Page 1


Silvana de Oliveira Correa Gilmar da Silva II Joao Valério de Oliveira e outro(s)

Coopercam participa do lançamento do PDGC 2018 cipou do lançamento do 6º Ciclo do Programa, ocorrido no dia 21 de fevereiro, na sede da Ocemg, na capital mineira. Estiveram presentes o diretor administrativo José Afonso Gomes, o gerente financeiro Fábio Guedes, a analista de marketing Pâmela Corrêa e a assistente de RH Bruna Morais. PDGC

O Programa de Desenvolvimento da Gestão das Cooperativas – PDGC é uma proposta do Sescoop Nacional e, com apoio do Sistema Ocemg, tem o objetivo de estimular dirigentes e gestores a adotarem estratégias de promoção da excelência na gestão e governança das cooperativas. O público-alvo do Programa são dirigentes, presidentes, conselheiros e gestores de cooperativas. Para conhecer melhor o PDGC, a Coopercam parti-

O Programa de Desenvolvimento da Gestão das Cooperativas - PDGC é uma proposta do Sescoop Nacional com metodologia pautada no modelo de Excelência da Gestão (MEG), da Fundação Nacional da Qualidade. Com ciclos anuais, o PDGC visa à melhoria contínua da performance das cooperativas. Desde o seu primeiro ano de execução, em 2013, o Sistema Ocemg tem fomentado a participação das cooperativas mineiras no programa com o lançamento anual para dirigentes. Como resultado, Minas Gerais se tornou o Estado referência no PDGC, com o maior número de cooperativas participantes, sendo também o Estado com maior destaque no Prêmio Sescoop Excelência de Gestão.

Começamos 2018 bem animados. Mas não é para menos: a safra 2018 está estimada, segundo a Conab, em 58 milhões de sacas, por conta da bienalidade positiva e das boas chuvas do verão. Realmente, Santo Antônio deu uma ajuda muito boa e só temos que agradecer. Em meio a esse cenário, a Coopercam arregaçou as mangas e começou a se preparar para receber a safra recorde. Da estrutura física à comercialização dos grãos, a Cooperativa está a todo vapor. E tudo tem sido realizado pensando sempre no cooperado, que merece todo o melhor de sua Cooperativa. E por falar nisso, a Coopercam espera todos os seus associados para o 7º Circuito de Tecnologia que, este ano, traz novidades nas áreas de Qualidade de Café e Manejo de Podas do Cafeeiro. Este é um momento para ficar por dentro das novas tecnologias e melhorar, ainda mais, a sua produção! Estamos esperando por você! Diretoria Executiva: Tarcísio Rabelo, José Afonso Gomes e José Eduardo Vanzela. Conselho de Administração: Tarcísio Rabelo, José Afonso Gomes, José Eduardo Vanzela, Rosendo Pieve Pereira, José Márcio Rocha. Suplentes: Breno Miarelli, Jhyan Del Carlo Furbeta, Achiles Magno dos Santos. Conselho Fiscal: Salvador Gomes da Silva, Osmar Francisco de Carvalho e José Donizete Correa. Suplentes: Sidnei Novais Campos, Joaquim de Pascoa Justino e Ailson Edir Vieira. Jornalista Responsável e Redação: Eliana Sonja Rotundaro MTb 12982. Colaboradora e fotos: Pâmela Corrêa. Diagramação: Sakey Comunicação. Tiragem: 2 mil exemplares.


COOPERCAM E SICOOB CREDCAM IRÃO OFERECER PROGRAMA DE SEGURANÇA RURAL A SEUS COOPERADOS A Coopercam, em parceria com o Sicoob Credcam, contratou um programa de mapeamento e roteamento georreferenciado Rede de Fazendas Protegidas, para, através do cadastramento das propriedades da zona rural de Campos Gerais, melhorar a segurança desses locais. A Polícia Militar é grande parceira do Programa. “Grupos de proprietários serão formados utilizando o aplicativo WhatsApp ou o Earth Brasil, desenvolvido para o programa com a utilização de botão de pânico para pedido de socorro médico ou crime. Em qualquer ação diferente que vier a acontecer na zona rural, esse grupo será acionado”, explica José Afonso Gomes, diretor da Coopercam. Além do combate à criminalidade, o programa também irá garantir segurança patrimonial e física dos

cooperados, em caso de acidentes, incêndios ou outras eventualidades. Para o cooperado participar, ele terá que fazer um cadastramento na Coopercam ou no Sicoob Credcam. A principal informação, além dos nomes do cooperado e da propriedade, é o número do telefone móvel. Para

cada produtor será disponibilizado o número-código de sua propriedade, com o endereço do local, e que irá proporcionar o atendimento por parte da Polícia Militar, Samu, ambulância ou bombeiros, no menor tempo possível, devido à utilização de navegação em sistema de GPS para a localização.

O programa Rede de Fazendas Protegidas já foi implantado e testado em 82 municípios de Minas Gerais, com cerca de 250 mil propriedades já cadastradas. Nessas localidades, a redução da criminalidade foi de cerca de 60%, chegando a 100% em algumas cidades, de acordo com dados oficiais da Polícia Militar. Segundo Plinio Pereira, diretor da Earth Brasil, a previsão é de que, até o final de 2018, 50% do estado de Minas Gerais esteja mapeado. “O objetivo do Programa é proporcionar mais segurança no campo, e assim colaborar para a permanência das famílias na zona rural. O Rede de Fazendas Protegidas é muito mais do que um programa de segurança física e patrimonial. É um aliado também para a segurança alimentar do Brasil”, ressalta Pereira.

COM GRANDE EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL, FLÁVIO AKIRA NAKADAIRA ASSUME DEPARTAMENTO COMERCIAL DA COOPERCAM A Coopercam contratou um novo profissional para seu quadro de colaboradores. Trata-se de Flávio Akira Nakadaira, que assume a gerência do Departamento Comercial da cooperativa. Engenheiro Agrônomo, Nakadaira tem uma larga experiência na área agronômica: por nove anos trabalhou na Fertilizantes Mitsui; por seis anos na Agromen Sementes; por doze anos na Mosaic Fertilizantes; e nos últimos anos na Binova Fer-

tilizantes. O engenheiro agrônomo, nos últimos 20 anos, se tornou conhecido de todos os colaboradores, cooperados e diretores da Coopercam, pois sempre trabalhou como fornecedor da cooperativa. “Agradeço a confiança da diretoria e do Departamento Comercial, que me trouxeram para este novo desafio profissional. Após tantos anos como fornecedor, e agora como colaborador, pretendo contribuir e trazer boas

oportunidades para nossos cooperados. Confiança, credibilidade, organização e satisfação de

nossos cooperados são as metas do Departamento Comercial para 2018”, comenta Nakadaira.


CHEGOU VOLIAM TARGO: PRECISO NO CONTROLE DAS TRÊS PRAGAS DO CAFÉ. • Alta eficácia para proteção das folhas e dos frutos do café. • Longo período de controle.

©Syngenta, 2018.

Produto em fase de registro no Paraná. Informe-se sobre e realize o Manejo Integrado de Pragas. Descarte corretamente as embalagens e restos de produtos.

www.portalsyngenta.com.br


06

23ª SEMANA DA JUVENTUDE É REALIZADA EM CÓRREGO DO OURO COM APOIO DA COOPERCAM Há 23 anos, o distrito de Córrego do Ouro, município de Campos Gerais, realiza a Semana da Juventude, com atividades que envolvem todos os moradores. Este ano, o evento foi de 22 a 28 de janeiro, com entretenimento, esporte e cultura. Entre dezenas de atividades, cabo de guerra, torta na cara, corrida de revezamento, maratona, teatro, dança e música. Com cerca de 250 participantes, as ações foram realizadas por meio de competições entre equipes e cada prova teve uma pontuação. O ápice da ação foi o “Carnaval”, com um desfile de escola de samba. “O desfile é bem parecido com o de uma escola de verdade e tudo foi feito

com os poucos recursos que os jovens conseguem junto à comunidade. E o resultado foi encantador!”, comenta Pâmela Corrêa, responsável pelo Marketing da Coopercam e entidade que patrocina todos

os anos o evento. Em 2018, a comissão organizadora escolheu o tema Paz e Tolerância para a Semana da Juventude, pois ela acredita que esses sentimentos são necessários para uma

sociedade mais humana e harmoniosa. “O evento congrega pessoas de toda a comunidade de uma maneira muito saudável e a Coopercam se sente muito honrada em ajudar”, completa Corrêa.


09 ARTIGO TÉCNICO

IMPORTÂNCIA DA ANÁLISE DE SOLO POR EMÍLIO CAMILO OLIVEIRA, TÉCNICO AGRÍCOLA O objetivo de uma análise química do solo é definir a quantidade de nutrientes que se encontra no solo, se tal quantidade é suficiente para suprir as plantas, e também a quantidade de adubo que deverá ser aplicada para se ter um bom rendimento na cultura. A análise do solo serve ainda para verificar se existe acidez superficial, a qual dificulta ou impede o crescimento das raízes, fazendo com que a cultura aproveite mal o adubo aplicado ou os nutrientes do próprio solo. Para se obter uma boa análise de solo é necessário que o produtor faça a coleta de forma correta. As principais análises existentes para avaliação das propriedades do solo são a química e a granulométrica (física). É importante que se realize ambas em conjunto, pois assim pode-se relacionar os teores de nutrientes e acidez com o potencial de uso e manejo do solo

e, com o resultado das duas análises, o técnico será capaz de elaborar um diagnóstico mais preciso da fertilidade. A análise química avalia a fertilidade química do solo, determinando a disponibilidade de nutrientes para as plantas, o pH e a matéria orgânica. A análise granulométrica (física) define a quantidade de componentes do solo (areia, silte e argila). Estas análises também são exigidas nos financiamentos em bancos (Pronaf), quando se faz necessário preencher as informações das amostras e dados como matrícula, nome e área.

Vantagens da análise de solos: • São análises rápidas e de baixo custo. Podem ser realizadas após 30 dias da última adubação, entre os meses de maio e agosto. • Para uma complementação nutricional ou a implantação de uma cultura, a coleta e envio devem ser feitos de preferência de três a seis meses antes do plantio. Toda a equipe técnica da Coopercam vem, por meio deste informativo, reforçar a necessidade de antecipar as coletas para agilizar o resultado, a fim de evitar acúmulos no la-

boratório e, consequentemente, dando oportunidade ao responsável técnico de analisar e indicar o melhor fertilizante de acordo com a necessidade da cultura.

VAMOS FAZER O BEM? PROJETO RECICLAÇÃO PEDE SUA AJUDA O Projeto ReciclAção tem como objetivo arrecadar material reciclável, vendê-lo e, com o dinheiro angariado, reverter em cestas básicas para famílias carentes e/ou ajuda a entidades beneficentes de Campos Gerais. Desde que foi criado, no início de 2014, já foram arrecadados centenas de quilos de material reciclável e dezenas de pessoas, direta ou indiretamente, já foram ajudadas. Para continuar a fazer o

bem à pessoas e entidades, assim como para o meio ambiente, a Coopercam precisa, de forma contínua, arrecadar materiais recicláveis junto a seus colaboradores e comunida-

de. Vamos ajudar? Separe em sua casa e/ou comércio papelão, garrafa pet, saco plástico, jornais, revistas, sacos, sacolas etc., e leve até à Coopercam. O meio ambiente irá agradecer e você

irá ajudar a melhorar a vida de muitas pessoas. Para mais informações ou tirar dúvidas, entre em contato através do e-mail comunicacao@coopercam.com.br ou telefone (35) 3853-0300.


10

CERTIFICAÇÃO: COM A PRÓXIMA SAFRA, O PRODUTOR PRECISA SE PREPARAR PARA A COLHEITA Uma grande safra de café se aproxima e o cafeicultor precisa dar continuidade aos cuidados para obter qualidade em seu produto. Além da nutrição equilibrada, controle de pragas e doenças eficazes, é necessário preparar toda a infraestrutura de processamento para receber os frutos de modo que sejam preparados rapidamente e com o mínimo de contaminação. Confira abaixo os critérios que devem ser observados e rigorosa-

mente cumpridos a fim de se produzir um café de qualidade.

1. Fazer uma previsão da safra, levantamento de recursos materiais, financeiros e de mão de obra; dimensionamento e revisão da infraestrutura; maquinários para colheita e processamento do café. 2. Participar dos cursos de Operador de Colhedora e Derriçadeira Manual oferecidos pelo SENAR. 3. Fazer a arruação da lavoura buscando remover o máximo de impurezas abaixo da planta, proporcionando um melhor terreno para o processo de varreção, além de minimizar a contaminação dos frutos que provavelmente cairão no chão. 4. Fazer a revisão de todas as máquinas e implementos utilizados durante a colheita e pós-colheita, bem como criar um estoque de peças que possivelmente podem danificar durante o uso, como correias, polias, facas de descascadores, peneiras de máquinas de beneficiar, canecas de elevadores, varetas de colhedoras, rolamentos, entre outras peças que se desgastam rapidamente. Esse cuidado é importante pois o período de colheita é muito estressante e requer agilidade nos processos e, por falta de uma correia, por exemplo, se perde muito tempo provocando atrasos no serviço e muitas vezes a perda da qualidade do café. 5. Higienizar todas as instalações. É importante lembrar que o café é um alimento e, portanto, a higiene é de extrema importância. Fazer uma rigorosa limpeza nas carretas, terreiros, secadores, lavadores, pés de elevadores, tulhas, moegas, máquinas de colheita e

beneficiamento, rodos e outras ferramentas que têm contato direto com os frutos, a fim de remover todas as impurezas, inclusive os grãos remanescentes da safra anterior. 6. Reformar os terreiros pois, com o passar do tempo, podem apresentar buracos e rachaduras que podem guardar umidade, grãos de safras passadas, pedras etc., provocando prejuízos na qualidade. 7. Para o cooperado que possui medidor de umidade, deve-se aferir a calibragem do aparelho. Para isso, basta levar até o Departamento de Café da Coopercam. 8. Planejar a logística da colheita procurando colher o máximo de frutos cereja possível, não misturando frutos vermelhos com amarelos e, principalmente, não deixar o café secar na planta. 9. Determinar a porcentagem de verde para a colheita procurando colher numa faixa de 5 a 20% de verde. Para locais mais baixos e próximos ao Lago de Furnas, o mais indicado é colher uma porcentagem maior devido à alta umidade.

Todos esses cuidados antecedem a colheita e devem ser observados desde agora para se ter uma safra tranquila e assegurar uma boa qualidade do produto. A dedicação contínua no pós-colheita será o tema no próximo informativo, com cuidados com o café da colheita ao armazenamento. Para mais informações sobre qualidade de café e certificações, basta entrar em contato pelo telefone (35) 99973-4019 ou e-mail cafesespeciais@coopercam.com.br.


12

CANTINHO DA RECEITA

A espirituosa Dona Inácia Maria de Oliveira é esposa do cooperado José de Oliveira, proprietários do aconchegante Sítio Angola. Os dois trabalham juntos, são produtores de leite e café, e amam o que fazem. Dona Inácia compartilhou a receita de um famoso iogurte e também deu dicas de várias receitas deliciosas, que irá compartilhar depois aqui, no Cantinho da Receita.

Iogurte Natural da Dona Inácia Ingredientes:

10 litros de leite 1 iogurte natural – 180 ml

Modo de preparo

Levar o leite ao fogo alto até atingir a temperatura de 90°, sempre mexendo em círculos. É importante lembrar que o leite não pode ferver. Retire do fogo e deixe descansar por 5 minutos. Após o descanso, coloque a panela em banho maria, leve ao fogo novamente, até atingir a temperatura de 45°, sempre mexendo. Após atingir essa temperatura, desligue o fogo, acrescente o iogurte natural e coloque a mistura em um recipiente (preferência branco) dentro de uma caixa de isopor para coagular. Deixar de 3 a 4 horas coagulando. Caso queira o iogurte mais ácido, deixe coagular por mais tempo. Após esse procedimento, coloque a mistura na geladeira e deixe descansar cerca de 10 horas. Pronto, já pode se deliciar. A receita rende mais ou menos 10 litros de iogurte. Dicas da Dona Inácia Para quem não tem um termômetro em casa, para alcançar as temperaturas necessárias você pode identificá-las da seguinte forma: - 90° é a temperatura em que o leite começa a formar pequenas espumas. - 45°: pegue uma pequena quantidade e “coloque o dedo”, a temperatura é quente, porém suportável. - Para adoçar, além do açúcar, ela sugere usar o “pó de sorvete”, que é uma mistura pronta usada para dar sabor ao sorvete. Mas Dona Inácia gosta mesmo são das frutas naturais que produz em sua propriedade e são livres de agrotóxicos. - Para fazer em menor quantidade, ela explica que, para cada litro de leite, usa-se uma colher (sopa) cheia de iogurte.

Informativo Janeiro Fevereiro 2018 - edição 44 - Coopercam  
Informativo Janeiro Fevereiro 2018 - edição 44 - Coopercam  
Advertisement