__MAIN_TEXT__

Page 1

Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce Fundada 25/1/59

Ano XXV Nº 294 Jul/ 2014

pág. 3 3º Leilão Maravilhas do Leite

pág. 5

15º Leilão de Vacas e Novilhas Leiteiras

pág. 7

Cooperados se destacam na Expozebu

pág. 12


Editorial

Expediente

Palavra do Presidente AMIGO COOPERADO,

Guilherme Olinto Abreu Lima Resende P/ Conselho de Administração

Nós produtores de leite estamos enfrentando um período difícil em nosso negócio. O preço do leite vem sofrendo quedas importantes e o período da entre safra se torna mais um obstáculo para a rentabilidade das fazendas. O problema do preço não é exclusividade da nossa região, é um problema mundial e que vem atingindo diversos países, inclusive o Brasil. Neste momento nosso papel é buscar formas de passar por esse período e evitar ao máximo os prejuízos. Não é fácil, mas também não é impossível. O avanço tecnológico, no manejo dos animais, o conhecimento em genética e uma administração eficiente permitem minimizar as perdas e garantir o faturamento. A Cooperativa vem investindo nisso, sempre buscando meios para o sucesso das propriedades leiteiras dos cooperados. Implantamos projetos grandiosos, como o Crê$er Leite, Educampo, Crê$er Genética IATF, Leite Legal e FIV (Fertilização In Vitro) a Cooperativa oferece as ferramentas, mas cabe a cada cooperado a decisão de avançar. Em nosso 15º leilão tivemos mais uma vez a comprovação de que a mudança já é uma realidade. Oferecemos animais de excelência, alto padrão genético e grande potencial de produção. A resposta foi um recorde de vendas, cada comprador levou para suas propriedades animais de qualidade que certamente podem fazer a diferença em momentos de crise. Nos preparamos agora para o 37º Concurso Leiteiro da Cooperativa e esperamos um torneio ainda mais competitivo e com produção recorde. No 3º Leilão Maravilhas do Leite mais uma vez levaremos a arremate todas as vacas participantes do concurso leiteiro, uma oportunidade sem igual para arrematar aquilo que existe de melhor em potencial de produção leiteira. Hoje devemos pensar diferente: não apenas lamentar as dificuldades do negócio, mas buscar formas de passar por cada intempérie e garantir a viabilidade do nosso negócio que é produzir leite. Eu acredito que isso é possível.

Conselho Administrativo

Edson Constantino Ramos Fernando Antônio Ferreira Francisco Pires Neto Guilherme Olinto de Abreu Lima Resende Geraldo Antônio Birro João Marques Pereira Neto José Luiz Teixeira Mário Dias Leão Silvio Matheus de Araújo Guilherme Olinto A. Lima Resende Diretor-presidente João Marques Pereira Neto Vice-presidente

Conselho Fiscal

Eduardo Fernandes Pessoa José Soares Teixeira Turíbio Alves Modesto Edézio Ferreira da Cunha Maurício Francisco de Souza Moisés Bicalho de Pinho

Edição

Departamento de Comunicação e Eventos Juliana Rangel – 0018497/MG (33) 3202-8324

Textos

Juliana Rangel

Revisão

Juliana Rangel

Fotos

Arquivo Cooperativa Carlos Eller Leonardo Morais Ronaldo Pardins

Colaboração Técnica

Gilmar Oliveira Pedro Repossi Júnior (Veterinário) Ricardo Luiz Cunha (Eng. Agrônomo) Marciano de Jesus (Ed. Cooperativista)

Diagramação

Deirdre Costa de Freitas Tiragem - 2.500 exemplares Impressão - Gráfica Arco-Íris (33) 3277-2483

Princípios cooperativistas Rua João Dias Duarte, 1371/1395 Bairro São Paulo – 35030-220 Governador Valadares – MG Fone: (33) 3202 8300 cooperjornal@coaperiodoce.com.br

Intercooperação Sumário

03 05 07

37º Concurso Leiteiro

3º Leilão Maravilhas do Leite 15º Leilão de Vacas e Novilhas Leiteiras

10 11 14

Queda no preço do leite

Artigo de Campo

Expoagro GV

16 17 18

O mês do Leite

Pitadas

Social


Capa

37º CONCURSO LEITEIRO Confira a nova programação 9 a 12 de julho Parque de Exposições de Governador Valadares

A 37ª edição do Concurso Leiteiro da Cooperativa acontece entre os dias 9 e 12 de julho, durante a 45ª Expoagro, e, este ano com uma nova agenda. Em função da programação da Copa do Mundo 2014 toda a agenda do Concurso Leiteiro foi adiantada em um dia. Este é o evento mais tradicional da Cooperativa, tem uma importância histórica na produção de leite no leste de Minas e vem incentivando o investimento em animais de alta produtividade. As vacas e novilhas que participam do concurso são sempre de alto padrão genético e chegam a produzir mais de sessenta

CooperJornal Julho • 2014

quilos de leite por dia. Serão disputadas cinco categorias: acima de 50 kg, até 49,999 kg, Novilha, Gordura e Cria da Fazenda. Os animais devem chegar ao Parque de Exposições no dia 4 de julho. No dia 8 será feita a esgota, no dia 9 começa a pesagem e a premiação acontece no dia 12 de julho às 14h, serão premiadas as vacas e novilhas campeãs, reservadas campeãs e terceiro lugar. Logo após o encerramento da premiação do Concurso Leiteiro acontecerá a 3ª edição do Leilão Maravilhas do Leite, que leva a arremate todos os animais que participaram do torneio.

Esgota 8 de Julho 22h Ordenhas 9 de Julho 6h, 14h e 22h 10 de Julho 6h, 14h e 22h 11 de Julho 6h, 14h e 22h Encerramento 12 de Julho 14h

3


Matéria

Guilherme Olinto é eleito presidente do G100

A eleição aconteceu na Assembleia Geral Originária do G100.

Autoridades do segmento leiteiro do Brasil.

4

No dia 14 de maio foi realizada, em Brasília, a Assembleia Geral Ordinária da Associação Brasileira das Pequenas e Médias Cooperativas e Empresas de Laticínios - G100. Na ocasião, entre outros assuntos, foi eleita a nova Diretoria do Conselho Deliberativo da entidade para o período de maio de 2014 a maio de 2015. O Presidente escolhido para o décimo mandato da entidade foi Guilherme Olinto Abreu Lima Resende, da Cooperativa Vale do Rio Doce. Para 1º, 2º e 3º vice-presidentes foram eleitos, respectivamente, Guglielmo Agustini da Matta – Godiva Alimentos Ltda; Renato José Beleze Confepar Agro-Industrial Cooperativa Central; e Edilson Batista da Trindade - Comercial de Laticínios de Natal. Estiveram presentes na posse do 11ª presidente da entidade sete ex-presidentes da Associação, sendo o presidente atual com seis ex-presidentes.

Para comemorar seus dez anos de existência, a Associação Brasileira das Pequenas e Médias Cooperativas e Empresas de Laticínios (G100) promoveu três Workshops no dia 13/05 e no dia anterior lançou a publicação “LEITE e produtos lácteos na nutrição humana”, uma tradução para o português do livro da FAO: Milk and dairy products in human nutrition. “Trata-se de um compêndio que reúne o que existe de mais atualizado sobre o leite, os produtos dele derivados e como tais alimentos têm papel relevante na nutrição humana...”, diz o prefácio à edição brasileira. Fiemg A Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) celebrou o Dia da Indústria no dia 15 de maio em Belo Horizonte. Na ocasião o presidente Guilherme Olinto Resende assumiu o cargo de diretor adjunto da instituição.


Matéria

3º Leilão Maravilhas do Leite

Em 2012 a Cooperativa lançou o Leilão Maravilhas do Leite, com o grande diferencial de levar a arremate todas as 24 vacas e novilhas que participam do Concurso Leiteiro. Uma grande oportunidade para quem quer melhorar o rebanho adquirir os animais de alto padrão genético e com maior potencial de produção leiteira da região. Este ano será realizada a terceira edição do Maravilhas do Leite, que vem sendo muito bem recebido pelos cooperados e produtores rurais do leste de Minas. O leilão acontece no dia 12 de julho às 16h, logo após o término da premiação do 37º Concurso Leiteiro.

Pagamento em 30 parcelas.

5 CooperJornal Julho • 2014


Matéria

Festa do Carreiro em Goiabeira MG

Camarote da Cooperativa no Rodeio.

Estande da Cooperativa e do Armazém.

6

A Cooperativa participou entre os dias 8 e 11 de maio da Festa do Carreiro em Goiabeira-MG. Quem esteve na festa pôde visitar o estande da Cooperativa, conhecer os produtos oferecidos pelo Armazém e as formas de entrega e pagamento. Também foram apresentados os projetos e serviços que a instituição oferece. A Cooperativa parabeniza o prefeito de Goiabeira, Weliton Ronaldo da Silva, por realizar mais um evento importante para a comunidade.


Matéria

15º Leilão de Vacas e Novilhas Leiteiras da Cooperativa bate recorde

Conselho homenageou o ex-presidente Wellington Braga.

O cooperado Sebastião Mendes Sá foi sorteado e ganhou 01 moto.

No dia 31 de maio a Cooperativa realizou 15º Leilão de Vacas e Novilhas Leiteiras, o evento que já é tradicional em Governador Valadares e região bateu recorde de vendas mais uma vez movimentando R$ 1.566.150,00. Aproximadamente 1000 pessoas entre cooperados e produtores rurais em geral prestigiaram o evento e contribuíram para que fosse mais uma vez um sucesso. Foram arrematados 100 lotes, com um total de 262 animais, distribuídos entre vacas, novilhas e bezerras, ao preço médio por animal de R$ 5.995,00. O leilão deste ano superou o do ano passado, que movimentou R$ 1.201200,00. Antes do início do leilão o ex-presidente da Cooperativa, Wellington Braga, foi homenageado pela atual diretoria da instituição. O Leilão de Vacas e Novilhas Leiteiras foi lançado na gestão de Braga e o atual presidente, Guilherme Olinto, e o vice-presidente, João Marques, quiserem aproveitar a 15ª edição do evento para agradecer a iniciativa do ex-presidente e por ele fazer parte da história da Cooperativa. Os animais participantes tinham

7 CooperJornal Julho • 2014


Matéria

8

alto padrão genético expressiva produtividade. “Levamos a alta genética para todos os produtores, que estão assimilando melhor o processo da genética em produzir mais e com maior qualidade, e isso é muito importante para a produtividade do seu rebanho. O leilão veio ainda mais renovador este ano, com um número de animais expressivo e a qualidade genética de excelente qualidade”, explica o vice-presidente da Cooperativa, João Marques. De acordo com João Marques, a grande vantagem do leilão da Cooperativa é que o dinheiro arrecadado gira em torno nos cooperados. “O dinheiro não sai daqui, e isso é um benefício muito grande, porque o evento catalisa os produtores da própria região. A nossa finalidade com o leilão é desenvolver projetos que beneficiem os

nossos cooperados, tanto aquele que produz o animal com a qualidade necessária para ser comercializado, quanto aquele que precisa de um excelente animal para produzir mais e ter mais resultados nas atividades”, garante Marques. Este ano a Cooperativa trouxe mais novidades quanto às possibilidades de pagamento. Cooperados puderam comprar e pagar em 30 meses, sem juros, com desconto na folha do leite. Houve também o pagamento em três e em sete anos, com financiamento do parceiro Sicoob Crediriodoce. “Temos uma preocupação muito grande em oferecer o que há de melhor em gado leiteiro no nosso leilão, mas também procuramos as melhores condições de pagamento para que todos os cooperados tenham condições de adquirir genética de excelência. Este ano inovamos

e lançamos as 30 parcelas, sem juros, isso é inédito e muito bom para pequenos produtores”, destaca Guilherme Olinto Resende, presidente da Cooperativa. Os cinco primeiros compradores foram premiados com de 5 prenhezes F1 Girolando sexadas de fêmea (1 prenhez para cada). O maior comprador do leilão foi o cooperado Francisco Ivan Cortez, que foi premiado com uma motocicleta Iros – One 125 ESD. Ao fim do leilão foi sorteado entre os compradores um kit de maquiagem da Contém 1g, quem ganhou foi o cooperado Agenor Martins que no mesmo momento já presentou a esposa, também foi sorteada outra motocicleta Iros – One 125 ESD entre todos os compradores presentes, quem ganhou foi o cooperado Sebastião Mendes Sá.


Matéria

Queda no preço do leite preocupa produtores Especialistas acreditam que a queda foi influenciada pelo aumento da produção.

O ano de 2014 começou com adversidades para os produtores de leite. Houve um aumento dos custos de produção e queda nos preços do produto. É o que indica uma pesquisa do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq/USP), em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil. E a queda no preço recebido pelo leite é motivo de preocupação dos produtores de Valadares e região. Os valores pagos aos pecuaristas caíram, em média, 5,09% no período de dezembro de 2013 a fevereiro de 2014. O resultado foi que o produtor perdeu, em média, R$ 0,078 centavos por litro de leite comercializado. Segundo a pesquisa, a queda foi influenciada pelo aumento do volume de produção. Especialistas afirmam que no fim de 2013 as pastagens estavam em boas condições e muitos pecuaristas de leite investiram na atividade, influenciados pelo maior poder de compra naquele ano, resultando em significativo aumento da produção. Segundo o diretor-executivo do Sindicato da Indústria de Laticínios do Estado de Minas Gerais (Silemg), Celso Moreira, desde o início do ano a indústria vem segurando os repasses ao varejo, porém, diante ao aumento significativo do leite “in natura”, a margem de lucro está comprometida e a elevação imediata para o mercado final será de no mínimo 10%. “Desde o início do ano a indústria vem registrando um descompasso entre os preços pagos ao produto e o repassado pelas empresas ao varejo. O

momento atual é de ajuste, já que a lucratividade da indústria láctea está comprometida, sendo necessário aumentar os preços para o varejo para que a rentabilidade seja retomada. O reajuste mínimo necessário varia entre 10% e 12%”, disse Moreira. O gerente regional da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater) em Valadares, Robespierre Ferraz de Sousa, afirma que Valadares, assim como toda a região do vale do Rio Doce, sente a queda no preço do leite. “Existem vários fatores envolvidos nesta situação: o preço do leite caiu, o dólar teve uma ligeira queda, estamos entrando no período da entressafra, aumento da produção... Quem sente tudo isso é o produtor, que enfrenta os altos custos de produção. Eles têm que manter os animais, os insumos estão com valor alto, e isso deixa o produtor preocupado. Uma situação que nossos produtores aqui de Valadares enfrentam, mas também de todo o País. Aqueda no preço atinge o País como um todo. E o produtor é o grande prejudicado. O consumidor final não sente nada disso, mas é o produtor que arca com as consequências, pois sua necessidade de manter os animais e a produção não muda, aumenta.” Ainda que a demanda não tenha enfraquecido significativamente, o Cepea afirma que foi o acréscimo expressivo da produção que acarretou a queda dos preços recebidos pelo produtor de leite no fim de 2013 e início de 2014. Para o produtor de leite de Valadares Fernando

Pardini, há uma pressão em cima do produtor e as dificuldades aumentam. “Hoje o produtor de leite vive pressionado pelo mercado. De um lado, tem os altos custos dos insumos, e na outra ponta tem os supermercados, que querem manter o preço do leite cada vez mais baixo. Sem contar o custo da mão de obra, que está mais alto, e no período da entressafra os custos aumentam. Nós, produtores, sofremos com tudo isso e nos preocupamos com os rumos da situação, que pode afetar nossa produção e nosso lucro.” Mas especialistas também afirmam que a situação pode melhorar. “Na Região Sul, o período agora é de safra, com condições melhores e favoráveis. Depois, essa situação lá se refletirá aqui na região Sudeste, e poderá haver a compensação. As coisas podem melhorar para nossos produtores”, destaca o gerente regional da Emater. Grande parte dos colaboradores consultados pela Equipe Leite do Cepea estima que as cotações do leite podem subir, por causa dos efeitos negativos da seca e do início do período de entressafra. De acordo com a Scot Consultoria, os laticínios estão estocados e, apesar da queda da captação de dezembro de 2013 a abril deste ano, o volume de leite adquirido em 2014 é maior (13,1%) em relação ao mesmo período do ano passado. A demanda por leite e derivados não acompanhou esse crescimento na mesma proporção. Fonte: Reportagem publicada dia 17/06/2014 no caderno Política/Economia do jornal Diário do Rio Doce.


Artigo

Fatores importantes para o sucesso das propriedades leiteiras Por

Bruno M. Cardoso

Consultor Técnico / Educampo Especialista em Pecuária de Leite / Rehagro - FAZU

É comum observarmos nas rodas de conversas entre produtores e pessoas ligadas ao setor agropecuário a importância que se dá ao preço do leite como principal componente responsável pela viabilidade das propriedades leiteiras. Muito se fala sobre as dificuldades sofridas pelos produtores especialmente em períodos em que o mercado pressiona os preços para baixo. De fato, é inegável que oscilações nos valores pagos pelo leite possuem efeitos significativos no faturamento de uma fazenda cuja principal atividade é a exploração leiteira, mas será que apenas o preço é o grande responsável pela permanência do empresário rural na atividade? O que é realmente importante para o sucesso das propriedades leiteiras? Analisando os dados econômicos de fazendas que participam do EDUCAMPO no estado de Minas Gerais, percebe-se que os custos de produção compõem uma parcela tão importante quanto o preço do leite. O gráfico abaixo é resultado de um levantamento realizado em julho de 2013 pela Central de Processamento de Dados do Educampo (CPDE-Viçosa), quando foram comparadas as propriedades com melhores resultados com a média das fazendas do projeto, no que diz respeito à taxa de remuneração do capital investido na propriedade (Indicador que representa a CooperJornal Julho • 2014

porcentagem do dinheiro investido na propriedade que retorna para o produtor anualmente):

produzido por esses produtores. O gráfico abaixo nos mostra que os produtores com maior rentabilidade também produzem um volume maior de leite do que a média, indicando que a produção em escala também é um fator de suma importância para o sucesso da atividade.

Período analisado: 06/2012 a 05/2013. Dados corrigidos pelo IGP-DI de junho/2013. Fonte: CPDEducampo.

Note que aqueles produtores que possuem melhores resultados econômicos também possuem custos operacionais menores do que a média do projeto. Entende-se por custos operacionais, aqueles custos que estão envolvidos diretamente com os desembolsos envolvidos na atividade. Como exemplos de custos operacionais podemos citar: Gasto com concentrado, gasto com mão-de-obra, medicamentos, minerais etc. Outro dado interessante de se observar, diz respeito ao volume de leite

Fonte: CPDEducampo

Os dois gráficos analisados em conjunto nos permitem concluir que além do preço do leite, dois fatores fundamentais para o sucesso das propriedades rurais são: Custos de produção bem equilibrados e produção em escala. Ou seja, quanto maior o volume produzido e quanto melhor a gestão dos custos da atividade, maiores e melhores serão os resultados econômicos da empresa rural.


Matéria

Vacas Guzerá de cooperados são destaque na Expozebu

Manacá JF - Fazenda Ygarapés

Abélia FIV Taboquinha Fazenda Taboquinha.

12

A Expozebu Uberaba está entra as três maiores feira de agronegócios do Brasil, tanto em volume de negócios como em sua dimensão. Este ano, durante a 80ª edição da feira os cooperados Marcus Figueirêdo e Macos Melo levaram animais que tiveram grande destaque e conquistaram premiações importantes. Ygarapés A vaca Manacá JF, do cooperado José Transfiguração Figueirêdo (Fazenda Ygarapés), quebrou novo recorde e é a primeira vaca guzerá a ultrapassar a marca dos 50kg de produção de leite/dia, sagrando-se como grande campeã do concurso leiteiro, melhor úbere, sendo também a nova recordista mundial da raça Guzerá, com pico de produção de 51,960kg de leite/dia, média de 45,730kg na Expozebu. Oriunda da Fazenda Ygarapés, detentora da conhecida marca JF, Manacá JF não foi a única vencedoral. Das três categorias existentes em concursos leiteiros oficiais e públicos, a Ygarapés venceu duas, tendo a Oca FIV JF sido a grande campeã da categoria vaca jovem. Na pista de julgamento do guzerá leiteiro, o plantel fez também a grande campeã vaca jovem, com Ola FIV JF e a reservada, Olinda FIV JF. Para Marcus Figueirêdo, filho de José Transfiguração Figuêiredo e ad-

ministrador da propriedade, o novo recorde, bem como os resultados alcançados durante a Expozebu são resultados de muito esforço e trabalho que envolve toda a equipe de funcionários da fazenda. “Sem o trabalho da turma, nada alcançaríamos. Além disso, é preciso considerar que o resultado é fruto também do trabalho de seleção, iniciado pelo meu pai em 1958, sendo que desde 1992 fazemos controle leiteiro oficial. Assim, foi através desse controle, da implementação das novas tecnologias e da participação em programas de melhoramento genético que foi possível a seleção de animais mais produtivos, o que permitiu ao plantel chegar em 2014 ao seu 9º recorde no trabalho de seleção para leite,” explica. Taboquinha A fazenda da Taboquinha de propriedade do cooperado Sinval Martins de Melo e administrada por seu filho Marcos Vinícius Melo também se destacou na 80ª Expozebu. Nos campeonatos de Guzerá Leiteiro a vaca Abelia FIV Taboquinha foi a grande campeã do Campeonato Fêmea Jovem e reservada grande campeã no Grande Campeonato. No Campeonato Leiteiro Fêmea Jovem Abelia FIV Taboquinha foi grande campeã com produção de 90,70 kg em três dias.


Aniversários 01 DE JULHO A 31 DE AGOSTO

Joaquim Eugenio Candido Braga.............1/7 Geraldo Raimundo Lobo...............................2/7 Jose Martiniano de Oliveira.........................2/7 Marlene Barreto de Souza Ribeiro............2/7 Saniel Kalil Dias.................................................2/7 Adalberto Correa de Almeida.....................3/7 Elies Santos.........................................................3/7 Jurandi Vesfal Ferreira...................................3/7 Andre Almeida Campos.................................4/7 Gerson Lucas Evangelista............................4/7 Itamar Luiz da Silva..........................................4/7 Ronaldo Marques Macedo...........................4/7 Serafim Bispo de Almeida.............................4/7 Adair Coelho.......................................................5/7 Adelino Guerra da Silva..................................5/7 Adilson do Carmo Peixoto............................5/7 Eber Miranda da Costa...................................5/7 Edimar Angelo da Silva...................................5/7 Marcio Campos de Sousa.............................5/7 Aercio Lopes Faria...........................................6/7 Antonio Marcos Soares Pereira..................6/7 Ruston Santos Souza.....................................6/7 Alexandro da Silva............................................7/7 Djalma Luiz de Almeida..................................7/7 Jose Claudio Lopes Jordao.........................7/7 Jose Dorcelino Lopes.....................................7/7 Jose Filho de Souza.........................................7/7 Julio Pereira Campos......................................7/7 Turibio Alves Modesto....................................7/7 Genecy Aguiar Louback................................8/7 Jose Goulart da Silva......................................8/7 Jose Vieira Ramos............................................8/7 Sebastiao Caetano Pereira..........................8/7 Adair Teodoro Alves........................................9/7 Francisco Antonio Coelho Brandao........9/7 Onesimo Rodrigues de Andrade...............9/7 Domicio Patrocinio de Oliveira................10/7 Iolanda Roberta Rodrigues......................10/7 Livio Soraggi Coura......................................10/7 Waldemar Jose Soares..............................10/7 Wantuil Jose de Paula..................................11/7 Sebastiao Ferreira de Carvalho.............. 13/7 Afonso Coelho Campos..............................14/7 Denilson Martins Goncalves.....................14/7 Jose Ronaldo de Souza...............................14/7 Ozias Batista Ramos.....................................14/7 Expedito Antonio Cassemiro....................15/7 Neyvitton Rogis Sales Fagundes.............15/7 Gesner Barbosa............................................. 16/7 Manoel Fernandes de Oliveira................ 16/7 Marcio Jose Lopes Barreto....................... 16/7 Argentino Hubner de Miranda...................17/7 Dilson dos Santos..........................................17/7 Fausto Bento Vieira.......................................17/7 Geraldo Alves dos Santos...........................17/7 Marcos Antonio Pereira Gloria..................17/7 Ranner da Silva Ramos................................17/7 Eneias Lelis Ferreira..................................... 18/7 Jose Eustaquio Fernandes....................... 18/7 Jose Leao Coelho......................................... 18/7 Osni de Souza Braganca............................ 18/7 Edilson Pinto de Carvalho.......................... 19/7 Lucio de Souza Braga.................................. 19/7 Luzia Alexandrina do Nascimento Silva.19/7 Mauricio Leite Costa.................................... 19/7 Sheilla Ferreira Vilas Novas....................... 19/7 Wilson Luiz Ferreira...................................... 19/7 Helio Justino de Lima...................................20/7 Jose Alencar da Silva...................................20/7

AGOSTO

JULHO

Parabéns! Cooperados

CooperJornal Julho • 2014

Carmelio Simas Coelho.............................. 21/7 Geraldo Jose Cardoso................................ 21/7 Manoel Aragoso Liberato.......................... 21/7 Sebastiao Alves de Andrade.................... 21/7 Wilson Madrona Vieira................................ 21/7 Gilberto Lopes................................................22/7 Juarez Alves Costa.......................................22/7 Maria do Carmo Pereira Ribeiro...............22/7 Orlando Pereira Mendes............................22/7 Andre Marcos de Matos..............................23/7 Sebastiao Lopes de Farias........................23/7 Francisco Mateus da Silva.........................24/7 Jose Maria Vilela............................................24/7 Maria Aparecida dos Reis Meneguci.....24/7 Mario Costa Junior.......................................24/7 Salvador Verissimo......................................24/7 Helcio Nogueira.............................................25/7 Valdeci Mateus da Silva..............................25/7 Carlos Cipriano de Campos......................26/7 Divino Ferreira da Silva................................26/7 Edecio Alves de Almeida............................26/7 Heliton Valerio Sanches Brandao..........26/7 Jadir Pereira de Amorim.............................26/7 Joanes Valinho da Silva..............................26/7 Joao Pereira da Silva....................................26/7 Altair de Paula Vargas..................................27/7 Antonio Soares de Miranda......................27/7 Gedon Eustaquio Martins..........................27/7 Jose Soares Teixeira....................................27/7 Mauro Batista Lage.......................................27/7 Sirlene Ferreira de Oliveira........................27/7 Zenilton Louzado de Souza......................27/7 Celio de Andrade Goncalves....................28/7 Genil Dias da Silveira....................................28/7 Helio da Silva Drumond..............................28/7 Jose Alvane de Almeida.............................28/7 Jose Pereira Santiago.................................28/7 Marcelo Mendes............................................28/7 Roberto Vitor de Miranda...........................28/7 Antonio Braga Neto......................................29/7 Jose Antonio Ribeiro....................................29/7 Maria da Penha Costa..................................29/7 Nirson Miguel Arcanjo.................................29/7 Palmerindo Jose Machado.......................29/7 Silvalino Alves da Silva................................29/7 Altamir de Castro Fernandes...................30/7 Ednardo Martins de Oliveira.....................30/7 Luciano Goncalves Gripp...........................30/7 Ofrasilio Baldon.............................................30/7 Paulo Sergio Pena de Almeida.................30/7 Valteir de Oliveria..........................................30/7 Jose Fabiano de Souza............................... 31/7 Marcone Xisto Oliveira................................ 31/7 Adenir Rodrigues da Silva.............................1/8 Jose Maria Lanini..............................................1/8 Antonio Bernardo Martins............................2/8 Manoel de Souza Santos..............................2/8 Joao Ferreira Campos...................................3/8 Jose Basilio Filho..............................................3/8 Jose Transfiguracao Figueiredo...............3/8 Odair Ribeiro Gomes.......................................3/8 Renato Francisco Couri Pedroza...............3/8 Sebastiao Leao Braga....................................3/8 Girlesio Dias Ruela...........................................4/8 Helio Ferreira Beltrane...................................4/8 Sebastiao Canuto Neto.................................4/8 Adelaine Cristina Alves..................................5/8 Eduardo Ferreira de Souza...........................5/8 Elza Maria Machado........................................5/8 Evandro Rodrigues da Silva.........................5/8 Jair Neves de Oliveira.....................................5/8 Ronaldo Vieira Peres.......................................5/8 Silvalino Alves Filho.........................................5/8 Altamiro da Silva Vial Junior........................6/8 Domingos Alves Leite.....................................6/8 Eneas Vaz.............................................................6/8 Raimundo Godoy Castro Filho..................6/8 Rosemberg Voilante Medeiros...................6/8 Sidney Cassio Soares.....................................6/8 Silvair Gonzaga da Cunha............................6/8 Francisco Ivan Cortez dos Santos............7/8 Manoel Fraga Filho...........................................7/8 Ruth Martins de Andrade...............................7/8 Alcy de Oliveira Pinho.....................................8/8 Levi Pereira Barbosa........................................8/8 Carlos Roberto da Silva.................................9/8 Cecilia Mourao de Pinho................................9/8 Salvador Jose de Oliveira.............................9/8 Ademilson Santana Guerra......................10/8

Celio Batista Lage..........................................10/8 Elias Rosa Ferreira.........................................10/8 Josevane Soares Pereira da Silva..........10/8 Lelio Dias de Miranda...................................10/8 Elias Lopes de Vasconcelos......................11/8 Jose Suzano de Oliveira..............................11/8 Antonio Lopes................................................. 12/8 Francisco Raposo Barbosa...................... 12/8 Jose Nunes Fernandes............................... 12/8 Renato Ferrante Medina............................ 12/8 Francisco Lacerda Felicio......................... 13/8 Nelson Henrique da Silva........................... 13/8 Concessa de Souza e Silva.........................14/8 Geraldo Coelho...............................................14/8 Jose Pedro Braga Neto.................................14/8 Jose Roberto Camelo...................................14/8 Silvania Aparecida Santiago Chaves....14/8 Waltair Moreira Campos.............................14/8 Walter Caetano Martins..............................14/8 Antonia Fausta de Moura............................15/8 Diana Dulce de Souza Luz...........................15/8 Fernando Alves da Silva...............................15/8 Santos Ferreira da Cruz...............................15/8 Valmir Basilio de Jesus Nascimento......15/8 Demerval Alves dos Santos Filho........... 16/8 Jeremias Rafael dos Santos..................... 16/8 Joao Gualberto Neto................................... 16/8 Moacyr Fernandes Soalheiro.................. 16/8 Roberto Cesar de Almeida........................ 16/8 Adalgiza Maria Mendes Boaventura......17/8 Clemilton Jose de Oliveira.........................17/8 Joaquim Liberato de Figueiredo.............17/8 Lafayete Cordeiro de Araujo.....................17/8 Liassi Rosa de Souza.....................................17/8 Moacir da Silva Neto......................................17/8 Agostinho Leonidio da Silva..................... 18/8 Carlos Frederico Rittmeyer Gomes....... 18/8 Custodio Martimiano da Silva................. 18/8 Eudes Miranda da Costa............................ 18/8 Jose Joaquim de Oliveira.......................... 18/8 Onofre dos Passos........................................ 18/8 Alberto Magno de Assis.............................. 19/8 Elias de Aguiar Cunha.................................. 19/8 Jose Pedro Braga........................................... 19/8 Robson Mouffarreg Drumond................. 19/8 Adair Otone de Oliveira..............................20/8 Adelmo Jose de Figueiredo......................20/8 Aristoteles de Castro...................................20/8 Jose Bernardo de Medeiros......................20/8 Mario Goncalves Vieira...............................20/8 Melquiades da Silva Neto..........................20/8 Wilton de Souza Amaral.............................20/8 Elcio da Silva Athayde.................................22/8 Eustaquio Jose Neto....................................22/8 Joao Batista de Oliveira.............................22/8 Jose Pereira de Moura.................................22/8 Magno Leite Costa........................................22/8 Ricardo Abdias Braga Oliveira.................22/8 Roberto Carlos da Silva..............................22/8 Wanderley Amaro Viana............................22/8 Ildeu Pereira Dias...........................................23/8 Sebastiao Medina Ferrante......................23/8 Sebastiao Mendes de Sa............................23/8 Divino Norberto dos Santos.....................24/8 Geraldo da Silva Reis....................................24/8 Geraldo Mangela Lopes.............................24/8 Herminio Andrade Pinto.............................24/8 Miguel Rodrigues de Almeida..................24/8 Jose Luiz Teixeira...........................................25/8 Waldevino Caetano de Oliveira Filho...25/8 Afonso Jose Ricardo da Silva...................26/8 Jainio Rodrigues de Sousa.......................26/8 Mario Dias Leao..............................................26/8 Ozorio Neves da Silva..................................26/8 Antonio Rangel Correa...............................27/8 Cezario Ferreira de Vasconcelos...........27/8 Jose Augusto da Silva.................................28/8 Paulo Cezar Dornelas..................................28/8 Claudinei Dias Tadino..................................29/8 Jose Lino Ferreira de Castro.....................29/8 Maria do Carmo Pereira Zocoli................29/8 Eduardo Fernandes.....................................30/8 Fabio Ferreira Campos...............................30/8 Izaias Pereira Lima........................................30/8 Jose Gomes de Brito....................................30/8 Joao Carlos Barroso.................................... 31/8 Raimundo Rodrigues Pereira................... 31/8


Matéria

Cooperativa participa da 45ª Expoagro GV Entre os dias 3 e 13 de julho acontece a 45ª Exposição Agropecuária de Governador Valadares no Parque de Exposições José Tavares Pereira. A Cooperativa tem uma participação tradicional na feira, confira nossa programação.

Guilherme Olinto Resende, a importância do projeto para a empresa é do tamanho

37º Concurso Leiteiro Local: Galpão Leiteiro 8/7 às 22h – Esgota 9, 10 e 11/7 – Ordenhas às 6h, 14h e 22h 12/7 às 14h– Encerramento 3º Leilão Maravilhas do Leite Local: Galpão Leiteiro 12/7 às 16h Agropecuária na Escola Local: Galpão Leiteiro 7 a 11/7 às 7h

Guilherme Olinto Resende, a importância do projeto para a empresa é do tamanho

14

Armazém Local: Anexo ao Galpão Leiteiro Durante todos os das da Expoagro Você é nosso convidado!


Novos Cooperados

Arilson Campos de Sousa

Tarumirim

Matheus Pigoretti de Sousa

Governador Valadares

Geraldo Jacob

Engenheiro Caldas

Afonso Miguel de Almeida

Coroaci

Vaisman Celestino Miranda

Conselheiro Pena

Marcos Faustino Soares

Itueta

Maria Conceição das Merces Amorim

Resplendor

Darcilene Correa Valadão

Resplendor

Antônio da Silva Costa

Virgolândia

Itanhomi

Isaias Wilde Rumão

Itanhomi

Márcio Goncalves Matos

Conselheiro Pena

Sebastião Alves de Andrade

Acucena

Eustáquio Antônio M. Damasceno

Alpercata

Adeilton Gomes da Silva

Governador Valadares

Valdemir da Silva

Central de Minas

Joabe Jacob Pena

Itambacuri

Ricardo Santos

Governador Valadares

Fabiano Nunes da Costa

Tumiritinga

Isaías Castilho Sobrinho

Central de Minas

Maxwell Oliveira Terto da Costa

Nacip Raydan

Manoel Fraga Filho

Resplendor

Irene Miguel Pereira Braga

Conselheiro Pena

Jorge José Amaral

Governador Valadares

Ramon Lazaro V. Peitieiros M. do Val

Marilac

JJA Agropecuária Ltda-ME

Marilac

João Borgui Netto

Mantena

Alberto José Campos Rezende

Central de Minas

Hermínio Andrade Pinto

Coroaci

Lourenço Fazolo

Santa Rita do Itueto

Maximiano Rodrigues Neto

Santa Rita do Itueto

Aristeu de Araújo Gomes

Governador Valadares

Reuniões de

Comunidade

JUNHO

Geraldo Lopes Vasconcelos

Julho

MAIO

Sejam bem-vindos!

ABRIL

Novos Cooperados

A Cooperativa deseja felicidades a todos os novos cooperados

Reunião do Comitê Educativo toda 1ª

Agosto

segunda-feira do mês

01 02 07 15 16 17 18 22 23 29 30 31 04

Coroaci, Salão Paroquial, Córrego dos Procópios, 14h Virgolândia, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, 14h Comitê Educativo, Sede da Cooperativa, 13h Pontal, propriedade de Zé Mariano, 14h Itapinoã, Sede da Associação, 14h Vila São Bernardo, Salão Paroquial, 14h São Vicente, propriedade de Joaquim Carapina, 14h Marilac, Salão Paroquial, 14h Córrego dos Prazeres, Igreja Católica, 14h Periquito, propriedade de Ricardo Alves, 14h Krenak, Tribo Indígena Bugre/Cassimiro, propriedade de Sebastião Leão, 14h Comitê Educativo, Sede da Cooperativa, 13h

15 CooperJornal Julho • 2014


Matéria

O mês do leite No dia 1º de junho é comemorado o Dia Mundial do Leite e no dia 24 o Dia Internacional do Leite

O mais nobre dos alimentos, o leite tem grande importância na alimentação humana e talvez por isso seja um dos únicos que figuram no calendário de datas comemorativas. Rico em proteínas, carboidratos, gorduras, sais minerais e vitaminas, o leite ocupa lugar de destaque quando o assunto é a nutrição do homem. Principalmente devido à presença do cálcio, mineral responsável pela formação dos ossos.

Conheça alguns mitos relacionados ao consumo do leite É verdade que grávidas não podem tomar leite durante a gestação?

16

Resposta: Mito. A falta de consumo do leite e derivados durante a gestação coloca em risco o infante (feto) em uma série de deficiências nutricionais. Portanto, fica mais do que evidente que é necessário, se não premente, que a gestante tenha de consumir este grupo de alimentos construtores tão importantes obrigatoriamente, deixando de fazê-lo somente por intolerância à lactose ou alergia ao leite, ou outros problemas decorrentes desta ingestão, casos raros na vida prática. É verdade que não se pode tomar leite com manga? Resposta: Mito. Na época da escravidão, os senhores de engenho, preocupados em diminuir o consumo de leite por parte dos escravos (quanto menor o consumo, maior a sobra para comercialização) e sabedores da grande quantidade de manga que os escravos consumiam devido à fartura dessa fruta, diziam

que consumir manga e tomar leite poderia até causar a morte. Daí o folclore. Até hoje, a força dessa crendice se manifesta. Na verdade, a combinação manga com leite faz muito bem para a saúde, representando uma dupla altamente nutritiva. Leite engorda? Resposta: Mito. Um relatório recente do National Dairy Council demonstrou que a ingestão adequada de alimentos ricos em cálcio tais como leite, queijos ou iogurte têm importante consideração para a promoção da saúde, ou, em outras palavras, na redução do risco de várias desordens médicas. Um experimento clínico controlado em adultos obesos demonstrou que o consumo de produtos lácteos, em particular o cálcio e vitamina D do leite, acelera significativamente a perda de gordura e perda de peso corporal.


Pitadas

Treinamento FIV

No dia 25 de abril o gerente do Departamento de Campo, Pedro Francisco Repossi Júnior, e os veterinários que prestam serviço para a Cooperativa participaram de um treinamento sobre Fertilização In Vitro (FIV) que aconteceu na propriedade do cooperado Geraldo Birro, e foi ministrado pelo técnico da In Vitro Brasil Douglas Gaitkoski. O treinamento contou com uma parte teórica em que Gaitkoski explicou como é o procedimento da FIV desde o laboratório até a fazenda e também uma parte prática em que ele orientou os veterinários a como deve ser feita a seleção de vacas aptas a receberem os embriões, já que este é fator fundamental para o sucesso da FIV.

Expoleste A Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce esteve presente na 15ª edição da Expoleste com um estande que recebeu cooperados, autoridades e visitantes da feira. A Expoleste é a maior mostra empresarial do Leste de Minas e tornou-se referência para quem deseja investir com segurança em excelentes negócios. Quem passou pelo estande da Cooperativa pôde conhecer os produtos e serviços que a instituição oferece, receber mais informações sobre os projetos e ainda participar da brincadeira do “chute ao gol” que distribuiu brindes.

Reunião Cooperativista em Capitão Andrade

No dia 9 de julho aconteceu em Capitão Andrade a reunião de Comunidade Cooperativista. A convite do educador cooperativista, Marciano de Jesus, técnicos do laboratório Agener fizeram uma palestra sobre prevenção de mastite e uso de antibiótico que foi bem recebida e bastante elogiada pelos cooperados.

Palestra sobre queimadas PM Meio Ambiente

Aconteceu no dia 18 de junho em Fernandes Tourinho a reunião de Comunidade Cooperativista. Além de tratar dos assuntos relacionados à Cooperativa os cooperados tiveram a oportunidade de participar de uma palestra sobre “Queimadas e incêndios” ministrada pelo Sgt. Fábio Queiroz de Oliveira e Sd. Wilian dos Santos Limeira. As palestras estão acontecendo nas comunidades com o objetivo de levar conhecimento técnico e novas informações aos cooperados e à comunidade local.


Social

No dia 24 de abril nasceu o Antônio Lelis, filho de Gabriela Lelis e neto do cooperado Eneias Lélis Ferreira do Córrego dos Procópios - Coroaci/MG. Quem também se tornou vovô foi o vice-presidente da Cooperativa, João Marques, nasceu no dia 23 de junho o Davi Machado Marques Mourão filho de João Marques Filho.

O presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato, esteve no dia 3 de julho em visita à Cooperativa e ao Armazém sede.

18


Profile for cooperativagv

COOPERJORNAL JUNHO DE 2014  

O Cooperjornal é a revista da Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce que mantém seus cooperados e públicos de interesse informados sobre...

COOPERJORNAL JUNHO DE 2014  

O Cooperjornal é a revista da Cooperativa Agropecuária Vale do Rio Doce que mantém seus cooperados e públicos de interesse informados sobre...

Advertisement