Page 1


Perfil

Junho 2019 Dias 03,10,17 e 24

Missa da Misericórdia

AGENDA

Rialma - GO

................................................. Dia 02

Missa - Kairós para Mulheres

Canção Nova - Casa de Missão Brasília

................................................. Dia 05 Encontro para Casais

Paróquia Santa Terezinha - GO

.................................

Dias 08,15, 22 e 29 Movimento Coração Jovem Rialma - GO

................................. Dia 13

Missa da Misericórdia

Caro (a) Amigo (a), Querido Amigo Fiel, mês de junho chegou já em festa para nós com a celebração do VII Tributo ao Coração de Jesus. Que lindo foi nosso evento no qual tributamos ao Coração de Jesus nosso louvor, e adoração na presença dos cantores Migueli Marin, Ziza Fernandes, Eugênio Jorge, Martin Valverde e toda Comunidade Coração Fiel. Nossa Comunidade é fruto do Coração Eucarístico de Jesus. Ele nos chamou a ter e a favorecer um Encontro pessoal com seu Coração Sagrado, e queremos contar com você que faz parte da nossa família, precisamos urgentemente conquistar corações para Jesus. Convido você neste mês de junho a se aproximar com ainda mais confiança de seu Coração Fiel, oremos pela Comunidade Coração Fiel e tudo que envolve as necessidades desta Obra de Deus. Não nos cansemos de suplicar e contemplar esse Coração Santo, permitamos que Ele nos modele segundo sua Mansidão e Humildade. Aproveite a leitura desse Informativo, e permita que os textos e orações aqui editados fecunde seu coração. Boa Leitura!

TESTEMUNHO

Missão Aparecida de Goiânia - GO

................................................. Dia 28

Missa da Solenidade do Coração de Jesus Após missa momento musical com Pe. Delton Filho e Pe. Cleidimar - Rialma-GO

.................................................

.................................................

Expediente

Presidente: Pe. Delton Filho Editora Geral: Paula Gontijo Correção Ortográfica: Jéssika Paz Arte Gráfica: Paula Gontijo Impressão: Digital Gráfica Fotos: Missionários Coração Fiel Tiragem: 1000 exemplares

Comunidade Coração Fiel CNPJ: 07.447.282/0001-19 Rua Coração Fiel N. 50 - Rialma II CEP: 76 310 000 - Rialma / GO Site: www.coracaofiel.com.br e-mail: informativo@coracaofiel.com.br

Amiga Fiel: Edna Gomes Costa Oliveira Estado Civil: Casada Residência: Ceres - GO Meu nome é Edna Gomes Costa Oliveira, tenho 46 anos, casada há 21 anos com Cleoder Fulgêncio de Oliveira, mãe da Camilla Adne C. Oliveira e Victor F. C. Oliveira. Sou Fiel Oblata e Amiga Fiel na Comunidade Coração Fiel. Tive a graça de conhecer a Comunidade bem no começo, quando as missas ainda eram celebradas na garagem da Rádio Coração Fiel. E posso testemunhar que sou muito FELIZ por estar mais perto do Coração de Jesus através dessa obra, que sem dúvida alguma, vem de Deus! Em alguns momentos difíceis em minha vida, pude providencialmente usufruir de uma palavra de alento, ânimo e fé dos missionários, nas programações da Rádio e nas homílias cuidadosamente preparadas pelo Pe. Delton. Com sua unção e desejo de santidade, consegue do Coração de Jesus o ‘Dom de tocar os corações mais endurecidos’. Jesus é como uma fonte de misericórdia onde seu sangue e água jorram para TODOS, sem

exceção, para que possamos mergulhar e colher todas as graças que Ele tem para nós, segundo Santa Faustina. Pude por tantas vezes na minha vida e no meu lar experimentar dessa misericórdia! Muitas foram as investidas do inimigo, contra a minha casa e família, mas somente por causa dessa misericórdia fomos sustentados até hoje. Por isso é tão importante que não deixemos de contribuir com essa obra. Na ajuda financeira, mesmo que seja pouco aos nossos olhos, pois o pouco com Deus é muito. E com a nossa oração, para que ela possa a cada dia mais alcançar muitos corações para Cristo. Sou MUITO FELIZ por fazer parte dessa família!


Palavra do Fundador

O Coração de Jesus nos escolheu

M

uitos santos perceberam que a devoção ao Sacratíssimo Coração de Jesus seria uma fonte segura de sustentação diante das turbulências da vida rumo a Deus. Não é diferente para todos nós. A Comunidade Coração Fiel é fruto do Coração Eucarístico de Jesus. Ao completar 14 anos de fundação, posso afirmar que ela se firmou por meio da adoração eucarística diária e da profunda devoção ao Sagrado Coração de Jesus, que nos chamou a ter e favorecer um encontro pessoal com Ele, anunciando a Misericórdia que revela Seu

Fiel Coração. Ele nos chamou para sermos“conquistadores de Corações” para Cristo e sua Igreja. E isso não será possível sem que eu e você nos deixemos conquistar pelo Coração de Cristo. Nesse ano em que nossa comunidade está celebrando o ano da Eucaristia, somos convocados por Deus a fixar o olhar no Coração Fiel de Jesus, e recordar as palavras de nosso inspirador principal São João Paulo II: “Refugiemo-nos no Coração de Jesus! Ele nos oferece uma palavra que nunca passa, um amor que nunca diminui, uma amizade que não se deteriora, uma presença que

jamais se esvai!”.

(Livro: Na Escola

do Coração de Jesus com João Paulo II e

Já São João XXIII dizia: “Deus, para preservarme do pecado e não me deixar fugir muito longe d’Ele, se serviu da devoção ao Santíssimo Sacramento e ao Sagrado Coração de Jesus”. Nosso Chamado brota do Coração Sacrossanto de Jesus. Convido você nesse mês do Sagrado Coração de Jesus, a fazer o propósito de não se distanciar do Seu Fiel Coração. Ele que é fonte de toda vocação Coração Fiel. Dedique tempo para contemplar as Suas Virtudes. Busque crescer na humildade e na mansidão! Isso trará resultados até para a sua saúde física! Experimente! Pe. Gerard Dufour)

Pe. Delton Filho Fundador da Comunidade Coração Fiel


Caderno Especial

Porque celebramos a festa de

A

PENTECOSTES

Solenidade de Pentecostes é um dos fatos mais marcantes para toda a Igreja, para os povos, pois é nela que tem início a ação evangelizadora para que todas as nações e línguas tenham acesso ao Evangelho e à salvação mediante o poder do Espírito Santo de Deus. A Sagrada Escritura no Livro do Atos dos Apóstolos mostra-nos claramente a origem desta celebração, como tudo começou: “Quando chegou o dia de Pentecostes, os discípulos estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um ruído como de um vento forte, que encheu toda a casa em que se encontravam. Então apareceram línguas como de fogo que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito lhes concedia expressar-se. Residiam em Jerusalém judeus devotos, de todas as nações que

há debaixo do céu. Quando ouviram o ruído, reuniu-se a multidão, e todos ficaram confusos, pois cada um ouvia os discípulos falar em sua própria língua”. (At 2,1-6). Aqui podemos ver a manifestação do Espírito Santo, o Paráclito, terceira pessoa da Santíssima Trindade. A partir de Pentecostes, os discípulos saem, enfrentam seus medos e inicia-se aí um tempo novo na Evangelização. O Catecismo da Igreja Católica diz que: “No dia de Pentecostes, a Páscoa de Cristo completou-se com a efusão do Espírito Santo, que se manifestou, se deu e se comunicou como Pessoa Divina: da Sua plenitude, Cristo Senhor derrama em profusão o Espírito” (CIC, n. 731). O Espírito Santo é o doador dos dons celestiais. Ele é o unificador, todos os povos, línguas e nações são alcançadas pelo Seu poder, pelo Seu amor. Como podemos atestar nos Atos dos Apóstolos, “cada um ouvia os discí-

pulos falar em sua própria língua”. Em especial nos tempos atuais, faz-se ainda mais necessário não só celebrar Pentecostes, mas invocar a renovação, o Batismo no Espírito todos os dias, arrisco-me a dizer todos os instantes, para mantermos a unidade em família, na sociedade, em nosso país e no mundo, tão carente de amor. A minha alma, a nossa alma em sede de Deus e deseja encontrá-lo, enquanto isso não acontecer estará inquieto, buscando descansar no Senhor. Supliquemos “Vinde Espírito Santo! A nossa mente iluminai, os corações enchei de amor, nossa fraqueza encorajai qual força eterna e protetor!”. Peçamos ajuda a nossa Mãe Santíssima, que ela nos tome em seu colo e nos ensine a viver cheios e conduzidos pelo Espírito Santo de Deus! Missionária Amarília Freire Comunidade Coração Fiel


Projeto Junto ao Coração

Uma história de Confiança no

Sagrado Coração de Jesus

A

devoção ao Sagrado Coração de Jesus tem a sua origem na própria Sagrada Escritura. O coração é um dos modos para falar do infinito amor de Deus por você. Este amor encontra seu ponto alto com a vinda de Jesus. A devoção ao Sagrado Coração de um modo visível aparece em dois acontecimentos fortes do evangelho: o gesto de São João, discípulo amado, encostando a sua cabeça em Jesus durante a última ceia (cf. Jo 13,23); e na cruz, onde o soldado abriu o lado de Jesus com uma lança (cf. Jo 19,34). Em um temos o consolo pela dor da véspera de sua morte, e no outro, o sofrimento causado pelos pecados da humanidade. Estes dois exemplos do evangelho nos ajudam a entender o apelo de Jesus feito em 1675 a Santa Margarida Maria Alacoque. Sentimos esse forte apelo ao nos tornar Comunidade Coração Fiel, Nosso Nome Coração Fiel, é por causa do Coração de Jesus, esse Coração que é tão fiel, e chama a nós que somos infiéis para o segui-lo e amá-lo. Nosso Fundador Pe.Delton Filho, tem uma experiência muito forte com esse Sagra-

do Coração, nossa história de amor e confiança passa a ser concreta apartir desse encontro, desde a infância sua mãe já o consagrou a esse Coração, depois de sacerdote sua primeira paróquia tinha o nome de Sagrado Coração de Jesus, tudo foi tendo um sentido na sua vida, história e missão, tanto que o nome da nossa Comunidade não poderia ser outro: Comunidade Coração Fiel. O Projeto Junto ao Coração é a forma de, edificar, sustentar e expandir a Obra Coração Fiel. ”O objetivo, a história do Projeto Junto ao Coração é favorecer para que nossa comunidade, Coração Fiel, possa assumir o chamado que nos foi feito para a obra de apostolado em conformidade com nosso carisma que é: Ter e favorecer um encontro pessoal com o Senhor Jesus, anunciando a Divina Misericórdia que brota de seu Fiel Coração, para conquistar e reconquistar corações para Cristo e sua Igreja”. Seja um evangelizador junto conosco, e deixe-se conquistar pela força desse Coração Fiel, a Obra Coração Fiel, precisa de você! Missionária Kelen Aparecida Comunidade Coração Fiel


Conselho do Cora ADORAÇ

“Mas vem a hora, e já chegou, em que os v o Pai em espírito e verdade, e são esses ado

É

interessante notar nessas palavras de Jesus um fato intrigante. Nós já sabemos que muitos desejam a Deus. Pobres O desejam. Ricos também! Doentes O desejam. Os sãos igualmente. Pessoas em todas as nações manifestam desejo por Deus. Mas a quem Deus deseja? Jesus revela este segredo extraordinário. Deus deseja adoradores! Não se trata de uma adoração qualquer. Jesus deixa claro que se refere a adoradores que “adorem em Espírito e em Verdade!”. Ao longo da história, homens e mulheres que aprenderam este conselho de Jesus gastaram horas diárias e até noites interias em adoração ao Santíssimo Sacramento. Pensemos em Madre Tereza de Calcutá, que dedicava um mínimo de seis horas do seu dia adorando antes de ir cuidar dos “mais pobres entre os pobres”. O próprio São João Paulo II não iniciava sua jornada diária sem madrugar diante do Sacrário. Nesse

ponto do nosso c quer dar a você um rador! Esconder-se contrar-se seguro a tre. Quanto mais a mergulhamos na p le cujo Coração cura e a libertação interior e o avivame impossível narrar t que a adoração po nossa vida: adore e Se hoje é difícil p algumas horas ou te de Jesus Eucar reservando alguns encontrá-Lo no Sa mento. Antes do te manhã bem cedo; almoço; ou antes, tua casa no final d capela do Santíssi to na Igreja de fác você. Ainda que n adorar, experimente cio diante dele. N saiu da presença d algum benefício pe


ação de Jesus: ÇÃO

verdadeiros adoradores hão de adorar oradores que o Pai deseja.” (Jo 4,23)

caminho, Deus m Coração adoe na oração. Enaos pés do Mesadoramos, mais presença daqueabsorvemos a o, a renovação ento da alma! É todos os efeitos ode trazer para e descobrirás! para você ficar u noites dianrístico, comece s minutos para antíssimo Sacraeu trabalho, de no intervalo do de regressar a do dia. Visite a imo Sacramencil acesso para nem saiba com e ficar em silenNinguém jamais do Senhor sem essoal!

Você pode se perguntar “mas se eu estiver cansado demais para adorar?” Saiba que a pior adoração é aquela que não fazemos! Papa Francisco, num colóquio com o clero, narra o episódio em que ele, cansado, durante a adoração acabou adormecendo. Ele testemunhou que disse a Jesus, mesmo assim: “Eis-me aqui contigo, meu Senhor, meu amigo!” Não vá adorar para dormir diante do Sacrário, viu? Mas, se por acaso, você cochilar, quando acordar, aproveite para rezar igual ao Papa: “Senhor, mesmo cansando, eis-me aqui contigo!” Livro 7 conselhos do Coração de Jesus Pe. Delton Filho


Formação

O que é a festa de CORPUS CHRISTI

C

om calendário móvel, sempre celebrada na quinta feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, a festa de Corpus Christi neste ano será celebrada no dia 20 de junho. Embora o nome da festa já anuncie o que celebramos – o Corpo de Cristo – muitos fiéis desconhecem sua origem, celebração e mesmo a diferença entre a Instituição da Eucaristia e a celebração do Corpo de Cristo. Neste pequeno artigo quero trazer para você, leitor, estas preciosas informações sobre tão importante festa do nosso calendário litúrgico. ORIGEM Instituída pelo Papa Urbano IV na bula TRANSITURUS DE HOC MUNDO de 11 de agosto de 1264, a festa de Corpus Christi celebra a presença real de Cristo no Santíssimo Sacramento. Segundo registros da Igreja, em uma revelação particular, Santa Juliana de Cornillon teria recebido de Jesus o pedido para que fosse introduzida, no Calendário Litúrgico da Igreja, a festa de Corpus Domini para “aumentar a fé, prosperar na prática das virtudes e reparar as ofensas ao Santíssimo Sacramento”. A Santa trabalhou em sua diocese de forma que, na Bélgica, Corpus Christi tornou-se uma festa nacionalmente conhecida. Ainda que conhecida nacionalmente, a festa ainda não pertencia ao calendário litúrgico oficial da Igreja Católica. Em 1258, Santa Juliana faleceu, 6 anos antes da instituição da festa no calendário litúrgico da Igreja. O MILAGRE E INSTITUIÇÃO Um Padre Alemão, chamado Pedro de

Praga, enquanto celebrava a Santa Missa, logo após a consagração, presenciou a Hóstia em suas mãos escorrer sangue. Perplexo, interrompeu a missa e pediu para ser levado à cidade vizinha de Orvieto, onde o Papa Urbano IV residia. Atendido pelo Santo Padre, que enviou equipe imediatamente para averiguar o fato, o padre fora acolhido. Tendo confirmado o fato tal qual o padre Pedro de Praga narrara, o Papa realizou uma procissão e introduziu as relíquias na catedral. Assim, incentivado por vários bispos diante do apostolado de Santa Juliana e frente a tão grande milagre, Papa Urbano IV instituiu a festa de Corpus Christi em 11 de agosto de 1264 através da bula TRANSITURUS DE HOC MUNDO. Poucos sabem, mas este fato é contemporâneo à Santo Tomas de Aquino, que foi convidado pelo Papa para compor os textos litúrgicos referentes a Corpus Christi, do qual sabemos que brotou os mais belos cânticos ao Santíssimo Sacramento, como o Tão Sublime, que cantamos até hoje. PRESENÇA REAL DE CRISTO NA EUCARISTIA Papa Francisco, durante procissão de Corpus Christi em 2018 nos exorta a viver com intensidade a espiritualidade Eucarística, que, conforme o pedido do próprio Jesus à Santa Juliana de Cornillon nos leva a reparar os ultrajes sofridos por Jesus na Eucaristia: “Queridos irmãos e irmãs, escolhamos este alimento de vida: ponhamos em primeiro lugar a Missa, voltemos a descobrir a adoração nas nossas comunidades! Peçamos a graça de nos sentirmos esfomeados de Deus, de nunca nos fartarmos de receber o que Ele prepara para nós.”

TAPETES Tradição de origem portuguesa, trazida ao Brasil durante o período colonial, a prática de confeccionar tapetes é uma manifestação de arte popular e que orna o caminho por onde passa Nosso Senhor em procissão. Muitas paróquias até hoje se organizam para a confecção dos tapetes para esta festa. Embora seja uma belíssima tradição, não pode roubar o centro da festa que é o próprio Corpo de Cristo, que deve ser honrado publicamente. INSTITUIÇÃO DA EUCARISTIA X CORPUS CHRISTI Muitos fiéis ainda têm dificuldades em diferenciar a Instituição da Eucaristia e a festa de Corpus Christi. Para auxiliar nesta compreensão, quero fazer uma breve distinção: A instituição da Eucaristia é celebrada na Quinta-feira Santa, dentro do contexto do Tríduo Pascal, onde Cristo na Santa Ceia institui o Sacramento da Eucaristia e o próprio sacerdócio. Já a festa de Corpus Christi é destinada a celebração do mistério do Corpo de Cristo, reavivar em nós o ardor por Jesus Sacramentado, presente em cada eucaristia, em cada missa, mas de forma pública em Corpus Christi, anunciamos ao mundo nosso amor a Jesus presente no Santíssimo Sacramento do Altar. Celebremos com muita intensidade esta festa. Adoremos Jesus e, com muito amor, busquemos reparar tantos ultrajes sofridos por Nosso Senhor, de forma particular, no Santíssimo Sacramento. Fiel Oblato Paulo Franco Comunidade Coração Fiel


Espaço Jovem

Adultos Imaturos

U

ma mãe gestante tem muitos anseios, dentre eles, ver seu filho nascer saudável e no tempo certo. Nem mais, nem menos. Quem já acompanhou de perto o drama de partos prematuros sabe da angústia dos pais e a sequela nas crianças. Entre crianças que nascem prematuras de 22 semanas o índice de sobrevivência é de 2% a 15%. Com 26 semanas sobe para 75%, mas não sem sequelas graves, com os mais variados transtornos e síndromes, má formação de membros e órgãos entre outras tantas tristes conse quências. Obviamente, as causas de um parto prematuro são, geralmente, alheias a vontade dos pais. Tenho observado com cuidado e preocupação muitos adultos que caminham na vida adulta prematuramente. Vivem pulando etapas da vida, não completam os tempos necessários. Passam de uma etapa para outra da vida sem completar o tempo. Convivemos diariamente com uma geração de adultos imaturos, quer dizer, não maduraram, não passaram pelo crivo do sofrimento a contento. As pessoas desprezam o valor do sofrimento – não se trata de masoquismo, ok? – não recolhem os frutos preciosos que podemos colher dele. Dentre as certezas desta vida, destaco duas: o sofrimento e a mor-

te. Quer você queira ou não, estas duas realidades sempre farão parte da vida de qualquer ser humano, de todos, sem nenhuma exceção. Tomando o sofrimento como uma certeza, precisamos aprender a conviver com esta realidade, sem fugas e nem masoquismo. Há quem fuja do sofrimento e há quem o procure. Não seja nenhuma destas duas pessoas. Ouvi há pouco tempo em um programa na TV Canção Nova o apresentador Márcio Mendes dizendo: “Está sendo provado? É tempo de provação? Então tire 10 na prova!”. É bem isto mesmo! Não queime etapas na sua vida, enfrente com coragem os sofrimentos. Comecei dizendo do parto prematuro e das tristes consequências na vida de um bebê que sua gestão não foi a termo. Não seja um adulto prematuro que pula as etapas na vida, não completa os ciclos. Pessoas que vivem mudam de trabalho geralmente fogem de sofrimentos. Pessoas que vivem saindo de um relacionamento amoroso para outro, geralmente não sabem lidar com as frustrações. Quando encontram um obstáculo não o enfrentam. Isto é grave! Os problemas quase sempre se repetem, quem precisa ficar mais fortes somos nós. Ou aprendemos a lidar com o sofrimento ou viveremos inconstantes. Mudanças

são necessárias, mas avalie se você está mudando ou fugindo. É preciso discernir estas duas realidades. Aos que vivem o drama da imaturidade na vida adulta, digo: busque a constância. Seja constante em suas atitudes. Suporte o sol, suporte a provação, leve seus projetos a termo, conclua seus propósitos. Suporte um pouco de humilhação, supere limites, não seja mole! Há quem goste da Bíblia para ler a alegria de que o Senhor é nosso pastor e nada irá nos faltar. Mas quero concluir com um chamado de Deus à constância: “Considerai que é suma alegria, meus irmãos, quando passais por diversas provações, sabendo que a prova da vossa fé produz a paciência. Mas é preciso que a paciência efetue a sua obra, a fim de serdes perfeitos e íntegros, sem fraqueza alguma. Se alguém de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus – que a todos dá liberalmente, com simplicidade e sem recriminação – e lhe será dada. Mas peça-a com fé, sem nenhuma vacilação, porque o homem que vacila assemelha-se à onda do mar, levantada pelo vento e agitada de um lado para o outro. Não pense, portanto, tal homem que alcançará alguma coisa do Senhor, pois é um homem irresoluto, incons­tante em todo o seu proceder.” Tg 1, 2-8 Feil Oblato Paulo Franco Comunidade Coração Fiel


Benfeitores

62-3307 -1482

62-3307 -1481

Profile for Coração Fiel Comunidade

O Coração de Jesus nos escolheu  

Ano 10 N.99 Junho 2019

O Coração de Jesus nos escolheu  

Ano 10 N.99 Junho 2019

Advertisement