__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Pepe Bolão e Bella Bailarina André Luís Oliveira | Dud


Associação Pró-Esporte e Cultura - APEC A gente sabe que é possível estimular o desenvolvimento escolar e a autoestima de crianças e de adolescentes em vulnerabilidade social, incentivando e apoiando a prática e o aprendizado esportivo e cultural. Desde 1996, beneficiamos milhares de meninas e menino dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Ceará. Por isso, você vai perceber que esta história poderia ser, tranquilamente, baseada em fatos reais. Legal, né? Quem pode participar? Estudantes de sete a 14 anos, regularmente matriculados nas escolas públicas dos bairros das periferias. Os bons alunos são selecionados como forma de premiação e os “maus” alunos, como forma de incentivo. Aqui, todo mundo tem chance de participar, mas é preciso mostrar interesse e se dedicar. Mas como funciona? Quem participa dos Programas passa por uma avaliação a cada dois meses. Ao mesmo tempo, na escola e no centro de atividades, são observados o andamento das notas, comportamento, a frequência escolar, o respeito aos companheiros, entre outros indicadores. Tudo isso é anotado em um boletim, carinhosamente apelidado de “Bolota” que nos permite acompanhar o desenvolvimento de cada menina e de cada menino e ajudar nas suas caminhadas. Nessa metodologia existe uma brincadeira chamada “Controle de Talentos”. Quando entra no programa, cada estudante recebe um bônus de cinco Talentos. A partir daí, todos são incentivados a melhorar suas marcas e a conquistar mais talentos para que, no término do projeto, recebam medalhas de ouro (a partir de 21 talentos), prata (de 17 a 20 talentos) ou bronze (de 13 a 16 talentos). Saiba mais: www.proesporte.org.br

Pepe Bolão e Bella Bailarina Associação Pró-Esporte e Cultura Todos os direitos reservados. Distribuição gratuita. André Luis Oliveira Texto e revisão

Dud Ilustrações

Cordeiro de Sá Projeto gráfico e Direção de Arte

Impresso na São Francisco Gráfica e Editora Ribeirão Preto, 2014


Pepe BolĂŁo e Bella Bailarina

Dedicado Ă s pessoas que fazem do esporte e da cultura as suas ferramentas para mudar o nosso Brasil.


Um dia chegou na cidade Um projeto interessante, ESPORTE E EDUCAÇÃO, Propondo transformação Para o pequeno cidadão.

ATENÇÃO!


Futebol e Dança para todas as crianças, Mas, para participar da atividade, Não bastava morar no bairro, Fazer parte da comunidade.


Para se inscrever O aluno tinha de estudar Matemática, Ciências e Literatura, Ser bem comportado, Manter respeito e compostura.

Pepe Bolão ia mal na escola, Só gostava de jogar bola. Ficou ressabiado, Não sabia adjetivo, predicado. Com as notas que tinha, Jamais seria escalado.


Bella Bailarina ouviu também a novidade, Não podia perder a oportunidade, Queria ser do grupo de dança da cidade. Ficou preocupada, pois Era dia de tabuada E ela não sabia nada. Que cilada!


Espertos e sabidos, Pepe Bolão e Bella Bailarina Mudaram de atitude, Demonstraram esforço e virtude.


Bella Bailarina e Pepe Bolão Enfrentaram o desafio. Fazendo toda e qualquer lição, Entenderam o valor da educação.


O tempo foi passando Mês a mês, dia a dia, E os dois sempre animados Estudando nos domingos e feriados. Bella Bailarina não ficava Mais à toa, de bobeira, Aprendeu tabuada, Dança de rua e capoeira. Pepe Bolão mostrou-se Com o caderno caprichado, Aprendeu verbo e predicado.


Sujeito de bom coração Ajudava os amigos a entenderem a lição. Coração de gigante, Bem grandão, Como o Maracanã, O Morumbi, o Mineirão.


Eta, Pepe Bolão! Agora, além de jogar bola, O artilheiro, centroavante Também é bom estudante.


Pepe Bolão e Bella Bailarina Meninos de sorte, Tão educados, Merecem a dança E todos os esportes!


Fim


André Luís Oliveira - Ribeirão Preto, 1964

Pedagogo, com especialização em psicopedagogia clínica e institucional. Atua no Colégio Pequeno Príncipe e ministra cursos e oficinas para professores e graduandos. É autor de “A Cidade dos Cachorros” e “Bicho Diversos”, entre outros livros para crianças. Criou o Jogo da Acessibilidade (MEC, MCidades e ABEA).

Carlos Eduardo Silva, Dud - Ribeirão Preto, 1981

Formado em propaganda & marketing, nunca soube jogar futebol, mas é ilustrador, quadrinista e cartunista. Tem trabalhos expostos no Brasil e no exterior, destacando-se participações no Salão Internacional de Humor de Piracicaba. Criador das tiras “Em Perfeita Companhia” e “Homem Apaga”, integra o Projeto Ribeirão Preto em Quadrinhos (RPHQ).

Patrocínio

Apoio

Profile for Cordeiro de Sá

Pepe Bolão e Bella Bailarina  

Com texto do André Oliveira e ilustrações do Dud, esta publicação foi criada em apoio pedagógico dos projetos sociais da Associação Pró Espo...

Pepe Bolão e Bella Bailarina  

Com texto do André Oliveira e ilustrações do Dud, esta publicação foi criada em apoio pedagógico dos projetos sociais da Associação Pró Espo...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded