Issuu on Google+

16

DANCE NEWS

SETEMBRO 2013

Quais foram os caminhos que nos trouxeram à dança? Cada um tem sua história e o “por acaso” quase sempre é o principal responsável pela estrada que muitos bailarinos e dançarinos decidiram trilhar. Não foi assim que aconteceu com a dançarina Thalia Nahid, que passou por momentos de muita turbulência na vida pessoal, a ponto de procurar mais uma ocupação para tentar esquecer os problemas que a atormentavam. Naqueles momentos não poderia deixar nenhum espaço vazio para não sucumbir sem ânimo para qualquer tipo de batalha. Procurou uma academia de dança sem nenhuma convicção do que realmente queria, a não ser ocupar um tremendo vazio. Isso foi há 8 anos.

DANÇAR: UM PRAZER PARA TODA VIDA Depois de assistir diversas aulas, resolveu fazer Dança do Ventre e sem perceber estava dando o primeiro passo para uma grande virada que pendia fortemente para o resgate da sua alegria, da sua autoestima... Thalia agora se sentia poderosa e teve a iniciativa de buscar algo mais, inclusive se apresentando em eventos. Morava em Saquarema (município da Microrregião dos Lagos, RJ) e vinha para o Centro do Rio de Janeiro todos os finais de semana, fizesse sol ou chuva, para as aulas na escola de artes orientais Asmahan, onde alem de praticar aumentava seu conhecimento sobre a cultura da dança. Diante de tanta reviravolta e tomada pela empolgação voltou a morar no Rio. Thalia Nahid divide bem seu tempo entre afazeres do lar, trabalho e dança. Atualmente ministra aulas na Academia Letícia, em Sulacap e em janeiro retomará as aulas no curso profissionalizante em dança. O encanto de sua dança faz com que receba diversos convites para apresentações em mostras e eventos árabes e ciganos. Thalia não hesita quando fala da dança em sua vida e abre um sorriso ao tentar resumi-la: “Amo a dança por tudo que ela fez em minha vida, restituindo minha felicidade.” Todos nós que somos envolvidos com a dança sabemos que ela traz benefícios para o corpo, estimulando a coordenação motora, restaurando o equilíbrio, a postura; enrijecendo musculaturas, queimando calorias e trabalhando as articulações. Mas temos aqui mais um testemunho de que a dança também é capaz de restituir a razão de viver; que é um motivo para se sentir melhor e em condições de enfrentar problemas emocionais. Enfrentar e vencêlos. Quem assiste uma apresentação de Thalia Nahid não consegue imaginar que ali, naquele corpo que sorri ao dançar, havia um coração triste. E sintetiza nossa bailarina: “Cheguei à conclusão que dançar é um prazer para toda minha vida; sou muito feliz com ela.”

DANÇA CIGANA - DANÇA DO VENTRE - BALLET Atividades todas as terças e quintas para todas as idades. Produção e Direção: Professora Nara Figueiredo. Informações: (21) 9111-3447 / 3183-6154 narafigueiredo@ibest.com.br Novo Endereço: Cascadura Tênis Clube Rua Barbosa, 164 - Cascadura - RJ Tels.: (21) 3258-6148 / 3183-6154 Profª Babi Oliveira


Página 16