Issuu on Google+

DIÁRIO CATARINENSE, SEGUNDA-FEIRA, 25 DE JUNHO DE 2012

FESTA NO NORTE Fogueira é atração Estrutura de 32 metros de altura é orgulho para São João do Itaperiú RODRIGO PHILIPPS

São João do Itaperiú

A imagem da fogueira em chamas, que vai do chão às alturas, é o principal cartão de visitas de São João do Itaperiú, no Norte do Estado, nas comemorações juninas.

M

as o fogo aceso em 32 metros de lenha empilhada não foi a única atração na noite do sábado.A queima dos fogos de artifício atraiu olhares por cerca de 10 minutos, pouco antes de uma cascata de faíscas anunciar o acendimento da fogueira. Quem teve a paciência de se antecipar à queima dos fogos para garantir o melhor lugar perto da fogueira ainda foi premiado com um espetáculo pirotécnico de várias formas e cores. No ano passado,a chuva forçou o público a ficar distante do foguetório. Testemunhando o show de luzes e explosões pela primeira vez, Vanessa Augusto, 30 anos, de União da Vitória (PR), não se arrependeu de enfrentar a fila na SC-404 por mais de uma hora até chegar a São João

Centenas de pessoas prestigiaram o acendimento, no sábado à noite

do Itaperiú com o noivo Giovani Demétrio, 35 anos, de Joinville. – Valeu o esforço. Não só pela fogueira, mas também pelas outras atrações da festa – elogia Vanessa. A fogueira de São João do Itaperiú é uma tradição quase secular.A festa

típica, tocada pela comunidade há 96 anos, hoje é mantida pela Associação São João Esporte Clube, com apoio da prefeitura. Uma empresa de reflorestamento doa a madeira. Foram gastos R$ 10 mil com os fogos e a contratação de guindastes e de trabalhadores.

Geral

23


Coluna CorenSC DC Junho