Page 1


2

editorial

A produção de café é um

processo cíclico e constante, que se inicia com os tratos culturais e encerra com a colheita do café. Todo ano é o mesmo procedimento: análises foliares e de solo, normalmente recomenda-se aplicação de gesso, calcário, adubos fosfatados etc. Em seguida inicia

DEPARTAMENTO TÉCNICO DA COOPERCAM DESENVOLVE TRABALHO DIRETAMENTE COM O ASSOCIADO

o processo das floradas, o produtor fica satisfeito e cheio de esperanças. Agora é só realizar as adubações foliares, nitrogenados e aplicação de defensivos.

Mas e a chuva? Cadê a

chuva? Sem água não podemos adubar. A florada chegou, vingou, mas os grãos não crescem e estão “murchos”, pois falta água. As barbatanas não crescem e afetam a produção do ano seguinte. Bom, mas o preço do café subiu e resolveu o problema momentaneamente, mas só isso não basta. O produtor quer produção de bons cafés e preços que dê sustentabilidade ao seu negócio. Mas e a chuva? Tarcísio Rabelo

Expediente

Presidente da Coopercam

A Coopercam possui um Departamento Técnico estruturado, composto por 11 profissionais entre Técnicos Agrícolas e Engenheiros Agrônomos, que desenvolve diariamente um trabalho direcionado ao campo, com a prestação de assistência a seus cooperados. Para melhor atendimento e agilidade nos serviços prestados a Coopercam oferece para cada técnico/agrônomo um veiculo para realização das visitas a campo. O Departamento Técnico desenvolve seu trabalho baseado em divisão por área de atuação, onde cada técnico/agrônomo atende sua carteira de cliente específica, totalizando em média 700 visitas anuais por técnico/agrônomo. Dentre os serviços prestados podemos destacar como principais atividades o planejamento e reco-

mendação nutricional, correção de solo, monitoramento de pragas e doenças, tecnologia de aplicação, acompanhamento de certificações em parceria com a Emater, confecção de laudos para projetos agrícolas, realização de Dias de Campo, Circuitos de Tecnologia, tour tecnológico e áreas demonstrativas. Toda a estrutura de trabalho e serviços está inserida dentro da área comercial da Cooperativa, que tem trabalhado fortemente para atender ao produtor com portfólio completo e compras integradas, em que a soma dos serviços prestados e o atendimento comercial realizado durante o ano, principalmente no “DIA DE NEGÓCIOS”, visa subsidiar os cooperados em seu processo produtivo, para o aumento de produtividade e a melhoria de renda.

Conselho de Administração: Tarcisio Rabelo, Jose Eduardo Vanzela, Jose Afonso Gomes, Oswaldo Pimenta Duarte, Benigno Carvalho Machado. Suplentes: Jose Lucio Ribeiro, Jose Mauricio de Souza, Valeria Miarelli. Diretoria Executiva: Tarcisio Rabelo, Jose Eduardo Vanzela, Jose Afonso Gomes. Conselho Fiscal 2013 Efetivo: Jose Maximiano de Oliveira, Antonio Jose de Oliveira, Marcelo Coelho. Suplentes: Mauro Dias Palhão, Marcio de Lima Palhão, Tarlei Antônio Rocha. Jornalista responsável e Redação: Eliana Sonja Rotundaro MTb MG 12982. Colaborador e fotos: Hendrix Brasiliense. Diagramação: Sakey Comunicação.


3

2013: um ano de sucesso para o conselho nacional do café No dia 31 de janeiro aconteceu em Brasília (DF), na sede do Bancoob, a Assembleia Geral Extraordinária do Conselho Nacional do Café. Os conselheiros-direto

res presentes na reunião aprovaram os relatórios de trabalho e financeiro da gestão 2013, comandada pelo deputado federal Silas Brasileiro. Também foram traçados os rumos

estudantes do projeto escola no campo visitam coopercam

No dia 12 de dezembro, a Coopercam recebeu a visita de uma turma muito especial. Alunos da Escola João Cândido Faria, da Zona Rural da Comunidade do Galo, estiveram na sede da entidade para compartilhar o sucesso do Projeto Escola no Campo, desenvol-

de ação para o ano de 2014, que continuará sob o comando da diretoria atual. A Coopercam esteve presente através do seu presidente, Tarcísio Rabelo.

tos de proteção individual) e preservação do meio ambiente, utilizando esses alunos como fonte replicadora de informações dentro das comunidades rurais. Com isso, a Escola no Campo quer formar novas gerações de produtores rurais, crianças e adolescentes, através de aprendizados sobre a segurança alimentar, a qualidade de vida e a conservação ambiental. Na visita realizada em dezembro, alunos e dirigentes da Coopercam participaram de uma confraternização e os estudantes conheceram as instalações e o funcionamento da entidade. Além disso, os alunos participaram de um concurso de desenho e frase e os dois melhores trabalhos ganharam uma mochila e um tênis cada um. Os outros alunos também receberam um kit com material escolar e boné da Coopercam. Uma peça teatral elaborada pelos estudantes, com o tema sobre educação ambiental, foi apresentada pelos alunos. “O projeto vai de encontro aos vido pela Syngenta e Coopercam. nossos objetivos, já que a maioria dos alu Há dois anos, 25 alunos da Es- nos é filho de cooperados e, com a visita cola recebem apoio do Projeto Esco- na Coopercam, eles conhecem melhor a la no Campo, que tem como objetivo sua infraestrutura e o seu funcionamenincentivar os alunos sobre as práticas to e passam essas informações aos seus corretas no uso (aplicação e manejo) pais”, comenta Ronaldo de Oliveira, gede defensivos, uso de EPIs (equipamen- rente comercial da Coopercam.


4

POR CONTA DA SECA, É ADIADO O INÍCIO DO

Estava previsto para dia 18 de fevereiro, o início da terceira edição do Circuito de Tecnologia, organizada pela Coopercam. Mas, devido à seca que não dá trégua na região sul mineira, as atividades foram adiadas para o mês de março (veja abaixo o calendário). O objetivo é apresentar as inovações tecnológicas da cultura cafeeira aos produtores associados. As ações vão acontecer em várias propriedades dos municípios de Campos Gerais e Campo do Meio. “Este ano, os assuntos que serão abordados são custo de produção, manejo de pragas e de doenças, nutrição equilibrada, tecnologia de aplicação e controle do mato” explica Sidnei dos Santos, engenheiro agrônomo da Coopercam. Em parceria com a Emater, Epamig e Procafé, o evento tem se mostrado uma ferramenta eficiente aos produtores associados. O investimento, para cada curso, é de R$ 420,00, e o pagamento pode ser realizado no dia do evento escolhido pelo produtor. Veja abaixo o cronograma completo do 3º Circuito de Tecnologia. Mais informações pelo telefone (35) 3853-0320.


5

coopercam investe em projeto de combate ao incêndio

Em determinação ao Decreto 44746/2008, que regulamenta a Lei 14130/2001, que dispõe sobre a prevenção contra incêndio no estado de Minas Gerais, a Coopercam está adequando, desde novembro de 2013, toda a parte estrutural da entidade às determinações legais. “A Coopercam está investindo um valor considerável, mas, em contrapartida, é um investimento na área de segurança aos co-

laboradores e cooperados”, comenta Ronan Cordeiro, Técnico em Segurança do Trabalho responsável pela implantação do sistema na entidade. Cordeiro também afirma que, com esse sistema de Prevenção e Combate a Incêndios, a Coopercam, além de atender à Lei do Estado de Minas Gerais, irá minimizar o risco de acidentes e incidentes com os produtos dos cooperados. Uma Brigada de Incêndios

e Emergências vai atuar com responsabilidade e conhecimento, de forma a minimizar o prejuízo em casos de incêndios, mas principalmente, operar na prevenção. Fazem parte da Brigada, conforme determinado por lei, todos os colaboradores que trabalham nos armazéns e mais 10% dos funcionários dos demais setores da Coopercam. Os treinamentos são realizados por Ronan Cordeiro que, além de Técnico em Segurança do Trabalho, também atua no Corpo de Bombeiro de Minas Gerais. Além da prevenção, esse Projeto vai ajudar a Coopercam a obter certificações com mais facilidade e irá agregar valor ao café armazenado nos depósitos da entidade. “Além disso, na hora de negociar seguros, as tarifas anuais poderão ser menores, já que a Coopercam será enquadrada dentro dos investimentos sem riscos, o que vai acarretar novos investidores e novas empresas de comercialização de café”, diz Cordeiro. O término das obras de implantação do sistema está previsto para junho de 2014.


6

Em abril acontece a x semana interna de prevenção ao acidente de trabalho

História da CIPA A Organização Internacional do Trabalho (OIT), fundada em 1919, organizou no ano de 1921, um comitê, cujo objetivo era estudar assuntos sobre segurança e higiene do trabalho como recomendações de medidas e ações preventivas de doenças e acidentes do trabalho. Uma dessas recomendações foi a organização da comissão de segurança do trabalho em estabelecimentos industriais, que no Brasil se deu em 10 de novembro de 1944, através do Decreto-Lei 7.036. A CIPA foi a primeira grande manifestação de atividades preventivas de acidentes do trabalho no Brasil, assim como o primeiro movimento de âmbito nacional e de caráter prático, tanto da parte das autoridades que criaram dispositivos legais para o funcionamento das CIPA’s como da parte de empresas privadas que passaram a organizá-las em seus estabelecimentos. Com o advento da CIPA, a prevenção de acidentes do trabalho no território brasileiro ficou institucionalizada, pois até então, a ideia da prevenção de acidentes era embrionária e dissimulada em algu-

mas pessoas preocupadas com os problemas de acidentes. As ideias da prevenção de acidentes tornaram-se cada vez mais fortes a partir da iniciativa privada, cuja sensibilidade pelos problemas de acidentes foi despertada, começando de fato, o movimento de prevenção de acidentes do trabalho entre nós, cujo mérito, em grande parte deve ser dado à criação da CIPA. Apesar de ter seu início confuso, devido às instruções para seu funcionamento, o pouco interesse da maioria das empresas e poucos recursos para sua implantação, a CIPA foi tomando raízes e se fortalecendo ao longo dos anos, vindo a se tornar a instituição mais tradicional no campo da prevenção de acidentes do trabalho. A implantação da CIPA contou com o apoio de órgãos do então Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio, da ABPA - Associação Brasileira para Prevenção de Acidentes e do SESI - Serviço Social da Empresa, bem como de empresas particulares e pessoas preocupadas que não mediram esforços para que a CIPA fosse uma realidade.

Implantada em 2004 na Coopercam, a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), desde então, atua de forma ativa para garantir os deveres e os cumprimentos das normas de segurança no trabalho dentro da entidade. Assim, contribui de forma efetiva para um ambiente de trabalho mais saudável, seguro e produtivo. O atual mandato da CIPA é composto pelos seguintes membros: André Luiz Silveira (Presidente); Kelen C. Lacerda Cristiano (Vice-Presidente); Hendrix F. Camargo Brasiliense e Rosiane Borges (Representantes do Empregador); e Marcelo M. de Souza Fonseca e Carlos Roberto dos Santos (Representantes dos Empregados). A Cipa tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação e a promoção da saúde do trabalhador. Este ano, acontece a décima edição da Sipa (Semana Interna de Prevenção ao Acidente de Trabalho). No dia 5 de abril todos os colaboradores da Coopercam irão participar de várias atividades, sempre com o objetivo de levar informações relevantes sobre os cuidados que se deve ter com a segurança interna e também com a saúde. Este ano, para entrar no clima de “já ganhou”, o Sipat ganhou o tema “Copa do Mundo”.


7

Aconteceu:

CURSO TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO

Objetivo: Difusão de tecnologia a ser aplicado nas lavouras de cafés, através da calibragem dos equipamentos de aplicação. Visando uma maior eficiência nos produtos utilizados nas lavouras e aumento de produtividade e renda. Campo do Meio

Córrego do Ouro

Coopercam – Campos Gerais

Coopercam – Campos Gerais

Instrutor: Empresa Magnojet. Datas: 10 e 16/01 (Coopercam), 17/01 (Campo do Meio e Córrego do Ouro). Estrutura: Barraca a Campo. Público-Alvo: Cooperados da Coopercam que fazem parte de trocas de proteção de cultivos por café, projeto denominado Nucoffee, da empresa Syngenta. Participantes: 200 pessoas. Parcerias: Coopercam e Nucoffee Syngenta.

VAI ACONTECER:

COOPERATIVA DOS CAFEICULTORES DE CAMPOS GERAIS E CAMPO DO MEIO LTDA. COOMPERCAM

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA O Presidente da Cooperativa dos Cafeicultores de Campos Gerais e Campo do Meio Ltda.- COOPERCAM, no uso das atribuições que lhe confere os artigos 31, 32 do Estatuto Social, convoca os associados em pleno gozo dos direitos sociais, para se reunirem em Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária, a ser realizada no dia 23 de março de 2014, no Salão da Universidade Aberta do Brasil – UAB, na Rua Prefeito Jorge de Paula Meimberg, nº 689, Centro, Campos Gerais - MG, em primeira convocação às 7:30 (sete horas e trinta minutos) com a presença de 2/3 do número de associados; em segunda convocação às 8:30 (oito horas e trinta minutos) com a presença da metade mais um dos associados, ou ainda, em terceira convocação às 9:30 (nove horas e trinta minutos) com a presença de no mínimo 10 (dez) associados, para deliberarem sobre o seguinte: ORDEM DO DIA

EVENTO: X SIPAT (evento interno) DATA: 5 de Abril de 2014 LOCAL: Coopercam

ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA 1) Prestação de contas da Diretoria, compreendendo Relatórios da Gestão, Balanço, Destinação das Sobras ou Perdas, Parecer do Conselho Fiscal e Auditoria Independente; 2) Fixação dos Honorários da Diretoria, Cédula de Presença dos Conselheiros de Administração e Fiscal; 3) Eleição e posse dos Componentes do Conselho Fiscal; 4) Outros assuntos. ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

EVENTO: 7º Dia de Negócios DATA: 27 e 28 de agosto de 2014

1) Inclusão da alínea V, no Parágrafo 1º do artigo 37, Estatuto Social Nota: Para os efeitos legais e estatutários, declara-se que o número de associados ativos nesta data é de 1.477 (Um mil, quatrocentos e setenta e sete). Obs.: Prazo final para inscrições das chapas concorrentes ao Conselho Fiscal: 18/03/2014 até as 16:30 horas, na sede da COOPERCAM, departamento Pessoal (Flávia). Campos Gerais, 21 de Fevereiro de 2014.

LOCAL: Coopercam – Campos Gerais

Tarcísio Rabelo Presidente


Online janeiro fevereiro  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you