante a X Fenatrigo, em Cruz Alta, a BM aproveitou para apresentar à população o planejamento da corporação para o segundo semestre deste ano. Mais do que elencar os objetivos do 16º BPM, o evento serviu para o Sd Telmo Fabrício Bonucielli da Silva iniciar as aulas do Proerd. E com uma no- Oportunidade: Crianças especiais participam das aulas do Proerd em Cruz Alta vidade. Desde o dia 4 de outubro, o programa idéia de fazer o curso voltado para eles. Cada atende 15 crianças especiais. turma é diferente. Alguns são mais participanAlunos da Escola Conferência São Vicen- tes do que outros, mas é gratificante”, ressalte de Paula - Escola de 1º Grau Incompleto San- tou. to Antonio para Educação Especial, eles partiO PM garante estar satisfeito com os recipam pela primeira vez do curso. “Muitos deles sultados em aula. “Tem que ter ‘jogo de cintutêm deficiência visual ou Síndrome de Down. A ra’. Nas primeiras aulas os professores particiexperiência está sendo muito boa, porque é tudo pam e colaboram, até porque conhecem menovo para eles”, destacou o Sd Bonucielli. En- lhor os estudantes”, enfatizou. Conforme o Sd, sinar as lições sobre como evitar o uso de dro- os proerdianos demonstraram interesse. “Hougas a crianças especiais, no entanto, não pare- ve boa participação. Eles devem concluir o Proce ser uma tarefa complicada para o Sd. “Tive a erd em dezembro”, garantiu.

BM de Pejuçara recebe aparelho de fax Para melhorar a eficiência na comunicação, a BM de Pejuçara conta, desde o dia 3 de setembro, com o reforço de um aparelho fax. Doado por um banco, o equipamento facilitará a comunicação da BM local com outras unidades. Conforme o Cmt da BM do município, Sgt Nelci Antonez Perchim, muitas vezes a BM precisava recorrer a terceiros para transmitir um registro de Termo Circunstanciado ou outro tipo de docu- BM não precisará recorrer a terceiros para transmitir documentos mento. decemos em nome de toda a corporação e sa“Se fosse preciso fazer este tipo de trans- lientamos que a importância deste gesto só vem missão no período da noite, finais de semana a estimular cada vez mais o nosso trabalho”, ou feriados, não teríamos a quem recorrer. Agra- salientou.

Estatuto da IBCM - Esclarecimentos Senhores associados e dependentes, o Conselho Deliberativo de nossa instituição por exigência legal previstas no novo código civil e também na lei que regula as organizações da sociedade civil de interesse público (Oscip), para as adequações previstas nestas leis, está realizando a reforma do nosso estatuto social da IBCM. Estão sendo diversas reuniões com a diretoria executiva, com entidades brigadianas e vários segmentos de associados mobilizando-os para auxiliarem e sugerirem as alterações que deverão tornar a IBCM mais completa e dirigida aos seus verdadeiros objetivos, o associado e sua família. Porém novas sugestões de associados e algumas adequações a serem realizadas junto ao Ministério da Justiça e também junto à Agência Nacional de Securidade, fizeram com

o conselho não convocasse os associados para uma assembléia-geral a fim de votarem este novo estatuto, conforme previa aindano mês de setembro último. Logo sejam sanadas essas exigências legais e realizadas as adequações jurídicas do projeto, o novo estatuto será levado para votação dos associados junto a uma assembléiageral. Todo este trabalho está sendo amplamente divulgado nos meios de comunicação de nossas entidades de classe e no site da IBCM, assim como será feito quando da convocação dos associados para votarem. Para tanto, pedimos aos nossos associados que continuem a acompanhar este trabalho e que compreendam os motivos que fazem com que o conselho aguarde as adequações para posterior convocação dos associados.

Pel Mirim no CRPO/AJ

A Fenatrigo em Cruz Alta também serviu de palco, no dia 6 de outubro, para o lançamento do Pel Mirim. O projeto beneficiará 25 crianças (foto), entre filhos e parentes de PMs, do 16º BPM, CB, PRE e Patram. Coordenado pela Sd Alessandra Moreira dos Santos, o Pel Mirim tem como objetivo integrar a garotada à BM. Durante o evento, os PMs mirins distribuíram materiais informativos com dicas de segurança.

Em Sto Antônio das Missões, abigeato preocupa Moradores de Santo Antônio das Missões, distante 534 quilômetros da Capital, sofrem com o abigeato. Nos últimos dois anos, o microempresário Ildo Andrzejewski teve 21 cabeças de gado furtadas. Segundo ele, este tipo de crime se deve à falta de efetivo e viaturas, o que inviabiliza o atendimento de todos os chamados. “Sei que os brigadianos se dedicam ao trabalho, às vezes até fazendo atividades fora do expediente”, reconheceu. Segundo Andrzejewski, que mantém bom relacionamento com o Cmt local da BM, 1º Ten Ivo César Valente Snowareski, seriam necessárias, pelo menos, mais duas viaturas e o acréscimo de mais oito PMs. “Houve casos em que os brigadianos atenderam ocorrências a pé, uma vez que o veículo estava estragado”, protestou. O 1ºTen César concorda e enfatiza o empenho dos PMs. “O pessoal é dedicado e dá o máximo de si. Este reconhecimento dos cidadãos é muito importante”, salientou. Segundo ele, com o reforço de um veículo e de PMs seria possível cobrir toda a área rural da cidade e fazer um combate mais eficiente ao abigeato. “Atualmente fica complicado o atendimento, pois temos uma área urbana quase igual em extensão à rural”, lembrou. Denarc – Em operação no dia 13 de novembro, agentes da 1ª Delegacia do Denarc prenderam dois homens em um bar no centro de Canoas. Com a dupla, os policiais encontraram um quilo de crack. Conforme o titular da1ª Delegacia, Del Luiz Fernando Oliveira, a droga seria distribuída na cidade.

A direção do JCB publica texto parcial fornecido pela direção do MBM que procura expor aos associados que discussões internas não afetarão a saúde da entidade

PMs geralmente não encontram os iniciadores das queimadas

palestras, cada uma direcionada para determinada faixa etária”, ressaltou. Segundo ele, as dúvidas mais freqüentes entre os adultos são sobre os locais para a obtenção de licenças para corte de árvores. “Cerca de 80% deles conhecem as regras e sabem que para conseguir o documento é necessário procurar uma agência ambiental”, frisou. Entre os estudantes há curiosidade. “Os jovens têm um interesse ambiental grande hoje em dia”, destacou.

4º CRB de Santa Maria lança sistema de prevenção No dia 31 de outubro, a Câmara de Vereadores de Santa Maria foi palco do lançamento do Sistema Integrado de Gestão de Prevenção de Incêndio (SIGPI). O investimento em equipamento e treinamento foi de R$ 3,5 mil e representa ganhos em tempo para cidadãos e bombeiCom novo sistema, bombeiros poderão ampliar fiscalização no município ros. Até a chegada do equitratar uma empresa de engenharia”, lembrou. pamento, que está funcionando desde 1º noPara os servidores, o ganho será na parte vembro, a análise e emissão de PPCI levava operacional. “Poderemos aumentar a fiscalizaentre 10 e 15 dias e exigia uma equipe para ção e, por conseqüência, diminuir os riscos de avaliação. Com o sistema, é possível emitir o incêndio”, projetou. De acordo com o oficial, documento em dez minutos. “É um ganho de desta forma o índice de edifícios vistoriados na tempo para o solicitante e para nós”, avaliou o cidade passará de 65% para até 85%. “FirmaChefe da Seção de Prevenção à Incêndio da mos convênio com os Correios para o envio de cidade, Maj Daniel da Silva Adriano. notificações aos moradores, trabalho que antes Segundo ele, até um material explicativo era feito pessoalmente”, destacou. está sendo distribuído com informações sobre Para o ano que vem, o sistema deve ser o novo procedimento. “Agora os moradores de ampliado para pelo menos mais quatro municíprédios podem optar por emitir o relatório pre- pios da região. O objetivo é atingir as 34 cidaventivo aqui, não havendo necessidade de con- des atendidas pelo 4º CRB.

PC de Ijuí faz ofensiva contra o jogo do bicho No dia 12 de novembro ocorreu a maior operação de combate ao jogo do bicho na cidade. Participaram da operação três Del, 13 agentes e quatro viaturas, resultando na apreensão de R$ 5,8 mil, blocos de anotações, pastas, cadernos de resultados, fichas, planilhas e diversos cheques. Os PCs, liderados pelo Del Carlos Iglesias Júnior, vistoriaram quatro locais, que já vinham sendo investigados pelos agentes. Três pessoas receberam notificação. Segundo a titular da DPPA de Ijuí, Del Jocelaine Francisca de Aguiar, que participou da ação, outros estabelecimentos que exploram a contravenção e o jogo de azar estão sendo investigados e deverão ser visitados pelos servidores. Ainda não estão definidas as datas das próximas ações no município.

2º Sgt RR Onofre faz a alegria da criançada Pelo quarto ano consecutivo, a criançada da Capital participou da “Festa Criança Feliz”. Organizado desde 2004 pelo 2º Sgt RR Onofre Ribeiro Geraldó, o encontro reuniu, no dia 12 de outubro, cerca de 400 crianças, na rua em frente à Capela Menino Jesus de Praga, na Capital. “Esperavámos 700 participantes, mas a chuva atrapalhou um pouco”, lembrou o Sgt. Apesar disso, o PM garante estar orgulhoso em poder realizar o trabalho social. “Gosto de investir nos jovens, pois eles são o futuro do país”, frisou. Na festa, houve entrega de balas, pirulitos, refrigerante e sorteio de brinquedos para os pequenos. Auxiliado por amigos e com apoio de alguns colaboradores, o idealizador do projeto planeja ampliá-lo no ano que vem. “Esperamos contar com mais de mil jovens”, projetou.

Falecimento Vítima de insuficiência cardiorrespiratória, o Del de Polícia Thomaz Manoel Silveira faleceu no dia 24 de setembro, aos 79 anos. Integrante da Asdep, Silveira foi sepultado no Cemitério João XXIII. Nascido em 24 de fevereiro de 1928, em Orleans, em Santa Catarina, mudou-se para a capital gaúcha na década de 40. Primeiro Del titular da delegacia Regional de Santiago, o Del também era formado em Direito pela PUCRS. Deixa os filhos Leônidas, Manoel, Telmo, Sílvia, Anita e Beatriz e sete netos, além da companheira Jandyra Botega.

Susepe Em cerimônia no gabinete do Corregedoria-Geral da Susepe, no dia 12 de setembro, 23 alunos receberam os certificados de conclusão do Curso de Capacitação. De junho a agosto, num total de 30h/ aula, eles participaram de treinamentos de atualização do direito disciplinar, relacionados com o tratamento penal como filosofia, ética e direitos fundamentais. O projeto foi idealizado pelo corregedor-geral da Susepe, José Hermílio Ribeiro Serpa.

PC de Montenegro Em mais uma ação de combate à jogatina, a PC de Montenegro destruiu, no dia 14 de novembro, no pátio da Secretaria Municipal de Viação e Serviços Urbanos, 139 máquinas caça-níqueis. Conforme o titular da 1ª Delegacia de Polícia Regional de Montenegro, Del Ciríaco da Costa Caetano Filho, foram apreendidas 180 equipamentos neste ano. O restante também será destruído.

17º Bom de Bola CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

Infor me Publicitário

MBM Esclarecimentos

investe em trabalhos preventivos Conscientização. Esta tem sido a fórmula adotada pelo 2º Grupamento Ambiental de Santiago para combater crimes ambientais como as queimadas (que aumentaram 100% no período de janeiro a outubro em relação ao mesmo período do ano passado) e derrubadas. Os PMs orientam os moradores com palestras em escolas e exposições sobre os delitos contra o meio ambiente. De janeiro a outubro deste ano, houve 18 registros de queimadas (o dobro do ano passado) e igual número de derrubadas. O Cmt da unidade, 1º Sgt Jorge Orion Pereira dos Santos, atribui as ocorrências às constantes secas e às chuvas. “O pessoal acaba querendo ganhar tempo e por isso pratica as ações querendo usar os terrenos para atividade pastoril”, lembrou. Responsável por outras 11 localidades, o grupamento tem realizado palestras para mostrar ao público as conseqüências das práticas contra o meio ambiente. “Usamos filmes, slides,

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 3

De 6 de janeiro a 24 de fevereiro será realizada a 17ª Copa Bom de Bola Futebol Sete à Beira Mar. Entre as categorias, garotos nascidos em 94, 96 e 98 e feminino. Adultos e Masters acima de 50 anos. Os vencedores receberão premiação em dinheiro, troféu e medalhas. As inscrições poderão ser realizadas de 5 de novembro a 30 de dezembro. Maiores informações através dos telefones: 98375495/98185640, com Camerino Gonçalves.

A direção do MBM Previdência e Seguros alcançou, por suas estratégias de trabalho, no último semestre, o crescimento de 33,85% da receita previdenciária, comparado ao mesmo período do ano passado, sendo esse um dos m Ê aiores crescimentos entre as entidades de previdência privada sem fins lucrativos do país. O número de participantes aumentou 26%, ultrapassando 41 mil planos contratados. Por esses motivos, agradecemos a todos os participantes e segurados por confiarem ao MBM a segurança e a tranqüilidade para o futuro dÊ e suas famílias. Quanto a notícia da destituição de Diretores, informo que tal decisão foi to-

mada em reunião do Conselho Deliberativo e Fiscal do dia 09 de agosto de 2007, ocasião em foi destituído o Diretor de Previdência CEL GETÚLIO QUITES JOBIM e o Diretor Financeiro TC NERI VITORINO BRUGNERA, fato esse surpreendente e imotivado, considerando-se o desempenho excelente, competente e qualificado dos diretores, frente a duas áreas vitais para a empresa (comercial e financeira), também, por estarem legalmente eleitos e homologados para o triênio 2007 a 2009. Encontra-se a empresa, portanto, inserida em uma demanda judicial, que envolve o MBM pessoa jurídica e individualmente os 14 conselheiros que votaram pela destituição dos diretores. Reintero, para conhecimento e tranqüilidade dos associados e segurados, que o MBM

goza de uma saúde financeira inabalável, com seus compromissos honrados rigorosamente em dia. Acresço, por oportuno, que este Presidente, juntamente com demais Diretores e Quadro Técnico, não poupará esforços no sentido de manter o Montepio em seu curso de crescimento e fortalecimento, procurando minimizar os efeitos das desconformidades ora vivenciadas, objetivando supera-las com a maior brevidade possível. Ê

Jorge Luiz de Oliveira Flores Diretor Presidente MBM


Pág 2 – Setembro/ Outubro 2007

OPINIÃO

CORREIO BRIGADIANO

MURAL DO LEITOR Visibilidade Acompanho o trabalho do JCB, mas acho que tem sido dada pouca visibilidade as atuações de BM e CB da Capital. Cheguei a pensar que o jornal seria mais voltado para o interior. Moro em Porto Alegre e gostaria de saber mais sobre o que tem feito os brigadianos da minha região.

Elogio Leio o jornal desde quando eu ainda era brigadiano, gosto muito do trabalho de vocês. Minhas matérias favoritas são aquelas que destacam as homenagens aos brigadianos. O JCB destina um bom espaço para as atividades da GM e suas ações como a Guarda Mirim. Eu costumo recortar as matérias do jornal e afixálas em um local onde os colegas possam ver para que algumas ações sejam tomadas como exemplo.

Tânia Siqueira Rodrigues - POA Esposa de PM

Assis Brasil Marin Silveira Chefe da GM de Esteio

Agradecimento

Acompanho o trabalho do JCB e considero como grande mérito deste veículo a pluralidade de matérias. Este é um jornal onde a gente se vê. Minhas matérias preferidas são as que mostram iniciativas dos brigadianos nas cidades do interior, pois assim salientam o trabalho que é realizado, além de dar motivação aos colegas de farda para continuar com os projetos.

Gostaria de parabenizá-los pelo apoio que vocês têm dado a causa brigadiana. Porque somente unidos poderemos conseguir algo que venha melhorar a qualidade de vida da nossa gloriosa Brigada Militar. Sd Carla BM de Portão

Cap Claudiomir Souza de Oliveira Coordenador do Prosepa em Montenegro

Os artigos publicados com assinatura nesta página não traduzem necessariamente a opinião do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. As cartas devem ser remetidas para a coluna Mural do Leitor Leitor, com assinatura, identificação e endereço. A Redação do JCB fica na Rua Bispo Willian Thomas, 61, CEP.: 91.720-030, Porto Alegre/RS. Por razões de clareza ou espaço, as cartas poderão ser publicadas resumidamente.

Tombou o Soldado EMERSON VENTURA....

amcurcio@yahoo.com.br

Jornal ABC da Segurança Pública Associação Pró-Editoração à Segurança Pública Utilidade Pública Estadual e Municipal

Correio Brigadiano Editora Jornalística Ltda CNPJ: 05974805/0001-50

14º ano

Presidente APESP APESP:: Sgt Claudio Medeiros Bayerle Vice-Presidente Vice-Presidente:: Cel Délbio F. Vieira Tesoureiro: Ten RR Luiz Antonio R. Velasques Secretário: Maj RR Pércio Brasil Álvares Diretor-Presidente do Grupo Polost: Ten-Cel Vanderlei Martins Pinheiro

Registro no CRE 1.056.506 INPI nºs 824468635 e 824466934 Gerente Administrativo: Administrativo:Franciele Rodrigues Lacerda Apoio: Alexandre Maia Batista Direção do JCB JCB:: Gerente de Relações Institucionais: Cel Délbio Ferreira Vieira Gerência da Comercial: Ten Valter Disnei S. Lourenço e agenciadores Apoio: Dayana Rodrigues Lacerda Estagiário: Victor Alvares Peralta Amaral Gerência de Circulação: Ten Jorge Ubirajara Barros e representantes dos OPMs Gerência de Redação: Jornalista Felipe Bornes Samuel MTb/RS nº 12344 Auxiliar de Redação: Vera Eledina Leivas Pereira Estagiário: Victor Hugo Rodríguez Júnior Colaborador: Maj e Jorn Paulo César Franquilin Pereira - MTb/RS nº 9751 Fotografia: Enídio Pereira, Moisés Bastos e arquivos de OPMs Gerência da Polost Press e Data Polost: Cristiano Max Pinheiro Gerência: Luci M. Pinheiro Consultor de Rede: Walter Fuentes Robella

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

Distribuição gratuita dirigida: Todos os servidores civis e militares, da ativa e inativos da BM, policiais da ativa e aposentados da Polícia Civil, servidores da Susepe, IGP e instituições municipais de segurança, vereadores, prefeitos e parlamentares Tiragem: 25.000 exemplares Impressão: Oficinas Gráficas do Grupo Sinos/NH/RS Informações e arquivos JCB: www.brigadian www.brigadianoo.com.br Central Pabx e Fax: (51) 3339-7888

E-mails Notícias: jornal@seguranca.org.br Circulação: circulacao@seguranca.org.br Comercial: anuncio@seguranca.org.br comercial@seguranca.org.br Suplemento Cultural: jcbcultura@seguranca.org.br Reclamações: pinheiro@seguranca.org.br

Endereço: Rua Bispo Willian Thomaz, 61, CEP: 91.720-030, Porto Alegre/RS ANO X I V - nº 185 — Setembro/Outubro 2007 — Correio Brigadiano: a voz da Segurança Pública

do e quase entregando-se à fadiga, venceu mais algumas horas de trabalho, porque o seu sentimento de dever, o sentimento de necessidade, o seu sentimento de coragem e de amor à profissão foram maiores do que as dores e as aflições que a fadiga lhe puderam impor.... Ê Também não importa as vezes em que, disposto à extirpar os males que corrompem e aviltam a sociedade gaúcha, não pode agir pela falta de meios e pela falta de mecanismos que lhe pudessem auxiliar nesta luta inglória e desumana contra o crime.... Ê Não importam o descaso, a incompetência e a inoperância de tantos governos e de tantos governantes ao longo dos anos, nos planos estratégicos relacionados à Segurança Pública. Não interessam os milhões desviados dos cofres públicos, mesmo que menos de 10% desse valor pudesse resolver os problemas salariais dele e de seus colegas. Nem que todo esse valor tenha ido parar nos bolsos daqueles que deveriam criar mecanismos para evitar que isto ocorresse.... Ê Não importa que estejam colocando cada vez mais o comprometimento político partidário, em superposição às competências dos policiais para assumirem postos de Comando em nossas Instituições Policiais. Nem importa que cada policial que tomba seja interpretado por alguns apenas mais um momento de aparecer na mídia... Mais um momento em que os holofotes se voltam para si... Ê Não importam as suas dores, as suas afli-

ções, as suas penas... Porque agora ELE TOMBOU... E com ele tombou um pouco deÊ cada um de nós... Ê A nós restou Êrepartir o choro com o valoroso Sargento VENTURA, seu pai, que tantos préstimos prestou à Segurança Pública do nosso Estado, e com quem tive o privilégio de repartir várias horas de combate em nossa atividade policial. Restou dividir com ele a sua dor... Restou segurá-lo e tentar consolá-lo, porque a dor do pai é imensa e inconsolável.... Ê E, nesta guerra diária, muitos ainda tombarão... Talvez tombe o colega ao lado.... Talvez tombe eu... Mas esta guerra tem que ser vencida, e não daremos trégua enquanto sobrar UM de nós. E este um estará representando cada um dos que já se foram, porque assim é a nossa sina.... Assim é a nossa vontade... E venceremos, porque o Soldado EMERSON estará em cada um de nós, em cada batalha, em cada conquista, em cada vitória.... Ê Fique com Deus, valoroso Soldado EMERSON, irmão de guerra, e que o Pai lhe dê o lugar que mereces. O lugar dos heróis.... Ê Com pesar... Ê César Vanderlei Schaedler - M.M. - 1º Ten de Polícia Militar (BM/RS) Oriente de Porto Alegre - RS

ITINERANTE Elomar Adão Magrinelli Johansson - Cel Ref

Brigada Militar – o pensamento de um Cel Ref. A historicidade da Brigada Militar remonta ao nascimento do Rio Grande do Sul, o que pode ser comprovada pelos registros na folha de serviços desta Corporação. E, revendo sua história, Corporação esta mais que sesquicentenária, nos enveredamos pelo caminho onde se encontram lideranças emblemáticas de cujos reflexos estamos percebendo o seu desmerecimento. É natural, é lógico que novas técnicas sejam apontadas e utilizadas, haja vista a sucessão programática do desenvolvimento das técnicas criminais. No entanto, vale pensar e, numa reflexão séria e profunda, verificaremos que princípios fundamentais, tão específicos não podem, ao arbítrio de pessoas que alcançam o Alto Co-

mando da Corporação, determinar, por si, a quebra indiscriminadas de elementos peculiares à estrutura histórica e organizacional da Brigada Militar, cuja relevância o Brasil inteiro, como também forças policiais internacionais, dela buscaram o processo de ensino e ação da prática de polícia ostensiva. A desestruturação dessa Força Institucional, que exemplo foi durante algumas décadas, conforme comprova a documentária que agora, talvez, estejam esquecidos, teve o seu início no momento em que a ideologia partidária substituiu o instituto maior das corporações militares – hierarquia e disciplina – pelos favorecimentos políticos aos mais graduados, que se entregaram pelo falacioso palavreado de políticos inescrupulosos.

Esta atual situação, a do engajamento dos seus policiais em atividades extra-corporação, se deve inegavelmente à falta de lideres que se alinhem na remontagem da escala salarial, como faziam os nosso “velhos“ Coronéis, cuja ligação à Corporação e os interesses desta, valiam mais do que o número de medalhas ajustadas aos seus uniformes. Ad fine, a situação é por deveras crítica. Não basta instaurar inquéritos sobre a tropa desgastada, mas curar a ferida, usando um “antibiótico” forte: aumento do salário, principalmente das praças para aí sim, elas possas dedicar-se em tempo integral ao serviço da Brigada Militar e à segurança da comunidade gaúcha.

Entregues pelo Detran/RS, equipamentos darão maior agilidade às consultas dos PMs O CPC comemorou 33 anos de criação no dia 18 de setembro com uma novidade. Na data, o comando recebeu 150 Palm Tops (no valor de R$ 1,5 mil cada) e 15 impressoras térmicas. A aquisição dos aparelhos ocorreu em parceria entre Detran/RS e Federação Nacional de Seguros (Fenaseg). O equipamento será usado por integrantes do 1º, 9º e 11º BPM. Inicialmente, a previsão é de que 2 mil aparelhos estejam operando em todo o Estado no ano que vem. Segundo o diretor-presidente do Detran/RS, à época, Flávio Vaz Netto, o acesso direto ao banco de dados da instituição agilizará o trabalho dos brigadianos. “Será feita consulta online, tanto do veículo quanto da ficha do motorista. Isso facilita na redação de ocorrências e reduz o índice

Equipamento permite consulta de dados em seis segundos

de equívocos”, salientou. De acordo com Vaz Netto, 35% dos registros de infrações de trânsito são anulados devido a erros de informação. “Munidos da impres-

Proerd forma 270 crianças no primeiro semestre em V. Aires A BM de Venâncio Aires formou 270 crianças do Proerd no primeiro semestre. Na cerimônia de formatura, no dia 10 de agosto, os alunos com as melhores redações receberam brindes. Também houve sorteio de 40 CDs e DVDs. Para o próximo semestre, a previsão é de que o curso beneficie 400 estu- Comprometimento: alunos do Proerd fazem juramento de resistência às drogas dantes. al acha muito interessante. As escolas cobram Desde a implantação do programa, em nossa presença para orientar os alunos”, asse2001, 1.825 alunos participaram do projeto. De gurou. As aulas do Proerd atingiram todos os acordo com o Cmt da unidade, Cap Cristiano colégios da área urbana. Cuozzo Marconatto, os jovens se tornam aptos Conforme o Sd, a troca de experiências é a multiplicar o conhecimento adqurido. “Eles gratificante. “Me surpreendi ao visitar uma das são nossos colaboradores, pois já sabem dos escolas depois da formatura e me deparar com perigos causados pelas drogas e podem infor- todas as crianças usando o uniforme do Promar aos outros”, salientou. erd”, lembrou. Para o PM, isso é uma forma de Instrutor do programa desde 2005, o Sd valorização do trabalho. “Esperamos firmar parMoisés Bica de Assunção ressalta a importân- ceria em 2008 para gravar a música do Proerd cia do trabalho junto aos estudantes. “O pesso- e entregá-la a cada um dos formandos.”

BM participa do 7 de setembro em Pelotas A BM marcou presença no desfile de 7 de setembro em Pelotas. Acompanhado por 7 mil pessoas, a cerimônia contou com a presenca do efetivo motorizado e a pé. O grupamento motorizado trouxe diversas atrações. Um caminhão do CB fez o públiAlunos do Prosepa desfilaram na cerimônia do 7 de Setembro em Pelotas co aplaudir a inovação deste ano:um bombeiro, na escada magirus, tra- Bombeiro Mirim, Prosepa (foto) e Patrulheiro zia a bandeira do Brasil. Ambiental Mirim desfilaram nos carros e emAs crianças e adolescentes dos projetos barcações da BM.

Setembro/ Outubro 2007 – Pág 15

CORREIO BRIGADIANO

CPC recebe 150 Palm Tops em seu 33º aniversário

Reconhecimento

Pranteio, como todos os Policiais Militares e Civis do nosso Brasil, mais um Herói que tomba no cumprimento do dever. ÊNeste momento não nos interessa quanto ele ganhava por mês para proteger os cidadãos deste Estado, e nem importa que os cidadãos não se preocupem com isto... ÊNem importa também que ele, muitas vezes, foi criticado pelos cidadãos em razão de uma decisão equivocada no atendimento de ocorrência, nem nos importa que os tais cidadãos nem tenham perguntado se lhe restava outra opção... ÊTambém não importa que ele tenha tido uma vida calejada pelos sofrimentos que viu ao longo dos seus quase dez anos de exercício nesta profissão que parece ingrata, mas que para nós é o triunfo. Não importa as vezes em que segurou, a duras penas, o seu pranto diante do sofrimento daqueles que não conhecia, das vezes que lamentou a destruição de famílias alheias, das vezes que, tomado de imensa ternura, consolou o infortúnio daqueles a quem nem conhecia.... Não importa as vezes em que, ausentando-se do convívio da família, voluntariou-se para resolver problemas dos outros. Das vezes em que, fora do seu horário de trabalho, deixou-se levar pelo Êsentimento do dever e correu para auxiliar os colegas diante de ocorrência de vulto, para resolver problemas que não lhe diziam respeito... NÊ ão importa quantas vezes, quase tomban-

CRPO VALE DO RIO DOS SINOS E VALE DO RIO PARDO

sora térmica instalada na viatura, os PMs podem expedir a multa na hora, se necessário”, lembrou. Para o titular da SSP, Del José Francisco Mallmann, o apoio tecnológico ajudará na redução dos índices de criminalidade. “Ê É um importante equipamento que irá auxiliar, principalmente, no combate ao furto e roubo de veículos”, destacou. Os Palm Tops terão acesso aos bancos de dados da segurança pública. O Cmt-Geral da BM, Cel Nilson Nobre Bueno, ressaltou a atuação do destacamento. “Estamos mais presentes e enérgicos. As atuações na Capital são traduzidas para o interior”, frisou. Subcmt-Geral da BM, o Cel Paulo Roberto Mendes Rodrigues concorda com o secretário. Segundo ele, a nova tecnologia auxiliará na identificação de foragidos.

IBCM celebra 79 anos com apoio dos associados

Guardas municipais gaúchos participam de congresso no RJ Entre os dias 20 e 22 de setembro, a cidade fluminense de Macaé sediou o XVIII Congresso Nacional de Guardas Municipais. Cerca de 1,2 mil servidores de todo o país estiveram presentes. Representando as Guardas Municipais gaúchas, 42 integrantes de Porto Alegre, Esteio, São Leopoldo, Montenegro, Novo Hamburgo e Caxias do Sul participaram do evento. Cmt da GM de Esteio, Assis Brasil Marin Silveira considerou positiva a integração com os colegas de outros Estados. “Observando as outras instituições percebi que, em nível nacional, somos muito bem preparados”, avaliou. Durante o encontro, houve demonstrações de armamentos e coletes, apresentações de veículos e exposição de materiais para reforço na segurança dos profissionais. Além disso, foi realizado um curso de manuseio de Tasers. Palestras sobre sistemas de câmeras; drogas e álcool como geradores de violência; o desenvolvimento das cidades quanto

GMs desfilaram pelas ruas na abertura do encontro

à segurança pública e descentralização da segurança pública também marcaram o encontro. “A questão do trabalho preventivo e de orientação nas escolas recebeu destaque”, lembrou. Segundo Silveira, este tipo de trabalho já é realizado em Esteio, cujo objetivo é orientar os jovens. “Procuramos adotar bons exemplos e repassá-los aos colegas. Uso até recortes do JCB para mostrar idéias que possam ser implementadas”, comentou. Conforme Silveira, a GM conta com apoio irrestrito da BM e PC.

PC apreende 80kg de maconha em Santa Rosa

Entidade comemora conquistas e projeta 80º aniversário

A IBCM comemorou no dia 18 de setembro seu 79º aniversário. Para comemorar a data, foi realizada no dia 19 de setembro uma festa na sede, no Menino Deus. Cerca de 70 pessoas prestigiaram o evento. Houve homenagens às autoridades que atuaram na instituição e que contribuem para o crescimento da entidade.“Já iniciamos a contagem para chegar aos 80 anos. Chegamos até aqui com o apoio dos associados”, declarou o presidente, Cel RR Ubirajara de Oliveira Falcão. Segundo ele, um dos grandes acontecimentos da entidade foi a conquista, em 2005, do certificado da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip). Este documento permite a isenção de alguns impostos. Falcão projeta a ampliação das unidades do Partenon e Menino Deus, além de novos modelos de atendimento para odontologia para atender os 23 mil sócios. ENCONTRO – Com o objetivo de reunir a turma de 1992, o 1ºTen Álvaro Soares Madeira organizará um encontro entre os dias 13 e 16 de dezembro, no Hotel Internacional nas Águas Termas de Gravatal, em Santa Catarina. Entre as atividades, está programado um jantar-baile para embalar a noite dos 60 integrantes da comitiva que garantiram presença. “Cerca de 45 familiares dos PMs RR estarão presentes”, garantiu Álvaro, coordenador do evento.

Apreensão: segundo os agentes da PC, os 91 tijolos de maconha seria distribuídos no município de Santa Rosa

Numa das maiores apreensões de drogas realizadas em Santa Rosa neste ano, a 1ª DP encontrou, no dia 4 de outubro, no interior de Alecrim, 80kg de maconha. No local, os policiais prenderam em flagrante dois casais, que preparavam os 91 tijolos. Os agentes também en-

contraram dinheiro (reais e pesos), cigarros contrabandeados, munição, uma balança grande, anotações, um veículo e uma motocicleta. Conforme a PC, a droga seria distribuída na grande Santa Rosa. Os presos eram investigados pelos policiais.

2º BPM prende foragido mais procurado de Rio Pardo Um mês após fugir do Presídio de Rio Pardo, o criminoso mais procurado da cidade acabou preso, no dia 23 de outubro, pelo serviço de inteligência do 2ºBPM. Em 27 de setembro, o indivíduo conseguiu fugir pelo telhado da casa prisional. Conforme o Cmt das 2ª e 3ª Seções, Cap João Marley Rodrigues, entre outras acusações, o foragido cumpria pena por tráfico de drogas. “Foram diversas as tentativas para a prisão, mas com o auxílio de traficantes, ele conseguia driblar nossas ações”, ressaltou. Com a ajuda da comunidade, que fez denúncias, e o trabalho do setor de inteligência, a BM conseguiu recapturá-lo. “Ele havia cometido furtos, roubos e arrombamentos na cidade. Durante o período em que permaneceu livre, estivemos no seu encalço”, afirmou. Conduzido ao Pronto Atendimento Ambulatorial Municipal para verificar seu estado de saúde, o traficante foi conduzido ao Administrador do Presídio Estadual de Rio Pardo, onde ficará à disposição da Justiça.


Setembro/Outubro 2007

GM de Vacaria participa do 9º Swat

Ano XIV - Nº 185

Trabalhadores da Segurança- Irmãos de Ofício

* Crissiumal (11) * Salvador do Sul (12) * Porto Alegre (13) * Santiago (14)

Setembro/Outubro 2007

Prosepa muda vida de 65 jovens em Montenegro

Mallmann comemora redução dos índices de criminalidade

Confira nesta edição * Alegrete (7) * Caxias do Sul (8) * Paverana (9) * São Sepé (10)

APESP

Entre servidores e instrutores, curso realizado entre os dias 2 e 9 de novembro reuniu 160 participantes

–9 Aniversário de OPMs e entidades Setembro/Outubro 01/09 01/09 02/09 02/09 09/09 13/09 16/09 20/09 22/09 22/09 22/09

– BOE - Batalhão de Operações – 10º CRB0 – CRPO / Fronteira Oeste – 1º BABM – 12º BPM – COM – CPM – HBM – DI – 17º BPM – DRESA

23/09 30/09 08/10 12/10 14/10 14/10 17/10 18/10 18/10 21/10 26/10

– 5º RPMon – 18º BPM – 3º RPMon – IPBM – Museu BM – EsBo – 33º BPM – HBM/SM – CRPO / Vale do Taquari – 1º BPM – CRPO / Central

1º Ten Erneide assume o Pel Ambiental de Torres

Caderno Região Metropolitana

Aulas de boxe aproximam jovens da Guarda Municipal da Capital

Desde 2004, Prosepa beneficia jovens de 14 a 18 anos

Pel Mirim integra jovens à BM em Cruz Alta 1º Ten Erneide pretende contar com o apoio da população

Há seis meses à frente da SSP, secretário destaca a redução de 36,8% dos homicídios em outubro, mas ressalta que ainda falta integração entre as polícias

– 11 Crianças aprendem lições de disciplina no Pel Mirim

– 14

Sérgio Fortes deixa o comando da Susepe

Projeto piloto da GM da Capital atende estudantes da Restinga

–3

“Marcha da Dignidade” mobiliza servidores da segurança pública

– 12 PC apreende 520 quilos de maconha em São Leopoldo –5

JCB homenageia Cmts de unidades do CPM

– 6 “Quartel Legal” une estudantes e BM em Alvorada

Informativos afins à segurança Pública 3ª DPRM realizou maior apreensão de maconha do ano naquela região

PMs passam lições de cidadania aos estudantes

Quadro com Cmts do CPM marcou os seis anos do Comando

–1

– 11

–6

Sd Curcio retoma Movimento dos Direitos Humanos na BM

Protesto no centro de Porto Alegre reuniu pelo menos 2 mil pessoas

CIANOMAGENTAAMARELOPRETO

–7

Sd Da Luz vence Meia Maratona na Capital

– 12 Filho de Sd ganha os palcos do RS com o Pura Cadência Cel Neme e Sd Curcio: duas gerações à frente dos DH

– 13

–4


JCB nº 185 Out2007