Page 1

Informativo da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores Públicos no Estado do Espirito Santo - Ano I, Edição 01 - Abril - 2009

No mês de aniversário Coopjud quem ganha o presente é o cooperado


EDITORIAL

Crescimento e credibilidade E

m abril, a Coopjud completará 13 anos de uma história de muitas lutas, conquistas e desafios. Nesse período passamos por várias mudanças que nos tornaram mais experientes e fortes e que nos credenciam como uma das cooperativas de crédito que mais crescem no Estado. O ano de 2008 foi para a Coopjud um ano singular, muitas novidades passaram a fazer parte da vida da nossa cooperativa. Inauguramos a Unidade Especializada em Atendimento ao Cooperado (Uneac), uma sala ampla e confortável projetada para atender com muito mais qualidade ao nosso cooperado.

EXPEDIENTE

Além disso, criamos o Projeto Cooperante que visa prestar um melhor atendimento aos nossos cooperados e também aumentar o número de associados para que nossa cooperativa continue sempre

a crescer. Já estamos presentes em 34 comarcas e esperamos alcançar todas as comarcas do Estado. Houve também mudanças em nosso quadro de funcionários, novos profissionais da área de comunicação foram contratos e algumas novidades já podem ser observadas, como o novo layout do site Coopjud que conta com um designer mais leve e moderno e a criação de nosso boletim on-line que semanalmente leva até aos cooperados notícias atualizadas sobre a cooperativa. Para reforçamos nossa identidade cooperativista passamos a adotar o domínio de topo “.coop” em nossa página eletrônica na internet. O domínio “.coop” é exclusivo para as cooperativas. Nosso endereço na Web passa a ser www.coopjud.coop.br

Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores Público no Estado do Espírito Santo

E a mais recente das novidades é o nosso jornal impresso que você lê nesse momento. Bimestralmente chegarão em sua casa notícias importantes sobre a Coopjud. Além de informações sobre o cooperativismo, cursos, palestras, saúde, produtos e serviços da Coopjud, você ainda poderá fazer parte da secção “Cooperado em foco” que a cada edição apresentará um cooperado da Coopjud. Esperamos que você aproveite ao máximo esse novo espaço de comunicação e que fique por dentro de todas as informações relevantes sobre a nossa cooperativa. E mais do que ficar bem informado, desejamos que você possa desfrutar de todas as oportunidades que a Coopjud oferece. Welington Saldanha Presidente da Coopjud

Conselho Fiscal: Efetivo: Djalma Faustino da Silva, João Bosco Saiter de Mattos; Laerte Rogério Neves.

Rua Dionísio Rosendo, 155 - 902 - Cidade Alta, Vitória Espírito Santo - Cep: 29010-100 - Tel: (27) 3232-1888

Suplente: Célia Maria Veiga Antunes; Fábio Coutinho Barros e Therezinha Entringer Modolo.

Conselho de Administração:

(MTB – 2316/ES)

Welington Carvalho Branco Saldanha (Presidente); Josias Ricas de Oliveira (Diretor Financeiro); Márcio José Neves Gomes (Diretor Administrativo); José Jesus Lins Ribeiro da Costa (Conselheiro); Regina Itália Pralon Machado (Conselheiro); Roque Cezar da Costa (Conselheiro).

Texto: Cezelina Chagas

PÁG. 

Jornalista Responsável: João Tarcísio Costa

Fotos: Divulgação e Arquivo Coopjud Projeto Gráfico: Leo Armond - AçãoCriaAção Impressão: Gráfica Sodré Tiragem: 2000 exemplares

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES PÚBLICOS NO ESTADO DO ES - www.coopjud.coop.br


COOPERADO EM FOCO

C

ooperado da Coopjud há 4 anos, o oficial de justiça, Galdino Freitas Lyra Filho estréia a secção “Cooperado em foco” que a cada edição apresentará o perfil de um associado da Coopjud. Com 42 anos, Galdino é casado e pai de duas filhas. Nas horas livres gosta de passar o tempo com a família e praticar Tênis. Alias, durante a entrevista relatou que estava contundido, após um pequeno acidente durante uma partida do esporte preferido. O oficial de justiça conta que conheceu a Coopjud através dos companheiros de profissão, os diretores administrativo e financeiro da Coopjud, respectivamente, Márcio Gomes e Josias Ricas. “Eles me explicaram as vantagens de ser cooperado, como a isenção de tarifas, antecipação dos vencimentos e os convênios”, relembra Galdino.

AGENDA

• 25 de abril - Aniversário Coopjud

• 24 e 25 de abril - Seminário Tendências do Cooperativismo de Economia e Crédito Mútuo. Local: Centro de Convenções, em Vitória. Mais informação: www.ocbes.coop.br

E

m parceria com diversas empresas e estabelecimentos, a Coopjud oferece para seus cooperados uma vasta lista de convênios. Por meio dessas parcerias o associado tem acesso a variados produtos e serviços com descontos especiais. Confira a lista de convênios no site da Coopjud e desfrute de todos os benefícios oferecidos por sua cooperativa. www.coopjud.coop.br

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES PÚBLICOS NO ESTADO DO ES - www.coopjud.coop.br

PÁG 

FIQUE LIGADO

Além disso, o cooperado destaca o bom atendimento recebido pelos funcionários da Coopjud. “Os funcionários nos conhecem pelo nome e nos tratam muito bem. Hoje não troco a Coopjud por nenhuma outra instituição financeira tradicional”, completa.


MATÉRIA DA CAPA

Coopjud faz aniversário e quem ganha o presente é o cooperado Além disso, os cooperados que mais se destacarem durante a campanha, ou seja, os três primeiros cooperados que acumularem o maior número de pontos, além dos prêmios equivalentes a pontuação adquirida, ainda concorrerão entre si em um sorteio especial. A Agente de Desenvolvimento Humano da Coopjud, Roberta Carvalho, responsável pela campanha de aniversário destaca que para chamar a atenção dos cooperados, a sede da cooperativa e os Postos de Atendimento ao Cooperado (PAC) estarão ornamentados com vários balões. Além disso, durante a campanha os colaboradores da Coopjud usarão camisas alusivas ao aniversário e nos fóruns haverá cartazes explicativos sobre o regulamento da campanha. Ainda foi criado um selo comemorativo dos 13 anos da Coopjud que já pode ser visualizado em nosso site e estará presente nos materiais da campanha.

N

o próximo dia 25 de abril, a Coopjud irá completar 13 anos. E para comemorar seu aniversário a cooperativa lançou a campanha: “Mês de aniversário Coopjud – Traga um novo cooperado, acumule pontos e ganhe prêmios”. A campanha tem por objetivos festejar o aniversário da Coopjud, fortalecer a cooperativa, filiar os novos cooperados, além de promover momentos de integração entre os cooperados, pois funcionará similar a uma gincana. Quanto mais novos filiados o cooperado associar, melhor será o prêmio. O período de realização da campanha será de 25 de abril a 25 de maio. Os serPÁG. 

Essa iniciativa é uma forma de motivar uma participação mais efetiva de nossos cooperados” Welington Saldanha, presidente da Coopjud

vidores que se associarem durante a campanha ganharão brindes especiais. Já os cooperados que filiarem novos cooperados irão acumulando pontos que ao final da campanha serão trocados por prêmios como computadores, viagens, hospedagem em hotéis, entre outros.

O presidente da Coopjud, Welington Saldanha convoca todos os cooperados a participarem das atividades em comemoração ao aniversário Coopjud. “Essa iniciativa é uma forma de motivar uma participação mais efetiva de nossos cooperados, quanto maior o envolvimento de todos, melhores serão os resultados da Campanha. Mais do que trazer novos associados queremos que o nosso cooperado esteja mais próximo da nossa Coopjud e mais ativo”, incentivou o presidente. O regulamento da Campanha estará disponível em nosso site e nos Postos de Atendimento ao Cooperado a partir do dia 6 de abril.

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES PÚBLICOS NO ESTADO DO ES - www.coopjud.coop.br


COOPERATIVISMO EM PAUTA

Conheça o significado dos princípios cooperativistas

O

s princípios cooperativistas definidos pela Aliança Cooperativa Internacional (ACI) são as linhas orientadoras através das quais as cooperativas levam à prática os seus valores. Esses princípios devem estar presentes na vidas das cooperativas para que sejam base das estratégias de desenvolvimento do sistema cooperativistas. O presidente da Coopjud, Welington Saldanha, destaca a importância dos cooperados compreenderem o significado dos sete princípios cooperativistas. “Entendendo o valor dos princípios que regem o cooperativismo, o cooperado contribui para o fortalecimento da Coopjud, pois fica mais consciente do seu papel dentro da cooperativa”, conclui.

uma compensação limitada. As sobras (diferença entre receitas e despesas) são destinadas parte para reservas, benefícios aos cooperados na proporção de suas transações com a cooperativa e outras destinações aprovadas em Assembléia Geral.

Os princípios são as linhas orientadoras da prática cooperativista: 1 - Adesão voluntária e livre Cooperativas são organizações voluntárias, abertas a todas as pessoas aptas a utilizar seus serviços e dispostas a assumir as responsabilidades como membros, sem discriminações de sexo, condição social, raça, política e religião. 2 - Gestão democrática As cooperativas são organizações democráticas, controladas pelos seus membros, que participam ativamente na formulação das suas políticas e na tomada de decisões. Os homens e as mulheres, eleitos como representantes dos demais membros, são responsáveis perante estes. Nas cooperativas de primeiro grau ou singulares, os membros têm igual direito de voto (um membro, um voto); as cooperativas de outros graus (Centrais, Federações e Confederações) também são organizadas de maneira democrática. 3 - Participação econômica dos membros Os membros contribuem eqüitativamente para o capital da sua cooperativa e controlam-no democraticamente. Parte desse capital é, normalmente, propriedade comum da cooperativa. O capital recebe

4 - Autonomia e independência As cooperativas são organizações autônomas, de ajuda mútua, controladas pelos seus membros. Se firmarem acordos com outras organizações, incluindo instituições públicas, ou recorrerem a capital externo, devem fazê-lo em condições que assegurem o controle democrático pelos seus membros e mantenham a autonomia da cooperativa. 5 - Educação, formação e informação As cooperativas promovem a educação e a formação dos seus membros, dos representantes eleitos e dos trabalhadores, de forma que estes possam contribuir, eficazmente, para o desenvolvimento das suas cooperativas. Informam o público em geral, particularmente os jovens e os líderes de opinião, sobre a natureza e as vantagens da cooperação. 6 - Intercooperação As cooperativas servem aos seus membros de forma mais eficaz e fortalecem movimento cooperativo, trabalhando em conjunto, através das estruturas locais, regionais, nacionais e internacionais. 7 - Interesse pela comunidade As cooperativas trabalham para o desenvolvimento sustentado das suas comunidades através de políticas aprovadas pelos membros. * Fonte: OCB - ES <www.ocbes.coop.br >

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES PÚBLICOS NO ESTADO DO ES - www.coopjud.coop.br

PÁG 


Coopjud possui taxas mais atrativas do que bancos tradicionais no Estado

A

s cooperativas de crédito apresentam-se em constante crescimento no Brasil. A grande diferença nas taxas de juros e tarifas aplicadas pelas cooperativas de crédito em comparação com os bancos tradicionais pode ser apontada como um dos fatores para essa expansão. A Coopjud é baseada no ideal de cooperação mútua e por isso, prioriza o crescimento econômico, social e cultural de seus cooperados. Dessa forma, busca oferecer as melhores condições de negociação para o seu associado, justamente por ser uma sociedade de pessoas e não de capital, onde o lucro não é seu objetivo principal. Por trabalhar com recursos próprios provenientes da capitalização dos cooperados, a Coopjud possui taxas de juros e tarifas mais atrativas do que bancos tradicionais no Estado. Para ilustrar esse fato, preparamos uma comparação entre as taxas dos serviços oferecidos pela cooperativa e os mesmos serviços oferecidos pelo Banco do Brasil (BB) e Banestes.

Uma das tarifas comparadas foi a do cheque especial para pessoa física, com taxa média de 7,44% no BB e de 8,52% no Banestes. Na Coopjud essa taxa corresponde a apenas 4,5%, uma redução de cerca de 50% do valor praticado pelos dois bancos. Outro exemplo é a tarifa cobrada para renovação do cadastro. Enquanto o BB cobra R$ 30 e o Banestes R$ 20, o cooperado da Coopjud é isento desse pagamento. O diretor administrativo da Coopjud, Márcio Gomes destaca que além das taxas aplicadas serem bem menores, as condições para empréstimos também são me-

lhores. “ O dinheiro emprestado vem dos próprios cooperados, o que possibilita melhores chances de negociações”, explica. Além disso, ao ser associado e possuir conta corrente na Coopjud, entre muitas vantagens, o cooperado é isento de várias tarifas. Entretanto, Márcio alerta que essas tarifas são custeadas pela Coopjud. “Nós não cobramos do cooperado os valores dessas tarifas, mas é a Coopjud que arca com essas despesas. Beneficio esse que não é concedido por instituições bancárias tradicionais”, completa o diretor administrativo. Veja quadro comparativo

TARIFAS COBRADAS PELOS SERVIÇOS Coopjud

B. do Brasil

Banestes

Confecção de cadastro para inicio de relacionamento

Tarifa

Isento

R$ 30,00

Isento

Renovação de Cadastro

Isento

R$ 30,00

Fornecimento de 2ª via de cartão com a função de débito

Isento

R$ 8,00

R$ 20,00 Isento (exceto motivos imputáveis à instituição financeira)

Isento

R$ 1,40

R$ 1,90

Isento

R$ 30,18

R$ 50,00

Isento

R$ 11,40

R$ 13,00

Fornecimento de Folhas de Cheque

Isento

R$ 1,50

Cheque Administrativo

Isento

Não disponível

Cheque de transferência bancária (TB e TBG)

Isento

R$ 1,50

R$ 2,00 (a partir da 11ª do mês)

Isento

R$ 1,45

R$ 4,00 (a partir do 3º mês)

Isento

R$ 1,45

R$ 2,00 (a partir do 3º mês)

Isento

R$ 6,00

R$ 3,50

Isento

R$ 13,50

R$ 17,00

Isento

R$ 30,00

R$ 30,00

4,50%

7,44%

8,52%

Saque de conta de depósito à vista (Terminal e caixa eletrônico) Exclusão do cadastro de emitentes de cheque sem fundo (CCF) Contra ordem (ou revogação) e oposição (ou sustação) ao pagamento do cheque

Fornecimento de extrato mensal de conta de depósito à vista e de poupança (presencial ou pessoa) Fornecimento de extrato mensal de conta de depósito à vista e de poupança (terminal de atendimento e outros meios eletrônicos) Fornecimento de cópia de microfilme, microficha ou assemelhado Transferência por meio de DOC/TED (presencial ou pessoal) Concessão de adiantamento a depositante Cheque especial

Isento até a 10ª folha no mês, a parti da daí, R$ 2,00 R$ 35,00

Fonte: Banco Central do Brasil, Coopjud e Jornal A Gazeta

PÁG. 

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES PÚBLICOS NO ESTADO DO ES - www.coopjud.coop.br


DESTAQUE COOPJUD Isenção de tarifas e mais benefícios para cooperados Ao comparar o quadro ao lado, os cooperados podem perceber que ser associado da Coopjud e possuir a conta corrente na cooperativa é muito mais vantajoso. A conta corrente Coopjud é destinada aos cooperados que recebem seus vencimentos pela cooperativa. Além da isenção das tarifas, o cooperado ainda conta vários benefícios.

Entre esses benefícios pode-se destacar a oferta de empréstimos em várias linhas; o débito automático das faturas de água, luz e telefone e o direito a participar de sorteios mensais de um salário mínimo, por meio da Campanha Ta na Folha Coopjud. Atualmente cerca de 75% dos cooperados possuem conta corrente na

cooperativa. O presidente da Coopjud, Welington Saldanha, afirma que além de ser contemplado com vários benefícios, o cooperado fortalece a cooperativa, pois movimenta a sua atividade econômica. “Tudo isso irá refletir em mais qualidade para o cooperado”, destaca o presidente.

Conselhos de Administração e Fiscal tomam posse

N

o último dia 31 de março, os membros do Conselho de Administração e Fiscal da Coopjud tomaram posse. A cerimônia aconteceu no Centro de Educação, Formação e Informação da Coopjud (CEFIC) e contou com a participação dos conselheiros, familiares e colaboradores da cooperativa. Os integrantes dos Conselhos foram eleitos durante a Assembléia Geral Ordinária (AGO) realizada em fevereiro. A diretoria executiva continua sendo composta por Welington Saldanha (presidente), Márcio Neves (diretor administrativo), Josias Ricas (diretor financeiro) e os conselheiros são José Jesus Lins Ribeiro da Costa, Regina Itália Pralon Machado e Roque Cezar da Costa. Já no Conselho Fiscal houve alterações contando com a permanência dos conse-

lheiros Djalma Faustino e Laerte Rogério. Dessa forma, o Conselho Fiscal passa a ser formado pelos conselheiros efetivos Djalma Faustino da Silva, João Bosco Saiter de Mattos e Laerte Rogério Neves e pelos suplentes Célia Maria Veiga Antunes, Fábio Coutinho Barros e Therezinha Entringer Modolo. O presidente da Coopjud, Welington Saldanha destacou a alegria de continuar a frente na administração da Coopjud. “Pra mim é motivo de grande orgulho fazer parte dessa cooperativa. Fui um dos fundadores da Coopjud há treze anos, quando contávamos com o capital inicial de R$ 250,00 e hoje podemos nos alegrar com o crescimento da nossa cooperativa”, comemorou o presidente. Durante a cerimônia de posse o conselheiro João Bosco Saiter disse que será um grande desafio fazer parte do Conse-

lho Fiscal. “Espero poder contribuir da melhor forma nos trabalhos do Conselho”, destacou João Bosco. Ao Conselho de Administração cabe cumprir e fazer cumprir as deliberações das Assembléias Gerais, realizar o planejamento das atividades e operações da cooperativa, acompanhando os resultados e estabelecendo reajustes necessários, além de acompanhar a organização da Coopjud, a fim de que seus objetivos sejam atingidos. Já o Conselho Fiscal tem o papel de fiscalizar todas as operações e atividades da Coopjud como saldos, empréstimos, liquidação de débitos, relatórios de contabilidade, entre outros. O período de mandato do Conselho de Administração é de quatro anos, já o do Conselho Fiscal é de um ano.

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES PÚBLICOS NO ESTADO DO ES - www.coopjud.coop.br

PÁG 


VIVER BEM

Coopere com sua saúde e faça exercícios físicos

A

falta de tempo no dia-a-dia, stresse, alimentação inadequada, entre outros fatores aliados a falta de exercícios físicos comprometem a saúde e o bem-estar das pessoas. A prática regular de atividade física traz muitos benefícios à saúde, tais como fortalecimento dos ossos e das articulações, perda de peso, redução do risco de doenças como a hipertensão, obesidade e diabetes, entre outros.

Qualquer momento é bom para começar a praticar algum tipo de exercício tenha a idade que tiver. E não é só uma questão de aparência, é sobretudo uma questão de saúde. Com a pratica de exercício pode se observar perda de peso e da porcentagem de gordura corporal, redução da pressão arterial em repouso, melhora do diabetes, diminuição do colesterol total e aumento do HDL-colesterol (o “colesterol bom”). Todos esses benefícios auxiliam na prevenção e no controle de doenças, sendo importantes para a redução da mortalidade associada a elas. Mesmo vivendo um ritmo acelerado, seja por conta do trabalho, dos estudos ou das preocupações com a família não é impossível destinar um tempo para realizar uma atividade física. As alternativas muitas vezes estão mais próximas e ao alcance do que as pessoas imaginam. Para atingir o mínimo de atividade física semanal e aumentar o gasto calórico, existem várias propostas que podem ser adaptadas de acordo com as possibilidades ou conveniências de cada um. Praticar atividades desportivas como andar, correr, pedalar, nadar, fazer ginástica, exercícios com pesos ou jogar bola é uma proposta válida para evitar o sedentarismo e fundamental para melhorar a qualidade de vida. Para aqueles que não têm tempo para praticar exercício ao ar livre, existem alternativas como subir dois ou três andares de escada ao chegar em casa ou ao trabalho, dispensar o controlo remoto ou estacionar o automóvel intencionalmente num local mais distante.

PÁG. 

Benefícios dos exercícios físicos

A

prática regular de exercícios físicos o ajuda a se sentir melhor porque:

* Diminui o estresse e eleva o humor. * Melhora a força, movimento, equilíbrio e flexibilidade. * Ajuda a controlar a pressão sanguínea e açúcar no sangue. * Ajuda a construir ossos, músculos e articulações saudáveis. * Ajuda o coração e pulmões a trabalhar melhor. * Melhora a auto-estima. * Eleva a energia durante o dia e pode ajudar a dormir de noite.

Pequenas mudanças de atitude podem melhorar sua saúde física e mental. Procure fazer ao menos 30 minutos de atividade física diária. Quando possível, deixe o carro na garagem e ande mais a pé, pratique esportes, reduza a ingestão de álcool e o uso cigarro. Beba no mínimo 2 litros de água por dia, coma frutas, diminua o consumo de gorduras, frituras e doces e abuse das saladas, verduras e legumes. Faça visitas regulares ao médico e antes de iniciar uma atividade física procure por profissionais que possam auxilia-lo.

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES PÚBLICOS NO ESTADO DO ES - www.coopjud.coop.br

Jornal da Coopjud - Edição 1  

Jornal da Coopjud - Edição 1

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you